Page 1


Escrevi este espetáculo para ser encenado, sem quaisquer alterações ou mecanismos de flexibilidade. É para ser assim. A escolha de encená-lo é de artista/coletivo, cabendo somente a est(s) as consequências dos atos. Fica registrado que não há e nem haverá autorização para comercialização da montagem. Isto é, o espetáculo não poderá ser cobrado, pois as informações utilizadas neste texto são comuns a tods. O dinheiro é uma barreira e não permite acessos.

Não existem personagens. Existem corpos. Apenas 2. A produção precisará seguir à risca a seguinte orientação: Cada apresentação somente deverá mediada por 33 indivíduos, na qualidade de coagentes da encenação, para além dos 2 corpos em cena.

M.


ESCADA ESQUERDA

ESCADA DIREITA

CORPO DESCE

CORPO DESCE

ACENA

ACENA

COM A MÃO

COM A MÃO

ESQUERDA

DIREITA

ENQUANTO DESCE

ENQUANTO DESCE

FALA

FALA

OLÁ

OLÁ

SOU

SOU

AO MESMO TEMPO, UM BARULHO INFERNAL DE TREM PASSANDO OCUPA TODO O ESPAÇO DE CENA, INTERROPENDO...

ESTE CORPO CONSEGUE

ESTE CORPO É ATROPELADO

DESVIAR

ARREMESSADO

ESQUIVAR

PARA LONGE

LEVANDO UM SUSTO

NO PALCO

ENORME

E FICA CAÍDO MORTO

RESPIRAÇÃO OFEGANTE PROJEÇÃO EM TELA, AO FUNDO 1. https://www.youtube.com/watch?v=sQIIBNRtzPs 2. https://www.youtube.com/watch?v=tpi5RoNmvTU

XINGAMENTOS


1616 Aqueles que cometiam crime por envenenamento, durante o reinado de Henry VIII, na Inglaterra, era condenado a ser fervido até a morte. Na Alemanha, o caso se aplicava a falsificadores e o ato de punição se dava da seguinte maneira: primeiro, enchiam um caldeirão com óleo bem quente e posicionavam embaixo do culpado que, pelo delito, estava dependurado pelas axilas por alguma corda; depois, abaixavam o sujeito, len-ta-men-te, pelos pés, fazendo-o ferver, aos poucos, no caldeirão de óleo quente; por fim, seguiam-se pernas e as demais regiões, como forma de cozinhar os ossos por tamanha atrocidade contra as leis do Estado.

1716 Uma mulher e sua filha de, aparentemente, 9 anos, foram condenadas, em Huntingdon, na Inglaterra, por venderem suas almas ao diabo e, a partir disso, provocarem uma enorme tempestade, que dizimou diversas construções da cidadela. A pena, na época, foi de enforcamento para ambas.

2015 Em Florianópolis, uma adolescente pulou de ponte, completamente nua. O motivo? O namorado dela vazou um vídeo na internet em que eles transavam. A vergonha foi tamanha que ela não aguentou. Durante a queda, na metade do caminho, o corpo da menina bateu em uma mureta para, só então, encontrar o chão. Isso ocorreu numa segunda-feira. A jovem era curitibana.


PROJEÇÃO EM TELA, AO FUNDO: https://vimeo.com/90844786 Allegory of the cave, Joakin Pusenius. 2014.

BRITAS 2 CORPOS BRINCAM AO SOL ORA DEITADOS ORA SENTADOS, TACANDO PEDRAS AO LÉU.

queria ser livre sabe mas não sei como pra que sei lá talvez por que não acredito mais no mundo; na sociedade Existe um espírito que paira sobre a humanidade fazendo a gente conspirar uns contra os outros Não existe amor Amor se tornou posse inveja triaçao ciúme mortes Dinheiro é tudo hoje em dia e não constrói nada É tudo em prol de um ego ridículo do individualismo dos princípios conservadores é muito ódio sim LONGA PAUSA


C é livre So BRUTAMENTE, TACA UMA PEDRA EM MEIO AO TRÂNSITO INTENSO. NAQUELE MOMENTO, HAVIA UM ÔNIBUS LOTADO EM ALTA VELOCIDADE EM OPOSIÇÃO A TRÊS CARROS E ALGUNS CICLISTAS QUE PERAMBULAVAM POR ALI. A PEDRA TACADA ATRAVESSA A JANELA DO ÔNIBUS QUE ESTAVA ABERTA, ATINGINDO O MOTORISTA, FERINDO-O, OBRIGANDO-O A PERDER O CONTROLE DO VEÍCULO, CAUSANDO UMA TRAGÉDIA DE PROPORÇÕES CATASTRÓFICAS. Somos livres GRITA E SAI CORRENDO, O OUTRO ESPANTADO CORRE JUNTO PARAM TOMAM FÔLEGO Vo ligar pra policia e relatar o que aconteceu OFEGANTE C é livre Preguiça liga você Apois, Temos que assumir a culpa Odeie-me para, contudo, compreender meu amor É assim que a vida funciona


Que papo furado Ta bom Vai Liga logo Eu não Então você não é livre Não SOCA O ROSTO DO OUTRO COM VONTADE

PROJEÇÃO EM TELA, AO FUNDO: https://www.youtube.com/watch?v=gSuqygIVN9Q

É muito ódio por liberdade livre arbítrio e as porra toda É a vida que escolhemos


5

9

11 TODS 33 COAGENTES SÃO CONVIDADOS A OCUPAREM

4

1

3

7

12 OS ESPAÇOS AMARELOS. A ENCENAÇÃO CONSISTE NA

11

9

2

12

10

8

3 6

8

8

4

5

5

9

1: PROBLEMATIZADOR

1

12

6

3

8

11

6

3

5

12

4

2

9

7 8

10

2

4

11

SEGUINDO AS SEGUINTES ORIENTAÇÕES:

1

5

11

2: QUÍRON (O CURADOR QUE NÃO CONSEGUE SE AUTOCURAR) 3: POTENCIALIZADOR

5 11

RESOLUÇÃO DO SUDOKU 12, COLETIVAMENTE,

4: A MORTE

6

2

7

5: A VIDA 6: O DIVISOR DE ÁGUAS

4

2

9

7

1

3

10

8

11 7: SORTE

1

9

2

5 8: TEMPO-ESPAÇO 9: PRECONCEITO 10: LIBERDADE 11: OS IGUAIS 12: O INIMIGO


A DINÂMICA SERÁ DE RESOLUÇÃO DA PROBLEMÁTICA E DESCOBERTA DOS PRÓXIMOS NÚMEROS, DE MODO A FOMENTAR A DISCUSSÃO ENTRE OS ENVOLVIDOS. CADA COAGENTE É RESPONSÁVEL POR PROMOVER DIÁLOGO, A PARTIR DO EIXO-GATILHO DE SEU NÚMERO.

A TEMÁTICA É USAR E/OU NÃO USAR CAMISINHA

A SITUAÇÃO É PROVOCADA POR ORDEM CRESCENTE, DO 1 AO 12. CADA COAGENTE AGE EM ESCOLHA DE UMA AÇÃO BENÉFICA OU MALIGNA DENTRO DO CONTEXTO, EXPANDINDO ATÉ A EXAUSTÃO. A DIFICULDADE DO JOGO ESTÁ NA MANEIRA COMO PREENCHEM AS CASAS VAZIAS. CASO HAJA ERRO NA SEQUENCIAÇÃO, O JOGO DEVERÁ SER INTERROMPIDO, POIS OS COAGENTES NÃO ESTÃO EM SINTONIA E, DEVIDO A ISSO, PARTE-SE PARA O ÚLTIMO CAPÍTULO DESTE ESPETÁCULO. CASO HAJA ACERTO, O JOGO CRIA HARMONIA PARA A CRIAÇÃO QUE SE SEGUE. VALEM PERGUNTAS, PROVOCAÇÕES, INSULTOS, XINGAMENTOS, ATOS, DIÁLOGOS QUE CONTRIBUAM E/OU ATRAPALHEM O ANDAMENTO DO PROCESSO. OS 2 CORPOS MEDIARÃO, SEM TANTAS INTERRUPÇÕES.


Após retirar-se da casa de sua mãe, o filho dá uma olhada na mãe, chega próximo ao ouvido dela e sopra: sou soropositivo. Ela fica parada, perplexa. Ele dá um beijo na bochecha dela. Não se preocupe, estou bem. E sai feliz pela calçada, em direção à rua. Vira e dá tchau para a mãe, com um beijo soprado. Ouve o ônibus parando no ponto em frente aquela casa e se apressa, tropeçando em algum ferro disposto ao chão, no exato momento em que um carro, em altíssima velocidade...

Os 33 coagentes são convidados, novamente. Desta vez, eles deverão considerar a finalização da situação descrita acima, com base em tudo que fora exposto até o momento, no espetáculo.


Os cantos de theodora igor naedro  

Um dos textos vencedores do Concurso Jovens Dramaturgos - 2016

Os cantos de theodora igor naedro  

Um dos textos vencedores do Concurso Jovens Dramaturgos - 2016

Advertisement