Page 1

EDIÇÃO N.º 63 JUNHO DE 2019

Projeto Histórias em Família EB 1/JI das Laranjeiras

Pág.: 2

Junho


2

Postais de férias

ES D. Pedro V

Por Elvira Moreira, professora de francês

Atividades

"Pour cette ultime période scolaire, les élèves de 7ème année 1 de l' École D. Pedro V ont réalisé des Cartes Postales géantes pour souhaiter à toute la Communauté Scolaire de très Bonnes Vacances." "Neste último período, os alunos do 7º ano 1 da Escola D. Pedro V realizaram Postais de Férias gigantes para desejar a toda a Comunidade Escolar umas ótimas Férias."

Exposição «Oficina Inclusiva II» … Pela professora de EV/ET Olga Silva Entre 20 e 31 de maio esteve patente no átrio do Bloco A, da Escola Delfim

EB 2,3 Prof. Delfim Santos

Santos, a exposição «Oficina Inclusiva de Expressão Plástica, pelos alunos do II» que apresentou à comunidade es- Centro de Apoio à Aprendizagem, ao colar um repositório de trabalhos indivi- longo do 2º e do 3º período. duais e coletivos realizados, nas aulas

Projeto Histórias em Família

EB 1/JI das Laranjeiras

Por Ana Curado, docente

pelas famílias durante este período. Com este projeto a chegar ao fim, fica Ao longo do 3º período, deu-se conti- aqui o agradecimento a todos os faminuidade na sala 3 do JI das Laranjeiras liares que puderam participar e permitir ao projeto de turma “Histórias em Famí- estes momentos fundamentais de estília”. Com a vinda das famílias à sala, mulo ao gosto pelos livros e pelas histósurgiram histórias e partilhas diversifica- rias. das, em que os alunos tiveram a oportunidade de observar caracóis e criar caixas para a observação destes animais, bem como, de assinalar o Dia Mundial da Higiene das Mãos, com a aprendizagem de uma completa lavagem das mãos e de uma canção alusiva a esta boa prática, que aprenderam ser fundamental para a sua saúde. Os alunos mostraram-se bastante participativos e interessados em realizar as atividades que decorreram das histórias que foram sendo apresentadas

FICHA TÉCNICA Conceção e implementação do projeto: Ana Vilela, Lígia Arruda e Lucinda Marques (Professoras bibliotecárias do AEL) Conceção e montagem gráfica: Lígia Arruda e na sua impossibilidade Carla Rodrigues e Alexandre Rodrigues Periodicidade: mensal (exceto julho e agosto) Email: viva.voz@ael.edu.pt Textos: Responsabilidade dos autores ou de quem os envia.

Junho


3

Expressões

EB1/JI Frei Luís de Sousa

3º B Professora Ana Batista

Atividades

A turma do 3ºB da Escola Frei Luís de Sousa realizou trabalhos sobre a “Primavera”, na área curricular de Expressões. Ilustraram mandalas que se encontram no painel da “Primavera” (atividade visível por toda a comunidade escolar), realizaram trabalhos com o contorno de borboletas e fizeram em origami, papagaios de papel colorido. Estas atividades apelam à transversalidade das áreas curriculares de Expressões e Matemática. No decorrer das atividades realizadas nesta primavera, também, na área das expressões foram realizadas os presentes para o dia da Mãe que consistia num postal “Mãe tu és …”, livro de receitas, marcador, coração e letra (feitos em massa de moldar e pintados com verniz). Nestas atividades os alunos divertem-se muito e aprendem ao mesmo tempo.

Reciclar é transformar

EB1/JI Frei Luís de Sousa

Sala 3 do JI – Educadora Rosário Melo Os meninos da sala 3 do JI da Escola Frei Luís de Sousa fizeram pastas para guardar os trabalhos feitos ao longo do ano. Fáceis e divertidas. Agradecemos aos cafés do Bairro, que nos deram as embalagens de café vazias, com as quais foram feitas as asas das pastas. Foi um trabalho muito divertido.

O feiticeiro de Oz

EB1/JI Laranjeiras Por Maria Celeste Pena Fomos ver o musical “O feiticeiro de Oz”. Foi incrível e

estrada amarela. “Vai pela estrada amarela... vai pela estrada amarela... segue, segue, segue... segue pela estrada amarela...” A Maria Inês até chorou de alegria e as

espectacular!!! Gostámos dos atores e das atrizes ... cantaram, dançaram e tinham roupas coloridas e engraçadas. Os cenários mais assustadores foram o do castelo da bruxa má e o do tornado. O mais colorido foi da aldeia dos Mastigas. Também gostámos muito das músicas, mas a nossa preferida foi a música da

Junho

outras crianças estavam admirados a ver o espetáculo.


4

Li e recomendo… Ler Doce ler de José Jorge Letria Porque é um livro que fala de uma forma bonita sobre os livros. É um tema que eu gosto e que acho importante. Também gosto das imagens. É um livro giro e divertido. Diogo de Sousa Salomão 5.º A O Traficante de Robert Muchamore É um livro interessante que trata da vida de agentes ultrassecretos. Fala também sobre a dura realidade de viver em bairros problemáticos. Xavier Cláudio 6.º B

EB 2,3 Prof. Delfim Santos Esta Língua Portuguesa de José Jorge Letria

Atividades

Fala sobre a língua portuguesa de uma forma engraçada e explica que a devemos respeitar e saber dar-lhe valor. A língua Portuguesa é algo que se utiliza todos os dias e faz parte de nós, por isso é importante lermos sobre ela. Diogo de Sousa Salomão 5.º A O Recruta de Robert Muchamore Pois é um livro intrigante! Fala sobre a vida de um jovem que se torna agente de uma organização ultrassecreta. Xavier Cláudio 6.º B

O Diário de um Banana de Jeff Kinney

O Diário de um banana 2 de Jeff Kinney

Neste livro fala-se sobre um rapaz do 7.º Ano e este livro mostra-nos como é o dia-a-dia dele, e ele quando escreve neste diário é como se estivesse a falar connosco. Recomendo este livro por ser fácil de ler, interessante e divertido. Jasmim Mateus – 7.º G

Para além de ser divertido e engraçado e apesar das páginas que tem (mais de 200) é um livro bom para ler. É sobre o Greg e o seu irmão que lhe prega partidas, mesmo assim ajudamse Jasmim Mateus – 7.º Gnos piores momentos e no final de contas são amigos um do outro. Jasmim Mateus – 7.º G

O Diário de um banana 5 de Jeff Kinney Porque tem sempre brincadeiras e coisas engraçadas que não te vão deixar triste. Sempre divertido e amigo, mas é ciumento! Este livro explica-nos as verdades da vida e de coisas que nem sempre nos resultam como esperamos e mostra como o Greg é azarado. Ele tem vários problemas que tem de resolver mas com tudo isso não resolve nada.

Poesia portuguesa para crianças…. Poema de Carlos Queiroz “Libera me” Este poema fala sobre os vazios no amor, das pessoas que nos querem mal e da imaginação, recomendo a leitura deste livro! Pois se gostas de poesia vais gostar, se não gostares muito vai te agradar à mesma pois, os poemas transmitem mensagens muito agradáveis. Érica Tavares -8.ºB

Maria Eduarda Oliveira – 5.ºA

Viva Don Quixote de José Jorge Letria Apesar de ter sido um livro diferente do que imaginava e de haver partes que não percebi, gostei de o ter lido. Acho que é importante ler novos tipos de livros. Diogo de Sousa Salomão 5.º A A Avozinha Gangster de David Williams É uma Histórias muito interessante de uma avó e de um neto que se davam horrivelmente mal. Mas mal se sabia que mesmo ali dentro daquela avozinha chata pode estar escondida uma… super avozinha gangster!!...Talvez sim! Talvez não!?! Ou será que é tudo mentira… O Mundo em que vivi de Ilse Losa Este livro é um pouco triste, mas eu até gostei. Li o livro por obrigação para a disciplina de português, mas agradeço porque me fez aprender que a vida tem muitas “falhas” mas que temos, apesar disso, continuara a lutar. Érica Tavares -8.ºB Poesia portuguesa para crianças…. Poema de Afonso Lopes Vieira “Bartolomeu Marinheiro” Li este livro, porque adoro poesia. A poesia deixa-me mais calma, faz-me pensar positivo, deixa-me entrar no poema que leio. Destaco o poema “Bartolomeu Marinheiro” porque sempre quis imaginarme num barco… Érica Tavares -8.ºB

Junho


5

Eratóstenes e o raio da Terra

EB 2,3 Prof. Delfim Santos

Atividades

Por Ana Paula Paiva No dia 21 de março, dia do equinócio da Primavera, os alunos das turmas 7ºB e 7ºC, realizaram a experiência de Eratóstenes, para medir o raio da Terra no pátio da escola EB 2,3 Professor Delfim Santos. Durante a aula de Físico Química, com recurso a uma vara de 1 m foram me-

didas as sombras projetadas num papel de cenário ao longo da manhã, para encontrar a menor sombra. A partir desta foi medido o ângulo no topo da vara, para através de um cálculo proporcional, descobrir o raio da Terra. Esta atividade fez parte de um projeto colaborativo internacional, através do qual os resultados obtidos pelos alunos

foram trocados entre diferentes escolas europeias.

Astronomia, arte e desenvolvimento da Tecnologia ao longo dos tempos

Por Ana Paula Paiva Os alunos das turmas 7ºB e 7ºC da escola EB 2,3 Professor Delfim Santos realizaram a atividade colaborativa “Astronomia, Arte e desenvolvimento da Tecnologia ao longo dos tempos”, durante a última semana de aulas da disciplina de Física-Química. A Astronomia e a Exploração Espacial foram os temas principais da atividade, durante a qual os alunos trabalharam de forma autónoma e colaborativa, com recurso às tecnologias da informação e da comunicação. Os alunos analisaram e debateram sobre obras de arte ou de divulgação científica, de diferentes autores e em vários formatos, relacionando-as com as aprendizagens efetuadas no âmbito das aulas de Física-Química do 7.º ano de escolaridade, partindo de uma apresentação em formato digital e do

respetivo guião de trabalho, desenvolvidos no âmbito do projeto internacional Europeana-DSI3. A evolução do conhecimento sobre o Universo, em paralelo com a tecnologia disponível em cada época, foram ideias acompanhadas através de obras criadas desde o séc. XV até ao séc. XXI, apresentando o modelo geocêntrico para o Universo, passando pela defesa do modelo heliocêntrico efetuada por Galileu Galilei (com a sua condenação pela Inquisição por defender este modelo), até à chegada do Homem à Lua em 20 de julho de 1969 e à partilha de imagens feita pelos astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional. O entusiasmo foi elevado e diversos alunos manifesta-

Junho

EB 2,3 Delfim Santos

ram interesse em prosseguir esta atividade, uma vez que os materiais com que trabalharam permanecem disponíveis na internet, em acesso livre e gratuito.


6

Exposição Património e Ambiente

EB 2,3 Prof. Delfim Santos

Pela Professora de EV/ET do 2º ciclo – Olga Silva Esteve patente, entre 3 e 14 de junho, no átrio do Bloco A da Escola Delfim Santos uma exposição de produtos finais desenvolvidos nas aulas das disciplinas de Educação Visual e de Educação Tecnológica, ao longo do 3º período.

Atividades

Os trabalhos expostos foram realizados em torno de preocupações e problemáticas relacionadas com a valorização e preservação do património cultural e artístico, construído e natural no âmbito local, regional e mundial.

Projeto de intercâmbio – correspondência escolar Por Joaquina Pós de Mina Durante este ano letivo 2018/2019, os alunos da turma 9.º 2 deram continuidade ao projeto de intercâmbio em parceria com os alunos e professora de português da Secção Internacional Portuguesa do Collège Jean

Moulin, em Chaville, região parisiense, O tema do trabalho realizado este ano focalizou-se na comemoração do Centenário do Nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen. A correspondência foi essencialmente via Internet, recebemos e enviámos fichas de trabalho, biografias da escritora, jogos de língua portuguesa, ficheiros áudio e vídeo. Os alunos gravaram poemas por eles declamados e produziram vídeos.

Natação curricular no Complexo Desportivo Casal Vistoso Por Ana Isabel Fernandes No âmbito da natação curricular, as turmas do 4º ano A e B da Escola Frei Luís de Sousa participaram numa atividade de final de ano promovida pela Câmara Municipal de Lisboa na manhã do dia 23 de maio. Os alunos participaram com interesse e motivação em todas as atividades desenvolvidas: aula de Zumba, trampolins, remo e natação. No final destas atividades, receberam um diploma e uma medalha de participação.

Junho

ES D. Pedro V Leram e interpretaram poemas da autora homenageada e trabalharam em pequenos grupos, dentro do tempo disponível. Finalmente, a turma do 9.º 2 organizou uma coletânea de poemas de Sophia de Mello Breyner Andresen, relacionados com o mar, a floresta, a cidade, com ilustrações desenhadas por eles. O balanço da atividade foi muito positivo.

EB1/JI Frei Luís de Sousa


7

Projeto de Voluntariado

ES D. Pedro V

Pela professora dos ecossistemas; Alda Cruz, área de  Refletir sobre a problemática dos Cidadania e Deplásticos descartáveis e seus efeitos senvolvimento nos ecossistemas; O AEL participou  Tomar consciência da necessidana 5ª edição do de de mudar a atuação de cada Programa Young um de nós no nosso dia a dia para Volunteam, com o projeto de Voluntapromover a sustentabilidade ambiriado “Ambiente limpo cria sorrisos linental. dos” Participaram alguns alunos do 10º6 e O nosso projeto, transversal a todas as do 10º8 da escola D. Pedro V, com a escolas do agrupamento, focou-se na professora de Geografia, Deolinda Rotemática do ambiente, nomeadamendrigues, alunos do 3º A e 3º B da escola te os plásticos descartáveis que contriAntónio Nobre , sendo responsável a buem para a degradação e destruiprofessora M. Fátima Moita, alunos do ção dos ecossistemas marinhos e do 2º A e 2º B com a professora Ana Isabel planeta em geral. Mendes, da escola Frei Luís de Sousa, e Os objetivos principais do nosso projeto o 2º B da escola básica das Laranjeiras, foram: com a professora Dulce Pires. Partici Sensibilizar os alunos para o volun- pou, ainda, a escola Delfim Santos no tariado; âmbito do estudo do tema  Desenvolver o sentido crítico e de “Ambiente”, em Geografia, com as cidadania; professoras Paula Vieira e Céu Lucas.  Desenvolver a capacidade de O projeto, promovido pela Caixa Geral cooperação e o trabalho em equi- de Depósitos, decorreu entre 26 de abril e 11 de junho, com variadas pa;  Refletir sobre a sustentabilidade ações, desde sessões de sensibilização realizadas pelos alunos quer aos colegas do 10º ano quer aos do ensino básico, após a criação de um guião, elaboração de inquéritos, recolhas de lixo nas margens do passeio pedonal na praia da Costa da Caparica, entre o Restaurante, O Barbas e o Hotel TRYP

8 de Maio

Atividades Lisboa Caparica Mar Hotel e, ainda, na escola D. Pedro V, construção da instalação “A Sustentabilidade do Planeta Terra Está em Risco” para encerrar o projeto no dia 11 de junho. A Professora Maria José Jacinto (de Artes Plásticas) concebeu e construiu com os alunos das turmas do 10º 06 e 08 esta instalação com os quatro elementos (água, terra, ar e fogo) e a amostragem dos lixos recolhidos. Os alunos do 3º A, da escola António Nobre, cantaram a canção “Diz não à poluição”. Agradecemos a todos os intervenientes que direta ou indiretamente participaram em ações deste projeto, particularmente à professora Deolinda Rodrigues que coordenou a execução de todo o projeto, com enorme empenho e disponibilidade, e, obviamente, à direção do Agrupamento, professora Ermelinda Rosa, Vera São Miguel e Amílcar Santos. Como síntese deste projeto, agradecemos à professora Conceição Ludovino a criação e publicação no Youtube do Vídeo: Casa Comum, Causa Comum Só a grande colaboração, a boa vontade e cooperação dos vários intervenientes permitiram a concretização deste projeto de voluntariado, que atingiu claramente os seus objetivos.

30 de maio

Sensibilização dos alunos das várias Sensibilização dos alunos das várias escolas do 1º ciclo para a problemáti- escolas do 1º ciclo para a problemática do ambiente ca do ambiente

Concurso de escrita criativa (na disciplina de inglês) Por Paula Barbosa Este ano letivo, o grupo de inglês da escola Prof. Delfim Santos decidiu dar continuidade ao concurso de escrita criativa para as turmas de 9.º ano. Em pares, seguindo as orientações dadas, os alunos puseram a sua criatividade a funcionar, escrevendo uma pequena história narrativa, em inglês, e ilustrando-a com uma imagem sugestiva. A auxiliar Isabel Sobral e os professores da biblioteca colaboraram na disposição das histórias, de forma a que todos os alunos as pudessem ler e votar na que mais gostassem.

Junho

14 de maio Apanha do lixo na Costa da Caparica

EB 2,3 Prof. Delfim Santos Houve muita adesão dos alunos e muitos votos na história da Diana Silva: “The Netflix Star”, que ganhou, como prémio, um jogo lúdico em inglês e um certificado de melhor história do concurso de 2019. O grupo de Inglês agradece a todos os que, este ano, tornaram este concurso ainda mais interessante e participado.


8

Expo FQ - Mostra de trabalhos de Físico-química Por Ana Paula Paiva

EB 2,3 Prof. Delfim Santos

Atividades

O grupo disciplinar de Física e Química organizou a “Expo FQ - Mostra de trabalhos de Físico-química – 2018/2019”, que esteve disponível para visitas entre os dias 5 e 14 de junho na sala FFQ da Escola E. B. 2,3 Professor Delfim Santos. Nesta exposição foram mostrados trabalhos realizados pelos alunos de diferentes turmas durante o ano letivo 2018/2019, promovidos por várias docentes de Físico-química, bem como trabalhos realizados em anos letivos anteriores. Foram também mostradas as montagens de diversas atividades experimentais que são realizadas pelos alunos nas aulas experimentais da disciplina, ao longo do 7.º ano, do 8.º ano e do 9.º ano de escolaridade. Os alunos visitantes expressaram a sua motivação e entusiasmo, quer por terem visto exposto o seu trabalho, quer por terem tomado contacto com outros trabalhos e atividades experimentais que irão realizar na disciplina de Físico-química.

Dia Mundial da Criança Por Ana Isabel Fernandes A turma do 4º B da Escola Frei Luís de Sousa realizou alguns cartazes em grupo, com o objetivo de serem apresentados à turma e depois afixados de forma a que toda a comunidade escolar pudesse ver e ler, apelando à consciencialização de todos NÓS deste dia especial e lembrar que muitos dos princípios da Declaração dos Direitos da Criança não são cumpridos. Existem no mundo milhões de crianças a quem são negados os cuidados mais básicos. Nesse sentido, mais relevante

EB1/JI Frei Luís de Sousa se torna relembrar e consciencializar todos da importância da aplicação desta declaração para que, no futuro, a realidade das crianças seja diferente, com uma vida mais digna e feliz. Esta Declaração reconhece às crianças de todo o Mundo, independentemente da raça, cor, sexo, religião e origem nacional ou social o direito a: afeto, amor e compreensão; alimenta-

Junho

Efemérides ção adequada; cuidados médicos; educação gratuita; proteção contra todas as formas de exploração e crescer num clima de paz e fraternidade Universais.


9

Clube de Leitura

EB 2,3 Prof. Delfim Santos

Por Santiago Galvão – 7ºF Queria desde já saudar a BE pelo convite para a visita ao GEO Gabinete de Estudos Olisiponenses e pelo magnífico marcador de livros que nos ofereceu. Pelo começo fomos laureados com uma distinta guia que explicou a origem daquele palácio que em 1843 fora erguido a mando de uma figura da aristocracia portuguesa passando mais tarde a um emigrado brasileiro muito rico mobilando-o com peças de arte de um valor inestimável de autores como os três irmãos Bordalo Pinheiro e ainda outros. No fim piquenicámos e convivemos. Por Diogo Sousa – 5ºA No dia 3 de Junho de 2019, eu fui com o Clube de Leitura ao Parque Beau Séjour. Na visita aprendemos novas espécies de árvores. Também visitamos várias salas com decorações muito giras. Antes de começarmos a visita, a nossa guia explicou-nos a história do Palácio e do parque. A parte da visita que eu gostei mais foi de quando fomos fazer o piquenique na relva. Eu gostei de conhecer amigos novos no Clube de Leitura e também gostei de, a seguir ao lanche, ir jogar vários jogos com os meus amigos. Diogo Sousa – 5ºA

Visitas de estudo

Visita de Estudo ao Palácio do Beau Séjour Pela equipa da BE Professor Delfim Santos O Clube de Leitura "Letra Viva" organizou uma visita de estudo ao Palácio Beau Séjour - Gabinete de Estudos Olisiponenses. Este Palácio fica mesmo ao pé da nossa escola e muitas pessoas da zona ainda o conhecem por “Quinta das Campainhas”. No dia 3 de Junho, pelas 14 horas, os alunos reuniram-se na biblioteca e seguiram a pé até ao destino, onde foram recebidos pela guia que contou a história do palácio e do parque desde a sua construção até aos dias de hoje. A partir de uma fotografia que está colocada num painel, situado no parque, os alunos ficaram a conhecer alguns aspetos relacionados com a vida deste palácio, destacando o ano de 1849 como a data da sua construção e que a mesma ficou a dever-se à Viscondessa da Regaleira, que depois o vendeu ao Barão da Glória. Foram mencionados também outros proprietários mais recentes, e hoje, é lá que funciona o Gabinete de Estudos Olisiponenses da CML. Foi, precisamente, no parque/jardim que a curiosidade dos alunos começou, viajando até às últimas décadas do século XIX para conhecer um espaço tão diferente daquele que hoje tão bem conhecem e perceber como foi o crescimento urbano da zona. Puderam ver, os campos de cultivo que se estendiam atrás do palácio, o caminho de ferro e o comboio a vapor, em frente, que ligava o centro da cidade de Lisboa à vila de Sintra e a serra de Monsanto ainda sem vegetação. No parque, a guia convidou os alunos a observar as árvores que, num dia de calor, os presentearam com a sua sombra: uma sequóia, uma araucária, uma árvore da borracha, uma crista de ga-

Junho

lo, um jacarandá ... e contou pormenores interessantes à cerca de cada uma. Além de sentir o fresco, puderam imaginar como seria a vida das pessoas que lá viveram, as visitas que chegavam de charrette para descansar, pelo menos uma noite, durante o "longo" caminho que tinham de percorrer entre o centro da cidade e a vila de Sintra, os passeios ao pé do lago com as suas pontes levadiças. Depois visitaram o interior o palácio passando pela sala de música, pela sala de estar com uma pintura de Columbano Bordalo Pinheiro em trompe l´oeil no teto, razão pela qual esta pequena jóia arquitetónica não foi ainda demolida. Viram também na sala de jantar, um painel de escultura/ cerâmica de Rafael Bordalo Pinheiro, um candeeiro a gás, num dos tetos, um jardim de inverno e ficaram a saber que nalgumas paredes que hoje estão pintadas de branco existiram pinturas de Columbano Bordalo Pinheiro que foram vendidas pelos antigos proprietários. Ficaram a conhecer que os serviços municipais funcionam no palácio e que tem uma Biblioteca onde se pode estudar. Depois fizemos um piquenique com direito a bolo de chocolate e tudo, houve jogos, ouvimos música... Faz bem sair da escola e aprender coisas novas e de forma diferente!!!


10

Estremoz

EB 2,3 Prof. Delfim Santos

Por Maria do Rosário Custódio, Isabel Martinho, Luísa Constantina, Ricardo Morais- Pequeno

Visitas de estudo

Os alunos das turmas A, B, C ,D, E, F, H e I do 7º ano, da Escola Básica Professor Delfim Santos realizaram, no dia 23 de abril, uma visita de estudo ao Centro Ciência Viva de Estremoz. Esta atividade foi dinamizada pelos professores que lecionam Ciências Naturais no 7º ano. Os alunos demonstraram bastante interesse e entusiasmo pelas atividades desenvolvidas neste centro de Ciência Viva e tiveram a oportunidade de interagir com o que está exposto; tocar, experimentar, descobrir. Nesta visita puderam perceber de uma forma simples mas profunda, que a Terra é um planeta dinâmico e fascinante.

R. da Betesga Por PB da ES D. Pedro V

ES D. Pedro V Quanto mede a rua da Betesga? É assim tão pequena?

Curiosidades

A Rua da Betesga tem aproximadamente 10 metros de comprimento e é tida como a rua mais pequena de Lisboa. A expressão “meter o Rossio na

Rua da Betesga” é usada sempre que um lisboeta muda de casa e tem de tirar o sofá pela porta da entrada.

Do arco-da-velha

ES D. Pedro V

Por PB da ES D. Pedro V

Expressões

Significado: Coisas do arco-da-velha são coisas inacreditáveis, absurdas.

arco-da-velha venha de arco da bere (de beber, em italiano).

Histórico: Arco-da-velha é como é chamado o arco-íris em Portugal e existem muitas lendas sobre as suas propriedades mágicas. Uma delas é beber a água de um lugar e devolvê-la a outro - tanto que há quem defenda que

Escola Secundária D. Pedro V

Estrada das Laranjeira, 122 1600-136 Lisboa

direcao@ael.edu.pt eb23delfimsantos@mail.telepac.pt

Escola Básica 2. 3. Prof. Delfim Santos EB1/JI António Nobre

Rua António Nobre, 49 1500-046 Lisboa

eb1antonionobre@gmail.com

EB1/JI Frei Luís de Sousa

Rua Raul Carapinha 1500-042 Lisboa

escola.freiluis49@gmail.com

EB1/JI Laranjeiras

Rua Virgílio Correia, 30 1600-224 Lisboa

eb1daslaranjeiras@gmail.com

Junho

Profile for ES D. Pedro V

Viva Voz, n.º 63, junho 2019  

escola, agrupamento, notícias

Viva Voz, n.º 63, junho 2019  

escola, agrupamento, notícias

Profile for esdpv
Advertisement