Page 1

“Confabulando com Fábulas”

4º ano “B” Profª: Fátima

EMEFEI Vereador José Luiz G.da Silva- “Zelo”. 2013.


Trabalho realizado no Laboratório de Informática.

Softwares: • •

Programa de Pintura Kolour Paint. Processador de Texto ( Br Office.org Writer).

Profª Joselaine


Autores: Alany Pipi Pereira Camilly Vite de Almeida Erika Izaias Tamborin Henrique do Nascimento Esteves Isabelle Barboza Silva Jasmine Guassi José Augusto Gonçalves Júlia Caroline Moreira Karla Maynny da Costa Kimberly Cristina Galante Klesley Elias Lourenço Letícia Bispo dos Santos Letícia Fernanda Estoque Letícia Silva Viana Lucas Matheus Bueno Marcelo Oliveira da Silva Matheus de Oliveira Roma Nicole Tamarozzi Raphaela da Silva Barbosa Richard Passos Moraes Ryan Henrique Bastos Stefani Daniele Moreira Vinícius Augusto Alves Dias Vinycius Therry Renuza Silva Henrique Liscio Carlos Eduardo Stoco


A mulher e sua galinha.

Uma mulher tinha uma galinha que quase todo dia sem falta botava um ovo. A mulher ent達o, pensou consigo mesma, como poderia fazer para esta galinha botar dois ovos. E ent達o,diariamente ela passou a alimentar a galinha com bastante ra巽達o. Depois disso,a galinha ficou barriguda e gulosa e nunca mais botou ovos.

Moral:Antes uma migalha por dia do que um dia sem uma migalha.

Autores: Alany e Lucas


A rosa e a borboleta Uma vez uma borboleta se apaixonou por uma linda rosa. A rosa ficou comovida ,pois o pó das asas da borboleta formava um maravilhoso desenho em ouro e prata. Assim,quando a borboleta se aproximou da rosa e disse que a amava ,a rosa ficou coradinha e aceitou o namoro. Depois de um longo noivado de muitas

promessas de

fidelidade, a borboleta deixou sua amada rosa, mas ó desgraça! A borboleta só voltou muito tempo depois. -É isso que você chama de fidelidade ?-choramingou

a rosa .-Faz séculos

que você partiu, e ,além disso ,você passa o tempo de namoro com todos os tipos de flores . Vi quando você beijou dona Gerânio ,vi quando você deu voltinha na dona margarida, até a dona abelha chegou e expulsou você...Pena que ela não lhe deu uma boa ferroada ! - Fidelidade!? - riu a borboleta. - Assim que me afastei ,vi o senhor Vento beijando você. Depois você deu o maior escândalo com o senhor Zangão e ficou dando trela para todos os besourinhos que passavam por aqui. E ainda vem me falar em fidelidade!

Moral: Não espere fidelidade dos outros se não for fiel também.

Autores: Érika e Camilly.


A galinha dos ovos de ouro

Um camponês e sua esposa possuíam uma galinha que punha todo dia um ovo de ouro. Supondo que devia haver uma grande quantidade de ouro em seu interior,eles a mataram pra que pudessem pegar tudo. Então,para surpresa deles,viram que a galinha em nada era diferente das outras galinhas. O casal de tolos, desse modo,desejando ficarem ricos de uma só vez,perderam o ganho diário que tinham assegurado.

Moral: Antes um pássaro na mão, que dois voando.

Autor: Carlos e Nicole.


O asno em pele de leão

Um asno, tendo colocado sobre seu corpo uma pele de leão, vagou pela floresta e divertia-se com os animais que encontrava. Encontrou com um leão e lhe disse: –

Vamos , vamos nos divertir! E o leão responde:

Mas eu agora estou cansado de tanto correr para pegar a minha presa. E o asno

responde: –

Ah! Então tá, eu vou me divertir e depois vamos -nos encontrar lá, tá? E o leão

fala: –

Tá, depois eu vou! E o leão não foi. Então o asno foi lá ver se o leão estava bem, e ele tinha falecido

. O asno pôs-se a chorar.

Moral: Um tolo pode se esconder por trás das aparências, mas suas palavras acabarão por revelar à todos sua verdadeira identidade.

Autores: Érika e Richard.


O rato e o fazendeiro Um rato,espiando pelo buraco da parede, e vendo o fazendeiro abrir um saco, e já foi pensando no tipo de comida que tinha ali. Mas quando o fazendeiro abriu o saco,e o rato vendo ser uma ratoeira, ficou aterrorizado. Ele foi até o curral e disse à todos: -Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira! E a galinha respondeu: -Desculpe-me Sr. Rato,mas se você está com esse problema da ratoeira,eu não tenho nada a ver com isso. O rato dirigiu-se até o porco e disse: -Uma ratoeira,uma ratoeira! E o porco disse: -Desculpe-me Sr. Rato,mas eu não posso fazer nada,a não ser orar. Você será sempre lembrado nas minhas orações. Ele foi até a vaca., e ela lhe disse: -O que? Uma ratoeira? Eu estou em perigo? Acho que não! E o rato voltou para casa arrasado. Naquela noite,na fazenda eles ouviram um barulho de ratoeira, pegando sua primeira vítima. A mulher do fazendeiro foi ver. No escuro ela não viu que a ratoeira tinha pego a calda de uma cobra ,e ela picou a mulher. O fazendeiro levou-a imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre,o fazendeiro fez uma canja de galinha,porque é muito bom para uma pessoa com febre. Os vizinhos e amigos foram visitá-la. O fazendeiro matou o porco para alimentar todo aquele povo. Naquele dia o funeral encheu, era muita gente. Para alimentar todo aquele povo ,ele sacrificou a vaca. Moral:Problema dos outros também é nosso. Autores: Henrique N. Esteves e Matheus.


A formiga e a pomba

Uma formiga foi até a margem de um rio para beber água, mas foi arrastada pela forte correnteza. Estava prestes a se afogar, quando uma pomba que estava em cima de uma árvore, na margem do rio, vendo a formiga afogando, deixou cair uma folha. Ela subiu na folha e foi flutuando em segurança até a margem. Pouco tempo depois surgiu um caçador de pássaros que pegou a pomba e colocou varas com pregos em volta dela. A formiga vendo a intenção do caçador deu-lhe uma ferroada no pé e o caçador deixou cair a armadilha e deu uma chance para a pomba escapar.

Moral: Nenhum ato de bondade ou gentileza é coisa em vão.

Autor: Henrique Nascimento.


O cão e o osso

Um dia, um cão, carregando um osso na boca ia atravessando uma ponte e olhando para baixo. Viu sua própria imagem refletida na água, e pensando ver outro cão pôs- se a latir. Mal abriu a boca, deixou o osso cair na água e perdeu-se para sempre.

Moral: Quem tanto quer, nada tem!

Autores: Jasmine e Vinycius


O gato, o galo e o ratinho Um ratinho vivia num buraco com sua mãe, depois de sair sozinho pela primeira vez, contou à ela: -Mãe,você não imagina os bichos estranhos que encontrei! Um era bonito e delicado , tinha um pelo muito macio e um rabo elegante que se movia formando ondas. O outro era um monstro horrível! No alto da cabeça e debaixo do queixo ele tinha pedaços de carne crua, que balançavam quando ele andava. De repente os lados do corpo dele se sacudiram e ele deu um grito apavorante. Fiquei com tanto

medo

que fugi correndo , bem na hora que ia conversar

um pouco com o

simpático. -Ah , meu filho! -respondeu a mãe. - Esse seu monstro era uma ave inofensiva; o outro era um gato feroz, que num segundo teria te devorado.

Moral: Quem vê cara não vê coração! Autores: Stefani e José Augusto.


O boi e a rã

Um dia um boi foi beber água num lago , quando pisou numa ninhada de rãs. A mãe das rãs veio e sentindo falta de um de seus filhos , perguntou para seus irmãos o que havia acontecido com ele. Eles responderam: _Foi um boi mãe , que pisou nele e o esmagou. Um pouco tempo depois , uma besta com enormes pés veio e esmagou outra rã . A mãe ficou nervosa e se inflou toda e um de seus filhos disse: _Pare mãe de se inflar tanto, o boi é muito grande e não vai adiantar , você estoura antes de chegar do seu tamanho .

Moral: Na maioria das vezes, as coisas insignificantes desviam nossa atenção do verdadeiro problema.

Autora: Julia


A causa da chuva Não chovia há muitos meses,de modo que os animais ficaram inquietos. Uns diziam que ia chover logo,outros diziam que ainda ia demorar. Mas não chegavam a uma conclusão -Chove só quando há água cai do telhado do galinheiro-esclareceu a galinha. -Ora,que bobagem!-disse sapo de dente da lagoa.-Chove quando a água da lagoa começa a borbulhar suas gotinhas. -Como assim ?-disse a lebre.-Está visto que só

chove quando as folhas da

árvores começam a deixar cair ás d´ água que tem dentro. Nesse momento começou a chover. -Viram?-gritou a galinha.-O telhado do meu galinheiro está pingando. Isso é chuva! -Ora, não vê que a chuva é a água da lagoa borbulhando?-disse o sapo. Água cai das folhas das árvores

Moral: Sempre pense antes de falar!

Autoras: Kimberly e Isabelle.


O galo e a pedra preciosa

Um galo, procurando comida para suas galinhas, viu uma pedra preciosa com uma beleza e valor, e exclamou: -Que pedra linda! O dono dessa pedra deve estar procurando. Ao invés de eu ter achado essa pedra ,se fosse o dono que tivesse achado, iria dar pulos de alegria. No lugar dela , eu preferia ter achado um grão de milho .

Moral: A utilidade de cada coisa é o que determina seu real valor! Autores: Letícia Bispo e Vinícius Augusto.


A lebre e a tartaruga Era uma vez, uma lebre que gostava de competir em corridas de muita velocidade e ela sempre ganhava em todas. E uma vez ela falou: - Desafio a todos os animais a competir comigo. E a tartaruga disse: - Eu aceito a proposta – falou calmamente. A lebre riu e falou: - Posso dançar a sua volta,a corrida inteira A tartaruga disse: - Não cante a vitória antes do tempo ,primeiro vamos ver quem ganha. Na hora em que os animais deram a largada, a lebre sumiu de vista e para mostrar seu desdem a lebre se deitou e tirou uma soneca. A tartaruga naquele passinho lento foi indo,indo até a linha de chegada .E quando a lebre acordou viu a sua adversária chegando, e não teve tempo de correr e perdeu.

Moral: Devagar se vai ao longe! Autores: Letícia e Klesley


O asno em pele de leão

Um asno,tendo colocado sobre seu corpo uma pele de leão, vagou pela floresta e divertia-se com o pavor dos animais que ia encontrando pelo caminho. Por fim, encontrou uma raposa e tentou amedrontá-la. -Eu poderia ter me assustado se antes não tivesse escutado seu zurro!

Moral:Um tolo pode se cobrir com belas roupas ,mas suas palavras dirão quem na verdade é.

Autores: Letícia Silva e Ryan Henrique.


O Leão e o Rato Um Leão foi acordado por um rato que passou correndo sobre seu rosto. Com um salto ágil

ele o capturou e estava pronto para matá-lo , quando o rato suplicou:

- Se o senhor poupasse a minha vida eu daria um dia de retribuição da sua bondade. O leão deu tanta gargalhada e soltou o rato. Pouco tempo depois capturaram o leão e o amararam com corda e um nó bem forte. O rato reconhecendo o rugido do leão, roeu a corda e o libertou dizendo: -Você pensou que eu não retribuiria a sua bondade, mesmo sendo um rato.

Moral: Não importa o tamanho, o importante é o caráter!

Autores: Raphaela e Karla.


O menino que mentia Um pastor costumava levar seu rebanho para fora da aldeia. Um dia resolveu pregar uma peça nos vizinhos. -Um lobo ! Um lobo ! Socorro! Ele vai comer minhas ovelhas. Então fez a mesma brincadeira com os vizinhos. -Um lobo! Socorro! Os vizinhos largaram o trabalho e saíram correndo para o campo para socorrer o menino. Um dia o lobo apareceu de verdade e começou atacar o rebanho, morrendo de medo, o menino foi buscar ajuda, mas não conseguiu. O menino gritou: -Um lobo! Um lobo! Socorro! As pessoas ouviram e não deram bola. O pastor perdeu todo o rebanho.

Moral: Ninguém acredita no mentiroso , mesmo quando ele fala a verdade! Autores: Richard e Nicole


O galo e a pedra preciosa Um galo estava procurando um terreno e comida para ele. EntĂŁo, a galinha encontrou uma preciosa pedra e falou: -Eu preferia ter encontrado um milho para mim e minha galinha, mas se o dono tivesse encontrado vocĂŞ ele teria festejando. . Moral: A utilidade de cada coisa ĂŠ o que determina seu real valor. Autores: Stefani e JosĂŠ.


A galinha e os ovos de prata Numa manhã de sábado,uma galinha viu debaixo dela, uns ovos de prata. Logo foi e fez hora com as outras galinhas, pois ninguém de tanto que gostou do ovo. Ela achava que o ovo era tudo de importante na sua vida. Dias depois ela ficou doente,e ninguém cuidou dela. Então ela percebeu que o ovo não era a coisa mais valiosa que existia.

Moral: Não adianta o orgulho, se deslumbrar com os bens materiais mas sim valorizar as amizades.

Autores: Henrique Liscio e Marcelo.


4º ano B  

Trabalho desenvolvido no laboratório de informática, pelos alunos do 4º ano B, da escola Zelo. Professoras: Fátima e Joselaine.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you