Page 1

Agrupamento de Escolas de Mira - Newsletter

Março 2013

Escolas de Mira na Roboparty 2013

pelos professores Carlos Alves e David Oliveira.

Um grupo de alunos do Agrupamento de Escolas de Mira participou na Roboparty 2013, em Guimarães, no Pavilhão da Universidade do Minho, entre os dias 14 a 16 de Março, onde conseguiu alcançar um honroso terceiro lugar na prova de obstáculos.

Nos dois primeiros dias deste evento, os alunos construíram e programaram os seus robôs para os porem à prova no terceiro dia.

A RoboParty é um evento pedagógico que reúne equipas de 4 pessoas, durante 3 dias e duas noites para ensinar a construir robôs móveis autónomos, de uma forma simples, divertida e com acompanhamento de pessoas qualificadas. Neste sentido, o agrupamento participou com duas equipas, a Robotmir (José Miguel, Miguel Coimbra, Samuel Viegas) e a CPMultimédia (Hugo Gabriel, Jorge Trovisco, Samuel Manco), coordenadas

Num ambiente que acolheu mais de meio milhar de participantes, provenientes de vários níveis e estabelecimentos de ensino (desde o 3º ciclo do ensino básico ao ensino superior), onde se pretendia também promover o espírito de interajuda, camaradagem e de responsabilidade, este evento abriu portas aos nossos alunos que, num ambiente desconhecido para eles, desenvolveram as suas capacidades científicas, tecnológicas. Apesar da Roboparty ser um evento didático e não competitivo, os nossos alunos alcançaram um brilhante terceiro lugar na prova de obstáculos, o que nos deixou orgulhosos. Iniciativas destas permitemnos visualizar o bom trabalho que se faz no nosso Agrupamento.


páscoa, a partir de fundo de garrafas de plástico (sensibilização para a reutilização de materiais). Visita ao museu - a convite da câmara, no dia 12 de Março, fomos fazer uma visita ao museu. Este espaço dá a conhecer o património cultural e natural da região e foca questões ambientais, como a importância da fixação e arborização das dunas. Depois da visita orientada e complementada pelos filmes da pesca e arborização das dunas, tivemos oportunidade ob-

Sala de atividades do JI de Carapelhos e Museu de Mira

servar na prática a sementeira do “penisco” (pinheiro), realizada por um guarda- florestal. A pequena sementeira foi levada para o J.I.

Este mês de Março foi muito completo em atividades/projetos:

com a intenção de podermos ob-

desenvolvimento do projeto dia do Pai; dia da árvore; semana da

servar o seu crescimento. Com o

leitura e Páscoa. Atendendo ao calendário escolar e pretendendo

objetivo de complementar a men-

explorar estes dias assinaláveis, tivemos que antecipar estes acon-

sagem transmitida no museu,

tecimentos para os poder explorar de uma forma adequada, res-

contamos a história da “árvore

peitando os ritmos do grupo e criando situações significativas de

generosa”, uma forma de reco-

aprendizagem. O dia do Pai é… valorizar a importância da figura

nhecer a importância das árvores

paternal, o pai é uma figura fundamental na construção da consci-

e das plantas na nossa vida e

ência social da criança, dos seus valores éticos e dos seus projetos

identificar elementos que podem

de vida. Além de oferecermos um presente – uma garrafa pintada

ajudar a proteger e a valorizar a

com a inicial do nome - elaboramos um painel alusivo ao Pai, fize-

floresta. Com o livro a criança

mos desenhos, criamos” labirintos” e “quebra-cabeças” com o te-

aprende, sonha, imagina, exprime

ma do Pai, aprendemos canções e poemas. Com a intenção de pre-

sentimentos e emoções. Como

parar a chegada da Páscoa, contamos a história do “coelhinho da

forma de sensibilizar para a im-

Páscoa” e dos “ovos misteriosos”, dialogámos sobre a Páscoa, fala-

portância da leitura e da escrita e

mos sobre as tradições locais e lúdicas e realizamos o jogo do

estimular e fomentar o gosto pelo

“cestinho da páscoa” e “caça ao tesouro”. Elaboramos desenhos e

livro, convidamos um grupo de

pintamos ovos (o ovo é um dos mais antigos símbolos da páscoa,

crianças do 1ºCEB, para nos con-

significa fertilidade e recomeço da vida…) e criamos cestinhas de

tarem uma história, de um livro, à


sua escolha. No dia 15 de Março, o pequeno grupo de alunos do 4ºano, orientados pela professora Preciosa, vieram ao nosso J.I. e contaram a história: “Eu já sou crescido, mamã!”. Após a leitura partilhada, houve um pequeno diálogo entre os grupos abordando algumas etapas da história, as personagens, quem escreveu o livro – o escritor. E, falamos sobre a importância da escrita e leitura para comunicar… Foram momentos bastante significativos para os grupos e mais uma forma de estimular a leitura e a intera-

A Páscoa - Jardim de Infância de Lentisqueira

ção entre os mais pequenos e

Exploração dos temas das seguintes histórias: “Os ovos misterio-

maiores. .

sos”; “A Lenda dos ovos da Páscoa” “Para onde foram os ovos da Paulina”; Canções: “Coelhinho da Páscoa que trazes para mim”, “Coelhinho novo”, “Olha o Coelho da Páscoa”; - A Páscoa, festa da Primavera – associar o renascimento da natureza (plantas e animais), aos símbolos que surgem associados à páscoa – o coelho da Páscoa, os ovos de chocolate, as flores… - As tradições da Páscoa: o folar, as amêndoas, a visita dos padrinhos, as cerimónias e o clima de festa, valorizando e conhecendo as figuras do padrinho e da madrinha, reconhecendo o seu valor; - Reconhecer/viver e perpetuar valores e tradições religiosas, culturais e familiares, tão próprias desta época de festa; -Decoração do espaço com motivos de Páscoa, utilizando diversas técnicas de expressão plástica – picotagem, recortes, colagem, pintura, pintar dentro dos contornos, grafismos. -Elaboração de um coelho de Páscoa para levar os ovos de chocolate para casa; - Jogo “Caça aos ovos de Pascoa” .


Voluntariado de Leitura na BE de Praia de Mira - Biblioteca da Escola Básica de Praia de Mira No âmbito do projeto institucional “Voluntários de leitura”, da RBE, Sandra Saborano Leigo, a animadora de leitura que se ofereceu para colaborar com o nosso agrupamento, leu “As preocupações do Billy”, escrito e ilustrado por Anthony Brown, aos alunos do 1.ºano de Praia de Mira. Após a leitura e exploração dos sentidos do álbum, Sandra Leigo propôs que se fizesse um boneco idêntico ao do Billy, para partilhar preocupações. Os alunos não se fizeram rogados, compondo fantoches de dedo extremamente criativos (vide http://mirai-me.blogspot.pt/2013/03/as-preocupacoesdo-billy-estrearam-o.html ). Avaliada a sessão, enquadrada na Semana da Leitura, pela adesão dos alunos ao texto lido e à atividades proposta, confirma-se a mais-valia que representa para o agrupamento a existência de projetos desta natureza.

Festas no Inverno – Visita ao Museu do território da Gândara – JI de Mira A viagem fez-se a pé por ser relativamente perto. A atividade consistiu em visualizar algumas imagens afixadas no museu relativas à história do Homem e dos Mirenses. Visualizou-se ainda alguns vídeos alusivos a várias atividades desenvolvidas pelo povo do concelho de mira. Terminou-se a visita com a sensibilização da plantação da mata de Mira e da necessidade de a conservar. Semeou-se pinhões de pinheiro manso e trouxe-se para a sala de atividade uma caixa com a sementeira no sentido de acompanhar o crescimento das plantas. A atividade decorreu como estava prevista.


Confeção do folar da Páscoa - EB1 Lagoa A confeção do folar decorreu em dois dias. No 1º foi amassado, nas salas de aula, com a colaboração dos alunos. No 2º dia fomos moldá-lo e colocá-lo no forno para a padaria. No final cada aluno levou um folar para casa. Recursos Utilizados: ovos, manteiga, farinha, limões, canela, fermento, com um custo estimado de 25% (sem os ovos), totalmente suportado pelos encarregados de educação.

Visita de Estudo – Seia (Museu do Pão) e Parque Natural da Serra da Estrela O Programa foi cumprido na íntegra. Partiu-se às 8:30h em direção ao Museu do Pão em Seia onde os formandos contactaram com diferentes realidades socioculturais relacionadas com o Pão, as quais envolvem a história da sua descoberta, processos de fabricação, evolução e diversidade. Ainda em Seia se conheceu parte do seu Centro histórico, local onde decorreu o almoço. Na visita à Serra da Estrela observaram-se alguns aspetos geográficos do Parque Natural, ao longo do percurso Seia –Torre, conhecendo-se a aldeia do Sabugueiro e sua particularidade. A presença de uma hora na Torre foi o suficiente, e necessário espaço, para os alunos terem um momento lúdico e de experienciação, para alguns literalmente, de novas sensações. Tendo-se alcançado os objectivos propostos, desta atividade faz-se um balanço muito positivo, não só pela relevância formativa da mesma, como da participação, ambiente e postura dos alunos no decorrer de toda a visita.


Hora do Conto na BE (2.º período) Biblioteca da Escola Básica de Mira A “Hora do Conto” teve, no segundo período, três sessões: duas, de frequência livre, à hora do almoço; uma, em âmbito letivo, no contexto da disciplina de português (6.ºA). Os contos e a lenda apresentados pelas mediadoras de leitura Célia Belo Silva e Fernanda Paula Silva, depois de narrados, foram explorados com jogos de expressão dramática e atividades plásticas. Os objetos resultantes foram expostos na biblioteca. O feedback individual destas ações foi publicado em http://biblioteca-namira.blogspot.pt/2013/03/castigode-sal-por-fernanda-paulasilva.html e http://biblioteca-namira.blogspot.pt/2013/02/com-umlenco-te-prendo.html . Aferido o sucesso das sessões pelo número de inscrições de alunos e pelo seu entusiasmo nas tarefas propostas, Sandra Jordão, uma autora que surgiu recentemente no panorama verificou-se que os objetivos visaliterário infanto-juvenil, visitou o 1.ºCEB de Praia de Mira num en- dos foram alcançados. contro enquadrado na Semana da Leitura. Com uma enorme simplicidade, que é marca de personalidade e de escrita, a escritora leu, a uma plateia atenta, o seu livro “A bruxinha despenteada”, e respondeu às muitas perguntas que o exigente público lhe fez. No final da sessão, autografou os seus livros e todos os alunos autografaram um outro, onde ela guardou uma recordação personalizada de cada ouvinte. Avaliado o impacto deste encontro pela atenção dos alunos às suas palavras e pelas questões que lhe puseram, é possível afirmar que o contacto com quem escreve é extremamente benéfico, potenciando a proximidade e a afetividade com o livro (vide http://mirai-me.blogspot.pt/2013/03/encontro-comescritora-sandra-jordao.html ).

Encontro com a escritora Sandra Jordão - Escola Básica de Praia de Mira


Semana da Leitura - Jardim de Infância do Casal de S. Tomé. A semana da leitura foi vivida pelas crianças e familiares com muito interesse e satisfação, que responderam ao nosso convite, vindo á nossa escolinha contar histórias, que eles próprios escolheram e trouxeram. As crianças deram imenso valor a esta iniciativa e participaram com muito agrado, tendo sido momentos de troca e de partilha, que todos jamais irão esquecer. Os objetivos estratégicos e operativos desta atividade foram atingidos, em articulação com o projeto educativo do agrupamento.

Semana da leitura – Escola EB1 de Portomar Na semana anterior os pais, avós ou outros familiares foram convidados a vir contar, ler, ou desenhar uma história. Simultaneamente, as professoras bibliotecárias convidaram escritora Sandra Jordão para vir apresentar uma obra sua às escolas. Assim, na quarta feira de tarde, recebemos a sua visita. A escritora leu a história que escreveu e depois respondeu às questões postas pelos alunos. No fim, todas as crianças assinarm o livro de presenças. Para além do interesse pedagógico da história, o modo como foi contada foi muito interessante. Ela conseguiu captar o interesse e atenção de todos os alunos. Nos restantes dias da semana, as atividades decorreram nas turmas. Cada turma recebeu os pais ou familiares que se inscreveram para dinamizarem a atividade. Para além do objetivo principal da atividade (despertar o gosto pela leitura), estes foram momentos previlegiados de interação com a comunidade, de grande abertura da escola ao meio. Todas as crianças se sentem muito orgulhosas de mostrar os seus “fantásticos” familiares aos seus amigos. Para além de escutarem as histórias os alunos fizeram outros trabalhos de português e de expressões a partir delas. .


Semana da Leitura EB1 de Praia de Mira

Semana da Leitura - EB1 de Seixo De acordo com o Plano Anual de Atividades da escola, nos dias 11,12,13 e 14 de março, foram realizadas actividades no âmbito da Semana da Leitura. Os professores titulares de turma solicitaram a participação dos pais/encarregados de educação ou familiares para a leitura de um livro, nos dias referidos. Foi uma forma interessante de envolver a família no processo educativo e agradar aos alunos. Estes ficaram felizes por verem os pais na sua sala de aula, realizando uma tarefa para eles e para os colegas. É de salientar que a família mostrou empenhamento e apreço pelo seu envolvimento na vida da escola. No dia 13, foi desenvolvida uma actividade diferente e que muito agradou aos alunos. O responsável pelo Museu do Brincar de Vagos e duas estagiárias deslocaram – se à escola e ensinaram todos alunos a construir o seu fantoche de varas. De seguida, o senhor contou uma história (Os três espelhos) em que os alunos interagiram e adoraram. Com estas actividades espera-se ter contribuído para fomentar, nos alunos, o gosto pela leitura.

A Semana da Leitura, realizada entre os dias 11 e 15 de março, foi precedida por uma atividade de animação de leitura realizada pela Sandra Leigo (dia 4) e pela presença da escritora Sandra Jordão (dia 6), que apresentou o livro “A Bruxinha despenteada” e satisfez a curiosidade dos alunos, respondendo às questões que lhe foram lançadas. A semana referida foi marcada pelo desenvolvimento da atividade “Conta, reconta, faz de conta”, consubstanciada em trinta sessões de reconto/ leitura efetuadas por Encarregados de Educação e/ou familiares dos alunos das várias turmas, sessões que proporcionaram circunstâncias muito significativas em torno da leitura, permitindo valorizar o esforço da leitura aos olhos das crianças e adultos, criar hábitos e o gosto pela leitura em família e promover a cooperação entre a escola e a comunidade.


A semana da leitura Jardim de Infância de Portomar A semana decorreu muito bem, os pais foram convidados a virem ao Jardim e a participar na semana da leitura. Aderiram bem a este projeto, vieram 8 pais e uma avó. As crianças ficaram muito felizes de ver o seu encarregado de educação a vir á escola e a contar ou dramatizar uma história, quando eles terminavam queriam sempre mais. Os pais também gostaram da experiência e contaram histórias com livros, outros utilizaram adereços e planificaram atividades o que encantou ainda mais as crianças. Foi também uma forma de observaram os seus filhos no ambiente escolar e de ver os seus trabalhos. Os alunos ficaram ainda mais motivados para ouvir a história, e apesar de alguns momentos terem sido um pouco longos, conseguiram estar quase sempre atentos. Uma vez que esta actividade decorreu na última semana lectiva do 2º período, ficou definido que os pais que quiserem ainda poderão participar em outros momentos contando histórias.

Semana da Leitura Jardim de Infância de Lentisqueira Esta semana foi aproveitada para reforçar a importância da leitura, desde muito cedo na vida criança e da existência do livro no seu quotidiano. Para além de cultivar os hábitos de leitura, pretende-se também criar laços de afeto ternura e cumplicidade entre os mais novos e os adultos da família – pais, avós, tios, irmãos…Os pais foram convidados a comparecerem na escola, em hora e dia escolhido pelos próprios e com uma história também da sua escolha. A iniciativa teve boa adesão, os pais compareceram e para as crianças passaram bons momentos passados na calma do canto da leitura. Quase todas as histórias foram trazidas de casa e, curiosamente, tiveram como tema principal a família. Para além de ter atingido o objetivo pretendido, também foi muito gratificante a permanência, a naturalidade e o agrado com que a família veio à escola para passar uns momentos na companhia dos filhos e das outras crianças.


Semana da Leitura – História contada por contadores externos - Jardim de Infância de Mira Recebemos 3 contadores no dia 12 de março para deliciar as crianças do jardim de infância com histórias contadas por contadores externos a convite da bibliotecária do agrupamento de escolas. Inicialmente seria uma história para cada grupo de crianças, mas resolveu-se juntar os grupos em ambas as histórias. A atividade foi muito bem sucedida, as crianças aderiram às histórias e aos “novos” contadores. Parabéns pela iniciativa.

desenhos e pinturas. Na expressão musical cantámos as canções “ A árvore da floresta” e a “ Sementinha”. Na abordagem á escrita foram comparadas letras e palavras ( identificar Árvore). No dia 21 fomos visitar o Museu onde as crianças tomaram conhecimento da fauna e flora locais, de atividades realizadas antigamente podendo ver filmes da época e os utensílios usados na pesca e na agricultura. Puderam também ver a forma como foi feita a plantação da mancha verde do Concelho de Mira e a demonstração numa pequena caixa duma sementeira de pinhões ( de pinheiro manso e bravo), que as crianças trouxeram para acompanhar o seu crescimento. Apesar de considerarmos que a visita ao Museu deveria ter uma componente mais prática, com maior interação das crianças, entendemos que todas as atividades foram bastante enriquecedoras para o desenvolvimento das mesmas.

Festas no Inverno A Páscoa - Jardim Municipal A atividade é uma surpresa para as crianças do Jardim de Infância.

Dia da árvore - Museu do Território da gândara em Mira e Jardim de Infância Para assinalar este dia foram realizadas várias atividades. A abordagem ao tema foi feita a partir de estórias como “ A árvore generosa”, “O Jaime e as bolotas”, “A árvore” e “ Vem aí a Prima Vera”. O tema também foi trabalhado na área da expressão plástica com

Assim, os adultos decoraram uma cenoura de cartolina e colocaram no interior chocolates e amêndoas. Depois de se contar a história do coelho da páscoa que vem dar ovinhos de chocolate, as crianças fizeram um jogo das escondidas. Foram ao jardim municipal procurar o coelho da páscoa. Lá encontraram as cenouras bem recheadas e deixaram as suas mensagens ao coelho. A atividade decorreu conforme o previsto.


A Páscoa - Jardim de infância do Casal de S. Tomé O tema da Páscoa foi falado e trabalhado conjuntamente com as crianças. Fizeram e pintaram desenhos alusivos a esta quadra festiva e picotaram uma caixinha decorada com coelhos, para levar o folar da Páscoa. Aprenderam canções, fizemos o jogo dos ovos misteriosos e recortaram de uma revista os doces típicos (ovos de chocolate, amêndoas…) para colar num placard. Os objetivos estratégicos e operativos desta atividade foram atingidos, em articulação com o projeto educativo do agrupamento.

Dia da Árvore - Jardim de infância de Portomar O desenvolvimento deste tema foi inserido na actividade da Primavera e mais uma vez trabalhado de forma pouco intensa uma vez que houve uma série de temas a tratar nesta data. Fizemos uma visita ao museu do Território da Gandara promovido pela Camara Municipal de Mira, onde as crianças puderam ficar a conhecer um pouco da história dos pinhais de Mira e sobre o processo de plantação de pinhais, importância das sementes e importância destes habitas para o desenvolvimento de diversos seres vivos. Ao longo destas semanas também integrado no projecto de agricultura dinamizado pela Educadora Cândida, foi possível às crianças elaborar bolas de terra com sementes e ainda transplantar algumas plantas da horta do Jardim. - Realizamos de trabalhos individuais com recurso a várias técnicas.


Páscoa - Jardim de Infância da Praia de Mira

Dia do Pai/Jardim de Infância da Praia de Mira

Com o objectivo de: - promover a aprendizagem de canções; - desenvolver a expressão plástica; - proporcionar aprendizagens com significado, descobrindo os que estão mais próximos as crianças: - cantaram e mimaram as canções “Coelhinho da Páscoa”, “ Olha o coelho da Páscoa”; elaboraram cesto da Páscoa; - dialogaram sobre o padrinho e a madrinha e o relacionamento que estes estabelecem com cada afilhado(a). Consideramos que as atividades foram do agrado das crianças.

Consideramos que as atividades realizadas foram do agrado das crianças. O diálogo de grupo sobre o papel dos Pais no nascimento de cada criança, o contributo dado para o desenvolvimento de cada filho, o amor revelado no dia-a-dia… contribuíram para que cada criança reconhecesse a família como estrutura essencial ao bem-estar. A abordagem a livros como “P de Pai”; “ O meu Pai”; “ Pais diferentes”; “ Eu e o meu papá” e ao poema “ Sou pequenino” visaram desenvolver o gosto pelo livro, a oralidade, o vocabulário e a imaginação. A elaboração de um postal e a pintura e decoração de uma caixa de madeira com jogo de cartas e poker, proporcionaram às crianças o contacto com diversas formas de expressão plástica.

Festas no Inverno – Dia do Pai – JI de Mira Para comemorar o dia do Pai realizou-se uma lembrança que consistia em decorar uma moldura onde foi colocada uma foto da criança para oferecer ao pai.

Antes porém realizaram-se atividades plásticas e falou-se da importância do pai nas nossas vidas. A atividade decorreu conforme o previsto


Páscoa – Escola EB1 de Lentisqueira Foram desenvolvidas diferentes atividades que permitiram: - Reviver tradições; - Relembrar os vários símbolos da Páscoa; - Confeccionar folares da Páscoa. Os objetivos foram atingidos na integra. Recursos Utilizados: Fotocópias, rolos de papel higiénico, ovos de chocolate, amêndoas, farinha, ovos, açúcar, leite, margarina, limão, fermento, bacia, forno, sacos de papel. quadro interativo, computador, estórias em PPT alusivas à época.

Folar da Páscoa - EB1 de Seixo (Cozinha e recreio) No dia 15 de março, as assistentes operacionais da escola confecionaram vários bolos tradicionais da Páscoa. Os alunos tiveram oportunidade de os ver fazer e comer. Assim, terminou mais um período letivo saboreando o apreciado bolo e mantendo a tradição. Recursos Utilizados: ingredientes para a confeção dos bolos, bacia e fogão


Dia do Pai - Jardim de Infância de Lentisqueira

Páscoa - Jardim de Infância de Portomar Esta quadra foi vivida de modo a lembrar e reconhecer tradições e rituais pascoais do meio (o folar, as amêndoas, os ovos, o coelho da páscoa, e a visita pascal). A temática foi iniciada com a história do “A Lenda dos ovos da Páscoa”; “Para onde foram os ovos da Paulina”; “A galinha medrosa”. Foram contadas ainda outras histórias relacionadas com galinhas e coelhos. Realizámos atividades relacionadas com esta época festiva, nomeadamente cozinhar os ovos da páscoa com a casca de cebola e perceber porque mudam de cor. As crianças elaboraram uma lembrança para levar para casa com ovos de chocolate e ainda um postal, empregando algumas técnicas, como por exemplo a pintura de dedos. Desenvolvemos conversas com as crianças acerca dos valores, tradições religiosas, culturais e familiares próprias desta festa.

A preparação para a partilha e vivência do Dia do Pai teve como principal objetivo reforçar o papel do pai na vida da criança e aconteceu com os seguintes passos: - Contar/ouvira as histórias “O meu Pai”, “Tanto, Tanto”, “O meu Pai é o Maior”, que reforçam o papel do Pai e a importância da figura paterna. Abordam o tema da monoparentalidade que por diversos motivos vai moldando a nova família e cabenos a nós educadores, valorizar e reforçar a figura paterna, ainda que não esteja presente no quotidiano da criança; - Ouvir e dialogar em conjunto, sobre a figura do Pai, tendo especial atenção a casos de famílias monoparentais e os motivos que levaram a esta situação; Elaboração de um registo escrito “O meu Pai é…” - nome, a profissão, o seu aspeto físico, o que mais gosta de fazer com o pai; Desenhar a figura do pai, através de várias técnicas de expressão plástica; Aprender uma canção para o Pai; Fazer uma prenda para o Pai.


Dia do Pai – Jardim de Infância de Casal de S. Tomé O dia do PAI foi preparado com bastante antecedência por mim, Educadora, pelas Assistentes e pela Professora de Música, que ensaiou as crianças, com uma canção dedicada ao país. As crianças começaram por desenhar a figura do PAI numa folha (A4),e tiveram a oportunidade de falar do pai, o nome, o trabalho, as qualidades… Em seguida picotaram em cartolina branca uma cabeça de um cão (Dálmata) e decoraram com umas manchas pretas, depois de colada fizeram dois buracos onde daí saiam umas meias a fazer de orelhas para oferecer ao Pai. Fizemos também um postal com uma mensagem e aprenderam a escrever a palavra Pai e uns versinhos para no dia lhes fazer uma surpresa. No dia 19 de Março, convidamos os Pais das crianças para virem à nossa escolinha, no fim do almoço para em conjunto lhes fazermos uma surpresa. Foi um momento muito agradável, com muita alegria, muita emoção, com canções, versos e trabalhos feitos pelos pais com ajuda dos filhos. Os objetivos estratégicos e operativos foram atingidos, em articulação com o projeto educativo do agrupamento.

Dia do pai Jardim de Infância de Portomar Jardim de é uma época de alegria, porque falar dos pais é sempre motivo de festa para a crianças e também de aprendizagens. - Ouvimos histórias sobre o pai – “Pê de Pai”;”O meu Pai e eu”. Utilizamos ao computador e data show para apresentar a história e no fim fizemos um registo gráfico. Percebemos que os pais são todos diferentes mas que o seu papel é muito importante para os filhos. - Aprendemos a canção (O meu Pai é o meu melhor amigo). - Construímos um car-


Siga-nos www.escolasdemira.pt | https://www.facebook.com/escolasdemira Agrupamento de Escolas de Mira | Sede: Escola Secundária, com 3º Ciclo, Drª Maria Cândida Rua Óscar Moreira da Silva | 3070 – 330 MIRA Telef. 231458512/231458682/910417128 |Fax. 231458685 | secretaria@escolasdemira.pt | direcao@escolasdemira.pt

Newsletter_Marco_2013  

Newsletter março 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you