Page 1

RAPUNZEL LORENA E MARIANA


REESCRITA 1o ANO

APRESENTAÇÃO AO LONGO DO TERCEIRO TRIMESTRE AS CRIANÇAS DO 1º ANO REALIZARAM UM TRABALHO DE PRODUÇÃO DE TEXTOS A PARTIR DE HISTÓRIAS MUITO APRECIADAS POR ELAS – OS CONTOS TRADICIONAIS. NESTE PROCESSO, COM AJUDA DAS PROFESSORAS E DOS PARCEIROS, TIVERAM O DESAFIO DE REESCREVER UM CONTO CONHECIDO, CUIDANDO DE ASPECTOS IMPORTANTES COMO: O USO DE UMA LINGUAGEM ADEQUADA AO GÊNERO, A ORDEM DOS EPISÓDIOS E A CARACTERIZAÇÃO DE PERSONAGENS E CENÁRIOS.

A PRIMEIRA METADE DO CONTO FOI ESCRITA COLETIVAMENTE, TENDO A PROFESSORA COMO ESCRIBA E A SEGUNDA PARTE EM DUPLAS E TRIOS. NOS MOMENTOS DE PRODUÇÃO, AS CRIANÇAS PRECISARAM PENSAR INTENSAMENTE SOBRE ASPECTOS RELACIONADOS AO SISTEMA DE ESCRITA E FORAM COLOCADAS EM SITUAÇÕES DE REVISÃO TEXTUAL, RELENDO E ACRESCENTANDO TRECHOS DA HISTÓRIA PARA QUE ELA SE TORNASSE CADA VEZ MELHOR.


REESCRITA 1o ANO

AS CRIANÇAS FORAM ORIENTADAS A CUIDAR DA ESCRITA CONVENCIONAL DAS PALAVRAS DE USO FREQUENTE E, AO ESCREVER E DIGITAR OS TEXTOS, PUDERAM ATENTAR-SE À TROCA E OMISSÃO DE LETRAS EM ALGUMAS PALAVRAS, CORRIGINDO-AS. É IMPORTANTE PONTUAR QUE, NESTE MOMENTO, NÃO TEMOS A EXPECTATIVA DE QUE AS CRIANÇAS ESCREVAM RESPEITANDO DE FORMA CONVENCIONAL TODAS AS REGULARIDADES E REGRAS ORTOGRÁFICAS, ASSIM, VOCÊS VERIFICARÃO QUE ESCREVERAM DA FORMA COMO SABEM FAZÊ-LO, DANDO O SEU MELHOR. A PONTUAÇÃO FOI UM ASPECTO CUIDADO PELAS PROFESSORAS PARA GARANTIR MAIOR CLAREZA AOS LEITORES. AS HISTÓRIAS GANHARAM LINDAS ILUSTRAÇÕES, TAMBÉM FEITAS PELOS ALUNOS, DANDO ORIGEM A ESTE LIVRO DIGITAL. APROVEITEM O MOMENTO LENDO AS HISTÓRIAS NA COMPANHIA DAS CRIANÇAS. PARABÉNS PELO SEU TRABALHO CRIANÇAS! COM CARINHO DE SUAS PROFESSORAS,

BRAZILIA E FERNANDA FERRÉ.


REESCRITA 1o ANO

ERA UMA VEZ UM CASAL QUE DESEJAVA HÁ MUITO TEMPO TER UM BEBÊ, ATÉ QUE UM DIA A MULHER FICOU GRÁVIDA. DE SUA CASA A MULHER VIA UM QUINTAL PELA JANELA. ERA DA CASA DA VIZINHA E TINHA UM LINDO JARDIM CHEIO DE VERDURAS, ÁRVORES FRUTÍFERAS, FLORES E MUITO MAIS. UM BELO DIA ELA AVISTOU VÁRIOS RAPONÇOS E FICOU COM MUITA VONTADE DE COMÊ-LOS. ESSE DESEJO FEZ A MULHER EMAGRECER.

O MARIDO ENTÃO PERGUNTOU: - POR QUE VOCÊ ESTÁ TÃO MAGRA, DESEJA ALGUMA COISA? - EU DESEJO COMER OS RAPONÇOS DA VIZINHA. VOCÊ PODE COLHER PRA MIM? POR FAVOR?


REESCRITA 1o ANO

O HOMEM ENTÃO PULOU O MURO, COLHEU O RAPONÇO E LEVOU PARA A ESPOSA. A MOÇA ENTÃO FEZ UMA DELICIOSA SALADA, COMEU E FICOU COM TRÊS VEZES MAIS VONTADE DE COMER RAPONÇO. ENTÃO ELA PEDIU OUTRA VEZ AO MARIDO QUE FOSSE COLHER RAPONÇOS. PREOCUPADO COM A MULHER, O HOMEM PULOU O MURO OUTRA VEZ, PORÉM, TEVE UMA DESAGRADÁVEL SURPRESA. QUANDO PISOU NO QUINTAL ELE ENCONTROU A VIZINHA QUE ERA NADA MAIS, NADA MENOS, QUE UMA FEITICEIRA:


REESCRITA 1o ANO

- O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO NO MEU QUINTAL PEGANDO OS MEUS RAPONÇOS? – DISSE A MULHER COM OS OLHOS PEGANDO FOGO DE RAIVA. - SÃO PARA MINHA MULHER. - E PARA QUE ELA QUER OS MEUS RAPONÇOS? SAIA JÁ DAQUI, SENÃO VOCÊ VAI VER. - NÃO FAÇA DE MAU COMIGO, É QUE MINHA MULHER ESTÁ GRÁVIDA E TEM MUITA VONTADE DE COMER OS RAPONÇOS. - ENTÃO PODE LEVAR OS RAPONÇOS, MAS, PARA QUE NADA DE MAL LHE ACONTEÇA, VOCÊ DEVERÁ ME ENTREGAR O BEBÊ QUE O BOM DEUS LHE DARÁ, ASSIM QUE NASCER.


REESCRITA 1o ANO

PASSADOS ALGUNS MESES NASCE UMA LINDA MENINA. PORÉM, A ALEGRIA DOS PAIS DURA POUCO, POIS A FEITICEIRA LOGO APARECE E LEVA A MENINA, A QUEM DÁ O NOME DE RAPUNZEL.


REESCRITA 1o ANO

OS ANOS VÃO PASSANDO E A MENINA VAI CRESCENDO. AO COMPLETAR 12 ANOS, A FEITICEIRA LEVA RAPUNZEL PARA UMA TORRE NA FLORESTA. ESSA TORRE É MUITO ALTA, NÃO TEM PORTA E TEM UMA ÚNICA JANELA. CADA VEZ QUE A FEITICEIRA VAI À TORRE, ELA DIZ: - RAPUNZEL, RAPUNZEL, JOGUE SUAS TRANÇAS. A MENINA, DE LONGAS E LINDAS TRANÇAS LOIRAS, SEMPRE ATENDE A MALVADA QUE AGARRA-SE ÀS TRANÇAS E SOBE POR ELAS.


REESCRITA 1o ANO

E ASSIM OS DIAS VÃO PASSANDO E RAPUNZEL, QUE NÃO TEM MUITO O QUE FAZER, OLHA PELA JANELA E SOLTA SUA BELA VOZ CANTANDO COM OS PÁSSAROS. UM BELO DIA, UM PRÍNCIPE PASSOU PERTO DA TORRE E SE ENCANTOU PELA VOZ DA MOÇA. PORÉM, QUERENDO SE APROXIMAR DELA, DEU A VOLTA NA TORRE E VIU QUE NÃO HAVIA PORTA. ENTÃO, TODO DIA PASSAVA PELA FLORESTA PENSANDO EM COMO PODERIA ENCONTRAR RAPUNZEL ATÉ QUE UM DIA, QUANDO ESTAVA OUVINDO A LINDA CANÇÃO DE BAIXO DE UMA ÁRVORE, A FEITICEIRA APARECEU E DISSE AS PALAVRAS DE SEMPRE. VENDO COMO A FEITICEIRA FAZIA PARA SUBIR NA TORRE, RESOLVEU TENTAR A SORTE E UM BELO DIA GRITOU: - RAPUNZEL, RAPUNZEL, JOGUE SUAS TRANÇAS. (ESCRITA COLETIVA)


REESCRITA 1o ANO

O PRINCIPE SOBE PELAS TRANÇAS E RAPUNZEL SE ASUSTA COM ASURPRSA CONDO ELE CHEGA E SEAPAIXONA POR ELE. E O PRINCIPE CONVIDA ELA PARA IR AO PALASIO E A RAPUNZEL TEVE UMA IDEIA, PEDIU PRO PRICIPE TRAZER SEDA PARA FAZER UMA ESCADA.


REESCRITA 1o ANO

BELO DIA ELA FALA SEM QUERER PARA MADRASTA: - NOSSA VOCE E MUITO MAIS PESADA DO QUE O PRINCIPE! - QUE PRICIPE? - A FEITICEIRA FALA - VOCE VAI PAGAR POR ISSO! A FEITICEIRA PEGA A TESOURA E CORTA AS LINDAS TRANÇAS DE RAPUNZEL E ELA LEVA A RAPUNZEL A UMA FLORESTA MUITO LONGE DEIXA ELA LA. ENTÃO VOUTA PARA TORRE E O PRINCEPE APARECE E FALA VARIAS E VARIAS VEZES: - RAPUNZEL, RAPUNZEL, JOGA SUAS TRANÇAS. E ELE SOBE NA TORRE E ENCONTRA AFEITICEIRA E ELA FALA: - VOCE VAI PAGAR POR ISSO. ELA JOGA O PRINCIPE DA TORRE E ELE CAI EM CIMA DE ISPENHO E FURA OS OLHOS.


REESCRITA 1o ANO

EMTEU (ENTÃO) ELE FICA PERDIDO NA FLORESTA ATE QUE UM DIA ELES OUVI A CENSEL (CANÇÃO) DE RAPUNZEL. ELI SI INCONTRO E ELA HORA (CHORA). QUANDO UMA LAGRIMA CAI NOS OLIOS DO PRINCIPE ELI CONSEGI ENXERGA E ENTEL (ENTÃO)OS DOIS VIVERAM FELIZES PARA SEMPRE!


REESCRITA 1o ANO

Rua Abílio Soares, 425 CEP 04005-001 Paraíso, São Paulo/SP Tel (11) 3884-0566 Fax (11) 3051-3733 santi@escolasanti.com.br www.escolasanti.com.br

Lorena e Mariana