Issuu on Google+


MENSAGEM AOS PAIS... AS CRIANÇAS APRENDEM O QUE VIVEM Se as crianças vivem em meio a críticas, aprenderão a condenar. Se as crianças vivem em meio à hostilidade, aprenderão a brigar. Se as crianças vivem sendo ridicularizadas, irão se tornar tímidas. Se as crianças vivem com vergonha, aprenderão o sentimento de culpa. Se as crianças vivem onde há incentivo, aprenderão a confiança. Se as crianças vivem onde ocorre à tolerância, aprenderão a paciência. Se as crianças vivem onde há elogios, aprenderão a apreciação. Se as crianças vivem onde há aceitação, aprenderão a amar. Se as crianças vivem onde há aprovação, aprenderão a gostar de si mesmos .Se as crianças vivem onde há honestidade, aprenderão a veracidade. Se as crianças vivem com segurança, aprenderão a crer em si mesmas e naqueles que as rodeiam. Se as crianças vivem em um ambiente de amizade, aprenderão que o mundo é um lugar bom para se viver. (Dorothy Law Nolte)

E você? O que está ensinando a seu filho? Vamos refletir?


O dia 18 de abril foi instituído como o dia nacional da literatura infantil “Um país se faz com homens e com livros”. Essa frase criada por ele demonstra a valorização que dava à leitura e sua forte influência no mundo literário. Como viveu um período de sua vida em fazendas, seus maiores sucessos fizeram referências à vida num sítio, assim criou o Jeca Tatu, um caipira muito preguiçoso. Dentre seus principais personagens do Sítio do Pica-pau Amarelo estão: D. Benta, a avó; Emília, a boneca falante; Tia Nastácia, cozinheira que preparava famosos bolinhos de chuva, Pedrinho e Narizinho, netos de D. Benta; Visconde de Sabugosa, o boneco feito de sabugo de milho, Tio Barnabé, o caseiro do sítio que contava vários “causos” às crianças; Rabicó, o porquinho cor-de-rosa; dentre vários outros que foram surgindo através das diferentes histórias. Quem não se lembra do Anjinho da asa quebrada que caiu do céu e viveu grandes aventuras no sítio? Dentre suas obras, Monteiro Lobato resgatou a imagem do homem da roça, apresentando personagens do folclore brasileiro, como o Saci Pererê, negrinho de uma perna só; a Cuca, uma jacaré fêmea muito malvada; e outros. Também enriqueceu suas obras com obras literárias da mitologia grega, bem como com personagens do cinema (Walt Disney) e das histórias em quadrinhos.


Durante o desenvolvimento do projeto Mamãe Coruja, nossa escola desenvolveu diversificadas atividades como exposições, confecção de cartões além de trabalharmos a questão “O Amor de uma Mãe” em sala de aula. Realizamos homenagens as mães através das redes sociais, entre outros.


FAZENDO ARTES COM ELEMENTOS DA NATUREZA AS CRIANÇAS DO INFANTIL IV REALIZARAM UMA PRAZEROSA ATIVIDADE COLETIVA, ONDE PUDERAM CONHECER UM POUCO MAIS SOBRE OS ELEMENTOS NATURAIS, EXPLORANDO AO MESMO TEMPO A ÁREA ARTÍSTICA.


APRENDENDO A CONSOANTE

K

-A turminha do infantil IV, estรก trabalhando com a consoante K, explorando a oralidade e a escrita da mesma. Estรก sendo um sucesso!!!



Revista EPS - MÃE