Page 1

Escola E.B. 2,3 Dr. João de Barros—B.E.

Vir à Página Ano 1, nº 4

Acordo Ortográfico

A partir de agora, teremos o boletim com a nova grafia, e neste artigo sobre o Acordo Ortográfico decidimos escrever a itálico as palavras que ganham nova grafia e, nas situações em que podemos optar, são apresentadas as duas hipóteses.

NESTA EDIÇÃO:

O que houve?

2

Acontecendo ...

2

Dá-me livros

3

Atividades em fevereiro:

O novo Acordo Ortográfico entrou em vigor em Janeiro de 2009. Até 2012, decorre um período de transição, durante o qual podemos optar: ou utilizamos a grafia atual ou começamos a usar já a nova grafia. Temos, portanto, tempo para nos habituarmos e, aos poucos, assimilarmos as alterações necessárias. Que alterações são essas, afinal? Deixamos aqui já um pouquinho.  O que não se pronuncia não se escreve é uma das regras do acordo (exceção para o h). E pensando bem, para quê fazer coleção de sons mudos? A nossa vida continuará a decorrer normalmente. Um espetáculo continuará a deliciar-nos, continuaremos a fazer projetos com muito entusiasmo, a direção da nossa escola continuará a ter o c no acompanhamento que nos faz.  Volta e meia, havemos de andar às voltas com o hífen, que ora sai ora fica. Vamos já adiantando que ele andará sempre metido entre duas vogais iguais (micro-ondas, contra-almirante), e fugirá assim que lhe aparecerem duas vogais diferentes (autoestrada, plurianual). Também resolverá esconder-se quando a 2ª palavra começa por r ou s (contrarrelógio, minissaia). E já reparaste que à semirreta vai fugir o hífen e o c? Fica mais pequenina, mas continua a ser a mesma que a tua professora de Matemática/matemática um dia te apresentou. Em “coisas” da botânica e da zoologia, o hífen continuará a marcar presença: couve-flor, mal-me-quer, a cobra-capelo, para ficares aqui com alguns exemplos. Quer dizer que podes continuar a apreciar estrelas-do-mar na praia, sem que lhes falte nenhum bocadinho.  Alguns acentos vão desaparecer.Quando estiver muita gente a ler na biblioteca, pode apetecer perguntar «O que será que eles leem?». E mesmo sem o acento circunflexo, essa espécie de “chapelinho”, a leitura continuará e a resposta poderá ser «Leem as novidades acabadinhas de chegar.» Não deixarão de ser heroicos todos os atletas que temos por esse mundo fora, principalmente os paralímpicos. Afinal de contas, comboio também já não tinha acento, não é verdade? Devemos ter presente que se trata de um acordo ortográfico, ou seja a nível da grafia, da escrita de algumas palavras. Nada se vai alterar na forma como as pronunciamos, nada vai mudar no que elas significam, e o nosso pensamento continuará a processar-se como sempre. Todas as línguas vão sofrendo alterações, e a nossa não foi sempre como é hoje. Estamos agora a fazer algumas adaptações e, antes, outras pessoas fizeram outras. Já imaginaste o desagrado e o alvoroço quando pharmacia passou a escrever-se farmácia, ou esculptura passou a escultura, sciência a ciência? A prova de que a nossa língua se mantém como é, está neste texto, que te foi possível compreender na íntegra, mesmo com alterações em relação ao que foi a norma até este momento. Abraço continua a escrever-se com cedilha. Sabes porquê? A cedilha funciona como o elo que nos liga. Concordas? //

Comemoração de S.Valentim - Chá com

Livros

Janeiro 2011

Chá com livros No próximo dia 14 de fevereiro, o departamento de línguas e a nossa biblioteca assinalam o dia de S. Valentim. Andarás também às voltas com esta temática, em busca de histórias de amor. Nesse dia, das 17.30 às 19.00, os nossos corações estarão abertos à comunidade, para um chá com livros ... Existem muitas formas de amor. Somos mais felizes uns com os outros, somos seres sociais. //


Oque houve?? Em dezembro aconteceu o primeiro concerto de natal da nossa escola, organizado pelo grupo disciplinar de Educação Musical, com Sax Emsemble. O ouro dos saxofones brilhou nos nossos ouvidos, num ambiente que fazia adivinhar a época natalícia prestes a chegar. (Para quem não esteve presente, já reparou que o músico da esquerda é o professor Rogério?)

Comemorámos o dia 10 de dezembro com uma semana dedicada aos Direitos Humanos.

Para o concurso “Línguas à solta”, alguns livros andaram numa roda viva, pois a 1ª eliminatória foi na última semana do período e era preciso responder às perguntas corretamente, para passar à final. Parabéns a todos os participantes!!! Este nosso hotel dos livros continua a testemunhar a azáfama dos alunos que estão participando no concurso DAR@língua. Concurso Nacional de Leitura - promovido pelo PNL (Plano Nacional de Leitura), está na sua 5ª edição. A nossa escola participa pela 1ª vez, com 12 alunos, de 7º e 8º ano. Este concurso envolve a leitura de uma obra, consoante o ano de escolaridade. A 1ª fase teve lugar no dia 6 de Janeiro. Passarão à fase distrital, representando a nossa escola, a Carolina Santos (8ºC), a Maria Francisca (7ºA) e o João Cruz (8ºB). Daqui vai um grande “FORÇA!!!” para estes nossos concorrentes.

Na última semana do 1º período, a nossa biblioteca acolheu mais uma feira do livro, que todos puderam visitar, bem como comprar livros, alguns dos quais depois se transformaram em prendas de natal. Durante a feira, houve surpresas. O vampiro Valentim livrou-se do papel, passeou pela biblioteca e encantou todos, sempre acompanhado pelas palavras lidas pela sua simpática amiga. A Rita e a Mariana, do 9ºA, estiveram ótimas nesta animação. A escritora Madalena Santos foi mais uma das atividades dessa semana. //

Página 2

Acontecendo … A Biblioteca do Centro Escolar das Abadias vai de vento em popa, ou seja, dá-lhe o vento de feição, que a leva por diante. O espaço está pronto para receber os livros, o seu mais precioso recheio. Está quase! ****************

Bora lá blogar! É o nosso blog, sempre com coisas giras e à espera da tua visita. Não te esqueças dele, junta-te aos que já o têm como companhia amiga. Pega num amigo ou dois e aproveita uma daquelas visitas à biblioteca, daquelas em que nem sabes muito bem por onde começar, e espreita o blog da nossa biblioteca. Aprecia-o e deixa por lá o teu comentário . T amb é m podes enriquecêlo com sugestões, junto da professora Regina. //

V I R À P ÁG I N A


A N O 1 , Nº 4

Página 3

Dá-me livros ... Assim como um mealheiro vai ficando cada vez mais preenchido, vai a nossa biblioteca ficando com mais leituras para ti. Há livros que adquirimos, no âmbito do PNL (Plano Nacional de Leitura), outros que nos chegam por oferta, de alunos como tu. A Sara Almeida, do 8ºA, ofereceu vários livros da coleção Camila, bem como O Livro das Boas Maneiras, de Christine Ricci. O Bruno Ribeiro, do 6º6, fez-nos chegar Criaturas Fantásticas.

António Mota Ilustrações de Marta Lemos

Aquele que pr eg a p a r t id inof as ensi vas, engend ra av enturas em ociona ntes, sofre a s p e na s de um am or não correspon dido, que se ab orrece aos doming os e de q ue m a ma ior parte das pe ssoas gosta m uito. / /

 Outros Tempos, um inédito também para ser lido pelos adultos. Uma obra envolta numa atmosfera onde o viver das pequenas aldeias corre ao ritmo das estações do ano e das memórias contadas pelos mais velhos. Um mundo onde a terra e as gentes ganham uma dimensão própria. //

 Tens nas tuas mãos um livro de saberes vindo de épocas longínquas. Abre-o, se tiveres coragem! Ao longo das páginas descobrirás como domesticar um duende, aprenderás que um homem se pode transformar em dragão e ficarás a conhecer a sabedoria dos feiticeiros. Atenção! Guarda este livro preciosamente: ele revela também os segredos de criaturas maléficas, e estas farão de tudo para to roubar... Deposito em ti a minha confiança...porque sei que és valente. Levanta voo com as fadas para dar início à mais maravilhosa das viagens e vem ao meu encontro. //

se como a d a t con a his É ance, m o r de si um fosse ica, já um s ú m da nha tória ia, ga r ó t ínio a t e fasc e encan e s s e qu inter novo tempo o m s áloi e ao m nstrui. Os d de i s e e vivo educa rtidos e v i d gos // ahlen. Kurt P


Escola E. B. 2,3 Dr. João de Barros Figueira da Foz Tel: 233401620 Fax: 233420116 mail: geral@eb23-joaobarros.edu.pt Blog: http://bejbe-lercrescer.blogspot.com

- OLHA, VOU À BIBLIOTECA ...

Dinamizado pela professora Graça Rocha e alguns alunos

LERLERLER Já te vais habituando a esta secção, na qual é referido o leitor que mais livros requisitou no mês anterior. É uma forma de destacar alguém. Contudo, importante mesmo é frequentar a biblioteca e ler ler ler ler . Podes andar na companhia de um só livro tempos infinitos, a saboreá-lo, a procurar identificações contigo, com a tua pessoa, com a tua vida, a aprender a ver melhor alguns aspectos … E essa leitura é tão importante como aquela que é feita quando lês muitos livros. Ou seja, o que é preciso e bom é ler ler ler … A Ana Rita Queirós Silva, do 6º12, foi a leitora que requisitou mais livros durante o mês de Dezembro. Numa pequenina conversa com ela, ficámos a saber que um dos últimos livros que leu foi Aconteceu em Gorongoza, de Margarida CastelBranco. Esta tua colega aprecia livros com aventuras e mistério. Por exemplo, os livros da colecção dos cinco, de Enid Blyton. //

A Biblioteca mais perto de si … E agora uma palavrinha especial dirigida aos professores da nossa escola. São muitas as tarefas que um professor tem que desenvolver ao longo do dia. E nem sempre dispõe de um tempinho extra para ir até à biblioteca ler ou simplesmente requisitar um livro. Pois bem, vai a montanha a Maomé, e com todo o gosto! À entrada da sala de professores, vão sendo expostas as novidades em termos de livros chegados à biblioteca, para que disso se tome conhecimento e para poderem ser requisitados. Para tal, bastará preencher o formulário, junto da D.Emília, e o livro ser-lhe-á entregue. Esta é mais uma forma cómoda e prática que a biblioteca considerou por bem adoptar, para que os nossos amigos de papel continuem a chegar a quem lhes quer bem. Caro professor, tenha a biblioteca mais perto de si! //

Livros, um povo itinerante ...

O nosso projecto de itinerância, que leva livros a passear pelos Jardins de Infância e escolinhas do 1º ciclo, já vai com 11 baús. A circulação é rotativa, por período lectivo, e de cada vez que a nossa biblioteca leva um baú a um jardim ou a uma escola de 1ºciclo, acontecem actividades em torno de um determinado livro. //

Caro Encarregado de Educação, sabendo já Vª Exª que este nosso boletim apresenta uma linguagem especialmente dirigida ao seu educando, constatará também que, a partir deste número, obedecerá ao novo acordo ortográfico. Na capa poderá ler algo mais a esse propósito. Encontra aí um artigo com um “cheirinho” de acordo, no qual decidimos escrever a itálico as palavras que ganham nova grafia e, nas situações em que poderemos optar, são apresentadas as duas hipóteses. Para além disso, chamamos a sua atenção para o livro Outros Tempos, da autoria de António Mota. (página 3). Poderá requisitálo na nossa biblioteca. Desejamos que esta seja mais uma forma vantajosa e agradável de acentuar a “ponte” entre a escola e os Encarregados de Educação. //

Boletim de Janeiro 2011  

Boletim da Biblioteca Dr. João de Barros