Issuu on Google+

ESAB - Escola Secundária de Avelar Brotero Ano lectivo de 2010/11

AUTO-AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR Relatório Janeiro de 2011

Introdução As directrizes propostas pela Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) para a autoavaliação do desempenho e da dinâmica das bibliotecas nas escolas e o Projecto Educativo 2010-2013, orientaram a estruturação do Plano de Acção da Biblioteca Escolar para o triénio 2010-13. O documento de programação da acção da biblioteca, originou um outro documento de estratégia, o Plano de Actividades da Biblioteca Escolar 2020-11, que viria a ser parte integrante do Plano de Actividades da Escola 2010-11. Ambos os planos propõem o desenvolvimento de acções agregadas aos quatro domínios da intervenção da biblioteca escolar: A – Apoio ao Desenvolvimento Curricular. B – Leitura. C – Projectos, Parcerias e Actividades Livres e de Abertura à Comunidade. D – Gestão da Biblioteca Escolar. Tradicionalmente entendida como um serviço de gestão de recursos da escola, as bibliotecas escolares (BE) há muito assumem dinâmicas que pretendem enquadrá-las como uma área de acção pedagógica, uma estrutura de aprendizagens com a abrangência do currículo e um espaço de formação para as literacias em geral e, em particular, para a literacia da informação. A emergência do papel do Professor Bibliotecário, com horário completo e exclusivo na BE e um perfil de competências e formação especializada, apresentando-se como elemento activo na gestão da BE e dos seus recursos na articulação curricular, promoção da leitura e nas dinâmicas de parcerias interna e externamente, contribuiu para a mudança da leitura histórica do seu papel, enquanto serviço. A avaliação da biblioteca escolar é um processo pedagógico e regulador, inerente à gestão e procura de uma melhoria contínua e pretende avaliar a qualidade e eficácia da BE. Orienta-se pelo Modelo de auto-avaliação das bibliotecas escolares, surgido pela primeira vez em 2007 e actualizado em 2009 e 2010. Nos anos lectivos de 2007/08 e 2008/09 foi aplicado a título experimental nas escolas que apresentavam um coordenador da BE a tempo inteiro e em ESAB/BE_Relatório de Auto avaliação do 1º trimestre 2010/11__P

1/10


2009/10, com a institucionalização do cargo do professor bibliotecário, foi aplicado em todas as escolas. No caso da Escola Secundária de Avelar Brotero, o modelo nunca teve a oportunidade de ser testado, nem foi aplicado no ano lectivo anterior pela ausência da profesora bibliotecária, antecessora do autor do presente relatório, a partir de Janeiro até ao final do ano lectivo. Os antecedentes do processo de avaliação da BE justificam a razão porque o Relatório Síntese da Avaliação Interna da ESAB só referencia a BE enquanto serviço, não apresentando qualquer critério avaliativo de acções que a enquadrem em áreas pedagógicas ou de articulação curricular. Apresentam-se as duas evidências do referido relatório, aplicadas à Biblioteca Escolar: (p 21) – Organização e Gestão Escolar / Avaliação por pessoal docente e não docente e discentes em dois níveis / 2. Níveis de motivação e de satisfação – Organização / Indicador forte /1. Organização do Refeitório, Laboratórioe e Biblioteca. (p.22-23) – C. Serviços da Escola: Secretaria, Papelaria, Reprografia, SASE, Biblioteca. Bar dos Alunos / Avaliação por níveis de satisfação dos utilizadores / Indicador forte (horário) / Indicador fraco (atendimento). A BE da ESAB foi integrada na RBE em 1998 e ocupou três salas do 3º piso do BLOCO A, até ao momento da requalificação do seu espaço físico, pela intervenção da Parque Escolar EPE. No ano de 2010 mudou duas vezes de instalações, passando das salas tradicionais para um único espaço do mesmo piso. Finalmente, de 11 de Outubro a 2 de Novembro de 2010, instalou-se no espaço definitivo, abrindo as portas aos seus utilizadores no dia 3 de Novembro: •

De 01 de Setembro a 08 de Outubro (6 semanas) – espaço intermédio – tempo dedicado à planificação da actividade da BE;

de 11 de Outubro a 02 de Novembro (3 semanas) – mudança de instalações;

de 03 de Novembro a 17 de Dezembro de 2010 (7 semanas) – espaço final – tempo dedicado à implantação das acções previstas no Plano de Actividades da Escola e no Plano de Actividades da Biblioteca Escolar. A biblioteca irá ser avaliada de acordo com o Modelo de Auto-Avaliação da Biblioteca

Escolar (MABE), elegendo-se o domínio D – Gestão da Biblioteca Escolar, como o mais central e, por conseguinte, de maior incidência nesse processo avaliativo. A justificação pela escolha desse domínio, prende-se com a instalação no novo espaço físico, a liderança de um novo professor bibliotecário, a reformulação dos documentos de gestão da escola e a reformulação dos documentos de gestão da biblioteca e a actualização e tratamento dos recursos, áreas centrais do domínio D. O presente relatório reporta-se à acção da BE no primeiro trimestre do presente ano lectivo, apresentando-a quer em termos cronológicos, cumprindo sequencialmente os domínios e subdomínios da sua intervenção, adaptando ainda os registos ao Quadro de Referência para a Avaliação de Escolas e Agrupamentos de Escolas, da Inspecção Geral da Educação.

ESAB/BE_Relatório de Auto avaliação do 1º trimestre 2010/11__P

2/10


Documentos de Gestão da Escola O órgão de gestão da escola, demonstrando o reconhecimento da missão da BE e a importância do seu papel como parceiro pedagógico, solicitou ao actual professor bibliotecário a colaboração na revisão dos documentos de gestão – Projecto Educativo (PE) e Projecto Curricular de Escola (PCE). Salientam-se os aspectos principais que foram incluídos em ambos os documentos, aqui destacados como justificação para que orientações, metas e estratégias de ambos os documentos surjam como estruturantes da articulação da BE com a escola e, por conseguinte, na base dos documentos de gestão da própria biblioteca. Projecto Educativo (PE): (p.11) “Metas e estratégias - Área pedagógica: (…) Promover a inovação educacional (…) Desenvolver um modelo de literacia de informação na escola em programas de articulação da biblioteca escolar em ligação estreita com os conteúdos e as competências disciplinares, para objectivos educativos concretos e desenvolver programas de promoção da tecnologia, aprendendo "com" ela e não "sobre" ela. “ (p.13) “Comunicação entre as diferentes estruturas: Promover programas de práticas colaborativas entre diferentes sectores da escola. “ (p.14) “Oferta cultural – Biblioteca: Contribuir para o processo de aprendizagem - maior motivação para a aprendizagem, mais competências ao nível das diferentes literacias, em especial a literacia da informação; contribuir para melhorar os índices de leitura e contribuir para a identidade cultural, a cultura cívica e a equidade entre alunos de diferentes níveis socioeconómicos e diferentes ritmos de aprendizagem. “ Projecto Curricular de Escola (PCE) “Compete à biblioteca escolar a formação e mobilização dos docentes para a integração dos recursos nos processos de ensino, para a sua utilização plena como facilitadora de metodologias inovadoras e o desenvolvimento de competências nos alunos (…) Sendo um órgão de intervenção pedagógica é da sua competência: •

Envolver a comunidade escolar no planeamento das actividades.

Colaborar de forma activa nas áreas curriculares que desenvolvam trabalho de projecto ou de investigação.

Formar para a literacia da informação.

Produzir e divulgar materiais de apoio ao currículo.

Definir o modelo de literacia da informação da escola e promover o uso ético da informação.

Formar leitores e estabelecer estratégias para a circulação dos recursos.

Proporcionar o uso autónomo do espaço e dos recursos pela comunidade educativa.

Apresentar-se como parceira na dinâmica cultural da escola. ESAB/BE_Relatório de Auto avaliação do 1º trimestre 2010/11__P

3/10


Promover práticas colaborativas com outras bibliotecas/escolas em redes concelhias e inter-concelhias.

Promover a valorização da biblioteca na escola e divulgar a sua acção.”

Documentos de Gestão da BE: •

Plano de Actividades da Biblioteca Escolar 2010/11 (PABE)

Acção da Biblioteca Escolar A extensão das acções e actividades propostas no PABE e implementadas no primeitro trimestre do ano lectivo, implicou a sua sistematização de forma simplificada no seguimento deste relatório. As evidências aqui registadas são suportadas por documentos comprovativos que se encontram em dossiê próprio. Articulação Curricular (Acções nos domínios: A - Literacia da Informação e B Leitura) • Reunião das Assessorias APAC e ACAI (02/09/10 – Sala A22) – presença do professor bibliotecário (PB) – apresentação da biblioteca – missão e propósito e propostas de planificação de actividades conjuntas. • Definição de Modelo de Literacia da Informação (10(09/10) – documento base para implementação na escola, aplicação e aprofundamento em programas colaborativos, para a adopção de um modelo para a escola: 1. Guia de pesquisa de informação. 2. Guião de pesquisa de informação. 3. Guia: como estruturar um trabalho escrito. 4. Ficha de registo de recursos consultados. 5. Ficha de registo de citações. 6. Ficha de registo de referências bibliográficas. 7. Ficha de avaliação de recursos em linha. • Reunião de professores de Área de Projecto- 12º ano (13/09/10) – presença do PB – apresentação do Modelo de Literacia da Informação – articulação da BE com os professores/alunos em sala de aula e estabelecimento de parcerias para o desenvolvimento de competências de informação. • Parceria/programa colaborativo com área curricular de Português – presença do PB em reuniões de planificação da área curricular, com a totalidade dos professores: (20/10/10 e 15/12/10). Objectivo - estimular a prática da leitura e da escrita. Conteúdos (incidência aprofundada em alunos do 10º ano): o

Concurso Nacional de Leitura, de 20/10/10 a 15/01/11.

o

Concurso de Poesia, de 10 a 21/01/11 ESAB/BE_Relatório de Auto avaliação do 1º trimestre 2010/11__P

4/10


• Parceria/programa colaborativo com o Gabinete do Aluno -

organização de

eventos associados a efemérides na área da Educação para a Saúde (ver, mais à frente, as acções desenvolvidas). • Parceria/programa colaborativo com área curricular de Biologia- docente Eugénia Lemos - 12º 1F – Selecção e avaliação de fontes de informação em suportes diversificados – aula conjunta em 28/09/10. • Parceria/programa colaborativo com área curricular de Inglês – docente Adozinda Antunes - 12º 1D - programa em elaboração na área da literacia da informação– aula conjunta em 07/12/10. • Acção de formação Pordata – Base de Dados Portugal Contemporâneo – desenvolvimento de competências na base de dados, para a definição de projecto formativo na escola . A formação ocorreu a 19/10/11 na Escola Secundária de D. Duarte e envolveu o PB e 4 alunos do 12º ano. As acções formativas na escola decorrerão no espaço formativo da BE, a activar no 2º trimestre lectivo (ver mais à frente). Actividades (Acções nos domínios: C – Parcerias/Projectos livres e D - Gestão) Registo cronológico das diferentes exposições, palestras e outras acções no espaço da biblioteca escolar. A BE ocupou diferentes instalações, ao longo do 1º trimestre, de acordo com a seguinte cronologia:

Nº de ordem

de 01 de Setembro a 08 de Outubro (6 semanas) – espaço intermédio *

de 11 de Outubro a 02 de Novembro (3 semanas) – mudança de instalações

de 03 de Novembro a 17 de Dezembro de 2010 (7 semanas) – espaço final.

Actividades/Eventos Materiais expostos

Dinamização

Calendarização

Observações URL

Exposições 01

Biblioteca da alimentação.

Gab. do Aluno Biblioteca

18 a 22 de Outubro *

02

Letras e cores, ideias e autores da República.

Biblioteca RBC

04 a 09 de Novembro

03

D. Quixote de la Mancha.

Biblioteca RBC 12º 2B e 2C Gab. do Aluno Biblioteca Gab. do Aluno Biblioteca Inglês Professores e Alunos-10º ano Filosofia Biblioteca

16 a 23 de Novembro

04 05

Não ! Dia internacional para a eliminação da violência contra as mulheres. Contracepção. Dia mundial da SIDA.

06

English speaking countries.

07

Dia mundial dos direitos humanos.

http://bbrotero.blogspot.com

25 a 28 de Novembro 02 a 07 de Dezembro 10 a 17 de Dezembro 10 a 17 de Dezembro

ESAB/BE_Relatório de Auto avaliação do 1º trimestre 2010/11__P

5/10


08

Autismo

Palestras Dia Mundial da Filosofia 09 Animação Projecções. Dia internacional para a eliminação da violência contra as mulheres. 10 Isabel Pires (Psiquiatra) Agente Graça Tejo e Chefe Manuel Jesus (PSP). 11

12

Parlamento dos Jovens. Que futuro para a Educação? Conversa com a deputada Rita Rato. Contracepção Sim! Dia mundial da luta contra a SIDA .

13

A diversidade do Design – Prof. António Modesto.

14

Autismo

Área de Projecto 12º 1C

13 a 17 de Dezembro

Filosofia Alunos dos 10 e 11º anos

15 de Novembro Todo o dia

Gab. do Aluno Biblioteca Alunos do 12º ano (3 turmas)

25 de Novembro

Profs. Luís Felino e Fernando Barroso Alunos dos 10º e 11º anos Gab. do Aluno Biblioteca Grupo de Prof. Estagiárias de Artes Visuais 3 turmas do 12º ano APPDA Alunos do 12º ano

29 de Novembro http://bbrotero.blogspot.com

2 de Dezembro

15 de Dezembro

15 de Dezembro

Outras acções

15

16

Materiais de Literacia da Informação Divulgação da acção da BE, através do blogue bbb, URL:

BE/PB

10 de Setembro

Responsável : PB

1 de Outubro de 2010*

http://bbrotero.blogspot.com

http://bbrotero.blogspot.com

17

Formação Pordata

18

A ESAB no Concurso Nacional de Leitura

19

Guia do Utilizador da BE

20

Formação ALEA/INE

21 22

Actividade articulada com ESEC Reunião de Trabalho com a Casa da Escrita

4 Alunos do 12º ano BE/PB RBE Pordata Área Curricular de Português BE/PB PNL BE/PB BE/PB RBE INE BE/PB CDI/ESEC PB RBE RBC

19 de Outubro *

25 de Outubro de 2010* a 04 de Janeiro de 2011 3 de Novembro 17 de Novembro 29 de Novembro 9 de Dezembro

ESAB/BE_Relatório de Auto avaliação do 1º trimestre 2010/11__P

6/10


Casa da Escrita 23

Actividade de coordenação da Rede de Bibliotecas de Coimbra

PB RBE RBC

1 reunião mensal (4 reuniões no 1º trimestre)

Nota: Desenvolveram-se acções em parceria com entidades externas: •

RBE – Rede de Bibliotecas Escolares.

RBC - Rede de Bibliotecas de Coimbra.

PNL – Plano Nacional de Leitura.

Pordata – Base de dados de Portugal.

INE – Instituto Nacional de Estatística.

CDI/ESEC - Centro de Documentação e Informação da Escola Superior de Educação de Coimbra.

CE - Casa da Escrita.

Gestão da Biblioteca Escolar (Acções no domínio D) •

Avaliação dos recursos . Reforço do fundo documental. Estratégia para 2010/11.

A necessidade de proceder ao reforço do fundo documental em suporte

livro, bastante desactualizado pelo pouco investimento nos anos lectivos anteriores e pela ausência de aquisições no ano lectivo de 2009/10, e na ausência do documento de política documental: Plano de Desenvolvimento e Gestão de Colecção, procedeu-se a uma análise quantitativa da colecção. Por observação directa e pelos dados fornecidos pelo programa de tratamento documental, propôsse uma estratégia de aquisição de documentos que contemplasse a totalidade das áreas curriculares, articuladas com as diferentes classes CDU. A escola havia determinado uma verba de 2000 Euros para o efeito e o PNL destinou 900 Euros para aquisições para os Cursos de Educação e Formação. •

Avaliação dos recursos. Destino dos documentos em suporte livro. O fundo documental – cerca de 15000 títulos – encontra-se subdividido entre os dois espaços de biblioteca da escola, a Biblioteca Escolar propriamente dita e o Espaço Memória, que ocupa uma das 3 salas da antiga biblioteca. No primeiro espaço encontram-se cerca de 8000 títulos, os mais recentes e actualizados e os que apresentam pertinência curricular e, no segundo, cerca de 7000 títulos, que apresentam valor histórico e patromonial e ainda um grande volume de títulos a necessitar de avaliação, alguns para posterior desbaste e/ou abate. A política documental da escola incluída no Plano de Desenvolvimento e Gestão de Colecção,

ESAB/BE_Relatório de Auto avaliação do 1º trimestre 2010/11__P

7/10


a desenvolver e aprovar até ao final do ano lectivo, permitirá a gestão adequada dos documentos da escola. •

Acompanhamento da conclusão das obras e instalação dos equipamentos do novo espaço da BE . Elaboraram-se dois relatórios, com objectivos diferentes, ambos revelando preocupação com o desenvolvimento da ocupação dos espaços e a garantia de qualidade e segurança das instalações e dos equipamentos: o

Com data de 29/09/2010, após deslocação à área do novo espaço da BE, foi elaborado um primeiro Relatório relativo ao mobiliário e equipamento, apresentado ao director e posteriormente enviado à RBE.

o

Após a primeira semana de utilização do novo espaço da BE, de 12 a 19 de Outubro de 2010, efectuou-se o Registo de situações relativas a materiais/equipamentos e ocupação do espaço.

Uso Diário da Biblioteca Escolar Não existem dados sobre a utilização da BE pela comunidade escolar. Um estudo por amostra, aplicado nos cinco dias úteis da semana de 3 a 7 de Janeiro de 2011, revelou os seguintes valores: Valores médios diários no período de observação (número de utilizadores) Discentes (alunos) em contexto lectivo / dia (no horário 8h30-17h30) Discentes (alunos) em uso autónomo/ dia (no horário 8h30-17h30) Discentes (formandos) em uso autónomo / dia (no horário 17h30-22h) Docentes em contexto lectivo / dia (no horário 8h30-17h30) Docentes em uso autónomo / dia (no horário 17h30-22h) Utilizadores em contexto lectivo / Total 2 Utilizadores em contexto autónomo / Total 3 Total 1 (2+3)

Média diária

010 150 010 001 010

011 174 185

A biblioteca tem lotação para cerca de 170 utilizadores simultâneos (10% dos alunos inscritos na escola). •

Regimento Interno da Biblioteca Escolar.

A BE não dispõe de um documento aprovado em Conselho Pedagógico, que defina os princípios que devem ser conhecidos e respeitados por todos os utilizadores da biblioteca da Escola, de modo a possibilitar a rentabilização dos recursos e facilitar o seu uso pelos utilizadores. No seguimento do novo Regulamento Interno da Escola será elaborado o Regimento Interno. •

Horário de funcionamento da BE – horário contínuo; 8h30-22h00.

Guia do utilizador – distribuído no primeiro dia da abertura aos utilizadores, do novo espaço da biblioteca.

Análise SWOT aplicada à biblioteca escolar, realizada a 10/12/2010. Estabeleceram-se factores de análise distribuídos por todos os domínios da sua ESAB/BE_Relatório de Auto avaliação do 1º trimestre 2010/11__P

8/10


intervenção que, posteriormente quantificados, permitiram a obtenção de um modelo gráfico que posicionou a biblioteca como uma organização a caminho do sucesso. Esse sucesso, relativo, deve-se, em boa parte, às novas instalações e equipamentos (100%). Analisando factores que envolvam os recursos humanos – docentes e formadores – em uso de tecnologia, e os alunos e as suas competências de informação e tecnológicas, os resultados apontam para valores sensivelmente próximos de metade, ou menos (40 a 50%), dos verificados pelo espaço físico e instalações. •

Centro formativo da biblioteca escolar na área tecnológica Com base na informação possibilitada pela análise SWOT, estabeleceram-se contactos dentro da escola, com o gabinete do Plano Tecnológico e esboçou-se um pré-plano de um centro formativo na área tecnológica, destinado a um público adulto- professores, funcionários, formandos dos cursos EFA e inscritos no CNO e encarregados de educação. Os alunos dos cursos científicohumanísticos e dos cursos profissionais também virão a ser abrangidos por formação em tecnologia, sendo esta integrada em programas colaborativos a estabelecer entre a biblioteca e as diferentes áreas curriculares. A formação relativa à base de dados PORDATA será igualmente desenvolvida neste centro de formação. A recente actualização dos equipamentos informáticos da biblioteca, com a entrada de 16 novos computadores, permitiu que os anteriores 10, fossem destinados para o centro de formação local, definindo a sua capacidade para 20 formandos.

Difusão da informação: Em suporte electrónico:

o blog – URL: http://brotero.blogspot.com, após 100 dias de utilização (de 1/10/2010 a 8/01/2011) apresenta 2900 visionamentos. O blog apresenta o registo tendencialmente diário dos eventos e da acção da BE, materiais de apoio ao currículo, uma selecção de páginas electrónicas de interesse curricular, através do site de marcadores sociais - URL: http://www.diigo.com/user/Bibabrotero

o

rede social – URL:

http://pt-pt.facebook.com/people/Biblioteca-

Avelar-Brotero/100001840728054 , com cerca de 200 seguidores, desde 23 de Novembro de 2010. o

Por mailing lista – estão em construção listas de endereços electrónicos dos docentes, por áreas curriculares, para divulgação de informação e eventos por áreas científicas e/ou interesses temáticos. Em articulação ESAB/BE_Relatório de Auto avaliação do 1º trimestre 2010/11__P

9/10


com o gabinete PTE, a divulgação, por email, irá estender-se aos alunos. Em suporte físico – nos locais habituais da escola – átrio, sala dos professores, bar dos alunos, através de materiais gráficos produzidos pela BE.

Referências bibliográficas (NP 405) ESAB – Projecto Educativo 2010-13. [Em linha]. Escola Secundária de Avelar Brotero [s.d.] . [Consultado em 5 de Janeiro de 2011]. http://www.esec-avelar-brotero.rcts.pt/dmdocuments/Brotero__Projecto_Educativo_v0.2_-_2010-2013.pdf ESAB – Relatório Síntese da Avaliação Interna. [Em linha]. Escola Secund+aria de Avelar Brotero, Fevereiro

de

2010.

[Consultado

em

5

de

Janeiro

de

2011].

http://www.esec-avelar-

brotero.rcts.pt/dmdocuments/Relatorio_07-09_AInterna.pdf RBE - Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares [Em linha]. Rede de Bibliotecas Escolares, Dezembro

de

2010.

[Consultado

em

5

de

Janeiro

de

2011].

http://www.rbe.min-

edu.pt/np4/file/745/mabe.pdf

ESAB/BE_Relatório de Auto avaliação do 1º trimestre 2010/11__P

10/10


ESAB/BE - 08/01/2011 O P.B. – José Alberto Moreno

ESAB/BE_Relatório de Auto avaliação do 1º trimestre 2010/11__P

11/10


ESAB_BE_auto_avaliação_Janeiro de 2011