Issuu on Google+

DIZ: Todo Mundo Gosta

Niterói 04/06 a 18/06/11

Zona Sul, Centro e Oceânica de Niterói

Jornal Plural Ano 02- Nº 38 04/06 a 18/06 de 2011

A Polêmica Gastronômica Pág. 03

Diz O jornal

D i r e t o r R e s p o n s á v e l: E d g a r d F o n s e c a

D e y s e K r ue g er p ar a A n ge la B ech a ra -prod : Ja n ai na B oe ch at * v i sua l: M a rs i l M o ur a * f o to : J u li o C e rni o .

www.dizjornal.com


2

Cultura

www.dizjornal.com

Niterói 04/06 a 18/06/11

Paulo Roberto Cecchetti prcecchetti@ig.com.br

DIZ pra mim... (que eu conto) - A artista plástica Veronica Accetta ao proferir palestra sobre arte, ao mesmo tempo, pintava um quadro em concorrida apresentação no espaço cultural Parthenon.

- Conquistando fronteiras: Laura Botelho e Claudio Gomes prepararam Workshop intitulado “Consciência e Expressão” para a cidade de Porto Alegre, dias 5 e 6 de novembro.

- A posse do nosso confrade e novo acadêmico Marco Lucchesi na ABL-Academia Brasileira de Letras contou com a presença dos presidentes Julio Vanni (Cenáculo de História e Letras) e Márcia Pessanha (Academia Niteroiense de Letras). - A Secretaria de Cultura de Niterói promove o Ciclo Violonístico de Niterói, de 01 a 29 de junho, no Teatro Municipal. Car-

los Barbosa Lima, Nicolas Barros, Guinga e Helio Delmiro irão homenagear o mestre Turíbio Santos. Im-per-dí-vel!

- Os 60 Anos da Achuap, comemorados sob o comando da incansável Rita Rivello, teve leilão de quadros doados pelos artistas Veronica Accetta, Fernando Brevense e David Queiroz. O empresário José Garcia arrematou duas belíssimas obras. - A ANL-Academia Niteroiense de Letras, presidida pela dinâmica Márcia Pessanha,

comemora com um almoço os 68 anos de fundação da instituição cultural. Dia 8 de junho, às 12h30, no Restaurante & Grill, em Icaraí. Mais informações com a acadêmica Edel Costa (e-mail: edelcosta@bol. com.br ou tel.: 2622-5772). - O Shopping 211 (esquina de Lopes Trovão com Moreira César) promove no mall a exposição "Elas", do artista plástico e designer David Queiroz, de 16 de junho a 30 de junho. A curadoria é deste colunista. - A ANL-Academia Niteroiense de Letras, em posse solene, conduz o escritor Luiz Antônio Barros à cadeira nº 44, patronímica de Melquíades Picanço. Dia 29 de junho, às 17h, no Auditório da Universidade Cândido Mendes (Rua Luís Leopoldo F. Pinheiro, nº 517 - Centro - Niterói).

Anna Carolina Peret annaperet@gmail.com

Eu Também Vejo Blockbusters! Desde que comecei a escrever no "Jornal DIZ" tenho colecionado alguns e-mails. Uns de elogios. Aqueles que agregam sorrisos à minha vida. Outros, recheados de comentários que, concordam ou discordam com meus pontos de vista. E, obviamente, recebo várias críticas. E as adoro! São meus e-mails prediletos. Eles me desafiam a fazer melhor, a compreender mais profundamente aquele leitor que reserva alguns minutos do seu dia para contemplar minhas palavras. E, obviamente, quero muito que ele fique satisfeito. Jamais conseguirei agradar a todos, porém, estou certa de que qualquer pessoa deve tentar melhorar sempre, em tudo o que faz – e ter esse sentimento de auto superação como lema de vida. Uma das críticas mais comuns que recebo, diz respeito ao tipo de filme que vejo e co-

mento. Algumas pessoas alegam que são "filmes que só passam no Rio de Janeiro". Outras dizem que são filmes “sérios demais”, “chatos demais”, “introspectivos demais”. “Talvez essas pessoas estejam certas”! Em geral, quando os "blockbusters" estacionam nos cinemas eu acabo fazendo críticas severas – ainda mais porque eles sempre demoram séculos para sair de cartaz. Mas, eu preciso desabafar: eu também gosto de “blockbusters”! Não de todos – ok, eu assumo! Mas gosto. Sou apaixonada, por exemplo, pelo clássico "Star Wars" – a ponto de colecionar pôsteres, roupas, naves, CDs, enfim, qualquer coisa relacionada. Adoro "The Lord of the Rings", "Indiana Jones", "Matrix" e "007". Curto ainda alguns superheróis, como "X-Man", "Batman" e "Spider-Man". Além disso, vejo as trilogias “Jurassic Park” e "De Volta Para o Futuro" quantas vezes puder, sem cansar! Para falar a verdade, nem considero esses filmes que citei como meros "blockbusters" – pejorativamente falando.

São verdadeiros clássicos do cinema. Incontestáveis maravilhas do mundo do entretenimento! Não sou uma pessoa tão ranzinza e chata como pareço ser – ou, pelo menos, acho que não. Como é possível perceber, algumas franquias me são muito palatáveis. E, coincidentemente, duas das que mais gosto estão em cartaz: "Se Beber Não Case" ("The Hangover", no original) e "Piratas do Caribe" ("Pirates of the Caribbean", no original). O primeiro filme supracitado me trazia sérias dúvidas. Na verdade, eu achei um enorme risco gravarem uma continuação. A comédia era boa demais para conseguir manter o nível no segundo filme. Mas deu

certo! "Se Beber Não Case - Parte II" ("The Hangover - Part II", no original) é bastante engraçado. E, na verdade, prende a plateia por ser completamente inusitado. É o impensável, o incomum e o improvável que sustentam as quase duas horas de projeção. Já "Piratas do Caribe - Navegando em Águas Misteriosas" ("Pirates of the Caribbean: On Stranger Tides", no original) não deixa de ser "mais do mesmo". Porém, este fato é um grande um elogio. A franquia é ótima e vem conquistando muitos fãs. O Capitão Jack Sparrow (Johnny Depp, cada vez mais leve e irônico), sua amada Angelica Malon (Penélope Cruz) e seu adversário Hector Barbossa (um Geoffrey Rush irretocável) brilham, ofuscando qualquer outro personagem da película. Não desejo me redimir com esse texto. Creio que, provavelmente, continuarei a falar entusiasmada dos "chatos filmes franceses", assim como continuarei frequentando e elogiando os "cinemas de Botafogo", os quais são "longe demais". Mas dou uma trégua, nesta semana! Abro um sorriso e os braços para recepcionar o bom e velho “cinema pipoca”, oriundo da indústria de entretenimento norte-americano! Bom filme!


3 Niterói 04/06 a 18/06/11

Documento Polo Gastronômico da Rua Nóbrega dizjornal@gmail.com

Vereadores de Niterói aprovaram, em primeira discussão, o substitutivo ao projeto de lei 05/2011, que altera o código de Posturas de Niterói e transforma a Rua Nóbrega, no Jardim Icaraí, como área de interesse turístico, cultural e gastronômico. Com isso, o local poderá ter os seus parâmetros urbanísticos alterados, organizando a ocupação de calçadas por bares e restaurantes. Autor

C

do projeto, o vereador Rodrigo Farah (PRP), prevê que a nova lei criará uma harmonia entre comércio e moradores. A abertura sucessiva de cinco bares/restaurantes na confluência das Ruas Nóbrega com Leandro Motta, no Jardim Icaraí, criou uma movimentação local, que aumenta significativamente nos finais de semana; com isto, surgem as divergências, pois alguns moradores se

omo todo movimento embrionário, os empresários cometeram equívocos, até por excessivo entusiasmo e ultrapassam os limites de alguns direitos comuns a todos. Os três bares, Confraria, Spicy e Canteiros, motivados pelo movimento constante e crescente, chegaram a colocar longos “bancos de espera”, que na realidade serviam de suporte para um préatendimento, servindo bebidas e até petiscos. A questão é que utilizavam o espaço das calçadas, dificultando a passagem de pedestres comuns em trânsito. Um dos bares, durante a noite, utilizava a calçada de uma loja de venda de imóveis, vizinha ao bar. Estendiam-se e faturavam até a esquina. Como é natural, músicos e cantores buscam se apresentar nestes locais, embora apenas um bar tenha programação regular, com apresentação interna e inclusive nas tardes de domingos, fato que não viola a lei do silêncio. Apesar disso, moradores descontentes, alegando barulho constante, se contrapuseram instalando uma potente aparelhagem de som na varanda, com um volume tão alto que impediam a audição da

www.dizjornal.com

sentem incomodados, da mesma forma que outros aplaudem e afirmam a existência de benefícios, com o aumento da segurança no trecho. Como foi charmosamente denominado “Polo Gastronômico da Nóbrega”, dimensiona-se a questão do fluxo de pessoas no local, maior do que ela realmente é, carecendo apenas de ajustes e entendimentos.

música do bar. Com o passar do tempo e aumento do desgaste nas relações entre moradores e donos dos bares, chegou-se até a criação de um movimento pelos moradores contra os ditos “abusos” e resultou numa audiência pública na Câmara dos Vereadores, para discutirem sobre a legalização do polo e a normatização das condutas e direitos de parte a parte. Adalberto Caviare, representando os proprietários de bares e restaurantes reconheceu que abusos foram cometidos, mas que não deseja embate entre moradores e comerciantes. “Não queremos aumentar o espaço que ocupamos; proponho a delimitação com jardineiras até onde poderemos usar a calçada. A nossa presença evita a ação de flanelinhas, previne assaltos e furtos, bem como a panfletagem que suja a cidade.” O vereador Waldeck Carneiro que morador da rua, ressalta a iniciativa do projeto para provocar a discussão. “O polo como atração de turistas é válido, mas o morador tem que vir em primeiro lugar. Vale destacar que apenas a con-

cepção de marco gastronômico não basta para evitar que aconteça o que vemos em São Domingos ou São Francisco”, Em Niterói sempre existiram esquinas ou recantos onde se aglomeram bares e restaurantes. É natural que assim seja, pois o maior número de opções faz com que a escolha das pessoas recaia sempre por estes lugares, que quanto maior for o número de unidades, maior será o contingente de consumidores. Quem não conhece a confluência entre as Ruas Gavião Peixoto e Mariz e Barros, com o lendário “Barroquinho”, aberto até mais tarde e o extinto, mas inesquecível “De Repente”? E os atuais, com destaque no “Barkana”? A esquina das Ruas Otavio Kelly com Cinco de Julho, com o Big Point e o famoso “Bar do Meio”? Existe movimento intenso, tardes de domingo com assistência apaixonada de clássicos do futebol nos telões, com direito a gritaria e inflamação de torcidas.

E nem por isso, os moradores do entorno chegam a tanta exaltação. E tem dias que tem tanta gente que fica quase impossível transitar de carro. Na confluência da Rua Nóbrega com Leandro Motta, também é assim. Fala-se em Polo Gastronômico, mas por enquanto, além do charme dos bares/restaurantes, continua igual aos demais points da cidade. Na verdade, são cinco bares que também servem comida e mais à frente um restaurante de culinária japonesa. Existem outros na redondeza, mas não tão próximos que se possa considerar integrantes do dito “polo gastronômico”. Os empresários já recolheram as mesas excedentes e já não utilizam a calçada da imobiliária vizinha. A nossa reportagem conversou com moradores e gerentes dos bares. Sugerimos que as jardineiras existentes sejam estreitadas, possibilitando a ampliação do espaço de circulação. O clima é de expectativa e ainda existe alguma tensão, que são resquícios de insatisfações anteriores. Mas a verdade, é que temos problemas muito mais graves na cidade, sem debates e sem iniciativas de resolução. Existe por parte do niteroiense simpatia pelo “polo gastronômico” e é inevitável a chegada de um consenso para que a cidade possa crescer ordeiramente. A verdade é que os órgãos de fiscalização falham, haja vista outras “esquinas” com barulho e desordem incontroláveis, como é o caso da loja de Conveniência Select, num posto de gasolina, na Rua Domingues de Sá, esquina do Campo de São Bento. Tudo será possível, se cada um fizer o seu papel.


www.dizjornal.com

4

Informes

Niterói 04/06 a 18/06/11

OAB e CAMP Mangueira Formam Segunda Turma

Beach Soccer em Icaraí

A OAB Niterói e o CAMP Mangueira realizaram, dia 1°. de junho, a formatura da segunda turma do Programa Social da Estação Primeira de Mangueira – Unidade Niterói, que prepara e encaminha jovens e adolescentes de comunidades carentes da cidade ao mercado de trabalho. É resultado da parceria firmada pelo presidente da Ordem, Antonio José Barbosa da Silva, com a escola, com vista ao fortalecimento da cidadania plena. Os 33 alunos receberam o certificado durante solenidade no auditório da entidade, tendo como paraninfo Ricardo Menezes (foto), diretor-tesoureiro da CAARJ.

Hoje, dia 04, a partir das 15 horas haverá beach soccer na Praia de Icaraí. A equipe do Zona Sul Soccer Beach, coordenada pelo professor Carlos Garela, recebe o Departamento de Esportes de Praia do Botafogo e o Núcleo de Caio Martins para um amistosa disputa. O evento contará com um triangular do infantil masculino das três equipes e um amistoso entre as equipes femininas do Zona Sul Beach Soccer e do Botafogo. As duas equipes femininas se preparam para o Campeonato Carioca de Beach Soccer que será realizado no mês de julho organizado pelo Federação de Beach Soccer do Rio de Janeiro.

Ministério Disponibiliza Dados de Outorgas na Internet emissoras licenciadas para executar serviços de radiodifusão entre comerciais e educativas. Das comerciais, são 1.485 rádios FM; 66 operando em ondas curtas; 1.582 em ondas médias; 6.186 retransmissoras de TV; 270 geradoras de TV e 21 outorgas de TV digital.

Lougo Mouro Está de Volta Após seis meses longe dos palcos, a banda niteroiense Lougo Mouro está de volta no Espaço Convés, em São Domingos. Será neste sábado, dia 04, a partir das 21 horas. Vai lançar um EP virtual com músicas gravadas entre 2010 e 2011 e apresentar um show com músicas inéditas. Para comemorar o retorno, Logo Mouro promove a festa “Urbana”, com participações especiais de artistas da cena niteroiense, celebrando o que a cultura independente da cidade tem de melhor. A noite contará com as bandas Morgan Rox e Eclipse, que vêm mostrar um trabalho inédito para seu público; Kazus, muito conhecida da noite niteroiense, tocará sucessos do EP “Atemporal”. Estas bandas mostram que não é só de rock que a cidade está bem servida. O destaque fica por conta do hip-hop do grupo Oriente, com seu hit “Eu Sou de Niterói”. O Espaço Convés fica na Rua Coronel Tamarindo, 137 – São Domingos – Niterói. Entradas a R$10,00 até a meia noite, e após R$15,00.

CENTRO EDUCACIONAL ALZIRA BITTENCOURT

Expediente A Secretaria de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações passou a disponibilizar na Internet todos os dados referentes a outorgas de radiodifusão no País. Com isso, agora é possível consultar o cadastro de rádios e TVs, comerciais, educativas e comunitárias, e verificar a composição acionária de cada uma, por Estado ou município. Outra novidade é que agora, para participar de uma licitação, o interessado deve depositar 20% do valor da outorga (e não mais apenas 1%). Além disso, será exigido o pagamento integral da outorga no ato da assinatura do contrato (até o momento, o pagamento era de 50% no ato e o restante um ano depois). De acordo com dados apresentados pela Secretaria de Comunicação Eletrônica, há hoje no Brasil 9.912

Edgard Fonseca Comunicação Ltda. Rua Otavio Carneiro 143/704 Niterói/RJ. Diretor Responsável: Edgard Fonseca Editor: Edgard Fonseca Registro Profíssional MT 29931/RJ Distribuição e circulação: Ernesto Guadelupe Impressão: Tribuna RJ Tiragem 16.000 exemplares Redação do Diz End: Rua Isabel Bolkal,293 - Maravista Itaipu, Niterói, RJ Correspondência para Administração Rua Domingues de Sá, 274/1103 Icaraí-Niterói - CEP 24.220-091 Tel Contatos 2611-7878 / 9613-8634 E-mail: dizjornal@gmail.com www.dizjornal.com Os artigos assinados são de integral e absoluta responsabilidade dos autores.

Um Espaço Especial para a Educação de Seu Filho Do Maternal ao Vestibular

*

Venha Estudar com a Gente

Rua Ministro Otávio Kelly, 217 - Icaraí - Tel: 2705 - 67939 • Rua Mem de Sá, 71 - Icaraí - Tel: 2722-2639

CENTRO MODERNO

ALZIRA BITTENCOURT


5 Niterói 04/06 a 18/06/11

Internet Quem é o Melhor?

www.dizjornal.com

Juliana Demier - juliana.demier@gmail.com

Todo mundo já ouviu falar e repetiu a máxima de que gosto não se discute. A gente pode até não discutir realmente, mas conversar, sugerir e comentar os pontos bons e maus das coisas é inevitável e, nos dias de hoje, quase necessário com tanta informação vindo de todos os lados. Então nós não vamos fugir à regra e vamos continuar não discutindo, e sim comentando sobre os três melhores navegadores de Internet atualmente. Há um tempo atrás o Internet Explorer era unanimidade entre os navegadores, mas com o surgimento e as inovações do Firefox e do Chrome (isso sem falar do Safari, que é o padrão do Mac; mas isso é outro papo), a disputa está super acirrada e a escolha só vai ser decidida nos detalhes... Coisa de gosto mesmo. Os motivos pelos quais, muita gente abandonou o Internet Explorer foram completamente revistos e a versão 9.0, a mais atual; vale muito a pena ser conhecida e experimentada. Essa versão está muito mais rápida e com um visual mais 'limpo' do que

as anteriores e traz várias novidades, como um mini-histórico das últimas páginas acessadas na barra de endereço, alguns sites adicionados como favoritos e a barra de endereço também funcionando como buscador. Todas essas possibilidades e essa interface limpa são "itens de fábrica" do Chrome. O navegador da Google, que já está na 13ª versão em três anos de vida, ajudou a desbancar o Internet Explorer e acabou inspirando as mudanças dele e do Firefox, exatamente por sempre ter sido rápido, leve e clean, desde a primeira versão. O cuidado é tanto que a cada seis semanas ele é reformulado e atualizado de forma invisível, e nessa última versão traz várias novidades, como a nuvem de arquivos, além de estar ainda mais rápido e seguro que as versões anteriores. O Firefox 4.0.1, que também aproveitou a deixa de simplicidade do Chrome, segue nessa mesma linha e vem basicamente com mudanças internas, que deixaram esse na-

?

?

?

vegador mais seguro, rápido e potente que as suas versões anteriores. E com o uso do novo Firefox Sync, traz a possibilidade de compartilhar seus favoritos, históricos, preferências e senhas em qualquer computador que ele esteja instalado. Qual o melhor dos três? Resposta difícil...

O fato é que desde que o Chrome começou a bagunçar esse mercado que vinha se arrastando com o domínio do Internet Explorer e do Firefox naquela época ainda sem muita expressão, a disputa entre esses três navegadores está muito acirrada e todos estão cada vez mais rápidos, leves e seguros, que é tudo o que nós, usuários, precisamos. Enfim, apontar o melhor vai ficar na questão do gosto mesmo (lembrando que estamos comparando com o IE 9.0, não os anteriores, que perdem de longe...). Mas, a dica boa mesmo é ter os três navegadores (ou pelo menos dois) instalados em seu computador para você próprio testar e tirar suas próprias conclusões; e também, claro, pra garantir uma margem de segurança para o caso de algum problema em um deles, até porque tem alguns sites que cismam em não abrir direito (ou simplesmente não abrir) em determinado navegador. É isso... Bj e bom finde.


Edgard Fonseca

6 Niterói 04/06 a 18/06/11

edgard.fonseca22@gmail.com

www.dizjornal.com

Extensão de Benefício A Unimed Leste empreende um movimento de reivindicação para um possível acordo com o secretário de Fazenda Municipal de Niterói, Selmo Treiger. A alegação da Unimed, que é uma das maiores empresas de prestação de serviços do estado e fatura em milhões, é que o cálculo do ISS pelo valor bruto penaliza a instituição; considerando que do montante, saem pagamentos dos profissionais e outras despesas. Até aí, o pleito é legítimo, pois o mesmo acontece com as agências de publicidade e outras empresas, que do total da Carlos Jardim - Presidennota ficam com apenas 20%, mas pagam imposto sobre os vate da UNIMED lores totais, repassados para os veículos de comunicação (jornais, rádios, TV etc) que representam os 80% restantes. A única questão neste caso será, caso o secretário aceite “seletivisar” a fatia a ser tributada, conceder também a extensão do benefício às demais empresas da cidade que operam nas mesmas condições. Não se justificará o privilégio da Unimed, apenas porque é uma empresa que fatura milhões. Se houver o “acordo” deverá ser categoricamente divulgado e oferecido o benefício aos empresários de menor porte. “O que dá para Chico, dá para Francisco”. Estaremos atentos.

Homenagem a Gilson Cantarino

Niterói Pode Ganhar CVT

Nesta segunda feira, dia 06, o médico Gilson Cantarino (foto) receberá a medalha Albert Sabin na Câmara Municipal de Niterói, além do título de benemérito da cidade. A iniciativa foi do vereador Carlos Magaldi (PP).

O subsecretário de Estado de Governo da Região Metropolitana, Alexandre Felipe, o presidente da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), Celso Pansera, visitaram, o prédio onde funcionava a Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora, em Santa Rosa, Niterói. A idéia é transformar o local em um Centro Vocacional Tecnológico (CVT) que vai oferecer cursos profissionalizantes nas áreas de turismo e construção civil.

Valente, Mas é Tímido Pessoas vieram em socorro do secretário de Desenvolvimento da Prefeitura de Niterói, José Luiz Valente Pascoal, afirmando que ele sempre vai à secretaria. Que não é verdade que ele nunca aparece. Só não aparece porque ele é tímido e vive escondido na minúscula sala da secretaria, que mais parece um armário. A prova disso é que uma multidão fica na porta gritando: “Sai daí, Zé Luiz! Aparece! Não precisa ter vergonha! Assume logo esta coisa! Todo mundo já sabe que você é secretário e não precisa esconder mais...” Ele se tranca a sete chaves na saleta que parece com um armário. Talvez esteja habituado a viver em espaços comprimidos e tenha muita desenvoltura para lidar com situações apertadas; e neste tocante dizem que ele é o líder. Apesar da timidez (aliás, como tem sujeitos tímidos nesta cidade. Qualquer dia vou fazer a lista e publicar) vive tirando fotos com moças bonitas. É claro que é só para sair na foto e aparecer no jornal. De verdade mesmo, ele nem chega perto. Afinal, ele é muito tímido...

Mais Fogo Amigo O PMDB daqui de Niterói está insatisfeito pela distribuição sucessiva de secretarias para outros partidos, como foi para o PV e agora para o PT. Eles acompanham o mesmo discurso nacional sobre a sua importância como aliados e força capaz de desbancar qualquer governo. É um fato a se considerar, dado ao tamanho e importância da sigla e a influência de muitos dos seus membros. Não estou vaticinando catástrofes, e nem desejo mal a ninguém, mas, com a saúde frágil da presidente Dilma, o fogo amigo constante e a já comprovada falta de capacidade de Michel Temer absorver impactos... Sei não... Em breve poderemos ter um presidente do PMDB, como sucessor natural, como foi Itamar e Sarney. Aqui em Niterói já existem explícitos desejos, e de gente próxima, que Jorge Roberto renuncie para que o vice- prefeito assuma. Isso é briga de foice no escuro. O Jorge tinha mesmo que ficar doente. De quanto mais perto for o ataque, mais doloroso e difícil fica de conter os estragos. Mas, isto tudo é resultado daquilo que ele mesmo costuma plantar. Não tem que reclamar. Quem anda com morcegos, acorda de cabeça para baixo.

Mas Também O apedeuta Lula da Silva, percebendo que o naufrágio seria inevitável, fez esta impressionante intervenção branca. Nunca na história deste país, um ex-presidente continuou presidente sem ter o mandato, como foi o ocorrido no “apaga incêndio” que ele realizou na crise do ministro Antonio Palocci. Ele vivia falando mal do Fernando Henrique Cardoso, que segundo ele, ex-presidente não dá sugestão, nem pitaco e nem se mete no que não foi chamado. O que ele fez recentemente destruiu tudo que a presidente tinha construído até agora na sua imagem e estilo pessoal. Acabou! Ficou patente o que se sabia. A presidente é uma interface programada e comandada por seu líder e mentor político.


7 Niterói 04/06 a 18/06/11

E a Sucessão por Aqui Que a sucessão por aqui passa pelo governador Sergio Cabral, todo mundo sabe. O pior é o que se comenta nas ruas: que Jorge Roberto está debilitado e outro candidato bem apoiado venceria o prefeito numa disputa eleitoral. O que se diz é que o candidato do governador é o Sérgio Zveiter (foto), que ele chama de Serginho. Mas, todos dizem: mas como? Ele não é do mesmo partido do prefeito? Não vai dar para sair candidato pelo PDT, a menos que o Jorge Roberto desista de re-elegerse. Se ele deixar o partido, perde o mandato de deputado, a menos que vá para o novo PSD, que certamente o acolheria e viria com toda corda para disputa em Niterói. Com apoio do governador vai ficar difícil de derrubá-lo numa disputa. O governador tem as peças em cima do tabuleiro, e a reserva técnica é o Felipe Peixoto, pois o outro, o deputado gonçalense Rodrigo Neves, já foi posto para escanteio, até na sua secretaria, pois todo poder dela está nas mãos do vicegovernador Pezão, que colhe os frutos sociais do trabalho e benefícios da secretaria. Afinal ele é o candidato a sucessão do Sergio Cabral, e o governador “não vai ficar queimando vela para defunto ruim!” Hoje, Rodrigo Neves é secretário só para constar. Não detém poder nenhum e eu diria mais, está numa zona de confinamento, como quem prende um garoto de mau comportamento. Tem que ficar ao lado dos pais como garantia de que ele não vai fazer nada errado. Lamentável... Eu já teria pedido o meu boné e ido para Varre e Sai. Lá tem poucas ruas e baixa densidade demográfica. Dava para fingir que se administra.

O Brasil Ainda é o Mesmo

O texto do poeta baiano Gregório de Mattos, o “Boca do Inferno” e referência do início da literatura brasileira, disse: “Triste Bahia! Ó quão dessemelhante”, que adaptado na música de Caetano Veloso, serve como analogia ao nosso Triste Brasil! O quanto não é semelhante ao que esperamos. Os homens sem brio assumiram o descomando e nada se reproduz senão a insensata dessemelhança sem a honra e a glória que cantam nossos hinos. “Pastinha já foi à África, parece nunca amanhecer e o galo já cantô camará”! Triste Brasil de Brasília! Ó quão dessemelhante, triste...

...Zaps ...A atriz Adele Fátima, será homenageada com uma gravação do programa SOS verdade, no dia 07/06/2011, no 5º andar da OAB/Niterói. ...A diretoria da OAB-Niterói e a Comissão de Relações do Trabalho estão convidando para cerimônia de homenagem aos 70 Anos da Justiça do Trabalho, que será realizada no dia 20 de junho, às 18h, na sede da entidade, à Av. Amaral Peixoto,507/11º andar, Centro. ...A podóloga Maria José Alves da Cunha, coroando seu sucesso profissional mandou reformar todas as suas salas, oferecendo conforto e ambiente padrão a sua clientela do mesmo nível. Assim que terminarem as obras fará uma apresentação aos clientes numa festividade de congratulações para fiel clientela que tem, atendida por décadas com toda correção e carinho.

Guerra de Sons na Visconde de Uruguai A falta de fiscalização por parte da prefeitura na Rua Visconde de Uruguai, no Centro de Niterói permite uma verdadeira guerra de sons e mensagens ininteligíveis. Existe um centro comercial, voltado para telefones celulares que chega ao absurdo de um lojista de face de rua instalar uma ruidosa aparelhagem de som enaltecendo seus serviços. Isto se leia num volume de estarrecer. Em frente, tem um camelô que lhe faz concorrência, não só nos produtos, como na ruidosa aparelhagem de som. Uma garota exausta de repetir mecanicamente a “mensagem publicitária” que ela no seu cansaço reparte em vários pedaços e ninguém entende nada, fica o dia inteiro no confronto com a aparelhagem da frente. É realmente um descalabro. Alguém de bom senso deveria acabar com aquela poluição sonora, até em respeito aos funcionários que ali trabalham. Em pouco tempo terão a audição comprometida e a cabeça enlouquecida. Faça-me o favor..!

www.dizjornal.com

Pensam que São “Donos do Poder” São princípios básicos da comunicação: a interlocução, a atenta audição e a troca de informações. Entretanto, em Niterói existem pessoas, que por insegurança, falta de educação, arrogância e falta de senso de oportunidade, se escondem atrás de supostas posições de destaque profissional e se negam a atender as pessoas quando são procuradas. Alegam as razões mais banais, como motivos de segurança, falta de tempo disponível, e até, aplicação do tempo dirigido a propósitos produtivos. Se elas nem sabem do que se trata a nossa visita ou telefonema, como podem avaliar se o que trazemos é ou não valioso e produtivo? Na verdade, é pedantismo mesmo! Um bando de inseguros, posando de “importantes”. Coisa de empresário nanico, fingindo que é grande coisa, ou a mando de outro idiota que se diz patrão de outros imbecis. É a coisa mais provinciana, pretensiosa e cretina que podemos assistir, infelizmente. O sujeito consegue, montar umas três ou quatro lojinhas, ou um pseudo-negócio, geralmente com financiamento alheio, que vão do banco comercial aos bicheiros, e aí suburbanamente deliram. Têm tantas planilhas, metas, auditorias, avaliações de estoque, “reuniões” e mais “reuniões” (é claro, que pobres que saem da vida fedida que viviam e pensam que são Eike Batista ou Rockfeller, não param de fazer reuniões, mesmo sem nenhum objetivo plausível), e não têm tempo para ouvir uma boa proposta de negócios. Dalí, milhares de boas oportunidades são perdidas. Seus “escritórios” parecem fortalezas inexpugnáveis, cheias de trancas automáticas, câmeras de vigilância, interfones e outras porcarias, além de uns brutamontes mal educados e homicidas disfarçados, cheios de ressentimentos sociais, especialmente contra o patrão, para dar a sensação tosca de “segurança”. Colocam-se no patamar dos “seqüestráveis”, pois assim se sentem mais importantes.

Mas, que idiotas teatrais... Não passam de uns coitados cheios de recalques e outras aflições mentais, que entram nesta aspiral da burrice e futilidade e simplesmente “viajam na maionese”. Põem umas quase analfabetas na “recepção”, (com uma caligrafia de fazer concorrência com ex-presidente Lula), que “escrevem” num quase papel de pão, um e-mail mágico para a pessoa se comunicar com o “Deus da Burrice”, trancado a sete chaves, e dizer que desejam uma “audiência”. Aí, se eles conseguirem ler o e-mail, entender o que desejamos, do alto da sua tacanha soberba, cismar (porque estúpidos não pensam. Cismam) se devem ou não ouvir algum de nós. Por outro lado, eventualmente mandam asseclas telefonarem para perguntarem quanto custa uma “notinha na coluna social”. Estamos cansados de dizer que nós do DIZ não vendemos notas, nem elogios. O que sai nas nossas páginas são fatos verdadeiros e pessoas de real merecimento e importância. (Apesar de existir jornal na cidade que costuma vender “notas sociais” e fomentar o desatino desta gente cafona). Para estes propósitos de divulgação nós ”servimos” e eles não têm a menor cerimônia em pedir, por favor, quando dizemos que não vendemos notas. Mas, se desejarmos fazer um contato com objetivos comerciais, eles simplesmente se fecham nestes casulos fedorentos, e como supostos nobres banhados em fezes, se negam a nos atender. Ainda bem, não costumamos usar máscaras anti-podridão.


www.dizjornal.com

8

Renda Fina

Niterói 04/06 a 18/06/11

dizjornal@gmail.com

Aniversário em Buenos Aires

O jornalista Octacílio Barros acompanhado da sua mulher Wan seguem para Buenos Aires para comemorar o aniversário dele e refazer as forças pelo intenso trabalho desenvolvido na sua ACI Consultoria que atende clientes de A a Z.

Congresso da Associação Americana de Urologia O urologista Helder Machado, profissional da mais alta competência na especialidade, participou de 13 a 19 de maio deste ano, de um dos maiores congressos de urologia do mundo em Washington D.C. Helder especializou-se em tratamentos de cálculos renais através do uso de raio laser que dispensa invasão cirúrgica e proporciona ao paciente uma recuperação infinitamente mais rápida e sem os riscos comuns de infecção. É sem dúvida a maior autoridade no assunto.

Aniversariantes

Alexandre Felipe Mendes 08/06

Nathalia Lima 13/06

Graziela Vieira 25/06

Luiz da Ponte 26/06


9

Na Pista

Niterói 04/06 a 18/06/11

www.dizjornal.com

thatiana.ncunha@gmail.com

Roda de Samba

Sirena Tour 2011 O club mais badalado de Maresias pela primeira vez invade Niterói no sábado, dia 18 de junho, no Nec Multiplace, em Charitas. Fundado em 1993, o BEACH CLUB SIRENA em Maresias, litoral de São Paulo é por excelência, o responsável pela formação da cena eletrônica nacional. Com cenografia, dançarinas e os “dee-jays” residentes Ricardo Menga e Magui vindos diretamente do Beach Club Sirena. A tour 2011 traz ainda como atração um dos live vocals mais marcantes da cena eletrônica LIVE DELU e o “dee-jay” americano Kevin Barnett (foto). O Warm Up do evento fica por aos cuidados de Alan Pinheiro. Informações: 26123170. Manoel Bertin

Uma verdadeira roda de samba acontece na próxima quinta, dia 9, no Bar do Kalil, em Camboinhas. O Grupo Selesamba vai apresentar o melhor do samba de raiz, pagodes e antigos sucessos dos mais famosos sambistas brasileiros, a partir das 19 horas. Quem quiser dançar terá à disposição alunos de dança da academia Tio Sam como parceiros. O Bar do Kalil fica na Rua Professor Florestan Fernandes 1625, Camboinhas. Informações: 2619-9545.

Niver

“Arraiás”

Mergulhão curte a noite ao lado da sua amada Lis Oliveira

Chegou a hora de colocar a caipira e partir para os “arraiás” que estão acontecendo em toda cidade. Para começar tem festa junina na Concha Acústica de Niterói, a Festa Junina da Boa Viagem, hoje a partir das 18 horas e amanhã, dia 5, das 12h às 23h. São várias atrações entre elas: quadrilhas (crianças e adultos), músicas, barraquinhas de artesanatos, comidas típicas, fogueiras e muito mais. E no próximo final de semana é a vez da Festa Junina de Santo Antônio da Porciúncula de Sant'ana nos dias 11, 12 e 13. Já para a galera que curte mais a noite tem “Arraiá do Revela” com o grupo Revelação dia 17 de junho no Flamboyant, em Jurujuba. Na próxima edição, mais “arraiás”...

O Goa, em Itacoatiara, ficou pequeno para receber os amigos do querido produtor Thiago Mergulhão na última quarta-feira, dia primeiro de junho. Cerca de 500 pessoas foram até lá para abraçá-lo mesmo numa noite gelada que pedia um edredon quentinho, mas ele é o cara. Mergulhão é uma figura bastante conhecida nas noites de Niterói e recentemente tem comemorado o sucesso do bar que possui com outros amigos em Piratininga, O Nosso Bar, e da sua produtora Guest Produções. Mergulhão está na estrada a tempos e merece sempre o carinho dos amigos e muito mais sucesso, sempre! Parabéns para ele!

Suzara Flores com o casal Alexandre Uzai e Raquel Faria no anivervário de Mergulhão

Bruna Petry e João Pedro curtem noite em Itacoatiara

União Thalita de Abreu Desmarais e Guilherme de Queiróz Mattoso trocam alianças na Igreja de São Francisco Xavier, neste sábado, dia 4, às 11h. A recepção será no Praia Clube São Francisco. Thalita é filha do diretor da Neltur, Luiz Antonio Desmarais e Valéria de Abreu, já o noivo é filho de Ricardo Mattoso e Marlinda de Queróz.

Noite Preta

A bela Barbara Muniz encantando com sua beleza e simpatia os sambas de Niterói

Soul carioca traz Preta Gil no próximo sábado, dia 11, no Nec Multiplace, em Charitas, a partir das 22 horas. Com seu show Noite Preta, a cantora promete colocar a galera para dançar. O evento traz ainda outras atrações bem bacanas como os cantores João Gabriel, Buchecha, a banda Bicho Solto e muito mais. Informações: soulcarioca. art.br


www.dizjornal.com

Fernando de Farias Mello

10 Niterói 04/06 a 18/06/11

Fernando Mello - fmelloadv@gmail.com

É Crime Ser Rico? estamos contaminados com alguma coisa Marxista dentro de nós para acharmos, em primeira análise que, quem tem dinheiro guardado no colchão ou é burro ou é ladrão. Como este conceito/preconceito veio parar dentro de nós é a grande questão. Gostaria muito que Roberto da Matta, grande e inteligente antropólogo pudesse explicar como esta fonte envenenada nasceu. Se, por exemplo, é um reflexo dos 2 governos “popular-socialistas” de Lula. Caso tenha sido criação do populista Lula, o veneno voltou-se contra o próprio criador, como no caso do ministro Palocci, antigo companheiro do ex-presidente, que enriqueceu rapidamente e a sociedade, através da imprensa, se pergunta: como assim? Ora, é claro que o Sr. Palocci enriqueceu não somente pelos seus conhecimentos técnicos mas, principalmente, por conta da sua experiência e conhecimentos, inclusive pessoais, como ex-ministro.

F

az um mês mais ou menos que assisti na televisão a uma reportagem comum, mas que no final, trouxe as mais fáceis conclusões sobre a nossa sociedade. Sou um observador nato do comportamento social, pois consigo passar bom tempo lendo e conversando sobre como sociedades reagem a determinada situação, ou ainda, como aceitam isso ou aquilo de forma passiva ou não. A reportagem era sobre uma ação policial que invadiu uma determinada residência, devido a uma denúncia de maus tratos a menores, creio eu, pois não me lembro bem deste primeiro detalhe devido à importância do que irei abordar. No curso da batida policial, os policiais encontraram 300 mil reais. Pronto!!! Já desconfiaram e deduziram que guardar tal quantidade de dinheiro em casa é crime e levaram o dinheiro para a delegacia. Este já é um comportamento muito equivocado da sociedade que nos últimos anos,

só perdoa o dinheiro escondido em paredes falsas de alguma mansão ou depositado em algum paraíso fiscal. Então, 300 mil guardados numa casa no subúrbio pode até ser que seja produto de um crime, mas o que dizer de milhões escondidos e encontrados numa mansão em Brasília? É permitido? Parece que sim. O povo acha que político bom e esperto é aquele aloprado que pratica corrupção. Se ele tem milhões escondidos no quintal é porque “é bom”, sabe fazer “negócios”. Mas, naquela casa do subúrbio do Rio, onde encontraram os 300 mil, só poderia ser dinheiro de crime, não é, Sr. policial? Certo, sociedade? Não! Depois de comparecer à delegacia de polícia, constrangido e raivoso, o proprietário do dinheiro veio buscá-lo, pois era resultado da venda de um imóvel da família adquirido com muito custo. Vejam o absurdo de nossa sociedade. Vejam o absurdo da polícia. Convenhamos que

Palocci afirma que cobrou aos seus clientes o que quis. Qual é o problema? Realmente foi uma resposta que nos remete a seguinte indagação: quer dizer que não podemos ser competentes, ter amigos que fizemos quando éramos políticos e que depois pagaram caro pela consultoria prestada? O Imposto de Renda foi devidamente pago. Profissional liberal, como o próprio nome já revela, não possui tabela de preços, portanto é livre para cobrar o que pretender. O carnaval que estão fazendo é uma questão política e enquanto isso muitos outros que guardam seu dinheiro nas “meias” e, consequentemente burlam o fisco, estão sem serem incomodados ou comentados. Portanto, nem sempre guardar dinheiro em casa pode ser interpretado como fruto de crime. Pobre sociedade rica!

Fernando Mello, Advogado www.fariasmeloberanger.com.br e-mail: fmelloadv@gmail.com


11 Niterói 04/06 a 18/06/11

Pela Cidade dizjornal@gmail.com

UMES RJ e Moradores de Niterói Propõem Políticas Públicas

No dia 05, domingo, celebra-se o Dia Mundial do Meio Ambiente. Aproveitando o ensejo a UMES RJ (União Metropolitana dos Estudantes do Estado do Rio de Janeiro) espera que as Autoridades Públicas, Prefeitura Municipal de Niterói, Governo do Estado e Governo Federal, assim como do Poder Legislativo, olhem com atenção e prioridade para a Cidade de Niterói, antiga capital do Estado do Rio de Janeiro. Apresenta como propostas mais urgentes: Fim do Lixão do Morro do Céu; Reflorestamento da Cidade; Reabertura do Cinema Icaraí como um Espaço Público de Cultura; Implementação de Política Pública de Uso e Ocupação do Solo de Niterói com responsabilidade ambiental; Prioridade na implantação da Linha 03 do Metrô para as Cidades de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí; Despoluição das Lagoas de Piratininga e Região Oceânica; Maior proteção e fiscalização ambiental das Unidades de Conservação da Serra da Tiririca e do Parque da Cidade; Prioridade na implementação

da Política Pública de Educação Ambiental nas Escolas e Comunidades de Niterói; Política Ambiental de incentivo a Reciclagem, Coleta Seletiva e a criação de Cooperativas Ecológicas; Saneamento Básico na Região Oceânica; melhorias no Sistema Viário de Niterói; mais investimentos na Saúde Pública; Construção de uma Escola Técnica Estadual na Região Oceânica e implementação de uma Escola Técnica Federal no Antigo Prédio dos Correios ou em outro espaço público desativado na Cidade; Implementação de um Programa Municipal de Moradia Popular em parcerias com os Governos Federal e Estadual; Política Municipal de Acessibilidade nas Escolas, Hospitais, Centros Comerciais; e implantação e construção de um Posto do DETRAN na Região Oceânica. Todas as propostas são coerentes e necessariamente exeqüíveis. Os estudantes fizeram muito bem o dever de casa. E as autoridades?

Notas Manchadas

A Federação Brasileira dos Bancos emitiu nota alertando a população a rejeitar as cédulas que estiverem manchadas de tinta. Isto porque, boa parte dos caixas eletrônicos está equipada com um dispositivo que mancha as cédulas com tinta rosa após a explosão do terminal por ladrões de banco. Elas são consideradas inválidas. O pior é que, para a maioria, o fato passa despercebido, a não ser quando é muito flagrante. Algumas notas estão realmente manchadas, enquanto outras possuem apenas pequenas pintas. O transtorno será maior para a população que será obrigada a devolver o dinheiro para uma instituição bancária, fazer um cadastro da sua pessoa, sob pena de ser considerado suspeito. Outro dia, uma senhora recebeu as tais notas de um caixa eletrônico de um banco de São Pedro da Aldeia, RJ. E aí? Vindo do próprio banco, que deveria recolher as notas, como desconfiar?

www.dizjornal.com

Rua da Conceição Afunilada

Embora todos concordem com a necessidade da criação de um espaço cativo para carga e descarga na Rua da Conceição, existe uma discordância quanto à fixação permanente das grades de proteção. Elas deveriam ser móveis, para que em momentos de pico no trânsito a faixa determinada e cercada seja novamente utilizada minimizando os constantes e trágicos engarrafamentos. É uma pista de rolamento interditada num ponto crítico, que é a curva da Rua Acadêmico Walter Gonçalves que dá acesso à Rua da Conceição. Seria simples se ao invés de grades, utilizassem cones de cimento sobre rodas. Ficariam das 6 às 15 horas como área de carga e descarga. Após este horário, empurrariam os cones para o meio fio e liberariam a pista. Operação barata e simples. Alô Nittrans, vamos por em prática a mobilidade sem cimento e cola!

ORAÇÃO A SANTO EXPEDITO

Festa 19 de abril. Comemora-se todo dia 19 Se vc. está com algum Problema Difícil e aparentemente sem Solução, precisa de Ajuda Urgente, peça a Santo Expedito. Ele é o Santo dos Negócios que precisam de pronta solução e cuja invocação nunca é tardia.

ORAÇÃO: Meu Santo Expedito da Causas Justas e Urgentes, socorrei-me nesta hora de aflição e desespero. Intercedei junto ao Nosso Senhor Jesus Cristo! Vós que sois o Santo dos Aflitos, Vós que sois o Santo das Causas Urgentes, protegei-me, ajudai-me, Dai-me Força, Coragem e Serenidade. Atendei o meu pedido: (fazer o pedido) Ajudai-me a superar estas Horas Difíceis, protegei-me de todos que possam me prejudicar; Protegei minha família, atendei o meu pedido com urgência. Devolvei-me a Paz a Tranqüilidade Serei grato pelo resto da minha vida e levarei seu nome a todos que têm fé. Obrigado. Rezar 1 Padre Nosso,1 Ave Maria e Fazer o sinal da cruz. “para que os pedidos sejam atendidos é necessário que sejam justos”. Agradeço a Santo Expedito a Graça Alcançada.


12

Em Foco www.dizjornal.com

Niterói 04/06 a 18/06/11

dizjornal@gmail.com

Turismo Cultural é Atração no Vale do Café Sarau da Fazenda Florença, representado no último quarto do século XIX e que encerrará a programação do festival na manhã de 31 de julho. O sarau inédito reproduzirá um episódio histórico, quando o Conde D’Eu, nobre francês e marido da Princesa Isabel, foi recebido pelos barões do café que habitavam a região. Ambientado no cenário da fazenda que pertenceu aos Teixeira Leite (os Barões de Itambé de Vassouras foram membros centrais da família), o evento teatral contará com personagens caracterizados em roupas de época, mobiliário, cenário e carruagens. O clima do século XIX será reforçado pela mostra de gastronomia típica do período, quando serão servidos ao ar livre lanches com comidas de época francesas e quitutes de origem africa-

na, como cuscuz, canjica e cocada. A música tem destaque em interpretações contextualizadas. Outra atração serão os modelos vivos que representarão as telas do pintor Jean Baptiste de Debret, que retratam o cotidiano das ruas cariocas no período imperial. Famosa pelos festivais de música e culinária, Valença, onde está localizado o hotel no distrito de Conservatória, é procurada por turistas do Brasil inteiro e seu ar bucólico serve de locação para diversas novelas e filmes de época ambientados no período imperial. Retirado do ostracismo econômico de boa parte do século XX pelo turismo, o Vale do Café é parada obrigatória para quem foge

da cidade grande em busca do verde da mata-atlântica, do ar-puro do interior e de um ambiente familiar. É um dos principais destinos com atrativos para quem busca a paz do interior e um roteiro voltado para o turismo cultural. A ação é uma das atrações da Fazenda Florença, que fica na Estrada da Cachoeira, 1560, em Conservatória, Valença. Mais informações pelos telefones (24) 2438-0124 e (24) 2438-1195.

Namorados Para Ele e para Ela Crédito Facilitado E d g a r d F o n s e c a com.

Na região do Vale do Café, um dos polos mais procurados pelos turistas no estado do Rio de Janeiro, a riqueza e o requinte do ciclo do café permanecem em cena nas cerca de 30 fazendas históricas abertas à visitação e hospedagem; e nos prédios públicos, como igrejas, praças e construções transformadas em museus. É lá que, durante o Festival Vale do Café (22 a 31 de julho), será relembrado um período marcante da história do Brasil no

Niterói, Rio de Janeiro, São Gonçalo, Magé, Itaboraí, Rio Bonito, Búzios, Cabo Frio, Rio da Ostras, Macaé


Diz 38