Page 1


Introdução Nossa Imagem Corporativa

Ela é formada a partir da relação que temos com nosso público em função da qualidade dos nossos produtos ou seviços. É um patrimônio que deve ser preservado. A VASP possui uma imagem que se reflete em grande parte não pelo que é dito, mas também como nos expressamos a através do design, do tom de voz, das imagens, das cores e da tipografia.

Identidade Visual: a assinatura da empresa

A identidade visual é um elemento importante que ajuda a construir a imagem da empresa junto ao público, tanto o interno como o externo. Ela é a assinatura da empresa e deve transmitir seus valores, sua organização e sua forma de atuação. A identidade visual da VASP se manifesta em sua marca e na forma como esta é aplicada. E é essa imagem que é lembrada pelos clientes e pelo público em geral.

Para que serve o manual

Este manual é um guia de referência para a utilização correta da identidade visual da VASP. Ele é uma fonte de consulta para o desenvolvimento ou solicitação de impressos institucionais, identificação de veículos e uniformes e para toda e qualquer aplicação da marca da empresa.

Manual de Identidade Visual VASP

2


Estratégia Essência, Valores e Tom da Voz

Nossa essência, valores e tom da voz são importantes pois eles unem todos nossos empregados com um único objetivo. Através deles podemos focalizar no que precisamos para nos desempenhar como uma empresa. Nossos valores nos guiam a aliar nosso comportamento que nos permite trabalhar com eficiência e efetivamente em direção à nossa essência. Uma essência expressa um objetivo claro e inspirador que a empresa tem. Ele funciona como um direcionador sobre como os negócios devem ser conduzidos. Valores definem a filosofia da empresa de como o negócio deve ser conduzido, servem como guia para tomada de decisões e para guiar como agimos. O tom da voz define o modo como devemos nos expressar com os clientes e com o público em geral.

Manual de Identidade Visual VASP

3


Como utilizar O manual apresenta os elementos que compõem a identidade visual da VASP e suas normas de aplicação e utilização. Essas normas devem ser observadas e cumpridas. Situações não previstas no manual devem ser levadas à Assessoria de Comunicação, assim como qualquer dúvida ou proposta relacionada ao uso da sua identidade visual. No final do manual, há um glossário com as palavras e expressões destacadas em cada página para auxiliar a compreensão do texto.

Manual de Identidade Visual VASP

4


Sumário 1. Elementos da identidade visual

1.1 Marca 1.2 Versões em cores chapadas, preto com retícula (escala de cinza), traço positivo e traço negativo 1.3 Variação alternativa vertical e suas versões em cores chapadas, preto com retícula (escala de cinza), traço positivo e traço negativo 1.4 Variação sem slogan e suas versões em cores chapadas, preto com retícula (escala de cinza), traço positivo e traço negativo 1.5 Variação ícone e suas versões em cores chapadas, preto com retícula (escala de cinza), traço positivo e traço negativo 1.6 Malha construtiva 1.7 Cores institucionais 1.8 Gradiente da marca

2. Normas de aplicação e utilização

2.1 Tipografias institucionais e complementares 2.2 Defesas ou margens 2.3 Usos incorretos 2.4 Relação da marca com o fundo 2.5 Originais

3. Aplicações

3.1 Estilo Fotográfico 3.2 Tickets de Passagens 3.3 Aeronave 3.4 Pattern 3.5 Papelaria

4. Glossário

Manual de Identidade Visual VASP

5


1. Elementos da Identidade Visual 1.1 Marca A marca da VASP é a base da identidade visual, é a assinatura da empresa. Ela é formada por 3 elementos. 1. Ícone composto por duas partes: o “V” estilizado em gradiente de azul, que transmite conceitos visuais como aprovação, voo, rapidez. E o triângulo que aponta para a direita em gradiente verde, que transmite conceitos visuais como início, adiante, progresso; 2. Logotipo VASP em azul; 3. Slogan “mais perto de você“ em cinza. A identidade visual da VASP privilegia a versão em cores com gradiente e com posicionamento horizontal, conforme a imagem mostrada ao lado. Ela deve ser usada prioritariamente nas aplicações da marca nos meios de comunicação internos e externos.

Manual de Identidade Visual VASP

6


1. Elementos da Identidade Visual 1.2 Versões em cores chapadas, preto com retícula (escala de cinza), traço positivo e traço negativo Quando houver impossibilidade de aplicação da marca em gradiente, por questões de custo e técnica, deve-se utilizar a versão em cor chapada. Quando houver impossibilidade de aplicação da marca em versão em cores (gradiente ou chapada) como em casos de impressão de uma cor (jornais, por exemplo) deve-se utilizar a versão em preto com retícula (escala de cinza). E quando a cor da superfície de aplicação não for neutra ou prejudicar o contraste necessário para a legibilidade da marca, utiliza-se a versão em traço positivo (em preto) ou a versão em traço negativo (em branco).

Manual de Identidade Visual VASP

7


1. Elementos da Identidade Visual 1.3 Variação alternativa vertical e suas versões em cores chapadas, preto com retícula (escala de cinza), traço positivo e traço negativo Quando houver impossibilidade de aplicação da marca em seu posicionamento horizontal, devido a ocupação do espaço ou questões de redução (pág. x) deve-se usar a versão vertical da mesma. E nesse caso deve se aplicar suas diferentes versões em determinados casos assim como explicado no tópico 1.2.

Manual de Identidade Visual VASP

8


1. Elementos da Identidade Visual 1.4 Variação sem slogan e suas versões em cores chapadas, preto com retícula (escala de cinza), traço positivo e traço negativo Quando houver impossibilidade de aplicação da marca em seu posicionamento vertical e horizontal em tamanhos que prejudiquem a legibilidade do slogan deve-se usar a versão sem o slogan. E nesse caso deve se aplicar suas diferentes versões em determinados casos assim como explicado no tópico 1.2.

Dar preferência

Manual de Identidade Visual VASP

9


1. Elementos da Identidade Visual 1.5 Variação ícone e suas versões em cores chapadas, preto com retícula (escala de cinza), traço positivo e traço negativo Quando houver impossibilidade de aplicação da marca em seu posicionamento vertical e horizontal e em versão sem o slogan e situações que possam colocar a legibilidade do nome VASP em situação crítica, deve-se utilizar as versões em ícone. E nesse caso deve se aplicar suas diferentes versões em determinados casos assim como explicado no tópico 1.2.

Dar preferência

Manual de Identidade Visual VASP 10


1. Elementos da Identidade Visual 1.6 Malha construtiva Composto pela fonte Century Gothic Regular (modificada) e Fertigo Pro Regular, o logotipo da VASP deve ser reproduzido por meio eletrônico, através dos originais contidos no CD que acompanha o manual. Caso necessário, o logotipo pode ser reproduzido por processo manual, partindo da malha construtiva, na qual o módulo X e Y é a base para as relações de proporção, sendo Y = 12X.

Manual de Identidade Visual VASP 11


1. Elementos da Identidade Visual 1.7 Cores institucionais A VASP utiliza certas cores especiais como cores institucionais primárias. São as cores ideais, parte essencial da identidade de VASP e deve ser sempre a cor predominante em nossa comunicação. A referência para impressão é o Pantone® C. Os impressos devem ser feitos em cor especial sempre que possível. Não sendo possível, deve-se utilizar a referência indicada para policromia. É importante ressaltar que o resultado será uma aproximação das cores da VASP. Essa aproximação funcionará também como critério em processos como pintura, gravação, plotagem e outros que não trabalhem com cor especial ou para aplicação em meio eletrônico/digital. Para aplicação em mídia eletrônica deve ser seguida a especificação na escala RGB ou na escala hexadecimal. Obs.: Sempre que necessário, as amostras devem ser fornecidas aos responsáveis pela produção gráfica como referência para reprodução da marca, a fim de garantir a sua qualidade.

Manual de Identidade Visual VASP 12


1. Elementos da Identidade Visual 1.7 Cores institucionais As cores institucionais secundárias podem ser utilizadas da mesma maneira que as cores institucionais primárias, porém, com menos frequência. A referência para impressão é o Pantone® C. Os impressos devem ser feitos em cor especial sempre que possível. Não sendo possível, deve-se utilizar a referência indicada para policromia. É importante ressaltar que o resultado será uma aproximação das cores da VASP. Essa aproximação funcionará também como critério em processos como pintura, gravação, plotagem e outros que não trabalhem com cor especial ou para aplicação em meio eletrônico/digital. Para aplicação em mídia eletrônica deve ser seguida a especificação na escala RGB ou na escala hexadecimal. Obs.: Sempre que necessário, as amostras devem ser fornecidas aos responsáveis pela produção gráfica como referência para reprodução da marca, a fim de garantir a sua qualidade.

Manual de Identidade Visual VASP 13


1. Elementos da Identidade Visual 1.8 Gradiente da marca A marca da VASP (tópico 1.1) é composta por um gradiente em cada um dos elementos que compõe o ícone. O gradiente é construído de acordo com as especificações ao lado.

Manual de Identidade Visual VASP 14


2. Normas de Aplicação 2.1 Tipografias institucionais e complementares A tipografia é um elemento-chave no sistema visual e as fontes tipográficas escolhidas proporcionam padrões gráficos exclusivos para a VASP, o que traz personalidade para a comunicação. Em todas as peças de comunicação impressas da VASP devem ser usadas apenas as fontes Fertigo Pro Regular e Fertigo Pro Italic. Nenhuma outra é permitida. A exceção fica por conta das aplicações abertas como as desenvolvidas em Microsoft Word, PowerPoint, ou aplicações de textos em websites, que devem ser construídas com a fonte Verdana Regular para texto corrido e Verdana Bold para destaque. Obs.: As fontes Fertigo Pro e suas variações e a fonte Verdana e suas variações estão disponíveis no CD (pasta “fontes”) em anexo neste manual.

Manual de Identidade Visual VASP 15


2. Normas de Aplicação 2.2 Defesas ou margens A área de arejamento protege a marca, evitando a interferência de outros elementos, como títulos, textos, imagens e margens dos materiais impressos. O arejamento indicado é a área mínima. Sempre que possível, o espaço livre em torno da marca deve ser maior que o arejamento mínimo.

Manual de Identidade Visual VASP 16


2. Normas de Aplicação 2.3 Usos incorretos A aplicação correta da marca da VASP preserva a sua integridade e garante a sua perfeita leitura. Qualquer modificação na marca, altera o seu significado, confunde o leitor e diminui o seu impacto. 1. NÃO aplique a marca sobre fundo que sejam muito coloridos ou mais chamativos do que a marca. 2. NÃO altere as cores da marca para adequar ao fundo 3. NÃO aplique a marca sobre fundos que não permitam a sua perfeita leitura. 4. NÃO aplique a marca em cores que sobre o fundo não criem o contraste necessário para a leitura. 5. NÃO aplique efeitos na marca. 6. NÃO altere as cores da marca para criar uma relação com o fundo, mesmo que busquem um significado. Manual de Identidade Visual VASP 17


2. Normas de Aplicação 2.3 Usos incorretos 7. NÃO deforme o desenho da marca, eticando-a ou apertando-a no sentido horizontal ou vertical. 8. NÃO rotacione a marca. 9. NÃO altere as cores da marca entre os elementos que compõe a mesma. 10. NÃO use a marca sem o ícone. 11. NÃO redesenhe a marca. 12. NÃO inverta o desenho do ícone.

Manual de Identidade Visual VASP 18


2. Normas de Aplicação 2.4 Relação da marca com o fundo As situações apresentadas aqui, são uma referência para a escolha certa da marca VASP quando aplicada sobre fundos diferentes tonalidades de preto em retícula (escala de cinza). O mesmo se aplica para a variação alternativa vertical e para a variação ícone compatíveis, em cores (gradiente ou chapadas) e com presença ou com ausência do slogan, as exibidas abaixo.

Manual de Identidade Visual VASP 19


2. Normas de Aplicação 2.4 Relação da marca com o fundo As situações apresentadas aqui, são uma referência para a escolha certa da marca VASP quando aplicada sobre fundos diferentes tonalidades de preto em retícula (escala de cinza). O mesmo se aplica para a variação alternativa vertical e para a variação ícone compatíveis, em traço positivo e traço negativo, as exibidas abaixo.

Manual de Identidade Visual VASP 20


2. Normas de Aplicação 2.4 Relação da marca com o fundo As situações apresentadas aqui, são uma referência para a escolha certa da marca VASP quando aplicada sobre fundos com as cores intitucionais. Essas situações são as mais recomendadas a serem feitas, pois reforçam a identidade visual da VASP. Nesses casos, deve-se usar a versão em traço negativo. Obs.: Ao lado foram apresentadas somente as referências de cor no sistema CMYK. Porém a regra se aplica para todas as cores formadas também pelos sistemas RGB, Hexadecimal e Pantone®. As referências para essas cores foram especificadas no tópico 1.7 (pág. 12 e 13).

Manual de Identidade Visual VASP 21


2. Normas de Aplicação 2.4 Relação da marca com o fundo As situações apresentadas aqui, são uma referência para a escolha certa da marca VASP quando aplicada sobre fundos com cores chapadas que não sejam as cores da escala de cinza (pág. 18 e 19), e as cores institucionais (pág. 20). Para isso, deve-se seguir as seguintes regras para definir se a marca será aplicada em sua versão traço positivo ou em sua versão traço negativo. REGRA A. Se a soma dos valores de C, M, Y e K na composição CMYK for menor ou igual a 150, utiliza-se a versão em traço positivo, caso a soma for maior do que 150, utiliza-se a versão em traço negativo.

Manual de Identidade Visual VASP 22


2. Normas de Aplicação 2.4 Relação da marca com o fundo REGRA B. No entanto, uma condição modifica a REGRA A: se o valor de K na composição CMYK for maior ou igual a 50%, aplica-se a versão em traço negativo, mesmo que a soma seja menor do que 150. Obs.: As relações de marca com o fundo em cores chapadas institucionais e em outras cores (pág. 20, 21 e 22) também se aplicam para a variação alternativa vertical e para a variação ícone da marca.

Manual de Identidade Visual VASP 23


2. Normas de Aplicação 2.5 Originais A tabela indica o nome dos arquivos originais salvos no CD que acompanha este manual.

VERSÃO

PASTA

NOME DO ARQUIVO

EXTENSÕES DISPONÍVEIS

preferencial

vasp_pref_grad_slog

.eps / .jpg / .png

preferencial

vasp_pref_grad

.eps / .jpg / .png

preferencial

vasp_pref_chap_slog

.eps / .jpg / .png

preferencial

vasp_pref_chap

.eps / .jpg / .png

Manual de Identidade Visual VASP 24


2. Normas de Aplicação 2.5 Originais A tabela indica o nome dos arquivos originais salvos no CD que acompanha este manual.

VERSÃO

PASTA

NOME DO ARQUIVO

EXTENSÕES DISPONÍVEIS

preferencial

vasp_pref_reti_slog

.eps / .jpg / .png

preferencial

vasp_pref_reti

.eps / .jpg / .png

preferencial

vasp_pref_posi_slog

.eps / .jpg / .png

preferencial

vasp_pref_posi

.eps / .jpg / .png

Manual de Identidade Visual VASP 25


2. Normas de Aplicação 2.5 Originais A tabela indica o nome dos arquivos originais salvos no CD que acompanha este manual.

VERSÃO

PASTA

NOME DO ARQUIVO

EXTENSÕES DISPONÍVEIS

preferencial

vasp_pref_nega_slog

.eps / .jpg / .png

preferencial

vasp_pref_nega

.eps / .jpg / .png

alternativo

vasp_alte_grad_slog

.eps / .jpg / .png

alternativo

vasp_alte_grad

.eps / .jpg / .png

Manual de Identidade Visual VASP 26


2. Normas de Aplicação 2.5 Originais A tabela indica o nome dos arquivos originais salvos no CD que acompanha este manual.

VERSÃO

PASTA

NOME DO ARQUIVO

EXTENSÕES DISPONÍVEIS

alternativo

vasp_alte_chap_slog

.eps / .jpg / .png

alternativo

vasp_alte_chap

.eps / .jpg / .png

alternativo

vasp_alte_reti_slog

.eps / .jpg / .png

alternativo

vasp_alte_reti

.eps / .jpg / .png

Manual de Identidade Visual VASP 27


2. Normas de Aplicação 2.5 Originais A tabela indica o nome dos arquivos originais salvos no CD que acompanha este manual.

VERSÃO

PASTA

NOME DO ARQUIVO

EXTENSÕES DISPONÍVEIS

alternativo

vasp_alte_posi_slog

.eps / .jpg / .png

alternativo

vasp_alte_posi

.eps / .jpg / .png

alternativo

vasp_alte_nega_slog

.eps / .jpg / .png

alternativo

vasp_alte_nega

.eps / .jpg / .png

Manual de Identidade Visual VASP 28


2. Normas de Aplicação 2.5 Originais A tabela indica o nome dos arquivos originais salvos no CD que acompanha este manual.

VERSÃO

PASTA

NOME DO ARQUIVO

EXTENSÕES DISPONÍVEIS

icone

vasp_icon_grad

.eps / .jpg / .png

icone

vasp_icon_chap

.eps / .jpg / .png

icone

vasp_icon_reti

.eps / .jpg / .png

icone

vasp_icon_posi

.eps / .jpg / .png

icone

vasp_icon_nega

.eps / .jpg / .png Manual de Identidade Visual VASP 29


3. Aplicações 3.1 Estilo Fotográfico O estilo fotográfico se refere ao visual das imagens publicadas em quaisquer meios de comunicação para a divulgação da VASP. Essas imagens devem condizer com as estratégias da empresa e complementam a construção a imagem da empresa junto ao público. O estilo das imagens devem estar próximo das características abaixo: 1. As imagens devem ser imagens fotográficas, que transmitem sensações reais. 2. As fotos devem prioritariamente serem de aeronaves em contraste com o céu. 3. O céu deve estar sempre azul limpo ou com nuvens brancas ao meio do azul. 4. A ênfase das fotos devem ser na beleza do céu. Por isso o céu ocupa a maior parte do espaço nas fotos. 5. Pode ser explorado recursos visuais interessantes com destaque em partes de aeronaves de forma criativa, ou em ângulos não usuais.

Manual de Identidade Visual VASP 30


3. Aplicações 3.1 Estilo Fotográfico Deve-se evitar ao máximo utilizar imagens que tenham as seguintes características: 1. Não deve-se utilizar ilustrações, pinturas ou quaisquer outros tipos de imagens. 2. Nunca deve-se utilizar fotos nas quais o céu esteja completamente branco ou de qualquer outra cor que não sejam tons de azul. 3. Nunca deve-se utilizar fotos tiradas de um ângulo no qual o avião seja visto de cima, e que abaixo dele esteja o solo (seja com o avião pousado ou voando). 4. Nunca utilizar fotos com mais de uma aeronave aparecendo. 5. Nunca tirar fotos em ângulos estranhos em que transmita a sensação de que a aeronave está caindo ou qualquer sensação de instabilidade no ar.

Manual de Identidade Visual VASP 31


3. Aplicações 3.2 Tickets de Passagens Exemplo de aplicação da marca no ticket de passagem aérea.

Manual de Identidade Visual VASP 32


3. Aplicações 3.3 Aeronave Exemplo de aplicação da marca na aeronave. Este é o único caso no qual a marca aparece sem o slogan e o ícone acompanhando-a diretamente.

Cauda da aeronave vista da esquerda

Cauda da aeronave vista da direita Manual de Identidade Visual VASP 33


3. Aplicações 3.4 Pattern Caso seja necessário aplicar uma imagem que consista em um padrão repetitivo (pattern) como no interior de envelopes , marcas d’agua de segurança, tecidos de revestimentos das aeronaves, deve-se utillizar o modelo abaixo que foi construído a partir do ícone da marca e repetido de forma zig-zag refletida. Esse pattern reforça a identidade visual da VASP e é um elemento que não pode ser modificado e não deve-se usar qualquer outro pattern criado. Obs.: Os arquivos do pattern em versão cor e preto estão disponíveis no CD (pasta “grafismos”) em anexo neste manual.

Versão em preto

Versão em cor

Visual do pattern aplicado em tecido Manual de Identidade Visual VASP 34


3. Aplicações 3.5 Papelaria Foram desenvolvidos alguns elementos de papelaria como cartão de visitas (1), crachá dos funcionários (2), papel de carta (3) e envelope (apenas visualização) (4). Obs.: Os arquivos de papelaria estão disponíveis no CD (pasta “papelaria”) em anexo neste manual.

1

2 4

3

Manual de Identidade Visual VASP 35


4. Glossário Escala RGB É a abreviatura do sistema de cores aditivas formado por Vermelho (Red), Verde (Green) e Azul (Blue). É o sistema aditivo de cores, ou seja, de projeções de luz, como monitores e datashows, em contraposição ao sistema subtrativo, que é o das impressões (CMYK). Escala Hexadecimal É o sistema de cores, referentes a projeções de luz, como monitores e datashows, exclusivas para utilização na Web.

Fonte (Arial Regular)

Fonte Uma fonte (também chamada de tipo ou fonte tipográfica) é um padrão, variedade ou coleção de caracteres tipográficos com o mesmo desenho ou atributos e, por vezes, com o mesmo tamanho (corpo). Retícula Consiste na variação tonal que se dá pelo tamanho do ponto de impressão em CMYK. São vários pontos pequenos de tamanhos diferentes, que obedecem ao tom da imagem original. São equidistantes entre si, quer dizer que possuem uma distância padronizada entre os pontos. Esse tipo de retícula cria ilusão de ótica, aonde os formatos dos pontos podem ser quadrados, redondos e arredondados.

Retículas (Preto em retícula cria a escala de cinza)

Traço O traço é a propriedade de todo elemento impresso que é formado por uma única tinta e, portanto, por uma única cor física: não há meio-tom algum. Por exemplo: os grandes jornais, que são impressos no processo offset, utilizam traço para a impressão dos textos (com tinta preta). Traço (Exemplo de imagens em traço) Manual de Identidade Visual VASP 36

Manual de Identidade Visual VASP  

Projeto de criação de uma nova marca e respectivo manual de identidade visual para uma empresa extinta, desenvolvido na disciplina de projet...