Page 1


MANUAL DO EXPOSITOR 16º FESTIVAL DO JAPÃO - 2013

1 - INFORMAÇÕES GERAIS

1.1 – PROMOÇÃO e ORGANIZAÇÃO FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES DE PROVÍNCIAS DO JAPÃO NO BRASIL - KENREN Rua São Joaquim, 381 – 5° andar – salas 51/52 – Liberdade – São Paulo – SP – CEP 01508-001 Tel: (11) 3277 8569/ 3207 5224 Tel: (11) 9112 6099 (esclarecimentos de dúvidas de montagem) CNPJ: 46.568.895/0001-66 festival@festivaldojapao.com www.festivaldojapao.com Presidente : Akinori Sonoda Presidente do Festival: Nelson Maeda Comercial: Yukimi Yamauti


Assessoria de imprensa: Érika Yamauti 1.2 – PROJETO E PRODUÇÃO KOM EVENTOS Cel: (11) 99112 6099 arq.koji@bol.com.br

1.3 - LOCAL DE REALIZAÇÃO CENTRO DE EXPOSIÇÕES IMIGRANTES – Pavilhão 1, 2 e Arena Rodovia dos Imigrantes km 1,5 – São Paulo – SP - CEP 04329-900 Tel: (11) 5067 6767 Fax: (11) 5058 9400 amanda.jur@centroimigrantes.com.br www.centroimigrantes.com.br CARGA E DESCARGA Caminhões terão 02 horas de tolerância para carga e descarga, esgotado o prazo, será cobrada diária de R$ 60,00. Utilitários terão 01 hora de tolerância para carga e descarga, esgotado o prazo, será cobrada diária de R$ 30,00 Av Miguel Stefano altura do nº 3000 (Jardim Botânico), entrar a direita e seguir ate o portaria Entrar à direita junto ao estacionamento do Jardim Botânico, entrada pela portaria 2. Administração do estacionamento: Tel-11 5067 6788

2 - SERVIÇOS OFICIAIS


A Organização sugere abaixo alguns prestadores de serviços, caso o Expositor tenha interesse em contratar, deixando claro que é livre a escolha do Expositor por qualquer outra empresa que atenda às normas do evento. 2.1 - TELEFONIA E INTERNET Para solicitar serviços ou obter informações sobre os serviços de telecomunicações, referente a custos, prazo de entrega, como solicitar, o Expositor deve consultar a HYPERNET TELECOM (Empresa Oficialobrigatório): Tel: (11) 3077 5500 - escritório Tel: (11) 5067 1601 - pavilhão Contato: Letícia leticia@hypernet.net Solicitar formulário de pedido. 2.2 – SEGURANÇA / BRIGADA OFICIAL Empresa: Tel: e-mail: Responsável: 2.3 – MONTADORAS OFICIAIS Arena Empresa: Tel: e-mail:

Responsável: Pavilhão interno: Empresa:


Tel: 011e-mail: Responsável:

2.4 – TENDAS Empresa: Steel Coberturas Tel: (11) – 2097 5457 e-mail: atendimento@steelcoberturas.com.br Responsável: Aldo Lanza 2.5 – PISOS Empresa: Guidhon Eventos Tel: (11) 4396 3242 e-mail: guidhoneventos@uol.com.br Responsável: Sergio Taguchi 2.6 – LIMPEZA OFICIAL Empresa Tel: Fax: e-mail: Responsável:

3 - SERVIÇOS GERAIS 3.1 - POSTO MÉDICO A Organização disponibilizará dois postos de pronto atendimento com auxiliar de enfermagem e uma ambulância de remoção, durante o período de


montagem e desmontagem. Durante a realização do evento terá o reforço de médicos e ambulância UTI.

4 - CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS 4.1 - MONTADORA E DECORADORA DE ESTANDE Assim que contratar a Montadora do seu estande, o Expositor deve transmitir à mesma este Manual. É aconselhável solicitar referência da empresa montadora, antes de contratar. Informar à Montadora que a Comissão Organizadora irá solicitar um Cheque Caução no valor de R$ 5.000,00 (Cinco mil reais) por estande montado, como garantia de cobertura de eventuais danos causados por sua responsabilidade. Devem ser entregues cheques separados, caso a montadora seja responsável pela montagem de mais de um estande. Caso não haja pendências junto à Organização do evento, o Cheque Caução será devolvido em até 15 dias úteis após o final da desmontagem. A manutenção, assistência ao estande, durante o período de realização do evento é de responsabilidade da Montadora, assim como a retirada de entulhos (sobra de materiais) tanto na montagem como desmontagem, portanto, é aconselhável que isto seja estabelecido em contrato. Caso o estande não esteja pronto até a data de inauguração do evento, a Comissão Organizadora reserva-se no direito de aplicar uma multa no valor de R$ 800,00 (Oitocentos reais) por hora de atraso. A Montadora também pode ser punida através de multa caso não cumpra os prazos e regras estipulados neste manual. Á partir do dia 12/07/13, toda documentação referente à Montadora deve ser entregue diretamente no PAVILHÃO, dentro do horário de funcionamento do CAEX. Caso as documentações não forem entregues, a Montadora será impedida de executar a montagem do seu estande. 4.2 – LIMPEZA PARTICULAR, BUFFET, RECEPCIONITAS Todos os prestadores de serviços contratados pelo Expositor devem ser previamente cadastrados; para tanto, deverão solicitar o credenciamento via internet até o dia 12/07/13, após esta data, encaminhar para o CAEX (Centro de Atendimento ao Expositor) no local do evento (Imigrantes). Valor do Credencial: R$ 20,00 (Vinte reais).

5 - REGULAMENTO GERAL


5.1 - PREENCHIMENTO DE FORMULÁRIOS Todos os formulários deverão ser requisitados pelo Expositor através do e-mail arq.koji@bol.com.br, preenchidos e encaminhados ao mesmo e-mail, até 12/07/13. A partir desta data, os formulários preenchidos devem ser entregues diretamente no CAEX (Centro de Atendimento ao Expositor) do Festival (Centro de Exposições Imigrantes). Qualquer dúvida de preenchimento, favor consultar a KOM EVENTOS, no telefone (11) 99112 6099, ou pelo e-mail - arq.koji@bol.com.br.

5.2 - HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO FESTIVAL

Montagem Festival

Manutenção Desmontagem

Dias 14 a 18/07/13 das 07h00 às 20h00. Dias 19/07/13 das 12 às 21 horas 20/07/13 das 10 às 21 horas 21/07/13 das 10 às 18 horas Dias 19 a 21/07/13 das 07h00 até 09h00 Dia 22/07/13 das 08h00 às 22h00

O Expositor deve manter seu estande em funcionamento durante todo o período do Festival, com pessoal habilitado para sua operação. As luzes dos pavilhões serão desligadas às 22h00. 5.3 – CAEX - CENTRO DE ATENDIMENTO AO EXPOSITOR O CAEX estará em funcionamento para atendimento aos Expositores e Montadoras: o Durante a montagem: 8h00 às 18h00 o Durante o Festival: 9h00 às 20h00 o Durante a desmontagem: 08h00 às 18h00

5.4 - ESTACIONAMENTO O estacionamento é de responsabilidade do CENTRO DE EXPOSIÇÕES IMIGRANTES em convênio com a E-PARK. O custo é de R$ 30,00 por dia.


Existe a possibilidade de compra antecipada do credencial de estacionamento (somente expositores) para o período de 13 a 23/07/2013 por R$ 90,00. Caminhões: 02 hs de tolerância após isso é cobrado a diária de R$ 60,00. Ônibus R$ 60,00 a diária. Telefone: (11) 5067 6788 5.5 - OCUPAÇÃO DOS ESTANDES O Expositor deve estar com seu estande em funcionamento a partir das 10h00 do dia 19/07/13. As áreas que não tenham sido ocupados até 12 horas antes do horário de inauguração do evento serão consideradas abandonadas, ficando a Comissão Organizadora autorizada a utilizá-las. O Expositor que não utilizar a área reservada, não caberá reembolso de pagamentos efetuados. O Expositor deve comunicar por escrito, à Comissão Organizadora sua pretensão de expor equipamentos de grandes dimensões ou especiais, bem como informar as suas características, DIMENSÕES, PESO e FOTOGRAFIAS. É de total responsabilidade do Expositor, eventuais danos no piso/paredes do pavilhão, durante a montagem, evento e desmontagem, seja pelo derrame de tintas, combustível, óleos ou outras substâncias. 5.6 - VENDAS E PROMOÇÕES É terminantemente proibida a venda de produtos sem comprovação de origem no evento, estando sujeito a fiscalização pelos órgãos competentes (Receita Federal). O Expositor que pretende realizar qualquer tipo de promoção deve consultar previamente a Comissão Organizadora para uma eventual aprovação. É terminantemente proibida a distribuição de material promocional fora das dependências do estande. É PROIBIDO DISTRIBUIR BALÕES A GÁS.

5.7 - SOM AMBIENTE A utilização de qualquer tipo de sonorização pelo Expositor só é permitida dentro do estande e em níveis que não perturbem os vizinhos. O volume máximo permitido é de 80 decibéis.


O Expositor que utilizar música em seu estande deve recolher taxa específica junto ao: ECAD - Escritório Central de Arrecadação e Distribuição. End.: Av. Paulista, 171/3º andar - CEP 01311-000 - São Paulo - SP. Tel.: (11) 287-6722 - Fax: (11) 285-6790 - www.ecad.org.br 5.8 – AR CONDICIONADO É permitida a instalação de aparelho de ar condicionado, desde que este esteja contido nos limites da área locada. Quando da instalação do aparelho de ar condicionado, é necessário colocar mangueira de deságüe, cabendo ao expositor, requisitar previamente o ponto de deságüe junto à Organizadora. 5.9 - CREDENCIAIS Credencial de Expositor As credenciais de Expositor devem ser retiradas a partir do dia 15/07/13, a partir das 9hs00, no CAEX. Cada Expositor receberá gratuitamente uma quantidade proporcional ao tamanho da área de seu estande, conforme abaixo: Até 15m² 30m² 50m² 75m² 100m² Acima de 100m²

Quantidade de Crachás 08 crachás 10 crachás 12 crachás 15 crachás 20 crachás 30 crachás

Se houver a necessidade de mais crachás além do indicado acima, será cobrado taxa de: R$ 20,00 (Vinte reais) por crachá adicional. Para que as credenciais estejam prontas, é imprescindível que o formulário Credenciais de Expositor seja preenchido e enviado até data limite de 12/07/13. As credenciais terão validade a partir do dia 13/07/13.


Credencial de Montagem Todos os montadores devem ser previamente cadastrados para requisição de credencial, sendo que cada montadora tem direito a 10 credenciais gratuitas. É de responsabilidade da Montadora o pagamento de credencial adicional, no valor de R$ 20,00 (Vinte reais) por credencial. Os formulários que forem enviados dentro do prazo serão cobrados via depósito bancário nas contas: 237 - BANCO BRADESCO S/A. Ag. Liberdade - Nº 0131-7 - Conta 0118.510-1 - FED DAS ASSOC DE PROVINCIAS DO JAPÃO NO BRASIL CNPJ: 46.568.895/0001-66 .Qualquer solicitação posterior ao dia 11/07/2013 deverá ser feita diretamente no CAEX (Centro de Atendimento ao Expositor), com pagamento à vista ou cheque. Os serviços solicitados no CAEX serão executados em um prazo máximo 12 horas. Credencial de Serviço Todos os prestadores de serviços contratados pelo Expositor (segurança, limpeza, copeira, recepcionista, etc) devem ser previamente cadastrados. Para aquisição de credencial (responsabilidade do Expositor), o valor é de R$ 20,00 (Vinte reais) por credencial. 5.10 - ACESSO DE PESSOAL Somente pessoas credenciadas poderão ingressar na área do evento, sendo obrigatório portar o crachá em local visível durante a permanência nas áreas internas. A segurança oficial do evento poderá exigir os documentos do portador de crachá, para identificação. A utilização indevida implicará na sua apreensão. É proibido o acesso de menores de 16 anos durante o período de montagem e desmontagem dos stands. 5.11 - SEGURO Os estandes, bens, produtos, assim como funcionários do Expositor não estão cobertos por qualquer tipo de seguro. Recomendamos que os Expositores providencie seguro com cobertura para todos os riscos, incluindo incêndio,


explosão, roubo, acidente etc. Acrescentando também o transporte do material durante a montagem, realização e desmontagem. Embora a Comissão Organizadora tome todas as precauções para evitar roubos, danos e outros prejuízos, não nos responsabilizamos por tais ocorrências dentro dos estandes. 5.12 - NORMAS DE SEGURANÇA OBRIGATÓRIAS Não é permitido o armazenamento de produtos que possam colocar em risco a segurança e o bem-estar dos participantes do evento (produtos tóxicos, inflamáveis, explosivos etc.) Conforme relação de Normas Técnicas da ABTN e Decreto Estadual 38069/93.  Todo Expositor é obrigado a manter em seu estande, desde o início da

montagem até o final da desmontagem, pelo menos um extintor de incêndio com carga compatível com os produtos expostos e com os materiais utilizados no estande, segundo as normas técnicas específicas. O extintor do tipo PQS (pó químico seco) deve ter o peso mínimo de 4 kg e o de CO2 (gás carbônico) com um peso mínimo de 6 kg, sendo que ambos têm uma capacidade de cobertura para até 20m2, dependendo do tipo de montagem do estande, mobiliário e produtos expostos. O extintor deve estar em local de fácil acesso, devidamente posicionado e sinalizado.

 A promotora colocará uma equipe de Brigada de Combate a Incêndio,

treinada para vistoriar estandes e orientar Expositores conforme as instruções técnicas do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo. Alertamos que, caso haja fiscalização do Corpo de Bombeiros, a responsabilidade pelo cumprimento das normas técnicas é exclusiva de cada Expositor, que fica sujeito às penalidades da lei. Aconselhamos aos Expositores e montadores utilizarem materiais anti-chama no teto, no piso e na decoração do estande.

É terminantemente proibido o uso de GLP, ou qualquer outro tipo de gás inflamável no interior do pavilhão.  É proibido o funcionamento de motores de combustão interna ou outros equipamentos que venham a produzir qualquer tipo de gás, fumaça ou gordura no interior do pavilhão, a menos que tais equipamentos permitam uma instalação especial de exaustão, caso em que estará sujeito à aprovação da Comissão Organizadora. 

 MATERIAIS PERIGOSOS: Qualquer trabalho com tinta, graxa,

materiais corrosivo, pó e líquido, deve ser realizado em recipientes próprios e equipamentos adequados, evitando danos e acidentes às pessoas, aos estandes vizinhos e ao pavilhão.  TRAJES: É proibida a entrada de pessoas sem camisa, descalças,

usando tamancos, sandálias ou chinelos no período de montagem e desmontagem do evento.


 EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPI:

- Vidraceiros: Luvas de borracha antiderrapante. - Tapeceiros: Máscaras de proteção no uso de cola. - Pintores: Luvas de borracha e máscaras de proteção. - Eletricistas: Luvas de borracha isolante na altura do cotovelo e calçado com

solado isolante.

- Pessoal de limpeza: Luvas de borracha ou couro, calçados fechados. A equipe de Brigada de Combate a Incêndio fiscalizará se as pessoas envolvidas na montagem e desmontagem estarão utilizando tais equipamentos de proteção.  TRABALHOS COM TINTAS E GRAXAS: Todo produto químico nocivo à

saúde tais como: tintas, graxas, pós, líquidos etc, devem estar devidamente acondicionados em vasilhames adequados, que ofereçam segurança aos trabalhadores do estande, as pessoas que transitem pelo pavilhão e aos estandes vizinhos. Não é permitido o uso de produtos corrosivos de qualquer espécie ou grupo.

 SAÍDAS DE EMERGÊNCIA E SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO:

Estandes ou auditórios com áreas fechadas acima de 100m2, devem conter: portas de emergência com saída para a área externa dos estandes, devidamente sinalizadas; Rotas de fuga indicadas no interior dos estandes; Placa informativa sobre o número limite de pessoas para estas áreas (capacidade física).

6 - NORMAS DE MONTAGEM E DESMONTAGEM 6.1 - CAPACIDADE DE CARGA Piso do pavilhão: sobrecarga estática 3 000 kgf/m². 6.2 - PISO E PAREDES É obrigatório o uso de paredes divisórias limitando o estande, sendo que esta construção não deve ultrapassar os limites de sua área. Em caso da utilização de piso elevado, é obrigatório que o estande possua rampa de acesso para deficientes, conforme Norma NBR 9050 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Esta rampa deve estar dentro do limite da área do estande.


Lembramos que é proibida a colocação de qualquer material ou equipamento sobre a tampa de hidrantes existentes no pavilhão ou a obstrução dos extintores fixados em colunas. Caso haja necessidade de construção de algum elemento junto a esses equipamentos o livre acesso deve ser mantido e sinalizado. ATENÇÃO: É terminantemente proibido fazer furos, aplicar tinta, cola ou outros materiais nas paredes, nos pisos e estruturas do pavilhão. Parede de Vidro Em qualquer situação, somente serão permitidas paredes montadas com painéis de vidro que contenham a aplicação de película de segurança tipo “insufilm” ou paredes montadas com painéis de policarbonato, acrílico, vidro laminado ou temperado. 6.3 - TIPOS DE CONSTRUÇÃO Madeira Não será permitida a fabricação de quaisquer elementos de madeira dentro do pavilhão, devendo os mesmos ser pré-fabricados (preparados dentro das oficinas da montadora) e virem lixados e com pintura semi-pronta, sendo permitidos somente retoques para acabamento. Não será permitido o uso de serra circular, montada em bancada, para construção de quaisquer elementos ou componentes do estande. Estruturas metálicas É proibida a fabricação de estruturas metálicas dentro do pavilhão, devendo as mesmas ser pré-montadas e preparadas dentro das oficinas das montadoras e virem com a pintura das peças semi-prontas, sendo permitida a utilização de máquinas e equipamentos somente para acabamento nestas estruturas. Será permitida dentro do pavilhão somente a realização da fixação dos elementos de estruturas metálicas por meio de parafusos e eventualmente um repasse de pontos de solda. Sistema modular de Alumínio ou Similar Todo elemento estrutural de montagem modular deve oferecer plena segurança ao conjunto construtivo. Não será permitida a utilização de pinos ou demais peças de madeira para a junção ou travamento dos montantes e/ ou travessas de alumínio ou similar. 6.4 - ALTURA MÁXIMA PARA CONSTRUÇÃO DE ESTANDES


Altura máxima para montagem a partir do piso do pavilhão é de 5,50 m, dentro do pavilhão. Para os estandes sob tendas de 5x5 m, a altura máxima é de 3,50 m. Para os estandes sob tendas de 10x10 m, a altura máxima é de 4,50 m. 6.5 - ALTURA MÁXIMA PARA EQUIPAMENTOS NO PAVILHÃO A altura máxima permitida para equipamentos no Pavilhão é de 5,50 m. Somente após análise da localização do estande pelo Departamento de Operações, será permitida uma eventual colocação de equipamentos cuja altura seja superior a 5,50 m. O Expositor deve comunicar por escrito, à Comissão Organizadora sua pretensão de expor equipamentos especiais bem como as suas características, DIMENSÕES, PESO e FOTOGRAFIAS. Uso Aéreo do Espaço Não será permitido usar a estrutura do pavilhão pelo Expositor para a colocação de: iluminação, Box Truss, logotipo etc. Lembramos que é obrigatório respeitar a altura máxima para construção. 6.6 - AFASTAMENTO Os estandes com altura superior a 3,30 m devem ter recuo em relação ao estande vizinho conforme indicado abaixo:

Altura Recuo Até 3,30 m Recuo de 0,00m De 3,30 a 4,50 m Recuo de 1,00 m Acima de 4,50 m Recuo de 2,00 m

Acima de 2,20 m de altura é obrigatório o acabamento da área voltada para o estande vizinho, com material compatível ao estande e sem nenhum tipo de propaganda


6.7 - ACABAMENTOS Todo e qualquer componente de montagem executado nos estandes, com visibilidade tanto pelos vizinhos quanto pelas ruas principais e/ ou transversais, somente será permitido se o seu acabamento estiver na mesma qualidade da parte frontal do estande. Toda e qualquer abertura que o estande contiver, para encaixe de ar condicionado, circuladores de ar, video wall etc., deve ser devidamente acabada. A fiação elétrica deve estar devidamente instalada, acabada, isolada e embutida. 6.8 - ELEMENTOS EM BALANÇO E PROJEÇÃO VERTICAL DO ESTANDE Só serão permitidos elementos em balanço cuja projeção seja interna à área do estande. Balanços sobre áreas comuns ou estandes vizinhos não serão permitidos. A projeção vertical de qualquer elemento da montagem ou de produtos expostos deverá obrigatoriamente, estar totalmente contida nos limites da área do estande. Não serão aceitas projeções sobre estandes vizinhos ou sobre a via de circulação 6.9 - ENTRADA DE EQUIPAMENTOS PESADOS A entrada de equipamentos pesados será no dia 15/07/13 a partir das 08h00. São considerados equipamentos pesados: todos os materiais e/ ou equipamentos que necessitem de guincho ou empilhadeira para sua locomoção. Importante: Caso o Expositor tenha algum equipamento pesado ou que ultrapasse a capacidade de carga do pavilhão, é imprescindível que entre em contato com a Organizadora pra verificarmos a viabilidade de exposição do mesmo. Será necessário informar, por escrito, as dimensões e peso do equipamento, bem como a forma de transporte que será utilizada. 6.10 - PROJETO ESPECIAL Estandes especiais terão autorização para montagem somente depois que tiverem seus projetos aprovados pela Organizadora do evento que deverá receber até o dia 10/07/13, no e-mail arq.koji@bol.com.br:


 Uma planta baixa cotada, com layout do estande e a localização dos     

pontos de energia, água e deságue. Fachadas de todas as ruas do estande com cotas de altura. Desenhos com o nº do estande, nome do Expositor, nome da empresa montadora, telefone e nome para contato. ART ou RRT e boleto pago Laudo de estabilidade estrutural do estande. Cópia da carteira do CREA ou CAU.

Ressaltamos que, caso a Comissão Organizadora não receba os projetos na data acima estipulada, o projeto deverá ser encaminhado para o CAEX a partir do dia 13/07/13, aguardando a aprovação do mesmo. Lembramos que será respeitada a ordem de chegada das montadoras. Caso a montadora não envie o projeto, o local do estande estará interditado prejudicando o início da montagem, o que acarretará atraso na entrega e conseqüentemente multa à montadora. Estandes construídos devem vir pré-fabricados, devido ao curto prazo de montagem. 6.11 - MONTAGEM DO ESTANDE COM PISO SUPERIOR (MEZANINO) Para construção de mezaninos, além das normas descritas, devem ser observadas as seguintes restrições:  Será permitido somente para estandes com área igual ou superior a

100 m².

 A área máxima a ser ocupada pelo 2º andar deve ser inferior a 50% da

    

área locada e ter um recuo de no mínimo 2,00 m dos limites perimetrais. Não será permitido uso de vidro no piso superior; será permitido montar com painéis de policarbonato ou acrílico. A estrutura do mezanino deve ser montada em aço de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT As sapatas devem ser do mesmo tipo de material e apoiada diretamente sobre o piso do pavilhão. A estrutura deve estar dimensionada de acordo com a capacidade de carga admitida em projeto É obrigatório informar em local visível, a capacidade máxima de carga do mezanino em kg e o número de pessoas permitidas nas escadas de acesso ao piso superior.

Para aprovação de montagens com mezaninos, devem ser apresentados à Comissão Organizadora os seguintes documentos:


 Projeto arquitetônico e ART/RRT recolhida e preenchida corretamente,

descrevendo responsabilidade do profissional, ou seja, projeto, cálculo e acompanhamento durante a montagem e desmontagem. 6.12 - ILHAS OU PONTAS DE ILHAS Estandes com área igual ou superior a 50 m² não podem, em hipótese alguma, ser totalmente fechados nas laterais que estejam voltadas para vias de circulação. As paredes devem obedecer a tabela de recuos e podem ser construídas somente numa área de no máximo 50% da metragem linear de cada lado do estande. Acima desta metragem será permitida somente parede de vidro transparente tipo cristal, que deve manter apenas a sinalização de segurança (Ex: tarjas coloridas, grafismo, aplicação de logomarca etc.), sem qualquer tipo de aplicativos que tirem a visibilidade interna do estande. 6.13 - TERMO DE RESPONSABILIDADE Para todo estande a ser montado, deve ter um projeto (planta baixa e elevação cotada) com identificação completa e assinatura do profissional habilitado responsável. Todos os estandes, além das plantas, devem apresentar a RRT ou ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) assinada pelo profissional responsável pela EXECUÇÃO do projeto e que deve ser registrado junto ao CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo) ou CREA (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia). Apresentar laudo de estabilidade estrutural assinada pelo profissional responsável. A RRT ou ART deve ser de São Paulo. Sem este documento o projeto não será aprovado. Apresentar cópia da Carteira do CAU ou CREA. 6.14 – CABOS ELÉTRICOS Não será permitida a passagem de qualquer elemento de ligação que cruzem ruas, áreas comuns ou estandes vizinhos. Estas necessidades, se ocorrerem, deverão ser previstas com antecedência e solucionadas junto à Organização. 6.15 - HIDRÁULICA A solicitação de fornecimento de água e deságue, deverá ser solicitada através do Formulário de Hidráulica. O valor de cada ponto de água/ deságüe é R$ 350,00 (Trezentos e cinquenta reais).


O valor de cada pia é R$ 350,00 (Trezentos e cinquenta reais). O valor de cada ponto somente de deságüe é de R$ 250,00 (Duzentos e cinqüenta reais). 6.16 - ENERGIA ELÉTRICA Todos os expositores devem solicitar, obrigatoriamente, o fornecimento de energia, inclusive aqueles com montagem BÁSICA. Caso o expositor não solicite a energia elétrica para o seu estande, o mesmo permanecerá sem energia para eventuais testes que desejar efetuar antes e durante a realização do evento. A solicitação de energia elétrica deve ser feita através do Formulário de Dimensionamento de Energia (KVAs). O valor por 1 KVA é de R$ 280,00 (Duzentos e oitenta reais). O preenchimento correto desse formulário garantirá um perfeito balanceamento das fases das linhas de distribuição nos pavilhões, com segurança para todos os Expositores. Para sua informação, consulte a tabela de consumo no próprio formulário. A energia nos estandes serão fornecidos à partir do dia 18/07/13 a partir das 08hs00, após ter sido solicitado a quantidade de KVAs que serão utilizados. Após a instalação do ponto de energia no estande, qualquer mudança de sua localização implicará pagamento de taxa extra, especificada no formulário. É de responsabilidade da Montadora, providenciar a instalação de disjuntores montados em caixas apropriadas, equipadas com portas, a fim de proteger as cargas e circuitos das linhas, junto à entrada da rede de alimentação de energia, bem como instalar e distribuir os ramais de força. Cabos PP com duplo isolamento são obrigatórios em todas as instalações elétricas. O quadro de distribuição elétrica deve ser metálico e ser colocado em área de livre acesso. Será permitida a passagem de fios e cabos, bem como a instalação de chaves ou disjuntores, somente em locais aos quais os eletricistas da empresa oficial do evento e do Centro de Exposições Imigrantes tenham acesso. Devem ser utilizados somente cabos de cobre com isolamento anti-chama para interligação do ponto de força, a partir de disjuntores até a carga, com


terminais adequados, condutores e caixas de derivações. Todas as emendas devem estar devidamente isoladas. E todos os estandes devem ser aterrados. Após o encerramento diário das atividades, todos os circuitos de energia elétrica devem ser desligados, com exceção dos equipamentos que realmente necessitem estar ligados fora desse horário. Equipamentos que necessitam estar ligados fora do horário da feira devem estar instalados com circuitos independentes e ter identificação própria. Carga elétrica disponível de 380 V - trifásico e 220 V - monofásico. Caso o estande necessite de 110 V, a Montadora deve dispor de transformador próprio. Devido à variação de tensão observada no fornecimento de energia pela Eletropaulo, será obrigatória a utilização de ESTABILIZADORES e NO BREAKS na instalação de equipamentos. A Organizadora não se responsabiliza por eventuais danos aos equipamentos do Expositor. 6.17 - ENCERRAMENTO DA MONTAGEM E DECORAÇÃO DE ESTANDE Os serviços de montagem e decoração dos estandes devem ser encerrados no dia 18 de julho às 18h00, quando a Organizadora iniciará os serviços de limpeza. Carpete e outros materiais aplicados diretamente no piso do pavilhão deverão ser aplicados com fita dupla face da 3M referência 4880 ou similar. É de total responsabilidade da Montadora/Expositor eventuais danos que causarem no piso do pavilhão durante a montagem/ desmontagem. Não é permitido encostar ou usar qualquer tipo de material de apoio em paredes, colunas ou portas. Danos causados, mesmo acidentais, serão cobrados da Montadora/Expositor, que se obriga a saldá-los no ato da apresentação do valor de prejuízo. Caso a montadora responsável pela montagem do Estande não cumpra o horário acima estabelecido, a Comissão Organizadora se reserva o direito de depositar o cheque caução no valor de R$ 5.000,00 (Cinco mil reais). 6.18 - DESMONTAGEM No dia 21/07/13, a partir das 19h00 as 22h00, será permitida a saída de materiais do expositor e demais materiais que não façam parte da montagem (materiais portáteis).


O Expositor com montagem BÁSICA, deve retirar todo o material de decoração do estande até as 10h00 do dia 21/07/13. No dia 22/07/13 a desmontagem será iniciada às 07h00 e todo o material deve ser retirado do pavilhão até as 22h00 do dia 22/07/13. Os materiais, equipamentos e produtos remanescentes no Pavilhão, após o término do período de desmontagem, serão retirados pela Organizadora, que desde já se isenta de qualquer responsabilidade por danos, avarias, prejuízos, roubo ou furto de qualquer natureza. Os custos desta operação serão repassados ao Expositor.

7 - REGULAMENTO PARA A MONTADORA Antes da elaboração do projeto, sugerimos que a Empresa Montadora leia atentamente as normas de montagem e desmontagem e em caso de dúvidas, entre em contato com a Comissão Organizadora, para verificar todos os itens técnicos que possam influir na execução do estande. 7.1 - NORMAS GERAIS Somente Montadoras Credenciadas pelos Expositores, através do Termo de Responsabilidade, terão seus projetos analisados. As Montadoras devem requisitar o Termo de Responsabilidade através do email arq.koji@bol.com.br, até o dia 08/07/2013, e encaminhar diretamente para o CAEX no pavilhão. Durante o horário de funcionamento do evento, não serão permitidas obras nos estandes. Caso sejam imprescindíveis, serão realizadas mediante autorização da Comissão Organizadora, que determinarão o horário conveniente. As Montadoras devem dispor de pessoal para manutenção dos estandes por ela construídos. As Montadoras são obrigadas a cumprir o regulamento e as normas deste manual. Os serviços de montagem e decoração de estande devem ser encerrados no dia 18 de julho, às 18h00, quando todo o material remanescente deve ser retirado do pavilhão Vias de circulação não devem servir como depósito de materiais, ferramentas e produtos a serem utilizados. Toda operação deve ser executada dentro dos espaços limites dos estandes.


As restrições de ruído e movimentação de material devem ser rigorosamente respeitadas e a Organizadora pode impedir a realização de quaisquer atividades que desrespeitem as normas previstas neste manual. Não será permitido deixar materiais remanescentes da desmontagem dos estandes no pavilhão.

7.2 – TAXA DE LIMPEZA A Comissão Organizadora irá cobrar das Montadoras através de formulário, a taxa para manutenção e limpeza das áreas de circulação, durante a montagem e desmontagem do evento. O valor da taxa será de R$ 10,00 (Dez reais) por m2 de área. O preenchimento deste formulário é obrigatório e de responsabilidade da Montadora. Aqueles que não enviarem o formulário devidamente preenchido até 11/07/13, deverão efetuar o pagamento da taxa no CAEX, a partir do dia 13/07/13. Essa taxa não inclui a retirada de entulhos e peças de madeira. Na ocorrência de tais fatos, serão repassados para a Montadora os custos que vierem a incidir. 7.3 - EMBARGO DO ESTANDE A Organizadora do Evento, visando manter a segurança de todo evento, serviços, expositores e visitantes, após parecer da equipe técnica da Organizadora ou de hierarquia pública - exemplo: CONTRU, Corpo de Bombeiros; tem o direito de embargar a montagem de qualquer estande que não esteja obedecendo às normas descritas neste Manual.

8 - MINISTÉRIO DO TRABALHO Fiscalização do Ministério do Trabalho e Polícia Federal - Contratação de Mão de Obra. O Ministério do Trabalho, no sentido de regularizar as diferenças de contratação de mão de obra, tem realizado diligências com equipes de fiscais no recinto da feira para orientação e fiscalização.


Assim, a contratação de recepcionistas, garçons, seguranças de estandes, limpadores, funcionários de montadoras de estandes e de empresas de prestação de serviços deve atender à legislação em vigor. Os documentos que devem permanecer em seu estande, à disposição da fiscalização em vigor, são os seguintes:

8.1 - Funcionários de empresa expositora: • Documentos que comprovem vínculo com a empresa. 8.2 - Funcionários de empresas de prestação de serviço a terceiros: • Contrato de prestação de serviços; • Segunda via da ficha de registro de empregados ou cartão de identificação tipo crachá, contendo nome completo, função, data de admissão e nº PIS/PASEP, cartão de ponto. 8.3 - Trabalhos temporários: • Contrato celebrado com a empresa de trabalho temporário e o registro da mesma junto ao Ministério do Trabalho; • Relação dos trabalhadores que prestam serviço nessa condição; • Cartão de ponto. 8.4 - Autônomos: • Cópia da inscrição do autônomo junto à Prefeitura e do INSS.

A equipe de fiscais de pavilhão irá circular pelo período de montagem, evento e desmontagem com uma máquina fotográfica, notificando a ocorrência de fatos que estejam em desacordo com as normas do Manual da Montadora.

9 - ENTRADA E SAÍDA DE MATERIAIS A segurança do evento controlará a entrada de todas as mercadorias, para tanto, pedimos aos Expositores e montadores que venham com as cópias das notas fiscais que ficarão retidas na porta do pavilhão. Na ausência da nota fiscal, deve ser preenchido um formulário de entrada e saída que estará disponível com os seguranças. Este formulário será cobrado na saída do material, como procedimento de segurança.


A entrada de equipamentos pesados será no dia 13/07/13 a partir das 08hs00. São considerados equipamentos pesados: todos os materiais e/ou equipamentos que necessitem de guincho ou empilhadeira para sua locomoção. Importante: Caso o Expositor tenha algum equipamento pesado ou que ultrapasse a capacidade de carga do pavilhão, é imprescindível que entre em contato com a Organizadora pra verificarmos a viabilidade de exposição do mesmo. Será necessário informar, por escrito, as dimensões e peso do equipamento, bem como a forma de transporte que será utilizada.

10 - TAXAS DA PREFEITURA DE SÃO PAULO Desde de 2003, a Prefeitura Municipal de São Paulo alterou a forma de cobrança das taxas municipais obrigatórias (DARM). De acordo com lei publicada no Diário Oficial do Município de São Paulo, no dia 30/12/2002, a cobrança destas taxas terá um valor por expositor de: TFE - Fiscalização de Estabelecimento: (Código 34932) R$ 35,32 por dia x 3 dias de evento = R$ 105,96 TFA - Fiscalização de Anúncio: ( Código 90042) R$ 88,30 por estande = R$ 88,30 TFA - Distribuição de Folhetos: R$ 88,30 por estande = R$ 88,30 Total: R$ 282,56 TFE – Código: 34932 34932

102

Exposições, feiras e demais atividades exercidas em caráter provisório, em período de até 5 dias.

Diária

35,32

TFA : 90042 (anúncios) 90042

Anúncios veiculados no interior de feiras e exposições, com prazo de exposição de até 60

Por Evento

n° de estandes

88,30


(sessenta) dias.

TFA – Código: 97110 (folhetos / brindes)

97110

Folhetos ou programas impressos em qualquer material, com mensagens veiculadas, distribuídos por qualquer meio.

Mensal

n° de locais

88,30

O recolhimento deverá ser feito até o dia 18/07/13. Enviar a cópia do comprovante para a Federação ou entregar no CAEX. Para emitir o boleto de pagamento entrar no site da prefeitura de São Paulo: 1- www.prefeitura.sp.gov.br 2- Coluna da esquerda, ir para “Pagamento de Tributos”. 3- Coluna da esquerda, ir para “Taxas Mobiliários” (TFA, TFE e TLIF). 4- Clicar em “TFA”. 5- Clicar em emissão de “DAMSP”. 6- Preencher os dados conforme orientação da PMSP. 7- Imprimir. 8- Voltar para “Taxas Mobiliários” (TFA, TFE e TLIT). 9- Clicar em TFE. 10- Clicar em emissão de DAMSP. 11- Preencher os dados conforme orientação da PMSP. 12- Imprimir. 13- Distribuição de folhetos e brindes – repetir o processo trocando o código. 14- Pagar no banco conforme vencimento. Obs: Empresas que não são da cidade de São Paulo, o numero do CCM será: 7.777.777-8. Lembramos que o recolhimento e obrigatório, e a fiscalização da prefeitura será rigorosa no evento. Não esquecer de encaminhar uma copia para KENREN. Na duvida, entrar em contato: (11) 99112 6099 – Arq. Koji Maruyama


CONSIDERAÇÕES FINAIS O Manual do Expositor do 16º FESTIVAL DO JAPÃO tem o intuito de garantir que as condições necessárias para que tudo corra bem sejam alcançadas, implicando no sucesso do Evento e satisfação da Empresa. Para tanto a Equipe de Organização ressalta a importância que todos os pontos nele citados sejam devidamente respeitados para que o 16º FESTIVAL DO JAPÃO ocorra da melhor forma possível. Caso haja alguma dúvida com relação ao conteúdo deste Manual, entre em contato com a organização do evento através do e-mail – arq.koji@bol.com.br A FEDERÇÃO DAS PROVÍNCIAS DO JAPÃO NO BRASIL E A KOM EVENTOS ESTARÃO À DISPOSIÇÃO PARA DIRIMIR QUAISQUER DÚVIDA.

NOSSOS AGRADECIMENTOS.

COMISSÃO ORGANIZADORA DO 16º FESTIVAL DO JAPÃO

NELSON MAEDA – (PRESIDENTE DO FESTIVAL)

AKINORI SONODA – (PRESIDENTE DO KENREN)

Manual do Expositor  

Manual do Expositor - Festival do Japao 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you