Issuu on Google+

Edição n° 6 | Especial Jan 2011

O FUTURO É AGORA! Empresa aposta na ampliação da frota de carros híbridos para locação.


EM RITMO DE CRESCIMENTO

3 Trainees em ação 4 gestão com tecnologia de ponta e SGL

A Ouro Verde encerrou mais um ano com o dever cumprido. E que dever! Somente em 2010 investimos R$ 310 milhões em veículos

5 Debêntures e Fitch RATING

e equipamentos e registramos crescimento na ordem de 26% sobre os 25% de 2009. Trata-se de um investimento tão substancial que é possível contar nos dedos o número de empresas no Brasil que investem cerca de R$ 500 milhões em dois anos. Portanto, o desafio de crescimento é cada

6 Frota de carros híbridos 8 Carga Seca e PNEUS

vez mais instigante.

9 O DETETIVE

Nesse sentido quero parabenizar todas as unidades de

10 SIPAT e KIT Natalidade

negócios da Ouro Verde, que desempenharam com êxito as suas atividades em prol do crescimento sustentável. 2010 também foi o ano em que a Ouro Verde mais apostou em treinamento. Foram cerca de 10 mil horas para capacitar quem já faz parte do nosso time. Afinal de

11 Finanças e VIAGEM 12 ouroprev

contas, não temos dúvidas de que os resultados obtidos foram possíveis graças a cada um de nós, que arregaçou as mangas para fazer cada vez melhor. 2010 também marcou nossa primeira emissão de debêntures. Um passo importante, que nos coloca em evidência no mercado financeiro e, consequentemente, no radar de grandes investidores. Atitudes como essa mostram para o mercado que estamos cada vez mais fortes e preparados. Também em 2010 demos o pontapé inicial para a migração de nosso atual software para o Microsoft Dynamics AX, a ferramenta mais atual em gestão empresarial no mundo. Isso demonstra, mais uma vez, que agimos como as maiores companhias em busca do que existe de melhor no mercado.

Quer ver suas sugestões, histórias e dicas na próxima edição da revista Conexão Ouro Verde? Então escreva para comunicacao@ouroverdetl.com.br

Com todas essas novidades, você pode notar que o crescimento

e mande o seu recado.

da Ouro Verde está baseado num consistente tripé, composto

Contamos com a sua colaboração

por investimento em equipamentos, treinamento de pessoas e

para deixar a revista cada vez melhor.

respaldo tecnológico. Para 2011, daremos sequência a esse

Participe!

desenvolvimento acelerado, sempre trabalhando de forma muito responsável. E para participar desse novo momento não se contente com pouco. Não se acomode com o sucesso de hoje. Porque se 2010 foi um ano excelente, faça de 2011 um ano espetacular. Para isso continue buscando a excelência nos processos e no atendimento. Renove seus votos com esse desafio! Boa Leitura! Karlis Kruklis Superintendente

2

Expediente Revista conexão é uma publicação da Ouro Verde. Supervisão Geral: Hussein Omairy Neto (Gerente de Assuntos Corporativos). Coordenação Geral: Anna Jarenko (Coordenadora de Marketing) e Marlis Burgos (Coordenadora de RH). Colaboraram nesta edição: Caio Júlio Cezar Leandro (Logística), Calixto Herkert (TI), Eduardo Takahara (Financeiro), Emanuelle Zanotto (RH), Julia Raquel Paschoal (RH), Julio Amaral (Etanol |Filial Eldorado/MS), Karlis Kruklis (Superintendente), Linomar Pigozzo (Logística Ambiental | Filial Rio de Janeiro/RJ), Luisa Magalhães Pissione (Etanol | Sertãozinho/SP), Luiz Guareschi (Etanol | Sertãozinho/SP), Luiz Henrique Akio Dairiki (Locação Leves), Marlis Burgos (RH), Maurício Dieguez (Locação Leves), Miguel Karasiaki Junior (Locação Leves), Sérgio Iha (Logística). Redação: Thabata Martin. Projeto Gráfico, Diagramação E REVISÃO: Doma Design. TIRAGEM: 1.150 unidades. Jornalista Responsável: Thabata Martin (DRT 05285/2004).


trainees

em ação Passar pelo processo seletivo do Move, Programa de Trainee da Ouro Verde, não é tarefa fácil. Mais de 300 inscritos participaram da primeira seleção, realizada no final de 2009. Os candidatos foram submetidos

filial Etanol

No decorrer desse primeiro processo, o setor de Recursos Humanos sentiu a

a testes e dinâmicas eliminatórias, que, aos poucos, foram delineando

necessidade de estender o MOVE 2011 para a filial Etanol, no município de

o perfil dos candidatos a executivos da empresa. Julia Raquel Paschoal,

Sertãozinho (SP). Segundo Emanuelle Zanotto, que coordenou o processo

analista de Recursos Humanos da Ouro Verde, coordenou todo esse

na região, a iniciativa foi necessária pela deficiência de mão de obra

processo e conta que o trainee precisa necessariamente ser criativo,

e o momento promissor do setor. “Nosso segmento estava carente de

arrojado e pronto para tomar decisões. Além da graduação, o candidato

profissionais, e a expansão dos negócios em 2010 foi substancial”, conta.

também precisa falar outro idioma. “A ideia do programa consiste em formar profissionais capacitados para desenvolver e agregar projetos

Nesse sentido, o Move se mostrou atrativo para os dois lados. Uma

dentro da empresa”, esclarece.

das vagas foi conquistada por Luisa Magalhães Pissione. “Foram três dias de provas e dinâmicas em Ribeirão Preto. Até o momento,

Para identificar o potencial de cada participante, todos passam, no

tem sido ótimo. Hoje estou morando em Sertãozinho e absorvendo

mínimo, um mês em cada departamento da empresa, independente da

muitos conhecimentos. Também estou empolgada em participar dessa

graduação. O objetivo é que eles compreendam a cultura organizacional

fase promissora da Ouro Verde”, conta Luisa, que é de Governador

da Ouro Verde e assimilem os conceitos profissionais. Dos cinco que

Valadares (MG).

iniciaram o treinamento em janeiro de 2010, três continuam no programa e já se destacam. Luiz Henrique Akio Dairiki, engenheiro

Para Marlis Burgos, coordenadora de Recursos Humanos, o processo

mecânico, é um deles. “Aproveitei o início do programa para conhecer

todo está sendo um sucesso, e o aproveitamento do trainees tem sido

a organização, desde a parte administrativa até as unidades de negócios”,

excelente. “O objetivo do programa é a formação de novos líderes, que

conta. Hoje o trainee está na área de Manutenção de Frotas Leves

está estimada em menos de dois anos”, explica.

e espera permanecer na empresa. “Tenho vontade de desenvolver meu potencial e meu perfil comportamental para um cargo de liderança”, diz.

3


Gestão com

tecnologia de ponta

O Grupo Ouro Verde está implementando o Microsoft Dynamics AX Trata-se de um ERP (Sistema de Gestão Empresarial) voltado à unificação da

dados, e por isso a substituição do antigo sistema se fez necessária. O AX

plataforma tecnológica por meio da consolidação e padronização de processos.

sustenta a expansão do Grupo prevista para os próximos anos, incluindo

Com participação ativa da equipe de TI (Tecnologia da Informação) do Grupo,

Ouro Verde e Martini Meat”, completa.

entra em produção em janeiro para os departamentos Financeiro e de Controladoria, seguidos pelas demais áreas ao longo de 2011.

Adotado por grandes empresas americanas e europeias, a moderna plataforma proporciona aos usuários ferramentas cada vez mais eficazes

De acordo com Calixto Herkert, gerente corporativo do setor, a adaptação

e capazes de potencializar investimentos na área de TI, sejam eles de pequeno

promete ser tranquila, uma vez que a ferramenta se adapta à empresa,

ou grande porte. Criado em 1983 na Dinamarca e mais tarde adquirido

e não o contrário. “Trata-se de um sistema moderno, de fácil adoção

pela Microsoft, o ERP Dynamics AX conta com mais de 300 mil clientes

e com uma interface muito familiar aos usuários”, explica. Segundo Calixto,

no mundo e tem recebido investimentos da ordem de R$ 4 bilhões anuais

a flexibilidade é uma das principais características do AX. “Em virtude do

em seu desenvolvimento.

crescimento da empresa, hoje administramos um volume muito maior de

SGL

terá continuidade em 2011 Desde março de 2010, 60 líderes - entre supervisores, coordenadores e gerentes - participaram do SGL (Sistema de Gestão de Liderança). Segundo Marlis Burgos, coordenadora de Recursos Humanos, esse é o maior investimento na capacitação da linha de comando da Ouro Verde. “Nessa primeira fase, o SGL trabalhou as Competências Comportamentais dos líderes”, conta. Agora, em 2011, os gestores seguirão para uma segunda etapa, cujo objetivo consiste em colocar em prática o conteúdo apresentado na primeira fase e evoluir em conteúdos técnicos e de negócios. “Os módulos de gestão têm sido muito elogiados pelos líderes e este é o melhor sinalizador de que estamos seguindo no caminho certo”, conclui Marlis.

4


mais recursos para 2011 A Ouro Verde comemorou, em setembro de 2010, sua primeira emissão de debêntures, no valor de R$ 75 milhões, com a coordenação do Banco HSBC. As debêntures são reconhecidas, hoje, como a principal forma de captação de recursos por parte das grandes empresas por meio do mercado de capitais. Dada sua versatilidade, elas se ajustam às necessidades de financiamento das companhias. De acordo com Eduardo Takahara, gerente Financeiro da Ouro Verde, essa operação financeira é um marco para a empresa. “O recurso já está em caixa. Aplicamos uma parte, e a outra fatia foi destinada para melhorar a estrutura de capital de giro da Ouro Verde”, afirma. Takahara ressalta que esse benefício é conquistado somente por empresas de grande porte. “Essa conquista faz parte do processo evolutivo da companhia”, conclui.

Ouro Verde comemora avaliação financeira

Avaliada desde 2009 pela agência mundial de classificação Fitch Rating, a Ouro Verde Transportes e Locação manteve em 2010 a nota BBB+. Esse tipo de avaliação indica as empresas com boa saúde financeira e alta capacidade de saldar suas dívidas. Com essa conquista, a Ouro Verde se iguala a gigantes como a TAM Linhas Aéreas e fica acima de grandes companhias como a Unidas S/A e a Martins Com. Serv. Distrib. S/A. “O mercado financeiro, em geral, utiliza essa avaliação para medir o risco de se fazer negócio com essas empresas. Uma nota melhor pode abrir oportunidades de negócios, assim como reduzir custos financeiros”, esclarece Eduardo Takahara, gerente Financeiro da Ouro Verde. Atualmente três agências fazem esse tipo de avaliação em empresas mundiais e cada uma tem seu próprio critério de classificação. Takahara explica que atingir a nota máxima é o objetivo da Ouro Verde. “Para conquistar essa meta vamos continuar trabalhando com foco na rentabilidade, forte trabalho de governança corporativa e gestão profissionalizada. Um índice melhor na avaliação é consequência de todo o bom trabalho desenvolvido por toda a equipe Ouro Verde”, avalia.

5


Na Ouro Verde o futuro ĂŠ agora!

6


Depois de ganhar expertise com a importação do Toyota Prius, a Ouro

ESPECIALIZAÇÃO

Verde começa a dar seus primeiros passos para ampliar sua Ecofleet, frota

Certos de que os carros híbridos fazem parte de um caminho sem

de automóveis híbridos para locação, que utilizam motores elétricos além

volta, a diretoria da Ouro Verde aposta agora na especialização

do combustível comum. Até o momento, a empresa tem uma unidade

do segmento com o intuito de servir de exemplo para o mercado.

locada e dispõe de um outro carro para locação. “Acreditamos que a

“O próximo modelo a integrar a Ecofleet será o Ford Fusion. Para

Ecofleet tem um grande potencial de crescimento devido à forte tendência

esse modelo não faremos a importação, pois o carro começará a

de preservação ambiental”, afirma Maurício Dieguez, responsável pela

ser vendido no Brasil em 2011”, informa. Dieguez comenta que

Unidade de Locação de Veículos.

o objetivo da empresa é ter uma frota de híbridos extremamente agressiva. “Estamos investindo em diversificação para atender às

Segundo Maurício, o fato de a Ouro Verde já trabalhar com muitas empresas

particularidades de cada empresa. E pretendemos em 2011 somar

de grande porte e renome internacional também deve contribuir para

dez unidades de carros híbridos, entre o Prius e o Fusion”, antecipa.

a aceleração desse processo. “Queremos que a oferta de carros sustentáveis seja vista como uma solução para o cliente, uma adaptação natural de

Lembrando que um dos grandes diferenciais do carro híbrido é que ele

mercado”, diz. De acordo com Dieguez, a criação de uma demanda para

é movido a gasolina e com um propulsor elétrico de 80 cv. Ou seja, o

veículos menos poluentes em solo brasileiro só precisa de um impulso

condutor pode optar por rodar somente com eletricidade, apenas com

para acontecer. “Entendemos que clientes dos segmentos de bancos,

gasolina ou os dois combinados. “O uso combinado de eletricidade

cosméticos, alimentos e bebidas, que já destacam forte comprometimento

e gasolina permite uma rodagem média de 21 quilômetros com um

com o meio ambiente, estão prontos para esta nova realidade”, afirma.

litro”, conclui.

7


Transporte destaca

nova estrutura de cargas Uma mudança na estrutura de Transporte da Ouro Verde tem como

que utilizava o material líquido, enquanto 60% do transporte estava focado

objetivo alavancar os negócios e o faturamento da empresa. A estrutura,

na carga seca”, justifica. Com essa mudança, além do percentual financeiro, a

que até então priorizava o transporte químico a granel, agora foi

empresa otimiza a logística, possibilitando fechar o transporte da carga tanto na

reorganizada para atender ao segmento de carga seca. Segundo Sérgio

ida quanto na volta. “Dessa forma a melhoria também se estende ao agregado,

Iha, gerente de Operações Logísticas, a decisão estratégica foi tomada com

que vê seu faturamento aumentar. Ou seja, ele anda mais e fatura mais.

a intenção de suprir uma necessidade logística. “Estamos equalizando

A produtividade é bem maior”, esclarece.

nossa estrutura para que a carga seca seja responsável pelo aumento do nosso faturamento”, explica.

Sem o percentual utilizado pelo transporte químico a granel, a estrutura se torna mais leve. “Em 2009, o faturamento da carga seca girava em torno de

De acordo com o gerente, essa mudança propicia mais elementos para

R$ 2,5 milhões ao mês. Hoje destacamos um crescimento de 50%, praticamente

a empresa se posicionar no mercado. “Atendíamos apenas um cliente

o dobro, com o mesmo número de ativos, e com uma carteira que saltou de cinco para oito clientes”, completa. A expectativa do setor de Transportes para 2011 é de fortalecer a base de clientes e abrir novos. Mesmo deixando de transportar o químico a granel, os gestores acreditam que o restante do faturamento deve aumentar devido à gama de serviços que a empresa oferece, principalmente com o transporte de bens de consumo, cosméticos e linha branca. “Teremos mais oportunidades com clientes de grande porte”, conclui Iha. As novas operações fechadas em 2010 são Pepsico, Heineken, Kraft e Avon.

Novo critério para troca de pneus No intervalo de um ano, o segmento de Locação de Veículos

controlar essa manutenção”, conta. Com a adoção dessa medida, o

Leves conquistou expressiva economia graças à revisão do

custo mensal da Ouro Verde caiu em média de R$ 340 mil para R$ 260

contrato de prestação de serviços da Ouro Verde, que previa um

mil. “Trata-se de uma economia significativa, que tende a se manter

prazo específico para realização da troca de pneus. Segundo o

daqui para frente”, diz. Lembrando que a segurança vem sempre

colaborador Caio Júlio Cezar Leandro, que na época atuava na

em primeiro lugar, o desgaste máximo de um pneu é de 1,6 mm de

área, a empresa mantinha um contrato com os clientes baseado

profundidade. “Até esse limite de borracha, o condutor pode rodar com

na quilometragem. “Antigamente a troca de pneus era feita com

segurança”, ressalta o colaborador.

30 mil quilômetros rodados, independente da necessidade”,

8

recorda.

Satisfação

No entanto, quando Caio identificou que nesse intervalo de

Orgulhoso com os resultados obtidos, Caio foi convidado pela empresa

tempo nem sempre havia motivo para a troca, ele propôs um

para implementar o mesmo controle no segmento de Transportes, onde

controle individual de cada cliente. “Fizemos um trabalho

trabalha hoje. “Acredito que todos podem fazer a sua parte aplicando

conjunto com as grandes redes de pneus do Brasil a fim de

boas práticas em cada departamento”, reforça.


Etanol | Sertãozinho/SP Data de abertura da unidade: 2009 Número de colaboradores: em Sertãozinho estão cerca de 50 colaboradores que centralizam os departamentos Operacional, Administrativo, Comercial, Locação e Compras. Entre engenheiros, agrônomos, mecânicos, técnicos, segurança, qualidade e operadores das três unidades, o número chega a 300 pessoas. Gerente responsável: Luiz

Guareschi

Denominada como Unidade Etanol, a filial da Ouro Verde tem como objetivo atender as usinas de açúcar e etanol de canade-açúcar. A unidade conta com uma forte carteira de clientes como a LDC/SEV, ETH Bioenergia e CNAA, e aproximadamente dois mil equipamentos para locação, entre caminhões de apoio, reboques, transbordos, tratores e mais de 150 colhedoras de cana-de-açúcar.

usinas”, explica. No entanto, a importância da filial vai além do município, considerado capital mundial de cana, que conta com aproximadamente 110 mil habitantes. “Ela serve de base para mais unidades operacionais da empresa, uma delas no município de Rio Brilhante (MS) e a outra em Teodoro Sampaio (SP), onde prestamos os serviços completos de transporte, e a terceira em Ituiutaba/Itumbiara, divisa dos Estados de Minas Gerais e Goiás”, diz.

Segundo Luiz Guareschi, o desafio em 2010 foi manter o nível de atendimento num mercado em forte expansão. “Além do serviço de locação, a Ouro Verde conseguiu adentrar um território antes dominado por usineiros e hoje realiza um trabalho de apoio, com serviços completos de transporte da matéria-prima até as

Para concluir, Guareschi afirma que a unidade obteve resultados expressivos no ano de 2010. “Fechamos como a principal unidade em termos de resultados econômicos para Ouro Verde, e esse êxito foi possível graças à equipe, que é muito boa, além do apoio da diretoria e áreas corporativas”, finaliza.

Logística Ambiental/RJ Data de abertura da unidade: 2001 Número de colaboradores:

200

Gerente responsável: Linomar

Pigozzo

A Unidade de Logística Ambiental iniciou suas atividades em 2001, com um contrato para atender a prefeitura do Rio de Janeiro, principal cliente da filial na região. O contrato se estendeu e, desde 2009, a unidade passa por uma reestruturação. “Iniciamos um trabalho voltado ao resgate da confiança entre Matriz, filial e cliente. E através de uma gestão participativa e transparente, estabelecemos procedimentos e indicadores alinhados com os objetivos da empresa”, diz Linomar Pigozzo, gerente da filial. A unidade é composta pelas áreas de RH, SESMT, Financeiro, Suprimentos, Manutenção, Operações e Serviços Gerais, com profissionais altamente motivados e capacitados. Atualmente, a principal atividade é a coleta de resíduos sólidos urbanos da região oeste do município (Campo Grande, Santa Cruz, Sepetiba, Barra de Guaratiba, Bangu e Realengo), com cerca de um milhão de habitantes. Além da coleta e locação de equipamentos, a filial atua fortemente com Locação de Veículos Leves. Segundo Eduardo Saad, responsável pelo setor, o departamento passa por um período de expansão, com a chegada de novos clientes e aumento da frota.

Pigozzo diz ainda que todo esse crescimento é garantido graças ao seu time de profissionais. “As pessoas são o maior capital da Ouro Verde. E isso é fundamental para a manutenção dos níveis de serviços e a alavancagem de novos negócios”, afirma. O balanço, assim como nas demais unidades da empresa, foi excelente, e as expectativas de futuro são empolgantes. “Tivemos um ano muito bom, e isso nos deu a certeza de que estamos preparados para sustentar o crescimento nos próximos anos”, reforça Pigozzo. Agora a oportunidade está ligada aos eventos esportivos que o Brasil sediará: em 2014, a Copa do Mundo, e em especial as Olimpíadas de 2016 no Rio. “Entendemos que esse é um momento ímpar para alavancar os negócios da Ouro Verde e já temos o principal, que são as pessoas preparadas e motivadas para os novos desafios”, conclui Linomar. 9


Missão cumprida com êxito Não é das mais fáceis a tarefa de organizar, de forma criativa, a Sipat

que estamos no caminho certo”, conclui. A Sipat 2010 aconteceu entre

(Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho). A missão,

os dias 8 e 12 de novembro na Matriz da Ouro Verde, em Curitiba.

que em 2010 ficou sob a batuta de Miguel Karasiaki Junior, foi realizada com sucesso. Segundo Miguel, o primeiro grande desafio foi convencer os supervisores e gerentes a liberarem suas equipes para juntas participarem das atividades. O segundo passo da organização consistiu em buscar o apoio da diretoria. “O convite foi feito pessoalmente ao presidente, superintendente e diretores até chegar a todos os departamentos”, explica. “Em 2010, após definirmos alguns temas a serem abordados, recorremos à intranet para realizar uma enquete com os colaboradores. Afinal de contas, para atrair público é preciso que se conheça o interesse da maioria”, afirma. O resultado da enquete identificou os temas mais votados: em primeiro lugar, Estresse (41%), seguido por Alimentação Saudável (19%) e Primeiros Socorros (16%). “Além das palestras, o evento contou com atividades extras, como a presença de agricultores, que venderam produtos orgânicos, aula de ginástica e sessões de cabeleireiro, manicure e massagem”, conta.

Eldorado: foco na segurança do trabalho A 1º Sipat da Ouro Verde Eldorado aconteceu no Centro de Treinamentos da ETH Eldorado, e destacou, na grade de palestras, temas relacionados a Segurança, Saúde, Meio Ambiente

Outra novidade que agregou valor à Sipat foi a realização de pequenos mimos para os colaboradores, que serviram como reforço para adesão. “Antes de cada palestra, surpreendemos os colaboradores com kits que remetiam aos assuntos abordados, como o kit antiestresse e o kit nutrição”, diz.

e Qualidade de Vida. Cerca de 115 colaboradores participaram do evento. Entre os assuntos abordados, Gilberto Leal ministrou palestra sobre segurança no transporte de cana e listou todos os passos para que os motoristas evitem acidentes durante o trabalho. Outro assunto debatido entre os colaboradores, proposto por Robson Silva, técnico de Segurança da Unidade

Segundo Miguel, o resultado superou as expectativas da comissão organizadora. “O número de presenças, a aceitação dos temas pelos

Ouro Verde Alcídia, foi a importância da responsabilidade civil e criminal relacionada à segurança no trabalho.

colaboradores e os comentários sobre as atividades nos fazem acreditar

Kit Natalidade

Emanuelle conta que as cestas são personalizadas: azul para meninos e

Presente para quem chega

rosa para as meninas, e contêm produtos básicos para recém-nascidos. “O intuito é parabenizar os pais e desejar boas-vindas ao bebê”, esclarece. A ação foi vista com bons olhos pelos colaboradores, que ficaram muito contentes com a surpresa. Além da ajuda vir numa hora boa, houve também um reconhecimento dos papais e mamães com relação à empresa. “Eles

Não é novidade que a Ouro Verde busca sempre a satisfação de seus

ficaram extremamente felizes por entenderem o cuidado que a Ouro Verde

colaboradores, assim como a admiração dos respectivos familiares. Agora a

tem com seus colaboradores num momento tão especial”, comenta.

boa notícia vai direto para quem ainda nem chegou direito ao mundo: é o

10

Kit Natalidade. Segundo a analista de Recursos Humanos Emanuelle Zanotto,

Para a Ouro Verde, o objetivo maior foi alcançado, pois trata-se de mais

a iniciativa começou no mês de outubro de 2010, e cinco famílias já foram

uma iniciativa atrelada à Responsabilidade Social Interna e que acompanha

beneficiadas com o presente.

o desenvolvimento da empresa.


Etiqueta Corporativa

Planejamento, guarde esta palavra! Especialistas recomendam, e muita gente pretende entrar em 2011 com os débitos zerados. Porém, é possível separar o dinheiro das dívidas e fazer algum mimo para você e sua família, como curtir férias, sem desorganizar as finanças para o restante do ano. Para que isso seja possível, é importante que suas despesas sejam planejadas com antecedência, durante cada mês do ano. Somente assim o que restar do salário poderá ser destinado ao lazer. O conselho é simples: separe o dinheiro, pague parte das dívidas,

Dicas úteis Aproveite o ano de 2011 e comece acertando nas finanças. Siga algumas dicas para planejar seu orçamento familiar anual. • Anote todos os gastos diários e compartilhe com sua família, inclusive as crianças. Assim todo mundo saberá onde está o desperdício.

se houver, e com a outra metade aproveite a época como deve ser.

• Poupe antes e barganhe o preço depois. Aproveite para pedir um

Veja algumas outras dicas ao lado.

desconto na quitação de um financiamento. Qualquer ganho é lucro. • Para finalizar, antes de guardar dinheiro, trace um objetivo. Afinal de contas, o controle financeiro pode e deve estar ligado a um sonho.

Roteiro de Viagem

Turismo Rural na Colônia Witmarsum Chega o período de férias e a opção mais pedida por crianças e adultos

Os visitantes, além de saborear pratos típicos, como chucrute e salsichas

é o litoral. A turma quer mesmo é ver areia, sol e mar. Apesar de a praia

alemãs que acompanham o marreco recheado, têm o privilégio de se

estar no topo do ranking, há quem anseie por alternativas de cenário.

deslumbrar com paisagens de perder o fôlego. Como a região dispõe

Nesse sentido, uma boa dica para explorar é a Colônia Witmarsum.

de boas pousadas, vale agendar um final de semana na colônia para compartilhar bons momentos com a família.

Situada no município de Palmeira PR, a colônia ganhou o nome como forma de homenagem à cidade catarinense de onde seus fundadores

Localização

alemães migraram. A paisagem é linda, e as opções de entretenimento

A Colônia Witmarsum fica a 60 quilômetros de Curitiba. Para

são muitas. Porém, a comida e o turismo rural são o carro-chefe desse

chegar lá, você pode escolher entre a BR-277 e a BR-376. A estrada

destino. Este último, menos conhecido do grande público, encanta até

estadual, asfaltada, oferece boas condições para quem assumir

mesmo os mais urbanizados. Afinal de contas, não há como não se

o volante.

render à sensação de acordar e sentir o gostinho da vida no campo.

11


A OURO VERDE

ajuda você a cuidar do seu futuro

Administrar o orçamento pessoal exige muita responsabilidade. Segundo

melhoraria muito sua qualidade de vida. Além disso, escreva também três

Renato Follador, consultor em previdência e colunista da rádio CBN,

coisas que você não faz, mas que se fizesse, também melhoraria muito sua

”a diferença entre o possível e o impossível é só uma palavra:

qualidade de vida. Ler e praticar é importante para se chegar lá”, avisa.

determinação”. Follador explica que para tornar o ato de poupar mais interessante é preciso levar em conta que se você deseja muito algo que

Facilidades para planejar o futuro

nunca teve, precisa fazer algo que nunca fez. “É preciso correr atrás

Pensando na importância de poupar e visando facilitar a vida de seus

dos sonhos para torná-los realidade. Pense no que você realmente quer

colaboradores, a Ouro Verde criou o OuroPrev, Programa de Previdência

da vida, reflita e responda: além de sonhar com isso, que passo deu

Complementar, em parceria com o Itaú Vida e Previdência, oferecendo

no sentido de torná-lo realidade? Do que abriu mão para viabilizá-lo?

condições mais vantajosas que outros planos disponíveis no mercado.

Quanto tempo e energia dedicou a esse objetivo? Normalmente é assim.

Segundo Hussein Omairy Neto, gerente de RH & Assuntos Corporativos,

Queremos tudo, porém, sem abrir mão de nada”, afirma o especialista.

além de valorizar os colaboradores, é uma forma de a empresa ajudálos a cuidar de seu futuro e de sua família. “Com o OuroPrev, todo

Portanto, se você está começando 2011 pensando em como viver

colaborador da Ouro Verde pode realizar contribuições voluntárias,

melhor seu futuro, assimile conceitos de como garantir uma renda

que são investidas em fundos previdenciários, e somar esse recurso ao

mensal, especialmente no período em que se deseja parar de trabalhar.

seu planejamento financeiro”, afirma Hussein.

“Se você não poupar, não aceitar abrir mão de 10% do seu rendimento líquido por um período mínimo de 30 anos, você passará necessidades

Entre em contato com o RH, desfrute e garanta esta oportunidade

na velhice”, lembra Follador.

com condições exclusivas. A empresa disponibiliza uma consultora de relacionamento do Itaú com atendimento especializado para que suas

Segundo o consultor em previdência, “nunca uma geração foi tão

dúvidas sejam sanadas. Agende seu horário encaminhando um e-mail

pressionada a pensar seriamente na aposentadoria”. “Pegue um papel

para beneficios@ouroverdetl.com.br com as seguintes informações:

e escreva três coisas que você faria hoje, e que se deixasse de fazer

data e horário de preferência, nome completo, RE, ramal, setor e CPF.

Próximas datas de atendimento na Ouro Verde MAtriz: 26/1 ou 9/2 às 14h | 15h | 16h Você pode ainda consultar a Central de Atendimento do Itaú. Para ligar de capitais e regiões metropolitanas, disque 4004 3053 ou 0800 727 5353 para ligações de outras localidades.

Quanto antes você contratar um plano, mais vantagens você terá. Aproveite!


Revista Conexão 6ª Ed - Jan2011