Page 60

as técnicas construtivas conclusões gerais

Os palacetes eram feitos de alvenarias de tijolos autoportantes usando o mesmo método das técnicas de construção das vilas operárias, eram revestidos com argamassa e pintura. A casa bandeirista se difere muito no seu levantamentos , a edificação originalmente é inteira feita de taipa de pilão, utiliza-se o barro, água fibras vegetais e algum tipo de aglomerante, podendo ser estrume ou sangue de animais.

Como apontamentos finais é possível concluir que o palacete e as casas bandeiristas revelam uma elite , uma formada por um caráter mais religioso com cômodos íntimos e separados por funções , outra formada por uma elite cafeicultora que copia modelos europeus tentando mostrar a sua independência e seu poder. No que mais se difere entre eles é a vila operária que pela quantidade de pessoas que moravam no mesmo lote foi possível uma transformação no terreno, surgiu uma vila com muitas transformações na cidade. A vila possuía muito mais ecletismo do que a moradia dos bandeirantes por exemplo. Devido a grande necessidade de mão de obra para as indústrias, a vila foi surgindo e com isso um caráter de hierarquia se formou onde a classe operária vive entre sí com consciente coletivo e abarrotada de pessoas , e no topo da hierarquia os grandes fazendeiros e cafeicultores em seus gigantescos lotes para pequenas famílias. Ou seja , no mesmo lote onde viviam uma ou duas famílias com grandes riquezas , era possível a convivência de muitas famílias de operários. É possível também observar a diferença de arquitetura entre as edificações, a casa bandeirista foi feita por mão de obra escrava e usava uma técnica construtiva milenar, taipa de pilão, tornando a edificação simples porém completa e adequada aos padrões requisitados na época. As moradias dos operários e cafeicultores eram tecnologicamente melhores com alvenarias de tijolos, caixilharia de vidro e revestimentos. Havia um certo conforto e eram mais agradáveis para a moradia, diferente das casas bandeiristas que eram mais duráveis e não tinham um caráter temporário, possuíam também características particulares de cada morador abrindo a possibilidade de estender seu programa adequando-o ao uso de seu dono.

Profile for Erica Bortoletto

MONOGRAFIA - Modos de Morar em São Paulo [4º semestre]  

Monografia elaborada para disciplina de História da Arquitetura e Urbanismo no Brasil I durante o 4° semestre da graduação de Arquitetura e...

MONOGRAFIA - Modos de Morar em São Paulo [4º semestre]  

Monografia elaborada para disciplina de História da Arquitetura e Urbanismo no Brasil I durante o 4° semestre da graduação de Arquitetura e...

Advertisement