Page 25

o restauro Para terceira etapa foi preciso reparar as paredes que se encontravam separadas por falta de amarração optando pela introdução de uma cinta de concreto sobre o respaldo das paredes concêntricas. Uma vala no respaldo das paredes foi aberta para executar a cinta de forma que ficasse invisível, não alterando a altura do edifício.

Fig. 32. A Comissão do IV Centenário visita a obra, em 23-10-1954. Acervo DPH/ DIM.

Fig. 33. “Placas protetoras” de concreto prontas, nas bases das paredes, em outubro de 1954. Fonte: Caderno de Obras – Casa do Bandeirante. Acervo PMSP/Pres.

A quarta etapa compreendeu a restauração das esquadrias, reconstrução das paredes centrais e acabamentos. Logo em seguida a quinta etapa concluiu a obra com os revestimentos adequados para as paredes.

Profile for Erica Bortoletto

MONOGRAFIA - Modos de Morar em São Paulo [4º semestre]  

Monografia elaborada para disciplina de História da Arquitetura e Urbanismo no Brasil I durante o 4° semestre da graduação de Arquitetura e...

MONOGRAFIA - Modos de Morar em São Paulo [4º semestre]  

Monografia elaborada para disciplina de História da Arquitetura e Urbanismo no Brasil I durante o 4° semestre da graduação de Arquitetura e...

Advertisement