Page 1


Índice 04 EDITORIAL "DAR SENTIDO AO CAMINHO" 06 GRANDE GALA EPVL 25 ANOS 08 EPVL NA RECEÇÃO MUNICIPAL À COMUNIDADE EDUCATIVA 10 RECEÇÃO AOS ALUNOS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO EPVL 2016/17 11 NO PRIMEIRO DIA DE AULAS, VETERANOS MOSTRARAM A ESCOLA AOS CALOIROS 12 OBJETIVOS SUPERADOS, GARANTE DIREÇÃO DA EPVL 13 ECO-ESCOLAS EPVL 14 PEDDY PAPER EPVL 2016 15 OUTUBRO ROSA - EPVL UNIDA NA PREVENÇÃO DO CANCRO DA MAMA 16 OLIMPÍADAS DA MATEMÁTICA EPVL 16 FABRICO DO PÃO REGIONAL NA EPVL 17 EPVL NA MOSTRA DO ENSINO PROFISSIONAL DA REGIÃO CENTRO 18 CHEFE EXECUTIVO DO HOTEL PESTANA PALÁCIO DO FREIXO PARTILHA CONNOSCO A SUA EXPERIÊNCIA 18 WORKSHOP "ROBÔ SIMPLES" 19 CELEBRAÇÃO DO DIA INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS 20 HOMENAGEM AO NOSSO ANTIGO ALUNO E AMIGO ROSÁRIO JOÃO ELIAS 21 DIREÇÃO DA EPVL PROMOVE REALIZAÇÃO DE REUNIÕES COM OS ESTUDANTES 22 BÚSSOLA 2016/17 - DOMÍNIOS DA APRENDIZAGEM 24 DIA DO ELOGIO, NA EPVL, FOI UM SUCESSO 23 TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO DOS MAIS NOVOS PARA OS MAIS VELHOS 24 OUTUBRO ROSA - EPVL UNIDA NA PREVENÇÃO DO CANCRO DA MAMA 25 EPVL PROMOVE BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS 25 ALUNOS CRIAM INICIATIVA PARA AJUDAR CRIANÇA 26 AÇÃO DE SENSIBILIZAÇÃO "A FLORESTA É DE TODOS E PARA TODOS" 27 REFEIÇÃO PARA OS SEM ABRIGO DE COIMBRA APOIADOS PELA "A CASA". 28 ALUNOS VISITARAM O LAR DE IDOSOS DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DA MEALHADA 30 EPVL NO ENCONTRO DAS ESCOLAS SOLIDÁRIAS 31 ARMÁRIO DA FARTURA EPVL 31 CHEGADA DA PRIMAVERA COM A APPACDM - CASAL COMBA 32 ALUNOS DA EPVL CONFECCIONARAM E SERVIRAM O ALMOÇO DE S. VALENTIM 33 EPVL NA SANTA CASA DA MISERICÓRIDA "EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE - SAÚDE ORAL" 33 ALUNOS DE RESTAURAÇÃO ORGANIZAM LANCHE NAS IPSS DO CONCELHO 34 BAILE DE FINALISTAS EPVL 2017 35 TORNEIO DOS PROFISSIONAIS 2016/2017 - TORNEIO DE FUTSAL EPVL 35 TORNEIO DOS PROFISSIONAIS 2016/2017 - TORNEIO DE VOLEIBOL EPVL 36 O PALCO DAS ARTES - ILUSTRAÇÃO DA ARTE BARROCA 36 NAMORAR COM FAIR PLAY - TRABALHOS DE DESENHO GRÁFICO 37 TURMA DE DESIGN PROMOVE PROJECTO EUROPEU SKILLS 4 LIFE 37 PARTICIPAÇÃO DE CRISTINA CASOTTO FOTOJORNALISTA ITALIANA 38 PROJETOS NO CONCURSO INTERMUNICIPAL DA REGIÃO DE COIMBRA 39 VISITA DE ESTUDO À CENTRAL HIDROELÉTRICA DA AGUIEIRA 39 EPVL PROMOVE VISITA DE ESTUDO À COURO AZUL 40VISITA ÀS CAVES ALIANÇA 40 VISITA DE ESTUDO AO PORTO 41 PROFISSIONAIS EPVL VISITAM MUSEU DA PRESIDÊNCIA E MUSEU DO DINHEIRO 42 VISITA DE ESTUDO - PALÁCIO DA BOLSA E MUSEU DE SERRALVES 42 VISITA DE ESTUDO AO MUSEU MACHADO DE CASTRO E SÉ VELHA 43 WORKSHOP "EXPRESSO PERFEITO" NA SEDE DA DELTA 43 VISITA DE ESTUDO AO PORTO - TEATRO "OS MAIAS" E PALÁCIO DA BOLSA 44 VISITA À "MONTEIRO CARNES" E À "DIATOSTA" 44 VISITA DE ESTUDO À MAHLE MURTEDE 45 JORNADAS DE ENGENHARIA ELETRÓNICA INSTITUTO POLITÉCNICO DE LEIRIA 46 A EPVL FOI À NEVE! 47 CICLOTURISMO EPVL 48 LUÍS SANTOS, ANTIGO ALUNO DA EPVL, VOOU ATÉ À MICROSOFT 49 A IMPORTÂNCIA DA INFORMAÇÃO FINANCEIRA /NORMAS INTERNACIONAIS 50 PALESTRA SOBRE A PREVENÇÃO - AUXILIAR DE SAÚDE 50 NAMORAR COM O FAIR PLAY - VIOLÊNCIA NO NAMORO 51 DEDICAÇÃO, ESFORÇO E CRIATIVIDADE. A FÓRMULA DO SUCESSO! 52 SABER COM NORMAS - CONFERÊNCIA PROMOVIDA NA EPVL 53 EPVL REALIZA PALESTRA SOBRE VIOLÊNCIA NO NAMORO - APAV 54 CONFERÊNCIA SOBRE "LIDERANÇA" COM MAJOR ANTÓNIO MARQUES 54 PALESTRA: UTILIZAÇÃO SEGURA DA INTERNET 56 EPVL PARTICIPA PELA PRIMEIRA VEZ NAS ESCOLÍADAS 57 EPVL VENCE PRÉMIOS NAS ESCOLÍADAS 58 A EPVL NOS JOGOS DA MATEMÁTICA 59 EPVL VENCE 1º PRÉMIO - FINALISTA NACIONAL YOUNG BUSINESS TALENTS 2016/ 2017 60 CONFERÊNCIA COM MIGUEL ROLO - MESTRE FOTÓGRAFO EUROPEU 60 GREEN CHEF 61 TURMAS DE RESTAURAÇÃO NUMA VISITA POR LISBOA 62 ALUNOS DE DESENHO GRÁFICO VISITAM LISBOA 63 EPVL NO DIA NACIONAL DOS MOINHOS 64 EPVL NO PROJETO EUROPEU SKILLS4LIFE - ERASMUS+ 68 INTERAGIR COM TODOS E TRABALHAR PARA MUDAR 71 EPVL E HCM ESTABELECEM ACORDO 72 EDUCAÇÃO ESPECIAL - QUANDO O FIM É O PRINCÍPIO 74 DEFESA DAS PROVAS DE APTIDÃO PROFISSIONAL 78 A PROVA DOS NOVOS - RESTAURANTE PEDAGÓGICO 80 OFERTA FORMATIVA EPVL 2017/18


FICHA TÉCNICA REVISTA SABER + Nº3 Redação: Nuno Castela Canilho, Manuela Alves, Ana Paula Martins, Sónia Taira, Maria João Saraiva, Lurdes Martins, Lina Pereira, Diana Jorge, Manuela Fernandes, Teresa Augusto e Cláudio Machado. Conceção gráfica e paginação: Cláudio Machado, José Oliveira, Edgar Pimenta, Inês Ana, Mariana Machado, Albano Santos. Propriedade: Escola Profissional Vasconcellos Lebre (Escola Profissional da Mealhada, Lda) Impressão: Galé - artes gráficas


“Dar sentido ao Caminho!”

Dr. Nuno Castela Canilho Diretor Geral

Com o final do ano letivo 2016/17 há um ciclo que se fecha na EPVL. Um novo ciclo se antevê, na sucessão natural da vida das organizações, que terá de ser igualmente ambicioso, mas mais ousado para fazer face a novos desafios, novos problemas e novas circunstâncias.

“Trabalhámos este ano uma nova dinâmica de participação dos alunos na Governança da escola."

4

EPVL Saber + n.º 3

O ano de 2016/17 foi muitíssimo positivo. Para além dos resultados alcançados em várias avaliações internas e externas a que a escola se submeteu e a que foi submetida, conseguimos excelentes resultados em todos os outros domínios: pedagógicos, académicos, organizacionais, comunitários, etc.. A EPVL está, efetivamente, no final de um ano letivo muito trabalhoso, no auge da sua pujança, assertividade, eficácia e ação pedagógica.

Junho2017

Conseguimos, neste ano letivo – depois de nos anteriores temos implementado estratégias de identidade, de reflexão estratégica, de planeamento e organização para a qualidade – recentrar a nossa ação na valorização do nosso trabalho pedagógico. Esta medida não é algo que se possa dar por concluído, em momento nenhum, mas mereceu no último ano um maior investimento humano, financeiro e, acima de tudo, estratégico. Trabalhámos, também, este ano, de uma maneira muito clara, uma nova dinâmica de participação dos alunos na Governança da escola. Iniciativas como as reuniões com os delegados de turma, os plenários com alunos para discussão dos problemas da escola, como o Dia do


e de valorização pessoal dos alunos, trabalhar os domínios de aprendizagem do Saber-Ser e do Saber-Estar, mas também do Saber-Fazer e do Saber-Ser. Tendo, sempre, o foco na ação altruísta, no Outro.

O destaque deste ano, no entanto, centra-se, de maneira muito notória, para um conjunto vasto de iniciativas que, vistas de forma global e em conjunto, se poderiam resumir à ‘Educação para o Outro’. Foram imensas as iniciativas de cariz solidário que foram implementadas na EPVL este ano. Todas elas com fio condutor, com conta-peso-e-medida, numa estratégia concertada que já deu frutos. Um trabalho que começou há vários anos – nomeadamente com o Helpteam (Clube de Voluntariado) – e que este ano deu flor e frutos. Ao folhear esta revista podemo-nos aperceber de tantas e tantas iniciativas que dão à EPVL a garantia de sermos uma Escola Atenta, de Ação e Solidária.

Os frutos não demoraram a fazer-se sentir e tornou-se visível o corolário do que pretendíamos: A ação altruísta como um gesto normal e quotidiano no relacionamento dos nossos alunos entre si e com os outros. Conseguimos, portanto!

O projeto mais marcante neste domínio, neste ano, foi o ‘Bússola’. Uma estratégia – que tem explicação mais exaustiva no interior da revista, na página 20 – que visou, através da responsabilização e do compromisso, com mecanismos de reconhecimento

EDITORIAL

Elogio, entre muitas outras, estenderam aos alunos a responsabilidade de refletir e de agir sobre o que nos é comum, para gestão da nossa escola como espaço de Liberdade, casa de Fraternidade e terreiro de Igualdade.

Os desafios do futuro são imensos e não é possível defrontá-los navegando à vista. Projetos como o ‘Bússola’, mecanismos como os que temos implementado do ponto de vista pedagógico, estratégico e organizacional, de interação com a comunidade, com as empresas, com as IPSS e com as autarquias, permitemnos ter a certeza de que estamos no caminho certo. De que estamos a dar sentido ao nosso Caminho e que o nosso é um caminho com um rumo e com um sentido claro e preciso: o do Serviço e da Felicidade pela auto-realização dos nossos jovens!

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

5


grande gala epvl 25 anos

6

EPVL Saber + n.ยบ 3

Junho2017


Num quarto de século percorremos um longo caminho, rimos e chorámos juntos, partilhámos sucessos e vitórias. Crescemos e ajudámos a crescer, fomos agentes de mudança e vimos o mundo mudar. Para assinalar este momento, a escola organizou no ano letivo 2015/16 várias ações: almoço, entrega de diplomas, comemorativo e criou uma “Cápsula do Tempo”, que apenas será aberta passados 25 anos, dia 4 de julho de 2041 (onde cada um de nós guardou mensagens, fotografias e outros objetos com algum significado pessoal, que foram selados), plantou-se uma Oliveira na escola que simboliza o crescente conhecimento e a 7 de Julho de 2016 realizou-se a Gala EPVL. A Gala EPVL foi um tributo à comunidade EPVL e da EPVL à comunidade”. Todo o espetáculo de variedades foi concebido e executado por alunos, professores e parceiros da escola. Do seu programa constaram momentos musicais, recitação de poesia, apontamentos teatrais e a exibição de fotografias dos principais momentos da escola e do mundo. O evento contou ainda com a participação do Grupo Coral Magister, da

Tuna da Universidade Sénior CADES, da Escola de Samba Sócios da Mangueira e dos alunos da professora Maria Antónia Mota. O espetáculo culminou com a atuação da professora Luciana Jesus, que acompanhada pela “família EPVL”, cantou uma canção concebida para a celebração. A Gala foi o momento mais marcante nesta caminhada, neste percurso sendo um testemunho do passado e do futuro da EPVL e da sua constante interação com a comunidade.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

7


Os professores e funcionários da EPVL participaram na receção municipal à comunidade educativa que a Câmara Municipal da Mealhada – como de há vários anos a esta parte – promove, e que se realizou em 9 de Setembro de 2016, no cineteatro Municipal Messias, na Mealhada. Na ocasião, Nuno Castela Canilho, diretor-geral da Escola Profissional Vasconcellos Lebre, dirigindo-se a todos os docentes e discentes presentes, pronunciou-se sobre os resultados do estudo “As motivações e preocupações dos professores portugueses”, coordenado pelo professor Joaquim Azevedo e que haviam sido divulgados no dia anterior. O estudo citado pelo diretor da EPVL dá conta de que 31% dos professores portugueses está desanimado, 32% está exausto e 64% está descrente em relação ao futuro e desiludido. Perante estes indicadores

8

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

Nuno Canilho garantiu que “são questões que nos obrigam a refletir imediatamente e tomar medidas já a pensar no futuro do país”. "Há uma tarefa a fazer para que este sentimento não alastre e essa não é estabelecida por decreto, é necessário unirmo-nos e desmontarmos estes números, com energia, criatividade e força de vontade. Esta é uma realidade que vai influenciar o futuro do nosso país. Sei que vocês são mais vítimas do que causadores, mas estou aqui e farei tudo para mudar esta realidade”, frisou. O diretor da Escola Profissional elogiou ainda o executivo municipal e o vicepresidente da Câmara Guilherme Duarte, felicitando a autarquia pela decisão de implementar o Projeto Educativo Municipal, um projeto que será coordenado pelo professor António Rochette da Universidade de

“O ensino na Mealhada é de confiança e vale a pena”.


EPVL na receção municipal à comunidade educativa

Coimbra. E referiu que é uma opção “certa para se promover um caminho único para uma comunidade escolar coesa, integrada e dinâmica”. Nuno Canilho salientou ainda, o trabalho de cooperação que tem sido desenvolvido, e “que se espera intensificado” entre a EPVL e o Agrupamento de Escolas e deixou o repto: “O ensino para adultos no concelho tem de ser uma prioridade e não se pode desperdiçar!”

confiança e vale a pena”. Na mesma ocasião, Guilherme Duarte, vice-presidente da Câmara com o pelouro da educação, afirmou que “a parceria que mantém com a Escola Profissional Vasconcellos Lebre tendo em conta os resultados positivos dos seus alunos e os altos níveis de empregabilidade, é um motivo de orgulho e um grande trunfo do concelho da Mealhada".

O diretor-geral da EPVL terminou dando conta de que: “Hoje, no concelho da Mealhada, há mais alunos do que população infanto-juvenil residente, e isso significa também que o número de alunos que escolhe a Mealhada para estudar é superior aos mealhadenses que estudam noutros concelhos. Isto é um fator de orgulho, mas também de responsabilidade e é algo que nos deve motivar e contribuir para a nossa atitude. O ensino na Mealhada é de

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

9


Ano letivo começa na EPVL com lotação máxima Receção aos Alunos e Encarregados de Educação EPVL 2016/17 No dia 14 de Setembro de 2016 começaram as atividades letivas na Escola Profissional Vasconcellos Lebre (EPVL). “Já dESCOLÁmos!! Esta é a viagem que te vai tornar profissional”, podia ler-se na projeção apresentada aos alunos e encarregados de educação que iniciaram o seu percurso escolar na EPVL, na Mealhada. O vigésimo sexto ano letivo da EPVL começou no dia 14 de setembro de 2016, com a receção aos encarregados de educação e aos alunos do primeiro ano, às 17h30, e aos alunos dos segundo e terceiro anos, às 19h. Cento e vinte alunos do primeiro ano entraram, assim, na EPVL nos seis cursos que a escola abriu para o ciclo formativo 2016/19. Os novos alunos de Informática de Gestão, Mecatrónica, Gestão, Desenho Gráfico e dos cursos de Restauração, nas variantes Cozinha/Pastelaria e Restaurante/Bar, juntam-se assim aos cento e setenta alunos que continuam os seus estudos, tendo transitado para o segundo e terceiro ano. Estes alunos que já integravam “a família EPVL”, para além dos cursos já mencionados, estão a ser preparados para vir a ser técnicos qualificados de Gestão de Equipamentos Informáticos, Auxiliar de Saúde e Eletrónica, Automação e Comando.

10

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

Nas sessões de apresentação e acolhimento, Nuno Castela Canilho e Manuela Alves, diretor-geral e diretora pedagógica da EPVL, respetivamente, apresentaram aos alunos e seus encarregados de educação as regras, o modelo pegadógico e a orgânica de funcionamento da Escola. Também Guilherme Duarte, vice-presidente da Câmara Municipal da Mealhada com o pelouro da Educação, participou na sessão dos alunos do primeiro ano, tendo sublinhado o papel preponderante que a EPVL tem na região. O depoimento de dois alunos do segundo ano, a Jéssica Baptista e o Nuno Maia, do curso de Gestão, e a atuação da aluna Andreia Ribeiro, do curso de Auxiliar de Saúde, que cantou para os novos colegas também fizeram parte da sessão. No final foram entregues os horários e apresentados os professores de cada turma. A temática da descolagem dos foguetões como arranque de uma viagem de transformação foi a escolhida pela EPVL para o arranque das aulas, usando o gosto pela busca e pela descoberta como mote transversal a todas as intervenções.


No primeiro dia de aulas, veteranos mostraram a escola aos caloiros “O acolhimento aos alunos do primeiro ano é uma tarefa que não é apenas dos funcionários e dos professores é, acima de tudo e principalmente, dos colegas que para além da experiência serão os melhores embaixadores possíveis!”.

No primeiro dia de aulas, propriamente dito, 15 de setembro de 2016, o objetivo primordial foi o de mostrar aos alunos do primeiro ano o espaço escolar, os serviços e o ambiente entre toda a comunidade educativa. Assim, desenvolveram-se durante todo o dia atividades lúdicas de conhecimento mútuo e de exploração do espaço da escola, tendo os alunos do segundo e terceiro ano assumido – com o apoio dos professores – a responsabilidade de ajudar os caloiros a conhecer melhor a escola.

“Não há uma segunda oportunidade para causar uma primeira boa impressão”, afirma Nuno Canilho, que acrescenta: “o acolhimento aos alunos do primeiro ano é uma tarefa que não é apenas dos funcionários e dos professores é, acima de tudo e principalmente, dos colegas que para além da experiência serão os melhores embaixadores possíveis!”. O primeiro dia de aulas terminou com uma “sunset party” no exterior da escola para toda a comunidade.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

11


Objetivos superados, garante direção da EPVL

“Conseguimos cumprir integralmente os objetivos a que nos tínhamos proposto para o ano letivo 2016/17”, afirma Nuno Castela Canilho, diretor-geral da EPVL. “Apresentámos a candidatura para abrirmos quatro turmas no primeiro ano de seis cursos profissionais de nível IV. Conseguimos abrir os cursos todos em cinco turmas. Ou seja, abrimos mais uma turma do que o inicialmente previsto”, refere o responsável pela EPVL. Numa altura em que a população escolar está a decrescer, como se explica um aumento do número de alunos nas escolas profissionais de uma maneira geral e na EPVL em especial? Uma pergunta que Nuno Castela Canilho respondeu numa tripla explicação: “Já no ano letivo anterior tínhamos observado este crescimento. Os alunos portugueses, as famílias e as empresas começam a voltar a perceber que a via profissionalizante do ensino é mais vantajosa porque é mais económica para as famílias – uma vez que é gratuita e subsidiada –, é mais capacitante – porque alia o conhecimento teórico à prática laboral – e não é limitativa, na medida em que o aluno pode continuar a acalentar o projecto de prosseguir estudos, apesar de poder entrar no mercado de trabalho imediatamente no fim do curso”. Por outro lado, prossegue o diretor-geral da EPVL, “Acreditamos que a notoriedade da

12

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

EPVL se tenha assumido com o facto de termos um plano de atividades muito virado para o exterior – junto da comunidade e das empresas – e que isso tenha validado a ideia de a EPVL é, de facto “A Escola dos Profissionais”. A área da abrangência da EPVL também tem crescido nos últimos anos, afirmando-se como uma escola regional com notoriedade nacional. Para além de muitos alunos do concelho da Mealhada, pouco mais de metade, a EPVL acolhe um grande número de alunos dos concelhos limítrofes – Cantanhede, Anadia, Mortágua, Penacova –, de alguns dos municípios da região – Águeda, Aveiro, Ílhavo, Mira, Montemor-o-Velho, Oliveira do Bairro – mas também de proveniências mais longínquas como Santa Comba Dão, Sever do Vouga, Porto, Gondomar, ou Ilha Terceira, nos Açores. A todos os alunos mais distantes, bem como aos sete alunos da cooperação lusófona, a EPVL garante alojamento e alimentação.


EPVL galardoada com Bandeira Verde Eco-Escolas 2016 Eco-Escolas EPVL O dia 30 de Setembro foi especial para a Escola Profissional Vasconcellos Lebre (EPVL). Fomos galardoados com a Bandeira Verde Eco-Escolas 2016, um galardão que recebemos em Aveiro- Parque de Exposições, na grande festa dos 20 anos do programa Eco-Escolas em Portugal, denominado pela ABAE (Associação Bandeira Azul) como o Dia das Bandeiras Verdes – Galardão Eco-Escolas. Este galardão foi o reconhecimento do trabalho de mais de mil escolas em todo o país, desenvolvido por professores, alunos, diretores, técnicos de educação e colaboradores, pais e encarregados de educação, autarquias e outros. Um reconhecimento especial para a EPVL que, pelo primeiro ano neste projeto, vê assim reconhecido o trabalho de todos os que se envolveram, dos que ajudaram a construir este galardão, diariamente, tornando o dia-a-dia da escola mais sustentável e da comunidade onde se insere. Foi com enorme orgulho que nos juntámos às 12 escolas do Município da Mealhada – professores, alunos e também a Engª. Lídia Dias, do Centro de Interpretação Ambiental – e fomos receber a Bandeira Verde que irá ficar exposta na entrada da EPVL, como prova de que somos uma escola que pensa e age segundo os valores/princípios de uma sustentabilidade ambiental.

Mais tarde, tivemos o privilégio de ter connosco, para aquela cerimónia tão importante, o vice-presidente da autarquia, Guilherme Duarte, e o vereador do Ambiente, José Calhoa. O secretário de Estado da Educação João Costa, e o presidente da ABAE, José Archer, entre outras entidades, entregaram ao Município da Mealhada o Certificado do galardão Eco-Escolas e, muito nos honra enquanto comunidade educativa, ver ali escrito o nome da nossa escola. Escola a quem foi atribuído o título Eco-Escola, também certificado pela ABAE. Estava prestes a chegar o grande momento: entre um misto de alegria, nervosismo e muita emoção, eis que soou o nome da EPVL perante milhares de pessoas ali presentes. Subimos ao palco e recebemos a tão desejada Bandeira Verde! Tudo isto no final da tarde de um dia "em cheio" onde até tivemos direito a um concerto da famosa banda portuguesa Xutos e Pontapés.

Animação, alegria e boa-disposição nunca faltaram. Com o sentimento de dever cumprido, regressámos à nossa escola mais enriquecidos e com o ânimo e a vontade suficientes para continuar a dar vida ao (nosso) projeto Eco-Escolas, fazendo mais e melhor. Cumprimos os objetivos propostos, mas não estamos satisfeitos. Pretendemos aprender a cuidar melhor de nós mesmos, do Outro e do ambiente em que vivemos. Agradecemos de forma muito especial aos alunos das diferentes turmas que durante o ano letivo passado se dedicaram com a sua criatividade, alegria e espírito de equipa a este projeto; aos alunos que foram até Aveiro em representação da escola, a toda a família EPVL e ao Município da Mealhada. Mais uma vez se comprovou - e de alma cheia - que Ser Profissional Vale +.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

13


Peddy Paper EPVL 2016

Com o objetivo de criar novas amizades, fortalecer laços, envolver e interligar os novos alunos, no dia 4 de Outubro de 2016, a comunidade EPVL deslocou-se ao Parque verde da cidade da Mealhada para mais um Peddy Paper EPVL.

A atividade desportiva foi promovida pelo Professor Luís Capela e contou com o apoio e a organização da turma de Desenho Gráfico do 2º ano e permitindo que alunos, funcionários e professores pudessem desfrutar de um dia de convívio e diversão num espaço natural muito agradável. A atividade decorreu toda a manhã tendo as equipas formadas, cumprido as diferentes etapas e terminado por volta das 13h, onde todos partilharam o almoço.

14

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017


outubro rosa epvl unida na prevenção do cancro da mama A EPVL, no âmbito da sensibilização para a prevenção contra o cancro da mama, reuniu no dia 31 de outubro de 2016 toda a comunidade escolar e saiu para a rua, onde realizou uma série de eventos. No centro da cidade, mesmo em frente ao edifício da Câmara Municipal da Mealhada, no jardim, realizámos um flash mob muito divertido, fizemos um lançamento de balões que chamou a atenção de todos os que por ali passaram e ainda divulgámos material informativo. Tambem tirámos imensas fotografias e partilhámos informação através das redes sociais. Esta campanha de conscientização teve como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do cancro de mama. Este movimento é denominado de Outubro Rosa, tem como símbolo o laço cor de rosa, e acontece um pouco por todo o mundo.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

15


Olimpíadas da Matemática EPVL No dia 9 de Novembro de 2016, realizouse a 1ª fase de mais uma edição das Olimpíadas da Matemática. Trinta e oito alunos da EPVL participaram com bastante empenho nesta iniciativa.

FABRICO DO PÃO REGIONAL NA EPVL A disciplina de Área de Integração, no âmbito dos conteúdos abordados nas aulas sobre preservação do nosso Património e Cultura, promoveu, no dia 18 de Novembro de 2016, a realização de um workshop sobre o processo de fabrico do Pão Regional da Mealhada, direcionado para a turma do Curso de Restauração - Cozinha e Pastelaria (turma do 1ºano). De gerações diferentes, a D. Olga Felício, colaboradora da escola e a D. Graciete Coleta, antiga padeira, dinamizaram a atividade , realizando e explicando todo o processo de fabrico do pão. Mas, a viagem começou com a entrevista efetuada pelos alunos Diogo Matos e Tiago Rodrigues que questionaram a D. Graciete sobre variados aspetos da sua antiga profissão e vida.

16

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

A atividade foi fotografada e filmada pelos alunos que se mostraram bastante interessados e curiosos, dando, também, o seu testemunho e reportando experiências tidas com familiares. Após alguns alunos terem amassado o pão e participado no processo de fabrico, seguiu-se o momento final de convívio e repasto de uma das 4 Maravilhas da Mesa da Mealhada A iniciativa foi muito interessante, já que a convivência intergeracional é importante. De salientar que os objetivos propostos para a atividade foram atingidos: preservar a memória, a tradição e a qualidade de um produto fundamental da gastronomia local. Sem passado não há presente nem futuro.


epvl na mostra do ensino profissional da região centro Os nossos profissionais estiveram no Pavilhão Centro de Portugal, na Mostra do Ensino Profissional da Região Centro, organizado pela ANESPO, nos dias 23, 24 e 25 de Novembro de 2016.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

17


Chefe executivo do Hotel pestana palácio do freixo, Partilha connosco a sua experiência O Chefe Executivo do Hotel Pestana Palácio do Freixo, o Chefe Tony Salgado, esteve connosco no dia 1 de Fevereiro de 2017 a contar um pouco da sua experiência aos nossos alunos do Curso Profissional de Cozinha e Pastelaria e Restaurante/Bar. Outra parte do dia foi ocupada com a elaboração de uma sobremesa inspirada no amicis gin com o apoio dos alunos do Curso Profissional de Cozinha e Pastelaria. Os objetivos para esta atividade foram alcançados, na medida em que, os alunos puderam ouvir na primeira pessoa a realidade do mercado de trabalho, visionar o trabalho realizado com a sobremesa (utilização de texturas, sabores e aromas), e a precisão e rigor para trabalhar ao mais alto nível da Hotelaria. O Chefe Tony Salgado deixou o seu agradecimento pelo acolhimento e pode constatar o trabalho realizado na Escola, dado que normalmente costuma receber alunos da EPVL.

workshop "robô simples" No dia 7 de Abril de 2017 recebemos alunos do 5º ao 8ºanos por parte da Academia Juvenil da Associação CADES. Realizamos a montagem do Robô (a parte física e elétrica). Todos eles adoraram a experiência e testaram os seu robôs. Num próximo Workshop iremos ter mais tempo de experiência e modificação dos próprios robôs. Agradecemos aos alunos: Lourenço Nuvunga (Curso Técnico de Gestão e Equipamentos Informáticos), David Ferreira e Pedro Morais (Curso Mecatrónica), pela ajuda que prestaram no Workshop.

18

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017


cELEBRAÇÃO DO DIA INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS O grupo de Área de Integração e o Enf. Pedro Saraiva, formador da EPVL, promoveram uma atividade de informação sobre a «Maratona de Cartas», desenvolvida pela Amnistia Internacional, e sobre a malária, no âmbito da celebração do Dia Internacional dos Direitos Humanos. Esta atividade decorreu com o objetivo de motivar a comunidade para a participação na maratona e informar os presentes sobre uma doença bastante grave como a malária, assim como os cuidados de saúde.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

19


Homenagem ao nosso antigo aluno e amigo rosário joão elias A EPVL ficou consternada com a noticia do falecimento do seu antigo aluno ROSÁRIO ELIAS, na manhã de 6 de Dezembro de 2016, no Mumemo - Moçambique, e informou todos os que com ele lidaram no seu percurso na Mealhada do triste acontecimento. O Elias foi aluno exemplar, dedicado, com ele e através dele a EPVL ganhou alguns prémios que muito orgulha toda a comunidade. O Elias deixa saudades na EPVL, na Escola Profissional Francisco de Assis, no Mumemo, e é, acima de tudo, um testemunho de resistência, persistência e capacidade de lutar contra as adversidades da vida. Que descanse em Paz.

O Elias foi aluno exemplar, dedicado, com ele e através dele a EPVL ganhou alguns prémios que muito orgulha toda a comunidade.

Na impossibilidade de participar nas exéquias fúnebres do nosso querido amigo e antigo aluno Rosário João Elias, em Moçambique, a direção da EPVL mandou celebrar uma cerimónia religiosa, no dia 7 de Dezembro de 2016 às 19 horas, na Igreja Paroquial da Mealhada. A cerimónia realizou-se segundo o ritual católica - religião do Rosário Elias e foi uma forma de o lembrar apesar das distâncias. A cerimónia foi aberta a toda a comunidade, e, por maioria de razão, aos professores, funcionários, alunos e antigos alunos da EPVL.

No dia 15 de dezembro decorreu na Universidade Católica do Porto uma linda homenagem ao nosso antigo Aluno Rosário João Elias. O nosso aluno foi lembrado nesta cerimónia pela diretora pedagógica da EPVL, Drª Manuela Alves, e pela UTA, o Engº José Abreu a Engª Sara Ferreira, responsáveis pela implementação do ensino Profissional e Escola Profissionais em Moçambique.

20

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017


Direção da EPVL promove realização de reuniões com os estudantes Enquadrada numa estratégia de incentivo à participação cívica dos alunos na vida quotidiana da escola e na sua governança, a direção da EPVL promoveu a realização de reuniões com os estudantes, por ano letivo, nos dias 6, 7 e 8 de fevereiro de 2017. Diretor Geral e Diretora Pedagógica, com os professores, ouviram os alunos – com as suas queixas, sugestões e pontos de vista – relativamente a um conjunto alargado de temas que passaram desde a componente cívica – limpeza e gestão de equipamentos – até questões pedagógicas e de funcionamento formativo.

“A Democracia não é apenas votar. Democracia é, também, ajudar a encontrar soluções específicas para problemas comuns”, afirmaram os diretores que realizaram mais uma iniciativa destas depois de terem feito sessões semelhantes nos anos anteriores e de reunirem frequentemente com os delegados de turma e representantes dos alunos.

“A Democracia não é apenas votar. Democracia é, também, ajudar a encontrar soluções específicas para problemas comuns”

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

21


bússola 2016/17 - domínios da aprendizagem "Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo." José Saramago. Foi com este pensamento de trabalho contínuo que lançámos o projeto Bússola, com o objetivo de incutir nos alunos os conteúdos dos Domínios de Aprendizagem dos Saber Estar e Ser, o Saber Fazer e o Saber Saber, com maior relevância nas competências sócioafetivas do Saber Ser. Com a Bússola, pretendemos que os conceitos teóricos passem a Competências reais, como a cidadania, o voluntariado, o respeito pelo outro e pela diferença, dotando os alunos de ferramentas essenciais para a vida como autonomia, responsabilidade, empreendedorismo, solidariedade e compromisso.

"Não tenhamos pressa mas não percamos tempo" José Saramago

22

EPVL Saber + n.º 3

Nesse sentido, cada turma foi convidada a desenvolver e implementar um projeto na área da cidadania /voluntariado, em que os alunos, de forma autónoma, mas com a supervisão e coordenação dos professores. Projetaram e conceberam

Junho2017

um plano de intervenção que passou pela escolha do conceito e identificação das necessidades que podiam ser colmatadas, bem como o planeamento, desenvolvimento, execução e avaliação da ação. Este projeto encarna a missão da EPVL que é focalizada nos jovens, proporcionando-lhes conhecimentos, competências e desenvolvimento de atitudes, que lhes permitam integrar a sociedade e o mundo do trabalho com sucesso. Os alunos puderam dar voz aos seus desejos, necessidades, valências, interesses e conhecimento da realidade local, escolhendo diversos projetos para trabalhar nas seguintes áreas: - Educação / Literacia - Saúde - Conviver com a diferença - Sustentabilidade ambiental As razões da escolha destes temas resultaram dos interesses dos alunos, (o que potência o envolvimento de


todos), da pertinência que estas áreas têm na vida da comunidade, do facto de poderem ser trabalhadas com as valências da escola e com o trabalho em parceria e em rede. O Saber Ser articulou-se com variadas atividades, procurando não só trabalhar com números, mas com sentimentos e emoções. Projetos concluídos e em curso: • Convívio com a diferença, promovendo um dia de atividades lúdicas para os utentes da APPACDM de Casal Comba; • Organização de um cabaz de Páscoa para angariar fundos e comprar bens para a menina Bárbara, uma criança especial; • Angariação de fundos para aquisição de bens para a ACREDITAR (caminhada e workshop); • Recolha de roupa e bens para a Comunidade de São Francisco em Coimbra e APPACDM; • Em parceria com a associação Quatro Patas e Focinhos, desenvolvimento de campanhas de apadrinhamento de animais, participação em campanha de recolha de ração, gestão de uma página de divulgação de animais perdidos e/ou para adoção, arranjo dos espaços do abrigo de animais; • Em parceria com o Centro de Apoio aos Sem Abrigo "A CASA", procedeu-se à confeção de três refeições para um grupo de semabrigos de Coimbra; • Colaboração com os Bombeiros Voluntários da Mealhada, dinamizando o processo de angariação de recrutas através da criação de novo cartaz, de um novo lógotipo comemorativo do 90º aniversário, da elaboração de um calendário e de uma nova folha de inscrição; • Angariação de fundos através da venda de rifas e confeção do bolo

de aniversário da corporação; Convívio com a população idosa em que um grupo de alunos se deslocou ao lar de idosos para desenvolver diferentes atividades lúdicas e educacionais, ao nível da saúde; Dinamização de um workshop sobre informática para os utentes do Lar da Santa Casa da Misericórdia; Implementação de atividades direcionadas para a sustentabilidade ambiental e enquadradas no projeto EcoEscolas, como recolha de material elétrico, arranjo dos espaços exteriores da escola, campanha de reutilização de roupa usada; Implementação do projeto Armário da Fartura.

Assim, no âmbito deste projeto Bússola, cada turma teve oportunidade de desenvolver ações na área da cidadania e voluntariado escolhendo as áreas de intervenção, implementando e desenvolvendo, de forma autónoma, o seu projeto, o que proporcionou o aumento da sua auto-estima e identidade. Ser solidário é um ato permanente que tem de ser cimentado com aqueles que estão mais próximo de nós. Muitos alunos têm carências, não só económicas e sociais como afetivas, denotando uma baixa auto-estima, pelo que a participação/dinamização destas iniciativas reforçou o sentido de pertença, de comunidade, de utilidade potencializando o que temos de melhor. Pelo exposto e porque Saber Ser é uma matriz da EPVL, as atividades elencados serão complementadas, cimentadas no próximo ano letivo, assim como surgirão novas ideias que vêm dar sentido, orientar e operacionalizar conceitos e vivências.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

23


Dia do Elogio, na EPVL, foi um sucesso Postal dos Elogios EPVL - Foram mais de 700! No dia 20 de Março, celebrámos na escola o Dia do Elogio com o objectivo de incentivar os membros da comunidade educativa a criarem laços, a assumirem atitudes positivas e de empoderamento e, acima de tudo, estimulá-los para a participação na vida interna e na governança da nossa escola. A iniciativa “ganhou” tanta adesão que, no final do dia de 20 de março, contavam-se setecentos postais escritos e elogios para todos os gostos. O balanço foi muito positivo. Ter setecentos postais num universo de duzentos e oitenta e seis alunos, vinte funcionários e trinta professores, foi muito bom.

Tecnologias de Informação Dos mais Novos para os mais Velhos No dia 7 de março de 2017, fomos visitados por alguns utentes do Lar da Santa Casa da Misericórdia da Mealhada, que participaram num Workshop de Informática, ministrado pelos alunos do 1º ano do Curso Profissional de Informática de Gestão, orientados pelo Professor Paulo Relvas, na disciplina de TIC. Esta atividade promoveu a partilha e o ensinamento de conhecimentos e experiências informáticas entre os mais novos e os mais velhos, num momento de onde todos saíram mais ricos. Esta iniciativa decorreu no âmbito do projeto "Bússola".

24

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017


epvl promove bombeiros voluntários Este cartaz diz muito mais do que a mensagem nele inscrita. O André Barjona, o André Simões, o Mauro Quinteiro e o Albano Santos propuseram-se ajudar com as suas competências técnicas e vestiram literalmente a camisola pelos Bombeiros Voluntários da Mealhada. Criaram o design de um calendário e de uma ficha de inscrição nos cursos de bombeiro. Criaram também o símbolo dos 90 anos da Corporação. Investiram muito tempo neste trabalho até porque os conhecimentos técnicos são limitados e tiveram que "desbravar" matéria para concretizar os projetos. Esta iniciativa decorreu no âmbito do projeto "Bússola".

alunos criaram iniciativa para ajudar criança Mais uma prova de que querendo tudo se consegue :) Com o propósito de ajudar a Bárbara, uma menina especial, a Beatriz Ribeiro, o João Fidalgo e o Francisco Lalanda, fizeram rifas tendo angariado 100€. Com este valor adquiriram brinquedos, o que permitiu tornar o dia mais feliz para a Bárbara e para a sua mãe Sara. Também esta iniciativa decorreu no âmbito do projeto "Bússola".

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

25


ação de sensiblização “A floresta é de todos e para todos” O dia 21 de março, Dia da Árvore, foi celebrado por alunos e professores da EPVL (Turmas de Restauração e Gestão do 2º ano), no âmbito do Projeto EcoEscolas e em parceria com o Centro de Interpretação Ambiental da Mealhada participando na Ação de Sensibilização “A floresta é de todos e para todos”. Esta ação iniciou-se com as boas vindas do Vice- Presidente da Câmara Municipal da Mealhada – Dr. Guilherme Duarte, e foi dinamizada por várias entidades que promovem o respeito pela floresta e sustentabilidade ambiental. A Guarda Nacional Republicana (GNR), pelo núcleo de Proteção Ambiental de Anadia, apresentou o programa Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) nas suas diversas valências.

26

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

O Comandante dos Bombeiros da Mealhada, Nuno João, falou sobre a importância da Defesa da Floresta contra Incêndios, e o arquiteto paisagista Jony Vieira deu a conhecer o projeto Bright que protege a Mata do Bussaco, eliminando as espécies exóticas e invasoras. De seguida, teve lugar um debate moderado pela Engª Lídia Dias ao que se seguiu um dos momentos mais entusiastas da tarde: a plantação de 52 árvores autóctones – Cedro do Bussaco e Pinheiro Manso –, uma árvore por cada participante, no Parque da Cidade. Um momento revelador de boas práticas ambientais alertando para o desenvolvimento sustentável e promoção de princípios e valores educativos. EPVL Sempre +, Uma Escola que respeita a Natureza e acompanha o desenvolvimento sustentável do património local.

“A floresta é de todos para todos”


Refeição para os sem abrigo de Coimbra apoiados pela associação "A Casa" Nos dias 19 de fevereiro e 5 de março, os alunos da Escola Profissional Vasconcellos Lebre deslocaram-se à Manutenção Militar, em Coimbra, para colaborar com a Associação "A Casa" numa distribuição do jantar a um público-alvo distinto e vulnerável, que vive na rua. No âmbito do grupo de voluntariado, há muito que estamos a desenvolver atividades que despertam nos nossos alunos um espirito solidário. Na disciplina de Gestão e Controlo, no curso de Restauração, em colaboração com o Grupo de Voluntariado da EPVL, os alunos foram desafiados a gerir e adquirir, todo um conjunto de alimentos, confecionar e distribuir uma refeição, onde todos se envolveram e conseguiram atingir o objetivo pretendido.

No momento em que os nossos alunos se envolvem em experiências como estas, tomam consciência da realidade, do sacrifício, da marca estampada em cada rosto pelo percurso de vida numa caminhada árdua, demonstrando vivências e histórias singulares onde cada individuo apresenta manifestamente a sua própria rota. É gratificante poder colaborar com quem se envolve em causas nobres, que acontecem domingo após domingo, onde várias Associações dão forma ao momento de distribuição de uma refeição à mesa para que os “Sem Abrigo em Coimbra”, possam usufruir de uma refeição com qualidade.

para – o saber ser –, enquanto pessoas, enquanto alunos, enquanto seres sociais, que se envolvem com as causas inerentes ao meio onde interferimos, fazendo a diferença. Temos já perspetiva de voltar com outras turmas, pois ao tomarem conhecimento da atividade, os nossos alunos disponibilizaram-se para poderem ser também intervenientes nesta ação, o que muito nos honra, pois esta geração é uma geração que faz a diferença e não uma geração “rasca”. Esta iniciativa integraou também o projeto "Bússola".

Constatamos dia-a-dia que a nossa intervenção como formadores, passa cada vez mais por dotar de qualidades

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

27


ALUNOS VISITARAM O LAR DE IDOSOS DA sANTA CASA DA MiSeRICÓRDIA 28

Mudam-se os tempos, relembram as vontades No dia 7 de novembro de 2016 os alunos do 2º ano da turma de Restaurante/ Bar e Cozinha/Pastelaria visitaram os utentes do Lar de idosos da Santa Casa da Misericórdia da Mealhada a fim de realizarem atividades lúdicas. Os alunos engendraram jogos que estimulam a memória e, durante a tarde deste dia, animaram a instituição envolvendo os utentes nas suas atividades. A relação entre estas duas gerações distantes aqueceram a tarde fria, dando lugar à boa disposição, espirito de equipa e sobretudo à proximidade afetiva de ambos os participantes.

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

Os alunos adoraram visitar a instituição que lhes permitiu não só aplicar os seus conhecimentos enquanto alunos da disciplina de psicologia, como também lhes permitiu tirar conclusões sobre a elaboração dos seus trabalhos. A turma e a escola agradecem à Santa Casa da Misericórdia da Mealhada o acolhimento e a boa disposição com que nos receberam.


Viver para crescer, crescer para viver... No dia 14 de novembro de 2016 os alunos do 2º ano da turma de Restauração: Cozinha/Pastelaria visitaram os utentes do Lar de Idosos da Santa Casa da Misericórdia da Mealhada. A turma deslocou-se à instituição a fim

e alguns sentidos, nomeadamente, o olfato, a audição e o tato. A alegria proporcionada aos utentes da instituição foi a garantia do sucesso dos objetivos que nos propusemos cumprir. Mais do que um obrigado, recebemos sorrisos e palavras afáveis à nossa presença. Os alunos assumiram-se como agentes ativos da sociedade e viram o seu esforço reconhecido na realização dos jogos com os utentes. A turma e a escola agradecem à Santa Casa da Misericórdia da Mealhada o acolhimento e a boa disposição, com que mais uma vez, nos receberam.

de realizar atividades lúdicas, tal como acontecera no passado dia 7 com outra turma da nossa escola. Os alunos prepararam alguns jogos interessantes que estimulam a memória

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

29


epvl no encontro das escolas solidárias A Escola Profissional da Mealhada participou, no dia 2 de junho, no Encontro das Escolas Solidárias, promovido pela fundação EDP. Escolas Solidárias é um movimento de cidadania fundada em 2010 pela EDP, cujo principal objetivo é incentivar os alunos a envolverem-se ativamente na resolução das questões sociais que afetam a sua comunidade, baseando-se nos objetivos do desenvolvimento sustentável da ONU e dos principais problemas que o planeta enfrenta: Pobreza e a fome; Desemprego / sustentabilidade económica; Educação / literacia; Saúde; População sénior; Conviver com a diferença; Sustentabilidade ambiental; Apoiar o desenvolvimento humano noutras regiões do mundo. A Escola Profissional da Mealhada, apesar de ter no seu ADN o voluntariado e o trabalho para a comunidade, participou pela primeira vez neste projeto, em que concorreram 443 escolas, das quais só 139 se qualificaram para a fase final. O Encontro das Escolas Solidárias tinha como objetivo a entrega dos prémios às 47 escolas distinguidas e promover o reconhecimento do trabalho desenvolvido por todos os envolvidos. Este evento foi apresentado pela

30

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

jornalista Fernanda Freitas e contou com a presença do Ministro da Educação, do Secretário de Estado da Educação, de Margarida Pinto Correia (responsável pela área da Inovação Social da Fundação EDP), do Presidente da Fundação EDP, de alguns embaixadores do projeto como Pedro Lima, Cláudia Semedo, Ana Stilwell, Catarina Furtado e André Sardent (em gravação vídeo) e da Embaixadora-Mãe Eunice Munõz. Todos eles proferiram discursos que sensibilizaram o público e encorajaram os participantes a serem cada vez mais interventivos, em que o momento mais emocionante foi protagonizado por Eunice Munõz. Os momentos musicais pertenceram a Easy B que, no estilo hip hop, encantou a plateia. A EPVL participou com vários projetos e ações não distinguidas pela organização, mas ganhou o sorriso das pessoas que ajudou com os projetos desenvolvidos. Ganhou em espírito de missão e compromisso, ganhou em espírito de grupo e empreendedorismo e autonomia. Foi muito bom ver a satisfação de alunos que nunca tinham ido a Lisboa e que pela primeira vez entraram num teatro a vibrar de energia. E para a acabar o dia deram uma entrevista para a TVI e tiraram as famosas selfies com o ator

Pedro Lima. Para o ano recomeçamos, vamos trabalhar porque somos uma escola solidária.


Armário da Fartura EPVL O Armário da Fartura é um espaço de troca desinteressada e altruísta de bens que cada pessoa da comunidade escolar tem em excesso e/ou em desuso. Como funciona? Cada aluno, professor ou colaborador traz de casa bens (alimentares, material escolar, roupa, calçado e outros) que tenha em excesso e/ou em desuso e coloca no armário. Em contrapartida poderá retirar e usufruir de um outro bem que se encontre no armário. Pretende-se com este projeto fomentar o espírito de solidariedade, de cooperação no seio da comunidade escolar e de responsabilidade de todos os envolvidos.

A EPVL festejou a chegada da Primavera com a APPACDM - Casal Comba Foi dentro do espírito social e primaveril, que no dia 27 de abril, alguns alunos do curso de Desenho Gráfico do 1ºano festejaram a chegada da Primavera com os utentes da APPACDM de Casal Comba. Esta atividade está inserida no projeto interno da EPVL, “A Bússola”, onde se pretende que os alunos, num contexto informal, criem parcerias com as instituições concelhias e desenvolvam atividades que permitam estreitar laços entre os jovens e a comunidade. Assim sendo, nasceu da iniciativa dos alunos Diogo Reis, Mariana Rocha, Gonçalo Fernandes, Inês Silva e Francisco Murta a realização do seu projeto com a APPACDM, onde planearam, desenvolveram e celebraram a “Festa da Primavera” em conjunto com os utentes da associação. Entre flores, bolo e música, não faltaram sorrisos no mural das flores, nem animação na pista de dança! Aguardamos agora a visita da APPACDM à nossa escola! Esta iniciativa decorreu no âmbito do projeto "Bússola". Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

31


Alunos da EPVL confecionaram e serviram o Almoço de S. Valentim

Os alunos do 1º ano dos Cursos Profissionais de Restauração – Restaurante/ Bar e Restauração – Cozinha e Pastelaria confeccionaram e serviram o Almoço do Dia de São Valentim aos UTENTES DAS IPSS.

O Dia de São Valentim, 14 de fevereiro de 2017, foi comemorado por cerca de 70 utentes das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho da Mealhada. Casais de longa data - e alguns mais recentes – viveram uma tarde diferente e celebraram os sentimentos que os unem, num almoço oferecido pela autarquia, confecionado e servido pelos nossos alunos do 1º ano dos Cursos Profissionais de Restauração – Restaurante/Bar e Cozinha e Pastelaria.

O “Dia de São Valentim” foi diferente para quase todos os que nele participaram. Idílio Alves e Marina Borges, namorados há cerca de um ano, desde altura em que passaram a frequentar o Centro Social da Freguesia de Casal Comba, foram dos poucos que trocaram, logo pela manhã, uns miminhos. Um ramo de flores com cartão com dedicatória, para ela, uma carteira, para ele. São a exceção. A maior parte dos casais presentes, muitos dos quais casados há mais de 50 anos, não assinalariam o dia se não fosse este almoço. São os casos de Antero da Cruz e de Leosete Batista, casados há 60 anos, oriundos do Centro Paroquial de Solidariedade Social de Ventosa do Bairro, de Joaquim Melo e de Maria Conceição Marques, casados há 54 anos, e de Agostinho Pereira e de Maria Isabel Campar, casados há 56 anos, participantes que vieram da Casa do Povo da Vacariça. “Nunca ligámos a nada disso. Quando éramos mais novos a vida era só de trabalho e antigamente também não se falava disto”, referem, explicando que, também por isso, esta tarde é diferente. “Gostamos sobretudo deste convívio, de passar uma tarde fora, de ver outros ambientes”, admite Joaquim Melo.

Sob o mote “Uma história a dois… com amor, sem diferença”, o Setor Social da Autarquia procura, precisamente, proporcionar momentos de lazer, de partilha de experiências e de convívio aos utentes, celebrando os afetos e os sentimentos. A iniciativa foi também efusivamente celebrada pelos utentes da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) – Centro de Santo Amaro de Casal Comba que aproveitam a ocasião para verem amigos e namorados. O almoço, que a autarquia realiza desde 2014, decorreu no Restaurante Pedagógico A Prova dos Novos, situado no Jardim Público da Pampilhosa, da Escola Profissional Vasconcellos Lebre, e foi seguido de tarde dançante e de troca de lembranças, feitas pelo Setor de Ação Social. Para a iniciativa foram convidadas todas as IPSS com as valências da terceira idade e deficiência do concelho, que contaram com o apoio dos Bombeiros Voluntários da Pampilhosa e da Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação do Concelho da Mealhada.


EPVL na Santa Casa da Misericórida "Educação para a Saúde - Saúde Oral" A Turma do Curso Técnico Auxiliar de Saúde participou, no dia 20 de março de 2017, numa sessão de educação para a saúde, na sede da Santa Casa da Misericórdia da Mealhada, sobre Saúde Oral, para assinalar o Dia Mundial da Saúde Oral. A sessão foi direcionada para os Idosos da Santa Casa da Misericórdia, proporcionando-lhes, desta forma, um dia diferente e, com uma temática, onde eles podem fazer a diferença!

Alunos de Restauração organizam lanche nas IPSS do Concelho Os alunos do 1º e 2 º ano dos Cursos Profissionais de Restauração Restaurante/Bar e Cozinha e Pastelaria, fizeram um lanche que foi servido a mais de 350 utentes das valências da 3ª idade e com deficiência, das Instituições Particulares e Solidariedade Social do concelho da Mealhada.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

33


Baile de Finalistas EPVL 2017 Os nossos finalistas realizaram o seu Baile de Gala na sexta feira, 3 de Março, na Quinta dos Três Pinheiros, na Mealhada. Vestidos a rigor, foi uma noite de festa e celebração onde os nossos alunos desfrutaram da presença das suas famílias, dos seus amigos, dos professores e funcionários, reunidos num Jantar inesquecível que marca historicamente a vida de todos, pelo importante simbolismo que representa. Depois do Jantar houve muitas felicitações, entrega de diplomas, muitos sorrisos e muitas fotografias, num ambiente cheio de brilho que se prolongou no Baile de Gala.

34

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

Parabéns a todos os Finalistas. A escola deseja-vos muito sucesso para todas a etapas que se seguem.


TORNEIO DOS PROFISSIONAIS 2016/2017 TORNEIO DE FUTSAL EPVL Decorreu na EPVL a 16 de dezembro, o torneio de Futsal Inter-turmas, uma atividade promovida pela turma finalista de Gestão de Equipamentos Informáticos. Esta inciativa contou com a participação de várias alunos mas no final os vencedores foram os jogadores da equipa “Sedofetos” na classe masculina, e as jogadoras da equipa “Gestosas” na classe feminina. No entanto, toda a comunidade escolar ganhou saúde e diversão com este evento. Parabéns a todos os participantes, em especial aos alunos dinamizadores.

TORNEIO DE VOLEIBOL EPVL O Torneio de Voleibol EPVL decorreu no dia 17 de fevereiro de 2017, no Pavilhão Desportivo da Mealhada. Promoveu-se mais uma vez a prática desportiva saudável numa atividade que divertiu todos os alunos, os que participaram e os que assistiram aos jogos. Parabéns a todos e principalmente à equipa organizadora pela realização de mais um evento de sucesso.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

35


O Palco das Artes - Ilustração da Arte Barroca O Palco das Artes - Ilustração da Arte Barroca, foi o título escolhido pelos alunos de Desenho Gráfico do segundo ano para identificar a atividade desenvolvida nas disciplinas de História da Cultura e das Artes e Oficina Gráfica. O projeto pretende conciliar conhecimentos da área científica e prática, procurando a aplicação dos conhecimentos de ilustração nas obras do barroco, num revistar e desconstrução/reconstrução da arte barroca. Os alunos agrupados em dois e ou três elementos escolheram o logo e o material de divulgação e as o obras do barroco a transformar: Mulher do Brinco, Baldaquino da Basílica de São Pedro, San Carlo alle Quattro Fontane, Palácio-Convento de Mafra, Medusa, David, A Ceia em Emaús e A Apoteose de Hércules, fizeram uma ficha descritiva e de interpretação foram convidados a releram as obras, identificando os elementos mais particulares para de acordo com a estética individual e o uso de diferentes técnicas de ilustração darem uma roupagem pessoal e original a estas obras.

Para além da aplicação de diferentes técnicas de ilustração os alunos tiveram que elaborar uma memória descritiva que sintetizava e justificava as opções tomadas. Foi um trabalho interdisciplinar, de colaboração e trabalho de equipa entre as docentes das disciplinas envolvidas que resultou numa atividade interessante e bastante frutuosa e rica que procurava retratar o método de trabalho e de pensamento do design gráfico. Pensamos que é este o caminho a seguir no desenvolvimento curricular das diversas disciplinas.

Namorar com Fair Play Trabalhos de Desenho Gráfico Ainda associado ao projeto “Namorar com o Fair Play-Violência no Namoro", os alunos de Desenho Gráfico do 1º e 2º ano desenvolveram imagens com mensagens alusivas à campanha com o objectivo de as publicarem no facebook e exporem nas paredes da escola.

36

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017


Projeto Europeu Skills 4 Life Turma de Design promove projeto europeu Skills 4 Life Os nossos Designers idealizaram, desenharam, imprimiram, recortaram e colaram vários "bonequinhos de cartão", conhecidos de Paper Toys, alusivos a cada um dos paises parceiros do Skills 4 Life, Projecto Europeu Erasmus +. Bom trabalho.

Participação de Cristina Casotto Fotojornalista Italiana A turma do 2º ano do Curso Profissional de Desenho Gráfico teve a oportunidade de aprender com Cristina Casotto, Fotógrafa e Fotojornalista Italiana, Profissional Internacional do Mundo da Fotografia, com larga experiência na área, formada no “Shoot Institute” de Bolonha e na “Danish School of Media and Journalism” da Dinamarca. Atualmente, colabora com várias agências Internacionais e também com a EPVL. Os alunos puderam aguçar o apetite pela fotografia, ouvir relatos na primeira pessoa, trocar experiências e colocar dúvidas.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

37


ALUNOS EPVL APRESENTARAM TRÊS PROJETOS NO CONCURSO INTERMUNICIPAL da região de coimbra

No dia 22 de março, decorreu no nosso Auditório o 4.º Concurso Municipal de Ideias de Negócio, integrado no programa de Empreendedorismo nas Escolas da Região de Coimbra 2016/2017. Esta quarta edição do Concurso Municipal de Ideias de Negócio, promovido pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM-RC) ao abrigo do programa “Educação Empreendedora nas Escolas”, contou com o envolvimento do Agrupamento de Escolas da Mealhada (Básico e Secundário) e da Escola Profissional Vasconcellos Lebre, reunindo cerca de 200 alunos. A EPVL participou com os projetos «Wine Cookies», «Strongcake» e «Wine Station». O primeiro projeto a ser apresentado está relacionado com o desenvolvimento de uma bolacha de vinho, vendida numa embalagem que é, ela própria, um produto turístico de colecionismo e divulgação do concelho da Mealhada. Já o projeto «Strongcake» passa pela produção de um bolo, com 38

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

prazo de validade muito dilatado e hiperenergético. O último projeto apresentado pelos alunos da EPVL foi, na prática, uma ideia de desenvolvimento do espaço do Instituto do Vinho e da Vinha, que se situa nas imediações da escola e que se encontra devoluto. O projeto passa pela instalação de uma Hamburgaria, Cafetaria e Hostel, com a temática ferroviária e de valorização do edifício como armazém vinícola. Das 14 candidaturas apresentadas no Secundário e Profissional, foram escolhidas 10 com ideias diversificadas: da gastronomia, com incidência nas 4 Maravilhas da Mesa da Mealhada (água, pão, vinho e leitão) a projetos como um carregador de tintas, um estojo multifunções ou uma garrafa com temporizador e doseador de comprimidos. O júri, composto pelo vice-presidente da Câmara Municipal da Mealhada, Guilherme Duarte, pelo Presidente

da Associação Comercial e Industrial da Bairrada e Aguieira (ACIBA), Carlos Pinheiro, e pela Técnica Superior do Município, Magda Costa. O júri avaliou cada um dos projetos, segundo cinco critérios: o grau de inovação, a exequibilidade da ideia, a qualidade da apresentação, a estruturação e maturação da ideia e o impacto do projeto para a região. Rui Marqueiro, presidente da Câmara da Mealhada, abriu o concurso com palavras de incentivo aos jovens, sublinhando que, destas iniciativas, “poderão nascer ideias de negócio que possam, no futuro, influenciar positivamente a economia regional e até nacional”. “Joy magnet” da Escola Secundária da Mealhada foi o projeto que venceu. Trata-se de um carregador de telemóveis sem fios, capaz de aproveitar a energia das radiações eletromagnéticas de radiofrequência.


VISITA DE ESTUDO À CENTRAL HIDROELÉTRICA DA AGUIEIRA

Com o objetivo de reconhecer formas de produção de eletricidade, através de energias renováveis, os alunos de Electrónica, Automação e Comando e os alunos de Mecatrónica, visitaram a 15 de fevereiro de 2017, a Central Hidroelétrica da Aguieira. Foi uma visita produtiva e descontraída, onde os alunos discutiram processos com técnicos da EDP (ex-alunos da escola) e ainda aproveitaram para apreciar a paisagem.

EPVL PROMOVE VISITA DE ESTUDo À COURO AZUL Foi no dia 25 de novembro de 2016, que os alunos dos cursos de Informática de Gestão, 1º ano, Gestão, 1º e 2º ano, visitaram a fábrica Couro Azul, em Alcanena, que se dedica à transformação do couro bovino para utilização em diversas áreas, desde o calçado ao sector automóvel. Destaca-se a produção de couro para ser aplicado em volantes de automóvel, estofos e painéis de tablier e portas, em marcas como a Volvo ou a Porsche.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

39


Visita Às caves Aliança - aliança underground museum e museu do vinho No dia 25 de novembro de 2016, a turma do 1° ano de Restaurante/Bar visitaram as Caves Aliança - Aliança Underground Museum e o Museu do Vinho. Foi um dia inteiramente dedicado ao mundo da enologia e toda a sua envolvência com arte. Ficou sem dúvida a vontade de repetir!!

VISITA DE ESTUDO AO PORTO

O dia 25 de Novembro foi dia de visitas de estudo para todos os nossos alunos. Os Cursos Profissionais de Desenho Gráfico e Auxiliar de Saúde tiveram oportunidade de visitar a fábrica da Viarco, o Museu da Imprensa e a Casa da Música do Porto.

40

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017


Os alunos estiveram sempre muito receptivos à descrição realizada pelos guias dos museus e mostraram-se bastante satisfeitos no final das visitas.

Profissionais epvl visitam museu da presidÊncia e museu do dinheiro No dia 9 de dezembro 2016, os alunos do 2º ano dos Cursos Técnico de Gestão, Técnico de Restauração Cozinha/ Pastelaria e Técnico de Restaurante/ Bar, visitaram o Museu da Presidência da República e o Museu do Dinheiro, em Lisboa. Foram acompanhados pelas docentes Raquel Torres, Lurdes Cordeiro, Marlene Alves, Lina Pereira e Teresa Augusto. O Museu da Presidência combina uma exposição tradicional de peças de coleção com sistemas interativos de informação e conhecimento. No percurso da exposição visualizam-se os símbolos nacionais (bandeira nacional e hino nacional), a galeria dos retratos oficiais dos Presidentes da República (obra de grandes artistas portugueses como Columbano Bordalo Pinheiro, Júlio Pomar e Paula Rego) destaca-se ao longo das paredes interiores da sala do museu. As peças de arte/coleção oferecidas em visitas de estado estão

espalhadas pela sala, tal como alguns documentos e fotografias relacionados com os deveres institucionais do cargo de Presidente da República. Os alunos constataram as diversas Ordens Honoríficas Portuguesas, que se destinam a galardoar os cidadãos nacionais, que se notabilizem por méritos pessoais, por atos excecionais ou por serviços prestados ao país. O Museu do Dinheiro localiza-se na antiga Igreja de S. Julião, junto à sede do Banco de Portugal e foi inaugurado a 19 de abril de 2016. O museu apresenta o tema do dinheiro, a sua história e a sua relação com as sociedades e com o indivíduo através de coleções de numismática e notafilia do Banco de Portugal e de outros objetos, espalhados ao longo das nove salas temáticas. Na exposição, a abordagem contemporânea dos dispositivos multimédia proporciona uma experiência marcadamente interativa,

cria ambientes surpreendentes e convoca constantemente a participação dos alunos (tocar numa barra de ouro, trocar bens por outras formas de dinheiro, testar a genuinidade do dinheiro que trazem no bolso, cunhar uma moeda e uma nota com o rosto de cada aluno, segurar moedas com o bilhete de entrada, gravar o seu testemunho acerca do papel que o dinheiro assume no seu dia-a- dia…). A visita a este moderno museu, enquadrado num templo dos finais do século XVIII, leva-nos a uma viagem no tempo, sempre norteada pelo dinheiro, promovendo simultaneamente a construção do conhecimento. Os alunos estiveram sempre muito recetivos à descrição realizada pelos guias dos museus e mostraram-se bastante satisfeitos no final das visitas.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

41


Palácio da bolsa e museu de serralves, no porto A visita de estudo realizou-se no passado dia 12 de janeiro 2017 e levou à cidade do Porto os alunos do curso de Desenho Gráfico do 1º e 2º ano e os alunos do curso de Gestão do 1º ano. O objetivo foi visitar o Palácio da Bolsa, reconhecer as características da arte neoclássica em contexto real, visitar a Exposição Joan Miró e o Museu de Arte Contemporânea da Fundação Serralves.

museu machado de castro e sé velha, em Coimbra No dia 20 de janeiro de 2017, os alunos do Curso Profissional de Desenho Gráfico realizaram uma visita de estudo a Coimbra, com o objetivo de visitar o Cripórtico do Fórum da Aiemenium, no Museu Machado de Castro e a Sé Velha. A atividade inseriu-se nos módulos da disciplina de História da Cultura e das Artes e teve como principais objetivos a identificação e o reconhecimento in loco de caraterísticas da Arte Romana e Românica e a recolha de informação. Foi uma atividade bastante positiva que permitiu a aplicação dos conhecimentos transmitidos em aula.

42

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017


workshop "expresso perfeito" na delta A turma de Restaurante Bar do 2º ano deslocou-se às instalações da Delta, onde participou no Workshop "Expresso Perfeito". O café é um produto com grande potencial e atualmente tem sido bem explorado pelos Baristas Nacionais. O Workshop ficou a cargo de Ricardo Lima, barista e formador da Delta, que conseguiu incutir e aumentar a todos os alunos o interesse e gosto por esta nova área em expansão, o Barismo.

Visita de estudo ao porto - teatro "os maias" e palácio da bolsa

No dia 9 de janeiro de 2017 os alunos dos Cursos Profissionais de Eletrónica, Automação e Comando, Restauração variantes Restaurante / Bar, Cozinha e Pastelaria, e Desenho Gráfico do 2º ano deslocaram-se ao Porto para assitirem à peça de teatro "Os Maias".

A peça de teatro é uma adaptação da obra de Eça de Queirós pela companhia EtCetera Teatro, que mostra muitos acontecimentos com vivacidade e humor.

De tarde, e para completar a visita, enquanto a turma de Desenho Gráfico foi visitar a Igreja de S. Francisco, os restantes grupos visitaram o Palácio da Bolsa.

Os nossos alunos: Aléxis Almeida, Vanda Bica e Leonardo Cruz participaram no início da peça.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

43


alunos do curso de restauração visitaram "monteiro carnes" e "DIATOSTA" As turmas de Restauração varianteCozinha e Pastelaria deslocaram-se a Aveiro no dia 21 de fevereiro de 2017, onde visitaram a empresa "Monteiro Carnes" e percorreram todo o circuito de trabalho desde a desmancha até ao embalamento. Os alunos puderam ver todo o processo de salsicharia, charcutaria e produção de refeições. No período da tarde, foram visitar a "Diatosta", começando nos ingredientes e terminando no produto final embalado, as tostas. Foram duas visitas bastante interessantes, tendo a EPVL, promovido mais um momento de aprendizagem em contexto real de produção.

visita de estudo À mahle murtede No dia 23 de fevereiro de 2017, as turmas de Gestão do 1º e 2º ano, acompanhadas pelos professores Lurdes Cordeiro, Joaquim Lopes, Marlene Alves e Lurdes Penetra, visitaram as instalações da MAHLE no âmbito das disciplinas da área técnica do curso e integrada no Projeto Europeu Erasmus+, Skills4life. Ao longo da visita, os alunos do 2º ano, foram colocando questões aos guias, no âmbito da preparação do próximo encontro do Skills4life.

44

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017


jornadas de engenharia eletrónica instituto politécnico de leiria No dia 14 de março de 2017, os profissionais do cursos de Mecatrónica e Electrónica, Automação e Comando, deslocaram-se ao Instituto Politécnico de Leiria numa visita de estudo às Jornadas de Engenharia Eletrotécnica. Os alunos assistiram a Workshops de Brinquedos Adaptados, Electrónica Automóvel e conheceram os laboratórios da Engenharia Automóvel e de Eletricidade. Por fim, assistiram a duas palestra relacionadas com Energia Sem Fios da 5ª Geração e TEEC Talks. Os alunos tiveram ainda a oportunidade de conhecer as instalações do Politécnico de Leiria.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

45


A epvl foi À neve! No dia 15 de março de 2017, a EPVL foi até à Estância de Neve da Serra da Estrela com o objetivo de possibilitar, no âmbito desportivo, a prática de modalidades muito atraentes e benéficas para os alunos, tais como o Ski e o Snowboard. Pretendeu-se com esta iniciativa, permitir um contacto direto com uma das mais belas paisagens nacionais e proporcionar um espaço para a prática

de atividade física, de forma agradável, num ambiente de cooperação e convívio. Com esta viagem promoveuse a melhoria da condição física e o desenvolvimento de hábitos de vida saudável e sensibilizou-se os alunos para a prática de modalidades desportivas de Inverno, pouco acessíveis em Portugal, que desenvolvem o equilíbrio, a coordenação e a orientação espacial. Após a chegada à Pista de Ski da Torre, os alunos equiparam-se com o material necessário para a prática de Ski e Snowboard. Durante a manhã decorreu a fase de aprendizagem. A tarde foi destinada à prática livre, sempre supervisionada pelos professores presentes, onde os alunos e professores puderam aperfeiçoar as técnicas assimiladas. No final da tarde houve

46

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

ainda a possibilidade de parar em Seia, pelo que todos tiveram oportunidade de comprar artigos típicos da Serra da Estrela. Após um dia de muito esforço e emoção, observaram-se diversas manifestações de contentamento e bastante interesse em repetir a atividade, por parte de todos os participantes. É importante realçar, também, o comportamento exemplar e animado de todos os participantes, assim como a motivação, a dedicação e o empenho na aprendizagem. De facto, pode concluirse que as expectativas criadas pelos alunos e professores, nesta atividade, foram amplamente superadas.


cicloturismo epvl

No dia 28 de abril a EPVL promoveu a saúde com a prática desportiva, onde os nossos alunos tiveram o prazer de realizar um cicloturismo pelo Concelho da Mealhada. A atividade foi promovida pelo professor de Educação Física e direcionada aos alunos do 1º ano, tendo como finalidade a avaliação do módulo "Atividades de Exploração da Natureza". Esteve um dia espetacular para a prática desportiva, e todos os alunos puderam aproveitar para conviver e conhecer a região onde a escola que frequentam, está inserida.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

47


ex-alunos casos de sucesso "Foi um grande bónus ter tido formação profissional primeiro, já levei muitas mais bases”

Luís santos, antigo aluno da epvl, voou até À microsoft Luís Santos, engenheiro de ‘desenvolvimento de software’, se traduzirmos Software Development Engineer, trabalha há mais de oito anos no Skype, detido atualmente pela gigante Microsoft. Onde começou? Na Escola Profissional Vasconcellos Lebre, na Mealhada. Os anos letivos de 2001 a 2004 foram na Escola Profissional da Mealhada, no Curso Profissional de Informática de Gestão, mas os anos seguintes já estavam traçados. Luís sabia que queria estudar no ensino superior e daqui partiu para o Instituto Superior de Engenharia de Coimbra (ISEC), partindo para a Estónia, no âmbito do programa de mobilidade ERASMUS. De estudante universitário passou a programador na empresa Skype. Trabalha

48

na

Front-End

EPVL Saber + n.º 3

Developer

Junho2017

numa equipa de cinco pessoas, num universo de cerca de 4 mil, de empresas integradas na família Skype espalhadas por escritórios em todo o mundo.

na área de programação. "Foi um grande bónus ter tido formação profissional primeiro, já levei muitas mais bases”, disse.

Luís explicou, numa conferência proferida no dia 09 de janeiro, no auditório da EPVL, que o seu horário de trabalho é flexível e que trabalha baseado no cumprimento de tarefas e objetivos, o que lhe agrada.

Natural de Sangalhos, Anadia, diz ainda que já não se sente bairradino, mas sim europeu. No entanto, quando chegou a Talin, cidade na Estónia onde ainda mora, o choque cultural foi grande, mas que em poucos meses se inteirou da cultura local.

“Aconselho-vos a experimentarem algo diferente e a ganharem novas experiências de vida. Arrisquem. Mesmo que não encontrem o trabalho dos vossos sonhos, vão a outros países porque aprendem sempre alguma coisa”, palavras de incentivo de Luís para um auditório cheio de alunos. Explicou ainda que a EPVL o ajudou sobretudo no seu percurso na Universidade, pois não teve dificuldade

“Quando entrei para a escola sempre tive intenção de prosseguir estudos, não sentindo, no entanto, isto como uma necessidade para aquisição de competências. Sou também autodidata em alguns aspetos”, concluiu perante uma plateia de aplausos.


A importÂncia da informação financeira / normas internacionais No dia 17 de janeiro de 2017, a Drª Adriana Silva, antiga aluna desta escola e agora Mestre em Contabilidade e Auditoria, abrilhantou o Auditório Eng. João Pega com uma palestra subordinada ao tema «A importância da Informação Financeira/Normas Internacionais». De forma clara, simples, precisa e concisa, a Drª Adriana prendeu a atenção e esclareceu dúvidas dos

alunos sobre importância de existirem normas internacionais comuns a todos os países, de forma a garantirem a fiabilidade, a comparabilidade e a relevância da informação financeira a nível mundial. Os alunos participantes eram dos cursos de Gestão, de Restauração do 2ª ano e de Informática de Gestão do 1º ano. O trabalho apresentado irá ser editado numa revista científica internacional e já faz parte da sua tese de doutoramento. Obrigada Adriana, ficamos a aguardar pela apresentação de um novo trabalho teu.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

49


Palestra sobre a prevenção - auxiliar de saúde A palestra realizada pelos alunos do Curso Profissional de Auxiliar de Saúde do 3º ano, no passado dia 24 de janeiro, inseriu-se no contexto do módulo sete "Populações Vulneráveis", a disciplina de "Saúde". Por sugestão do Professor Pedro Saraiva, foram abordadas as questões da Toxicodependência e da Violência Doméstica no Namoro, indo ao encontro das necessidades da nossa população estudantil. Falou-se ainda nas doenças sexualmente transmissíveis, no âmbito da prevenção. Para esta população ter sempre presente as medidas de prevenção, os alunos realizaram cartazes de sensibilização que afixaram em vários pontos da escola.

namorar com o fair play - violÊncia no namoro A Escola Profissional da Mealhada celebrou o dia dos namorados através no projeto promovido pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude “Namorar com o Fair Play-Violência no Namoro.” Assim, as alunas Mariana Melo, Vanda Bica e Mariana Taveiro, apresentaram às turmas do primeiro a segundo ano o projeto, dinamizando uma série de atividades (projeção de vídeos, jogos de mimica, apresentação de casos práticos, serenatas). A iniciativa, inserida no dia dos namorados, pretendia não só debater o que é a violência no namoro, mas sensibilizar a comunidade para a problemática, fomentando a prevenção de comportamentos de risco.

50

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

No final da atividade, cada aluno exprimiu por escrito o que entendia por violência no namoro e as melhores frases foram expostas num placard do projeto.

Este trabalho desenvolvido pelas alunas atingiu os objetivos propostos, ajudando a desconstruir ideias e mitos que muitos jovens possuem.


Dedicação, esforço e criatividade. a fórmula do sucesso! No dia 31 de janeiro de 2017, realizouse uma conferência alusiva ao tema, "DEC - Dedicação, Esforço e Criatividade. Será esta a fórmula para o sucesso?", no auditório Eng. João Pega da EPVL, organizada pelo Coordenador do Curso de Informática de Gestão, Eng. Paulo Relvas. Esta conferência contou com um painel de oradores de diversas áreas dos quais se destacava Tim Vieira, da primeira edição do programa Shark Tank, sendo os outros intervenientes João Ferrand, WingZstudio, Ricardo Barrelas, Digital Terroirs, António Franco, Portugal com Paixão, Carlos Couceiro, Measindot

e Sónia Macedo em representação do Espaço Inovação da Mealhada. Foram muitas e interessantes as histórias e os conselhos partilhados pelos oradores, dos quais se destaca o sentido de oportunidade, a criatividade para ir à “luta” e sobretudo ser positivo.

O feedback dado pelos alunos foi de uma forma geral bastante positivo, tendo revelado entendimento sobre a mensagem passada pelos diferentes oradores.

A conferência teve como objetivos, promover o espírito empreendedor junto dos alunos, dando a conhecer situações reais de sucesso e de projetos com maior ou menor sucesso; assim como, promover o Networking como ferramenta de trabalho.

“Dedicação, Esforço e Criatividade. Será esta a fórmula para o sucesso?”

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

51


saber com normas - conferÊncia promovida na epvl

No dia 17 de fevereiro realizou-se, no auditório da escola, uma formação dirigida aos alunos, denominada de "Saber com Normas", pelo Eng. Davide Chaves do Instituto Português da Qualidade, IPQ. O IPQ, enquanto Organismo Nacional de Normalização, considera que a divulgação da normalização nas escolas é uma abordagem estruturante e estratégica na medida em que, ao sensibilizar os jovens para esta temática, permite um reconhecimento mais fácil da importância da Normalização no futuro para a sua vida profissional e o seu impacto enquanto cidadãos.

52

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017


epvl realiza palestra sobre violÊncia no namoro - apav A Escola Profissional da Mealhada, no âmbito do desenvolvimento dos projetos Justiça para Todos e Namorar com Fair Play, promoveu uma palestra sobre Violência no Namoro dinamizada pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), em 23 de fevereiro de 2017. As representantes desta instituição procederam ao esclarecimento dos jovens sobre o funcionamento da APAV e da problemática da violência

do namoro, debatendo os conceitos de violência, as diversas tipologias, formas de agressão e de atuação perante estes fenómenos. A apresentação procurava questionar os alunos sobre o papel da vítima e do agressor e sobre as razões da agressão e da aceitação/continuidade. Paralelamente, pretendia-se alertar o público para as consequências futuras da manutenção de uma situação violenta.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

53


conferÊncia sobre "liderença" com major antónio marques Decorreu na Escola Profissional da Mealhada, no dia 16 de fevereiro, uma conferência sobre “ Liderança”, presidida pelo Major António Marques. No âmbito da disciplina de Psicologia, a docente Teresa Augusto, organizou essa palestra, convidando o Exmº Sr. Major António Marques para partilhar a sua experiência enquanto líder, em algumas fases da sua carreira militar. Este militar apresenta no seu currículo algumas missões nomeadamente: Bósnia, Timor Leste, Kosovo e Afeganistão. O Major Marques, atualmente ao serviço no Centro de Comando das

Forças Terrestres, apresentou o seu testemunho e experiência em diferentes momentos e contextos. A apresentação de imagens que ilustram cada Teatro de Operações em que trabalhou/ liderou são evidências das dificuldades circunstanciais e efetivas do ato de liderar. Verificou-se no final da sua exposição a pertinência do convite que lhe fora dirigido, bem como o proveito que os alunos e restantes espectadores/ ouvintes obtiveram da sua riquíssima exposição sobre o tema. O tema Liderança é um tema holístico e

é aplicado em todas as instituições onde possamos trabalhar, nesse contexto, toda a experiência rica em formas e modelos de liderança são pertinentes e úteis aos nossos alunos, enquanto futuros trabalhadores. A Escola Profissional da Mealhada agradece a todos os que proporcionaram esta palestra: ao Exército Português, ao Centro de Comando das Forças Terrestres e, mais concretamente, ao Major António Marques, a todos um bem-haja!

palestra: utilização segura da internet Realizou-se no dia 23 de março pelas 14:30h no auditório Eng. João Pega, na EPVL, uma Conferência sob o tema, “Utilização Segura da Internet”. A palestra foi dinamizada pela área sociocultural, no âmbito da disciplina de Tecnologias de Informação e Comunicação, e teve como oradores, Inspetores da Polícia Judiciária de Aveiro. A atividade teve como objetivo, sensibilizar os alunos da EPVL para uma utilização mais correta

54

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

e segura dos meios tecnológicos ao seu dispor. Este tipo de iniciativa é cada vez mais importante, em resultado do aumento significativo de acesso à Internet, nomeadamente, às redes sociais a partir de dispositivos móveis, permitindo desta forma consciencializar os alunos para a informação que partilham na Internet.


EPVL participa, pela primeira vez, nas Escolíadas No dia 22 de abril, a nossa escola participou pela primeira vez num projeto conhecido há muito tempo pela maior parte das escolas da região centro: Escolíadas. As Escolíadas não são mais nem menos que o meio encontrado por um grupo para colocar em interação as diferentes escolas. Divididas por polos e distribuídas por sessões, estas têm a oportunidade de treinar a união, a interação, a cultura, os objetivos comuns e a alegria na elaboração de diferentes provas: Artes Plásticas; Dança/Música; Teatro; Perguntas de Cultura Geral e Música e Claque. A EPVL, ainda verde no projeto, arregaçou as mangas e trabalhou arduamente durante dois meses para que as diferentes provas fossem exequíveis e provocassem um contentamento nos participantes. A nossa escola conseguiu arrancar sorrisos e aplausos ao público de uma forma espontânea e genuína, o que nos motivou para melhorarmos e trabalharmos mais e mais numa próxima participação. Notamos algumas diferenças no desenrolar deste processo. Conseguimos desenvolver a união na realização das tarefas, conseguimos desenvolver relações interpessoais, conseguimos aproximar histórias de vida que antes se 56

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

afastavam pela sua diferença, mas que doravante serão compreendidas e ajudadas, conseguimos desenvolver o valor da amizade tal como a sua força, conseguimos um produto final que muito nos honrou e prestigiou neste mundo. Sim este mundo, pois é um mundo onde entramos pela primeira vez, como já fora referido, mas que não estranhamos. A nossa adaptação, imaginação, alegria e vontade fizeram esse mundo ser mais próximo. Facilmente nos identificámos e nos reconhecemos nesse mundo. Fomos, lutamos, divertimo-nos e voltamos! Queremos agradecer a todos os que contribuíram de uma maneira ou de outra para que a nossa participação acontecesse: à nossa escola (alunos, professores, funcionários e direção); à Câmara Municipal da Mealhada pela contribuição financeira; à Tone Music School, mais precisamente ao professor João e à escola de dança de Aveiro Dancenter, com a ajuda preciosa da aluna dessa escola, Leonor Fonseca. Para o ano contamos com todos! Bem-haja!


EPVL vence prémios nas escolíadas - 1º lugar em Artes Plásticas - Melhor vocalista - melhor músico - prémio de participação A Escola Profissional Vasconcellos Lebre participou pelo primeiro ano nas Escolíadas. Depois de muitas dificuldades, obstáculos e trabalho, conseguimos! Conseguimos participar, sorrir, brilhar e aprender. Ganhámos o 1°prémio da prova de artes plásticas do nosso Polo, ganhámos o prémio de melhor vocalista, melhor músico e claro está, ganhámos o prémio de participação neste projeto. Agradecemos a toda a comunidade escolar, à Câmara Municipal da Mealhada, à Escola Dancenter e à Tone Music School, pois sem a colaboraçao de todos a nossa participação não teria a mesma magia. Bem haja!

SIMBIOSE SENTIMENTAL “Sentimentos” era o tema da EPVL. Nós, como seres humanos, somos uma simbiose de sentimentos, felicidade, tristeza e raiva. Nunca estamos em pleno com um só sentimento… Num momento estamos contentes, como no outro estamos tristes e isto deve-se, principalmente, ao mundo instável em que vivemos hoje! A obra é composta por três expressões faciais (moldadas em plasticina), apoiadas sobre um motor rotativo, acompanhada de dois espelhos. Este efeito permite-nos observar sempre ao mesmo tempo as três expressões faciais, representando assim a nossa instabilidade sentimental. Albano Santos e André Barjona - Alunos do Curso Profissional de Desenho Gráfico, do 1º ano. Professora Ana Mannarino

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

57


a Epvl nos jogos da matemática No dia 3 de maio, dez equipas de três alunos cada, queimaram pestanas na realização das duas provas dos jogos da matemática, disputando um lugar na final dos referidos jogos. As duas equipas formadas pelos alunos Mauro Quinteiro, Albano Santos e Carolina Pedreiro das turmas de DG1/GES1, Nuno Maurício, João Cordeiro e Tiago Santos da turma IG1 foram as que reuniram mais pontos, constituindo a EPVL Team.

“São alunos como vocês que dignificam a nossa escola e fazem dela uma escola de vencedores”

A final dos jogos da matemática ocorreu

Prof. Lurdes Cordeiro

58

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

Os jogos da Matemática decorreram no dia 10 de maio em Sever do Vouga e, foram organizados pela Escola Profissional de Aveiro (EPA) e os nossos alunos, de forma brilhante, obtiveram o 4º lugar, com os os mesmos pontos do 3º, num universo de 20 escolas. Obrigada meus queridos, pois, são alunos como vocês que dignificam a nossa escola e fazem dela uma escola de vencedores.


EPVL vence 1º prémio - Finalista Nacional Young Business Talents 2016/ 2017 A EPVL esteve presente no dia 08 de maio na Final Nacional Young Business Talents 2016/2017, na Alfândega do Porto, com as Equipas TINIVEA e GESTEAM. Através de um laboratório experimentaram o mundo empresarial desenvolvendo novas habilidades / capacidades para decidir o que fazer no futuro. PARABÉNS aos alunos pelo seu empenho, esforço, dedicação ... nesta competição onde sentiram o que é ter e gerir uma empresa. SER PROFISSIONAL VALE +


Conferência com Miguel Rolo Mestre Fotógrafo Europeu No dia 16 de maio, tivemos o privilégio de ser visitados pelo Profissional da Fotografia Miguel Rolo, Fotógrafo distinguido com o mais alto grau de Mestre Fotógrafo Europeu (MASTER QEP) atribuido pela Federação Europeia de Fotógrafos (FEP). Numa conferência descontraída, Miguel Rolo esteve com os alunos do 1º e 2º ano do curso de Desenho Gráfico, a partilhar a sua experiência indispensável, a explicar processos de trabalho na fotografia, a contar histórias da sua vida profissional, a motivar os nossos alunos e a despertar o interesse e gosto pela arte de fotografar. Obrigado Miguel, pela presença e pela partilha.

GREEN CHEF A EPVL participaou com a sua equipa "No waste" composta pela Ana Rita, Fabiana e Flávia no concurso Green Chef, que pretende sensibilizar os jovens para o reaproveitamento de alimentos na cozinha. A receita escolhida pela nossa equipa foi o Empadão de Carnes. Muitos parabéns às participantes.

60

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017


turmas de Restauração numa visita por Lisboa Uma visita por Lisboa... Os alunos de Restauração da EPVL visitaram Lisboa nos passados dias 15 e 16 de maio, passaram por Belém, onde o aroma dos Pasteis de Belém exalava e a arte de confecionar um dos mais emblemáticos pastéis foi apresentada. Prosseguiram pelo Mercado da Ribeira, conceitos altamente enraizados nas nossas origens, com a inovação da tradição. Com o desejo de dar a conhecer as muitas especiarias , houve a oportunidade de ir ao Martim Moniz, onde num mercado indiano se percecionou, a variedade, a cor, os cheiros e as aplicações das muitas especiarias e iguarias que atravessam o oceano para chegar até nós. O multiculturalismo, sente-se nas passadas, nos olhares, no vestir, no falar... Hotel Corinthia, um Hotel de 5 * que conta com mais de 500 quartos, dois restaurantes, uma zona VIP, com oferta de todo o serviço num conceito de excelência. Esta visita de estudo permitiu muitas trocas de experiências, e muita aprendizagem.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

61


alunos de desenho gráfico visitam lisboa No passado dia 18 de maio, as turmas de Desenho Gráfico do 1º e 2º ano realizaram uma visita de estudo a Lisboa. A visita ao Museu da Fábrica Bordallo Pinheiro decorreu de acordo com o planeado, uma visita guiada pelo espólio e trabalhos emblemáticos do autor, com explicação clara e não exaustiva, que manteve o interesse e atenção da maioria dos alunos.

Para além da visita ao Museu, os alunos visitaram a ARCO Lisboa, Feira de Arte Contemporânea, com representação de mais de 40 galeristas nacionais e internacionais, uma mostra de grande qualidade de arte contemporânea. Não sendo uma visita guiada, a atividade permitiu que os alunos percorressem os espaços dos galeristas com liberdade de escolha. Revelou-se uma experiência muito positiva, sendo que a maioria doa alunos demonstrou interesse e entusiasmo, revelaram sentido crítico, conseguindo reconhecer autores estudados de exposições/espaços museológicos visitados anteriormente.

62

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017


EPVL no dia Nacional dos Moinhos Nos dias 7, 8 e 9 de maio, a EPVL colaborou no dia Nacional dos Moinhos, e esteve em Santa Cristina e Lograssol a confecionar pão e broa. Foram três dias de intensa atividade, onde se resgataram origens e se deu voz ao produto endógeno no seu melhor! Agradecemos aos alunos que participaram voluntariamente, a todos que diretamente fizeram deste evento um sucesso!

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

63


epvl está no projeto europeu Skills4life Erasmus + São sete as escolas, todas de nacionalidades diferentes, as que integram este Projeto Europeu de grande valor para a nossa comunidade. Com este projeto vamos ter oportunidade de partilhar experiências e saberes com escolas de Espanha, França, Áustria, Polónia, Croácia e Chipre. A troca de conhecimentos e boas práticas, as atividades de aprendizagem, os Workshops, as pesquisas e estudos conjuntos, as visitas e reuniões educacionais, bem como a mobilidade dos estudantes e dos professores do Projeto, vão permitir o aumento da participação e da motivação na aprendizagem, potenciar um nível de habilitações mais elevado e uma perspetiva de Aprendizagem ao Longo da Vida.

64

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

www.skills4life-erasmusplus.eu/


EPVL venceu concurso de logótipos do Projeto Europeu Skills 4 Life - Erasmus + João Almeida, da Turma de Desenho Gráfico do 2º ano, da Escola Profissional Vasconcellos Lebre – Mealhada foi o vencedor do concurso de logótipo do Projeto Europeu Skills 4 Life - Erasmus+.

por se enquadrar perfeitamente no que era solicitado. O mérito deste trabalho acresce, quando reconhecemos o grande valor de algumas das outras propostas que estiveram a concurso.

A primeira atividade do Projeto Europeu Skills 4 Life - Erasmus+, consistiu na criação do logótipo representativo do Projeto. Cada país apresentou e participou com uma proposta de logótipo e num total de 7 trabalhos apresentados, a proposta vencedora foi a da autoria do aluno da nossa escola – João Almeida, apoiado pelo Professor Cláudio Machado e pelo Psicólogo Joaquim Lopes. A escolha foi efetuada por votação de todos os parceiros e foi com grande orgulho que vimos o trabalho do João ser escolhido, pelo mérito da proposta e

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

65


A EPVL Nas ilhas canárias 1º Encontro Skills 4 Life – Erasmus + Decorreu entre os dias 6 e 9 do mês de dezembro de 2016, o 1º Encontro do Projeto Europeu Erasmus+ Skills 4 Life, que junta 7 escolas de 7 países (Portugal, Espanha, França, Polónia, Áustria, Croácia e Chipre), no qual a EPVL também está inserida e representa Portugal. O encontro teve lugar em Las Palmas, nas Ilhas Canárias, Espanha, com a presença do Dr. Joaquim Lopes e do Professor Claudio Machado em representação da EPVL. Neste primeiro encontro foi possível conhecer os Coordenadores de projeto das diferentes escolas, alinhar e traçar objetivos, organizar os próximos encontros e ainda conhecer a escola, a cultura e a região de Las Palmas.

66

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017


A EPVL Na Áustria 2º Encontro Skills 4 Life – Erasmus + A EPVL esteve na Áustria durante uma semana, de 30 de abril a 6 de maio, no projeto Europeu Erasmus + Skills 4 Life, que tem como objetivo viver e partilhar experiências e saberes com outras escolas e outros países. Os alunos, David Ressurreição e João Almeida, acompanhados pela Diretora Pedagógica Manuela Alves e pelo Psicólogo Joaquim Lopes, tiveram oportunidade de realizar vários workshops, visitar escolas e empresas, conhecer e vivenciar a cultura Austríaca através de várias visitas de estudo e muitas atividades.

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

67


formação INTERAGIR COM TODOS E TRABALHAR PARA MUDAR Decidimos ser âncoras de vidas.

Só porque amamos a vida e sonhamos ser felizes. Só porque percebemos que nunca seríamos felizes se não fizéssemos os outros felizes. Somos professoras. Somos EPVL. Áreas científicas diversas mas com um mesmo propósito – querer saber mais. A educação é a nossa marca e o nosso denominador comum são os alunos. Num dia de abril rumámos até ao IV Congresso Nacional da Formação Profissional, subordinado ao tema “ Competências e Sustentabilidade, Transformar e Evoluir” no ISCTE Instituto Universitário de Lisboa. Já em maio, seguimos viagem até Évora, cidade alentejana vestida de calorosos vibratos, perfumada de sabores intensos. Fomos aos Encontros AR RISCAR VI, com o Seminário Temático - (Re) Encontrar e Projetar o Ensino Profissional, promovido pela Faculdade de Educação e Psicologia da Católica Porto, no âmbito do Serviço de Apoio à Melhoria da Educação. Tomámos a decisão de ir, porque o “ir” leva-nos a escutar e a refletir sobre o assunto que nos une – a educação/formação de pessoas, porque apreciamos a cultura e partilha de conhecimento, porque almejamos Ser + e queremos melhorar.

68

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

Focadas no porquê da escola profissional, certas de que estamos a construir um perfil de cidadão, conscientes de que a colaboração é a chave do processo que nos conduz ao sucesso, sentimo-nos disponíveis para a aprendizagem. Repletas de dúvidas, mas uma convicção: a de que “as certezas superam as dúvidas”.

pode ser uma função mas sim um papel autêntico, consciente, para que possa acrescentar valor aos projetos. O perfil do aluno é transversal, e por esse motivo é preciso trabalhar as componentes sociocultural, científica e técnica - em conjunto, criando ciclos de focalização e de reflexão. Não precisamos de mais tempo, mas de melhor tempo.

Para onde estão a ir os alunos? Será que eles sabem por onde vão e para onde vão? E nós sabemos? Que mudanças e transformações têm sido vividas pelos alunos (durante 30 anos de ensino profissional)? Será que são vividas por todos os alunos? Será que devem ter um lugar-comum entre os professores/ formadores? Planificamos situações de aprendizagem de forma individual, ou situações de aprendizagem em conjunto? Que coordenadas para o sistema de educação e formação profissional?

Existe um desfasamento de competências entre o que o mercado necessita e o número de qualificados e, para colmatar essa situação, o olhar da escola sobre as competências tem que ser alterado.

O debate crítico de ideias, o questionamento constante, colocounos num estádio de reflexão e enriquecimento científico e pedagógico. As escolas precisam de ser âncoras na construção de projetos de vida de cada aluno e o papel do professor não

Qualificamos para crescer e, por isso, é importante dar primazia às competências pessoais e à adaptabilidade. Deve-se investir desde cedo nas capacidades cognitivas do aluno, concretamente na sua flexibilidade, nas múltiplas perspetivas. Na capacidade de resolução de problemas complexos, ou seja, na capacidade de produzir sentido: contexto, raciocínio abstrato, plausibilidade, pensamento crítico. Capacidade de operacionalizar conceitos, de ter espírito empreendedor. É muito importante ainda a literacia dos novos media, aprender a lidar com a técnica, promovendo a segurança e a


privacidade; é fundamental saber avaliar os conteúdos (notícias, informações, publicações, etc.). O foco seguinte será a competência da adaptabilidade, as respostas cognitivas, emocionais, comportamentais; a resiliência, perseverança, autoeficácia, reorientação, renovação que são como o sal que dá "sabor" à pessoa que é o aluno, que dá estrutura ao que ele virá a ser enquanto cidadão e profissional, que lhe dará a inteligência social necessária para ter sucesso nos seus relacionamentos interpessoais. Todas estas competências trabalhadas e desenvolvidas desde bem cedo são variáveis moderadoras para o desempenho (produtividade e bemestar). Dizem as empresas que as competências para o futuro são volúveis, incertas, complexas e ambíguas. A escola sente da mesma forma. Mas não podemos parar e é hora de darmos as mãos e trabalhar em conjunto e unidos. O incentivo para a colaboração tem que vir de todos e para todos. É preciso compreender que o Mundo está a mudar. É preciso filosofar, refletir para melhor ver o mundo, para melhor entender esta aceleração do tempo, tempo de mudança, futuro incerto que nos deixa cada vez menos passado, menos capacidade de prever o que serão, por exemplo, as profissões dos anos 50/60 deste século. “Os jovens de hoje são catapultados para fora de si mesmo”, não têm tempo para se encontrar consigo mesmo. Estão super estimulados. O consumismo provoca deceção contínua que massacra e deprime e existe uma tendência atroz para se juntarem com pessoas iguais a si. Fazem-se grupos com os iguais e não com os diferentes e isto traz mais rivalidades. Na escola, o modelo curricular é muito inflexível, o programa é que manda e não o professor. Há dificuldade em aprender os meios pelos

quais devemos ir. Mas não podemos ficar fora de nós. Devemos procurar desenvolver o pensamento crítico, espírito aberto por mais árdua que seja a tarefa. Sim, esta tarefa de desenvolver o cidadão. Isso é difícil e nós ainda que conscientes de que não o sabemos fazer e que é algo difícil e complexo, não devemos desistir. A escola está apta a transmitir o conhecimento codificado (está disponível em formato digital ao minuto). Mas e o resto? O saber viver, o caminho para sermos humanos? Devemos ser mais humildes e enfrentar juntos estas questões para mudarmos e projetarmos uma escola melhor. Aprendemos que existem passos essenciais para mudar o ensino profissional. Comecemos pela renovação do sonho de há 30 anos. O sonho sempre nos conduz. Sonhar implica confiança, esperança, mas também união. As escolas profissionais têm que estar juntas e pensar. Precisam valorizar a inovação, todo o trabalho de excelência que têm realizado e que, porque não o

partilham, morre. Mas há que valorizar e partilhar o trabalho. O foco da escola tem que ser uma melhor aprendizagem e desenvolvimento humano dos alunos. Não pode ser o programa, nem o professor, mas o aluno. A não aceitação da secura da escola, é o quarto passo ou princípio. Hoje reclama-se de tudo e por tudo: é a falta de tempo de tudo, do silêncio, da atenção, da concentração, da paz, da tranquilidade. Há muita sede para que tudo isto seja diferente. Então não podemos adormecer. O nível de insucesso tem que baixar. A reprovação tem que diminuir. Existem, por certo, outras maneiras para formar alunos e para eles aprenderem. Temos que desenvolver inteligências e assim formar/apostar em jovens competentes. Um jovem competente é consciente, tem um projeto de vida, é uma pessoa com caráter, comprometida, possuidora de pensamento crítico - a chave do seu sucesso, o bem mais comum. Quanto ao ensino, este deve ser motivador. Os alunos não vêm motivados, mas somos

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

69


nós, escola, que temos essa tarefa. A motivação tem que se basear nas múltiplas inteligências e não apenas na inteligência lógico/matemática ou linguística. A aprendizagem baseada em projetos, por exemplo, tem sido muito motivadora. Será pertinente trabalhar mais com projetos e atribuir-lhes mais ponderação no currículo. O modelo do ensino profissional está aprisionado por uma rigidez nos horários, nas disciplinas, na avaliação, na disposição de mesas e cadeiras, na própria sala de aula. Urge quebrar tanta rigidez. Trata-se de uma mudança de fundo, mas se continuarmos no cais, corremos o risco de perder os nossos jovens. Criemos um ambiente de entusiasmo, de dinâmica e libertação; a alegria é fundamental. Os jovens têm que participar, têm que ter sítios formais e informais na escola para darem ideias, falar a sua voz. A escola precisa ajudar os professores, pois se forem ajudados,

serão mais criativos. Tem que haver instrumentos de ânimo e confiança. E com as famílias é preciso uma aliança nova ou educadora. Por fim, escolas profissionais, professores e alunos, precisam de autonomia e liberdade. O Estado continua a dificultar o acesso ao caminho que se pretende e que é urgente caminhar, então vamo-nos unir na construção de projetos e partilhá-los, também, com as instâncias superiores. Somos todos protagonistas e temos que fazer isto. Fomos e viemos mais enriquecidas, mas

70

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

conscientes e mais capazes de continuar a marcar a diferença não só de pelo facto de sermos +, mas porque queremos ser melhor. Conscientes de que as escolas não podem ser executantes, mas sim investigadoras e ativas, trabalhando em equipa, para alcançarem mudança. Sim, se queremos uma escola premiada, aberta, há que interagir com todos e trabalhar para mudar. É necessário planear, implementar, avaliar e rever o processo. Sim, se queremos sucesso, temos que rever o processo. Sempre unidos e sem desfalecer. Afinal, pensar é grátis, não fazê-lo sai caríssimo!

Somos as professoras, Ana Reis, Diana Jorge, Cláudia Pereira, Lurdes Martins, Maria Alves, Patrícia Tovim, Sónia Taira e Lina Pereira.

"Afinal, pensar é grátis , não fazê-lo sai caríssimo"


EPVL e hcm estabelecem acordo A Escola Profissional Vasconcellos Lebre e o Hóquei Clube da Mealhada assinaram, no dia 8 de abril, no Pavilhão Municipal da Mealhada, um protocolo de colaboração. Com este protocolo, a EPVL e o HC Mealhada pretendem fortalecer as sinergias já existentes entre as duas instituições, adequando os objetivos e necessidades de cada uma delas com vista ao desenvolvimento social concelhio. Por um lado, a EPVL promove a adequação dos seus objetivos (formar profissionais de nivel IV) às necessidades dos alunos que praticam desporto, em particular do HCM, tomando em consideração essas necessidades no desenvolvimento curricular, e por outro lado, o HCM adequa os seus objetivos às tendências atuais de formação, tomando em consideração a oferta formativa da Escola, do Centro de Formação e outras atividades desenvolvidas pela EPVL.

atletas sub15, sub17, sub20 e séniores masculinos, que residam fora do concelho da Mealhada e que pretendam jogar no HCM. As vantagens para os atletas do clube traduzem-se em alojamento, alimentação, transporte gratuito, entre outras condições especiais de acompanhamento.

Este protocolo, além de outras valências, disponibilizará vagas para

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

71


educação especial Quando o fim é o princípio O ciclo de formação 2014/2017 trouxe consigo um tremendo desafio para a EPVL. Pela primeira vez ingressaram na escola alunos com necessidades educativas especiais ao abrigo do DL n.º 3/2008 de 7 de janeiro. Portadores das mais diversas problemáticas – desde Síndrome de Asperger, dislexia e disortografia, surdez neurossensorial bilateral de grau profundo, hiperatividade (PHDA) com défice de atenção e concentração, défice cognitivo, até problemáticas do domínio da emoção e personalidade e da saúde física. No total passaram a fazer parte do quadro de alunos da escola dez alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE), matriculando-se nos vários cursos deste ciclo de formação a saber: Técnico Auxiliar de Saúde, Técnico de Mecatrónica, Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos e Técnico de Restauração – Variante Restaurante/ Bar. Quando uma escola recebe, pela primeira vez, um jovem com discrepâncias significativas no processo de desenvolvimento e aprendizagem, ou com algum tipo de défice em relação aos demais alunos da mesma faixa etária, é natural que surjam muitas dúvidas. O professor, por norma, fica temeroso e ansioso perante a nova situação para a qual não se encontra preparado. Alguns pensam ser necessário especializaremse para poder entender melhor o aluno e a sua problemática. Se se duvida que a capacitação, a pesquisa e o aperfeiçoamento são imprescindíveis

à prática pedagógica do profissional da educação, é com a convivência, a experiência e a ajuda de profissionais especializados e da família, que o professor verifica que o processo de inclusão não é tão difícil como parecia, é um desafio porque implica mudanças nas práticas pedagógicas, por vezes tão cristalizadas. Aconteceu assim na EPVL. De início, estávamos confusos e ansiosos, resistentes à mudança que, pouco a pouco, se foi operacionalizando, e o certo é que os alunos se adaptaram bem à escola porque foram bem aceites, compreendidos e aprenderam de acordo com as suas competências e os objetivos dos respetivos cursos. Todas as situações foram cuidadosamente planeadas e todas as atividades adaptadas e ajustadas às necessidades dos alunos. Não criámos uma regra específica. Simplesmente no grupo turma e em toda a comunidade educativa, os alunos com NEE foram e são tratados como os demais; aos colegas da turma são explicadas as problemáticas e promove-se a cultura da verdadeira inclusão. Cada situação é única e, de acordo com o modo como a turma recebe os colegas, os professores criam estratégias diferentes de ensinoaprendizagem. Saliente-se que receber um aluno com uma problemática específica na sala de aula não significa inclusão. Os docentes prepararam-se para conhecer a dificuldade do aluno, a sua história de vida, a sua relação com os seus familiares e vice-versa. É

fundamental saber trabalhar com estes alunos, e com todos, mas também com as suas famílias. Este sim, é o verdadeiro trabalho que promove a inclusão. Há sempre um trabalho de equipa, que não se restringe ao(s) professor(es), e que vai para além da escola: família, profissionais de saúde e técnicos ou terapeutas. Todos, sem exceção, são fundamentais.

"Educar é, sem dúvida, um dos pilares de uma sociedade avançada..." Lina Pereira

72

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

Coordenadora de Educação Especial


Sentimos um orgulho imenso nestes nossos alunos porque (à exceção de dois que, por opção pessoal, mudaram de escola), têm tido um percurso escolar fantástico. Tão fantástico que nos leva às lágrimas – de alegria e gratidão pelo tanto que nos permitiram crescer e aprender, enquanto profissionais da Educação e também seres humanos. Chegar ao mês de maio deste ano letivo e ver os alunos com NEE apresentarem a sua Prova de Aptidão Profissional (PAP), perante um júri composto por elementos da escola e externos à escola, foi algo tremendo. As palavras são mesmo exíguas para expressar o sentimento de alegria, de vitória, de mérito e de reconhecimento de que afinal vale sempre a pena acreditar, e que depois de passarmos tempestades vem sempre a bonança, lugar onde podemos repousar as emoções e agradecer a paisagem única que é o futuro promissor destes jovens (já quase) profissionais. Olhando para trás percebemos que as incertezas, as angústias são caminhos onde ganhamos experiência, ousadia, competências para melhorarmos. De coração dilatado por termos chegado aqui, percebemos que este fim é, afinal, o princípio. O princípio de muitos sucessos. Os nossos alunos com NEE estão preparados para voar, para entrar no mundo do trabalho e até, alguns, para ingressar no ensino superior. Há, no entanto, dois destes alunos cujo percurso não podemos deixar de destacar. São alunos que nos chegaram ao abrigo da medida educativa currículo específico individual Currículo Específico Individual (CEI) - alínea e). Numa dada altura das suas vidas (bem cedo), foram referenciados como alunos problemáticos e ou com défice cognitivo grave. Tal como a medida prevê, os alunos não mais frequentaram as aulas na turma a que pertenciam (excetuando Educação Física e Moral). Tinham apoio especializado a título individual. No 9º ano usufruíram de um Plano Individual de Transição (PIT) que os levou, de acordo com o seu perfil funcional e

vocação a estagiarem numa oficina de automóveis. Talvez movidos por esse interesse, matricularam-se então na EPVL, no curso Técnico de Mecatrónica, nível IV. E não lhes fechámos as portas. A professora de educação especial, ao iniciar o trabalho especializado com aqueles dois alunos, rapidamente percebeu que os seus perfis funcionais estavam mais além do que aquela medida educativa lhes permitia e deu-se uma “revolução”. São vidas. São pessoas. Não pretendíamos gerir estas situações que de repente tínhamos em “mãos”, mas precisávamos urgentemente de desenhar soluções para as resolver. Reunimos o corpo docente da turma, o psicólogo e a diretora pedagógica, e delineámos estratégias que viemos a fundamentar. Reunimos com os pais destes alunos e formalizámos os processos desde a raíz. Juntámos a nós médicos especialistas e retirámos os alunos da medida mais restritiva que o DL n.º 3/2008, possui. Chegou a liberdade à vida destes jovens, a possibilidade de mostrarem ao mundo que nem sempre o que parece ser é, e um alerta aos profissionais da educação, não só quando elaboram uma referenciação, mas também quando recebem nas suas mãos alunos que revelam ter competências, habilidades, e nada fazem para ultrapassar as barreiras que o decreto contém. Somente porque são vidas, temos todos o direito e o dever de operacionalizar a mudança e seguir lado a lado até lhes darmos o passaporte para que finalmente planem e voem. Foi exatamente assim. Todo este processo levou os dois alunos ao sucesso. Eles fazem parte do número de alunos que apresentou a PAP e com brilhantismo. Projetos fantásticos. Um deles vai inclusivé fazer parte de um concurso a nível nacional. Estes dois alunos devido ao seu excelente desempenho nas empresas por onde têm passado em formação em contexto de trabalho (estágio), já têm emprego assegurado numa empresa da Mealhada. E têm tido várias propostas de outras empresas.

Educar é, sem dúvida, um dos pilares de uma sociedade avançada e, a nosso ver, é urgente ligar conhecimentos científicos, técnicos, e desenhar soluções e experimentar programas dinâmicos, personalizados e com grande proximidade junto das famílias, pais e dos técnicos especializados e de saúde. Acima de tudo, é preciso estabelecer uma relação de confiança entre um adulto (o professor) e o aluno, baseada em conhecimentos científicos e técnicos multidisciplinares e em afetos. Damos muito valor à qualidade de como se instrui, à autoconfiança para aprender e à capacidade de resolver problemas (os da escola e os da vida). Não podemos transferir diretamente conhecimentos de um cérebro para outro, podemos sim cultivar a curiosidade e a motivação para essa aprendizagem ser construída por cada aluno (e deixar claro que é preciso ter métodos para aprofundar conhecimentos e disciplina para aplicar esses métodos). Um aluno com interesse para aprender, com capacidade de trabalho e capacidade de avaliar alcança o sucesso. E nós somos mais felizes!

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

73


Defesa das provas de aptidão profissional auxiliar de saúde Os alunos da turma do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, realizaram nos dias 8 e 9 de maio as Defesas Públicas das suas Provas de Aptidão Profissional. Foram abordados temas como "Infeção Urinária", "O Exercício Físico e a Prevenção de Quedas no Idoso", "Características do Envelhecimento", "Suporte Básico de Vida", "Recuperação de uma Ligamentoplastia do Cruzado Anterior", "A Qualidade de Vida do Técnico Auxiliar de Saúde", "Distrofia Muscular Duchenne", "Alimentação no Idoso", "Cuidados de Higiene e Conforto no Utente totalmente dependente", "Esclerose Lateral Amiotrófica" e

"Posicionamentos e transferências do Utente". Avaliados por um júri composto pela Dra. Lurdes Penetra, Dra. Manuela Alves, Enfermeira Luciana Jesus, Enfermeiro Pedro Saraiva, Dra. Sara Pires, responsável pelo Departamento de Recursos Humanos da SCMM e pela Enfermeira Diretora do Hospital Misericórdia da Mealhada, Ana Carina Soares, todos os alunos obtiveram avaliação positiva nas suas Defesas. Parabéns realizado, obtidos!

a todos pelo trabalho empenho e resultados

Restaurante/bar No passado dia 12 de maio a turma de restaurante Bar 73 apresentou as suas Provas de Aptidão Profissional (PAP). Foi um dia cheio de cor e carregado de emoção. Desde os Pequenos-Almoços; às Cores e Sabores das Frutas; aos Vinhos da Bairrada “casados” com a Gastronomia Moçambicana terminando com o vasto Mundo do Café, as provas apresentadas pelos jovens profissionais de Restauração conseguiram captar e prender a atenção de júris e do publico presente. No final, o sentimento de dever cumprido era total assim como a 74

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

certeza que o mundo está cheio de oportunidades para estes jovens que demonstraram todo o seu valor ao longo dos três anos de formação. O júri de avaliação contou com a presença do Chefe Tony Salgado, e dos professores Dr. Paulo Pereira, Dra. Diana Jorge, Dra. Cláudia Pereira, Dra. Lurdes Penetra e da diretora pedagógica Dra. Manuela Alves. A verdade é só e apenas uma: Ser Profissional Vale Mais!! … e Ser Profissional de Restauração é um Orgulho!!


mecatrónica Realizou-se a 9 e 10 de maio a defesa pública das Provas de Aptidão Profissional dos alunos do último ano do Curso Profissional de Técnico de Mecatrónica. Os projetos apresentados foram Linha de Engarrafamento, Prisão Automatizada, Casa Segura, Barco Inteligente, Armazém Automatizado, Estufa Automatizada, Automatização de jardim de uma vivenda, Linha de Embalamento, Pavilhão Multiusos Automatizado, Carro Automatizado e Choca-pitos. O júri de avaliação contou com a presença da Dra. Manuela Alves, Engenheiro Jorge Gomes, Dra. Sónia

Taira, Engenheiro Jorge Ribeiro, Engenheira Ana Reis, Engenheira Paula Almeida, Engenheiro Samuel Pereira, Engenheiro Vítor Santos, Sr. Nuno Gaspar e o Sr. Nuno João. Os alunos tiveram uma avaliação bastante positiva., tendo o júri realçado tanto a componente técnica do projeto como a construção e acabamento das maquetes. Todos estão de parabéns pelo empenho e conhecimentos demonstrados na realização da Prova de Aptidão Profissional.

Gestão de equipamentos informáticos Realizou-se a 11 e 12 de maio a defesa pública das Provas de Aptidão Profissional dos alunos do último ano do Curso Profissional de Técnico de Gestão e Equipamentos Informáticos. Os projetos apresentados foram MicroComputer, InovCool, ScholServer, Estore Automatizado, SnakeArduino, ACbot, Torre Inovation, Carregador Solar USB, Assemblagem Pc e SO e ainda SmartGarden. O júri de avaliação contou com a presença da Dra. Manuela Alves, Dr Nuno Canilho, Engenheiro Paulo Relvas, Dra. Cristina Simões, Engenheira

Ana Reis, Engenheiro Joaquim Martins, Engenheiro Hélder Calvão, Engenheiro Teodoro Marçal e Dr. Cláudio Machado. Os alunos tiveram uma avaliação bastante positiva, tendo o júri realçado o cuidado e a qualidade das apresentações dos projetos apresentados. Os alunos estão de parabéns pelo empenho e conhecimentos demonstrados na realização da Prova de Aptidão Profissional!


A PROVa dos novos restaurante pedagógico

Nunca ninguém disse que era fácil … Mas é garantido que vale muito a pena!! Costumo dizer que existem dois tipos de pessoas: as que gostam de Hotelaria e as que não gostam. E só as que gostam, e que vão gostar para sempre, percebem o porquê. Acontece exatamente o mesmo com os nossos alunos, primeiro estranham, e até questionam se foi a decisão acertada, mas depois percebem que não poderia ser de outra forma. E aí, sim: “ Bem vindos ao Mundo da Hotelaria!” Por aqui mais um ano passou, mais um ano de muito “andamento”, algum “lodo”, mas, principalmente, de muitas partilhas e novas experiências. Foram mais de trinta os eventos que realizamos ao longo deste ano. Sim, mais de trinta!! A Prova dos Novos e a sua equipa de Cozinha (coordenada por Susana Oliveira) e Restaurante (coordenada por mim, Diana Jorge) procura dar resposta a todos os pedidos que nos chegam, de forma a envolver a comunidade e formandos, dando a possibilidade de estes colocarem em prática tudo o que aprendem em contexto de formação.

78

EPVL Saber + n.º 3

Junho2017

A Hotelaria é uma das áreas que parece sobreviver à crise, e nós não temos dúvidas de que é uma máquina empregadora em plena expansão e com inúmeras oportunidades. Acreditamos que estamos a formar profissionais capazes e, acima de tudo, com valores e princípios que a área da Restauração exige. Em Restauração trabalhamos com pessoas e para pessoas; trabalhamos com o objetivo de proporcionar experiencias únicas a quem nos visita ou procura os nossos serviços; trabalhamos para ser todos os dias melhores acompanhando as novas tendências, mas, acima de tudo, trabalhamos para que todos os dias valham a pena! Não, nunca ninguém disse que era fácil. E não, não é para todos!! Espírito de sacrifício e paixão são dois ingredienteschave para o sucesso. De resto, preparem-se para voar porque o Mundo é vosso! Prof. Diana Jorge


ALMOÇOS TEMÁTICOS EPVL

Junho2017

EPVL SABER + n.º 3

79


Junho2017

EPVL SABER + n.ยบ 3

83


Junho2017

EPVL SABER + n.ยบ 3

85


Junho2017

EPVL SABER + n.ยบ 3

87


Junho2017

EPVL SABER + n.ยบ 3

89


Junho2017

EPVL SABER + n.ยบ 3

91


Junho2017

EPVL SABER + n.ยบ 3

93


Junho2017

EPVL SABER + n.ยบ 3

95


Junho2017

EPVL SABER + n.ยบ 3

97


EPVL SABER + www.epm.edu.pt

EPVL Saber + Nº3 - Um Rumo para a tua Vida  

3ª edição da Revista EPVL Saber + "Um Rumo para a tua Vida"

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you