Page 1

Coordenação: Natália Rebelo Nº 10 | Julho 2017 Distribuição gratuita

da Escola Profissional de Braga

Uma Jogada de Mestre!

Inovação e Competência


CURSOS

PROFISSIONAIS 3250 Horas | 3 Anos | Certificação Escolar e Profissional: Nível IV | 12º Ano

O MUNDO É POR AQUI!

APOIOS: . Subsídio de Alimentação: 4,27€/dia . Subsídio de Transporte . Bolsa de Material Escolar . Bolsa de Profissionalização nos estágios curriculares . Inscrição na Bolsa de Emprego da EPB após conclusão do curso.

www.epb.pt

INOVAÇÃO E COMPETÊNCIA

| Tel: 253 203 860 | Fax: 253 203 869 | E-mail: epb@epb.pt


Abertura Editorial

O ADN da EPB | 2

Quem somos nós | 4

Pós-EPB | Por onde andam os antigos alunos | 13

Núcleos de Competências | Serviços

de apoio | 14

A EBP na senda do Perfil dos Alunos para o Século XXI O Perfil dos Alunos para o século XXI é um documento elaborado pelo Grupo de Trabalho criado nos termos do Despacho n.º 9311/2016, de 21 de julho, posto, recentemente, em discussão pública pela DGE, sob a coordenação do Professor Guilherme d’Oliveira Martins. O prefácio do documento, a propósito da educação para todos, nobre objetivo mundial da UNESCO, entrega às escolas e aos seus atores educativos a obrigação de refletir, repensar e agir para criar, nas suas palavras, “um quadro de referência que pressuponha a liberdade, a responsabilidade, a valorização do trabalho, a consciência de si próprio, a inserção familiar e comunitária e a participação na sociedade que nos rodeia”. Estas palavras são bálsamo para uma sociedade desnorteada aos pés da diversidade incerta do mundo de constantes mudanças, por isso urge lançar redes ao que o Professor designa de “equilíbrio entre o conhecimento, a compreensão, a criatividade e o sentido crítico”, na perspetiva de uma formação alicerçada na cidadania ativa, responsabilidade e sentido assertivo de autonomia. Nos dias do agora, o Projeto Educativo da Escola Profissional de Braga assemelhar-se-á ao poema Pedra Filosofal de António Gedeão, em que o mundo “pula e avança” talvez não nas “mãos de uma criança”, mas de todos nós: professores, alunos, pais e encarregados e educação, e tantos outros parceiros educativos, contribuindo em tons cromáticos para que o aluno se construa para além dos andaimes, num prisma humanista, com fundações no valor da dignidade humana, entendendo o desenvolvimento sustentável como compromisso de futuro. De facto, o Plano de Formação de Professores da EPB, a decorrer neste ano letivo, chegou na modalidade de Oficina, para pôr mãos à obra e, como gotas de orvalho nitidamente invisíveis, os professores debruçam-se nas teorias e práticas de algo novo e desafiante que nada mais é do que “(Re) Aprender a ensinar e avaliar nos cursos profissionais: o saber em ação”, dinamizada pela Doutora Luísa Orvalho da Universidade Católica Portuguesa. Cabe aqui uma nota sobre esta formação, pois a talho de foice objetiva-se que a EPB conceba um plano de melhoria, procurando a inovação educacional gradual, a título de exemplo, a conceção de e-referencial de informação sobre o Modelo Educativo, Formativo e Curricular dos Cursos Profissionais, para a disponibilização à comunidade escolar. Acreditamos que a metamorfose de trabalho colaborativo em rede, a articulação curricular e o desenvolvimento flexível de projetos integradores desbravem caminhos novos para a promoção do sucesso integral de todos. A EPB constrói, diariamente, níveis de competência para formar mulheres e homens de futuro, com olhar fixo nos pilares da Educação retirados do Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver juntos e finalmente aprender a ser - conceito vital que agrega os anteriores. Teresa Machado Coordenadora do Grupo Curricular de Línguas

À conversa com | Dra. Sameiro

Araújo | 16

Fora de portas | Participação da EPB

Em rede | Parcerias | 34

em eventos externos | 18

Iniciativas | Atividades dinamizadas pela comunidade escolar | 19

Opinião | A voz das mães | 36

1


O ADN da EPB Comissรฃo Executiva e Diretor Pedagรณgico

Coordenadores de Curso

Coordenadoras de Grupos Curriculares

Diretores de Turma

2


O ADN da epb Uma equipa de professores comprometida Adelino Costa Ana Patrícia Ribeiro António Alves António Araújo Celeste Alves Cláudio Pinto Cristiano Oliveira Ermelinda Leão Helen Fernandes Hugo Oliveira Isa dos Santos Isabel Guimarães João Barbosa João Delgado Jorge Oliveira

José Augusto Ferreira Júlio Bigas Liliana Esteves Liliana Magalhães Lúcia Pinheiro Manuel Capela Morais Manuel Fernandes Manuel Joaquim Gomes Maria João Antunes Marta Fernandes Paulo Aires Pedro Paredes Pedro Vilaça Rui Meira Pinto Tatiana Lima

Secretaria

Intervenção Psicoeducativa

Auxiliares Educativos

Fornecedores In loco

Informática e Recursos

Projetos Transnacionais

Comunicação/ Marketing Qualidade CONSTRUÇÃO CIVIL

Dinamização Sala de Estudo

3


Quem somos nós

Auxiliar de Saúde Três turmas de Auxiliar de Saúde, sob a orien­tação de profissionais de saúde com formação superior, formam-se para a prestação de cuidados de saúde aos utentes/famílias, na recolha e transporte de amostras biológicas, na limpeza, higienização e transporte de roupas, materiais e equipamentos, na limpeza e higienização dos espaços e no apoio logístico e administrativo das diferentes unidades e serviços de saúde. O Técnico Auxiliar de Saúde presta cuidados de saúde/ serviços sob a orientação do Enfermeiro. Saídas Profissionais: Unidades clínicas, unidades hospitalares, IPSS, centros de análises clínicas, gabinetes médicos, lares, centros de dia, centros de acolhimento e residência de crianças e áreas afins da saúde e Higiene, Segurança e Saúde do Trabalho no setor da saúde.

3.º ano

III Jornadas da saúde “O Saber e o Cuidar das Doenças Neurodegenerativas” As III Jornadas da Saúde da EPB inserem-se na Prova de Aptidão Profissional da aluna finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, Patrícia Silva. Este ano, subordinadas ao tema “O Saber e o Cuidar das Doenças Neurodegenerativas”, realizaram-se a 9 de março, no Auditório do Parque de Exposições de Braga. O dia foi preenchido com painéis sobre a Doença de Alzheimer, a Paramiloidose, a Esclerose Lateral Amiotrófica e a Doença de Parkinson, onde vários profissionais de saúde de diversas áreas abordaram estas patologias. Estiveram ainda presentes associações, cuidadores informais e testemunhas. O convite estendeu-se a todos os profissionais de saúde, Encarregados de Educação e comunidade em geral, com o intuito de os sensibilizar de forma a que os doentes neurodegenerativos possam melhorar a sua qualidade de vida, assim como as suas famílias.

12 cUrsos 25 turmas 648 alunos

4


quem somos nós

GPSI (Gestão e Programação de

Sistemas Informáticos)

Três turmas preparam-se para gerir parques informáticos, instalar, configurar e administrar hardware e software em redes Windows e Linux, utilizar sistemas de gestão de bases de dados, definir e desenvolver programas e aplicações informáticas em diversas áreas, desenvolver e gerir Web Sites e aplicações multimédia. Saídas Profissionais: Empresas vocacionadas para o desenvolvimento e comercialização de soluções informáticas; integração em equipas informáticas de empresas dos setores industrial, comercial e serviços; empresas de marketing, multimédia e de desenvolvimento Web.

3.º ano

TechWeek http://epb.pt/techweek

A EPB realizou entre os dias 8 e 12 de maio, a EPB TECH WEEK. Uma semana dedicada à informática, inovação e tecnologia, cujo objetivo consistiu na interação dos alunos do curso de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos com a comunidade tecnológica empresarial. Após a sessão de abertura, a 8 de maio, o dia foi dedicado à Inovação e Criatividade (Prof. Dr. Nuno Rodrigues, IPCA), Desenvolvimento do Produto (Eng.º João Pedro Soares, WeDo Techonologies), “Introduction to version control with Git” e “Introduction to React.JS” (Eng.º Abel Soares e Eng.º Benjamin Sonntag, Seegno). No segundo dia, foram abordados o Cybercrime (Inspetores Jorge Barreiro e Carlos Amaral, PSP Braga), “Growth Hacking” (Eng.º José Fernandes, BloomIdea) e foi desenvolvido o Workshop “Unity” (Engº Michael Matias, Solid-It). No dia seguinte, 10 de maio, os antigos alunos da EPB, Domingos Silva e José Pedro Fonseca, apresentaram o seu percurso académico e profissional. Seguiram-se as Competências digitais – do ensino ao mercado de trabalho (Eng.º João Nuno Patrício, GlobalNation), uma palestra sobre aplicações móveis, dada por dois alunos do TeSP em Aplicações Móveis, sobre o tema “Desenvolvimento de aplicações

móveis para Android – Casos Práticos” (Liliana Costa e Gilberto Barroso Ferreira, IPCA) e a apresentação da oferta formativa IPCA/EST (Profª Natália Rêgo, IPCA). Na quinta-feira, dia 11 de maio, o auditório da EPB acolheu outras temáticas: Como usar o linkedin para começar a trabalhar (Dr. Luís Guimarães, Montes Agency), Ambientes colaborativos | Cloud e as equipas (Eng.º Luís Garcia, Rumos), Talent Spy (Eng.º Pedro Matos Vital, F3M) e Computação criativa: multimédia, arte e tecnologia (Dr. Miguel de Oliveira, Edigma). A semana culminou com uma visita de estudo na sexta-feira, que envolveu as três turmas do Curso de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos, ao Parque Biológico de Gaia, ao Museu dos Transportes e Comunicações e à empresa CPCdi - Companhia Portuguesa de Computadores no Porto.

12 cursos 25 turmas 648 alunos

5


Quem somos Nós

Construção Civil Uma turma de construção civil prepara-se para executar desenhos relativos aos projetos de construção civil, determinar as quantidades e os custos dos materiais, da mão de obra, de equipamentos e de serviços necessários para a execução de uma obra e efetuar trabalhos topográficos, com recurso a ferramentas informáticas específicas. Saídas Profissionais: Gabinetes de arquitetura e engenharia, câmaras municipais, gabinetes de apoio técnico e empresas de construção civil.

3.º ano

Mecatrónica Uma turma que estuda atualmente na EPB prepara-se para desempenhar tarefas de caráter técnico relacionadas com a manutenção, reparação e adaptação de equipamentos diversos, nas áreas de eletricidade, eletrónica, controlo automático, robótica e mecânica, respeitando as normas de higiene e segurança e os regulamentos. Saídas Profissionais: Empresas de diversos setores de atividade, direcionados para a produção em série e, também, de manutenção e prestação de serviços especializados na área da automação e controlo de sistemas de produção.

12 cursos 25 turmas 648 alunos

6

2.º ano


Secretariado As duas turmas de Secretariado irão assegurar a organização e execução de atividades de secretariado no apoio à chefia/direção, bem como de atividades de secretariado, relativas ao funcionamento geral de uma empresa ou serviço público. Saídas Profissionais: Empresas públicas ou privadas, escritórios e outras organizações.

2.º ano

Contabilidade

quem somos nós A turma finalista de Contabilidade ficará apta a desempenhar tarefas contabilísticas e administrativas inerentes ao correto funcionamento das empresas e outras organizações, nomeadamente nos domínios do planeamento, organização, execução e controlo, de acordo com a legislação aplicável. Saídas Profissionais: Gabinetes de Contabilidade, departamentos de empresas privadas e públicas de todos os setores de atividade.

3.º ano

Jornadas Administrativas Emprego, emprego meu, há alguém mais competente do que eu?

Foi sob o mote da empregabilidade, quer seja através da integração no mercado de trabalho por conta de outrem ou da criação do próprio negócio, quer ainda através do prosseguimento de estudos, que, em 22 de fevereiro 2017, no auditório do PEB, se reuniram mais de 300 alunos da EPB, para as VIII Jornadas Administrativas, organizadas por Inês Carvalho, finalista do Curso Técnico de Comércio. Um tema sensível, que requer reflexão e ação, pois a transição para o mercado de trabalho constitui uma preocupação central da EPB que sensibiliza os alunos de que a tendência já não é “ter um emprego para toda a vida”, mas sim “tornar-se empregável para toda a vida”. A sessão de abertura esteve a cargo do Dr. António Leite, Delegado Regional do Norte do IEFP, em representação do Secretário de Estado do Emprego, Dr. Miguel Cabrita. Seguiu-se uma viagem ao mundo das startups com a Dra. Daniela Monteiro da Startup Braga. O mundo laboral já não valoriza quase única e exclusivamente as competências técnicas dos profissionais. O cenário mudou e procuram-se profissionais dotados de competências sociais e comportamentais, que facilitam a relação com os outros, melhoram o desempenho profissional e aumentam as perspetivas de carreira. Esta temática foi amplamente abordada pela Dra. Carla Sepúlveda, consultora de formação, e pela MakeBraga CLDS 3G – Contrato Local de Desenvolvimento Social de Braga. Antigos alunos partilharam o palco do auditório, num fórum de discussão com empresários da região com uma forte ligação à EPB. Paralelamente, no hall de entrada, decorreu uma Feira de Emprego e Ensino Superior, dinamizada por empresas de recrutamento e seleção e por instituições de ensino superior, interessadas em facultar soluções aos “futuros antigos alunos” da EPB.

12 cursos 25 turmas 648 alunos

7


Quem somos nós

Multimédia e Design Gráfico Duas turmas de Multimédia preparam-se para exercer profissões ligadas ao desenho e produção digital de conteúdos multimédia e a desempenhar tarefas de caráter técnico e artístico, com vista à criação de soluções interativas de comunicação. Saídas Profissionais: Empresas de comunicação audiovisual, de publicidade, de multimédia; produtoras de cinema de animação, de vídeo/televisão; laboratórios fotográficos e instituições jornalísticas; empresas de Design Gráfico, impressão em alta resolução ou como empresário em nome individual.

Encontros Design e Multimédia Mais um ano e, de novo, tivemos na escola os Encontros de Design e Multimédia, para os alunos das áreas audiovisuais. Começando na terça-feira, 2 de maio, e concluindo no dia 5, a semana foi preenchida com diferentes temas que pudessem apelar a ambos os cursos e dinamizar o programa. Este foi separado em temas para cada dia, Cinema, Apresentações de PAP e Desafio, Empresas e Ex-alunos. Tivemos a grande oportunidade de ter connosco o duo do LUCKY STAR-Videoclube de Braga, José Oliveira e João Palhares, que todas as terças à noite organizam uma sessão de cinema dedicado aos clássicos e, juntamente com o ator José Lopes, acompanharam os alunos durante o dia para falar sobre a temática estabelecida. Quarta-feira foi complementada com ambas as participações de alguns finalistas de Multimédia e dois alunos da Escola Profissional Ruiz Costa, que concordaram em partilhar os seus projetos finais com o objetivo de alargar os horizontes de possibilidades para as futuras PAP. Quinta-feira seguiu “tradicionalmente” a colaboração de profissionais nestas áreas, para falarem do processo dos seus projetos e sobre o mundo do mercado de trabalho. Finalizaram-se os Encontros com um dia dedicado aos alunos que passaram pela EPB, para compartilharem as suas experiências e o seguimento das suas vidas em termos profissionais.

12 cursos 25turmas 648 alunos

8

3.º ano de Multimédia O 1.º ano do Curso Técnico de Design Gráfico encontra-se a conceber e maquetizar objetos gráficos bidimensionais e tridimensionais, utilizando meios eletrónicos e manuais bem como preparar a arte final para a impressão e acompanhar os processos de pré-impressão e impressão. Saídas profissionais: Agências de Publicidade e de Produção; departamentos de Marketing, Jornais - Edição, Artes gráficas, designer de soluções para os Media, departamentos de Edição de Imagem, Agências de Marketing e Comunicação.


quem somos nós

Eletrónica, Automação e Comando Três turmas preparam-se para desempenhar tarefas de caráter técnico, relacionadas com a instalação, manutenção, reparação e adaptação de sistemas elétricos, eletrónicos, pneumáticos e hidráulicos de automação industrial. Saídas Profissionais: Empresas especializadas na conceção, montagem e manutenção de equipamentos eletrónicos e industriais, bem como de sistemas pluritecnológicos associados.

3.º ano

RoboParty

Um grupo de alunos do 1.º ano participou, de 2 a 4 de março, na RoboParty 2017, na Universidade do Minho, em Guimarães, um evento non-stop (3 dias e 2 noites), no qual se aprende a construir um robô autónomo, o Bot'n Roll One A. Os alunos, além de praticarem a solda de placas eletrónicas, a mecânica e experimentarem a programação, que consideraram importante para a melhoria das suas capacidades cognitivas, salientaram com agrado o facto de terem de comunicar e interagir com outros alunos e professores, promovendo assim a partilha de ideias e conhecimentos. Os alunos efetuaram um balanço muito positivo, considerando que esta participação suscitou o interesse e acrescentou mais motivação e novos conhecimentos técnicos, na área da eletrónica.

12 cursos 25 turmas 648 alunos

9


Quem somos nós

Comércio O Curso de Comércio estreou-se no ano letivo 2014/2015. As três turmas ficarão aptas a organizar e planear a venda de produtos e ou serviços em estabelecimentos comerciais, garantindo a satisfação dos clientes, tendo como objetivo a sua fidelização. Saídas Profissionais: Empresas comerciais e de prestação de serviços.

3.º ano

EPB na XIII Braga Romana “Reviver Bracara Augusta”

Banca de Mercador

12 cursos 25 turmas 648 alunos

10

A EPB marcou, mais uma vez, presença num dos eventos icónicos da cidade de Braga, em maio de 2017. Vânia Baptista e Oleh Muryn, finalistas do Curso Técnico de Comércio, assumiram a coordenação das atividades relacionadas com a participação da escola na XIV Braga Romana “Reviver Bracara Augusta”, assegurando a comercialização de produtos na banca de mercador e supervisionando o cortejo noturno. A banca de mercador da EPB, situada no Rossio da Sé, contou com a colaboração de vários parceiros que colocaram produtos de qualidade à disposição dos visitantes, destacando-se mel caseiro da Loja Colmeia Comércio de Material Apícola, Lda., compotas caseiras e coroas de flores da Rita Rodrigues. O atendimento esteve a cargo de alunos do 2.º ano do Curso Técnico de Comércio, no âmbito das disciplinas técnicas “Comercializar e Vender” e “Comunicar no Ponto de Venda”, as quais receberam a visita especial do Dr. Ricardo Rio, Presidente da Câmara Municipal de Braga. Para o Cortejo Triunfal, foram mobilizados cerca de sessenta epbianos, vestidos com trajes a rigor. A Delegação de Braga da Cruz Vermelha Portuguesa foi igualmente parceira na logística desta iniciativa.

Cortejo Triunfal


quem somos nós

Mecatrónica Automóvel

Três turmas preparam-se para se habilitarem a efetuar o diagnóstico, a reparação e a verificação dos sistemas mecânicos, elétricos e eletrónicos dos veículos. Também interpretam esquemas elétricos e eletrónicos; fazem o planeamento, a preparação e o controlo do trabalho da oficina; e procedem ao controlo da qualidade das intervenções, gerindo a informação, tratando e gerindo as garantias, afetando os meios técnicos, maximizando a produtividade, promovendo a melhoria da qualidade do serviço e a satisfação dos clientes.

Saídas Profissionais: Oficinas de reparação mecânica, elétrica e eletrónica do automóvel.

3.º ano

Rally da Falperra Os dias 6 e 7 de maio foram vividos com grande entusiasmo por parte de alguns alunos do Curso de Mecatrónica Automóvel, que deram apoio logístico ao piloto e professor Capela Morais, patrocinado pela EPB. As três vitórias arrecadadas são motivo de orgulho: 2.º lugar Rampa Regional da Falperra 1.º lugar Grupo X4 1.º lugar Classe 10

Recife e Mirapeças As empresas Mira Peças e Recife têm dado um contributo muito especial ao Curso de Mecatrónica Automóvel. A Mira Peças cedeu um veículo usado completo para que os alunos pudessem retirar todos os componentes necessários para o desenvolvimento de aulas práticas dos diferentes módulos e para o desenvolvimento dos projetos finais de curso. A Recife cedeu componentes de automóveis para o desenvolvimento dos projetos dos alunos.

12 cursos 25 turmas 648 alunos

11


Quem somos nós

Frio e Climatização Duas turmas de Frio e Climatização ficarão aptas a organizar e coordenar, com base nos procedimentos e técnicas adequados, o plano de fabrico, a instalação e a montagem dos sistemas de frio e climatização, bem como a conservação, reconversão e assistência técnica de sistemas, de acordo com as normas, os regulamentos de segurança e as regras de boas práticas aplicáveis.

Saídas Profissionais: Empresas de instalação, manutenção e reparação de equipamentos de frio e climatização; empresas de construção, montagem e manutenção de sistemas de frio, ar condicionado, aquecimento, entre outras.

Mannequin Challenge Os alunos do 3.º ano do Curso Técnico de Frio e Climatização fizeram jus à sua área e “congelaram” a comunidade epbiana, aderindo à tendência do Mannequin Challenge. Os 200 figurantes, que retrataram de forma caricata os diferentes cursos ministrados na EPB, descongelaram perante a intervenção do Diretor Pedagógico. (Vídeo disponível no facebook da EPB)

Mediateca A Mediateca, cujo lema deste ano é “Querer não é poder, mas estudar é fazer acontecer”, é um espaço dinamizado por os alunos, que de forma autónoma procuram-na como sala de estudo. O desafio principal, a que este espaço procurou dar resposta, recaiu na condução dos alunos a tomarem consciência dos seus métodos e hábitos de estudo, na era em que os livros são substituídos pelo “touch”.

12 cursos 25 turmas 648 alunos

12

2 exemplos de Provas de Aptidão Profissional 2016/17


pós -epb

Joaquim Cerqueira A Direção da EPB, na pessoa da Dra. Ana Cláudia Rodrigues, marcou presença na Sessão Solene comemorativa do 22º aniversário do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, na qual, entre outros momentos, se procedeu à entrega de Prémios de Mérito, em vários domínios. E foi com muito orgulho que presenciou a descida ao palco de Joaquim Cerqueira, aluno diplomado pela EPB no Curso Técnico de Eletrónica, destacado e premiado como o 3º melhor aluno do IPCA no ano 2012/13, ano em que concluiu a Licenciatura em Engenharia Eletrónica e Computadores, com a média de 18,35 valores. O Joaquim acaba de concluir, entretanto, o mestrado em Eletrónica Médica, na mesma instituição, e está a trabalhar, há vários anos, na EDP. Mais um percurso de sucesso do qual a EPB muito se orgulha de fazer parte. Parabéns Joaquim!

Rui Vieira

Foi há cerca de 11 anos que entrei num dos melhores estabelecimentos de ensino por onde passei até ao dia de hoje! Mas melhor porquê? Um dos aspetos que recordo é, sem dúvida, dos valores que toda a coordenação de curso e colaboradores me passaram, valores estes em que ainda hoje me revejo a nível pessoal como profissional. Além destes valores, é de salientar o profissionalismo de todos os docentes tanto na maneira de passar o seu conhecimento como na relação que estabeleciam com os alunos. Assim, foi muito fácil aprender! Bem, falando um pouco do meu percurso, entrei na EPB em 2006 no Curso Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos, concluído em 2008. Nesse mesmo ano, entrei na Universidade do Minho no curso de Mestrado Integrado em Engenharia e Gestão de Sistemas de Informação, finalizando-o no ano de 2015. Ainda antes de iniciar o Mestrado, integrei a empresa Primavera Software, onde me encontro a trabalhar, desde 2013, como programador no departamento de testes automáticos. Além de toda a vertente curricular, as atividades extracurriculares foram sempre um dos meus interesses, provenientes da participação de uma banda rock que existia na EPB. No ensino superior, dei seguimento a esse interesse, integrando um dos grupos culturais da Universidade do Minho, na Tuna Universitária do Minho, onde ainda hoje me encontro ativo mesmo tendo finalizado a minha atividade curricular. Em suma, não poderia deixar de agradecer a toda a EPB pelos 3 fantásticos anos que lá vivi, pelos tais valores e pelo conhecimento técnico de que ainda hoje faço uso.

Ana Lopes Já Eça de Queirós dizia que “para ensinar há uma formalidade a cumprir – saber”. Ora, é precisamente isso que a epb faz melhor, fazendo homens dos “meninos” que recebe anualmente. Quando entrei para o Curso Técnico de Contrução Civil em 2010, não sabia o que me esperava, mas depressa percebi que formávamos uma verdadeira família composta por colegas, professores e funcionários, que levei para toda a vida. Atualmente, trabalho numa companhia aérea. E, apesar de não estar diretamente ligada ao meu curso, reconheço a importância do que aprendi na escola, onde nos ensinaram a ser os melhores, ganhamos responsabilidade, saindo preparados para o futuro. A EPB merece o melhor de nós, porque temos e teremos sempre o melhor dela.

13


Núcleos de Competências Alunos da EPB integram os Núcleos de Competências (serviços de apoio) nas áreas de Design Gráfico/Multimédia, Saúde e Secretariado: - Fortalecem os seus conhecimentos técnicos; - Desenvolvem tarefas em contextos reais, com entidades parceiras da EPB; - Facilitam a sua integração no mercado de trabalho.

Feira da Comunidade Bracarense Alunos da EPB deram apoio à Feira da Comunidade Bracarense 2016, que decorreu em setembro, assegurando o atendimento no Stand do Município. No stand da EPB, junto à Capela de São João da Ponte, realizaram-se rastreios de glicemia e tensão arterial. Os cursos envolvidos neste evento foram Auxiliar de Saúde, Comércio, Contabilidade e Secretariado.

Visita a Braga de sua Excelência o Presidente da República O Curso de Secretariado da EPB deu apoio protocolar à Comissão Organizadora do Fórum Um Novo Futuro e registou o momento com António Cunha (Reitor da Universidade do Minho), Marcelo Rebelo de Sousa (Presidente da República) e Ricardo Rio (Presidente da Câmara Municipal de Braga).

Auxiliar de Saúde •

• • • •

14

Apoio a várias iniciativas de entidades parceiras: Hospital de Braga, Cruz Vermelha Portuguesa Delegação de Braga, entre outras; Organização de Campanhas de Recolha de Sangue; Rastreios de Saúde; Campanha de Educação para a Saúde; Apoio à Operação Nariz Vermelho.


Núcleos de Competências

Secretariado • • • • • • •

Apoio a Eventos; Orientação na receção e encaminhamento de participantes; Realização de inscrições e/ou verificação da presença de participantes (check-in); Execução e entrega de material de apoio aos eventos; Apoio à mesa de debate e aos oradores; Entrega de brindes e lembranças a convidados VIP, oradores e participantes; Outros serviços de apoio antes, durante e após o decorrer das sessões.

Design Gráfico/ Multimédia • •

• • • •

Fotografia de estúdio e exterior: moda, retratos, paisagens, arquitetura, embalagem e produto, projetos criativos, etc.; Iluminação e fotografia de objetos em estúdio e exterior como embalagens, vidros, metais, alimentação, acessórios de moda, mobiliário, eletrodomésticos, carros, etc.; Execução de reportagens de acontecimentos sociais, de desporto, de espetáculos, etc.; Execução de reportagens de fundo ou grandes reportagens e elaboração de pequenos textos jornalísticos; Tratamento digital de imagens e retoque; Tratamento e arquivo de imagens fotográficas em vários suportes.

Alguns Eventos

15


à conversa com

À conversa com Dra. Sameiro Araújo Entrevista à Dra. Sameiro Araújo, Vereadora do Desporto, Juventude, Associativismo, Saúde e Bem-estar. Sameiro Araújo nasceu em Prado, concelho de Vila Verde. Aos 12 anos, veio viver para Braga. Como todas as crianças, também tinha os seus sonhos. Inicialmente, queria ser Jurista, pois sempre foi a favor da condição da mulher, querendo lutar para que a mulher fosse respeitada e não discriminada em relação ao homem. A sua força de vontade, o seu espírito empreendedor, a sua determinação, para lutar muito por aquilo que queria, foram características essenciais para transpor barreiras.

P - Em janeiro de 2013, foi entrevistada pela turma do 2.º ano do Curso Técnico de Secretariado na qualidade de treinadora ao serviço do atletismo bracarense ao longo de 35 anos. A entrevista, que integrou um projeto intergeracional da “Academia de Empreendedorismo®”, desenvolvida pela empresa Betweien – Challenge and Success e a iniciativa “Braga 2012 – Capital Europeia da Juventude”, viria a ser publicada em livro, em coautoria com outras escolas da cidade. E foi, nesse ano, que a Dra. Sameiro Araújo iniciou o seu mandato no Município de Braga. De Treinadora a Vereadora, tem sido uma longa e vitoriosa “corrida”? R - Tem sido uma experiência muito interessante e, no ponto de vista pessoal, muito enriquecedora. Confesso que o convite para integrar este executivo municipal começou por me surpreender mas, como gosto de desafios e sempre tive uma ligação muito forte ao Desporto - um dos pelouros que me foram confiados - aceitei com todo o grado. E não estou nada arrependida. Ultrapassados os primeiros tempos de adaptação a uma nova função, tenho sentido que a minha equipa trabalha muito bem, o que me deixa particularmente satisfeita. Estou habituada a superar desafios e este é um desafio aliciante que também quero vencer. P - Afirmou numa entrevista a outro meio que “antes da realização da primeira Gala do Desporto (*) não tinha ideia de que existia tanto talento em Braga”. Considera que esses talentos são mobilizadores dos bracarenses para a prática desportiva? R - O Município de Braga reconhece ao Desporto um fator de elevada importância em vários parâmetros da sociedade atual. Neste sentido organizamos anualmente a Gala do Desporto de Braga, premiando desta forma todos aqueles que, em prol de uma modalidade, de um clube, de uma cidade e inclusive do próprio país, alcançaram resultados de elevado mérito desportivo. É a forma de dizermos “obrigada” àqueles que levam bem longe o nome da nossa cidade. Por outro lado, ao premiarmos o talento dos nossos atletas, estamos a mobilizar a juventude bracarense para a prática desportiva. P - Braga tem sido palco de muitos acontecimentos desportivos. Foi recentemente eleita Cidade Europeia do Desporto em 2018, e vai organizar a XIII edição dos Jogos do Eixo Atlântico em 2019. Estas nomeações, para além de constituírem um orgulho, espelham uma política desportiva municipal de incentivo à prática desportiva junto de toda a população? R - Sem dúvida que sim. O processo de candidatura de Braga a Cidade Europeia do Desporto 2018 foi extremamente moroso, trabalhoso e burocrático, pelo que a atribuição deste título a Braga foi um momento de extrema felicidade. Este sonho possuiu sustentação no trabalho diário em prol do des-

16

porto, com a dinamização e alavancagem de novas políticas desportivas municipais, o incremento dos apoios ao associativismo desportivo, a criação de novos programas desportivos municipais, a promoção do “desporto para todos”, a conquista e dinamização de eventos desportivos de grande magnitude, o convite persistente para o aumento de número de bracarenses ativos. São políticas que nos deixaram extremamente confiantes para o resultado desta candidatura, pretendendo tornar Braga como exemplo ao nível do fenómeno desportivo. O facto de Braga ser Cidade Europeia do Desporto em 2018 e realizar em 2019 os XIII Jogos do Eixo Atlântico, vem premiar todo o trabalho efetuado pelo movimento associativo e por este executivo municipal em prol do desporto. P - Como se sente enquanto Vereadora da cidade com maior qualidade de vida de Portugal e a terceira da Europa? R - No que toca ao bem-estar da população, penso que temos dado passos importantes, que muito se tem feito no que diz respeito à promoção de hábitos de vida saudáveis e do bem-estar das pessoas em geral. E quando falamos em bem-estar, não nos referimos somente ao incentivo à prática desportiva, mas também a iniciativas de prevenção na área da saúde dirigidas às várias faixas etárias da população e nas mais diversas áreas. Além disso, bem-estar também ao nível do conforto, da qualidade de vida de todos. O acesso a momentos de lazer, para além dos dias de trabalho, também em muito contribui para o bem-estar e felicidade dos cidadãos. E, quanto a isso, o município tem feito um esforço para proporcionar a todos momentos e condições de vida melhores, que permitam um aumento da qualidade vida e consequentemente da felicidade de todos. Sinto-me orgulhosa pelo trabalho desenvolvido por este executivo municipal. P - O Município de Braga e a EPB mantêm uma estreita parceria a vários níveis, tais como a cedência de espaços mútuos, a colaboração dos núcleos de competências/serviços de apoio da EPB em diversas iniciativas promovidas pelo Município, entre outros. Como classifica esta cooperação? R - Excelente. São ambas instituições que, apesar de desempenharem papeis aparentemente distintos, em muitos pontos procuram realizar objetivos comuns, que dizem respeito ao bem-estar e relação com a população bracarense. Ambas procuram envolver a cidade e contribuir para o bem-estar de todos. Daí também a excelente relação nos projetos comuns, e naqueles em que de alguma forma uma entidade pode colaborar e apoiar a outra. A EPB tem sido um parceiro muito importante do Município. E o Município muito agradece todos os contributos que a EPB tem dado para o crescimento da cidade. (*) A Gala do Desporto é um evento anual, organizado pelo Município de Braga desde 2014. Pretende homenagear todos aqueles que, durante a época desportiva em curso, alcançaram resultados de inegável mérito desportivo, galardoando atletas, dirigentes, treinadores, árbitros, assim como o melhor evento desportivo do concelho.


17


Fora de portas

Concurso A melhor PAP Das centenas de alunos finalistas das escolas do Grupo Rumos Escola Profitecla, Escola Digital, EPB e Escola Ruiz Costa, foram selecionadas as 16 melhores Provas de Aptidão Profissional. Estes finalistas de diversos cursos profissionais, provenientes de todo o país, apresentaram os seus projetos a um júri e 4 vencedores receberam um prémio de 1000€. As alunas da EPB, Ana Rita Cunha e Daniela Fernandes, com os projetos “Atualiza-te! A Doença Celíaca existe” e “Imagem e Comunicação da Betweien”, respetivamente, foram duas das vencedoras do 1.º prémio.

EPB na TV Na sequência da rubrica “Concluir o Curso 20 Anos Depois”, publicada na epb Revista n.º 9 em junho de 2016, o programa “Grandes Manhãs” do Porto Canal convidou a antiga aluna Cláudia Rodrigues, que terminou o Curso de Comunicação depois de o ter abandonado em 1998. O mesmo tema foi alvo de uma reportagem de Hélder Reis da RTP1 nas instalações da EPB e de uma entrevista à mesma aluna no programa “A Praça”.

Challenges

Entrevista ao Dr. Oliveira, Diretor Pedagógico

Jasmin A 4 de fevereiro, a Primavera BSS abriu as portas a 30 pessoas de faixas etárias e áreas distintas para participarem no Laboratório Jasmin, que consiste na realização de testes de produto. 10 alunas, finalistas dos Cursos Técnicos de Comércio e de Contabilidade, encarnaram o papel de “cientista PRIMAVERA” e efetuaram um balanço extremamente positivo desta experiência. Esta participação foi intermediada pela prof.ª Cristina Lima.

18

Promover um ambiente de ensino e aprendizagem favorável é uma preocupação constante dos professores e formadores da EPB. Assim, as professoras Helen Fernandes e Liliana Esteves desenvolveram uma plataforma digital multidisciplinar com recursos educativos (http:// epbianos.wixsite.com/vamosaprender) que pretende dar resposta a algumas das necessidades do processo de ensino/aprendizagem no âmbito do ensino profissional modular. As professoras apresentaram o projeto “Nível seguinte, é a tua vez: o uso de smartphones e plataformas digitais educativas para otimizar a aprendizagem autónoma”, na X Conferência Internacional de TIC na Educação, Challenges 2017: Aprender nas nuvens, no dia 10 de maio de 2017, na Universidade do Minho.


iniciativas | EPB em festa

27.º Aniversário da EPB A EPB esteve de parabéns a 29 de setembro e, como é hábito, brindou a comunidade escolar com um mega bolo de aniversário, seguido da Cerimónia de Entrega de Prémios de Mérito e Menções Honrosas, Eleição da Melhor Prova de Aptidão Profissional de cada curso do ciclo de formação trienal 2013/2016 e Entrega dos Diplomas. Esta comemoração, que já vai na sua décima segunda edição, contou com a presença da Dra. Rita Cadillon, representante da Bosch Car Multimédia Portugal S.A., que apadrinha o Curso Técnico de Eletrónica, Automação e Comando e atribui um prémio pecuniário ao melhor aluno de cada ano do curso. Os prémios atribuídos aos melhores alunos dos restantes cursos e as menções honrosas, pelo bom desempenho e conduta demonstrados ao longo do ano letivo, foram patrocinados pela Associação Mais EPB - Associação de Cooperação e Desenvolvimento, que tem por fim o desenvolvimento integral dos seus membros através da formação educativa, desportiva, cultural e recreativa. Pela primeira vez, foram destacadas, com um prémio pecuniário, as Melhores Provas de Aptidão Profissional de cada curso do ciclo de formação trienal 2013/2016.

Festa de Natal

25 mini-Reis 25 crianças da Associação Maconde vieram à EPB cantar os Reis e foram aplaudidos por centenas de alunos, professores e colaboradores. E cantaram-se os parabéns ao Adelino, filho da nossa colaboradora Manuela Oliveira.

A comunidade escolar da EPB celebrou o Natal no dia 13 de dezembro. Música, dança, teatro, magia e algumas surpresas promoveram a boa disposição e o convívio entre alunos, professores e pessoal não docente, no auditório do Parque de Exposições de Braga. A organização esteve a cargo das alunas finalistas do Curso Técnico de Comércio, Inês Fernandes e Marta Costa, como projeto final de curso.

Dia do Mágico Comemorou-se, em 31 de janeiro, o Dia Mundial do Mágico, uma forma de homenagear o São João Bosco, padroeiro dos mágicos, falecido em 31 de janeiro de 1888 e canonizado pelo Papa Pio XI, em Itália, no ano de 1934. Neste sentido, o mágico Leandro Faria, aluno de GPSI15, espalhou ilusões pelas salas e bar da escola. No auditório, decorreu a visualização do filme “Mestres de Ilusão”.

Chegou o fim

Decorreram 3 anos e já "chegou o fim"... Para Cláudia Malheiro, aluna finalista do Curso Técnico de Comércio, foi impreterível marcar esse momento com uma Festa de Finalistas, que se realizou no dia 5 de maio, no Palace Club.

19


iniciativaS | EPB Solidária

Erradicação da Pobreza Sensível a causas justas e consciente de que a realização de atividades solidárias contribui para o desenvolvimento duma consciência social, ética, de cidadania e de saber ser, a EPB acedeu, pelo 9.º ano consecutivo, ao convite da OIKOS - Cooperação e Desenvolvimento, para assinalar o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza. No dia 17 de outubro, esteve patente uma exposição de fotografias alusiva aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. As turmas foram convidadas a dirigir-se ao auditório para a visualização do documentário “Frango à la Carte”, de Ferdinand Dimadura, e para a leitura do Manifesto contra a pobreza, produzido pela Oikos, seguido de um minuto de silêncio, como expressão de solidariedade numa atitude simbólica e interventiva. Esta iniciativa esteve a cargo do 2.º ano do Curso Técnico de Secretariado.

Dádiva de Sangue e Medula Óssea

Direitos da Criança Em 1959, a Organização das Nações Unidas escreveu e aprovou a Declaração dos Direitos da Criança, reconhecendo que a criança, para o desenvolvimento harmonioso da sua personalidade, deve crescer num ambiente familiar, em clima de felicidade, amor e compreensão. Assim, e de acordo com a mesma, importa preparar plenamente a criança para viver uma vida individual na sociedade e ser educada no espírito dos ideais proclamados na Carta das Nações Unidas e, em particular, num espírito de paz, dignidade, tolerância, liberdade e solidariedade. Por esta razão, no dia 20 de novembro, a turma do 2.º ano de Multimédia associou-se à iniciativa, que incide sobre o facto de a situação das crianças permanecer crítica em muitas partes do mundo, como resultado de condições sociais inadequadas, conflitos armados, analfabetismo, fome, calamidades naturais, exploração, etc., esperando que, um dia, todas as crianças tenham as mesmas oportunidades, quer a nível pessoal, quer a nível profissional. Assim sendo, e para que não nos esqueçamos de refletir sobre os vários artigos, sugeriu-se, a todos os professores, a leitura do poema de Matilde Rosa Araújo, “Os Direitos da Criança”.

Em novembro de 2016 e março de 2017, Daniela Oliveira, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, promoveu duas dádivas de Sangue e Medula Óssea abertas a toda a comunidade epbiana e público em geral. A aluna, em parceria com o Instituto Português do Sangue, pretendeu incentivar a comunidade epbiana e a população em geral sobre a importância de doar sangue e aumentar o número de dadores de Sangue e Medula Óssea na sociedade. Como resultado, verificaram-se no total das duas dádivas, 106 inscritos, 79 colheitas de sangue e 5 dádivas de medula óssea.

Paralisia Cerebral - Uma realidade a conhecer Ana Lima, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, promoveu a recolha de “Tampinhas”, com o objetivo de contribuir para a compra de produtos de apoio para a Residência da Associação do Porto de Paralisia Cerebral. Foram angariados 37,2 kg de tampinhas. Nunca uma tampinha foi tão importante!

20


iniciativaS | EPB Solidária

Violência Doméstica Ana Margarida Araújo Pinto, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, exibiu um filme sobre Violência Doméstica, em 21 de novembro, no auditório da EPB, com o intuito de sensibilizar a comunidade escolar para esta realidade. A aluna promoveu, dois dias depois, uma palestra sobre o Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres. A aluna proporcionou ainda aulas de Defesa Pessoal aos alunos da EPB, nos dias 23 e 25 de janeiro. Como convidado para ministrar as aulas esteve presente o prof. Vicente Quintas, treinador de desporto nível III. A aluna quis dar a conhecer as diferentes técnicas para que, numa situação de violência, nos consigamos defender.

Tenho-te, mas não te demonstro! Catarina Rodrigues, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, realizou várias iniciativas para angariar fundos a favor da Leonor, uma criança de 2 anos a quem foi diagnosticado um neuroblastoma infantil e que necessita de fazer um tratamento, que só existe nos EUA e que acarreta despesas elevadíssimas. A angariação de fundos ocorreu no Centro Comercial Bragaparque e através de uma caminhada solidária na Avenida Central. A família da Leonor recebeu um cheque no valor de 1 965€.

O Voluntariado Tânia Castro, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, conseguiu a angariação de 45 alunos voluntários para a Ação Nacional de Recolha de Alimentos da Missão Continente, que decorreu, em outubro, nos supermercados Continente de Frossos, Nova Arcada e Minho Center. E ainda 50 voluntários epbianos para o embrulho de presentes nos Continente do Minho Center e do Nova Arcada, entre novembro e dezembro de 2016. Estas atividades realizaram-se em parceria com a Cruz Vermelha Portuguesa e tiveram como principal objetivo promover o espírito de voluntariado na comunidade escolar.

Alunos abraçam Idosos As turmas do 1.º e 2.º anos do Curso Técnico de Auxiliar de Saúde abraçaram, em dezembro, os idosos do Lar de Santo Adrião e os do Lar de Nossa Senhora das Graças. Os alunos proporcionaram-lhes um Natal especial, passando com eles uma tarde de Natal onde se cantaram músicas de Natal e a poesia natalícia prevaleceu, bem como momentos de diversão promovidos pelos alunos José Diogo, Jorge Coelho e Marco Sousa nas concertinas, e na oferta de um lanche confecionado pelos alunos.

21


iniciativas | EPB SOLIDÁRIA

Natal no Hospital de Braga Pelo 2.º ano consecutivo, a EPB acedeu ao convite do Hospital de Braga para integrar a programação festiva que assinala a época natalícia e animar todos aqueles que se dirigem ao Hospital, sejam utentes, visitas ou profissionais de saúde. Encheram-nos de orgulho os seis alunos que promoveram um momento de boa disposição e até levaram alguns visitantes a dar um passo de dança: José Diogo Rodrigues do 3.º ano Construção Civil, Henrique Galhardo do 3.º ano Eletrónica, Jorge Coelho e Marco Sousa do 3.º ano Frio e Climatização, Cristiano Abreu e Cristian Dias do 1.º ano de Mecatrónica Automóvel.

Este mundo não é para velhos! Joana Pereira, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, espalhou a Magia dos Reis pelos nossos Sábios, no Centro Social de São Lázaro, e no Lar Irmandade Santa Cruz. O objetivo central consistiu em mostrar aos idosos o quanto eles são importantes para a nossa sociedade e dar-lhes um dia diferente, juntamente com amor, carinho e animação. “Quem não respeita o idoso, acredita que não terá um futuro.” (Blog do Eliomar)

Dia de Ação de Graças A turma do 1.º ano do Curso de Técnico de Comércio organizou uma campanha de recolha de alimentos na escola, no âmbito da celebração do Dia de Ação de Graças. Em simultâneo, conceberam uma ação solidária de recolha de bens de primeira necessidade (alimentos, produtos de higiene pessoal, etc.) em articulação com a Cruz Vermelha, no Minho Center, nos dias 25, 26 e 27 de novembro. O resultado do esforço dos alunos e respetivos professores foi surpreendente: 60 caixas com produtos alimentares e de higiene que foram encaminhadas pela delegação de Braga da Cruz Vermelha para os mais necessitados.

22


iniciativaS | EPB Solidária

Talentos Diferentes, Oportunidades Iguais Rita Lima, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, realizou uma palestra sob o tema Trissomia 21, em 11 de janeiro. O evento teve como objetivo demonstrar à população epbiana que os portadores desta doença têm a capacidade de chegar ao topo, tal como qualquer pessoa, mas o que conta é a vontade de querer ser melhor. A palestra foi ministrada por diferentes oradores: Dra. Sara Sampaio, psicomotricista, em representação da Associação “Amar21”, Dr. Pedro Coutinho, médico, aprofundou a informação sobre esta patologia, e António Silva deu o seu testemunho na qualidade de pai de uma menina com esta patologia.

Recolha de Sutiãs Ana Marques, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, promoveu, entre fevereiro e março, uma recolha de sutiãs usados nas escolas de Braga e de Vila Nova de Famalicão, com o objetivo de sensibilizar a população para o Dia Mundial da Prevenção do Cancro da Mama, que se comemora a 30 de março.

Teatro de Fantoches Em 10 de fevereiro, as crianças do infantário de Lamas assistiram a uma peça de teatro organizada por Liliana Faria e Patrícia Moreira, finalistas do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, no âmbito das suas Provas de Aptidão Profissionais. “Diabetes, o lado mau do doce” e “Vida com sentido(s)”, respetivamente, foram os temas tratados. Com esta parceria, as alunas tiveram como objetivo comum explicar e sensibilizar a importância de alguns hábitos que afetarão o crescimento saudável das crianças, tentando chegar aos mais pequenos com mensagens de prevenção da doença (nomeadamente a diabetes, entre outras) e de promoção de uma boa saúde.

Alzheimer, da vida ao vazio Ana Rita Carneiro, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, convidou a comunidade bracarense para uma caminhada solidária, cujo principal objetivo consistiu na angariação de fundos a reverter para a Delegação Norte da Alzheimer Portugal. O valor ascendeu a 435 €.

23


iniciativas | EPB EM FORMA

Corta-Mato Distrital

Dos 91 participantes do VIII Corta-Mato da EPB, que decorreu no dia 30 de novembro, no Estádio 1.º de maio e zonas circundantes, foram apurados individualmente os 6 primeiros classificados de cada escalão/género para representar a EPB no Corta-Mato Distrital, no Parque da Cidade (Creixomil), em Guimarães. O VIII Corta-Mato da EPB enquadra-se no plano anual de atividades da escola, associado ao projeto “Educação para uma Vida Saudável”, através do Desporto, promovido pelos docentes do Grupo Curricular de Ciências Humanas e Sociais, Hugo Oliveira e Marta Fernandes. Os alunos competiram nos escalões de juvenis e juniores em ambos os gêneros. Esta atividade desportiva assenta nos seguintes objetivos: - Despertar o gosto pela prática desportiva no meio escolar; - Promover nos alunos hábitos de vida ativa e saudável; - Incentivar o interesse pela prática do atletismo; - Prevenir doenças inerentes à inatividade física; - Melhorar e promover a socialização e criar um intercâmbio de experiências em contexto desportivo; - Dinamizar a atividade física e desportiva da EPB.

Vencedores Juniores (Feminino) 1.º Vera Martins - CTB14 2.º Cláudia Passos - SEC16 3.º Márcia Vieira - COM15

Juniores (Masculino) 1.º Ricardo Soares - DG16 2.º Filipe Lopes - CTB16 3.º Pedro Martins - Mimecaut15

Juvenis (Feminino) 1.º Fátima Ferreira - AS16 2.º Luzia Ribeiro - SEC16 3.º Adriana Dias - AS16

Juvenis (Masculino) 1.º Hugo Oliveira - MEC15 2.º Nuno Martins - COM16 3.º Ricardo Rocha - COM16

Leucemia: A Doença Branca Daniela Oliveira, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, realizou em 20 de janeiro, uma palestra ministrada pela Prof.ª Dra. Isabel Barbosa, da Associação Portuguesa de Linfomas e Leucemia, e Mariana Oliveira, que deu o seu testemunho real.

24

Semana dos Sentidos A EPB zelou pelos sentidos dos alunos, realizando a “Semana dos Sentidos”. A 9 de novembro, a aluna Patrícia Moreira, finalista do Curso Auxiliar de Saúde, proporcionou gratuitamente aos alunos a oportunidade de avaliarem a sua visão através de rastreios. A audição também foi contemplada e, por isso, no dia 11, houve igualmente rastreios para a audição. Estas iniciativas foram realizadas em parceria com a Opticália e a Gaes, respetivamente. Nos restantes dias da semana, decorreram outras atividades com os alunos no átrio da escola, durante os intervalos, onde foram testados o paladar, o tato e o olfato.


iniciativaS | EPB EM FORMA

Saber para crescer saudável Os alunos Sara Ferreira e Gil Mendes, finalistas do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, realizaram a avaliação do Índice de Massa Corporal da comunidade escolar, tendo como principal objetivo a prevenção da doença e a promoção da saúde. A Sara Raquel desenvolveu, num dia distinto, a leitura de uma história “A menina que não gostava de fruta” e, de seguida, junto com os mais pequenos (3 a 5 anos) do Jardim de Infância de Gualtar, colocou os alimentos na roda dos alimentos. A mesma já estava desenhada e pintada, processo realizado pela aluna, e os mais pequenos tinham de colar com velcro um alimento na roda. De acordo com a história, a aluna ofereceu-lhes um desenho para colorirem com várias frutas.

Dia da Alimentação Sara Ferreira, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, juntouse às nutricionistas do Hospital de Braga para a distribuição de lanches saudáveis, no dia 14 de outubro. No dia 17, foi servido um almoço saudável na cantina da escola e a aluna realizou, igualmente, questionários aos alunos de forma a conseguir perceber os seus hábitos alimentares. Esta iniciativa teve como principal objetivo alertar os jovens para uma boa prática alimentar.

A Importância dos Primeiros socorros AVC em debate A 9 de janeiro, Cláudia Pereira, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, convidou a Dra. Carla Ferreira, da Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral, para uma palestra que teve como objetivo central sensibilizar a comunidade escolar para esta patologia.

Bruna Ferreira, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, convidou o Dr. Miguel Guimarães, da Associação Cruz Vermelha Portuguesa, para uma palestra, a 23 de janeiro. No dia seguinte, o Dr. Luís Pacheco, da Associação Gesto Certo, ministrou um workshop de Suporte Básico de Vida e Desfibrilhador Automático Externo aos alunos das turmas do 2.º e 3.º anos do Curso de Auxiliar de Saúde e alguns professores.

Troca o medo pela coragem Cuidados Paliativos Através da visualização do filme “Now is good”, a 1 de fevereiro, no auditório EPB, Cátia Ribeiro, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, visou sensibilizar os alunos sobre o que vivem e sentem as pessoas que necessitam de Cuidados Paliativos, bem como os familiares.

Previne-te contra o Cancro! Ana Marques, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, organizou, em fevereiro de 2017, uma atividade sobre o Dia Internacional da Criança com Cancro. Esta atividade consiste em sensibilizar a comunidade epbiana para o facto de que o Cancro também afeta as crianças e, deste modo, cada aluno fez o desenho do formato das suas mãos numa folha, para depois se construir um laço gigante contra o Cancro nas crianças, apresentado no átrio da escola, a 15 de fevereiro..

25


iniciativas | EPB EM FORMA

Viver com Esclerose Múltipla No dia 6 de fevereiro, Ana Cristina Ferreira, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, lançou um website relacionado com a Esclerose Múltipla no sentido de divulgar esta patologia, ainda hoje “tabu” para a maior parte da população. Ainda no mesmo mês, procedeu à angariação de fundos para a TEM - Associação Todos com a Esclerose Múltipla, tendo, para o efeito, concebido porta-chaves, destinados à venda pela cidade de Braga. O valor angariado foi encaminhado para a 2.ª fase do Centro Multidisciplinar para doenças Neurodegenerativas, em particular a Esclerose Múltipla.

Terapias Alternativas Em fevereiro, Carla Peixoto, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, organizou, no ginásio da escola, workshops de Pilates, Yoga, Shiatsu, Reiki, Body Balance e Acupuntura, dinamizados por Prof.ª Cláudia Ferreira, Prof.ª Bárbara Couto, Prof. Pedro Ferreira (Instituto de Medicina Tradicional), Prof.ª Eugénia Carvalho e Prof.ª Isabel Silva (Associação Portuguesa de Reiki), Prof.ª Tânia Pereira e Dr. André Pinto (Clínica Acupuntura Médica).

Semana Anti-Bullying Esta semana, que ocorreu em fevereiro, ficou a cargo de Ana Isabel Mendes, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, que contou com o apoio do seu curso, do Departamento de Intervenção Psicoeducativa e do Grupo Curricular de Ciências Humanas e Sociais. Ocorreram diversas atividades: mural de mensagens escritas por alunos, professores, funcionários, encarregados de educação; atuação do Teatro Tin.Bra com a encenação de uma peça de teatro sobre a temática; árvore da vida “florida” com frases; ação ministrada pelo Dr. Paulo Costa, da Associação Anti-Bullying com Crianças/Jovens (AABCJ) com o testemunho de uma vítima; representação de um teatro de sombras, pela Malad´arte; decoração da EPB com frases Anti-Bullying.

26

Masstraining de SBV No dia 8 de março, realizou-se uma Ação de Masstraining de SBV (Suporte Básico de Vida), na Escola Profissional de Braga, com 2 horas de duração ministrada pelo INEM. Esta ação foi destinada aos alunos do 1.º ano do Curso Técnico de Auxiliar de Saúde.


iniciativas | EPB ECOLÓGICA

Escola Electrão A EPB deu o seu contributo ambiental ao participar na 5.ª edição da Escola Eletrão com a angariação de 400kg de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE) e Resíduos de Pilhas e Acumuladores (RPA).

O principal objetivo deste projeto, implementado pela prof.ª Rosa Martins, consistiu em sensibilizar e envolver a comunidade educativa no esforço global do encaminhamento adequado dos REEE e RPA.

Florestar Braga A EPB aderiu à iniciativa do Município de Braga, “Florestar Braga”, em 23 de novembro. A turma do 2.º ano do Curso Técnico de Secretariado plantou 30 árvores, nas margens do troço do rio Este adotado pela escola, contando com a colaboração do Sr. Vereador Altino Bessa e orientação de colaboradores da Divisão do Ambiente do Município de Braga.

Limpeza do rio Este Alunos procederam à limpeza do troço do rio Este adotado pela EPB desde o Campo do Maximinense até à Bosch.

TREE PLANTING DAY A EPB e o Agrupamento de escolas André Soares foram desafiados, pelo Município de Braga, a plantar 21 árvores, junto dos troços do rio Este que as duas escolas adotaram, perto do Campo de Futebol do Maximinense. Trata-se de uma iniciativa global, designada ENO Tree Planting Day, que teve lugar a 21 de setembro, Dia Internacional da Paz em todo o Mundo, data adotada pela organização do ENO – Environment Online, uma rede de desenvolvimento sustentável que no RIO+20 foi reconhecido pela campanha 100 MILHÕES DE ÁRVORES. O Programa ENO existe há 16 anos e conta com 150 países participantes que, no seu total, conseguiram plantar 20 milhões de árvores em todo o mundo.

27


iniciativaS | Epb cultural

Halloween O Grupo de Inglês celebrou o Halloween para marcar a tradição anglo-saxónica e envolver os alunos de toda a escola, numa atividade de natureza pedagógica e criativa. O ambiente da escola esteve mergulhado no misticismo e exuberância que carateriza o Dia das Bruxas, marcado pelo momento mais alto: “Pumpkin´s Contest” (Concurso das Abóboras). Neste concurso, foram propostos à prova os talentos artísticos dos

alunos, que trabalharam em equipa por turma/curso, sendo premiados os melhores trabalhos em originalidade, criatividade e inovação. São eles:

São Valentim

The Leprechaun is back!

Depois da reafirmação dos princípios declarados na Carta Universal dos Direitos Humanos da ONU através da exposição simbólica de “tsurus” (ave sagrada do Japão, símbolo de longevidade, fortuna e paz), chegou o momento de a comunidade epbiana celebrar o amor, acrescentando aos valores da Humanidade e Paz, o AMOR.

1.º lugar 2.º ano Mecatrónica; 2.º lugar 3.º ano Mecatrónica Automóvel; 3.º lugar 3.º ano Contabilidade

A 17 de março, celebrou-se St. Patrick’s Day, coloquialmente St. Paddy’s Day, ou simplesmente Paddy’. E o duende chegou à EPB para prová-lo. Atualmente, o St. Patrick’s Day não é só comemorado na Irlanda. Podemos assistir a festejos nos Estados Unidos, Canadá e Austrália, e até no Japão, Singapura, Rússia, Argentina e em algumas cidades do Brasil. Em toda a parte, as pessoas dançam, cantam e bebem “green beer” (cerveja verde) nos Irish Pubs, just having a good time and enjoying themselves! Até mesmo Portugal reforça os seus laços políticos, sociais e culturais com o povo irlandês, promovendo o St. Patrick’s Festival em Lisboa.

José Milhazes Recebemos, na EPB, José Milhazes para uma conversa a pretexto do lançamento do seu livro “As Minhas Aventuras no País dos Sovietes”. Partilhou, com uma plateia atenta e fascinada, o seu percurso de quase 40 anos na URSS e Rússia. Recordou a infância, a juventude e explicou como um filho de pescadores da Póvoa de Varzim foi estudar para a URSS. O sonho de mudar o mundo levou-o “ao paraíso terrestre”, vivendo com “fé” e depois sem ela na União Soviética comunista. Foi uma aula de história com uma testemunha privilegiada de muitos acontecimentos históricos do século XX. A sua “voz fanhosa e com sotaque do norte” tornou-o num dos mais reconhecidos jornalistas portugueses.

28


iniciativaS | Epb cultural De 24 a 28 de abril, decorreu a Semana Cultural da EPB, repleta de atividades dinamizadas por alunos e parceiros da EPB, que contribuem para o enriquecimento cultural e a saúde e bem-estar da comunidade escolar. Este ano, o certame foi organizado pelas alunas Ângela Gomes e Cátia Fernandes, finalistas do Curso Técnico de Comércio, que decidiram abraçar este projeto a título de componente prática da sua Prova de Aptidão Profissional.

O primeiro dia acolheu o Ciclo de Cinema, e duas iniciativas organizadas pela aluna Bruna Araújo, finalista do Curso Técnico de Comércio: uma tertúlia sobre a importância da atividade desportiva na economia da cidade de Braga e uma exposição fotográfica. Seguiu-se o já mítico torneio de futebol masculino no Campo das Camélias, sob a responsabilidade de Tânia Lopes, finalista do Curso Técnico Auxiliar de Saúde.

O dia 26 foi dedicado à VII Caminhada pela Saúde e Bem-estar para convívio e incentivo a estilos de vida saudáveis, que contemplam ainda atividades de zumba e torneio da malha. Tânia Lopes e Carla Peixoto, finalistas do Curso Técnico Auxiliar de Saúde, foram responsáveis pela atividade, patrocinada pelo Minimercado das Camélias e pela Associação Mais EPB.

A final do torneio de futebol masculino e o torneio feminino ocorreram no dia 27 de abril.

No dia seguinte, workshops de zumba, afro-house, kick-box e kizomba, e ainda um espetáculo de dança promovidos por Tânia Lopes, assinalaram o Dia Mundial da Dança (a comemorar-se no dia 29 de abril). Em simultâneo, decorreu o ciclo de cinema, o torneio de sueca e a atuação musical do aluno Diogo Brandão, aluno do Curso Técnico de Multimédia.

Jornal Digital

Rádio EPB

Três alunos do 2.º ano do Curso Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos – Ana Ferreira, Leandro Faria, Mariana Oliveira - juntaram-se para dar corpo ao Jornal EPB, um site de notícias e entretenimento da Escola Profissional de Braga. Os alunos, orientados pelo professor António Araújo, participaram na 4.ª edição do Concurso SiteStar.pt 4 e obtiveram o 1.° prémio da sua categoria “Notícias na Escola” no valor de 500€.

Depois de um período de desativação, este projeto, que tem por finalidade o planeamento, transmissão e produção de programas, visando apoiar as iniciativas escolares nas áreas culturais, científicas, pedagógicas e lúdicas, foi retomado por dois alunos do 1.º ano de Design Gráfico, Anastasiya e José Cruz. A provedora da rádio é a psicóloga, Dra. Ângela Pereira.

29


iniciativaS | Epb cultural

A EPB pelos Direitos Humanos

Amnistia Internacional encontra-se com os alunos da EPB

Por mais um ano consecutivo, a EPB, através da articulação colaborativa dos Grupos Curriculares de Línguas, Ciências Humanas e Sociais e Ciências Exatas lançou mão a um conjunto de iniciativas para reafirmar os princípios e valores declarados na Carta Universal dos Direitos Humanos, marcada mundialmente no dia 10 de dezembro.

Esta missão, que uniu forças das turmas dos vários cursos ministrados na EPB, desenhou-se com diversas ações, em que o mote foi dado pela representação da Amnistia Internacional e dos Direitos Humanos, numa palestra liderada pelos seus representantes, Rita Nery como voluntária e Dr. Hugo Lopes.

“Cartas ao Futuro”, dramatização (O)Brigada pelos Direitos e tsurus à solta Numa atitude de intervenção crítica, as ações procuraram promover a tolerância, o respeito e a liberdade entre os Homens. Os alunos da EPB desenvolveram sob o olhar atento e de mãos dadas com os seus professores, particularmente nas disciplinas da componente sociocultural, uma atividade de escrita criativa intitulada “Cartas ao Futuro”, tendo sido expostas sob a forma de bandeiras brancas em “praça pública”, ou seja, nos espaços comuns de convívio na escola. No sentido de intensificar as mensagens, a disciplina de matemática fez contas, calculou áreas e os alunos executaram, magicamente, em simples e pálido papel, tsurus, que representam a ave sagrada do Japão, símbolo de longevidade, fortuna e paz. As aves sagradas permaneceram junto às cartas, tornando o espaço aberto do interior da escola numa paisagem de união humanitária, às quais se foram juntando, em bandos de cor, outros origamis concebidos na disciplina de inglês - Shamrock, trevo da sorte.

ÉS Cultura pelos Direitos “Humanus” Coube ao 3.º ano do Curso de Construção Civil, apoiado pelo Curso de Manutenção Industrial e Mecatrónica Automóvel, o desafio de criarem um projeto visível e interventivo, que reunisse os princípios e valores consagrados na Declaração Universal dos Direitos Humanos, no intuito de chamar a atenção dos cidadãos e comunidade escolar para a importância do conhecimento e defesa dos direitos humanos. Afincadamente, conceberam e criaram um projeto, orientado pelo Arquiteto Jorge Franqueira e Engenheiro Rafael Nunes, designado por “ÉSCultura pelos Direitos Humanus”, composto por dois elementos que se encontram sustentados por moldes estruturais na fundação de edifícios, tendo sido exposto no Centro Comercial Nova Arcada, em Palmeira, de 16 a 22 de janeiro. O projeto objetivou a representação interventiva e criativa na educação para os valores de cidadania, tolerância e liberdade: um elemento escultural ergue a esfera armilar - revestida a arame queimado e representa a esfera celeste, ou a configuração do planeta terra, criando uma relação de sentido com a orientação da Vida, na prossecução dos Direitos Humanos que visam garantir a paz no mundo. O outro, inspirado no logótipo universal dos Direitos Humanos, aprovado em setembro de 2016, representa uma mão aberta que partilha a forma com uma pomba a esvoaçar. Estes elementos simbólicos encontram ainda mais poder nas palavras albergadas numa das esculturas. A base de uma das cofragens, revestida de ladrilhos, aflora a unidade dentro da diversidade pela defesa dos Direitos Universais do Homem, como valores inabaláveis e a priorizar na educação e formação dos alunos da EPB.

30


iniciativaS | EPB EM VIAGEM

Diversas entidades parceiras acolhem, anualmente, os alunos em visitas de estudo. Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia

Museu dos Biscainhos

Idrone Experience Fundação Eça de Queirós

Eticadata

Primavera BSS

Cine-Teatro Garrett

31


INICIATIVAS | EPB CIENTÍFICA

Jogos Romanos de Tabuleiro Pelo terceiro ano consecutivo, a EPB participou no CENTURIUM® Torneio Nacional de Jogos Romanos de Tabuleiro e colaborou na arbitragem com 11 alunos finalistas do Curso Técnico de Mecatrónica Automóvel. O Rafael Oliveira, aluno finalista do Curso Técnico de Mecatrónica Automóvel, arrecadou o 2.º lugar do Jogo Tábula.

Imagem da Matemática O concurso “A Imagem da Matemática” contou com a participação de 85 alunos, com um total de 118 projetos. À semelhança dos anos anteriores, a votação incidiu sobre 10 projetos previamente selecionados. Todos os elementos da comunidade escolar foram convidados a participar na votação.

2.º lugar “Um único problema consegue ter várias soluções!“ Pedro Martins 2.º Multimédia

1.º lugar “Perdem-se nos números alguns Outros, nos cálculos a fazer, Elaboram-se fórmulas apertadas Isto é, Matemática a desenvolver.” Leandro Faria 2.º GPSI

32

3.º lugar “A água lançada é como uma parábola desenhada, Tem de ser calculada para ser projetada.” Marta Santos 3.º GPSI


iniciativas | EPB ORIENTA

EPB em Roadshow Os dias 2 e 3 de junho foram dedicados a uma viagem de tuk-tuk por escolas e vias públicas da cidade de Braga. Durante o Road-Show, os jovens foram convidados a tirar fotos junto do nosso peculiar meio de transporte.

Feiras das Profissões Uma outra vertente foi a orientação vocacional dos alunos que terminam o 9.º ano, tendo a EPB sido convidada a apresentar a sua oferta formativa em várias escolas e agrupamentos.

EB 2, 3 Professor Gonçalo Sampaio EB 2, 3 Arqueólogo Mário Cardoso EB 2,3 Cabreiros EB 2,3 Celeirós EB 2, 3 Prado EB 2, 3 Mosteiro e Cávado EB 2, 3 Dr. Francisco Sanches EB 2, 3 André Soares

33


EM REDE

Projeto “Make it Possible” Pela segunda vez, a EPB integra o projeto Make It Possible (MIP), desenvolvido ao longo de 6 semanas (30 janeiro/10 março), numa parceria com a AIESEC, a maior organização mundial gerida por jovens. As 7 turmas participantes, 2.º Auxiliar de Saúde, 1.º e 2.º Comércio, 1.º Design Gráfico, 1.º Eletrónica, 1.º e 2.º Secretariado, foram orientadas pelo estudante universitário Marwan Abdou, do Egito, para a criação e desenvolvimento de projetos tendo por base os Objetivos de

Desenvolvimento Sustentáveis da ONU. Através destes projetos, os alunos identificaram problemas na sua comunidade e foram desafiados a perceber qual o seu papel para os resolver.

Visitantes Internacionais

A EPB abriu as portas a 70 membros de direção, professores e alunos oriundos da Croácia, Polónia e Turquia, ao abrigo da parceria com a Bragamob. Os visitantes tiveram a oportunidade de visitar as nossas instalações, contactar com as nossas práticas pedagógicas e conhecer o funcionamento do ensino profissional em Portugal.

Estágios Transnacionais Ao longo de vários anos, cerca de 300 alunos da EPB viveram uma experiência única além-fronteiras, no âmbito do projeto Erasmus+. Estagiaram em empresas estrangeiras ou participaram em programas de intercâmbios em vários países, tais como Espanha, Inglaterra, Irlanda, França, Holanda, Dinamarca, Finlândia, Malta, Alemanha e República Checa. Conheceram novas pessoas, descobriram novas culturas e trouxeram ótimas recordações na bagagem! Uma experiência inesquecível e de grande valor para a formação pessoal, académica e profissional! Este ano, a EPB reforça esta aposta, proporcionando a 51 alunos a possibilidade de realizarem, durante o mês de julho, o seu estágio curricular em três países europeus: 15 alunos dos cursos de Eletrónica, Mecatrónica, Frio/Climatização e Mecatrónica Automóvel realizam o estágio em Leipzig, Alemanha; 16 alunos dos cursos de Auxiliar de Saúde, Comércio e Contabilidade efetuam o estágio em Fuerteventura, Espanha; 20 alunos dos cursos de Construção Civil, Gestão e Programação de Sistemas Informáticos, Multimédia e Secretariado desenvolvem o seu estágio na Ilha de Gozo, Malta. Os alunos usufruem ainda de um curso de línguas, através da plataforma Online Linguistic Support, que lhes permite, para além da realização do curso online, avaliar as suas competências linguísticas. Durante a sua estada, é-lhes oferecido um programa turístico-cultural que, para além de lhes permitir conhecer alguns locais de interesse, contribui para uma maior integração e para uma melhor imersão na cultura e língua do país de acolhimento. A realização do estágio noutro país, além de ajudar a desenvolver os conhecimentos das

34

línguas, proporciona uma experiência bastante enriquecedora para a sua formação académica e pessoal, ajudando a melhorar não só as competências técnicas, mas também as competências sociais e pessoais, tão importantes para as empresas, nomeadamente a autonomia, a proatividade, o dinamismo, o sentido de responsabilidade e o relacionamento interpessoal. O estágio transnacional apresenta-se, assim, como uma aposta relevante para o desenvolvimento pessoal e profissional do aluno.


Em rede

Continuar a apostar no Curso Técnico de Medições e Orçamentos/Desenho de Projeto [Construção Civil] A crise que se estabeleceu, nestes últimos anos, no ramo da construção civil, pode ter contribuído para o pensamento de que os cursos intermédios possam estar em excesso neste mercado de trabalho. Nesse sentido, parece-me importante divulgar a nossa opinião que se traduz exatamente no oposto a esse pensamento. Num mercado de trabalho tão competitivo e rigoroso como o dos dias de hoje, em que a produtividade se torna uma exigência e os custos de uma estrutura empresarial uma preocupação, a formação intermédia e mais próxima daquilo que é a realidade do mundo do trabalho torna-se muitas vezes um grande apoio para a solidez e sustentação de uma empresa. O Curso Técnico de Medições e Orçamentos/Desenho de Projeto, ministrado na EPB, garante uma excelente formação no que diz respeito à entrada direta para a vida profissional, atribuindo aos seus formandos competências nas várias vertentes desta área aproximando-os da realidade daquilo que será o mundo do trabalho. Durante a formação, estes são colocados à prova, relacionando-se não só com a teoria, mas também com a prática daquilo que os espera, atribuindo-lhes muitas vezes um suporte único para quem quer ingressar no mundo laboral no final do 12.º ano e não tinha qualquer competência numa área específica. O sucesso deste curso profissional deve-se, muitas vezes, ao facto de os formandos lidarem, ao longo do curso e estágios efetuados em empresas, com experiências que lhes permitem perceber como será a sua vida profissional, pois a formação é muito próxima daquilo que será o mercado de trabalho, situação que os estimula tornando-se numa ambição e gozo pessoal. A expectativa de que o mercado só absorve licenciados é errada, a formação intermédia tem sido muito requisitada pelo fato de as empresas precisarem de mão-de-obra qualificada, mas com habilitações intermédias, isto é, profissionais que estejam preparados para exercer uma função específica, mas que não necessitem de uma licenciatura para tal. Os profissionais que o Curso Técnico de Medições e Orçamentos/Desenho de Projeto tem lançado para o mercado são prova disso, pela excelente formação que lhes garantem, atribuindo-lhes competências e capacidades para ocupar lugares em diversas áreas, desde desenho técnico de construção, medição e orçamentação, topografia, entre outros, que proporcionam às empresas a colmatação de um nicho na sua produção para o qual não têm a necessidade de contratação de licenciados, possibilitando uma resposta eficiente e qualificada. A existência de profissionais com formação intermédia permite ainda às empresas, quando não haja necessidade de licenciados para determinada função, a opção na decisão das contratações, contribuindo para o seu equilíbrio financeiro. O Curso Técnico de Medições e Orçamentos/Desenho de Projeto tem também comprovado uma forte preparação para quem quer ingressar no ensino superior, tendo enviado já bastantes alunos para os

cursos de Arquitetura e de Engenharia Civil e que revelaram sentir-se em vantagem no que se refere a conhecimentos da área (teóricos, práticos e mesmo no que diz respeito ao software utilizado). Este curso possui características favoráveis quer para o estudante, atribuindo-lhe competências que lhe permite optar por ingressar no ensino superior, ou direcionar-se para o mercado de trabalho com o enfoque numa área específica, quer para o mercado de trabalho que permite às empresas a opção de contratar profissionais qualificados numa área específica, mas com formação intermédia, situação em Arq.º António Jorge Fontes Cerejeira Fontes Architects Imago - Atelier de Arquitectura e Engenharia, Lda.

que, nos dias de hoje, é de enorme importância para a estabilidade das empresas

"Quando o discípulo está pronto, o mestre desaparece." (Paulo Coelho) Eng.ª Maria Cândida Lacerda e José Diogo, aluno finalista do Curso Técnico de Construção Civil.

35


Agenda EPB Revista Ano VIII n.º 10 Propriedade EPB – Escola Profissional de Braga, Lda.

A voz das mães Malta, país de Língua Inglesa e de novas oportunidades para todos os jovens. O projeto Erasmus+ engloba todos aqueles que procuram sair dos seus países em busca dos seus sonhos além-fronteiras. Esta iniciativa tem o objetivo de enriquecer os jovens com novos conhecimentos, culturas e partilha do nosso quotidiano no país de origem. Assim que a minha filha se inscreveu na EPB, saberia que lhe seriam abertas muitas portas e, com a integração dos estágios no curso, qualquer aluno sairia preparado para o mercado de trabalho. Há quem procure estudar ou até mesmo trabalhar fora do seu país e é um grande ponto a favor na escolha desta escola. Realizar Erasmus não é apenas visto como uma aventura mas sim como uma referência decisiva no curriculum. Como mãe também tenho um filho fora do país. Custa muito ter os nossos laços maiores longe, mas é uma mais-valia para a evolução de cada um. Todos os pais deviam e devem apoiar os seus educandos em novas iniciativas sempre que estas aparecem nos seus caminhos. Isabel Teixeira (Mãe da Ana Patrícia Ferreira)

Até ao 9.º ano de escolaridade, o meu filho limitava-se a cumprir os objetivos mínimos, sem reconhecer que os estudos eram decisivos para o seu futuro profissional. E todos os tempos livres eram passados a trabalhar com o pai na empresa familiar Mira Peças. A EPB foi a opção certa para fazê-lo valorizar outros saberes e suscitar-lhe o devido entusiasmo para estudar. Apesar de só ter ainda frequentado um ano, tem orgulho em partilhar com a família o que aprende, a sua evolução e, além disso, envolve a empresa familiar no processo de ensino-aprendizagem da EPB, estreitando a ligação entre as duas entidades através da cedência de material para o curso de Mecatrónica Automóvel e do acolhimento em visita de estudo. É uma honra verificarmos que o nosso filho nos aproxima do seu percurso escolar e acreditamos que este “fenómeno” em muito se deve a quem lida com ele diariamente na Escola, que mudou a sua visão. Ester Gomes (Mãe de Miguel Gomes)

Rua Augusto Veloso, 140 4705-082 Braga tel: +351 253 203 860 fax: +351 253 203 869 www.epb.pt epb@epb.pt Coordenação Natália Rebelo Revisão de Textos Fernando Silva Colaboração Direção Coordenadores de Curso Coordenadores de Grupos Curriculares Diretores de Turma Docentes Ana Patrícia Ferreira SEC15 Ana Rita Magalhães MTM14 Eduardo Guerra MTM14 Maria Catarina Caetano SEC15 Conceito Visual Diogo Rocha (Curso Design Gráfico 2012-2015) Edição Gráfica Diogo Vieira MTM14 Fotografia Arquivo EPB TV Comunicação e Marketing Impressão Graficamares, Lda. Data da Publicação Julho 2017 Periodicidade Anual Tiragem 4000 exemplares

36


Parcerias

Os parceiros, que pretendem constar neste painel (igualmente disponĂ­vel no site e facebook), podem remeter o seu logĂłtipo para comunicacao@epb.pt

37


38

Epb Revista 2017  

Uma Jogada de Mestre!

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you