Page 1

eny aliperti 2007/2014


Série Tramas é o resultado de pesquisa realizada a partir de meu interesse pelo resultado da ação do tempo em relação às lonas colocadas sobre mesas em que pessoas trabalham cotidianamente com materiais utilizados em sua produção artística, como vários tipos de tinta, cola, resinas, entre outros. Após um período que pode variar de tres a seis meses, essas lonas são retiradas e cortadas em tiras, que serão tramadas e transformadas em um novo tecido, no qual a produção coletiva está presente.


SĂŠrie Tramas, 2007, 100x180, lona com depĂłsito de resĂ­duos de diversos materiais como tintas, cola, resinas , cortada e tramada em lona pintada com tinta acrĂ­lica


SĂŠrie Tramas, 2007, 100x180, lona com depĂłsito de resĂ­duos de diversos materiais como tintas, cola, resinas, cortada e tramada em lona pintada com tinta acrĂ­lica


SĂŠrie Tramas, 2007, 100x190, lona com depĂłsito de resĂ­duos de diversos materiais como tintas, cola, resinas, cortada e tramada em lona crua


SĂŠrie Tramas, 2007, 70x250, lona com depĂłsito de resĂ­duos de diversos materiais como tintas, cola, resinas, cortada e tramada em lona crua


SĂŠrie Tramas, 2007, 87x120, lona com depĂłsito de resĂ­duos de diversos materiais como tintas, cola, resinas, cortada e tramada em lona pintada com tinta acrĂ­lica


SĂŠrie Tramas, 2007, 87x120, lona com depĂłsito de resĂ­duos de diversos materiais como tintas, cola, resinas, cortada e tramada em lona pintada com tinta acrĂ­lica


SĂŠrie Tramas, Assim vejo Egreja, 2013,120x100 resĂ­duos de tintas, cola, resinas, tecidos estampados, cortados em tiras e tramados em lona pintada com acrĂ­lica


Intervenções, semana de arte da Faculdade de Direito da USP, Ribeirão Preto, 2012 Tiras de lona com depósitos de tinta tramadas nas grades da fachada do prédio, 1,20 x 17m


Detalhes parte externa


Processo de montagem


Detalhe vista interna, do corredor


Vistas Exposições


Exposição Tecidos do Tempo, Laboratório das artes, Franca, SP


Série Tramas, prêmio aquisição XXXIX Salão de Piracicaba


Série Caixa Preta, consiste em um trabalho que teve início em 2007 a partir de um espaço criado no interior de uma caixa de sapato, onde são inseridos e ressignificados imagens e objetos. No decorrer desse processo de pesquisa, o registro fotográfico do interior do objeto, passou ele próprio a ser um desdobramento da própria obra, quando se torna, ao deslocar para o lado de fora, um outro lugar.


Caixa preta, série memórias, 2007, 150x240, impressão fotográfica adesivada em mdf


Caixa Preta, série Cor, 2008, 150x240, impressão fotográfica adesivada em mdf

Caixa Preta, série Cor, 2008, 150x240, impressão fotográfica adesivada em mdf.


Caixa preta, 2009, série lugares, 90x100, impressão fotográfica adesivada sobre mdf


Caixa preta, série Lugares, 2009, 90x100, impressão fotográfica adesivada sobre mdf


Caixa Preta, série Ecos, 2012, 70x90, impressão fotográfica adesivada sobre chapa de PVC

Caixa Preta, série Ecos, 2012, 70x90, impressão fotográfica adesivada sobre chapa de PVC


Caixa Preta, série Ecos, 2012, 90x90,impressão fotográfica adesivada sobre chapa de PVC

Caixa Preta, série Ecos, 2012, 80x90, impressão fotográfica adesivada sobre chapa de PVC


Vistas Exposições


Vistas da exposição do projeto coletivo d´Acasonírica, 2007, selecionado pelo projeto exposições do MARP, RP


Vistas da exposição do projeto coletivo d´Acasonírica, 2007, selecionado pelo projeto exposições do MARP, RP


Caixa Preta, série Memórias de infância, 2011, caixas de madeira, 20x18x30, fixadas na parede por braços de ferro

Caixa Preta, série Memórias de infância, 2011, caixas de madeira, 20x18x30, fixadas na parede por braços de ferro


Performance Roda Vida, Roda Peão, 2011, trabalho realizado para o projeto frestas, apresentado frente à Praça XV em Ribeirão Preto, junto com o Grupo Aluga-se de SP. O trabalho consiste em uma caixa preta colocada na cabeça, onde pode ser visto um retrato por meio de uma abertura. As pessoas podem girar a manivela que fica no topo da caixa, mudando os retratos que aparece na abertura. São fotos minhas, das várias fases da vida, desde bebê até a velhice (a última manipulada), que rodam no mesmo eixo que é, nesse caso, meu próprio corpo. Esse mesmo trabalho foi apresentado no Espaço W, em exposição paralela ao XXV SARP, 2011.


Performance Roda Vida, Roda Peão, 2011, exposição paralela ao XXV SARP, no Espaço W


Detalhes do trabalho


Retratos, 2012, vídeo stop motion em looping, 28´, exposição Popoidrome, SESC RP. Meu interesse nesse trabalho é pelo desenho de retrato e suas possibilidades. Pesquisando as mudanças ocorridas nesse tipo de trabalho, inverti o papel do observador,

acrescentando

o movimento ao retratado, que reage ao se deparar com o indivíduo que está à sua frente. O trabalho foi projetado no vidro da frente da galeria do SESC RP, devidamente preparado com um adesivo branco translúcido para que a imagem pudesse ser vista tanto do lado de dentro do espaço expositivo, quanto pelo lado de fora. You Tube https://www.youtube.com/watch?v=Uh4e1IegoVg


Detalhe imagens projetadas


Vista exposição Popoidrome, 2012, projeção no vidro preparado com adesivo branco translúcido, lado interno da galeria do SESC RP


Vista do lado externo da projeção na parte externa do vidro da galeria do SESC RP


Viagem interrompida (2010-2013) é uma instalação composta por um conjunto de fotografias de cruzes ou pequenas edificações encontradas à margem de rodovias ligando São Paulo ao sul do Brasil, impressas em retalhos de madeira, suporte escolhido por ser, na maioria das vezes, o material em que as cruzes são confeccionadas. Esses pequenos marcos chamaram minha atenção pela maneira singela e ao mesmo tempo potente, com que se referem à morte, no espaço público das estradas. Essa manifestação cultural, pode ser encontrada em outras regiões, tanto do Brasil, como em outros países. A montagem do trabalho é uma instalação, em que as imagens são colocadas no chão, apoiadas nas paredes, ora aglomeradas, ora isoladas, para reforçar a idéa de invisibilidade, pois muitas vezes esses marcos passam desapercebidos.


Viagem interrompida, 2013, instalação de fotos impressas em retalhos de madeira de tamanhos variåveis


Viagem interrompida, 2013, instalação de fotos impressas em retalhos de madeira, tamanhos variåveis


Viagem interrompida, 2013, instalação de fotos impressas em retalhos de madeira, tamanhos variåveis


Viagem interrompida, 2013, instalação de fotos impressas em retalhos de madeira, tamanhos variåveis


Viagem interrompida, 2013, instalação de fotos impressas em retalhos de madeira, tamanhos variåveis


Viagem interrompida, 2013, instalação de fotos impressas em retalhos de madeira, tamanhos variåveis


SĂŠrie InsĂ´nia, trabalho em processo, em que registro frames de filmes no perĂ­odo da madrugada,imagens essas retiradas de seu fluxo e ressignificadas por meio da pintura.


Série Insônia, 2013, 40x50, acrílica s/tela

Série Insônia, 2013, 40x50, acrílica s/tela


Série Insônia, 2013, 42x56, acrílica s/tela


Currículum Vitae

Eny Aliperti São Paulo - SP, 1950 Vive e trabalha em Ribeirão Preto, SP enyfer0606@hotmail.com (16) 99963 4733 Formação Acadêmica 2006-09 Especialista em História da Arte pelo curso de Pós Graduação, FAAP Ribeirão Preto 2005 Arte Entre Guerras, Curso de Aperfeiçoamento, FAAP Ribeirão Preto 1968-71 Graduação em Pedagogia pela Universidade Mackenzie, SP Cursos livres 2013 História da Arte,da Antiguidade à Arte Contemporânea,ministrado por Josué Mattos, Crítico de Arte e Curador Independente, Ribeirão Preto 2010-13 Grupo de Pesquisa em Artes Visuais, orientado por Josué Mattos, Crítico de Arte e Curador Independente. 2006 Grupo Acasonírica, acompanhado pela crítica de arte e curadora Juliana Monachesi, Ribeirão Preto 1980-86 Grupo de estudos e produção em artes visuais orientado pelo crítico Pedro Manuel Gismondi, Ribeirão Preto

1978-80 Pesquisa em pintura com Francisco Amendola, Ribeirão Preto 1972 Desenho e pintura no ateliê do artista plástico Fang, São Paulo 1969 Desenho e pintura com a artista plástica Lise Forell, São Paulo Participação em vários workshops oferecidos pelo MARP, entre os quais destacam-se Pintura sem Tinta de Leda Catunda e desenho com Regina Johas Exposições individuais 2013 Viagem interrompida, W espaço de arte, Ribeirão Preto 2010 Tecidos do Tempo, Laboratório das Artes, Franca 1987 Quando perdemos a noção da hora, Galeria Athanase Sarantopoulos, Ribeirão Preto 1986 Entre e sente, Arte Galeria, Ribeirão Preto Exposições Coletivas 2013 É sempre bom estar bem acompanhado, W espaço de arte, Ribeirão Preto 2012 Intervenções, 2ª semana de arte da Faculdade de Direito da USP, Ribeirão Preto 2012 Pandora’s Box, no MuBE, em São Paulo,SP 2012 Popoidrome, com o grupo Latitude22, no SESC Ribeirão Preto, SP


2011 Frestas, Intervenção Urbana, com os grupos Latitude22(RP)e Aluga-se(SP),em RP,SP. 2011 Exposição Paralela ao XXV SARP, com o grupo Latitude22, em Ribeirão Preto, SP. 2010 Projeto de Exposições do MARP com o “Coletivo Zeferinas”, no espaço do Centro de Convenções,em Ribeirão Preto,SP. 2009 Projeto 79>09, da EPTV, no MARP, RP 2009 Apropriação, Autoria e Propriedade, com o grupo APROA, SESC Ribeirão Preto 2008/2009 Panorama das Artes RP, na Galeria Adearte, em Ribeirão Preto 2008 Entre Figuração e Abstração, Galeria Adearte, Ribeirão Preto 2007 Universidarte XV, Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro 2007 Exposição do Projeto Coletivo Acasonírica, selecionado pelo Programa de exposições do MARP, Ribeirão Preto 2006 Uni Versos Cromáticos, Galeria Arqlux, São Paulo 2004 Projeto Corpo, MARP, Ribeirão Preto 2004 Projeto Corpo no espaço expositivo da USP, em Ribeirão Preto 1986 Grupo Forja da Fantasia, galeria Itaú, Uberaba, MG. 1985 Grupo Forja da Fantasia galeria de arte SENAC, Ribeirão Preto 1985 Grupo Forja da Fantasia galeria Itaú, Ribeirão Preto 1985 Seleção Jovens Artistas, Itaú, Ribeirão Preto

Salões 2013 38º SARP, Salão de Arte Contemporânea de Rieirão Preto 2008 40ª Anual da FAAP em São Paulo 2007 XXXIX Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba 2002 XX Salão de Artes Plásticas de Rio Claro 1986 IV SARP, Salão de Arte Contemporânea de Ribeirão Preto Prêmios 2007 XXXIX Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba, Prêmio Aquisição. 2001 1º lugar no concurso Visão do artista sobre a cidade de Ribeirão Preto 1985 II Prêmio de Pintura Jovem Pirelli, em Ribeirão Preto 1983 2º lugar na seleção Galeria Senac de Novos Artistas , em Ribeirão Preto Obras em acervo MUBE, São Paulo, SP; Pinacoteca Miguel Dutra, Piracicaba, SP; Coleção Figueiredo Ferraz, Ribeirão Preto


Portfolio eny aliperti  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you