__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Edição 03 I 2018 I JUL/AGO/SET

em alta Tendência que chega com força: muito verde dentro de casa

bem viver O contato com a natureza faz bem para corpo e alma

Para viver ao ar livre e desfrutar de grandes momentos


2 EDIÇÃO áreas externas


Casa Terra da arquiteta Paola Ribeiro | TERRAZZO 63X63CM


4 EDIÇÃO áreas externas


Casa Terra da arquiteta Paola Ribeiro | TERRAZZO 63X63CM


4 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS


EDITORIAL

florescer É TEMPO DE

PESSOAS DE BOM CORAĂ‡ĂƒO

A bola rolou nos estĂĄdios da RĂşssia. Assim como no imenso gramado, um passe aqui, um drible ali, e o jogo vai se desenvolvendo; no papel sĂŁo as palavras que se juntam conduzidas pela imaginação e o propĂłsito de fazer nascer um bom texto. Quanto mais inspiração, menores parecem o papel, o esforço e o cansaço. Puro prazer! Essa Copa do Mundo surpreendeu. Times favoritos como Alemanha, Argentina, Portugal e Brasil foram eliminados, e a RĂşssia, que sĂł Ă‰ÂˆĂ—ÂˆĹźÂˆĂƒÂźsÂ‚Â˛ĹźÂźÂ˛ÂżĹźĂƒÂˆÂżĹźsÂŹĂŠĂ‰ÂżÂ˜|ĹšĹźÂ‘Â˛Â˜Ĺźs¼‰Ĺ&#x;ĹźIsÂżsĹźÂˆÂĽsŚş¢²’sÂżĹźÂˆÂŤĹźsĂƒsĹźÂ‘ÂˆĂŁĹźsĹźÂ„Â˜Â‘ÂˆÂżÂˆÂŹÂ‚sĹ&#x;ĹźĹźÂ˛ÂŹĂ—ÂˆÂŹÂ–sÂŤÂ˛ĂƒĹšĹźsĂƒsŚşsĹźÂźÂżÂ˜ÂŹÂšÂźÂ˜Â˛ĹšĹźÂ‰Ĺźs¼²¿ş–΍s²ŚşsÂźÂ˛Â˜Â˛ĹšĹź²²ş ÉsÂŤ~‰şsÂĽÂ˜ÂŤÂˆÂŹĂ‰s‚|²ŚşμÉοsĹźÂˆĹźÂĽÂ˜ÂŤsĹźÂ˛ÂŹÂ–ÂˆÂ˜Â„Â˛ĂƒĹ&#x;ĹźsĂƒsĹźÂ‰ĹźÂ˜ÂżÂŤs„sÂ„ÂˆĹšĹź abraço e torcida a favor! ĹźÂŹÂłĂƒĹźs„²¿sÂŤÂ˛ĂƒĹźĂ‰ĂŽÂ„Â˛ĹźÂ˛ĹźÂžĂŽÂˆĹźÂ‰ĹźÂ„ÂˆĹźsĂƒsĹ&#x;şşP?LĹźPIĹźÂ„ÂˆĂƒĂ‰ÂˆĹźs²Śş por exemplo, tem como tema Casa Viva, a casa que pulsa. Toda a beleza de jardins e de paisagismos criativos e planejados agora vem pra dentro de casa. É a natureza a trazer, para quem desfruta dos espaços onde ela pulsa e brota, cheiros, frescor, acolhimento e a paz tĂŁo desejada. Essas sensaçþes gostosas que quando chegam provocam um ²ÎÉ¿²ş²¼–sÂżĹźÂˆĹźĂŽÂŤĹźÂŹÂ˛Ă—Â˛ĹźÂżÂˆĂƒÂźÂ˜ÂżsÂżĹ&#x;ĹźÂĽÂ˜ÂŤÂˆÂŹĂ‰Â˛ĂƒĹźÂźÂżsĹźsÂĽÂŤsĹšĹźÂˆÂŹĂŠÂŤĹ&#x; Nesta edição sobre ĂĄreas externas mergulhamos de cabeça e coÂżs‚|²ş ÂźsÂżsĹź „ˆ²¿s¿ş sĂƒĹź ÂźtÂ’Â˜ÂŹsĂƒĹź ²ş ˜„ˆ˜sĂƒĹź ÂˆĹź ÂźÂżÂ˛Â˘ÂˆĂ‰Â˛ĂƒĹź Â„ÂˆĹź ÂźÂżÂ˛ĂŠĂƒĂƒÂ˜Â˛ÂŹsÂ˜ĂƒĹź que transformam, com talento e soluçþes, ĂĄreas urbanas em verdadeiros oĂĄsis. Mergulhe em cada um e traga Ă tona o que te encanta e areja. Ficamos por aqui, na torcida para que haja um gramado onde vocĂŞ possa caminhar descalço e rolar como criança, ou um jardim para chaÂŤsÂżĹźÂ„ÂˆĹźĂƒÂˆĂŽĹ&#x;ĹźcsÂĽÂˆÂŤĹźĂƒÂ˜ÂŤÂźÂĽÂˆĂƒĹźĂŞÂ˛ÂżÂˆÂ˜ÂżsĂƒĹźÂŹsĹźĂƒss„sĹź²şsĂŁsÂĽÂˆÂ˜sĂƒĹšĹźÂŤs¿’sÂżÂ˜das e lavanda para perfumar a casa. Que no imenso gramado da vida vocĂŞ cumpra o seu destino, e que Ă‰Â˛Â„Â˛ĹźÂ˛ĹźÂżÂˆĂƒÂźÂˆÂ˜Ă‰Â˛ĹźÂžĂŽÂˆĹźĂ‰ÂˆÂŤĹźÂźÂˆÂĽsĂƒĹźÂżÂˆÂ’ÂżsĂƒĹźÂ„Â˛Ĺź~ÂˆÂŤĹźĂ—Â˜Ă—ÂˆÂżĹźÂ‘s‚sĹźĂŞÂ˛ÂżÂˆĂƒÂˆÂżĹźÂŹÂ˛ĹźĂƒÂˆĂŽĹź time pessoas de bom coração. Eis aĂ­ o caminho pra vitĂłria! EDIĂ‡ĂƒO Ă REAS EXTERNAS 5


SUMÁRIO

PENSE NISSO ?ż«ˆ¿s„²żˆÃÉtż–ˆ˜²ż„ˆż novidades em revestimentos, louças, metais, acabamentos. Veja os lançamentos!

8 EM ALTA Tendência forte na decoração: muito verde dentro de casa, nos mais diversos ambientes

12

natureza AMBIENTES PARA CURTIR A

PROJETO

Projetos de áreas externas criadas para que os

Um duplex que mescla m³veis de famšlia com materiais contemporâneos

moradores possam usufruir da vida ao ar livre

34

com conforto e múltiplas opções de lazer

Ô DE CASA!

BEM VIVER

Para mudar a situação do rasil todos temos que ser Camisa 10

Estar em contato diário com a natureza faz bem para o corpo e a alma

38

14

NOSSA CASA

40

9otšcias e novidades da Associação Casa Vip e de seus associados

46

t Criação e Execução: Entrelinhas Conteúdo & Forma (51 3026.2700) t Jornalista Responsável e Editora: Milene Leal t Redação: Flavia Mu t Edição de Arte: Luciane Trindade t Impressão: Artlaser t Coordenação do Projeto Revista Casa Vip: Claudia Maria Chaves e Irio Piva t Revista distribuída pelas empresas integrantes da Associação Casa Vip: Almek, Alvomac, Baratão, Bel Lar, Beltrame/Tetto, Bigolin, Casa São Paulo, CDC, Cimcal, Construserra, Del Lama, Elevato, Engelmig, Metal Nobre, Mundial, Nichele, Panorama, Pastilhacor e Vilarejo. t Tiragem: 85 mil exemplares t A reprodução total ou parcial do conteúdo desta obra é expressamente proibida sem prévia autorização da fonte. A Revista 6CasaEDIÇÃO Vip é uma publicação das revendas de materiais para construção associadas à Rede Casa Vip (31 3611.8233) www.acasavip.com.br ÁREAS EXTERNAS


PENSE NISSO

SUPERFASHION A ROCA CERÂMICA investiu num revestimento para parede bem diferente. Desenvolvida em conjunto com a élial brasileira da conceituada consultoria francesa Peclers Paris – uma das mais renomadas em estilo, moda e design –, a série Peclers Paris by Roca aposta nos formatos brick e hexagonal. O resultado são peças autênticas com cores e texturas incríveis, perfeitas para o projeto de quem busca o novo. A cartela de cores trabalha com dez tons selecionados pela consultoria e que são exclusividade da Roca.

Para quem valoriza a hora do banho e faz deste momento o mais prazeroso do dia, o chuveiro Twin Spa Externo da DECA é a opção certa. E o melhor: não traz a dor de cabeça de uma reforma. A instalação é prática: o modelo não embutido na parede é compatível com o ponto de água dos chuveiros convencionais, trazendo agilidade ao processo de troca. Com design diferenciado e contemporâneo ultraslim, o chuveiro tem ainda dois tipos de jato – normal e cascata – que podem ser intercalados com o simples toque de um botão. Disponível em versão cromada e nos acabamentos D.coat, Red Gold e Black Matte. 8 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS

FOTOS: DIVULGAÇÃO

SPA TODO DIA


BANHO BEM QUENTINHO O banho já é um dos momentos mais relaxantes do dia. Poder sair dele e se enrolar em uma toalha seca e quentinha torna essa experiência ainda melhor, principalmente nos dias frios. Pensando nisso, a DOCOL traz ao mercado a linha de toalheiros térmicos DocolCozy. Além de garantir toalhas sempre secas e aquecidas, os produtos ampliam a sensação de conforto no banho, pois desumidiécam e proporcionam uma agradável temperatura ao ambiente. Disponíveis nos formatos quadrado e redondo têm sistema de aquecimento seguro e timer para programar os ciclos: basta regular e o produto desligará automaticamente, garantindo segurança e praticidade. O acabamento é em aço inox polido e a potência é de 60W. A temperatura varia entre 37°C e 42°C e não resseca ou daniéca os tecidos, apenas aquece. Além da funcionalidade, os toalheiros têm um design que se adapta aos mais variados ambientes, sendo o complemento ideal para as linhas de metal da Docol.

COZINHA DE CHEF A Linha CELITE Gourmet transforma cozinhas em espaços gourmet: o misturador monocomando dá mais praticidade para quem se aventura pelo universo culinário. O design moderno, com bica extraível em mola, proporciona, além de um charme especial, agilidade no preparo de alimentos. Possui dois tipos de jato e é desenvolvido 100% em metal cromado, com exclusivo acabamento biníquel. EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 9


PENSE NISSO

VERSATILIDADE EM ALTA O piso vinílico é um dos revestimentos mais versáteis que existem, pode ser aplicado em vários tipos de ambiente. Conforto térmico e acústico, resistência a riscos e manchas, além do excelente custo-benefício, podem ser citados entre suas principais características. Os produtos da DURAFLOOR marcaram presença em vários ambientes na 32ª edição da CASACOR São Paulo 2018. A marca tem cinco linhas e 38 padrões, e quase todas estiveram presentes na mostra: Idea, Loft, City, Arte e Urban, além do novíssimo Duraêoor Inova. Esse último tem amplo formato (914mm x 914mm) e chega ao mercado trazendo padrões inspirados nas pedras vulcânicas, no mármore e nos acabamentos cimentícios. Os padrões recebem nomes de lugares do mundo que possuem elementos, características e nuances que se assemelham à proposta da nova coleção, como Tarragona, Nepal, Londres e Vesúvio.

10 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS


FOTOS: DIVULGAÇÃO

ARMANI + ROCA Uma combinação de luxo e soésticação que transforma o banheiro num dos lugares mais incríveis da casa. E não poderia ser diferente o resultado da criação conjunta destas duas grifes: Armani, ícone da moda, e ROCA, referência em design. Juntas, lançaram uma linha de revestimentos e acessórios. Toda a coleção – que abrange revestimentos de paredes e pisos, acessórios e todos os itens de banheiro, como box, metais e louças – apresenta desenho soésticado, cores elegantes, materiais énos e acabamentos exclusivos. Uma verdadeira busca pela experiência perfeita de relax e cuidados pessoais.

SONHO DE CONSUMO Uma banheira que é um verdadeiro mergulho em relaxamento. o. O lançamento da MONDIALLE, apresentado durante a feira Revestir 2018, é um sonho. A spa Positano é feita em acrílico e possui as dimensões de 1.700mm x 1.300mm x 700mm, acomodando confortavelmente até três pessoas. A capacidade é de 550 litros. O sistema de hidromassagem é muito silencioso, contém 16 jatos grandes com alta vazão de água e a banheira possui quatro ro travesseiros. E mais: ainda é possível acrescentar aquecedor elétrico e deck de madeira como opcionais.

RÚSTICO QU QUE DÁ O TOM Inspirado pelos loft lofts de Nova York dos anos 70, o estilo es industrial é uma tendência que q marca presença na decoração decoraç mundial, combinando texturas de tijolos, tubula tubulação aparente, madeira, madeira metal e concreto. Den Dentro desse conceito, a FA FANI lançou as linhas Liv Living e Living Classic, ccompostas de metais e aacessórios em formatos tub tubulares. O das peças rústico e o bruto d ambientes um trazem para os ambi aspecto moderno e cheio che de personalidade. Disponíveis em preto bruta. e também em versão b EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 11


verde

EM ALTA

PARA TODOS OS LADOS razer a natureza para dentro de casa é bem mais do que incremento na decoração: o verde carrega a sensação de pausa, tão necessária para quem vive um cotidiano urbano. As grandes cidades nos cercam de cinza – do concreto, dos viadutos, do asfalto, da poluição – e impõem um ritmo sempre frenético. Justamente por isso, a criação de refúgios com muito verde dentro do lar é uma das maiores tendências contemporâneas, uma reconexão a outro jeito de entender o tempo. As plantas acalmam e também deixam a casa mais acolhedora. Segundo a WGSN, uma das principais consultorias em tendências do mundo, essa procura por desacelerar e conviver com o verde deve fazer parte do jeito de morar do futuro. O verde realmente parece estar em alta. Um fato: a Pantone escolheu para cor do ano, em 2017, o verde Greenery, entendendo que sentimentos de otimismo e de esperança são cada vez mais necessários. A cor, assim como as plantas, simboliza ainda a reconexão que se busca com a natureza, com as outras pessoas e com um propósito maior. Em 2018, a CasaCor São Paulo traz o tema “Casa Viva”, e por isso o verde está presente em quase todos os espaços da mostra: salas, cozinhas, escritórios, quartos e até banheiros, numa perceptível interação entre espaços internos e externos. Em jardins extensos ou em pequenos vasos pendurados, reunidas em um cantinho ou pontuando o décor, as plantas ganharam destaque. Plantas trazem vida, cor e alegria aos ambientes. Elas contribuem para o bem-estar dos moradores. E nas mais importantes mostras de arquitetura e decoração o verde aparece de diversas formas: êoreiras, pequenas hortas, vasos com design assinado e jardins verticais, que têm se mostrado soluções interessantes e inteligentes para pequenos espaços. Há folhagens que combinam com todos os estilos de decoração e sempre existem opções adequadas a cada espaço, sejam maiores ou menores e com muita ou pouca luz. Mais importante é cultivar os pequenos rituais de cuidado e, assim, se reconectar com a natureza, seus ciclos e sua força. 12 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS


FOTOS: DIVULGAÇÃO

PLANTAS PARA TER DENTRO DE CASA Samambaias: A samambaia, além de deixar qualquer ambiente exuberante e cheio de brasilidade, é uma boa espécie para quem mora em apartamento. Ela éca bem na sombra e com luz indireta. O importante é manter o solo úmido. Jiboia: Na natureza, ela está acostumada a viver na sombra de outras plantas. Por isso éca tão bem em ambientes internos. Requer pouquíssimos cuidados, o que é ótimo para quem está começando a se interessar pela ideia de ter plantas em casa. Pode ser cultivada como uma planta pendente e também num vaso somente com água. Fica lindo, lindo, lindo!

Antúrio: O antúrio já entrou e saiu de moda muitas vezes. Está em alta de novo. As folhas têm formato de coração e as êores podem ser de diversas cores. Precisa de luz direta. Então, é bom écar perto das janelas. E, entre os cuidados, é importante manter a terra sempre úmida, mas não encharcada! Cactos: Muita gente pensa que cultivar um cacto é muito simples: “É só deixar bem seco”. Não é bem assim. Ele precisa ser observado. Não há necessidade de regar todos os dias, mas a terra não pode écar completamente seca e porosa. É um bom elemento para o ambiente interno: sempre muito simpático e cheio de personalidade.

NA CASACOR SÃO PAULO 2018 O VERDE E AS PLANTAS APARECEM EM QUASE TODOS OS ESPAÇOS DA MOSTRA

EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 13


INSPIRAÇÃO

sentidos

espaço gourmet é o lugar da casa capaz de ativar todos os sentidos, não é mesmo? Pois o projeto assinado pela arquiteta e designer de interiores Gisele Ribeiro de fato estimula todos eles: visão, audição, olfato, tato e paladar. As formas, trabalhadas de maneira harmônica e criativa, aguçam a curiosidade. “A marca registrada do espaço é a estrutura metálica, que se apresenta como elemento funcional e ao mesmo tempo como elemento decorativo. Há também uma iluminação indireta que evidencia as vigas metálicas, e temos uma cor em destaque, o cobre, que está presente na torneira, nos pendentes e nas

14 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS

mesas laterais de apoio. As sombras projetadas pelos cobogós das duas paredes são igualmente agradáveis aos olhos”, comenta Gisele. As plantas naturais e os nichos com ervas aromáticas trazem perfumes para o ambiente. Os revestimentos provocam o tato: a parede no fundo da pia em pedra natural Travertino bruto, a bancada em silestone e revestimentos acetinados complementares. No mobiliário, os bancos e poltronas em corda náutica dão um toque diferente. “O barulhinho calmo e relaxante da cascata embutida na estrutura metálica é a cereja do bolo. Instalada na ilha onde as pessoas se reúnem para as refeições, é um charme à parte”, revela.

FOTOS: MÁRIO MONTEIRO

ESPAÇO PARA ATIVAR TODOS OS


A ARQUITETA REUNIU N0 ESPAÇO GOURMET ELEMENTOS CAPAZES DE ESTIMULAR OS 5 SENTIDOS: VISÃO, TATO, OLFATO, AUDIÇÃO, PALADAR. REVESTIMENTOS, CORES, TEXTURAS, PLANTAS, TUDO FOI ESCOLHIDO COM ESTE OBJETIVO

Gisele Ribeiro arquiteta@giseleribeiroarquitetura.com www.giseleribeiroarquitetura.com

EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 15


FOTOS: EDUARDO LIOTTI

INSPIRAÇÃO

Rafaela Erdmann

momentos

rafaela@rafaelaerdmann.com.br

A AMPLA VARANDA ESTÁ TOTALMENTE INTEGRADA À ÁREA SOCIAL DESTE APARTAMENTO. GRANDES PORTAS DE VIDRO FAZEM UMA SEPARAÇÃO SUTIL

16 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS

DE LAZER

sensação é de viver em uma casa, mas trata-se de um apartamento. Não falta espaço para curtir um pôr do sol à vontade, relaxar e receber pessoas queridas. Com todo o conforto. Localizado em Porto Alegre (RS), o imóvel amplo – são mais de 580 m² – e com excelente disposição permitiu a idealização de uma área social totalmente integrada e com forte ligação com a área externa. Grandes portas de vidro deixam a divisão do estar para a varanda muito sutil e quase imperceptível. Tudo bem integrado. Ali fora, o destaque é a piscina. Uma raia de 18 metros de comprimento, que se estende por toda a largura do apartamento e dá vista para uma mata nativa espetacular. A soésticação éca completa com o deck de madeira, a iluminação e o mobiliário escolhido, ideal para áreas externas.


EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 17

FHXVDUHYHVWLPHQWRV


INSPIRAÇÃO

sintonia INTERIOR E

ada vez mais integrados com o interior da casa – não só quando se fala em espaço, mas também quando o assunto é estética –, os pátios tornam-se ambientes importantes no cotidiano familiar e contribuem para o bem-estar e a qualidade de vida. Este projeto, assinado pelo escritório Lineastudio Arquiteturas, traz a ideia para a prática. A sala de estar abre-se para o viver ao ar livre e faz da piscina e do jardim mais do que anexos: são partes importantes do estar. A área externa conta, ainda, com um espaço gourmet com churrasqueira. De acordo com os arquitetos, elementos como 18 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS

EXTERIOR EM

piscinas, spas e churrasqueiras são os atrativos mais comuns dos ambientes ao ar livre. “Geralmente, tornam-se o centro da composição e orientam caminhos, espaços de estar e de relaxamento e até mesmo o zoneamento das áreas verdes”, explicam. A piscina foi revestida com pedra natural Hijau e, no entorno, notam-se o piso cimentício e o deque de madeira. O paisagismo deixa tudo mais vivo. No jardim as espécies escolhidas trazem tropicalidade. Palmeiras aparecem em volta da piscina e um ácer se destaca ao lado da varanda. Nos vasos, patas-de-elefante e uma jabuticabeira.


A SALA DE ESTAR ABRE-SE PARA O VIVER AO AR LIVRE. A PISCINA, O JARDIM E O ESPAÇO GOURMET COM CHURRASQUEIRA SÃO MAIS DO QUE ANEXOS, SÃO PARTES IMPORTANTES DO ESTAR

Lineastudio Arquiteturas

FOTOS: CRISTIANO BAUCE

relacionamento@lineastudio.com.br

EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 19


INSPIRAÇÃO

Valéria Loureiro escritorio@valerialoureiro.com

natural CONVIVENDO COM O

MESMO ESTANDO EM MEIO A DIVERSOS PRÉDIOS, ESTA ÁREA EXTERNA PROPORCIONA AOS MORADORES E VISITANTES CONTATO COM A NATUREZA E MUITO RELAX. MADEIRA E VERDE MARCAM O AMBIENTE 20 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS

FOTOS: ANDRÉ MELLO

uando chega em casa, quem vive no meio da cidade quer desconectar. E conviver com a natureza pode ser uma alternativa para isso. Neste garden, projetado por Valéria Loureiro, a regra é desacelerar. “Apesar de estar no entorno de diversos prédios, o projeto busca uma conexão com a natureza”, comenta a arquiteta. A área, de aproximadamente 85m², é pensada para receber os amigos dos moradores. Muita madeira e muito verde marcam o ambiente, que se torna, assim, bastante acolhedor para que os convidados sintam-se à vontade. Além disso, o projeto contempla um deck com ofurô e também uma área de churrasqueira com diversas banquetas e uma grande mesa para acomodar as visitas de maneira confortável.


˜

Linha Design | PadrĂŁo Trancoso

Linha Nature | PadrĂŁo Belgrado

Existe um produto Duratex perfeito para os diversos estilos de morar e viver. AlÊm dos pisos laminados, SFKğIF@LP•B•OLA>MĸP•"RO>ȴLLO •@LKEBĜ> nossos catålogos de painÊis AB•J>ABFO>•M>O>•MOLARĜijL•AB•JL?FIFĹOFL e revestimento de paredes.

BSP?RCVK?BCGP? AMK @PČŠbČŠČŠČŠ fb.com/DuratexMadeira

@duratex_pisosepaineis

EDIĂ‡ĂƒO E DIIÇ DIÇ D IĂ‡Ăƒ ĂƒO OĂ Ă R Ă REAS REA AS SE EXTERNAS XT X TERN TE RNA R NA N AS 21 21


descolado

asa tem que ter a cara do dono. Inspiradas pela rotina de uma famosa blogueira, as arquitetas Camila Pigatto, Fernanda Sá e Laura Tavares, da W4 Arquitetura Criativa, criaram um espaço bem fashion e contemporâneo para a Casa Cor Rio Grande do Sul 2017. Entre os destaques, o mobiliário descontraído, utilizando a cor como premissa e mostrando a versatilidade do plástico em contraste com elementos mais brutos, como a pedra da bancada, o ferro, presente na estante e na cobertura metálica, e a madeira natural, também em destaque. O piso em porcelanato – padrão cimento queimado – faz a união de todo o ambien22 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS

te até a transição para o deck da piscina. Na área gourmet as arquitetas dispuseram um balcão em granito Blue Agatha e pendentes em alumínio Red Gold sobre a bancada em laca branca fosca, fazendo um jogo de formas geométricas. Decks em madeira natural em peças quadradas foram usados como painel de parede e também como revestimento do forro; nichos coloridos formam a estante, que tem estrutura de ferro. Ao fundo, a área da piscina pastilhada, que tem deck em madeira sustentável plástica, material 100% reaproveitável. “Na parede, o graéte colorido dá ares bem urbanos e um jogo de luzes destaca os cobogós de concreto”, resumem as arquitetas.

FOTOS: CRISTIANO BAUCE E JONAS ADRIANO

JOVEM E SUPER


MESCLANDO PLÁSTICO COM MATERIAIS NATURAIS NOBRES E MUITAS CORES, O AMBIENTE TEM A DINÂMICA E O ASTRAL DA BLOGUEIRA QUE O INSPIROU

W4 Arquitetura Criativa laura@w4arquitetura.com.br www.w4arquitetura.com.br

EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 23


FOTOS: LUCAS RODRIGUES

INSPIRAÇÃO

notável PEQUENA

Larry Guimarães larry.projetos@gmail.com

s moradores sonhavam com uma área de lazer completa, com churrasqueira e fogão a lenha, ainda que tivessem um espaço de apenas 24m². Ao lado do arquiteto Larry Guimarães, conseguiram criar uma “pequena grande” área gourmet. Os fundos do terreno – até então um quintal com uma área de serviço – foi transformado em uma cozinha completa, bem iluminada e ventilada. No novo espaço, um pouquinho da personalidade do casal de moradores: o moderno e o rústico estão presentes no ambiente, se misturam e combinam com perfeição. “Abusamos do uso do cimento queimado, tanto no porcelanato do piso quanto no revestimento sextavado da parede. Além, é claro, de propor o tijolinho como revestimento da churrasqueira e do fogão a lenha, que era a principal exigência da cliente. 8anter a soésticação do ambiente era uma prioridade”, comenta Larry. Pendentes foram instalados sobre a grande mesa de madeira de demolição, somando-se ao charme do forro de madeira. O material, que é um ótimo isolante térmico, garante a temperatura ideal do ambiente durante todo o ano: fresco no verão e aquecido no inverno, promovendo as sensações de acolhimento e aconchego.

EM APENAS 24M² O ARQUITETO CRIOU UMA ÁREA GOURMET COMPLETA, ACONCHEGANTE E CHEIA DE PERSONALIDADE 24 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS


CIMCAL

novidades

SALÃO DO MÓVEL DE MILÃO NA ITÁLIA – EUROCUCINA 2018

E TENDÊNCIAS NA COZINHA

ozinhar com bem-estar e praticidade, usando recursos tecnológicos de ponta, é o lema da última geração dos produtos e dos móveis para cozinha lançados na Eurocucina 2018, durante o Salão do Móvel de Milão. Entre as principais tendências para o setor, a badalada mostra paralela bianual apresentou cozinhas pequenas, para se adaptar a casas contemporâneas, e diversas tecnologias para o conforto do dia a dia. A nova cozinha se integra totalmente ao restante da casa, praticamente se confundindo com armários na sala. Exemplos são o fogão e a coifa, que deixaram de ser meros eletrodomésticos para se transformarem em peças decorativas. A cozinha inteligente está cada vez mais próxima, real e garante eéciência, sustentabilidade, con-

trole de consumo, segurança, conforto e diversão. A tecnologia está nos eletrodomésticos, que contam com aplicativos para controlar os aparelhos por meio de smartphones e tablets. Utensílios se comunicam um com o outro via Bluetooth e os fornos possuem telas coloridas sensíveis ao toque, em sintonia com o que acontece com o restante da casa. Os itens de tecnologia chamam a atenção: às vezes aparecem como espaços escondidos que, com um abrir de porta ou toque, revelam um mundo dentro dos armários. Outras marcas preferem deixar todos os itens cada vez mais aparentes, com coifas, cristaleiras, estantes e nichos transparentes. A transparência ganha outro mote: mostra a cozinha como centro da casa e merecedora de uma decoração que precisa écar em evidência.


CIMCAL

A ILUMINAÇÃO LED APARECE AINDA MAIS FORTE NOS PROJETOS. ESTÁ PRESENTE NOS FUNDOS DOS MÓVEIS, EM PONTOS DE LUZ COM VÁRIAS APLICAÇÕES, EM NICHOS E PRATELEIRAS INTEIRAS E TAMBÉM EM PEQUENOS “RASGOS” LATERAIS

Esteticamente, as linhas do mobiliário para a cozinha são mais leves e os espaços se transformam por meio de surpreendentes artifícios mecânicos. Portas, gavetas e superfícies abrem e fecham com precisão e até mesmo a pia desaparecerá para depois voltar à sua função tradicional, em uma espécie de “jogo”, criado para facilitar as tarefas do cotidiano. O uso do vidro nas cozinhas cresceu muito, com ao menos um elemento em vidro, muitas vezes com a criação de cristaleiras e módulos de bar iluminados. A aplicação da iluminação LED apareceu ainda mais forte para diferenciar projetos de mobiliário. Ela está presente nos fundos dos móveis, em pontos de luz com diferentes aplicações, em nichos e prateleiras inteiras, mas também em pequenos “rasgos” ou cortes laterais para inserir étas de iluminação. Os elementos naturais, presentes nos projetos,

trazem a natureza para dentro da casa. As pedras são usadas em diferentes interpretações, naturais e em produtos, reproduzindo seus desenhos. Com texturas ou lisas, claras ou escuras, em tampos ou nos frontais (portas ou gavetas), mas sempre compondo com a madeira, pelo calor que ela propicia e harmonia que confere ao projeto. A cozinha do futuro será monomatérica, isto é, com um material único no chão, nas paredes, nas bancadas, nos armários, etc. Em Milão, as superfícies de quartzo também puderam ser vistas, ultracompactas, resistentes a riscos, manchas e com propriedades antibacterianas, em acabamentos que imitavam granitos e mármores. Na nova cozinha, racional e personalística, o design se destaca por suas formas limpas e linhas simétricas. Longe de ser simples e banal, formam-se composições geométricas e cenários


de personalidade, em que cada detalhe é projetado para criar harmonia. As cores mais usadas assumem conotações naturais: cores de terra e suas variações são as que predominam nos novos lançamentos, que passam uma ideia de simplicidade e elegância. Os tons de preto e cinza, em alta há alguns anos, permanecem fortes, aliados a acabamentos mate e iluminação LED. Cozinhar é moda. Blogs, revistas, programas de culinária e o fenômeno dos grandes chefs têm causado nas pessoas mais interesse ao universo da culinária. Os hábitos mudaram nos últimos anos, e a cozinha deixou de ser meramente lugar de preparação de alimentos para se tornar espaço de lazer. Os novos projetos são baseados na criação de ambientes de reunião e desconexão, enquanto atendem aos requisitos técnicos.

A NOVA COZINHA SE INTEGRA TOTALMENTE AO RESTANTE DA CASA E À DECORAÇÃO, PRATICAMENTE

POR ROGÉRIO SANTOS

SE CONFUNDINDO COM ARMÁRIOS DA SALA


EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 25


oriental

Gislayne Santos gislaynesantosarquiteta@gmail.com

ma sala integrada à varanda, para receber com conforto amigos e familiares, mas com espaço bem limitado. Originalidade na decoração, que deveria ser inspirada por diferentes culturas. Esses foram alguns dos vários desaéos enfrentados pela arquiteta e designer de interiores Gislayne Santos, que buscou soluções funcionais para melhor ocupar o espaço disponível. O piso da varanda foi estendido para assentar a mesa, preservando assim a circulação interna, e pérgolas de vidro foram instaladas para cobrir essa área. O painel amarelo, recortado com folhagens, é iluminado e, em curva, conduz ao jardim, unindo as áreas interna e externa. Entre as soluções, destaque para a bancada de apoio para refeições, que recebeu um tampo de vidro, possibilitando visualizar o caminho para o espelho d’água. Outros pontos importantes são a estante lateral, com pouca profundidade, mas que armazena taças, pratos, talheres e objetos de arte, e também a estante estreita do fundo, composta por nicho de vidro para xícaras e por um móvel com puxadores em cerâmica turca. Os artigos étnicos de decoração são muito presentes neste espaço. Objetos trançados e padronagens tradicionais permeiam o ambiente, como a poltrona e a mesa lateral em corda náutica, as cadeiras em palha, o mosaico acima da persiana e os diversos adornos de origem asiática. “Eu gosto muito dos objetos pintados à mão, como os pratos turcos pintados em alto relevo e os pássaros e os puxadores banhados com folhas de ouro. Com exclusividade, criados e desenhados por mim, o teto, o bandô, as colunas e os painéis recortados chamam a atenção, além da iluminação e paisagismo”, aérma Gislayne.

VARANDA COM SOLUÇÕES INTELIGENTES, DESIGN PERSONALIZADO, DECORAÇÃO ÉTNICA E ILUMINAÇÃO BEM PENSADA 26 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS

FOTOS: MÁRIO MONTEIRO

FOTO: FELIPE SOBRINHO

TOQUE


EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 27


INSPIRAÇÃO

28 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS


MESCLANDO MATERIAIS RÚSTICOS E NOBRES, AS PROFISSIONAIS CONSEGUIRAM COMPOR AMBIENTES ACONCHEGANTES

o melhor

E AGRADÁVEIS

FOTOS: RENATA MACHADO

DO FINAL DE SEMANA

esta casa, o énal de semana é sempre muito esperado pelo casal de moradores e seus dois élhos adolescentes: é hora de receber os familiares e os amigos. “Eles buscavam um ambiente maior e integrado, onde pudessem desfrutar com conforto dos momentos de lazer”, explicam as arquitetas Nayara Prado e Raquel Machado. O projeto todo partiu da necessidade de uma enorme mesa para refeições, que atendesse ao maior número de pessoas possível. “E todos deveriam écar bem acomodados. Precisávamos atender a esse pedido e, ainda, criar uma piscina em um espaço reduzido”, relatam. A partir daí é que as proéssionais puderam trazer outras ideias de composição e de aproveitamento do espaço. “Eles nos deram carta branca. Escolhemos cadeiras com design assinado, mas de fácil manutenção, procuramos materiais resistentes e laváveis e projetamos uma iluminação aconchegante e, ao mesmo tempo, funcional.” Entre outras soluções, destaque para o balcão amplo, com desenho e material diferenciados, para as bancadas grandes e para o acesso em volta da churrasqueira. “O morador é um amante da culinária”, contam. Nayara e Raquel tiveram preocupações com a estética, mas também com a versatilidade e com o custo. “Sendo assim, o revestimento elaborado da parede se contrapôs com o porcelanato de madeira do piso; o balcão de pedra diferenciada contrastou com a madeira de demolição da grande mesa. E esta mescla de materiais nobres e rústicos resultou na tão almejada sensação de aconchego, sem deixar de lado aquele toque de soésticação”, resumem.

Nayara Prado e Raquel Machado nayaraeraquel@hotmail.com

EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 29


DESTAQUE DA EDIÇÃO

TOTAL INTEGRAÇÃO ENTRE OS AMBIENTES COBERTOS E DESCOBERTOS, O LAZER E A CONVIVÊNCIA COMO PREMISSAS BÁSICAS, REVESTIMENTOS ACONCHEGANTES, ILUMINAÇÃO CÊNICA E A NATUREZA DENTRO DE CASA

Pellegrini & Rodriguez Arquitetura projetos@perarquitetura.com

30 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS


inpiração

FOTOS: ANDRÉ MONTEIRO

PARA O ANO INTEIRO

um lugar onde dá praia e calor quase o ano inteiro, o próprio clima é um convite para viver ao ar livre. E esse era um dos anseios dos moradores deste apartamento em Santos: buscavam um ambiente despojado e perfeito para receber os amigos. “Um apartamento com o lazer integrado é muito bacana, principalmente para um casal com crianças. Elas aproveitam piscina, o sol da manhã e o espaço descoberto com a segurança do próprio lar”, comentam Bianca Pellegrini de Oliveira e Carla D. Rodriguez Santos, arquitetas e urbanistas responsáveis pela obra. A dupla criou ambientes integrados (coberto e descoberto) com piscina, horta, estar com TV e espaço gourmet, o que oferece di-

versão aos moradores de diferentes idades juntos ou individualmente. “Para garantir essa solicitação dos clientes, foi necessária uma grande reforma, começando pela alteração das alturas dos ambientes e a modiécação da piscina, o que resultou na facilidade de observar as crianças dentro da água enquanto o casal curte um churrasco com os amigos”, explicam. Entre as escolhas, destaque para os revestimentos com relevo, a iluminação cênica e acolhedora e também para o mobiliário. “Procuramos usar tapetes, papéis de parede e revestimentos bem aconchegantes. E sem esquecer como é importante trazer um pouco da natureza para dentro de casa”, resumem Bianca e Carla.

EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 31


32 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS


PROJETO

A MESA ANTIGA É DESTAQUE NO LIVING, QUE TEM PÉ-DIREITO DUPLO E ESTILO CONTEMPORÂNEO

HISTÓRIAS DA

morada deve carregar memórias. Localizado em Curitibanos (SC), o apartamento duplex tem decoração aconchegante que valoriza o mobiliário, herança de gerações, e uma coleção de obras de arte espalhadas nos seus 280m² de área. As arquitetas do Espaço do Traço, Maíra Kueiroz e Vanessa Faller, assumiram o desaéo de trazer tudo isso para um estilo contemporâneo e bem integrado. O ponto de partida para compor o espaço social foi a mesa que está na família há muitas gerações. Feita com madeira da fazenda dos avós, ela ganhou destaque por ser um item que remete a boas lembranças. O living recebeu uma base neutra e clean, que permitiu ressaltar o móvel. O tom de azul permeia o ambiente, expondo a continuidade entre o tapete, o buffet e a cristaleira. O pé-direito duplo traz soésticação à área social. Para preenchê-lo, as arquitetas escolheram o Lustre Crown, que é uma releitura contemporânea dos antigos candelabros. Desse modo, ele integra a mesa vintage ao estilo moderno do projeto. A escada slim foi revestida com mármore piguês e projetada com prateleiras para aproveitar o pé-direito. “Usamos espelhos para duplicar o desenho dela, lembrando as imponentes escadas palacianas”, conta Maíra.

34 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS

FOTOS: LIO SIMAS

NOVOS CAPÍTULOS NAS


EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 35


PROJETO

Os quadros em estilo impressionista que a família adquiriu em viagens – principalmente em galerias europeias – foram integrados em ambientes como o home teather, o mezanino e a copa. Para valorizar a paixão dos proprietários pela arte, o corredor do térreo se transformou em uma galeria. No home teather, o casal queria um ambiente aconchegante e despojado, além de um espaço para o élho de 2 anos brincar. Maíra e Vanessa escolheram móveis confortáveis, como o amplo sofá, e utilizaram pontos de cor nas almofadas e objetos de decoração. O cantinho para a criança possui uma mesa para desenhar, além das charmosas cadeiras Panton. 36 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS

O espaço gourmet foi projetado para receber convidados: uma mesa de oito lugares com as cadeiras Masters e os quatro assentos na bancada permitem que a família e os amigos possam se reunir. Na cozinha, o estilo clássico está presente nos móveis e no ladrilho. Em contrapartida, as arquitetas optaram pelo Corian por ser um material mais moderno. Na copa, também usaram móveis de família: a mesa e as cadeiras. “Revestimos a mesa com um tampo de mármore piguês para trazer um contexto contemporâneo ao mobiliário”, aérma Vanessa. O mezanino, além de uma biblioteca, é um espaço aconchegante pensado para os proprietários

FOTOS: LIO SIMAS

MÓVEIS ANTIGOS DE FAMÍLIA, OBRAS DE ARTE E LEMBRANÇAS DE VIAGENS MARCAM PRESENÇA POR TODO O APARTAMENTO


AO ESCOLHER MATERIAIS, AS ARQUITETAS BUSCARAM CONCILIAR ACONCHEGO, FUNCIONALIDADE E MODERNIDADE

apreciarem o belíssimo pôr do sol que se vê através das grandes janelas do apartamento. A estante é mais um recurso para armazenar as memórias da família, como o saxofone do avô e as lembranças de viagens. “O destaque em aproveitamento de espaço é o escritório”, relata Maíra. Com um layout complicado, a solução foi projetar uma marcenaria sob medida, que transformasse o ambiente em um local aconchegante. Já o espaço disponível no corredor foi aproveitado para compor uma rouparia e uma minicopa com frigobar e micro-ondas. O rosa quartzo foi a cor escolhida para tornar

a suíte principal mais acolhedora. Na parede, uma composição com fotos do casal personaliza a decoração. O closet tem nichos aparentes para bolsas e sapatos, com o objetivo de quebrar a linearidade do roupeiro. No banheiro do casal, a bancada em Corian retroiluminado remete ao padrão de ônix. “A proposta foi criar um ambiente leve e claro, que se assemelha a um camarim”, diz Vanessa. O xodó do apartamento é o quarto do élho dos moradores: um espaço que propicia diversão. Elementos como a cama com casinha e o painel com tinta de quadro-negro trazem um aspecto lúdico e incentivam a criança a brincar. EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 37


Ô DE CASA!

camisa10

esculpe seu Zagalo, mexe nesse time que tá muito fraco! Levaram uma êecha e esqueceram o arco.” Assim começa a música Camisa 10, gravada por Luiz Américo em 1973, a qual teve uma grande repercussão na época por criticar a Seleção Brasileira de Futebol pós-1970, que depois de se tornar tricampeã no México atravessava um período de altos e baixos para disputar a Copa da Alemanha de 1974. O argumento principal do samba, porém, era o fato de o técnico não ter encontrado, até então, um substituto para Pelé, que se despediu da seleção canarinho em 1971 e que jogava, como a maioria sabe, com a camisa 10. Se naquela época a coisa já não estava boa para a Seleção Brasileira, imagina agora! De 1974 pra cá muita coisa mudou. Aquele tempo de Falcão, Sócrates e Zico dando olé em solo espanhol, na Copa de 82, era um tempo de menos tecnologia, menos vaidade, menos milhões e mais entrega. Uniforme de grife, assinado por estilista ban-ban-ban, parece coisa muito supérêua para os homens daquela época. Importante mesmo era fazer bonito dentro de campo, com talento, raça e gana. Suar a camisa, se manter de pé por entender que cada minuto era decisivo para a meta proposta. Na Seleção Canarinho havia de Leão a Falcão! O nosso futebol era arte. Era preciso ser time. E sendo assim, o mundo passou a enxergar com outros olhos a forma como a bola rolava em gramados brasileiros. Ao entregar o seu melhor, o time fazia acontecer. Todos trabalhavam como se fossem um, pois sabiam que o gol, comemorado e suado, era assinado por to-

dos. Na falta de um dos craques, havia muitos outros destaques para honrá-lo em campo. Foi assim que os nossos artistas passaram a ser o sonho de consumo de muitos times ao redor do mundo. Assim começamos a exportar o que havia de melhor e perdemos de forma gradativa tudo o que é essencial para ser um time. Nosso futebol deixou de ser arte para ser comércio. O nosso futebol se perdeu e olhe aí no que deu! A derrota por 7x1 contra a Alemanha em 2014, dentro de casa, com toda a torcida a incentivar no Mineirão, de nada valeu para mudar a situação. Foi em vão! E hoje, nem o carismático e competente Tite deu conta do recado e de tanto ti-ti-ti. Com uniformes impecáveis, topetes ousados, brincos exagerados, tatoos repletas de signiécados e familiares por todos os lados, derrotados deixamos a Rússia. É, de fato, a coisa tá ruça! Mas daqui a pouco Neymar volta a jogar. No Paris Saint-Germain. É lá que agora ele está em casa e convive com todos os outros do time. Time é convivência, harmonia, sinergia, sintonia e dia a dia. No mesmo barco, estão Cristiano Ronaldo, Messi, Luiz Soares, que, como Neymar, seguirão ganhando milhões para driblar, fazer jogadas geniais e somar ao placar. “Desculpe seu Zagalo, a crítica que faço é pura brincadeira. Espírito de humor, torcida brasileira. A turma está sorrindo para não chorar, tá devagar.” Tá tudo devagar parecendo que vai parar. Kuem sabe agora as coisas mudam e cada um decide ser Camisa 10. Em casa, na empresa, no bairro, na cidade e no país. E assim, com amor, paixão e garra, trabalhar e colocar tudo no lugar. Vamos lá, Brasil!

POR CLAUDIA MARIA CHAVES, PSICÓLOGA E PUBLICITÁRIA

38 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS


EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 39


BEM VIVER

natureza DE BEM COM A

40 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS


onviver com a natureza ressigniéca o dia a dia e transforma pequenos prazeres em grandes momentos. Kuem vive na “selva de pedra” muitas vezes precisa recompor suas energias junto à natureza. Caminhar descalço na grama, sentir aquele frio na espinha ao mergulhar em um riacho de água gelada, botar os pés na areia, respirar ar puro. Coisas simples que podem nos dar muita alegria. Viver o verde, símbolo máximo do natural, reconecta o ser humano de forma intensa, verdadeira e profunda com suas raízes, com as pessoas com quem convive e, acima de tudo, consigo mesmo. Há quem diga que morar perto do verde – ou pelo menos ter imersões na natureza – faz o tempo passar diferente: a gente nem pensa em relógio ou calendário quando se pode acompanhar a mudança das estações pelas folhas secas que começam a cair no chão quando chega o outono. E quando é tempo da êoração colorida dos ipês? Kuanta inspiração!

EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 41


BEM VIVER

42 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS

formigas, patos, galinhas, tartaruga, minhoca, peixe, tatu-bolinha ajuda no desenvolvimento saudável e feliz. Essa interação traz benefícios como paciência, respeito, capacidade de observação e curiosidade. E, mais importante do que isso, ensina aos pequenos sobre os ciclos da natureza. PARA VIVER O VERDE Decorar a casa com folhagens, colocar êores num vaso sobre a mesa e caminhar no parque são formas simples de conviver com a natureza, mesmo para quem vive em grandes cidades. Mas há muitas e muitas outras ideias de como trazer o meio ambiente natural para o seu dia a dia. Aproveite: Resgatar brincadeiras com as crianças Uma reportagem da revista Vida Simples mostrou que pessoas entre 8 e 18 anos passam cerca de 7,5 horas por dia, todos os dias da semana, na frente de um computador, com um videogame ou um toca-

FOTOS: BANCO DE IMAGENS

A natureza faz bem à saúde. Diversas pesquisas cientíécas apontam que, ao longo da evolução, o homem foi programado para amar tudo o que é vivo, e por isso a natureza simplesmente faz qualquer pessoa se sentir melhor. E mais: de acordo com uma reportagem do jornal O Globo, cientistas de diversos países – como Holanda, Reino Unido e Japão – perceberam que, ao entrar em contato com o verde, o corpo logo responde, de forma sutil, com pressão mais baixa e maiores níveis de glóbulos brancos (responsáveis pelas defesas do organismo), dentre outras reações positivas. Outro importante fator: conviver com a natureza é um convite para estar ao ar livre. E só assim é possível produzir vitamina D, substância que se desenvolve a partir do contato dos raios solares com a pele. Ela promove a absorção de cálcio pelo organismo e também organiza as funções metabólicas, musculares, cardíacas e neurológicas. Para as crianças, o contato com pequenos animais, como pássaros,


ESTUDOS CIENTÍFICOS JÁ COMPROVARAM: CONVIVER COM A NATUREZA FAZ BEM À SAÚDE. ALÉM DISSO, AS ATIVIDADES AO AR LIVRE PROPORCIONAM MUITAS SENSAÇÕES PRAZEROSAS

dor de música nas mãos e, principalmente, com um celular, segundo estudo da 1aiser Family Foundation, nos Estados Unidos. Será que não é hora de tirá -las da frente da telinha e resgatar brincadeiras como pular corda, fazer piquenique, inventar aventuras na natureza, brincar de esconder entre as árvores ou, simplesmente, correr na grama de pés descalços? Sentir a liberdade de correr ao ar livre Uma pesquisa conduzida por cientistas da Universidade de Exeter, e publicada pela BBC, mostrou que o exercício em ambientes naturais, particularmente em áreas verdes, “foi associado a sentimentos mais fortes de revitalização e envolvimento positivo, diminuição de tensão, confusão, raiva e depressão, e a um aumento da energia”. Pesquisadores da Universidade de Oregon também concordam: o bem -estar aumenta quando você se conecta à natureza. Mais uma motivação para uma vida mais saudável e equilibrada, não é mesmo?

Praticar ioga no parque Diversos parques brasileiros tornaram-se, nos últimos anos, espaços para prática de ioga. Justo: considerando que a prática busca o autoconhecimento e o equilíbrio entre corpo e mente, não há lugar melhor para isso do que junto à natureza. Assim, éca mais fácil encontrar a paz interior em meio à rotina agitada da cidade. A prática regular da ioga ameniza as dores nas costas, melhora o sono, gera sensação de bem-estar, fortalece os músculos, proporciona maior concentração e calma no dia a dia, diminui a ansiedade e aumenta a imunidade, para citar alguns dos benefícios. Ler um livro à sombra de uma árvore Uma árvore grande e frondosa que faz uma sombra enorme é um convite: estenda uma toalha ou abra uma cadeira, sente de maneira confortável e pegue um daqueles livros que você não consegue parar de ler. É uma experiência maravilhosa. Dica de leitura: todos os livros da escritora italiana Elena Ferrante. EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS 43


44 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS


_

%*$

0.1/*ŏħŏ!"ċŏćāĀĀāĈŏħŏćŏ"!/ŏħŏćāŏ4ŏāĀćČĆ)

0.1/* ŏ

!/%#*ŏ !0.1/+Čŏ +*$!% +ŏ

,!(+ŏ

!0($)!*0+ŏ

+./ŏ

!ŏ /1/ŏ

! ŏ  . 0 ! ŏ ! ŏ , ! ( +ŏ

.!ü*)!*0+ŏ

ŏ (,% `Y+ŏ

/1/ŏ ,! ./ŏ ,.!%+//Čŏ "+%ŏ %*/,%.`Y+ŏ ,.ŏ .%`Y+ŏ !//ŏ (%*$ŏ

! ŏ , + .  ! (  *  0 + ċ ŏ ŏ

0.1/*ŏħŏ!"ċŏćāĀĀāĉŏħŏćŏ"!/ŏħŏćāŏ4ŏāĀćČĆ)

)8.)+.!ŏ!)ŏ0+*/ŏ%*6!*0 +/ŏ +)ŏ 2!%+/ŏ (.+/Čŏ 2(+.%6 +ŏ , ! ( + ŏ , + ( % ) ! * 0+ ŏ 0+ 1  $ ŏ ! )ŏ 0!401.ŏ"+/+ŏ+1ŏ !ŏ(0+ŏ.%($+Čŏ 0 .  6 ! ) ŏ ! ( ! # > *  %  ŏ ,  . ŏ )%!*0!/ŏ%*0!.*+/ċ

+(% +ŏ.%($*0!

+(% +ŏ+/+

ŏ333ċ2%((#.!/ċ+)ċ.

 

ĂĀāĉ




NOSSA CASA IRIO PIVA É O NOVO PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO CASA VIP O empresário Irio Piva, da Elevato, tomou posse como presidente da Casa VIP na mais recente reunião da associação, que aconteceu em 19 de junho na cidade de São Paulo. Marcos Tabet, da Construserra, assumiu a vice-presidência. A nova diretoria foi eleita em assembleia realizada em março deste ano. Frederico Mello, da Vilarejo Acabamentos, e José Bernardes Santana Júnior, da Mundial Acabamentos, deixam os cargos de presiGRUPO DE ASSOCIADOS DA CASA VIP ESTEVE VISITANDO A CASACOR SP 2018, ONDE dente e vice, respectivamente, para APROVEITARAM PARA CONFRATERNIZAR E CONHECER AS TENDÊNCIAS EM DECORAÇÃO assumir outros cargos na diretoria. Além da posse, a reunião tratou dos assuntos prioritários, como agendamento de novos eventos, a próxima Assembleia Geral e o encontro do Comitê de Logšstica. Representantes da Ceraméx e da Aquaplás tiveram a oportunidade de alinhar a participação das marcas na próxima assembleia, que acontecerá em agosto com todos os associados. Novos e antigos líderes da Associação Casa VIP, aproveitando a estada em São Paulo, foram fotografados em visita à CASACOR SP 2018, onde estiveram juntos para conhecer as tendências em arquitetura e decoração.

A marca Bel Lar Acabamentos agora faz parte do Grupo Cimcal. Com esta aquisição, a Cimcal se torna uma das maiores empresas do segmento de materiais de construção em Minas Gerais. De acordo com o CEO do grupo, Túlio Greco Garcia, as marcas irão manter seus respectivos nomes e lojas, além do quadro de funcionários. “Com a fusão, ampliamos os nossos pontos de venda. E vamos continuar mantendo as duas marcas, uma vez que ambas possuem conceito e posicionamento bem distintos: a Cimcal trabalha de forma mais genérica, oferecendo soluções completas para o varejo; a Bel Lar se dedica a um segmento de atendimento personalizado”, comenta. Há, ainda, possibilidade de abertura de novas lojas, ampliando a presença da Bel Lar para o interior e marcando a chegada da Cimcal na capital mineira. O Grupo Cimcal, agora, possui 11 lojas, 2 centros de distribuição com capacidade de atingir todo o Es46 EDIÇÃO ÁREAS EXTERNAS

FOTO: BÁRBARA DUTRA/DIVULGAÇÃO

GRUPO CIMCAL ASSUME BEL LAR ACABAMENTOS

TÁCIO GRECO GARCIA, TÚLIO GRECO GARCIA E CAROLINE GARCIA

tado, além de empregar 460 funcionários diretos, somando todas as unidades. Com estoque avaliado em R$ 23 milhões atualmente, a expectativa do grupo é de crescer pelo menos 20% ainda este ano.


Edição áreas externas 47


48 EDIÇÃO áreas externas

Profile for Entrelinhas Conteúdo & Forma

Revista CIMCAL - A marca da sua construção - edição 03/2018  

Revista trimestral de arquitetura, decoração, reforma e construção.

Revista CIMCAL - A marca da sua construção - edição 03/2018  

Revista trimestral de arquitetura, decoração, reforma e construção.

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded