Page 1

Fevereiro 2017

GuĂ­a 2017

BUENOS AIRES

Guia da Ciudade de Buenos Aires

/travelbuenosaires

@travelbaires

travel.buenosaires.gob.ar


GUIA DA CIDADE DE BUENOS AIRES


Convidamos você para visitar e viver Buenos Aires como sua, conhecendo seus bairros de tão diferentes facetas. Você poderá percorrer suas ruas e seus grandes parques a pé, de bicicleta ou no bus turístico. Aproveite as visitas guiadas gratuitas para conhecer melhor a cidade. Venha e se apaixone pelo deslumbrante bairro de Puerto Madero, pela mítica Costanera Sul, pelas tantas cores do Caminito, pelo imponente Obelisco e pelos cantinhos tradicionais e boêmios de todos os bairros. Moderna, jovial e cheia de vida, a Rainha do Prata tem também uma ampla oferta acadêmica de qualidade, ideal para os que desejam estudar. Além disso, como capital latino americana do talento, você poderá se inspirar nos distritos que Buenos Aires oferece: Audiovisual, Tecnológico, Artes, Design e Esportes. Aproveite sua estadia para se divertir! O calendário de atividades, para todas as idades, faz uma cidade vibrante durante o ano todo, noite e dia, com uma agenda cultural variada e um alto nível gastronômico. Buenos Aires te espera. Venha aproveitar a cidade e se deixe encantar!

Andy Freire

Presidente do Ente de Turismo da Cidade de Buenos Aires /AndyFreire /andyfreire

02


Seja em família, com amigos ou sozinho, a pé, de bicicleta ou de bus, há mil maneiras de conhecê-la. Clássica e moderna, seus bairros com ar boêmio e personalidade forte, seus cafés famosos e suas paisagens cheias de história, combinam com os muitos restaurantes de cozinha internacional e os atraentes passeios de compras. Em Buenos Aires você vai poder vivenciar o forte caráter cultural que faz dela uma cidade tão única: museus para adultos e crianças; circuitos de arte, teatro e dança; polos de design; espaços de vanguarda; shows e festivais internacionais; eventos em praças; tango nas milongas e grandes feiras. Venha se emocionar, rir, descansar e encher a alma. Buenos Aires é sua e de todos os argentinos. Esperamos por você com os braços abertos.

Horacio Rodríguez Larreta

Chefe de Governo da Cidade de Buenos Aires

/horaciorodriguezlarreta /horaciorlarreta

03


GUIA DA CIDADE DE BUENOS AIRES Edição janeiro 2017

06

BEM-VINDO A BUENOS AIRES

10

BUENOS AIRES HISTÓRICA

26

BUENOS AIRES DO TANGO

42

BUENOS AIRES ELEGANTE

58

BUENOS AIRES MODERNA

66

BUENOS AIRES DE AUTOR

80

BUENOS AIRES DOS PORTENHOS

98

PARA EXPLORAR A CIDADE

San Nicolás | Monserrat

La Boca | San Telmo | Balvanera

Recoleta | Retiro

Puerto Madero

Palermo

Barracas | Belgrano | Caballito | Flores


BEM-VINDO A BUENOS AIRES Localizada às margens do Rio da Prata, no centro leste da República Argentina, a Cidade Autônoma de Buenos Aires (CABA) é uma das 24 entidades federais e a capital do país. Por ser a sede do governo federal, é chamada de Capital Federal. A cidade é o maior conglomerado urbano argentino e uma das mais populosas da América do Sul; está dividida em 48 bairros, organizados em 15 regiões, chamadas de "Comunas".

CLIMA 18 °C Temperatura média anual

JULHO Mês mais frio (7 °C – 15 °C)

JANEIRO Mês mais quente (20 °C – 30 °C)

ESTAÇÕES HISTÓRIA A Cidade de Buenos Aires foi fundada em 1580 pelo colonizador espanhol Juan de Garay, quem a chamou de “Ciudad de la Santísima Trinidad” (Cidade da Santíssima Trindade). Registra-se uma fundação anterior, em 1536, de outro explorador ibérico, Pedro de Mendoza, mas não foi considerada cidade naquele momento por não cumprir com as Leis das Índias. No século XIX o Estado argentino, com a missão de povoar a extensa nação, promoveu a imigração européia. Assim, o porto de Buenos Aires foi o ponto de chegada de espanhóis, italianos, sírio-libaneses, poloneses e russos, que definiram o ecletismo cultural que distingue a cidade. Ao longo do século XX, as migrações internas, as de países latino americanos e as da Ásia terminaram de formar Buenos Aires como uma cidade cosmopolita e dinâmica, rica em diversidade cultural.

VERÃO

OUTONO

(21/12 al 20/03)

(21/03 al 20/06)

INVERNO

PRIMAVERA

(21/06 al 20/09)

(21/09 al 20/12)

DICAS Moeda

PESO ARGENTINO ($) Fuso horário

UTC-3

NÚMEROS ÚTEIS DELEGACIA DO TURISTA

Idioma

(011) 4309-9700 - Ramal 6422 Av. Corrientes, 436

ESPANHOL

POLÍCIA

911 06

ATENDIMENTO MÉDICO

107

BOMBEIROS

100

Voltagem

220/240V


CENTROS DE ATENÇÃO AO TURISTA Praça do Correio Hub Av. Leandro N. Alem esquina com Rua Sarmiento (Praça do Correio) Casco Histórico Rua Florida, 50 Calçadão Florida Rua Florida, 1000 - Esquina com Rua Marcelo T. de Alvear Puerto Madero Rua Juana Manuela Gorriti, 200 - Dique 4 Retiro Terminal de Ônibus - Ponte 3 - Loja 83 Recoleta Rua Quintana, 596 Rio de la Plata Aeroparque Jorge Newbery - Setor de Desembarque Internacional (exterior) Lagos de Palermo Av. Sarmiento esquina com Av. Figueroa Alcorta - Pracinha Enrique García Velloso Caminito Av. Pedro de Mendoza, 1900

Senhor Turista: Se for testemunha ou vítima de qualquer prática de exploração sexual comercial ou de violação dos direitos das crianças ou adolescentes, denuncie através do telefone gratuito 102, que pertence ao Conselho de Crianças e Adolescentes da GCBA. Lei 2443.

ORGANIZE SUA ESTADIA Oferecemos diferentes ferramentas para que você possa organizar sua agenda de uma maneira simples e rápida. Conheça a oferta turística da cidade de Buenos Aires e escolha as opções que mais gosta.

BA PLANNER

BA.TOURS

Escolha as datas, selecione seus interessese e coloque os dados no seu plano de viagem à cidade. Em poucos passos, você terá seu itinerário pronto e no seu email.

É a loja online oficial do Ente de Turismo da Cidade de Buenos Aires, onde é possível comprar com cartão de crédito as entradas para mais de 200 atividades e experiências, bem como reservar várias atividades gratuitas.

travel.buenosaires.gob.ar /travelbuenosaires /@travelbaires

APP BA TURISMO Instale o novo aplicativo BA Turismo e veja direto no seu celular todos os conteúdos que a cidade preparou para você.

ACESSIBILIDADE

Todas as pessoas podem aproveitar a cidade em igualdade de circunstâncias. Os sinais indicadores de acessibilidade assinalam os lugares preparados para pessoas com deficiência intelectual e múltipla.

CIDADE VERDE Buenos Aires propõe ao visitante aproveitar seus espaços verdes, mover-se de forma sustentável, conhecer suas ofertas de gastronomia saudável e compras responsáveis e até mesmo hospedar-se em lugares com o "ecosello" (marca distintiva de lugares eco sustentáveis) 07


Guia da Cidade de Buenos Aires

OS BAIRROS PORTENHOS compras à noite Praça Cortázar (ex Praça Serrano) Núñez Saavedra

arte urbano em Colegiales

Belgran

Coghlan

Villa

Urquiza Villa Pueyrredón

abóboda de Carlos Gardel no Cemitério de Chacarita

Villa Ortúzar

Agronomía

Colegiales

Chacarita Paternal

Berço do Papa Francisco em Flores

Villa Devoto Villa Real

Versailles Liniers

Villa del Parque Villa Mitre Villa Santa Rita

Monte Castro

Vélez Floresta Sarsfield

Villa Cres

Caballit

Flores

Parque Chacabu

Villa Luro

Mataderos

Parque Avellaneda

Villa Soldati

Villa Lugano

Gaúchos e Folclore em Mataderos

automobilismo em Villa Lugano Villa Riachuelo

08


DESCUBRA BUENOS AIRES

Estádio e Museu River Plate Bairro Chinês

no

fashion and design em Palermo Palermo

Río de la Plata

Recoleta

spo

Almagro

Balvanera

to

compras pela Calle Florida Retiro San Nicolás Monserrat

San Constitución San Boedo Cristóbal Telmo

uco Parque Patricios

Nueva Pompeya

Puerto Madero

La Boca

gastronomia em Puerto Madero

antiguidades e boemia em San Telmo

Barracas

Estádio e Museu Boca Juniors

Jogos Olímpicos da Juventude em 2018

shows de Tango em Boedo

09


BUENOS AIRES HISTÓRICA San Nicolás Monserrat

Nas suas esquinas, praças e edifícios está guardada a história portenha: o período colonial, as invasões inglesas, os ideais de organização nacional e progresso e as diferentes ondas migratórias que formaram nossa identidade. Nada como percorrer o Centro portenho, a Av. Roque Sáenz Peña (Diagonal Norte), a Praça de Mayo e a Av. Corrientes, para sentí-la na própria carne!

10

SAN NICOLÁS Seu nome se deve à Igreja de San Nicolás de Bari, centro de defesa contra as forças inglesas durante as invasões de 1806 e 1807 e lugar onde foi içada, pela primeira vez, em 1812, a bandeira argentina. No século XX, a igreja foi demolida e reconstruída na Recoleta para traçar a Av. Roque Sáenz Peña (Diagonal Norte) e alargar a Av. Corrientes. Em seu lugar, em 1936, foi inaugurado o emblemático Obelisco, em comemoração ao IV centenário do primeiro assentamento espanhol no Rio da Prata.


BUENOS AIRES HISTÓRICA

10

13 Ônibus Linhas 5, 6, 7, 9, 10, 12, 17, 22, 23,

6

24, 26, 28, 29, 33, 37, 39, 45, 50, 52, 56, 59, 60, 61, 62, 64, 67, 70, 75, 86, 91, 93, 98, 99, 100, 102, 103, 105, 106, 109, 111, 115, 124, 126, 129, 130, 132, 140, 142, 146, 150, 151, 152, 168, 180, 194, 195.

8 11 9 2

3

1

7

4

Metrobus 9 de Julio

Metrô A, B, C e D

12

5

PRAÇA "LAVALLE" Rua Lavalle esq. com Av. Córdoba. Rua Talcahuano esq. com Rua Libertad Anteriormente um quartel militar, a praça adotou este nome em 1878 em memória de Juan Lavalle (1797-1841), militar e político argentino. Nela estão monumentos sentimentalmente muito importantes para os portenhos, como o de Hipólito Yrigoyen, primeiro presidente eleito em 1916 pela Lei de Sufrágio Universal, Obrigatório e Secreto; a Fonte ao Ballet Nacional, em homenagem a nove bailarinos do Teatro Colón falecidos em um acidente aéreo em 1971; e o monumento da Memória Ativa, instalado aqui pelos familiares das vítimas do atentado à Asociación Mutual Israelita Argentina (AMIA) em 1994. Na Rua Libertad se destaca o templo da Congregação Israelita da República Argentina.

1

OBELISCO Av. 9 de Julio esq. com Av. Corrientes

2

Foi inaugurado em 1936, quando do IV Centenário do primeiro assentamento espanhol no Rio da Prata. Houve uma forte

resistência da opinião pública em quanto a sua inauguração mas com o passar dos anos transformou-se num símbolo da cidade.

11


Guia da Cidade de Buenos Aires

TEATRO COLÓN Rua Cerrito, 628

3

É considerado um dos dez melhores teatros líricos do mundo, reconhecido por sua acústica e pelo valor artístico de seu edifício. Passaram por seu palco os cantores, dançarinos e intérpretes de maior reconhecimento internacional. Em 2010 a cidade de Buenos Aires comemorou a reabertura do Teatro Colón após um grande trabalho de reforma e atualização tecnológica. paixões​

CASA DE "DOMINGO FAUSTINO SARMIENTO"

TEATRO NACIONAL CERVANTES Av. Córdoba esq. com Rua Libertad

4

É um dos principais palcos do país e foi inaugurado em 1921. Seu nome homenageia o literato

espanhol, autor de Dom Quixote de La Mancha. Muitos dos elementos de sua ambientação interior, como os azulejos, vitrais, tapeçarias e adornos de metal foram trazidos da Espanha.

MIRANTE "MASSUÉ"

CENTRO CULTURAL BORGES patrimônio histórico, cultural e Rua Florida, 737. Galerías Pacífico É um importante empreendimento cultural criado pela Fundación para las Artes. Seu intuito é promover e estimular a arte e a cultura argentinas e difundir seu

12

5

6 Rua Sarmiento, 1251 Neste casarão de fachada neo italiana residiu Domingo Faustino Sarmiento (1811-1888) de 1875 até sua morte. Destacado escritor e educador, foi presidente da república entre 1868 e 1874 e um impulsionador do progresso do país, especialmente da educação pública. É por este motivo que no dia 11 de setembro, aniversário de sua morte, comemora-se na Argentina o Dia dos Professores. Atualmente funciona no local a Casa da Província de San Juan, da qual foi governador.

artístico, tanto em nível local quanto internacional. Inaugurado em 1995, ocupa um espaço importante dentro do shopping Galerías Pacífico.

Rua Talcahuano esq. com Rua Tucumán

7

Este mirante em forma de pequeno templo grego fez parte de um projeto emblemático de Alfred Massué, importante arquiteto do art nouveau e do ecletismo antiacademicista, criado em 1909. O edifício atual, de arquitetura moderna, preservou o antigo mirante.


BUENOS AIRES HISTÓRICA

TEATRO "LOLA MEMBRIVES" Av. Corrientes, 1280

8

É um dos teatros tradicionais da avenida Corrientes. Construído em 1927, seu nome é uma homenagem a uma das artistas mais destacadas na representação das peças dos escritores espanhóis Jacinto Benavente e Federico García Lorca. Possui uma fachada de estilo neo renascentista italiano e três janelas com arcos de meio ponto no andar superior, decoradas com vitrais policromáticos.

PALÁCIO DA JUSTIÇA

#DICA

Rua Talcahuano, 550

No bairro de San Nicolás, onde se encontra o Obelisco, foi içada pela primeira vez a bandeira nacional.

Também conhecido como Palácio dos Tribunais, este edifício de sete andares de estilo neo clássico com influências gregas e romanas,

9

TEATRO E CENTRO CULTURAL "GENERAL SAN MARTÍN" 10 Av. Corrientes, 1530 Situado no coração da cidade, o edifício foi inaugurado em 1960. Possui três salas de teatro, um cinema, salões para exposições e uma galeria de fotos. Pertence ao Complexo Teatral de Buenos Aires e dispõe de dois elencos estáveis: O Ballet Contemporáneo e o Grupo de Titiriteros (Grupo de Marionetistas).

abriga a sede do Poder Judicial e da Corte Suprema de Justiça da Nação. Foi projetado pelo arquiteto francês Norbert Maillart e inaugurado em 1942.

MULTITEATRO (ANTIGO TEATRO BLANCA PODESTÁ) Av. Corrientes, 1238

Esta sala nasceu como cinema em 1914 e em 1922 consagrou-se ao gênero teatral. Por seu cenário passaram grandes figuras e foi nele onde se conheceram, em 1933, Carlos Gardel e Federico García Lorca.

TEATRO "ALVEAR" Av. Corrientes, 1659

IGREJA E ANTIGO "CONVENTO DE SANTA CATALINA DE SIENA" 12 Rua San Martín, 705 Inaugurado em 1745, foi o primeiro convento para mulheres da cidade e abrigou as irmãs catalinas até 1974. Durante

a invasão inglesa de 1807, o templo funcionou como hospital para receber os feridos de ambos os lados.

11

13

Desde 1942 esta sala é um clássico da música e do teatro argentinos. Com capacidade para mil pessoas e uma moderna infraestrutura técnica, conta com oficinas de cenografia, iluminação, som e alfaiataria. A sala faz parte do Complexo Teatral de Buenos Aires.

13


Guia da Cidade de Buenos Aires

MONSERRAT É a região mais antiga de Buenos Aires. Em 1580 aqui se estabeleceram os primeiros espanhóis. Ao redor da Praça de Mayo estão concentrados os principais edifícios públicos, bancos, escritórios, museus e as sedes do Poder Executivo Nacional e do Governo portenho.

25 27

28

24 23 20 21

19 15

26

11 10 12 22 6 14 13 5 9 4 16 7 17 1 3 8 2 18

Ônibus

PRAÇA "DE MAYO" Rua Bolivia, Av. Rivadavia, Rua 1 Balcarce e Av. Hipólito Yrigoyen

Metrobus

Linhas 2, 3, 4, 5, 6, 7, 9, 10, 12, 17,

9 de Julio

20, 22, 23, 24, 27, 28, 29, 33, 38, 39, 45, 50, 54, 56, 59, 60, 61, 62, 64, 67, 70, 74, 86, 90, 91, 93, 96, 98, 100, 102, 103, 105, 111, 116, 126, 130, 142, 143, 146, 150, 151, 152, 159, 168.

A, C e E

14

Metrô

É a primeira praça pública da cidade, construída em frente ao Cabildo, em um espaço definido por Juan de Garay em 1580. Seu nome relembra a Revolução de 25 de maio de 1810, quando os portenhos se uniram para expulsar o vice-rei e formar o primeiro governo "criollo" (formado por descendentes de espanhóis nascidos na América). A Pirâmide de Maio foi construída na praça em 1811 como comemoração do Revolução. Em 1873 adicionou-se o monumento em homenagem ao general Manuel Belgrano, o criador da bandeira nacional.


BUENOS AIRES HISTÓRICA

PALÁCIO DE GOVERNO OU CASA ROSADA Rua Balcarce, 50

2

Este palácio, sede do governo nacional, ocupa o terreno onde foi erigido o Forte de Buenos Aires, em 1580. Foi residência dos vice-reis espanhóis e abrigou as autoridades dos sucessivos governos nacionais. O edifício atual é fruto da fusão de duas construções anteriores: o Palácio dos Correios e a antiga sede presidencial. Durante o governo de Domingo Faustino Sarmiento (1868-1874)

foi pintado pela primeira vez de cor-de-rosa, cor que lhe valeu seu nome popular.

#DICA Nos fins de semana e feriados, das 10:00h às 18:00h, é possível realizar visitas guiadas gratuitas pela Casa Rosada. Faça sua reserva em visitas.casarosada.gob.ar

CATEDRAL METROPOLITANA Rua Rivadavia esq. com Rua San Martín

3

É a principal sede da Igreja Católica argentina e foi declarada Monumento Histórico Nacional. O edifício que vemos hoje é a sexta construção realizada no terreno desde a segunda fundação da cidade. Em 1752 começou a construção da estrutura atual, à qual foi adicionada uma fachada de estilo neoclássico em 1822 e a ornamentação na parte frontal, em 1860. Em 1877 acrescentou-se uma nave lateral que abriga o mausoléu do general José de San Martín (17781850), o libertador da Argentina, do Chile e do Peru.

#DICA Na Catedral funciona um museu em homenagem ao Papa Francisco. Nele estão expostos os objetos pessoais e litúrgicos que utilizou durante os 15 anos em que foi arcebispo de Buenos Aires.

15


Guia da Cidade de Buenos Aires

CABILDO DE BUENOS AIRES Rua Bolívar, 65

4

Foi a sede da administração colonial, construída em 1580. Com o desenvolvimento das avenidas, sofreu uma série de modificações e reduções. Desde 1938 funcionam nele a Comissão Nacional de Museus, Monumentos e Lugares Históricos e o Museu Histórico Nacional do Cabildo de Buenos Aires e da Revolução de Maio.

PALÁCIO LEGISLATIVO DA CIDADE DE BUENOS AIRES Rua Perú esq. com Rua Hipólito Yrigoyen

PALÁCIO DO GOVERNO Rua Bolívar, 1

5

É a ex sede do Poder Executivo do governo da cidade de Buenos Aires, construída entre 1891 e 1902. Seu estilo é academicista francês com elementos italianos.

6

Neste edifício inspirado no neoclassicismo francês do século XVIII funciona o Poder Legislativo da cidade. Construído entre 1926 e 1931, possui uma torre de 97 metros de altura com um relógio Westminster de quatro esferas e um carrilhão de trinta sinos que pode ser acionado por meio de um teclado de madeira. O Palácio Legislativo (La Legislatura) possui uma biblioteca especializada em direito e jurisprudência argentina e uma hemeroteca que guarda as publicações mais importantes do país desde 1892.

ANTIGA SEDE DO CONGRESSO NACIONAL Rua Balcarce, 139

7

Neste edifício as câmaras de Deputados e Senadores realizaram suas sessões entre 1864 e 1905. Sua parte exterior foi reformada, mas por dentro conserva a tribuna e o mobiliário originais. Atualmente abriga a Academia Nacional de História.

#DICA Em 1948, as salas de reuniões do antigo Congresso Nacional foram restaurados pelo arquiteto Estanislao Pirovano.

MUSEU "CASA ROSADA" Av. Paseo Colón, 100

8

No mesmo local funcionava anteriormente a Aduana Taylor (Alfândega Taylor), coração do porto de Buenos Aires. Em 2011 a construção foi restaurada e recuperada para abrigar o Museu do Bicentenário, um percurso pela história argentina de 1810 até a atualidade.

16


BUENOS AIRES HISTÓRICA

O Cabildo foi o cenário da Revolução de Maio de 1810, que deu lugar ao primeiro governo nacional.

17


Guia da Cidade de Buenos Aires

QUARTEIRÃO DE LAS LUCES

MUSEU "DE LA CIUDAD"

Rua Perú, Rua Alsina, Rua Bolívar e Moreno

9

Rua Bolívar, 412 Criado em 1968, conserva e divulga o patrimônio cultural e os costumes dos portenhos. Suas coleções integram os mais variados objetos: fotografias, elementos de arquitetura, móveis, revistas e outros elementos da vida cotidiana. Está formado por vários edifícios, entre eles o Altos de Elorriaga e o Altos de Ezcurra, duas das residências mais antigas da cidade.

Av. Pte. Julio Argentino Roca esq. com Rua Perú

Em 1633 instalaram-se neste solar os padres jesuítas que, até sua expulsão em 1767, ergueram diversos edifícios, principalmente com funções educativas e culturais. O nome Quarteirão das Luzes faz referência aos estabelecimentos educativos e culturais de grande importância que funcionaram aqui durante séculos. Estas edificações estão entre as mais antigas ainda preservadas na cidade. Por baixo deste quarteirão passam túneis subterrâneos construídos na época colonial para defesa e contrabando que podem ser visitados.

COLÉGIO "NACIONAL DE BUENOS AIRES"

MONUMENTO A JULIO ARGENTINO ROCA 12

Julio Argentino Roca (1843-1914) foi ministro da guerra durante a presidência de Nicolás Avellaneda, cargo com o qual comandou a campanha militar conhecida como a Conquista do Deserto, e presidente da república em dois períodos, de 1880 a 1886 e de 1898 a 1904. É obra do escultor uruguaio José Zorrilla de San Martín e foi inaugurado em 1941.

Rua Bolívar, 263

MUSEU ETNOGRÁFICO "JUAN B. AMBROSETTI" 11

O colégio um dos estabelecimentos secundários de maior prestígio da cidade. Depende da Universidade de Buenos Aires. Seu edifício atual é um projeto do arquiteto francês Norberto Maillart e data de 1918.

IGREJA "SAN IGNACIO DE LOYOLA" Rua Bolívar, 225

14

É a igreja mais antiga conservada em Buenos Aires. Começou a ser construída em 1686 sobre os muros de um templo preexistente e foi a primeira edificação na qual foram utilizados tijolos em lugar de adobe. A obra, realizada por arquitetos jesuítas, foi consagrada em 1734.

18

10

Rua Moreno, 350

13

Fundado em 1904, funciona nesta sede desde 1927. Seu nome é uma homenagem ao seu primeiro diretor, pioneiro na realização de expedições arqueológicas na Argentina.


BUENOS AIRES HISTÓRICA

BASÍLICA "NUESTRA SEÑORA DEL ROSARIO" E CONVENTO DE "SANTO DOMINGO" Av. Belgrano esq. com Rua Defensa

15

Este templo católico, construído em meados do século XVIII e declarado Basílica em 1909, foi cenário da segunda invasão inglesa ao ser tomado pelos soldados britânicos. Atrás do altar da nave lateral leste, são exibidas as bandeiras tomadas das tropas britânicas em 1807. No átrio encontra-se o mausoléu que guarda os restos do herói Manuel Belgrano desde 1903, no qual se destacam as grades de estilo colonial espanhol. Também são exibidos dois emblemas que Belgrano tomou do exército realista espanhol e que depois deu como oferenda à Virgem Maria.

IGREJA E CONVENTO DE "SAN FRANCISCO" E CAPELA "SAN ROQUE" Rua Defensa esq. com Rua Alsina

16

Este edifício foi construído entre 1730 e 1754. Em 1911 sua fachada foi totalmente refeita e passou a ter o estilo barroco bávaro atual. As imagens de madeira policromada conservadas no interior do templo datam do século XVIII. Sua impressionante peça de tapeçaria “A glorificação de São Francisco” é uma criação de Horácio Butler, considerada uma das maiores do mundo.

#DICA Foi a primeira igreja dos franciscanos, a ordem fundada por São Francisco de Assis. Deste santo, tomou o nome Jorge Bergoglio como símbolo e guia do seu pontificado.

PLAZOLETA DE "SAN FRANCISCO"

(PRACINHA DE SÃO FRANCISCO) Rua Adolfo Alsina, 399

17

Nela há quatro figuras alegóricas: a Geografia, a Astronomia, a Navegação e a Mecânica, que originalmente faziam parte da Pirâmide de Maio e que, em 1972, foram transferidas para esta pequena praça.

19


Guia da Cidade de Buenos Aires

BANCO DA NAÇÃO ARGENTINA Rua Rivadavia esq. com Rua 25 de Mayo

18

Entre 1857 e 1888 funcionou neste endereço o primeiro Teatro Colón. Em 1891, diante de uma crise do sistema financeiro, o governo nacional fundou o banco

CASA DE LINIERS Rua Venezuela, 469

19

para apoiar os agricultores e pecuaristas com capital estatal. O edifício atual, obra do arquiteto Alejandro Bustillo, com sua fachada de pedra, pisos de granito e paredes revestidas com mogno e cedro, foi inaugurado em 1944.

ANTIGA SEDE DA BIBLIOTECA NACIONAL Rua México, 564

Nesta casa morou, entre 1806 e 1809, Santiago de Liniers, o penúltimo vice-rei do Rio da Prata. A construção data de 1788 e é uma das moradias mais antigas ainda em pé na cidade. Hoje funciona como sede da Secretaria Geral de Patrimônio e do Instituto Histórico do Governo da Cidade.

20

#DICA Os bancos da cidade atendem ao público de segunda a sexta, das 10:00h às 15:00h.

ANTIGA "CASA DE LA MONEDA" 20

A Biblioteca Nacional foi criada em 1810 pelo primeiro governo nacional. A construção de estilo Beaux-Arts foi obra do arquiteto italiano Carlos Morra. Aqui, entre 1955 e 1973, o escritor Jorge Luis Borges ocupou o cargo de Diretor da Biblioteca Nacional.

Rua Defensa esq. com Rua México

21

Em 1775 foi criada neste endereço a Casa da Moeda para a impressão de notas, selos fiscais e selos postais. O edifício de estilo italiano foi inaugurado em 1881 e abrigou a instituição até 1944.


BUENOS AIRES HISTÓRICA

CASA DE LA CULTURA

MONUMENTO A DOM QUIXOTE

(ANTIGA SEDE DO JORNAL LA PRENSA) Av. De Mayo, 575

22

Um dos edifícios mais suntuosos da cidade foi inaugurado em 1898. Até 1990 foi sede do jornal La Prensa, fundado por José C. Paz. Declarado Museu Histórico Nacional por seu valor histórico e arquitetônico, atualmente é a sede do Ministério de Cultura da Cidade e lugar onde são realizados diversos eventos culturais, desde exposições de pintura e espetáculos até conferências e congressos.

#DICA Você pode conhecer a Casa da Cultura e o Salão Dourado numa visita guiada de uma hora. Todos os sábados às 16:00h e domingos de 11:00h a 16:00h, saindo da Rua (calle) Bolívar.

Av. de Mayo esq. com Rua Lima. 23 Pracinha Província de Misiones. Obra do escultor andaluz Aurelio Teno em homenagem ao protagonista da obra de Miguel de Cervantes Saavedra. Chegou a Buenos Aires em 1980 como presente do governo espanhol pelo 400º aniversário da cidade.

HOTEL "CASTELAR" Av. De Mayo, 1152

24

Este edifício de 1929 é um dos hotéis mais tradicionais de Buenos Aires. Ele possui uma mística especial por ter sido a acomodação escolhida pelo poeta espanhol Federico García Lorca como sede da feira literária El Signo, que reuniu escritores e artistas, como Jorge Luis Borges, Norah Lange, Oliverio Girondo, Emilio Pettoruti e Lino Spilimbergo.

PRAÇA "DEL CONGRESO" Av. Rivadavia, Av. Entre Ríos, 25 Ruas Luis Sáenz Peña e Hipólito Irigoyen. Praça projetada por Carlos Thays, o paisagista francês responsável pelos espaços verdes mais importantes da cidade. Foi inaugurada durante os festejos do Centenário da Revolução independentista de maio de 1810. Nela está o Monumento aos Dois Congressos, que evoca a Assembléia de 1813 e o Congresso de Tucumán de 1816, no qual foi declarada a independência nacional.

21


Guia da Cidade de Buenos Aires

ACADEMIA NACIONAL DO TANGO Av. De Mayo, 833

26

Criada em 1990 e presidida pelo poeta e letrista Horacio Ferrer, a Academia abriga, além dos escritórios administrativos, o Museu Mundial do Tango, uma galeria de arte, o Liceo Superior e salões nos quais são ministradas aulas de dança.

PALÁCIO "BAROLO" Av. De Mayo, 1370

27

Até a construção do Kavanagh, este majestoso edifício de 100 metros de altura, inaugurado em 1923, foi o arranha céu mais alto de Buenos Aires. Em seu 22º andar possui um farol giratório de 300.000 velas. A obra foi encomendada pelo imigrante italiano Luis Barolo ao seu compatriota Mario Palanti. Ambos eram admiradores de Dante Alighieri e na ornamentação do edifício

observam-se claras referências à Divina Comedia, como a divisão geral do projeto em três partes, que correspondem ao inferno, purgatório e céu da obra.

#DICA O Palacio Barolo possui um edifício gêmeo em Montevidéu, Uruguai, criado pelo mesmo arquiteto. É o Palácio Salvo, inaugurado em 1928.

TEATRO "LICEO" Av. Rivadavia, 1495

28

É o mais antigo dos teatros portenhos. Foi inaugurado em 1872 com o nome de El Dorado e teve diversas denominações até adotar a atual em 1918. Em 2006 foi integralmente restaurado, conservando a estrutura e os materiais originais.

22

TEATROS DO CIRCUITO COMERCIAL O centro deste percurso é a Avenida Corrientes, próxima ao Obelisco. Em suas salas são apresentados musicais, espetáculos de tango, teatro de revista e adaptações locais de obras internacionais. Dentre os mais importantes estão os teatros Lola Membrives, Nacional, Astral, Complejo Teatral La Plaza, Metropolitan e Ópera.


BUENOS AIRES HISTÓRICA

SAIR, COMER, BEBER AVENIDA CORRIENTES Nesta avenida concentra-se a maior quantidade de livrarias, teatros, pizzarias e cafés. Conhecida como “a rua que nunca dorme” por sua vibrante vida noturna, foi testemunha da época de ouro do tango. Em seus bares, teatros e cabarés reuniram-se os grandes músicos das décadas de trinta, quarenta e cinquenta.

36 Billares

Bar Vidou

American Bar

Boston City

Bar El Colonial

Café Montserrat

Bar Iberia

Café Thibon

Bar Lavalle

Café Tortoni

Av. De Mayo, 1265

BARES NOTÁVEIS Há bares que por sua antiguidade, arquitetura ou relevância local são considerados “notáveis” e fazem parte oficial do patrimônio cultural da cidade. Compartilhar uma boa conversa na companhia de um clássico “cortado” (café com leite) é um ritual tipicamente portenho.

Av. Roque Sáenz Peña, 632 Av. Belgrano, 599 Av. De Mayo, 1196 Rua Lavalle, 1639

Av. Roque Sáenz Peña, 858 Rua Florida 165, loja 3 Rua San José, 524

Rua Montevideo, 723

Av. De Mayo, 825

23


Guia da Cidade de Buenos Aires

Celta Bar

Rua Sarmiento, 1701

Claridge’s

Rua Tucumán, 535

La Embajada

Petit Colón

Rua Santiago del Estero, 88

Rua Libertad, 505

La Giralda

The Brighton

Av. Corrientes, 1453

Confitería del Hotel Castelar

La Puerto Rico

Av. De Mayo, 1048

Rua Adolfo Alsina, 416

Confitería Ideal

Le Caravelle

Rua Suipacha, 384

El Gato Negro

Av. Corrientes, 1669

El Querandí

Rua Perú, 302

Hotel Savoy Av. Callao, 181

Rua Sarmiento, 645

Victoria

Av. Entre Ríos, 114

Rua Lavalle, 726

London City

Av. De Mayo, 599

Los Galgos

Av. Callao, 501

Mar Azul

Rua Tucumán, 1700

COMPRAS LIVRARIAS E LOJAS DE DISCOS Os amantes dos livros e da música encontrarão um paraíso na Avenida Corrientes. Em suas livrarias e lojas de discos podem ser compradas peças novas, usadas, algumas únicas sempre por ótimos preços. É ideal para um passeio noturno, pois a maioria das lojas fecha ao redor das 22:00h.

24

#DICA Os portenhos costumam jantar entre 21:00h e 22:00h. Nos fins de semana muitos restaurantes permacem abertos até altas horas da noite.


BUENOS AIRES HISTÓRICA

O bar Los Galgos é um clássico portenho. Inaugurado em 1930, ainda hoje conserva grande parte de sua arquitetura original.

25


BUENOS AIRES DO TANGO La Boca San Telmo Balvanera Navegar o universo do tango é conhecer nossa cultura. No La Boca, em San Telmo e em Balvanera o sentimento de "arrabal" (bairro popular com o espírito do tango) é sentido em cada esquina. Percorrer o Caminito, as ruas de San Telmo, suas paisagens, esconderijos, cafés e "bodegones" de bairro é inspirador. À noite não deixar passar uma "tanguería" (casa de tango) ou milonga.

26

LA BOCA Durante muitos anos foi uma área pantanosa, cheia de ranchos e adegas. Em meados do século XIX o movimento cresceu na região e a Boca do Rio Riachuelo se transformou num bairro marítimo. Para enfrentar as cheias, os imigrantes construíram suas casas em palafitas, pintadas com as sobras de tinta que conseguiam nos estaleiros. Mais tarde chegaram os artistas e boêmios e surgiu este bairro pitoresco, imortalizado nas obras do artista plástico Benito Quinquela Martín.


BUENOS AIRES DO TANGO

Ônibus Linhas 29, 39, 46, 53, 64, 86, 97, 152, 168.

CAMINITO/MUSEU DE BELAS ARTES AO AR LIVRE “CAMINITO”

2

7

1

3

Rua Caminito esquina com Av. Pedro de Mendoza

10

9

6

4

8 5

MUSEU DE BELAS ARTES DA BOCA "QUINQUELA MARTÍN" E ESCOLA "PEDRO DE MENDOZA" Av. Pedro de Mendoza, 1835

FUNDAÇÃO PROA Av. Pedro de Mendoza, 1929

2

Espaço centrado na difusão da arte contemporânea. Oferece uma programação de exibições temporárias e organiza seminários, cursos, conferências e concertos. Em seu terraço você terá uma vista panorâmica única do Riachuelo.

1

Na década de 1950, o morador Arturo Carrega decidiu recuperar um terreno pelo qual corria um riacho estreito e, mais tarde, o trem. Para isso, convocou o famoso pintor Benito Quinquela Martín, quem batizou esta ruela como “Caminito” em homenagem ao popular tango de Peñaloza e Filiberto. Com o tempo foram somando-se doações de diversos artistas para o calçadão. Em 1959 transformou-se na primeira rua de pedestres deste tipo no mundo. Hoje é um museu a céu aberto com uma feira de artistas plásticos que se transformou em um cartão postal emblemático da cidade.

3

Em 1933 o artista Benito Quinquela Martín doou este terreno ao Estado para a construção de uma escola para as crianças da Boca, que foi inaugurada em 1936 e para a qual foram feitos 18 murais no interior do edifício. O Museu de Artistas Argentinos possui uma coleção de autores figurativos nacionais do final do século XIX e contemporâneos e uma coleção de mascarões de proa, única na América Latina. No terceiro andar encontra-se a Casa Museu de Benito Quinquela Martín, na qual são exibidas suas grandes obras e objetos pessoais.

#DICA O Museou de Belas Artes do La Boca e a Fundação Proa não abrem para o público às segundas-feiras.

27


Guia da Cidade de Buenos Aires

IGREJA "SAN JUAN EVANGELISTA" Rua Olavarría, 486

4

Construção de finais do século XIX impulsionada pela congregação salesiana. Sua arquitetura é de estilo românico, porém a fachada principal é de corte grego, e o átrio apresenta colunas jônicas. Aqui funciona o Museu Memórias de San Juan Evangelista, que abrange a história da igreja, de seus fiéis e dos imigrantes italianos assentados no bairro.

"USINA DEL ARTE" 5 Rua Agustín R. Caffarena, 1 (esq. com Av. Pedro de Mendoza)

Uma grande obra permitiu recuperar e revalorizar o histórico edifício da antiga Companhia Ítalo-argentina de Eletricidade para transformá-lo em um novo

"VUELTA DE ROCHA"

ANTIGA PONTE TRANSBORDADORA "NICOLÁS AVELLANEDA" E NOVA PONTE "NICOLÁS AVELLANEDA" Av. Pedro de Mendoza esq. com Av. Almirante Brown

Av. Pedro de Mendoza esq. com Rua Del Valle Iberlucea

6

As duas pontes que dominam a foz do Riachuelo traçam a silhueta característica do bairro. A velha ponte transbordadora, que foi declarada um Monumento Histórico Nacional, é uma estrutura colossal de ferro inaugurada em 1914.

28

espaço cultural. Aqui é possível assistir a espetáculos de música, exposições de arte, cinema, teatro e dança. Possui uma sala de concertos sinfônicos e outra de orquestra de câmara.

7

Nesta pracinha, que simula o convés de um barco, um monolito relembra que nesse lugar o almirante Guillermo Brown instalou um estaleiro para reparar navios durante a guerra com o Brasil. Em sua homenagem são instalados um busto, obra do escultor Julio C. Vergottini, e um canhão que pertenceu à Fragata 25 de Mayo, comandada por este almirante.


BUENOS AIRES DO TANGO

MUSEU DO CINEMA PABLO "DUCRÓS HICKEN" Rua Agustín R. Caffarena, 51

8

Criado em 1971 para preservar e difundir o patrimônio cinematográfico argentino, teve várias sedes até instalarse aqui em 2011. Sua base é a coleção particular de Ducrós Hicken, ensaísta, pesquisador e acadêmico argentino que dedicou grande parte de sua vida a reunir objetos e testemunhos relacionados com o cinema nacional.

TEATRO "DE LA RIBERA" Av. Pedro de Mendoza, 1821

9

Foi inaugurado em 1971 graças a uma doação de Quinquela Martín. O teatro pertence ao Complejo Teatral de Buenos Aires e possui oito grandes murais feitos por este artista plástico. Hoje funciona com uma programação de obras under e de teatro experimental de grande qualidade.

ESTÁDIO DO CLUBE ATLÉTICO BOCA JUNIORS Rua Brandsen, 805

10

Popularmente apelidado como Bombonera, o estádio do Clube Atlético Boca Juniors foi inaugurado em 1940, sendo que o clube foi fundado em 1905. Em seu interior um grande mural de Benito Quinquela Martín condensa imagens do clube e do bairro. O Museo de la Pasión Boquense (Museu da paixão pelo Boca) convida a vibrar com a história do clube em um percurso multimídia, revivendo as recordações e os troféus obtidos.

29


Guia da Cidade de Buenos Aires

PRAÇA "DORREGO" Rua Humberto Iº esq. com Rua Defensa

SAN TELMO É um dos bairros mais antigos e tradicionais de Buenos Aires, faz parte do centro histórico da cidade e conserva grande parte de seu rico patrimônio arquitetônico. No século XVII a vida dos primeiros colonos do lugar estava relacionada com a atividade portuária, razão pela qual São Pedro González Telmo, padroeiro dos navegantes, foi escolhido para dar seu nome ao bairro.

1

Seu terreno era conhecido como Alto de las Carretas porque nela paravam os carros puxados por bois ou cavalos. De 1822 a 1867 funcionou nela um mercado e em 1900 a praça adotou seu nome atual. Hoje é famosa por sua feira dominical de antiguidades.

19 16 3

13

17 14 1 18 15 11 9 10 8 12

20

2 5

4

7

6

MINISTÉRIO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA, PESCA E ALIMENTOS Av. Paseo Colón, 922

Ônibus Linhas 22, 24, 28, 29, 33, 54, 61, 62, 64, 86, 93, 126, 130, 143, 152, 159.

30

2

Conjunto de edifícios concebido como sede do órgão estatal. Seu estilo eclético, com influências neogóticas conflui com traços monumentais típicos das obras públicas do final do século XIX e início do século XX.


BUENOS AIRES TANGUERA

PARQUE "LEZAMA" Rua Defensa, Avenidas Brasil, Paseo Colón e Martín García

3

Acredita-se que estas terras tenham sido o primeiro assentamento da cidade, em 1536. O terreno teve vários donos até que, em 1857, foi adquirido pelo comerciante Gregorio Lezama, quem contratou paisagistas europeus para projetarem um luxuoso jardim. Sua viúva vendeu o terreno à antiga Prefeitura de Buenos Aires com a condição de que o transformassem em um espaço público com o nome de seu esposo. O parque possui várias esculturas, um anfiteatro, um mirante, uma fonte e o monumento a Dom Pedro de Mendoza, primeiro fundador de Buenos Aires.

"EL VIEJO ALMACÉN" Av. Independencia esq. com Rua Balcarce

4

Este antigo casarão do início do século XVIII foi um armazém de campanha em pleno vice-reinado. Desde 1969 abriga uma casa de tango muito popular fundada pelo cantor de tango Edmundo Rivero. Seu nome foi inspirado em Sentimiento Gaucho, peça do letrista Juan Andrés Caruso e dos músicos Francisco e Rafael Canaro.

#DICA El Viejo Almacén é o único lugar da cidade que conserva em suas paredes um palanque.

FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE DE BUENOS AIRES 5

Av. Paseo Colón, 850 Este edifício de estilo neoclássico foi originalmente construído para a Fundação Eva Perón, mas ela faleceu antes de chegar a utilizar os escritórios. Ao ser destituído o presidente Juan Domingo Perón, em 1955, o edifício foi reformado e destinado à Universidade de Buenos Aires.

MONUMENTO "CANTO AL TRABAJO" Av. Paseo Colón, 800

6

Grupo escultórico realizado pelo argentino Rogelio Yrurtia (1879-1950) que simboliza o esforço do trabalho humano em prol do progresso.

31


Guia da Cidade de Buenos Aires

IGREJA DINAMARQUESA Rua Carlos Calvo, 257

8

Esta igreja de confissão luterana com estilo neogótico foi inaugurada em 1931 graças às contribuições da comunidade de imigrantes dinamarqueses de Buenos Aires.

GALERÍA "EL SOLAR DE FRENCH" Rua Defensa, 1056

9

Neste solar morou Domingo French, um patriota da Revolução. Em sua construção neocolonial de 1930, abriga uma galeria comercial na qual se pode encontrar artesanato e lembranças portenhas.

"CASA MÍNIMA" E "ZANJÓN DE GRANADOS" Pasaje San Lorenzo, 380 e Defensa, 755 Nesta passagem de duas quadras, com construções da segunda metade do século XIX e dos primeiros anos do século XX, situa-se a Casa Mínima, que, com pouco mais de dois

7

IGREJA "NUESTRA SEÑORA DE BELÉN", PARÓQUIA "SAN PEDRO GONZÁLEZ TELMO" E MUSEU "DEL CLAUSTRO" Rua Humberto I, 340

11

metros de fachada, é a mais estreita da cidade. Na Rua (calle) Defensa 755 encontra-se o Zanjón (trincheira) de Granados, a canalização de um riacho na qual foram encontrados restos de uma residência do século XVIII e objetos da época colonial, que hoje podem ser visitados.

"CASA DE JUAN CARLOS CASTAGNINO" 10 Rua Balcarce, 1016 Casa do final do século XVIII na qual viveu o pintor e desenhista, natural de Mar del Plata, Juan Carlos Castagnino (1908-1972), um dos artistas contemporâneos mais importantes da Argentina. Dentre suas obras mais destacadas inclui-se o Martín Fierro ilustrado, publicado em 1962.

"CASA DE ESTEBAN DE LUCA" Rua Carlos Calvo, 385

É uma das igrejas mais antigas da cidade: sua construção começou em 1735. Os claustros foram restaurados no ano 2000 e atualmente funciona um museu que guarda peças de mais de duzentos anos de antiguidade.

32

Neste casarão do final do século XVIII morou Esteban de Luca, militar, poeta, jornalista e autor da Marcha patriótica, a primeira canção nacional, de 1810.

12


BUENOS AIRES DO TANGO

IGREJA ORTODOXA RUSSA "DE LA SANTÍSIMA TRINIDAD" Av. Brasil, 315

13

O mosaico do frontispício foi realizado em São Petersburgo e representa a Santíssima Trindade.

MUSEU "PENITENCIARIO ARGENTINO ANTONIO BALLVÉ" Rua Humberto I, 378

14

Este edifício, declarado Monumento histórico Nacional, data de 1760 e foi projetado pelo arquiteto italiano Antonio Masella. O local foi utilizado sucessivamente como hospital, albergue de menores, depósito e presídio feminino. Em 1978 instalou-se aqui o Museu do Serviço Penitenciário, no qual são exibidos uniformes, armas, fotografias e documentos que retratam a história dos presídios do país. Além disso, em seu interior está a capela mais antiga da cidade, que data de 1734 e pertenceu aos jesuítas, cuja padroeira é a Virgen Nuestra Señora del Carmen (Virgem Nossa Senhora do Carmo), padroeira dos cárceres argentinos.

ESCOLA " DR. GUILLERMO RAWSON "

MUSEU HISTÓRICO NACIONAL

(EDIFÍCIO DO ANTIGO PROTOMEDICATO)

Rua Humberto I, 343

15

Este solar foi ocupado pelos padres betlemitas durante o século XVIII, época da qual datam as magnólias de sua entrada. Na época do vice-reinado do Rio da Prata foi instalado neste local o Protomedicato, instituição que regulamentava as práticas médicas. Entre 1858 e 1887 foi sede da primeira escola de medicina de Buenos Aires.

Rua Defensa, 1600

16

Reúne uma grande variedade de objetos que permitem reviver a história argentina. A coleção inclui peças de arte, imagens religiosas, bandeiras, armas e uniformes das guerras da independência, elementos das famílias tradicionais do século XIX, lembranças da celebração do Centenário da Revolução de Maio e artigos gauchos.

33


Guia da Cidade de Buenos Aires

MAMBA - MUSEU DE ARTE MODERNA DE BUENOS AIRES Av. San Juan, 350

17

Fiel expoente das construções inglesas industriais do século XIX, este edifício foi um depósito de uma indústria de tabaco. Em 1980 foi adquirido pela então Prefeitura da Cidade de Buenos Aires e, em 1989, foi deslocada a este local a sede do museu que resguarda cerca de 7000 obras da vanguarda dos séculos XX e XXI. O museu foi restaurado recentemente e reinaugurado em 2010.

MACBA - MUSEU DE ARTE CONTEMPORÁNEA DE BUENOS AIRES Av. San Juan, 328

18

É um dos museus mais novos da cidade. Abriu em 2012 e conta com uma importante coleção de artistas contemporâneos nacionais e internacionais. Além disso, são realizadas exposições itinerantes, eventos e oficinas educativas.

#DICA Embora seja conveniente fazer as duas visitas juntas, é preciso levar em consideração que o MAMBA fecha às segundasfeiras e o MACBA às terças.

ANTIGA FÁBRICA "CANALE" Av. Martín García, 320

19

Neste edifício art nouveau, expoente da arquitetura industrial utilitária, funcionou a fábrica dos tradicionais biscoitos Canale.

34

MUSEU NACIONAL DA HISTÓRIA DA VESTIMENTA Rua Chile, 832

20

Em um casarão típico do século XIX funciona este museu que resguarda uma importante coleção de peças do final do século XVIII até nossos dias,

que refletem tanto o espírito de seus criadores e estilistas quanto a vida cultural dos portenhos.


BUENOS AIRES DO TANGO

BALVANERA No século XIX este bairro era considerado um subúrbio de Buenos Aires. Com o crescimento da população e a instalação da ferrovia, foi incorporado à cidade. No início do século XX atraiu inúmeros imigrantes de diversas procedências: judeus, árabes, italianos e armênios que se instalaram e deixaram suas marcas. O tango faz parte da identidade do Balvanera, perto do Mercado de Abasto viveram alguns dos músicos que definiram este gênero musical: Aníbal Troilo, Osvaldo Pugliese e Carlos Gardel.

PASSAGEM E MONUMENTO A CARLOS GARDEL Passagem Carlos Gardel, entre as Ruas Anchorena e Jean Jaurès

9

1 5 2

6

4

1

Esta passagem homenageia Carlos Gardel (1890-1935), ícone do tango portenho, que morou durante vários anos no bairro de Balvanera. O monumento ao artista foi realizado pelo escultor Mariano Pagés, oriundo da província de San Juan, e foi inaugurado no ano 2000.

8

7

Ônibus Linhas 12, 24, 26, 37, 74, 79, 168.

MUSEO CASA CARLOS GARDEL 3

Rua Jean Jaurès, 735

Metrô A, B, D e H

2

Inaugurado em 2003, o museu funciona no que foi a última casa de Carlos Gardel em Buenos Aires. Ele a comprou em 1926 e morou nela com sua mãe, Berta, até 1933, quando viajou a Paris. A construção é típica da época, no estilo chamado de casa chorizo (casa linguiça) devido à disposição em fileira de seus ambientes.

35


Guia da Cidade de Buenos Aires

"PALACIO DE AGUAS CORRIENTES" Av. Córdoba e Ruas Riobamba, Viamonte e Ayacucho

3

Este imponente edifício, declarado Monumento Histórico Nacional, foi construído em 1887 para abrigar 12 tanques com capacidade para 72 milhões de litros de água, necessários para abastecer a cidade. O projeto esteve sob a responsabilidade do engenheiro inglês John Bateman e a fachada, do norueguês Olaf Boye.

PASSAGEM ZELAYA Passagem Zelaya, entre as Ruas Aguero e Jean Jaurès

4

Algumas fachadas desta ruela são decoradas com retratos,

CALÇADÃO DO FILETE Rua Jean Jaurès, entre Ruas Tucumán e Lavalle

5

IGREJA "DEL SALVADOR" 7

Foi o segundo templo construído pelos jesuítas, cuja pedra fundamental foi colocada em 1870. Possui detalhes valiosos de ornamentação

36

IGREJA "REGINA MARTYRUM" Rua Hipólito Yrigoyen, 2025

O filete é uma arte popular decorativa típica de Buenos Aires que no início do século XX foi usada para decorar as carruagens puxadas por cavalos e, mais tarde, em caminhões e ônibus. Neste trecho da rua Jean Jaurès estão as fachadas trabalhadas pelos experientes fileteadores.

Av. Callao, 580

letras e partituras de Carlos Gardel. Trata-se de uma obra do artista plástico argentino Marino Santa María.

6

Templo construído no final do século XIX a pedido do primeiro arcebispo de Buenos Aires, monsenhor Mariano José de Escalada, para a instalação dos jesuítas. Com o passar dos anos, tornou-se a sede do Seminário Metropolitano.

e destacam-se suas torres com campanário. Próximo à igreja, desde 1868, funciona o tradicional Colegio del Salvador, onde Jorge Bergoglio, o Papa Francisco, trabalhou como professor de Literatura e Psicologia durante a década de sessenta.


BUENOS AIRES DO TANGO

O Palácio de Aguas Corrientes possui 130.000 tijolos que foram esmaltados na Bélgica e na Inglaterra.

37


Guia da Cidade de Buenos Aires

PALÁCIO DO CONGRESSO DA NAÇÃO 8 Av. Entre Ríos, entre Rua Hipólito Yrigoyen e Av. Rivadavia

É a sede do Congresso Nacional, o órgão legislativo do governo da República Argentina. A construção deste palácio, de estilo academicista italiano do final do século XIX, começou em 1898 e, embora tenha sido inaugurado em 1906, não foi terminado até 1946. Sua cúpula, de 80 m de altura, é uma das maiores da cidade.

CIDADE CULTURAL KONEX Rua Sarmiento, 3151

9

Uma antiga fábrica de óleo, construída na década de 1920 e transformada em centro cultural. Propõe exposições, teatro e shows musicais em constante rotação. Por exemplo, o show de La Bomba de Tiempo, uma orquestra de percussão que já é um clássico das segundas-feiras à noite.

OS SINAIS DO TANGO O cabeceo. Sutil movimento de cabeça que um homem faz para convidar uma mulher à dança. Fixar o olhar. Quando um homem olha para uma mulher e ela fixa o olhar, ele sabe que pode convidá-la para dançar. O tropeço. As mulheres sentam-se olhando para a pista com as pernas em direção ao corredor para que o homem desprevenido tropece nelas e se produza o encontro (e o convite).

38


BUENOS AIRES DO TANGO

SAIR, COMER, BEBER La Buena Medida Rua Suárez, 101

BARES NOTÁVEIS Café de los Angelitos Av. Rivadavia, 2100

Nas mesas deste café costumavam reunir-se o mítico Carlos Gardel com seu grupo de amigos no início de sua carreira. Em 1944, José Razzano compôs um tango em homenagem ao bar, “Café de los Angelitos”, com letra de Cátulo Castillo. O café passou a ser um ponto de encontro de amantes do tango, políticos, artistas e esportistas.

Bar moderno que funciona desde 1930, mas mantém intacto o espírito do bairro e, com o passar do tempo, constituiuse em um dos refúgios genuínos de La Boca.

Bar Plaza Dorrego

Rua Humberto I esq. com Rua Defensa

Bar Seddon

Rua Defensa, 695

#DICA Em um bar ou restaurante, a regra é deixar uma gorjeta mínima de 10%, que não está incluida na conta.

Bar Sur

Rua Estados Unidos, 299

Británico

Rua Brasil, 399

Café La Poesía Rua Chile, 502

Café Roma

Rua Olavarría, 409

El Estaño 1880

Rua Aristóbulo del Valle, 1100

El Federal

Rua Carlos Calvo, 599

El Hipopótamo Rua Brasil, 401

La Academia Av. Callao, 368

La Perla

Av. Pedro de Mendoza, 1899

39


Guia da Cidade de Buenos Aires

COMPRAS Abasto Shopping Av. Corrientes, 3200 Entre 1907 e 1984 funcionou neste local o Mercado de Abasto, o maior da cidade. Em 1998 foi reciclado e transformado em um importante shopping center que possui salas de cinema, um museu para crianças, entretenimento, locais comerciais e restaurantes.

#DICA As lojas do comércio costumam abrir entre 9 e 10:00h e fechar por volta das 20:00h. Os shoppings, das 10:00 às 22:00h

Once Entre as Avenidas Corrientes, Rivadavia, Pueyrredón e Rua Pasteur É um dos maiores centros comerciais a céu aberto, onde os argentinos de todo o país vão comprar tecidos, roupas, enfeites e artigos para confecção. Nesta área da cidade é possível encontrar preços muito baixos, embora muitos dos negócios sejam exclusivamente para vendas no atacado.

40


Museu de Arte Popular José Hernández Museu Nacional de Belas Artes Museu de Arte Decorativo

Museu de Arte Hispano Americano

Museu do Humor

Museu de Arte Moderna

Museu do Cinema

Aproveite a arte na Cidade Teatro da Ribera

Nossa proposta é que você conheça os museus, teatros e edifícios históricos que Buenos Aires oferece.

Buenos Aires Cidade

Todas as paixões 41


BUENOS AIRES ELEGANTE Recoleta Retiro

Um passeio por estes bairros é a melhor forma de entender por que nossa cidade é chamada de “Paris da América do Sul”. Seus palacetes e residências senhoriais, seus hotéis de luxo, os edifícios históricos e as esplêndidas praças fazem desta área uma das mais sofisticadas de Buenos Aires. Os amantes da arquitetura não vão querer perder este circuito que inclui obras emblemáticas do neoclassicismo e da art nouveau. O refinamento de sua infraestrutura histórica se combina com construções modernas e uma oferta interessantíssima de cultura, gastronomia e entretenimento.

42

RECOLETA Seu nome deriva do convento dos frades recoletos, que se instalaram neste bairro no início do século XVIII. Por volta de 1870, as famílias mais abastadas da cidade se deslocaram para esta área, por conta das epidemias de cólera e febre amarela, construindo suas residências e palacetes de inspiração parisiense, que dão ao lugar o seu ar sofisticado.


BUENOS AIRES ELEGANTE

16 18

17

8

10

3

9 13

1 5 15

2 14 7

19

Ônibus

Metrobus

Linhas 10, 17, 37, 38, 41, 59, 60, 61, 62, 67, 92, 93, 95, 101, 102, 108, 118, 124, 130.

9 de Julio

6

12

11 4

BASÍLICA "NUESTRA SEÑORA DEL PILAR" 1 Rua Junín, 1892 Sua fachada respeita os princípios classicistas e possui no lado direito o único campanário aberto e duplo da cidade. No pequeno museu da igreja são exibidos numerosos elementos de culto dos primeiros frades recoletos que habitaram a área e deram nome ao bairro.

Metrô D

PRAÇA "FRANCIA" Av. Del Libertador, 1450

2

Uma extensa área verde para respirar e descansar entre os passeios. O monumento central da praça chama-se “Francia a la Argentina”, obra do escultor francês Edmond Peynot, um presente da comunidade francesa à cidade no Centenário da Revolução de Maio.

43


Guia da Cidade de Buenos Aires

CEMITÉRIO DA RECOLETA Rua Junín, 1720

3

Foi o primeiro cemitério público da cidade, projetado pelo engenheiro francês Próspero Catelin e construído em 1822. Muitos dos jazigos e mausoléus são obras de arquitetos famosos e são ornamentados com mármores e esculturas. Mais de 90 destes jazigos já foram declarados Monumento Histórico Nacional. Neles descansam muitos dos principais protagonistas da história argentina, como Eva Perón, presidentes da República, escritores, Prêmios Nobel e figuras populares.

CENTRO CULTURAL RECOLETA Rua Junín, 1930

Neste local funcionou o convento dos frades recoletos. Hoje é sede de numerosas atividades culturais, desde exposições de artes plásticas até recitais e apresentações teatrais. Possui espaços ao ar livre para concertos, desfiles e outros eventos culturais.

MUSEU DA TELEVISÃO PÚBLICA Av. Figueroa Alcorta, 2977 No edifício da emissora de televisão nacional funciona este museu no qual é relatada a história da televisão argentina desde o início até nossos dias. O edifício foi construído como parte das obras relacionadas com a Copa do Mundo de 1978, realizada na Argentina.

44

5

4

#DICA Nos terraços do Centro Cultural Recoleta há bares e restaurantes para tomar algo ao ar livre com vista para os parques da cidade.


BUENOS AIRES ELEGANTE

FLORALIS GENÉRICA Av. Figueroa Alcorta, 2451

6

Esta imponente escultura que domina a Praça Nações Unidas, feita em aço inoxidável e alumínio, com 20m de altura, foi doada a cidade pelo seu autor, o arquiteto argentino Eduardo Catalano. É a primeira escultura em movimento controlada por um sistema hidráulico e de células fotoelétricas, para que suas pétalas se abram durante o dia e se fechem ao pôr do sol.

FACULDADE DE DIREITO Av. Figueroa Alcorta, 2263

7

Construção inspirada no mais puro estilo dórico, sem outra decoração que da sua própria estrutura monumental. Com uma superfície de 40.000 m², desde 1949 é a sede da Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires.

FACULDADE DE ENGENHARIA Av. Las Heras, 2214

8

É comum pensar que o edifício de estilo neogótico situado na avenida Las Heras, esquina com Azcuénaga, seja uma igreja. No entanto, trata-se de uma das sedes da Faculdade de Engenharia da Universidade de Buenos Aires. Até 1950 funcionou nele a Faculdade de Direito, por isso conserva vitrais com o símbolo da balança, que faz alusão à justiça.

45


Guia da Cidade de Buenos Aires

PRAÇA "EVITA" E MONUMENTO A EVITA Av. Del Libertador, 1650

9

Aos pés da pequena colina ergue-se o monumento a María Eva Duarte de Perón. A obra, do escultor argentino Ricardo Gianetti, foi inaugurada em 1999. Na praça também se encontra o monumento ao Papa João Paulo II, obra do escultor polonês Stanislaw Slonina.

BIBLIOTECA NACIONAL Rua Agüero, 2502

10

A instituição foi fundada em 1811 por iniciativa de Mariano Moreno. Ela já teve várias sedes. A atual foi projetada pelos arquitetos Clorindo Testa, Francisco Bullrich e Alicia Cazzaniga. A biblioteca possui cerca de dois milhões de livros, sua hemeroteca é a mais importante da América Latina e a Sala do Tesouro abriga valiosos volumes dos séculos XV, XVI e XVII.

PRAÇA REPÚBLICA ORIENTAL DO URUGUAI Avenidas Del Libertador, Figueroa Alcorta, Ruas Tagle e Austria.

11

No centro desta praça encontrase o monumento ao general José Gervasio de Artigas

46

PRAÇA RUBÉN DARÍO E PASEO DE LAS ESCULTURAS (CALÇADÃO DAS ESCULTURAS) Av. Del Libertador, Ruas Aguero e Austria.

(1764-1850). Os baixos-relevos representam a Liberdade e a Federação, enquanto que os grifos de bronze simbolizam o Rio da Prata e os rios Uruguai, Paraná e Paraguai.

12

A praça homenageia o famoso poeta nicaraguense. O monumento, obra do escultor argentino José Fioravanti, foi erigido em 1967, no centenário do nascimento do escritor. O Paseo de las esculturas (Calçadão das esculturas) é uma iniciativa do Ministério de Cultura da Cidade de Buenos Aires, que propõe recuperar o espaço público por meio da arte.


BUENOS AIRES ELEGANTE

MUSEU NACIONAL DE BELAS ARTES Av. Del Libertador, 1473

PRAÇA "MITRE" Av. Del Libertador, 1550

13

Esta praça homenageia Bartolomé Mitre (1821-1906), presidente da república entre 1862 e 1868 e fundador do jornal La Nación. Atrás do barranco onde antes chegavam as águas do rio, ao redor da rotatória Gelly esq. com Rua Obes, há uma série de residências de arquitetura francesa, dentre as quais se destaca a embaixada da Grã-Bretanha.

PALÁCIO NACIONAL DAS ARTES Rua Posadas, 1725

15

Edifício de 1911, anteriormente chamado de Palais de Glace, que abrigava uma pista de patinagem no gelo e um clube

14

Sua coleção permanente inclui mais de 2000 peças, com obras de arte desde a Idade Média até o século XX. Dentre as mais destacadas, encontram-se esculturas românticas e góticas, obras de Tiépolo, El Greco, Oya, Rodin, Manet, Monet, Van Gogh, Degas, De Chirico, Kandinsky, Picasso e dos argentinos Morel, Pueyrredón, De la Cárcova, Quinquela Martín, Berni e Seguí, entre outros. Além disso, vale a pena ficar atento às exposições itinerantes.

#DICA Antes do MNBA, o edifício pertencia a Casa de Bombas de Obras Sanitárias da Nação, construída em 1870.

social. Mais tarde funcionou como salão de bailes de tango. No início da década de 1930 foi reformado pelo arquiteto Alejandro Bustillo para transformálo em uma sala de exposições.

#DICA Na praça Intendente Alvear está localizada a Seringueira mais antiga da cidade e que é do final do Século XVIII.

47


Guia da Cidade de Buenos Aires

MUSEU XUL SOLAR Rua Laprida, 1212

16

A casa do artista argentino Xul Solar foi reformada por sua família para transformála em museu. Nele podem ser apreciadas suas obras, os diversos períodos de sua pintura, objetos pessoais, jogos e documentos deste artista ao mesmo tempo excêntrico e genial.

MUSEU DA SHOÁ - FUNDAÇÃO MEMÓRIA DO HOLOCAUSTO Rua Montevideo, 919

17

Através de objetos, imagens e palavras, este museu conta a vida dos judeus na Argentina e na Europa, antes e durante a Segunda Guerra Mundial. Entre outras coisas, exibe uma coleção de fotos do alemão Heinz Jöst, de 1941, sobre o Gueto de Varsóvia.

PATIO DEL LICEO (PÁTIO DO LICEU) Av. Santa Fe, 2729

18

Novo polo da cultura hipster que surgiu em um antigo “liceu de senhoritas” (colégio exclusivo para moças) edificado no século XIX. Agora convivem nele galerias de arte emergentes, livrarias, lojas de objetos, design sustentável, um viveiro e até uma loja de ciências ocultas.

PARQUE CARLOS THAYS Av. Del Libertador esq. com Av. Callao

19

Este espaço verde de aproximadamente 4500 m2 leva o nome do arquiteto e paisagista francês Carlos Thays, responsável pelos parques mais belos da cidade. Até 1990 funcionou no local o parque de diversões Italpark.

48


BUENOS AIRES ELEGANTE

A Basílica Nuestra Señora del Pilar foi declarada Monumento Histórico Nacional em 1942.

49


Guia da Cidade de Buenos Aires

RETIRO No final do século XVII o governador de Buenos Aires, Agustín de Robles, construiu aqui uma casa de campo que chamou de El Retiro marcando o início da ubanização do distrito. Em 1801 erigiu-se no lugar uma praça de touros, que depois funcionou como estábulo do Regimiento de Granaderos a Caballo (Regimento de Granadeiros a Cavalo). Com o tempo, esta área foi adquirindo protagonismo como ponto nevrálgico e de maior atividade da cidade.

4 2

6 7

1

3 9

5

11

10

8

Ônibus Linhas 5, 6, 7, 9, 20, 21, 22, 23, 26, 28, 33, 45, 50, 51, 54, 56,

Metrobus 9 de Julio

61, 62, 70, 75, 91, 92, 93, 100, 101, 106, 108, 115, 126, 129, 130, 132, 143, 150, 152, 195.

Metrô C

50

PRAÇA "SAN MARTÍN" Avenidas Santa Fe e Del Libertador, Rua Florida e Rua Crucero Belgrano Em 1807 travou-se no local uma batalha contra os invasores ingleses que foi vencida pelos "criollos" (descendentes de espanhóis nascidos na Argentina). Em 1812, o general San Martín usou a praça para a preparação das tropas para as campanhas da Independência, daí o seu nome. Neste parque encontra-se o monumento ao general San Martín e aos Exércitos da Independência, além do Monumento aos Caídos nas Malvinas. Nas placas de granito preto estão inscritos os nomes de 649 soldados que perderam a vida na batalha travada pela soberania das ilhas em 1982.

1


BUENOS AIRES ELEGANTE

CÍRCULO MILITAR (PALACIO PAZ) Av. Santa Fe, 750

2

O Dr. José Camilo Paz, jornalista e político argentino, fundador do jornal La Prensa, encomendou a construção deste palácio como residência familiar, inaugurada em 1914. Em 1938 o Palácio Paz foi adquirido como sede do Círculo Militar, um clube do Exército, e do Museu de Armas da Nação.

EDIFÍCIO DO CENTRO NAVAL Rua Florida, 801

4

A sede do Centro Naval constitui um dos principais expoentes do estilo beaux arts em Buenos Aires. Entre outros elementos, destaca-se o portal art nouveau, realizado em ferro e bronze provenientes da fundição de velhos canhões utilizados na luta pela independência nacional.

PALÁCIO "SAN MARTÍN" Rua Arenales esq. com Rua Esmeralda

3

Palácio construído no início do século XX para a família Anchorena, que residiu nele até a década de 1930. Em 1936 foi adquirido pelo Estado Nacional para o Ministério

BASÍLICA "DEL SANTÍSIMO SACRAMENTO" Rua San Martín, 1035

de Relações Exteriores, Comércio Internacional e Culto. Atualmente funciona nele a dependência de cerimonial deste ministério. Seus escritórios administrativos mudaram-se para o edifício moderno da esquina oposta em 1998.

EDIFÍCIO DE PARQUES NACIONAIS 5

Templo construído a pedido de Mercedes Castellanos de Anchorena, uma aristocrata portenha, em um terreno de sua propriedade. Foi consagrado em 1916. Seu estilo eclético foi inspirado na Catedral de Angouleme, na França.

Av. Santa Fe, 690

6

Este petit hotel de estilo neogótico foi construído por volta de 1880 para a família Haedo e Villar. Ao redor de 1937 foi adquirido pelo Banco Popular, que em 1942 o vendeu à Administração de Parques Nacionais.

51


Guia da Cidade de Buenos Aires

EDIFÍCIO KAVANAGH Rua Florida, 1065

PRAÇA "FUERZA AÉREA ARGENTINA" E "TORRE MONUMENTAL"

7

Inaugurado em 1936, foi o arranha céu mais alto da América Latina e a maior estrutura de concreto armado do mundo. A torre de estilo racionalista foi construída pelos arquitetos Sánchez, Lagos e De la Torre a pedido de Corina Kavanagh, uma abastada moradora da cidade. Em 1998 foi declarado pela Unesco como Patrimônio Mundial da Arquitetura e da Modernidade.

8 Av. Del Libertador, San Martín, Gilardo Gilardi e Av. Ramos Mejía

Originalmente chamada de praça Britânica, em homenagem aos residentes ingleses que construíram a Torre Monumental, também conhecida como Torre dos Ingleses. Em 1982, durante a guerra das Malvinas, o nome da praça foi modificado em homenagem à Força Aérea Argentina.

MUSEU DE ARTE HISPANO AMERICANA "ISAAC FERNÁNDEZ BLANCO" Rua Suipacha, 1422

9

A sede do museu é o antigo Palácio Noel, construído em 1920 pelo arquiteto Martín Noel. A casa principal abriga coleções que oferecem um rico panorama das artes do período do vice-reinado, uma pinacoteca na qual se destaca a escola cusquenha e uma biblioteca especializada.

MUSEU NACIONAL FERROVIÁRIO "RAÚL SCALABRINI ORTIZ"

10

Av. Del Libertador, 405 Este museu funciona no antigo terminal de cargas da estação de trens de Retiro. Possui um dos patrimônio ferroviários históricos mais importantes da América. Apresenta a trajetória do desenvolvimento das ferrovias, maquetes de vagões, locomotivas e elementos de sinalização utilizados desde a chegada do trem à Argentina há mais de 150 anos.

52

#DICA No verão, nos jardins de inspiração espanhola, o Museu oferece espetáculos ao ar livre.

MARQ - MUSEU DE ARQUITECTURA E DESIGN Av. Del Libertador, 999

11

É o primeiro museu de arquitetura da Argentina e abriu suas portas no ano 2000. Propõe mostras relacionadas à arquitetura e ao design industrial, gráfico, de imagem, som, têxtil e de moda. Sua sede é a antiga torre de água, construída em 1915 para abastecer o complexo ferroviário de Retiro.


BUENOS AIRES ELEGANTE

SAIR, COMER, BEBER BARES NOTÁVEIS La Biela

Av. Quintana, 596 Café icônico da Recoleta e um dos bares notáveis mais antigos da cidade.

Bar O Bar Rua Tres Sargentos, 415

Bar del Hotel Alvear Av. Alvear, 1891

Café Retiro Terminal Ferroviário Retiro Av. Ramos Mejía, 1384

Café Tabac Av. Del Libertador, 2300

Clásica y Moderna Av. Callao, 892

Confitería Saint Moritz Rua Esmeralda, 894

Florida Garden Rua Florida, 899

La Esquina de Aníbal Troilo Rua Paraguay, 1500

Plaza Bar Rua Florida, 1005

53


Guia da Cidade de Buenos Aires

COMPRAS BA Design Av. Pueyrredón, 2501 Centro comercial especializado em design e decoração.

#DICA Procure o símbolo de Tax Free nas lojas aderidas e solicite o reembolso do imposto IVA/VAT pela compra de bens de produção nacional ao sair do país.

Calle Florida

Desde a Av. Presidente Roque Sáenz Peña até a Rua Marcelo T. de Alvear Transformada em calçadão, nesta rua ficam as lojas orientadas aos turistas. Nela você poderá encontrar peças de couro, blusas, lembranças e outros produtos típicos argentinos.

Avenida Santa Fe Desde Rua Cerrito até a Av. Sarmiento Aqui está a maior variedade de lojas de roupas, caçados, artigos para o lar e livrarias.

#DICA A Librería Ateneo da Avenida Santa Fe, 1860 funciona no edifício do antigo cinema-teatro Grand Splendid. Imperdível!

54

Patio Bullrich Av. Del Libertador, 750 Neste edifício histórico de estilo neoclássico estão reunidas as marcas mais exclusivas, uma praça de alimentação e salas de cinema.


BUENOS AIRES ELEGANTE

Feira da Praça Intendente Alvear Av. Pueyrredón, 2500

Feira de artesanato que funciona nos fins de semana e feriados. Este parque é conhecido popularmente como Plaza Francia (Praça França).

Avenida Alvear A avenida mais encantadora da região. Nela estão concentradas marcas de luxo e galerias de arte.

Galerías Pacífico Ruas San Martín, Florida e Viamonte e Av. Córdoba É um dos principais shopping centers da cidade, que merece ser visitado por sua magnífica cúpula, decorada com murais de renomados pintores argentinos: Antonio Berni, Lino Enea Spilimbergo, Demetrio Urruchúa e Juan Carlos Castagnino.

55


NOVO CENTRO DE CONVENÇÕES DE BUENOS AIRES Em 2017 será inaugurado um novo Centro de Convenções em Buenos Aires, na Recoleta. O edifício terá três andares subterrâneos com salas para conferências e eventos. Será equipado com painéis solares para gerar energia cumprindo com as normas de sustentabilidade da cidade. Situado num lugar estratégico, o projeto inclui uma futura estação de metrô (Linha H) e várias paradas de ônibus.

56


57


BUENOS AIRES MODERNA Puerto Madero É um dos bairros mais jovens da cidade. Suas velhas docas de tijolos avermelhados, que alguma vez foram depósitos de cereais e oleaginosas, hoje são modernos edifícios de escritórios que convivem em harmonia com complexos de arquitetura inteligente e design de vanguarda. Ao longo de seus quatro diques estende-se um dos polos gastronômicos e turísticos mais exclusivos e um calçadão único à beira do Rio da Prata.

58

PUERTO MADERO No final do século XIX foi decidido proporcionar à cidade uma infraestrutura portuária adequada. O projeto ficou sob a responsabilidade de Eduardo Madero, quem pensou ser melhor situar o porto nas imediações da Praça de Mayo. As obras foram inauguradas em 1897 e mais tarde foram construídos os depósitos de tijolos vermelhos que hoje são um símbolo do bairro. Entre 1911 e 1930 foi construído o novo porto, hoje conhecido como Puerto Madero.


BUENOS AIRES MODERNA

7

5

19

1 6

4

13

8

12 11

9

18

2 17 3 14 10 15 20 16

DIQUES 1, 2, 3 E 4 Ônibus Linhas 2, 9, 20, 22, 24, 25, 28, 29, 33, 46, 53, 54, 61, 64, 86, 93, 126, 142, 143, 152, 159.

Quando esta área concentrava a atividade portuária da cidade, os barcos descarregavam seus produtos – principalmente cereais e grãos – na margem oeste dos diques e a carga era feita na margem oposta, onde estavam os depósitos. As pontes giratórias permitiam a passagem das embarcações de um dique ao outro por meio de eclusas.

1

59


Guia da Cidade de Buenos Aires

"PUENTE DE LA MUJER" Dique 3, entre Rua Juana Gorriti e Rua Pierina Dealessi

2

Esta ponte para pedestres, obra do arquiteto e engenheiro catalão Santiago Calatrava, foi inaugurada em dezembro de 2001. Seu design foi inspirado em um casal dançando tango. Possuí um trecho central giratório que permite a passagem das embarcações. Foi construída inteiramente na Espanha e trazida ao país em partes, que depois foram montadas.

PARQUE "MICAELA BASTIDAS" Av. Calabria, Rua Julieta Lanteri e Rua Rosario Vera Peñaloza

4

O parque foi inaugurado no início de 2003 e ocupa uma superfície de 5,4 hectares. Seus diversos setores comunicam-se através de caminhos e escadas: a Plaza del Huerto (Praça do Pomar), a Plaza de los Niños (Praça das Crianças) e a Plaza del Sol (Praça do Sol).

IGREJA "NUESTRA SEÑORA DE LA ESPERANZA" Rua Rosario Vera Peñaloza esq. com Rua Aimé Painé

PARQUE "MUJERES ARGENTINAS" Rua Juana Manso, 800 Este parque homenageia as grandes mulheres argentinas com cujos nomes foram batizadas as ruas do bairro. Possui uma ampla praça central

60

3

e diversos níveis que oferecem uma vista panorâmica da região. Seu jovem bosque é formado por jacarandás, araucárias, magnólias e tijuanas, exemplares característicos da flora argentina.

Esta igreja foi inaugurada em 1994 e foi a primeira edificação realizada como parte da recuperação do setor. Possui elementos de estilo românico, como seus muros de tijolo e teto de madeira, que imitam a arquitetura do porto.

5


BUENOS AIRES MODERNA

RESERVA ECOLÓGICA COSTANERA SUR Av. Tristán Achával Rodríguez, 1550

6

Aqui funcionava, desde princípios do século XX, o Balneário Municipal, que fez da "costanera" um espaço recreativo popular. Em 1978 foi iniciado um projeto urbanístico para alargar a cidade, motivo pelo qual cerca de 350 hectares da costa foram aterrados. Finalmente, o projeto foi cancelado e a margem que o rio ganhou, abandonada. Numerosas espécies vegetais e animais povoaram essas terras, o que as transformou em uma rica reserva natural. Em 1986, este espaço foi declarado Reserva Ecológica e se transformou em uma área protegida, aberta à visitação.

MUSEU DE DECALQUES E ESCULTURA COMPARADA "ERNESTO DA CÁRCOVA" Av. España, 1701

7

É o mais importante do gênero na América do Sul. Suas coleções são compostas por cópias de obras famosas, obtidas mediante a técnica da modelagem. Esta metodologia consiste na utilização de moldes especiais, retirados dos originais, motivo pelo qual as reproduções atingem um nível altíssimo de fidelidade até nos mínimos detalhes.

FONTE "DE LAS NEREIDAS" Av. Tristán Achával Rodríguez, 1600

8

A obra da escultora argentina Lola Mora foi inaugurada em 1903. Originalmente concebida para a Plaza de Mayo, foi considerada indecorosa e, por isso, reposicionada nesse lugar. Dolores “Lola” Mora Vega (18671936) foi uma das primeiras escultoras da região e uma artista sumamente talentosa e controversa para a época.

61


Guia da Cidade de Buenos Aires

PÉRGOLA Rua Azucena Villaflor esq. com 9 Av. De los Italianos Antes da década de setenta, quando a costa foi aterrada, a pérgola era um lugar privilegiado para contemplar o Rio da Prata. Várias obras rodeiam este corredor semicircular, entre as quais se destacam os monumentos a Luis Viale, a Vito Dumas, a Ola e à Guarda Costeira.

CENTRO DE MUSEUS DE BUENOS AIRES (ANTIGA CERVEJARIA MUNICH) Av. De los Italianos, 851

10

Até 1970, funcionou no local a Cervejaria Munich, uma majestosa obra de Andrés Kálnay, que desde a sua inauguração, em 1927 foi um lugar destacado de Buenos Aires. Depois abrigou o Museu de Telecomunicações e, em 2002, foi instalado o Centro de Museus, realizando exposições, espetáculos e oficinas. Aqui funciona também o Museu do Humor, que reúne obras dos referentes argentinos do gênero e está presidido por uma comissão de cinco humoristas notáveis: Quino, Garaycochea, García Ferré, Sábat e Mordillo.

MONUMENTO AO TANGO Azucena Villaflor esq. com Av. De los Italianos

#DICA No auditório do subsolo da antiga Munich, organizamse apresentações de ópera, boleros e outros shows.

11

Este monumento, obra da escultora Estela Trebino e do engenheiro Alejandro Coria, presta homenagem ao gênero musical mais emblemático da cidade de Buenos Aires. Foi inaugurado no dia 22 de novembro de 2007 como celebração ao Dia da Música.

MONUMENTO A FANGIO 12 Rua Azucena Villaflor, entre Rua Juana Manso e Rua Aimé Painé

Obra que homenageia o penta campeão mundial de automobilismo, o argentino Juan Manuel Fangio. O esportista está representado junto ao seu “Flecha de Prata”: o MercedesBenz W196 que o acompanhou em várias de suas proezas.

62


BUENOS AIRES MODERNA

FRAGATA "SARMIENTO"

CORVETA "URUGUAY"

Rua Juana Gorriti, 1000, entre 13 Rua Azucena Villaflor e Rua Macacha Güemes, Dique 3

Rua Juana Gorriti, 400 Dique 4

Construída na Inglaterra em 1874, é o mais antigo navio argentino que ainda flutua. Em 1903, foi mundialmente conhecido pela façanha de seu capitão, Julián Irízar, que resgatou os integrantes da expedição sueca cujo navio naufragara nas geleiras do Polo Sul. Em 1960, foi designada como um museu.

Esta fragata, lançada às águas em 1897, foi uma das mais avançadas de sua época. O navio foi batizado em homenagem ao fundador da Escola Naval Argentina, Domingo Faustino Sarmiento (1811-1888). Entre 1889 e 1938 realizou 37 viagens ao redor do mundo, e até 1960, funcionou como embarcação de aprendizagem em águas nacionais. Hoje funciona como museu.

MUSEU DA IMIGRAÇÃO Av. Antártida Argentina, 1355 É o museu do antigo Hotel de Imigrantes, que prestou

15

14

serviços entre 1911 e 1953. Fazem parte do seu patrimônio os livros de registro de chegada dos imigrantes ao país.

YACHT CLUB ARGENTINO Rua Cecilia Grierson esq. com Av. Costanera Sur

16

Este edifício foi desenhado pelo arquiteto francês, Eduardo Le Monnier, em 1911, para a sede social da instituição, cujas origens se remetem a 1883, com o nascimento da náutica esportiva.

SILOS DA ANTIGA JUNTA NACIONAL DE GRÃOS Dique 3

17

Os silos foram inaugurados em 1903, junto com os depósitos e moinhos que formaram a primeira infraestrutura do porto de Buenos Aires. Em seu interior, eram armazenados os grãos para seu posterior embarque.

63


Guia da Cidade de Buenos Aires

FAENA ARTS CENTER Rua Aimé Painé, 1169

18

Localizado na antiga sala de máquinas de um dos primeiros grandes moinhos do país, foi reformado, respeitando todos os elementos representativos da construção industrial de princípios do século XX. Seu programa de exibições se destaca pelo seu carácter experimental, internacional e dinâmico.

PAVILHÃO DAS BELAS ARTES DA "UCA" Av. Alicia Moreau de Justo 1300, Dique 2

19

Localizado no Edifício Santa María de los Buenos Aires, da Universidade Católica Argentina, é um espaço de arte e cultura multidisciplinar e, ao mesmo tempo, um centro de criação. Sua missão é estabelecer um âmbito para o conhecimento e a difusão das belas artes.

COLEÇÃO DE ARTE "AMALIA LACROZE DE FORTABAT" Rua Olga Cossettini, 141

20

O edifício que abriga a coleção de arte de Amalia Fortabat, uma reconhecida empresária argentina, foi desenhado pelo arquiteto uruguaio Rafael Viñoly. A coleção Fortabat conta com obras de renomados artistas argentinos e estrangeiros. Dentre suas joias, destacam-se obras de Pieter Breughel, William Turner e o retrato da colecionadora, feito por Andy Warhol.

64


BUENOS AIRES MODERNA

SAIR, COMER, BEBER Puerto Madero é um dos polos gastronômicos mais importantes da cidade. Na Rua Alicia Moreau de Justo, nas antigas docas do porto de Buenos Aires, estão as reconhecidas "parrillas" argentinas, nas quais vale a pena experimentar o asado (churrasco) argentino, bem como restaurantes de comida internacional.

Sorrento

Av. Alicia Moreau de Justo, 410

Madero Tango

Av. Alicia Moreau de Justo esq. com Av. Brasil

#DICA No almoço, os restaurantes oferecem um Menu Executivo, que inclui um prato principal, bebida e sobremesa, a um preço convidativo.

65


BUENOS AIRES DE AUTOR Palermo Se há uma coisa que distingue Palermo, é que, em toda a sua extensão, seu estilo é único e original. O bairro tem uma parte aristocrática, delimitada pela Avenida Del Libertador e os bosques, conhecida como Palermo Chico. Nos arredores da Praça Cortázar (ex-Plaza Serrano), encontra-se a zona do Palermo Soho*, onde os estilistas e designers exibem sua produção. Entre as avenidas Juan B. Justo, Santa Fe, Córdoba e Dorrego, está a área conhecida como Palermo Hollywood*, que deve seu nome ao polo de produtoras de televisão e cinema, que foram instaladas nesta área no início do século.

*As denominações Palermo Soho e Palermo Hollywood são novas e ainda geram confusão, pois convivem com o antigo nome: Palermo Viejo.

66

PALERMO O nascimento deste bairro tem relação direta com Dom Juan Manuel de Rosas, que em 1836 adquiriu essas terras para sua residência. Sua casa foi a sede da Escola de Artes e Ofícios, do Colégio Militar e da Escola Naval. Em 11 de novembre de 1875, com a iniciativa de Sarmiento, foi inaugurado o parque 3 de Febrero. Pouco depois foram criados o Jardim Botânico e o antigo Jardim Zoológico, hoje o Eco Parque.


BUENOS AIRES DE AUTOR

PLANETARIO "GALILEO GALILEI" Av. Sarmiento esq. com Rua Belisario Roldán

1

É o principal centro de divulgação da astronomia da cidade. Em sua sala de projeções semi-esférica, com 360 poltronas reclináveis e uma cúpula de 20m de diâmetro, é possível ver aproximadamente 8900 estrelas, planetas e satélites do Universo. Além disso, são projetados documentários temáticos, graças a uma tecnologia imersiva que permite atingir definição, cor, movimento e realismo surpreendentes.

#DICA O Planetário convida você para conhecer “Um Céu para Todos”, uma atividade integradora para pessoas não videntes ou com diminuição da visão, que lhes permite sentir e ouvir o céu através do tato e da audição.

PARQUE "TRES DE FEBRERO" (BOSQUES DE PALERMO)

Av. Sarmiento esq. com Av. Del Libertador

2

Com mais de 80 hectares de extensão, este é um dos maiores parques de Buenos Aires. Começou a ser construído em 1874, por iniciativa do presidente Domingo F. Sarmiento, e foi inaugurado em 1875, pelo presidente Nicolás Avellaneda. A partir de 1892, quem se encarregou das numerosas reformas e ampliações foi o francês Carlos Thays, o paisagista mais reconhecido na Argentina entre o final do século XIX e o início do século XX. O parque, conhecido popularmente como Bosques de Palermo, possui um patrimônio vegetal de grande variedade que combina a flora nativa com a mundial, quatro lagos artificiais, um roseiral com mais de 12 mil exemplares e numerosas obras de arte.

67


Guia da Cidade de Buenos Aires

18

7

16 13

11

20

8 12

2

9

10

6 5 4 3

1

17

68

PLANETARIO

14


BUENOS AIRES DE AUTOR

Metrobus

Ônibus

Juan B. Justo

Linhas 12, 15, 29, 36, 37, 39, 41, 55, 57, 59, 60, 64, 67, 68, 93, 95, 102, 108, 111, 118, 124, 128, 130, 152, 160, 161, 166, 188.

Metrô D

MALBA - MUSEU DE ARTE LATINO-AMERICANA Av. Figueroa Alcorta, 3415

19

15

3

Museu privado, pertencente à Fundação Costantini. Desde 2001, conserva e exibe um patrimônio de aproximadamente 400 obras dos principais artistas modernos e contemporâneos da região. Oferece ciclos de cinema, literatura e design, e realiza um importante trabalho educativo aberto a todo o público.

MUSEU DE ARTES PLÁSTICAS "EDUARDO SÍVORI" Av. Infanta Isabel, 555

PARQUE EXTREMO

4

Esta casa de estilo pitoresquista, localizada em frente ao Rosedal de Palermo, convida a conhecer uma coleção de arte argentina: tecidos, pinturas, esculturas, gravuras e desenhos. As primeiras obras são do final do século XIX; as últimas chegaram ao museu por meio do Prêmio Manuel Belgrano, evento que distingue artistas de todo o país.

69


Guia da Cidade de Buenos Aires

MUSEU DE ARTE POPULAR "JOSÉ HERNÁNDEZ" Av. Del Libertador, 2373

#DICA 5

O percurso pelo museu permite ao visitante ter uma ampla visão do trabalho do artesão. Estão em exibição magníficos artesanatos locais, indígenas e urbanos, realizadas por reconhecidos artesãos argentinos. Destaca-se a coleção de prataria argentina – única em seu gênero– mostra do trabalho dos principais ourives rio-platenses desde meados do século XIX. A exposição das obras do grande artista Hermógenes Cayo, considerado o Leonardo da Puna argentina, é a mais importante do país. O edifício foi concebido como petit hotel no início do século XX.

Se você gosta de esportes radicais, nos parques: Costanera, Belgrano, Palermo, Caballito, Mataderos e Villa Lugano, pode encontrar oficinas de BMX e skate.

JARDIM JAPONÊS Av. Casares, 3401

6

É um dos lugares mais calmos e relaxantes da cidade. Foi inaugurado em 1967, devido à visita do imperador do Japão, Akihito, e sua esposa Michiko. Em 1977, foi redesenhado sob a direção do engenheiro paisagista Yasuo Inomata. No parque há um edifício no qual funciona um centro cultural, um restaurante de cozinha japonesa, um viveiro e uma loja de artesanatos japonês.

MUSEU "EVITA" Rua Lafinur, 2988

JARDIM BOTÂNICO "CARLOS THAYS" Av. Santa Fe, 3951

7

Inaugurado em 1898, foi desenhado pelo paisagista francês Carlos Thays, autor do desenho de alguns dos espaços verdes mais importantes de Buenos Aires. Ocupa uma superfície de mais de 7 hectares, onde vivem aproximadamente

70

6000 espécies vegetais, além de uma biblioteca de botânica, três jardins de estilo, um herbário e cinco estufas – a maior delas, de estilo Art Nouveau, foi premiada na Exposição Universal de Paris de 1900 – uma grande coleção de esculturas e um casarão de estilo inglês, onde são realizadas mostras de arte e oficinas.

8

Localizado em um edifício do início do século XX, o museu oferece uma visita pela vida e obra de Eva Duarte (1919-1952), esposa do ex-presidente argentino, Juan Domingo Perón, mediante modernas técnicas de museografia.


71


Guia da Cidade de Buenos Aires

AUTOMÓVIL CLUB ARGENTINO Av. Del Libertador, 1850

9

A coleção permanente deste edifício de padrão racionalista contém veículos do final do século XIX e início do XX em excelente estado de conservação. Além disso, é possível ver os automóveis utilizados pelos grandes automobilistas argentinos. O museu está localizado no primeiro andar da sede central do Clube do Automóvel Argentino.

MUSEU NACIONAL DE ARTE DECORATIVA

LA RURAL - CENTRO DE CONVENÇÕES DE BUENOS AIRES Av. Santa Fe esq. com Av. Sarmiento

Av. Del Libertador, 1902

10

Este museu, dedicado às artes decorativas européias e orientais, inclui obras de Greco, Corot, Fragonard, Manet, Boudin e Fantin-Latour. Também contém esculturas, porcelanas, cerâmicas, peças de ourivesaria, tapeçarias, livros de coleção, armas e uma destacável coleção de retratos em miniatura. O edifício de estilo neoclássico francês, era a antiga residência da família Errázuriz-Alvear, construída no início do século XX e declarada Monumento Histórico Nacional, em 1997.

11

Em 1866, foi fundada a Sociedade Rural Argentina para fomentar o desenvolvimento do patrimônio agropecuário do país. Em 1875, o Estado cedeu 12 hectares para a construção deste espaço no qual, desde 1878, é realizada todos os anos a Exposição Rural. Declarada Monumento Histórico Nacional, hoje La Rural é um dos espaços para convenções do país e da região.

CENTRO CULTURAL ISLÁMICO "REY FAHD" Av. Bullrich, 55

12

Foi inaugurado em 2000 e destaca-se por uma mesquita com capacidade para 1500 orantes homens no térreo e 500 mulheres no primeiro andar. Possui uma biblioteca com grande capacidade e uma sala de exposições, um auditório, uma área administrativa, com salões onde são realizados diversos cursos, entre eles, de idioma árabe.

72

TEATRO "SARMIENTO" Av. Sarmiento, 2715

13

Desde o ano 2000, este teatro começou a apresentar principalmente a produção de artistas representativos das novas tendências cênicas. Tornou-se, assim, o único espaço dentro do Complejo Teatral de Buenos Aires, dedicado à experimentação teatral.


BUENOS AIRES DE AUTOR

"CAMPO ARGENTINO DE POLO" 14

Av. Del Libertador esq. com Av. Dorrego

Os jogadores e os cavalos de polo argentinos são considerados os melhores do mundo. Conhecido como a Catedral do Polo, o Campo Argentino foi inaugurado em 1928. Suas arquibancadas têm capacidade para 30 mil espectadores e o estádio é utilizado também para outros esportes e espetáculos. Todos os anos, em novembro, acontece o Campeonato Aberto Argentino de Polo, o torneio mais importante no calendário internacional.

HIPÓDROMO ARGENTINO Av. Del Libertador, 4101

ECOPARQUE 15

16

Av. Sarmiento esq. com Av. Las Heras

O turf é um esporte muito popular entre os portenhos. O hipódromo foi inaugurado em 1876 e sua pista de areia, de 2400 metros, está entre as mais importantes do mundo. Conta com quatro arquibancadas: a Oficial, mais elegante, construída em 1908; a Paddock, próxima aos boxes e à rotatória de exibição; a Especial e a Nova. Todos os anos, em novembro, os cavaleiros competem pelo Grande Prêmio Nacional.

O Ecoparque Interativo é um espaço para toda a família, dedicado à educação ambiental, através de experiências recreativas e de imersão baseadas na tecnologia. Ainda possui quase 1.500 animais do antigo Zôo e também conta com atrações como as experiências de realidade virtual e o Circuito das Artes.

CLUBE DE PESCADORES E CAIS Av. Costanera Rafael Obligado esq. com Av. Sarmiento

17

Em plena Costanera Norte, a mais de 50 metros sobre o Rio da Prata, localiza-se o Clube de Pescadores. Tem uma estrutura similar a de um castelo belga, rodeado de água e céu. Caminhar pelo cais de mais de 500 metros, é uma experiência única. Sua estrutura sólida permite caminhar sobre o rio todos os dias e a qualquer hora.

Fundado em 1903, foi declarado Monumento Histórico Nacional, e transformou-se em um ícone portenho.

73


Guia da Cidade de Buenos Aires

PRAÇA "CORTÁZAR" (ANTIGA PRAÇA SERRANO)

Rua Honduras esq. com Rua Serrano

18

Localizada no coração do bairro de Palermo Viejo, é o centro do que passou a ser conhecido como Soho pela quantidade de lojas de design vanguardista que foram se instalando em seus arredores, bem como pela sua grande variedade de bares e restaurantes.

REGIMENTO DE GRANADEIROS A CAVALO "GENERAL SAN MARTÍN" Av. Luis María Campos, 554

19

Este Regimento foi criado em 1812 pelo general José de San Martín, artífice da Independência da Argentina, Peru e Chile. Os granadeiros lutaram em numerosas batalhas da Guerra de Independência e fizeram parte do exército que cruzou os Andes em 1817. Desde 1907, este regimento é a Escolta Presidencial da República. O quartel de Palermo, construído no final do século XIX e declarado Monumento Histórico Nacional, é a sede de um museu que exibe valiosas peças da história militar argentina.

REGIMENTO DE INFANTARÍA Nº 1 "PATRICIOS" Av. Bullrich, 481 Criando em 1806, para enfrentar a primeira invasão

74

20

inglesa ao Rio da Prata. Hoje é o Regimento Escolta do Chefe do Estado Maior Geral do Exército e do Governo da Cidade Autônoma de Buenos Aires. No edifício do Regimento, declarado Monumento Histórico

Nacional, funciona o museu que registra a trajetória da instituição e de fatos transcendentes da história argentina.


BUENOS AIRES DE AUTOR

SAIR, COMER, BEBER

Palermo Soho Seus espaços gastronômicos contemporâneos convivem com os bodegones e parrillas (churrascarias) da velha época residencial do bairro.

Palermo Hollywood Aqui emerge uma rica proposta de bistrôs de autor e de cozinha internacional. Embora esteja mais dispersa, vale a pena explorá-la.

BARES NOTÁVEIS Café Los Andes

Av. Raúl Scalabrini Ortiz, 1312

Café Nostalgia Rua Soler, 3599

El Preferido de Palermo Rua Jorge Luis Borges, 2108

#DICA A noite portenha começa muito tarde. Nos bares, a alta do movimento é a partir da meia-noite e algumas horas mais tarde para as boates.

Varela Varelita

Av. Raúl Scalabrini Ortiz, 2102

75


Guia da Cidade de Buenos Aires

COMPRAS Alto Palermo Av. Santa Fe, 3252 Shopping tradicional do bairro de Palermo onde é possível encontrar as marcas mais conhecidas. Possui uma ampla praça de alimentação e estacionamento coberto.

#DICA Os shoppings abrem todos os dias do ano, inclusive em muitos feriados.

Paseo Alcorta Rua Salguero, 3172 Outro dos centros comerciais mais importantes, que reúne propostas de grifes e estilistas exclusivos. Possui uma praça de alimentação e brinquedos para crianças.

Arredores da Praça Inmigrantes de Armenia Nas ruas Costa Rica, Honduras e El Salvador estão as lojas de roupas, objetos de decoração e móveis mais cool da cidade.

Circuito outlet de Aguirre Rua Aguirre, do número 600 ao 900, Rua Gurruchaga do 700 ao 900 e Rua Loyola do 500 ao 700 Nessas poucas quadras, concentra-se a maior oferta das mais importantes grifes, sapatos e acessórios, com saldos de temporadas anteriores e um pouco das novas coleções.

#DICA Feira Praça Cortázar Rua Jorge Luis Borges esq. com Rua Honduras Na praça e nos bares dos seus arredores, muitos artesãos e designers independentes oferecem seus produtos, completamente originais e com ótimos preços.

76

Escolhido por designers independentes, criadores de tendências, pelos artistas e pelas marcas mais reconhecidas do mundo da moda e da decoração, Palermo Viejo transformou-se no Circuito de Design da cidade.


BUENOS AIRES DE AUTOR

Distrito Arcos Premium Outlet Rua Paraguay, 4979 Complexo comercial a céu aberto, instalado no antigo edifício ferroviário. Combina lojas de Outlet das grifes mais importantes e opções gastronômicas ao ar livre.

Mercado de Pulgas El Dorrego Av. Dorrego esq. com Rua Niceto Vega Um grande galpão, onde é possível encontrar todo tipo de curiosidades: móveis, quadros, esculturas, mármores, bronzes, cristais, pedras, jóias, prataria, porcelanas, música, instrumentos, roupas, etc. Destacamse as antiguidades em mobiliário, obras de arte e objetos de todas as épocas e estilos.

77


YOUTH OLYMPIC GAMES

#BuenosAires2018

78


Esportes

Outubro 2018

ATLETAS

JOVENS

a

LE GA CY

n

So

c

ia

PAISES

Transform a

ti o

an

n tio

Ur b

ANOS DE IDADE

l T a r a n s fo r m

Legado no Sul da Cidade

A proposta consiste em que, através de ações culturais, esportivas e educativas, baseadas no Olimpismo e seus valores, somado às obras de infra estrutura que serão realizadas, sejam um catalisador para o desenvolvimento urbano e social da cidade. O objetivo é deixar uma marca e legado real antes, durante e depois da celebração dos jogos, aproximando o esporte aos jovens e gerando atividades que fomentem a cultura e a educação. 79


BUENOS AIRES DOS PORTENHOS Belgrano Barracas Caballito Flores As ruas arborizadas, os amigos tomando mate nas praças, os vizinhos passeando com seus cachorros, os mercadinhos de bairro e os kioscos abertos 24 horas por dia são algumas das coisas que fazem parte da rotina dos portenhos. Para quem se atreve a sair do circuito turístico convencional, há muito mais de Buenos Aires para descobrir.

80

BELGRANO Em 1855 esse nome foi dado a um assentamento localizado ao norte de Buenos Aires, em homenagem a Manuel Belgrano, o ilustre criador da bandeira argentina. Atualmente a área apresenta uma intensa atividade comercial, concentrada especialmente na avenida Cabildo. Alguns lugares do bairro conservam os antigos casarões e residências sen h or ia is, que c onv iv em c om edifícios de arquitetura moderna.


BUENOS AIRES DOS PORTENHOS

"BARRANCAS DE BELGRANO"

6

Avenidas Juramento, La Pampa, Virrey Vértiz e Rua Zavalla

2 4 7

1

Até meados do século XIX, o Rio da Prata chegava às margens destes barrancos. A terraplenagem da ferrovia Mitre serviu para conter as águas e secar os terrenos. Entre as diversas esculturas deste parque, destaca-se uma réplica da estátua da Liberdade realizada pelo autor da original, o francês Frédéric Bartholdi. Na pracinha Antonio Malvagni costumavam tocar orquestras. Neste parque encontra-se a biblioteca infantil La Reina Batata, um espaço que promove a leitura para crianças.

3 5

1

#DICA Nos finais de tarde, no coreto de Barrancas são improvisadas milongas CLUBtango) ATLÉTICO ao ar livre. (bailes de RIVER PLATE

Ônibus

Metrô

Linhas 10, 12, 15, 29, 34, 36, 37, 38, 41, 55, 57, 59, 60, 64,

D

67, 68, 93, 95, 108, 111, 118, 128, 141, 152, 160, 161, 166, 194.

PARQUE EXTREMO

PARÓQUIA "INMACULADA CONCEPCIÓN" Rua Vuelta de Obligado, 2042

2

Esta igreja de planta circular, conhecida popularmente como a Redonda, foi inaugurada em 1878. Inspirada no Panteão de Agripa em Roma, apresenta influências do neo renascentismo italiano.

81

CENTROS DE INFORMACIÓN T


Guia da Cidade de Buenos Aires

MUSEU HISTÓRICO "SARMIENTO" Av. Juramento, 2180

PRAÇA GENERAL "MANUEL BELGRANO" 3

4

Av. Juramento esq. com Rua Vuelta de Obligado

Construído entre 1869 e 1874, foi sede da Municipalidade de Belgrano, onde foi assinada a federalização de Buenos Aires em 1880. Ao chegar ao cinquentenário da morte de Domingo Faustino Sarmiento, em 1938, foi inaugurado aqui o Museu em sua memória. Sua coleção possui os objetos, a biblioteca e os arquivos de Sarmiento, que foram cedidos por seus netos.

No centro da praça ergue-se o monumento ao General Manuel Belgrano, obra do escultor Héctor Rocha, inaugurado em 1961. O conjunto de esculturas de mármore branco Las Tres Gracias (As Três Graças) é obra do escultor italiano Antonio Canova.

"RECOVA" Rua Echeverría esq. com Rua Vuelta de Obligado e plazoleta Rafael Hernández

6

A placa que está aqui remete ao romance de Ernesto Sábato, Sobre Heróis e Tumbas. No capítulo intitulado “O Relatório sobre Cegos”, o escritor refere-se a este lugar como entrada ao túnel labiríntico do submundo dos não videntes.

MUSEU DE ARTE ESPANHOL "ENRIQUE LARRETA" Av. Juramento, 2291

MUSEU CASA DE "ROGELIO YRURTIA" Rua O’Higgins, 2390

5

Este casarão de estilo neo colonial foi residência e ateliê do escultor argentino Rogelio Yrurtia e de sua esposa, a pintora Lía Correa Morales. O casal doou a casa e sua coleção de arte para

82

a cidade em 1942. Yrurtia foi autor de importantes monumentos como Canto al Trabajo (Canto ao Trabalho). O museu exibe esboços, estudos, peças em bronze e gesso, quadros e mobília do artista.

7

Construída em 1882, esta era a residência de verão de Josefina Anchorena. Seu marido, Enrique Larreta, era escritor e trabalhou como embaixador argentino. Ao longo de sua vida, reuniu uma grande coleção de arte espanhola, que após sua morte foi doada ao Governo portenho e constitui o patrimônio do museu.


Guia da Cidade de Buenos Aires

/travelbuenosaires

@travelbaires

travel.buenosaires.gob.ar

Participe da visita guiada de bus e conheça os estádios onde o portenho vive sua paixão!

Bairros Futeboleiros La Boca La Bombonera

Parque

Patricios

El Palacio Ducó

La Paternal Estadio Diego Armando Maradona

Boedo El Nuevo Gasómetro

Núñez El Monumental

grátis Reserve seu lugar em ba.tours

83


BUENOS AIRES DOS PORTENHOS

SAIR, COMER, BEBER Las Cañitas Rua Báez, entre Av. Dorrego e Boulevard Chenaut Atrás do Campo Argentino de Polo, na própria Rua Báez, existe um conglomerado de restaurantes e bares que se tornaram um forte polo gastronômico e ponto de encontro noturno.

Barrio Chino Rua Arribeños, entre Av. Juramento e Rua Blanco Encalada Ao redor das Ruas (calles) Arribeños e Juramento, concentrase uma grande oferta de restaurantes de culinária asiática. No entanto, uma outra leva de imigrantes chegou há pouco tempo ao bairro: agora também há comida peruana.

BARES NOTÁVEIS Café de la Esquina

Av. Del Libertador, 6196

Capisci

Rua Vuelta de Obligado, 2072

84


Guia da Cidade de Buenos Aires

COMPRAS

Avenida Cabildo Uma das principais avenidas de compras e passeios do bairro de Belgrano.

El Solar de la Abadía

#DICA

Av. Luis María Campos esq. com Maure

A zona do “Las Cañitas” deve o seu nome à grande quantidade de bambu que havia onde hoje se encontra a rua Luis María Campos.

Shopping com uma grande variedade de marcas comerciais, construído em uma antiga fábrica de gelo seco do bairro.

85


Guia da Cidade de Buenos Aires

BARRACAS O bairro deve seu nome aos grandes armazéns que foram construídos às margens do Riachuelo, a princípios do século XVIII, usados para guardar a mercadoria que seria embarcada no porto, como couros e carne salgada. Durante o século XX, o bairro recebeu uma onda de imigrantes, principalmente italianos, e se transformou em um bairro industrial. Atualmente, o bairro encontra-se em plena transformação e emerge como polo de design e tecnologia.

IGREJA "SANTA FELICITAS" Rua Isabel la Católica, 520 Felicitas Guerrero foi uma viúva jovem e rica que, em 1872, foi assassinada por um pretendente rejeitado. Em sua memória, seus pais mandaram construir este templo de estilo eclético e influência gótica. É a única igreja de Buenos Aires com estátuas seculares, que representam Felicitas, seu marido e seu filho.

PARÓQUIA DE "SANTA LUCÍA" Av. Montes de Oca, 550

Ônibus Linhas 12, 17, 22, 24, 39, 46, 51, 60, 70, 74, 93, 98, 102, 129, 168.

86

Em 1783, erigiu-se este oratório dedicado a Santa Lucía de Siracusa, protetora do bairro de Barracas. Todos os dias 13 de dezembro, comemora-se no local a festa da padroeira e o dia do bairro de Barracas.


BUENOS AIRES DOS PORTENHOS

CALLE LANÍN Rua Lanín esq. com Rua Brandsen No final do século XX, o pintor Marino Santa María, oriundo deste bairro, decorou com uma de suas obras a fachada de seu ateliê, na Rua (calle) Lanín 33. Os vizinhos gostaram da ideia e o artista interveio em 35 fachadas.

PRAÇA "COLOMBIA" Av. Montes de Oca, Rua Isabel la Católica, Rua Brandsen e Rua Pinzón Originalmente era a chácara da família Álzaga, até que, na década de 1930, passou para a prefeitura e, em 1937, denominada Plaza Colombia. No centro da praça encontrase o monumento Izando la Bandera (Içando a bandeira), obra do escultor Julio Vergotini.

ESPACIO CULTURAL DEL SUR Av. Caseros, 1750 Orienta sua oferta de atividades, educação e espetáculos a toda a família. Em sua programação, destaca-se o espaço dedicado aos ciclos de música latino-americana, tango e folclore.

TEMPLO OR TORAH Rua Brandsen, 1444 Este templo, inaugurado em 1930, foi construído por um grupo de imigrantes sírios. A obra é de estilo oriental e sua cúpula se destaca no bairro. No interior, há um pátio andaluz com mosaicos multicoloridos.

BARRACAS, DISTRITO DO DESIGN Barracas é parte do projeto do Distrito de design, que busca promover o design e vincular o desenvolvimento deste setor ao desenvolvimento do bairro. Para tanto, oferece benefícios fiscais que favorecem a radicação de empresas e profissionais do design. O edifício do Centro Metropolitano de Diseño (Algarrobo, 1041) é um espaço criativo aberto e o primeiro marco deste projeto. Oferece uma programação anual de eventos ligados ao design e às Indústrias criativas. Nele funcionam escolas de capacitação em ofícios vinculados às indústrias da moda e do design industrial.

87


Guia da Cidade de Buenos Aires

SAIR, COMER, BEBER BARES NOTÁVEIS El Progreso

Av. Montes de Oca, 1700

La Flor de Barracas Rua Suárez, 2095

Los Laureles Rua Iriart, 2290

CABALLITO Em 1821 o genovês Don Nicolás Vila instalou uma mercearia no quarteirão localizado entre as avenidas Rivadavia e Emilio Mitre. Na porta do local colocou um mastro com um cata-vento de latão onde aparecia a imagem de um cavalo. Os paroquianos começaram a usar esse cata-vento como referência geográfica, o que levou o bairro a receber seu nome atual. Em 1860, a chegada do trem e depois do metrô, contribuíram para impulsionar o desenvolvimento comercial da área, que é a segunda mais populosa da cidade.

Ônibus Linhas 1, 2, 5, 25, 36, 42, 49, 52, 53, 55, 85, 86, 96, 103, 104, 132, 135, 136, 141, 153, 163, 172, 180.

88

Metrô AeE


BUENOS AIRES DOS PORTENHOS

PARQUE "RIVADAVIA" Av. Rivadavia, 4900 Oficialmente inaugurado em 17 de julho de 1928, este amplo espaço verde é mais um desenho do paisagista Carlos Thays. Nele se encontra uma das feiras de livros usados mais importantes da cidade.

PARQUE "CENTENARIO" Av. Ángel Gallardo esq. com Av. Patricias Argentinas Assim como muitos dos principais espaços verdes da cidade, foi projetado pelo paisagista Carlos Thays. Seu nome é uma homenagem aos cem anos da Revolução de Maio.

MUSEU DE ESCULTURAS "LUIS PERLOTTI" Rua Pujol, 644 Está localizado na antiga casa-estúdio do escultor argentino Luis Perlotti

MUSEU DE CIÊNCIAS NATURAIS "BERNARDINO RIVADAVIA"

(1890-1969). A temática da América pré-colombiana é o fio condutor de sua produção artística de mais de 900 peças, que hoje compõem o patrimônio do museu.

BONDE HISTÓRICO DE BUENOS AIRES

Av. Ángel Gallardo, 490

Rua Emilio Mitre, 500 esq. com José Bonifacio

É o museu mais antigo da Argentina, idealizado em 1812 e finalmente fundado em 1823 por inspiração de Bernardino Rivadavia. A coleção do museu é uma das mais completas da América Latina. Entre seus espaços, existem salas temáticas de paleontologia, geologia, anfíbios, répteis, artrópodes, entre outras.

Em 1863 começaram a circular em Buenos Aires os primeiros bondes a cavalo. No final do século XIX, o serviço elétrico foi incorporado e, com os anos, os bondes da cidade chegaram a transportar 650 milhões de passageiros por ano. Hoje o Bonde Histórico de Buenos Aires realiza um percurso de aproximadamente dois quilômetros, pelo bairro de Caballito.

BARBEARIA "LA ÉPOCA" Rua Guayaquil, 877 Local ambientado como as barbearias do século XIX, que conta com uma grande mostra de objetos curiosos. Os clientes podem cortar o cabelo sentados em um sofá de barbeiro de 1899, usar uma cabine telefônica de 1925 ou aproveitar a mobília de carvalho da Eslovênia.

89


Guia da Cidade de Buenos Aires

SAIR, COMER, BEBER BARES NOTÁVEIS El Viejo Buzón

Rua Neuquén, 1100

Plaza Café

Av. Rivadavia, 4732

COMPRAS Mercado El Progreso Rua Del Barco Centenera, 141 É um dos poucos mercados históricos ainda preservado em Buenos Aires. Aqui é possível comprar alimentos e conversar com as pessoas das bancas, todos especialistas em seus produtos que atendem com prazer os visitantes.

Caballito Shopping Av. Rivadavia, 5108 Shopping do bairro, com área de alimentação e brinquedos infantis.

90


100%

9:21 am

NAVEGAR NA CIDADE

BA Turismo

Conteúdos pensados especialmente para os turistas.

BA Cómo Llego

Como chegar de um ponto a outro da cidade de ônibus, trem, metrô, bicicleta, caminhando ou de carro.

BA EcoBici

Informações de ciclovias e estações do sistema público de bicicletas.

BA WIFI Buscador de conexãn WiFi gratis.

BA Subte

Informações do metrô em tempo real.

BA Móvil

A situação do trânsito e do transporte público da cidade em tempo real.

BA Accesible

Lugares acessíveis da cidade. Procure-os e carregue no app!

Disponíveis para

91


Guia da Cidade de Buenos Aires

FLORES Em sua época de esplendor, Flores foi protagonista de fatos importantes da história nacional: aqui foi assinado em 1859 o Pacto de San José de Flores, que estabeleceria as bases da unidade nacional. Em 1888 Flores – que até então pertencia à província de Buenos Aires – foi incorporado à capital. Pouco a pouco, o bairro começou a ser gradativamente urbanizado até se tornar um dos mais tradicionais e povoados da cidade.

VISITA GUIADA GRATUITA - CIRCUITO PAPAL EM FLORES E DE ÔNIBUS: todos os fins de semana e feriados, as 9 e às 15h. Ponto de encontro: basílica de San José de Flores (Av. Rivadavia, 6950). Inscrição antecipada: circuitopapal@buenosaires.gob.ar

Ônibus Linhas 25, 53, 63, 84, 92, 99, 106, 124, 133, 134, 172, 181.

Metrobus Sur

Metrô AeE

PRAÇA "JUAN MARTÍN DE PUEYRREDÓN" Av. Rivadavia, Rua Fray C. Rodríguez, Rua Yerbal e Rua Gral. J. G. de Artigas A praça ocupa o quarteirão doado para esta finalidade pela família Flores, fundadora do antigo povoado. Em sua parte central fica o monumento a Juan Martín de Pueyrredón (1777- 1850), destacado militar e político argentino.

92


BUENOS AIRES DOS PORTENHOS

ESTAÇÃO "FLORES" Rua Yerbal entre Rua Artigas e Rua Condarco Em 29 de agosto de 1857 foi inaugurada oficialmente a primeira linha de trem do país: o Trem do Oeste. Com suas locomotivas La Porteña e La Argentina, no dia seguinte foi liberada para uso público e viajava da estação Del Parque (lugar hoje ocupado pelo Teatro Colón) até La Floresta. A primeira estação de Flores, apenas uma casinha de madeira com teto de papelão, situava-se entre as atuais ruas Caracas e Gavilán.

"LA MANSIÓN DE FLORES" Rua Yerbal e Rua Gavilán A galeria abriu as portas em 1956 e foi um dos passeios de compras mais distintos do bairro. A cúpula central que coroa o edifício conta com murais de quatro importantes expoentes do realismo social na Argentina: Juan Carlos Castagnino, Lino Spilimbergo, Enrique Policastro e Demetrio Urruchúa.

BASÍLICA "SAN JOSÉ DE FLORES" Av. Rivadavia, 6950 Em 1806 foi construída na esquina da Avenida Rivadavia com Rua Rivera Indarte uma precária capela e, em 1830,

ESCOLA MUSEO N.° 1 “GRAL. JUSTO JOSÉ DE URQUIZA” Rua Yerbal, 2370 É a instituição escolar em funcionamento mais antiga de Buenos Aires. Criada pelo Cabildo

em seu lugar foi erguida uma igreja. Em 1881 uma comissão de vizinhos ilustres arrecadou os fundos necessários e ergueu o atual edifício, com características do estilo

como escola de campanha para meninos, iniciou suas atividades em 4 de setembro de 1818. Desde 1963 abriga um magnífico Museu de Belas Artes com mais de 300 obras de artistas como Quinquela Martín, Soldi, Vergottini e Perlotti, entre outros.

GALERÍA "SAN JOSÉ DE FLORES" Av. Rivadavia, 6836 A galeria abriu as portas em 1956 e foi um dos passeios de compras mais distinguidos do bairro. A cúpula central que coroa o edifício conta com murais de quatro importantes expoentes do realismo social na Argentina: Juan Carlos Castagnino, Lino Spilimbergo, Enrique Policastro e Demetrio Urruchúa.

93


Guia da Cidade de Buenos Aires

CASA MARCÓ DEL PONT / CENTRO CULTURAL MARCÓ DEL PONT Rua Gral. José de Artigas, 206 Edificada em 1871, a casa de Antonino Marcó del Pont, próspero comerciante e funcionário público, foi sede de reuniões de importantes personalidades da época. Em 1998 foi restaurada para ser a sede da Casa de Cultura de San José de Flores. Hoje também é sede da Comissão de Estudos Históricos de San José de Flores.

SAIR, COMER, BEBER BARES NOTÁVEIS La Farmacia

Av. Directorio, 2400

COMPRAS Avenida Rivadavia Esta artéria conectou a área com o resto da cidade e hoje concentra uma grande quantidade de lojas de roupa e acessórios.

94


BUENOS AIRES DOS PORTENHOS

EM OUTROS BAIRROS MUSEU HISTÓRICO CORNELIO SAAVEDRA Av. Crisólogo Larralde, 6309, Saavedra As salas do museu oferecem uma aproximação à vida cotidiana portenha do século XIX.

MUSEU "MONTE DE PIEDAD" Av. Boedo 870 - Boedo Foi inaugurado em 2003, no edifício onde funcionaram o café Biarritz e a Peña Pacha Camac, pela qual passaram muitos membros do grupo literário Boedo.

ESTÁDIO DO CLUBE ATLÉTICO RIVER PLATE Av. Figueroa Alcorta, 7597 - Belgrano/Núñez O clube River Plate foi fundado em 1901 no bairro La Boca. Na década de vinte mudou sua sede várias vezes até se instalar definitivamente no limite dos bairros Belgrano e Núñez. O estádio é mais conhecido popularmente como Monumental e foi um dos primeiros grandes

estádios da América do Sul. O Museu River, localizado junto ao estádio, permite percorrer a história e os triunfos deste clube.

#DICA Viva o clássico do futebol argentino! O jogo BocaRiver é uma amostra do fervor popular portenho que você não pode perder.

MUSEU "DEL AUTOMÓVIL" Rua Irigoyen, 2265 - Villa Real No museu são exibidos automóveis clássicos e antigos, cupês de Turismo Carretera, motos e outros veículos únicos, que levam os visitantes para a Buenos Aires do início do século XX.

95


Guia da Cidade de Buenos Aires

SAIR, COMER, BEBER BARES NOTÁVEIS 12 de Octubre

Rua Bulnes, 331, Almagro

Bar de Cao

Av. Independencia, 2400, San Cristóbal

Bar del Glorias Rua Andagalá , 1982, Mataderos

Bar Oviedo Av. Lisandro de la Torre, 2407, Mataderos

Café de García

Rua Sanabria, 3302, Villa Devoto

Café de la U

Av. Triunvirato, 4801, Villa Urquiza

Café de los Incas

Av. De los Incas, 3909, Villa Ortúzar

Café Don Juan

Rua Camarones, 2702, Villa Santa Rita

Café Margot

Av. Boedo, 857, Boedo

Café Olimpo

Rua Irigoyen, 1491, Villa Luro

Café Palacio

El Tokio

Miramar

Av. Federico Lacroze, 3901, Chacarita

Av. Álvarez Jonte, 3550, Villa Santa Rita

Rua Sarandí, 1190, San Cristóbal

El Banderín

Esquina Homero Manzi

Av. Forest, 1186, Chacarita

Rua Guardia Vieja, 3601, Almagro

Av. San Juan, 3601, Boedo

El Buzón

La Nueva Andaluza

Rua Esquiú, 1393, Pompeya

El Faro Av. De los Constituyentes, 4099, Parque Chas

96

Rua Camarones, 1412, La Paternal

Las Violetas

Av. Rivadavia, 3899, Almagro

Ocho Esquinas Stylo Café

Rua Fernández de Enciso, 3934, Villa Devoto


BUENOS AIRES DOS PORTENHOS

COMPRAS Mataderos Feira de Mataderos Av. Lisandro Fair de la Torre Crafts

e Av. De los Corrales, Av. Lisandro de la Torre Mataderos and av. De los Corrales, Nesta feira, inaugurada Mataderos em 1986, podemos encontrarinartesanato, Opened 1986, this números lively localgauchescos market is e comemorações de essentially a gaucho diversas locais, (cowboy)festas fair, with a como a da Pachamama, great folky feel and o Dia Internacional do traditional gaucho food, Folclore, o Carnaval arts and crafts. The fair de e o Dia local da alsoSalta celebrates Tradição. aos festivities Acontece and deities, domingos – de março a like Pachamama, dezembro, das 11:00h às International Folklore 20:00h – e aos sábados Day, Salteño Carnival durante o mês and the Day of de Tradition. fevereiro. It is open every Sunday from March to December, and on Saturdays during February.

Dot Baires Shopping

Rua Vedia, 3626, Saavedra Shopping com praça de alimentação, terraço, estacionamento, salas de cinema e lojas de marca.

Plaza Liniers

Av. Ramón L. Falcón, 7115, Liniers

Del Parque Shopping

Rua Nazarre 3175, Villa del Parque

Devoto Shopping

Rua Quevedo e Rua José Pedro Varela, Villa Devoto

97


Guia da Cidade de Buenos Aires

PARA EXPLORAR A CIDADE VISITAS GUIADAS GRATUITAS* Todos os dias Buenos Aires oferece um circuito diferente para que você conheça grátis seus bairros e atrações mais importantes. Em espanhol e inglês. De dia e de noite, a pé, de ônibus, de bike, de patinete e de mil outras maneiras.

BUENOS AIRES COM POUCO TEMPO Se for ficar somente um ou dois dias na cidade, com este percurso você poderá aproveitar ao máximo sua visita.

24

Reserve seu lugar em www.ba.tours *Os passeios de bike elétrica são pagos.

48

98

24 HORAS Comece o dia em San Nicolás, visitando a Praça de Maio e o Obelisco. Depois vá para San Telmo e ao meio-dia La Boca. Depois do almoço, aproveite o Bus turístico para ir até Puerto Madero. À tarde, passeie pelo charmoso bairro Recoleta e termine o dia em Palermo.

48 HORAS No segundo dia, visite algum dos bairros portenhos, como Belgrano ou Palermo. Almoce em um restaurante tradicional; à tarde, ande pelas avenidas Corrientes e Florida, e visite algum dos bares notáveis. À noite, aceite o desafio do ritmo do dois por quatro e dê seus primeiros passos em uma casa de tango ou milonga.


PARA EXPLORAR LA CIUDAD

BUENOS AIRES À SUA MEDIDA Conselhos para viver a cidade com orçamento reduzido. Organize sua agenda de viagem utilizando a ferramenta BA Planner, disponível em travel. buenosaires.gob.ar

BUS TURÍSTICO A cidade oferece o “bus turístico”, com trajetos que permitem uma visão panorâmica, saindo a cada 20 minutos, com sistema de “auto guia” em dez idiomas. Os tickets podem ser adquiridos no ônibus, no ponto de partida da parada 0 (Av. Roque Sáenz Peña, 728) ou online no buenosairesbus.com

Aproveite EcoBici, o programa de bicicletas da cidade. Hospede-se em algum hostel ou procure hospedagem em uma casa familiar. Faça suas compras nos mercados e feiras, e não perca os circuitos de outlets. Descubra a oferta turística da cidade em www. ba.tours. Há centenas de opções gratuitas. Aproveite os mais de cem espaços verdes públicos.

BICI TOUR BA* Uma experiência sensorial pelos tradicionais bairros de Palermo e La Boca. Durante uma hora, a melhor maneira de curtir a cidade de bicicleta, conhecendo cada cantinho e aproveitando as surpresas que aparecem no trajeto. * Os passeios de bike elétrica são pagos.

SUBA NO ECO-AUTO Convidamos você a percorrer a Reserva Ecológica e os Bosques de Palermo em carros elétricos. Em ambos circuitos, com duração de duas horas cada um, a proposta é estar perto da natureza e da história do lugar, para poder viver uma experiência totalmente diferente.

#DICA Em comollego.ba.gob. ar você pode se informar sobre a maneira mais rápida de se locomover de carro, ônibus, bicicleta ou à pé, por toda a cidade. Baixe o aplicativo no seu celular!

BA REMO Você gostaria de descobrir Buenos Aires numa perspectiva diferente, remando? BA Remo oferece circuitos turísticos gratuitos para viver a cidade desde o rio, guiado por instrutores especializados. A atividade é gratuita. 99


Guia da Cidade de Buenos Aires

COMO SE LOCOMOVER NA CIDADE BICICLETA Use a EcoBici, o sistema automático de bicicletas públicas, para visitar a cidade de uma maneira econômica, ecológica e divertida. O serviço é gratuito e funciona durante as 24 horas. Para saber mais entre em turismo.buenosaires.gob.ar/br/article/ bicicletas-24hs

METRÔ Seis linhas de metrôs atravessam a cidade: A, B, C, D, E, H. A tarifa é fixa para todos os percursos. Funciona de segunda a sábado das 6 às 22 h, e aos domingos e feriados das 8 às 22 h. Algumas linhas possuem um horário um pouco mais amplo.

TRENS ÔNIBUS URBANOS Mais de 180 linhas percorrem todos os bairros da cidade e diferenciam-se por seu número. Funcionam 24 horas todos os dias.

M METROBUS É um novo sistema de transporte oferecido pela cidade. Para viajar melhor e chegar a tempo de uma maneira mais confortável e eficiente. Informações e percursos em movilidad.buenosaires.gob.ar/metrobus

CARTÃO PARA TRANSPORTE PÚBLICO O cartão SUBE é necessário para viajar nos diferentes meios de transporte público da cidade: trens, ônibus e metrôs. Pode ser adquirido nas estações de Metrô, nos Centros de Atenção ao Turista ou em pontos de venda espalhados pela cidade.

100

A rede de trens suburbanos é uma boa alternativa para se deslocar para os bairros mais afastados ou para conhecer áreas turísticas fora do eixo da cidade. Conforme a área de destino, existem diferentes estações de chegada, localizadas em diversos bairros de Buenos Aires: Estação Retiro: trens para Zona Norte do Grande Buenos Aires e bairros como Belgrano, Núñez, Villa Urquiza, Villa Devoto etc. Estação Constitución: trens para Zona Sul do Grande Buenos Aires. Estação Once: trens para a Zona Oeste da Grande Buenos Aires e bairros como Caballito, Flores e Liniers. Estação Federico Lacroze: trens para o noroeste da Grande Buenos Aires.

TÁXIS Os táxis portenhos são pretos com detalhes em amarelo. Podem ser parados na rua ou pedidos por telefone (rádio táxi). Podem ser tomados diretamente na rua o por telefone. O custo da viagem depende da distância e do tempo e é expresso em pesos em um taxímetro à vista do passageiro. Entre 22:00h e 06:00h é usada a tarifa noturna, 20% mais cara que a diurna.


PARA EXPLORAR LA CIUDAD

AEROPORTOS Aeroparque Metropolitano Jorge Newbery Saída e chegada de vôos domésticos e países fronteiriços. Av. Costanera Rafael Obligado s/n, Palermo

#DICA O Arbus é um serviço de transfer que une o Aeroparque a Ezeiza e também a outros pontos importantes da cidade www.arbus.com.ar

Aeropuerto de Ezeiza Ministro Pistarini Saída e chegada de vôos internacionais. Autopista Tte. Gral. Riccheri km 33,5. Provincia de Buenos Aires.

TERMINAIS FLUVIAIS Terminal do Buquebus Saída do transporte fluvial para Colônia e Montevidéu, Uruguai.

Av. Antártida Argentina, 821 esq. com Rua Cecilia Grierson, Puerto Madero.

Terminal de cruzeiros Quinquela Martín Saída de chegada de cruzeiros internacionais. Av. Ramón Castillo esq. com Av. De los Inmigrantes, Retiro.

ALUGUEL DE CARROS Para alugar um carro é preciso ser maior de 21 anos, possuir habilitação vigente com dois anos de antiguidade e um cartão de crédito com limite suficiente para cobrir o aluguel e a garantia.

ÔNIBUS Terminal de Retiro Saída de chegada de ônibus para todos os destinos do interior do país e destinos internacionais. Av. Antártida Argentina esq. com Av. Ramos Mejía, Retiro.

101


UM BATE PAPO COM OS PORTENHOS UN CACHO

UN BAJÓN

um pedaço, um pouco

uma notícia ruim

FULERO, FULERA BONDI

feio, feia

ônibus

ARRUGAR acovardar-se assustar-se

GUITA

BIRRA cerveja

dinheiro, grana

CARGAR tirar sarro de alguém, zombar, encher

CHANTA MATINA manhã

espertalhão, malandro, aproveitador, golpista

¡GUARDA! cuidado!

LABURAR trabalhar

CHAMUYAR dar em cima de alguém, xavecar, contar lorotas

MINA garota / mulher

FLASHEAR

MORFAR

pensar coisas que não são, exagerar, viajar na maionese

LUCA 1000 pesos

102

comer

PIOLA PIBE garoto

GAMBA

QUILOMBO

100 pesos

confusão, bagunça

BERRETA

TRUCHO

de pouca qualidade

falso, de má qualidade

astuto, esperto, gente boa, legal

TIMBA jogo de azar


/travelbuenosaires

@travelbaires

travel. buenosaires.gob.ar

Conheça Buenos Aires

grátis

Atividades para o dia e para a noite

Reserve seu lugar em ba.tours

Visitas a pé

Trekking urbano

Urban surfing

Bus Turístico*

Bike Tour*

Remo

Running

Eco-auto

*

Todas as atividades são gratuitas exceto o Bus Turístico e o Bike Tour com bicicleta elétrica.

103


Mapa da Rede

RECLAMAÇÕES

Livro de queixas disponível nas bilheterias App Subte

Centro de Atenção ao Usuário Horário de atenção: de segunda à sexta das 08:00h às 20:00h

104


105


REFERÊNCIAS Academia Nacional do Tango e Museu Mundial do Tango

Colégio Nacional de Buenos Aires

18

Corveta Uruguay

63

Diques 1, 2, 3 e 4

59

Ecoparque

73

Edifício de Parques Nacionais

51

20

Edifício do Centro Naval

51

Antiga sede do Congresso Nacional

16

Edifício Kavanagh

52

Automóvil Club Argentino

72

El Viejo Almacén

31

Banco de la Nación Argentina

20

33

Barbearia La Época

89

Escola Dr. Guillermo Rawson (edifício do antigo Protomedicato)

81

Escola Museu N°1 “Gral. Justo José de Urquiza”

93

Barrancas de Belgrano Basílica de San José de Flores

93

Espacio Cultural del Sur

87

Basílica do Santíssimo Sacramento

51

Estação Flores

93

Basílica Nuestra Señora del Pilar

43

Basílica Nuestra Señora del Rosario e convento de Santo Domingo

19

Biblioteca Nacional

22

Antiga Casa da Moeda

20

Antiga Fábrica Canale

34

Antiga ponte transbordadora Nicolás Avellaneda e nova ponte Nicolás Avellaneda

28

Antiga Sede da Biblioteca Nacional

Estádio do Clube Atlético Boca Juniors

29

Estádio do Clube Atlético River Plate

95

Faculdade de Direito

45

46

Faculdade de Engenharia

31

Bonde Histórico de Buenos Aires

89

Faena Arts Center

64

Cabildo de Buenos Aires

16

Floralis genérica

45

Caminito/Museu de Belas Artes ao ar livre “Caminito”

27

Fonte das Nereidas

61

Campo Argentino de Polo

73

Fragata Sarmiento

64

Fundación Proa

Casa da Cultura (antiga sede do jornal La Prensa)

21

27

Casa de Domingo Faustino Sarmiento

12

Casa de Esteban de Luca

32

Casa de Juan Carlos Castagnino

32

Casa de Liniers

20

Casa Marcó del Pont/Centro Cultural Marcó del Pont

94

Casa Mínima e Zanjón de Granados Catedral Metropolitana

Galeria El Solar de French

32

Galeria San José de Flores

93

Hipódromo Argentino

73

Hotel Castelar

21

Igreja do Salvador

36

Igreja de San Ignacio de Loyola

18

32

Igreja de Santa Felicitas

86

15

Igreja Dinamarquesa

32

Cemitério da Recoleta

44

Igreja e antigo convento de Santa Catalina de Siena

13

Centro Cultural Borges

12

Centro Cultural Islâmico Rey Fahd

72

Igreja e convento de São Francisco, capela São Roque

19

Centro Cultural Recoleta

44

32

Centro de Museus de Buenos Aires (antiga Cervejaria Munich)

62

Igreja Nuestra Señora de Belén, paróquia San Pedro González Telmo e Museu do Claustro Igreja Nuestra Señora de la Esperanza

60

Cidade Cultural Konex

38

Igreja Ortodoxa Russa da Santíssima Trindade

33

Círculo Militar (Palacio Paz)

51

Igreja Regina Martyrum

36

Clube de Pescadores e Cais

73

Igreja San Juan Evangelista

28

Coleção de Arte Amalia Lacroze de Fortabat

64

Jardim Botânico Carlos Thays

70

106


Jardim Japonês

73

Museu Evita

70

La Mansión de Flores

93

Museu Histórico Cornelio Saavedra

95

La Rural, Centro de Convenções de Buenos Aires

72

Museu Histórico Nacional

33

La Usina del Arte (A usina da Arte)

28

Museu Histórico Sarmiento

82

Ministério de Agricultura, Pecuária, Pesca e Alimentos

30

Museu Monte de Piedad

95

Mirante Massué

12

Museu Nacional de Arte Decorativa

72

Monumento a Dom Quixote

21

Museu Nacional de Belas Artes

47

Monumento a Fangio

62

Monumento a Julio Argentino Roca

18

Monumento ao Tango

62

Monumento Canto al Trabajo

31

Multiteatro (antigo Teatro Blanca Podestá)

13

Museu Nacional de la Historia del Traje

34

Museu Casa Carlos Gardel

35

Museu Casa de Rogelio Yrurtia

82

Museu Casa Rosada

16

Museu da Cidade

18

Museu da Imigração

63

Museu da Shoá – Fundação Memória do Holocausto

48

Museu da Televisão Pública

44

Museu de Arquitetura e Design (MARQ)

52

Museu de Arte Contemporânea de Buenos Aires (MACBA)

34

Museu de Arte Español Enrique Larreta

82

Museu de Arte Hispano-americana Isaac Fernández Blanco

52

Museu de Arte Latino-americana (MALBA)

69

Museu de Arte Moderna de Buenos Aires

34

Museu de Arte Popular José Hernández (MAMBA) 70 Museu de Artes Plásticas Eduardo Sívori

69

Museu de Belas Artes da Boca Quinquela Martín e Escola Pedro de Mendoza

27

Museu de Ciências Naturais Bernardino Rivadavia

89

Museu de Decalques e Escultura Comparada Ernesto da Cárcova

61

Museu de Esculturas Luis Perlotti

89

Museu do Automóvel (Villa Real)

95

Museu do Cinema Pablo Ducrós Hicken Museu Etnográfico Juan B. Ambrosetti

29 18

Museu Nacional Ferroviário Raúl Scalabrini Ortiz

52

Museu Penitenciário Argentino Antonio Ballvé

33

Museu Xul Solar

48

Obelisco

11

Palácio Barolo

22

Palacio de Aguas Corrientes

36

Palácio de Governo

16

Palácio de Governo ou Casa Rosada

15

Palácio de Justiça

13

Palácio do Congresso Nacional

38

Palácio Legislativo da Cidade de Buenos Aires

16

Palácio Nacional das Artes

47

Palácio San Martín, Ministério de Relações Exteriores, Comércio Internacional e Culto

51

Paróquia de Santa Lucía

86

Paróquia Inmaculada Concepción

81

Parque Carlos Thays

48

Parque Centenario

89

Parque Lezama

31

Parque Micaela Bastidas

60

Parque Mulheres Argentinas

60

Parque Rivadavia

89

Parque Tres de Febrero (Bosques de Palermo)

67

Pasaje e monumento a Carlos Gardel

35

Pasaje Zelaya

36

Paseo del Filete (Calçadão do Filete)

36

Patio del Liceo (Pátio do Liceu)

48

Pavilhão das Belas Artes da UCA

64

Pérgola

62

Planetário Galileo Galilei

67

Plazoleta de San Francisco

19

Ponte da Mulher

60

107


Praça Colombia

87

Praça Cortázar (antiga Praça Serrano)

74

Praça França (Plaza Francia)

43

Praça de Maio

14

Praça do Congresso

21

Praça Dorrego

30

Praça Evita e monumento a Evita

46

Praça Fuerza Aérea Argentina e Torre

52

Monumental Praça General Manuel Belgrano

82

Praça Juan Martín de Pueyrredón

92

Praça Lavalle

11

Praça Mitre

47

Praça República Oriental do Uruguai

46

Praça Rubén Darío e Paseo de las esculturas (Calçadão das esculturas)

46

Praça San Martín

50

Quarteirão das Luzes (Manzana de las Luces)

18

Recova

82

Regimento de Granadeiros a Cavalo General San Martín

74

Regimento de Infantaria 1 “Patricios”

74

Reserva Ecológica Costanera Sur

61

Rua Lanín

87

Silos da antiga Junta Nacional de Grãos

63

Teatro Alvear

13

Teatro Colón

12

Teatro de la Ribera

29

Teatro General e Centro Cultural General San Martín

13

Teatro Liceo

22

Teatro Lola Membrives

13

Teatro Nacional Cervantes

12

Teatro Sarmiento

73

Templo Or Torah

87

Vuelta de Rocha

28

Yacht Club Argentino

63

Agradecemos sua visita! 108


Fevereiro 2017

GuĂ­a 2017

BUENOS AIRES

Guia da Ciudade de Buenos Aires

/travelbuenosaires

@travelbaires

travel.buenosaires.gob.ar

Profile for Travel Buenos Aires

Guia da Cidade de Buenos Aires  

Guia da Cidade de Buenos Aires  

Advertisement