Page 1

Revista

Editora Ênfase Ano VIII - nº 28 setembro / 2013

www.revistaenfase.com.br

É Primavera, estação com cores, flores e renascimento

Números viram flores Flávia H. Bezerra

Astral Entrevista Jowker’Z do Escorpião Hanna Gouvêa

Aida Pedrosa

O vermelho Numerologiado Clube de conheça seus filhos Fotografia Tânia Ferraz


2

SETEMBRO 2013


Expediente Diretoria

Rogério Pereira Maria Regina N. Pereira

Jornalista responsável Luiz Gonzaga Neto MTB 11.336

Colunista

Hanna Gouvêa MTB 56.918

Fotografia

Alê Marques Fotografia

Designer Gráfico e Diagramação Regina Trovijo

Colaboradores

Flávia Helena Bezerra Jornalista Aida Pedrosa DRT 46.219 Tânia Ferraz Psicóloga Marcos Govoni Psicólogo Fernando Maia (foto de capa)

Editorial Primavera: flores e os símbolos da renovação A chegada da Primavera, em setembro, representa a explosão de flores e, simbolicamente, a renovação. Estamos chegando a uma fase do ano em que já vemos o Natal surgindo na próxima curva, mas ainda não resolvemos todas as demandas do período. Estamos no meio da transição anual e a mudança de estações reforça esse significado. Ênfase está chegando às mãos dos leitores com mais uma edição. É mais um passo em nosso caminho, refletindo o instante da cidade e da região. A cada nova revista, nosso propósito é vermos as coisas mais nitidamente, termos mais lucidez na relação com o mercado e suas expectativas. A comunidade parece mais espontânea, direta, desbloqueando suas energias empreendedoras. Com a Primavera, tanto homens quanto mulheres buscam deixar sua vitalidade fluir livremente e vitalizar. No nível mental, chega a intuição para distinguir a verdade da ilusão, para conhecer fatos da vida e entender a relação pessoal e grupal com o universo, mesmo que este universo esteja dentro de nosso território mais próximo – nossa rua, nossa cidade e região, o Estado e o país. No nível emocional, a Primavera nos impulsiona para sentir o fluir e promover a paz. É tempo de despertar. Começa o ciclo do crescimento e iluminação. A terra traz vida nova, que estava guardada em seu útero durante o inverno. Cumpre-se a promessa do renascimento, que está implícito nas cinzas de cada estação, naquilo que aparentemente se ocultava, mas que na verdade só esperava a hora de surgir. Os sinais estão nas folhas das árvores, na grama dos jardins, na ascensão das plantas e das flores, que abrem nosso coração para trazer sua mensagem de alegria e admiração. Nesta fase, desejamos aos leitores muita energia, intensidade, destemor e sentido de oportunidade. Esta estação poderá nos mostrar nossas habilidades de liderança, a enormidade de nosso próprio espírito e a extensão de nossos laços comunitários. Os sinais mostram a transformação da paisagem. A nova vida fortalece as raízes e fixa a estabilidade da terra. É o tempo em que a Primavera está agitando a sua expressão com seu verde mais resplandecente. A Primavera nos ensina perseverança, paciência, estabilidade e praticidade. Aprende-se sobre o desejo de justiça, o respeito, a estabilidade, a proteção e certa capacidade para enxergar o futuro. Estamos diante da necessidade de equilibrar tempo e demandas e de nossa capacidade de produzir. Podemos voar para longe dos limites e dos detalhes, focalizando coisas mais importantes e nos desenvolvendo para além dos vícios ou dos padrões negativos. Desejo assim a todos os leitores muita coragem, resistência e força para enfrentar todos os desafios, nesta e nas próximas estações.

Priscila G. Simões Psicopedagoga

Rogério Pereira

Mario Simões Palestrante Maria Thereza G. Malpighi Pedagoga e Psicopedagoga

Tiragem:

3.000 exemplares

Editora Ênfase Avenida Santana 880 - V. Helena Atibaia - São Paulo

Telefone: 11 4402-4220 www.revistaenfase.com.br Conceitos ou opiniões emitidos em artigos assinados, bem como logotipos e imagens inseridos em anúncios, não são da responsabilidade desta Editora

A Revista é distribuída nos seguintes condomínios: Atibaia Aclimação Água Verde Ana Augusta Chácara Pedra Grande Clube da Montanha Dom Daniele Estância Atibaia Estância Park Atibaia Figueira Garden Flamboyant Grêmio Lince Horto Ivan Maison dos Gamez Mansão Parque Nova Atibaia Palavra da Vida Panorama Parque Residencial Parque das Garças I

Parque das Garças II Parque das Garças III Parque dos Manacás Paulista Garden Pedra Grande Portal das Hortências Portal dos Nobres Portal Gamez Porto Atibaia Quintas de Sta. Helena Recanto dos Ipês Residencial Altos da Floresta Residencial Atibaia Residencial Bella Vita Residencial Floresta Park San Felipe Santa Mônica Saua

Serra da Estrela Shambala I Shambala II Vila Fiorita Vila Rosato Vila Santa Tereza Villaggio Conde Passadori Villagio Daniele Villaggio de Cesare Villagio Floresta Villagio Miramonte Villagio Montecarlo

Bom Jesus dos Perdões Alpes Douro Vale do Sol Marf

Caso não tenha recebido a revista entre em contato conosco: (11) 4402.4220 - email: vendas@revistaenfase.com.br SETEMBRO 2013

3


Nesta edição... 08

Conheça seu filho através da numerologia Tânia Ferraz

12

Harmonia com flores e morangos

16

Vermelho Clube Atibaiaense de Fotografia

14 Entrevista Com doçura números viram flores Flávia H. Bezerra

18

Dificuldades de Aprendizagem Maria Thereza G. Malpighi

4

SETEMBRO 2013


26 Leitura - sugestão de livros

28 Astral Aida Pedrosa entrevista Octávio Mendes

32 O som não pode parar... Hanna Gouvêa entrevista a banda Jowker’Z

39 Clonagem Animal Hospital Veterinário

44 Moda SETEMBRO 2013

5


Esta coluna destaca eventos, ações

Otávio Martinez e a soprano Francesca Tiburzi da Orquestra italiana de Sopros Aperta após apresentação na Igreja da Matriz.

João e Roseli Gouvêa recepcionaram no Itapetinga Plaza Hotel o Governador do Distrito LC-5 do Lions Clube e sua comitiva em visita ao Lions Clube de Atibaia com a presença de várias autoridades.

A arquiteta Soraya Tessaro, o presidente da Câmara de Atibaia Emil Ono, o prefeito de Atibaia Saulo Pedroso,o Dr. Carlos Eduardo de Carvalho e o vice-prefeito de Atibaia Mário Inui durante inauguração do anexo da Câmara Municipal de Atibaia.

A farmacêutica Caroline e as atendentes Naiara, Laura e Michele da Dalissa Farmácia de Manipulação.

6

SETEMBRO 2013

Momento de integração entre os intercambistas de Taiwan e do Rotary Club de Atibaia Estância.

Foi um sucesso a inauguração do novo showroom D´Artz em Bragança Paulista.


www.cotidiana.com.br e profissionais que foram notícia no trimestre

A equipe Damásio Atibaia e a aluna Rayanne durante gravação do Cotidiana.

Amigas e companheiras participaram do Chá Beneficente na Casa da Amizade.

O esporte Drifth Trike cresce em Atibaia!

Um click em Paulo Cavalheiro, Strawberry , e no jornalista Alexandre Gennari durante gravação do Cotidiana.

Amanda, Vanessa e Luana, princesas e rainha, da Festa do Morango de Jarinu.

Durante a abertura da Semana de Negócios e Ciclo de Palestras de Engenharia da FAAT, destacamos os diretores Elias Reis, Angel Souza, Hercules Vernalha, diretor e coordenador dos Cursos de Engenharia, o palestrante Bruno Covas e o secretário de Meio Ambiente do Estado de São Paulo. SETEMBRO 2013

7


Conheça seu filho através da numerologia Tânia Ferraz

Acredito que lá do céu, junto das estrelas, as crianças olham para seus futuros pais, fazem planos e assumem seus desafios. O nome, como a data de nascimento, é de importância fundamental no nosso destino. O nome está relacionado com as nossas vidas passadas, o que realmente queremos e como somos vistos pelos demais, a nossa imagem e o que as pessoas esperam de nós. A data de nascimento se refere a nossos talentos e as pedrinhas no caminho definem os acontecimentos que vamos passar, encontros e desencontros. É o nosso aprendizado nesta vida. Conhecendo a vibração que nos rege, podemos superar os obstáculos e materializar os nossos sonhos. Basta fazer uma simples conta: somar o dia + o mês e + o ano de nascimento. Exemplo: 17 de março de 2002 = 1+7 (dia) + 3 (mês) + 2+0+0+2 = 15 = 1+5 = 6 – Criança 6.

Criança 1

Qualquer barulhinho chama a sua atenção, fazendo com que seus olhos caminhem na direção do que está acontecendo. Por ser vigorosa, tem desenvolvimento rápido em relação aos outros bebês da mesma idade. Ativa e independente, demonstra interesse pelo novo. Aprende logo que aquela é a sua casa e que ela lhe pertence. Com muita facilidade, vai pegar a colher da sua mão e comer sozinha. Pode ficar irritada se não se sentir livre para seguir os próprios instintos. Sua capacidade de liderança logo será notada. Quer ser o primeiro em tudo. Gosta de tudo que é diferente. Esta é uma criança que veio com a missão de comandar, liderar. Conselho – Faça com que ela perceba que os seus objetivos podem ser conseguidos através da força de vontade e da determinação e, principalmente, com o uso correto das suas ações.

Criança 2

Desde bebê já sabe como chamar a atenção de todos. A desarmonia do ambiente pode levar esta criança a chorar. Conhece as pessoas pelo tom da voz. Não suporta modos rudes. Intuição é o que não lhe falta. Possui o dom da observação, o que lhe permite aprender com facilidade. Sabe como cativar as pessoas com o seu jeito doce e

8

SETEMBRO 2013

amistoso. Leva um tempo até fazer amizade com as pessoas. Sensível, gosta de dar e receber carinho. Quando colocada em segundo plano, pode se ressentir muito. Tem valor estimativo pelas coisas que possui, é um colecionador nato. Adoram música, possuem o ouvido bem apurado. Quando fazem algo errado, logo pedirão desculpas mas também esteja preparado a pedir desculpas quando o erro for seu. Na escola, ficam contentes quando sentem que fazem parte do grupo, sabem colaborar. Seus bons modos fazem com que se destaquem perante os professores e colegas. Sua missão no mundo é conciliar os opostos. Conselho- Reconhecer as atitudes positivas fará com que essa criança se torne confiante e cheia de vida.

Criança 3

Alegre e sorridente desde bebê, não precisa fazer muito para chamar atenção. Possui um dom natural. Às vezes, pode ser tímida no primeiro momento, mas só até adquirir autoconfiança. Não gosta da rotina. Inteligente e capaz, necessita de estímulos para que seus talentos possam ser desenvolvidos. A comunicação é essencial para essa criança. Precisa de atenção e de reconhecimento. Quando isso não ocorre, perde o entusiasmo e a motivação. Fica triste e se retrai. Como tem interesses variados, quer fazer tudo ao mesmo tempo. Necessita de concentração. Sua missão é levar esperança e alegria para o mundo Conselho - Estimule-a a escrever. Dê a atenção que merece, mas sem exagero. Evite criticas constantes para não inibir seu lado criativo.

Criança 4

Sem sombra de dúvida, esta é uma criança que logo vai perceber qual é a rotina da casa. Os horários para esta criança devem ser respeitados, por passarem um sentimento de segurança e estabilidade. Suas mãos são bem feitas e logo você perceberá a habilidade motora bem desenvolvida que possui. Desde cedo, esta criança demonstra ser muito prática, pode ficar horas brincando. Não gosta que mexam nas suas coisas ou desarrumem os seus brinquedos. São amorosas, gostam de se sentirem úteis. São exigentes e tudo tem que ser feito da forma prometida. Ficam magoadas quando não são reconhecidas. Necessitam de amor;


quando sentem que têm razão, brigam pelo que querem. Eles possuem sua própria ordem; pode ser que não seja a sua, mas não despreze a arrumação que for feita. Sua missão é estabelecer a ordem e a responsabilidade. Conselho - Uma educação muito severa não é a mais indicada e, sim, uma liderança serena e construtiva. Essas crianças precisam de apoio de carinho e afeto para desenvolverem seus talentos.

Criança 5

Esteja preparada. Haja fôlego. Nada sai do seu controle. Os olhos acompanham tudo que está à sua volta. Todo o espaço parece ser muito pequeno para uma criança 5. Versátil, alegre, comunicativa. Aprende com muita exatidão. Nada passa desapercebido e logo percebe o que está acontecendo. Liberdade de ação e movimento é o que deseja. Tem interesse por tudo. Mas o difícil é mantê-lo por muito tempo em uma única proposta. Facilidade com línguas estrangeiras. Tem capacidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo. Aprende tudo pela experiência de vida. Pode ser precoce diante das outras crianças. É difícil fazer uma surpresa pois ela descobre o que você possa imaginar, até mesmo o que você pensa. Conselho - Sua missão é levar as informações para os demais. Precisa de liberdade e ao mesmo tempo saber das consequências de seus atos. A impulsividade nem sempre é a melhor conselheira. Precisa aprender a separar o falso do verdadeiro. O diálogo é muito importante.

Criança 6

Encanta qualquer um com o seu jeito doce. Sua risada pode dizer várias coisas, do mesmo jeito que seu choro. Não gosta de ficar isolada. Quer pertencer à família e vai querer ficar com vocês na sala. Não gosta de ambiente tenso, logo começa a chorar. Respeite esse lado, pois é uma criança intuitiva. Os parentes são importantes, preza a família e os entes queridos. Sente quando algo não está bem, podendo afetar seu rendimento escolar. Preocupase com todos. É uma excelente anfitriã. Quer ajudar pessoas Pode querer distribuir seus brinquedos ou roupas para outras crianças. Têm o sentido de solidariedade com o próximo e podem ficar indignadas com quem não pensa da mesma forma. Sua missão é ser responsável com os demais. Excelente conselheira. Conselho- Alguns limites devem ser ditos, mas valorize sua vontade de querer ajudar ou compartilhar com os de mais.

vacidade seja respeitada. Procure não falar dela ou contar o seu segredo para outras pessoas. Ficará furiosa e talvez não lhe conte mais nada. Tem cuidado com as coisas que lhe pertencem. Assim, não dê nada sem a sua autorização. Sua missão é a especialização, é o compromisso com a verdade. Conselho – O amor e o afeto ajudam esta criança a se tornar mais animada e aceita. Respeite sua necessidade de ficar só, mas sem estimular esta tendência.

Criança 8

Esta criança parece comandar a todos com os seus olhinhos atentos Desde cedo, sabe o que tem que ser feito e de que forma. Quando começa engatinhando, vai para onde quer, ou vai fazer com que você entenda o que quer. Se você disser não, isso não terá muita importância; ela seguirá em frente. Sua tendência será de liderar. Decisão e iniciativa estão presentes. Gosta de ganhar dinheiro. Provavelmente, vai vender seus brinquedos e guardar o dinheiro para comprar algo mais moderno e atual. Sua independência é notada desde cedo. Você pode se surpreender com o seu tino comercial. Sua missão é assumir a liderança, trabalhar por conta própria e empregando os demais. Conselho – Ensine esta criança a planejar. Acredite na sua eficiência. Encoraje a optar por uma postura mais livre e positiva diante da vida.

Criança 9

O seu jeito de olhar, demonstra o seu afeto.Carisma é o que não lhe falta. Exerce um poder de atração nas pessoas. Desde cedo vai saber se relacionar. Sente-se bem quando consegue ajudar. Atento as necessidades dos outros. As crianças e os mais velhos irão adorar a sua companhia. A emoção está presente em cada atitude. São capazes de doar seus brinquedos, agasalhos em prol de fazer o bem. Geralmente são bem amadurecidos pela idade que tem. Tem dificuldade em aceitar uma educação rígida. Uma criança com a mente aberta para um futuro melhor. Tem autoconfiança e boa opinião sobre si mesmo. Sabe defender o que acredita. Sua missão é fazer o bem sem olhar a quem. Conselho- Admire as suas qualidades. Aceite seus amigos. Mostre o quanto você confia nessa criança o quanto ela é importante. Você não se arrependerá. Tânia Ferraz 011- 44125651

Criança 7

Possui um olhar intenso, que parece adivinhar os nossos pensamentos. Muito observadora e serena. Às vezes, dá a impressão de que não existe um bebê em casa. Passa horas quietinha, olhando para cada detalhe do quarto. Você pode mostrar vários brinquedos; ela olhará todos e escolherá um com que se identifica. Brinca bem sozinha e adora animais de estimação. Absorve o conhecimento e o que aprende jamais será esquecido. Os livros também são os seus melhores companheiros. Busca a perfeição no que faz e fará questão que a sua priSETEMBRO 2013

9


É possível a legalização do animal silvestre? É normal ouvir as pessoas se interessando ou desejando ter um animal silvestre em casa. Afinal de contas, eles são encantadores! Antes de adquirir uma ave, um réptil ou mamífero silvestre, é preciso avaliar alguns pontos. Esse animal é permitido perante a lei? Eu tenho condições de cuidar desse animal? Conheço as necessidades dele? Minha intenção é orientá-los quanto às consequências de possuir um animal silvestre em casa e o mal possível à nossa fauna, se o mesmo for adquirido de forma ilícita. A boa notícia é que existem estabelecimentos comerciais autorizados. Certifique-se de que o lugar possui registro no Ibama e que a nota fiscal será emitida, que o animal esteja devidamente marcado e a marcação consta em nota. Muito cuidado porque alguns lugares vendem animais dizendo ser legalizados, mas na realidade não são! Muitos clientes me perguntam se é possível legalizar o seu bichinho não autorizado. Atualmente, não. A lei 9.605/98 enquadra a manutenção de animal silvestre como crime ambiental. Não há como “regularizar” um crime. A inexistência de anilha e documentação comprova que o animal foi capturado da natureza. O único meio de evitar qualquer sanção da lei é a entrega voluntária, que deve ser feita na Polícia Ambiental, Cetas ou Ibama. Manter o animal sujeita o infrator a multa, apreensão, processo administrativo e criminal. Se você tem um papagaio, tartaruga, canário, iguana, macaco, entre outros animais silvestres, e quer mantê-lo com você, cuide dele da melhor forma! Informe-se com o veterinário quais os cuidados necessários, qual alimentação correta, o aparo de bico e asas, vermifugação e faça pelo menos um check-up anual. Não acredite em informações da internet, muita coisa é passada incorretamente. Cuidem bem deles e desfrutem dessa criação maravilhosa de Deus. Dra. Andrea Caetano B. Marson CRMV – SP 27038 Médica Veterinária Especializada em Animais Silvestres e Exóticos (11) 9.5942-2546 / (11) 9.7150-7943

10

SETEMBRO 2013


SETEMBRO 2013

11


Harmonia com flores e morangos Por: Hanna Gouvêa

Nesta época do ano a cidade de Atibaia recebe turistas de vários estados brasileiros, todos com um único objetivo, prestigiar a tradicional Festa de Flores e Morangos de Atibaia. O evento é uma realização da Associação Hortolândia com apoio da Prefeitura de Atibaia. Neste ano, o tema escolhido foi a “Harmonia”. Então aproveite! Fique sabendo...

• • • • •

• • • • •

• Atibaia foi uma das cidades que abrigaram um grande número de famílias orientais. Com a agricultura, que era a principal fonte de renda, a tradicional colônia japonesa contribuiu para o desenvolvimento cultural, econômico e social do município. • Atibaia é a segunda maior produtora de morangos de todo o Estado de São Paulo. São aproximadamente 500 produPavilhão de exposição tores da fruta, sendo 30 somente em Atibaia. Existem mais de 200 variedades de morangos, porém aqui são produzidos aproximadamente seis: osso grande, festival, camino real, albiun e camarosa, aleluia. Esses são os mais tradicionais e com maior volume de comercialização. A estimativa é que, em 100 hectares de terra, sejam produzidos cerca de cinco milhões de pés de morango para serem colhidos até dezembro deste ano. Os tamanhos, cores e cheiro dos morangos chamam tanta atenção dos turistas, que estes chegam a comprar mais de quatro caixas, tanto para presente como para consumo próprio. Apenas os morangos produzidos no Estado de São Paulo recebem o selo do INMETRO. Um trabalho realizado no Instituto de Pesquisa em Alimentos da Noruega classifica o morango como um dos alimentos mais ricos em substâncias antioxidantes . Quanto mais cortado for o morango, maior o contato com o ar, fazendo perder assim um pouco dos antioxidantes. Portanto, evite cortar e, caso seja necessário, corte o mais próximo possível do consumo. Um morango tem aproximadamente 200 sementes . A cor vermelha do morango se deve à presença do licopeno, que é muito famoso por seu efeito protetor contra o aparecimento do câncer, em especial o da próstata. Pouco calórico, um morango de 12g tem cerca de 4 calorias. O perigo mora nos acompanhamentos, tais como: mel, chantilly, creme de leite, açúcar e leite condensado. Atibaia é a maior produtora de flor do país. A cada quatro flores comercializadas, uma é de Atibaia. Durante a festa, algumas variedades de flores serão lançadas no mercado para comercialização a partir do evento, como a “orquídea delicata”.

Noriteru Fukushima,cônsul geral do Japão, e o prefeito de Atibaia Saulo Pedroso brindam a abertura oficial da festa.

12

SETEMBRO 2013

Apresentação de Sergio Tück, do grupo Kawasuji Seiryu Daiko.

Cerimônia de quebra do barril de saquê, prática que simboliza a prosperidade e o sucesso.


Entrevista Com doçura números viram flores Setembro é o mês das flores e, para celebrá-lo, a Revista Ênfase apresenta Tomoko, a florista empresária, que é a cara de Atibaia Por Flávia Helena Bezerra Do Japão para Atibaia. Foi lá do outro lado do mundo que nasceu a personagem desta edição. Uma mulher tão ágil e fugaz, que mal conseguia parar a decoração de mais um dos (vários) casamentos que faz, para conversar com a Revista Ênfase. Durante as fotos, uma descoberta: esta mulher é tão doce, sensível e delicada, quanto as flores que vende e espalha pelos lares atibaienses. Tomoko nasceu no Japão. O ano não conseguimos descobrir, até porque a idade de uma mulher deve ser sempre preservada, mas sabemos que chegou em Atibaia aos cinco anos de idade. Fez o magistério e lecionou matemática durante 30 anos nas escolas Francisco de Aguiar Peçanha, no Alvinópolis, e José Pires Alvim, no Centro. Mas Tomoko descobriu uma nova vocação, que combina perfeitamente com seu estilo meigo de encarar a vida, e há 15 anos está à frente da Flor e Cia como florista e empresária. Em entrevista à Ênfase, Tomoko disse que, no início da floricultura, manteve o novo negócio com as salas de aula e confessou todo o carinho pelo trabalho com as flores. “Conciliei a floricultura com as aulas durante cinco anos. Nos últimos dez, todos os meus esforços foram para a Flor a Cia. Descobri que trabalhar com flores é algo muito prazeroso, mas requer também muita delicadeza e dedicação”, afirma Tomoko. Com dias movimentados e cheios de trabalho, a florista abastece sua loja com flores de Holambra e de produtores da cidade. Animada, Tomoko se diverte ao afirmar que as rosas vermelhas são as mais vendidas na Flor e Cia. “Sem dúvida alguma, as rosas vermelhas são as que mais saem. É a única flor que os homens sabem dar às mulheres”, diz a empresária, que tem as rosas amarelas como suas prediletas. Durante a entrevista, aproveitamos para pedir a Tomoko dicas de como manter as flores da época sempre bonitas em casa e de como mesclá-las em lindos arranjos florais. É claro que o assunto casamento não poderia ficar de fora e a florista listou quais flores fazem o maior sucesso no dia especial. Confira a seguir: Ênfase: Quais as flores da época? E como cuidar? Tomoko: As frésias, a ervilha de cheiro e as orquídeas estão mais bonitas durante esta época do ano. Para que fiquem sempre saudáveis, o ideal é mantê-las dentro de casa, cortar a ponta do caule e trocar a água diariamente. Ênfase: Para montar um arranjo, quais flores ficam bonitas juntas? Tomoko: As frésias e a ervilha de cheiro ficam bonitas sozinhas. Mas um mix de rosas, alstroemeria, boca de leão, cravíneas, lírios e mosquitinhos, e tango para completar, formam um lindo arranjo de flores. Ênfase: E para os casamentos, quais flores são as mais indicadas? Tomoko: Tanto para a igreja, quanto para o salão indico os lírios, os lisiantos e as rosas. Vale lembrar que, para a cerimônia religiosa, a decoração deve ter tons claros, como o branco por exemplo.

14

SETEMBRO 2013


SETEMBRO 2013

15


Clube Atibaiense de Fotografia coloriu a cidade de “Vermelho” A 52ª exposição fotográfica do Clube Atibaiense de Fotografia (CAF), que trouxe como tema o “Vermelho”, foi sucesso entre os apreciadores de boas imagens. A mostra ocorreu no Espaço Revelar. O intuito foi atrair mais pessoas para a arte da fotografia, por isso, a escolha de um tema tão quente. O vermelho pode simbolizar poder, vitalidade, ambição, paixão ou mesmo a morte. É uma das cores mais fortes na gama de tonalidades existente. É chamativo e atraente. O CAF pensou em retratar essa cor primária, seja na natureza, cultura ou sentimento, para chamar atenção ao brilho do vermelho, que é um tom que aproxima pessoas e seduz olhares. “O vermelho é uma cor quente, ativa e estimulante. Fortalece o corpo e dá mais energia física e impulso. É um tom de aproximação e encontro. Visamos unir mais e mais pessoas que se interessam pela fotografia, seja profissionalmente ou por lazer”, disse a vice-presidente Kathya Silva. Outras informações no site do Clube www.fotoclubeatibaia.com.br ou por meio do telefone (11) 9-9969-6477.

Vermelho - Mariza Lemos

Fotógrafo expôs retratos do povo brasileiro na FAAT Por dois anos o fotógrafo atibaiense Rafael O. Leme percorreu sete estados brasileiros documentando os contrastes sociais por onde passou. O resultado deste trabalho intitulado “Brasil, Brasil Vivendo no País do Futebol” foi mostrado na galeria da Biblioteca Prof. João Pereira Dias da FAAT. A exposição reuniu 20 fotos em preto e branco e seis coloridas tiradas nos estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Alagoas e Pernambuco. O texto que conduz a mostra é uma adaptação do livro “Viagens de Gulliver”. Segundo Rafael, o objetivo da exposição foi provocar. “É fazer com que o expectador reflita sobre os gastos para a realização da Copa do Mundo de Futebol de 2014 em contraste com as precárias condições em que são submetidas milhares de pessoas. A miséria sustentável está forjada nas linhas das políticas públicas que premia com valores monetários o ser miserável, estimulando-o a ser estático. Todavia, as condições empregadas retiram do indivíduo questões simples contidas na constituição federal”, explica. Rafael O. Leme é fotógrafo profissional, membro da Sociedade Americana de Fotografia, do Clube Atibaiense de Fotografia e colaborador dos portais de Jornalismo Citizenside e AFP Foundation. Dentre suas exposições individuais e coletivas destacam-se a “Expressões Chilenas”, a 1ª Mostra Fotográfica de Buenos Aires, o Tributo da Cor, Fotoclube Heerhugowaard, o Salão Internacional de Imagem de Oldenzaal e Image Contest Wageningen, Camera Club Wageningen, as três últimas foram realizadas na Holanda. Em 2012 recebeu prêmios em exposições na Inglaterra, Argentina, Chile e Holanda. A exposição contou com o apoio cultural do Hospital Novo Atibaia.

16

SETEMBRO 2013


SETEMBRO 2013

17


A escola e as dificuldades no processo de aprendizagem A aprendizagem e a construção do conhecimento são processos naturais e espontâneos do ser humano. A aprendizagem escolar também é considerada um processo natural, que resulta de complexa atividade mental, na qual o pensamento, a percepção, as emoções, a memória, a motricidade e os conhecimentos prévios estão envolvidos e em que a criança deve sentir o prazer em aprender. O termo “dificuldade de aprendizagem” começou a ser usado na década de 60 e até hoje, na maioria das vezes, é confundido por pais e professores como simples desatenção em sala de aula ou a situação em que temos crianças desobedientes. Mas a dificuldade de aprendizagem refere-se a um distúrbio, que pode ser gerado por uma série de problemas cognitivos, emocionais ou neurológicos, afetando qualquer área do desempenho escolar.

Algumas das principais dificuldades de aprendizagem: Dislexia: é a dificuldade que aparece na leitura, impedindo o aluno de ser fluente, pois faz trocas ou omissões de letras, inverte sílabas, apresenta leitura lenta, dá pulos de linhas ao ler um texto, etc. Disgrafia: normalmente vem associada à dislexia, porque se durante a leitura o aluno faz trocas e inversões de letras, consequentemente encontra dificuldade na escrita. Além disso, está associada a letras mal traçadas e ilegíveis, letras muito próximas e desorganização ao produzir um texto. Discalculia: é a dificuldade para cálculos e números. De um modo geral, os portadores não identificam os sinais das quatro operações e não sabem usá-los, não entendem enunciados de problemas, não conseguem quantificar ou fazer comparações, não entendem sequências. Disortografia: é a dificuldade na linguagem escrita e também pode aparecer como consequência da dislexia. Suas principais características são: troca de grafemas, desmotivação para escrever, aglutinação ou separação indevida das palavras, falta de percepção e compreensão dos sinais de pontuação e acentuação. TDAH: O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade é um problema de ordem neurológica, que traz consigo sinais evidentes de inquietude, desatenção, falta de concentração e impulsividade. Hoje, é muito comum vermos crianças e adolescentes sendo rotulados como DDA (Distúrbio de Déficit de Atenção), porque apresentam alguma agitação, nervosismo e inquietação, fatores que podem surgir de causas emocionais. Uma avaliação psicopedagógica cautelosa é o primeiro passo para diagnosticar a causa do problema de aprendizagem e definir o plano de intervenção para tratamento clínico. Além de avaliar e intervir clinicamente, o psicopedagogo trabalha em conjunto com outros profissionais que atendem a criança, como médicos, psicólogos ou fonoaudiólogos, conforme o caso. Também atua em parceria com a escola, para melhor adequar o ensino às necessidades do paciente, levando em conta suas dificuldades e suas potencialidades. O olhar e a escuta psicopedagógica têm por objetivo não a classificação do indivíduo em disléxico, distraído, discálculo, hipercinético e tantos outros rótulos que encontramos por aí, mas sim verificar como o aluno está aprendendo e o que está dificultando o desenvolvimento de suas potencialidades. Cuidado com rótulos, pois falta de limite não é problema de aprendizagem e ausência de rotina também não é déficit de atenção. A escola precisa olhar de fato para o aluno e perceber o que é dificuldade e o que são comportamentos inadequados esperados em cada faixa etária. O comportamento inadequado se resolve com a parceria entre escola e família e o problema de aprendizagem se resolve com os especialistas.

Maria Thereza G. Malpighi Pedagoga e Psicopedagoga tekamalpighi@hotmail.com 18

SETEMBRO 2013


SETEMBRO 2013

19


PSICOLOGIA CLÍNICA

Neuropsicologia: avaliação e reabilitação

A avaliação neuropsicológica consiste na investigação do funcionamento cognitivo e emocional dos indivíduos. Dentre as diferentes esferas avaliadas, temos: atenção, planejamento, flexibilidade mental, memória, aprendizagem, inteligência, linguagem, habilidades acadêmicas, além de habilidades sociais e traços de personalidade. Deve-se considerar que são utilizados técnicas e procedimentos específicos, assim como testes padronizados para este fim. A avaliação é realizada no decorrer de 4 (quatro) ou 5 (cinco) sessões, além de entrevista devolutiva, em que são apresentados e discutidos os resultados. Os resultados desta avaliação permitem: - Auxílio diagnóstico: é recomendado em qualquer caso em que exista suspeita de dificuldade cognitiva de origem neurológica ou comportamental. Pode auxiliar o médico no diagnóstico de transtornos neuropsiquiátricos ou neurológicos. - Crianças e/ou adolescentes podem ter o desempenho prejudicado na escola, por exemplo, devido a vários fatores, como dificuldade de concentração, de memória, de leitura (“dislexia”), com a matemática (“discalculia”), etc. - Adultos podem ter problemas de memória. É preciso investigar as causas possíveis: da primeira manifestação

de um envelhecimento cerebral precoce (“aterosclerose”, demência), até manifestação de depressão, de um problema neurológico específico.

Planejar o tratamento de reabilitação O exame neuropsicológico permite determinar as dificuldades e sugerir um tratamento e esclarecer com mais detalhes os sintomas de um problema já diagnosticado anteriormente. Nos casos em que já se tem diagnóstico (ex: transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade, Transtorno Obsessivo-Compulsivo), pode ser necessário determinar qual o grau do comprometimento da atenção, memória ou de outras funções cognitivas. Da mesma forma, idosos que ao apresentar problemas de “esquecimento” podem ser submetidos ao exame neuropsicológico para se determinar o quanto sua memória está diferente do esperado para sua idade. A reabilitação neuropsicológica visa realizar as intervenções necessárias junto ao paciente, buscando melhor adaptação diante das dificuldades, melhorando sua qualidade de vida. O trabalho pode ser realizado junto aos familiares e com equipes multiprofissionais em prol da melhor adaptação do paciente, considerando seus potenciais e suas fraquezas.

Psicologia Clínica Rua Zeferino Alves do Amaral, 545 - Centro - Atibaia - SP. Fone: 11 4413.6252 / 9.9965-7742 Heloisa Beazim de Carvalho Psicóloga Clínica Cognitiva Comportamental Especialista em Reabilitação Neuropsicológica CRP 06 54504-4 20

SETEMBRO 2013


SETEMBRO 2013

21


Pilates e Biomassagem O Pilates ajuda a ter uma bela postura A postura incorreta, além de diminuir a autoconfiança, obstrui a respiração, tensiona os músculos e ligamentos e pode afetar adversamente as articulações da coluna, propensas a artrite, artrose e dor generalizada. Vários músculos do sistema respiratório estão inseridos nas vértebras lombares e cervicais e nas costelas, influenciando a postura. O diafragma é um músculo respiratório que separa o tórax do abdômen. Quando a “casa de força” nos exercícios do método Pilates é acionada através da respiração, o diafragma é trabalhado, levando inclusive a um relaxamento e gerando uma postura correta. (MIGUEL, 2007). Joseph Pilates, por ter sofrido muito com asma, descobriu o poder da respiração diafragmática. Frequentemente, estamos respirando e usando apenas uma fração da capacidade do pulmão. Como qualquer outro músculo do corpo, os músculos respiratórios podem não estar bem tonificados. No Pilates, a respiração é o princípio mais importante. A regra geral é inspirar profundamente durante a preparação do exercício e expirar para a realização mesmo. (CRAIG, 2005). O método Pilates caracteriza-se por uma série de exercícios físicos que buscam a harmonia entre o corpo e a mente. Têm sua origem no chamado estudo do controle ou contrologia. Isto é, é um treinamento físico e mental, que melhora a consciência corporal por trabalhar o corpo como um todo. (PIRES, 2005).

O trabalho terapêutico da Biomassagem A Biomassagem Senso-Integrativa é um trabalho terapêutico elaborado a partir da síntese de inúmeras técnicas. Traz a possibilidade de equilibrar o psicobiocampo, que é a ação resultante das energias respiratória, alimentar e ambientais, responsáveis pelo funcionamento orgânico. Inúmeras situações da vida cotidiana - poluição, cargas eletromagnéticas geradas por celulares, computadores, redes de alta tensão, alimentação inadequada ou qualquer ação que nos afastem das fontes naturais de saúde - causam bloqueios e distúrbios energéticos em todos nós. Esses bloqueios produzem disfunções como visão turva, tensão muscular, dores articulares, insônia, inapetência ou compulsão alimentar, vertigens, inchaços e alterações térmicas nas extremidades, dificuldade de raciocínio e memorização, desânimo e outros. A Biomassagem Senso – Integrativa atua de acordo com cada campo psicobioenergético, ou seja, é um trabalho profundo que tem por objetivo harmonizar e trazer suporte energético para a recuperação. Suas manobras acontecem a partir da percepção clara do terapeuta sobre o campo energético do paciente. Prof.ª Leila Oliveira, do Padma Studio Pilates

22

SETEMBRO 2013


Maquiagem definitiva Solução para sobrancelha inadequada: despigmentação mais correção definitiva As sobrancelhas são consideradas a moldura dos olhos. Elas podem melhorar ou piorar o olhar. Quantas vezes você já esteve andando por aí e ‘’deu de cara ‘’ com aquela senhora (ou nem tão senhora assim) com as sobrancelhas completamente azuis, negras, ou até mesmo laranja ou esverdeadas?! Você não conseguiu deixar de olhar, não é mesmo? Isso porque, além de estarem no rosto, as sobrancelhas são a moldura da face. Sem elas, tudo fica muito estranho; com elas multicoloridas, tudo tende a ficar muito pior! Agora, o que fazer quando a mulher fica insatisfeita com a sobrancelha definitiva? Não adianta, tentar colocar outra em cima; não vai melhorar, pelo contrário. Ácido? Nem pensar. Só piora. Laser? Nem pensar, vai remover o restante dos seus pelos além de poder deixar sua pele manchada. O que fazer quando ao olhar para o espelho depois de 5 dias e constatar que o pigmento introduzido na sua derme não era a cor desejada? Ou que o desenho estava em desacordo com o seu rosto? Se você for uma dessas vítimas de aventureiros, que provavelmente nunca frequentaram uma única aula sobre o assunto, e está hoje com a sobrancelha colorida, agora já pode se sentir aliviada. Seu problema tem solução. A única forma é a despigmentação com produtos específicos e com a profissional habilitada para tal procedimento. Só assim é possível apagar e arrumar suas sobrancelhas. A despigmentação, e logo em seguida a aplicação de técnicas de correção definitiva, oferecem essa solução. É um tratamento feito passo a passo e existem vários recursos, consistindo basicamente em ‘’puxar’’ o pigmento para fora. Claro que, para isso, o resultado depende da profundidade em que os produtos foram aplicados e também os tons que foram utilizados. Na grande maioria dos casos, o problema é resolvido após poucas sessões. Assim que se obtém um resultado de clareamento satisfatório, é realizada a reconstrução, agora sim de forma correta, obedecendo às regras básicas da colorimetria (estudo das cores). Por fim, temos uma linda sobrancelha apresentando cor natural. Para recuperar ou criar uma sobrancelha adequada, procure uma profissional. Ela vai encontrar o melhor aspecto. As pessoas devem procurar um trabalho que seja sutil e que traga suavidade ao olhar. Ultimamente, tenho visto trabalhos muito artificiais, com cores totalmente fora do padrão. As sobrancelhas precisam ser feitas com naturalidade. Por isso, quando for fazer sua sobrancelha definitiva, informe-se se a profissional tem curso de design de sobrancelhas. Se não tiver, corra e procure outra referência. Peça para ver fotos antes e depois e, se o desenho for muito alterado, deixando a pessoa com a fisionomia alterada, descarte também. Quando as cores da maquiagem definitiva vão se alterando com o passar dos anos é necessário efetuar várias sessões de correção, sem dor e invertendo a cor trazendo resultados satisfatórios. Os procedimentos são feitos sem dor. É chamado de correção o processo de trabalhar com cores na micropigmentação e, quando a situação é desenho errado, a correção é com a cor da pele. É, minhas amigas (os), tudo nessa vida tem conserto. Vale a pena tentar. Gisele Arakelian

SETEMBRO 2013

23


Clínica da Mulher recebe novo nome em homenagem ao Dr Márcio Borges da Fonseca

O Dr. Márcio Borges da Fonseca (1936-2006), do Hospital Novo Atibaia, está recebendo homenagens pelo reconhecimento dos serviços prestados à comunidade e também pela amizade e sentido humano que demonstrou ao longo de sua trajetória profissional. Em junho deste ano, seu nome foi dado à Clínica da Mulher, que ele ajudou a criar e estruturou como uma das principais unidades do Hospital Novo Atibaia. Sua filha, a Dra. Márcia Cristina Hamati da Fonseca Costacurta (foto), dá continuidade ao trabalho na clínica e também ao desenvolvimento da formação e do aperfeiçoamento de técnicas voltadas à saúde feminina. O Dr. Márcio também foi homenageado pela Câmara e pela Prefeitura com a denominação de rua no loteamento Residencial Quadro dos Príncipes, em Atibaia, por iniciativa do vereador Paulo Fernando Serrano Catta Preta,

24

SETEMBRO 2013

pelos relevantes serviços prestados à população como médico e sócio-fundador do HNA, onde atuou por mais de três décadas. “O Dr. Márcio foi um médico dedicado, incansável, humano. Para mim, representou um grande amigo e um grande companheiro desde os tempos de residência no Hospital das Clínicas. Foi um médico e profissional de inquestionável competência, prestando serviço à comunidade atibaiense”, comentou o Dr. Shuhatiro Wada, presidente do HNA e um dos sócios-fundadores do hospital. O Dr. Márcio nasceu em Bom Jardim, Pernambuco, mas era chamado de “Bom Baiano” pelo Dr. Wada e outros amigos. Márcio fez a Faculdade Federal de Medicina de Pernambuco, formando-se em 1963. Prestou o exame e foi aceito como residente de cirurgia-geral no Hospital das Clínicas de São Paulo, onde passaria três anos de sua vida e conheceria Sonia Hamati, com quem se casaria em 1967, aos 31 anos de idade. O jovem casal seguiu então para o Paraná, onde o Dr. Márcio foi trabalhar no Hospital São Paulo e, depois, mudou-se para Piracaia em 1968. Em outubro daquele ano, ainda em Piracaia, foi chamado pelo Drs. Wilson de Freitas e Shuhatiro Wada para fazer parte do corpo clínico do que seria o Hospital e Maternidade Atibaia. A pedido dos sócios do HNA, o Dr. Márcio desistiu da cirurgia e optou por Obstetrícia e Ginecologia, já que havia falta de médicos que cobrissem essa área. Nesse ramo da medicina, fez carreira, sendo diretor do Serviço de GO do Hospital Novo por 40 anos.


SETEMBRO 2013

25


LEITURA Guia politicamente incorreto da história do mundo. Cintos de castidade na idade Média? Eles nunca existiram, pelo contrário, manuais de medicina da época diziam que o prazer sexual era essencial à saúde das mulheres. Milhares de crianças foram exploradas nas fábricas inglesas do século 19? Está certo, mas é interessante lembrar que a revolução industrial, pela primeira vez, tornou o trabalho infantil desnecessário. E lembra aquela história de que as guerras e a miséria na África são consequência das fronteiras artificiais criadas pelos europeus? Há quase 30 anos historiadores e economistas africanos deixaram de acreditar nela abaixo da superfície, a história não é tão simples quanto aquele professor militante costumava nos ensinar. Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo é o quarto livro da série, alguns escritos em parceria com outros autores, e tenta derrubar mitos da história mundial. Alguns dos temas apresentados no livro são o sexo na Idade Média, a exploração do trabalho infantil em fábricas inglesas do século 19 e as consequências do neocolonialismo. Autor: Leandro Narloch/EDITORA LEYA/1ª Edição - 2013 - 320 pág.

O Silêncio das Montanhas Khaled Hosseini, best-seller com mais 38 milhões de cópias vendidas, escreveu um novo romance sobre como nos amamos, como cuidamos um do outro, e como as escolhas que fazemos ressoam através de gerações. Neste relato, que envolve não apenas pais e filhos, mas também irmãos e irmãs, primos e primas, Hosseini explora as diversas formas como as famílias educam filhos, magoam, traem, se respeitam e se sacrificam um pelos outros; e com que frequência somos surpreendidos pelas ações dos que estão mais próximos de nós no momento que mais precisamos. Na sequência de seus personagens e as ramificações de suas vidas, escolhas e amores ao redor do mundo - de Cabul a Paris, de São Francisco à ilha grega de Tinos - a história se expande gradualmente, tornando-se mais emocionalmente complexa e poderosa a cada página. Autor: Khaled Hosseini/EDITORA GLOBO/1 º Edição - 2013 - 352 pág.

Cidades de Papel Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia. Autor: John Green. / EDITORA INTRINSECA / 1 º Edição - 2013 - 368 pág.

Rangers - Histórias Perdidas, Vol. 11 Entre batalhas ferozes, amizades inquestionáveis, certezas e dúvidas, acompanhamos a ascensão de Will entre os lendários arqueiros de Araluen. Mas nem todas as histórias foram contadas. Por enquanto! A pedido dos leitores, John Flanagan nos presenteia com ‘Histórias Perdidas’, aventuras inéditas que levam a um mergulho ainda mais profundo na rica mitologia de Rangers. E que também trazem algumas revelações tão fascinantes quanto bombásticas. Uma chance imperdível de saber mais sobre o passado e ter um vislumbre do futuro de alguns dos personagens mais queridos de Rangers - Halt, Alyss, Horace, Evanlyn e Gilan. Autor: John Flanagan / EDITORA FUNDAMENTO / 1 º Edição – 2013 - 432 pág.

Livraria Nobel 11 2427-6744 www.nobelatibaia.com.br 26

SETEMBRO 2013


SETEMBRO 2013

27


Astral

por Aida Pedrosa

A coluna desmistifica dúvidas quanto à Astrologia, favorece o respeito e aceitação das diferenças, além de ser ferramenta para o autoconhecimento!

Escorpião e o amor Os nascidos sob o signo de Escorpião são atraentes, sensuais, românticos, gostam de surpreender e exercem fascínio pela entrega emocional a tudo que fazem e se submetem. Suas companheiras (os) nunca reclamarão de paixão. Eles a proporcionam em abundância. Com o escorpiano, aprendemos que quanto mais firmes apertamos as suas mãos, mais profundo e verdadeiro pode ser o nosso mergulho no amor.

Vamos conhecer como o escorpiano Octávio Mendes vive o amor! Nosso convidado especial é o escorpiano Octávio Mendes, “Tatá”para os mais íntimos.O diretor, ator e humorista é um dos fundadores do famoso espetáculo chamado “Terça Insana”, show de cabaret com piadas. Paulistano e nascido em 1º de novembro, o talentoso comediante ficou conhecido, na televisão, por interpretar os fantásticos personagens “Valmir”, ex-gay, e “Seu Memê”, um velho rabugento, ambos no programa “A Praça é Nossa”, do SBT. Formado em psicologia, comunicações e artes dramáticas, aos 54 anos de idade ele afirma que seu papel no mundo é olhar a sociedade e traduzi-la de forma positiva e engraçada. Foi com esse espírito que ele esteve em Atibaia, no último dia 30 de agosto, para atuar na peça teatral “Irmã Selma e seu terço insano”.

Octávio Mendes conversa com a astróloga Aida Pedrosa e conta que já fez o seu Mapa Astral e acompanha o seu horóscopo em jornais e revistas. Confira: “Pra começar ,a Astrologia está sempre no primeiro caderno que pego para ler. Até quando vou ao dentista, dou uma olhada e tento lembrar se naquela época minha vida estava assim mesmo”. “Sou de Escorpião e acho difícil um signo tão ligado ao misticismo, não se interessar pela Astrologia. Eu gosto de ser de Escorpião, apesar de na maioria das vezes, quando me perguntam de que signo eu sou, sempre fazem: “Ih!”. Só fala: “obaaa!”quem é de Escorpião também. “Nunca tive dúvidas de que tudo está interligado. O foco de todos é a psique humana, meu maior interesse nessa encarnação. É difícil, mas são fundamentais o conhecimento e o respeito às diferenças. Até em relacionamentos, nunca acreditei muito que os opostos se atraem. Quando é assim, sem dúvida nenhuma, a gente cresce, aprende um monte, mas é um inferno.”

“Acho que já namorei o zodíaco inteiro, o que não deixa de ser um modo prazeroso de aprender sobre cada signo,” revela Octávio Mendes.

“Acredito que tenho muito bom humor, sou engraçado, inteligente, e boto fé que eu tenho uma certa sensibilidade para “captar” o outro. Mas existe um outro lado que às vezes chega me assustar. É no que se refere à minha violência quando irritado. Nunca fui violento fisicamente, mas acredito que tenha machucado muito mais sendo apenas verbal. A dor de um soco se cura mais rápido do que uma mágoa. A parte de ser possessivo e ciumento, acho meio complicado de lidar. Me esforço, mas na maioria das vezes acabo perdendo. Sou exagerado em tudo. Sou de me atirar e quando é para pôr o pé na jaca, não consigo ser só um pouquinho. Até a ressaca depois é exagerada. Gosto de tocar piano, escrever, e muitas vezes tenho que decorar texto, que são atividades que exigem disciplina e solidão. São desafios internos iguais a jogar Play Station, que eu adoro.”

O AMOR ALTERA NOSSOS CINCO SENTIDOS. COMO O APETITE. ELE MEXE COM NOSSO HUMOR E NOSSA VONTADE!

28

SETEMBRO 2013


O comediante Tatá Mendes conta que, atualmente, está livre, fala o que significa a palavra amor e conta sobre sua primeira paixão. Generoso que é, aceita fazer um rápido bate-bola sobre o tema. Confira: “Dou muita importância para o amor. É da minha natureza pensar e praticar o amor. Dou muita importância aos sentimentos em geral. É impossível representar sem aprender sobre todos os sentimentos.” “A primeira vez que me peguei apaixonado, estava no terceiro ano do primário. Eu era do 3° ano “A” e ela do 3° ano “B”. Eu a via na missa aos domingos, na Igreja de São Gabriel. Ficava vermelho quando encontrava com ela durante a comunhão, apesar dela só ficar sabendo que eu existia muito tempo mais tarde. Com mais ou menos quinze anos, arrumei o telefone, falei que ela era meu primeiro amor, mas ela desligou achando que era trote.” *O que agrada você no amor? Fernando Pessoa define muito bem essa parte. Ele afirma que você não ama aquela pessoa. Você ama o amor que você sente por aquela pessoa. A pessoa é apenas o objeto da paixão. Aquela pessoa desperta em você sentimentos que nenhuma outra pessoa consegue provocar. Quando essa pessoa não for mais capaz de provocar isso, você muda o objeto da paixão. *O que te traz segurança no amor? É a que tenho comigo mesmo. *Qualquer tipo de amor vale a pena? Desde que não massacre o outro. *Você se acha sedutor? Digamos que sou criativo. *Como você conquista uma pessoa? Cada história é uma história. Sempre me dei melhor no quesito “ousadia”. *O que funciona com você? A surpresa é boa, criatividade e inteligência também. *Qual a sua receita de sucesso no amor? Não tem esse livro na minha biblioteca. *Você gosta de novidades no amor? Sempre não. De vez em quando é gostoso uma coisa cotidiana. *O que te deixa triste no amor? Saudades e términos. A primeira parte, acho a mais difícil, é quando demora um tempo maior para você assimilar que acabou. Depois do “acabou”, vem o “acabou mesmo”... Resisto enquanto posso. Mas mais cedo ou mais tarde, você tem que dar um jeito nisso por razões de sobrevivência. História sem fim é muito chato. Sou adepto do - é melhor um final com tragédia, do que uma tragédia sem final. *Você prende a pessoa amada? Sou Escorpião. *Gosta de grude ou confia? Sou Escorpião. *Quando traído, você é ciumento, briga e se vinga? Tudo isso. Gostava muito quando era possível bater o telefone na cara de alguém. *Como coloca a raiva pra fora? Tem a história do mais cedo ou mais tarde. Acho que tudo é assim, né? As coisas que deram erradas, você deixa o tempo cicatrizar e começa tudo de novo, com novo elenco. Um beijo Atibaia e até breve. Tatá Mendes e Aida Pedrosa

Principais características de Escorpião de 23/10 a 21/11 Intenso e apaixonado, a pessoa de Escorpião parece estar sempre guardando um grande segredo. Talvez esteja mesmo. O escorpiano mergulha tão profundamente nas relações que é capaz de ver nuances que podem passar despercebidos por muitos de nós. Estar ao lado dele é um privilégio para poucos, apenas concedido para aqueles que passam pelo seu exigente teste de confiança. Mas quem for escolhido, pode ter certeza de que viverá uma relação forte, sincera e cheia de paixão. O tabu do escorpiano é tratar das finitudes da vida. Dois dos assuntos essenciais para Escorpião: a morte e o sexo, bem como a continuidade da vida e a possibilidade de se reinventar, se transformar sempre.

Dica de astrologia de setembro para todos os signos: o ritmo do mês é um ritmo de amor! Setembro se inicia com força total, recebendo aspectos poderosos dos astros. A fase é aliada para o processo transformador, na busca daquilo que queremos mudar em nossas vidas. É um momento propício para nos olharmos com clareza e sinceridade e enxergarmos o que não está funcionando muito bem. É hora de escutarmos as batidas do coração e seguir seu ritmo. Um ritmo de busca pela sua verdade interior, por aquilo que te move e te faz vibrar na sua vida! *OUSE SE CONHECER MELHOR!*

E lembre-se: o Universo é íntimo e os astros sempre nos acompanham.

Aida Pedrosa Astróloga

@Aida_Pedrosa

11 9.7198-5250 vivo 11 9.5829-4767 tim

O AMOR É FEITO ESPELHO, TEM QUE TER REFLEXO. SE TIVERMOS RECEIO REFLETIMOS DESCONFIANÇA. QUANDO NÃO NÓS FALTAR AMOR MAIS AMOROSO SERÁ O REFLEXO DIANTE DE NÓS! SETEMBRO 2013

29


Imagine seu filho estudando numa escola com... STUDENT CAMP A EIPG prima pela educação de qualidade aliada à integração e desenvolvimento pessoal. Anualmente, a EIPG realiza o Student Camp, um evento muito esperado pelos alunos e staff. Trata-se de um acampamento de 3 dias em um delicioso sítio, com atividades diversas, favorecendo aos alunos desfrutarem da natureza, destacarem suas criatividades, o respeito entre si e o staff da escola, o comprometimento com suas ações e o trabalho em equipe.

SPELLING BEE Os alunos da EIPG têm a oportunidade de demonstrarem seus conhecimentos em soletrar palavras em inglês, através de uma competição saudável e muito divertida, o Spelling Bee. É um tempo de celebração, assim como de reconhecimento pelos esforços de todos os alunos para melhorarem suas habilidades de spelling (ortografia). Os alunos trabalham juntos e encorajam uns aos outros. Estas ações são atributos imensuráveis, que devem ser altamente valorizados no mundo em que vivemos.

FEIRA DO LIVRO - Leitura é Cultura! As pesquisas comprovam que o hábito da leitura, principalmente quando desenvolvido desde cedo, beneficia a criança em diversos sentidos. A EIPG reconhece esta verdade e desenvolve desde muito cedo este hábito em seus alunos, tanto do idioma Português quanto do Inglês. Dentre as diversas maneiras de incentivo à leitura, realizamos anualmente a Feira do Livro e contamos com o envolvimento dos alunos em todas as etapas, planejamento, preparação e realização. Este é mais um verdadeiro sucesso!!!

30

SETEMBRO 2013


SETEMBRO 2013

31


O som não pode parar... Por Hanna Gouvêa Setembro é o mês do Rock In Rio, maior festival de música realizado no Brasil. Dentre as atrações, artistas e bandas consagradas como Bom Jovi, Iron Maiden, Beyoncé, Capital Inicial, Jota Quest , Zeca Baleiro, Nando Reis ... Mas o público deste ano terá novidade! A banda Jowker’Z, ainda desconhecida no cenário nacional, promete marcar presença e conquistar o público com sua autenticidade e qualidade! Formada por músicos da cidade de Atibaia, a banda venceu o concurso “Rock in Race” realizada pela Volkswagen do Brasil, patrocinadora oficial do Rock in Rio e conquistou lugar no palco Sunset, no dia 15. Formada por Draco no vocal, Thor na guitarra, Rava no baixo e Mad na bateria, ela entra para a cena rock conciliando fortes influências do Hard Rock e também do Metal. Na estrada desde 2010, a Jowker´Z acaba de lançar “O Som não pode parar”, seu primeiro CD independente, cujas músicas estão disponíveis para download no site http://soundcloud.com/jowkerz. A revista Ênnfase conversou com o vocalista Draco um dia antes da viagem para a Cidade do Rock. Hanna Gouvêa: A Jowker´Z tem três anos e uma estrada interessante, que engloba programas de televisão, rádio, muitos shows e festivais. Conte-nos um pouco sobre esta trajetória. Draco: Olá pessoal, tudo bem? Bom, essa trajetória um tanto diferente de outras bandas vem realmente do objetivo que temos, que é trabalhar a música como arte e não como produto de venda. Assim, colocamos todo nosso conhecimento e emoções em nossas canções, dando a elas originalidade e qualidade. Assim, conseguimos vencer festivais pelas estruturas musicais, programas de TV pela produção artística que mostramos, rádios que apostam no novo e vão contra a política de industrialização da música brasileira. Assim conseguimos um certo destaque. E lógico que com muito trabalho e disciplina. Hanna Gouvêa: Vocês acabaram de lançar um CD independente e autoral. Existe um compositor? Um arranjador? Ou o trabalho é feito em conjunto? Draco: No processo de composição, todos têm liberdade para se expressar. Nesse CD, eu compus a maioria das músicas. Também temos algumas composições em que todos colocaram um pouco com seus sentimentos. Foi o caso da música “O som não pode parar”. O processo de arranjo e produção ficou comigo também. Passo a ideia do que cada instrumento pode fazer e cada um coloca a sua identidade. Porém, o resultado final quem sempre “martela” somos nós quatro. É muito importante que todos estejam contentes com o que cada um executa na banda, para que o trabalho não seja só trabalho, mas também realização e diversão. Hanna Gouvêa: Quais os temas, a essência, das letras escritas pela Jowker´Z? Draco: São temas diversos. Tratamos temas sociais na música “Dominar, Sobreviver”, temas do cotidiano da banda, como na “O som não pode parar”, falamos também sobre a nossa essência na “Rock and Roll”, lógico que também falamos de relação homem x mulher, de uma forma diferente, como em “Pecado pleno”. O interessante é que realmente os temas são bem variados e subjetivos, dando uma liberdade de pensamento para quem escuta, dependendo do seu estado emocional e de sua moral. Hanna Gouvêa: A apresentação de vocês (figurino, cabelos, maquiagem, postura no palco...) mostra uma banda de atitude e personalidade. Podemos dizer que, no cenário atual, isso é um grande diferencial? Draco: Vivemos numa época em que a imagem anda sempre em conjunto com o som. Uma música não deve ser só bem executada, mas acima de tudo bem interpretada. É isso que buscamos em nossos shows: mostrar o verdadeiro sentimento de nossas músicas. Hanna Gouvêa: De quem foi a iniciativa de inscrever a banda no concurso? Draco: Olha, foi bem de repente. Nós somos muito ativos no Facebook e acompanhamos bastante noticias de música. Quando eu vi sobre o festival, já comentei com todos da banda, que já haviam 32

SETEMBRO 2013

continua


SETEMBRO 2013

33


continuação: O som não pode parar... visto também e decidimos no mesmo dia nos inscrever. Vimos aquele momento como uma luz em que poderíamos brilhar. Só seguimos nossos instintos e entramos nessa batalha. Hanna Gouvêa: E como foi o processo de escolha? Draco: Foram duas etapas. Na primeira foi por votação popular. Se não fossem nossos fãs e amigos, não estaríamos classificados. Foram a força e fé de todos, que nos puseram na segunda fase. Foram dias de muita correria, pedindo ajuda daqui, ajuda dali, tudo através das redes sociais. Na reta final, chegamos a trabalhar 16 horas para coleta de votos. Mas graças a Deus e a todos que nos ajudaram, essa fase foi concluída e conseguimos nos classificar. A segunda fase foi composta pelas cinco primeiras bandas da votação popular. Nós conseguimos a quarta colocação. Fomos então para avaliação de um júri técnico. Aguardamos por 4 dias ansiosos e aflitos, porém muito confiantes, não só por nosso trabalho e dedicação mas pela energia e fé de todas as pessoas que votaram e continuaram acreditando na gente, mandando muita energia positiva. Quando recebi o telefone da equipe do Rock in Rio, foi uma coisa surreal, fiquei em estado de choque. Depois, liguei para os outros da banda e aí foi só alegria: JOWKER’Z NO ROCK IN RIO! Hanna Gouvêa: O “Rock in Race” será um divisor de águas. Qual a expectativa? Já “ caiu a ficha” de que vocês estarão no palco Sunset do maior festival do Brasil? Draco: A Jowker’Z sempre buscou um lugar ao sol, isso é fato. Porém, dessa maneira realmente foi surpreendente. Vai ser uma força dantesca para nós, que somos totalmente independentes. A gente ainda está nas nuvens com esse resultado e acho que a ficha realmente vai cair quando subirmos lá e tocarmos nosso som. Hanna Gouvêa: Continuamos perdendo grandes ídolos para as drogas e para a depressão. Muitos jovens acabam se espelhando em seus ídolos e optando por caminhos que os levarão para a infelicidade pessoal e familiar. Não seria a hora de levantar uma bandeira que defendesse o lema “ Sexo consciente, sem drogas e com muito rock’n’roll”? Draco: Isso é extremamente delicado. Acredito que as drogas e depressão são dois confidentes, onde um está, o outro também tem muitas chances de estar. Elas na realidade são o reflexo de algo que não está correto na vida de uma pessoa, assuntos mal resolvidos, e não o contrário. Nós da Jowker’Z defendemos o rock and roll com consciência. Além do que não podemos atribuir as drogas só ao rock. Sim, existiu a época do sexo, drogas e rock and roll, porém os tempos são outros. Temos tantos outros gêneros musicais que são iguais ou piores nesse âmbito... Esse lema está mudando e tenho certeza de que com consciência conseguiremos levar o rock para outro patamar. Hanna Gouvêa: Este espaço é para vocês! Muito obrigada! Desejamos sucesso! Draco: Agradecemos do fundo do coração a todos nossos amigos, nossos fãs, nossa família que nos apoiam. Muito obrigado mesmo a todos que acreditam no nosso trabalho e que lutaram junto com a gente nesse festival. Essa vitória é de todos vocês! Uma banda é o que é pelas pessoas ao seu redor e nós somos muito felizes e gratos por termos amigos e fãs tão especiais! Long live rock and roll!!! O SOM NÃO PODE PARAR!

34

SETEMBRO 2013


SETEMBRO 2013

35


Verão, a estação da produtividade Depois de anos de preparo (na estação da Primavera da vida), o velocista jamaicano Usain Bolt se posiciona na raia aguardando o som do disparo: “Tah!” Começa a corrida, é tempo de colocar em prática tudo que ele aprendeu e se preparou. Começou o tempo de produtividade, realizações e conquistas... começou a estação do Verão. Segundo um dos meus mentores, Zig Ziglar ,“você foi DESENHADO para realizações, DESTINADO para o sucesso e DOTADO com sementes de grandeza.” O Verão é a estação de vida que cada um de nós deve aproveitar para fazer grandes realizações, seja na vida pessoal, profissional, financeira, familiar ou social. O verdadeiro sucesso não é medido pelo dinheiro e bens que você recebeu, guardou ou acumulou durante a sua vida. O verdadeiro sucesso é medido por aquilo que você deu, compartilhou e transmitiu às pessoas com as quais você conviveu. O grande perigo do Verão da vida é você tornar-se um “workaholic” (viciado no trabalho), fazendo do dinheiro, trabalho e negócio o seu deus. Muitos dedicam ao trabalho inúmeras horas do dia e semana, às custas do seu relacionamento com o cônjuge, filhos, amigo e também sua saúde. O Mestre dos mestres nos advertiu: “Que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?” Talvez você esteja se perguntando: “Em que área da minha vida fui desenhado para realizações?” A resposta é simples: “Na área em que você se sente mais realizado!” Em outras palavras, você precisa atuar, produzir e realizar exatamente na área que você mais gosta de trabalhar, fazendo o que você mais gosta de fazer, ajudando as pessoas que você mais se alegra em ajudar. Sua realização pessoal e profissional vem quando você utiliza ao máximo todo o potencial dos seus dons, talentos, habilidades, conhecimento e experiência. Leia mais no livro: “As 4 Estações da Vida” – www.4estacoesdavida.com Portanto, realize muito e torne-se realizado! Um grande abraço e muito sucesso! Mário K. Simões Palestrante, Escritor e Conferencista internacional. contato@preparando.com.br / www.preparando.com.br

O e-Commerce e as Redes Sociais As redes sociais abriram um novo meio de comunicação entre empresas e consumidores. A dinâmica de lançamentos de novos produtos e a necessidade de comunicação rápida e direta com os consumidores fazem das redes um excelente meio de comunicação e percepção do mercado. É necessário desenvolver uma estratégia bem elaborada para atuar nas redes sociais, pois a exposição da empresa (por menor que a empresa seja) passa a ser grande. Portanto, é uma via de duas mãos: enquanto as empresas enviam informações sobre produtos e serviços, os consumidores têm a facilidade de postar críticas que podem comprometer a empresa e seus produtos; portanto, trate bem seus clientes!

Segurança no comércio eletrônico Um dos pontos importantes no comércio eletrônico é a gestão de risco de fraudes. Para minimizar os riscos, os empresários devem ter um processo de análise. Esse serviço está disponível nos serviços de pagamentos online e existem empresas especializadas em análise de riscos para ambientes online. As empresas podem montar suas próprias equipes de análise de riscos, porém isso é aplicável apenas para grandes empresas. MWWay

36

SETEMBRO 2013


SETEMBRO 2013

37


38

SETEMBRO 2013


CLONAGEM Você gostaria de “ressuscitar” o seu falecido cãozinho? Deixando a polêmica de lado, hoje em dia já se podem clonar animais domésticos em várias partes do mundo. Nos Estados Unidos, onde esta prática já é bem conhecida, a clonagem já existe de forma comercial e qualquer pessoa pode ter acesso a esse serviço, por uma bagatela mínima de U$50.000,00. O casal Nina e Edgar Otto, de Boca Raton, Flórida, com um clone de seu cachorro, batizado Lancelot Encore (algo como o “Bis de Lancelot”). O trabalho só foi possível porque os Otto tiveram a antevisão de guardar o material genético de Lancelot, morto há mais de cinco anos.

Funciona da seguinte forma, você contrata uma dessas empresas especializadas em clonagem, o material é coletado do seu animal vivo para congelamento e armazenamento ou imediatamente após a sua morte e todo um processo delicado terá início até a formação do embrião. Existe a utilização da chamada barriga de aluguel, ou seja, outras cadelas poderão gerar o clone e ainda não necessariamente ser da mesma raça. Ocorrendo tudo como o esperado a gestação evolui e com 2 meses já tem-se o filhote geneticamente igual ao falecido. A chance de sucesso ainda é bem pequena, chegando ao relato de alguns pesquisadores com 2% a 30 %. Os custos são muito altos e ainda existem inúmeras questões éticas e sociais que nos farão pensar até que ponto tal prática é importante para a humanidade.

No alto, Snuppy posa ao lado do cachorro a partir do qual foi clonado. Embaixo, ele aparece ao lado da cadela da raça Labrador, que “emprestou” seu útero para a gestação do clone. fotos: Universidade Nacional de Seul.

SETEMBRO 2013

39


A escola certa para seus filhos!

Algumas das perguntas mais frequentes feitas à Escola Internacional Preparando Gerações quando novos pais a visitam são: “Funciona mesmo? Meu filho vai sair daqui falando inglês?”, “Ele não vai ficar muito cansado de estudar o dia todo?”, “A escola sendo cristã, como pode afetar a nossa família, uma vez que não frequentamos nenhuma igreja?”. Acompanhando alunos em viagens de intercâmbio para a VCA (Valley Christian Academy), são evidentes o impacto e a influência que a EIPG exerce na vida de seus alunos. Seguem alguns relatos: - Todos os alunos intercambistas integram-se facilmente à cultura americana. Como a nossa escola vive uma cultura educacional semelhante à de escolas na América do Norte, Europa e Ásia, os alunos se adaptam aos horários e dinâmica, sem reservas. Assim como as escolas em quase todos os países desenvolvidos, a EIPG realiza suas atividades em período integral, para todos os alunos de Ensino Fundamental e Médio. - Durante as viagens é possível notar o rápido aprimoramento da Língua Inglesa, aprendida extensivamente na escola. É como se um botão tivesse sido ligado e, em poucos dias, suas mentes pensam e sonham em inglês, estágios esses avançados no aprendizado de línguas. Suas mentes têm sido imersas nas aulas de inglês na escola e agora colhem os frutos de compreender os que outros falam, bem como se expressarem espontânea e livremente. Uma das alunas intercambistas da EIPG, vivendo e estudando em Ohio por um semestre, em poucas semanas conquistou a maior nota em sua classe de Inglês. Isso mesmo, Inglês! Esta conquista é resultado do detalhado processo de ensino do Inglês em todos os ciclos. - A infância é o tempo da semeadura e a adolescência de crescimento. A idade adulta é o tempo de colhermos os frutos da formação e educação que tão arduamente família e escola têm investido. Como é especial acompanharmos alunos alegres, generosos, educados, respeitosos e dispostos. Isso é resultado da formação de caráter de cada um deles. Essa formação, fundamentada em base sólida, que são os princípios cristãos, promovem amadurecimento e relacionamentos mais saudáveis. Na EIPG, concentram-se profissionais verdadeiramente interessados na formação de seus alunos. É lugar de descobertas e crescimento contínuos. Qual o melhor lugar para seus filhos estarem? O melhor lugar para eles crescerem? Na EIPG, onde tudo isso e muito mais acontece todos os dias. Uma verdadeira parceria entre a família e a escola. EIPG, educando e formando vidas!! Mais do que a melhor escolha, a melhor escola! Priscila Simões Diretora Executiva

40

SETEMBRO 2013


SETEMBRO 2013

41


42

SETEMBRO 2013


44

SETEMBRO 2013


Rua José Alvim, 42 - loja 12 Shopping Galeria - Piso Matriz Centro - Atibaia fone: 3402.3666 / 9 8623.3732

habitum

Rua José Alvim, 127 Centro - Atibaia fone: 2427-6860 SETEMBRO 2013

45


R. Benedito de A. Bueno, 464 Centro fone: 4413-0806

Rua Benedito de Almeida Bueno, 492 Centro - Atibaia fone: 4411-9263 46

SETEMBRO 2013


Rua José Alvim, 54/56 - Centro Atibaia - fone: 11 4411-4151 Rua Benedito de A. Bueno, 398 Centro - Atibaia Rua Prof. Luiz Nardy, 143 Centro - Bragança Paulista

Al. Prof. Lucas Nogueira Garcêz, 2095 Atibaia fone: 4402-1777 SETEMBRO 2013

47


Síndrome do Pânico Por Marcos Govoni – Psicólogo Clínico

De alguns anos para cá, nós, profissionais da área da saúde, temos observado com certa preocupação o número crescente de homens que têm apresentado sintomas e queixas pertinentes ao quadro de fobias, caracterizado por sentimentos de medo sem procedência definida, acompanhado de taquicardia, sudorese e sensação de morte, que são acionados por um “gatilho” nem sempre visível e possível de ser identificado. Tais sintomas ganham expressão assustadora na medida em que vão se repetindo os “ataques”, que surgem do “nada”. Os relatos de pacientes que apresentam quadro fóbico demonstram intenso sentimento de insegurança e desequilíbrio emocional, com prejuízos na vida profissional, social e familiar. Vivem com “medo de ter medo”. A síndrome do pânico já faz parte do repertório de “doenças” comuns e conhecidas pela maioria das pessoas. De tempos em tempos, a sociedade cria um modismo patológico, uma manifestação sintomática que denuncia a inadequação dos padrões e costumes dessa cultura cruel e que escraviza seus próprios habitantes. Todo desequilíbrio psíquico se instala de forma progressiva. Na maioria das vezes, os primeiros sintomas são desprezados pelo paciente, que busca ajuda profissional depois de ser acometido por algumas “crises” que o levaram ao hospital. São vários os fatores que podem desencadear os quadros de fobias: o processo evolutivo de situação mal resolvida, um conflito emocional, um acúmulo de preocupações financeiras e responsabilidades da vida no geral, desembocam no que conhecemos como estresse, o principal vilão dessa história. Uma vez instalado o estresse, já podemos observar mudanças no comportamento emocional, assim como alterações no funcionamento orgânico. Podemos pensar no estresse como esse acúmulo de tensão que não relaxa “nunca”. Em algum momento não definido, há rompimento criando caos, uma defesa que obriga o indivíduo a mudanças. Nesse caso, a síndrome do pânico é um dos recursos de que o psiquismo lança mão em benefício da própria pessoa, que não consegue voluntariamente mudar o curso de sua vida e que está em desacordo com o que ela mesma deseja para si. É a dor funcionando como a grande mestra. Por meio desse desconforto, o indivíduo é obrigado a buscar o entendimento do seu próprio mundo pessoal e, de posse dessa nova consciência, é capaz de operar as mudanças desejadas. Isso feito, os sintomas desaparecem. A medicação utilizada no tratamento da síndrome do pânico é o antidepressivo, em comum com um processo psicoterapêutico.

O ciclista aprendiz revive a experiência de Mário de Andrade Lucas Garcia está desenvolvendo um trabalho muito interessante, “Ao ciclista aprendiz” baseado no roteiro de Mário de Andrade pelo interior paulista, quando avaliava bens culturais para o SPHAN, na década de 1930. A rota do escritor paulista incluiu Atibaia; ele esteve aqui nas festas juninas, vendo as Congadas. Depois, passou uma temporada na casa de João Batista Conti com quem trocou várias cartas. O Lucas recuperou na USP muitas dessas cartas. Segundo Lucas, o trabalho fotográfico será editado pela Croquete Filmes (produtora do Rio). “O Ciclista Aprendiz é um circuito cultural percorrido de bicicleta pelo interior do Estado de São Paulo, baseado nas obras do escritor, pesquisador e pensador Mário de Andrade”, explicou. Com destaque para as obras: “O turista aprendiz” e “Mário de Andrade: cartas de trabalho”. em que onde o escritor narra através um diário e algumas cartas suas viagens ao norte/nordeste brasileiro no ano de 1927 e 1928 e pelo interior paulista para inventariar bens culturais em 1937. A viagem foi realizada entre os dias 19/08 e 28/09, iniciando em Araraquara e passando por Porto Feliz, Sorocaba, São Roque, Itu, Atibaia e B. J. dos Perdões. O objetivo do projeto é criar um circuito entre os cicloturistas e questionar as políticas culturais do Estado de São Paulo e a mobilidade urbana através de um diagnóstico feito a partir do inventário de Mário de Andrade para o SPHAN na década de 30. 48

SETEMBRO 2013


SETEMBRO 2013

49


Programa Cotidiana, ano 4 Em razão dos quatro anos de comemoração do programa de televisão Cotidiana, o presidente da Câmara Municipal, Emil Ono, entregou, na sessão do dia 25 de junho, uma Moção de Congratulações à jornalista Ana Elisa Figueira Gouvêa, mais conhecida como Hanna Gouvêa, que é responsável pelo programa. Cotidiana é exibido pelas emissoras de televisão Altiora, Mantiqueira e Guarulhos e também pela internet por meio dos canais Vimeo, TV Mídia, Youtube e diversas mídias sociais. O programa também tem seu espaço na Coluna Social do Jornal da Cidade, na Revista Ênfase e nos sites Agito Atibaia e Agito Bragança. “Com grande prazer que esta Casa entrega a moção de congratulações. Venho acompanhando o trabalho da Ana há certo tempo e sei da batalha, da briga e dos momentos difíceis que ela enfrentou. Me lembro quando a população da cidade inteira assistia seu programa, que trazia as demandas do dia-a-dia do nosso município. Só que a Altiora acabou saindo do ar aqui em Atibaia e a cidade ficou órfã de um programa que divulgasse essas demandas. Mas mesmo assim ela não parou e hoje o Cotidiana faz muito sucesso em um jornal da cidade”, declarou Emil, autor da homenagem. O vereador também apontou os objetivos primordiais do programa que o fizeram realizar a homenagem. “O Cotidiana leva informação à população, fomenta a cultura, gera negócios regionais, provoca reflexão, divulga marcas e serviços e gera oportunidades. O conteúdo é levado ao telespectador e ao leitor por meio de entrevistas, notas, fotos e material publicitário”, justificou. A homenageada também falou durante a sessão. Hanna agradeceu a homenagem que recebeu e contou um pouco dos problemas que passou em sua carreira jornalística. “O salmos de hoje veio a calhar: o senhor é meu pastor e nada me faltará. Minha mãe sempre me diz isso no telefone, pois vira e mexe a gente tem vontade de parar. Com essa interrupção de sinal da Altiora, toda a cidade perdeu muito, mas nós profissionais de comunicação perdemos mais ainda. Hoje temos a Net que passa o programa, mas sabemos que não atingimos a população como deveria. Quero agradecer meus familiares que não são da cidade, mas me dão força à distância, e agradecer a todas as mídias parceiras que divulgam meu trabalho e todos que trabalham junto comigo. Estou muito feliz com a homenagem”, gratificou Hanna Gouvêa. O presidente da Câmara declarou que a homenagem só pode ser realizada graças à aprovação unânime do documento. “Gostaria de ressaltar que a moção foi aprovada por unanimidade por esta Casa. Se não fosse o apoio dos vereadores essa homenagem não estaria acontecendo. Por ser fã e até incentivador desse trabalho, fiz questão de elaborar e entregar essa moção. Parabéns a Hanna e que ela continue nesse propósito, contando sempre com esta Casa de Leis”, salientou Emil. CERTIFICADO Já no dia 27 de junho o Cotidiana recebeu um certificado de reconhecimento oferecido pelo Rotary Club de Atibaia Estância ,durante reunião no Hotel Bourbon, sede da entidade. A então presidente do ano rotário 2012-1013 Helena Ruber fez a entrega. O Rotary Club de Atibaia Estância foi fundado em 16 de agosto de 2007. A Missão do RC Atibaia Estância é servir ao próximo e desenvolver projetos sustentáveis na comunidade a fim de sanar problemas, sempre com ética e compromisso em um ambiente de companheirismo entre os associados.

50

SETEMBRO 2013


Enfase ed 28  
Advertisement