Page 1

Editora Ênfase Ano VII - nº 26 março / 2013

Revista

www.revistaenfase.com.br

Especial Noivas

Felizes para sempre! Flávia Helena Bezerra

Capadócia Terra dos subterrâneos e dos balões

Coluna Astral

Apometria Quântica

Fabiana Costa

Aida Pedrosa

Tânia Ferraz

Conta sua “vida com propósitos”


Expediente

Editorial

Diretoria

A renovação constante do conteúdo

Rogério Pereira Maria Regina N. Pereira

Publicidade

vendas@revistaenfase.com.br

Jornalista responsável Luiz Gonzaga Neto MTB 11.336

Colunista

Hanna Gouvêa MTB 56.918

Fotografia

Alê Marques Fotografia

Designer Gráfico Regina Trovijo

Colaboradores

Flávia Helena Bezerra Jornalista Aida Pedrosa Radialista D.R.T. 46.219 Tânia Ferraz Psicóloga Marcos Govoni Psicólogo Mário K. Simões Conferencista internacional

A renovação constante é um imperativo da imprensa, que hoje enfrenta o desafio de integrar os recursos tradicionais, mais ligados ao papel, às possibilidades das novas tecnologias. Nós, da revista Ênnfase, não poderíamos ficar de fora. Pelo contrário, estamos cada vez mais dentro desse movimento pela informação de qualidade, pela divulgação da cidade e dos seus empreendedores, dos novos negócios e das perspectivas políticas e econômicas da nossa urbe. O processo de renovação tem acontecido em todas as edições de nossa revista, mas nesta edição, particularmente, estamos implantando algumas de nossas ideias mais acalentadas nestes sete anos de atividades. Queremos entregar a você, leitor, uma revista bem diagramada, bem escrita, agradável de ler e de guardar como referência. E não vamos parar por aqui. Para a próxima edição, vamos trazer novas propostas de apresentar o conteúdo. É um ideal a alcançar e, a cada fechamento, damos mais um passo em direção à excelência. Nesse sentido, contamos com a repercussão junto aos leitores, a parceria dos anunciantes e colaboradores. Em Atibaia, estamos vivendo o início de um novo governo municipal e de novos vereadores na Câmara. A eles e a todos os moradores, desejamos um período de muito sucesso e realizações pela cidade. COMO A FÊNIX - O momento que a equipe da revista Ênfase vive pode ser simbolizado pela Fênix, o pássaro da mitologia grega que, quando morria, entrava em autocombustão e, passado algum tempo, renascia das próprias cinzas. Esta capacidade de renascimento, a cada dia, a cada edição, é que queremos praticar sempre, como ideal de trabalho e de vida. A Fênix tem a força suficiente que a faz transportar em voo cargas muito pesadas. Vamos jogar nossas cargas pesadas fora e levantar voos, leves, criativos e soltos. Até a próxima edição. Um abraço a todos.

Rogério Pereira

Priscila Gatz Simões Empresária Miguel Nader Ator

Tiragem:

3.000 exemplares

Editora Ênfase Avenida Santana 880 - V. Helena Atibaia - São Paulo

Telefone: 11 4402-4220 www.revistaenfase.com.br Conceitos ou opiniões emitidos em artigos assinados, bem como logotipos e imagens inseridos em anúncios, não são da responsabilidade desta Editora

A Revista é distribuída nos seguintes condomínios: Atibaia Aclimação Água Verde Ana Augusta Chácara Pedra Grande Clube da Montanha Dom Daniele Estância Atibaia Estância Park Atibaia Figueira Garden Flamboyant Grêmio Lince Horto Ivan Maison dos Gamez Mansão Parque Nova Atibaia Palavra da Vida Panorama Parque Residencial Parque das Garças I

Parque das Garças II Parque das Garças III Parque dos Manacás Paulista Garden Pedra Grande Portal das Hortências Portal dos Nobres Portal Gamez Porto Atibaia Quintas de Sta. Helena Recanto dos Ipês Residencial Altos da Floresta Residencial Atibaia Residencial Bella Vita Residencial Floresta Park San Felipe Santa Mônica Saua

Serra da Estrela Shambala I Shambala II Vila Fiorita Vila Rosato Vila Santa Tereza Villaggio Conde Passadori Villagio Daniele Villaggio de Cesare Villagio Floresta Villagio Miramonte Villagio Montecarlo

Bom Jesus dos Perdões Alpes Douro Vale do Sol Marf

Caso não tenha recebido a revista entre em contato conosco: (11) 4402.4220 - email: vendas@revistaenfase.com.br MARÇO 2013

3


Nesta edição... 08 Especial Noivas

28

18

Felizes para sempre!

casados há 56 anos, Nancy e Alipio Lopes, contam sua história para a jornalista Flávia Helena Bezerra

32 Capadócia

Gol de Arte

conheça o “Projeto Futebol Criança”

terra dos subterrâneos e dos balões

35

Unicidades

Atibaia e região tentam “gol de placa” na Copa de 2014 4

MARÇO 2013

38

Coluna Astral

Simone Cardoso, primeira dama de Atibaia, conta um segredinho para a astróloga Aida Pedrosa


60 48

Fabiana Costa conta sua “vida com propósito”

Apometria Quântica Tânia Ferraz

64

Entrevista Saulo Pedroso

66

Jardins Orientais incrivelmente lindos!

68

Cérebro

meia-idade recebe grande notícia

74

Coluna convite ao humor homem casado e suas histórias, por Miguel Nader

MARÇO 2013

5


Esta coluna destaca eventos, ações

Sergio Tuck durante apresentação do Grupo de Taikô Kawasuji Seiryu Daiko no Revelando São Paulo 2013.

Os professores de Psicologia, Tácito Carderelli da Silveira, Maria Cristiane Nali, Ana Cláudia Verzolla, Valéria Lia Sganzerla Provedel e Regina de Fátima Damazo, prestigiaram a cerimônia de Colação de Grau dos Formandos de 2012 da FAAT Faculdades.

No estúdio do programa Cotidiana: cabeleireiros Jacinto, Vanessa e suas clientes.

No final de 2012, Atibaia sediou o Congresso Unicidades que teve como tema “Desenvolvimento Regional Sustentável”.

6

MARÇO 2013

Divulgando o movimento Não Foi Acidente, Romero Côas e Manuel Fernandes.

No mês de fevereiro acompanhei um dia de manipulação na Farmácia Dalissa.


Os homens aprovaram a sugestão de Pérola do Spa Florescer. O Dia do Noivo já é um sucesso.

www.cotidiana.com.br e profissionais que foram notícia no trimestre

Os arquitetos Marcos e Áurea são os responsávevis, junto à Loja Luiz Felipe interiores, pelo novo cenário do Cotidiana. Um click em Erika e Ingrid Brum, Esbelt Lingerie, durante visita à cidade de Atibaia.

A professora Beatriz Fiquer lançou seu livro “A decadência portuguesa n’Os Lusíadas e a recepção contemporânea do épico camoniano”.

A produção do programa gravou com o Dr. Fabio Oberdan Capuani no Hospital Veterinário Atibaia.

Registrando mais uma deliciosa receita feita pelos Chefes de Cozinha Carlos Rosso e Adriano Papay. MARÇO 2013

7


ESPECIAL NOIVAS 2013

ASSISTA O MAKING OFF


Agradecimentos A Florista Arte Floral - 9.9759-3072 Alê Marques Fotografia - 9.7327-6645 Flor & Cia. - 4412-0260 Koisinhas Boutique - 4412-6544 Loja Teixeira - 4411-0835 LuLú Art’in Noivas - 11 4033-1715 Maria Maria Cabeleireiros - 4402-7089 Noi Fai Vídeo - 3402-8741 Sítio Vale do Sol - 2427-9994

Modelos: Arthur Costa Amanda Siqueira Keila Duarte Luana Santos veja todas as fotos do Especial Noivas 2013

MARÇO 2013

13


Bouquet de Noiva Um item que a noiva sempre deve ter cuidado ao escolher é o bouquet de flores que carregará na entrada da cerimônia. Deve ser leve, com um bom acabamento e confortável para não machucar a mão. .

Bouquets Tradicionais - Flor & Cia

Copo de leite - Kallas

Rosas vermelhas

Lírio com mini rosas

Bouquets Estruturados - A Florista Arte Floral

Orquídeas 14

MARÇO 2013

Rosa Spray

Angélica com rosas


Felizes para sempre !! A modernidade cria relacionamentos instáveis e sentimentos efêmeros. Portanto, será possível ter o tão sonhado: “felizes para sempre”? Quanto tempo dura o amor? Será que aquela velha história do “que seja eterno enquanto dure”, realmente existe nos dias de hoje? Ultimamente, a mídia bombardeia a sociedade de informações que, infelizmente, levam-na acreditar que o casamento é um fracasso. A juventude, por exemplo, é mostrada como uma fase de superficialidade. Os adolescentes já não possuem namorados, mas “ficantes”. O relacionamento moderno tornou-se algo efêmero, e quem contradiz, é chamado de “careta”. Com relação aos mais velhos, a situação é a mesma. De acordo com dados divulgados no final do ano passado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2011 a taxa de divórcios no Brasil cresceu 45,6%, número recorde desde que a contagem começou a ser realizada no país, no ano de 1984.

Para o não desespero dos românticos, Bauman acredita que o amor é capaz de fugir da globalização, e consequentemente, de suas características instáveis. Portanto, ainda é possível encontrar casamentos estáveis, de longa duração e que exalam amor? Sim!

As relações fugazes desta sociedade moderna foram comprovadas pelo IBGE. Segundo o estudo divulgado pelo Instituto, a maior proporção de divórcios aconteceu em casamentos que possuíam entre cinco e nove anos de duração. O segundo grupo com maior número de separações envolvia uniões entre um a quatro anos de duração. E porque os relacionamentos adquiriram esta característica? Seria o homem moderno o culpado? A cultura? Para o sociólogo polonês Zygmunt Bauman, as relações momentâneas são características da globalização, que propaga informação e ideias de uma maneira tão fugaz, quanto a luz. Portanto, a “fluidez dos vínculos” é propriedade da sociedade moderna. De acordo com Bauman, o homem desta sociedade moderna criou o “Tempo Líquido”. Nesta noção de tempo tudo é momentâneo, e as buscas pelo prazer e pela felicidade ocorrem de maneira desenfreada e contínua. No “Tempo Líquido”, os casais desejam ser felizes e buscam o afeto, mas o comprometimento e o “para sempre”, assustam. O amor deste tempo é chamado pelo sociólogo de “Amor Líquido”, onde os laços de fidelidade e respeito, por exemplo, são trocados pela incerteza.

18

MARÇO 2013

Um exemplo vivo e concreto de que um casamento é “passível de sobrevivência”, está no casal Nancy e Alípio Lopes. Casados há 56 anos, a dona de casa e o banqueiro aposentado começaram o relacionamento em um baile de domingo, onde ele venceu a timidez e, cheio de coragem, tirou-a para dançar.


Com medo do pai de Nancy descobrir o namoro, o casal se cortejava no cinema, onde viram a estreia do clássico “E o vento levou”. Em entrevista à Revista Ênfase, a dona de casa afirmou que ficava “louca da vida” quando iam ao cinema, e Alípio dormia nos filmes. “O que eu podia fazer, as legendas me davam sono”, conta o banqueiro aposentado, que ria ao se lembrar dos momentos. A troca de carinho, o cuidado e os olhares respeitosos e apaixonados ainda estão presentes no cotidiano deste casal, que mora em Atibaia há 12 anos. Apaixonados por um dos pontos turísticos mais bonitos da cidade, a Pedra Grande, Nancy e Alípio vivem próximos a ela. “Foi após a morte de meu pai, em março de 2000, que saímos de São Paulo, e viemos para Atibaia. Quando vi a Pedra Grande me emocionei completamente, foi como se eu estivesse vendo Deus”, afirma a dona de casa. Sobre a vida juntos, Nancy confessa os vários momentos difíceis, e as mágoas após desentendimentos. “Eu sempre fui muito brava, e já cheguei a dizer que se ele não quisesse ficar comigo, que fosse embora, mas eu sempre soube que ele me amava. Nossas discussões eram resolvidas através da compreensão”.

Para o casal, o segredo de um relacionamento duradouro e bem sucedido está na relevância. “Eu vejo casamentos que terminam por nada. Você tem que relevar, perdoar, amar e, principalmente, respeitar. A mulher, ou o homem, é capaz de mudar aquilo que não gosta no parceiro, e fazê-lo entender que algumas atitudes não levam a nada. Na hora da discussão, do nervoso, eu deixava quieto, relevava. Quando ele estava mais calmo, e nós estávamos bem, eu conversava com ele, e pedia para não repetir certas coisas que me incomodavam”, declara a dona de casa. Religioso, o casal alega sustentar o casamento com muito diálogo e fé em Deus. “Sempre tivemos isso em nossa cabeça: ‘o que Deus uniu, o homem não separa’, portanto, sabemos que só a morte será capaz de nos separar”, declara Nancy.

Flávia Helena Bezerra - Jornalista

Nancy e Alípio Lopes MARÇO 2013

19


Lista da noiva Bolos e Doces Empório Dolce - Bolos e Doces fones: 2427-0755 / 9.7425-4513 www.emporiodolce.com.br Fernanda Bianco - Bem Casados fones: 4418-4870 / 9.9912-1537 Giovanna Melilli - Bolos e Doces fones: 4412-2009 / 9.8181-3628 Vera Daud - Doces Finos fones: 4412-0397 / 9.7283-3634

Buffets, Espaços, Eventos e Churrasco Jaime Santos Eventos fones: 4413-2017 / 9.9628-8914 www.jaimesantoseventos.com.br Levi Churrascos e Buffet fones: 4412-9206 / 9.9967-0394 www.levichurrascos.com.br Rey Festas fones: 4416-7063 / 4416-3133 / 9.8122-3778 www.reyfestas.com.br Sítio Alvorada fone: 4412-2191

Cabelo, Maquiagem e Estética Maria Maria Cabeleireiros fone: 4402-7089

Decoração A Florista - Arte Floral fone: 9.9759-3072 www.afloristamb.com.br

KaFiori Decorate fone: 2427-3407 www.kafiori.com.br 22

MARÇO 2013

Convites e Lembranças Sagrado Papel www.sagradopapel.blogspot.com.br

Fotos e Vídeos Alê Marques Fotografia fone: 9.7327-6645 www.alemarquesfotografia.com.br Emerson Morelli Fotógrafo fone: 9.9602-4919 www.emersonmorelli.blogspot.com.br Noi Fai Vídeo fones: 3402-8741 / 9.9906-9294 www.noifaivideo.com.br Ronaldo Canale fone: 9.99672125 www.ronaldocanale.com.br Silmara Ferreira Fotografia fones: 4412-4165 / 9.8320-1516

Lista de Presentes

Sítio Vale do Sol fones: 2427-9994 / 9.7150-7940 / 9.9651-5613 www.sitiovaledosol.com.br

Flor & Cia fone: 4412-0260

Patricia Mitt fone: 4412-8987 www.patriciamitt.com.br

Conceito Enxovais e Decorações fones: 4411-1898 / 4411-9264 www.lojasconceito.com.br Global fones: 4412-4901 / 4413-1713 www.globalmagazine.com.br

Roupas Aluguel, Confecção e Venda Koisinhas Boutique fone: 4412-6544 Lojas Teixeira fone: 4411-0835 LuLú Art’in Noivas fone: 11 4033-1715


MARÇO 2013

23


Que aliança escolher? A aliança de casamento será usada pelo casal a vida toda, portanto além de prevalecer o gosto e estilo dos noivos, também é importante pesquisar sobre o tipo de metal do acessório. Apesar da aliança de ouro amarelo ainda ser a preferida pela maioria dos casais, os noivos mais jovens ou inovadores estão optando pelo ouro branco, platina ou até pelo ouro rosé. Alguns casais usam alianças diferentes: a mulher na cor dourada e o homem na cor prateada. Mais uma sugestão para os mais inovadores românticos e modernos é o uso de anéis com alianças mistas de ambos os metais ou de ouro rosé, que fica mais dourado ou prateado dependendo da luz. O ouro rosé foi muito usado na década de 20; a moda voltou reformulada e apreciada pelo romantismo que a cor deste metal proporciona. A platina por ser um metal mais pesado e mais duro que o ouro e está associada à durabilidade e proteção. É mais resistente à perda de brilho e manchas, além de ser hipoalergênico. No entanto, por se tratar de metal caro, não costuma ser uma opção no noivado. Algumas joalherias só trabalham com esse metal por encomenda. Por esse e outros motivos, o anel de platina também é uma opção para uma ocasião para lá de especial, como a de bodas de prata, quando o casal completa 25 anos de casado.

Cuidados na escolha de um buffet Muita coisa mudou ao longo dos anos, empresas surgiram e se especializaram, porém uma coisa não mudou, a credibilidade. Para um evento tão importante, é necessário escolher um buffet que atenda a todas as necessidades para um casamento com elegância e sem falhas. É fundamental conversar com um ou mais clientes que já contrataram os serviços de um buffet em particular. Mesmo que os clientes se mostrem satisfeitos, atente para falhas e anote para conversar com a empresa escolhida. Se o buffet não oferece um contrato de prestação de serviço, é melhor correr, pois quem lhe dará garantia de que a festa do casamento não terá imprevistos? Além de exigir o contrato, você deve analisar todas as suas cláusulas, em que devem constar todos os detalhes do serviço, como data e horários da cerimônia. Assim, a empresa estará totalmente ciente de suas obrigações.

24

MARÇO 2013


MARÇO 2013

25


Chá de Cozinha Mais um momento super especial para a noiva. A hora de organizar seu chá de cozinha. Neste evento, normalmente se juntam todas as mulheres convidadas para o casamento. Elas presenteiam a noiva com coisas básicas para a casa. Este também é um momento em que a mulherada coloca a fofoca em dia. Vale tudo, falar dos preparativos do casamento, das próximas a casar, enfim assuntos completamente femininos. Para deixar este momento agradável, uma das preocupações da noiva é servir bem as convidadas. E para ajudar a montar o menu certo para a ocasião, veja como se faz um belo cardápio para o chá de cozinha: Se você usar o modelo tradicional de chá de cozinha, certamente será realizado na tarde de sábado ou de domingo. O horário pede mais petiscos que propriamente comidas pesadas e muito elaboradas. Super moderas e práticas são as mini porções que podem ser servidas em panelinhas, tacinhas, ramekins, etc. Deve-se também levar em consideração a época do ano em que o evento está sendo realizado.

Teste de penteado e maquiagem Para evitar imprevistos no dia do casamento, profissionais da área de beleza indicam os testes de penteado e maquiagem para noivas. Com as provas, o cabeleireiro e o maquiador se preparam e ainda calculam o tempo de serviço necessário para evitar atrasos no “grande dia”. Além de garantir que a noiva vai ficar linda, os testes ainda ajudam a tranquilizá-la nesse momento tão esperado. Em primeiro lugar, é necessário agendar uma data com antecedência de dois a três meses antes do casamento no salão de beleza ou combinar uma data para fazer os testes no próprio ateliê do designer que está fazendo o vestido. A noiva visualiza como ela vai ficar no dia do casamento. Se alguma coisa não a agradar, ela pode fazer alterações até combinar o penteado com a maquiagem e vestido. uma maquiagem errada destrói o visual e compromete totalmente a imagem que ela sonhou. O profissional responsável deve estar definido, pelo menos, um mês antes do casamento. Depois, é possível marcar um teste definitivo uma semana antes, quando o vestido já está pronto. No entanto, testar penteado e maquiagem não é uma tarefa rápida, por isso é preciso reservar um tempo durante a semana. Um teste dura, em média, quatro horas, sugerimos que o horário seja marcado em um dia mais tranquilo, como segundas e terças, para que o movimento do salão e da agenda dos profissionais não interfira na atenção a ser oferecida para a noiva. Não são ideais agendamentos para testes durante sextas e sábados, porque o salão costuma estar cheio de clientes que acabam disputando a atenção dos profissionais. Além de evitar atrasos e garantir a tranquilidade do profissional e da noiva no dia do casamento, os testes também servem para saber quais são as marcas de cosméticos que a noiva pode usar e se o penteado vai ficar firme no tipo de cabelo dela.

26

MARÇO 2013


MARÇO 2013

27


Capadócia quer dizer “Terra dos belos cavalos”. É uma região que já foi habitada há milhares de anos por várias civilizações, como os hititas e outros povos originários da Europa e Ásia Menor. Abrange as cidades de Göreme, Ürgüp, Nevsehir e Avanos. 28

MARÇO 2013


Ficou conhecida com Alexandre, o Grande, embora só houvesse interesse na região pelas suas estradas, por onde fluía o comércio. Dessa época, data a fundação de Göreme (pronuncia-se Goremê), antiga Korama, Patrimônio Mundial da Unesco e atualmente a cidade mais importante da região. Atualmente ficou mais conhecida no Brasil com a novela “Salve Jorge”. Sobre a Capadócia, Turquia, há 10 coisas que você precisa saber antes de ir. Antes de embarcar, saiba que: 1. a Capadócia fica na Anatólia Central, bem no meio do país, a uns 700 quilômetros de Istambul; 2. há várias cidadezinhas onde se concentram hotéis e restaurantes. As mais charmosas são Göreme e Uçhisar. Muita gente prefere ficar em Ürgüp, que completa a trinca das mais populares; 3. muitos pacotes e excursões vendem hospedagem

no meio do nada, entre um vilarejo e outro. É roubada. Ainda que as distâncias sejam curtas, curtir o centrinho das cidades, depois de um dia passeando pelos arredores, é uma das melhores coisas da viagem. Göreme e Uçhisar têm restaurantes deliciosos, lojinhas bem aprumadas e até uma vidinha noturna; 4. quer ficar num lugarzinho mais alternativo? A lindíssima Mustafapasa só recentemente começou a abrir os seus primeiros hotéis e restaurantes, mas ainda conserva intacto o seu caráter; 5. um carro faz toda a diferença. Caso contrário, você será refém das agências locais. Não que haja algum mal nisso (tem gente que prefere, claro), mas poder almoçar onde e quando quiser, descobrir cantinhos escondidos, repetir os lugares que mais gostou e não ter horário pra nada, não tem preço.

MARÇO 2013

29


6. Ao contrario do que muita gente pensa, é facílimo se virar sozinho na Capadócia. As estradinhas são bem sinalizadas, as atrações têm audioguias e os highlights estão concentrados numa área relativamente pequena (você nunca precisa dirigir mais de meia hora). No entanto, fazer pelo menos um passeio guiado pelas casas escavadas é interessante para ter algumas explicações sobre detalhes que, sozinho, você dificilmente conseguiria observar ou entender. 7. É sempre bom ter em mãos uma lanterna, como fazem os guias. Algumas igrejas escavadas têm afrescos escondidos em cantinhos escuros – e também falta luz nas cidade com bastante freqüência. 8. As cidades subterrâneas não são tão claustrofóbicas assim. Dá até pra sentir um ventinho nas proximidades dos tubos de ventilação. No entanto, não é assim para todo mundo. 9. Entrar nas casas escavadas e conhecer os vales implica subir, descer, escalar, abaixar e caminhar muito. E se você for de abril a outubro, provavelmente fará isso sob calor intenso e seco. 10. Para enfrentar o clima árido: ter uma garrafa de água e um protetor labial sempre em mãos são itens de sobrevivência. O clima em Capadócia é muito frio e nevando durante o inverno, muito seco e muito quente no verão, mas o nível de umidade não é tão alta e você não consegue suar tanto. Além das caminhadas, os triciclos e os balões são outras atrações do lugar. Balões coloridos fazem contraste com as paisagens. Sobem aproximadamente a uma altitude de 300 metros. Os passageiros veem os vales e as formações rochosas. Os balões se movem sob efeito do vento. Os voos duram aproximadamente 90 minutos. fotos: Juliana Carvalho e Marcelo Ribeiro

Carla Goes Grosso Animatour

30

MARÇO 2013


LEITURA As Sessões - Minha vida como Terapeuta do Sexo Há mais de quarenta anos, Cheryl T. Cohen Greene recebe homens e mulheres em seu consultório e os ajuda a ficarem mais confortáveis com seu corpo, entenderem suas fantasias e aceitarem melhor a própria sexualidade. Sua profissão é a de Terapeuta do Sexo. Em As Sessões, além dos diversos casos tratados em seu consultório Cheryl também compartilha conosco a sua própria biografia, seus casos mais surpreendentes e os desafios que enfrentou tanto na sua vida pessoal, quanto na profissional. O livro abre com o emocionante caso de Mark OBrien, poeta e jornalista de Berkeley, que contraiu poliomielite aos 6 anos de idade e, desde então foi obrigado a viver com um pulmão artificial. O pequeno ensaio escrito por OBrien foi a origem do filme As Sessões, adaptado pelo diretor e roteirista Bem Lewin e estrelado por Helen Hunt e John Haweks. Autor: Greene, Cheryl T. Cohen / Editora Best Seller / 1ª edição - 2013 - 280 pag.

O Último homem bom Uma série de mortes estranhas ao redor do mundo chama a atenção de um policial italiano. Todas as vítimas eram humanitários e apresentavam na pele uma marca desconhecida. Inicia-se assim uma investigação sobre o que parece ser o assassinato em série de um grupo de pessoas genuinamente boas e honradas. Juntos, o detetive dinamarquês Niels Bentzon e a astrofísica Hannah Lund embarcam na missão de descobrir o que está acontecendo. Autor: J. Kazinski A, é o pseudônimo dos escritores dinamarqueses Anders RønnowKlarlund e Jacob Weinreich, que fazem sua primeira colaboração literária em O último homem bom. Editora Alaúde / 1 º Edição - 2013 - 480 pág.

O Teorema Katherine Se o assunto é relacionamento, o tipo de garota de Colin Singleton tem nome: Katherine. E, em se tratando de Colin e Katherines, o desfecho é sempre o mesmo: ele leva o fora. Já aconteceu muito. Dezenove vezes, para ser exato. Após o mais recente e traumático pé na bunda, o Colin que só namora Katherines resolve cair na estrada. Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera. Autor: John Green /Editora INTRINSECA / 1 º Edição - 2013 - 304 pág.

Um menino e um urso em um barco Arrebatador e envolvente, o título da obra de estreia de Dave Shelton diz exatamente o que é o livro: Um menino e um urso em um barco. Mas ele é muito mais do que isso. É a história de uma amizade que nasce nas piores condições, e uma lição sobre como aproveitar as ótimas surpresas da vida quando tudo parece estar perdido. Um livro diferente de todos os outros. Uma aventura sem pressa e intenso, repleta de descobertas. Na época do seu lançamento, a crítica britânica o comparou a Max e os felinos, de Moacyr Scliar, e a A vida Pi, de Yann Martel. Segundo ela, a excelente diferença é que no romance de Shelton o animal é quem rema e conduz a história. Autor: Lars Kepler / Editora BERTRAND / 1 º Edição - 2013 - 224 pág

MARÇO 2013

31


Gol de arte Por Hanna Gouvêa O Brasil é reconhecido mundialmente por seu futebol e vive um momento especial neste segmento já que sediará a Copa das Confederações e a Copa do Mundo. E até o escultor Glenn Hamilthon marcou um “gol de placa” ! Ele acaba de ter seu projeto aprovado pela Lei Rouanet. O “Projeto Futebol Criança” une o futebol à arte, ecologia, educação, crianças, valores humanos e muito trabalho. A cidade beneficiada? Atibaia. A Revista Ênnfase conversou com Glenn. Hanna Gouvêa : Parabéns pelo projeto e por seu enquadramento na Lei Rouanet. Conte-nos sobre o “Futebol Criança”. Glenn Hamilthon: O resultado final será uma exposi32

MARÇO 2013

ção de esculturas e relevos de parede, painéis, com visita monitorada de alunos de escolas municipais do ensino fundamental. Eu acompanharei pessoalmente as visitas juntamente com uma intérprete de linguagem de sinais. O local do evento terá acesso aos portadores de restrição ou ausência locomotora e os portadores de restrição ou ausência visual serão estimulados a tocar nas obras e terão legenda em braile. Os alunos visitantes terão oportunidade de conhecer meu método de trabalho, conversar de perto com um artista plástico sobre suas obras, rever o valor do esporte como base para o lazer, a amizade, o companheirismo. Além de refletir sobre ecologia e sustentabilidade pois utilizo em meu trabalho aparas de madeiras descartadas . Quero também falar sobre a importância do uso de madeiras certificadas, de reflorestamento ou manejo sustentável e de demolição.


Hanna Gouvêa : Além de exercer sua responsabilidade social, o que mais a empresa terá de benefícios patrocinando o projeto? Glenn Hamilthon : A logomarca da empresa estará em todo material gráfico. Inclusive, cada aluno receberá um exemplar do catálogo da exposição, com fotos dos trabalhos e do processo de criação das esculturas, além de textos informativos sobre madeiras e depoimentos dos profissionais envolvidos e dos patrocinadores, autografado pelo escultor. Catálogos também serão distribuídos gratuitamente para as escolas, empresas patrocinadoras, bibliotecas e órgãos públicos. Em toda mídia citamos e agradecemos também a empresa patrocinadora. Hanna Gouvêa : Qual escola será beneficiada? Onde será a exposição? E após a exposição, para onde as obras irão?

Hanna Gouvêa : Recentemente você criou a série “ Futebol Arte”. Foi uma inspiração? Glenn Hamilthon: Acredito que é importante lembrar do futebol como uma diversão, uma oportunidade de socialização e não só pelo aspecto da grana e das celebridades. Isso é o que inspira neste tema. Hanna Gouvêa : Observando sua trajetória é possível encontrar trabalhos de porte pequeno, médio e grande. E este trabalho? Seguirá qual linha? Podemos esperar peças pequenas ou peças de tamanho natural?

Glenn Hamilthon: O projeto providenciará um ônibus para os alunos, então daremos preferência para escolas municipais do ensino fundamental mais afastadas do centro. Quanto ao local, havíamos agendado o Centro de Convenções, no ano passado com a Secretaria de Cultura, agora porém estamos aguardando as definições quanto às obras de reforma. E por fim, atendendo as exigências do Ministério da Cultura que determina a doação das Esculturas para Instituições públicas ou Beneficentes, Elas serão doadas para a Prefeitura da Estância de Mairiporã e para o Instituto de Oncologia Pediátrica do GRAACC – Grupo de Apoio à Criança e ao Adolescente Com Cancer. Hanna Gouvêa : Desejamos sucesso e agradecemos sua entrevista.

Teremos esculturas pequenas e também em tamanho natural. Não quero adiantar muitos detalhes para não diminuir o impacto, importante para a comunicação do projeto. Hanna Gouvêa : O projeto foi aprovado pela Lei Rouanet e hoje conta com o patrocínio da Montana Química? Glenn Hamilthon: Sim. O Ministério da Cultura aprovou a capitação de recursos para a realização do projeto. A Lei permite que o valor investido no patrocínio seja deduzido do Imposto de Renda, sendo até 4% do imposto devido para empresas e até 6% para os contribuintes pessoas físicas. Este apoio é fundamental! A Montana Química já está patrocinando grande parte. É uma empresa que já me apoia há anos. Mas ainda temos cotas em aberto. A empresa que nos patrocinar terá seu nome e imagem vinculados a um projeto que gera benefícios socioculturais. Entre em contato conosco pelo e-mail artglenn@live.com ou pelo site www.artglenn.com.br

MARÇO 2013

33


34

MARÇO 2013


Gol de placa Atibaia e região tentam “gol de placa” na Copa de 2014 Se a Copa do Mundo, em 2014, será uma grande oportunidade para o país, como Atibaia e região podem fazer um “gol de placa”, aproveitando esse período e estendendo suas conquistas para depois do evento? Este foi o tema da reunião da agência de desenvolvimento regional Unicidades, em auditório do Centro Empresarial, no começo de março.

São 140 mil hóspedes/dia no Estado de São Paulo e 2.500 meios de hospedagem. Segundo o dirigente, além da Copa de 2014, o país terá pela frente grande encontro do Rotary Club em 2015 (30 mil estrangeiros) e os Jogos Olímpicos de 2016. O país representa para o segmento um grande mercado: 190 milhões de pessoas, 45 milhões de novos consumidores de turismo, 6ª economia no planeta, 2,7 milhões de empregos ligados ao setor turístico. Entre os objetivos da Câmara Temática da Copa 2014, estão: a necessidade de desenvolvimento de todo o Estado de São Paulo como destino turístico; a necessidade da melhoria e ampliação das estruturas turísticas do Estado; e a necessidade da qualificação e da certificação da mão de obra. Depois, Omori discutiu as oportunidades e o legado gerados a partir da realização da Copa como os investimentos feitos para melhor estruturação turística; visibilidade global do Brasil, mas também do Estado de São Paulo, como destino turístico; aumento da demanda de turistas estrangeiros, entre outros. O presidente da ABIH citou o aumento da renda derivado do turismo, principalmente porque este será efetuado por estrangeiros, mas não esquecendo da importante contribuição do próprio turista nacional.

Unicidades no Centro Empresarial

Não basta ir bem na Copa, mas transformá-la em ferramenta e alavanca para profissionalizar ainda mais o setor de turismo. Para isso, a região conta com as ações e a organização da Comissão Temática da Copa 2014, do Conselho Estadual de Turismo de São Paulo, composto pelas secretarias e muitas entidades ligadas ao segmento de hotéis e outros, do Ministério do Turismo e de entidades vinculadas à Fifa. A Unicidades recebeu técnicos e gestores do turismo no Estado e de diversas cidades, como Guarulhos, Taubaté, Nazaré, Itu, Mairiporã, Perdões, Várzea Paulista e Piracaia. Recepcionados pelo presidente Gilberto Pacheco, os representantes declararam seu interesse em compartilhar informações e anunciar atrações para o público externo e dos turistas internos, que visitarão o país durante a Copa. Cada um dos participantes se apresentou aos demais e o dirigente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, Bruno Omori, fez uma breve análise do mercado hoteleiro paulista.

Bruno Omori falou ainda sobre três grandes projetos chancelados pelo Ministério do Esporte: o Sampa no Brasil, que divulga o Estado de São Paulo e seus destinos nas 12 cidades-sede da Copa 2014; o Equilibratur, que divulgará as cidades do Estado de São Paulo nos estabele-

Gilberto Pacheco, presidente da Unicidades e Rogério N. Pereira diretor da Editora Ênfase MARÇO 2013

35


cimentos hoteleiros, por meio da instalação de monitores em suas recepções; e o Guia Copa 2014, que basicamente será uma forma de divulgar serviços públicos e privados. A transmissão da Copa vai divulgar o país e suas atrações para 214 países (especialmente para os 32 participantes), via 376 canais e 43.600 programas de televisão, com audiência final superando os 700 milhões de espectadores. Representantes da imprensa mundial vão circular pelas cidades-sede e também pelo interior, divulgando suas atrações. Calcula-se a presença de 600 mil estrangeiros, com gasto médio avaliado em 350 dólares ou 560 reais e tempo médio de permanência de 10 dias. O total de gastos chegará a R$ 3,36 bilhões. O fluxo interno de brasileiros, com gasto médio de 10 reais/dia, trará mais R$ 16 bilhões. O governo paulista está desenvolvendo quatro projetos básicos para o interior, pensando nos centros de treinamento para seleções. Esse trabalho foi iniciado há três anos. SP receberá de 8 a 12 seleções. E Atibaia está no catálogo que alcançará 200 confederações da Fifa. O turista ficará em média de 3 a 4 dias disponível para roteiros turísticos e a ideia é mostrar tudo que São Paulo tem num raio de 100/200 km da Capital. Para cada cidade, o principal é elaborar seus produtos turísticos, como artesanato e folclore, envolvendo suas populações no objetivo de receber bem o turista da Copa. No evento da Unicidades, Andreia Roque, que é de Atibaia e preside a Associação Paulista de Turismo Rural, afirmou que a Copa pode deixar excelente legado. A região deve aproveitar a ocasião para divulgar seus produtos de origem, como as frutas. “Que não fiquemos apenas na Copa. Devemos encontrar um caminho para o futuro”, comentou. De acordo com levantamento da Secretaria de Estado da Agricultura, duas mil propriedades agrícolas estão no Circuito das Águas.

Assim, com entusiasmo e planejamento, Atibaia e região conseguirão fazer vários “gols de placa” durante e após a Copa.

Unicidades retoma articulação com prefeitos da região A agência de desenvolvimento regional Unidades retomou a articulação com prefeitos da região, em reunião realizada no Centro Empresarial, em 8 de março. O presidente Gilberto Pacheco e a executiva financeira Vanessa Thomaz receberam os prefeitos Saulo Pedroso (Atibaia), Eduardo Massei (prefeito de Perdões), Terezinha Silveira (prefeita de Piracaia), Joaquim Junior (prefeito de Nazaré), José Roberto Zem (prefeito de Morungaba), e representantes dos prefeitos Sebastião Almeida (Guarulhos), Fernão Dias Bragança) e Dr. Márcio Pampuri (Mairiporã). Após a programação voltada à Copa do Mundo, os prefeitos e representantes de Executivos se reuniram para escolher as lideranças do novo Conselho de Prefeitos. Cada prefeito ou representante falou das primeiras impressões e expectativas à frente das administrações. O prefeito de Bom Jesus, Eduardo Henrique Massei, foi eleito presidente do conselho. “Obrigado pelo apoio. Nossa vida é feita de desafios”, disse Massei. Como 1º vice-presidente, foi escolhido o prefeito Fernão Dias; e, como 2º vice-presidente, Saulo Pedroso. Segundo Rolf Sitta, ex-presidente do Unicidades, por volta de 2005/2006, iniciou-se discussão sobre o desenvolvimento das cidades na região, preocupadas com a duplicação da Fernão Dias “A agência é organismo do terceiro setor e congrega as forças vivas da região, sem que sua agenda esteja vinculada ao processo político. Começamos com 12 e hoje são 17 municípios, inclusive de fora do Estado”, acrescentou Sitta. A primeira escolha para o Conselho de Prefeitos ocorreu em 2008. O objetivo do colegiado é proporcionar a troca de informações entre os executivos municipais. “Quando se fala em desenvolvimento, o sentido é macro, é promover ações conjuntas. Presidente, primeiro vice e segundo vice – estipula-se basicamente o relacionamento. Eleição do presidente, a cada quatro anos, em voto secreto”, concluiu Sitta.

Andreia Roque, presidente da Associação Paulista de Turismo Rural

36

MARÇO 2013

Segundo o prefeito Saulo Pedroso, “a prosperidade é o mais importante e é feita pelo desenvolvimento. Se não tiver trabalho, renda, se a região não crescer economicamente, fica difícil. Quero reforçar o compromisso de nossa cidade com a Unicidades”.


Coluna Astral por Aida Pedrosa A coluna vai desmistificar dúvidas relacionadas à astrologia e revelar que seus conceitos funcionam para reflexão, autoconhecimento, harmonia e bem-estar. “Acredito que o benefício principal será compreender, aceitar e respeitar as diferenças, porque somos diferentes, mesmo sendo do mesmo signo”, conta a astróloga. Na primeira edição da coluna “No Astral”, da revista Ênfase, Aida Pedrosa traz o tema “trabalho” e a busca pelo sucesso e realização profissional. “No Astral” mostra as características do signo de Escorpião quando se trata do trabalho. Nossa convidada especial é Simone Cardoso. A escorpiana conta as características do signo que a levaram à transformação dos sonhos profissionais em realidade.

A primeira-dama do município, Simone Cardoso, que é escorpiana, fala sobre sucesso profissional e conta um segredinho para a astróloga Aida Pedrosa.

Principais características de Escorpião no Trabalho - de 23/10 a 21/11 - Para os escorpianos, a inteligência mora na intuição. Ele vê a alma das pessoas. Ela é aguda, penetrante, profunda. Aptos a enxergar além do que a visão comum é capaz, os escorpianos captam o extremo, o disfarce, a máscara. Profundamente sentimentais e sensíveis, porém não revelam o que sentem com facilidade. No trabalho, buscam transformar esta intensidade em algo que possa ser útil às suas vidas e a do máximo de pessoas possíveis. São dedicados ao trabalho e cheios de garra e energia para enfrentarem novos desafios, tanto 38

MARÇO 2013

que seu entusiasmo e força podem causar inveja a muitos. Missão: mostar aos outros que é possível utilizar cada obstáculo como um degrau para o sucesso. Escorpião em todos nós: a energia escorpiana se manifesta nos momentos em que experimentamos a sensação de morte e renascimento. Depois de descer às escuras profundezas do sofrimento, da tristeza e do desânimo, emergimos para a luz, curados, renascidos e mais fortes. Combinações: BOM com: Capricórnio, Peixes, Touro, Câncer e Virgem. TENSO com: Sagitário, Aquário, Áries, Gêmeos, Leão e Libra.


Simone Cardoso: “Sucesso é fazer um trabalho que eu goste e do qual me orgulhe’”. Escorpiana típica, nascida em 12 de novembro, a primeira-dama de Atibaia Simone Cardoso fala sobre suas características em relação ao trabalho na coluna “No Astral”. “Sou muito dedicada ao meu trabalho. Gosto de seguir a minha intuição e de me entregar de corpo e alma em tudo que me proponho a executar”, diz a mãe e empresária que estuda Administração na faculdade à distância Unip, e completa falando sobre sucesso: “Pra mim, o sucesso profissional é estar fazendo um trabalho que eu goste e que eu me orgulhe”. E mais: “Sou uma pessoa simples e aprendi que, para conquistar o sucesso, são importantes o respeito, o amor, a dedicação e o sacrificio. Esse é o caminho que me leva ao sucesso”. Leia mais detalhes do depoimento: “Desde pequena, trabalho com minha família. Sempre estive envolvida com o comércio. Depois de casada não foi diferente. A minha grande paixão é lidar com pessoas. Eu valorizo a essência do ser humano e gosto de coisas simples como um abraço, um bom dia. Como chefe, gosto do trabalho em equipe e sei cobrar quando é preciso. Sempre digo que estamos juntos por um propósito comum, então, cada um tem que fazer a sua parte. No trabalho, eu gosto de sinceridade, de verdade, do bom andamento dos trabalhos em um ambiente de cooperação. Detesto que me escondam as coisas, e de ambientes carregados de emoções negativas. Eu me orgulho de ser assim. Essa experiência no contato com pessoas vai me ajudar muito nesse momento em que estou no papel de primeira-dama do município, porque vou atuar no Fundo Social, fazendo contatos e angariando fundos. Já tracei a primeira estratégia que será montar uma “fanpage” no Facebook para organizar um cadastro de voluntários e divulgar as ações realizadas”. Ainda sobre a carreira, Simone Cardoso faz uma revelação bombástica: ela não gosta da palavra “poder”, e diz que prefere a palavra liderança, que se conquista com respeito, amor, dedicação e sacrifício. Diz também que duas coisas lhe deixam feliz na área profissional: “fazer o que gosta e novos desafios”, e conta um segredinho para as horas difíceis: reza pedindo ajuda. “Desde pequena sou devota de Nossa Senhora Aparecida, e nas horas difíceis acendo uma velinha e rezo pedindo força, orientação, sabedoria e proteção; sempre dá certo”, conta.

Dica de Astrologia: siga a sua intuição A astróloga Aida Pedrosa dá dicas de astrologia que servem para todos os signos do zodíaco. O mês março será influenciado por duas forças poderosas: pelas exigências de Saturno em Escorpião e pela volta do movimento

direto de Júpiter no signo de Gêmeos, que coloca em movimento tudo o que ficou parado nos últimos meses. Com a percepção em alta é hora de dar ouvidos à sua intuição. Faça um balanço de suas atividades. “Todas as coisas que não estiverem correspondendo às suas expectativas devem ser descartadas”, sugere a astróloga. É uma boa fase para se criar coragem e se livrar de situações incômodas. Aida diz também que o momento é propício para conversar, esclarecer dúvidas e desfazer mal-entendidos.

Aida Pedrosa é jornalista, analista em comércio exterior e astróloga. Carioca, 56 anos, guardiã de três filhos, nem de longe usa bola de cristal. Começou a estudar astrologia em 1974, motivada por construir um mundo melhor a partir do autoconhecimento. É associada ABA e CNA. Com trabalhos publicados nas Editoras: Abril (revistas Capricho, Bons Fluídos), Escala (revistas Atrevida, Meu Pet) e Mythos (revista esotérica Sexto Sentido), também participou de programas na TV Bandeirantes, Globo e Gazeta. Na Rede TV/SP, atuou como produtora e astróloga do programa de Clodovil Hernandes o qual tornou-se seu amigo. Foi incentivada por Clodovil a iniciar o trabalho de planejamento estratégico para políticos tendo como planilha o universo cósmico. Como radialista trabalhou na Rádio Globo e apresentou na Rádio Atibaia AM o programa “Atibaia Mistica” por seis anos. Desenvolveu uma linguagem própria destinada á confecção dos clássicos horóscopos publicados nos jornais: “Estadão”, “O Atibaiense” e “Correio de Atibaia”. Também foi pioneira ao lançar os Rituais da Lua Cheia e o conceito de SPA da Alma em Atibaia. Em novembro de 2012, esteve em Londres/ Inglaterra para reciclar seus conhecimentos e fazer atendimentos. Atualmente após 39 anos de experiência mantém atendimento em Atibaia, Campinas e em São Paulo. É parceria da DGCIndoor TV e do site: Atibaiatem.com.br. Administra aulas e palestras astrológicas, florais e oráculos. * Ouse se conhecer mais!* 11 9.7198-5250(vivo); 11 9.5829-4767 (tim) aidapedrosa.almeida@gmail.com

aidapedrosa.almeida

@Aida_Pedrosa

MARÇO 2013

39


MODA

Arthur Costa veste: Loja Teixeira Luana veste: Lojas Milene Amanda veste: Lojas Milene Biojóias: Buriti Nativo

40

MARÇO 2013


Amanda e Luana vestem: Liz Bolsas e sandálias: Liz Biojóias: Buriti Nativo MARÇO 2013

41


Luana veste: We Up Ar

Amanda veste: We Up Ar

42

MARÇO 2013

Amanda veste: Lojas Milene


Amanda e Luana vestem: Habitum Arthur Costa veste: Habitum Ă“culos: Ă“ticas Look


Luana veste: Habitum Arthur Costa veste: Habitum

Buriti Nativo - fone: 11 3402-3424 Al. Lucas Nogueira Garcêz, 3372 - lj. 11

Loja Milene - fone: 11 4412-5280 Rua José Alvim, 452

We Up Ar - fone: 11 4412-5929 Rua Thomé Franco, 324

Habitum - fone: 11 2427-6860 Rua José Alvim, 127

Loja Teixeira - fone: 11 4411-0835 Rua José Pires, 220

Alê Marques Fotografia fone: 11 9.7327-6645

Liz Roupas - fone: 11 4402-1777 Al. Lucas Nogueira Garcêz, 2095

Óticas Look - fone: 11 4412-9060 Rua José Bim, 605

Agradecimento: Flávia Ralston

44

MARÇO 2013


Jaqueta Pakalolo R$ 59,90 Colete Pakalolo R$ 49,90

Blusa de lã R$ 39,90

Calça social a partir de R$ 49,90 Calça K2B R$ 89,90 Jaqueta de couro 3 x R$ 49,90

Rua José Alvim, 452 - Centro fone: 11 4412.5280 preços válidos enquanto durarem os estoques


Óculos de sol Ray Ban

Carolina Herrera

Óculos solar Look

46

MARÇO 2013


Apometria Quântica aciona ferramentas contra bloqueio negativo por Tânia Ferraz Sabemos que grande parte das doenças físicas e emocionais são decorrentes de uma série de experiências, nem sempre positivas que enfrentamos durante a nossa vida .O nosso corpo, como a nossa alma, sofre com as energias negativas que nos bombardeiam, deixando-nos fragilizados em todos os sentidos. Enfrentamos dificuldades financeiras, afetivas, que nos afastam definitivamente da nossa energia vital. Por fim, ficamos doentes. A Apometria Quântica é usada em diversas situações em atendimento, permitindo profundo alinhamento e atingindo os aspectos multidimensionais de um ser. As técnicas da Apometria Quântica “acionam” uma série de ferramentas capazes de remover qualquer bloqueio negativo (caso seja permitido) no campo de consciência do paciente, transmutando toda a energia negativa envolvida no processo. A Apometria Quântica atua na cura dos corpos físico, etérico, astral e mental. Não faz parte de nenhum dogma ou religião, embora utilizemos conceitos espiritualistas fundamentados numa grande Fraternidade Universal de Luz. Quando a doença atinge o corpo físico é porque estamos contaminados de alguma forma (acontecimentos como perdas, medo, ódio, inveja, raiva, pragas e muito mais). Isso tudo gera dores. Costumo dizer que a dor de cabeça tem nome (não estou me sentindo compreendida de alguma forma), dor no peito (acúmulo de mágoas ou ressentimentos). Esquecemos muitas vezes de quem somos e nos transformamos em verdadeiros escravos dos nossos desejos, que na maioria das vezes não são nem nossos. Não é errado querer melhora financeira, lutar pelos próprios objetivos, mas não a ponto de esquecer os valores e os bons costumes. 48

MARÇO 2013

O nosso pensamento é uma ferramenta que pode ser a nossa salvação total ou não. Somos o que acreditamos ser, embora durante a nossa vida muitos acontecimentos ocorram que afastam da nossa verdadeira do nosso “Eu sou”.

nos identidade,

Através da Apometria Quântica, podemos limpar áreas que estão bloqueadas, efetuando o alinhamento dos chakras, portais energéticos que nos comunicam com outras realidades existenciais, atreladas às relações psíquicas emocionais, durante a nossa vida terrena, captando as lições kármicas. Os chakras contribuem para o equilíbrio e a harmonia do corpo físico. O mau funcionamento pode criar desde uma mudança no humor como o mau funcionamento da saúde. Cada corpo está ligado a um chakra. Chakra mental - estão atrelados aqui os centros nervosos e as glândulas endócrinas maiores (glândula pineal, pituitária, tiroide, timo,adrenal, ovários (feminino) e testículos (masculino). No corpo astral, emocional e etérico existem 7 chakras maiores que se posicionam:


fazendo com que a pessoa passe a refletir sobre sua vida. Quando vibramos raiva, estamos abrindo o nosso campo e facilitando a entrada de energias altamente negativas, gerando processos de obsessão. Existem vários tipos de obsessão: Pseudo-obsessão - é muito comum tanto em pessoas encarnadas como desencarnadas (manipulação, posse, personalidade egoística; exemplo, “Se você me deixar eu me mato”.

Chakra básico - elemento terra, que atua até 7 ou 11 anos. Chakra esplênico - situado abaixo do umbigo mento água (que constitui grande parte do nosso nismo como também do nosso planeta). Atua entre e 22 anos, estando relacionado às lições kármicas etapa.

, eleorgaos 11 dessa

Chakra plexo solar- está ligado ao sistema digestivo, a sede dos medos e angústia. Elemento fogo. Atua dos 22 anos até os 33 anos. Quadros de magias estão relacionados a este chakra (elementais negativos) . Chakra cardíaco - localizado no centro do peito,sendo a sede do equilíbrio corporal. O elemento é o ar. Quando em harmonia, vive-se bem com o mundo interior e exterior. Todos os problemas afetivos estão relacionados com este chakra – perdas, mortes. Atua entre os 33 e os 44 anos. Chakra laríngeo - localizado na garganta. Muitos dos ensinamentos são revelados por este chakra. Seu elemento é o éter (veículo do som onde as palavras são filtradas, dando relevo às nossas emoções). É muito importante, porque os pensamentos são plasmados pela mente e pelo verbo. Chakra frontal – situado entre as sobrancelhas (terceira visão). Atua entre os 56 até 67 anos (consciência cósmica e os conceitos do divino). Chakra coronário – localizado no alto do crânio, estando ligado à iluminação. Atua dos 68 anos em diante,

Encarnação passada – Uma pessoa encarnada faz ressonância com alguma situação vivida no passado .Se for uma vivência feliz, a pessoa passa por um processo de alegria. Quando negativa, sente angústia, medo, tristeza e temor. Forma pensamento - criada pelo próprio individuo. Em geral, essas formas de pensamentos adquirem pesadas cargas por abrirem brechas para energias que baixam mais ainda o padrão vibracional da pessoa. Magia negra – lidar com magia e com elementais e criar formas e pensamentos. Existe a dualidade positivo e negativo – força da luz e forças das trevas. Se vítima de magia negra, a vida desanda e quebra a tela búdica de proteção.

Efeitos da obsessão: Psicológico - a pessoa começa a ter perda de memória, irritabilidade, agressividade, dificuldade de raciocínio, vícios, descontrole, depressão. Psicopatológico - obsessor tem o controle total da vitima. Alguns efeitos são psicose maníaco-depressiva, depressão aguda, esquizofrenia. Orgânicos – são as doenças, muitas vezes até desconhecidas. O tratamento apométrico permite de forma visível a mudança na fisionomia da pessoa como no seu comportamento. Aumenta a energia vibracional do paciente, o amor próprio, a aceitação, a libertação, o amor pelo semelhante, a dissociação de padrões que não fazem mais sentido.

MARÇO 2013

49


Você melhora quando se permite a transformação interna, ou seja, o seu despertar. Permite a limpeza dos planos de consciência. Plano mental - força do pensamento. O homem é fruto do que pensa. Plano físico - ações e atitudes interferem em nossos objetivos. Plano emocional – a fé que temos em nós mesmos e no que acreditamos. Plano intuitivo – pressentimentos. O terapeuta apométrico é um canal que permite a canalização das hierarquias de luz, que orientam os trabalhos de cura e o restabelecimento da excelência do paciente. A espiritualidade é a pureza no sentir, pensar e agir. A cura existe no interior de cada pessoa e só acontece quando sintonizamos com nossa própria divindade. A nossa Chama Trina é um portal que nos permite a conexão com o nosso Eu Interior e a Fonte Que tudo é. Recebemos as 3 Chamas: Chama Azul, o poder da fé e da Vontade Divina, a Energia Crística. O verdadeiro propósito dessa energia é o amor. A Chama Dourada manifesta a sabedoria cósmica do equilíbrio, com os mestres da Fraternidade Branca da Terra. E a Chama Rosa irradia Amor Universal, a partir da Ordem das Marias, das grandes mestras, da energia feminina. O nosso atendimento inclui diálogo com o paciente, sempre antes de cada atendimento (dúvidas ou mesmo as dificuldades que estão ocorrendo); respeito pela pessoa. Sintonizando a frequência mental com a do paciente, abrindo todos os corpos, faixas e dimensões, fazemos uma varredura do presente, passado e futuro do paciente; encaminhamento de energias intrusas, limpeza dos chakras; despolarização da memória (trauma, vida passada, pragas); desdobramento; fazemos os cortes necessários à limpeza do sangue, sistema linfático e limpeza do campo energético; limpeza do trabalho da casa. Recomendamos que o paciente também faça a limpeza física e energética. Recomendação mínima é de 5 a 10 sessões, dependendo do caso.

Tânia Ferraz telefones para contatos: (011) 44125651 (011) 999395192.

50

MARÇO 2013

“Conheci a Tânia por intermédio de uma amiga que a assistiu em entrevista no programa da Kátia Fonseca (Programa Mulheres na TV Gazeta). Comecei a fazer o tratamento com a Tânia e adorei. Estava muito desanimada e com muita dor no braço (sendo dentista estava muito chateada, pensando que não iria conseguir mais trabalhar). Comecei a fazer o tratamento com a Tânia e já na primeira sessão melhorei muito. Nunca mais aquela dor no braço voltou. Minha vida melhorou, voltei a sorrir e estou muito bem com o meu serviço e, principalmente, com a minha família. Indico a todos esse tratamento. Maria Helena Ciffarelli Mariano cirurgiã-dentista


MARÇO 2013

51


Natação Melhor exercício para qualquer idade No passado, nossos ancestrais mantinham um estilo de vida extremamente ativo, a fim de buscar a sobrevivência. Para se alimentar, necessitavam da caça de animais muitas vezes maiores e mais fortes. Para se aquecer, precisavam extrair a madeira para fogueira. O dia a dia era repleto de exercícios, até então involuntários, ou não programados. Hoje, os avanços tecnológicos facilitam cada vez mais a vida do homem, que aos poucos vem perdendo sua característica inicial, de espécie ativa e rica em movimentos necessários para a sobrevivência. O trabalho manual e pesado vem sendo substituído pelo simples apertar de um botão. Se, por um lado, a tecnologia e a industrialização facilitam nossas vidas e contribuem para o progresso social e econômico da civilização, por outro nos colocam à mercê de uma série de fatores de risco relacionados ao estado de saúde. E assim, induzidos por hábitos decorrentes da vida moderna, nos deparamos com males como o sedentarismo e a obesidade, considerados as principais doenças do milênio, além de diversos problemas articulares, ósseos e musculares. Grandes aliadas no tratamento desses problemas, as atividades aquáticas, como a natação e a hidroginástica, proporcionam um gasto energético elevado, fortalecem a musculatura, reduzem o estresse articular e facilitam a liberação de calor. “Atividades de alta qualidade e baixo impacto, a natação e a hidroginástica trazem inúmeros benefícios a seus praticantes. Os exercícios são agradáveis, seguros, estimulantes e eficazes”, afirmou Lilian Perrenoud, especialista em fisiologia do esporte e coordenadora de esportes aquáticos do Externato São José. Segundo a especialista, a natação é uma atividade completa que pode ser praticada por pessoas de todas as idades. Com ela, são movimentados todos os grupos musculares. Além disso, incentiva a respiração ritmada. Apresenta grande aumento do conhecimento corporal, desenvolve resistência e beneficia o condicionamento físico. A natação ajuda ainda na correção da postura e na coordenação motora. Já a hidroginástica pode ser uma ótima alternativa para quem quer queimar calorias. Engana-se quem pensa que essa atividade é voltada apenas para a melhor idade: “Geralmente é praticada em grupo, numa aula animada, com música agitada e com professores que irão adaptar os exercícios às suas necessidades, sem que você pare um só instante! Vale a pena experimentar”, finalizou Lilian.

52

MARÇO 2013


PSICOLOGIA CLÍNICA

O que é Psicoterapia Cognitivo-Comportamental? Cada vez mais ouvimos falar da psicoterapia Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC). Mas o que é esta abordagem terapêutica? Por que muitas vezes alguns médicos encaminham o paciente para esse tipo de terapia com a ressalva de que “só serve se for essa?” Por que ela é diferente das outras?

“a pessoa está tão tomada pelo problema que sofre várias alterações no seu dia a dia, necessitando uma intervenção mais rápida e ativa para retornar ao seu equilíbrio anterior” Dentro do campo da Psicologia Clínica, existem muitas teorias que são utilizadas pelos psicólogos como ferramentas para entender o funcionamento do comportamento humano. Já ouvimos falar em algumas, tais como a psicanálise, gestalt-terapia,existencial-humanista, etc. A psicoterapia cognitivo-comportamental é uma dessas abordagens psicológicas, sendo a mais moderna e a que vem mostrando grande eficácia no tratamento de diversos transtornos psicológicos. A psicoterapia cognitivo-comportamental é uma forma de terapia objetiva, calcada em pesquisas científicas, que procura tratar os sintomas de maneira direta e eficaz, com ênfase no presente.

Isto não quer dizer que não sejam tratados aspectos emocionais passados, mas sim que, inicialmente, o foco da terapia é o que mais aflige o paciente, e em grande parte esses problemas são pensamentos, sentimentos e comportamentos que estejam ocorrendo no dia a dia da pessoa. Em muitos casos (como depressão, transtorno do pânico, transtorno obsessivo-compulsivo, entre outros) a pessoa está tão tomada pelo problema que sofre várias alterações no seu cotidiano, necessitando uma intervenção mais rápida e ativa para retornar ao seu equilíbrio anterior. O terapeuta cognitivo-comportamental trabalha em conjunto com o paciente, aplicando e ensinando uma série de técnicas para que a pessoa possa sentir-se melhor, ao mesmo tempo em que adquire autoconhecimento. Os psicólogos cognitivo-comportamentais realizam periodicamente estudos científicos para comprovar a eficácia de suas ações. Devido ao índice de sucesso desses estudos e, principalmente, da melhora de muitas pessoas com o tratamento, é cada vez maior o número de profissionais de saúde que indicam pessoas para esta abordagem. Os médicos cada vez mais reconhecem a importância da TCC e indicam seus pacientes para este tipo de tratamento. Existem, inclusive, vários relatos de pessoas que já fizeram outras formas de psicoterapia, mas que, somente com a TCC, conseguiram sucesso em relação às suas dificuldades.

Psicologia Clínica Rua Zeferino Alves do Amaral, 545 - Centro - Atibaia - SP. Fone: 11 4413.6252 / 9.9965-7742 Heloisa Beazim Psicologia Clínica Cognitivo Comportamental Avaliação Neuropsicológica CRP 06 54504-4 MARÇO 2013

53


54

MARÇO 2013


PILATES EMAGRECE? Pilates e Emagrecimento Nos últimos 50 anos, a prevalência do sobrepeso e obesidade tem aumentado assustadoramente na população ocidental, causando extrema preocupação por parte da comunidade cientifica relacionada à saúde e qualidade de vida. Apesar de fatores genéticos, a obesidade costuma acelerar o aparecimento de doenças como cardiopatias, hipertensão e diabetes. Também sobrecarga sobre as articulações. Diminuir a ingestão calórica e aumentar o gasto calórico são fatores eficientes e seguros de emagrecer e permanecer magro, lembrando que mais difícil do que emagrecer é manter-se magro. Um componente fundamental do processo de emagrecimento é a prática regular de exercício físico. Atualmente acredita-se que o emagrecimento se dá pelo gasto calórico total da atividade praticada. Partindo desse princípio, qualquer atividade física contribui para um maior gasto calórico. No entanto, no início, preconizavam-se atividades de maior intensidade, para contribuir no programa de emagrecimento, por exemplo, a corrida. Mas vale lembrar que a corrida principalmente para indivíduos com sobrepeso, pode sobrecarregar as articulações e outros tecidos, expondo o indivíduo a um alto risco de lesão. A partir daí, começa a destacar exercícios com pesos para fortalecer os músculos esqueléticos, exercícios que fortalecem o core, exercícios de consciência corporal, exercícios que ajudam a manter uma boa postura e exercícios aeróbicos, assim diminuindo o risco de lesões por impacto. O exercício físico aumenta o gasto calórico e permite que a dieta adotada não seja extremamente hipocalórica, proporcionando qualidade de vida e mantendo a funcionalidade do individuo. É importante que o tratamento da obesidade seja multidisciplinar, ou seja, acompanhado por educador físico para prescrição do exercício; nutricionista para prescrição da dieta; médico para controle de possíveis complicações; psicólogos para acompanhamento psicológico e fisioterapeuta para tratamento de lesões que venham a ocorrer.

Veja como a prática do Pilates ajuda: • Na queima de calorias, mas a quantidade depende da intensidade da aula, frequência na semana e hábitos alimentares. • Criando massa muscular magra, aumentando o seu potencial de queima calórica; • Tonificando e modelando o seu corpo; • Promovendo uma bonita postura, • Trabalhando a respiração profunda e eficiente, o que é essencial para a queima de calorias e a regeneração de tecidos; • Melhorando a autoestima e aumento da consciência para o estilo de vida, ambos associados com a perda de peso.

MARÇO 2013

55


Cuidados Paliativos

Dra. Adriana Roncoletta

O tratamento em Cuidados Paliativos deve reunir as habilidades de uma equipe multiprofissional para ajudar o paciente a adaptar-se às mudanças de vida.

Palestra sobre Cuidados Paliativos foi ministrada pela dra. Adriana Roncoletta, no final de janeiro, no auditório do Hospital Novo Atibaia, com o objetivo de divulgar a consciência entre profissionais de saúde sobre a importância desse recurso. A ANCP - Academia Nacional de Cuidados Paliativos explica que cuidados paliativos funcionam como “alívio do sofrimento, a compaixão pelo doente e seus familiares, o controle impecável dos sintomas e da dor, a busca pela autonomia e pela manutenção de uma vida ativa enquanto ela durar”. Os Cuidados Paliativos foram definidos pela Organização Mundial de Saúde em 2002 como abordagem ou tratamento que melhora a qualidade de vida de pacientes e familiares diante de doenças que ameacem a continuidade da vida. Para tanto, é necessário avaliar e controlar de forma impecável não somente a dor, mas todos os sintomas de natureza física, social, emocional e espiritual.

EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

O tratamento em Cuidados Paliativos deve reunir as

56

MARÇO 2013

habilidades de uma equipe multiprofissional para ajudar o paciente a adaptar-se às mudanças de vida impostas pela doença e promover a reflexão necessária para o enfrentamento dessa condição de ameaça à vida, tanto para pacientes quanto para familiares. Para o trabalho ser realizado, é necessária uma equipe mínima, composta por médico, enfermeira, psicóloga, assistente social e pelo menos um profissional da área da reabilitação (a ser definido conforme a necessidade do paciente), todos devidamente treinados na filosofia e prática da paliação.

MODELO DE INTERVENÇÃO

A Organização Mundial de Saúde desenhou modelo de intervenção em Cuidados Paliativos em que as ações paliativas têm início já no momento do diagnóstico e o cuidado paliativo se desenvolve de forma conjunta com as terapêuticas capazes de modificar o curso da doença. A paliação ganha expressão e importância para o doente à medida que o tratamento modificador da doença (em busca da cura) perde sua efetividade. Na fase final da vida, os Cuidados Paliativos são imperiosos e continuam no período do luto, de forma individualizada. As ações incluem medidas terapêuticas para o controle dos sintomas físicos, intervenções psicoterapêuticas e apoio espiritual ao paciente, do diagnóstico ao óbito. Para os familiares, as ações se dividem entre apoio social e espiritual e intervenções psicoterapêuticas do diagnóstico ao período do luto. Um programa adequado inclui ainda medidas de sustentação espiritual e de psicoterapia para os profissionais da equipe, além de educação continuada. A condição ideal para o desenvolvimento de atendimento satisfatório deve compreender uma rede de ações, composta por consultas ambulatoriais, assistência domiciliar e internação em unidade de média complexidade, destinada ao controle de ocorrências clínicas e aos cuidados de final de vida.


Imagine seu filho estudando numa escola com... PROGRAMA INOVADOR DE CIÊNCIA apaixonado pela ciência envolvido e motivado com as atividades escolares desenvolvendo uma atitude investigativa perante o mundo interessado por temas atuais construindo uma perspectiva de sucesso para o futuro consolidando uma formação ampla e consistente Tudo isso e muito mais no programa CTC (Ciência e Tecnologia com Criatividade) desenvolvido pela EIPG

ENSINO BILÍNGUE a partir dos 2 anos de idade Estudos científicos e a experiência da Escola Internacional Preparando Gerações - EIPG, comprovam que quem aprende e se desenvolve numa segunda língua na infância, tem maior probabilidade de obter a pronúncia sem os sotaques característicos dos que aprendem outras línguas na adolescência e idade adulta.

INTERCÂMBIO INTERNACIONAL Como parte do programa de preparação e vivência internacional que a EIPG desenvolve os alunos tem a oportunidade de experimentar uma nova cultura, aperfeiçoar a língua inglesa e conhecer o ensino no exterior. O sucesso dos alunos formandos do Ensino Médio, que hoje estudam no exterior, está diretamente relacionado com os programas de intercâmbio da Escola Internacional nos últimos sete anos. Em 2013, a escola promove a participação de alunos em STEP (Short Term Exhange Program) e LTEP (Long Term Exchange Program) com escolas parceiras nos EUA.

MARÇO 2013

57


Fabiana Costa conta sua “vida com propósito”

Ênfase conversa Ela é uma pessoa simples, que gosta de trabalhar, conversar com amigos e atender clientes. E não tem tempo ruim. “Minha vida é uma loucura”, afirmou Fabiana Costa, diretora das Lojas Global Magazine, no início da conversa com a revista Ênfase. A escolha de seu nome foi exatamente pela simplicidade e por Fabiana representar as empreendedoras de Atibaia. Afinal de contas, março é o mês da Mulher. Na loja da São João, a conversa foi ao lado de Rosângela, mais que uma gerente, o “braço direito” de nossa entrevistada. Muito cedo, já aos 14 anos, Fabiana deu os primeiros passos no mundo do trabalho e projetos sociais. Ela começou com dona Irene Janussi Franco, esposa do ex-prefeito Cido Franco e que presidia a ASA (Assistência Social de Atibaia). Na época, era estudante e voluntária. Ao participar de um congresso, descobriu-se na condição da mais jovem voluntária. Para Fabiana, a parte social é doação, é fazer o que pode para diminuir a dor e o sofrimento. 60

MARÇO 2013

Lado de professora O lado de professora também chegou logo. Enquanto estudava no Externato, dava aulas particulares, de Inglês e Matemática, na edícula de sua casa, das 16h às 20h. Muitos daqueles alunos são hoje seus clientes na Global, empresa que foi aberta em 1993, em pequeno espaço já na avenida São João e hoje tem mais de 1.500 m2. Fez Magistério em Campinas, onde morava sozinha aos 16 anos. Cursou Geografia e se especializou em educação. Depois de formada, deu aulas em várias escolas campineiras. “Lembro que, neste tempo, eu tinha um lado político forte. Geografia é a arte de fazer a guerra, hoje de fazer a paz. Naquele período, conheci Lula, conheci Jacó Bittar. Fui militante, queria mudar o mundo. Hoje, tenho uma relação diferente com a politica”. Depois de oito anos em Campinas, já namorando Rinaldo, com quem está casada há 20 anos (ele foi bancário e migrou para a área comercial), Fabiana voltou para


Atibaia e foi trabalhar em escolas como Externato, Terra Brasil, Aguiar, entre outras, dando aulas de Geografia e sendo coordenadora. Quando pensou em montar um negócio próprio, imaginou algo como suporte para a área de educação. “Que tal uma papelaria? Minha avó tinha um salão na avenida São João e foi aqui que abrimos há 19 anos, ainda tímidos, contando com a família – tia, mãe, pai. Meu avô foi Thomaz Costa, ex-vereador, presidente do São João Tênis Clube e do Recreativo. Ele veio de Portugal e era contador. Tinha vocação para empreendedor e lutou muito, mesmo tendo um problema de coluna, decorrente de acidente”.

Fabiana se envolve diretamente na formação do funcionário e no atendimento ao cliente. Tem reuniões semanais, faz palestras motivacionais, incentiva seu colaborador a estudar, a fazer faculdade. Seu modelo de gestão é dinâmico e baseado em objetivos, administrativos e financeiros, em controles, em procedimentos. É pé no chão, crescendo devagar. Loja em shopping, por exemplo, só em 2014.

União com valores humanos “A sociedade não tem mais sonho. Precisamos de valores, como honestidade e determinação. Por isso, gosto de unir a parte real/legal com os valores humanos, algo que geralmente as empresas não fazem. Minha formação é cristã. Deus, Jesus, permanecem na minha vida. A resposta vem de um lugar infalível. Respeitar o próximo, tentar compreender os problemas e ajudar as pessoas, e trabalhar muito”, explica Fabiana.

Globalização, um pouco de tudo Além da papelaria, que ela chamou de Global pela intenção generalista, globalizadora, de ter um pouco de tudo, incluindo os segmentos de presentes e decoração, Fabiana pensou em outra paixão, que cultivava desde criança – os brinquedos, hoje um dos itens importantes da Global. Quando menina, ganhava bonecas lançadas no exterior. Em sua casa, havia uma sala de brinquedos de última geração. Recebia brinquedo toda semana. “Brinquedo não é só para o Natal ou em festas de aniversário. Isso não estraga a criança. Tanto que não fiquei pior por causa disso”. O que disse sobre brinquedo vale também para livros infantis e educativos. Ao vivenciar os personagens, como os super-heróis, as crianças aprendem e muito – e a mesma regra vale para os funcionários da Global, que precisam vivenciar os heróis para que possam receber os clientes infantes com encanto e fantasia. “É uma tática de vendas, mas também é respeito pela criança e seu mundo. Treinamos nossa equipe para entender isso. A família participa dessa festa dentro da loja. Ir à Global é um passeio para as crianças”.

Por isso, ela leva uma vida sem luxo, do seu jeito familiar. Tem duas filhas e adotou um menino que hoje, casado, tem 28 anos. Fabiana costuma dar apoio a eventos culturais da cidade e a iniciativas que ajudem a estruturar vítimas da depressão e do vício em drogas. Além disso, tem um grupo cristão de estudos bíblicos, que se reúne em sua casa às sextas-feiras – começou com cinco pessoas e hoje conta com 50. A diretora da Global também adora leitura e cita “Uma vida com propósitos”, de Rick Warren. Só problemas de saúde na família e a perda do pai, Fábio Costa, em fevereiro deste ano, a fizeram suspender, temporariamente, os livros. A morte do pai a fez tomar um tempo para si mas não abateu sua disposição. Ao fim da conversa, que não teve fim e deve motivar muitas outras, a braço-direito Rosângela propôs tom salmista: “Agrada-te do Senhor e Ele satisfará os desejos do seu coração”. Amém!

MARÇO 2013

61


Orgulho de ser mulher O Lions Clube Atibaia Distrito LC-5 promoveu no domingo 10 de março um dia especial para as mulheres da região de Caetetuba, mais precisamente na escola Walter Engracia de Oliveira. O evento – Orgulho de ser mulher - foi organizado pela presidenta da entidade, Lilian Correa Araújo Veiga, que contou com a presença de diversos profissionais da área de estética e beleza e com vários leoninos. O objetivo desta homenagem foi proporcionar às mulheres um dia especial em que pudessem reservar um tempo para cuidados pessoais.

Dia Internacional da Mulher O Rotary Club de Atibaia comemorou o Dia Internacional da Mulher, homenageando as senhoras da Casa da Amizade de Atibaia e festejando o aniversário de 36 anos do clube. Desde 1976 trabalhando para levar um pouco de conforto aos menos favorecidos, aprimorando a cada ano maneiras de servir ao próximo. União, sabedoria, aprendizado e paz através do servir. No mesmo evento, dois companheiros receberam Títulos Paul Harris: Vinicius Ferreira Silva, da Rev Arquitetura, e o Casimiro Bonaldo Neto, da Guardian. O Título Paul Harris é uma distinção concedida pela Fundação Rotária aos rotarianos de todo o mundo e às personalidades que se destacam na prestação de serviços à sociedade e é a maior honraria do Rotary. Flavio Fernando Braz Presidente da Paz 2012/2013 Próxima Deliciosa Feijoada do Rotary será em 27 de Abril, os convites também serão vendidos na sede.

Cada momento conta! O tempo é uma “moeda” de inestimável valor. Quando a gastamos, ela nunca mais volta às nossas mãos. O tempo passa e somente podemos aproveitar o que está adiante de nós e não o que ficou para trás. Por isso, valorizem cada dia, cada experiência, cada pessoa ao seu redor, cada minuto de seu dia, cada refeição, cada momento em família, pois eles são todos únicos. Vale uma reflexão nesse dia sobre a generosidade. Ser generoso é superar as expectativas das pessoas naquilo que você faz por elas. É ir além do esperado. É surpreender as pessoas com sua atenção, sensibilidade, ajuda, compartilhando daquilo que você tem nas mãos. Nós somente encontramos alegria real e duradoura quando nos interessamos por Deus e pelas pessoas que Ele ama. Quando centramos a atenção em nós mesmos, o prazer é momentâneo e fugaz. Mas quando nos interessamos pelos outros, colhemos o fruto daquilo que plantamos. Comprometa-se em viver com generosidade e invista na vida de seus pais, filhos, cônjuge, irmãos, familiares, amigos, companheiros de trabalho e faça cada momento contar! Priscila Gatz Simões Diretora Executiva Escola Internacional Preparando Gerações

62

MARÇO 2013


MARÇO 2013

63


Prefeito explica posição da Cultura em seu governo por Hanna Gouvêa Como alguns já sabem, antes de formar-me jornalista (MTB 56.918/SP) formei-me professora primária, atriz e diretora artística no Rio de Janeiro (DRT 21.949/RJ). Trabalhei, trabalhei e muito na área cultural. Atualmente, sou membro do Conselho Municipal de Cultura e atuo como produtora local. Estou jornalista, mas a qualquer momento posso estar atriz ou diretora artística. A arte está na veia Acho que é por isso que defendo com unhas e dentes as manifestações culturais, a arte-educação, as produções artísticas, os projetos socioculturais, a criação de espaços, os agentes culturais, as leis de incentivo, a diversidade artística! Sendo assim, convidei o prefeito Saulo Pedroso para um breve bate-papo com o intuito de esclarecer algumas questões neste setor. A classe artística fala mesmo! Planeja e executa! Não está satisfeita, reivindica. Não desiste nunca. Atualmente, esta classe está sofrendo com tantas informações desencontradas em relação ao destino cultural de nossa cidade. Com vocês, o nosso prefeito. O que ele tem a nos dizer? Esta entrevista foi publicada na edição do dia 2 de fevereiro de 2013 pela coluna Cotidiana, no Jornal da Cidade, e agora a divido com vocês, leitores da Revista Ênfase. Hanna Gouvêa – Não foi nomeado secretário para a pasta de Cultura e Eventos, o que gerou revolta e decepção na população. Neste momento político Jaime Santos está respondendo pela Secretária de Cultura e Eventos e de Turismo. Por que foi tomada a decisão de unir duas secretarias? Saulo - Em primeiro lugar, é importante ressaltar que a nomeação do secretário de Turismo, Jaime Santos, também para a Pasta de Cultura, foi uma medida provisória, que faz parte de uma postura de cautela desta administração municipal neste momento de início de governo. Esse é um período de reavaliação financeira e definição de prioridades e, considerando que muitas das informações passadas pela antiga gestão durante a fase de transição de governos, foram manipuladas e/ou sonegadas, o momento é ainda mais delicado. Essa postura de reavaliação fica evidente com o corte no excesso de cargos comissionados, como prometido em campanha, e cautela nas novas nomeações. É importante ressaltar que não existe qualquer intenção de desprestigiar a Secretaria de Cultura com a não nomeação de um secretário e, principalmente, que isso não configura falta de incentivo ou de valorização às ações e projetos culturais do nosso município. Tanto que continuo reforçando o meu posicionamento de campanha, de que todos os projetos culturais que trouxeram benefício para a população de Atibaia serão mantidos. Apenas investiremos em novos projetos e na expansão da cultura, em suas diferentes manifestações, nas diferentes regiões da cidade. 64

MARÇO 2013

Hanna Gouvêa – Ouvi dizer que futuramente a pasta “Cultura e Eventos ” voltará para a Educação. Existe esta possibilidade? Saulo - Não, essa informação não procede e não existe essa possibilidade. Hanna Gouvêa – Soube que algumas “reuniões culturais” aconteceram com a participação pouco expressiva da população artística. Infelizmente, mesmo sendo membro do Conselho de Cultura, não fui informada e só soube da existência de tais reuniões após as mesmas terem ocorrido. Há planos para um cadastramento artístico? Saulo - Primeiramente, é importante ressaltar que o governo não organizou, até esse momento, nenhuma reunião com o segmento da cultura, e isso também não foi feito pela nossa equipe durante o período de transição. Eu apenas recebi, em meu gabinete, representantes do segmento, que me procuraram e solicitaram uma reunião, o que fiz questão de atender, como tenho procurado fazer com todos. Se alguma reunião nesse sentido for organizada pela administração municipal, faremos questão de chamar todos os representantes da cultura do município, sem distinção. Hanna Gouvêa – O Conselho Municipal de Cultura é formado por representantes da sociedade civil e do poder público municipal. Já estão definidos os novos membros? Aqueles que representarão o poder público? Saulo - Não, ainda não estão definidos. Isso está em processo de avaliação e definição pela Secretaria de Cultura. Hanna Gouvêa - Há alguma possibilidade de nosso município aderir ao Sistema Nacional de Cultura? Saulo - Sim, com certeza. Inclusive, essa é a nossa proposta e uma das principais do nosso Plano de Governo para a área de Cultura.


Jardins Orientais, incrivelmente lindos Incrivelmente lindos, podendo ser naturais ou artificiais, os jardins orientais são cada vez mais procurados. São munidos de beleza espetacular e planejados de forma a estar sempre ligados com o mundo natural. Três itens não podem faltar nesta integração: pedra, bambu e água. Para a cultura oriental, o uso de poucos elementos simboliza severidade e clareza. O resultado é um local de meditação e descanso, onde é possível deixar de lado a rotina cotidiana e relaxar. De todos os formatos, texturas e dimensões, as pedras são os elementos naturais mais típicos na pavimentação, ou melhor, no “percurso dos passos” de um jardim oriental. Os orientais acreditam que a combinação delas com o verde da natureza, já de uso constante, é o bambu (Kaki). As várias maneiras de se amarrar os bambus recebem nomes diferenciados, como orido, teppô, katsura e kenninji. Em matéria de símbolos naturais, a água é o mais importante. Os jardins possuem, por exemplo, sempre um chözu-bachi para lavar o rosto e as mãos antes da cerimônia do chá. Nessa integração, a presença de lagos propicia variação visual intensa e atrativa na paisagem. Além de decorativo, o lago influencia marcantemente o ecossistema, quer pela sua capacidade em manter o equilíbrio da umidade atmosférica, quer por favorecer a manutenção do sistema hídrico. Mas, se seu espaço for pequeno, pode-se optar apenas por uma cascata ou uma fonte. Também muito comum nos jardins japoneses é o sakura, conhecido como flor da feli-

66

MARÇO 2013

cidade. Assume um lugar importante na cultura e nos jardins japoneses. Em março e abril, o povo festeja o hanami, comemorando a floração da árvore. Sendo assim, grandes ou pequenos, naturais ou artificiais, os jardins japoneses acolhem e geram momentos de descanso e contemplação. Valeska Bilac - paisagista valeskabilacpaisagista@gmail.com cel.: 11 9.9867.0906


MARÇO 2013

67


Cérebro: meia-idade recebe grande notícia

Em meio a muitos livros sobre neurocientistas e os segredos da mente, um chama a atenção pela boa notícia para os integrantes da meia-idade. O livro “Melhor Cérebro da Sua Vida - Segredos e Talentos da Maturidade”, de Barbara Strauch (Editora Jorge Zahar), que pode ser emprestado na Biblioteca Municipal de Atibaia (Unidade do Alvinópolis) apresenta uma nova e positiva imagem desse órgão complexo e misterioso do corpo humano quando atinge a maturidade. A maioria dos pesquisadores situa a moderna meia-idade em algum ponto entre os 40 e os 68 anos. Mas até isso é meio flexível. À medida que a duração da vida continua aumentar, qual é o fim e onde fica o meio? Neste começo do século XXI, qual é o sentido para nosso cérebro estar na meia-idade? Segundo a autora, ainda que sejamos capazes de esquecer o que comemos no café da manhã, nosso cérebro nessa faixa etária é de uma competência e talento surpreendentes. Ágil, flexível e renovado - além de experiente, é claro -, alcança melhores resultados ao lidar com emoções e informações, enquadrando-as dentro de um panorama geral. Com o respaldo de cientistas de ponta e esmiuçando as mais recentes pesquisas da neurociência à psicologia, da educação física à nutrição, Barbara, jornalista ligada ao The New York Times, encontrou um cérebro que, ao

contrário do que se pensava, está no auge. As últimas descobertas científicas sobre o cérebro na meia-idade contestam o senso comum de que, ao avançarmos aos tropeços pela vida, é mais fácil notarmos as coisas ruins do envelhecimento. Por que desistir? As aparências externas e as previsões de prazos da nossa vida, com as quais convivemos durante décadas, estão deploravelmente obsoletas. Foram criadas para expectativas de vida de muito tempo atrás, quando era esperável que, ao chegarmos à meia-idade, nós nos recolhêssemos a uma vida sossegada e desistíssemos de tudo. Mas se, como indicam as tendências, muitos de nós conseguimos viver até os oitenta e tantos, noventa e tantos anos, e se conseguirmos manter o cérebro intacto durante esse período, o que faremos? O mundo foi preparado para tratar o cérebro da meia-idade não como maduro, pronto e íntegro, mas como diminuído, em declínio e deprimido. Estipulamos idades de aposentadoria obrigatória que pouco têm a ver com nossa vida atual. Dizemos a professores, advogados, escritores e executivos que eles estão velhos demais para trabalhar, e os mandamos para casa – para fazer o quê?

foto: banco de imagens

Conclusão da autora: nosso cérebro, nessa faixa etária intermediária entre a juventude e/ou o “jovem adulto” e a velhice, isto é, entre os 40 e 70 anos, propicia-nos sermos mais inteligentes, mais calmos, mais felizes, e “simplesmente sabermos das coisas”. Não é só questão de irmos empilhando dados no cérebro ao longo da vida. Ao chegarmos à meia-idade, nosso cérebro começa efetivamente a se reorganizar e passa a agir e pensar de maneira diferente. Vamos, então, comemorar com nossos netos a nossa maior conquista.

68

MARÇO 2013


MARÇO 2013

69


Primavera

Escolhas: ser ou não ser?

A Estação da Oportunidade!

Psicólogo Marcos Govoni

Quando um navio estava atracado no porto, esperando pela maréalta para sair em direção ao mar, os marinheiros ficavam atentos. Derepente, quando a maré subia, um marinheiro gritava: “oportuno!”.Esse era o momento em que os navios tinham que aproveitar para saírem do porto em direção ao seu destino. Outros navios, por sua vez, que estavam fora da baía e queriam entrar no porto também esperavam a maré subir, e novamente um marinheiro gritava:“oportuno!”. A Primavera é o momento que você esperava. Olhe ao seu redor e observe a maré. Se ela está subindo, grite: “oportuno!”.Essa é a sua oportunidade! O grande perigo da Primavera é ignorar a sua importância e querer partir rapidamente para grandes realizações do Verão. A história está repleta de exemplos de indivíduos, empresas e nações que fracassaram porque não deram a devida atenção ao preparo. Você já deve ter visto no exército um sargento dar as seguintes ordens a seus soldados: “Preparar, apontar, fogo!”. Existe uma ordem a ser seguida pelos soldados para garantir que atinjam o alvo determinado. Porém, muitos, durante a vida, seguem as instruções de “outro sargento”, que ordena: “Fogo, apontar!”. Atiram primeiro e depois apontam para o alvo e dizem: “Preparo? Nem pensar! Para quê?”. Segundo os especialistas na área de gerenciamento de tempo, cada hora investida na preparação economizará dez horas de trabalho na execução.“Preparar e apontar” fazem parte da Primavera. “Fogo” faz parte do Verão. Portanto, não pule essa etapa e não passe por cima dessa estação, pois se a omitir, certamente sairá “queimado”. (Extraído do livro: “As 4 Estações da Vida” – www.4estacoesdavida.com) Um grande abraço e muito sucesso! Mário K. Simões Empresário, Palestrante, Escritor e Conferencista internacional. contato@preparando.com.br www.vidacomsucesso.com

70

MARÇO 2013

O que me fascina na vida é essa liberdade que temos de fazer escolhas, autonomia esta que mal usada transforma liberdade em cárcere, decretando na qualificação de destino alguém de má sorte. Esse reduto chamado Terra é o cenário que nos oferece a grande possibilidade da vida, lugar onde iremos escrever, dirigir e protagonizar a história de nossa existência. É impressionante o número de pessoas que se recusam a assumir o lugar de protagonista da própria história. Escolhem não escolher, para não correr o risco de viver, responsabilizando alguém pela própria infelicidade. Ora, é a esposa ou o marido possessivo e ciumento, ou o pai dominador, a mãe controladora, que definem as escolhas “corretas” na vida de seus filhos, sob o pretexto de serem imaturos. Até onde vai nosso compromisso com os vínculos parentais e conjugais estabelecidos em nome do amor? Amor que não raro sufoca e inibe a criatividade e o desenvolvimento de quem se diz amar? Amor que cerceia o brilho e aperta o torniquete psíquico para que o outro não saia de perto? Acorrentamos quem amamos através de nossa insegurança. Vivemos como reféns dos medos instalados nesse “mundinho” que criamos com nossa fantasia e ilusão a respeito do processo chamado vida. Se nossas escolhas estão pautadas pelo medo do que pode acontecer, me pergunto por que então temos o poder da escolha como um instrumento para operar mudanças e dar novas direções à nossa vida? A teoria psicanalítica nos informa que as escolhas que fazemos são frutos de movimentação psíquica do inconsciente em busca do equilíbrio que protege o ego e lhe oferece prazer. Em síntese, o processo que define as escolhas que fazemos está diretamente associado à capacidade do ego em suportar os desafios e conflitos emocionais resultantes das decisões a serem tomadas. A inação resulta em sofrimentos que deságuam no corpo, provocando desequilíbrio físico e severas patologias emocionais conhecidas como depressão, ansiedade, quadros obsessivos, pânicos, fobias e outras desordens. É curioso saber que o ego necessita da vivência para alcançar a maturidade.


MARÇO 2013

71


72

MARÇO 2013


MARÇO 2013

73


Coluna Convite ao Humor Homem casado e suas histórias

de tres amigos que foram pescar e um quis saber do outro como conseguiram a liberação da esposa para tal façanha.

pelo Miguel

- Eu prometi a minha mulher que ficaria um mês sem jogar futebol. - Eu prometi que ficaria um mês lavando toda louça do jantar. - Eu não precisei fazer nada disso! - (ambos) Como não? - Eu acordei e falei pra minha mulher que queria passar o dia fazendo sexo ou pescando! Tô aqui!

Nader

Nesta quinta-feira, minutos antes do sagrado futebol (a famosa peladinha da semana), alguém na concentração entoava um cântico: “Vou não, posso não, minha mulher não deixa não”... Entendi que se tratava de nada menos que a melô do homem casado! Começamos a conversar e constatamos que as situações no casamento são idênticas, só mudam de endereço. Essa música cai como uma luva para todos os homens casados. Lembrei da empresa que só contratava homens casados. Perguntaram o motivo e a resposta foi enfática: “Eles já estão acostumados a obedecer”. Não conheço um que mande em casa. Se houver alguém, por favor, que se apresente (mande cartas, envie-me um e-mail, me adicione no Face! Eu ressuscito meu orkut, eu faço pra você a comunidade Esse é O Cara!). Mas faça isso na ausência de sua mulher, se não quiser apanhar em casa. É o caso

Tudo isso por sermos dependentes das mulheres. Dependemos das mulheres para nascermos, para termos filhos, para administrar a casa, para nos apoiar nos desafios do trabalho e até para sermos cornos. Falando nisso, tenho conhecido os mais diversos tipos de corno. Tem o famoso corno Xuxa – aquele que não larga a mulher por causa dos baixinhos. Tem o corno político – só promete que vai pegar o cara e nada. Tem o corno macumbeiro – chega em casa todo dia e tem que tirar o caboclo de cima da sua mulher. Vamos voltar ao casamento. Em novembro, faço 18 anos de casado e li numa revista uma pesquisa que afirma que a libido no casamento só dura 4 anos. Peraí! Estou aqui para derrubar esta pesquisa! Posso garantir que faço sexo quase todo dia. Quase na segunda, quase na terça, quase na quarta, na quinta e por aí vai. O Fabio, zagueirão da nosso time, confessou sua triste saga e eu não pude deixar de rir. Ele contou que, após um caloroso convite feito por ele e milagrosamente aceito por sua esposa, com um sonoro sim, correu para o banheiro para escovar rapidamente os dentes (e frisou que quando diz rapidamente, é rapidamente mesmo).Voltou feito um foguete e ela já estava dormindo de roncar. Como é brasileiro e não desiste nunca, deitou na cama, levantou suavemente o edredom, abraçou sua esposa e sussurrou em seu ouvido: - Amor, tô sem cueca. - Amanhã eu compro uma pra você. - Não é isso, não! Eu quero amá-la. - Vá pegar no quarto das crianças. - Não amor, quero amar-te. - Você pode viajar pra Marte, Júpiter, Netuno, pro inferno, mas me deixe dormir. Rsrs... Acontece... Opa! Preciso encerrar por aqui! Vou desligar correndo o computador, pois minha esposa está me chamando e ela não gosta que eu demore!

74

MARÇO 2013


Revista Ênfase ed 26  

edição de março 2013, Especial Noivas

Advertisement