Page 1

Jaú - Ano 6 | Edição 59 | Mensal - Julho 2015

Distribuição gratuita - Venda proibida

Corpo Ideal a marca que o mundo vê

comportamento Professores x Alunos Gente Fina Maria de Lourdes Machado


Equipe Óticas Precisão

Óticas Precisão

30 anos de competência Poucas empresas chegam aos 30 anos com tanta excelência nos serviços prestados Texto Heloiza Helena C Zanzotti

C

omemorando 30 anos de existência neste mês de julho, as Óticas Precisão estão aí para provar que uma administração responsável é aquela que prima pela qualidade, atenção aos detalhes e paixão pelo que faz. Não é qualquer empresa que atravessa diversos momentos de instabilidade no mercado econômico nacional, nesse período de 30 anos, sem perder o foco e a solidez. A empresária Alaélia Bassan sabe que um bom negócio depende da confiança de quem procura seus serviços, e para isso conta com uma equipe composta por profissionais qualificados e treinados para fornecer aos seus clientes o máximo de informações possíveis e todo suporte necessário para que eles se sintam tranquilos.

O resultado é a confiança no produto que estão adquirindo, pois têm a certeza de que a empresa trabalha com responsabilidade, ética e transparência. É com essa filosofia de trabalho que as Óticas Precisão orgulham-se de ser referência no setor. Para Alaélia, cada cliente é uma joia que deve ser cuidada em todos os seus aspectos, e ela não abre mão de valores como humildade, integridade, entusiasmo e valorização das pessoas. Sempre trabalhando com os melhores produtos e atentas aos lançamentos e tendências, as Óticas Precisão figuram no cenário jauense como uma empresa sólida e respeitada no mercado. Assim, a família Bassan agradece a Deus por tantas bênçãos recebidas ao longo desses anos, e a seus clientes e amigos pela confiança e preferência. 


Dr Rodrigo Travessolo Oftalmologista - CRM 135665

Dra. Ana Carolina M. Fernandes Cirurgiã Plástica - CRM 135513

 Catarata (Lentes multifocais e tóricas)  Córnea (Transplantes e ceratocone)  Refrativa (cirurgia e lentes de contato)

 Cirurgia Estética  Reparadora  Queimaduras  Toxina Botulínica  Preenchimentos

4 Revista Energia


Editorial

oba!!!

Ano 6 – Edição 59 – Jaú, Julho de 2015 Tiragem: 10.000 exemplares Revista Energia é uma publicação mensal da Rádio Energia FM Diretora e Jornalista responsável Maria Eugênia Marangoni mariaeugenia@radioenergiafm.com.br MTb. 71286 Diretor artístico: Márcio Rogério rogerio@radioenergiafm.com.br

Julho chegou e com ele as férias. Pelo menos as escolares

Repórteres Heloiza Helena C. Zanzotti heloiza@radioenergiafm.com.br Tamara Urias tamara@revistaenergiafm.com.br

E

Revisão de textos: Heloiza Helena C. Zanzotti revisao@revistaenergiafm.com.br

mbora o período seja de recesso escolar, muitos pais aproveitam para tirar suas férias nesta época, e assim as famílias podem passar mais tempo juntas ou, ainda, fazer uma viagem bacana. Enfim, é uma excelente oportunidade para compartilhar experiências e viver momentos inesquecíveis com amigos e familiares.

Criação de anúncios: Well Bueno arte@revistaenergiafm.com.br Fotografia: Douglas Ribeiro foto@revistaenergiafm.com.br

Social Club social@revistaenergiafm.com.br Colaboraram nesta Edição Jéssica Prado Colunistas Alexandre Garcia André J. Silva Eduardo Bauer Giovanni Trementose João Baptista Andrade Paulo Sérgio de A. Gonçalves Professor Marins Ricardo Izar Junior Wagner Parronchi Comercial Carlos Alberto de Souza Sérgio Bianchi Silvio Monari Impressão: GrafiLar Distribuição: Pachelli Distribuidora Revista Energia Rua Quintino Bocaiúva, 330 | 2º andar CEP: 17201-470 | Jaú - Fone: (14) 3624-1171 www.energianaweb.com.br Elogios, críticas e sugestões leitor@revistaenergiafm.com.br Quero anunciar comercial@revistaenergiafm.com.br A Revista Energia não tem responsabilidade editorial pelos conceitos emitidos nos artigos assinados, anúncios e informes publicitários.

Foto: Cláudio Bragga

Diagramação Junior Borba (14) 99749.6430 Projeto gráfico: Revista Energia

Férias...

Enquanto você aproveita para descansar ou organizar suas coisas, nós da RE continuamos a todo vapor, preparando mais uma edição com conteúdos interessantes, trazendo muita informação e conhecimento para nossos leitores. Na RE que está em suas mãos, o caderno especial Beleza e Bem-Estar tem dicas incríveis para você cuidar do corpo, da saúde e da mente com as melhores empresas de Jaú e região. Nossa matéria de capa traz o grande astro Arnold Schwarzenegger, que recebeu o Prêmio Corpo Ideal durante o maior evento multiesportivo do mundo, o Arnold Classic Brasil 2015 & Fitness PRO. Em meio a tantos casos de agressões envolvendo alunos e professores, fazemos uma reflexão acerca desta relação que já foi de extremo respeito e admiração. Nosso Gente Fina leva você a conhecer Maria de Lourdes Gonçalves Machado, a Lourdinha, que dedicou uma vida à alfabetização. Na coluna Perfil, Rafael Augusto Buzacarini conta como chegou à Seleção Brasileira de Judô e fala de sua preparação para as Olimpíadas. Saiba ainda o que fazer se você sofre com algum tipo de dor nas costas, como prevenir e quais os tratamentos disponíveis. Mais uma RE está em suas mãos, fique à vontade e boa leitura!

Maria Eugênia


NESTA EDIÇÃO

78

12 Tecnologia 15 Imóveis 29 Empresarial 31 Beleza e Bem-Estar 70 Comportamento 81 Saúde 85 Trabalho e Previdência

SEMPRE AQUI

ÍNDICE

08 Perfil 10 Radar 13 Pense Nisso 14 Jurídico 16 Gente Fina 19 Consultoria 22 Garota Energia 24 Capa 30 Conheça Jahu 74 Social Club 78 Look de Artista 84 Legislação 86 Guia da Gula 87 Boa Vida

Look de Artista

16 Gente Fina

Jaú - Ano 6 | Edição 59 | Mensal - Julho 2015

Distribuição gratuita - Venda proibida

Nossa capa: Corpo Ideal Foto: Divulgação Carduz Produção Gráfica: Junior Borba, Douglas Ribeiro e Well Bueno

Corpo Ideal a marca que o mundo vê

COMPORTAMENTO Professores x Alunos GENTE FINA Maria de Lourdes Machado


Revista Energia 7


Fotos: Arquivo Pessoal

Perfil

8 Revista Energia


O guerreiro do tatame O atleta de alto rendimento já se destacou em diversas competições; hoje compõe a seleção brasileira de judô e tem como pretensão disputar uma Olimpíada Texto Tamara Urias

F

ilho de Irani e Gilberto, e irmão de Rafaela, Rafael Augusto Buzacarini, 24, iniciou sua trajetória no judô ainda na infância, aos cinco anos. Como sempre gostou de esportes, pedia para que os pais o levassem para praticá-lo. “Eu era um garoto bastante agitado e o esporte me acalmava”. A brincadeira tornou-se séria e ele começou a participar de campeonatos próximos à sua cidade natal, Barra Bonita. Uma oportunidade o levou ao Clube A.D. de São Caetano. Segundo ele, no início foi difícil, já que não havia conquistado nenhum título de expressão. O desejo de ir além fez com que treinasse mais e mais, e consequentemente o levou a várias competições e vitórias cujos resultados foram visibilidade e destaque dentro do Clube. “Isso me deixou muito feliz, pois para quem nunca ganhou competições importantes, de repente conquistar títulos me impulsionou rumo ao meu sonho”. Falando em sonho, o desejo de estar representando o Brasil nas Olimpíadas o faz treinar diariamente. A preparação consiste na parte física e técnica, e no randori (como fosse uma competição). Todo mês o treinamento é programado em uma planilha, sempre visando às competições que estão por ocorrer. “Treino de segunda a sábado, dois períodos diferentes no dia, com duração de 2h30”. Além do judô, Buzacarini pratica jiu-jítsu, que seria para complementar na parte do ne-waza (solo no judô). Seleção brasileira e futuro Entre os milhares de momentos vividos no esporte, ele recorda de um dia de superação. Durante uma competição em que estava perdendo por falta e pontuação, faltando dois segundos

ele reverteu e ganhou. “Era um adversário difícil, duro, e acabei ganhando a luta e a competição”. Os títulos conquistados como campeão foram Paulista Júnior no Sub23 e Sênior; Campeão Brasileiro Júnior no Sub23 e Sênior; foi o terceiro colocado na Universid (Olimpíadas universitárias); ganhou medalhas de prata e bronze no Grand Prix que dá ranqueamento para as Olimpíadas. O convite para a seleção brasileira surgiu em 2012, quando ganhou o Brasileiro Sênior e isso deu-lhe a chance de disputar a seletiva final que ocorreu no mesmo ano. O processo consistia numa seletiva, que reuniu campeões de algumas das principais competições do judô brasileiro. “É uma experiência incrível. Com ela eu tenho chance de realizar meu sonho de ir para uma Olimpíada e trazer medalhas para o Brasil. Para isso, mesmo estando de férias não gosto de ficar parado, estou sempre treinando”. Atualmente ele cursa fisioterapia e se forma no ano que vem. Durante a entrevista diz que não se vê longe do esporte. Sobre os planos, como tem vários, não consegue dar prioridade a um único, mas de algo tem certeza: unir o judô à fisioterapia. Sua próxima competição será a Grand Slan de Tyumen, que segundo ele vale pontos para o ranking olímpico. Seu maior sonho equipara-se ao sonho de muitos outros atletas que é chegar ao topo, ser reconhecido e um dos meios será por meio da medalha olimpíada. 

“Eu era um garoto bastante agitado e o esporte me acalmava” Revista Energia 9


Radar

Por Alexandre Garcia

Ditadura de criminosos No Brasil, 70% dos autores de crimes são condenados que estão nas ruas. Tal como os mensaleiros que cumprem pena em prisão domiciliar ou no regime “semiaberto”.

R

ecentemente um casal com uma filhinha de colo havia entrado na garagem e um bando de jovens e adolescentes invadiu a casa de arma na mão. Quando um deles pegou o bebê como refém, a mãe reagiu e o bandido atirou. O pai tentou proteger a família e foi baleado na cabeça. Era um sargento da PM. Os oito foram presos - e apreendidos - há poucos dias, aqui na capital. Todos tinham passagens por delegacias e alguns já eram condenados por latrocínio, mas cumpriam pena na rua, assaltando de novo. Quase no mesmo dia, em Ilhéus, uma menina de 11 anos matou uma mulher de 26 a golpes de canivete, por ciúmes. Não pode sequer ter registro de ocorrência na delegacia do menor, porque nessa idade está completamente isenta em relação à lei. O canivete estava escondido na calcinha da menina que, pela lei, não pode ser chamada de assassina. Em Brasília, também há poucas semanas, um lutador de jiu-jitsu faixa roxa foi condenado pela morte a pancadas de um bebê de um ano e quatro meses. Pegou 22 anos e oito meses, mas como já está há um ano preso, deve sair em três anos, na tal progressão de pena. As leis brasileiras favorecem até os monstros. No Rio, a promotoria pediu “medida socioeducativa” para o infrator de 16 anos que esfaqueou e matou um médico na Lagoa Rodrigo de Freitas para roubar uma bicicleta. Ele já tinha cinco outras passagens por assaltos. Quando fizer 18 anos estará livre como um passarinho e com a ficha criminal pura como o coração de uma donzela. Favores da lei, como regime semiaberto, aberto ou prestação de serviços eram para quem tivesse sido condenado até quatro anos. Mas os legisladores no Congresso Nacional, em nosso nome, duplicaram o prazo para oito anos. Por isso, virou festa. A certeza de não ser punido é que estimula o crime. As facilidades das penas do mensalão não desestimularam nem 10 Revista Energia

assustaram os integrantes do petrolão. O desarmamento da população encoraja assaltantes a entrarem nas casas, certos de que a vovó não vai lhes receber com uma espingarda de cano duplo espalha-chumbo, como acontece nos Estados Unidos. Há poucos dias, um grupo de gaúchos representando 42 entidades e trazendo mais de 100 mil assinaturas foi ao Congresso levar aos representantes do povo a urgente demanda de mudar as leis que beneficiam os criminosos. Só pedem que as leis sejam convertidas em protetoras das vítimas e desencorajadoras do crime - e não o contrário, como são hoje. Os legisladores - pasmem! - ficaram surpresos com a demanda. As palavras de ordem do grupo Brasil sem Grades são fortes: “A sociedade está atrás das grades - mude esta realidade!”. E mostrando uma vítima de assalto no caixão: “Chega de braços cruzados - revisão da legislação já”. Ou seremos uma nação de escravos do crime - uma tirania de criminosos. 

As palavras de ordem são fortes: “A sociedade está atrás das grades - mude esta realidade!


Beleza, conforto e segurança para o seu bebê! Chegou a hora de comprar os móveis para o quarto do seu bebê?

M

as sabemos que, em se tratando de criança, quarto bonito não é suficiente. Questões como conforto e segurança são imprescindíveis para garantir tranquilidade dos pais e a proteção dos bebês. A Reller Móveis Infantis preocupa-se em atender as necessidades de seus clientes oferecendo produtos de qualidade e segurança, com design prático e inovador. Os berços da Reller são aprovados por rígidos testes em laboratórios e seguem todas as determinações da ABNT (Agência Brasileira de Normas Técnicas). A empresa recebe visitas periódicas de auditores do INMETRO para garantir e certificar seus produtos. Assim, a Reller garante móveis sofisticados, de qualidade, com a segurança que os pais procuram e o conforto que os bebês merecem! Além de móveis de fabricação própria, a loja da Reller dispõe de Kits para Berços, Malas, Cortinas, Frasqueiras etc.

Visite a loja da fábrica e confira!

Revista Energia 11


Tecnologia 1 Por André J. Silva

tecnologia@revistaenergiafm.com.br

Games, um modo divertido para aprender Inglês! É possível usar videogames para aprender Inglês, e não são games educacionais especialmente criados para isso

D

o mesmo modo que se pode aprender Inglês com filmes, jogar os videogames certos pode ajudar a construir vocabulário e confiança, ao mesmo tempo em que aproveita agradavelmente seu tempo. Eis quatro recomendações para quatro níveis de dificuldade que ajudam no aprendizado do Inglês através de videogames. 1. Começar com pequenos “arcade games” (Realmente Fácil) Se estiver jogando algo simples, baseado em ação e reação sem muito texto, adquira o hábito de definir o idioma para Inglês onde for possível. Isso não irá melhorar seu vocabulário rapidamente, mas a palavra ou frase ocasional ajudará você a se tornar mais confortável para ouvir e ler o idioma. Isso não o tornará fluente na língua, mas é um primeiro passo a se dar. 2. Construa um vocabulário básico e útil com “The Sims” (Fácil) “The Sims” é uma excelente escolha de jogo para ajudar no seu Inglês. Todos os jogos da série são baseados em bonecos digitais e centrados na construção da vida de uma família virtual. Como resultado, terá um aprendizado muito rápido do vocabulário do dia a dia. Isso inclui itens de mobília e objetos da casa, relações familiares, atividades e tipos de trabalho/profissões.

3. Aventure-se on-line para praticar Inglês com outras pessoas em qualquer game online (Médio) Qualquer jogo MMO (Massively Multiplayer Online / Multijogador Massivo Online) vai encorajar a interagir entre diferentes jogadores. Mesmo que não esteja apto a se comunicar diretamente com seus colegas jogadores, você ainda pode observar como as outras pessoas estão conversando entre si. Há muitos jogos online disponíveis para jogar de graça. Se você estiver em seu sci-fi, talvez você queira tentar Star Wars-based Old Republic ou Star Trek Online. Se você é um fã de quadrinhos, Batman, DC Universe Online poderia ser para você. Se gosta de um cenário de fantasia mais clássico, há sempre Guild Wars 2, o Dungeons & Dragons com base em Neverwinter ou Lord of the Rings Online. 4. Mergulhe em histórias profundas com qualquer coisa pela Telltale Games (Hard) Se você deseja realmente testar seu Inglês a respeito de qualquer coisa, Elder Scroll V – SKYRIM, o quinto game da série de RPG medieval está disponível para PS3, Xbox 360 e PC. E agora é no modo online! Uma guerra civil se instalou após o assassinato de um dos reis, enquanto o deus Alduin, em forma de dragão, surge para destruir o mundo. Tente derrotá-lo: uma prova de fogo para o seu inglês! 

o desafio vai comecar em breve...

12 Revista Energia

www.audiotec.com.br


nisso

Pense

Por Professor Luiz Marins

LUIZ MARINS Antropólogo e escritor. Tem 26 livros publicados e seus programas de televisão estão entre os líderes de audiência em sua categoria. Veja mais em www.marins.com.br

Na crise o cliente é ainda mais seletivo É preciso lembrar que em tempos de crise o cliente fica ainda mais seletivo e, como nossas pesquisas mostram, o preço cai de importância relativa

C

om menos recursos os clientes valorizam ainda mais a qualidade, a assistência técnica, o pós-venda, a logística de entrega, etc. Por isso o preço, relativamente aos demais fatores, cai de importância. Nossas pesquisas mostram que clientes que compravam muitos itens de um determinado produto, na crise compram menos itens, porém, buscam itens de qualidade superior aos que compravam em tempos de abundância. Isso ocorre mesmo com pessoas comuns. Casais que comiam fora todos os finais de semana, em tempos de crise saem apenas uma vez ao mês, mas buscam lugares de qualidade superior. A consciência de que “o barato sai caro” é, portanto, mais forte em tempos difíceis. É sempre bom lembrar que “crise” em grego é “separar, selecionar, peneirar, decidir, julgar”. O cliente, mais seletivo, coloca todos os concorrentes numa peneira e seleciona: os que são bons passam, o que não são bons, são lançados fora. Assim, é falsa a ideia de que na crise o preço se torna mais importante. O que o cliente valoriza é a experiência total que ele tem em relação aos seus fornecedores de produtos e serviços. Estudamos um caso em que vários clientes deixaram de comprar de uma empresa porque a logística de entrega era muito ruim. As empresas chegavam a demorar de 15 a 20 dias para entregar um produto na mesma cidade em que produzia. Os próprios vendedores, que faziam visitas semanais aos clientes, ficavam sem saber como explicar a razão de tal incompetência logística. Estudamos também vários casos em que clientes substituíram produtos de baixa qualidade, com durabilidade, custos de reposição e manutenção elevados, por produtos mais caros, porém, de melhor qualidade e melhor assistência técnica. Há empresas que, sem pensar e analisar com atenção, cortam serviços que aumentariam suas chances de sucesso. Assim, atendimento excelente, cuidar da qualidade, cumprir o que prometer, ser ágil e rápido, fazer acompanhamento após

a venda, garantia de assistência técnica, etc. são as verdadeiras diferenças que o cliente valoriza e paga, ainda mais em tempos de crise.  Pense nisso. Sucesso!

Há empresas que cortam serviços que aumentariam suas chances de sucesso

Revista Energia 13


Jurídico

Por Wagner Parronchi juridico@revistaenergiafm.com.br

Corrupção: basta! Você já parou para pensar na péssima qualidade do ensino e da saúde pública?

J

á notou como cresce avassaladoramente a criminalidade e o caos na segurança pública? Percebeu a total falta de “vergonha na cara” dos corruptos que deleitam do dinheiro do contribuinte? Claro que já e também deve ter notado que a corrupção é a engrenagem propulsora de quase todo o mal que nossa sociedade enfrenta atualmente. Falta dinheiro para investir em saúde, educação, segurança, habitação e tantos outros serviços públicos essenciais, porém, nunca faltou para encher os bolsos, malas, cuecas, contas no exterior e tantos outros lugares de políticos, empresas, pessoas e servidores corruptos que continuam a se enriquecer ilicitamente em prejuízo do erário e de toda a sociedade. A corrupção está presente em todos os lugares, dos poderes constituídos (executivo, legislativo e judiciário), às empresas e até em nossos lares, se assim permitirmos, pois não se trata de uma conduta exclusivamente política, mas, sim, social. Quando favorecemos a nós mesmos ou alguém por qualquer motivo que não seja legítimo estamos nos corrompendo, e isso pode ocorrer pelos mais diversos motivos, seja favorecendo a si próprio ou a outrem, seja por uma vantagem indevida ou por laços de amizade, intimidade ou afinidade. Quando se aceita um cargo sob a condição de favorecer certas pessoas; quando um juiz decide uma causa para pagar um favor, para favorecer um amigo ou por levar vantagem indevida; quando um legislador vota favorável ou não a um projeto sem

14 Revista Energia

pensar na sociedade ou pensando somente em si próprio ou em favor de outrem ou de um grupo indevidamente; quando um empresário aceita pagar propina para se favorecer em uma licitação; quando um prefeito aceita fraudar um concurso público ou favorecer este ou aquele empresário; quando oferecemos dinheiro para escapar de uma simples multa de trânsito ocorre a corrupção e o país inteiro perde. Perde em educação, em saúde, segurança, habitação... Perde para a violência, para o tráfico de drogas e tantos outros malfeitos inimagináveis.

A corrupção está presente em todos os lugares e até em nossos lares, se assim permitirmos Esse cenário, entretanto, não muda do dia para noite, como num passe de mágica. É necessária uma mudança radical de atitude de todos nós. É preciso eliminar o famoso “jeitinho brasileiro” tão enraizado em nossa cultura, desde uma simples “escapulida” de uma multa de trânsito até a coragem de delatar os mais complexos esquemas de corrupção, pois esta é a verdadeira crise que enfrentamos. Corrupção: BASTA! 


1 Imóveis Por Eduardo Bauer

imoveis@revistaenergiafm.com.br

A beleza do lar... Você já se deu conta da importância do seu lar?

N

ão nos referimos ao valor financeiro da sua casa, mas da importância do aconchego do lar. Na correria do dia a dia, muitos de nós não pensamos no que significa ter um lar para voltar após um dia intenso de trabalho, por vezes, cansativo. No entanto, o lar é a base segura de todos aqueles que possuem esse grande tesouro. Basta acompanhar as histórias de pessoas famosas, por exemplo, e notará que todos eles apontam a importância da união familiar e do convívio no lar como o apoio fundamental na vida deles. Portanto, ter um lar é sentir-se seguro. Por essa razão, o lar é elemento indispensável como base para uma carreira de sucesso. Pode ser uma mansão ou uma casa simples. Pode faltar luxo, mas não deve faltar o conforto de estar com os familiares em algo que pode chamar de seu. Assim, valorizemos esse refúgio seguro no qual passamos a maior parte de nossas vidas, valorizando também aqueles que compartilham conosco desse pequeno oásis e fazendo com que ele possa ser um verdadeiro porto seguro. E nunca nos esqueçamos de que o lar, mesmo quando assinalado pelas dores decorrentes do aprimoramento das arestas dos que o constituem, é oficina purificadora onde se devem trabalhar as bases seguras da humanidade de todos os tempos. Afinal, nossa casa, quando é um lar, é o lugar mais belo

que pode existir. E é por este motivo que aconselho a todos que buscam uma nova morada, procurarem com carinho, sem pressa e cientes de que o imóvel precisa ter todos os recursos que os conforte, porque ali será o local onde passará os melhores momentos com os seus entes queridos. E para que a escolha seja certeira é preciso que sejam orientados por um corretor de imóveis que sinta a necessidade da sua família e identifique o lar ideal para vocês. 

O lar é elemento indispensável como base para uma carreira de sucesso


Gente Fina

Maria de Lourdes

Gonçalves Machado “Minha obra de maior valor foi ser professora” Texto Tamara Urias

O

encontro acontece em sua casa, numa quarta-feira de manhã. Com um largo sorriso, Maria de Lourdes Gonçalves Machado recebe a equipe de reportagem da RE. Após um forte aperto de mão e um abraço carinhoso, ela pede para acompanhá-la até a sala, ambiente onde será o cenário da entrevista para o nosso Gente Fina deste mês. Aos 69 anos Lourdinha, como é carinhosamente chamada, lecionou por 30 anos. Fez diversos cursos na área e se especializou em alfabetização. Neste período passou pelas escolas EE Dr. Laudelino de Abreu, EE. Dr. Benedito Montenegro, EE Dr. Domingos de Magalhães, EE Túlio Espindola de Castro e EE Caetano Perlatti, onde se aposentou. O ingresso na educação aconteceu por incentivo de sua mãe Brígida, que mesmo tendo ficado viúva aos 21 anos e com dificuldades para sustentar os filhos, não desistiu do sonho de ver a filha atuando como educadora. Para isso, matriculou a filha no Colégio São José, considerado um dos melhores na época. “Desde criança minha mãe dizia que eu iria ser professora, este era o maior orgulho dela, tanto que não mediu esforços e mesmo diante da simplicidade me matriculou no melhor colégio, onde

16 Revista Energia

convivi com a elite e conheci meu grande amor”. Sim, foi lá que a jovem conheceu Lourival Pereira Machado, o homem que transformaria sua vida. “Ele foi namorado, pai, amigo e tudo mais. Sempre me respeitou e me incentivou. Sou o que sou porque ele sempre me ajudou”. Após uma breve pausa e lágrimas nos olhos, a professora retoma o assunto. A dor da perda é visível em seu semblante. “É difícil aceitar e acreditar que já se passaram seis meses de sua morte. Eu perdi meu companheiro”. Dentre os hobbys está a dança, que fazia com que o casal estivesse sempre presente nos clubes de Jaú. Além das incontáveis alegrias vividas, a união gerou bons frutos: os filhos Lourival Pereira Machado Junior e Loriane Gonçalves Machado. Há alguns anos, o filho se casou com Ana Claudia Battochio Machado, que lhe deu um lindo presente: a netinha de 11 anos, Ana Clara. Desde quando se aposentou, Lourdinha aproveitou o tempo para compilar informações e fatos marcantes de sua trajetória. O material ilustrado com fotos guarda uma lista com todos os nomes dos alunos que passaram por sua vida. Como forma de dar continuidade à sua vocação, foi catequisar. “Eu parei de lecionar


Revista Energia 17


não pelos alunos, mas porque não concordava com o sistema educacional que estava sendo imposto. E como sempre fui muito espiritualizada, isso desde criança, fui catequisar, pois eu sentia que tinha que continuar trabalhando com as crianças”. E complementa com um alerta. “A falta de amor e diálogo que se vê atualmente está refletindo no panorama atual”. Antes de finalizar a entrevista, somos convidados a conhecer sua casa. Enquanto seguimos fico observando-a. O cabelo está arrumado, a unha esmaltada e os tons da roupa combinam com os acessórios. Sua fala é suave, tem ritmo e o mais importante: amor. Inspirada no exemplo de Lourdinha, finalizo este trecho com uma frase que ouvi num evento sobre voluntariado, do filósofo Elbert Hubbard: “O amor cresce com a doação. O amor que damos é o único que mantemos. A única maneira de ter amor é oferecê-lo aos outros”. Que o amor e a verdade estejam sempre à frente das nossas ações e vida. Quais foram as principais dificuldades que encontrou? A má remuneração, a falta de reconhecimento e mudanças de sistema que faltam com respeito para com alunos, professores e pais. Mas apesar de todas elas posso dizer que se tivesse que voltar e escolher, ainda assim escolheria a mesma profissão. Ao trabalhar com crianças de 6 a 8 anos só encontrei paz e amor, não há maldade nem mentira. Sinto que é minha vocação ser professora alfabetizadora. Por que professora educadora? Ser professora educadora é um dom, nem pensar que ser professor é ir só para receber o pagamento. Eu sempre levei muito a sério e com determinação aquilo que me propus a fazer e gerei muitos frutos. Sempre tive como lema trabalhar pelo que se ama e amar aquilo em que se trabalha. A minha obra de maior valor foi ser professora. Quais os fatos marcantes da trajetória? Foram muitos vividos, eles se dividem em alegres, emotivos, tristes, entre outros. Quanta gratidão das mães de alunos, quanta emoção, quanto carinho, que jamais serão apagados da minha memória. É gratificante ver um dos meus pequenos estar

18 Revista Energia

no caminho correto, ter profissão, mas também me deixa triste ver alguns que tomaram outro caminho e hoje perambulam pelas ruas da cidade. O que a profissão trouxe para você? Alfabetizar os pequeninos me tornou cada dia mais humana. Tenho a certeza de que o contato com as crianças mudou a maneira de ver a vida e até mesmo as pessoas. Fui me exercitando na pedagogia do aprender e vivendo intensamente cada momento. Acabei sendo adulto educador, aprendendo a amar com as crianças. Sou agradecida a Deus porque tive a oportunidade de conviver com crianças. Posso dizer que o meu trabalho proporcionou essa riqueza. Por que a decisão de sempre atuar na alfabetização? As crianças nos fazem recomeçar todos os dias, buscar, dar o melhor para elas e assim nos tornamos melhores também. Elas precisam ser bem cuidadas para que, ao crescerem, não percam o que melhor sabem fazer: amar. O amor faz a diferença? A minha base sempre foi o amor. É preciso fazer o que você ama. Quando não há amor, nada dá certo. Fazer só em função do dinheiro é desgastante. Posso dizer que em casa eu me realizo sendo dona de casa, porque eu gosto, na educação também, porque amava o que fazia. Sempre disse isso aos meus alunos e exemplificava com o caso do lixeiro. Se ele não amar o que faz, deixará todo o lixo espalhado pela rua. Sou da opinião que se não está contente com o que ganha, busque outra profissão. Você sente que cumpriu aquilo a que se propôs? Sinto-me útil e de papel cumprido. Agradeço ao senhor Deus por todos esses anos dedicados à formação infantil, alfabetizando mais de 1500 crianças. Peço pela felicidade de todos que foram objeto do meu esforço e dedicação. Que possa ter embutido neles a importância do trabalho, o amor ao próximo e a fé em Deus, que Ele as abençoe. A única tristeza é de não ter meu marido presente. 


Consultoria

Por Paulo Sérgio de Almeida Gonçalves consultoria@revistaenergiafm.com.br

Paulo Sérgio de Almeida Gonçalves é administrador, contador, consultor, palestrante e professor universitário com MBA pela FGV – RJ em Gestão Estratégica de Pessoas; presidente  da AESC – Associação dos Escritórios e Profissionais da Contabilidade de Jaú e região - gestão 2004/2005; atualmente  diretor da AESC Jaú; proprietário do DinamCorp Corporação Empresarial e Contábil; proprietário da Prosol Unidade Jaú e consultor e orientador em desenvolvimento de softwares Prosol – São Carlos

Aumento de salário Aumentar salários é preciso… mas também é preciso avaliar e reconhecer quem merece

T

odo mundo precisa receber mais para viver melhor, isso é fato, mas uma coisa é “precisar”, a outra é ME-RE-CER. No entanto, o que deve ser levado em consideração para que os empregados tenham o direito ao tão desejado aumento? Certa vez, estava em Consultoria numa determinada empresa, quando entra em minha sala um funcionário que, pedindo licença me disse: Senhor Paulo, eu preciso de um aumento de salário. Logo o questionei: Por que precisa? Respondeu-me prontamente e com ar de que talvez fosse atendido naquele momento: “- É que comprei um carro e como sabe tenho família e filhos, então me apertei, isso é complicado né, a gente que é assalariado tem que fazer tudo contadinho, e por esse motivo estou aqui”. Como eu já conhecia a qualidade do seu trabalho, pois já estava ali há algum tempo, respondi com uma pergunta: “Você pagaria para alguém fazer o que você faz, do jeito que faz, e com o empenho que tem, este valor que pretende receber?” Ele refletiu por alguns segundos, abaixou a cabeça e me disse: “Entendi”. Alguns meses após o acompanhamento que fazíamos habitualmente de todos que ali trabalhavam, levantamos que houve uma melhoria significativa nos trabalhos realizados por este, e neste caso mereceu o aumento salarial que havia solicitado. O próprio trabalhador necessita ter o conhecimento e a certeza do valor que merece. Costumo dizer que o valor merecido de cada um está estampado em seu peito no momento de pedir o aumento. Esse valor é conquistado pelo desempenho, compro-

metimento, espírito de equipe, dedicação, carinho que tem com a organização, os colegas de trabalho, os produtos, particularmente os clientes, e acima de tudo o que tem feito para melhorar suas qualidades. Os gestores precisam aprender a reconhecer os valores de cada um que participa da organização, acompanhando diariamente através da avaliação de desempenho, e dando os devidos feedbacks. A gestão tem como obrigação observar a evolução de cada elemento que trabalha em seu ambiente, acompanhando o crescimento e desenvolvimento de todos, com isso não haverá a necessidade de pedidos de reajustes por parte destes. Reconhecer o valor não é somente pagar mais. Com certeza os empregados a princípio ficarão satisfeitos com o aumento, mas essa alegria tem prazo de validade vencida, em poucos meses já estarão sentindo falta de outros fatores que deveriam ser levados em conta mesmo antes do reajuste dos salários, tais como: investir em treinamento, saber elogiar publicamente e criticar isoladamente, criar um clima propício ao bem-estar geral, saber observar e incentivar o trabalho em equipe, criar metas, gerar reuniões inteligentes onde os envolvidos tenham prazer em participar, sabendo exatamente os objetivos e onde se pretende chegar. Se todos tivessem a consciência de seu valor e fizessem por merecer, com certeza tudo seria muito mais fácil, o cliente pagaria mais pelos produtos vendidos e serviços prestados, os empregados investiriam mais esforços para conquistar mais, os gestores investiriam mais para obter melhores resultados e os problemas seriam muito menores. 

Revista Energia 19


20 Revista Energia


Revista Energia 21


Energia Garota

Por Paula Mesquita

Ficha técnica:

Fotos e Produção: Douglas Ribeiro Looks: Paula Mesquita Beleza: Pró Hair Cabelo e Estética Locação: Cervejaria 682 Fone: 3416 2576 22 Revista Energia

Tel.: (14) 3626 3850 Rua Campos Salles, 256 - Centro Jaú/SP Paula Mesquita Modas


DĂŠbora Coutinho Revista Energia 23


Fotos: Divulgação: Carduz

Capa


REC

ASSISTA EM

http://corpoide.al/aN

Arnold

Schwarzenegger recebe PrĂŞmio Corpo Ideal Pela primeira vez no Brasil o Arnold Classic Brasil 2015 & Fitness PRO foi transmitido ao vivo pela internet no site da Corpo Ideal Suplementos

Revista Energia 25


O ex-fisiculturista e ator Arnold Schwarzenegger recebeu o troféu do prêmio realizado pela Corpo Ideal

A

Corpo Ideal Suplementos é uma das maiores lojas on-line de suplementos nutricionais do Brasil, e quando o assunto é pioneirismo, é sempre destaque por lançar promoções exclusivas, fazer parcerias com grandes nomes do bodybuilder e, mais recentemente, chamou a atenção por organizar o Prêmio Corpo Ideal, iniciativa de repercussão internacional que contemplou as melhores marcas de suplementos e produtos nacionais e importadas durante o maior evento multiesportivo do mundo, o Arnold Classic Brasil 2015 & Fitness PRO. Os vencedores do prêmio foram escolhidos pelos consumidores através de votação pública pela internet. Eles votaram nos produtos que consomem e confiam, resultando numa lista top de suplementos, que também servirá como referência para quem busca produtos de qualidade. Após o período de apuração dos votos, o evento de premiação foi realizado no Rio Centro, Rio de Janeiro, no palco principal do evento que atrai atletas e amantes do bodybuilder de 26 Revista Energia

todas as partes do globo. “É a primeira vez que uma premiação como essa acontece no palco do PRO. Para a Corpo Ideal foi um privilégio ter a oportunidade de dividir o palco com grandes nomes do bodybuilder e com o grande Arnold Schwarzenegger. Foi um evento maravilhoso que pretendemos realizar todos os anos”, diz João Cristiano Carignato, CEO da Corpo Ideal Suplementos. O Prêmio Corpo Ideal contou com a apresentação de Fernanda D’Avila (bailarina do Domingão do Faustão) e do nutricionista esportivo Daniel Coimbra, que abrilhantaram ainda mais o evento. Arnold Schwarzenegger A maior surpresa da noite ainda estava por vir. Uma das marcas vencedoras, a Arnold Schwarzenegger Series, levou nada mais nada menos que a lenda suprema do fisiculturismo, o próprio Arnold, a levantar o troféu do prêmio. “Para nós não há mérito maior que ter uma figura tão relevante no meio coro-


ando a seriedade deste evento. O objetivo maior é trazer cada vez mais credibilidade ao mercado de suplementos, e acho que foi uma excelente contribuição para todos os envolvidos”, relata Cristiano. Além da participação no evento, Arnold esteve presente também em todas as competições profissionais, premiando pessoalmente os atletas vencedores de cada categoria. Transmissão ao vivo Pela primeira vez no Brasil o Arnold Classic Brasil 2015 & Fitness PRO foi transmitido ao vivo pela internet no site da Corpo Ideal Suplementos, mais uma iniciativa da empresa que buscou diversas parcerias para que a transmissão chegasse a todos os cantos do mundo. “Surgiu a oportunidade de transmitir o evento e tivemos dez dias para nos preparar. Extraordinária oportunidade, enorme desafio. Mas apesar da complexidade em relação ao tempo e tecnologias, conseguimos realizar a tarefa com sucesso, graças à vontade de todos e à união da equipe. No momento das competições havia milhares de brasileiros e estrangeiros de diversos países acompanhando ao vivo pelo nosso canal do Youtube. Foi um grande show”, diz Marcelo Rossetto, gerente de e-commerce. A transmissão contou ainda com comentários de Roberta Zúñiga e Eduardo Correa, fisiculturistas experientes, que trouxeram informações e curiosidades sobre os atletas para o público de casa. Segundo o coordenador de marketing da Corpo Ideal, Jonatas Moretto, a repercussão do evento não poderia ter sido melhor. “Todos ficaram satisfeitos, sobretudo o público que teve a chance inédita de assistir o evento de casa. Recebemos muitos comentários positivos e isso faz valer todo o trabalho que desempenhamos em prol do acontecimento. Para o próximo ano, temos novas ideias em mente”. Team Corpo Ideal Sempre em busca de evidenciar a força da marca a nível nacional, a Corpo Ideal reforça cada vez mais o time de peso composto por atletas e personalidades do meio fitness. O time seleto conta com fisiculturistas, nutricionista, personal trainer, youtuber e personalidades que inspiram quem está em busca do Corpo Ideal através das posta-

Raio X dos novos integrantes Team Corpo Ideal

Fernanda D’Avila Bailarina do Domingão do Faustão. Compartilha sua rotina de treinos e dieta, além de making off de trabalhos fotográficos e vídeos que realiza. @davilafernanda fernandadavilaoficial

Léo Stronda Cantor e Bodybuilder Também conhecido como “Monstro”, Léo tem uma legião de seguidores interessados em seu treino, dieta, suplementação e na carreira de cantor com o Bonde da Stronda. @lionschulz

Roberta Zúñiga Modelo fitness e bodybuilder Os vídeos de treino atraem cerca de 1 milhão de seguidores para suas redes sociais. @robertarzuniga AtletaRobertaZuniga

Daniel Coimbra Nutricionista Esportivo O “nutricionista das estrelas” compartilha dicas diárias em suas redes sociais para quem busca uma alimentação equilibrada e saudável.

Competidores do Arnold Classic Brasil 2015 & Fitness Pró. Ao centro o vencedor Big Ramy

@danielcoimbranutri danielcoimbranutri


gens em suas redes sociais. “Buscamos parcerias com figuras de relevância para o nosso público, dando especial atenção à qualidade do conteúdo publicado por eles. As pessoas querem saber sobre o treino, dieta, suplementos que eles tomam e estão sempre atentas a cada nova atualização. Através destas parcerias conseguimos trabalhar o posicionamento da marca e trazer informação de alto nível com grande abrangência”, explica Thaís Bortolozzo, assessora de imprensa da Corpo Ideal. A hashtag #teamcorpoideal virou moda, e é utilizada não só pelos parceiros da marca, mas também pelos seguidores que mantém um estilo de vida saudável. 

Sempre em busca de evidenciar a força da marca a nível nacional, a Corpo Ideal reforça cada vez mais o time de peso composto por atletas e personalidades do meio fitness

Os vencedores do prêmio Corpo Ideal receberam premiação no palco do Arnold Classic

28 Revista Energia


Empresarial

Por Antônio Paulo Grassi Trementocio empresarial@revistaenergiafm.com.br

A empresa e os bancos na saúde Este tema na vida das pessoas é muito polêmico e difícil de ser tratado, mas infelizmente, muito real nos dias atuais

A

ssim é, principalmente em detrimento da crise que assola o país e que pelo que tudo indica, perdurará por um bom tempo tirando a paz, a tranquilidade e o sono de muitos empresários. A escravidão financeira à qual se submetem as empresas, em face dos bancos, é muito real, cotidiana e cruel, sendo que podemos encontrar essa realidade na grande maioria das empresas, onde os empresários encontram-se quase sem nenhuma saída. O endividamento bancário das empresas no Brasil vem desestabilizando os empresários, criando verdadeiras ruínas em maravilhosas estruturas familiares até então existentes, trazendo grandes dificuldades de convívio entre o empresário e as pessoas de seu circulo familiar e profissional, além de trazer também doenças físicas e emocionais, numa profunda destruição da pessoa do empresário. Podemos observar que ele vem literalmente adoecendo, somatizando problemas que são muito comuns nesse tipo de escravidão como derrames, infartos, cânceres, entre outros. E a pergunta que não quer calar é: por que essa escravidão? E a resposta é muito clara: por conta do crédito. Como já tratado em matéria anterior, em minha opinião e pelas minhas experiências, o crédito é como um vício, que mata aquele que o utiliza de forma exagerada ou por necessidade. No país, o empresário é submetido a altas taxas de juros para a obtenção desse crédito, que acaba se tornando rotina na vida desse empresário, taxas de juros que podemos, sem dúvida nenhuma, mencio-

nar que são desumanas e abusivas, porém, são praticadas cotidianamente, sem qualquer impedimento real. Vemos operações de cheque especial e cartão de crédito com taxas anuais que chegam a ultrapassar três dígitos, e ao mesmo tempo em nosso país a Constituição disciplina que os juros legais são de 12% ao ano. É natural que qualquer empresário que dependa desse crédito para sua vida profissional e pessoal, até porque já se escravizou ao crédito, adoece. Assim, a única conclusão que podemos chegar é que essa realidade é imoral, desumana para com o brasileiro, principalmente para com o empresário, e infelizmente nada se faz neste país, concretamente, para coibir essa realidade. A única solução que o empresário tem é de forma radical, contundente e profissional, promover o enfrentamento do endividamento bancário, utilizando-se de consultores, contadores e principalmente advogados, para que se obtenha reduções desse endividamento ou até mesmo planeje para extirpá-lo de sua vida, antes que essa doença o leve também à morte física. E o melhor enfrentamento é o via judicial, onde esse endividamento poderá ser revisto de forma objetiva e legal. É preciso muita coragem e determinação, pois trata-se de um remédio bem amargo, porém, que traz a cura. Deixo aqui um link da matéria gravado em um canal de televisão onde trato desse assunto. https://www.youtube.com/ watch?v=45YR4-tNEGg


N

ascido pela iniciativa da “Sociedade Amor à Instrução”, formada por jauenses que desejavam oferecer aos jovens da época a oportunidade de estudarem em sua própria cidade, o Atheneu Jahuense atendeu a estas expectativas por um bom tempo. Segundo pesquisa realizada junto à Fundação Educacional Dr Raul Bauab, através de seu arquivo histórico, a Sociedade acima citada, criada em 1899, tinha entre seus membros o Coronel Francisco de Paula Almeida Prado, Capitão Vicente Sampaio, Coronel Lourenço Avelino de Almeida Prado – cidadãos da elite cafeeira local. Construído em uma chácara de propriedade de Romão Joaquim de Mello, na Rua da Misericórdia, atual Rua Tenente Navarro, o arquiteto responsável pela elaboração das plantas foi o austríaco João Lourenço Madein, também autor da planta da Igreja Matriz do Patrocínio e de diversas obras em estilo neogótico. Sob a direção de Domingos de Magalhães, o Atheneu Jahuense começou a funcionar em maio de 1901, e atendia jovens de ambos os sexos. O colégio para meninas foi entregue às Irmãs de São José, irmandade com sede na cidade de Itu; já o colégio masculino recebeu o nome de Gymnásio Tibiriçá. Em meados de 1913, após a extinção da associação mantenedora, a Diocese de São Carlos recebeu os direitos sobre a instituição e instalou ali o Colégio Diocesano, com os regimes de internato, semi-internato e externato para meninos, sob a direção do Padre Manoel Joaquim Gonçalves, o Monsenhor Gonçalves.

Dois anos depois, atendendo a um convite da Diocese de São Carlos, a Ordem Premonstratense aceitou a direção do Colégio e uma equipe da referida Ordem instalou-se em nossa cidade para atuar na educação dos jovens cidadãos. Assim, em fevereiro de 1915 o Cônego Alderico Lambrechts foi empossado diretor da instituição que passou a chamar-se Atheneu Jauense Colégio Diocesano. Com o crescente aumento de alunos, diversas reformas foram feitas no edifício nesta época, que recebeu marcenaria, carpintaria, refeitório, sala de estudos, dormitórios, museu, biblioteca, campo de futebol, pomar, horta e até alguns animais. Em 1926 o Colégio foi municipalizado e passou a chamar-se Gymnásio Municipal. A Capela começou a ser erguida em 1937, idealizada pelo Irmão Lucas Vandermeulen, e Irmão Frederico Debaiffe, respeitando o estilo original do prédio. Em 1948, através de lei municipal, o nome do educandário mudou novamente, desta vez para Colégio São Norberto, em homenagem ao santo fundador da Ordem Premonstratense. Embora gozasse de excelente reputação quanto à preparação dos alunos, em 1959 o sistema de internato deixou de funcionar devido a questões financeiras e no final do ano letivo de 1968 o Colégio encerrou definitivamente suas atividades. 

Fotos: Face - JauHistoria

Heloiza Helena C. Zanzotti

Colégio São Norberto


ENTRE, FIQUE À VONTADE

Um guia com os melhores serviços e produtos para que você esteja sempre de bem com a vida Escola de Cabeleireiros Tide Capa: Tide Make: Sim Beauty Salon

Especial

Beleza e Bem-Estar Revista Energia 31


—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

—™

Capa

32 Revista Energia

—


Tide

formando profissionais completos No mercado da beleza não tem crise, então, quanto mais preparado você estiver, mais sucesso e realização obterá em sua vida Texto Heloiza Helena C Zanzotti

T

erceiro maior mercado de beleza do mundo, o Brasil emprega muitos profissionais na área e oferece oportunidades para quem busca uma profissão rentável. Pesquisas apontam, inclusive, que gastamos mais com beleza do que com alimentação. Assim, com a crescente demanda do setor, quem deseja atuar neste mercado precisa especializar-se e estar sempre atualizado. Uma das grandes vantagens de se fazer um curso profissiona-

lizante no setor é a rápida colocação no mercado de trabalho, e o retorno garantido. Escola de Cabeleireiros Tide Nascida há 29 anos em Barra Bonita, SP, a Escola de Cabeleireiros Tide mudou-se anos mais tarde para Jaú, onde construiu uma história de sucesso e contribuiu para mudar a vida de milhares de pessoas. Revista Energia 33


— —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™ —™

Considerado o melhor e mais preparado centro de formação profissional na área da beleza, a escola é referência em todo o Centro-Oeste Paulista com unidades em Jaú, Bauru e em franca expansão, formando e atualizando mais de 400 profissionais ao ano. Seriedade, qualidade no ensino, tradição e inovação fazem da Tide uma escola diferenciada, que prepara seus alunos para atuarem com toda segurança em qualquer segmento que desejarem.

expansão no mercado nacional, adaptando fórmulas especificamente para o cabelo das brasileiras.

Estrutura A Escola de Cabeleireiros Tide conta, em Jaú, com um Centro de Formação Profissional, um Centro Técnico Avançado e a Barbearia. Em Bauru funciona o Centro de Formação Profissional. Todas as instalações são amplas, confortáveis, com os mais modernos equipamentos e uma equipe profissional qualificada, experiente e preocupada em oferecer o melhor ensino a seus alunos.

— Tide - À frente da escola há 29 anos, Clotilde Souza Silva de Freitas abriu seu primeiro salão de beleza aos 15 anos. Graduada em diversos cursos pela L’oreal de Paris, Academia Dessange (Paris), Pivot Point, Toni & Guy, dentre outras, já recebeu diversos prêmios pelos trabalhos realizados, entre eles a “Tesoura de ouro”, prêmio máximo do setor cabeleireiro; Prêmio João Ribeiro de Barros; Título de Cidadã Jauense, Prêmio Destaque Escola de Cabeleireiros. Importa ressaltar que Tide sempre contou com o apoio incondicional do esposo, Carlos Roberto de Freitas, 72, economiário.

Centro de Formação Profissional Na Escola Tide você encontra todos os cursos de formação em cabeleireiro, com conteúdos inovadores, cursos apostilados e com certificado reconhecido em todo país e no exterior. Cortes, escova lisa, escova modelada, penteados, escova progressiva, hidratação, reconstrução capilar, cortes masculino e feminino, coloração, luzes, reflexo, alisamento, relaxamento, cauterização, alongamento de cabelo e muito mais. Centro Técnico Avançado Com professores especializados em cada área, a Estética abrange cursos para homens e mulheres que desejam atuar em um setor em pleno crescimento. A formação abrange toda a estética facial e corporal; depilação, massagens shiatsu, pedras quentes, bambuterapia; massoterapia; manicure e pedicure com design de unhas, colocação de unhas postiças, unhas em gel, acrigel, porcelana, alongamento de unhas, desenhos em 3D; Spa de pés e mãos, entre outros. Maquiagem Novas tendências, maquiagem 3D, design de sobrancelhas, visagismo, correção com hena. Maquiagem nível I para noivas, madrinhas e festas. Maquiagem nível II, abordando as mais avançadas técnicas disponíveis no mercado. Para profissionais Para aqueles que já atuam na área, os Workshops mantêm os profissionais atualizados. Cortes, penteados, colorimetria, alongamento de cabelos e cílios, Circuito Educacional L’oreal e Matrix L’oreal, eleita a preferida dos cabeleireiros americanos e em plena

Equipe Jaú

A equipe Selecionados entre os melhores, os professores e auxiliares que atuam na Tide são altamente qualificados, a fim de propiciar uma excelente formação profissional a todos os seus alunos.

— Ricardo Freitas - Idealizador da unidade de Bauru, Ricardo Souza Silva de Freitas, 30, advogado, assumiu a direção financeira da empresa e sua gestão administrativa. Possui cursos de Gestão Empresarial, Capacitação em Vendas, Fluxo de Caixa, EMPRETEC (curso pelo SEBRAE e com chancela da ONU), premiado pelo SEBRAE no tema “Inovação empresarial” no curso EMPRETEC. — Leticia Mendes Freitas - Psicóloga, 27 anos, Letícia apaixonou-se pela área da beleza e atualmente é a educadora responsável pela unidade de Bauru. Possui especialização em cursos de cortes, coloração e é graduada no Circuito L´oreal. — Suelen Souza Silva de Freitas - A designer de 27 anos cuida da imagem da empresa com competência, o que faz com que a marca Tide seja uma das mais respeitadas.  Unidades da Escola de Cabeleireiros Tide Centro técnico avançado – Jaú/SP Rua Riachuelo 218 - centro - email: contato@escolatide.com.br Centro de Formação – Jaú/SP Rua Marechal Bittencourt 578 - centro (14) 3621-5964 / 3625-5128 - email: contato@escolatide.com.br Centro de Formação – Bauru/SP Rua Treze de Maio 8-63 - centro (14) 3223-2436 / 3234-1075 - email: escolatide@hotmail.com

Equipe Bauru


Centro técnico avançado – Jaú/SP

Centro de formação – Bauru/SP Manicure – Jaú/SP

Centro de formação – Jaú/SP Ricardo e Letícia Freitas

Aula teórica - Bauru/SP

Cabeleireiro – Bauru/SP

Barbearia - Jaú/SP

Revista Energia 35


A melhor escolha!

D

esde 2008 a Academia Nativa Fitness é referência no segmento. Com a crescente procura por saúde e bem-estar, a Academia Nativa Fitness vem crescendo e se aperfeiçoando, ampliando seus espaços constantemente. A academia possui ambiente climatizado, aparelhos adequados e equipe altamente capacitada para orientar quem deseja definir o corpo através da musculação, ou condicionamento físico por meio das aulas de Muay Thai ou Jiu Jitsu. O horário de funciona-

mento é de segunda a quinta das 6h às 0h. Às sextas, das 6h às 22h e aos sábados das 9h às 12h. As aulas de Muay Thai acontecem às terças e quintas-feiras das 19h15 às 20h45, sob a direção do professor Casão Capobianco e as aulas de Jiu Jitsu são às terças e quintas-feiras das 20h45 às 22h15, sob o comando do professor Elton Possani. Recentemente a Academia Nativa Fitness fez parceria com o time de Handebol Masculino de Jaú, contribuindo para o melhor condicionamento físico da equipe.

Os proprietários Simone e Ferroni

A equipe de professores Alexandre, Rodinaldo, Sairus e Ricardo

O time de Handebol de Jaú também escolheu a Academia Nativa Fitness

Diversos artistas escolhem a Academia Nativa Fitness para treinar quando passam por Jaú. Na foto vemos Felipe, da dupla Apolo e Felipe


Musculação Considerada uma atividade versátil, direcionada para diferentes objetivos como emagrecimento, fortalecimento da musculatura e também prevenção e tratamento de lesões, a musculação gera inúmeros benefícios como melhora da postura, torna o coração mais saudável e ajuda a emagrecer, sem falar na parte estética. Além disso, devido à liberação das endorfinas, proporciona um sono mais tranquilo. Na Academia Nativa Fitness os treinamentos são direcionados e adequados às necessidades de cada pessoa.

Jiu Jitsu As aulas se dividem em três partes: o aquecimento, onde são incluídos exercícios de flexão, abdominais, corrida, entre outros; a técnica e o treino. O praticante aprende golpes que forçam o seu oponente a desistir da luta, sem que seja necessário causar-lhe danos físicos já que os golpes, estrangulamentos, torções, encaixe de pernas e de braços visam a imobilizar o adversário. Um treino intenso de Jiu jitsu de 90 minutos chega a gastar até 1000 calorias e fortalece a região abdominal, trabalha os braços, peito e costas, melhora a força, resistência cardiorrespiratória, aumento da disciplina, controle emocional e autoestima.

Muay Thai As aulas de muay thai, também conhecido como boxe tailandês, envolvem rotinas de golpes e outros exercícios físicos como corrida, polichinelos, saltos, alongamentos, flexões de braços, abdominais e agachamento. As aulas duram 90 minutos e se destacam pelo dinamismo e divertimento. Além de melhorar o condicionamento físico e fortalecimento de toda a musculatura, o esporte gera outros benefícios como melhora do condicionamento cardiorrespiratório, flexibilidade e grande gasto calórico, podendo eliminar até 1500 calorias por aula.


Jorgin Cabelo e Estética em dose dupla Quando o assunto é beleza, Jorgin Cabelo e Estética é referência

Há 32 anos Jorgin Cabelo e Estética imprime personalidade ao look de suas clientes. Seus profissionais estão constantemente participando de cursos, congressos e workshops, acompanhando todas as novidades e tendências na área, e isso faz com que pequenas mudanças no corte ou na cor do cabelo sejam responsáveis por grandes transformações visuais, impactando diretamente em uma melhor autoestima. 40 Revista Energia


Passo a passo Bianca Grombone, 21 e Mayara Melges, 20, passaram por uma transformação total. Regiane Marques, designer de unhas, iniciou o trabalho em Mayara, com alongamento das unhas em gel e aplicação de esmalte vermelho vivo clássico. Em Bianca, que já tem os dedos alongados, ela fez as unhas normalmente, colorindo com vermelho marsala. Keila Jorgin, esteticista, cuidou da pele de ambas, iniciando com a aplicação de peeling de diamante, que rejuvenesce a pele e previne manchas. A seguir foi feito o design de sobrancelhas com aplicação de hena, para corrigir falhas e realçar o olhar, sempre utilizando o visagismo, adequando a sobrancelha ao formato do rosto. A esteticista também fez a depilação egípcia facial, que não agride a pele e é indicada pelos dermatologistas. Francine e Flávia Jorgin fizeram um estudo do visagismo para escolher o corte e a cor ideal para as meninas. Em Mayara, que tem a pele morena, foi necessário dar uma esquentada com a utilização de tons dourados e acobreados, então foi aplicada tonalidade marrom avermelhada. Mayara tem estatura mais baixa e possui o formato do rosto quadrado. Como seus cabelos estavam compridos, passava uma imagem mais infantil, o que as visagistas corrigiram acompanhando a nova tendência dos curtos, com corte em linhas diagonais, alongando o rosto da cliente e conferindo-lhe um ar mais maduro, combinando mais com a profissão dela, que é projetista. Em Bianca, que tem o rosto retangular e pele clara de tom quente, foi preciso esfriar a pele para contrastar com os olhos verdes. Nela foram usados tons frios, da coleção de inverno Ombré, Back to Back, nova tendência da estação. A técnica não deixa a raiz marcada, mas esfumaçada, provocando afinamento no rosto. O corte foi cuidadosamente escolhido para dar harmonia ao conjunto, feito em comprimento mediano, com a técnica Long Bob, estilo moderno que já ganhou a preferência de muita gente famosa. A seguir as meninas foram maquiadas com a utilização da técnica Air Brush, própria para foto e vídeo, com duração de 16 horas e resistência à água. Ao final da sessão, Bianca e Mayara fizeram um ensaio com o fotógrafo Rogério Castelo, e o resultado você confere aqui.

Créditos: Roupas: Hot Seven Acessórios: Acessórios de Luxo Karol Frabetti Fotos: Rogério Castelo

Revista Energia 41


Natação

Natação é saúde

pratique Considerado um dos esportes mais completos e recomendados, a natação é um exercício predominantemente aeróbico como a caminhada, a corrida, o ciclismo ou a dança Texto Heloiza Helena C Zanzotti 42 Revista Energia


E

la movimenta praticamente todos os músculos e articulações do corpo, traz inúmeros benefícios para o organismo e pode ser praticada por pessoas de todas as idades, sendo a única atividade física indicada para menores de 3 anos.

Benefícios O esporte, se praticado regularmente, proporciona perda calórica, equilíbrio muscular e auxilia na recuperação de lesões. Também é recomendado para pessoas com problemas respiratórios, uma vez que os exercícios são feitos em ar úmido, ajudando a reduzir sintomas de asma e alergias. A natação trabalha ainda o sistema cardíaco e respiratório, fazendo com que o condicionamento físico melhore. Por tratar-se de exercício aeróbico, fortalece o coração e melhora sua função de bombeamento, fornecendo um melhor fluxo de sangue por todo o corpo. Como oxigena melhor o cérebro, consequentemente ativa a memória, relaxa a mente e proporciona uma melhor noite de sono ao praticante. Quanto antes, melhor Especialistas concordam: começar a praticar natação desde pequeno ajuda a desenvolver um sistema respiratório mais resistente a doenças e alergias. E ela pode ser iniciada logo nos primeiros meses de vida, praticada de forma lúdica, adaptando gradativamente a criança ao meio líquido, que é aconchegante e bem tranquilo. Quando supervisionada por profissionais sérios e experientes, o esporte contribui para o desenvolvimento integral dos pequenos, englobando os aspectos motor, cognitivo, emocional e social. Nas escolas Tema de diversas pesquisas e estudos, a natação é, sem dúvida, um excelente instrumento facilitador no processo ensino-aprendizagem de crianças e adolescentes. Através da sua prática são trabalhadas regras, técnicas, velocidade, autonomia, socialização, cidadania e muitos outros itens fundamentais para a formação dos alunos, o que colabora também para um melhor desempenho em sala de aula, melhor assimilação dos conteúdos e maior disposição para o aprendizado. Não pare no inverno O calor foi embora e, com ele, muitos praticantes de natação

e hidroginástica. Entretanto, é fundamental que a prática continue, mesmo nos dias mais frios. No inverno nosso organismo necessita de mais energia para manter o aquecimento corporal, assim nos alimentamos mais e escolhemos alimentos mais calóricos, mais quentes, o que facilita o aumento de peso, desperdiçando todo aquele esforço que fizemos durante os meses de calor. Então, não pare. Além de tudo isso, saiba que nadar no inverno produz anticorpos para tornar o organismo mais resistente às mudanças de temperatura. Apenas tome aqueles cuidados básicos: ao sair da água use chinelos e roupão ou toalha para se proteger do frio. Escola de Natação Porto Alvorada A Escola de Natação Porto Alvorada nasceu em 1984 sob a direção de Ana Cristina Grizzo Lima e Maria Ângela Grizzo, ainda na Escola de Educação Infantil Pinguinho de Gente, com o compromisso de ensinar a nadar de uma forma divertida e prazerosa. Em 1995, com a criação do Colégio Porto Alvorada, vieram suas novas instalações com piscina de 15m x 8m, coberta, aquecida e salinizada; vestiários amplos e ambiente agradável e familiar. Sob a coordenação de Carla Derradi, pós-graduada em Natação e Atividades Aquáticas e especializada em Natação de Bebês e Natação Infantil, os profissionais de natação do Porto Alvorada são formados e credenciados pelo CREF (Conselho Regional de Educação Física), além de estarem em constante atualização. É para você também A Escola de Natação Porto Alvorada não é só para alunos do Colégio. A instituição oferece aulas para todas as idades, e para toda a população de Jaú e região. Trabalhando com número reduzido de alunos por professor, atendimento personalizado e exclusivo, as aulas acontecem de segunda-feira a sábado, nos períodos da manhã, tarde e noite. Além disso, os horários são flexíveis, o que permite conciliar a atividade e o trabalho. Natação para bebês Como os bebês já são adaptados ao meio líquido desde a gestação, sentem-se confortáveis no ambiente aquático onde treinam coordenação motora e noções de espaço e tempo, preparando-os psicologicamente para o auto salvamento, auxiliando na resistência muscular e respiratória, sempre através de estímulos e atividades lúdicas. Também estimula o apetite, tranquiliza

Revista Energia 43


Benício Ferreira Passalacqua

o sono, cria um maior laço de afetividade com os pais, auxilia na socialização para com outros bebês, adultos e professores. A musicalidade faz parte das aulas estimulando a memória, condicionando a criança ao movimento e ampliando o seu vocabulário significativamente. Para bebês a partir dos quatro meses, com acompanhantes (pais, avós, tios, ou pessoas próximas que estejam familiarizadas com a criança). Natação infantil Após os dois anos de idade as aulas passam a ser na plataforma e com a presença dos professores, mas sem os pais na água, trabalhando a segurança, a independência, a autonomia e a autoconfiança da criança através de exercícios de sobrevivência, aprendizagem dos quatro estilos de nados e aperfeiçoamento dos mesmos, respeitando sempre o ritmo de aprendizado de cada um. Jovens, adultos e terceira idade A natação é uma atividade física que pode ser praticada por toda a vida e além de todos os benefícios já mencionados, também pode ser escolhida por outras razões como superar medos e traumas com água, aprender uma nova habilidade ou mesmo praticar uma forma de exercício que seja uma experiência divertida e gratificante.

44 Revista Energia

Hidroginástica É uma atividade que pode ser praticada por mulheres, homens, jovens, adultos, pela terceira idade e até gestantes. As aulas são dinâmicas, eficazes e seguras, adequadas para cada idade e pessoa, e ministradas pela professora Edilaine Bossonario. Hidroterapia Sob a supervisão da fisioterapeuta Sheila M. S. Corrêa Gonçalves, a Hidroterapia inclui fortalecimento muscular, melhora do equilíbrio e da coordenação motora, aumento da amplitude das articulações, melhora das funções cardiorrespiratórias, problemas de ordem traumato-ortopédicos, esportivos, reumatológicos e neurológicos. As indicações mais comuns são: lombalgias, cervicalgias, hérnias discais, pré e pós-operatório de joelho, coluna, ombro, AVC, paralisia cerebral entre outros. Escolha bem Se você está convencido de que a natação é realmente um esporte completo e sua prática trará grandes benefícios, não adianta sair correndo e matricular-se na primeira academia que encontrar. Ao decidir nadar, tenha o cuidado de escolher uma escola, academia ou clube que conte com a supervisão de bons profissionais e faça uma avaliação física antes, que vai determinar os parâmetros para cada praticante. 


Clínica Nutrivida Um espaço completo de saúde, beleza e bem-estar

C

om amplo espaço e profissionais altamente qualificados e reconhecidos, a Nutrivida uniu tratamentos em diversas áreas para atender seus clientes com qualidade e eficiência. A clínica oferece tratamentos em Nutrição, Fisioterapia, Psicologia, Odontologia, Fonoaudiologia. A proposta é concentrar em um só local um completo leque de serviços voltado aos cuidados com o corpo e a mente.

Odontologia especializada: Dra Keila Cristiane Brochado Adulto e infantil - Especialista em odontologia para pacientes com necessidades especiais. Atendimento ao deficiente físico, mental e sistemicamente comprometido (cardiopatias, anemias, diabetes, neoplasias, insuficiência renal crônica, epilepsia, transplantados, hepatopatias); prevenção e controle de lesões bucais pós tratamento quimioterápico e radioterapia; distúrbios imunodeprimidos; emergências médicas em odontologia. Fisioterapia dermato funcional: Dra Adriana C. Mazzetto Limpeza de pele a vácuo, peeling de diamante, decapagem biológica, esfoliação, hidratação. Drenagem linfática; tratamento de acne, mancha, estria, rejuvenescimento, celulite e flacidez. Pré e pós cirurgia plástica. Fisioterapia ortopédica e traumatologia: Dra Ana Carolina Raminelli Guarnieri - Pré e pós-operatório de fraturas ósseas; lesões musculares e articulares. Reabilitação de doenças ortopédicas como artrose, artrite, tendinite, hérnia de disco, doenças da coluna vertebral entre outras. Reeducação de desvios da postura como escoliose, através do método RPG (Reeducação Postural Global). Acupuntura auricular para tratamentos como a dor, ansiedade, depressão, insônia, labirintite, dor de cabeça, compulsão alimentar e química. Massagem relaxante para controle da dor e estresse. Atendimento à terceira idade.

Fonoaudiologia: Mila Denadai - Audiometria clínica, audiometria ocupacional, impedanciometria, emissões otoacústicas evocadas, teste da orelhinha, perícia técnica na área da audiologia. Fonoaudiologia: Maria Angélica da Costa - Aprimoramento e reabilitação de fala e voz. Coaching em fisiologia vocal: treinamento e orientação para cantores, professores, jornalistas e demais profissionais da voz. Treinamento de técnicas em oratória. Casos Odontológicos: adequação da musculatura orofacial Nutrição: Dra. Camila M. Geraldi - Avaliação nutricional e prescrição alimentar personalizada (dieta balanceada/emagrecimento/suplementação) para crianças, adultos, idosos, gestantes, praticantes de atividade física e/ou atletas. Psicologia clínica: Ana Paula Reis Rossi - Psicologia Clínica adulto e infantil, terapia individual e de casal. Especialista em desenvolvimento infantil. Terapia Cognitivo Comportamental. Psicologia e Hipnoterapia: Dra Maira Cibele Espricigo Psicologia e Hipnoterapia adulto e infantil, terapia de casais, Hipnose Condicionativa. Especialista em hipnose clínica, psicoterapia breve.

Revista Energia 45


Iralva Hair Company o cabelo dos seus sonhos Única empresa que fabrica perucas para homens e mulheres em Jaú e região, Iralva Hair Company é especialista em alongamentos, perucas e próteses

P

ara os casos de queda capilar, tratamento quimioterápico ou para aqueles que possuem fios ralos, já é possível resolver o problema em pouquíssimo tempo, e ter o cabelo com o comprimento e volume que desejar. Há 31 anos no mercado, na Iralva Hair Company você encontra a solução para deixar seu cabelo do jeito que você quiser, e ainda conta com orientação para adquirir os cabelos na tonalidade e no volume corretos. Alongamento e colocação de Mega Hair com cabelo humano, todos os métodos. Tratamentos, tranças kanekalon, perucas, próteses masculinas e femininas. Antes de arriscar-se por aí, conheça tudo o que Iralva Hair Company pode fazer por você e pelo seu visual.

A satisfação da transformação

46 Revista Energia

Venda de cabelos humanos

Perucas e próteses


Como sorrir diante da crise econômica?

E

aí doutor, o que o senhor acha da crise? Sem dúvida é a pergunta mais frequente dos pacientes durante as consultas. E minha resposta é sempre otimista. Aliás, como é difícil conviver com pessoas pessimistas, que sempre encontram problemas em tudo que a vida oferece. O trabalho é ruim, a família é complicada, porque chove tanto, porque não chove, o governo não presta e muitas outras negativas. Não posso negar que o país passa por uma crise, mas não foi a única e nem será a última. Então, qual deve ser a nossa atitude perante uma situação que é real e afeta a vida de milhões de pessoas? Acredito que deva ser a mais otimista possível. Na crise surgem as melhores ideias, os melhores projetos e produtos. Quando tudo vai bem as pessoas pensam menos, avaliam menos. Quando vem a crise estão tão estagnados, que ficam sem saber o que fazer. É na crise que encontramos as melhores oportunidades para desenvolvermos ideias e planejamentos para os nossos sonhos. Então pergunto: “Como está seu sorriso diante da crise econômica?” No âmbito odontológico, pesquisas comprovam que pessoas que têm dentes mais alinhados e com estética são consideradas mais inteligentes e com maior probabilidade de ter um emprego, em detrimento daquelas que não investiram na melhora do seu sorriso. São pesquisas feitas por instituições sérias e respeitáveis. Se você tem perspectiva de um novo emprego, saiba que passará por diversas fases, inclusive a da entrevista. Sem dúvidas, aquele que investiu na melhora da sua qualidade bucal estará muitos passos à frente para ser o escolhido para a vaga de trabalho. É preciso ter atitude. Ter um sorriso renovado, dentes bem alinhados e esteticamente agradáveis renova nossa autoestima e nos torna mais confiantes para nos relacionarmos socialmente e em nosso trabalho.

Dr. Marcelo Chacon: Ortodontista, Mestrando e especialista em Ortodontia pela Faculdade de Odontologia da USP de Bauru. Professor Assistente do Curso de Especialização em Ortodontia da Faculdade de Odontologia da USP de Bauru

Pacientes que investiram em tratamento com aparelhos ortodônticos estão alcançando melhores resultados profissionais e principalmente consigo mesmos, pois sentem-se mais bonitos, mais seguros e com novas perspectivas para sua vida. Tiveram atitude. Resolveram mudar o panorama e mesmo diante da crise investiram um pouco de suas finanças em um tratamento odontológico. A crise vai passar. E quando passar, as melhores oportunidades aparecerão para aqueles que fizeram investimentos em sua vida. Termino dizendo: invista em você. A criação mais perfeita de Deus foi o ser humano. Use este privilégio que tem em relação às outras criaturas: poder raciocinar. Seja otimista, inovador. Não deixe o momento passar. Não deixe seus dentes ficarem tão ruins, que só lhe restará ter que extraí-los. Cuide do seu sorriso. Comece um novo despertar em sua vida. Trate as cáries, a gengiva, coloque um aparelho e observará que um novo sorriso vai surgir nos seus lábios, energizando-lhe e mostrando que vale a pena acreditar, que tudo ficará melhor e que mesmo diante da crise, podemos sorrir. Antes

Depois

Antes

Depois

Revista Energia 47


H

Jac Cosméticos

á vinte anos o empresário José Acácio Carinhato e seu filho Júnior, observando a necessidade de Jaú e região, fundaram a Jac Cosméticos, empresa voltada ao atendimento de atacado de cosméticos. Posteriormente, identificando a oportunidade de trabalhar o varejo, inauguraram a primeira sede física na Alameda Coronel Miranda Prado, que em 2000 foi transferida para a Avenida Netinho Prado.

48 Revista Energia

A empresa familiar, que tem como missão promover a beleza e respeito ao consumidor com excelente atendimento e inovações, possui como valores a ética e a transparência. Desde a sua fundação a Jac Cosméticos busca total sintonia com as novas tendências do mercado. Consolidada, Jac Cosméticos é referência no ramo da beleza em Jaú e região. Em 2005, Erika Carinhato, filha de José Acácio assume a


Foto: Arquivo Pessoal

gerência do empreendimento, dando novos rumos à empresa no varejo, e em 2014 inauguram a nova sede da loja em prédio próprio, que conta com ambiente climatizado, fácil localização e estacionamento. Dispõe de espaço dedicado à venda de móveis para salão de cabeleireiros, manicures e esteticistas. O showroom de móveis e acessórios oferece sempre as últimas novidades ao profissional que quer renovar ou montar seu salão de beleza. Há também local direcionado para palestras e workshops, onde os profissionais podem se aperfeiçoar sob orientação de técnicos altamente capacitados, representantes das melhores empresas de cosméticos nacionais. Atualmente a Jac Cosméticos desenvolve uma parceria com aproximadamente 300 fornecedores e conta com um portfólio diversificado (maquiagens, cosméticos, eletrônicos, perfumes importados, móveis para profissionais) que atinge cerca de 14 mil itens. Adicionalmente, disponibiliza aos seus dez funcionários treinamento interno, para que possam atender os clientes de maneira cortês e técnica ao mesmo tempo. São vinte anos de vida, de desenvolvimento de parcerias duradouras e um futuro promissor. Evoluir com qualidade, através de melhorias no atendimento ao cliente, é uma constante na Jac Cosméticos. A Jac Cosméticos agradece aos clientes, colaboradores e fornecedores que contribuíram para o crescimento exponencial da empresa.

Revista Energia 49


MM

Treinamento Funcional

Obtenha condicionamento físico e otimize resultados

C

ada vez mais atraindo adeptos, o treinamento funcional é um método dinâmico que mescla diferentes capacidades físicas em um único exercício. Em Jaú, a MM Treinamento Funcional é a primeira academia a oferecer este tipo de trabalho. O método combina diferentes habilidades como o treino aeróbico com o de equilíbrio, criando infinitas possibilidades de variações. Com isso, o foco é ampliado e ao invés de trabalhar um único grupo muscular, ele passa para o corpo todo. Baseado nos movimentos naturais do ser humano como pular, correr, puxar, agachar, girar e empurrar, ele trabalha a força muscular, a flexibilidade, o sistema cardiorrespiratório, a coordenação motora e o equilíbrio. Para trabalhar a musculatura profunda, em alguns exercícios são usados acessórios como elásticos, cordas, bolas, cintos de tração, cones, discos e hastes.

50 Revista Energia

O praticante ganha inúmeros benefícios como resistência, agilidade, redução do percentual de gordura, emagrecimento, definição muscular, melhora a postura, ameniza as dores nas costas, diminui a incidência de lesões, melhora o desempenho atlético, além de criar uma melhor percepção do próprio corpo e sua localização espacial. Valores mensalidades 1 x por semana ...... R$ 50,00 2 x por semana ...... R$ 70,00 3 x por semana ...... R$ 80,00 Treino livre ............ R$ 90,00

Personal Training Marcelo Azevedo e Marquinho Bueno Tel: 14 3032.8147 | 99744.5169 Av. Nenê Galvão, 3200 (próximo ao lago do Silvério)


Revista Energia 51


Idoso

lar

Um novo

A decisão de internar um ente querido em uma clínica de repouso não é fácil. Medos, dúvidas e angústias fazem parte do processo. Será que a atitude é a mais correta para a qualidade de vida do idoso? Texto Heloiza Helena C Zanzotti 52 Revista Energia


E

les já estão aposentados, os filhos casados, netos crescendo, e na maioria dos casos o companheiro ou companheira já faleceu. Começam a surgir algumas limitações e o risco de morarem sozinhos aumenta muito. Diante destes fatores, muitas famílias começam a pensar na possibilidade de levar o parente idoso para uma casa de repouso. Elas mudaram Com o aumento da expectativa de vida, atualmente é muito fácil chegar à casa dos 80 anos ou mais. Entretanto, as famílias estão mais comprometidas em seus trabalhos, os dias tomados por inúmeras tarefas fora de casa e quando o parente idoso apresenta dificuldades para executar atos simples do dia a dia, ou quando sua saúde mental está comprometida, pode ser o momento de optar pelas casas de repouso. Assim, essas instituições têm se multiplicado e passaram a oferecer serviços diferenciados, boa assistência, ambientes adequados e com acessibilidade, fatores que pesam na decisão dos familiares. Um bom lugar para se viver Foi-se o tempo em que asilos eram sinônimos de vida cruel, abandono e tristeza. Hoje as casas de repouso são vistas como solução para que os mais velhos não se sintam sozinhos, pois ali convivem o tempo todo com muitos companheiros. São diversas as atividades e programas que integram essas pessoas como ver TV, fazer as refeições, ocupar-se de novos hobbies, ouvir música, dançar e muitos outros. Ali os internos partilham problemas comuns, recordações e muitas histórias. No entanto, como em qualquer outra atividade, há serviços bons e ruins, e é preciso saber escolher. Clínica de Repouso C Panelli Localizadas em pontos estratégicos de Jaú, as duas unidades da Clínica de Repouso C Panelli apresentam ambiente familiar e acolhedor, proporcionando um verdadeiro lar aos residentes, atendendo suas necessidades com serviços e profissionais qualificados. Caminhando para o quarto ano de funcionamento, a equipe da instituição sabe das dificuldades emocionais que norteiam a decisão de internar um familiar idoso em uma casa de repouso, sabe que eles vão precisar de cuidados especiais, e está pronta para atender a estas expectativas. Sob a direção de Anunciata Aparecida Costa, Matheus Panelli Costa e Guilherme Panelli Costa, a equipe tem como responsável clínico o Dr Valdi Garbulho e conta com a competência da enfermeira Denise Sgavioli, responsável pelas duas unidades, e de Ana Carolina Raminelli Guarnieri, fisioterapeuta. Além deles, outros profissionais compõem o quadro de funcionários como cuidadores, técnicos em enfermagem, auxiliares, secretária, cozinheiras, serviços gerais e jardineiro. A rotina Oferecendo os regimes de internato ou externato, cada Revista Energia 53


unidade conta com 7 funcionários em seu quadro de funcionários/ dia. Os externos chegam às unidades por volta das 8h e seguem a mesma rotina dos demais. Não há horário estipulado para que os internos levantem pela manhã, na medida em que acordam são encaminhados para o banho e em seguida para o café, servido geralmente até 10h, seguido de um iogurte ou frutas. Na sequência há o almoço, por volta das 15h um café da tarde, jantar às 18h e uma ceia às 20h30 e não há horário fixo para os internos se dirigirem a seus leitos. Durante o dia eles exercem atividades interativas como música, aulas de pintura em tela e tecido, entre outras. Os serviços de fisioterapia são realizados duas vezes na semana, em cada clínica, e todas as quartas-feiras os católicos recebem a comunhão. As visitas médicas de rotina acontecem aos sábados ou domingos, e a qualquer momento se houver necessidade. Datas festivas são sempre comemoradas com festas agradá-

54 Revista Energia

veis e a participação dos familiares. Também são organizadas noites com violeiro e comidas típicas. As visitas de parentes são liberadas todos os dias, das 14h às 18h. Carinho é fundamental Os profissionais da Clínica Panelli estão sempre à disposição para o esclarecimento de dúvidas através de contato telefônico ou agendamento de visita. Conheça suas unidades, seus profissionais e faça a escolha certa quando necessitar de uma clínica de repouso séria e comprometida com a qualidade. Apesar de todo cuidado que os internos recebem na instituição, a equipe da Clínica Panelli lembra que nada substitui o amor da família, por isso é importante que estejam atentos a isso e se façam sempre presentes oferecendo apoio, carinho e atenção ao familiar idoso. 


Clínica Efficacy

N

Fisioterapia e Pilates

o dia 22 de junho foi inaugurado em Jaú um novo conceito em saúde e bem-estar: a Clínica Efficacy. Especializada em fisioterapia e pilates, a clínica foi desenvolvida com o que há de mais moderno em equipamentos e técnicas. Tendo como principal objetivo oferecer ao paciente atendimento diferenciado tanto na área de fisioterapia ortopédica quanto na de pilates, a bagagem e experiência da fisioterapeuta Marcela Goulart Fonseca, profissional devidamente habilitada pela STOTT PILATES de São Paulo, conta ainda com cursos diversificados nesta área, proporcionando ao paciente total tranquilidade, confiança e segurança ao realizar o tratamento na clínica. Venha conhecer a Clínica Efficacy, onde você obterá, através de métodos revolucionários, a necessária recuperação, equilibrio e bem-estar corporal. Promoção de inauguração: • Isenção na taxa de matrícula • Avaliação e aula experimental gratuitas • Brinde personalizado

Av. Nenê Galvão, 2270 Jardim Alvorada - Jaú/SP (14) 3624 2455

Clemilson Cosme da Silva, Jhenifer Gabriela da Silva e Marcela Goulart Fonseca

Lauro César Goulart Fonseca, Paula Travagli Fonseca, Marcela Goulart Fonseca, Maria Deolinda Goulart Fonseca, Antonio Carlos Pestili Fonseca

Marcela Goulart Fonseca e Érica Leme Blassioli

Juliana Munhoz, Marcela Goulart Fonseca e Auri Cerqueira

Marcela Goulart Fonseca e Valter Dutra Mendes Filho

Ana Beatriz Molan Chenale, Marcela Goulart Fonseca e José Divaldo Chenale

Ana Carolina Leonardi, Marcela Goulart Fonseca, Salviane Magda Nardes e Maria Odila Gomes Leonardi

Lucia Munhoz Bertoncello e Marcela Goulart Fonseca

Revista Energia 55


Uma vez loira, para sempre loira!

56 Revista Energia


U

m belo dia Paula Toller virou loira e se revelou nos palcos; Marilyn Monroe ofuscou sua Norma Jean e a verdade é que quando nos tornamos loiras um lado nosso trancado a sete chaves vem para fora!” Posso dizer com toda franqueza que quase toda mulher sonha em ficar loira! Desde sempre os tons loiros são os mais desejados e pedidos nos salões de beleza, entre tons quentes, frios, loiros por inteiro, ou só com mechas. O problema é: como cuidar, quais tratamentos fazer, que cor escolher e como mantê-lo? Estas são as principais perguntas de toda mulher que pretende ficar loira. E não existe fórmula pronta. A ordem é respeitar o perfil da cliente, seu desejo, e aplicar um pouco da técnica de visagismo para harmonizar o visual como um todo. É importante lembrar que todo cabelo descolorido merece atenção redobrada. O fio de cabelo é composto basicamente por carbono, hidrogênio, nitrogênio, oxigênio e enxofre que, unidos, formam uma proteína chamada queratina, que representa 85% da composição do cabelo, complementado por 12% de água e 3% de lipídeos. E ele se divide em três camadas: cutícula, córtex e medula. Quando os fios sofrem a descoloração é normal ocorrer a perda de seus principais nutrientes, por isso sempre é recomendado um tratamento pós descoloração, para repor tudo o que perdemos nesse processo. Existem casos em que é necessário fazer um tratamento pré-descoloração, para aumentar a resistência do fio a fim de que ele possa suportar a descoloração sem que sofra danos drásticos como a quebra. Cada cabelo é um caso, e para ser loira é necessário ter fios saudáveis. Para cada cliente há um protocolo específico de tratamento nos fios e na manutenção da cor. Na Pró Hair todas as mechas são finalizados com tonalizante, para ter um acabamento mais sofisticado. Muita gente

pergunta se isso é necessário. Bem, não é obrigatório, porém, quando trabalhamos com loiros, temos uma infinidade de tonalidades disponíveis e nem sempre o fundo de clareamento da pessoa favorece para ficar na tonalidade desejada. E é aí que entram essas ferramentas, que permitem criar loiros exclusivos e ainda neutralizar os tons indesejáveis sem alterar a cor dos fios naturais. A Pró Hair não faz uso de coloração para tonalizar loiros, pois a tecnologia da coloração é diferente do tonalizante. Enquanto a coloração contém amônia, que ao ser misturada à água oxigenada tem o poder de clarear todos os fios, o tonalizante à base de monoetalonamina age somente nos fios descoloridos. É sempre recomendado que o processo seja renovado a cada 30-45 dias. Cabelos danificados não resistem por muito tempo, devido à alta porosidade, portanto, um cabelo saudável além de ter mais brilho, maciez e suavidade, tem uma durabilidade maior da sua cor.

Revista Energia 57


Sorriprime

clínicas odontológicas Aqui você pode sorrir!

H

á mais de um ano no mercado, a rede Sorriprime chegou a Jaú com o objetivo de cuidar da saúde bucal. O dentista responsável, Luiz Fernando Relvas, especializado em ortodontia, ressalta que dentre os problemas recorrentes que acometem a saúde bucal estão a sobremordida, mordida cruzada, mordida aberta, desvio de linha mediana, diastema, apinhamento, entre outros. O profissional explica que os dentes, quando não se encaixam corretamente, dificultam a limpeza adequada, podendo levar à doença periodontal e, consequentemente, à deterioração e perda dos dentes precocemente. Além disso, pode causar estresse aos músculos de mastigação, levando a dores de cabeça, síndrome da ATM e dores na região do pescoço, dos ombros e costas. Após o diagnóstico, o ortodontista decidirá qual tratamento é mais adequado para o seu caso. Nos casos em que se necessita de tratamento para a adequação da respiração bucal, a Sorriprime desenvolve um trabalho multidisciplinar, composto por um ortodontista que irá corrigir as alterações dentárias, um médico que tratará a obstrução nasal e fonoaudiólogo que será responsável pela reeducação e adaptação da respiração. O trabalho em conjunto trará de volta o equilíbrio da musculatura e o ajuste das funções orais. A Sorriprime atende crianças a partir dos 4 anos de idade, adolescentes e também adultos, sempre visando a uma aparência saudável e dentes fortes. Visite um dentista periodicamente, seus dentes agradecem.

58 Revista Energia


Saudáveis e felizes A terceira idade está cada vez mais cheia de vida

A

tividades físicas melhoram a qualidade de vida e são fundamentais para a manutenção da saúde. Na terceira idade, então, contribuem para uma vida longa e cheia de energia. Entretanto, com o avançar da idade, aparecem diversos mitos com relação à prática de alguns exercícios, e a musculação é um deles. Para desfazer este engano, estudos comprovam que a musculação na terceira idade pode contribuir para que o corpo tenha menos limitações. Conheça alguns benefícios da musculação para quem já passou dos 60 anos: � Melhora a força e a flexibilidade, tornando a pessoa menos vulnerável a quedas. � Reduz dores articulares como as de coluna, ombros e joelhos. � Reduz a gordura corporal, colaborando para a manutenção do peso. � Aumenta a densidade óssea protegendo o corpo contra a osteoporose. � Melhora a postura corporal (com o avanço da idade, o sistema muscular esquelético vai perdendo a sua tonicidade). � Reduz os sintomas de depressão, doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e distúrbios do sono. Como aumenta os níveis de serotonina, melhora a frequência cardíaca e a pressão arterial. � Melhora a autoestima e contribui para que o idoso tenha mais confiança nas tarefas do seu dia a dia.


Imagem: Internet

Nutrição

Inverno em baixa caloria Uma ótima sugestão para aquecer as noites frias são as sopas; para não ganhar uns quilinhos extras, invista nos vegetais e deixe de fora da receita os alimentos gordurosos Texto Tamara Urias 60 Revista Energia


I

nverno combina com chocolate, massas, fondues, vinhos, são tantas as delícias que fica difícil manter o peso. Durante a estação mais fria do ano, o apetite aumenta, e o assunto tem explicação científica. No inverno o corpo gasta mais energia para manter a temperatura estável, há aproximadamente 10% a mais de gasto calórico, portanto, devido a este gasto seria mais fácil emagrecer neste período, mas para que isso aconteça é preciso não abusar de alimentos gordurosos e em grandes quantidades, explica a nutricionista clínica e esportiva Keli Daiane Bortholazzi, 31. Como neste período naturalmente consumimos mais do que nas outras estações, para não ganhar alguns quilos extras uma das alternativas está em praticar exercícios físicos. “A Organização Mundial da Saúde recomenda 30 minutos diários de atividade física e também que se evite embutidos como calabresa, bacon e panceta nas sopas, pois as enriquecem de calorias e sódio, contribuindo para a hipertensão arterial”, diz. As sopas podem ser saudáveis e ricas em nutrientes de acordo com os ingredientes escolhidos. O importante é combinar uma proteína magra como músculo, patinho e peito de frango com um carboidrato saudável e de baixo índice glicêmico como mandioca, batata doce e macarrão integral, mais legumes e verduras de sua preferência e pouco sal, descreve a nutricionista. “Acrescente ervas e especiarias como orégano, salsa, tomilho, pois além de realçarem o sabor, facilitam a digestão e contribuem para a diminuição do sal de mesa”, garante. O pão integral pode continuar como acompanhamento desde que a pessoa opte por fazer apenas sopa de legumes com carne, ou seja, sem o carboidrato. Neste período o consumo de água fica para segundo plano, portanto, Keli lembra que os chás são uma boa saída para nos manter aquecidos, hidratados e melhorar a digestão. Vale lembrar que o hábito de ingerir chás logo após a refeição não é recomendado, pois diminui a absorção do ferro. “É importante esperar pelo menos 40 minutos antes ou após para ingeri-lo. Alguns exemplos de chás termogênicos e digestivos são chá verde, de hortelã, de hibiscos e de canela com gengibre”, diz.

mina A, que combatem os radicais livres e previnem o câncer. “São benéficos para a pele por conterem antioxidantes, além de serem bons auxiliares para a visão noturna”, ressalta. Os alimentos de cor verde são ricos em ferro, cálcio e fósforo, ajudando na produção de glóbulos vermelhos e diminuindo a fadiga mental. Os de cor vermelha são ricos em carotenoides, que são importantes para a memória, a saúde cardiovascular, previnem alguns tipos de câncer e fortalecem olhos e pele. Já os de cor amarela indicam presença de flavonoides e vitaminas do complexo B, que protegem as células e auxiliam na produção de energia. Segundo Keli, é importante lembrar que os queijos amarelos curados na sopa vão aumentar o teor calórico e o colesterol, assim como o excesso de azeite, que mesmo sendo saudável também contribui para o aumento de peso. “O ideal é não ultrapassar uma colher de sopa de azeite no almoço e jantar, mesmo que utilizadas carnes magras. Para não perder o benefício da comida leve, retire toda a gordura aparente da carne antes do seu cozimento junto com os outros ingredientes da sopa”, embasa.

Invista nas cores Quanto mais colorido o prato, mais rico em nutrientes! Além de deixarem a refeição mais apetitosa, as cores ainda desempenham um papel importante para nossa saúde. Os alimentos de cor laranja contêm carotenoides, além de vitamina C e vita-

Modo de preparo: Cozinhe os legumes, o gengibre e a cebola com a água; quando estiverem cozidos, bata tudo no liquidificador e reserve. Em uma panela doure o alho no óleo, junte a mistura do liquidificador, acrescente o sal e deixe apurar. À parte, leve o

Aproveite as dicas e as receitas fornecidas pela nutricionista e prepare um delicioso jantar Sopa de gengibre

• • • • • • • • • • •

Ingredientes: 3 ½ xícaras (chá) mandioca ou mandioquinha picada 2 xícaras (chá ) cenoura picada 2 xícaras (chá) tomate picado 2 colheres (sobremesa) gengibre picado 4 colheres (sopa) cebola picada 7 xícaras (chá) água 2 dentes alho 3 colheres (sopa) óleo Sal a gosto 1colher (sopa) gengibre ralado 3 colheres (sopa) salsa

Revista Energia 61


gengibre ralado ao forno para secar. Retire do forno, misture com salsa e coloque sobre a sopa quente. Se quiser, acrescente carnes magras, de sua preferência. Rendimento: 6 porções / tempo de preparo: 45 min / 134,99 calorias Sopa de Feijão com inhame

• • • • • • •

Ingredientes: 1 xícara (chá) de feijão 100g de carne moída 1 colher (sopa) de azeite 2 colheres (sopa) de cebola picada 2 dentes de alho / 2 xícaras (chá) de quiabo em rodelas 2 xícaras (chá) de abóbora com casca, picada 1 xícara (chá) de inhame picado / ½ xícara (chá) de salsinha picada

Modo de preparo: Cozinhe o feijão e bata no liquidificador com o caldo; reserve. Doure a carne moída com o azeite e a cebola, acrescente e refogue os legumes picados. Junte a mistura do liquidificador, tempere com sal e deixe cozinhar até os legumes ficarem macios. Se necessário coloque um pouco de água e deixe ferver novamente. Por último, acrescente a salsinha picada e sirva bem quente. O inhame tem sido utilizado para diminuir os efeitos colaterais da dengue. Rendimento: 4 porções

A La Belle Clinic oferece tratamentos

estéticos avançados de qualidade para Jaú e região desde agosto de 2014. O resultado é priorizado em todo o procedimento, com o auxílio de profissionais capacitados e técnicas inovadoras. A proprietária Ingrid Lacerda é biomédica e pós-graduada em biomedicina estética, cuja área de atuação abrange procedimentos invasivos não cirúrgicos. A clínica oferece depilação a laser, drenagem, massagem modeladora com thermoterapia, ultrassom, endermologia, lipocavitação, carboxiterapia, eletroterapia, massagem relaxante com reflexologia, ionização, radiofrequência, entre outros. Na parte facial, a clínica conta com limpeza de pele profunda, peelings (diamante, cristal e químicos), isometria (fortalecimento muscular facial), microcorrentes, radiofrequência (produção de colágeno e elastina) e drenagem. Além da biomédica, a clínica conta com massoterapeuta e esteticista para a realização dos procedimentos.

Entre as novidades da clínica estão mesoterapia (aplicação de enzimas para eliminação de gorduras e estrias), microagulhamento (tratamento de manchas na pele, linhas de expressão, rugas, estrias, marcas de acne e manchas de sol), aplicação de toxina botulínica, remoção a laser de tatuagem e muito mais. Os tratamentos são montados após uma avaliação detalhada e específica para cada paciente, na qual são indicados os melhores procedimentos. A garantia de um bom resultado é prioridade, bem como a utilização de aparelhos modernos e tudo o que há de novidade na área estética para a segurança e satisfação do paciente. A clínica conta com pacotes promocionais que podem ser divididos em até seis vezes sem juros e os produtos utilizados nos tratamentos podem ser adquiridos para continuar os resultados em casa.

Magic Touch Detox (Exclusivo) - Criolipólise - Peelings - Limpeza de Pele - Pré e Pós Operatório Carboxiterapia - Depilação a Laser - Tratamentos para: Flacidez Facial, Rugas, Linhas de Expressão Gordura Localizada - Celulite e Flacidez - Drenagem Linfática Manual e Mecânica 62 Revista Energia Massagem Relaxante - Banho de Lua - Gomagem e muito mais!

Promoções de Inverno

50

com até

%

de desc.

Peelings Químicos Renove sua pele com o peeling específico para sua queixa.

(acne, manchas, marcas, rugas e muito mais)

Depilação a Laser Com o melhor aparelho do mercado, livre-se de vez dos pelos indesejados.

Criolipólise Perca até 30% de gordura com uma única sessão.

La Belle Clinic

(14) 3622.0606 / 99866.0676 Rua Tenente Lopes, 249 - Jaú (em frente ao Pizzaiolo)


atista Ros--ia--n--e--B-------nica---Té--c---- --

A

Taninoplastia: a saúde dos seus fios aliada à tecnologia de alta performance

Taninoplastia promove uma reestruturação molecular preenchendo todas as fissuras formadas por químicas agressivas, ação do tempo ou calor extremo, alisando e tratando a fibra, repondo aminoácidos essenciais. Além disso, é elaborada e atestada pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), contém laudos dermatológicos, FISQP (Ficha de Informação Química sobre o Produto), entre outros que atestam segurança e tranquilidade em cada aplicação. Diferente das escovas com formol e derivados, não impermeabiliza o fio, não danifica a fibra com as aplicações sucessivas e nem a desestrutura como os relaxamentos. A Taninoplastia age no cimento intercelular responsável pela reestruturação da fibra, em torno do córtex, mantendo-o preservado, logo, quimicamente falando seria impossível um dano na fibra com o uso do produto, muito pelo contrário, o alisamento torna-se somente uma consequência do tratamento. Com desenvolvimento, laboratório e fabricação própria, a excelência é atingida nos mínimos detalhes. Analisamos rigorosamente desde a escolha dos princípios ativos até o processo fabril, garantindo que seja empregada toda tecnologia necessária para o desenvolvimento dos produtos. Por isso a Taninoplastia vem mexendo com a cabeça das mulheres e conquistado os melhores profissionais do mundo com sua eficiência e excelência nos resultados.

*Alisa até 100% os cabelos de forma uniforme e natural. *Compatível com todos os cabelos e qualquer química, inclusive cabelos loiros. *Produto natural testado dermatologicamente. *Conforto na aplicação, sem ardência nos olhos e vias respiratórias. *Tecnologia patenteada, Taninoplastia. Nosso princípio ativo, o “Tanino”, atua como antioxidante e conservante natural de frutas e árvores por estar em alta concentração em suas cascas; também encontrado em vinhos e azeite. O tanino também é usado na medicina para tratamentos de inflamações agudas, gastrointestinais e dermatológicas, devido ao seu alto potencial antioxidante, antisséptico, cicatrizante e adstringente. Recentemente foram publicados estudos científicos que comprovam a eficácia do uso do tanino no tratamento de alguns tipos de câncer. Antes

Depois

Revista Energia 63


Renan Cabeleireiro Só aqui você encontra o corte perfeito!

U

m espaço que foi criado para o público masculino que preza pelo bom gosto e a boa aparência. O salão oferece ambiente climatizado, atendimento tradicional e inovador, com produtos de qualidade. Além do tradicional corte de cabelo adulto/infantil e barba, Renan Cabeleireiro oferece serviços voltados à estética masculina como hidratação, relaxamento, gel cola e gel cera para pronta entrega, cera modeladora de barba sob encomenda e muito mais. Lá o cliente sai satisfeito.

Renan Cabeleireiro, esse é o lugar!

Júnior o da Cruz Auro Álvar Paulo ão S do jogador

64 Revista Energia


Espaço Europa

E

A beleza ao seu alcance!

m Outubro de 2013 chegou a Jaú um novo conceito em estética: a Clínica Espaço Europa. Ambiente agradável, produtos de qualidade, atendimento personalizado com hora marcada e horários diferenciados para melhor atender os clientes. Sob a direção da esteticista Nádia Gabriela Gimenez Pereira Kawakita, o local oferece vários tratamentos corporais e faciais, incluindo os queridinhos da estética, que são limpeza de pele, drenagem linfática corporal, redução de medidas e corrente russa. A Clínica oferece também alongamento e permanente de cílios, designer de sobrancelhas com henna e tintura, bronzeamento artificial a jato (procedimento seguro, sem manchas e efeito natural) e a melhor depilação do mercado com a Cera Mar-

roquina. A esteticista Nádia explica que a Cera Marroquina é um método que usa cera de chocolate, é ecologicamente correta, 100% descartável além de diminuir a dor em até 80%. Ela conta ainda que nesta época do ano os procedimentos mais procurados são: redução de medidas, corrente russa e peeling, pois as mulheres querem chegar no verão sem manchas e com o corpo mais desenhado. Mas ela faz um alerta: qualquer tratamento facial requer cuidados como o uso de protetor solar e no corporal é preciso ter disciplina na alimentação, no exercício físico e na sequência das sessões. Isso garante resultados mais rápidos, satisfatórios e duradouros. Você pode conhecer mais sobre a clínica e ver algumas fotos através da página do facebook: www.facebook.com/espaco. europa.jau

Revista Energia 65


66 Revista Energia


Revista Energia 67


Paixão por óculos

Os óculos estão entre os acessórios mais procurados no momento. Há até quem os use sem grau, como um acessório de moda

Ó

Texto Heloiza Helena C Zanzotti

culos permitem que você expresse sua personalidade, emolduram os olhos e um exemplar bem selecionado pode até mesmo dar um up no visual. Hoje há uma infinidade de modelos disponíveis no mercado, que podem ser adequados ao estilo e ao rosto de cada pessoa. Especialistas afirmam que o ideal é possuir pelo menos um para o dia a dia, outro para eventos sociais e um de sol. Entretanto, a maioria das pessoas tem apenas um par. Não é o caso de Maria de Fátima Diz, 60, empresária. Apaixonada por óculos, ela possui uma encantadora coleção com inúmeros exemplares entre óculos de grau e solares. Fátima conta que adquiriu seus primeiros óculos há 14 anos, e desde então fez do objeto um acessório de moda. “Combino meus óculos com a roupa, o sapato, as joias. Gosto de modelos diferentes, coloridos e não dispenso o uso nem mesmo em eventos sociais”, explica. O marido Luiz Antônio gosta que ela use, e aprova os looks da esposa.

Equipe Óptica Jardim

Cliente da Óptica Jardim, Fátima relata que é muito bem atendida e que eles estão sempre prontos a atender suas expectativas. “Vejo algum modelo em novela ou revista e é só falar que eles procuram para mim”. Gostou da coleção da Fátima? Nós também! Então, aproveite o mês de aniversário, passe na Óptica Jardim e confira todas as promoções e novas tendências. Parabéns Completando 8 anos neste mês de julho e em constante atenção às novidades do mercado, a Óptica Jardim possui uma linha completa de produtos, dos mais simples aos mais sofisticados e exclusivos, visando à necessidade de cada cliente. “Procuramos, mais do que vender, entender seus desejos e atendê-los, para que saiam satisfeitos de nossa empresa. E voltem sempre!”, afirma Maria Terezinha Ferin Firmino, proprietária da Óptica. Atendimento cordial, carinho e qualidade fizeram da Óptica Jardim uma marca de respeito em nossa cidade e região.

Maria de Fátima Diz


Revista Energia 69


Comportamento

70 Revista Energia


Muito além da

sala de aula À lista dos grandes desafios a serem enfrentados dentro das escolas somam-se hoje os problemas psicológicos e comportamentais

Texto Heloiza Helena C Zanzotti

U

ma professora da sétima série foi atingida nas costas por golpes de canivete desferidos por um aluno de 14 anos, dentro da sala de aula. O fato ocorreu em Nova Bandeirantes, MT, há cerca de vinte dias. Ela contou em reportagem que não havia tido nenhum conflito com o aluno este ano e que não entendeu o porquê da agressão. Entretanto, o garoto acabou confessando que no ano anterior ela havia tomado uma caneta que ele estava usando para jogar bolinha de papel nos colegas.

Outros casos Em março deste ano em Santa Maria, RS, dois alunos de 14 e 15 anos de uma escola estadual envolveram-se em uma briga dentro da sala de aula, deixando uma professora ferida. Durante a troca de agressões, um dos estudantes arremessou a tampa de uma carteira para atingir o colega e acabou acertando a cabeça da professora. No Paraná, em setembro de 2014, uma professora também foi esfaqueada por um aluno em sala de aula, na região metropolitana de Curitiba. Ela sofreu cortes nos braços e pernas, e um dos golpes perfurou suas costas, quase atingindo o pulmão. De acordo com informações da Polícia Militar, o autor foi um aluno de 14 anos que ficou revoltado por ter sido apontado pela professora como um dos mais indisciplinados da sala, em reunião de pais ocorrida no dia anterior. A esses casos somam-se inúmeros outros que nos remetem a uma triste realidade: atos de violência escolar já fazem parte do nosso dia a dia. Não há mais o respeito mútuo entre discen-

tes e docentes; a indisciplina em sala de aula é uma constante e o processo ensino-aprendizagem vive tempos de grandes conflitos. Autoridade e autoritarismo Em entrevista à RE, o sociólogo Heraldo Bello da Silva Júnior afirma que estamos vivendo uma crise de valores. “As gerações anteriores respeitavam os pais, as pessoas mais velhas. Professores eram ídolos e muitos alunos escolhiam suas carreiras espelhando-se em algum educador. Esse panorama mudou, hoje os pais não têm mais autoridade sobre seus filhos. Antes eles tinham autoridade e autoritarismo. Havia o respeito, mas também o abuso de poder dos pais e professores. Atualmente perdemos o autoritarismo, o que é bom, mas perdemos também a autoridade, o que é péssimo”. Para o sociólogo, os pais cresceram com a bandeira de não frustrar seus filhos, e como as crianças não são mais frustradas, quando percebem que as coisas não acontecem como elas querem, respondem com agressividade. Carpe Diem Para Heraldo, alguns fatores contribuem para essas atitudes agressivas. “As relações humanas estão muito descartáveis. O professor já não é mais aquela figura que você admira por toda a vida e tem como referência. Ele é apenas um meio para o aluno passar para a série seguinte. A relação professor/aluno hoje é efêmera”. Outro fator apontado pelo sociólogo é o fato de que a atual geração está crescendo sem perspectiva de futuro. “Educamos nossas crianças pelo medo: não haverá mais água, Revista Energia 71


Administrando conflitos Selma Oioli Pacheco R. de Oliveira, 51, formada em Educação Física e Pedagogia, ministra aulas para o Ensino Médio e exerce a função de Professora Coordenadora na Área de Códigos Linguagens e suas Tecnologias. Ela afirma que sempre lecionou em escola pública e consegue desempenhar sua função com tranquilidade. “Sei que muitos colegas passam por momentos difíceis e que a realidade está mudando todo dia, a indisciplina dos alunos é o que mais dificulta o bom desenvolvimento do trabalho, muitos professores querem e sabem ensinar, mas nem todos os alunos querem ou conseguem aprender”. Ela acredita que isso deve-se à falta de orientação e principalmente de limites, que deveriam fazer parte da educação que o aluno recebe em casa. “Hoje chegam às escolas crianças e adolescentes que não respeitam sequer seus pais, então, como gerenciar problemas dentro da sala de aula, onde se encontram 35 ou mais alunos com diferentes perfis?”, questiona. Como leciona uma disciplina da qual os alunos gostam, ela consegue administrar melhor os conflitos, mas admite: “Negar que a cada dia está mais difícil o relacionamento entre aluno e professor seria mentir para mim mesma”.

Daniel Antonio Turini

nem meio ambiente, nem segurança, nem emprego. Então eles crescem com a ideia de que devem viver o momento presente como se fosse o último, sem nenhum compromisso com as consequências”. Além disso, ele acredita que a precariedade dos laços afetivos familiares promova uma carência nos filhos, que explode dentro da sala de aula. “Com os pais trabalhando fora, às vezes em mais de um emprego, essas crianças acabam direcionando suas angústias para o professor, que é quem passa mais tempo com elas”, explica o sociólogo. Mudança de paradigma Daniel Antonio Turini, 31, licenciado em Química e Mestre em Educação para a Ciência, leciona para alunos do 9º ano do Ensino Fundamental II à 3ª série do Ensino Médio e cursinho preparatório para vestibular em três escolas particulares. “Acredito que conhecer melhor cada aluno seja essencial para um trabalho de excelência”, diz. Questionado sobre as dificuldades que encontra em sala de aula, ele aponta a indisciplina, insubordinação e falta de empenho. “Foi necessária uma verdadeira transformação na minha prática docente, pois na ausência de limites os alunos não respondem como é esperado para uma postura de estudante. Eles gostam de saber que você está no controle e que as regras serão aplicadas. Isso melhora o relacionamento e a credibilidade no professor e na escola”. Sobre a agressividade dos alunos, Daniel acredita que o problema começa em casa. “Cada aluno tem uma história de vida que muitas vezes não é das melhores, entretanto, em minha opinião um bom professor deve cultivar sua própria credibilidade apostando e praticando sua organização e responsabilidade”, finaliza. 72 Revista Energia

Falta de limites e impunidade Jade Ketylen Thimóteo, 17, cursa a 3ª série do Ensino Médio e sempre estudou em escola pública. Para ela muitos professores deixam a desejar quanto ao conteúdo ministrado, entretanto, sobre a indisciplina Jade afirma: “É péssima. Muitos usam o celular, há bastante distração. Alguns querem mandar mais que o professor e quando ele chama a atenção respondem com insultos ou ignoram. Até são levados para a direção, mas não resolve”. Ela conta que já viu um aluno tentar agredir o professor, que procurou afastar-se até que outros alunos tiraram o colega da sala. “Esse estudante foi para a diretoria, mas não aconteceu nada. Continua provocando o professor e sempre Selma Oioli Pacheco Oliveira


Jade Ketylen Thimóteo

fica para fora dessa aula”, completa. A garota confirma o que já se sabe: “Ao professor deveria ser dada maior autoridade por parte de seus superiores. E deveria haver punição. Falta também educação por parte dos pais. Muitos alunos não têm limites, aprendem mais na rua que em casa”, completa. Há solução? Selma conta que na escola onde trabalha o ensino é integral e os alunos ali permanecem por nove horas. “Estamos implantando desde 2012 um novo modelo de ensino, com metas para 2030, garantindo uma escola de excelência para todos. Se isso vai acontecer não sei, espero estar lá para conferir, mas sei que estou fazendo a minha parte”, afirma. Para o sociólogo Heraldo é imprescindível reconstruir alguns valores como autoridade dos pais, respeito e admiração pelos educadores. O professor precisa ser respeitado não só pelos alunos, mas tem que começar pelos próprios pais e passar pelo Estado, em um verdadeiro projeto político de valorização ao docente. Não só em termos salariais, mas melhores condições de trabalho e capacitação para lidar com alunos dos mais diversos perfis. “Muitas vezes o professor é muito bom em Física, por exemplo, mas não sabe como lidar com um adolescente que sofreu abuso sexual”, explica. O grande desafio Quase todos parecem concordar com o fato de que as crianças de hoje não reconhecem a autoridade, não respeitam regras, e os pais estão cada vez mais permissivos. Desse modo, os docentes lidam com um crescente número de alunos tirânicos, deseducados e agressivos. Essa é a grande tarefa dos educadores na atualidade. Mais que passar conteúdo, obter o respeito que a profissão perdeu ao longo do tempo, e que é condição fundamental para o sucesso do trabalho pedagógico. Para que isso aconteça é condição essencial que todos saiam da zona de conforto: pais, educadores e Estado. Só assim conseguiremos vencer os desafios e reconstruir uma relação baseada em afeto, respeito e cumplicidade.  Revista Energia 73


club

Social

1 Fotos: Saigon Eventos

Bar do Português Que tal passar uma tarde descontraída no bar mais badalado da cidade? Frequentado por gente bonita, o Bar do Português oferece atendimento nota dez e chope geladíssimo. Durante o Festival de Inverno de Jaú, o local traz uma novidade: caldos e vinhos.

1. Guilherme e Telma 2. Ronaldo, Alcione e Gabriela 3. Alessandra Romero e Jonas Rafael 4. Aline Morais e Sonia Carvalho 5. Viviane Campos, Cintia Batista e Lilian Ribeiro

74 Revista Energia

2

3

4

5


Fotos: Arquivo Pessoal

95 anos: tem que comemorar

1

Com um descontraído almoço em meio à natureza, no dia 13 de junho a família do Sr Messias Pires de Campos reuniu-se na sede da Fazenda Salto São Pedro, próximo ao Pouso Alegre de Baixo, para comemorar os 95 anos do jauense. O almoço privilegiou a culinária caipira e o aniversariante emocionou-se com a linda homenagem. 1. Messias Pires 2. Com os Filhos Carlos, Renan, Maria Rita e Paulo Pires 3. As noras Luda Cury Pires, Marluce Guedes Pires e Claudia Malotti 4. Em compania das netas Stefanie Mallotti, Thaís Passos, Juliana B. Campos Prado e Raissa Cury Pires 5. Pedro Paulo, Juliana, Messias, Renan, Raissa, Stefanie, Thaís e Gustavo Basso 6. As Bisnetas Raquel, Taís e Sophia 7. Júnior Campos Prado, Paulo André Sant’Ana e Adriana Antoniassi Basso

2

4

3

5

6

7

Revista Energia 75


Fotos: Saigon Fotografias

club

Social

1

Almir Sater no Lumare Eventos Com sucesso de público e mesas esgotadas, Almir Sater subiu ao palco do Lumare Eventos no último dia 19 de junho e encantou a plateia com um show belíssimo. Realização Lumare Eventos e PR2 Entretenimento 2

1. Raphaela Bassotto, Almir Sater e Cristiano Paccola 2. José Carlos Paschoalini, Renata Maróstica Paschoalini, Almir Sater, Luana M. Paschoalini e Maitê M. Paschoalini 3. José Carlos Paschoalini, Renata Maróstica Paschoalini, Raphaela Bassotto, Cristiano Paccola, Gustavo Padilha, Maria Fernanda Marreta, Bruno Rondon, Laryssa Maruski e Maitê Maróstica Paschoalini 4. Elenice Tamanini Martins Di Giácomo e Geraldo José Di Giácomo 5. José Alfredo Delandrea, Danielly Vieira Delandrea, Roseli Sanzovo Vieira e José Doniseti Vieira 6. Luciana M. Zen, Paulo Zen e Benedita M. Maróstica

76 Revista Energia

3

4

5

6


Jaú Shopping No dia 27 de Junho ocorreu no Jaú Shopping o 1°Arraial do Solzinho. A loja entrou no clima e foi toda decorada para receber a criançada, que foi vestida a caráter. Além de alegria, houve a distribuição de pipoca e paçoquinha para os clientes. O evento, que teve a participação especial do Solzinho, foi organizado pela Ri Happy. Os visitantes do Jaú Shopping também puderam conferir na Praça de alimentação o Festival de Orquídeas, com mais de 500 espécies de diferentes gêneros que compõem orquídeas de todos os cantos do mundo. 1. Arraial da Ri Happy 2. Festival de Orquídeas 3. Festival de Orquídeas

1

2

3

Revista Energia 77


Look de artista

78 Revista Energia


Fotografia Douglas Ribeiro Modelo Bruna Karolina da Silva Beleza Pro Hair Cabelo e EstĂŠtica Style Vestylle Megastore Revista Energia 79


80 Revista Energia


Saúde

Postura ereta

para ler a

matéria O mau hábito pode transformar uma lombalgia em um problema crônico e interferir na qualidade de vida. As dores nas costas podem ser tratadas com fisioterapia, medicamentos e cirurgia Texto Tamara Urias

S

Causas As principais causas advêm de doenças degenerativas, quando há acometimento das articulações que compõem a coluna e os seus discos intervertebrais. Tal fato ocorre geralmente após os 40 anos de idade. Baraúna explica que as lombalgias de origem mecânica ocorrem quando há sintomas dolorosos relacionados à musculatura ao redor da coluna, podendo ser resultado de traumas, esforços físicos ou posturas inadequadas. Além disso, há origens menos comuns de como as infecciosas, tumorais e de doenças sistêmicas. Ele conta que em alRevista Energia 81

Imagem: Internet

egundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 80% das pessoas sofrem de dores nas costas em algum período da vida. Um estudo do Ministério da Previdência divulgado no ano passado indicou que a má postura e esforços repetitivos estão entre as causas de afastamento do trabalho. Como método preventivo, algumas empresas têm oferecido aos seus funcionários a ginástica laboral. Segundo o médico ortopedista Enrico Barauna, 38, atualmente a lombalgia é o principal motivo de consultas médicas no atendimento primário, conforme apontam alguns estudos médicos. As dores na coluna estão muito relacionadas ao estilo de vida e constituição corporal. “Dessa forma, doenças degenerativas associadas à má postura, sedentarismo e obesidade, entre outros fatores, levam um grande número de pessoas a terem pelo menos uma vez na vida dores na região da coluna”, pontua. Mas as alterações emocionais também podem levar à disfunção muscular causando dores locais e irradiadas. Os principais segmentos afetados são a coluna cervical (pescoço) e a coluna torácica (entre as escápulas). “A musculatura, devido ao estresse, fica muito contraída e tensa formando os pontos gatilhos que, quando apalpados, são semelhantes a nódulos”, conta o médico.


tempo com a coluna fletida levando a dores musculares, em um longo prazo as dores podem ser causadas por alterações nos discos intervertebrais e articulações da coluna”. A melhor forma de prevenção é ficar atento quando se utiliza celulares e tablets, evitando ficar por muito tempo com a ‘cabeça para baixo’, elevando o objeto até a altura dos olhos.

Dr. Enrico Barauna

guns casos há o comprometimento de raízes nervosas que saem da coluna e vão para os membros inferiores. Essas dores geralmente são ocasionadas por alterações dos discos vertebrais e a mais comum é a hérnia de disco, que ocasiona uma compressão do nervo no nível da coluna com irradiação dolorosa e sensitiva para os membros inferiores, podendo levar à perda de sensibilidade e força muscular. O tratamento dependerá do tipo de hérnia e sintomas encontrados no paciente, e pode ser através de analgésicos, anti-inflamatórios, relaxantes musculares antinevrálgicos e até opioides, além de tratamento fisioterápico, bloqueios anestésicos e, em alguns casos, procedimentos cirúrgicos. “Hoje há varias modalidades de cirurgia para hérnia de disco, que deve ser avaliada pelo cirurgião de coluna para saber a mais apropriada e mais efetiva para melhora do quadro de dores do paciente”, salienta. Atenção ao colchão, mochila e celular Normalmente dormimos em média 8 horas diárias, o que corresponde a 1/3 do nosso dia. Barauna recomenda que o colchão esteja em bom estado e seja adequado ao peso e altura; além disso, o travesseiro deve ter a altura adequada, que geralmente é a distância entre o ombro e a cabeça. “A melhor posição para dormir é de lado, com os quadris e joelho dobrados, com um travesseiro na cabeça e outro no meio das pernas. Devemos sempre combater o sobrepeso corporal, porque além de afetar as articulações da coluna, também afeta as articulações das pernas”, frisa. As bolsas não devem ser pesadas, principalmente as das crianças, e sempre dê preferência para mochilas com rodinhas. “Não é frequente queixas de dores na coluna lombar em crianças, sendo que em alguns casos podem estar associadas a infecções na coluna, patologias de origem abdominais, tumores e alterações na anatomia da coluna. Entretanto, a maioria dos casos tem origem postural como nos adultos, portanto, crianças e adolescentes devem evitar postura inadequada da coluna, carregamento de peso e sedentarismo”. O médico acrescenta que é preciso ficar atento a alguns sinais como dor acompanhada de febre, inapetência, perda de peso, com irradiação abdominal e/ou membros inferiores, e quando não melhoram com medicação analgésica e anti-inflamatória. Outro costume que requer atenção é passar longas horas fazendo uso de dispositivos eletrônicos. “Quando permanecemos por muito 82 Revista Energia

Procure um médico Os tratamentos mais comuns são medicamentosos, com uso de analgésicos, relaxantes musculares e anti-inflamatórios, somados a tratamento fisioterápico, acupuntura e mudança no estilo de vida. Quando o problema advém de alterações emocionais, é indicada também a terapia manual, que são técnicas miofasciais e manipulativas que trabalham o tecido muscular, diminuindo a tensão e eliminando os pontos dolorosos. Em 3% dos casos essas dores podem se tornar crônicas e de difícil tratamento, são pacientes que procuram vários especialistas sem uma resolução efetiva dos sintomas e um retorno para uma vida saudável. “Não se automedique, o médico é quem deverá avaliar o motivo das dores e indicar o tratamento adequado, pois este deve ser individualizado e multidisciplinar, envolvendo outros profissionais da saúde”, fala. Lembre-se: a melhor forma de prevenção para dores na coluna são hábitos de vida saudáveis como a prática de atividades físicas regulares, combate ao sobrepeso e obesidade, não fumar, alimentar-se adequadamente e ser vigilante na postura corporal durante as atividades do dia a dia, principalmente durante a jornada de trabalho. Irradiando pelo corpo Há mais de 15 anos a vendedora Maria Cecília Pracuccio, 58, sente dores nas costas, mas a busca por um especialista foi somente após cinco que já sentia os sintomas. Quando a dor aparecia, Cecília tomava um analgésico e melhorava, mas com o passar do tempo decidiu buscar uma opinião médica. “As dores se intensificaram e nada cessava, a não ser com injeções de morfina que tomava após passar por consulta no Pronto Socorro. Em uma dessas idas e vindas ao hospital conheci um plantonista que após exames contatou que eu estava com artrose crônica na coluna”. Maria Cecília Pracuccio


Com a grande ingestão de remédios a vendedora engordou e conta que a cada seis meses retorna ao especialista que cuida do seu caso para trocar o medicamento. Segundo ela o tratamento é paliativo, já que o médico disse que para este problema não há cura, portanto, ela deverá aprender a conviver com a dor. “Eu sigo em tratamento e há dois anos descobri que tenho artrose no corpo todo. A dor é insuportável e com a chegada das baixas temperaturas ela se intensifica. A fisioterapia foi recomendada, mas diante das condições financeiras que vivo não consigo pagar as sessões e por meio da Saúde Pública não consegui vaga”. Não é brincadeira Desde criança Antônio Edson Perobelli, 60, trabalha em serviço pesado, mas algo que ele nunca imaginou é que teria grandes problemas. “Comecei cedo, chegava da escola e ia para o trabalho na roça, carpia, carregava sacos pesados e só voltava para casa depois de escurecer. Cheguei a trabalhar em outras coisas, mas que sempre exigiam esforço físico. Meu último trabalho, antes de ser afastado, foi em uma marmoraria”. Após inúmeros exames foi constatado que Perobelli tem uma doença degenerativa na qual a dor na coluna irradia para outros membros e gera dormência da cintura para baixo. “Tudo começou com câimbras e uma leve dormência, até que o quadro se agravou. Em 2002, já não aguentando mais, procurei um especialista que constatou a patologia”. Vários tratamentos foram aplicados, mas nenhum com grande sucesso. Atualmente a dor faz parte do seu dia a dia e o impede de trabalhar, dirigir ou andar por mais de 10 minutos. “Houve ocasião de eu ir ao supermercado, perder o chinelo no meio do caminho e nem me dar conta. Quando começa a doer ou formigar, tenho que sentar ou agachar, é vergonhoso, pois as pessoas ficam me olhando”. Para novembro, Perobelli tem agendada uma nova ressonância, e após análise do resultado será definido se ele entrará no centro cirúrgico, mas os médicos já adiantaram que tudo dependerá da resposta do seu organismo. 

Edson Perobelli

Revista Energia 83


Legislação

Aquecimento

Global Precisamos pensar no próximo e nas gerações futuras

Texto Ricardo Izar |Colaboração Luís Filipe Nazar

Fonte: http://www.inpe.br/acessoainformacao/node/483

A

quecimento global é o processo de aumento da temperatura média dos oceanos e do ar próximo à superfície da Terra. A causa desse aumento de temperatura são as emissões humanas dos gases do efeito estufa (fábricas, veículos, desmatamento, etc) amplificado por respostas naturais a estas perturbações iniciais e artificiais, em efeitos que se autorreforçam em realimentação positiva. As consequências são graves para todos os seres vivos, incluindo o homem. O aquecimento global tem impactos profundos no planeta, tais como a extinção de espécies animais e vegetais, alteração na frequência e intensidade de chuvas (interferindo, por exemplo, na agricultura), elevação do nível do mar e intensificação de fenômenos meteorológicos (tempestades severas, inundações, vendavais, ondas de calor, secas prolongadas), entre outros. Essas conclusões foram obtidas após análise dos diversos cenários de emissões de gases de efeito estufa para os próximos 100 anos, feitas por cientistas do IPCC. Importante frisar que são as ações humanas que têm interferido sobre o ambiente nesse ritmo acelerado. Estudos indicam que enquanto a temperatura média global subiu, aproximadamente, 5°C em 10 mil anos - contados desde o fim da última glaciação até 10 mil anos atrás – pode aumentar os mesmos 5°C em apenas 200 anos, a continuar o ritmo de aquecimento global que se observa nas últimas décadas. Esta rápida transformação levou o Prof. Paul Crutzen, Prêmio Nobel de Química em 1995, a definir os últimos 200 anos a partir da Revolução Industrial como o “antropoceno”, isto é, uma era geológica dominada pelas transformações ambientais globais causadas pelas atividades humanas. 84 Revista Energia

Deputado Federal Ricardo Izar Economista, coordenador para o Sudeste da Frente Parlamentar em Defesa do Consumidor de Energia Elétrica e membro da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Federal, Presidente da Frente Parlamentar de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Animais, Membro do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados

A emissão dos gases produzidos por ação humana na atmosfera dificulta a dispersão para o espaço da radiação solar e segura o calor dentro da Terra causando, dentre outras consequências, o derretimento das calotas polares e o aumento no nível das águas do mar, o que tem consequências para o ecossistema mundial. Sobre esse tema, participei de um seminário realizado pela Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CMADS) da Câmara dos Deputados, que discutiu as principais metas que serão debatidas na Conferência das Nações Unidas Sobre Mudanças Climáticas (COP-21) que acontecerá no final do ano, em Paris. As nossas principais metas são para que a redução seja uma realidade em 2020. Pretendemos chegar à marca de desmatamento zero; realizar um manejo de 50% das pastagens; implementar metas nas políticas públicas de biocombustíveis (combustível que consome em sua plantação o que emite de gás quando queimado, portanto, considerado como uma energia limpa), saneamento básico e de resíduos sólidos; e zerar o crescimento energético de combustíveis fósseis em cinco anos. São metas ambiciosas, mas estamos trabalhando perante o poder executivo para que isso se torne uma realidade. As campanhas precisam sair do papel e as obrigações legais impostas à iniciativa privada precisam ser fiscalizadas e cumpridas. Esse é um tema de suma importância e que mexe não apenas com as nossas vidas, mas com a vida das gerações futuras: não temos o direito de desapontá-los, por isso não medirei esforços para o cumprimento desses objetivos. 


Trabalho e 1 Previdência Por Giovanni Trementose

empresarial@revistaenergiafm.com.br

Novas regras do seguro-desemprego Como já relatamos em edições anteriores, no dia 30/12/2014 (que data, hein?!) foi publicada a MP 665/2014, que alterou as regras do seguro-desemprego, visando a diminuir os gastos do Governo Federal

R

eferida MP foi aprovada pelo Congresso Nacional, com algumas modificações em relação ao que foi proposto pela Presidente, tendo sido convertida na Lei n° 13.134/2015, publicada no Diário Oficial em 17/06/2015. Trataremos de maneira sucinta sobre o que mudou. Para os trabalhadores em geral, o seguro-desemprego é regido pela Lei n.°7.998/90, atualmente alterada pela lei 13.134/2015, que tornou mais rígida a regra para concessão do benefício, vejamos: • Para fazer a primeira solicitação do seguro-desemprego o trabalhador terá que comprovar que laborou durante, no mínimo, 12 meses nos últimos 18 meses imediatamente anteriores à data de dispensa; • Em se tratando do segundo requerimento, esse prazo mínimo será de 9 meses, nos últimos 12 meses; • A partir do terceiro requerimento, o prazo será de 6 meses (exatamente como era antes da alteração). Quanto ao tempo de duração do benefício, teremos uma regra variável:

Primeira solicitação: o trabalhador poderá receber 4 parcelas se tiver trabalhado entre 12 e 23 meses, nos 36 meses anteriores; poderá receber 5 parcelas se tiver trabalhado a partir de 24 meses, nos 36 meses anteriores. Segunda solicitação: o trabalhador poderá receber 3 parcelas se tiver trabalhado entre 9 e 11 meses, nos 36 meses anteriores (valendo a mesma regra anterior para receber 4 ou 5 parcelas). Terceira solicitação: poderá receber 3 parcelas se tiver trabalhado entre 6 meses e 11 meses, nos 36 meses anteriores (valendo a mesma regra anterior para receber 4 ou 5 parcelas).

Seguro-desemprego: está mais rígida a regra para concessão do benefício Agora, o que nos resta é aguardar a aprovação da lei que visa a alteração em prol do cidadão, ou seja, a que vislumbra a extinção do fator previdenciário das aposentadorias em certas situações. Será que isso acontecerá?

Revista Energia 85


guia da gula

guia gastronômico

sabores para

todos os

paladares Empório Cervisia - cervejas especiais O inverno começou e temperaturas baixas pedem bebidas e comidas que combinem com o clima. No Empório Cervisia você encontra cervejas especiais que harmonizam muito bem com as comidas e o friozinho da estação. Cervejas mais encorpadas, com sabores e aromas intensos e teor alcoólico elevado que aquecem o corpo e combinam com várias delícias de inverno. Experimente harmonizar cervejas dos estilos Munich Dunkel, Bock e Belgian Strong Ales com fondue de queijo. Vai ficar espetacular! Já as cervejas dos estilos Porter, Stout e Dark Strong Ale acompanham perfeitamente o fondue de chocolate. Faça-nos uma visita e prove uma nova experiência gastronômica! Jaú Shopping - Piso superior Tel.: 14 34169151

86 Revista Energia


vida

Boa

Por João Baptista Andrade

Comida e Bem-estar O que foi que eu fiz desta vez?

T

odos os meses é a mesma coisa. Infalível como o ciclo circadiano, o regime de chuvas numa dada região geográfica, praga de mulher que bebe cerveja, profecias macabras para quem romper a corrente de e-mails que acabou de receber ou as teorias conspiratórias, chega a cobrança da editora pela coluna: “Quando o texto estiver pronto, pode mandar”. Desta vez veio um adendo diferente: “Lembrando que este mês teremos edição especial com o Caderno Beleza e Bem-Estar”. Uma pauta! O que será que ela quis dizer? Eu escrevo de primeira, faço citações de memória e, por conseguinte, frequentemente me equivoco ou exagero no que digo. Mas, graças a Deus, não sofro daquele mal crônico (e assustador) que é a SPB (Síndrome da Página em Branco). Eu sento-me e escrevo. Simples assim. Depois é que vêm as correções, os adendos e as supressões até que o texto esteja finalizado. Sim, dá trabalho parar e refazer a coluna, mas é inevitável. Como a primeira versão sai num jorro, é mister acertar as coisas mais tarde. Bloqueios? Eu nunca soube o que são. Até hoje. Para quem é do ofício, a editora é uma autoridade inconteste. A palavra (ou a caneta) final é sempre dela. A minha editora na Revista Energia (a Helô – é bom parecer íntimo da chefe) é uma fofa, um anjo de candura, que costuma elogiar os meus textos e perdoa os meus eventuais deslizes. Porque diabos ela resolveu me passar uma pauta específica eu não sei. Onde foi que eu errei? E ainda por cima, tinha que ser bem-estar? Justo bem-estar? Eu devo ter feito algo de muito grave, imperdoável mesmo... Escrevo sobre comida e bebida porque são temas que me fascinam e não porque eu seja um profundo conhecedor de tais assuntos. Estou mais para gourmand do que para gourmet. Pior, como de tudo e não me recordo de haver pensado sobre a saudabilidade ou grau de bem-estar decorrentes da minha ingesta. Adoro bacon, embutidos em geral, queijos gordurosos, vinhos, café, manteiga, ovos e por aí afora. Será que foi isso? Essa minha irresponsabilidade consciente sobre aquilo que como? Não sei não. Se me perguntassem sobre bem-estar alimentício eu provavelmente mencionaria uma feijoada com os amigos, regada a caipirinhas e cervejas. Eu fico muito bem

quando como algo assim na companhia dos meus... O fato permanece. Hoje me deu um branco. Feito o sabão em pó que lava mais branco que os demais. Feito os cúmulos de bom tempo que abundam nos céus do Sudeste. Feito um whiteout das regiões polares; tudo branco em todas as direções. Como escrever sobre comida e bem-estar se para mim comida é comida e ponto final?

Escrevo sobre comida e bebida porque são temas que me fascinam e não porque eu seja um profundo conhecedor de tais assuntos Li que o consumo de cigarros caiu no país, fato que o (des) governo que nos cerca atribuiu àquelas fotografias horrorosas de gente morrendo que as empresas foram obrigadas a estampar nos maços de cigarros. Eu duvido. Prefiro acreditar que as crianças estão sendo educadas de maneira mais eficiente e por isso nem sequer pensam em fumar. Educação me parece mais eficaz que ameaças ou censuras. Será que a iminente proibição de saleiros nas mesas de restaurantes vai funcionar? Agora vai ser assim: se você quiser temperar a sua saladinha, terá que pedir ajuda ao garçom. Mas vai reduzir o consumo de sal? Não creio. Talvez fosse melhor estampar fotos igualmente tétricas de gente adoecida pelo excesso de sal nas embalagens de produtos alimentícios industrializados. Poderíamos começar pelos molhos prontos e biscoitos recheados (que têm sal a não mais poder...). Outra ideia seria estabelecer um novo tributo: A CPMS (Contribuição Provisória sobre a Movimentação dos Saleiros). Não adianta. Hoje eu não encontro assunto. Aos meus eventuais, para não dizer raros, leitores, as minhas mais humildes e sinceras desculpas. Ainda bem que o espaço acabou. Até a próxima. Revista Energia 87


88 Revista Energia

Revistaenergia59  

A Revista Energia é uma publicação mensal da Rádio Energia FM. Garanta seu exemplar, gratuitamente, nos pontos de retirada: Posto São João e...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you