Page 1

INFORMATIVO ONLINE DO INSTITUTO OSWALDO RIBEIRO DE MENDONÇA | ANO 2 - EDIÇÃO 23 - SETEMBRO DE 2012

Casa da Criança está entre os 22 projetos de educação infantil mais importantes do Brasil, segundo Fundação Abrinq Página 4

I Salão, Salãozinho Regional de Humor de Guaíra premia trabalhos Página 7


editorial

página

2

O Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça cumprimenta os candidatos a prefeito e vereador democraticamente eleitos pelo voto da população nas eleições de outubro, desejando inspiração para um trabalho pleno e comprometido com a comunidade.

Por força de seu estatuto o IORM mantém-se equidistante de posições político-partidárias, mas participa da discussão de projetos para a cidade, e fundamentalmente os que pensem e apontem iniciativas para desenvolvimento sustentável da região. O IORM, como entidade do Terceiro Setor desponta como um importante vetor de evolução social, e cumpre seu papel contemplar as lacunas que decorrem do impasse entre o Estado e o das empresas privadas. Para que seu ideal se cumpra, porém, é imprescindível

que se estabeleça um contexto favorável para sua atuação, pois, do contrário, suas possibilidades são bastante limitadas. Para o IORM, a sociedade civil pode e deve assumir a sua responsabilidade em relação aos imensos desafios, principalmente a redução das desigualdades sociais. O conceito-chave é o estabelecimento de um novo padrão de relacionamento entre os três setores da sociedade, a partir de parcerias entre governos, empresas e as entidades do Terceiro Setor. Esse modelo, vimos praticando em todas as cidades onde, nós

do IORM atuamos e temos experimentado grandes avanços. Acreditamos no diálogo produtivo, no respeito a diferenças e no genuíno compromisso com a educação, a cultura, a arte, como ferramentas para a cidadania. Brevemente o IORM estabelecerá contato com todos os eleitos para a construção de uma agenda de trabalho comum, que tenha a promoção da cidadania como foco, favorecendo a participação da sociedade.

C@rt@s Eletrônic@s O recado dos internautas

Não poderia continuar minha semana sem agradecer-te pela reunião de ontem. Confesso que regressei comovido, e, de sobremodo, esperançoso, pois vejo fortalecido o exército de “gentes” que travam uma luta árdua de mudança do mundo e de busca por oportunidades para os menos favorecidos. Que o IORM prossiga abençoado e que o Pai Maior esteja sempre ao lado, preservando e mantendo as forças inabaladas. Tenham em mim e na Kheíron Educacional companheiros de batalha... Meu respeito e admiração, José Eduardo de Miranda Doutor em Direito, Consultor em Direito Empresarial Hoje dia de Santa Terezinha peço que ela interceda pelo IORM, quero parabenizálos pelo lindo trabalho e muito

profissional, tanto dos Boletins que estão cada vez melhores, bem como do site Mercado do Bem, que esta ótimo e com muitas coisas interessantes. Parabéns! Fabiano Araújo, Arte educador Tatuí, SP Lindo projeto. Já conhecia e o admiro, acho maravilhoso sempre oferecer essas oportunidades às pessoas de nosso município e região. Atenciosamente, Nayara Vieira Rodrigues, Nutricionista Franca, SP Parabéns a toda a equipe que apoia o belíssimo trabalho desenvolvido pelo IORM. Um grande abraço! Marlene dos Santos Zequin, Gerente Senac Barretos - Barretos, SP

Tenho que agradecer pela lembrança e recomendação para participar do I Salão e Salãozinho Regional de Humor de Guaíra. O salão foi um sucesso em todos os aspectos, e na hora que falei lá ressaltei muito a importância do Instituto para o estado de São Paulo. Foi uma honra poder fazer parte disso tudo em uma instituição que leva o nome do saudoso Oswaldo Ribeiro de Mendonça. Os cartunistas me enviaram muitos e-mails agradecendo e começaram a colocar em suas redes sociais, ficaram encantados com a estrutura do Instituto! Falei com um amigo do México que elogiou muito a iniciativa. Existem várias formas de dar continuidade neste projeto. Júlio Cesar da Silva, cartunista


Usina da Dança abre seleção para novos alunos em Orlândia e Miguelópolis O Projeto Usina da Dança de Orlândia está com inscrições abertas para o preenchimento de vagas para novos alunos nos municípios de Orlândia e Miguelópolis. Os critérios prioritários para inscrição de candidatos são as seguintes: residir nesses municípios, ter baixa renda ou se apresentar em situação de

vulnerabilidade social, estar situado na faixa etária entre 07 anos completos a 17 anos de idade e matriculado na rede de ensino pública. Os critérios de seleção e admissão de crianças para o projeto Usina da Dança sofreram alterações desde o ano de 2011, visando a inclusão social de pessoas em situação de vulnerabilidade social, de

página

acordo com à regulamentação da lei da Política de Assistência Social. Todos os candidatos inscritos participarão primeiramente de uma entrevista de seleção sócio-econômica realizada pela assistente social e se classificados, posteriormente, participarão da triagem de aptidão física.

Os documentos necessários para a inscrição para o processo de seleção: Xerox Certidão de Nascimento do Aluno; Xerox RG ou RA escolar do aluno; Xerox RG e CPF dos Pais; Xerox Comprovante de Residência; Xerox Comprovante de renda dos Pais (carteira de trabalho, holerite ou declaração do patrão) As inscrições serão realizadas somente com apresentação de toda documentação exigida.

Datas e Horários para as Inscrições EM ORLÂNDIA Datas: 05/11, 12/11, 19/11, e 26/11 (segundas – feiras) Horário: 8:00 as 11h30m e das 13h às 16h30m Responsáveis pelas inscrições: Raquel Assistente Social e secretárias Márcia Kato e Valquiria. Local: Instituto ORM - Rua 2 nº 440 B - Jardim Boa Vista Telefone de Contato: (16) 3826-3668 As inscrições serão realizadas somente com a documentação exigida.

3

EM MIGUELÓPOLIS Datas: 06/11, 13/11, 20/11, e 27/11 (terças – feiras) Horário: das 9h às 11h30m e das 13h às 16h Responsáveis pelas inscrições: Maira e Raquel, assistentes Sociais e secretário Andeílson. Local: Casa da Cultura Rua: José Espírito Santo nº 175 Centro Telefone de Contato: (16) 3835-6643


página

4

Casa da Criança está entre os 22 projetos de educação infantil mais importantes do Brasil, segundo Fundação Abrinq Há muitos anos o Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça atua pela educação e assistência à infância. Estamos presentes na condução do trabalho pedagógico, social, fonoaudiológico, psicológico, nutricional e pediátrico realizado pela Casa da Criança Armanda Malvina de Mendonça em Ipuã, que reúne 120 alunos. Em 2012, a Casa da Criança

Amanda Malvina de Mendonça acaba de conquistar um importante reconhecimento. O seu Programa de Educação Integral foi considerado um dos 22 projetos mais relevantes de educação infantil e é semifinalista do Prêmio Criança 2012 da Fundação Abrinq, selecionado entre projetos de todo o Brasil. O Prêmio Criança é voltado à área da Educação Infantil abrangendo

projetos sociais de empresas privadas e Ongs que desenvolvem iniciativas voltadas ao atendimento de crianças na faixa etária de 0 a 6 anos de idade. A premiação é concedida anualmente pela Fundação Abrinq. Como parte do processo de análise para premiação, a Casa recebeu a visita institucional da pesquisadora e supervisora técnica, Roseli Mônaco no dia 16 de agosto.


página

Reconhecimento

conquistado a muitas mãos A Casa da Criança trabalha projetos que exige qualificação e saber específico dos colaboradores, entre eles, profissionais de curso superior. Todos falam a mesma língua, há um alinhamento e comprometimento muito especiais. Eles estão engajados em multiplicar saberes e os princípios do IORM em defesa da educação. Tratase, verdadeiramente de uma equipe. O IORM acredita na força dessa atuação coletiva e contribuir com ações que possam fazer um mundo melhor. “Essa é uma importante conquista que demonstra que estamos no rumo certo. A prioridade de nossa instituição é oferecer educação de qualidade,

assistindo integralmente nossos alunos e suas famílias, contribuindo para a formação da cidadania.”, comemora a coordenadora da Casa, Janaína Cristina Amadeu. “A Casa da Criança conta com o apoio de pessoas que não medem esforços para a manutenção da qualidade dos serviços prestados e sucesso da Instituição. Nossa capacidade de atuação é fortemente ampliada por meio dos voluntários que são muito presentes.Chegar a este patamar de reconhecimento nos motiva a aprimorar nosso trabalho cada vez mais”, salienta a presidente da Casa, Josimara Ribeiro de Mendonça Camargo.

5


Casa da Criança participa de Simpósio Internacional sobre Primeira Infância A Casa da Criança Armanda Malvina de Mendonça participou, pelo segundo ano consecutivo do II Simpósio Internacional de Desenvolvimento da Primeira Infância, organizado pela Fundação Maria Cecília Souto Vidigal em São Paulo – SP. O evento que aconteceu entre os dias 12 e 13 de setembro, teve a participação da coordenadora da Casa, Janaina Cristina Amadeu da Silva, da Pedagoga Eni Cristina da Silva Peixoto, da Assistente Social Letícia Maria Gerim. Um dos temas do Simpósio foi a necessidade do estabelecimento de canais de diálogo entre a ciência e as políticas públicas, especialmente em áreas

relacionadas à Primeira Infância. O evento trouxe para o Brasil nomes que são referência na pesquisa, como Dr. Charles Nelson, Diretor de Pesquisa do Children`s Hospital of Boston e professor de Pediatria e Neurociência de Harvard Medical School, Naercio Menezes Filho; Professor do Insper Instituto de Ensino e Pesquisa; Ricardo Paes Barros, Secretário de Ações e estratégias da Secretaria de assuntos Estratégicos da Presidência da República; Giovanni Cerri, Secretário de Saúde do Estado de São Paulo; Susan Bales e Michael Baran, Presidenta e Pesquisadores do Frameworks Institute; Kerry McCuaig, Professora da Universidade de Toronto/Quebec Universal Child Care;

página

6

Kate Billingham, Diretora de Projetos do Programa Family Nurse Partnership na Inglaterra, juntamente com os demais Professores e Pesquisadores da área da Medicina, Psicologia e Pediatria, da Universidade de São Paulo.

Reunião expõe critérios para enquadramento de famílias em projetos sociais Em parceria com o Centro de Referencia de Assistência Social – CRAS, a Casa da Criança Armanda Malvina de Mendonça realizou nos dias 13 e 20 de setembro de 2012 um encontro com as famílias atendidas pela Instituição para apresentar os programas e projetos sociais desenvolvidos em Ipuã, que podem ser acessados pela comunidade. As famílias puderam conhecer os

critérios e exigências para enquadramento nos programas sociais existentes na rede pública na área de assistência social. O encontro também propiciou a avaliação do perfil das famílias dentro dos critérios exigidos para um possível cadastramento. O CRAS foi representado na reunião pela assistente social Fúlvia da Cruz e pela psicóloga Miriam Melo.

Casa passa a prestar atenção psicossocial às famílias dos seus alunos Para dar suporte as famílias dos alunos atendidos, proporcionando um ambiente seguro, protetor e de acolhimento, a Casa da Criança Armanda Malvina de Mendonça iniciou no dia 5 de setembro, o trabalho de atenção psicossocial. O objetivo é fazer da Casa da Criança uma referência para a convivência em comunidade.

O trabalho desenvolvido pela psicóloga, Katiuscia Antunes Martins e pela assistente social, Letícia Gerim, busca desenvolver relações de afetividade, solidariedade e respeito mútuo para promover uma convivência harmônica entre pessoas de diferentes segmentos, etnias e culturas, fortalecendo os vínculos familiares e sociais.

Casa realiza visita técnica ao Laboratório de Brinquedos da USP O Laboratório de Brinquedos da Universidade de São Paulo, Labrinq – USP recebeu a visita da coordenadora Janaina Cristina Amadeu da Silva, da pedagoga Eni Cristina Peixoto e da assistente social Letícia M. Gerim. O Labrinq ficou célebre por ter sido a primeira brinquedoteca de pesquisa do mundo e é um espaço próprio para socialização, brincadeiras e pesquisa através do brincar. A visita aconteceu na manhã de 13 de setembro. O Labrinq durante toda semana recebe a visita de crianças de diversas

cidades, que brincam e exploram o ambiente. As brincadeiras são livres. Enquanto as crianças brincam, os pesquisadores observam o seu brincar e buscam entender o que a criança expressa durante suas brincadeiras, seus comportamentos, desejos e emoções. “É no brincar que a criança mostra o que vivencia: a sala de aula, os conflitos de família, as dificuldades vivenciadas. Por isso é extrema importância sermos vigilantes e também pesquisadores, estando sempre atentos às pistas e comportamento que as crianças

expressam durante suas brincadeiras, muitas vezes inconscientemente.”, alerta a coordenadora da Casa, Janaína Cristina Amadeu.


página

7

I Salão, Salãozinho Regional de Humor de Guaíra premia trabalhos Premiação dos trabalhos vencedores nas várias categorias aconteceu no dia 5 de outubro. Depois de Guaíra, Salões seguirão para exposição em Orlândia e Ipuã. Em noite de apresentações culturais, o Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça premiou os vencedores do I Salão e I Salãozinho Regional de Humor de Guaíra. Os trabalhos que obtiveram da primeira a terceira colocação em suas categorias foram adquiridos e permanecerão em exposição permanente na sede do IORM em Guaíra. O primeiro colocado nas categorias charge e caricatura do I Salão receberam prêmios de R$ 500,00 cada. Os trabalhos que obtiveram as segundas e terceiras colocações conquistaram prêmio de R$ 150,00. Durante a sessão de premiação, a Diretora de Comunicação do IORM, Maria

Inês Moreira Guedes de Carvalho, que representou a presidente do Instituto, Josimara Ribeiro de Mendonça Camargo, anunciou que os trabalhos apresentados ao Salão e Salãozinho comporão mostra itinerante que será exibida também em Orlândia e Ipuã. “Isso caracteriza o alcance regional do nosso evento. A ideia é dialogar com os artistas e a comunidade das cidades da região, estimulando para a participação nos próximos eventos. Estamos muito felizes com o resultado alcançado”, afirmou Inês. A noite de premiação foi recheada de apresentações culturais. A orquestra “Lira Musical” tocou para receber os convidados. O coral da 3ª Idade “Raízes” encantou os presentes tocando músicas sertanejas, o Projeto

Destaque para os suportes do Salão, feito com pallets de madeira, doados pela Ouro Fino Agronegócio, numa alusão à sustentabilidade

Ofício da Dança do IORM esteve presente apresentando a coreografia “Pedra, papel e tesoura” e por fim o Grupo Eletro Afro apresentou o cortejo “Maracatu”. Ao todo, o visitante vai encontrar 239 trabalhos expostos, número significativo de participações, que superou a expectativa dos organizadores do o I Salão e I Salãozinho Regional de Humor de Guaíra e permitem um retrato fiel do panorama dessa arte no Brasil. Apesar de ser a primeira mostra, o evento chama a atenção pela qualidade dos trabalhos apresentados. No balanço total, caricaturistas e chargistas de sete estados brasileiros: Pará, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo e o Distrito Federal, além


de um participante da Bulgária integram a mostra. Apesar da participação de outros estados, somente os trabalhos de artistas paulistas puderam competir. Dos 86 trabalhos apresentados ao I Salão, 29 são charges e o restante, caricaturas. Com a realização de duas oficinas, nos dias 15 e 22 de setembro, o IORM obteve o envolvimento da comunidade escolar regional para o I Salãozinho de Humor. Um total de 137 crianças, de 11 a 14 anos de idade, de cidades como Orlândia, Guaíra, Ipuã, Miguelópolis e Colina. Os Salões são presididos por Júlio César da Silva, cartunista e ilustrador de livros infantis, com trabalhos reconhecidos internacionalmente. “Foi uma grande felicidade abrir o espaço do Centro Cultural Colorado para uma mostra de tanta qualidade e sentir o acolhimento da comunidade para estes salões. Muitas pessoas têm vindo visitar o Salão e o Salãozinho e isso é muito gratificante para todos nós do IORM que nos empenhamos em promover uma mostra à altura de

página

nossa comunidade”, sintetiza o gerente executivo do IORM, Rafael Albuquerque Braghiroli. Os trabalhos foram julgados por uma comissão formada por dois profissionais da área de cartoon e um representante da imprensa regional. O voto do público, apontado durante

8

a cerimônia de abertura do salão, foi considerado e recebeu prêmio e menção especial do voto popular. O I Salão e Salãozinho Regional de Humor de Guaíra contou com o patrocínio da empresa Criart e apoio da Ouro Fino Agronegócio e Prefeitura Municipal de Guaíra.


página

9

Atrações culturais dão o tom à abertura do Salão Uma noite em que a comunidade se encontrou com a arte e a cultura. Assim pode ser definida a abertura do I Salão e I Salãozinho de Humor de Guaíra. As apresentações Culturais antecederam a premiação dos trabalhos

vencedores. Guaíra fez uma verdadeira demonstração do trabalho dos artistas locais, com a apresentação da Lira Musical, do Coral da Terceira Idade. O Instituto oswaldo Ribeiro de Mendonça, que também faz parte da comunidade guaírense

marcou presença com o Ofício da Dança com a coreografia Pedra, Papel e Tesoura. O Grupo Eletro Afro “Cortejo Maracatu” de Guairá imprimiu energia criativa extra ao evento, levantando o público.


A charge serve de estímulo à leitura “É possível definir senso de humor como o sentimento que faz você rir daquilo que o deixaria louco de raiva se acontecesse com você.

Charge e caricatura são uma espécie de piada gráfica. Fazem as pessoas pensarem de modo crítico. O termo charge vem do verbo francês “charger” que significa carregar, exagerar. A charge funciona como uma espécie de crônica humorística, provocando o riso por meio do exagero. Critica um personagem ou fato específico. A charge serve de estímulo à leitura. Além disso, ela tem muitas vezes o objetivo de convencer, influenciar as pessoas para que compreendam a realidade e nela possam interferir de forma propositiva. Revela as contradições do mundo e educa os olhos dos cidadãos. E podem ser um recurso didático-pedagógico valioso à disposição dos educadores. Já a caricatura tem praticamente a mesma função. Ela exagera as características da pessoa de uma modo humorístico, acentua gestos e hábitos. A palavra caricatura vem do italiano caricare que significa carregar, no sentido de exagerar, aumentar algo. Na caricatura o artista desvenda a alma da pessoa e capta sua personalidade usando poucos traços, que é o que faz a caricatura genial.”

Confira os premiados I Salãozinho Regional de Humor de Guaíra Menção Honrosa – Categoria Caricatura 1 - Pedro Augusto Azevedo EMEF Antonio Francisco D´avila -Ipuã 2 - Stella Vitor Garcia EMEF Antonio Francisco D´avila -Ipuã 3 - Maria Eduarda Araújo Moraes EMEF Antonio Francisco D´avila -Ipuã 4 - RayonáriaGrazielly Sousa Santos EMEF Antonio Francisco D´avila -Ipuã 5 - Ana Júlia Bigineli Mendes EMEF Antonio Francisco D´avila -Ipuã 6 - Francisca Natália da Silva EMEF Antonio Francisco D´avila -Ipuã 7 - Débora Rodrigues Ferreira EMEF Monir Neder – Ipuã 8- EmanuellyCaroliny Mendonça EMEF Antonio Francisco D´avila -Ipuã 9 -Jhonatan dos Santos Souza EMEF Monir Neder – Ipuã 10 - Thiago Pasquim Guedes Centro Educacional Santa Luz COC – Guaíra Premiados 3º Lugar – Categoria Caricatura Douglas Campos Sonna EMEF Antonio Francisco D´avila -Ipuã 2º Lugar – Categoria Caricatura Vitória Toshie Oba Centro Educacional Santa Luz COC -Guaíra 1º Lugar – Categoria Caricatura Ana Beatriz Barros Foroni EMEF Antonio Francisco D´Avila -Ipuã

Menção Honrosa – Categoria Charge 1 - Mateus Gabriel dos Santos Lima E.E. Dalva Lélis Garcia do Prado 2- João Pedro Barbosa dos Santos Colégio Objetivo – Miguelópolis 3 - Valter Torres Pereira E.E. Dalva Lélis Garcia do Prado 4 – Thaylor Araujo Saccon E.E. Dalva Lélis Garcia do Prado 5 - Stênio da Silva Matos EMEF – Francisco D´avila – Ipuã 6 - Luiz Felipe Fernando Medeiros EMEF Monir Neder – Ipuã 7 - Cassiel R. S. Matos E.E. Zezinho Portugal – Guaíra,SP 8 - Pedro Guilherme de Sousa Costa Irum Curumi – Guaíra 9 - Pablo Silva Lino Centro Educacional Ana Lélis Santana - Guaíra 10 - Priscila de Oliveira Paieiro da Silva Colégio Objetivo - Miguelópolis 11 – Franciele Lima Alves Cunha EMEF Monir Neder – Ipuã Premiados 3º Lugar – Categoria Charge Arthur Talarico Centro Educacional Santa Luz COC – Guaíra 2º Lugar – Categoria Charge Renan Adrian Messias Rodrigues E.E. Dalva Lélis Garcia do Prado 1º Lugar – Categoria Charge Jessica Torres Alves EMEF Padre Mário Lano - Guaíra

página

10


página

SALÃO DE HUMOR Premiados Salão de Humor Premiados Menção Honrosa - Categoria Charge Marcio Duarte Lobo - São Paulo/SP Clayton Ramos Rabelo - São Paulo/SP Premiados –Categoria Charge 3º Lugar – Categoria Charge Moises de Macedo Coutinho Mogi Guaçu/SP 2º Lugar – Categoria Charge Eder Santos São Paulo/SP 1º Lugar – Categoria Charge Jorge Barreto de Lacerda São Paulo/SP Premiados Salão de Humor Premiados Menção Honrosa - Categoria Caricatura Roberto Kroll Junior Ribeirão Preto/SP Rafael Duque Espindola Jandira/SP Érico San Juan Piracicaba/SP Premiados 3º Lugar – Categoria Caricatura Alexsander Faria de Souza São Paulo/SP

2º Lugar – Categoria Caricatura Luiz Amorim Júnior Guaíra/SP 1º Lugar – Categoria Caricatura Sebastião Xavier de Lima São Paulo/SP

Menção Honrosa – Trabalho Nacional - Categoria Caricatura Glen Barbosa de Carvalho Batoca Rio de Janeiro/RJ José Honório do Prado Neto São Sebastião da Bela Vista/MG Emmanuel Merlotti de Oliveira Campo Grande/MS Fabrício Manohead Garopaba/SC André Luis Mello Camargo Porto União/SC Menção Honrosa – Trabalho Nacional - Categoria Charge Biratan Porto Belém/PA Menção Honrosa – Trabalho Internacional - Categoria Charge JovchoSavov

p o h s k r o W Os alunos adolescentes e professores do Projeto Usina da Dança participaram do Workshop e do Espetáculo da Cia Nuevo Ballet Espanol “Cambio Del Tercio”, a mais inovadora companhia do cenário espanhol. O workshop aconteceu na tarde do dia 27 de setembro, no Theatro Pedro II, em Ribeirão Preto e teve como tema o processo de criação e desenvolvimento da recémformada Cia. Nuevo Ballet Espanhol. “Cambio de Tércio”, um dos mais recentes espetáculos da companhia Nuevo Ballet Español, que chegou aos palcos do país em setembro como a terceira atração do ano da Temporada de Dança Dell’Arte 2012. Os alunos tiveram a oportunidade de ampliar o conhecimento através do contato com novas tendências culturais.

11


Usina da Dança apresenta Caminho do Sal no dia 26 de outubro, em Miguelópolis

Como resultado de um ano inteiro de pesquisa, treinamentos e muito trabalho, a Usina da Dança sobe ao palco da Casa de Cultura professor Rail Miguel Sawan, no próximo dia 26 de outubro para apresentar à comunidade, em primeira mão, seu novo espetáculo: Caminho do Sal. A coreografia faz um resgate histórico, estético e afetivo da Rota do Sal, região que atravessa os estados de Goiás, Tocantins e Pará. A Rota do Sal é considerada uma das mais árduas sagas já vividas em território brasileiro. Os negros que fugiam da escravidão e se aquilombavam nas matas no norte do Estado de Goiás. Percorriam 5.000 quilômetros em canoas pelos rios Paraná e Tocantins até Belém do Pará, em busca do sal: elemento essencial para a sobrevivência humana. O sal se torna, por um bom tempo, a moeda de troca por

trabalho no sertão Goiano. A viagem de ida e volta durava um ano. “É um espetáculo que fala de liberdade, mas ao mesmo tempo de limite e sobrevivência. Que mostra a relatividade do tesouro de cada pessoa”, sintetiza a coordenadora artística da Usina da Dança, Valéria Pazeto. A apresentação é gratuita, aberta a convidados e inclui também Divertissement, palavra francesa que significa“divertimento”, caracteriza uma variedade de números de dança. O espetáculo de 26 de outubro, acontece a partir das 20 horas. É uma realização do Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça, com apoio Prefeitura Municipal de Miguelópolis - patrocínio da CPFL, CMDCA ,Syngenta, Fundação Itaú Social, colaboradores do Grupo Colorado, Grupo Colorado e Geraldo Ribeiro de Mendonça.

página

12

Cenário foi elaborado de forma participativa pelas famílias dos alunos

O projeto Mãos em Cena, que envolveu educadores e familiares dos alunos assistidos pelos projetos do Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça, em especial pela Usina da Dança e Ofício da Dança assina a criação do cenário do espetáculo Caminho do Sal, que terá sua primeira apresentação no dia 26 de outubro, em Miguelópolis. O projeto, coordenado pelo artista plástico André Costa e pela Terapeuta Ocupacional Suzana Sordi, voluntária do IORM, começou a ser trabalhado no mês de abril de 2012, com forte preocupação no reuso de materiais descartados e reaproveitando resíduos sólidos domésticos e industriais. O cenário foi surgindo a partir do encontro com as famílias. “Também durante os encontros foi construída a valorização da participação dos pais nesta empreitada social e artística. O objetivo é contribuir diretamente na educação dos filhos. São eles, os alunos, a real motivação e os grandes beneficiários deste trabalho”, salienta André Costa. Durante a realização de todas as atividades do Projeto foi possível perceber o estabelecimento de vínculos de amizades entre os participantes, a colaboração de um com o outro e principalmente a troca de experiência e comunicação entre todos. Sem contar da grande participação e interesse das crianças nestes encontros. A equipe psicossocial teve a oportunidade de se aproximar das famílias e ate mesmo estabelecer um maior vínculo com os participantes, iniciando um relacionamento que com certeza contribuirá de forma positiva na qualidade de vida dessas famílias. As informações coletadas durante a execução do Projeto servirão de base para criação de futuras ações, visando a promoção da convivência e o fortalecimento dos vínculos familiares. Para ele, “o resultado final foi uma estética visual que não descaracteriza os materiais reutilizados e que agrega valores nobres ao que antes era descartável e passageiro.


página

IORM deflagra campanha para receber 13 doação da coleção de livros da Fundação Itaú www.itau.com.br/itaucrianca

O Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça – IORM, está iniciando a campanha para obter o maior número de kits da Coleção Itaú de Livros Infantis distribuída gratuitamente pela Fundação Itaú Social desde 2010. O objetivo é distribuir o kit para todos os alunos assistidos pelos projetos sociais do Instituto e entidades do entorno, contribuindo para a formação de novos leitores. Composta por três volumes, a coleção de livros infantis faz parte do projeto Leia para uma Criança que tem como objetivo incentivar os adultos a lerem com a garotada compartilhando momentos e aprendizado.

Para quem ainda não sabe, a coleção está com novos livros e já pode ser pedida pela internet. Os livros são enviados para todo o Brasil, sem custo.

Para receber gratuitamente a Coleção Itaú de Livros Infantis de 2012, acesse o link – www.itau.com.br/itaucrianca - e faça seu pedido. Em seguida, encaminhe sua doação para o IORM. O colaborador do Grupo Colorado e voluntário do IORM ,Douglas Braga Torres Blanca, por meio de contatos com amigos, familiares e relacionamentos no trabalho, já conseguiu cadastro de 2 mil pessoas. A diretoria do Instituto agradece.

Os livros da nova coleção

O ratinho, o morango vermelho maduro e o grande urso esfomeado, de Audrey Wood, com ilustrações de Don Wood Conta a história de um pequeno ratinho, seu precioso morango e um urso esfomeado. Literatura na medida para crianças pequenas, com belas gravuras.

Poesia na Varanda, de Sônia Junqueira Um verdadeiro livrinho de poesias, onde a beleza pode ser encontrada na música, na lua cheia, na tristeza, na chuva e nas mãos de um amigo.

Lino, de André Neves Foi considerado um dos 50 melhores livros infantis de 2010 pelo Estadinho. O personagem central, Lino, mora numa loja de brinquedos com sua melhor amiga, Lua. Trata-se de uma história de amizade e de mistérios.

As principais razões mencionadas para acreditar na importância do incentivo à leitura

54%

Contribuição com o desenvolvimento intelectual e cultural

36%

Formação educacional e criação do hábito de leitura

10%

Desenvolvimento de valores éticos

9%

Preparação para o mercado de trabalho

6%

Formação e o desenvolvimento pessoal

5%

Socialização Fonte: Fundação Itaú Social, outubro de 2012

96% acham importante incentivar crianças a ler Verificar a percepção dos brasileiros em relação à importância do incentivo à leitura para crianças com até 5 anos de idade e sensibilizar a sociedade sobre a importância de desenvolver o hábito de ler ainda na infância. Esses foram alguns dos objetivos da pesquisa Leitura Infantil realizada pela Fundação Itaú Social em parceria com o Instituto Datafolha, que foi lançada hoje em São Paulo. A iniciativa faz parte da campanha nacional de incentivo à leitura para crianças do Programa Itaú Criança, que convida

o adulto a ler para os pequenos. Para apoiar essa ação, serão oferecidas gratuitamente 2,34 milhões de Coleções Itaú de livros infantis, totalizando 7 milhões de livros. Desde 2010, mais de 22 milhões de livros foram entregues pelo programa. Conforme o estudo, 96% dos entrevistados disseram que incentivar crianças de até cinco anos de idade a gostar de ler é importante (20%) ou muito importante (76%). Apenas 2% responderam que a prática é mais ou menos

importante, 1% a considera pouco importante e 1% não a considera nada importante. Entre os que atribuíram a nota 5, máxima na escala de importância sugerida aos entrevistados durante a pesquisa de campo, a maioria são mulheres, jovens e entrevistados que possuem mais escolaridade e poder aquisitivo. Já entre os que optaram pela nota 4, segunda na escala, na ordem decrescente, destacam-se os mais velhos e menos favorecidos em formação educacional e nível socioeconômico.


Reciclejet renova impressoras cedidas ao IORM O empresário Eduardo José Pfaffmam Diniz, proprietário da Reciclejet, empresa responsável pela doação e manutenção de impressoras para serviços burocráticos realizados pela administração do Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça e Casa da Criança Armanda Malvina de Mendonça acaba de renovar as máquinas cedidas ao IORM em Guaíra e Orlândia e Casa da Criança em Ipuã. Inicialmente a Reciclejet cedeu ao IORM três impressoras multifuncionais coloridas. Ampliou a doação, cedendo mais três impressoras monocromáticas que agora foram trocadas por três

novas impressoras multifuncionais monocromáticas. “A qualidade e velocidade de impressão dão mais agilidade ao dia a dia do trabalho administrativo do IORM que pode voltar seu foco à sua atividade principal, que é a atenção aos assistidos pelos projetos e suas famílias”, avalia a diretora de comunicação do IORM, Maria Inês Marcório Guedes Moreira de Carvalho. “Agradecemos imensamente pela preocupação, o carinho e a participação desse empresário, tão envolvido com o trabalho de nosso Instituto.”, sintetiza Josimara Ribeiro de Mendonça Camargo, presidente do IORM.

página

14

O empresário Eduardo José Pfaffmam Diniz, proprietário da Reciclejet, fazerndo entrega da impressora para a funcionária Nina do IORM de Orlândia.

Presidente do IORM anuncia concessão de Bolsas de estudo para mais três alunos da Usina da Dança A Presidente do Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça, Josimara Ribeiro de Mendonça Camargo anunciou que vai contemplar mais três alunos com bolsas de estudos para os cursos Promodança. O IORM será responsável pelo custeio de 50% do valor da bolsa, complementando o desconto já concedido pelo Promodança, também de 50%. Com o anúncio, será elevado para o cinco o número total de

bolsas concedidas pela Usina da Dança a seus alunos. O curso acontecerá durante todo o mês de janeiro em Barra Bonita, interior do Estado de São Paulo. “Nosso foco é a promoção do desenvolvimento técnico dos alunos da Usina da Dança e não medimos esforços para a profissionalização do grupo”, adianta Josimara. A Promodança Produtora e Promotora de Festivais de Ballet e Eventos Culturais, realizará cursos durante

todo o mês de janeiro no estado. Os alunos da Usina da Dança chamaram a atenção dos responsáveis pelo Promodança durante festival realizado em Santos. A produtora também mantém uma Companhia Estável de Dança. Além das bolsas, o IORM, informou que custeará as despesas de deslocamento, alimentação e hospedagem para que os alunos da Usina da Dança freqüentem os cursos Promodança.

Guris do Polo Guaíra presentes ao II Encontro de Cordas Dedilhadas da Regional Ribeirão Preto No dia 26 de Setembro o Projeto Guri - Polo Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça de Guaíra apresentou-se no II Encontro de Cordas Dedilhadas que a Regional Ribeirão Preto realizou na cidade de Igarapava. O Encontro aconteceu no Anfiteatro Municipal José Ernesto Junqueira de Barros – Casa da Cultura, com a participação

de, aproximadamente 250 pessoas, incluindo Coordenadores dos Polos, TI de Cordas Dedilhadas, Educadores Musicais, Supervisores do Desenvolvimento Social, e Alunos da Rede Publica de Igarapava. Sob coordenação do educador musical Rodolfo Spigali, os alunos da turma de Violão, do Polo Guaíra apresentaram uma camerata de violão composta pelas

canções A Casa, de Toquinho e Vinícius e Anunciação, de Alceu Valença. Participaram do encontro todos os Polos da Regional das cidades de Igarapava, Miguelópolis, Ituverava, Jeriquara, Guaíra e Guará. A Prefeitura de Guaíra apoiou a apresentação do Polo, fornecendo transporte e lanche para 31 participantes.


página

15

Presença do IORM na Mostra Revelando São Paulo O gerente executivo do IORM, Rafael Braghirolli visitou a Mostra Revelando São Paulo, evento realizado no dia 23 de setembro, domingo no Parque Vila Guilherme, na capital paulista que é uma iniciativa da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São paulo. O objetivo é promover a inserção dos municípios abrangidos por projetos do IORM na Mostra, principalmente na área reservada para a exposição de artesanato e no palco das apresentações culturais.

Na rede Para conferir ainda mais transparência à sua atuação e permitir a comunicação ainda mais intensiva com os seus públicos de relacionamento, o IORM acaba de criar seu perfil nas redes sociais. O Instituto pode ser “seguido” no Twitter, Facebook e Instagram. Anote os endereços:

@iorm_oficial www.twitter.com/iorm_oficial www.facebook.com/iorm.oficial Mais informações acesse:

www.iorm.org.br e nossa loja virtual:

www.mercadodobem.com.br

Boletim Atitude Setembro  

Diagramação Boletim Atitude de Setembro do IORM

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you