Page 1

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

1


2

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

3


Sumário Introdução Identificação do projeto Objetivos Justificativa Descrição e detalhamento das atividades realizadas Parcerias e fontes de financiamento Público alcançado Principais resultados e desdobramentos Comunicação e Mídia

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

06 08 08 10 10 17 17

18

20

5


Introdução

O

projeto Cine Ecologia agrega um conjunto de ações que vinculam o audiovisual à ecologia, dando ênfase para a necessidade de difundir informações culturais e ecológicas agindo como vetor de conscientização quanto à questão ambiental para jovens estudantes da escola pública e ampliando-se para a comunidade. O projeto tem suas ações centradas em quatro eixos: produção, circulação, distribuição e formação de plateia. Desde sua primeia edição, em 2012, o Cine Ecologia vem alcançando resultados significativos. Todas as atividades são oferecidas de forma gratuita. Em 2012, o projeto percorreu as cidades de Fortaleza, Maracanaú, Caucaia, Canindé, Limoeiro do Norte, Sobral, Itapipoca, Iguatu e Juazeiro do Norte. Nelas, os educadores do projeto atuaram abrindo o diálogo sobre a situação ambiental com foco na própria região. Já em 2016, o Cine Ecologia focou suas atividades em 5 escolas públicas de Fortaleza, cujos alunos vincularam-se ao eixo de produção, participando de palestras sobre o temas da ecologia e de oficinas de audivisual – com foco em animação. O início das atividades em cada escola foi marcado pela realização de uma palestra de

6

conscientização e atualização a respeito das questões ambientais. Gestão de resíduos sólidos, consumo desenfreado, consumo sustentável e reuso da água foram alguns dos temas abordados. Para tanto, foram convidados especialistas das seguintes instituições: AmbienTeia, Empresa Júnior do curso de Ciências Ambientais, da Universidade Federal do Ceará e ECOMUNAM - Eco Museu Natural do Mangue, da Sabiaguaba. As tematicas levantadas nesses encontros serviram como suporte para a realização dos vídeos produzidos a seguir. Com a participação ativa dos aprendizes, as oficinas de audiovisual, contaram com a elaboração de brinquedos ópticos e com a captação de imagens para a produção de um vídeo em cada escola parceira do projeto. A etapa seguinte, caracterizouse pela exibição das produções realizadas através da Mostra Cine Ecologia. Este foi o momento de integração com toda comunidade, no qual, além dos vídeos produzidos pelos estudantes, também foram exibidos 11 filmes do Núcleu de Cinema de Animação Casa Amarela Eusélio Oliveira, da Universidade Federal do Ceará, abordando a temática ecológica. Além das oficinas, da produção dos vídeos e das mostras nas CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


comunidades, o projeto ainda lançou a II edição da Revista Cine Ecologia, com linha editorial criativa e projeto visual inovador. Um material didático composto por importantes informações a respeito de biomas, ecossistemas e tipos de vegetação encontrados no Brasil e no Ceará, assim como por registros fotográficos e resultados das atividades nas escolas. A revista será distribuída para as instituições participantes, parceiros e órgãos públicos. A publicação também aponta diversas atividades a serem exploradas por estudantes e professores, se mostrando como uma valiosa ferramenta pedagógica para trabalhos interdisciplinares nos campos da linguagem, biologia, geografia, história, memória e artes. Todas as ações do projeto Cine Ecologia foram pensadas no sentido de reforçar a necessidade de difundir informações culturais e ecológicas para que todos abracem a causa: cuidar mais e melhor do nosso planeta azul. Ao todo, 200 jovens foram envolvidos diretamente, além de uma equipe técnica de 48 profissionais. Com a Mostra Cine Ecologia, foi alcançado um público de 1.820 pessoas, nos quatro dias de mostra.

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

7


Identificação do projeto EVENTO / PROJETO: Cine Ecologia 2016 – Produção, circulação, distribuição e formação de plateia RAZÃO SOCIAL PROPONENTE: Cleuton dos Santos Venâncio CNPJ: 821.685.203-72 DATA / PERÍODO: Agosto a Outubro de 2016 VALOR DA DOAÇÃO: R$ 60.000,00 – Mecenato Estadual (Processo 666.613.81-5) FONTE DA DOAÇÃO: ENEL

8

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

9


Objetivo Fomentar a produção, circulação, distribuição e a formação de plateia para o produto audiovisual no estado do Ceará e incentivar a participação individual, coletiva, permanente e responsável na preservação do meio ambiente por meio do cinema e de ações formativas.

Justificativa

D

iante de um cenário de escassez dos recursos ambientais e percebendo a importancia do fortalecimento das discussões acerca do assunto, surgiu em 2011, o projeto Cine Ecologia como um novo espaço , para as discussões do desenvolvimento sustentável a partir de um conceito mais amplo, que combine desenvolvimento ambiental com a sensibilidade e o estímulo lúdico, provocado, por exemplo, pela linguagem audiovisual. Realizando atividades que levam uma abordagem argumentativa e prática e relacionam questões do meio ambiente à produção artistica, o projeto busca reforçar a consciência para a melhoria da relação homem/natureza por meio de produções com qualidade e consistência. O projeto Cine Ecologia faz essa associação dando ênfase à necessidade de difundir informações culturais e ecológicas a partir da promoção de ações centradas em quatro eixos, sendo eles: produção, circulação, distribuição e formação de plateia.

10

Desenvolvendo ações que vão muito além do entretenimento, o projeto permite ao público a vivencia de experiências criativas, o que favorece a aquisição de informações de uma forma prática e lúdica, além de estimular a conscientização ambiental em todos os envolvidos. O Cine Ecologia também é oferecido como estratégia de democratização do acesso à produção audiovisual, enquanto oferece à sociedade uma programação artística, gratuita e de qualidade, sempre evidenciando a responsabilidade de todos no cuidado com a sustentabilidade. As mudanças climáticas vêm ocorrendo em nosso planeta de forma cada vez mais acentuada, em especial com o aumento das temperaturas na Terra, que está provocando incêndios florestais, mudança das correntes marítimas, degelo e elevação do nível dos oceanos. Por isso, é mister que nações, empresas e cidadãos de todo o planeta conscientizem-se da importância da ação de cada um para a redução dos impactos ambientais. Uma vez constatado esse poder

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


educativo do audiovisual, que também fortalece o reconhecimento da identidade de um povo, o projeto Cine Ecologia utiliza as múltiplas linguagens do cinema e do vídeo como principais mecanismos de produção e veiculação de informações para a prevenção dos impactos ambientais. A relevancia do projeto Cine Ecologia se se mostra por ultrapassar o caráter meramente espetacular para atuar sob uma

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

dimensão argumentativa e prática, se mostrando capaz de aproximar e transformar realidades sociais, econômicas e culturais, no intuito de viabilizar a preservação e a defesa do planeta. Dentro deste contexto, o projeto fortalece a democratização do acesso à produção audiovisual, enquanto oferece à sociedade uma programação artística gratuita e de qualidade, sempre evidenciando a responsabilidade ambiental.

11


Descrição e

detalhamento das

atividades realizadas

C

inco escolas públicas de Fortaleza receberam, no período de 17 de outubro a 11 de novembro, palestras e oficinas do projeto Cine Ecologia. Durante as ações formativas, com a duração de uma semana em cada escola, totalizando 20 horas/aula, estudantes dos bairros Jangurussu, Bom Jardim, Farias Brito e Canindezinho assistiram a uma palestra sobre meio ambiente e produziram um filme de animação em curta metragem cada, focando na mesma temática. A ação se inicia com a realização de uma palestra de sensibilização, na qual foram apresentadas as relações entre o meio ambiente, a cultura e o desenvolvimento humano, convidando os alunos a refletir sobre os cuidados com a natureza. As palestras foram ministradas por representantes da AmbienTeia, Empresa Júnior do curso de Ciências Ambientais, da Universidade Federal do Ceará, e do Ecomunam - Eco Museu Natural do Mangue, instituições renomadas na atuação em consultoria e preservação ambiental em Fortaleza. Em seguida, foram realizadas oficinas para 30 alunos em cada turma, com foco em técnicas de animação, através de uma abordagem lúdica e

12

divertida. Nesta etapa, o objetivo foi despertar o interesse dos participantes para o tema da ecologia dentro da produção audiovisual, ampliando o horizonte criativo dos estudantes e apresentando os fundamentos do movimento e da animação. Após as aulas introdutórias, inicia-se a parte de captação de imagens para a produção do vídeo com a participação ativa de todos os alunos. Ao término da oficina, os participantes mostraram-se familiarizados com os conceitos, podendo reconhecer e produzir brinquedos ópticos. Cada oficina/ turma gerou um vídeo de até cinco minutos com a seguintes temáticas: reuso da água; desperdício da água; consumo sustentável; design sustentável; reciclagem; energia renovável e economia forçada de energia. Como culminância desse processo, foram realizados quatro dias de mostras comunitárias, abertas ao público, compostas pelos vídeos produzidos por cada um dos grupos. Se juntam a essas produções, mais 11 curtas-metragens realizados pelo Nuca – Núcleo de Cinema de Animação da Casa Amarela Euselio Oliveira, da Universidade Federal do Ceará. Em todos eles, o foco incide na questão ambiental. Sempre às 16h, a exibição dos filmes aconteceram nos dias 14, CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


16, 17 e 18 de novembro, com 15 filmes exibidos em cada uma delas. A atividade também contou com apresentação da peça teatral infantil “As Aventuras do Lampinha”, que faz parte do Programa de Eficiência Energética da Coelce. Um próximo passo, foi o lançamento da segunda edição da Revista Cine Ecologia: um material didático composto por importantes informações a respeito de biomas, ecossistemas e tipos de vegetação encontrados no Brasil e no Ceará, assim como por registros fotográficos e resultados das atividades nas escolas. 500 exemplares da

revista, que é composta de 40 páginas, foram distribuídos para as instituições participantes, parceiros e órgãos públicos. Com o conteúdo voltado tanto para os estudantes quanto para os professores, a Revista Cine Ecologia abrange assuntos que dão suporte para discussões nas disciplinas de geografia, linguagem, artes, biologia e história, ressaltando caracteristicas como colaboração, olhar crítico, transdisciplinaridade, pertencimento, autoria e autoexpressão. São perguntas, provocações e estratégias para serem utilizadas na vivência escolar e, consequentemente, na vida comunitária.


Filmes produzidos: Modelando o Futuro Reciclando histórias Gabriela e a máquina de lavar Nó em pingo D’água RenovAção Economizando tem pra todo mundo

Mostra Cine Ecologia: Bio Consume O som da Floresta Uma Odisseia no Sertão Urso Despolar Comunicando De repente Herói Iluminado Sopro no mar Pin e guin Televisão Picolé

14

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

15


Escolas participantes: EMEIF Marieta Cals – Rua Valparaíso, nº 160, Jangurussu. EEFM Doutora Aldaci Barbosa - Rua Valparaíso, nº 155, Jangurussu. EEFM Dona Júlia Alves Pessoa – Rua São Francisco, n° 71, Bom Jardim. EEFM Doutor César Cals – Avenida Domingos Olímpio, nº 1800, Farias Brito. EEFM Senador Osires Pontes – Rua Divina, n° 150, Canindezinho.

16

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


Parcerias e fontes

de financiamento Sendo a temática ambiental uma importante discussão na atualidade, o projeto conseguiu agregar diversas intituições no intento de consolidar ações para a preservação. São eles: AmbienTeia, Empresa Júnior do curso de Ciências Ambientais, da Universidade Federal do Ceará e ECOMUNAM - Eco Museu Natural do Mangue da Sabiaguaba, que ministraram as palestras de sensibilização sobre o meio ambiente; - Núcleu de Animação Casa Euselio Oliveira - Nuca, da Universidade Federal do Ceará, pela cessão dos filmes para compor a Mostra Cine Ecologia;

- Equipe Enquadro Filmes, pelas oficinas de audiovisual; -Enel Brasil, pelo financiamento das ações e Secretaria de Educação da Prefeitura Municipal de Fortaleza, pela articulação entre o projeto com as escolas que receberam o Cine Ecologia. As ações do Cine Ecologia também não poderia ser possível, sem a acolhida das diretorias e coordenações das escolas que integraram o projeto. São elas: EEFM Doutor César Cals (Farias Brito); EEFM Dona Júlia Avles Pessoa (Bom jardim); EEFM Osires Pontes (Canindezinho); EMEIF Marieta Cals e EEFM Doutora Aldaci Barbosa (Jangurussu).

Público alcançado No eixo de produção, foi atingido 200 estudantes de escolas públicas de Fortaleza, com faixa etária entre 12 e 18 anos. Já a Mostra Cine Ecologia, onde o material produzido pelos estudantes que participaram das oficinas foi exibido, teve um alcance de público de 1.820 pessoas. Público esse formado por familiares, demais estudantes, equipe pedagógica e moradores dos bairros que circundam as escolas que integraram o projeto. Com a distribuição dos 360 exemplares cartilha nas escolas que participaram do projeto e em órgão públicos, o Cine Ecologia tem ainda o potencial de atingir toda a comunidade escolar, tanto estudantes como o corpo docente, assim como a comunidade do entorno.

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

17


P rincipais resultados e desdobramentos

C

omo alternativa para contribuir na importante reflexão acerca da questão ambiental, o projeto Cine Ecologia se vale do poder difusor e de encantamento que o cinema traz em si para sensibilizar a população quanto à preservação. Perfeitamente adaptado ao contexto tecnológico das sociedades de massa, o cinema apresenta um extraordinário poder de penetração e mobilização. Do ponto de vista da produção, o Cine Ecologia aproxima crianças e jovens do fazer artístico a partir do audiovisual, uma vez que todo o processo de realização dos vídeos se dá inteiramente com a participação dos mesmo. Estando familiarizados com os equipamento e algumas técnicas de gravação, os jovens puderam construir os roteiros – partindo de suas próprias realidades – e participar de todo o processo de criação das produções, podendo reverberar em produções futuras e no despertar do interesse pelas atividades artísticas.

18

Importante ressaltar a aproximação dos temas destacados pelo projeto do dia a dia dos aprendizes e da comunidade em si. Essa aproximação teve como principal objetivo permitir a identificação da população com as temáticas abordadas a fim de que repercutam e influenciem positivamente no cotidiano da comunidade. Quanto a Revista Cine Ecologia, por se mostrar como ferramenta pedagógica, tem como desdobramento uma série de exercícios propostos para serem aproveitados pelos professores em sala de aula. Um estimulo para se discutir a questão ambiental ligando a temática às mais diversas disciplinas curriculares, como geografia, biologia, linguagem, territorialidade etc.

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

19


Comunicação e mídia Comunicação Visual Em sua segunda edição, o projeto Cine Ecologia apresentou-se com um conjunto de ações que vincularam o audiovisual à ecologia, com ênfase na difusão de informações sobre cultura e questões envolvendo a temática da ecologia, desenvolvendo ações para além do entretenimento, o projeto circulou em formato de caravana, contemplou 07 bairros da capital cearense proporcionando ao público a vivência de experiências criativas, favorecendo a aquisição dessas informações de uma forma prática e lúdica, numa prazerosa e enriquecedora ebulição cultural e social, além de estimular a conscientização ambiental em todos os envolvidos. A partir dessa ótica o plano de comunicação do Projeto foi pensado, buscando contemplar as ferramentas mais adequadas para o perfil do público e para o alcance dos resultados visados. A comunicação do projeto teve por base três pilares: comunicação institucional, assessoria de imprensa e mídias sociais online. A comunicação institucional foi utilizada como vetor essencial de potencialização do projeto e fortalecimento da imagem do Cine Ecologia. Composta por material impresso e de sinalização, confeccionado a partir da criação de uma identidade visual própria para o evento, seu principal

20

objetivo tratou da divulgação das atividades desenvolvidas nas diferentes ações, como forma de proporcionar a imersão das pessoas envolvidas, especialmente o público mobilizado de escolas públicas, associações culturais e ONGs, concretizando a atuação do Cine ecologia na formação de plateia e fortalecimento da democratização do acesso à cultura no estado. Para o público atingido pelas mostras audiovisuais, foram produzidos com banners de sinalização, cartazes, programas, filipetas ecobags e camisas. A equipe de Assessoria de Imprensa foi responsável pela geração de conteúdo, acompanhamento de resultados, avaliação de retorno de mídia, clipping, dentre outras funções que geraram um retorno de mídia significativo. Para potencializar a comunicação contribuíram as mídias sociais. Utilizadas como importante fonte de informação, esse tipo de mídia acaba aliando uma comunicação que chega a um amplo público e, ao mesmo tempo, pode ser focada e direcionada a um público alvo específico. Com essa vantagem comunicativa e enquanto meios de amplo alcance ambos foram utilizados como importante estratégia de divulgação.

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


O relacionamento e diálogo com o público foi fortalecido nesta edição, ação fundamental para atingir os objetivos do projeto. Esta aproximação, além de fomentar a produção, circulação, distribuição e a formação de plateia para o produto audiovisual, as ações tem foco na conquista e engajamento de outros públicos como formadores de opinião, jornalistas, artistas, produtores culturais, universitários, gestores públicos, professores.

Os patrocinadores, parceiros e apoiadores foram beneficiados com o cumprimento de contrapartidas e com ações de comunicação adicionais, conforme exposto a seguir, obtendo com o Cine Ecologia um retorno positivo e representativo de imagem e associando suas marcas a uma ação que promove o fomento a produção, circulação, distribuição e a formação de plateia para o produto audiovisual no Ceará.

Cumprimento das Contrapartidas Inserção das marcas SECULT e GOVERNO DO ESTADO DO CEARÀ, com crédito a chancela de “APOIO CULTURAL”.

Inserção da marca da ENEL com crédito à chancela de “APRESENTA”, em todo o material de divulgação.

Inserção das marcas ENQUADRO FILMES, UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ, CASA AMARELA EUSÉLIO OLIVEIRA e NUCA com crédito à chancela de “PARCEIROS”, em todo o material de divulgação.

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

21


Inserção da marca da CINCO ELEMENTOS PRODUÇÕES com crédito à chancela de “PRODUÇÃO”, em todo o material de divulgação.

Inserção da marca da MARCO ZERO com crédito à chancela de “PRODUÇÃO EXECUTIVA”, em todo o material de divulgação.

Inserção das marcas da QUITANDA DAS ARTES e INSTITUTO BR ARTE com crédito à chancela de “REALIZAÇÃO”, em todo o material de divulgação.

Inserção da marca da CEQUIP com crédito à “AGRADECIMENTO”, em todo o material de divulgação.

22

chancela

de

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


Peças institucionais Banner Especificações técnicas: formato lona, policromia; Tamanhos e quantidades: 5,00 x 2,00m - 1 unidade; 2 x 1,5m - 5 unidades.

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

23


Cartazes Especificações técnicas: Papel Couchê 60 kg, 4 x 4 cores; Tamanhos e quantidades: formato A2 - 100 unidades.

24

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


Revista Especificações técnicas: papel reciclado (miolo 40 kg; capa 60 kg) 4 x 4 cores. Tamanhos e quantidades: formato 20x20 cm -500 unidades.

Camisa [Malha fio 30, policromia, tamanhos P, M e G ] 50 unidades

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

25


Ecobag [Bolsas em tecido algodão-lona, com alça, 40x40cm ] 50 unidades

26

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


Citação dos patrocinadores com as devidas chancelas citadas acima: - Em todas as mídias por meio de press releases a ser divulgada pela assessoria de imprensa. - Pelo mestre de cerimônia na abertura, durante a realização e no encerramento do evento.

Comprovações por meio de: Nota Fiscal; - Exemplar; - Foto de aplicação; - Clipping; - Releases; - Relatórios de Mídias Sociais; Contrapartida Social: Acesso gratuito às mostras realizadas nas escolas escolhidas pela curadoria do Projeto programa de Formação de Plateia afirmando o papel fundamental do Cine ecologia enquanto vetor de desenvolvimento social e de democratização do acesso a produtos audiovisuais. Comprovações por meio de: - Peças gráficas e fotos do evento. Contrapartida Ambiental: Produção de parte do material gráfico e de divulgação do evento a partir de papel reciclado e de origem certificada. - Adesivagem de lixeiras para reciclagem no local de realização do Festival. Comprovações por meio de: - Peças gráficas em anexo. CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

27


Clipping Considerações Iniciais: O presente relatório de mídia espontânea é baseado em matérias e notas com a comprovação de veiculação/publicação por meio do clipping, conforme grade de veículos de imprensa monitorados pela empresa. Não foram contabilizadas matérias que não constam no clipping, embora a divulgação tenha se estendido a mais veículos.

Números:

19 Publicações (total) 01 Matéria em televisão 06 blogs e portais 12 postagens em redes sociais

28

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


Destaques Clipping Veículo: TVC Exibição: 24/10/2016 Programa: Jornal da TVC https://goo.gl/lN9L7a

Veículo: Site Patio Hype Link: http://www.patiohype.com.br/a-preservacao-ambiental-no-cine-ecologia/ Local: Art Daqui / Cultura Publicação: 14/11/2016

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

29


Veículo: Site Link:http://www.secult.ce.gov.br/index.php/latest-news/45736-cineecologia-realiza-mostras-com-filmes-produzidos-por-alunos-de-cincoescolas-publicas-de-fortaleza-com-apoio-da-secult Local: Notícias Data: 11/11/2016

Veículo: Portal Ceará News 7 Link:http://cearanews7.com/noticia/cine-ecologia-realiza-mostrascom-filmes-produzidos-por-alunos-de-cinco-escolas-publicas-defortaleza# Local: Cultura Data: 16/11/2016

30

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


Veículo: Portal Diário do Nordeste Link:http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/caderno-3/ cinema-e-sustentabilidade-1.1651624 Local: Caderno 3 Data: 15/11/2016

Veículo: Portal Quitanda das Artes Link: http://www.quitandadasartes.com/index.php/noticias/165-mostrade-filmes-do-projeto-cine-ecologia-comeca-hoje-e-comeca-ate-sextafeirta Local: Notícias Data: 14/11/2016

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

31


Midias Sociais Apresentação As plataformas de interação social online utilizadas como suporte para a divulgação das ações da 2ª Edição do Projeto Cine Ecologia, foram o Facebook e Instagram da realizadora do projeto, Quitanda das Artes.

As principais publicações receberam menção e todas as postagens foram acompanhadas do seguinte texto de apresentação citando todos os parceiros do projeto:

A escolha foi baseada no constante crescimento e relevância dessas mídias sociais no País, além do alcance que detém em relação ao público do projeto. O uso das redes sociais pré-existentes da Quitanda das Artes, foi feito com o intuito de aproveitar o máximo do potencial de alcance do público-alvo.

“Apresentada pela ENEL, Grupo na qual a Coelce faz parte, com apoio cultural do Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, a ação é uma realização da Quitanda das Artes – Agência e produtora cultural e do Instituto BR Arte, produção da Cinco Elementos Produções e Produção executiva da Marco Zero.

O Facebook - segundo Ime Archibong, diretor de parcerias estratégicas da empresa, em apresentação na Campus Party 2016 - 8 em cada 10 brasileiros conectados na internet, estão nessa rede social, já o Instagram, conta com 400 milhões de usuários brasileiros.

A iniciativa conta com a Enquadro Filmes e CEQUIP como parcerias fundamentais à sua execução.”

Total de pessoas alcançadas pelas publicações:

16.618 Total de cliques em publicações:

363

Total de reações, comentários e compartilhamentos nas postagens: 32

140

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


5.301 curtidas na pรกgina

453 convidados 503 pessoas alcanรงadas CINE ECOLOGIA - RELATร“RIO

33


12 reações, comentários e compartilhamentos 2 cliques na publicação 52 pessoas alcançadas

14 reações, comentários e compartilhamentos 10 cliques na publicação 63 pessoas alcançadas 34

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


12 reações, comentários e compartilhamentos 2 cliques na publicação 52 pessoas alcançadas

12 reações, comentários e compartilhamentos 2 cliques na publicação 52 pessoas alcançadas CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

35


43 reações, comentários e compartilhamentos 168 cliques na publicação 5.146 pessoas alcançadas

07 reações, comentários e compartilhamentos 109 cliques na publicação 5.085 pessoas alcançadas 36

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO


936 seguidores

CINE ECOLOGIA - RELATÓRIO

37


7 curtidas

18 curtidas 01 comentรกrio

21 curtidas 38

CINE ECOLOGIA - RELATร“RIO


Relatรณrio em PDF / Relatรณrio Fotogrรกfico / Relatรณrio Videogrรกfico


Relatorio cine ecologia 2016 impressao  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you