Page 1

JORNAL

CAMPOS DO JORDÃO 16 a 30 de Abril de 2013 - Ano XXIII - nº 964 - Distribuição Gratuita

Verdes Vales

Editora Jornalística Verdes Vales Ltda - Av. Dr. Januário Miráglia, 1750 - Conjunto 4 - Campos do Jordão - SP Editor responsável: Antonio Luiz Schiavo Júnior - Impressão: Gráfica ADC News - Tiragem: 7.000 exemplares

& Cia

www.jornaldecampos.com.br

Editora Jornalística

CAMPOS DO JORDÃO FAZ 139 ANOS

Curto espaço de tempo para tantas transformações

EDITORIAL: SEGURANÇA EM XEQUE Graças a desvarios administrativos e de políticas equivocadas, o Brasil padece com a violência. No Estado de São Paulo, cerca de sete pessoas, em média, são assassinadas por dia. Enquanto isso, no Congresso, nossos representantes tentam impor a PEC 37, que tira poder de investigação dos Ministérios Públicos, estadual e federal... Confira na página 2. SOBE & DESCE Confira na página dois os assuntos polêmicos mais comentados por jordanenses e turistas.

FOTO: KADU SCHIAVO

ESPAÇO DO LEITOR Na coluna “Jornalismo Participativo”, leitores e internautas apontam suas dúvidas, fazem denúncias, elogios e sugestões. Leia na página 6.

Apesar de seus múltiplos e incontestáveis encantos, do charme de sua arquitetura, de sua hotelaria de ponta, do roteiro gastronômico impecável e de suas belezas naturais reconhecidas internacionalmente, esses 139 anos de existência ainda não foram suficientes para que a cidade encontre e decida o que é melhor para seu Turismo e seu Povo. Um grande desafio para a administração que se inicia.

LEITORES E INTERNAUTAS Acompanhe e interaja na página do Jornal Campos do Jordão & Cia, no Facebook, enviando suas críticas, imagens e sugestões. Confira na página 7.


2

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.jornaldecampos.com.br

16 a 30 de Abril de 2013

Segurança em xeque! A segurança pública no Brasil está em cheque há décadas e nos últimos anos a tendência extrapolou as previsões mais pessimistas. Só no Estado de São Paulo, são assassinadas em média POR DIA mais de 13 pessoas. Um dado alarmante e que supera longe países em conflito entre estado, terroristas e o crime organizado, como na Colômbia, México, Iraque, Irã, Afeganistão, entre outros. Governos se revezam e a retórica é sempre a mesma; do lado mais à direita, “faltam leis mais rígidas, maior investimento no aparelho judicial e justiça”. Já pelo lado mais à esquerda, “trata-se de questão social, educação etc”. No meio de todo esse tiroteio estamos nós, os meros mortais, indefesos, atônitos, privados de nossa liberdade em todos os lugares: em casa, no trabalho, nos meios de transporte, na internet e até durante abordagens desastrosas, justamente, pelas forças que deveriam nos proteger. Enquanto isso, no Congresso, nossos representantes continuam a discutir a maioridade penal, pena capital, liberação das drogas, penas alternativas, numa cabal demonstração de que se partir dali o tema irá morrer caduco. Crimes do colarinho branco, praticados principalmente por políticos encastelados, e que são combatidos implacavelmente pelo Ministério Público, correm o risco de ser “desarrochados” se aprovada a PEC 37, pois o projeto pretende tirar o poder de investigação criminal dos Ministérios Públicos Estaduais e Federal, modificando a Constituição Brasileira. Na prática, se aprovada, a emenda praticamente inviabilizará investigações contra o crime organizado, desvio de verbas, corrupção, abusos cometidos por agentes do Estado e violações de direitos humanos. Em suma, nós, os cerca de 200 milhões de meros mortais, que não andamos em carros blindados, que não dispomos de segurança particular e que somos obrigados a circular pelas vias públicas deste país gigante, ficamos à mercê do acaso, da inércia do governo, da própria sorte. Pergunto: Você se lembra em quem votou nas últimas eleições para os diversos cargos públicos? Se sim, já cobrou deles uma posição ou, como acontece sempre, não consegue nem chegar ao seu gabinete ou, no máximo, te pedem para fazer uma pergunta por escrito? Acorda Brasil! Antonio Luiz Schiavo Júnior - schiavojr@uol.com.br

Verdes Vales

ANUNCIE AQUI (12) 3664-4368

Distribuição Gratuita Narcóticos Anônimos Se você quer parar de usar DROGAS a ajuda está perto de você! Ligue 24 horas (12) 9775-6779 Reuniões às 3ª e 5ª das 19h:30 às 21h.

SUBINDO

DESCENDO

Primeiros 100 dias de Fred. O prefeito de Campos do Jordão, Fred Guidoni concedeu nesta quinta-feira coletiva à imprensa, encontro onde apontou, assim como fez em seu discurso de campanha, as mazelas e objetivos de sua administração. Com dívidas impagáveis herdadas de outras administrações, parte sob suspeita de terem sido contratadas irregularmente, o panorama, apesar do otimismo dele, não é bem claro. O encontro foi curto e grosso: hora para começar e acabar, como numa solenidade britânica, o que não agradou muito a imprensa, que desejava fazer outros questionamentos. Enfim, o encontro terminou com um breve e cordial aceno e releases elaborados por sua assessoria enviados às redações e sugestão para que outras perguntas sejam encaminhadas ao Sr. Fred por escrito... Acompanhe na página 3 um resumo do que foi a coletiva de imprensa.

Cheiro de calote no ar... Centenas de credores da Prefeitura de Campos do Jordão (fornecedores e prestadores de serviço, anteriores a 2013, estão sem receber desde o final de 2012). Segundo a atual administração, teria sido detectada dívida de cerca de 40 milhões de reais, sendo que parte dela poderia ter sido contratada irregularmente. Como providência inicial o prefeito Frederico Guidoni determinou o não pagamento até que o mérito e legalidade desses valores sejam julgados por uma comissão composta por funcionários da própria Prefeitura e seguindo critérios de “prioridades”. Primeiro seriam pagos fornecedores de medicamentos e assim por diante. Já para centenas de credores, além dos prejuízos com a enorme demora, questionam a questão da isonomia: Por quê remédio teria prioridade, se todos são fornecedores, prestaram serviços e/ou forneceram bens, emitiram notas fiscais e até já pagaram os impostos correspondentes? Fontes da Prefeitura acrescentam ainda que, “devido ao caixa baixo, a Prefeitura irá chamar os fornecedores que se recadastrarem até o dia 07/05/13 (prazo máximo) e propor renegociação e parcelamento, além de limitar esses pagamentos a cerca de 160 mil reais/mês. Se confirmado isso, a tal dívida só seria quitada em mais de 20 anos. Mais um grande golpe na economia local, já combalida...

URGENTE Identificação de potabilidades das fontes minerais. Voltamos a questionar a Prefeitura de Campos/Cetesb sobre a não divulgação atualizada das análises, lembrando que é direito dos cidadãos saber sobre suas potabilidades. Também é obrigação dos órgãos públicos interditar fonte que eventualmente apresente algum problema.

Palácio Alto da Boa Vista. A sede de Inverno do Governo paulista em Campos, está aberta ao público para visitação. Lá podem ser vistos: obras de arte, porcelanas, peças de decoração e mobiliário antigo. Museu Felícia Leirner. O museu está montado ao ar livre junto aos jardins que contornam o Auditório Cláudio Santoro. Lá podem ser vistas diversas esculturas da renomada artista. Museu Casa da Xilogravura. Atelier e mostra permanente com cerca de 2 mil peças de artistas e gravadores de todo mundo. A Casa da Xilo fica em Jaguaribe. Casa do Artesão. Na avenida de ligação entre Capivari e Jaguaribe, defronte aos Bombeiros. Mostra permanente de trabalhos em madeira, como esculturas em placas, couro, metal e grande variedade de objetos de decoração.

Criticas e sugestões: redação@camposdojordaoecia.com.br

EXPEDIENTE: Editora Jornalística Verdes Vales Ltda Jornal Campos do Jordão & Cia (online no UOL)

Registro nº 12 do Livro B-nº1, de Matrícula de Jornal, do Cartório do Oficial de Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Campos do Jordão. Impressão: ADC NEWS - Av. Benedito Bento 131 - São José dos Campos-SP Redação: Av. Dr. Januário Miráglia, 1750 - loja 4 - Shopping Abernéssia Campos do Jordão - CEP 12460-000 - fone: (12) 3664-4368 Jornal associado às entidades: ADJORI-SP e ABRARJ. Editor Responsável: Antonio Luiz Schiavo Júnior - MTB 44.237-SP Diretor Administrativo: Hosana Camargo Schiavo. Diretor de Arte: Carlos Eduardo Camargo Aranha Schiavo E-mail: jornaldecampos@uol.com.br - Tiragem semanal: 7 mil exemplares

www.securitymaster.com.br

JCJ&Cia: 23 anos prestando serviços e informando

Editora Jornalística

Agenda Cultural

Sobe & Desce

SECURITY MASTER Monitoramento de Alarmes Venda - Instalação

Equipamentos de última geração: alarmes, câmeras, sensores etc. Segurança Patrimonial residêncial, comércio, indústria, eventos e Vip. Prestação de Serviços em Hotelaria e Condomínios: Zeladoria, Eventos, Portaria - Recepção etc.

Rua Inácio Caetano, nº 941 - Vila Abernéssia Fones: 3668-9898 // 3664-1750

M.C. Contabilidade

Manoel Carlos Monoo Pereira Tec. Contabil CRC 1-SP164201/O-5

- Assessoria Contábil

- Imposto de Renda Física e Jurídica

- Assessoria Fiscal

- Abertura/Encerramento de Empresas

- Assessoria Trabalhista

- Obtenção de "Habite-se"

- Assessoria Previdenciária

- Certidões de INSS, Cartórios etc.

NOVO ENDEREÇO! R. João Rodrigues Pinheiro, 167 - Vila Abernéssia - Fones: (12) 3662-2774 3662-5686 - 3662-5994 - 3662-3412 - E-Mail: mc-contabil@uol.com.br

DROGARIA CENTRAL Medicamentos e Perfumaria - Produtos de Qualidade

Vantagens do Cartão Preferencial: Entrega Sem Taxa, a partir de R$10,00

Produtos com até 50% de desconto!

Pague em até 3 x Sem Juros!

Disk 0800.102.093 - 3662-5307

Faça-nos uma visita: Av. Januário Miráglia, 910 - Abernéssia


www.jornaldecampos.com.br

POLÍTICA

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA 16 a 30 de Abril de 2013

3

Fred Guidoni apresenta relatório dos 119 dias de governo Uma coletiva um tanto quanto diferente das habituais. Devido, talvez, a transmissão ao vivo pelas duas rádios locais, a Coletiva de Imprensa dos 119 dias da nova administração municipal parecia mais um programa de rádio, com roteiro de começo, meio e fim, já que, com tempo limitado para cada um dos tópicos apresentados pela equipe da prefeitura, as perguntas só poderiam ser feitas por escrito e lidas pelo mestre de cerimônia no microfone. Algumas delas não foram lidas devido a falta de tempo. Fred é um ótimo comunicador e, como sempre, falou muito bem. Enquanto o cerimonialista fazia as perguntas do script, o prefeito respondia com muita segurança. No final do dia, um release com tudo o que foi falado pelo prefeito durante a coletiva chegava no e-mail da redação. Confira abaixo na íntegra o que o prefeito disse durante o evento: Humanização da Saúde - O principal problema de Campos do Jordão é a saúde. Há mais de 10 anos, há uma agonia do sistema. Nós estamos implantando a Humanização da Saúde. É uma forma de acompanhar e valorizar o atendimento feito à população. O recado foi claro: quem não se adaptar será substituído. Até o momento dois médicos foram afastados do Pronto Socorro, sendo substituídos por outros. Novos médicos foram contratados completando as equipes do PSF. Agora são 9 equipes que percorrem toda a Zona Rural. Mais três médicos foram contratados no Centro de Especialidades Médicas (1 Clínico Geral, 1 Dermatologista, 1 Vascular) “Quando assumimos todos os 325 funcionários da saúde estavam com os salários atrasados, sem ter recebido nem o décimo terceiro. Em 20 dias, nós colocamos isso em dia. Hoje não tem ninguém com salário atrasado. “Vamos entrar agora na segunda fase que é mexer na estrutura da saúde. Estamos trabalhando para levar um serviço, mais ágil e mais rápido”, diz o prefeito Fred. A Prefeitura é gestora da Saúde - Desde agosto de 2012, a Prefeitura ainda que coletasse material, tinha dificuldade em receber os resultados dos exames. Há casos de gestantes que tiveram seus filhos, antes de receber o resultado dos exames pré-natais. Desde o início de abril, a Prefeitura conseguiu ser gestora do contrato da Saúde. Antes o Estado repassava o recurso para o Hospital São Paulo para pagar exames e fazer toda a gestão. Agora é a Prefeitura quem tem o poder de decisão. Agora, o resultado do exame chega há no máximo cinco dias e é feito no Hospital São Camilo. Antes, as pessoas chegavam para a coleta de madrugada e enfrentava filas e, muitas vezes, não conseguiam ser atendidas. Agora, a coleta dos exames é agendada entre 7h e 9h e depois é servido um pequeno café da manhã a todos. “Agora somos nós que contratamos o serviço, de acordo com o que a população precisa. Se o médico do Pronto Socorro avalia que o paciente precisa da internação, a Prefeitura tem o controle. O mesmo vale para os exames ali feitos. É uma mudança radical que traz mudanças reais. Quem usa o serviço já está sentindo a diferença”, afirma Fred Guidoni. Fechamento do S3 - O S3 é um hospital histórico, que tem relevância nos serviços prestados. Mas infelizmente, nos últimos anos, vem acumulando dívidas. E estas dívidas impossibilitaram que ele conseguisse certidões negativas e em função disso não consegue assinar convênios. O hospital deve milhões de INSS aos seus funcionários. Com isso, o Tribunal de Contas impediu o Estado de continuar a passar recursos. Sendo assim, o governo fica impedido de fazer o repasse, ou vai responder por isso. O hospital foi por diversas vezes notificado, convidado a parcelar as dívidas, mas não conseguiu regularizar a situação. “Não temos condição de resolver isso, porque é uma questão particular entre o hospital e o INSS. Sabemos que são 104 pessoas que perderão o emprego. São pessoas especializadas na área de saúde e nesta reestruturação que vamos fazer na saúde municipal vamos tentar aproveitar algumas destas pessoas. Esperamos que o hospital consiga sanar as suas dívidas e volte a funcionar”, diz o prefeito Fred Guidoni. Mudança do Gabinete - Em maio, quando ficar pronta a reforma no antigo Centro de Saúde, ao lado dos Correios, a Prefeitura estará de casa nova. Ali ficará o Gabinete do Prefeito, as Secretarias de Finanças, Administração e o Jurídico. Com isso, o prefeito Fred Guidoni cumpre a promessa de levar o Gabinete para perto da população em Abernéssia. Localizado no Morro do Elefante, hoje o gabinete mantém o prefeito longe. Ao unir as secretarias, a resposta à população será mais rápida. Quem se beneficiará disso será a comunidade jordanense. A obra está sendo feita com recursos da própria da Prefeitura e até o final de maio a obra deverá estar pronta. “Governo participativo é governo que escuta, que dá acesso, que está próximo. Para errar menos temos que trabalhar juntos e estar perto. Se Deus quiser, em 30 dias depois do aniversário, já estaremos trabalhando perto da população”, disse o prefeito. Valorização do Servidor - Servidores há anos estão trabalhando e não estão sendo valorizados. A prefeitura vem incentivando e valorizando o trabalho funcional. Desde janeiro acontecem reuniões pe-

riódicas e ações de capacitação com todos os educadores. A Primeira Semana de Prevenção de Acidentes também foi uma demonstração disso. Durante uma semana, os funcionários assistiram palestras motivacionais e de uso dos materiais de segurança. A lei que regulamenta salários e cargos é de 1964. Ela será modificada através de uma Reforma Administrativa Notas de venda de água Minalba agora são jordanenses –Agora, em toda nota de venda da água mineral Minalba sai escrito que foi feita em Campos do Jordão, o que permitirá aumentar os repasses fiscais para a cidade. Antes, apenas as notas de venda de atacado era feita aqui. Agora todas as vendas de varejo, também terão este diferencial. Com isto, em médio prazo, a cidade contará com um aumento no repasse do governo do Estado, nas alíquotas que tem por base a arrecadação local de tributos. É o caso da verba do turismo e muitas outras. “Em dois meses de governo fizemos uma reunião e fizemos uma parceria séria, transparente, que vai gerar muitos frutos e resolvemos”. Retomada de Obras – Em janeiro havia 25 obras começadas e paradas. Todas elas eram fruto de algum convênio, porém estavam paradas ou por falta de pagamento, ou por irregularidades que fizeram com que o convênio fosse suspenso. Algumas obras estavam paradas há três meses. Outras há mais de seis meses, mas ainda havia obras paradas desde 2011. Para dar continuidade, o prefeito Fred Guidoni regularizou a situação e tirou a Prefeitura do Cadin, mandou notificar todas as empreiteiras para que se manifestasse em cinco dias úteis e regularizar. Com isso, as obras de 3 unidades de saúde, paralisadas desde 2011 foram retomadas. Na Vila Claudia, a previsão é que fique pronta em 60 dias. Já a Vila Britânia onde apesar do dinheiro investido, as obras ainda estão no alicerce, a previsão é de que em 120 dias, estejam prontas. Nesta semana, o prefeito Fred depois de inúmeras negociações e visitas ao DADE – Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias – conseguiu a liberação de recursos de seis obras de infraestrutura, retirando do processo licitatório as empresas que estão sendo investigadas pela Polícia Federal através da Operação Fratelli. Na próxima semana um fiscal do Governo estará na cidade, para fazer a medição e liberar as obras. “ O nosso estilo é reduzir o custo, fazer parceria e tocar a obra no tempo certo”, afirma o prefeito. Operação Tapa-Buracos – No início do ano, havia 10 mil metros quadrados de buracos nas ruas da cidade. Até o momento foram tapados 6 mil e 200 metros quadrados. E falta ainda muito a fazer porque se estima que com as chuvas desproporcionais deste ano, novos buracos apareceram. Para conseguir fazer frente ao enorme desafio de manter a cidade em ordem, a Prefeitura fez parceria com a Minalba, Sabesp e Viação da Montanha, que doaram o equivalente a 350 toneladas de massa asfáltica. Material equivalente para tapar 4.500 metros quadrados de buracos. O governo estadual liberou mais R$ 1,5 milhão para fazermos recapeamento asfáltico. Habitação - Fred Guidoni levou para o Secretário de Habitação projeto de urbanização de bairros e área de risco que irá beneficiar cerca de mil famílias. Os terrenos já foram localizados e o anúncio da autorização deve se dar em breve. Vamos atender famílias com renda familiar de até 3 salários mínimos. O governo estadual liberou mais R$ 3 milhões para refazermos escadões, colocando corrimãos e iluminação. Serão R$ 1 milhão e 84 mil para isso. “Recebemos dois programas paralisados. O Monte Azul com 86 residências e na Vila Paulista Popular já foram retomadas. As pessoas que foram retiradas da Cachoeirinha já terão suas casas para morar. A previsão disso é dezembro deste ano”, conta o Prefeito. Novos Eventos e Congressos - De janeiro a abril foram mais de 70 eventos, o que é um recorde para o verão de Campos do Jordão. Dentre eles foram quatro grandes Congressos. Três deles, trouxeram mais de 3 mil visitantes. Até o final do ano, são mais de 200 eventos, sendo mais 30 Congressos, o que dá uma média de três Congressos ao mês. A Prefeitura vem participando de Feiras para captar novos e

“Apesar dos problemas e dificuldades que herdamos, estamos empenhados em apresentar respostas e ações rápidas para a população. Fechamos a torneira do desperdício e da falta de controle e estamos revendo contratos e fazendo gestão para investir naquilo que é essencial” já tem estande na WTM – Word Trade Market e na Hospitalar , segunda maior feira da área médica, para captar mais congresso médicos. No próximo ano, Campos do Jordão receberá o Congresso da Associação Paulista de Municípios. Um evento que deverá, durante uma semana, trazer para a cidade mais de 10 mil visitantes. Turismo é fonte de renda. O Turismo é a mola que alimenta a cidade. "Nós temos tudo para fazer parte desta economia forte e pujante que o país está de olho e que já vivenciamos. Mas Campos ficou fora disso, porque não investiu", disse o Prefeito. Para mudar isso, a Prefeitura está fazendo parceria com o investidor local. Uma destas parcerias é com a revista Caras que, com zero de custo para o município cedeu espaço publicitário. São 12 inserções, a cada semana, até o fim da temporada. "Estamos divulgando a cidade, informando o que fazer em Campos do Jordão. E abrindo para beneficiar a todos de maneira indiscriminada. Também estamos participando de feiras para vender a cidade e trazer eventos para a cidade fora da temporada. É assim que faremos o turismo acontecer", conta o prefeito. A Prefeitura está abrindo as portas da cidade, com foco no interesse coletivo e não de algumas pessoas ou grupos. Recebimento de Tributos - A prefeitura tem a receber algo em torno de R$ 100 milhões, entre IPTU, ISS e outros tributos municipais. Cerca de R$ 70 milhões é um débito de 100 pessoas. “Nós temos que cobrar isso. A contrapartida de quem mora aqui e quer ver a cidade melhorar é pagar os tributos”, disse o prefeito. Ele também informou que há notícias boas. “Nós já começamos a receber, espontaneamente. Tem gente já procurando a Prefeitura para pagar. Isso significa credibilidade. As pessoas sabem que agora a cidade tem um comando, um norte. A gente sempre disse isso. Quando o munícipe vê que o dinheiro será bem aplicado ele paga. Ele quer ver a cidade bem, mas precisa ter segurança que o dinheiro será bem usado”, afirma o prefeito. A Prefeitura estuda uma forma de propor o parcelamento das dívidas e já prepara uma lei autorizando isso. Festa para a Família – Numa ação do Fundo de Solidariedade, aconteceu a Caça aos Ovos de Páscoa, evento inédito que reuniu mais de 9 mil pessoas no Campo de Futebol da Abernéssia. O evento foi um marco da parceria e da solidariedade. Quase todas as chocolatarias locais participaram doando mais de 9 mil ovos e chocolate que foram distribuídos. Oficinas de Artesanato – O Fundo Social de Solidariedade criou um corpo de voluntárias que conta hoje com aproximadamente vinte colaboradoras. Cada uma das artesãs contribui com sua especialidade e desenvolve métodos práticos e de baixo custo para a ensinar a população criar peças de qualidade que tenham valor comercial. As oficinas de artesanatos acontecem todo o último sábado do mês dentro do Mercado Municipal das 14h às 17h. Fonte: Assessoria Imprensa PMCJ.


4

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

EMPRESAS & EMPRESÁRIOS

www.jornaldecampos.com.br

16 a 30 de Abril de 2013

CAMPOS DO JORDÃO 139 ANOS

Como tudo começou

C

ampos do Jordão iniciou seu ciclo bem simples, precária até pela grande dificuldade de acesso. Aliado a tudo isso, um frio cortante, bem mais intenso que nos dia de hoje, a tornava uma barreira quase intransponível. Conta a história que foi nos idos de 1703 que o primeiro homem branco atingiu o alto da montanha. Chamava-se Gaspar Vaz da Cunha, o Oyaguara, um sertanista em busca de riquezas e poder. Sua permanência na região foi breve e em sua esteira surgiram outros aventureiros que, da mesma forma, não suportando as adversidades climáticas e de acesso, se foram. Mais tarde, vindo da região de Taubaté, surge Inácio Caetano Vieira de Carvalho. Juntamente com a família ele se estabelece na região, recebendo mais tarde, por requerimento ao governador da Capitania de São Paulo, a posse da sesmaria. Após sua morte, em 1825, os três filhos de Inácio Caetano hipotecaram suas terras ao Brigadeiro Manoel Rodrigues do “Jordão”. Tempos depois a escritura foi lavrada e as terras batizadas de Fazenda Natal (onde se situa hoje parte da Vila Natal) . Anos mais tarde, com a morte do Brigadeiro Jordão, suas terras passaram a ser lembradas como “os campos do Jordão”. Em 1827, vindo da vizinha Pindamonhangaba, surge Matheus da Costa Pinto, um português decidido, ousado, homem de visão. Ele negocia e arremata parte das terras do Brigadeiro Jordão e dá início a edificação de um vilarejo. A partir daquele momento começava efetivamente a colonização e desenvolvimento da futura estância climática e que nem de longe sonhava o quanto seria conhecida e admirada por todos num futuro não muito distante. Ao final do Século XIX, Domingos José de Nogueira Jaguaribe, médico, escritor e na época deputado, interessou-se pela região e acabou por fundar o povoado Vila Velha, que em 1891 passou a chamar-se Vila Velha do Jaguaribe. A fama do clima saudável logo superou fronteiras e pessoas de todas as partes do país passaram a procurar “os Campos do Jordão” em busca de cura. Começava aí a era sanatorial. Com os avanços da medicina para o tratamento e cura da turberculose caiu gradativamente o movimento nos sanatórios, da mesma forma que aumentou a freqüência de pessoas que passaram a visitar a já então Estância de Campos do Jordão como destino turístico de lazer. E foi na década de 70 que o turismo na cidade ganhou maior projeção. Foi com o início dos concertos de inverno, apoiados pelos maestros Eleazar de Carvalho, Camargo Guarinieri e João Souza Lima. Nascia ali nosso Festival de Inverno. Nos anos seguintes o turismo foi ganhando força na medida em que a cidade construía hotéis, pousadas, pontos turísticos e promovia eventos culturais. Foi o grande vetor para o desenvolvimento da construção civil e dos maravilhosos traços arquitetônicos que deram à Campos do Jordão a menção de ser conhecida também como “Suíça Brasileira” O clima de montanha também fez prosperar a indústria de confecções de malhas e acessórios de couro e lã. Dezenas de fábricas de malhas se instalaram e a indústria de confecções chegou a disputar liderança com o turismo e a construção civil, na época bases de sustentação da economia local. A Campos do Jordão de hoje, bem urbanizada, com sua indústria do turismo crescendo, casas magníficas, casas de veraneio, verdadeiros castelos de sonhos, se antagoniza com a imagem árida e sofrida quando de sua colonização. O vilarejo cresceu, formou personalidade, ganhou fama, se transformou numa grife e sinônimo de turismo de alta qualidade.

CINE CLUBE ARAUCÁRIA

HOMENAGEIA CAMPOS PELOS 139 ANOS Neste mês de abril o Cinema de Campos do Jordão presta dupla homenagem a quem proporciona bons momentos de cultura e entretenimento aos frequentadores do antigo Cine Clória (atual Espaço Cultural Dr. Além): Ao mestre do suspense, Alfred Hitchcock, desaparecido em abril de 1980, com uma seleção de alguns dos filmes mais marcantes da sua vida cinematográfica e à cidade de Campos do Jordão que completa no próximo dia 29 de abril 139 anos de existência, com uma sessão especial, no dia 28/04 (domingo) às 18h00, do filme FLORADAS NA SERRA, de Lucia-

no Salce, protagonizado pela primeira dama do teatro brasileiro das décadas de 50 / 60, Cacilda Becker e que teve Campos do Jordão como tema e cenário.

Campanha de Vacinação contra Gripe e Influenza

Prorrogada até o dia 10 de maio a Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe. Idosos, crianças de 6 meses a 2 anos, gestantes, indígenas, profissionais de saúde, doentes crônicos deverão ser imunizados gratuitamente em todo o Estado. A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo pretende imunizar contra a gripe cerca de 7 milhões de paulistas. O número corresponde a meta de 80% dos 8,7 milhões de idosos com 60 anos ou mais, gestantes, crianças a partir de seis meses e menores de dois anos, indígenas, pacientes diagnosticados com doenças crônicas e profissionais de saúde. A novidade para a campanha deste ano é a inclusão do grupo de mulheres puérperas (que deram à luz em até 45 dias) entre a população alvo, assim como presidiários. Além de imunizar a população contra a gripe A H1N1, tipo que se disseminou pelo mundo na pandemia de 2009, a campanha também irá proteger a população contra outros dois tipos do vírus influenza: influenza A H3N2 e B.

CLÍNICAS MÉDICAS Dr. Marcelo Faria

Dr. Mauro Amâncio Di Agustino

Ginecologia - Obstetrícia

Reprodução Humana (CRM-SP 44.188)

Atende: Hospital S. Camilo p/ Convênios (Particulares: R$ 120,00) R. Ver. Agripino Lopes de Morais 101 - V. Matilde - Fone: 3668-9000

Dr. Márcio Franchi Stievano

Ortopedia - Traumatologia

CRM-SP 75.455

Atende no Hospital São Camilo - Convênios e Particulares (R$120,00) Rua Vereador Agripino Lopes de Moraes 101 - Vila Mathilde Telefones: (12) 3668-9001 // Cel: (12) 9784-7476

Clínica Geral - UTI Móvel (para remoções) Diagnóstico por imagens - ECG - RX - Ultrassonografia Home Care (atendimento domiciliar) Atendimentos no Hospital S. Paulo (Convênios e Particulares) Telefones: (12) 3668-9010 - 9145-2527 - 7819-8900

CLÍNICA VETERINÁRIA Animais da Serra - Dra. Daniela M. Cruz Clínica - Banho - Tosa - Hospedagem (CRMV-SP 12.264) Rua Brigadeiro Jordão 998- Vila Abernéssia Telefones: (12) 3662-5704 - 9725-0151 - 9775-5252


www.jornaldecampos.com.br

JORNAL CAMPOS DO JORDĂ O & CIA 16 a 30 de Abril de 2013

5


6

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.jornaldecampos.com.br

16 a 30 de Abril de 2013

PARTICIPAÇÃO DO LEITOR - JORNALISMO PARTICIPATIVO

Abrimos este espaço de interatividade para que VOCÊ LEITOR possa nos contar e tornar público, com texto e imagens, o que está acontecendo em seu bairro. Pode ser uma denúncia, sugestão, divulgação de evento, fotos de natureza ou qualquer coisa que creia merecer ser compartilhado com a população. Lembre-se, às vezes, tão importante quanto criticar é sugerir uma solução para um problema existente. Lilian M. Matta Reis (pelo Facebook) Informa que o Sindicato da Saúde está convidando funcionários do Sanatorinhos e a populaçao jordanense para participar de uma manifestação pacífica, no dia da cidade (29 de Abril), no horário do desfile (09h:30) em frente ao Sindicato, na Av Januário Miráglia 650, ao lado da Caixa Economica Federal. Trata-se de um movimento de protesto pelo fechamento do Sanatorinhos S3 e pelo pagamento dos servidores não estar definido. Pais e alunos da Escola Otávio da Matta (pelo Facebook) Solicitam da população doação de insumos (sementes, adubo, terra preta, ferramentas para jardinagem e de voluntários a fim de aumentar a Horta das crianças! O movimento de recriação da horta está marcado para o dia 4 de Maio (sábado). Podemos contar com você? Vera Lúcia (direto na redação) Ela denuncia a falta de identificação sobre potabilidade das fontes de água mineral existentes em Campos do Jordão, fato que pode trazer problemas de saúde para milhares de pessoas.

Importante: Sobre esse assunto, nossa redação constatou que realmente as fontes não dispõe de informação atualizada. Nota sobre isso, com cobrança direta às autoridades poderá ser lida na coluna “Sobe & Desce - Urgente” nesta mesma edição. Ruas da Vila Natal em petição de miséria (na redação) Moradores do bairro de Vila Natal e do Vale Encantado (bairros eminentemente turísticos) estão inconformados com o estado de abandono de suas principais vias. Crateras, valetas e desmoronamentos de barrancos podem ser vistos por todos os lados. As vias não são pavimentadas, estreitas, quase não há iluminação pública e os acidentes são quase diários. Importante: Sabemos dos problemas lá existente, porque além de reclamações recebidas ao longo de anos por parte de moradores e turistas, um de nossos editores mora lá (estranho não é ?). A Vila Natal só é mesmo lembrada em tempos de campanhas eleitorais e na própria história da cidade, pois foi lá que a estância nasceu. Que ironia. Enfim fica aqui, mais uma vez, registrada a reclamação e protesto de seus moradores e dos turistas e incautos que lá destroem seus veículos quase que diariamente. Alô Prefeito!

Par ticipe do g r upo em “www.facebook.com/g r oups/jor nalcamposdojor dao/”

COMUNICADOS - ATAS - EDITAIS COOPERATIVA DOS PROFISSIONAIS AUTÔNOMOS DE TRANSPORTES DE PASSAGEIROS EM GERAL E áDE MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS COOPERCAMPOS LTDA - CNPJ 06.225.655/0001-44.

Negócios e Oportunidades

CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA Ilustríssimos Srs. Cooperados,

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Lote em Vila Natal Excelente e sem mato. Tratar: (12) 9782-8154

O Presidente Sr. Ronaldo de Paula Balsamo, vem pela presente, convocar os Senhores para REUNIÃO DOS COOPERADOS em ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA, a realizar-se na residência do Cooperado Ronaldo de Paula Bálsamo, situada na Rua Olívia Carreia de Oliveira 587, Floresta Negra, nesta cidade de Campos do Jordão, Estado de São Paulo, no dia 15 de maio de 2013, quarta-feira, às 19:00 em Primeira chamada com quorum mínimo de 2/3 do número de associados, às 20:00 horas em Segunda chamada com quorum mínimo de metade mais 1 (um) do número de associados, e, Terceira e última chamada às 21:00 horas com quorum mínimo de 10 (dez) associados, para decidir sobre os seguintes assuntos: 1. Eleição da Diretoria Executiva, dos Membros do Conselho Fiscal e Suplentes; 2. Apresentação e aprovação de contas dos exercícios anteriores; 3. Demais assuntos de interesse da Cooperativa. Obs.: número de associados inscritos na data desta convocação = 25 (vinte e cinco). Agradecemos por antecipação o seu comparecimento, subscrevendo-nos com elevada consideração. Atenciosamente, Ronaldo de Paula Bálsamo Presidente

Compro Honda Fit EX 07/08 Automático e em perfeito estado.Tratar Sérgio: (12) 9792-6900.

Bomba tipo sapo Vendo usadas em bom estado. Tratar: (12) 9772-2285

Técnico em Informática

Redes, servidores, ploters, banda larga. Atende fim de semana: (12) 9700-4962

Anuncie veículos e imóveis a partir de

CASA DO CHURRASCO SEUS MELHORES MOMENTOS EM CAMPOS DO JORDÃO COMEÇAM AQUI ! Pça. Jaguaribe - DISK CARNES: 3664-4822 ATENDIMENTO P/ ATACADO: 3662-1731 ou por e-mail: casadochurrasco1@bol.com.br

,00

R$ 15

Basta ligar: (12) 3664-4368 / 3664-4385

Carnes das melhores procedências, cortes especiais, carvão, frios e diversos acessórios para um churrasco perfeito. Aos finais de semana, preparamos assados e defumados (pernil, picanha, costela, frango).


www.jornaldecampos.com.br

JORNAL CAMPOS DO JORDĂ O & CIA 16 a 30 de Abril de 2013

7


8

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.jornaldecampos.com.br

16 a 30 de Abril de 2013

Encantos e Sabores Campos do Jordão  C

PARABÉNS CAMPOS DO JORDÃO Campos do Jordão Maravilha da minha terra Campos do Jordão Jóia do alto da serra Campos do Jordão Obra suprema do divino mestre Que fez de ti um paraíso terrestre!

Entre as matas verdejantes E os pinherais gigantes Correm rios murmurantes Sob o céu primaveril És o meu rincão paulista O encanto do turista E o orgulho do brasil!

Campos do Jordão Maravilha da minha terra Campos do Jordão Jóia do alto da serra Campos do Jordão Obra suprema do divino mestre Que fez de ti um paraíso terrestre!

Há no alvor da floradas Poesias imortais E no tempo das geadas Lindas manhãs hibernais Pois em ti a natureza Reuniu tanta beleza Que ninguém esquece mais!

O Hino Campos do Jordão foi oficializado pela lei municipal nº 291, de 12 de novembro de 1959. Letra e a música autoria de João de Sá, e a harmonização Pr. Antonio Rodrigues Soares.

UMA HOMENAGEM DA EDITORA AO ANIVERSÁRO DE 139 ANOS DA CIDADE WWW.ENCANTOSESABORES.COM.BR | REDACAO@ENCANTOSESABORES.COM.BR

964  

Edição 964 do jornal Campos do Jordão & Cia, de 15 a 30 de Abril de 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you