Page 1

JORNAL

CAMPOS DO JORDÃO & Cia

01 A 15 de Maio de 2012 - Ano XXII - nº 937 - Distribuição Gratuita

Verdes Vales

Editora Jornalística Verdes Vales Ltda - Av. Dr. Januário Miráglia, 1750 - Conjunto 4 - Campos do Jordão-SP Editor responsável: Antonio Luiz Schiavo Júnior - Impressão: Gráfica DT - Tiragem: 7.000 exemplares

...

Editora Jornalística

II FestCampos, Festival de Dança de Campos do Jordão, terá 500 participantes e workshops.

EDITORIAL Atiraram numa vespa e acertaram um mamute. Na página 2. ESPORTES Campos brilha no Jiu Jitsu e no Kung Fu. Confira os resultados dos campeonatos na página 3. TURISMO Há obras inacabadas: até quando? Confira na página 4.

FOTO: VALERIA LUGUI

OPINIÃO DOS LEITORES Jordanenses e Turistas criticam obras atrasadas das praças e dos jardins. Leia na página 5.

O evento, uma promoção do Centro Cultural Vanessa Ballet e do Instituto Barração Cultural constará de performances de ballet clássico, repertório, jazz, dança de rua, tap, contemporâneo, danças folclóricas e workshops. A segunda edição do FESTCAMPOS acontecerá entre os dias 18 e 20 de maio. Dia 18, às 15h haverá apresentação especial para crianças da rede pública de ensino e, às 20h, outra apresentação em homenagem às mães, ambas gratuitas. Para o público o evento acontecerá nos dias 19 e 20 de maio, às 19 e 17h respectivamente, no Auditório Cláudio Santôro, com ingresso a R$ 20,00. Outras informações: (12) 3664-1414.

CAMPOS DO JORDÃO NAS 4 ESTAÇÕES Outono é o palco das primeiras geadas. Veja na página 7.

Verdes Vales

Editora Jornalística

QUE UMA GOTA DE ÓLEO CONTAMINA 25 LITROS DE ÁGUA, TORNADO-A IMPURA PARA O CONSUMO E CAUSANDO DISSEMINAÇÃO DE DOENÇAS?

Foto: Pingo d´água congelado - Kadu Schiavo

VOCÊ SABIA?

OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS Leia anúncios classificados, editais e comunicados na página 6.


2

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.camposdojordaoecia.com.br

01 A 15 de Maio de 2012

Atiraram numa vespa e acertaram um mamute...

Sobe &

Agenda Cultural

Desce

Nossa Polícia Federal é um órgão público de que SUBINDO DESCENDO se pode orgulhar. Com apoio do Ministério Público vem Vale está se tornando a região 50ª Festa do Pinhão. A tradidesenvolvendo e realizando trabalhos de grande imporcional festa acontece de 18 a 20 de mais violenta do Estado. Os índices tância contra o crime organizado, em especial contra o maio, na Praça Miguel Lopes Pina (ao de criminalidade no Vale do Paraíba, contrabando, o tráfico de drogas e, mais recentemen- lado do Mercado Municipal). onde se inclui cidades do Litoral Norte te, contra os crimes de colarinho branco, vício secular O evento vai contar com apresen- e da Serra da Mantiqueira são preoque colocou o Brasil entre os países mais corruptos do tações musicais, de dança e exposi- cupantes. É que o chamado crime ção de artesanato e comidas típicas: organizado está mais “organizado” do mundo e com fama de ser o berço da impunidade. Dia 18 (Sexta-Feira): das 18 às que nunca. Considerada uma das reComo todo órgão público, a PF também sofre ten22 horas. Dia 19: das 12 às 23 horas giões mais desenvolvidas do estado tativas pesadas de ingerências políticas. É mais ou e no dia 20: das 12 às 20 horas. de São Paulo e, por consequência, menos como ter que caminhar sobre ovos. E isso eles O evento é realizado pela Prefei- do Brasil, se vê às voltas com todo sabem fazer muito bem. Recentemente, há cerca de tura Municipal da Estância de Cam- tipo de violência, do furto em lojas quatro anos, a PF desencadeou duas novas operações pos do Jordão, com apoio da AME e residências aos crimes bárbaros. Apesar dos calorosos discursos contra quadrilhas que lidam com jogos de azar (bingos, CAMPOS (Associação dos Amigos de autoridades sobre aumento dos de C. do Jordão). Entrada franca. caças níqueis etc), batizadas de Operações Vegas e contingentes policiais, a realidade Monte Carlo. Nesse tempo, com autorização judicial, 43º Festival Internacional de sentida é bem diferente. O que se centenas de telefones foram grampeados e mais de Inverno de Campos do Jordão. percebe é que ele prospera. Bem 250 mil horas de conversas reveladoras foram grava- Este ano o evento vai acontecer entre equipado, parece estar sempre um das. A partir disso, o tiro inicial que tirava de circula- os dias 30 de junho e 29 de julho, passo a frente das forças de represção Cachoeira, um dos principais líderes, ricocheteou totalizando 60 concertos, com direção são. Enfim, há um visível clima de medo e insegurança em toda popue acabou atingindo muita gente, não apenas ligadas ao artística de Arthur Nestrovcki. O concerto de abertura, dia 30 de lação, nos turistas e isso precisa ser jogo ilícito, mas políticos em quase todos os escalões junho no Auditório Cláudio Santoro, revertido imediatamente. que se beneficiavam com verbas desviadas de obras terá participação especial da OrÉ preciso que sejam revistas muinão executadas, de compras superfaturadas, de lava- questra Sinfônica do Estado de São tas leis caducas, a questão da maiorigem de dinheiro e de toda sorte de falcatruas. Paulo, que será regida pelo maestro dade, que mantém impunes menores perigosos. Também é preciso rever A Polícia Federal, apesar de tudo o que se tem feito dinamarquês Thomas Dausgard. Durante o evento será lembrado todo sistema prisional, porque muitos para tentar reduzir seu poder de fogo, está realizando um dos principais idealizadores do de delinquem o fazem por questões um trabalho digno de aplausos e que deve ser observa- Festival, o maestro Eleasar de Car- sociais, pelo vício nas drogas e predo e apoiado pela mídia e os homens de bem. valho, quando do centenário de seu cisam “ser tratados” e colocados em projetos de recuperação, para que, O Brasil é um país fantástico, rico, próspero e cujo nascimento. ao serem libertados, tenham chance A parte didática deste ano repovo ordeiro e trabalhador merece respeito, a começar de retornar ao convívio social. Da ceberá 115 bolsistas com idades por ver suas leis cumpridas e que os direitos e deveres entre 15 e 30 anos, sendo 25% deles forma os condenados são tratados nela inscritos são iguais para todos, inclusive para os estrangeiros. O Festival de 2012 terá hoje, pouco pode-se esperar que gestores corruptos. Taí, a PF atirou numa vespa e aca- um custo de 6 milhões de reais. venham a se recuperar. bou acertando um mamute. Um bando deles... Antonio Luiz Schiavo Júnior - schiavojr@uol.com.br Criticas e sugestões: redação@camposdojordaoecia.com.br

Verdes Vales

Nutricionista, Psicologia, Oftalmologia, Vascular, Clínica Médica, Cardiologia, Otorrinolaringologia, Penumologia, Imunologia e mais os Exames de: ECG, Espirometria, Radiologia, Laboratorias e Pequenas Cirurgias. Telefone: (12) 3668-8300

Narcóticos Anônimos Se você quer parar de usar DROGAS a ajuda está perto de você! Ligue 24 horas (12) 9775-6779 Reuniões às 3ª e 5ª das 19h:30 às 21h.

Editora Jornalística

Registro nº 12 do Livro B-nº1, de Matrícula de Jornal, do Cartório do Oficial de Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Campos do Jordão. Impressão: ADC NEWS - Av. Benedito Bento 131 - São José dos Campos-SP Redação: Av. Dr. Januário Miráglia, 1750 - loja 4 - Shopping Abernéssia Campos do Jordão - CEP 12460-000 - fones: (12) 3664-4368 // 3662-3090 Jornal associado às entidades: ADJORI-SP e ABRARJ. Editor Responsável: Antonio Luiz Schiavo Júnior - MTB 44.237-SP Diretor Administrativo: Hosana Camargo Schiavo. Diretor Executivo: Luiz Augusto Camargo Aranha Schiavo E-mail: jornaldecampos@uol.com.br - Tiragem semanal: 7 mil exemplares

www.securitymaster.com.br

Consultas e exames particulares nas seguintes especialidades:

EXPEDIENTE: Editora Jornalística Verdes Vales Ltda Jornal Campos do Jordão & Cia (online no UOL)

SECURITY MASTER Monitoramento de Alarmes Venda - Instalação

Equipamentos de última geração: alarmes, câmeras, sensores etc. Segurança Patrimonial residêncial, comércio, indústria, eventos e Vip. Prestação de Serviços em Hotelaria e Condomínios: Zeladoria, Eventos, Portaria - Recepção etc.

Rua Inácio Caetano, nº 941 - Vila Abernéssia Fones: 3668-9898 // 3664-1750

Palácio Alto da Boa Vista. A sede de Inverno do Governo paulista em Campos, está aberta ao público para visitação. Lá podem ser vistos: obras de arte, porcelanas, peças de decoração e mobiliário antigo. Museu Felícia Leirner. O museu está montado ao ar livre junto aos jardins que contornam o Auditório Cláudio Santoro. Lá podem ser vistas diversas esculturas com formações zoomórficas da renomada artista. Museu Casa da Xilogravura. Atelier e mostra permanente com cerca de 2 mil peças de artistas e gravadores de todo mundo. A Casa da Xilo fica defronte a Igreja N. Senhora da Saúde. Não abre às 3ªs e 4ªs. Casa do Artesão. Na avenida de ligação entre as Vilas Capivari e Jaguaribe, defronte aos Bombeiros. Mostra permanente de trabalhos em madeira, como esculturas de placas, couro, metal e grande variedade de objetos de decoração. Parque do Estado/ Horto Florestal: Ocupando 1/3 da área da cidade, é um passeio imperdível para quem curte natureza bem preservada. Rica em fauna e flora é o lugar ideal para se passar horas curtindo o visual das matas, corredeiras e cachoeiras. Canto Gregoriano. No Mosteiro São João (Av. Adhemar de Barros), com as Monjas Beneditinas. Diariamente às 18 horas. No local venda de artesanato, com ótimas sugestões de presentes e lembranças da cidade.

M.C. Contabilidade

Manoel Carlos Monoo Pereira Tec. Contabil CRC 1-SP164201/O-5

- Assessoria Contábil

- Imposto de Renda Física e Jurídica

- Assessoria Fiscal

- Abertura/Encerramento de Empresas

- Assessoria Trabalhista

- Obtenção de "Habite-se"

- Assessoria Previdenciária

- Certidões de INSS, Cartórios etc.

NOVO ENDEREÇO! R. João Rodrigues Pinheiro, 167 - Vila Abernéssia - Fones: (12) 3662-2774 3662-5686 - 3662-5994 - 3662-3412 - E-Mail: mc-contabil@uol.com.br

DROGARIA CENTRAL Medicamentos e Perfumaria - Produtos de Qualidade

Vantagens do Cartão Preferencial: Entrega Sem Taxa, a partir de R$10,00

Produtos com até 50% de desconto!

Disk 0800.102.093 - 3662-5307

Pague em até 3 x Sem Juros!

Faça-nos uma visita: Av. Januário Miráglia, 910 - Abernéssia


www.camposdojordaoecia.com.br

ESPORTES

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA 01 A 15 de Maio de 2012

Jiu Jistu jordanense marca a presença na Finalíssima do Estadual de Jiu Jitsu Ao todo 10 atletas da academia China Liboni subiram ao pódio e se classificaram para lutar o Mundial e o Brasileiro da CBJJE. A finalíssima do Estadual de Jiu Jitsu da CBJJE aconteceu de 27 a 29 de abril no ginásio Baby Barioni em São Paulo. O evento aberto somente para atletas classificados na seletiva, teve competições em todas as categorias, de mirim à super sênior, da faixa branca à faixa preta. Confira abaixo a classificação dos atletas

Marcelo Chagas aplicando um armlock Terceiros colocados: Leopoldo Detuliano - branca meio pesado Marcelo Chagas - Azul Pesado

Vice Campeões: Murilo - faixa roxa) Gilberto - faixa azul Mateus Amorim - juvenil azul pluma Eduardo Santos - pesado João Eduardo Pereira - adulto branca pena

Todos os atletas que constam acima estão classificados para o Mundial e o Brasileiro de CBJJE. Outras informações você encontra nos sites www.fespjiujitsu.com.br e em www.cbjje.com.br

FOTOS: EMERSON FERREIRA

Campeões André Mafetoni - Preta meio pesado Wilson dos Santos - Absoluto Azul Adulto Benedito de Paulo - Sênior Marrom Pesado

Wilson dos Santos

3

Campos do Jordão e a tradição das artes marciais chinesas Kung Fu e Tai Chi Chuan classificados para o Paulista de Kung Fu Wushu Kung Fu e Tai Chi Chuan classificados para o Paulista de Kung Fu Wushu A seletiva reuniu cerca de 300 atletas de 20 cidades, nos dias 5 e 6 de maio último, no ginásio Poliesportivo Celso Daniel em Mauá, para definir os classificados para o campeonato Paulista, que acontece em Julho. A cidade foi representada pela Associação Feng Long que classificou quatro competidores para o campeonato e trouxe 6 medalhas para Campos do Jordão.

Classificação dos competidores: Guilherme Pelegrino Gonçalves - Adulto Compulsório – Ouro em 3 categorias: Taijiquan – Chen 36, Taijiquan Espada 32 e Taijiquan Yang 24. Fernanda Sayuri Kanashiro - Ouro cat Infanto Juvenil Feminino - Taijiquan 16 Espada Nelson Alves Lima – Ouro - Mãos do Norte Juvenil Thiago Nikolas Zacaria da Silva - Prata Mãos do Norte Adulto O evento é organizado pela Federação Paulista de Kung-Fu Wushu, vinculada à CBKW Confederação Brasileira e ao Comitê Olímpico Brasileiro, que junto com a Federação Mundial IWKF, estão lutando para inserir o Kung-Fu como modalidade Olímpica em 2016, já que o

Brasil é o principal país na América a divulgar esta arte marcial. Para o professor Guilherme Pelegrino o resultado foi ótimo, “Nossos atletas tem pouco tempo de treino. A Fernanda Sayuri, por exemplo, tem 13 anos e está treinando há apenas nove meses” comentou empolgado. O jovem mestre Guilherme Pelegrino já foi campeão internacional de Kung Fu na modalidade Mãos do Norte e estava afastado das competições nos últimos anos. Atualmente compete nas modalidades de Tai Chi Chuan, que treina com o mestre Paulo Sakanaka, para não ter que competir com um de seus alunos. O Kung Fu é uma arte marcial chinesa feita para a guerra e utiliza o corpo todo com socos, chutes, joelhadas, torções, quedas e projeções, combinadas com uso de armas como bastões, espadas, lanças, facões, correntes entre tantas

Mário Henrique tentando escapar de uma chave de braço

Apaga mas não bate! Atleta ‘quase’ salvo pelo gongo.

Destaque para o atleta Mário Henrique (imagens acima) que, apesar da coragem e garra, por muito pouco deixou de enfrentar o campeão mundial de Jiu Jitsu Leandro Ló. Faltando 20 segundos apenas para o final do combate das quartas de final - categoria faixa preta adulto absoluto - e ganhando a luta por 6x2, foi pego em uma chave de braço pelo adversário. O atleta insistiu e não quis “bater” – dar o sinal de desistência – e esperou o tempo terminar. Ao término da luta alegando vitória por pontos, o juiz não permitiu que ele prosseguisse para a semi-final devido a uma luxação no braço consequência da chave recebida. Casos como este são comuns no esporte, mas não deixam de ser perigosos. Um exemplo recente foi a fratura no braço que Rodrigo Minotauro, ex-campeão do UFC, sofreu em sua última luta contra Frank Mir no UFC 140. Ou até mesmo a famosa luta entre Hélio Gracie e o japonês Kimura onde Hélio teve seu braço quebrado pelo judoca.

outras armas. Suas competições são feitas de diversas maneiras, em diversas categorias, mas se dividem basicamente em Formas e Lutas. As formas são as apresentações de katis onde o atleta faz sequências de golpes simulando combates com adversários invisíveis e onde a execução dos golpes são avaliados por juízes. Já as lutas clássicas podem ser de semi contato, o combate de Tai Chi Chuan, que visa através de torções desiquilibrar o adversário em pé, e o SANDA conhecido também como Boxê Chines, que atualmente possui um representante no UFC, o americano Cung Lee, que foi nocauteado pelo Wanderley Silva em sua última luta. Contatos da Associação Feng Long de Kung Fu e Tai Chi Chuan: (12) 3663.7534 // 9634.4428 e na Rua Brigadeiro Jordão, 69 - Abernéssia ou www.fenglong.no.comunidades.net.

CJ&Cia há 22 anos apoiando o esporte jordanense

Atleta amador ou profissional, precisa de apoio? Entre em contato com nossa redação.

W W W.C A MP O SD OJ O R DAO ECIA .COM.BR


4

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.camposdojordaoecia.com.br

01 A 15 de Maio de 2012

Obras inacabadas até quando?

O marketing nos ensina que “nem sempre teremos uma segunda chance para causar uma primeira boa impressão”

Isso se aplica aos negócios, as relações pessoais e principalmente ao turismo, que é setor que aquece o comércio local. Você jordanense, já se imaginou como turista visitando nossa linda Campos do Jordão? Qual seria a primeira impressão que a cidade lhe causaria? Às vezes é difícil se imaginar assim, até porque as primeiras impressões dependem dos olhos de quem vê, dependem do momento que cada um vive, de onde ela passa e com quem esta primeira impressão é vivenciada. Vamos exercitar um pouco a nossa imaginação. Passeie um dia pela cidade como um turista e nos diga o que lhe daria motivo para voltar para Campos do Jordão em sua próxima viajem e o que faria com que você escolhesse outro destino? Mas qual o motivo de batermos tanto nessa tecla de praças e obras inacabadas? Porque se não cuidamos das obras novas, que possuem verbas em conta para tal finalidade, o que será do restante? Que estão longe do planejamento de manutenção da cidade? Nossa cidade tem que ser um ponto turístico desde o portal de entrada até o Horto Florestal, os motivos que fazem as pessoas subirem a serra estão ligados diretamente com a beleza das ruas, das praças, dos acessos aos pontos turísticos. Os turistas sobem a serra para viver experiências que não teriam em suas cidades, para ter contato com a natureza, com o clima de montanha, para passar um fim de semana romântico e se deliciar com a nossa gastronomia eclética, entre tantos outros motivos. Mas o que as obras inacabadas têm a ver com isso? TUDO! Para um turista acostumado com a vida em cidades grandes, qualquer banco de praça onde ele possa descansar em paz durante uma caminhada, tirar uma foto em frente a um jardim florido seria uma recordação e uma experiência que pode ser lembrada por toda a vida. Assim como o dono de uma Ferrari que sobe a serra e raspa o assoalho do carro diversas vezes na avenida principal por conta de um asfalto mal feito que a empresa que, em breve, deixara de poluir nossos rios, remendou. Ou um turista que não consegue chegar ao Pico do Imbirí ou a Gruta dos Crioulos devido a falta de manutenção nas estradas de acesso. Uma coisa é certa, como nosso hino diz, nossa cidade tem que ser o Encanto do Turista e, por que não, o Orgulho do Brasil? Acredito que estamos nos distanciando um pouco desta realidade. Turismo é coisa séria e temos

ZÓIN - O ESTAGIÁRIO: TIRARAM TUDO! ESSE POVO SÓ SABE RECLAMAR!!!, O QUE TEM DE ERRADO COM ESSAS PRAÇAS?

OPINIÃO de internautas

Na página do Jornal no Facebook, internautas interagem e dão opiniões e sugestões de como melhorar a cidade. Os tema são livres, mas “turismo, sazonalidade, eventos e o trânsito” vem ocupando maior espaço entre os comentários, críticas e sugestões nas páginas do Jornal no Face. Remendos com trincas, muitas ondulações e desníveis mostram má qualidade do serviço de recapeamento. A quem compete a responsabilidade de fiscalizar isso?

Em frente ao Mercado Municipal faltaram bloquetes para terminar a calçada, há meses intransitável.

Na Praça São José, há meses os 11 bancos estão totalmente ou parcialmente quebrados, há 12 postes sem lâmpadas, uma mesa quebrada e os cestos de lixo estão longe de receber qualquer tipo de manutenção.

que fazer o possível para que cada pessoa que visite nossa cidade deixe suas preocupações no pé da serra e leve daqui apenas boas recordações e que possam dividi-las com seus amigos. Outra lição que o marketing nos ensina é que uma pessoa conta uma boa experiência para até 5 pessoas, enquanto uma má experiência é contada para no mínimo 10 pessoas. Devemos encher nossa cidade de boas impressões! www.facebook.com/CamposdoJordaoeCia

TIRARAM OS BANCOS, AS FLORES, OS BUXINHOS, OS CESTOS DE LIXO, OS CANTEIROS, ALI DO LADO, TIRARAM O BUSTO DO MONSENHOR JOSÉ VITA...

É... NÃO SOBROU QUASE NADA PRA RECLAMAR, TIRARAM TUDO!

Dário Cesar Mazzon (de Araras) enviou o seguinte e-mail: “Estivemos em Campos do Jordão entre os dias 7 e 10 de maio. Ficamos surpresos quando deparamos com a Praça São Benedito, em Capivari, sem nenhum banco e sem seus canteiros floridos. Ficamos tristes pois a Praça era aconchegante, onde todos se sentavam para bater um bom papo, ler um livro, tomar um chocolate quente, enfim era um lugar onde as famílias se encontravam. Esperamos voltar breve e torcemos para que os políticos que governam Campos tenham mais sensibilidade. Parabenizo vocês pela Revista Encantos e Sabores e pelos trabalhos em prol de Campos do Jordão.” Manoel Carlos (Avaré) disse: “Não adianta ter câmeras de vigilância para o trânsito e “morronzinhos” canetando motoristas que se perdem pela falta de organização do trânsito em Campos do Jordão. As faixas para pedestres existem mas quase sempre estão sem pintura. Para piorar não há placas que as identifiquem, como naquela faixa defronte ao Pão de Açúcar. Assim, os jordanenses até param para o pedestre mas nós, os turistas, que desconhecemos sua existência somos obrigados a brecar em cima, correndo risco de engavetamento e até de atropelamento. Será que custa muito o DSV cumprir as determinações do CONTRAN e colocar placas de identificação junto das faixas para pedestres?” Juvenal Garcia (São Paulo) desabafa: “As calçadas de Campos estão sujas e muito estragadas. Em São Paulo, onde resido, apesar de ser uma cidade onde circulam mais de 11 milhões de pessoas, as calçada estão sempre limpas, bem conservadas e desobstruídas. Não porque o paulistano seja o melhor cidadão do mundo, mas porque foram feitas campanhas educacionais, porque existe fiscalização diária e multas pesadas para quem não cumpre a lei. Lá, até o lixo tem hora certa para ser depositado sobre as calçadas. Em Abernéssia, além de muito estragado, a maior parte do passeio público está muito sujo.” NOTA da Redação: Voltamos mais uma vez a questão das obras que estão sendo realizadas pela empreiteira contratada pela Sabesp. Efetivamente, o serviço de tapa valetas, após a deposição do dutos no subsolo, não é de boa qualidade. No caso da região da Biquinha (Jaguaribe), a empreiteira voltou a realizar reparos mas em menos de 15 dias já surgiram dois enormes buracos e percebe-se claramente o aparecimento de rachaduras e afundamentos. Lembram-se, aquele asfalta era novo (havia sido feito pelo Estado). Ficam mais uma vez as perguntas: Quem fiscaliza isso, Estado, Município ou os dois? Quem vai pagar a conta da pavimentação mal feita e que certamente terá que ser refeita? Deixamos também esses questionamentos para a que a Câmara Municipal se pronuncie. Importante, também, que o Ministério Público oficialmente tome conhecimento desse questionamento, porque não está apenas em jogo a questão da qualidade do recapeamento mas, também, a questão da segurança de quem trafega por essas vias.

Leitor/internauta dê sua opinião: www. facebook.com/camposdojordaoecia


JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.camposdojordaoecia.com.br

01 A 15 de Maio de 2012

5

Jordanenses e Turistas criticam as praças e jardins. E a pergunta é: onde estão nossos bancos e flores? As opiniões estão divididas, muita gente acha que está ficando bom. Os mais conservadores acham que um pedaço da história da cidade foi retirado junto com os canteiros, mas uma coisa é certa, o prazo para finalização das obras já acabou e até agora não temos ao menos bancos e cestos para deposição de lixo.

Imagem da Praça de Abernéssia como ficou após reforma Nas últimas entrevistas concedidas ao Jornal Campos do Jordão & Cia pela prefeita Ana Cristina e pelo secretário de Turismo, Tércio Laurelli, nos foi informado que as obras de reurbanização das Praças (Abernéssia e Capivari) e do Gazebo de Abernéssia, deveriam ser entregues no dia 29 de Abril, durante os festejos comemorativos de aniversário de Campos do Jordão, o que não ocorreu. As reclamações que chegam à nossa redação também destacam que a Praça de Capivari, apesar de estar aparentemente pronta, está sem seus bancos e seus tradicionais arranjos de flores. Nos feriados, foi comum ver o público que assistiu apresentações na concha acústica acomodando-se sentados no chão. Outra reclamação geral é com referência a falta de flores por toda a cidade, fato que, de certa forma, descaracteriza a estância que ao longo de décadas sempre manteve todas suas praças e jardins floridos: um importante atrativo turístico. Outra cobrança popular é sobre a Praça ao lado da Telefonica, também em estado geral de completo abandono. Reclamações chegam também com referência as obras do Mercado Municipal que se encontram paradas há meses, prejudicando o comércio e desestimulando a visitação daquele que sempre foi um agradável ponto turístico. Enfim, Campos já vive clima de pré temporada e tanto jordanenses como turistas gostariam de saber quando, enfim, ficarão prontas todas essas e demais obras prometidas e já anunciadas por vezes na mídia.

Obras do antigo Gazebo se arrastam

Na imagem da esquerda, detalhe da calçada incabada e da obra paralizada. A imagem da direta mostra a mesma da Praça de Abernéssia antes do início da reforma, com seus bancos, canteiros cercados de buxinho e muitas flores. No Facebook e em outras redes sociais, uma montagem com duas imagens da Praça de Abernéssia, antes e depois das obras está ganhado grande destaque. Elas mostram o antes, com a praça toda florida e o depois, onde apenas se vê largas calçadas de bloquetes e um gramado ainda não formado. Cerca de 100 depoimentos de internautas compartilham as imagens e criticam com veemência o projeto de reurbanização, a ausência de flores, dos bancos e o excesso de calçadas onde, até pouco tempo haviam jardins floridos. As críticas se estendem também para a falta de lâmpadas nos postes de iluminação pública em

geral. Sobre esse problema, que tornam ainda mais vulneráveis os cidadãos ante a crescente violência, a indignação é ainda maior. “Não adianta culpar os frequentes atos de vandalismo”, destacam diversos internautas, deixando claro de que Campos do Jordão precisa de mais segurança pública nos 12 meses do ano e não apenas durante o mês de julho. Durante a semana tentamos por vezes contato com o secretário de Turismo, para que ele se manifestasse sobre todos esses assuntos que afetam diretamente o turismo e não o encontramos. Deixamos recados em seus celulares mas, até o fechamento desta edição, não obtivemos retorno.


JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.camposdojordaoecia.com.br

01 A 15 de Maio de 2012

ANÚNCIOS CLASSIFICADOS Apto Duplex - novo

Com 2 suites e 2 garagens. Tratar: (12) 9782-7665.

Vendo casa R. Dubieux

1 suite+ 3 dorm. arm. emb., sala/lareira, garagem 2 carros. Com financ.: (12) 9782-7665.

Vendo Apto Duplex – Novo, com 2 suites – 2 dorm e 2 garagens (12) 9782-7665

Vende-se 2 lotes

Com 1.680 e 1.950m². Tratar: (12) 3662-4198.

VEÍCULOS Buggy Jobby - 92 Impecável - tudo novo Moto Suzuki GS-500 Preta - impecável. Prisma MAXX 2010 DH - travas e alarme - novo. Vendo ou troco, + ou - valor. Tratar com Sérgio: (12) 9792-6900 ou Wagner: 3664-2973.

ESTANTES DE AÇO

(12) 3664-1675 www.fanalestantes.com.br

Quiosque Pé de Meia admite

Vendedor c/disponibilidade de horário Salário de R$ 862,00 + Vale Transporte + comissões + auxílo lanche. Tratar com Cybele pelo fone: (12) 9740-9125.

VENDO XBOX 360 SLIM 20GB 2 contr, guita, 30 jogos. R$ 1150 Parcelo no cartão (12) 9774-0150

Lanchas Carbrasmar 16 Com Johnson 90 HP Completa, docs etc R$ 17.000,00

Carbrasmar 22

Completa aberta 250 HP Mercury, carreta etc. Cobra Marbela 22/26 Completa, tanque inox, autonomia 120 milhas Motor 6cc novo, rabeta Volvo 275 revisada. Outras informações (12) 9772-2285.

Hospital São Camilo admite Técnico em Enfermagem Os candidatos deverão entregar Currículo ao Depto. de RH

ou pelo e-mail: secretaria@saocamilo-hlmb.org.br Outras informações pelo telefone: (12) 3668-9000 no RH.

COMUNICADOS E EDITAIS COMUNICADO À PRAÇA Nós, Tereza de Jesus Almeida Moraes e Edinar Dias Chaves, pedimos solenes desculpas à Senhora Mary Linda Diniz de Mattos, pela acusação de homicídio feita por nós e que deu origem ao processo crime nº 79/2007, uma vez que Mary Linda não teve responsabilidade nenhuma na morte de Jacira Maria Guimarães, sendo ela uma pessoa boa, honesta e trabalhadora.

PARA ANUNCIAR

LIGUE (12) 3664-4368 www.jornaldecampos.com.br Dr. Mauro Amâncio Di Agustino Clínica Geral - UTI Móvel (para remoções) Diagnóstico por imagens ECG - RX - Ultrassonografia e Home Care (atendimento domiciliar)

Atendimentos no Hospital São Paulo (Convênios e Particulares) Telefones: (12) 3668-9010 - 9145-2527 - 9784-0131

OPINIÃO

A CPI, a lona e o circo por Dirceu Cardoso Gonçalves

A oposição reclama da presença de advogados dos acusados na sessão (secreta) da CPI do Cachoeira. O presidente, senador Vital do Rego, justifica que os profissionais foram autorizados a participar em respeito ao direito constitucional de defesa. Tem razão o senador-presidente; os acusados precisam dispor de todos os meios de acompanhamento e defesa. Mas, afora isso, é importante lembrar que não há razão para a CPI correr em rito secreto, pois trata de crimes supostamente praticados no âmbito da administração pública e – o pior – com o desvio de dinheiro do povo. Logo, o povo, legítimo dono da bolada em questão, tem o direito de saber, nos mínimos detalhes, o que foi feito do seu patrimônio e quem são implicados na negociata. Em vez de secreta, a CPI deveria ser aberta a todos os interessados em assisti-la pessoalmente, e televisionada para todo o país, num exemplo digno e claro do que pretendem seus membros. Não há motivo ético e nem justo para tomar sigilosamente os depoimentos sobre os crimes de lesa-pátria ali denunciados. Em vez de promover o anonimato, os deputados e senadores componentes da comissão, cumpririam muito melhor suas tarefas, escancarando para todo o território nacional e até para o mundo, toda a podridão apurada e, principalmente, os nomes e o nível de envolvimento de cada um de seus personagens. Não é hora de abafar para evitar escândalos. O escândalo já está deflagrado e, se não for desvendado como se deram os fatos e os reais envolvidos, o fardo cairá sobre as costas de toda a classe política. Não basta, ardilosamente, entregar ao sacrifício só a cabeça do senador Demóstenes Torres, transformando-o no clássico boi-de-piranha. Já é sabido por toda a população que existem outros parlamentares, governadores e dezenas (talvez centenas) de ocupantes de postos importantes na administração pública enredados pelo esquema de Cachoeira. Estabelecer o sigilo é - como diz o juiz federal Alberto Nogueira, do Rio de Janeiro – cultivar o segredo de polichinelo, escondendo do povo o que todos já sabem. A CPI tem o dever e a oportunidade de acabar com o picadeiro, apurando todas as dúvidas levantadas pelas investigações do Ministério Público e da Polícia Federal, punindo os culpados e até dando a real oportunidade de defesa para os que tiverem boas explicações a fornecer. Tudo

6

“é importante lembrar que não há razão para a CPI correr em rito secreto, pois trata de crimes supostamente praticados no âmbito da administração pública”

tem de ser feito às claras, sem subterfúgios para, ao final de tudo, o mal restar extirpado e conhecidos os nomes dos reais criminosos. Depois de tantos conchavos que resultaram em impunidade, tanto em CPIs quanto em outros instrumentos de apuração e pré-apuração, as instituições governamentais e políticas restaram em frangalhos. Os políticos, com raríssimas exceções, não merecem crédito perante a população. O sigilo nas apurações sobre Cachoeira serve apenas para acentuar esse sentimento negativo, pois soa como mais um acordão pela impunidade. Ainda é tempo de consertar esse lastimável erro. Para tanto, a CPI precisa abrir imediatamente os seus trabalhos. Se não abrir, independente dos seus resultados, ficará para a população a certeza de que seus membros agiram mancomunados com os esquemas criminosos do bicheiro e sua quadrilha, e de que tudo não passou de uma reles encenação circense. Nem precisará da lona para cobrir. Perdoem os circenses honestos, autênticos e puros, pela má comparação... Nota: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves é dirigente da ASPOMIL (Associação de Assistência Social dos Policiais Militares de São Paulo). aspomilpm@terra.com.br


JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.camposdojordaoecia.com.br

01 A 15 de Maio de 2012

CAMPOS DO JORDÃO NAS 4 ESTAÇÕES

7

Outono é o palco das primeiras geadas A partir do Outono as atenções se voltam cada vez mais para Campos do Jordão, quando o céu fica mais azul, as tardes mais curtas e amareladas e as primeiras geadas aparecem nas manhãs frias. O

ENCANTOS

E

SABORES

DE

INVERNO

O inverno ainda está longe, mas para que a nossa edição chegue junto com ele, com a qualidade que nosso público e clientes estão acostumados, temos que fazer os preparativos com muito cuidado e antecedência.

ACIMA AS 4 CAPAS DAS ÚLTIMAS EDIÇÕES DE INVERNO DA REVISTA, QUE PODEM SER FOLHEADAS EM NOSSO SITE NA ÍNTEGRA.

QUE SÃO AS GEADAS?

A geada é a criação de cristais de gelo em superfícies expostas ao relento, como as folhagens. É quando o orvalho congela a vegetação, chegando a dar a falsa impressão de que nevou no local. Normalmente as geadas vêm durante as noites mais secas, sem nuvens e com pouco vento, quando a temperatura atinge 0ºC. Os cristais de gelo derretem logo com os primeiros raios de sol, portanto é preciso acordar cedo para flagrar esse fenômeno da natureza. Em 2011, em algumas noites já era possível ver gelo em cima dos carros por volta das 21h, sinal típico que no próximo amanhecer o espetáculo estaria por conta da natureza. Apreciar este fenômeno de perto é muito bom, mas precisa de certos cuidados. Agasalhos, luvas, gorros e meias grossas são fundamentais. É preciso ficar atento para que seus pés e dedos das mãos não congelem, pois muitas vezes é preciso pisar no gelo e ter paciência para garantir a captura de uma boa imagem.

Episódios de neve na região são raros. Aconteciam com mais frequência na primeira metade do século passado, quando a região era ainda mais fria. Há relatos de até 18 graus negativos e geadas que se mantiveram por horas, mesmo após o surgimento do sol. Segundo estudos metereológicos, o Inverno deste ano poderá ser bem rigoroso, o que deve garantir espetáculos belíssimos ao amanhecer. Portanto, prepare sua câmera, não se esqueça de levantar bem cedo em bons clics!

WWW.E N C A N TO S E S A B O R E S .COM.BR Mais do que vender anúncios, divulgamos Campos do Jordão como destino turístico NAS 4 ESTAÇÕES DO ANO!

VALORIZE

QUEM VALORIZA NOSSA CIDADE, ANUNCIE!

RESERVE SEU ESPAÇO! AGENDE UMA VISITA COM NOSSA EQUIPE - (12) 9772-2285 / 9708-2151 / 9191-9673 / 3664-4368 / 3664-4385


8

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.camposdojordaoecia.com.br

01 A 15 de Maio de 2012

JORNALISMO PARTICIPATIVO

Aqui a população tem voz! Veja o que esta sendo comentado em nossa página do facebook Nas últimas edições lançamos uma novidade fazendo a interação do jornal impresso com nossa página do Facebook - www. facebook.com/CamposdoJordaoeCia, onde lançamos algumas perguntas e enquetes, dentre elas “O que você mudaria em Campos do Jordão”, “Como melhorar nosso trânsito?”, “Como diminuir os efeitos da sazonalidade?”, “Obras da Sabesp” etc.

Abaixo alguns comentários de leitores e internautas: Os textos são colocados na íntegra e sem alterações, portanto ao escrever, fique atento com o português, não faça acusações sem provas. Comentários preconceituosos e tendenciosos poderão ser excluídos, assim como auto promoção de políticos e empresas.

O que você mudaria em Campos do Jordão? Marcos Rigolino: Mudaria não. Mudarei. As próximas eleições estão ai. Já seria um início. Nós também temos que mudar. Monzaniel Wendel Silva: De concreto: 1) Portal: Limpeza das calhas e remoção da fiação de enfeite de natal do telhado (afinal já estamos em março) bem como melhor acondicionamento da fiação elétrica e cabos de rede que ficam expostos sob o forro central; 2) Praça Silvio Rios: colocar iluminação. Esta praça é totalmente desprovida de iluminação, perigosa para quem passa ali à noite ou está no ponto de ônibus; 3) Calçamento do trecho entre Parada da Viola (próximo ao Merc. Piratininga) e a Parada Fracalanza, não sei porque foi o único trecho que não recebeu calçamento e ciclovia; 4) Praça “Telefonica”: transformaria a belíssima estrutura num centro de exposições de arte, uma espécie de MASP, acredito que obras que hoje estão no Palácio do Governo poderiam passar uma temporada expostas neste local práximo à população; 5) Espaço Cultural Dr Além: fazer parceria público privada para dar “vida” a este local, seja como cinema, teatro ou conservatório; 6) No espaço onde é a EMUHAB poderia se tornar o Paço Muncipal, que abrigaria as secretarias municipais, a Câmara de Vereadores e o Gabinete do Executivo; 7) Obelisco do marco zero em memória ao fundador situado em Jaguaribe. Para quem não sabe do estou falando é aquela pequena “selva” que tem próximo da Fármacia Jaguaribe. Precisa de uma reformulada, tem tanta coisa ali que não é possível se quer ver o obelisco, nem saber do que se trata; 7) Centro Gastronômico: este é um elefante branco que não tenho ideia para ele neste momento; 8) O mirante do Morro do Elefante: Transferindo o gabinete para Abernéssia este poderia se tornar mais um ponto para exposição de arte e cultura. Nossos artistas poderiam expor suas obras, poderia ser feito um local para recitais. Estas foram algumas ideias que me afloraram diante desta provocação “O que mudaria em Campos do Jordao” - DEUS salve Campos do Jordão!

Participe! Colabore! Curta! Compartilhe! Como diminuir os efeitos da sazonalidade?

Moacyr Lino: Campos do Jordão está perdendo seus turistas para as cidades vizinhas devido ao seu alto custo, ou seja, em cidades vizinhas há comidas, hotéis, pousadas, divertimentos e outros afazeres que ganham de nossa cidade no quesito preço. O turista vem para a região, mas fica hospedado nas imediações e faz suas refeições também pelas imediações. Os comerciantes de nossa cidade deveriam repensar nos preços. Quem sabe assim, o turista volte a encher a cidade não somente em julho, mas em outras estações.

Como melhorar a segurança pública em Campos do Jordão?

Clodoaldo da Cunha: A Segurança Pública começa na educação, que por aqui não anda boa, passa pela família que atualmente está desestruturada, chega na esfera administrativa municipal que não mantém iiluminação pública, emprego, ruas conservadas, escadões limpos, lazer nos bairros, ação social, saúde para dependentes químicos, fiscalização em bares que ficam até altas horas com músicas altas, fiscalização em prostibulos disfarçados de hotéis, fiscalização de trânsito competente e, por último, chega na polícia que entra quando tudo mais falhou. Se a a base do problema for solucionada eu diria que a polícia de Campos é mais que suficiente, mas se as prioridades da administração pública ficarem como estão, poderemos ter o triplo do contingente policial de julho que o problema será cada vez pior.

CASA DO CHURRASCO SEUS MELHORES MOMENTOS EM CAMPOS DO JORDÃO COMEÇAM AQUI ! Carnes das melhores procedências, cortes especiais, carvão, frios e diversos acessórios para um churrasco perfeito. Aos finais de semana, preparamos assados e defumados (pernil, picanha, costela, frango).

Pça. Jaguaribe - DISK CARNES: 3664-4822 - 3662-1731 ou por e-mail: casadochurrasco1@bol.com.br

Entre em nossa página e responda a enquete

www . facebook . com /C amposdo J ordaoe C ia

MANUTENÇÃO EM COMPUTADOR MONTAGEM E MANUTENÇÃO DE REDES SERVIDORES, ROTEADORES E PLOTERS Configuração e montagem de micros em estandes, proxy, servidores, limpeza de vírus, wifi, voip e banda larga. Técnico credenciado na Sociedade Brasileira de Computação

Atendimento domiciliar e remoto: (12) 9700-4762

937  

Edição 937 do jornal Campos do Jordão & Cia de 01 a 15 de Maio de 2012