Issuu on Google+

JORNAL

CAMPOS DO JORDÃO 01 a 15 de Abril de 2012 - Ano XXII - nº 935 - Distribuição Gratuita

Verdes Vales

Editora Jornalística Verdes Vales Ltda - Av. Dr. Januário Miráglia, 1750 - Conjunto 4 - Campos do Jordão-SP Editor responsável: Antonio Luiz Schiavo Júnior - Impressão: Gráfica DT - Tiragem: 7.000 exemplares

& Cia

www.camposdojordaoecia.com.br

Editora Jornalística

Feriadão foi bom mas não lotou parque hoteleiro

FOTO: KADU SCHIAVO

Para alguns donos de restaurantes, o movimernto no Carnaval foi melhor

A pergunta é sempre a mesma após cada feriado prolongado ou até mesmo pós temporada: “o que não deu certo?”. Na realidade é preciso, antes de tudo, fazer-se outra pergunta: “o que temos para oferecer, estamos em condições de ofertar o melhor, inclusive com preços mais competitivos?” Não se pode esquecer que o Turismo é a indústria não poluidora que mais cresce no mundo. No Brasil ela ainda é emergente, tem muito que crescer. Representa apenas 5% do PIB, enquanto em outros países melhores estruturados passa dos 30%. É preciso levar em conta que não estamos sós! O Brasil tem dimensões continentais, mais de 8 mil quilômetros de costas e recantos paradisíacos. Portanto, o que não falta é concorrência. É preciso se aplicar políticas para melhor divulgação da cidade, produzir mais eventos e oferecer preços mais atraentes.


2

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.camposdojordaoecia.com.br

01 a 15 de Abril de 2012

As tais sacolinhas... No Brasil é sempre assim, sempre que surge um problema mais grave, alguém cria algum factoide para tirar o foco das atenções. O caso mais recente é a questão das tais sacolinhas plásticas que até recentemente eram cedidas para que clientes de supermercados pudessem, enfim, transportar as mercadorias adquiridas. Acontece que um “acordo”, e não uma lei como muitos acreditam, foi selado entre o governo do estado e um grupo de empresários do setor que resolveu apoiar essa ideia “para diminuir a poluição e reduzir as agressões ao meio ambiente”, tirando de circulação as tais embalagens de plástico. Tudo muito romântico se o plástico, que na visão deles é tão danoso, não fosse utilizado como embalagem principal (com maior tamanho de densidade) do próprio lixo doméstico, hospitalar etc. Pessoalmente, com todo respeito ao meio ambiente, acho tudo isso uma grande hipocrisia. Se for o meio ambiente que precisa ser protegido do bicho homem, que se façam campanhas educacionais de esclarecimento, que as prefeituras tratem de realizar, pra valer, suas coletas seletivas. Atitudes paliativas como essa, em minha opinião, servem apenas para demonstrar o quanto nossos gestores estão atrasados nas questões ambientais. Antes de acabar com as sacolas de plástico, deveriam colocar à disposição do consumidor (que já tem embutido no valor dons bens de consumo o preço da embalagem) alguma alternativa, como saquinhos de papel, que sempre existiram e são utilizados até hoje para transportar produtos de panificação etc. Esta semana fui à um supermercado e adquiri quatro pães franceses, um porção de bacon e alguns queijos. A conta somou 53 reais. Os pães custaram R$ 1,70 e vieram acondicionados num saco de papel e o resto, representado por outras cinco embalagens, soltos. No caixa solicitei uma ajuda, ao que a atendente, com olhar de poucos amigos e em tom de ironia soltou: “não fornecemos mais sacolas, se desejar terá que comprar...” Como meu pavio é meio curto, disparei, “então me consiga uma embalagem qualquer, uma caixa de papelão porque não terei como sair daqui equilibrando tudo isso pela rua...” Cinco minutos depois, com semblante de poucos amigos, retornou ela com uma embalagem de papelão cuja metade do fundo não existia. Peguei-a, agradeci, tapei o buraco com o saco de pão e ajeitei o resto por cima. Atrás de mim, uma fila de clientes, tão indignados quanto eu, comentava a “criatividade dos nossos tecnocratas de plantão”. Enfim, tiraram as embalagens de plástico e nos deixaram a deriva. Danem-se os consumidores. Aliás, é o que mais acontece no Brasil: danem-se os consumidores, os contribuintes, que pagam tsunamis de impostos e que permanecem à deriva, sem boas estradas, sem segurança, sem moradia, sem saúde, sem proteção contra os abusos que ocorrem no comércio e quase sem justiça, se levarmos em conta que nosso país lidera no planeta o ranking na corrupção e da impunidade. Essa questão das sacolinhas é ridícula e só serve para deixar o saco ainda mais cheio. Acordem, há coisa muito mais séria para ser solucionada por aqui. Antonio Luiz Schiavo Júnior - schiavojr@uol.com.br

Verdes Vales

Editora Jornalística

Consultas e exames particulares nas seguintes especialidades:

Reuniões às 3ª e 5ª das 19h:30 às 21h.

Sabesp deixa obra inacabada. Campos do Jordão, desde o ano passado, virou um imenso canteiro de obras. São obras de extrema importância que irão culminar com a captação e tratamento de boa parte dos esgotos domésticos, os mesmos efluentes que até hoje transformam nossos rios em verdadeiros esgotos a céu aberto, concorrendo para contaminar minas e mananciais. Segundo o projeto apresentado pela Sabesp as obras devem terminar em 2013. É fato que não se faz omelete sem quebrar ovos, mas o que se percebe é que faltou planejamento. Na região da Biquinha, por exemplo, mal o governo do estado terminou de asfaltar 15 km, a Sabesp foi lá e destruiu cerca de 300 metros. Muito dinheiro jogado fora. Dinheiro do contribuinte que foi para o esgoto... Por outro lado, inexplicavelmente, taparam as imensas valetas apenas com cascalho e pararam com as obras de “recuperação” dos estragos. O cenário é o pior possível. Veículos passam e erguem enormes nuvens de poeira. Sujeira que se deposita 24 horas por dia sobre uma creche. Frente a ela, numa praça pública literalmente “detonada”, utilizada como “ponto de apoio e até como sanitário”, ficaram para trás tubulões de concreto e pedaço de um trator. NOTA: Campos vive do turismo e ninguém merece, apesar da importância dessas obras, passar por isso!

Oswaldo Siqueira. Maitre, barman, enólogo são algumas de suas qualificações profissionais. Esportista, corredor de maratonas e vencedor ano passado da tradicional de Nova Iorque, aos 80 anos bem vividos, ele recebe de nossa redação o título de “Embaixador de Campos do Jordão”. Um novo livro sobre Oswaldo Siqueira em breve será lançado. Confira datas e locais na página 5.

Palácio Alto da Boa Vista. A sede de Inverno do Governo paulista em Campos, está aberta ao público para visitação. Lá podem ser vistos: obras de arte, porcelanas, peças de decoração e mobiliário antigo. Museu Felícia Leirner. O museu está montado ao ar livre junto aos jardins que contornam o Auditório Cláudio Santoro. Lá podem ser vistas diversas esculturas com formações zoomórficas da renomada artista. Museu Casa da Xilogravura. Atelier e mostra permanente com cerca de 2 mil peças de artistas e gravadores de todo mundo. A Casa da Xilo fica defronte a Igreja N. Senhora da Saúde. Não abre às 3ªs e 4ªs. Casa do Artesão. Na avenida de ligação entre as Vilas Capivari e Jaguaribe, defronte aos Bombeiros. Mostra permanente de trabalhos em madeira, como esculturas de placas, couro, metal e grande variedade de objetos de decoração. Parque do Estado/ Horto Florestal: Ocupando 1/3 da área da cidade, é um passeio imperdível para quem curte natureza bem preservada. Rica em fauna e flora é o lugar ideal para se passar horas curtindo o visual das matas, corredeiras e cachoeiras. Canto Gregoriano. No Mosteiro São João (Av. Adhemar de Barros), com as Monjas Beneditinas. Diariamente às 18 horas. No local venda de artesanato, com ótimas sugestões de presentes e lembranças da cidade.

Criticas e sugestões: redação@camposdojordaoecia.com.br

EXPEDIENTE: Editora Jornalística Verdes Vales Ltda Jornal Campos do Jordão & Cia (online no UOL)

Endereço: Av. Dr. Januário Miráglia, 1750 - loja 4 - Shopping Abernéssia Campos do Jordão - CEP 12460-000 - fones: (12) 3664-4368 // 3662-3090 Jornal associado às entidades: ADJORI-SP e ABRARJ. Editor Responsável: Antonio Luiz Schiavo Júnior - MTB 44.237-SP Diretor Administrativo: Hosana Camargo Schiavo. Diretor Executivo: Luiz Augusto Camargo Aranha Schiavo E-mail: jornaldecampos@uol.com.br - Tiragem semanal: 7 mil exemplares

www.securitymaster.com.br

Ligue 24 horas (12) 9775-6779

Festival de Cinema. Este é um dos velhos sonhos acalentados há décadas em Campos do Jordão que começa a se tornar realidade. De 27 de abril a 5 de maio, com entrada franca, um evento cultural que chega para aproximar ainda mais a sétima arte dos jordanenses e dos muitos milhares de turistas que frequentam a estância. Confira mais sobre o FESTCOM na página 4.

Impressão: JAC Gráfica e Editora Ltda - R. São Paulo, 207 - S. José dos Campos-SP

Telefone: (12) 3668-8300

Se você quer parar de usar DROGAS a ajuda está perto de você!

DESCENDO

A Copa do Mundo está chegando! Nas redes sociais e por toda mídia não se fala em outra coisa. Afinal, faltam apenas 2 anos, 12 estádios, 1 seleção, 1 técnico, 30 hotéis, 14 aeroportos, 120.000 quilômetros de rodovias, 2 quilômetros de metrô, 6 trens-bala, 115 favelas pacificadas, 33 mil soldados treinados, 2 mil restaurantes e 150.000 motoristas de taxi falando inglês. Ânimo minha gente, sejamos otimistas, falta muito pouco!

Agenda Cultural

Desce

SUBINDO

Registro nº 12 do Livro B-nº1, de Matrícula de Jornal, do Cartório do Oficial de Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Campos do Jordão.

Nutricionista, Psicologia, Oftalmologia, Vascular, Clínica Médica, Cardiologia, Otorrinolaringologia, Penumologia, Imunologia e mais os Exames de: ECG, Espirometria, Radiologia, Laboratorias e Pequenas Cirurgias.

Narcóticos Anônimos

Sobe &

SECURITY MASTER Monitoramento de Alarmes Venda - Instalação

Equipamentos de última geração: alarmes, câmeras, sensores etc. Segurança Patrimonial residêncial, comércio, indústria, eventos e Vip. Prestação de Serviços em Hotelaria e Condomínios: Zeladoria, Eventos, Portaria - Recepção etc.

Rua Inácio Caetano, nº 941 - Vila Abernéssia Fones: 3668-9898 // 3664-1750

M.C. Contabilidade

Manoel Carlos Monoo Pereira Tec. Contabil CRC 1-SP164201/O-5

- Assessoria Contábil

- Imposto de Renda Física e Jurídica

- Assessoria Fiscal

- Abertura/Encerramento de Empresas

- Assessoria Trabalhista

- Obtenção de "Habite-se"

- Assessoria Previdenciária

- Certidões de INSS, Cartórios etc.

NOVO ENDEREÇO! R. João Rodrigues Pinheiro, 167 - Vila Abernéssia - Fones: (12) 3662-2774 3662-5686 - 3662-5994 - 3662-3412 - E-Mail: mc-contabil@uol.com.br

DROGARIA CENTRAL Medicamentos e Perfumaria - Produtos de Qualidade

Vantagens do Cartão Preferencial: Entrega Sem Taxa, a partir de R$10,00

Produtos com até 50% de desconto!

Pague em até 3 x Sem Juros!

Disk 0800.102.093 - 3662-5307

Faça-nos uma visita: Av. Januário Miráglia, 910 - Abernéssia


JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.camposdojordaoecia.com.br

3

01 a 15 de Abril de 2012

OPINIÃO de internautas

Na página do Jornal no Facebook, internautas interagem e dão opiniões e sugestões de como melhorar a cidade.

Obra inacabada da Sabesp causa transtornos Inexplicavelmente a empreiteira que presta serviços à Sabesp se limitou em tapar as imensas valetas com cascalho, desmontou o canteiro de obras, retirou os maquinários e deixou para trás muita sujeira, restos de material utilizado na obra sobre uma praça e problemas para a vizinhança, inclusive para uma creche, uma indústria alimentícia e para milhares de pessoas e motoristas que trafegam por ali diarimente.

Os tema são livres, mas “turismo, sazonalidade, eventos e o trânsito” vem ocupando maior espaço entre os comentários, críticas e sugestões nas páginas do Jornal no Face.

Gilza B. M. Cunha comentou: “Quando casei em 1984 escolhi Campos do Jordao para passar minha Lua de Mel. Voltando este fim de semana com minha família, fomos visitar o Pico do Itapeva e lá nos deparamos com muitos comerciantes atrapalhando a vista dos visitantes no mirante. Achamos um absurdo. Não farei nunca mais este passeio quando voltar a este aprazível lugar. Gunter Fiolka destacou alguns tópicos: Bom, primeiro uma ação fundamental é a educação de trânsito nas escolas, que favorece a todos, não só as crianças, mas também aos pais que pegam seus filhos nas escolas... Além de ocupar o tempo dos DSVs que muitas vezes ficam de fofocas nas esquinas... Na parte da noite deveriam monitorar e agir nos pontos principais onde motos, bicicletas e pedestres estão se digladiando para chegar ao conforto de suas casas... Portanto, já que fazem hora extra deveriam ajudar nas rua... Outro ponto é a mudança na legislação para adequação e uso de semáforos em toda a cidade, na ausência dos agentes de trânsito... Um ponto aliado à educação é o fato do agente DSV multar e não orientar o motorista da infração. A educação funciona mais do que a punição... Em relação as bicicletas... Existe ciclovia, mas falta a cobrança por parte do sistema viário que, segundo o Código de Trânsito, além dos equipamentos de segurança exigidos, são meios de transporte e devem seguir as mesmas leis contidas neste... Portanto uma sugestão aos DSVs: atentem também para esse meio de transporte... Abraço e minhas saudações ao povo jordanense. Sobre as obras da Sabesp Luiz Franco escreveu: “O que é incrível, é terem feito o recapeamento, pra depois quebrar tudo.= desperdício!” Branca Jordão comentou: Parabéns pela iniciativa e sucesso na página. Mais um espaço aberto para falar de Campos do Jordão, mostrar o lado bom e o que pode ser melhorado. Apoio e Compartilho. Abraços.

Leitor/internauta, acesse a página: www.facebook.com/camposdojordaoecia e dê também sua opinião.

FOTO: SCHIAVO JR.

Ubiratam Pereira escreveu: “Acredito que uma campanha de sensibilização: 1 - Para os motoristas e motociclistas, residentes na cidade, numa “Paz no Trânsito”; 2 - Para os motoristas e motociclistas turistas, orientando sobre suas responsabilidades como visitantes, como por exemplo, “esta cidade respeita a faixa de pedestres”; 3 - Rotas alternativas para desafogar o eixo central, como um anel viário; 4 - Maior atenção na saída das escolas em horários de pico; 5 - Controle efetivo nos pontos de estrangulamento, também nos horários de pico, tanto de manhã como de tarde; 6 - Orientar os ciclistas do uso obrigatório das ciclovias, onde houver é claro e de não trafegar na contramão, sujeito à penalidades como multa e até mesmo apreensão da bicicleta; 7 - Regulamentar o tráfego de animais, carroças e charretes, até mesmo delimitando o perímetro de uso desses.”

Na opinião dos usuários, motoristas e pedestres, “faltou planejamento”. Esperou-se a conclusão do asfaltamento da “Estrada da Campista”, uma obra complexa e cara, para dar início às obras, destruindo pelo menos 300 metros de pavimentação (que incluiu inclusive a troca de toda sub-base). No local restaram buracos, rachaduras profundas, remendos e uma praça, usada como “canteiro de obras”, destruída. Nela ainda podem-se ver alguns tubulões de concreto e até parte de uma retroescavadeira abandonados sobre o que foi um “gramado”.

“Zoin” é o nome do nosso novo personagem. Justo e de olhos bem atentos, nosso herói vai acompanhar fatos do dia-a-dia. ZÓIN - O ESTAGIÁRIO: NOVO EMPREGO E LÁ VOU EU PRA MAIS UMA ENTREVISTA DE EMPREGO. SERÁ QUE ACEITAM DESENHOS EM PRETO E BRANCO?

ZÓIUDIM, VENHA AQUI! MEU NOME É JOSÉ, E ....

empregos OPORTUNIDADE!

VAGA PARA

CHARGES

A PARTIR DE HOJE VAMOS TE CHAMAR DE ZÓIN! E VOCÊ VAI TRABALHAR ALI!

EI! VOCÊ NÃO PODE MUDAR O MEU NOME, E OUTRA EU NÃO PASSO POR ESSA PORTA! ISSO É BULLING!

CADÊ O RATINHO QUE TRABALHAVA POR AQUI?

fim

ZÓIN - O ESTAGIÁRIO: BURACOS DA EMPREITEIRA OLHA SÓ QUE LEGAL! A EMPREITEIRA TRABALHANDO PARA QUE A CIDADE FIQUE CADA VEZ MAIS PARECIDA COM UM QUEIJO SUIÇO!

NOSSA! QUANTA COISA! TEM CALOTAS, SUSPENSÃO, AMORTECEDOR! QUEM COLOCOU ISSO TUDO AQUI DENTRO DO BURACO???

OBRAS

fim


4

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.camposdojordaoecia.com.br

01 a 15 de Abril de 2012

Empresas & Empresários Senac promove seminário sobre vinhos verdes O Senac São Paulo recebe, em abril e maio, o Seminário Vinho Verde: Suas Uvas e Seus Vinhos. O evento é gratuito e abordará temas referentes ao processo de produção, história do vinho e locais ideais para o cultivo da uva, além de focar a região de Minho, em Portugal, onde são produzidos os melhores vinhos verdes. No Centro Universitário Senac - Campus Campos do Jordão, o encontro será realizado nos dias 17 e 18 de abril, a partir das 18h30. Já no Senac Guaratinguetá, acontece em 3 e 4 de maio, em dois horários distintos: às 15 e às 19 horas. Com foco em alunos e ex-alunos, consumidores, formadores de opinião, importadores, lojistas, restaurantes, compradores de lojas e supermercados, importadores pequenos, sommeliers e jornalistas diversos, o seminário será ministrado por Silvia Mascella, referência na área. Formada como sommeliére pela Associação Brasileira de Sommelier de São Paulo, Silvia é editora de vinhos das revistas Adega, Almanaque do Vinho e Veja, no especial Comer & Beber. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo site da instituição www.

sp.senac.br/vinhoverde. Interessados podem obter outras informações pelos telefones 12 3668-3001 para o Centro Universitário Senac - Campus Campos do Jordão e 12 2131-6300 para o Senac Guaratinguetá. Serviço Seminário Vinho Verde: suas uvas e seus vinhos Centro Universitário Senac - Campus Campos do Jordão Data: 17 e 18/4 Horário: das 18h30 às 20h30 Endereço: Av. Frei Orestes Girardi, 3549 - Vila Capivari / Campos do Jordão Inscrições e informações: 12 3668-3001 e www.sp.senac.br/vinhoverde Senac de Guaratinguetá Data: 3 e 4/05, das 15 às 17 horas e das 19 às 21 horas Endereço: Av. Dr. João Baptista Rangel de Camargo, 50 – Centro / Guará. Inscrições e informações: 12 21316300 e www.sp.senac.br/vinhoverde Fonte: Mariana Belloti / In Press Porter Novelli Assessoria de Comunicação

AME Campos apresenta Duo de Piano e Flauta com Antonio Eduardo e Cibeli Paloponi No repertório o melhor da MPB, com composições de Giberto Mendes, Camargo Guarniere e outros grandes músicos. Dia 21 de Abril, na sede da AME Campos: Rua Dr. Reid, 68 - Vila Abernéssia - Campos do Jordão Entrada gratuita - Mais informações: (12) 3662-2611

Dr. Mauro Amâncio Di Agustino Clínica Geral - UTI Móvel (para remoções) Diagnóstico por imagens ECG - RX - Ultrassonografia e Home Care (atendimento domiciliar)

Atendimentos no Hospital São Paulo (para Convênios e Particulares)

Telefones: (12) 3668-9010 - 9145-2527 - 9784-0131

Festival de Cinema de Campos do Jordão Com mais de 150 filmes inscritos, o FESTCOM acontece de 27 de Abril a 05 de Maio Nesses nove dias de Festival Campos do Jordão transforma-se na capital da comédia. Mostra competitiva reúne curtas e longas-metragens do gênero, apresentando programação paralela especial - sessões infantis, oficinas de audiovisual e animação e palestras com cineastas renomados e artistas convidados. A comédia é o fio condutor do evento que recebeu inscrições de mais de 150 produções nacionais e internacionais para a mostra competitiva. Os filmes, que estão sendo selecionados pelo curador do festival André Sturm, diretor do Museu da Imagem e do Som - MIS-SP, serão exibidos em sessões gratuitas (www.cinemaemcamposdojodao.com.br). Além da mostra competitiva, haverá uma homenagem ao centenário de Amácio Mazzaropi, com a exibição de filmes que fazem uma retrospectiva da carreira do Jeca-Tatu. Será exibido também o longa-metragem Tapete Vermelho (2006), estrelado por Matheus Nachtergaele, mais um tributo a um dos maiores comediantes do cinema brasileiro. Os 50 anos de morte de Marilyn Monroe também serão lembrados, com a apresentação da premiadíssima comédia musical Quanto Mais Quente Melhor (1959), do cineasta Billy Wilder. Para a criançada, o Festival reservou uma seleção de filmes de humor que fizeram sucesso nos dez anos da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. Eles também serão exibidos, gratuitamente, para 14.000 alunos de escolas da rede pública de ensino. Palestras e oficinas de audiovisual e animação fazem parte da programação especial. As crianças poderão criar um pequeno filme de animação e o público interessado poderá optar por conhecer um pouco mais sobre o mundo do cinema.

O cineasta Antônio Leal, vice-presidente do Fórum dos Festivais, fala sobre “A importância dos Festivais de Cinema para as Cidades que os Sediam”, com um panorama sobre os principais eventos do gênero e a sua repercussão econômica e social. O diretor e produtor Henrique de Freitas Lima, sócio da Cinematográfica Pampeana, fala sobre Coproduções Internacionais com foco no Mercosul e As diversas fontes de fomento do audiovisual brasileiro. O cineasta e curador do festival André Sturm apresenta o tema Cinema de Comédia, focado na participação do gênero cinematográfico no cenário audiovisual do Brasil. Competição O público será o grande protagonista da mostra competitiva. Os dois prêmios mais importantes do festival serão escolhidos por voto popular: sendo para o melhor longa-metragem - R$ 30 mil, e melhor curta-metragem - R$ 5 mil. O júri convidado é composto por expoentes do cinema nacional como a diretora Tata Amaral, a produtora Denise Gomes, a atriz Luciene Adami, o diretor Henrique de Freitas Lima e o cineasta Paulo Sacramento, que vão eleger outros cinco curtas, com prêmios individuais de R$ 3 mil. Dos filmes inscritos, serão selecionados quinze longas-metragens e quinze curtas-metragens para a mostra competitiva. A programação completa do festival será divulgada depois do dia 13 de abril, depois da seleção dos filmes concorrentes. O I Festival Internacional de Cinema de Campos do Jordão é uma realização da Confraria da Comunicação e da Kling & Associados e tem o apoio do Governo do Estado de São Paulo, por meio do Programa de Ação Cultural (PROAC) e patrocínios da iniciativa privada.


JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.camposdojordaoecia.com.br

01 a 15 de Abril de 2012

AGENDA AVIESTUR 2012 Os principais destinos turísticos paulistas são destaque na feira de turismo da AVIESP (Associação das Agências de Viagens Independentes do Interior do Estado de São Paulo) que acontece esta semana (13 e 14 de abril), em Campos do Jordão. Estima-se que cerca de quatro mil profissionais na área de turismo, entre agentes de viagens visitantes provenientes de pelo menos 90 municípios do interior de São Paulo, além da Capital, Rio de Janeiro e Belo Horizonte e expositores estarão neste 35º encontro de negócios profissionais do Turismo. Durante o encontro será lançado o livro “Agências de Turismo do Brasil”, de autoria de Marcela Farraz Candioto, mestre em Turismo pela USP.

Dia do Exército Brasileiro Comemora-se no dia 19 de abril o Dia do Exército Brasileiro. A data é marcada pela primeira luta dos povos do Brasil, em Pernambuco, contra a dominação holandesa, no ano de 1648, totalizando hoje 364 anos. Na época, nossas principais armas contra o inimigo invasor bem mais forte foram a superioridade moral, o patriotismo e o desejo de liberdade. Esses acontecimentos memoráveis se constituíram em um dos mais belos capítulos de nossa História. Na capital paulista ocorrerão dois grandes eventos: o primeiro no dia 18, com a apresentação da Banda Sinfônica do Exército Brasileiro, no Auditório da Universidade Mackenzie. O segundo se dará no dia 19, no QG do Comando do Sudeste, no Ibirapuera, com a presença do General de Exército Adhemar da Costa Machado Filho, Comandante Militar do Sudeste, de militares da ativa, da reserva e de autoridades civis convidadas. Também no dia 19 de Abril é comemorado o Dia do Índio. Infelizmente não há muito a se comemorar. As poucas etnias que restam perderam quase por completo suas terras e e a própria identidade.

Adventure Sports Fair O maior evento de esportes de aventura do Hemisfério Sul acontece de 18 a 21 de abril no edifício Bienal, no Parque Ibirapuera com grandes lançamentos e atrações.

10ºCongresso de Estética e Cosmetologia Bel Col Evento reunirá, de 20 a 22 de abril, no Hotel Home Green Home, em Campos do Jordão, mais de 400 profissionais do setor de estética e saúde. A programação científica preliminar do Congresso, especialmente desenvolvida para atualizar e reciclar os profissionais do setor irá abordar temas relacionados às mais modernas técnicas de beleza e tratamentos estéticos.

5

Economia

A praga da burocacia por Marcos Cintra

A empresa de consultoria Grant Thornton produz, periodicamente, o relatório International Business Report (IRB) para mostrar o principal entrave para a expansão dos negócios em vários países. O levantamento é realizado junto a executivos e contempla questões como falta de mão de obra qualificada, carência de infraestrutura, custo de financiamento, burocracia e escassez de capital de giro. No Brasil, o item que mais limitará o crescimento das empresas em 2012, segundo o mais recente estudo, será a burocracia. Ela será um entrave para 46% dos executivos entrevistados, ficando acima da média mundial (de 37%). O país onde esse fator menos preocupa é a Finlândia (6%). A burocracia é uma praga que contamina o meio empresarial e o maior expoente dessa excrescência reside na área tributária. É impressionante como as regras fiscais proliferam no País. Essas ações insanas criam uma estrutura cada vez mais complexa, impossível de ser digerida, gerando custos para as empresas e tornando o sistema cada vez mais vulnerável à corrupção. Entender a confusa legislação tributária no Brasil é uma tarefa difícil até para os mais experientes tributaristas. A complexidade tributária no País é uma anomalia cada vez mais resistente. A produção de regras não cessa e torna a vida do contribuinte um inferno. Há uma proliferação insana de leis, decretos, medidas provisó-

rias, emendas, normas complementares, entre outros instrumentos jurídicos, que acabam impondo pesados custos aos contribuintes, sobretudo às empresas. Um levantamento do Banco Mundial, comparando o tempo que as empresas gastam para apurar tributos em vários países, revela dados impressionantes sobre a situação ridícula da estrutura de impostos brasileira. Uma empresa submetida à legislação tributária no País gasta por ano 2.600 horas (equivalente a 108 dias e oito horas) com a burocracia nos três níveis de governo, enquanto que a média mundial é de 1.344 horas (equivale a 56 dias/ ano). No Chile são necessárias 316 hs; na China, 872; na Índia, 272; na Rússia, 448; e, na Argentina, 615. Essa discrepância absurda é, seguramente, um dos fatores mais significativos para o comprometimento da competitividade da produção no Brasil. O viés burocrático faz da estrutura tributária brasileira um monstrengo cada vez mais horripilante. Um exemplo claro nesse sentido refere-se ao que ocorreu nos últimos anos com dois impostos: PIS/Cofins e CPMF. O primeiro passou a ser cobrado parte sobre o faturamento e parte sobre o valor agregado, gerando uma calamitosa proliferação de procedimentos regulatórios e o segundo que era simples, transparente, sem custo para o governo ou para o contribuinte e altamente produtivo na arrecadação, foi sumariamente trucidado.

A burocracia é uma praga que contamina o meio empresarial e o maior expoente dessa excrescência reside na área tributária. É impressionante como as regras fiscais proliferam no País. Essas ações insanas criam uma estrutura cada vez mais complexa, impossível de ser digerida, gerando custos para as empresas e tornando o sistema cada vez mais vulnerável à corrupção. Na questão tributária o País precisa mudar paradigmas em vez de aprofundar seus defeitos, como a burocracia pública insiste em fazer. O potencial da economia brasileira tem uma dificuldade enorme para ser concretizado, e isso, em boa parte, decorre de uma visão que repele o simples e assimila o complexo. NOTA: Marcos Cintra é doutor em Economia pela Universidade Harvard (EUA), professor titular e vice-presidente da Fundação Getulio Vargas. Site: www.marcoscintra.org E-mail: mcintra@marcoscintra.org

Cine Clube Araucária comemora 100 anos de Amácio Mazzaropi Neste mês de abril a programação do projeto O Cinema Está de Volta a Campos do Jordão, do Cineclube Araucária, presta homenagem ao mais popular ator, diretor e produtor de toda a história do Cinema Brasileiro: Amácio Mazzaropi, que completaria 100 anos no dia 09 deste mês. A entrada é gratuita. Confira a programação ou veja mais detalhes, bem como os trailers dos filmes, veja no site do Cineclube: www.cineclubearaucaria.org

Dia 13 de Abril às 19h30: Sai da Frente, de Abílio Pereira de Almeida, 1952, Comédia, 80 min, Livre. Dia 14 de Abril às 19h30: O Jeca Tatu e a égua milagrosa, de Pio Zamuner, 1979, Comédia, 102 min, 10 anos. Com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Gilda Valença, Ruy César Ribeiro Dia 15 de Abril às 15h00 (2 Filmes): O vendedor de linguiça, de Glauco Mirko Laurelli, Brasil, 1962, Comédia, 95 min, Livre. Casinha Pequenina, de Amácio Mazzaropi, Brasil, 1963, Comédia, 95 min, Livre. Com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Roberto Duval e Tarcísio Meira Dia 20 de Abril às 19h30: Tristeza do Jeca, de Amácio Mazzaropi, Brasil, 1961, Comédia, 95 min, Livre. Com Amácio Mazzaropi, Ludy Veloso, A. C. Carvalho e Nieta Junqueira Dia 21 de Abril às 19h30: A banda das velhas virgens, de Pio Zamuner e Amácio Mazzaropi, Brasil, 1979, Comédia, 82 min, 10 anos Com Amácio Mazzaropi, Geny Prado, Renato Restier, André Luiz Toledo. Dia 22 de Abril às 15 horas (2 filmes) Zeca e seu filho Preto, de Pio Zamuner e Berilo Faccio, 1978, Comédia, 104 min, Livre. O Lamparina, de Glauco Mirko Laurelli, Brasil, 1963, Comédia, 83 min, Livre.


JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.camposdojordaoecia.com.br

01 a 15 de Abril de 2012

ANÚNCIOS CLASSIFICADOS Apto Duplex - novo

Com 2 suites e 2 garagens e c/ financ.: (12) 9782-7665.

Vendo casa R. Dubieux

1 suite+ 3 dorm. arm. emb., sala/lareira, garagem 2 carros. Com financ.: (12) 9782-7665.

Precisa-se Revendedora Para pratas e folhados Inform.: (12) 9104-7191 ou (12) 9708-1638.

VEÍCULOS

Lanchas

Buggy Jobby - 92 Impecável - tudo novo Moto Suzuki GS-500 Preta - impecável. Prisma MAXX 2010 DH - travas e alarme - novo.

Carbrasmar 16

Vendo ou troco, + ou - valor. Tratar com Sérgio: (12) 9792-6900 ou Wagner: 3664-2973.

Ponto comercial Abernéssia

Vendo ótima loja montada e funcionando. Valor R$ 120 mil. Aceito terreno. Tratar: (12) 9759-6461.

Quiosque Pé de Meia admite

www.securitymaster.com.br

Vendedor c/disponibilidade de horário Salário de R$ 862,00 + Vale Transporte + comissões + auxílo lanche. Tratar com Cybele pelo fone: (12) 9740-9125.

Com Johnson 90 HP Completa, docs etc

Carbrasmar 22

Completa aberta 250 HP

Centro de Treinamento Gastronômico inicia em junho Em solenidade realizada no início desta semana, a prefeita Ana Cristina e o reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, Arnaldo Augusto Ciquielo Borges assinaram documento que transfere para o IFECT de São Paulo, órgão ligado ao MEC, a gestão do Centro de Treinamento Gastronômico “Dr. Franklin Alkmin Bueno Maia”.

Cobra Marbela 22/26 Completa, tanque inox, autonomia 120 milhas DM 28 MWM turbo Equipada p/ mar aberto, cabine, banheiro etc. Essas embarcações estão em Ubatuba. Outras informações com Luiz, fone: (12) 9772-2285.

SECURITY MASTER Monitoramento de Alarmes Venda - Instalação

Equipamentos de última geração: alarmes, câmeras, sensores etc. Segurança Patrimonial residêncial, comércio, indústria, eventos e Vip. Prestação de Serviços em Hotelaria e Condomínios: Zeladoria, Eventos, Portaria - Recepção etc.

Rua Inácio Caetano, nº 941 - Vila Abernéssia Fones: 3668-9898 // 3664-1750

FOTO: SCHIAVO JR.

6

Dr. Arnaldo Augusto, prefeita Ana Cristina e Tércio Laurelli Equipado com tecnologia de ponta o Centro irá formar e aperfeiçoar profissionais nas áreas de hotelaria e gastronomia. Para a prefeita Ana Cristina e o secretário municipal de Turismo, Tércio Laurelli: “A demora para a formalização e início das atividades no Centro, cujo prédio foi inaugurado a cerca de dois anos, deveu-se a questões técnicas, como ser administrado por

entidade reconhecida pelo MEC”, destacaram. A partir de junho o CTG abrirá 300 vagas para os diversos cursos. “Esta será mais uma ferramenta importante para qualificarmos nossos munícipes. O turismo está em franca expansão e precisamos estar sempre à frente para que possamos cada vez mais melhorar nosso atendimento”, finalizou Laurelli.

ANUNCIE (12) 3664-4368 Há 22 anos prestando serviços e informando Online no UOL: www.jornalde campos.com.br


JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.camposdojordaoecia.com.br

01 a 15 de Abril de 2012

CAMPOS DO JORDÃO NAS 4 ESTAÇÕES

7

Sempre inovando, Encantos e Sabores de Outono apresenta muitas novidades A nova edição de Outono de nossa revista-guia Encantos e Sabores, literalmente “encantou” o grande público que tem recebido a revista em mãos e ao universo de internautas que acompanha esta que é a maior vitrine e referência sobre Campos do Jordão e a região serrana. Tanto pelo seu conteúdo cultural, pelas dicas de lazer e reportagens sobre turismo, hotelaria e enogastronomia, como pelas imagens capturadas pelos brilhantes fotógrafos Kadu Schiavo e Daniel Cardoso, Encantos e Sabores vem merecendo destaque, reconhecimento e apoio do meio empresarial. A próxima edição, de Inverno, trará amplo espaço para nossa fabulosa gastronomia de montanha e interessantes reportagens sobre lazer, ecoturismo, arquitetura, decoração e destaque especial para nosso maior evento, o Festival Internacional de Inverno. Reservas de espaços serão recebidos até o dia 15 de maio. Encantos e Sabores Inverno 2012 começará a circular no final do mês de junho com 40 mil exemplares e com a mesma qualidade editorial que a consagrou e pode ser conferida em www.encantosesabores.com.br Venha fazer parte da História. Junte-se a nós: (12) 3664-4368.

Como de costume, a matéria de gastronomia funciona como um cardápio nas mãos de quem lê. São diversas opções de dar água na boca. A novidade são as dicas de harmonização para cada um dos pratos apresentados.

Folheie esta e as outras edições em nosso site!

WWW.E N C A N T O S E S A B O R E S .COM.BR


8

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.camposdojordaoecia.com.br

01 a 15 de Abril de 2012

JORNALISMO PARTICIPATIVO

O aumento de participação em redes sociais amplifica a voz e o poder da população Nas últimas edições lançamos uma novidade fazendo a interação do jornal impresso com nossa página do Facebook - WWW. FACEBOOK.COM/CAMPOSDOJORDAOECIA, onde lançamos algumas perguntas e enquetes, dentre elas “O que você mudaria em Campos do Jordão”, “Como melhorar nosso trânsito?” e “Como diminuir os efeitos da sazonalidade?”.

Com esta interatividade levantamos alguns pontos que tem desagradado a população, e vamos explorá-los a partir de agora com mais dois tópicos para discução:

- As obras da Sabesp justificam tantos estragos? Sabe-se que as obras de saneamento básico são de fundamental importância para a cidade. Percebe-se também que o caos reina por toda parte. O que você sugere para se reduzir os efeitos devastadores que elas produzem em todo perímetro urbano e para sua recuperação?

- Ciclistas X Pedestres X Veículos. Quem está errado? Os pedestres invadem a ciclovia, as bicicletas tomam as calçadas e também circulam pelas vias públicas, muitas vezes, pela contramão. Este é um problema crônico e, parece, insolúvel em Campos do Jordão. No CONTRAN não há lei específica para isso. Ele deixa para que cada município faça sua própria lei. Campos não fez! E agora?

Participe!

OS PRINCIPAIS PONTOS DE

DESCONTENTAMENTO APONTADOS PELOS LEITORES FORAM - Os políticos - Trânsito / motos e bicicletas - Educação - Iluminação pública - Falta de manutenção e limpeza - Descaso com a natureza - Consciência do Jordenense - Valorizar a mão de obra local - Melhorar a Saúde - Valorizar a cultura local

Colabore! Curta! Compartilhe! Entre em nossa página e responda a enquete

WWW . FACEBOOK . COM /C AMPOSDO J ORDAOE C IA

CASA DO CHURRASCO SEUS MELHORES MOMENTOS EM CAMPOS DO JORDÃO COMEÇAM AQUI ! Carnes das melhores procedências, cortes especiais, carvão, frios e diversos acessórios para um churrasco perfeito. Aos finais de semana, preparamos assados e defumados (pernil, picanha, costela, frango).

Pça. Jaguaribe - DISK CARNES: 3664-4822 - 3662-1731 ou por e-mail: casadochurrasco1@bol.com.br

MANUTENÇÃO EM COMPUTADOR MONTAGEM E MANUTENÇÃO DE REDES SERVIDORES, ROTEADORES E PLOTERS Configuração e montagem de micros em estandes, proxy, servidores, limpeza de vírus, wifi, voip e banda larga. Técnico credenciado na Sociedade Brasileira de Computação

Atendimento domiciliar e remoto: (12) 9700-4762


935