Page 1

www.correiodovaledoriogrande.com.br Passos, Correio do Vale do Rio Grande, edição 06, de 15 a 21 de dezembro de 2012

Mais de cinco mil assinam documento contra mudança do Estatuto da FESP

DIPLOMADOS

Documento contando toda a história do movimento que busca impedir exclusão do governador de participar nos destinos da FESP será entregue ao governador Antonio Anastasia e a promotora, curadora das fundações, Cristina Bechara. Faz parte um abaixo assinado com mais de 5 mil assinaturas contra a mudança do Estatuto. Página 3

Entrevista I Tenente Coronel Ronaldo Resende aborda ações estratégicas da PM na semana que aconteceram três assassinatos em Passos. PÁGINAS 4 e 5

Entrevista II Taquinho, que será secretário de Indústria e Comércio do governo Ataíde, diz que vai colocar o aeroporto para funcionar. PÁGINAS 6 e 7

Registro Social Leilão pró-HRC e entrega de títulos na Câmara Municipal são os destaques das atividades sociais na cidade. PÁGINA 10

Ataíde (centro), prefeito eleito e Ademir, vice, recebem diploma das mãos do Juiz Juarez Raniero (esq), da Justiça Eleitoral

A Justiça eleitoral diplomou os eleitos do último pleito de outubro desse ano. A cerimônia aconteceu

no salão nobre do Fórum Milton Campos e reuniu os eleitos, prefeito, vice de Passos e São João

Batista do Glória. Os vereadores das duas cidades também foram diplomados. A posse nos cargos

de prefeito, vice e vereador acontece em 1º de janeiro, para um mandato de 4 anos.

Esporte Sênior Uniformes, Locapassos, Supermercado São Marcos e CPN vão decidir o título do Futsal da Acip 2012. PÁGINA 12


De 15 a 21 de dezembro de 2012

Opinião Aprendendo brincando Lilian Shorreyla Sabemos da importância de brincar na vida de uma criança. O que mais mandamos a criança fazer é brincar, principalmente quando ela está nos “incomodando”. O que muita gente não sabe é a importância que a brincadeira tem no âmbito pedagógico. Quando a criança brinca ela desenvolve coordenação motora, raciocínio, socialização, capacidades e competências importantes para o seu desenvolvimento na vida escolar. Quando uma criança brinca de amarelinha, por exemplo, ela está aprendendo matemática, visualizando números e formas geométricas. Na educação infantil usamos os blocos lógicos como brincadeira para ensinar conceitos como grande, pequeno, maior, menor e as formas geométricas em si, fazendo com que a criança aprenda brincando as primeiras noções matemáticas. Brincando de jogo da memória a criança desenvolve seu potencial de raciocínio e a memória em si. Para as crianças um pouco maiores temos os jogos como, jogo da vida, banco imobiliário, imagem e ação e o xadrez que ensinam as crianças a socialização, memória, raciocínio, tudo isso é de grande importância na sua vida escolar. Outro fator importante da brincadeira é a capacidade que a criança tem de aprender a respeitar as regras. Mesmo porque ela própria cria as regras na brincadeira. Ela decide

o que pode e o que não pode na brincadeira. Isso acontece na fase da educação infantil e sem querer ela começa a entender que deve ficar quieta na mesa, a não mexer nas coisas dos outros, regras estas que antes eram ditadas pela mãe, mas que a criança não entendia muito bem porque deveria obedecê-las. Através da brincadeira a criança também consegue superar seus traumas, brincando de pique-esconde, por exemplo, ela suporta o fato de ficar sozinha e ser encontrada por alguém ou conseguir por ela mesma sair daquela situação, isso ajuda crianças que tem muito medo de ficar sozinha, dá a ela autoconfiança. Superando esses traumas as crianças conseguem aprender mais e melhor, seu desempenho em sala de aula é muito mais proveitoso. Hoje em dia podemos contar com uma gama de brinquedos pedagógicos, temos blocos lógicos, monta monta, alinhavos, alfabeto móvel, aramado, carimbos, dedoches, fantoches, dominó, quebra-cabeça, cubos educativos, enfim, são várias opções que temos para desenvolver o aprendizado de maneira lúdica, ou seja, aprendendo brincando. Neste Natal muitas crianças estão ansiosas aguardando um brinquedo de presente, cabe aos pais saber fazer a escolha certa.

*Lilian Shorreyla é formada no magistério.

Charge Enquanto isso na região da santa casa...

Carta do leitor

Estadualização total ou parcial, depende de compromissos O Correio do Vale do Rio projeto de estadualização está Grande surgiu em um momento próximo ao passo decisivo, o em que a sociedade passense de ser enviado no início de assiste perplexa a discussão janeiro, por parte do governo, em torno da mudança do à ALMG. É inócua a mudança, diz estatuto da FESP – Fundação de Ensino Superior de Passos o deputado Cássio Soares, que quando e que influência isso pode ter explicando no processo de estadualização, estadualizar acaba estatuto e tudo passará ser regido pelas acalentado desde 1990. Não tínhamos a intenção de normas da UEMG. Então por que debruçar sobre este tema. Mas mudar? Por outro lado, Renato o propósito de desejarmos ser Andrade diz que o governador o olho da cidade nos obrigou a já sabe que ele é contrário as uma cobertura jornalística quase mudanças do Estatuto. O que que de uma nota só. Por isso, ninguém sabe é qual será a é importante esclarecer que a postura do governador diante de posição do jornal é de seguir sua exclusão do estatuto. Na esteira Fábio kallas diz a linha informativa, sem se ater apenas as críticas ou aos ao deputado e secretário de Ciências e Tecnologia, Nárcio elogios tão sómente. Aqui, observando de longe, Rodrigues que muda o estatuto mas atentamente, verifica-se, por para atender o MEC. Teve tempo uma simples leitura superficial, de dizer isso à sociedade local. que há órgão de imprensa que Não o fez. Preferiu bajular o quer passar a ideia de que há poder. Enquanto isso, uma perseguição o Correio do a uma gestão da (Estadualização Total) Vale do Rio FESP tida como vai depender do Grande investiga competente. compromisso que e descobre que Pois que o homens públicos tudo pode ser assim o seja. como Ataíde Vilela, uma armação Muita coisa, Cássio Soares e Renato para que o porém, do que Andrade têm com a processo de se ouve, vê e lê são peças cidade que lhes conferiu estadualização midiáticas, com tanto poder e confiança. se encerre em apenas três o interesse de (Engenharia, Filosofia exaltar a figura de quem dirige cursos aquela instituição. É o que deixa e Enfermagem). É o olho da antever, quando se detém sobre cidade, fazendo o que é seu determinados feitos alardeados dever: observando a cena e contando a história. O rumo pela FESP. A resposta dada aos Amigos das coisas depende de atores da FESP, que publicaram no que podem ajudar a construir o diário local como matéria paga roteiro. No fim vamos saber, se questionamentos à mudança do Fábio e seus parceiros tornamestatuto – única forma que esse se dono da instituição como assunto circulou por lá, parece parece ser o desejo deles, ou – teve resposta dada em se os beneficiados serão milhares página inteira num texto vazio de estudantes de Passos e de conteúdo no que interessava região, que anseiam por uma à população (Por que mudar Universidade pública. Isto vai o estatuto?), deixando evidente depender muito do compromisso a opção pela construção da que homens públicos como imagem de um realizador, Ataíde Vilela, Cássio Soares e quando tudo que se queria Renato Andrade têm com a saber era por que mudar o cidade que lhes conferiu tanto estatuto na hora em que o poder e confiança.

Expediente

“Li o Jornal Correio do Vale Do Rio Grande pela internet, e está de parabéns! Passos precisa de uma imprensa corajosa e verdadeira, que defenda os interesses da comunidade. Eu estou desapontado com o coronelismo de algumas pessoas, que fazem de tudo para se manter no poder... Espero que a população não fique de braços cruzados!” Mário Junior via facebook “Gostaria aqui de expressar minha imensa alegria em ser um parceiro deste jornal, que esta começando a caminhar agora com uma visão ampla e detalhada das noticias em torno de nossa cidade e região. Claro sem dizer da vitrine que é para a publicidade, tanto impresso quanto na versão on-line. Quero parabenizar toda equipe do semanário em especial aos parceiros do jornal, que tornam este projeto realidade que nossa cidade tanto precisava. Parabéns e continuem nessa mesma linha.” Wedson Nunes via e-mail “Fico feliz por este jornal, ele nos apresenta a realidade de nossa cidade com muita clareza e nos coloca a finco o que realmente acontece na política. Nos tem dado muita cultura sobre a nossa cidade, compartilhando a historia de cada bairro, você ja viu algo assim? Parabéns Correio do Vale do Rio Grande.” William Oliveira Silva Oliveira via facebook Envie também suas dicas e sugestões para o email: correiodovaledoriogrande @gmail.com

Correio do Vale do Rio Grande

CAWALK

(www.correiodovaledoriogrande.com.br)

É uma publicação da Agência de Publicidade Silva & Mota. CNPJ:15.170.527/0001-31 Endereço: Av. Júpiter, 845 – Jd Satélite Telefone: 035 3522-4138 - E-mail: correiodovaledoriogrande@gmail.com Diretora: Lilian Shorreyla Arte Final: Diego Costa Diagramação: Larryane Mayla - Fotografia: Clara Pereira Tiragem: 2.000 - Gráfica: Spaço Jornal e Editora - Ribeirão Preto (SP)


De 15 a 21 de dezembro de 2012

Mais de cinco mil pessoas são contra mudanças no Estatuto da FESP O trabalho realizado pelos Amigos da FESP, grupo de pessoas que se posicionou contra a mudança no Estatuto da Fundação de Ensino Superior de Passos, principalmente ao que está relacionado aos artigos 23 e 38, que excluem a participação do governador na vida da instituição, resultou num abaixo assinado com mais de 5 mil assinaturas. O documento percorreu escolas, associações e praça pública (havia posto de coleta na praça do Rosário). Agora será entregue à promotora Cristina Bechara, curadora das fundações e encaminhado ao governo de Minas. O estatuto modificado ainda não havia chegado às mãos da promotoria até a tarde de quarta-feira, quando a reportagem manteve contato com a promotora. Ela disse que o documento ainda não estava em sua posse. “Ele deverá ser encaminhado, se houve votos contrário à sua aprovação, a quem votou contra para que haja posicionamento dessa parte”.

Isto só não ocorrerá se quem votou contra concordar com o resultado. O professor Hélvio Maia foi único voto contra as mudanças dos artigos 23 e 38. Sem o parecer da curadora o estatuto modificado não pode ser registrado. Ele pode ser enviado em primeiro lugar tanto para o governo como para a promotoria. “A lei é omissa quanto a isso”, disse. O risco de que o governo estadualize apenas três cursos - os que fizeram opção em 1990, que são os de engenharia, filosofia e enfermagem – conforme reportagem do Correio do Vale do Rio Grande, assustou lideranças de Passos. O deputado Cássio Soares reagiu: “não faz sentido estadualizar apenas três cursos. Vou brigar pelos 23”, disse. Renato Andrade foi na mesma linha de raciocínio. “O governador já sabe que sou contra a mudança no estatuto e considero que o governo tem que estadualizar todos os 23 cursos”, afirmou.

O deputado Bilac Pinto, que recebeu o título de cidadão passense na últma quinta-feira, também se pronunciou sobre o assunto. “A sociedade precisa debater bem o assunto. Por que mudar o estatuto?”, disse. Ele considera que de uma forma ou de outra que o governo sempre participou da construção da FESP e por isso a estadualização tem que acontecer com todos “os mais de 20 cursos”, afirmou. O secretário de Ciências e Tecnologia, deputado federal Nárcio Rodrigues, respondeu a pauta enviada a ele pelo Correio do Vale do Rio Grande. Ele disse que Fábio Kallas lhe explicou que o Estatuto está defasado há anos e “que o próprio MEC vinha solicitando uma atualização e modernização do mesmo”. O deputado e secretário afirmou que o presidente da FESP “voltou a reiterar seu compromisso – e mais: seu comprometimento – com a estadualização da FESP, prevista para ocorrer

Amigos da FESP: grupo vai entregar documento ao governador

até 2014” Para Nárcio é desnecessário alimentar essa polêmica, que diz respeito a procedimentos internos de uma instituição”. Na abertura do processo legislativo do ano que vem, “estaremos encaminhando à Assembléia Legislativa de Minas Gerais projeto de lei propondo a incorporação das seis Fundações Associadas à Universidade Estadual de Minas Gerais”, informou.

“Já finalizamos o documento e cabe, agora, ao governador determinar o momento correto para esse encaminhamento. A partir dele, estaremos oficializando a decisão – já tomada – de promover a estadualização dos Campus existentes”, considerou, concluindo que “a UEMG vai chegar gratuita e com qualidade, como a FESP tem, até o final de 2014”.


De 15 a 21 de dezembro de 2012

Entrevista

Tenente Coronel Ronaldo Resende, comandante do 12º BPMG: “Ainda deparamos com muitas ocorrências, onde a falta da cultura preventiva e da autoproteção são demasiadamente fragilizadas” Tenente Coronel, Ronaldo Resende

Num momento em que a cidade de Passos é cenário de três assassinatos no último fim de semana, o Correio do Vale Rio Grande recebeu resposta a um oficio encaminhado ao comandante do 12º BPMMG, Tenente Coronel Ronaldo Resende, com perguntas relativas a segurança, como estatísticas de crimes e ações que a Polícia Militar desenvolve em Passos. A editoria do jornal analisou as respostas e pensou em editá-las

numa reportagem, mas em respeito às respostas dadas –e as que não vieram, por terem que ser dirigidas à Secretaria do Estado de Defesa Social (todas elas relacionadas às estatísticas)resolveu-se publicar a entrevista na íntegra para que a população conheça na íntegra o pensamento do comando da polícia militar em nossa cidade e região. Eis a seguir as respostas. Ás sete primeiras perguntas, o comandante orientou

que fossem feitas a SEDS. (Elas serão encaminhadas, conforme sugestão) CVRG - Quais fatores externos ao trabalho policial que dificultam a ação das polícias (iluminação, degradação do espaço urbano, falta de projetos sociais adequados para determinada comunidade, etc)? Tenente Coronel Ronaldo Resende - A PMMG tem trabalhado com um fluxo de informações que auxiliam

no trabalho preventivo e repressivo qualificado do recrudescimento da criminalidade em Passos. O local, o comportamento da vítima, a vontade de agir do infrator e a oportunidade são fatores que demonstram dificuldade no trabalho preventivo da PMMG. É claro e óbvio que um local bem iluminado e livre da degradação humana oferecem à população, um lugar agradável que se traduz em segurança e

tranquilidade públicas; mas, não são os indicadores mais prováveis e corretos de aferimento da criminalidade. Notadamente outros fatores como: fatores patológicos, subculturais, ideológicos, entre outros podem influenciar no ato delituoso ou na vontade de delinquir e, como mencionado, o comportamento da vítima e a oportunidade têm seus lugares neste processo.

Continuação página 5


De 15 a 21 de dezembro de 2012

... continuação A PMMG tem trabalhado no sentido de maxificar a ordem da autoproteção ou também conhecido por cultura preventiva, que nada mais é que fazer com que as pessoas adotem e se condicionem a analisar, avaliar e processar um comportamento protetivo, considerando cenário em que se encontrem, adotando um senso crítico do que pode ou não ser nocivo a sua integridade física e de seus bens, consequentemente refletirá no comportamento preventivo e evitará o oportunismo de situações e pessoas indesejadas. CVRG - Os homicídios chegarão a níveis aceitáveis somente com ações policiais? Tenente Coronel Ronaldo Resende - A PMMG tem procurado, com medidas pontuais e firmando o compromisso de integração com os demais Órgãos do Sistema de Defesa Social em Passos. Este trabalho de concentração das forças em planejamentos estratégicos, voltados para a prevenção do homicídio e ações repressivas qualificadas, direcionadas aos agentes causadores deste tipo de problema, é a maior ferramenta de enfrentamento da criminalidade. Os níveis estão caindo e a PMMG pretende trabalhar ainda mais para que eles cheguem em um nível ainda mais positivo (mais que aceitável) e logicamente para ser alcançado estes objetivos apenas ações policiais não serão suficientes e efetivas; é necessário uma autuação conjunta, em rede, integrada entre os Órgãos do Sistema de Defesa Social e Sociedade Civil.

CVRG - Se Passos tivesse hoje a casa do menor, quantos menores deveriam efetivamente estarem recolhidos no local? Tenente Coronel Ronaldo Resende - Este questionamento deverá ser direcionado à Vara da Infância e Juventude da Comarca de Passos que é a responsável pela imputação de medidas sócioeducativas a adolescentes infratores. CVRG - A comunidade tem cumprido seu papel em termos de prevenção? Tenente Coronel Ronaldo Resende Infelizmente ainda deparamos com muitas ocorrências, onde a falta da cultura preventiva e da autoproteção são demasiadamente fragilizadas. Não raras vezes deparamos com veículos furtados, pois as chaves estavam na ignição, furtos em residência onde as janelas estavam abertas, roubos a transeuntes que deixam seus bens expostos em via pública (saem do banco contando dinheiro, ostentam celulares, jóias e etc.), estabelecimentos comerciais desprovidos de sistemas de monitoramento ou segurança. Se a população adotasse medidas simples e cotidianas já nos ajudaria na prevenção. Ações simples como no ato da contratação verificar a procedência do contratado (não queremos instigar o preconceito, mas muitos problemas são evitados). Evitar a rotina das pessoas e de suas atividades financeiras. Reparar o comportamento das pessoas que estão a sua volta, isso evita que se crie uma condição de oportunidade para delinquir.

São medidas simples, mas que fazem a diferença e, o mais importante e crucial é a Sociedade Civil voltar a ocupar os espaços públicos, pois esta conduta é primordial para a efetividade da redução dos crimes em sintonia com as demais medidas adotadas pelos órgãos de segurança do Estado. CVRG - A experiência da Polícia Militar no Bairro Novo Horizonte, com policiais permanecendo 24 horas no local, é possível afirmar que várias mortes foram evitadas, quais os

“A experiência no Bairro Novo Horizonte foi uma alternativa estudada e baseada na doutrina de policiamento orientado para o resultado, sendo os resultados satisfatórios até o momento e que evitouse o cometimento de crimes e, em especial o homicídio. “ resultados efetivos deste trabalho? Tenente Coronel Ronaldo Resende - A experiência no Bairro Novo Horizonte foi uma alternativa estudada e baseada na doutrina de policiamento orientado para o resultado, sendo os resultados satisfatórios até o momento e que evitou-se o cometimento de crimes e, em especial o homicídio. CVRG- Qual a dificuldade da PM em levar esta estratégia para outras comunidades?

Tenente Coronel Ronaldo Resende - Esta estratégia poderá ser usada em outros locais da cidade, desde que os estudos do controle e do avanço criminal se mostrem necessário. CVRG Os roubos com armas de fogo estão constantes em Passos e mesmo quando a polícia consegue prender os marginais, as armas em sua maioria não são localizadas. Qual a grande dificuldade em apreender estes armamentos ainda nos seus esconderijos, em residências, etc.? Tenente Coronel Ronaldo Resende Há uma concordância que há muitos assaltos registrados, mas em sua maioria as vítimas não possuem informações suficientes para afirmar que viram o armamento. Neste caso, passa-se a acreditar na informação primeira dada pela própria vítima. Mas, alguns indicadores, não refletem um número grande de armamento ilegal em circulação nas mãos de infratores. O que a PMMG tem procurado é intensificar as denúncias anônimas de paradeiro de armas, drogas e indivíduos suspeitos, através do Disque Denúncia Unificado (DDU) que é o telefone 181. Nele o denunciante não precisa se identificar. É um anonimato total, pois se trata da regra básica de atendimento desse serviço social. Quando a sociedade participa da segurança pública, aumentase a sensação de segurança e consequente a tranquilidade pública. O mencionado serviço é a forma leal de trabalhar em prol da sua

comunidade. CVRG - O PCC está instalado em Passos, atuando de que forma, as polícias tem todas as informações necessárias para combater esta facção criminosa? Tenente Coronel Ronaldo Resende - SOLICITAR À SEDS. Contudo, a PMMG atuará, se necessário, conforme as normas, legislações e a Constituição Federal do Brasil assim mencionar. CVRG Uma nova modalidade está crescendo, que são os furtos de motos. Qual o motivo do aumento deste crime. Estas motos são recuperadas em qual proporção, existe um desmanche organizado para venda de peças? Tenente Coronel Ronaldo Resende - Quanto aos furtos, muitos deles por descuido do próprio dono, por falta de cultura preventiva, já discutido anteriormente. Quanto à motivação, isso depende muito do infrator e suas intenções, quando ocorre. Tem-se registro de que muitos veículos estão estacionados, o proprietário se esquece e aciona a PMMG para registro e posteriormente as viaturas localizam o veículo devidamente estacionado, sem indícios de prática de crime. Quanto ao desmanche de veículos para venda de peças, não se tem notícia por parte da PMMG. Tal informação deve ser concentrada na Polícia Civil, pois se trata de processo de investigação.


De 15 a 21 de dezembro de 2012

Entrevista

Taquinho: “O desenvolvimento econômico aparece das oportunidades que o poder público possa provocar”

José Eustáquio do Nascimento, Taquinho

José Eustáquio do Nascimento – Taquinho tem um histórico de vida baseado no desafio. Começou a trabalhar cedo. Vendedor de picolé, balconista em sorveteria aos 10 anos, empresário, produtor rural e homem público (foi dirigente do Esportivo, vereador, construiu a Câmara), é também político e pessoa que atua com grande desprendimento na vida social da comunidade, marcando suas ações – tanto como individuo e como dirigente de instituições – em apoio às entidades que prestam ajuda ou promovem atividades culturais. Taquinho teve grande atuação na campanha que levou Ataíde Vilela a ser eleito prefeito de Passos. Era vice na sua chapa até o momento em que os adversários conseguiram cassar sua candidatura em razão de uma doação feita a uma creche. “Sempre a Crediacip participou da vida social das entidades, não apenas no

período eleitoral”, lembra, avaliando ter sido vitima de uma ação equivocada por parte dos adversários. Para evitar qualquer risco à eleição de Ataíde preferiu deixar a condição de vice e continuou atuando como coordenador da campanha. Uma vez vencida a eleição se tornou um dos principais articuladores da formação do secretariado. Ele mesmo é tido como futuro secretário de Indústria e Comércio, que deverá se transformar em Secretaria do Desenvolvimento Econômico. Para falar desse e outros assuntos concedeu entrevista ao Correio do Vale do Rio Grande. A seguir os principais trechos. CVRG – Só para começar a conversa, foi difícil a decisão de abrir mão de sua candidatura a vice? Taquinho – Olha não digo que tenha sido fácil. Mas

tomei a decisão de me afastar do processo eleitoral para não pôr em risco a candidatura de Ataíde, porque percebi que os adversários agiram para ferir de morte as nossas candidaturas – minha e do Ataíde. Sabíamos que tínhamos uma dianteira boa nas pesquisas de opinião e que o povo ficou do nosso lado quando ficou claro que a cassação ocorreu porque a Crediacip tinha atendido um pedido de doação de uma máquina de lavar roupa para uma creche – E que isto fazia parte da política de relacionamento da cooperativa. Mesmo assim sobrava a insegurança jurídica sobre o assunto, Me afastei e o PP me atribuiu a responsabilidade de indicar um nome para ocupar meu lugar. Indiquei o Ademir, pessoa com quem convivi quando era vereador e que conheço bem o caráter e a capacidade empreendedora dele. O resultado das urnas


De 15 a 21 de dezembro de 2012

mostra que fiz a escolha certa. CVRG – Continuou na coordenação da campanha.... Taquinho – Continuei. Já era coordenador mesmo quando era candidato a vice e atuei depois que o Ademir assumiu essa condição. Agi dentro daquilo que a cidade ansiava, que eram de levar ao povo propostas sérias e que podiam representar um avanço de Passos em relação ao que se vê hoje. Nossa cidade, já dizia, é governada como se ainda tivéssemos 60 mil habitantes e essa mentalidade precisa mudar. CVRG - Antes de abordar o assunto sobre a estratégia de desenvolvimento da cidade, nos diga qual a sua participação na montagem do governo Ataíde? Taquinho – Sou do PP e nós tínhamos um acordo. O Ataíde honrou o acordo e o PP vai participar de postos importantes do governo que começa em 1º de janeiro. Ele fez o convite para que eu ocupasse o cargo de secretário de Indústria e Comercio e também aceitou nossa indicação para a secretaria de saúde e para a SEAPA, Secretara de Agricultura Pecuária e Abastecimento.

CVRG - Quem vai ser o secretário de Saúde e de Agricultura Pecuária e Abastecimento? Taquinho – O Secretário de saúde será o Lauro Eduardo Oliveira. Administrador hospitalar, conhecedor com prática na área e que tem visão e preparo profissional e acadêmico para gerenciar a situação em que hoje se encontra a saúde. A ideia de ter o Lauro como secretário de saúde é interessante porque alia conhecimento da saúde, sem ser médico, com o preparo para administrar. É alguém que vai se dedicar tempo integral para enfrentar e resolver os problemas da área para superar essa crise que o setor enfrenta. Já o secretário de Agricultura será o Nivaldo Oliveira, o Chaparral, pessoa que conhece e vive o dia-adia os problemas do homem do campo. As duas secretarias estão em boas mãos. CVRG - E sua ação na secretaria de Indústria e Comércio? Taquinho – Vamos atuar para melhorar a oferta de empregos e renda na cidade e oferecer apoio aos nossos empresários.

Logo de início vamos elaborar um estudo para transformar a atual secretaria em Secretaria de Desenvolvimento Econômico, porque isto está mais de acordo com os dias atuais. Uma ação de desenvolvimento não ocorre apenas com a visão de termos comércio e indústrias na cidade, mas como essas duas vertentes da economia se desdobram em relação aos arranjos locais, respeito ao meio ambiente, com a proposta de crescimento sustentável, construção de infraestrutura para que os empresários de fora possam se sentir seguro de investir em Passos. CVRG – Por onde começar? Taquinho – Pelo planejamento e por ações imediatas, que há muito tempo são aguardadas. Quando falo em planejar penso em levantar junto ao governo de Estado e governo federal as possibilidades de investimento que podem ser feitos aqui. Sei que há verbas do governo federal que aguardam projetos para serem desenvolvidos, como os de infraeestrura, construção de moradias, conservação ambiental, preservação de mananciais, apoios a projetos de crescimento de segmento econômicos e isto tudo significa

geração de renda e emprego e então vamos atuar para ter essas coisas em Passos. CVRG - O que seria exemplo de uma ação imediata? Taquinho – Por o aeroporto José Figueiredo para funcionar. Ele é a porta de entrada para empresários que queiram se instalar na cidade. A comunicação – e aí se inclui o transporte – não pode demorar nos dias de hoje. Daí termos que preparar as condições para que o empresariado se desloque com rapidez entre Passos e os grandes centros. Aí o aeroporto precisa estar com balizamento noturno e autorizado a funcionar. Desde o primeiro dia vou correr atrás disso. CVRG – E para os empresários locais, qual a ação imediata? Taquinho – A primeira coisa a se fazer é ter em mãos um levantamento das potencialidades de nossas empresas. Conheço bem a situação, mas para agir é necessário um trabalho de organização dos setores. Os Arranjos Produtivos Locais são uma forma de dar organicidade a atividade econômica. O SEBRAE é um órgão que pode

ajudar muito nesse sentido, bem como as representações dos diversos segmentos, como o Sinrural, Sindvest, Sindicato do Comércio, ACIP, SENAR e as representações dos trabalhadores desses segmentos. Trabalhar num firme e constante diálogo com as forças vivas da economia local, porque acredito que o desenvolvimento econômico apareça da oferta de oportunidades que o poder publico possa provocar e isto só pode ser feito se tivermos capacidade de ouvir. É o que faremos prioritariamente, todos os dias de nossa gestão a frente da secretaria. CVRG – Dá para atender a Crediacip e a Secretaria? Taquinho – Claro que dá. A Crediacip vive um momento de transformação com a livre admissão. Vai se profissionalizar mais ainda, além disso o trabalho em equipe e a proposta de atingir metas é a marca de uma gestão moderna. Faço isso na Crediacip. Fiz isso na campanha eleitoral e vou fazer assim na secretaria. O que me motiva é a possibilidade de colocar Passos na rota de seu desenvolvimento, trazer a cidade para os dias atuais e prepará-la para o futuro. Vamos


De 15 a 21 de dezembro de 2012

Variedades Receita Ainda não sabe como preparar o peru de Natal? Separamos uma receita bem temperadinha

O Mágico Peru de Natal

Horóscopo ÁRIES

LIBRA

Este novo ciclo astrológico indica uma energia mais expansiva e libertária, também porque o planeta Urano que está se movimentando seu signo, retoma o movimento direto.

Você perceberá que a partir de agora se intensificarão as mudanças e surpresas nos relacionamentos librianos. É um momento muito interessante pra você ter uma outra mentalidade e atitude nas relações.

TOURO

ESCORPIÃO

É um momento que enfatiza os seus recursos e sentimentos compartilhados com as pessoas que lhe são importantes. Uma viagem ou conhecimento poderá provocar esse efeito de libertação. INGREDIENTES • • • • • • • •

250g de manteiga 5 folhas de sálvia 3 folhas de louro 1 cabeça de alho 4 cebolas roxas 1 talo de salsão 2 limões siciliano 1 pitada de noz moscada

• • • • • • • •

1 molho de alecrim 5-6 kg de peru inteiro 2 cenouras 1 laranja grande Azeite 2 colheres grandes de farinha de trigo 1,5 L de caldo de frango 8 tiras de bacon ou pancetta

MODO DE PREPARO Aqueça o forno até o máximo. Em uma tigela misture a manteiga em temperatura ambiente mas não muito mole com dois dentes de alho picadinho, meio ramo de alecrim, a raspa e o suco do limão e sálvia também picada e reserve. Com seus dedos, cuidadosamente, levante a pele do peito do peru sem rasgá-la. Por debaixo de pele levantada, espalhe a manteiga uniformemente pelo peito do peru. Em outra tigela, adicione o restante do alho, do alecrim, do suco de limão, da sálvia e azeite. Misture bem, tempere a gosto e espalhe por todo o peru. Em um tabuleiro fundo, coloque as cenouras, as cebolas, o salsão e o bacon com um pouco de azeite. Coloque o peru no tabuleiro junto com todos os outros ingredientes e cubra-o com papel alumínio. Reduza a temperatura do forno para 180C/gás4, e asse-o por 20 minutos por cada 500g de peso. Quando pronto, remova o peru do tabuleiro e deixe-o descansando. Transfira os legumes e todo o suco da carne para uma panela fina. Volte a carne para o tabuleiro e asse-o por mais 45 minutos para dourá-la. Na panela adicione a farinha, cozinhe-a por alguns minutos até ficar com uma cor dourada. Adicione o caldo de frango e deixe cozinhar até o molho engrossar. Usando um coador, separe o caldo dos legumes e tempere a gosto. Tradicionalmente o britânico serve com batatas assadas, repolho de Bruxelas, cenoura e batata baroa assada.

É o momento também uma atitude mais Mudanças no trabalho e cotidiana começam a se escorpiano.

de adotar expansiva. na rotina intensificar,

GÊMEOS

SAGITÁRIO

É o momento de permitir o espaço à individualidade alheia, de estabelecer relacionamentos mais expansivos, de ampliar horizontes mentais e culturais nas suas relações.

É um momento também muito interessante para você adotar uma atitude mais libertária e expansiva, no que diz respeito ao amor e à criatividade.

CÂNCER

CAPRICÓRNIO

Momento muito promissor no trabalho e carreira dos cancerianos, indica a importância de viagens, conhecimentos e propagação do saber e expansão dos horizontes profissionais.

É um momento interessante para buscar essa interiorização, para compreender o porquê dessas experiências e acontecimentos pelos quais você tem passado.

LEÃO

AQUÁRIO

É a fase lunar que caracteriza um período expansivo e de uma percepção mais abrangente das questões que envolvem o amor e os relacionamentos.

Ao longo desta semana o seu planeta regente Urano retomará o movimento direto e você perceberá uma aceleração de acontecimentos na direção de novidades e de mudanças.

VIRGEM

PEIXES

É um momento interessante para viagens e contatos que restabeleçam uma ligação com o passado, com a família e com a ancestralidade.

Compreenda que para se expandir profissionalmente você deverá apostar em estudos, conhecimentos e viagens. O que está em jogo agora é a ampliação de perspectivas e horizontes, pisciano.


De 15 a 21 de dezembro de 2012

Saúde

O que é Colesterol? O colesterol pode ser considerado um tipo de lipídio (gordura) produzido em nosso organismo. Ele está presente em alimentos de origem animal (carne, leite integral, ovos etc.). Em nosso organismo, desempenha funções essenciais, como produção de hormônio e vitamina D. No entanto, o excesso de colesterol no sangue é prejudicial e aumenta o risco de desenvolver doenças

cardiovasculares. Em nosso sangue, existem dois tipos de colesterol: • LDL colesterol: conhecido como “ruim”, ele pode se depositar nas artérias e provocar o seu entupimento. • HDL colesterol: conhecido como “bom”, retira o excesso de colesterol para fora das artérias, impedindo o seu depósito e diminuindo a formação da placa de gordura.

Fatores de risco Muitos fatores podem contribuir para o aumento do colesterol, como tendências genéticas ou hereditárias, obesidade e atividade física reduzida. No entanto, um dos fatores mais comuns é a dieta. A dieta rica em colesterol inclui grandes quantidades de alimentos de origem animal: óleos, leite não desnatado e ovos. As gorduras, sobretudo as saturadas, contribuem para o problema do colesterol elevado. A gordura saturada é um tipo de gordura que, quando ingerida, aumenta a quantidade de colesterol no organismo. Está presente, principalmente, em alimentos de origem animal. A carne vermelha,

mesmo quando aparentemente “magra”, possui moléculas de colesterol entre as suas fibras e deve ser evitada. As margarinas light ou diet devem ser as escolhidas em substituição à manteiga. As gorduras insaturadas estão presentes, principalmente, em alimentos de origem vegetal. Elas são essenciais ao organismo, mas o corpo humano não tem condição de produzi-las. É por isso que é necessário consumi-las na alimentação. A substituição de gorduras saturadas por insaturadas na dieta pode auxiliar a reduzir o colesterol no sangue. Quando quiser preparar um pão mais saboroso, prefira margarina light ou diet à manteiga.

Tipos Podemos dizer que existem vários tipos de colesterol circulando no sangue. O total da soma de todos eles chama-se “Colesterol Total”. Como visto, colesterol é uma espécie de “gordura do sangue” e, como gorduras não se misturam com líquidos, o colesterol é insolúvel no sangue. Por isso, ele precisa da “carona” de certas proteínas para cumprir as suas funções. A associação dá origem às chamadas lipoproteínas. Essas, sim, são aptas a viajar por todo o organismo via corrente sanguínea. As lipoproteínas - ou apenas colesterol

- assumem algumas formas, sendo divididas em “bom colesterol” (HDL - high density, ou alta densidade) e “mau colesterol” (LDL - low density ou baixa densidade). Pesquisas provaram que o bom colesterol (HDL) retira o colesterol das células e facilita a sua eliminação do organismo. Por isso, é benéfico. Já o mau colesterol (LDL) faz o inverso: ajuda o colesterol a entrar nas células, fazendo com que o excesso seja acumulado nas artérias sob a forma de placas de gordura. Justamente por isso, traz diversos malefícios.


De 15 a 21 de dezembro de 2012

Registro Social

Em prol do HRC

Organizadores, liderados por Leonardo, abrem a 4ª edição do leilão - HRC

Ao centro, Leonardo Medeiros

Dr. Vivaldo Soares

- O Sinrural realizou quinta-feira, 13/12, a 4ª edição do Leilão de Gado em prol do Hospital Regional do Câncer. Foram oferecidos ao público presente mais de 400 cabeças de gado e cerca de 60 brindes. O evento aconteceu no Espaço Tropeiro e rendeu, entre leilão e doação, mais de R$335 mil. Produtores de S.J.B. do Glória, liderados pelo prefeito José Heitor, também cooperaram com a realização do mesmo. - Ricardo Toledo, coordenador da Comissão pró HRC-Passos: ”É o quarto ano que é feito esse leilão, que é muito importante para o HRC e que há dois anos vem contando com a participação de produtores de S.J.B. do Glória” - José Carlos Avelar, gerente do Sinrural e idealizador do Leilão: “A ideia não é só minha, mas dos funcionários e toda a diretoria. A ajuda ao HRC é uma ação de ajuda ao próximo num momento difícil da vida de pessoas acometidas da doença”

Panorâmica do Espaço Tropeiro

José Carlos Avelar

- Leonardo Medeiros, presidente do Sinrural: “A realização do Leilão

em prol do HRC é um ato de solidariedade que os produtores tem para com quem está mais precisando. Para nós é uma satisfação poder realizá-lo em parceria com produtores do Glória” - Dr Vivaldo Soares Neto, provedor da Santa Casa: “A hora é de agradecer a todos que ajudam. E os produtores rurais nunca negaram sua ajuda ao HRC. Por isso nosso muito obrigado aos produtores de Passos e São João Batista do Glória pela realização do evento” - O provedor da Santa Casa informa que hoje o HRC atende mais de 10 mil pessoas em Passos e na região e já o planejamento de sua expansão. O Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, já se comprometeu em doar ao hospital mais uma casa mata, que deve entrar em funcionamento em 2014. Por outro, foi adquirida área adjacente ao hospital para sua expansão. Ela custou R$400 mil. Uma parte – R$251 mil – foi paga com o resultado de leilão realizado em Monte Santo de Minas, o restante será pago graças ao leilão realizado em Passos.

Em noite solene câmara homenageia cidadãos e o secretário da SEDRU, deputado Bilac Pinto

Secretário e Deputado Federal Bilac Pinto

Os homenageados da sessão solene da noite de quinta-feira

Na noite de quinta-feira, 13/12, a Câmara Municipal realizou sessão solene para homenagear diversos cidadãos. Alguns receberam o título de cidadão honorário, outros a medalha de honra ao mérito Legislativo são eles: Secretário de Estado do Desenvolvimento Regional e Urbano, dep. Federal Bilac Pinto; desembargador do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, José Osvaldo Correa Furtado Mendonça, coronel PM José Carlos Lemos, subtenente do Exército Marcos Rogério Moreira Carneiro (TG) e Jésus de Coracy Ferreira. Foram condecorados com o Mérito Legislativo: José Carlos Kallas, Carlos Roberto Zaparoli, Alex de Souza Reis e Flávio Murilo Tartuce Silva. Na ocasião o secretário e deputado Bilac Pinto falou à reportagem do Correio do Vale do Rio Grande. Responsabilidade com a cidade: “Esse momento é de agradecimento em especial do Dr José Roberto

que, quando vereador propôs essa homenagem. Por outro lado minha responsabilidade para com a cidade é enorme, ainda mais que agora tenho que compartilha-la com o Renato Andrade, hoje meu subsecretário de Políticas Urbanas, e que em janeiro assume como deputado federal. Vou somar com ele para que Passos receba, não apenas o apoio do governo estadual, mas também do governo federal”. FESP, mudança do estatuto e estadualização: “(Sobre as mudanças do Estatuto) É preciso um debate com muita responsabilidade, com a participação da sociedade e discutir qual a real necessidade dessa mudança no estatuto. (Sobre a exclusão do governador). No momento em que se prepara a estadualização, é estranho a exclusão do governo, que sempre apoiou, de uma forma ou outra a Fundação, desde quando ela tinha três cursos e agora com mais de vinte.”


De 15 a 21 de dezembro de 2012

Bairro

Recanto da Harmonia, da fazenda ao bairro A Fazenda do seu Julinho, que criava gado leiteiro e plantava eucaliptos, vendidos para alimentar as fornalhas da usina, deu origem ao bairro Recanto da Harmonia, na região do Santa Luzia. A decisão de lotear foi da mulher de um dos quatro filhos dele. Aí ficou distante o tempo em que no lugar havia apenas uma moradia, a casa da Dona Maria do Pasto, que ficava mesmo no meio do pasto. A Capela começou a ser construída em terreno doado por dona Belinha em 1982 A iniciativa é de Francisco Chagas Mestre, falecido em 1983. Seus pais Expedito Mestre e Dona Ana Mestre continuam a obra, para pagar a promessa do filho. Por iniciativa de Expedito Mestre e do Padre Abiude de Almeida surge a 1ª Companhia de Reis de Folia de Reis em Passos, que recebe doações para a construção da capela. Com o aumento de casas e população viuse a necessidade da construção também de uma escola. Em 1985 foi criada a escola Santa Luzia funcionando no antigo T. Maia. O deputado Neif Jabur se empenhou para a sua criação e sua transferência para o Bairro Santa Luzia. Conseguiu junto a Dona Belinha e à Prefeitura Municipal um

terreno que se destinava à área verde do bairro. Ali surgiria, na Tv. Rio Tietê, a escola estadual Nazle Jabur (nome da mãe do deputado), inaugurada em julho de 1989. Pelo Recanto da Harmonia também passaram os índios Caiapós, ao longo do Ribeirão Bocaína, além de escravos vindos de quilombos na região, na década de 80 os operários, retirantes, estes contribuíram com a diversidade da população que formou nosso bairro. Como principais referências culturais e folclóricas no bairro, tem-se: a Companhia de Reis, Moçambique e Congo, a Escola Estadual Nazle Jabur, grupos ligados à Igreja Católica como o Grupo de Jovens, Pastorais e Grupos de Teatro. Tem-se também a primeira escola de samba do bairro: Grêmio Recreativo Caprichosos do Rio Grande, além da Cultura Afro-Brasileira e irmandades independentes que fazem nossa riqueza cultural. O Recanto da Harmonia, ligado ao Santa Luzia, é hoje quase uma cidade, com supermercados, bares, lanchonetes, quadra poliesportiva e um Distrito Industrial.

Unidade de Pronto Atendimento

Comercio intenso na rua Goiás

Capela de Santos Reis

Supermercado Oliveira

Escola Estadual Nazle Jabur

Rolou na Semana Assassinatos Três mortes num fim de semana. Acerto de contas entre traficantes? Desespero de marginal? Independente do que for, na comunidade impera a sensação de insegurança. Investimento ou gasto? Causou estranheza a coin-

cidência o volume de publicidade da FESP que saiu no diário local. Curioso, uma das pessoas que ficaram encafifadas com tal coisa teve a paciência de levantar os dados. A comparação feita entre outubro/ novembro de 2011 com o mesmo período de 2012. Valor gasto em publicidade no

ano passado – R$3.888,00. Valor gasto no mesmo período em 2012 (outubro/novembro) R$19.446,00. Algo em torno de 500% a mais.

estatuto, como agora. Será mera coincidência a estratégia de se investir –ou gastar? –mais nesse momento tão importante para a FESP?

Diferença entre períodos Uma diferença entre um período e outro. Naquela época não se discutia mudanças no

TIP O prefeito eleito e diplomado, Ataíde Vilela, vai começar o ano com um dilema: restituir

ou não a Taxa de Iluminação Publica (TIP)? Acontece que as prefeituras terão que arcar, além de pagar a conta de luz, com toda a reposição de luminárias, braços de suporte para lâmpadas e fiação. A própria Cemig diz, sem a TIP não dá. Ou será que dá?


De 15 a 21 de dezembro de 2012

Esporte Abdala Junior, especial para o Correio do Vale do Rio Grande

Equipes vão decidir o título do Futsal da Acip 2012

Foto de um jogo no Virgilio Vasconcelos

Copa Taé de Futebol Society terá dezessete equipes A realização da Copa Taé de Futebol Society que será promovida pela CCE Marketing e Eventos terá o seus primeiros jogos a partir da próxima segunda-feira, 17. A competição terá a participação de dezessete equipes que estarão distribuídas em quatro chaves. O sorteio dos grupos foi realizado na última segunda-feira, 10, no próprio local das partidas. Confira as chaves: CHAVE A Casa Velha Multimarcas – Unidos Do Casarão – Portuguesa/Amigos Do Adilar – Vitória E.C. CHAVE B

Amigos – Bar Do Ceará – Caram E.C. – Jader E Carlinhos Automóveis/ Hobby Veículos/Veloso Despachante – Jr. Auto Peças. CHAVE C Casmil – Embalagens Mineirinha – Fortaleza De Minas – Olímpia CHAVE D Juventus – Barcelona – Seara – Panamericano Pela chave C, o Olímpia abre a competição jogando contra a Embalagens Mineirinha às 20 horas. Logo em seguida, às 21 horas, pela chave A, o Unidos do Casarão enfrentará o time do Vitória. PROGRAMA ESPORTIVO

TEMPO E PLACAR “O SEU BOLETIM ESPORTIVO DE TODAS AS TARDES” DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA AS 18h00 NA RÁDIO PASSOS AM - 1.230 E PELO SITE: WWW.RADIOPASSOS.COM.BR APRESENTAÇÃO DE ABDALA JUNIOR E JOÃO AOUN.

A partida final da 38ª edição do Campeonato de Futsal as Associação Comercial e Industrial de Passos (Acip), organizada pela MC Organizações Esportivas, será entre o Clube Passense de Natação (CPN) e Sênior Uniformes/ Locapassos/Supermercado São Marcos. As semifinais foram disputadas na última terça-feira, 11 de dezembro, no ginásio Barú de Pádua. O Sênior Uniformes/Locapassos/ Supermercado São Marcos conquistou a vaga para a disputa do título ao vencer a WS Motos por 5 a 3. A

equipe do CPN vai à final depois de derrotar o Bazar Rio Negro/Passos Retífica pelo placar de 4 a 2. A grande decisão estava marcada para a próxima terça-feira (18), às 20h30, no ginásio poliesportivo Municipal Baru de Pádua, porém devido a uma impossibilidade de uma das equipes a data foi alterada para dia 20 de dezembro, quinta-feira, no mesmo horário e local anteriormente programado. Informações da Assessoria de Comunicação da MC Organizações Esportivas.

Vila Nova e Santa Cruz decidem título Depois do empate na primeira partida realizada no último domingo, 9, no Estádio Municipal Starling Soares, em 1 a 1, a Copa Passos de Futebol, promovida pela Liga Passense de Desportos (LPD), será decidia no próximo domingo, 16, com a segunda partida entre Vila Nova e Santa Cruz. Com o resultado do primeiro jogo, nenhuma das equipes leva vantagem

para o confronto, proporcionando assim a equipe vencedora levantar o troféu da competição em 2012. Se a partida permanecer empatada no tempo normal, a disputa será nos pênaltis. O troféu da Copa Passos é transitório, e atualmente se encontra de posse do Primavera, último campeão no ano de 2010. Ano passado o torneio não foi realizado.

6ª Ediçao Correio do Vale do Rio Grande  

6ª Ediçao do Jornal Correio do Vale do Rio Grande

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you