Issuu on Google+

OS CINCO na ESTACADA


Um agradecimento especial aos meus amigos do Grupo de fotografia da Fotodigital, Alexandre Silva, João Norberto e Joana Nobre Leitão e ao meu mestre, o fotógrafo José Antunes com quem aprendi tudo o que sei sobre fotografia. Sem a vossa colaboração e incentivo este e-book não teria sido feito. Título: Os Cinco na Estacada Local: Lagoa da Estacada - Complexo Lagoa de Albufeira Data: 16 de Fevereiro de 2013 Fotografia, edição, layout, paginação, textos: Maria Emília Pires Algumas fotos do grupo: José Antunes e João Norberto e-book feito com Adobe Lightroom 4 e Adobe Photoshop CS5 Copyright ©2013 Maria Emília Pires


Os cinco heróis desta história são o Alexandre, a Joana, o João, o José e a Emília. Juntos, já tinham ido fotografar aves e não só, no EVOA – Espaço de Visitação e Observação de Aves, no Estuário do Tejo. Gostaram tanto que resolveram repetir a aventura, desta feita, na Lagoa da Estacada que faz parte das lagoas adjacentes à Lagoa de Albufeira. Vamos ver como se irão sair. Os cinco aproveitaram um sábado em que o tempo prometia estar bom e no jipe do Alexandre, rompia a alvorada, quando se meteram ao caminho. Na verdade a aventura já tinha começado no dia anterior com uma corrida ao Decatlon para comprar galochas, pois tiveram conhecimento de que haveria um RIO para passar. Ainda era cedo quando chegaram perto da Lagoa. A luz do início da manhã prometia um fantástico dia de fotografias.


E o RIO lá estava, mesmo á entrada, sujo, barrento, não se via o fundo daquele que era um passadiço alagado.

Tenham cuidado. Assentem bem um pé antes de tentar levantar o outro. Olhem que escorrega. Ouvia-se!

E om

eter água, m

Alturas houve em que deu para pensar que as boas das galochas iriam meter água, mas a água não passou de meia altura das galochas.


O projecto traçado pelo cabecilha José era dar uma volta para conhecer a Lagoa e acampar nos abrigos para fotografar aves. Estavam mesmo empenhados. Passados os terrenos alagadiços e a ponte chegaram ao primeiro abrigo. O João ficou de vigia. Os outros lançaram-se na prodigiosa descoberta das cores e da luz. Cada um tem uma preferência especial por um dado tipo de fotografia. Por isso se completam sem encalharem uns nos outros.  Foto de José Antunes


Urze vermelha


Linaria ficalhoana


Cumprida a missão no primeiro abrigo, ei-los novamente a caminho. O barco lá estava no local previsto, escondido nos caniçais, pronto para a travessia. O emaranhado das árvores e caniços era tão denso que acabaram por se perder. Por toda a parte espreitava o perigo de se enterrarem no lodo, mas estavam seguros e confiantes porque tinham as galochas.


Foto de José Antunes

Fotos de João Norberto


Ulex europaeus


Foto de JosĂŠ Antunes Havia que atravessar a Lagoa na demanda de um outro abrigo, tal como estava assinalado no mapa.

Curvas e contracurvas de passadiço entre os canaviais foi o que encontraram pela frente. Era preciso avançar sem receio pensando nas aves que os esperavam para serem fotografadas. Quando se sentiram de novo em terreno firme respiraram fundo, comeram uma bucha e prepararam o material.


Eis senão quando, cortando um silêncio sepulcral, o Alexandre disparou uma rajada “papapapapapapa”.”Matou um pato” atirou o João. Barrigada de riso. Lá se foram as aves, assustadas!


A calma, o silêncio e saber esperar são muito importantes neste tipo de fotografia.  É preciso deixar que as aves  se habituem à nossa presença.

F

Fotos de José Antunes


Rouxinal dos caniços - Acrocephalus scirpaceus

Alvéloa amarela - Motacilla flava


Galeir達o - Fulica atra


Galeir達o - Fulica atra




Na verdade, n達o havia muitas aves por perto  naquele dia, mas ainda se fizeram algumas fotos interessantes.


Ranunculus ficaria

Phagnalon saxatile Alecrim das paredes

Galactiles tomentosa  Cardo


O dia estava a querer ir-se embora. Era tempo de voltar e de

Arum italicum


repente, mesmo ali a dizer-lhes adeus...

Foto de Jo達o Norberto


Foto de José Antunes Já na zona de acolhimento da Lagoa da Estacada agradeceram ás galochas o conforto que lhes tinham proporcionado aos pés durante todo o dia, tiraram a foto de grupo de despedida e regressaram a casa com as camâras cheias de boas fotografias, prometendo que muito em breve voltariam a encontrar-se para novas aventuras.



Os Cinco na Estacada