Issuu on Google+


Eu conheço muitos bichos Para em versos lhe mostrar Com três lindos animais Agualusa foi rimar C Marinho, camelo, pirilampo Todos vão participar Com poesias e belas rimas A você vou responder Estranhões e Bizarrocos Agualusa, nos fez ver Com pirilampos e camelos Pôs gente pequena a crescer


Eu conheço muitos bichos Para em versos lhe mostrar De Camelos e pirilampos Agualusa nos vai falar Que contos tão bonitos Fizeram maravilhar! Com poesias e belas rimas A você vou responder Coitado do Mário O que teve de sofrer Ficou com muita pena Pela Maria morrer


Eu conheço muitos bichos Para em versos lhe mostrar O cavalo marinho Que não pára de nadar É um bonito bicho Que se desloca no mar Com poesias e belas rimas A você vou responder Pirilampo a alumiar Camelo sempre aler E o cavalo marinho Que filhos fez nascer


Eu conheço muitos bichos Para em versos lhe mostrar É giro o cavalo marinho Seu habitat é o mar Pode ser de várias cores Come algas sem parar Com poesias e belas rimas A você vou responder Dois cavalos marinhos Começaram a viver Uma história de amor Que não dá p’ra esquecer


Eu conheço muitos bichos Para em versos lhe mostrar O Cavalo marinho Teve muitos cavalinhos E logo voltou a sonhar Com a alegria de amar Com poesias e belas rimas A você vou responder Uns camelos carregados De livros p’ra conhecer Tanto andaram e ouviram Que começaram a ler


Eu conheço muitos bichos Para em versos lhe mostrar Uma rima vou compor Que vos vai encantar. É o cavalo marinho Que nada sempre no mar Com poesias e belas rimas A você vou responder Camelos a valer São os que sabem ler Coitados, quase morriam Livros tiveram de comer


Eu conheço muitos bichos Para em versos lhe mostrar Um deles é o camelo Esperto até fartar No deserto comeu livros Que andava a carregar Com poesias e belas rimas A você vou responder Com uma história feliz Muito boa p’ra aprender Uns camelos muito espertos Que aprenderam a ler


Eu conheço muitos bichos Para em versos lhe mostrar Começo pelos Camelos Vivem num areal d’ encantar São sábios, inteligentes Vão dar muito que falar Com poesias e belas rimas A você vou responder O pirilampo é lindo E a noite faz adormecer Ao levantar suas asas A noite vai desaparecer


Eu conheço muitos bichos Para em versos lhe mostrar Pirilampo brilha muito É luz sempre a passar Este pequeno animal Brilha , brilha sem parar Com poesias e belas rimas A você vou responder Começo pelos camelos Livros tiveram de comer O cavalo marinho Nada, nada sem correr


Eu conheço muitos bichos Para em versos lhe mostrar Camelo, eu escolhi Para agora bem rimar Ele é muito, muito sábio E até sabe falar Com poesias e belas rimas A você vou responder Começo pelo pirilampo Que adora comer Os camelos são sábios E até sabem ler


Eu conheço muitos bichos Para em versos lhe mostrar Agualusa, gosta de escrever E camelos, livros carregar Um dia de tempestade O caminho os fez errar Com poesias e belas rimas A você vou responder Aqui vai o pirilampo Que gosta muito de correr Cavalo marinho Ê lindo Gosta muito de ver nascer


Este livrinho foi escrito, concebido e ilustrado pelos alunos da turma A do 5º ano da Escola E.B. 2, 3 Dr. Carlos Pinto Ferreira e é uma das componentes do projeto Voos em LP 2. A inspiração veio do escritor e amigo Fábio Sombra e também das leituras feitas nas aulas de Língua Portuguesa, Formação Cívica e Área de Projeto, lecionadas pelas professoras Emília Miranda, Lúcia Martins e Clara Mendes.


Estranhoes e Bizarrocos