Page 1

Interação FACESP pág. 4 visite: www.embu.com.br

visita

outubro 2010

pág. 3

ACISE

1

Interação Desde maio de 1967

Informativo da ACISE - Ano XI - nº 114 - outubro 2010

RA4, ACISE e Prefeito Chico Brito

eleições 2010

Rotary Club faz visita oficial a Embu

pág. 5 e 7

Dilma e Serra vão para o 2º turno e Geraldo Cruz, Analice e Alckmin são eleitos José Serra (PSDB)

Dilma Roussef (PT) Governador eleito Geraldo Alckmin (PSDB)

Deputados eleitos Analice Fernandes (PSDB) e Geraldo Cruz (PT)


Interação visite: www.embu.com.br

outubro 2010

2

cursos

bancários

Mais Informações e Inscrições: Al. Fernando Batista Medina, nº 69 Centro de Embu (ao lado do Estádio Municipal), telefone: 4781-1044 – e-mail: acise@embu.com.br

por Márcio Amêndola – www.fatoexporesso.com.br

Greve dos bancários prejudica empresas

• AUXILIAR DE DEPARTAMENTO PESSOAL (160 horas) - 2ª, 4ª e 6ª, das 18h30 às 21h30 - Pré-Requisito: Ensino Médio Completo • ELETRICISTA INSTALADOR (160 horas) - Período previsto – (aproximadamente 3 meses)

Banco do Brasil é um dos que tiveram grande adesão à greve

A greve por tempo indeterminado dos bancários já passa dos dez dias. Segundo informações do Sindicato dos Bancários, a paralisação atinge mais de 30 mil trabalhadores do setor, e ainda não há possibilidades do fim da paralisação, já que a Febraban (Federação Nacional dos Bancos) não estaria disposta a negociar com os grevistas. Calcula-se que em São Paulo, Osasco e Região (incluindo Embu e Taboão da Serra), mais de 700 agências bancárias e 13 Centros Administrativos estão fechados ao público. Em todo o País, mais de 7 mil agências aderiram à greve, que tem caráter nacional. Reivindicações A categoria, com data base em setembro, reivindicou aumento salarial de 11% (onze ACISE

Interação (11) 4781-1044 site: www.embu.com.br

e-mail: acise@embu.com.br

por cento), mais contratações, devido ao excesso de trabalho imposto aos bancários em atividade, imediata aplicação do PLR – (Programa de Participação nos Lucros e Resultados), vales refeição e alimentação, auxílio creche e aumento do piso salarial. A pauta prevê ainda pedidos de auxílio educação e melhores condições de saúde dos trabalhadores, vítimas de diversas doenças próprias da atividade, como depressão, stress e LER – Lesões de Esforço Repetitivo. Prejuízo às Empresas A greve dos bancários, por mais justa que seja, tem prejudicado o funcionamento das empresas na região, segundo informa o vice-presidente de comércio da ACISE, Kiei Takayasu. Segundo ele, a maior

reclamação dos comerciantes e empresários é a impossibilidade de pagamento de títulos em atraso, de depósito de cheques em grande quantidade (difíceis de serem postados por meio de caixas eletrônicos), lotéricas lotadas, agravadas pelo acúmulo da Mega-Sena (até a última quarta-feira). Os mais prejudicados com a greve foram os clientes dos bancos públicos, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, que pararam quase totalmente. As empresas, além dos problemas de fluxo de caixa, também enfrentam dificuldades e honrar tributos nas datas de vencimento, realizar pagamentos de salários em espécie, além da liberação do FGTS dos trabalhadores, entre outros inconvenientes.

Jornalista Responsável: Márcio Amêndola de Oliveira (MTB 42.753/SP) marcioamendola@ig.com.br

Tiragem: 6 mil exemplares. Distribuição Gratuita

Colaboração: Marcelo Sousa (MTB 31.840) Nas Mídias: marcelo@nasmidias.com.br Diagramação: Luana Lacerda (MTB 54.901) Guatá Estúdio: contato@guataestudio.com.br O jornal Interação é uma publicação mensal da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Embu - ACISE - Al. Fernando Batista Medina, nº 69 - Centro - Embu das Artes.

Oportunidade: Faça cursos de capacitação e atualização na Acise, e conquiste um futuro melhor! A Acise disponibiliza cursos certificados pelo SENAI. Estão abertas inscrições para os cursos de Auxiliar de Departamento pessoal, e Auxiliar de Logística. Veja a seguir informações detalhadas:

Presidente: Terezinha J. C. Almeida. Vice Pres. do Comércio: Kiei Takayasu. Vice Pres. da Indústria: Sr. Hillmann Albrecht. Vice Pres. do Serviço: Horst Leo Alfes. 1º Secretário: Paulo Roberto Affonso. 2º Secretário: Paulo Ayres. 1º Tesoureiro: Luiz Antônio Fregona. 2º Segundo Tesoureiro: José Paulino da Rocha Ribeiro. Diretor Social: Daniela Santos de Almeida.

Interação Você gostou do jornal Interação? Aproveite para anunciar! Na crise a imagem da sua empresa tem que ser consolidada! Ligue pra nós: 4781-1044

- 2ª a 6ª, das 18h15 às 22h15 • AUXILIAR DE LOGÍSTICA (120 horas) -- Horário: 2ª a 6ª das 18:15 às 22:15h. - Pré-Requisito: Ensino Médio Completo ou cursando. Idade mínima de 16 anos • NR-10 – SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS COM ELETRICIDADE (40 h) - 2ª a 6ª, das 18h00 às 21h20 - Pré-Requisito: 18 anos completos, ter concluído o nível fundamental e ter concluído Curso na área de Eletricidade OBS: Para qualquer curso, trazer 02 cópias do RG e CPF para a efetivação da matrícula. Informe-se na Acise sobre estes e outros cursos, datas e período de realização.

novo associado

Vitorino Vieira de Souza Imobiliária


Interação visite: www.embu.com.br

outubro 2010

3

visita por Alexandre Oliveira

Governador do Rotary faz visita oficial a Embu

Em uma noite agradável acalentada pela chuva, o Governador do Rotary (distrito 4610), Altamiro Ribeiro Dias, esteve presente em um jantar solene no restaurante Gramado Grill, na sexta-feira, 24, proporcionado por vários associados da entidade juntamente com o presidente do Rotary Club de Embu, Benedicto Ismael C. Dutra. Dias foi recebido com uma cerimônia discreta e se mostrou contente com os avanços da instituição no município. “Um bom Rotariano sempre está preocupado com o desenvolvimento da região. É gratificante ver as pessoas empenhadas nesse objetivo”, disse Altamiro que no jantar foi acompanhado de sua esposa Vânia Dias. Sua visita reforça o novo panorama que o Rotary Club de Embu vem desempenhando neste último ano. Após terem adquirido em comodato sua sede localizada próximo ao Bosque do Embu, o Rotary Club da cidade pretende traçar metas

para num futuro próximo proporcionar cursos de capacitação para jovens do município. Em seu pronunciamento Ismael Dutra, presidente do Rotary Club de Embu pela gestão 2010-2011, apontou os avanços da marca na região e futuros projetos que o Rotary poderá desempenhar. “Nós queremos levar algo de útil para o preparo dos jovens”, completou Dutra. O jantar foi marcado com a entrega de uma flâmula com o símbolo que representa a marca Rotary no mundo, assinada pelos sócios da entidade na região e um quadro adquirido pelo representante da ACISE (Associação Comercial, Industrial e Serviços de Embu), membro do Rotary no município, Kiei Takayasu. A obra de arte que serviu como presente ao Governador foi confeccionada pelo artista de Embu Gerson Cardoso. Pés no chão Com sua nova sede, adquirida em comodato junto à prefeitura de Embu pelos próximos 30 anos, o Rotary Club começa a desempenhar um grande avanço na região, buscando integrar seus membros a novos projetos. Benedicto Ismael C. Dutra, atual presidente do clube no município, sabe de sua responsabilidade e acredita que em breve a entida-

de deverá alcançar novos patamares, configurando assim uma importante instituição na região, a exemplo de sua marca em cerca de 210 países pelo mundo. No jantar de cerimônia destinado a receber o Governador do Rotary (Distrito 4610) Altamiro Dias, Dutra falou sobre as dificuldades que o Rotary vem enfrentando na região, sendo o baixo número de associados um dos maiores desafios. “Encontramos muitas dificuldades, mas já estamos progredindo”, disse Dutra. Com os pés no chão, o atual presidente do Rotary Club de Embu indicou que em breve muitos avanços ocorrerão com a posse da nova sede. Para o governador Dias, ele foi recebido como convidado ilustre em sua primeira visita à região, as possibilidades atuais do Rotary Club de Embu são ótimas. “Se o Clube conseguir o que pretende será um grande favor à comunidade”, finalizou Altamiro, membro do Rotary desde 1986. Como homenagem, o presidente do Rotary Club Embu, Benedicto Ismael C. Dutra, recebeu uma escultura com o símbolo do Rotary das mãos do presidente do Rotary Club de São Paulo (RCSP), Jorge Roberto Corrêa Zantut.

Homenagens em Outubro No dia 26 de outubro, ás 20h, o restaurante Gramado Grill receberá os rotarianos para um jantar de homenagem aos destaques de 2010, quando serão agraciadas as seguintes instituições e empresas: Mary Hill Cosméticos (de Hillmann Albrecht); Belas Artes Loja de Conveniências Ltda (do empresário Adalberto Araújo Camelo), e o Car-

tório de Registro Civil de Embu (Tabelião Odilon dos Santos), entre outros. Participe!


Interação visite: www.embu.com.br

outubro 2010

4

FACESP

aniversariantes do mês de outubro

por Márcio Amêndola

Vice-Presidente da FACESP RA4 reúne-se com ACISE e Prefeito Chico Brito Na última terça-feira, 28 de setembro, representantes da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo reuniram-se com diretores da Acise e o prefeito de Embu, Chico Brito, no restaurante Gramado Grill, entre 10h30 e 13h30. Participaram do evento, além do prefeito, o Vice-Presidente da Facesp RA4, Paulo Contim, Mauro Monteiro dos Santos, Gerente Comercial e de Marketing da ACIB (Barueri), Amilton Leite Scarpa, Vice-Presidente, e Luís Profeta, Diretor, ambos da ACISESP (Santana de Parnaíba), José Batista de Souza (das Lotéricas ‘A casa da Sorte’) e a Sra. Lourdes, ambos da ACE (Taboão da Serra), e a Sra. Terezinha J. C. Almeida, Presidente, Kiei Takayasu, Vice-Presidente de Comércio, e Hillmann Albrecht, Vice-Presidente de Indústria, todos da ACISE. Durante a reunião de trabalho foi discutido o Fundo pago pelas Associações Comerciais da Região Oeste, que congrega 15 municípios, e a destinação dos recursos arrecadados para reforçar a consolidação das entidades, principalmente nos municípios menores, através da capacitação e treinamento de diretores e funcionários das mesmas. Outro desafio para as associações comerciais é a queda da arrecadação decorrente dos convênios SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), diante do uso cada vez mais reduzido dos cheques como forma de pagamentos, substituídos pelo chamado ‘dinheiro de plástico’ (cartões de débito e crédito). O desafio é como buscar novas fontes de receita, particularmente para as entidades empre-

Contim, o prefeito Chico Brito e a presidente da Acise, Terezinha Almeida, discutem Câmara Técnica de Desenvolvimento

sariais de menor porte. Durante o almoço, a partir das 12h30, o prefeito Chico Brito travou um produtivo diálogo com o dirigente da Facesp, Paulo Contim e a presidente da Acise, Terezinha Almeida. O prefeito informou ao líder empresarial que é Vice-Presidente do CONISUD (Consórcio de Municípios da Região Sudoeste) e defende a partir de 2011 a criação de Câmaras Técnicas de Desenvolvimento, para as quais convidará as Associações Comerciais da região para fazerem parte deste esforço de alavancar ainda mais o desenvolvimento regional. Contim, o prefeito Chico Brito e a presidente da Acise, Terezinha Almeida discutem Câmara Técnica de desenvolvimento Contim considerou a ideia excelente, e lembrou de temas polêmicos que envolvem a cooperação regional, como a destinação do lixo urbano, seja comercial, industrial ou doméstico. Para ele, sem o diálogo entre prefeitos, governo estadual e empresários não há saída possível. O prefeito Chico Brito concordou e destacou que as Associações Comerciais cumprem um papel fundamental para as empresas e os cidadãos, na promoção do crédito, da qualificação profissional, citando os diversos cursos promovidos pela

Acise, enfim, no fomento ao desenvolvimento regional. Quanto aos problemas de infraestrutura, como a destinação final dos resíduos sólidos (lixo) e o sistema viário, por exemplo, o prefeito considera impossível resolver estes problemas complexos sem a participação coletiva das Prefeituras, Câmaras Municipais, Entidades Empresariais e outros agentes sociais. Contim citou o Congresso das Associações Comerciais do Estado, que será realizado em outubro, para discutir estas e outras questões, e o Prefeito Chico Brito parabenizou a Facesp “por esta brilhante iniciativa”. Outro ponto levantado por ambos foi a necessidade de formação profissional para a qualificação da mão de obra regional. O prefeito Chico Brito citou o avanço de Embu e região nesta área, com a recente abertura da ETEC (Escola Técnica Estadual) e a implantação do Campus Avançado da Universidade Federal de São Paulo, na Escola Municipal Valdelice Prass. Paulo Contim encerrou dizendo que a prefeitura de Embu pode contar integralmente com o apoio da Facesp – Regional Osasco, que congrega as 15 cidades da Região Oeste, entre as quais Barueri, Osasco, Santana de Parnaíba, Taboão da Serra, Embu, entre outras.

1 Paulo Cesar Gaieski Posto 28 3 Edineide Carvalho Miotto Contécnica Contabilidade 4 Ana Paula F. de Oliveira Mec Seal Selos Mecânicos 4 Enilse M. B. Giovanella Transportadora Giovanella 5 Jose Sheite Kanegae Centro Autom. Kaney 6 Rosangela Aparecida Miranda Auto Peças Leauto 6 Milton O. Santos Pav Com. Piscina Ltda 7 Homero de Sousa Russo Solene Sabor Paes E Doces 9 Reinaldo Luiz Ferreira Sta. Tereza Com. Alimentos 11 Danilo A.Furlan Posto De Molas Embu 12 Eric Oshima Coopercav 12 Rosana A. C. Santos Rosana Imóveis 13 Rita de Cassia J. Taffarel Taffarel Informática Ltda 14 Horales Pereira de Rezende Rofisa Embalagens 14 Antonio Carlos Leal Artesão 15 Olmaro Manoel Bebiano Jornal Hora Exata 17 Haroldo Marchetti Jr. Método Contabilidade S/C Ltda 17 Carlos A. Carpi Contatec Contabilidade 17 Sueli Maria da Silva Santos Laticínios Rincão 20 Onofre Jose dos Santos Laticinios Rincao 21 José Paulino R. Ribeiro Sansuy 21 Nelson Setsuo Kanegae Centro Autom. Kaney 22 Andre Ferreira de Castro D’ Castro Calçados e Conf. Ltda ME. 26 Leonardo Mateus dos Reis J.F. Contabilidade 27 Walter Arthur Nogueira Engenheiro Civil 27 Mario Tadeu Gonçalves Meta Imobiliária 28 Fabio De Lucca Rofisa Ind. Com. Embalagagens 29 Jason Da Silva Siqueira Terenos Ii Mat. p/ Constr. Ltda Me 30 Nataniel Da Silva Carvalho Delfim Verde Imobiliaria


Interação visite: www.embu.com.br

outubro 2010

5

eleições 2010 Por Alexandre Oliveira e Márcio Amêndola – www.fatoexpresso.com.br

Segundo Turno decide o futuro do País: Agora é Dilma (PT) ou José Serra (PSDB) O processo eleitoral que envolveu cerca de 135 milhões de brasileiros no último domingo foi marcado de grandes surpresas. Campanhas consolidadas pela opinião pública como da presidenciável Dilma Roussef (PT), não se refletiram nas urnas e garantiram o 2° turno entre a petista e o candidato da oposição, José

Serra (PSDB). Dilma atingiu 47.649.549 (46,91%) e Serra, 33.130.965 (32,61%). Mas, o ‘fiel da balança’ acabou sendo mesmo a terceira colocada, a ex-petista Marina Silva (PV), com a surpreendente votação de 19.636.094 (19,33%), acima das previsões dos Institutos, surpreendidos pelos resultados inesperados.

Dilma Rousseff: susto após confirmação de um segundo turno

Agora, o debate poderá ser mais qualificado para o segundo turno, previsto para ocorrer no dia 31 de outubro, domingo. Neste intervalo de tempo a propaganda eleitoral obrigatória voltará à TV, com tempo igual para os dois candidatos remanescentes (10 minutos diários para Serra, e 10 para Dilma). No Embu, Dilma Rousseff obteve 48,82% dos votos, contra 29,61% de José Serra, e 20,45% de Marina Silva. Com resultados semelhantes ao desempenho nacional para Dilma e Marina, apenas José Serra ficou aquém da votação nacional, provavelmente pela forte presença do PT na cidade, que governa o município desde 2001. SENADO: A disputa pelo Senado deu um verdadeiro ‘tombo’ nos institutos de pesquisas, que apontavam como virtualmente eleitos Marta Suplicy (PT) em primeiro lugar, e seu companheiro de chapa, Netinho de Paula (PCdoB), em segundo, ambos na faixa dos 36%. Aloysio Nunes Ferreira (PSDB) vinha subindo nas pesquisas, com cerca de 20% das intenções de votos,

Interação Caro empresário, prestador de serviço ou comerciante, venha juntar-se a nós e participe da vida da nossa cidade e do nosso empresariado! Associe-se já!

José Serra: Esperança renovada após conseguir adiar o fim da eleição

mas como um ‘azarão’, acabou ultrapassando todos os demais candidatos, atingindo a surpreendente marca de 11.189.168 votos (30,42%). Marta, que venceu Netinho por uma margem estreita, ficou com a segunda vaga, ao atingir 8.314.027 votos (22,61%). A votação de Marta e Neti-

nho de Paula em Embu praticamente confirmou as pesquisas, dando a ela o primeiro lugar com 32,29% dos votos, seguida de Netinho, com 30,42%. O senador eleito, Aloysio Nunes Ferreira, acabou conquistanto somente 21,19% dos votos válidos em Embu, chegando em terceiro na cidade.


Interação visite: www.embu.com.br

outubro 2010

6

governador

por Alexandre Oliveira e Márcio Amêndola, com informações da Folha de S. Paulo, Veja e Agência Brasil – www.fatoexpresso.com.br)

Geraldo Alckmin volta ao governo paulista O novo governador do Estado de São Paulo é o médico , eleito já no primeiro turno. O PT de Aloizio Mercadante quase empurrou a eleição para o segundo turno, mas Alckmin acabou levando a melhor, vencendo a disputa com apenas 0,6% acima do mínimo para conquistar o governo no primeiro turno. Alckmin chegou a 11.519.314 votos (50,63%), enquanto Mercadante atingiu 8.016.866 votos (35,23%), encerrando a disputa de um eventual segundo turno tão sonhada pelo PT. No Embu Mercadante repetiu o desempenho de Dilma, vencendo a disputa local com 45,81% dos votos, seguido de Geraldo Alckmin, com 40,37%. O detalhe curioso é que, apesar de ter vencido no Embu, Mercadante teve menos votos na cidade do que o ex-prefeito Geraldo Cruz (PT), que alcançou a histórica marca de 53,17% dos votos válidos. Médico Anestesista Médico com graduação na Faculdade de Medicina da Universidade de Taubaté, interior paulista, Geraldo José Rodrigues Alckmin Filho especializou-se em Anestesiologia. Casado, três filhos, iniciou sua carreira política muito cedo, elegendo-se vereador em Pindamonhangaba com a maior votação do município, quando tinha apenas 19 anos, em 1972. Foi ainda presidente da Câmara e o mais jovem prefeito eleito da cidade. Na sequência elegeu-se ainda deputado estadual e federal, sempre pelo PMDB, defendendo os interesses dos interior paulista. Em 1988, por divergir de seu

Geraldo Alckmin chega pela terceira vez ao governo paulista

partido, participou da fundação do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) e em 1994, convidado por Mário Covas, tornou-se vice-governador do Estado, cumprindo o mandato entre 1995 e 1998. Em 2000 tentou eleger-se prefeito de São Paulo, sendo derrotado por Marta Suplicy (PT), mas em 2001 o governador Mário Covas, vítima de um câncer que o levaria à morte, deixou o governo de São Paulo aos cuidados de Alckmin que, interinamente, acabou cumprindo o mandato até o final, em 2002. Já na condição de Governador, tentou a reeleição, conquistando um novo mandato, que exerceu de 2003 a 2006. Geraldo Alckmin foi ainda candidato à Presidência da República em 2006, levando a eleição para o segundo tur-

no, mas sendo derrotado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No período posterior, Alckmin passou vários meses estudando economia em Washington (EUA), voltando a São Paulo e disputando a prefeitura da Capital em 2008. Mas, com o ‘racha’ de seu partido e parte do tucanato apoiando a reeleição do então prefeito Gilberto Kassab (DEM), Alckmin acabou perdendo de novo, deixando a prefeitura escapar pela segunda vez. Agora, com a ‘liberação’ do cargo ao governo por parte de seu antecessor, José Serra, que preferiu disputar a presidência, Geraldo Alckmin volta ao governo de São Paulo, cargo que exercerá pela terceira vez, agora sem a sombra do carismático Mário Covas, um dos ícones de seu partido.

trecho leste

.

por Márcio Amêndola, do www.fatoexpresso.com.br)

Rodoanel já tem interligação com a Ayrton Senna O Rodoanel Mário Covas já tem uma interligação com a Rodovia Ayrton Senna, mesmo sem a conclusão do Trecho Leste, previsto para ser concluído nos próximos anos. O governador Alberto Goldman acaba de determinar a abertura da ligação do Trecho Sul com a nova Avenida Jacu-Pêssego, na zona leste, mesmo sem iluminação adequada ou uma ‘inauguração oficial’, como queriam setores do governo paulista. O governador levou em conta a importância viária do trecho para tomar esta decisão. Agora, quem quiser ir à Dutra, ao Rio de Janeiro, ao norte paulista, ou mesmo ao aeroporto de Guarulhos, a partir de Embu, Cotia, Itapecerica ou Taboão da Serra, tem a opção de evitar a Marginal do Tietê, trafegando na direção contrária, pelo Trecho Sul do Rodoanel. Para o vice-presidente de comércio da Acise, a abertura é positiva, “mas existem problemas de segurança naquela região, e eu não recomendo que as pessoas usem esse caminho (da Av. Jacu-Pêssego) durante a noite, enquanto o governo não providenciar a iluminação e sinalização completa da via”, alerta. Outro problema é que, com o aumento de opções de uso do

Mapa do Rodoanel e o trecho da nova Avenida Jacu-Pêssego

Rodoanel, aliado à proibição do tráfego de caminhões na cidade de São Paulo, os acessos de Embu e Taboão da Serra, por exemplo, vão ficando cada vez mais perigosos para acidentes e congestionados. Um exemplo: na manhã de quinta-feira (07 de outubro), três veículos se envolveram num engavetamento com vítimas (feridos removidos pela concessionária Autopista Régis) na altura do Jd. Sadie, no Km 282 da BR-116, devido à lentidão no acesso ao Rodoanel. DESDE 1996: O prolongamento da Avenida Jacu-Pêssego até a rodovia Ayrton Senna vem sendo prometido desde 1996, ainda na administração do ex-prefeito Paulo Salim Maluf. Finalmente, com a inauguração do prolongamento, a prefeitura espera a retirada de milhares de veículos das marginais Tietê e Pinheiros.

O Trecho Sul do Rodoanel tem o objetivo de retirar veículos da Capital


Interação visite: www.embu.com.br

outubro 2010

7

eleitos por Alexandre Oliveira e Márcio Amêndola – www.fatoexpresso.com.br

Geraldo Cruz e Analice Fernandes são eleitos deputados estaduais da Região O candidato a deputado estadual da região, Geraldo Cruz (PT), foi eleito com 131.206 votos, apurados no domingo, dia 3 de outubro. Sua margem de votação garantiu a 18° colocação geral no quadro de candidatos ao cargo de deputado estadual no Estado de São Paulo, ficando em 5º lugar em seu partido. No Embu Geraldo obteve uma votação esmagadora, ficando com 53.17% de todos os votos válidos para deputado estadual, atingindo 69.295 votos, pouco mais da metade de toda a sua votação no Estado. Ou seja, a cada dois votos para deputado computados em Embu, um era do ex-prefeito. Pelo PSDB, a deputada estadual Analice Fernandes conquistou seu terceiro mandato consecutivo, atingindo 125.116 votos, sua melhor marca, sendo a 21ª melhor colocada em todo o Estado. Em Taboão da Serra, sua principal base eleitoral, Analice obteve quase 24% dos votos válidos da cidade para o cargo que disputou, com 31.388 votos, cerca de 25% do total. O que se nota é que os dois mandatos da deputada fizeram com que ela ‘espalhasse’ seus votos para dezenas de cidades paulistas, e o ‘reduto’ perdeu a importância capital que tinha para sua eleição, ao contrário de

Geraldo Cruz que, estreante na Assembleia Legislativa, teve em Embu sua principal força, praticamente de cada dois votos que obteve, um deles foi recebido em sua cidade. No Embu a deputada Analice também não decepcionou e atingiu 12.081 votos (9,27% dos válidos). O PSDB teve ainda o candidato a deputado estadual com a maior votação no Estado, Bruno Covas, que obteve 239.150 mil votos. DUPLA REPRESENTAÇÃO A eleição de dois deputados estaduais mostra a força da região Sudoeste em protagonizar processos eleitorais, mas para que estes mandatos frutifiquem em benefícios para o avanço regional, é preciso que os eleitos deixem de lado as questões partidárias e tenham verdadeiro empenho em dialogar com os setores empresariais, públicos e sociais da região que representam, para que sejam realmente úteis e necessários aos interesses de nosso desenvolvimento. Alguns exemplos: no próximo período a região industrial de Embu necessitará de melhor infraestrutura, já que as obras do Rodoanel causaram grande impacto, particularmente no sistema viário. Na educação, foram implantadas a Fatec (Escola Estadual

Analice (PSDB) e Geraldo Cruz (PT), a nova ‘bancada’ de deputados da região

de nível médio) e a Universidade Federal (Campus Avançado, em uma escola da Prefeitura), mas em ambos os casos, os cursos oferecidos estão longe de representar realmente qualificação em larga escala para o desenvolvimento regional. A falta de mão de obra especializada é justamente um dos pontos fracos e problema para as empresas na hora do recrutamento de pessoal. Estas e outras questões podem (e devem) freqüentar a pauta dos deputados eleitos. FEDERAIS Dra. Rosiane Farias (PSB), candidata apoiada pelo marido e

prefeito de Taboão da Serra, Dr. Evilásio Farias, não conseguiu uma vaga como deputada federal. Ela obteve apenas 45.862 votos no total do Estado, figurando na 108ª colocação no quadro geral. Ney Santos (PSC), de Embu conseguiu apenas 40.321 votos, terminando como suplente de seu partido, na 116ª colocação geral do Estado. Para o cargo de Deputado Federal o inusitado ficou por conta da ampla votação do candidato comediante Tiririca (PR). Na região, ele ficou sempre entre os mais votados, chegando ao 2º lugar em Embu, com 9.933 votos na cidade. Com o número

de 1.353.820, correspondendo a 6,35% do total de votos válidos das urnas no Estado, o candidato “palhaço” Tiririca ficou próximo da marca de Enéas Carneiro (ex-político, falecido por leucemia em 2007) com o recorde de votação (1,6 milhão de votos em 2002 para deputado federal). Segundo as regras para o preenchimento das bancadas na Câmara dos Deputados (estimativa de 150 mil votos para eleger um candidato em votação direta), Tiririca levou cerca de quatro pretendentes de sua coligação à composição de sua bancada, fato criticado por muitos analistas políticos.


Interação visite: www.embu.com.br

outubro 2010

8

almoço por Marcelo Sousa

Próximo almoço será no dia 22 de outubro na Churrascaria Saudade do Sul. Rua Belo Horizonte, 28 - Centro. Participe!

Almoço Acisense no Gramado Grill O almoço da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Embu do mês de setembro aconteceu na tradicional churrascaria da cidade Gramado Grill, espaço agradável com ótima seleção de carnes e completo buffet de acompanhamento. A participação sempre animada dos empresários, representantes do comércio, indústria e serviços tornam o almoço da ACISE uma ótima oportunidade para fazer novos contatos e realizar novos negócios. Durante o almoço, diversos empresários levam alguns brindes de suas empresas para que sejam sorteados entre os participantes.

Almoço foi animado com a participação dos associados

E a lista dos participantes: NICHIBRAS/ACISE - Sra. Terezinha Confira a Premiação EMBU OPTICA - Sr. Kiei Livros/Benedito Dutra: JORNAL HORA EXATA - Sr. Conversando com o Homem Olmaro Sábio - Sr. Rogério (Beker) BEKER - Sr. Rinaldo, Sra. MariO Segredo de Darwin - Sr. Mar- zeli, Sra. Joana, Sr. Renato, Sr. celo (Jornal Interação) Rogerio e Sra. Nathalia Conversando com o Homem ROFISA - Sr. Zacarias Sábio - Sra. Joana (Beker) BANCO DO BRASIL - Sr. MaceNola O Manuscrito que abalou o do e Sr. Gilberto mundo - Srta. Hanna (Mary Hill)  ROTARY - Sr. Leandro, Sra. De  bora, Sr. Benedito e Sra. Vilena Vinho/Nichibras: MIRANDA FELICIANO - Dr. Sr. Carlos Alberto (OAB) Jose  Carlos, Dr. João Manuel

Dr. Carlos Alberto, presidente da OAB, ganhou vinho oferecido pela Nichibras

e Sr. Jemerson MARY HILL PERFUMES - Sr. Hillmann e Srta. Hanna AFR PAVIMENTAÇÃO - Sra. Vera CENTRO AUTOMOTIVO EMBUARTE - Sr. Paulo Affonso HORTI FARTURA - Sr. Vanderlei e Sr. Bruno EDSON FARMA - Sr. Edson e Srta. Caroline VEDAT - Sr. Paulo JORNAL INTERAÇÃO - Sr. Marcelo OAB - Sr. Carlos Alberto SOCIEDADE ECOLÓGICA - Sr. Leandro Dolenc   A  ACISE aproveita para convidar a todos os associados para o jantar de confraternização. O evento será no dia 03/12/2010 às 19h no Hotel Almenat.  Este será o último evento da gestão atual e aproveitaremos a ocasião para apresentar a nova diretoria da gestão 2011/2012 Esperamos neste momento especial contar com a presença de todos.   Agendem  esta data e  reservem seus convites pelo telefone: (11) 4781 1044.

lei

por Márcio Amêndola Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Embu

Está proibido o uso de gorro ou capacete em estabelecimentos O prefeito Chico Brito sancionou a Lei que proíbe o uso de gorro, capacete ou qualquer cobertura que oculte a face, nos estabelecimentos comerciais, públicos ou abertos ao público de Embu. O projeto, de autoria vereador Luiz Carlos Calderoni (PMDB), pretende aumentar a segurança do público, que vem sofrendo com assaltos de bandidos que escondem a face para praticar seus crimes de vários tipos, inclusive o golpe conhecido como ‘saidinha de banco’, ou o temido ‘sequestrorelâmpago’. Apenas foi vetado o artigo 4º do projeto, que previa multa de 16 UFESP (Unidades Fiscais) para os responsáveis pelo estabelecimento que não afixar cartaz com a nova proibição. O prefeito Chico Brito, em sua justificativa,

disse que a aplicação de multa ou sanção é atribuição do Poder Executivo, através de decreto municipal. O veto foi acatado por unanimidade (inclusive pelo autor da Lei) dos vereadores, em sessão realizada na quarta-feira, 22 de setembro, e a lei já pode entrar em vigor. Pelo que prevê o artigo 3º da nova Lei Municipal, os responsáveis pelos estabelecimentos comerciais, públicos ou abertos ao público deverão afixar no prazo máximo de 90 dias, a contar da data de publicação da Lei, placa indicativa na entrada do estabelecimento, contendo com letras legíveis, a seguinte inscrição: “É PROIBIDO A ENTRADA DE PESSOA UTILIZANDO CAPACETE, GORRO OU QUALQUER TIPO DE COBERTURA QUE ENCUBRA A FACE”.

O uso do capacete dentro dos estabelecimentos está proibido

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO

RENDA EXTRA EM TEMPO LIVRE Tel.: (11) 9552-8099 – José Carlos   e-mail: jose.candrade443@gmail.com

Edição nº 114 - Outubro 2010  

Edição nº 114 - Outubro 2010

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you