Issuu on Google+

nº26

Abril2013

BOLETIM INFORMATIVO ...águas de Beja, a correr para si...

EM DESTAQUE “Beneficiação das redes de águas e águas pluviais de Salvada e Cabeça Gorda”

EMAS EMPRESA MUNICIPAL DE ÁGUA E SANEAMENTO DE BEJA,EEM

www.emas-beja.pt facebook.com/emasdebeja


Ficha Técnica

Contactos EMAS

9 | Herois da Água: iniciativas do mês de abril 11 | Remodelação da rede de água de Beja 13 | Resultados SGI 14 | Notícias do Setor

Use o seu smartphone para aceder ao boletim “Águas de Beja”.

2 | EMAS DE BEJA

...águas de Beja, a correr para si...


A Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja, E.M., no final do mês de março, abriu um procedimento com vista a aquisição de um novo edifício a instalar no seu parque operacional. Esta nova infraestrutura irá permitir reorganizar de uma forma mais eficiente as divisões operacionais de água e saneamento, relocalizar alguns colaboradores que passam do edifício sede para o parque operacional e também melhorar a qualidade dos postos de trabalho já existentes. EMAS de Beja

Atendendo a que este ano se comemora o Ano Internacional de Cooperação pela Água, declarado pelas Nações Unidas e com a água nas suas mais variadas vertentes como tema central da Ovibeja, a EMAS esteve presente na grande feira do sul com bastantes pontos de interesse. Para além dos temas centrais associados à atividade principal da empresa, mostra de grandes projetos e participação do Laboratório, foi dado um destaque muito especial à iniciativa, Heróis da Água. Tendo sido apresentado à precisamente um ano, na Ovibeja 2012, hoje este projeto encontra-se consolidado e tem sido um sucesso junto da comunidade escolar. Neste sentido, estará ao dispor dos mais novos, uma nova unidade móvel, 100% direcionada para as crianças, onde serão efetuadas várias sessões de sensibilização ambiental relacionadas com o uso eficiente da água. É também de salientar, a organização conjunta da EMAS de Beja com a APDA (Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas), da conferência subordinada ao tema “Gestão da Água em Meio Urbano no Quadro Regional, Caminhos para o Futuro?”


A Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja, EEM, acaba de lançar a concurso o projeto para a beneficiação das redes de águas e águas pluviais para as localidades de Salvada e Cabeça Gorda. O preço base da empreitada é da ordem dos € 700.000 e os trabalhos decorrerão em simultâneo nas duas localidades. As redes de águas de abastecimento existentes, mantém inalterado o seu esquema de funcionamento original, pelo que o presente projeto propõe, sem alterar a rede na íntegra, um novo esquema de funcionamento, com novas condutas elevatórias, setorização das redes em zonas de monitorização e controle (2 para a Salvada e 4 para a Cabeça Gorda) e substituição de parte dos ramais domiciliários de abastecimento de água. Também na área das redes de águas pluviais, o impacto ambiental será positivo com a separação das águas pluviais das águas residuais domésticas, para além de diminuir o escoamento superficial em benefício da melhoria das condições de vida em meio urbano. Complementarmente será realizada uma beneficiação dos pavimentos das áreas afetadas pela intervenção.

EMAS de Beja

4 | EMAS DE BEJA

...águas de Beja, a correr para si...


Cumprimento de valores paramétricos da qualidade da água Decreto-lei nº306/2007, de 27 de Agosto Dados disponíveis em 07-05-2013 Programa de Controlo de Qualidade da Água (EMAS Beja baixa 2013) Pontos de amostragem (Torneira do consumidor): 51 Nº de determinações: 557 Nº de determinações com valor paramétrico: 387 Cumprimento com os valores paramétricos da qualidade da água: 99,2% (A percentagem de cumprimento é referente aos resultados da implementação do PCQA EMAS baixa 2013, i.e., não são considerados os incumprimentos de valor paramétrico da EG em alta a parâmetros conservativos). Gabriela Palma | Coordenadora do GCQ

Plano de Controlo Operacional (abril 2013) Pontos de amostragem (8): Reservatórios

Ponto de amostragem (55): Rede de Distribuição

Nº de parâmetros : 9

Nº de parâmetros : 10

Nº de determinações: 323

Nº de determinações: 870

Nº de determinações com valor paramétrico: 153

Nº de determinações com valor paramétrico: 412

Cumprimento dos valores paramétricos da qualidade da água: 100%

Cumprimento dos valores paramétricos da qualidade da água: 99,3%


No sentido de manter os bebedouros públicos, a EMAS tem vindo a realizar algumas ações que visam beneficiar estes dispositivos de utilização pública de água. Aproveita-se para informar que no decorrer da sua manutenção, será necessário proceder à recolha de alguns dispositivos. Prometemos ser breves na sua recolocação. Largo do Carmo

antes da intervenção

Praça do Ultramar

depois da intervenção

antes da intervenção

depois da intervenção

João Pirata | Chefe da DOMA

No decorrer da semana aberta na freguesia de Albernoa, foram realizadas algumas acções no âmbito da rede de

Na sequência da substituição de pavimento na rua Joaquim Honório

distribuição de água, tais como detecção de fugas, substi-

Raposo na Salvada, aproveitou a EMAS a oportunidade de substituir a

tuição de ramais e reposição de pavimentos. Foi ainda

conduta e ramais de distribuição de água na área afetada pela obra,

realizada uma pequena extensão de conduta (foto) de

no sentido de dar continuidade à renovação da rede naquela fregue-

modo a individualizar alguns ramais nas traseiras da rua

sia.

da Vigia.

Extensão de Conduta na Rua da Vigia, Albernoa

João Pirata | Chefe da DOMA

6 | EMAS DE BEJA

Substituição de conduta e ramais de água na Rua Joaquim Honório Raposo, Salvada

João Pirata | Chefe da DOMA

...águas de Beja, a correr para si...


Foi realizada a reposição dos pavimentos na rua Marquês de Pombal na Cabeça Gorda, decorrente da obra de extensão de conduta naquela artéria. A reposição de calçada, lancil e betuminoso danificados pela obra executada dá agora por encerrados os trabalhos.

Rua Marquês de Pombal, antes da intervenção

Rua Marquês de Pombal (depois da intervenção)

João Pirata | Chefe da DOMA

A Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja (EMAS), E.M., e a Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas (APDA), promoveram uma conferência subordinada ao tema “Gestão da Água em Meio Urbano no Quadro Regional, Caminhos para o Futuro?”. Conferência realizou-se dia 26 de abril de 2013, com início às 9h30m, no Auditório da Expobeja. Esta conferência integrada no certame da 30.ªOvibeja, contou com a participação de destacados dirigentes da ERSAR, de entidades gestoras (empresas municipais, municípios, serviços municipalizadas e intermunicipais), de empresas do grupo Águas de Portugal, e associações representativas do setor, que discutiram o processo de reestruturação do setor da água em Portugal presentemente em curso e sua focalização a nível regional, procurando traçar caminhos para o futuro.


Centro Escolar de Santiago Maior, a 03-04-2013

Centro Escolar de Santa Maria, a 05-04-2013

E. B. de Salvada, a 09-04-2013

E. B. de Penedo Gordo, a 10-04-2013

E. B. Mรกrio Beirรฃo, a 12-04-2013

E. S. Diogo Gouveia, a 18-04-2013

J. I. Escola Aberta, a 22-04-2013

E. B. de Santa Clara de Louredo, a 23-04-2013

E. B. de Santa Maria, a 30-04-2013


Setor Comercial (DAFC/SC)

SÉNIORGYM - Festival Nacional de Ginástica, Saúde e Vida Ativa

20 de abril

...onde quer que vá, a nossa água vai consigo...

16 de abril

Iniciativa “Vamos salvar a floresta”

“2013 Ano Internacional de cooperação pela Água”

11 de abril

Cont. (...) ...águas de Beja, a correr para si…

9 | EMAS DE BEJA


EMAS na Ovibeja 2013

De 24 a 28 de abril


Zona 10 Rua Conselheiro Meneses

Rua D. Dinis

Rua Infante D. Henrique

Rua S. Sebastião

Rua General Teófilo da Trindade

Rua Antero de Quental

Zona 13 Rua 9 de Julho

Av. Vasco da Gama

Rua Pedro Victor

Travessa do Pataco

Travessa da Catela

Rua Teófilo de Braga

...águas de Beja, a correr para si…

11 | EMAS DE BEJA


6000 5000

5573

4000

5183 4369

4482

3000 2000 1000 0 Jan

Fev

Mar

Abr

Setor Comercial (DAFC/SC)

Tratamento Primário? (In Decreto-Lei n.º 152/97) O tratamento das águas residuais urbanas por qualquer processo físico e ou químico que envolva a decantação das partículas sólidas em suspensão, ou por outro processo em que a CBO5 das águas recebidas seja reduzida de, pelo menos, 20% antes da descarga e o total das partículas sólidas em suspensão das águas recebidas seja reduzido de, pelo menos, 50%. Tratamento Secundário? (In Decreto-Lei n.º 152/97)

O tratamento das águas residuais urbanas que envolve geralmente um tratamento biológico com decantação secundária ou outro processo que permita respeitar os valores constantes do quadro n.º 1 do anexo I do Decreto-Lei n.º 152/97. EMAS de Beja

12 | EMAS DE BEJA

...águas de Beja, a correr para si...


Os dados apresentados referem-se às intervenções ocorridas durante o mês de Abril de 2013, tendo este trabalho sido realizado pelo Núcleo de SIG e Cadastro através da análise dos dados obtidos pelo Sistema de Gestão de Intervenções.

OCORRÊNCIA

N.º Registos

%

ROTURA DE CONDUTA

25

23,6%

ROTURA DE RAMAL

81

76,4%

Total

106

Tipo de ocorrência 24%

TEMPO DE RESPOSTA

N.º Registos

%

No próprio dia

45

42,5%

1 dia

25

23,6%

2 dias

9

8,5%

3 dias

8

7,5%

Mais de 3 dias

19

17,9%

Total

106

TEMPO DE RESPOSTA MÉDIO (dias) 1 Rotura de conduta Rotura de ramal de água

76%

OCORRÊNCIA

TOTAL DE OCORRÊNCIAS RESOLVIDAS NOS PRIMEIROS 3 DIAS 87 (82,08%)

N.º Registos

%

No próprio dia

75

89,3%

65,5%

1 dia

7

8,3%

13,1%

2 dias

1

1,2%

3 dias

0

0,0%

Mais de 3 dias

1

1,2%

Total

84

N.º Registos

%

DESOBSTRUÇÃO DE COLETOR

18

21,4%

DESOBSTRUÇÃO DE REDE PREDIAL

55

LIMPEZA DE FOSSA

11

Total

84

Tipo de Ocorrência 13%

TEMPO DE RESPOSTA

21% TEMPO DE RESPOSTA MÉDIO (dias)

66%

...águas de Beja, a correr para si…

Desobstrução de colector Desobstrução de rede predial Limpeza de fossa

No próprio dia TOTAL DE OCORRÊNCIAS RESOLVIDAS NOS PRIMEIROS 3 DIAS 83 (98,81%)

13 | EMAS DE BEJA


A Empreitada de Conceção - Construção da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Ourique tem como objetivo a reabilitação e melhoria da ETAR existente em Ourique e que permitirá tratar a totalidade das águas residuais da Vila de acordo com os elevados padrões de qualidade exigidos pela legislação aplicável. A ETAR, a construir no local da existente, baseia-se num sistema de tratamento biológico em regime SBR (Reator Biológico Sequencial). Dados Gerais da Empreitada:

Adjudicatário: Consórcio Socopul, S.A. e Interagua, Lda. | Valor de Adjudicação: € 1.321.942,67 Data de Adjudicação: 28-03-2013 | Assinatura do Contrato : 23-04-2013 Data de Inicio da obra: Julho 2013 | Entrada em funcionamento: Junho 2014

A Câmara de Beja, através da EMAS- Empresa Municipal de Água e Saneamento, vai avançar com a beneficiação do depósito de água, localizado junto à Praça da República. A intervenção prevê a requalificação do depósito, o reforço da estabilidade e a sua valorização por forma a tornar-se visitável. No depósito vai ser criada uma varanda que permitirá aos visitantes observarem as escavações arqueológicas anexas bem como toda a cidade. Jorge Pulido Valente, presidente da Câmara de Beja, afirma que para além do miradouro do Castelo, Beja beneficiará de um novo miradouro panorâmico no depósito de água. A intervenção, integrada no projecto “Museu Vivo”, está orçada em 175 mil euros. As obras deverão ficar concluídas antes do final do Verão.

Cont. (...)

14 | EMAS DE BEJA

...águas de Beja, a correr para si...


Empreitada de Conceção/Construção da ETAR de Castro Verde tem como objetivo a substituição da ETAR de lagunagem existente, incapaz de tratar adequadamente os caudais afluentes, por uma nova ETAR, que permitirá tratar a totalidade das águas residuais da Vila de Castro Verde. A nova ETAR, a construir no local da ETAR existente, baseia-se num sistema de tratamento biológico em sistema SBR, antecedido de pré-tratamento adequado. Dados Gerais da Empreitada:

Adjudicatário: Consórcio Socopul, S.A. e Interagua, Lda. Valor de Adjudicação: € 1.774.690,13 Data de Adjudicação: 28-03-2013 Data de Inicio da obra: Julho 2013 Entrada em funcionamento: Junho 2014

A Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja (EMAS) está a desinfectar as condutas para que estas possam começar a funcionar. Esta acção está inserida no âmbito do projecto de remodelação da rede de águas de Beja e surge após a execução das condutas e respectivos ensaios de estanquidade, da responsabilidade do empreiteiro. Segundo a EMAS estas operações envolvem a utilização de volumes de água para as lavagens que são posteriormente descarregados em marcos de incêndio ou em descargas na rede. Rui Marreiros, director delegado da EMAS, afirma que esta é uma operação “essencial”. Segundo o mesmo responsável existe “alguma perda de água” resultante da “lavagem e da desinfecção das novas tubagens antes de entrarem em funcionamento, um processo fundamental”. A EMAS apresenta, esta manhã, as actividades que tem preparadas para a Ovibeja. “Para além dos temas centrais associados à actividade principal da empresa, da mostra de grandes projectos e participação do Laboratório, será dado um destaque muito especial à iniciativa, Heróis da Água”, refere a Empresa. A apresentação decorre no anfiteatro exterior da ExpoBeja às 11h30.

...águas de Beja, a correr para si…

15 | EMAS DE BEJA


Conselho de Administração (membros não remunerados)

Jorge Pulido Valente

José Domingos Negreiros Velez

Cristina Maria Gomes Martins Valadas

(Presidente do Conselho de Administração)

(Administrador não executivo)

(Administradora não executiva)

Direção da EMAS

Rui Marreiros (Diretor Delegado)

www.emas-beja.pt … águas de Beja, a correr para si...


Boletim Informativo Águas de Beja - Edição nº26 - EMAS de Beja