Page 1

Ano XII - nº 723 - 6 de julho de 2013

Projetos incorporam www.jornalipanema.com.br

28 MIL EXEMPLARES - SOROCAB SOROCABA BA E REGIÃO Sérgio Ratto

iluminação sustentável Caderno Negócios e Oportunidades

Especial Educação

A importância do inglês na formação

profissional Págs. 6 e 7

Arquivo Aberto

Pannunzio enxuga secretarias

para conter despesas

A nova era das

Pág. 4

I-Programe-se

Profissões

Funções como social media, coach ou cake designer surgem na velocidade da internet e ganham espaço no mercado onde as habilidades repaginadas também são bem-vindas

Págs. 11 e 12

Comédia é destaque no Pedro Salomão José Caderno Negócios e Oportunidades


2

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


ARQUIVO ABERTO 3

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

EDITORIAL

Servidores Públicos Sérgio Ratto

Pense antes

Strike

no asfalto

O

ritmo dos protestos ganha novos e imprevisíveis contornos ao longo dos dias no país, mas o clamor das ruas, ao avançar sobre as rodovias, já beira a desordem e expressa o lado nada civilizado dos manifestos idealizados por tarifas baixas, menos corrupção, mais saúde, educação etc. Comportamentos cada vez mais violentos, orquestrados ou não por interesses de grupos políticos e econômicos, destoam da busca nacional por um Brasil melhor. No início da semana, por exemplo, caminhoneiros em protestos interditaram, total ou parcialmente, rodovias federais em sete estados. Já em Jundiaí, embora tenham escapado da morte, os quatro manifestantes atropelados na segunda-feira (1) na rodovia Anhanguera são exemplos de um episódio que evidencia o despreparo e o despropósito de boa parte das manifestações. Os manifestantes foram atropelados após conseguir fazer com que um caminhão de guincho parasse na rodovia. Mas outra carreta que vinha atrás não conseguiu frear, fazendo com que o guincho à frente avançasse contra as pessoas que estavam na pista. Exibida à exaustão pela mídia nacional e pelas redes sociais, a cena do atropelamento – praticamente um strike - serve de exemplo dentro deste mosaico de vandalismo que margeia ou integra os protestos. Mas que se infelizmente se avoluma à medida em que muitas versões de manifestações se arrefecem. Independente das críticas endereçadas aos políticos – e a maioria extremamente pertinentes – mas agiram de forma acertada o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e a presidenta Dilma Rousseff ao buscarem na Justiça a garantia do direito dos usuários das rodovias de trafegar sem bloqueio ou obstrução por parte dos manifestantes. Em posição inquestionável, Dilma pediu ordem e respeito, que é o mínimo que todos nós, cidadãos, devemos buscar pelo exemplo, em nossas atitudes. Afinal, como reivindicar melhorias sem respeitar o direito de ir e vir das pessoas?

ARTIGO

Após o protesto de funcionários públicos em frente ao Paço Municipal na quinta-feira (4), os manifestantes irão debater em uma audiência pública as reinvindicações por melhorias nas condições de trabalho. Após quase três horas parados em frente ao Paço, os manifestantes seguiram em caminhada até a Câmara Municipal, onde chegaram após o término da sessão ordinária. Em coro, os servidores cantaram o hino nacional. Sete vereadores conversaram com os manifestantes e garantiram a realização da audiência pública no mês de agosto. Ainda na Câmara, representantes das associações protocolaram as pautas com as reivindicações. Além de pautas específicas para cada categoria, eles pediram diálogo com o prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) e criticaram a falta de atuação do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais.

Financiamento

Favorecimento

O projeto de financiamento para implantação do sistema BRT (sigla em inglês para Bus Rapid Transit), o chamado “Ônibus Rápido”, em Sorocaba foi aprovado em primeira discussão na 41ª sessão ordinária da Câmara realizada de quinta-feira (4). O financiamento faz parte do PAC 2, do governo federal. Também foi aprovado o empréstimo para a instalação de nova estação de tratamento de água para a Zona Norte.

“Sou aliado, mas não sou alienado”, rebateu Santos ao defender a instalação do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos). O parlamentar do PMN alegou na tribuna que os responsáveis pelos consórcios de ônibus da cidade seriam favorecidos com a proposta do BRT.“França, você só está ai porque precisa defender a sua categoria”.

Dúvidas O projeto do BRT suscitou dúvidas entre os vereadores e José Crespo (DEM) quer que a Urbes apresente a proposta aos parlamentares, antes que o PL volte para a segunda discussão que deverá ocorrer em sessão extraordinária na próxima quinta-feira (11).

Constrangido O fato de os vereadores Luis Santos (PMN) e Waldomiro de Freitas (PSD) discordarem do projeto do BRT irritou o vereador Francisco França (PT). O petista alega que os dois defenderam o sistema de ônibus rápido e pediram votos durante a campanha em cima da proposta. “Agora vem dizer que estão constrangidos? Se estão coerentes agora, foram incoerentes na campanha eleitoral. Deviam ter falado isto lá atrás”, disparou França.

Fora de pauta Já o projeto do PAC 2 relacionado a pavimentação asfáltica saiu de pauta após uma manobra política do vereador Anselmo Neto (PP). Membro da comissão de justiça, ele se negou a dar o parecer durante a sessão ordinária como uma forma de pressionar o governo para que ele fosse atendido em uma reunião. O objetivo é debater o repasse de verbas das emendas parlamentares à entidades assistenciais de Sorocaba, que ainda não foi realizado pela prefeitura devido a um questionamento do Ministério Público.

Antes de falar, agir, nem sempre pensamos adequadamente. Muitas vezes, somos tomados por impulsos, emoções e não são raros os arrependimentos. Somos mesmo senhores absolutos de nosso silêncio, porém, nos tornamos escravos das palavras proferidas, das atitudes tomadas. Creio que determinadas atitudes em nossas vidas poderiam ser proteladas, para que, mais detidamente, analisássemos a questão; mesmo quando estamos nos bancos escolares deixamos para depois as questões da prova que temos dúvida, fazemos as mais fáceis e retornamos depois para a mais complexas ou as que devemos pensar mais e melhor. Por que devemos agir sempre de imediato? Claro que, numa questão de risco para a vida de outrem ou semelhante demanda, temos que decidir de imediato, mas, na maioria das vezes, podemos e devemos pensar mais. Geralmente quem pensa mais erra menos em todos os campos da vida. Se somos dotados da capacidade de raciocínio, devemos usá-lo para uma vida melhor, sempre observando em nossa caminhada os valores da ética, paz, do amor, da solidariedade, do respeito e assim por diante. Desejo a você um exercício pleno do uso do pensar, refletir e fazer a sua parte para vivermos um mundo melhor. René Descartes disse “Penso, logo existo”, portanto, vamos pensar filosoficamente, vamos pensar para vivermos melhor. Se há dúvida, incerteza pense e não me diga a resposta clássica: “Eu sei! Eu sei!”. Ora, ninguém sabe tudo, sugiro a todos nós uma boa dose de humildade nessa jornada terrena. Pense, mas pense antes e boa semana.

Itapetininga A deputada federal Iara Bernardi (PT) conseguiu com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação a liberação R$ 284 mil para a cidade de Itapetininga, para a implantação de Telecentros de inclusão social e digital que vão ser desenvolvidos em parceria com o Instituto Federal (IFSP) da cidade.

Francisco Pagliato Neto é empresário e educador


4 ARQUIVO ABERTO / ARTIGOS Corte de gastos Sérgio Ratto

Em uma coletiva marcada às pressas, o prefeito de Sorocaba, Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), anunciou no começo da noite de quinta-feira (4) medidas para enxugar secretarias e conter despesas no Executivo. De acordo com Pannunzio, os cortes devem causar uma economia de até R$ 30 milhões por ano aos cofres públicos. Somando-se os próximos 3,5 anos de mandato, o montante será de R$ 103 milhões. Pannunzio afirmou que as medidas possuem relação com as recentes manifestações e também com o aumen-

to no subsídio para o transporte coletivo da cidade. As alterações finalizam o projeto de reforma administrativa do prefeito que no mês passada já havia sido anunciada, com a redução de outras três secretarias. Sorocaba passará então a contar com 14 pastas. Com as novas medidas a Secretaria de Desenvolvimento Econômico passa a englobar Trabalho e Turismo. As secretarias de Educação e Cultura se fundem. Mobilidade e Desenvolvimento Urbano e Obras também serão unidades. Administração passa a englobar a de Gestão de Pessoas. A Secretaria de Governo vai se juntar com a de Segurança Comunitária (englobando a Guarda Civil Municipal e a Defesa Civil) e Comunicação. Já as demais secretárias permanecem inalteradas. O prefeito anunciou também alterações que mexem com a remuneração do funcionalismo público, como a adoção do banco de horas, evitando-se o pagamento das horas extras, e a alteração no regime contábil da Urbes – Trânsito e Transportes, passando de privada para público e deixando assim de ser obrigada a pagar impostos. O pacote de ações ainda deve passar por aprovação da Câmara Municipal, o que só deve acontecer na primeira semana de agosto. Mas já a partir da sexta-feira (5) os secretários passaram a acumular as pastas fundidas.

Lutas diárias Sempre vi muita gente duvidar se existe felicidade dizendo que são apenas momentos felizes. Acho triste pensar em resumir algo tão buscado como um estado de espírito, algo com validade, como um resfriado que simplesmente passa. Prefiro acreditar que a tristeza é algo temporário para valorizar os bons momentos. Mas alguns dias a energia parece que sai de licença. O que não podemos deixar é que ela se aposente por invalidez. Doenças, decepções, mortes e falta de consideração são doses de remédio amargo que temos que tomar para ficar forte. Juro que as cápsulas de alho e Biotônico Fontoura que eu tanto reclamava quando pequeno eram mais fáceis, mas já passei dessa fase e agora, só um copo de água e um dia após o outro já deve bastar. Ficamos enfermos por acreditar nas pessoas sem achar que elas um dia serão capazes de nos desapontar e quase vamos desta pra melhor de tanta raiva quando o devido valor que

Ipanema Sistema Gráfico e Editora Ltda CNPJ - 01.142.640/0001-07 Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 199 Lageado - CEP 18.110-008 - Votorantim - SP Fone (15) 2102-0300 - Fax (15) 2102-0302

Filiação

acreditamos não nos é dado. Aí, chega uma hora que tudo perde o sentido quando e tanto faz como tanto fez. É como se uma força, algo realmente poderoso, fizesse com que tudo perdesse o encanto, a graça. E é aí, que você percebe que tudo tem uma razão. A doença nos fortalece, as perdas nos fazem valorizar os que ficam, as decepções nos ajudam a escolher em quem confiar e quem não te deu o devido valor, pode estar certo e você sai em uma busca desesperada para ter isso de uma vez por todas. É um novo ciclo que começa. Portanto, descanse em paz, vó Bina. Melhoras, minha amiga Lilian Rose. O resto? Já passou. Junior Soriano junior.sor@gmail.com

Diretoria Francisco Pagliato Neto Juliana Camargo Pagliato Editor Benedito Urbano Martins MTB 36504 Gerente Geral - Jornal Ipanema Wilson Rossi Gerente de Produção Roberval Fernandes de Almeida

diretoria@jornalipanema.com.br ________ 2102-0300 redacao@jornalipanema.com.br ________ 2102-0389 comercial@jornalipanema.com.br _______ 2102-0330 financeiro@jornalipanema.com.br ______ 2102-0308 circulacao@jornalipanema.com.br _______ 2102-0335 wilsonrossi@jornalipanema.com.br ______ 2102-0330 arte@jornalipanema.com.br - 2102-0340/ 2102-0342

Diagramação Jefferson Cascali de Lima

______________________________

Tiragem - 28.000 exemplares Distribuição - Sorocaba e Região PARA ANUNCIAR: comercial@jornalipanema.com.br 2102-0306 / 2102-0320 / 2102-0323 / 2102-0325 / 2102-0327 / 2102-0330

PORTAL DO JORNAL IPANEMA: www.jornalipanema.com.br Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo da inteira responsabilidade dos seus autores.

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

ESPAÇO DO RUI

Cutucando nossas feridas O famoso escritor Miguel de Cervantes pontuou: “A ingratidão é filha da soberba”. Cabe pensarmos sobre isso. Você é capaz de pensar para quantas pessoas você foi importante, esteve ao lado em momentos difíceis e, de repente, elas lhe causaram decepção? O homem, infelizmente, obcecado pela ganância, poder, cargos, enfim pelo sucesso, muitas vezes tem o olhar empanado. Fica cego diante da ética do bem e comete injustiça a quem o ajudou a alcançar vitórias. Fica perdido em si. Quando avalio os políticos penso que a maioria deles se desliga do ideal, das boas propostas e apenas passa a se locupletar do dinheiro público. Esquece dos eleitores que foram os responsáveis por conduzilo ao cargo. Apenas pensam em compor com grupos que garantam a sua participação no poder. Deixam de criticar e transformar para fazer o jogo dos poderosos. Mas, pergunto: quem é o culpado disso? A resposta é simples: nós, os eleitores. Sim, somos os culpados. Porque não damos ao voto a importância que ele tem e que temos também como cidadãos. O dia da eleição, para grande parte dos brasileiros é dia de viajar, de pegar uma praia e, depois, se justificar diante da Justiça Eleitoral. E, o pior:

quando pesquisadores procuram saber em quem os eleitores votaram às câmaras municipais, assembleias legislativas, câmara federal e senado, 90% não se recorda. E quase 100% não sabe como atua o nome escolhido. Estamos descontentes com o comportamento do sistema político brasileiro cuja corrupção é semelhante ao orçamento de um país como a Bolívia? As manifestações mostram que não. Contudo, os manifestantes precisam fazer mais. As passeadas representam apenas o passo inicial. Agora é preciso agir de forma legal. Uma delas é se filiar num partido político para decidir, em convenção, quais serão os candidatos que irão concorrer pela legenda. Precisam também cobrar ações positivas dos políticos que elegeram. Caso contrário, continuaremos ingratos a este país que tanto nos oferece. Para nossa reflexão, vamos a dois pensamentos: “Ter um filho ingrato é mais doloroso do que a mordida de uma serpente!” (William Shakespeare) e “Ingratidão é uma forma de fraqueza. Jamais conheci homem de valor que fosse ingrato” (Johann Goethe). Rui Batista de Albuquerque Martins é jornalista e publicitário

Ipanema solidariedade: achei a araruta e ganhei amigos! Na edição da semana passada do Jornal Ipanema, escrevi sobre o bolo de araruta. Só que não sabia onde encontrá-la. Recebi vários e-mails de leitores indicando soluções. Achei a araruta! Primeiro foi o Claudinei Mathiazzi que me indicou no Mercado Municipal de Sorocaba através de seus amigos donos de bancas, um armazém do porão. Conhecido como “Armazém do Mário”. Meus olhos brilharam ao ver o pacote da araruta. Levei seis pacotes. Abrindo a internet no sábado, chega o e-mail do leitor Ubirajara Siqueira citando informações da araruta. O Stênio Gimenez e Miriam de Andrade Gimenez deram o endereço da Jangada Atacadista, na Rua Santa Terezinha, onde poderia comprar a fécula da araruta. Fui lá logo na segunda-feira, cedinho, para aproveitar. A Silvia Pontes até se prontificou a me ajudar a procurar, caso não encontrasse. Ouvi durante o final de semana e nestes dias, muitas pessoas conversando e ligando se eu tinha encontrado a araruta. Afinal, degustei o bolo de araruta tomando café com leite. Aprendi várias coisas com isso tudo. A solidariedade das pessoas é incrível, mesmo não as conhecendo. Vi também na visita ao Mercado Municipal, que há muitos anos não entrava lá, um ambiente acolhedor de comerciantes

japoneses e brasileiros. Em cada banca que passei fiquei impressionado com a receptividade dos funcionários e proprietários. Há uma variedade tão grande de produtos que poucas pessoas conhecem, de sementes raras, frutas exóticas e até a minha fécula de araruta. Semana passada, ao comemorar os 22 anos da VT, ganhei um super bolo de frutas com leite condensado e chocolate branco da Célia, da Donna Cereja. Nosso time de colaboradores também ficou em clima de festa com os pães oferecidos pela Claudia e Marcos Caramanti, da Bello Pão. Enfim, celebramos uma semana com a amizade e carinho dos leitores e das pessoas queridas que nos brindaram com os frutos do seu trabalho. Ah, para encerrar, levei os pacotes da araruta de presente aos meus sobrinhos Ricardo e Valéria, inspiradores da minha saudade do bolo da mama Carmela em dias de chuva. Vanderlei Testa é jornalista e publicitário leia este e outros artigos de Vanderlei Testa no Portal www.jornalipanema.com.br


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

5


INVESTIMENTOS

6

6

ESPECIAL EDUCAÇÃO FORMAÇÃO E CARREIRA

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

Cooperativismo tem

muito a comemorar

N

este sábado (6) é comemorado o Dia Internacional do Cooperativismo. Para marcar a data e destacar o crescimento das cooperativas mesmo em momentos difíceis na economia mundial, a Aliança Cooperativa Internacional (ACI) escolheu o tema “Empresas cooperativas continuam fortes em tempos de crise”. As cooperativas representam a força da união das pessoas em torno de objetivos comuns. Elas incentivam o empreendedorismo, criam oportunidades de negócio,

asseguram a manutenção de empregos nas comunidades e promovem o crescimento das pessoas e das regiões onde estão presentes. Mais de 1 bilhão de associados no mundo escolheram o sistema cooperativo como meio de organização, fundamentado em princípios como adesão voluntária e livre, gestão democrática, intercooperação e autonomia para a prosperidade conjunta. A consagração do modelo foi reconhecida inclusive pela Organização das Nações Unidas (ONU), que, no ano passado, declarou 2012 como o Ano Internacional das Cooperativas.

Força no Brasil

tações, o cooperativismo registrou US$ 6 bilhões, sendo 98% da agropecuária.

No Brasil, de acordo com o Relatório 2012 da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), 10,4 milhões de pessoas estavam associadas a uma cooperativa em dezembro de 2012, um aumento de 4% na comparação com o ano anterior, o que corresponde a aproximadamente 370 mil novos associados. Regionalmente, o Sudeste ficou em primeiro lugar (cerca de 4,9 milhões de associados), seguido do Sul (4 milhões) e do Centro-Oeste (cerca de 713 mil). Já entre os Estados, São Paulo está na liderança (3,4 milhões). Rio Grande do Sul (2,1 milhões) e Santa Catarina (1,2 milhões) ocupam o segundo e o terceiro lugares, respectivamente. A expectativa da OCB é que o número de associados chegue a 12 milhões até 2016. No último ano, o cooperativismo gerou 304 mil empregos diretos, número 2,7% superior ao verificado em 2011, e injetou R$ 8 bilhões na economia nacional, apenas com o pagamento de salários e benefícios ao trabalhador. Os dados da OCB mostram que o número de cooperativas manteve-se estável nos dois últimos anos: 2012 com 6.587 cooperativas e 2011 com 6.586. As cooperativas atuam em 13 ramos como crédito, agropecuário, transporte, entre outros. Em expor-

Origem O cooperativismo teve origem na Inglaterra por iniciativa de operários da cidade de Rochdale, que, prejudicados pelo novo modelo industrial – em que as máquinas substituíram o trabalho artesanal e algumas atividades - procuraram outras formas de garantir o sustento de suas famílias. A decisão de criar uma sociedade de consumo baseada no cooperativismo puro partiu desse grupo de trabalhadores, e, em 1844, originou a Sociedade dos Probos Pioneiros de Rochdale Limitada, um armazém comunitário. Onze anos após a fundação, a organização já contava com 400 sócios. Desde então, o cooperativismo cresceu pelo mundo, e as normas definidas por aqueles tecelões passaram a nortear as ações das cooperativas em todo o mundo. Atualmente o cooperativismo está presente em mais de 100 países e soma mais de 1 bilhão de cooperados em todo o mundo, sendo responsável por cerca de 100 milhões de postos de trabalho em todo o mundo. No Brasil já são mais de 6.650 cooperativas, com mais de 9 milhões de cooperados, sendo o crédito o ramo com maior representação no cooperativismo nacional.

Boas oportunidades de emprego estão relacionadas ao

domínio do Inglês Cada vez mais o mercado de trabalho exige a qualificação dos profissionais em relação a um segundo idioma. Segundo as coordenadoras pedagógicas da escola CNA Talita Gusmão e Liliane Leal, para os concursos públicos cresce o número de processos seletivos que exigem o inglês, sendo que alguns cobram até o espanhol. “As oportunidades oferecidas são na sua maioria relacionadas a uma melhor qualificação ou destaque no que se refere ao domínio do inglês. Em recente pesquisa realizada pela Global English, o Brasil figura com profissionais com o sétimo pior nível de inglês do mundo e o sexto pior da América Latina, portanto é imprescindível, e não um diferencial, o domínio do inglês”, afirmam. Laura Lizier, coordenadora da Escola Teacher Laura, afirma que o inglês ainda é o idioma mais exigido e ressalta que dependendo da origem dos clientes ou da empresa os colaboradores precisam falar outras línguas, como espanhol e o alemão. De acordo com Talita e Liliane, a melhor maneira de se preparar para estas situações é buscando uma metodologia de ensino focada em conversação e situações reais do dia a dia, oferecendo um vocabulário específico para as necessidades do aluno sem utilizar traduções. “Desta forma é possível guiar o pensamento do aluno ao inglês o tempo todo e ajudá-los a conquistar fluência e alcance de seus objetivos”, explicam as coordenadoras do CNA. Segundo as coordenadoras, é possível aprender Inglês com qualquer idade, porém o quanto mais cedo melhor, devido à facilidade que as crianças possuem para o aprendizado.

Já Laura afirma que a procura pelos cursos de inglês por adultos aumenta muito; “eles querem aprender para ontem”, pois, muitas vezes, estão no meio de um processo seletivo de alguma empresa. “Entre esses alunos, os que vão se destacar serão os que mais se dedicarem ao estudo, a fazerem atividades extras e até mesmo as simples e prazerosos exercícios como música, filmes que poderão fazer a diferença”, comenta. De acordo com Laura, para o inglês ficar cada dia melhor é necessário uma série de fatores como fixar uma carga horária semanal para o estudo do idioma com um profissional, estudar em casa o que foi dado em sala de aula e interesse, muito interesse, pois estamos rodeados de palavras e expressões em inglês, basta querer!


ESPECIAL EDUCAÇÃO / FORMAÇÃO E CARREIRAS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

7

Intercâmbio e testes de proficiência

Q

uanto a intercâmbio ou uma viagem internacional, as coordenadoras pedagógicas do CNA afirmam que essas ações auxiliam no processo de redução

de sotaque da língua materna. Para Laura, o intercâmbio é também uma ótima maneira de aprender mais e despertar uma paixão pelo estudo. “Mas nada de parar de estudar quando voltar: o estudo

de outro idioma é como treino de musculação, parou, em pouco tempo se perde muito do que já foi feito”, garante. Talita e Liliane comentam que testes de proficiência nivelam o inglês do candidato e, assim, comprovam a fluência do mesmo, podendo estes serem aceitos em diversas empresas e universidades. “Alguns bancos em Sorocaba exigem que os colaboradores façam o ELSA, exame de proficiência da Cambridge aplicado no CNA Idiomas que é centro aplicador exclusivo do ELSA no Brasil”, lembram as coordenadoras. Laura afirma que os exames de proficiência são ótimos termômetros para o aluno se autoavaliar e saber quanto mais e o que precisar estudar e se passar o certificado é um ótimo complemento para o currículo. “Acredito que quanto mais cedo a criança tenha oportunidade de iniciar o curso de inglês melhor, estão com as ‘janelas abertas’ e com todo pique de aprender”, diz Laura.


RENATA MOECKEL

8

8

ROTEIRO GOURMET

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

renatamoeckel@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br Juliana Moraes

Café com Thífani Postali Esta semana tivemos o prazer de um café com Thífani Postali, a quem conheci há alguns anos, quando ainda muito garota, mas já esbanjando talento com seu violão e sua voz ultra-afinada. Quando a reencontrei e perguntei por qual razão não a via mais se apresentando ela respondeu: “Agora é tempo de dedicação total aos estudos”. Achei bacana essa postura tão responsável e atualmente entendo que os resultados não poderiam ter sido melhores ou mais produtivos. Thífani formou-se em Comunicação Social, fez pós-graduação em Marketing e mestrado em Comunicação e Cultura. E não pára por aí... É professora universitária, escritora, autora do livro “Blues e Hip Hop - Uma perspectiva folkcomunicacional”, resultado de sua dissertação no mestrado e tem - projeto em andamento - para breve, o lançamento de mais um livro: Desta vez uma coletânea dos artigos que escreve para jornal, projeto em parceria com Paulo Celso, coordenador de mestrado na Universidade de Sorocaba. Thífani fala da felicidade de ter unido duas de suas paixões: música e cultura. “Em criança ganhei um violão e com 14 anos já tocava em bandas, nas apresentações e gincanas de escola. Optei por fazer faculdade aqui mesmo em Sorocaba para poder continuar tocando. Foi por época da pós e do mestrado que dei uma parada para me dedicar somente aos estudos. Para o livro foram três anos estudando o blues...”, comentou.

Abraço com carinho

Bolo de milho 4 ou 6 espigas de milho raladas 2 xícaras de açúcar 2 xícaras de farinha de trigo 2 ovos 1 ½ xícara de leite 3 colheres de óleo 1 pitada de sal 1 colher de fermento

Thífani nos contou também que sua rotina de trabalho se adapta de acordo, primeiramente, com sua agenda de aulas nas universidades em que atua e, em seguida, vem as outras atividades profissionais, como a Agência NT2, que dirige ao lado de Noriaki Yamazaki Junior. Nas horas livres violão, filmes e cozinhar (mais este talento!). Seus planos para o futuro próximo são seguir estudando para um doutorado e produzindo artigos e livros. Posso dizer a vocês que junto a esse jeito doce de menina, existe uma mulher inteligentíssima, sensível e cuja competência dispensa comentários. Quando perguntamos à ela qual o fator preponderante para o sucesso ela diz: “Calma. É preciso ter calma para se fazer (e bem) cada coisa a seu tempo”. Pois é, quem a conhece sabe o talento que é essa moça... Parabéns, Thífani! E continue brilhando.

Modo de preparo Bater as claras em neve e misturar as gemas. Em seguida misturar os demais ingredientes. Levar ao forno para assar por 35 a 40 minutos.

Bolo de

mandioca

Ingredientes: 3 ovos (claras e gemas separadas) 3 pires de mandioca crua e ralada 2 pires de queijo ralado 2 pires de coco ralado 2 xícaras e meia de açúcar 1 tablete de margarina Modo de preparo Bater as claras em neve e juntar as gemas. Em seguida, misturar todos os ingredientes. Levar ao forno por 35 a 40 minutos.

Para Neide Carriel Minelli, que comemorou mais um aniversário no dia 27, ao lado da familia e dos amigos. A ela nossos parabéns e votos de muitas felicidades!

implante


CORPO EM FORMA E SAÚDE

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

9

Entenda melhor sobre a hérnia de disco e sua relação com Quiropraxia Dores nas costas é a maior causa isolada de transtorno de saúde relacionado ao trabalho e de ausência nele. Também é a causa mais comum de incapacidade em trabalhadores com menos de 45 anos de idade. Tem predileção por adultos jovens e é responsável por aproximadamente 1/4 dos casos de invalidez prematura. A coluna vertebral é composta por 33 vértebras que juntas, são capazes de sustentar o corpo, realizar movimentos do tronco e proteger a medula espinhal e seus nervos. Entre cada vértebra há uma estrutura cartilaginosa, que se chama disco intervertebral, e tem a função de amortecer os impactos do dia a dia sofridos na coluna. O disco intervertebral possui duas estruturas: uma interna e outra externa, a primeira é chamada de núcleo, que é mais líquido, e a segunda são laminas mais resistente que sustentam o núcleo dentro do disco. Quando o disco está bem hidratado, isto é, possui boa irrigação de nutrientes e água, ele é forte e maleável, suportando cargas externas e o peso do corpo. Predisposição genética é a causa de maior importância para a formação de desordens discais, seguida do envelhecimento, da pouca atividade física, da má postu-

ra e do tabagismo. Carregar ou levantar muito peso também pode comprometer a integridade do sistema muscular que dá sustentação à coluna vertebral e favorecer o aparecimento de desordens discais. A nutrição do disco é essencial para saúde de todo corpo, para que isto ocorra de uma forma eficaz é necessário um bom alinhamento e movimento das articulações da coluna. O desvio na coluna vertebral, ou má posição de uma vértebra, aumenta a pressão sobre os discos, fazendo com que ele deforme, criando uma disfunção conhecida como hérnia de disco. Esta possui quatro estágios: abaulamento, protusão, extrusão e sequestro. Ao deformar, o disco comprime o nervo ou a medula provocando sintomas diversos, os mais comuns são: dor, formigamento, queimação, diminuição da sensibilidade e até fraqueza muscular. Este processo pode levar vários anos para dar início às primeiras crises sintomáticas. Quanto antes se corrigir o desalinhamento da coluna, o fator causal da hérnia de disco, melhores e mais rápidos resultados são obtidos. A Quiropraxia é a única profissão habilitada para tal tratamento. Ela é especializada em correção das disfunções da coluna vertebral. Não deixe para depois procure um Quiropraxista graduado. Mais informações www.quiroecia.com.br ou www.abq.org.com.br. Raul Sartoreli é quiropraxista

Sonambulismo: um distúrbio do sono com risco de acidentes

O

o risco de prolongar o episódio, sonambulismo contud-o a crença de que caso consiste em epise acorde um sonâmbulo podesódios recorrense provocar danos graves à sua tes de comportasaúde não procede. mento do tipo se levantar da O diagnóstico é feito pelo cama e perambular pelo quarto, relato dos episódios e pode podendo ocorrer o despertar ser confirmado pelo exame do sem que a pessoa se lembre do sono, a polissonografia, que episódio sonâmbulo na manhã nesse caso, deve ser acompaseguinte. Por esse motivo, fica nhada da filmagem da noite de nítido o risco da pessoa se aciHélio Brasileiro sono. O tratamento deve ser feidentar. A predisposição familiar Otorrinolaringologista to por médico e consiste acima é muito marcante no soname medicina do sono de tudo em medidas de prebulismo. É mais frequente nas venção de acidentes (como se crianças e 15 a 30% das crianças toma com crianças pequenas) e saudáveis têm história de pelo se necessário, uso de medicamentos específicos. menos um episódio de sonambulismo, enquanto 3 a 4% das crianças evoluem com história de episódios repetitivos. A idade de início é em torno de 5 anos, com pico de ocorrência na adolescência. Nos adultos é descrita prevalência de 1%, sendo incomum após a sexta década de vida. O sonambulismo ocorre durante uma fase de sono mais profunda e não se deve acordar o indivíduo sob


10

PAULINHO GODOI

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

paulinhogodoi@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

3

4 1 Thália Bombi

nha e Luciano

Cama de rainha Os jovens empresários Felipe Cenatti e Roberto Mannes Jr inauguraram a Beds& Dreams Store nos Altos do Campolim. A loja é um luxo , vi uma cama que se Maria Antonieta vivesse nos dias atuais, perderia literalmente a cabeça. Um sonho de cama realmente.

Fonseca

Aniversário bombástico é assim mesmo mesmo. Luciano Fonseca comemorou mais uma data e ganhou uma festa surpresa com a presença ilustre da drag fofa Thália Bombinha que causou com os convidados. Esqueça a vela no bolo, a idade real só Deus sabe.

2

1

Roberto Mannes Jr

2

Leila Amaral

3

Felipe Cenatti

4

Cris Bercial

5

Eliane Freitas

5

2

Fernanda Hans

er e Naldo

Fernandinha Hanser recebeu um telefonema de uma pessoa que não quis dar mais detalhes sobre seu cliente que precisava urgentemente fazer alguns exercícios de pilates. Para surpresas de todos na academia, era o cantor Naldo.As meninas da academia precisaram de muita“água de coco” para recuperar o fôlego. Hahahahahah

7


CAPA 11

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013 Fotos Sérgio Ratto

Willy Morales, hairstylist

As novas e velhas

profissões, de cara nova Não há limites para a criação de novas funções de trabalho muitas delas impulsionadas pela ascensão da internet Marília Pagliato

S

erá que sua empresa não precisa de um social media para ganhar mais espaço? Ou talvez um coach, para treinar as habilidades. Atualmente o mercado de trabalho está repleto de novidades profissionais, muitas delas impulsionadas pela internet, que foram criadas para suprir novas exigências de mão de obra. O profissional conhecido como social media, por exemplo, é fruto da necessidade do mercado de trabalho de ter alguém responsável pela rede social da empresa e até dos próprios clientes atendidos por ela. As redes sociais como twitter e facebook são ferramentas poderosas de divulgação e marketing que, bem usadas, ajudam a projetar a marca e melhorar o relacionamento dela com seu público final. Segundo o jornalista Sérgio Said, proprietário de uma agência de comunicação integrada em Sorocaba, o social media é necessário para essa nova comunicação. “Verificamos muitos exemplos de como as redes sociais alavancaram o movimento e como algumas empresas souberam como se encai-

xar nesse contexto. Hoje é inquestionável essa necessidade de comunicação”. Atualmente, a empresa de Said possui duas funcionárias na função de social media e já se prepara para abrir mais uma vaga. “Vamos contratar mais porque o número de clientes nessa área cresceu 30% nos últimos três meses”, explica. Para a social media Ana Luísa Corrêa, 22 anos, que exerce a função há mais de dois anos, sua principal missão é servir de ponte entre a empresa e o público. “A tarefa é cuidar do planejamento estratégico da empresa nas mídias sociais, como produzir conteúdo relevante para seu público-alvo. Além disso, é importante ter um bom relacionamento com os usuários interessados que acompanham essas mídias”, aponta. Sua colega de função, Nathália Maria Said Provedel, 21, atua no segmento desde 2011, e destaca que informação e tecnologia são indispensáveis para o profissional da área. “Precisa ter curiosidade para aprender sobre diversos assuntos. Afinal, todos os tipos de empresas podem ter um perfil ativo nas redes sociais, desde padarias até cemitérios. É preciso ser próativo e gostar de tecnologia”, aconselha.

As social media Nathália Said e Ana Luísa

Para um bom

treinamento

Verificamos muitos exemplos de como as redes sociais alavancaram o movimento e como algumas empresas souberam como se encaixar nesse contexto. Hoje é inquestionável essa necessidade de comunicação”

Rosângela Araújo, é Master Coach

“Coach” é um termo em inglês que significa treinador. E é bem isso que o profissional faz, ajudando o cliente a se conhecer, refletir e procurar meios para conquistar suas metas e objetivos pessoais e principalmente dentro do mercado. A profissão de coach surgiu em meados da década de 70 e foi durante muito tempo associada a esportes. Aos poucos ganhou o seu espaço no mercado de trabalho e atualmente sua atuação se faz muito presente em consultorias de comportamento humano. Segundo a master coach Rosângela Araújo, o cliente precisa frequentar 10 sessões e o comprometimento é fundamental para conseguir os resultados. “O cliente (coachee) é informado na sua primeira sessão sobre a importância do comprometimento durante o processo onde serão trabalhados os objetivos traçados”, explica. Geralmente o profissional de Coaching é especialista em comportamento humano. “Tratase de um instrumento capaz de produzir as mudanças que todo indivíduo deseja, de forma a viver uma vida plena, a partir de escolhas coerentes com a vida que se quer viver, começando a partir da minha própria mudança em ousar ir além”, diz Rosângela.


12 CAPA

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

Velhas conhecidas agora com

roupa nova e em inglês A função pode até ser igual porém a diferença está na denominação

T

odo mundo adora uma boa cake design ou um talentoso hairstylist. Afinal, nada como ter certeza de que aqueles bolos e doces estarão deliciosos, assim como o cabelo bem cortado ou arrumado. Para aqueles que acham que no ramo da culinária os grandes profissionais são somente os chefs de cozinha, ledo engano. O cake design, que antigamente eram as nobres doceiras ou confeiteiras, também fazem parte deste leque de artistas da cozinha. Segundo a cake design, Carolina Yamanaka, 25 anos, formada pela escola Wilton Japan, no Japão, a profissão ainda é uma novidade para as pessoas. “Trabalho no ramo desde 2008, mas quando falo a minha profissão para as pessoas, elas me olham com cara

de espanto e sempre me perguntam o que faz uma cake design?”, diverte-se. O cake design tem como função elaborar e criar formas para bolos e cup cakes (os minibolos decorados que estão na moda), de acordo com o pedido do cliente. Isso é bem diferente do confeiteiro que é responsável pela decoração do produto. No caso do hairstylist a função também é muito semelhante a de um cabeleireiro. Tratase de um profissional treinado para ser um ‘estilista’ de cabelo, além de produzir cortes e penteados tradicionais, é claro. Segundo o

paraguaio Willy Morales, que trabalha como hairstylist desde 1994, para ser um profissional desta área é preciso ficar ligado nas tendências. “A pessoa precisa entender de moda, comportamento, visagismo (estudo da proporção da face), anatomia, arte, arquitetura e acima de tudo ter bom gosto”, aconselha. Morales é famoso por ousar nos cortes e penteados, além de atender clientes como a banda Simple Plan, Nx Zero, Pitty, entre outros. Além disso, ganhou o prêmio de “Hairstylist Revelação”, da revista Cabelos&Cia, e o segundo lugar como “Cabeleireiro do ano”, em 2012.

Mais cargos recém-criados: Saquê sommelier - degustador e harmonizador de saquê Trafficker - comerciante Food designer - arquiteto da criação de pratos e produtos para degustação Engenheiro de rede de cloud compunting - engenheiro de rede e software Gerente de supply chin - gerente de gestão logística Webmaster - realiza projeto estético e programação de sites Especialista em SEM - especialista em marketing de busca Analista de SEO - analista de otimização de páginas e sites Especialista em usabilidade - especialista que verifica o funcionamento de um site E-business - Realiza venda online, procura promover e manter um negócio na rede. Biotecnologista- Visa melhoramento genético e gerenciamento de novos produtos

Ocupações inovam

o mercado A questão é que o mercado de trabalho vem requisitando profissionais em diferentes ocupações e por isso a necessidade desta gama tão diversa ou repaginada. “As vagas são as mesmas, porém as funções são diferentes. Existe uma busca por profissionais generalistas (tradicionais), porém com especialidades em uma determinada função. O eletricista que é especialista em temperatura, por exemplo, pode trabalhar na função de termografista”, explica a coordenadora de seleção e psicóloga, Iramaia Casarini Monteiro. O leque destas novas carreiras ou ocupações é grande mas nele não cabe qualquer um. “Antes de qualquer conhecimento técnico é preciso que o candidato tenha autoconhecimento. Para buscar uma oportunidade de trabalho, é preciso entender os objetivos que quer alcançar e então ter foco para atender os pré-requisitos da empresa”, aconselha a especialista.

Para a cake design, Carolina Yamanaka a profissão é uma novidade


NEGÓCIOS E

OPORTUNIDADES

6 de julho de 2013 - edição 723 www.jornalipanema.com.br

Empreendedor e apaixonado por esportes

O

empresário José Carlos Morais, proprietário da JC Morais visitou a Rádio Ipanema e o Jornal Ipanema e falou sobre seus diversos empreendimentos. Lançando empreendimentos de sucesso em diversas cidades da região a JC Morais não para de crescer, um bom exemplo é o Residencial Castanheiras, o primeiro loteamento fechado de Mairinque, com 196 terrenos a partir de 250 metros quadrados, está localizado em um dos pontos mais desejados da cidade, em meio a muito verde, ar puro e tranquilidade e já é considerado um sucesso de venda e credibilidade. Em Sorocaba e Votorantim conta com a oferta de mais de 2.200 imóveis, entre apartamentos, galpões, áreas comerciais, terrenos e casas. “Temos diversos projetos em fase de lançamento como o Residencial Provence com 684 apartamentos localizados na avenida Gisele Constantino, próximo ao Condomínio Alphaville; o Residencial Botânico na Zona Norte com mais 196 Apartamentos, o Villàgio Ipanema e o Residencial Jardim também na zona norte com mais de 1.300 lotes; o Green Village, condomí-

Larissa Pessoa

A JC Morais, ciente de seu papel como agente social no processo de desenvolvimento e de sua responsabilidade para com a valorização do homem, desenvolveu o projeto “Craque do Amanhã” nio próximo ao Parque Natural com 90 casas de médio padrão e também vale comemorar o sucesso absoluto de vendas do Empreendimento Raizes Campolim com mais de 80% já comercializado”, explica o empresário José Carlos Morais em visita à Rádio e Jornal Ipanema. A JC Morais instalada em sede própria, no Jardim Faculdade, atua nas áreas de loteamento, incorporação, construção e comercialização de imóveis residenciais, indus-

triais e comerciais. Seus empreendimentos, que abrangem desde os populares até os de alto padrão, atendem a todos os públicos e fazem da JC Morais uma referência de credibilidade absoluta no setor imobiliário. Em 2010 a JC Morais, por meio do Instituto Falcão Bauer da Qualidade, foi certificada com nível A pelo Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-H). Esse programa foi instituído pelo governo federal, com o objetivo de modernizar, melhorar a qualidade e a produtividade na construção habitacional. Além de parceria com o Esporte Clube São Bento, a JC Morais, ciente de seu papel como agente social no processo de desenvolvimento e de sua responsabilidade para com a valorização do homem, desenvolveu o projeto “Craque do Amanhã”. Tendo como objetivo formar cidadãos, com a inclusão social por meio da prática esportiva, o Projeto Social Vila Hortência Futebol Clube “Craque do Amanhã” foi criado em 2007 para atender crianças e jovens de 7 a 16 anos de idade. Mais informações sobre o projeto podem ser acessadas no www.craquedoamanha.com.br.

José Carlos Morais


ESPAÇO

2 EMPRESARIAL

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

Prefeitura e BOS assinam convênio da UPH Zona Leste

E

m ato presidido pelo prefeito Antonio Carlos Pannunzio, o secretário municipal da Saúde, Armando Raggio, e o representante do Banco de Olhos de Sorocaba (BOS), Pascoal Martinez Munhoz, assinaram, o convênio celebrado entre a Prefeitura e a entidade para a implantação, estruturação, operacionalização e gerenciamento da Unidade Pré-Hospitalar (UPH) da Zona Leste. A Câmara Municipal de Sorocaba aprovou o

convênio no último dia 3. O convênio com o BOS para o funcionamento e gerenciamento da UPH Zona Leste será firmado nos moldes da contratualização. O secretário da Saúde de Sorocaba, Armando Raggio, explica que a contratualização se baseia no seguinte princípio: é preciso honrar o custo, mas também, é preciso remunerar o esforço, a competência organizacional e o investimento que a instituição fez.

De acordo com as cláusulas do convênio, em 2013, o valor pré-fixado que será repassado mensalmente pela Prefeitura à entidade equivale a R$ 1.032.320,36. Um outro valor, pós-fixado (de até R$ 258.080,09), só será pago mediante comprovação de gastos. A nova e terceira UPH do município integrará a rede municipal de urgência e emergência e contribuirá para desafogar o sistema e reduzir a procura pelo Pronto-Socorro Municipal instalado na Santa Casa de Sorocaba e, consequentemente, melhorar suas condições de atendimento. A UPH Zona Leste será implantada em um prédio de propriedade do BOS, com 1.967,63 m2 de área construída, localizado na avenida Nogueira Padilha, próximo à rodovia Raposo Tavares.

A expectativa é que, até meados de agosto, a unidade já esteja funcionando. No ato, o prefeito Antonio Carlos Pannunzio enalteceu o Banco de Olhos de Sorocaba, que mantém o Hospital Oftalmológico, por meio do qual Sorocaba tem “reconhecimento internacional na área oftalmológica”. O prefeito também destacou o apoio da Câmara Municipal que aprovou o convênio: “O Legislativo municipal não nos falhou em nenhum projeto importante para Sorocaba”. Já Pascoal Martinez Munhoz disse que na operacionalização da UPH da Zona Leste, que vai atender uma população em torno de 150 mil das zonas Leste e Sul, “vamos fazer o melhor possível nessa parceria para Sorocaba”.

Palestra discutirá tendências, desafios e tecnologia da informação no comércio de materiais de construção No próximo dia 11 de julho, a Infox, a Universidade Corporativa Anamaco e a Acomac de Sorocaba promoverão a palestra “Tendências, desafios e tecnologia da informação no comércio de materiais de construção”. A atividade, voltada aos empresários e profissionais do setor, será realizada a partir das 19h30 no Ciesp (avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, 3.260, Alto da Boa Vista). A entrada é franca, mas os interessados devem se inscrever antecipadamente pelos telefones (15) 2101-7486 ou 3031-3964 ou pelo e-mail comercial@infoxnet. com.br. O palestrante será José Carlos de Araújo (foto), diretor de Formação Profissional da Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção) e coordenador no Brasil do Programa Academia de Vendas da universidade dessa mesma instituição. Durante a apresentação, serão abordados temas como o cenário atual do segmento e os desafios para os próximos cinco anos; competição mercadológica; concorrência; qualificação e comprometimento das equipes com as vendas; atendimento; soluções tecnológicas para os desafios; tendências do setor, entre outros.


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

3


4 ANÚNCIOS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

Empregos

Medicina e Saúde

Diversos

Advocacia

Artigos para Festas

Estética e Beleza

Informática

Aulas e Cursos

Orações


ANÚNCIOS 5

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

Serviços Profissionais

I-PROGRAME-SE Sábado (6) ■ EXPOSIÇÃO OITO ESTAÇÕES

■ FESTA JULINA SÃO MARCOS Até o dia 7 de julho, a partir das 19h30, acontece a festa julina da Comunidade São Marcos pertencente ao Santuário São Judas Tadeu com

música ao vivo e comidas típicas. A festa será na rua Trajano Ataíde, ao lado da igreja. A renda será revertida para o Santuário São Judas Tadeu. Informações: (15) 3222-5817.

Avisos e Editais Até o dia 17 de julho com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas e sábados das 8 às 12 horas, acontece a exposição “Oito Estações” do artista plástico Santiago Ribeiro. O evento é gratuito. A mostra ficará no Salão de Exposição da Fundec (rua Brigadeiro Tobias, 73 - Centro). Informações: (15) 3233-2220. ■ ENCONTRO DO FÓRUM MUNICIPAL DA JUVENTUDE A partir das 14 horas, começa o 5º Encontro Municipal da Juventude em Sorocaba que reúne jovens de 15 a 29 anos para promover um debate para proporcionar troca de informações. O evento acontece no Território Jovem do Maria Eugênia (rua Sotero José do Bonfim, 171). Informações: (15) 3219-1924. ■ APRESENTAÇÃO DO QUARTETO KROMA

■ ESPETÁCULO LA POLAR A partir das 20 horas, o espetáculo teatral “La Polar” que conta a última reunião do conselho de administração da empresa La Polar que atingiu cerca de um milhão de clientes, após fraude financeira, uma das maiores do Chile. O evento acontece no Teatro do Sesc Sorocaba na rua Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade). Informações: (15) 3332-9933.

■ SÁBADO DANCE A partir das 23 horas, o Sábado Dance Especial de Férias acontece com muito dance music e sertanejo universitário com o cantor Thiaguinho Noronha. O evento acontece no Runa Club (avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, 3026 - Alto da Boa Vista). Telefone: (15) 3228-7171. ■ FESTA TEQUILADA SERTANEJA Às 23 horas, a Festa Tequilada Sertaneja será comandada pela dupla Pablo Henrique e Diego no Tribeca Café (rua Amélia Ribeiro, 33 - Parque Campolim). Informações: (15) 3224-2467.

Às 20 horas, acontece a apresentação do Quarteto Kroma formado por Heraldo Paarmann, Alexandre Spiga, Igor de Bruyn e Alexandre de Orio. O grupo descontrói a imagem do rock e faz releitura de obras eruditas ao som da guitarra elétrica. O evento é gratuito, porém os ingressos são entregues com uma hora de antecedência no local. A apresentação acontece no Teatro do Sesi Sorocaba (rua Duque de Caxias, 494 - Mangal). Informações: (15) 3388-0119.

■ SHOW DO TRIO FONES A partir das 22 horas, o Trio Fones influenciado pelo cenário grunge. A banda é formada por Renan Pereira (guitarra/vocal), Paulo Augusto (baixo) e Jefferson Viteri (bateria). O show acontece no Asteroid Bar (rua Aparecida, 737 - Vila Santana). Informações: (15) 3329-2767. ■ ROCK COM 30 E TANTOS Às 18 horas, a noite vai contar com muito rock da banda "30 e Tantos" na Hangover Pub Bar (rua Rafael Dias da Silva, 205 - Parque Campolim). Informações: (15) 3019-3653. ■ JACK E COLA NO CROCODILLO A partir das 23 horas, o sábado começa

com muita música eletrônica comandada pelos DJs André Caproni e Clever Liboni na noite "Jack e Cola" do Crocodillo Club (rua Julio Marcondes Guimarães, 75 - Parque Campolim). Informações: (15) 3234-1324. ■ BUTEQUIM SAMBA Às 22 horas, começa o "Butequim Samba" que traz o grupo Ó do Bgó e Almirzinho para colocar o público para sambar a noite inteira na Choperia São Jorge (rua Miranda de Azevedo, 385 - Centro). Informações: (15) 3329-8999. ■ NARRAÇÃO DE HISTÓRIAS A partir das 16 horas, a Cia. República Ativa de Teatro apresenta as histórias "Todos os patinhos", "O inimigo" e "Não é uma caixa", temas abordados nas obras de Maria Clara Machado. O evento é gratuito e acontece na Convivência do Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade). Informações: (15) 3332-9933. ■ SHOW DA BANDA DOCTOR JONES Às 22 horas, a noite será comandada por muito rock com o show da banda Doctor Jones no Anastácia Bar (avenida Dr. Eugênio Salerno, 187 - Centro). Informações: (15) 4141-0702 / 9712-2049 / 7812-2045.


6

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013 ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO Ã E DECORAÇÃO Ã

Bbiodigestor Água protegida 500 L

Empresa é especializada no

armazenamento e tratamento de água

A

Acqualimp é uma companhia especializada na produção de soluções de qualidade para armazenamento e tratamento de água. A empresa produz caixas d’água e uma diferenciada linha de reservatórios, incluindo tanques para grandes volumes, cisternas, biodigestores, fossas sépticas e produtos voltados para melhorar a qualidade do abastecimento como bombas, filtros e purifi b b fil ficadores. d Caixas d’água A Acqualimp disponibiliza ao mercado brasileiro uma linha completa de caixa d’água com acessórios e diferenciais que facilitam o dia-a-dia dos usuários, garantindo qualidade de abastecimento. A linha

premium possui uma tecnologia multicamada com exclusiva película antibacteriana de quatro níveis de proteção. O produto também oferece vedação total e conexões instaladas de fábrica, que impede vazamentos. Alguns modelos são fornecidos já equipados com filtros e purificadores. Cisternas A linha de cisternas para armazenamento de água da rede pública e captação de água da chuva é uma solução desenvolvida pela Acqualimp para lidar com a escassez de recursos hídricos e a necessidade de combater o desperdício. Produzidas com plástico polietileno de alta densidade, os reservatórios oferecem a possibilidade de armazenamento e

aproveitamento racional, pod podendo ser adaptada para os mais diversos uso usos em residências, indústrias, prédios comerciais comercia e comunidades beneficiadas por programas dos governos. O produto possui insta instalação simplificada, rápida e que, ao mesmo tempo, garante a qualidade da água arm armazenada. A tecnologia da Acqualimp tam também permite a acoplado ao equiinstalação de um filtro ac pamento que retira partículas e impurezas e oferece aos usuários uma alta relação de custo-benefício em virtude do custo de manutenção quase zero. Biodigestores Os biodigestores desenvolvidos pela Acqualimp representam uma alternativa às tra-

dicionais fossas sépticas, que demandam o uso de caminhões limpa-fossa para que os efluentes não sejam descartados de forma prejudicial ao meio ambiente. O equipamento possui um exclusivo sistema de auto-limpeza que pode ser realizado pela própria família sem o suporte de mão de obra especializada. Distribuição dos produtos A rede de distribuição da Acqualimp é formada pelos home centers e lojas de materiais de construção (inclusive as organizadas em redes), além de construtoras, totalizando, mais de 6 mil pontos de vendas no país.


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

7


8

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013 ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO

“Estes projetos servem para selecionar os clientes de uma loja. São indicados para locais mais elegantes, como joalherias, pois garantem 100% de reprodução de cor, muito importante para destacar as joias”

Projeto de iluminação comercial pode gerar até 25% de aumento nas vendas

P

ode até passar despercebida, mas a iluminação de um ambiente provoca diferentes tipos de sensações em uma pessoa e, inclusive, incentiva a consumir. O professor de engenharia da faculdade Esamc Sorocaba, Leandro Rodriguese, que também arquiteto, revela que uma

iluminação adequada em um comércio pode aumentar em até 25% o número de vendas. Segundo Rodriguese, um bom projeto para uma nova loja não chega a custar 1% do orçamento total para abrir o negócio. “Com o valor dos materiais, essa porcentagem pode variar, de acordo com

as necessidades e a criatividade de cada cliente”, conta. O projeto é desenvolvido por um lighting designer, profissional de iluminação, que estuda as possíveis reações que a luz pode causar, induzindo, até mesmo, o comportamento dos consumidores, de acordo com o objetivo de cada estabelecimento. Em um projeto de iluminação comercial, é preciso, primeiramente, estabelecer o efeito que se espera, antes de defi-

nir quais serão os materiais utilizados. “Se soubermos qual o resultado desejado pelo empreendedor, ficará mais fácil escolher as lâmpadas, spots e luminárias que vão se adequar ao projeto”. Uma das possibilidades apontadas pelo professor e arquiteto é o que se chama de luminosidade focada, com tons amarelados e nobres, utilizando-se lâmpadas dos tipos dicróicas, AR e Par. “Estes projetos servem para selecionar os clientes de uma loja. São indicados para locais mais elegantes, como joalherias, pois garantem 100% de reprodução de cor, muito importante para destacar as joias”. Rodriguese trabalhou em projetos de iluminação, envolvendo, desde pequenos negócios, até aeroportos. “Prestamos serviços para o Brasil, a Europa, os Estados Unidos e o Mundo Árabe”, exemplifica. Em


9

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013 ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO Ã E DECORAÇÃO Ã

outro projeto, o professor e arquiteto conta que uma loja de sapatos de grife escolheu lançar canhões de luz direto nos pares e apenas o reflexo era o que iluminava o resto do ambiente. “É um projeto que valoriza o produto e seleciona o público que vai entrar. Quem vê uma loja, assim, logo pensa que aquele sapato tem muito valor”, detalha. Por outro lado, ele também explica sobre as chamadas iluminações de “saldão”, mais claras e que chamam a atenção do grande público. Este tipo de trabalho serve para ambientes grandes, supermercados, lojas de materiais para construção etc. Nestes casos, Rodriguese recomenda o uso de lâmpadas brancas e fluorescentes. “Ambiente com muita luz chama as pessoas”, diz. Há, ainda, os exemplos das redes de fast food, que carregam nas lâmpadas a ponto de incomodar a visão, para que o cliente permaneça no local apenas durante o período de consumo. Se o ponto comercial for mais nobre, para degustação e permanência mais duradoura, a iluminação tende a ser mais dramática, com alguns pontos claros e outros escuros. Uma iluminação clara, mais forte, pode provocar diferentes tipos de reações, dependendo do ambiente. Em uma rede de supermercados, por exemplo, ela pode prevenir tentativas de furtos. Geralmente, mercados menores, de bairro, com pouca luminosidade, tornam-se grandes alvos, por não investirem em um projeto adequado. “Às vezes, a pessoa nem vai com a intenção de roubar, é aquele

Natureza em foco

Leandro Rodriguese

famoso ‘mão-leve’. Ele passa pelo ambiente, percebe que está escuro e sente que é uma ocasião que favorece o roubo. Por essa razão, mesmo estes pequenos comércios estão investindo, cada vez mais, na iluminação adequada”. Rodriguese explica que o poder da luz usada corretamente é um grande aliado do empresário. “Dos nossos cinco sentidos, o que mais usamos é a visão. Por meio da iluminação, é possível destacar, esconder e enobrecer um espaço. A luz define tudo e a sutileza é um instrumento poderoso para induzir uma reação. Se você quer convencer alguém a fazer algo, tentando obrigá-lo, ficará complicado, mas se tentar, com sutileza, será mais fácil. As pessoas não percebem, mas a luz, com sua leveza, influencia nos sentimentos”.

A nobreza que, inconscie inconscienentemente, conferimos aos to tons ons amarelados, por exemplo, é exe plicada por meio da naturez natureza, za, a grande responsável pela “pai“paaixão” das pessoas pela luz. “Mu “Muiuitos admiram a beleza do nas nasscer e do pôr-do-sol, todos os o dias. Este tipo de iluminação iluminação, o, que remete a um tom maiss amarelado, é muito utiliza-do, aqui, na região Sudeste,, pela sensação de conforto que transmite. Então, até nas residências, já se privilegia este tipo de trabalho. Já, no Nordeste, que é uma região mais quente, a luz branca é a preferida, pois si-mula uma sensação de maio maior or frescor”. O professor, que também m morou fora do país, diz que, na Europa, por exemplo, a maior parte dos estabelecimentos já tem a consciência da importância de uma iluminação bem trabalhada e que, por isso, é comum

ver ambientes adequadamente q iluminados. d “Aqui, “A i no Brasil, B il quando d uma lloja j consegue fazer um bom projeto, ela se destaca, porque poucos o fazem. É uma oportunidade para que os empresários possam se diferenciar”, alerta.


10

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013 ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO Ã E DECORAÇÃO Ã

Luminária Atomium

design diferenciado

O

s designers alemães Benjamim Hopt e Wortmann Constantin, em parceria com a marca italiana Kundalini, inspiraram-se nas

formas orgânicas de um átomo para criar a futurista luminária Atomium. A combinação de curvas suaves e inusitadas com materiais de alta tecnologia garantem à luminária Atomium design diferenciado e exclusivo, trazendo modernidade e elegância para sua casa. Sua estrutura produzida em polietileno difuso, possui multi iluminação, com seis fontes de luz fixadas em molas de aço, que conferem maior durabilidade ao produto. Fabricada com materiais de lt qualidade lid d e ttecnologia, l i a lluminária i ái alta Atomium pode ser utilizada tanto em ambientes internos como em ambientes externos. A Kundalini é uma renomada fabricante italiana com sede em Milão, especializada na concepção de iluminação em várias expressões estéticas, funcionais e materiais, produzindo objetos luminosos de design desejados em todo o mundo.


11

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013 ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO Ã E DECORAÇÃO Ã

Arte Italiana

A

s Colunas de Iluminação são um tipo de luminária que possibilitam uma luz confortável para repouso e leitura. São tipicamente utilizadas sobrepostas diretamente no piso. A luminária Tolomeo, criação dos designers Michele de Lucchi

ormou em m um e Giancarlo Fassina, se transformou de. ícone da marca italiana Artemide. elegância,, Sinônimo de performancee e elegância, az de esta moderna luminária italiana é capaz rmodeixar seu ambiente decorado mais charmoumisos e sofisticado. Projetada em 1989, a lumipasse nária Tolomeo recebeu o prêmio Compasse

d’Oro, um dos mais importantes do design mundial, pois conseguiu o casamento perfeito entre design e engenharia, criando um produto elegante e funcional. Produzida em alumínio polido e anodizado é totalmente ajustável, com braço articulado e cabos em aço inoxidável.


12

12

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013 ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO Ã E DECORAÇÃO Ã

A revolução tecnológica

na iluminação A

iluminação feita com LED está saindo dos ambientes comerciais e áreas externas para entrar dentro da casa da gente. A tendência está tão em alta tá tã lt que as principais i i i marcas lançaram produtos com essa tecnologia. Mas a variedade ainda é pequena, se comparada ao que existe de mais convencional disponível no mercado. A descoberta dos LEDs realmente representa uma verdadeira revolução no segmento de Lighting Design. De repente, é possível contar com um facho de luz mais bem definido e confortável para os olhos e com a maravilhosa possibilidade de regulagem da intensidade da iluminação. As

lâmpadas, livre de mercúrio, são de fácil descarte e recicláveis. Também não esquentam, reduzindo os gastos com ar condicionado. As lâmpadas de LED são bem mais caras, mas a d durabilidade bem maior.Depenbilid d é b i D dendo da forma como o LED for utilizado, pode ter até 10 anos de vida útil. A economia chega a ser de até 95%, em relação às incandescentes. Apesar da grande economia no consumo de energia, o ponto negativo na aplicação de leds em projetos, principalmente residenciais, está relacionado ao custo. Outra vantagem dos LEDs é que eles permitem diferentes ângulos de iluminação, sendo possível deixar todo um ambiente iluminado sem excesso de luz. A partir de

lentes diversas, quadradas, cônicas e prismas, é possível criar efeitos óticosdiversos. Devido ao tamanho do ponto luminoso ser pequeno, pode-se conseguir diversos efeitos com os leds.


13

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013 ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO Ã E DECORAÇÃO Ã

Luz suave garantida

pelo abajur A

iluminação é um ponto muito importante no ambiente, com ela é provável que a intensidade e luminosidade da luz gerem sensações diferentes ao espaço. A partir dos elementos de iluminação facilmente surge à possibilidade de enfatizar um ponto da decoração ou projetar efeitos de luz que tornam o lugar mais aconchegante, agradável, alegre ou romântico. O abajur funciona como apoio

da iluminação central sobre mesas laterais, cômodas, aparadores e bufês. O bacana é que, com o tempo você pode substituir a cúpula para ter uma peça renovada. O abajur gera mais charme e uma sensação de acolhimento, proporcionando pouca iluminação. O abajur está equilibrado e em harmonia com todo o cômodo. As cores estão em sintonia e a própria luz do abajur completa toda a harmonização.


14

JORNAL IPANE IPANEMA / 6 de julho de 2013 ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO Ã E DECORAÇÃO Ã

LED é alternativa para iluminação sustentável Juliana Moraes

Jomar Bellini

H Gustavo Capriotti

á tempos as novas construções já levam em conta em seu projeto a iluminação natural, lançando mão de áreas envidraçadas para aproveitar o sol e evitar o uso de luzes artificiais. Mas quem quiser tornar a iluminação de residências já construídas mais sustentáveis, não vai precisar realizar grandes alterações arquitetônicas nos ambientes. Com pequenas e econômicas mudanças é possível diminuir a conta no final do mês. Basicamente a relação entre iluminação e sustentabilidade está no tipo de lâmpada que o morador escolhe. “Esse é o fator mais forte”, avalia o arquiteto Gustavo

Capriotti, que presta consultoria para construções sustentáveis, ao afirmar que o ideal é balancear a iluminação natural com a artificial. Neste contexto, hoje uma das melhores alternativas são as lâmpadas de LED. Em ascensão no mercado, elas já começam a concorrer com as fluorescentes, que há cerca de 15 anos começaram a ganhar preferência na substituição das incandescentes. “Já gerava economia e melhorava a iluminação, mas devido à formulação da lâmpada e falta de uma política reversa, para a devolução do produto, o descarte ainda é complicado”. De acordo com Capriotti, as principais vantagens são a durabilidade, a economia de energia e a taxa de iluminação. “As lâmpadas em LED duram dez vezes mais tempo do que as convencionais”. Segundo o arquiteto, o material

também não gera calor, o que é compensado com uma economia no sistema de ar condicionado. A formatação de como a lâmpada é plugada na luminária é tradicional e não deve necessitar de alterações na estrutura de iluminação das casas. O entrave ainda fica no fator preço. Uma lâmpada tradicional gira em torno de R$ 8 a R$ 10, já as em LED saem na faixa de R$ 40 a R$ 50. “Os preços tendem a cair. Enquanto isto, a dica é não trocar todas as lâmpadas de uma só vez. Colocar a iluminação em LED nos pontos mais utilizados e deixar as alternativas mais baratas e que duram menos para as luminárias secundárias”. A economia no final do mês depende do uso que os usuários fazem. “Depois de três a seis meses, num contexto doméstico, já é possível sentir a diferença na conta”.


I-PROGRAME-SE 15

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

CINEMA MEU MALVADO FAVORITO 2 Sala: Cinespaço Villàggio 1 (dublado, livre) – diariamente às 14 e 18 horas. Continuação de Meu Malvado Favorito. A mente do crime Gru volta a ter pela frente seu inimigo Victor, enquanto tenta lidar com outro super vilão, El Macho, que possui um filho chamado Machito. MEU MALVADO FAVORITO 2 3D Sala: Cinespaço Villàggio 4 (dublado, livre) – diariamente às 15 e 17 horas. UNIVERSIDADE MONSTROS Sala: Cinespaço Villàggio 1 (dublado, livre) – diariamente às 16 e 20 horas. TODO MUNDO EM PÂNICO 5 Sala: Cinespaço Villàggio 1 (legendado, 14 anos) – diariamente às 22 horas. MINHA MÃE É UMA PEÇA Sala: Cinespaço Villàggio 2 (nacional, 12 anos) – diariamente às 14h10, 16h10, 18h10, 20h10 e 22 horas. TRUQUE DE MESTRE Sala: Cinespaço Villàggio 3 (legendado, 12 anos) – diariamente às 14h10, 16h40, 19h10 e 21h40. Michael Atlas é o carismático líder do grupo de ilusionistas chamado The Four Horsemen. O que poucos sabem é que, enquanto encanta o público com suas mágicas sob o palco, o grupo também rouba bancos em outro continente e ainda por cima distribui a quantia roubada nas contas dos próprios espectadores. Estes crimes fazem com que o agente do FBI Dylan Hobbs esteja determinado a capturálos de qualquer jeito, ainda mais após o grupo anunciar que em breve fará seu assalto mais audacioso. Para tanto ele conta com a ajuda de Alma Vargas, uma detetive da Interpol, e também de Thaddeus Bradley, um veterano desmistificador de mágicos que insiste que os assaltos são realizados a partir de disfarces e jogos envolvendo vídeos. GUERRA MUNDIAL Z 3D Sala: Cinespaço Villàggio 4 (legendado, 12 anos) – diariamente às 21h30; (dublado, 12 anos) – diariamente às 19 horas

Domingo (7) ■ HOT WINTER TEEN A partir das 18 horas, começa o Hot Winter Teen com muito funk e dance com os DJs Dan, Keka Neon, Billy e Renan Perez. O evento é destinado a jovens de 13 a 17 anos e acontece no Runa Club (avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, 3026 - Alto da Boa Vista). Telefone: (15) 3228-7171. ■ MARIA MADAME REALIZA SHOW Às 19 horas, a banda Maria Madame apresenta o melhor do sambarock e MPB no Depois Bar e Arte (rua Cônego Januário Barbosa, 123). Informações: (15) 3234-7082. ■ SHOW DA DUPLA RENAN E RANGEL A partir das 20h30, acontece o show da dupla Renan e Rangel que leva ao público o melhor do sertanejo universitário para o público do Expresso Sorocabano (avenida Barão de Tatuí, 1037 - Jardim Paulistano). Informações: (15) 3411-8410. ■ SHOW DA DUPLA MARCEL E XAVIER A partir das 22 horas, a dupla Marcel e Xavier promete trazer o melhor do sertanejo universitário para fazer o público dançar no Anastácia Bar (avenida Dr. Eugênio Salerno, 187 - Centro). Informações: (15) 4141-0702 / 9712-2049 / 7812-2045.

Terça-feira (9) ■ PEÇA “A BRUXINHA QUE ERA BOA” Às 11 horas, a peça infantil “A bruxinha que era boa” conta a história de Ângela. A bruxinha que sempre se atrapalha quando tenta fazer maldades ao contrário de suas colegas. Ângela conhece Pedrinho e essa amizade desagrada o grande Bruxo Belzebu III, que promete prendê-la na Torre de Piche. O evento acontece no Teatro do Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade). Informações: (15) 3332-9933. ■ SERTANEJO COM RENAN E RANGEL A partir das 22 horas, acontece o show da dupla sertaneja Renan e Rangel no Anastácia Bar (avenida Dr. Eugênio Salerno, 187 - Centro). Informações: (15) 41410702 / 9712-2049 / 7812-2045.

Quarta-feira (10) ■ QUARTA PRIME DE FÉRIAS A partir das 22 horas, a Quarta Prime de Férias acontece com muito sertanejo

universitário com Waltinho Silva e a presença do DJ Marcos Alves. A festa acontece no Runa Club (avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, 3026 - Alto da Boa Vista). Telefone: (15) 3228-7171. ■ BOTECO SERTANEJO Às 22 horas, começa o Boteco Sertanejo com o melhor do ritmo com vários cantores da região para o público do Beleléu Bar (avenida Armando Pannunzio, 1390). Informações: (15) 3034-1238. ■ ESPETÁCULO CONTRA-REGRAS

Sexta-feira (12) ■ SHOW DO GRUPO KATINGUELÊ Às 23 horas, começa a Sexta Show com o grupo de pagode Katinguelê no Runa Club (avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, 3026 - Alto da Boa Vista). Telefone: (15) 3228-7171. ■ APRESENTAÇÃO DA BANDA VELOTROL A partir das 21 horas, o ritmo da noite é rock com a banda Velotrol no Anastácia Bar (avenida Dr. Eugênio Salerno, 187 Centro). Informações: (15) 4141-0702 / 9712-2049 / 7812-2045. ■ SERTANEJO CHIC A partir das 23 horas, o melhor do sertanejo universitário irá contagiar o público do Bikini Dinning Club (rua Isolina Leite Nascimento, 123). Informações: (15) 3233-0233.

Às 20 horas, acontece o espetáculo de comédia com muito improviso “ContraRegras” com participação de Osvaldo Barros, João Valio, Fernando Strombeck, Richard Godoy e Daniel Murillo que participaram da Maratona do Humor em 2011, na Record. O evento acontece no Teatro Pedro Salamão José (avenida Eugênio Salerno, 298 - anexo com a Escola Municipal Getúlio Vargas). Informações: (15) 9124-9872 / 81601003. Site: sorocomedia.com.br.

Quinta-feira (11) ■ PALESTRA REFLEXÕES SOBRE CARÁTER E LIDERANÇA A partir das 19h15, a APRH (Associação dos Profissionais em Recursos Humanos de Sorocaba) realiza a palestra “Reflexões sobre Caráter e Liderança) ministrada pelo presidente da instituição, Daniel de Carvalho Luz. O evento é gratuito, porém as vagas são limitadas. A inscrição deve ser feita antecipadamente. A palestra acontece no Hotel Nacional Inn (rodovia Senador José Emírio de Moraes, km - 2,5 - Sorocaba). Informações: (15) 3211-5666. E-mail: comunicacao@aprh.com.br. ■ SERTANEJO COM RODRIGO FREITAS Às 22 horas, começa o show do cantor Rodrigo Freitas que traz o melhor do sertanejo universitário para o público do Anastácia Bar (avenida Dr. Eugênio Salerno, 187 - Centro). Informações: (15) 4141-0702 / 9712-2049 / 7812-

sábado (20) ■ CHÁ BENEFICENTE GRUPO AMAR É VIVER Às 14h30, acontece o chá beneficente organizado pelo grupo Amar é Viver. Os convites custam R$ 25. O evento acontece na rua Maria José de Lima Aleixo, 267 Trujillo. Informações e reservas: (15) 3232-6613 / 3232-3423.

Sábado (27) ■ EXCURSÃO PARA O ROCK IN RIO A excursão com destino ao Teatro Alfa em São Paulo tem saída marcada para o dia 27, às 13 horas do câmpus Seminário da Uniso. O passeio para o musical Rock in Rio é organizado pela Terceira Idade da Uniso. Os interessados devem entrar em contato com a Coordenação da Terceira Idade pelo telefone (15) 2101-4061 ou e-mail: 3idade@uniso.br.

Domingo (28) ■ 4ª FEIJOADA SOLIDÁRIA A partir das 12 horas, acontece a 4ª Feijoada Solidária que tem como atração também um bingo. O convite custa R$ 40 e crianças com até 8 anos não pagam. O almoço acontece no Shopping M. Informações (15) 3236-7153.


VIDA

SAUDÁVEL S AUDÁVEL 16

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

Saiba mais sobre o Sapateado Americano visual e sonora. As origens Sem registros históricos que possam precisar datas e locais, diz Claudia, sabe-se muito pouco a respeito das origens do sapateado: algumas das suas primeiras manifestações datam de meados do século V. Posteriormente, nos Estados Unidos desenvolveu-se o chamado sapateado americano, introduzido no país por volta da primeira metade do século 19, na fusão que uniu ritmos e danças dos escravos, que já possuíam um estilo de dança próprio, baseado nos sons corporais, com os estilos de sapateado praticados pelos imigrantes irlandeses e colonizadores ingleses. Surgido nos Estados Unidos, o sapateado chegou às ruas de Nova York durante o século XIX. A Irish jig originada na Irlanda endurecia o corpo, valorizava o trabalho ágil dos pés e favorecia o salto. O gioube na África Ocidental, com o corpo relaxado e curvado, centralizado nos movimentos dos quadris, favorecia o deslizamento dos pés. A fusão das duas influências transformou-se, nas americanas jig e juba, que se fundiram em uma espécie de dança chamada “jigging”. Nos idos de 1800, foi incorporada por dançarinos brancos e negros em shows, permanecendo até hoje na vida americana.

Andrey Acca

S

apateado é um estilo de dança, originalmente irlandesa, na qual os dançarinos produzem sons sincopados, ritmados com os pés, afirma a professora e diretora da Spaço Alfa Claudia Guerreiro. De acordo com ela, os americanos realizam sua Tap Dance esbanjando ritmos sincopados e movimentos com o corpo todo, abrindo a dança para o estilo próprio de cada executor. “O sapateado americano acrescentou à forma irlandesa da dança toda a riqueza musical e de movimentos dos ritmos dançados pelos africanos e com isso criou uma modalidade de dança ímpar e que se espalharia, posteriormente, por todo o território dos EUA e, durante o século XX, diversos outros coisas”, comenta Claudia. A partir da década de 30, o sapateado ganhou força e popularidade com os grandes musicais, que contavam com a participação de nomes como Fred Astaire, Gene Kelly, Ginger Rogers, Vera-Ellen e Eleanor Powell. O Sapateado Americano, afirma Claudia, é uma dança sonora em que os sons são produzidos pelos pés, utilizando o sapato como instrumento. O corpo entra em ação impulsionado pelos movimentos das pernas e pés, integrando a harmonia

Benefícios: O Sapateado trabalha algumas habilidades motoras, como a coordenação, equilíbrio e ritmo. Além de desenvolver expressão corporal e conscientização de equipe. A dança pode exercer influência sobre a vida das pessoas e o quanto pode ser benéfico, uma atividade lúdica, na recuperação de pessoas com depressão, na melhora da autoestima, na inclusão social, e na manutenção da atividade física. A prática do Sapateado desenvolve a coordenação motora, a musicalidade, o ritmo e a expressão corporal.


CADERNO

IMÓVEIS

&VEÍCULOS

6 de julho de 2013 - edição 723 www.jornalipanema.com.br


2 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 3


4 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 5


6 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 7


8 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 9


10 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 11


12 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 13


14 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 15


16 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 17


18 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 19


20 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 21


22 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 23


24 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 25


26 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 27


28 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 29


30 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 31


32 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 33


34 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

Apartamentos Vendem-se

Casas Vendem-se


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

Terrenos

IMテ天EIS 35

Veテュculos


36 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

IMテ天EIS 37


38 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


39 VEÍCULOS

IMÓVEIS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


40 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

VEÍCULOS 41


42 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

VEÍCULOS 43


44 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 6 de julho de 2013

Jornal ipanema ed 723  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you