Page 1

Ano XIV - nº 835 - 19 de setembro de 2015

www.jornalipanema.com.br

30 MIL EXEMPLARES - SOROCABA E REGIÃO

Suplemento Educação

O que faz a diferença em uma escola? Nesta edição

Ipanema Ambiente

A sorocabana que é um

Saiba as tendências para sua casa em 2016

fenômeno na Internet

Caderno Negócios & Oportunidades

Dia do Sorvete Sérgio Ratto

Pág. 16

Uma deliciosa sobremesa Págs. 10 e 11

I Programe-se

Comportamento

Mulheres culpam os maridos por sua infidelidade Pág. 15

Cantor Daniel se apresenta no Clube de Campo Pág. 14


2

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015


ARQUIVO ABERTO

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

EDITORIAL

Sofia, cidadã “A saúde é um direito de todos os brasileiros, garantido pela Constituição Federal de 1988. Todo cidadão tem acesso ao Sistema Único de Saúde. Quando o estado falha ou se omite no dever de dar acesso à saúde, o cidadão pode exigir que seu direito seja cumprido”. Esta frase, propositalmente entre aspas, foi extraída do site oficial do governo federal, Portal Brasil. O conceito constitucional e a orientação parecem simples, mas para quem precisa, na prática, as dificuldades são imensas e a burocracia se coloca como uma das principais ameaças na luta contra o tempo, em busca de tratamento. Nesta semana, a morte da pequena Sofia causou - e ainda causa – muita comoção, especialmente entre nós da região. A bravura desta votorantinense, enquanto travava sua batalha pela vida e mesmo assim esbanjava sorrisos desde ao nascer até seus poucos um ano e nove meses de idade, deu mostras a toda a sociedade brasileira do quanto os nossos direitos precisam ser requeridos à exaustão. E do quanto ainda há pessoas engajadas neste país, tomado pela lama da corrupção. Desde março de 2014 o Jornal Ipanema e Portal Ipanema, assim como a Rádio Ipanema, acompanham este caso. A menina Sofia Gonçalves Lacerda nasceu com uma doença rara, síndrome de Berton, precisou de um transplante multivisceral que só foi possível em um hospital dos Estados Unidos. Foi uma dura batalha judicial e de toda a equipe médica que operou a bebê, no último dia 10 de abril. Infelizmente, após contrair um vírus no pulmão, ela não resistiu. Mas o exemplo da cidadã Sofia estará vivo para sempre. Este anjinho veio ao mundo para nos mostrar que o grande milagre é que a luta nunca termina, é que a união e a solidariedade arregimentam pessoas do bem. Que profissionais iluminados, cada um em sua área de atuação, tornaram possível divulgar o seu caso raro, defender seu acesso à saúde, operá-la com maestria e, principalmente, que mais de um milhão e meio de pessoas de uma forma ou de outra se mobilizaram movidos pela fé, pela esperança e pelo amor ao próximo.

3

ARTIGO Desgaste, mas sem arrependimento Basta uma pesquisa rápida em qualquer noticiário sobre os números da dengue neste ano, no Brasil, e Sorocaba terá lugar de destaque. Isso acontece porque a prefeitura preferiu seguir a orientação do Ministério da Saúde e todo caso suspeito entrou na contabilidade antes mesmo do resultado confirmando o paciente como doente. Em entrevista ao Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema o prefeito Antonio Carlos Pannunzio reconheceu que seguir a metodologia de contabilizar casos suspeitos de dengue, e não apenas os confirmados, gerou um desgaste, mas que ele não se arrepende de ter feito porque era o certo. Após a entrevista, no Paço Municipal, o prefeito lançou a campanha de prevenção a dengue para, nas palavras do próprio Pannunzio, “não vivermos as mesmas angústias deste ano”.“Quanto antes toda a cidade se mobilizar, mais cedo estaremos eliminando os focos do Aedes aegypti e evitaremos que o mesmo cenário deste ano se repita em 2016”, completou Pannunzio. Mirando Lula, mas... A deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ), filha do delator do mensalão, o ex-deputado federal Roberto Jefferson – que manda no PTB e agora está contra o Governo – protocolou a PEC 125/2015 (Proposta de Emenda à Constituição) que mira em cheio em Lula, afinal, se aprovada, essa PEC proíbe a “reeleição por períodos descontinuados para cargos do Executivo”, desde prefeitos até presidente da República. Segue o modelo norte-americano, onde um presidente, reeleito ou não, fica proibido de tentar nova candidatura. A referência velada é ao ex-presidente Lula, que já citou que pode se candidatar novamente. Mas, atinge, no caso de Sorocaba, se valer a partir de 2016 (para isso, precisaria ser aprovada e sancionada até dia 2 de outubro, portanto em duas semanas) o já pré-candidato a prefeito Renato Amary (que administrou Sorocaba entre 1996 e 2004), o provável candidato Vitor Lippi (que administrou Sorocaba entre 2004 e 2012) e Flávio Chaves (prefeito de Sorocaba entre 1983 e 1987), que anuncia sua filiação ao PSC e retoma à vida pública. O que penso disso? Que haverá tempo de barrar Lula em 2018, mas será muito improvável que pegue as eleições de 2016. Votos favoráveis (I) As próximas eleições, em 2016, serão as primeiras em que 100% do financiamento empresarial de campanhas será feito por meio de doações ocultas – aquelas em que é impossível detectar o vínculo entre empresas financiadoras e políticos financiados. A institucionalização das doações ocultas foi apenas uma das dezenas de alterações promovidas pelo relator da reforma política na Câmara, no projeto aprovado na semana anterior pelos senadores. O texto que saiu do Senado, por exemplo, nem sequer admitia a participação de empresas no financiamento de campanhas. E tudo aconteceu de maneira rápida e

sem discussão, uma prática do presidente da Casa, Eduardo Cunha. Votos favoráveis (II) Essa reforma política, aprovada na Câmara dos Deputados, teve o dedo dos dois parlamentares sorocabanos: Vitor Lippi e Jefferson Campos. Em minha opinião, essa decisão apenas deixa no ar a seriedade do processo eleitoral e livra os eleitos do constrangimento de atuar no Executivo ou Legislativo em favor de alguma empresa que tenha doado para sua campanha. No caso da eleição municipal, o que é ainda pior, é que a doação não precisa, necessariamente, vir para o diretório municipal. Ela pode ser doada ao diretório estadual e nacional. É ou não impossível de detectar o doador? Visita do secretário de Governo... O secretário de Governo da Prefeitura de Sorocaba, João Leandro da Costa Filho, esteve, na semana passada, na Santa Casa de Sorocaba, numa visita surpresa. Ele apareceu em todos os setores do hospital e do Pronto Socorro para conversar com funcionários e esclarecer todas suas dúvidas. A Santa Casa está sob requisição da prefeitura desde janeiro de 2014: “Constatei, mais uma vez, que a Santa Casa possui equipes médicas e de enfermagem altamente qualificadas, e que todos os funcionários, em geral, cumprem suas funções e atribuições de maneira muito comprometida”, disse. ... e dos vereadores Nesta semana, foi a vez dos vereadores José Crespo (DEM), Izídio de Brito (PT) e Fernando Dini (PMDB), aparecerem na Santa Casa, sem aviso prévio, para verificar o funcionamento daquele que é o maior hospital SUS de Sorocaba. Segundo eles, o grave problema que transpareceu foi a falta de aporte financeiro do governo estadual, que está acarretando na descontinuidade dos atendimentos de oncologia, cardiologia e outras especialidades de ponta, além da restrição de internação para procedimentos eletivos. Revogação na Justiça O advogado do PSOL de Sorocaba apresentou ao TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo um pedido de revogação do mandado de reintegração de posse contra o grupo de artistas que ocupam o “Galpão Cultural Estação Laranjada”. O representante do partido também solicita uma audiência de conciliação entre o estado e o coletivo para que não seja necessário desocupar o galpão. Até então abandonado e tomado por lixo e mato, o espaço foi cedido pelo estado à prefeitura de Sorocaba. Sua “subutilização” foi o motivo da ocupação dos artistas que, além de limparem o local, vêm desenvolvendo oficinas culturais, hortas comunitárias e atividades junto à comunidade local. O deputado Raul Marcelo virou porta voz do coletivo e terá audiência com o Secretário de Cultura, na próxima semana, para que o galpão seja cedido ao movimento e transformado em um Centro Cultural gratuito e comunitário.

Refletir Cotidianamente, vamos gerenciando obstáculos, problemas, dificuldades em geral batem às nossas portas e decidir questões que impactam em nossas vidas a curto, médio ou longo prazos trata-se de uma tarefa que exige visão de futuro e seus impactos em nossas vidas. Há de se ter muita coragem e a certeza de que nem sempre vamos acertar. Porém, se conseguirmos nos afastarmos na distância ideal e analisarmos fatos e circunstâncias envolvidas podemos, numa estimativa entre erros e acertos, aumentar as possibilidades dos acertos. Devo concordar que não se trata de tarefas das mais fáceis, mas decidir sob pressão nos conduz a momentos de estresse, desgastes relacionais e os fatores maléficos que acompanham problemas de saúde, geralmente maiores que os próprios desafios colocados à nossa frente. Você pensa com equilíbrio ao decidir questões importantes? Tem buscado, durante o processo de decisão, distanciar-se momentaneamente do problema que lhe desafia? Então, meus caros, dizer aquele velho chavão que utilizo propositadamente como crítica social: “Eu sei! Eu sei!” não irá nos levar ao caminho da reflexão necessária aos acertos que todos buscamos em nossas vidas. Reflita, pense, pondere, analise e caminhe com atitudes assertivas para sua vida. Pense nisso, boa semana. Paz e bem.

Francisco Pagliato Neto é empresário e educador


4 ARQUIVO ABERTO / ARTIGOS ESPAÇO DO RUI

Você tem

razão! “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é” – versou Caetano Veloso em “Dom de Iludir”. Essa é uma verdade incontestável, que valoriza a nossa vida, pois não existe uma pessoa semelhante à outra, seja física ou mentalmente. Cada ser é único. Mesmo gêmeos pensam e agem de maneira diferente. E a vida também apresenta uma arapuca, pois cada ser humano pode fazer suas escolhas ou os caminhos que percorrerá, porém sempre vai responder pelas consequências e, caso a opção escolhida seja errada, não há como voltar ao passado. Dessa forma, por falta de conhecimento ou ausência de um hábito cultural, não respeitamos muitas vezes as pessoas que nos rodeiam, principalmente as que mais amamos. Temos as próprias opiniões e desprezamos como os outros pensam ou agem. Somos prepotentes e queremos modificar principalmente a mulher ou o marido. Quando casamos, por exemplo, escolhemos o novo estado civil pela paixão, pois acreditamos que encontramos a pessoa da nossa vida, “a tampa da panela”, “a outra metade”. Contudo, com a convivência diária começamos a observar atitudes ou coisinhas no outro que nos incomodam, pura e simplesmente porque a companheira ou o companheiro não pensam e agem como queríamos. Não avaliamos que fomos atraídos um pelo outro exatamente pelas diferenças. E queremos que o outro mude. Começam as rusgas, brigas e desencontros. E muitas uniões acabam em separações, que representam a falência do projeto familiar, um verdadeiro desastre. Numa separação não existe vencedor e nem vencido, apenas derrotados. Quando o casal tem filhos, a situação ainda é pior. Eles sofrem traumas e muitas vezes são utilizados como objetos de chantagens. Cabe, entretanto, ressalvar: em muitos casos que envolvem violência e outros comportamentos condenáveis, a separação se faz necessária. Acredito que devemos sempre fazer uma reflexão sobre como agimos em casa, no trabalho ou socialmente: Eu sou feliz com o meu comportamento? Eu correspondo com o que as pessoas pensam de mim? Eu sou o marido que prometi ser quando namorávamos? Eu sou a esposa que ele desejava? Sou bom pai? Sou boa mãe? Sou o que meus filhos necessitam? Correspondo às minhas obrigações no processo educacional? Como eu disse no início, aproveitando a genialidade de Caetano Veloso, “cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é”. E a vida é muito curta para fazermos o papel de idiotas. Lutamos com 300 milhões de espermatozoides para chegar ao óvulo e iniciar o milagre da existência humana. Lembrando isso, podemos concluir que não temos o direito de tentar transformar as pessoas, pois gostaríamos que todos, quando déssemos a nossa opinião, falassem: você tem razão!

Polêmica com as auxiliares A participação do prefeito de Sorocaba, Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), nesta semana, no Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema, gerou polêmica entre as auxiliares de educação da cidade. Questionado sobre o pagamento de horas trabalhadas de profissionais eventuais, chamados para fazer substituições nas escolas no mês de julho, o chefe do Executivo chamou atenção para o “elevado número de faltas de profissionais no período”. Pannunzio chegou a dizer que alguns auxiliares de educação faltam “de forma descabida” e que chegam, até mesmo, a “apresentar atestados médicos para trabalhar em outra cidade ou realizarem outras atividades”.

Profissionais respondem (I) Rapidamente, as declarações do prefeito provocaram a reação de profissionais da categoria. De acordo com a representante da Comissão de Auxiliares de Educação de Sorocaba, Abigail Coronetti, o fato de muitos profissionais terem sido chamados para fazer substituições na rede municipal, em julho, se deve ao recesso de professores e aluno-educadores no período, o que fez com que os auxiliares fossem chamados para exercer as funções das 7 horas ao meio-dia.

Profissionais respondem (II) A representante da categoria não descartou, ainda, casos de doença que justifique essas faltas. Abigail citou o surto de dengue na cidade, que teria afetado alguns profissionais, e o fato de os auxiliares estarem expostos a doenças comuns, geralmente, em crianças, como conjuntivite e viroses, para justificar a apresentação de atestados médicos como justificativa de faltas. Ela disse, ainda, que há um déficit de profissionais na rede municipal.

Secretário esclarece De acordo com o secretário de Educação, Flaviano Agostinho de Lima, as declarações do prefeito estavam relacionadas à preocupação com o número de faltas dos profissionais. Em julho, segundo o titular da pasta, dos 1.145 auxiliares da rede, quase 50% (555 profissionais) apresentaram atestados. “Esse é um dado alarmante. Estamos procurando aprofundar e en-

Ipanema Sistema Gráfico e Editora Ltda CNPJ - 01.142.640/0001-07

Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 199 Lageado - CEP 18.110-008 - Votorantim - SP Fone (15) 2102-0300 - Fax (15) 2102-0302

Rui Batista de Albuquerque Martins é jornalista e publicitário

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

PARA ANUNCIAR: comercial@jornalipanema.com.br 2102-0330 / 2102-0306

tender o que está acontecendo e a fala do prefeito está no sentido de que, enquanto gestor, ele está preocupado”, disse. Lima negou, ainda, que o Pannunzio estivesse generalizando os profissionais.

Medidas legais A fala do prefeito sobre os atestados médicos repercutiu, também, no Sindicato dos Médicos de Sorocaba e Região (Simesul), que, em nota, questionou as insinuações de Pannunzio sobre o fornecimento de atestados sem critério como justificativa de faltas. O sindicato considerou “graves” as acusações, que estariam colocando em cheque a capacidade dos médicos. A nota afirma, ainda, que o sindicato vai procurar medidas legais para que o prefeito se responsabilize ou se retrate publicamente sobre o fato.

Hospital Estadual O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), esteve em Sorocaba para dar início às obras de construção do Hospital Estadual da cidade, que vem sendo adiada desde 2011. A solenidade ocorreu no terreno onde ficará sediado o hospital, no quilômetro 106 da rodovia Raposo Tavares. A previsão inicial é que a obra esteja concluída em 30 meses. Na ocasião, ao lado do secretário estadual de Saúde, David Uip, Alckmin anunciou a liberação de um repasse mensal de R$ 400 mil para a Santa Casa de Sorocaba. Os recursos serão utilizados nos atendimentos de alta complexidade.

Lei dos Bares alterada A Câmara aprovou, nesta semana, um projeto de lei do vereador Marinho Marte (PPS) que altera a Lei dos Bares, que vigora em Sorocaba. A proposta permite que estabelecimentos que não possuem alvará especial, para funcionar depois da meia-noite, possam ter o direito de manter clientes no local, após esse prazo, para o término do consumo de comidas e bebidas adquiridas. O único vereador contrário à medida foi Luís Santos (Pros), com o argumento de que o projeto acabaria anulando a Lei dos Bares. Cabe, agora, ao prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) sancionar ou vetar a proposta.

Diretor Francisco Pagliato Neto

Gerente de Produção Roberval Fernandes de Almeida

Editor Benedito Urbano Martins MTB 36504

Diagramação Jefferson Cascali de Lima

Gerente Geral - Jornal Ipanema Wilson Rossi

Cesar Mezadri Araújo: o ronco e a apnéia Roncar faz parte de grande parte da população obesa ou não. Segundo as orientações do médico Cesar Mezadri Araújo, do Pró-sono Sorocaba, “roncar intensamente e com frequência é prejudicial à saúde. A pessoa que ronca pode ter má qualidade de sono, geralmente acordando cansada e sonolenta”. Já a apnéia, significa “sem ar” ou “parada respiratória”. “Enquanto dormimos a apnéia pode acontecer e está relacionada com vários fatores, como: hipertensão arterial, diabetes, obesidade”. Dito isso, conto que passei recentemente por uma noite na Clínica do Sono. Uma experiência que vale a pena viver, como check-up de qualidade de vida. Têm lá suas dificuldades com aqueles fios no corpo e na cabeça, mas isso é pouco pelos benefícios que ganhamos com os resultados. Pesquisando alguns dos fatores da má qualidade do sono, encontramos itens fáceis de serem resolvidos. No meu caso, dessa listinha, estou positivo com a maioria do que é certo. Veja você e faça a sua avaliação sobre os 10 mandamentos para uma boa noite de sono. 1) Ter um horário regular para dormir e despertar. 2) Ir para a cama somente na hora de dormir. 3) Dormir em um ambiente saudável. 4) Não fazer uso de álcool próximo à hora de dormir. 5) Não exagerar em café, chá e refrigerantes. 6) Atividade física em horários adequados e nunca próximo a hora de dormir. 7) Jantar moderadamente em horário regular e adequado. 8) Não levar problemas para a cama. (meu comentário: esse é para os super-homens e para as mulheres maravilhas). 9) Não fazer uso de medicamentos para dormir sem orientação médica. E, finalmente, o 10) Buscar atividades repousantes e relaxantes após o jantar. (não assistir filmes de violência ou as notícias do “lava-jato”. Acrescento, na lista dos não relaxantes) Aproveite as dicas e bom sono, como faz a minha tia Clarinha Testa Gâmbaro. Dia 19 de setembro, ela celebra 95 anos de vida e cantará os parabéns muito bem disposta, como ela mesmo diz: ” depois de uma noite sonhando com os anjos”.

Tiragem - 30.000 exemplares Distribuição - Sorocaba e Região

___________________________________________ diretoria@jornalipanema.com.br ________ 2102-0300 redacao@jornalipanema.com.br ________ 2102-0389 comercial@jornalipanema.com.br _______ 2102-0330 financeiro@jornalipanema.com.br ______ 2102-0308 circulacao@jornalipanema.com.br _______ 2102-0335 wilsonrossi@jornalipanema.com.br ______ 2102-0330 arte@jornalipanema.com.br - 2102-0340/ 2102-0342 ___________________________________________

PORTAL DO JORNAL IPANEMA: www.jornalipanema.com.br

VANDERLEI TESTA

Vanderlei Testa é jornalista e publicitário leia este e outros artigos diários de Vanderlei Testa no Portal www.jornalipanema.com.br


JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

5


6 CORPO EM FORMA & SAÚDE

Fazendo as pazes com os medos?

E

ntão, eu acredito que é possível! Assim como quem acompanhou meu último artigo no Jornal Ipanema, em 18 de julho, com o título: “Fazendo as Pazes com a tristeza”, pode ler: ... “Eu posso escrever, reescrever minha vida, só que com palavras diferentes, lançando um novo olhar, uma nova escuta para a vida. E assim, podemos, acredito, ter uma ‘nova fala’ diante da vida, entenda -se novas atitudes”. Somos regidos como seres humanos em nossa essência psíquica “pelo princípio do prazer” e diante de fases de nossas vidas, pela falta de maturidade, ou fragilidade emocional, não percebemos que esse

elemento pode na maior parte do tempo nos impedir de fazer, falar o que realmente é importante ou o que acreditamos, por medos de: não sermos amados, admirados, queridos, respeitados e tudo o que vai por esses sentimentos; medo da rejeição, retaliação e, sem que percebamos, vamos criando couraças que, além de nos protegerem, podem nos impedir de viver mais plenamente, com qualidade de vida. É bom imaginar Façamos um exercício: imaginarmos uma couraça, uma armadura, todas bem pesadas, pois então, simbolicamente podemos imaginar quanto de peso extra começamos então carregar e, apesar de ser de fundo emocional, psicológico, ao longo do tempo podemos fazer em nosso corpo muitas doenças, um estômago adoecido, síndromes como a do intestino irritável e, pasmem, artroses, simbolicamente; porém reais em nosso corpo, desgastes, calcificações que podem nos trazer grandes e sérios comprometimentos.

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015 Então, a proposta é revermos como temos carregado o que não é nosso. Quem temos carregado? Então, sem que percebamos por conta daquele “princípio do prazer”, inconscientemente e alguns flashes de consciência: para agradar, por medo de desagradar, por medo de sermos isolados, excluídos, deixamos de ser assertivos, de falar o que realmente precisamos e para quem precisamos. Mas o importante é lembramos das máximas da assertividade, as quais ao menos eu defendo: mansidão, elegância e tom de voz. Diferentemente do que muitos chamam de “Não levar desaforo para casa”. Isso é grosseria! (pelo menos em meu entendimento!) Assertividade é na primeira pessoa, dizer o que precisamos, porém o como faremos e falaremos é que fará a grande diferença entre assertividade e grosseria. Ah! e um parágrafo à parte: precisamos conectar nosso cérebro à nossa língua, porque, muitas vezes, precisamos somente refletir se precisamos falar, lembrar ou algo do gênero e aí que entra o que chamo de mansidão. “Será que precisamos falar mesmo? Será que o que foi feito, ou não, tem algum motivo, ao menos para a outra pessoa, que ainda não chegou ao meu entendimento? Porque, infelizmente, muito do que nos incomoda no que o outro falou ou fez, está diretamente ligado ao que mais detesto em mim. Pois é, difícil não é? Então fazer as pazes com nossos medos não é meramente, com o medo de “escuro, dirigir, nadar, falar em público”e por aí vai. É fazer as pazes “com o meu íntimo”, comigo mesmo (a), de forma a aprender a ser mais leve, literalmente, eliminando pesos extras “simbólicos”, mas que nos faz adoecer!!!

Como disse um preletor, que prefiro não mencionar por discrição, mas faço minhas emprestando as suas: “se não é meu, devolvo ao remetente”, sem mesmo abrir o pacote. Aprender a aprender Aceito que precisamos aprender a aprender todos os dias, a filtrar, o que realmente me pertence, e mais ainda, aprender que, eu acredito, que fazer o que é preciso, é preciso até para que o quanto antes possamos fazer o que realmente gostamos. Mas fazer o que é preciso, não é o fazer de qualquer jeito, por fazer, é fazer bem feito, com comprometimento, não mero envolvimento. Assim eu acredito vamos nos libertando e nos aliviando de nossos medos, mesmo que aos olhos do outro possa parecer ridículo, eu ficar perto da borda, ou me segurar na boia, solto dela quando eu conseguir. Preciso lutar para isso com certeza, mas é o meu tempo emocional que deve contar. Fechando, não finalizando, fundamental que os medos sejam respeitados, por conta de reações fisiológicas involuntárias que estão implicadas quando o indivíduo em questão experimenta dele. E repito, apesar de simbólico aos olhos de muitos, se faz no corpo. Refletiremos juntos em palestra que já os convido, no dia primeiro de outubro.

Osmeire Tobias Mendes é psicóloga clínica e terapeuta sexual


RENATA MOECKEL L

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

7

renatamoeckel@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

Arte em

Claves de Sol A realização é da produtora cultural Angela de Oliveira, de Itapetininga. O evento une música e artes plásticas. Durante a vernissage, que aconteceu na Casa de Portugal, em São Paulo, a cantora Kátia Baroni - nascida em Itapetininga, mas que se divide entre Sorocaba e São Paulo - apresentou um pocket show do premiado espetáculo “Isso é Modinha”, proporcionando uma experiência multissensorial junto às obras dos 23 artistas de vários estados brasileiros que fazem parte da mostra que segue aberta ao público até 30 de setembro.

O artista Antonio Carlos Estanagel e suas produções: o que jogam no lixo é transformado em arte por ele

Medalhas para Sorocaba !

Kátia Baroni durante o espetáculo “Isso é Modinha”

Produtora cultural Angela de Oliveira

Os atletas da equipe Associação de Pais e Amigos da Natação (Apan), que representa a Prefeitura de Sorocaba em competições oficiais conquistaram, mais 22 medalhas em competições da Federação Aquática Paulista (FAP). Os atletas entraram na piscina para mais uma disputa no Torneio Regional Infantil a Sênior, em Limeira. Sob a coordenação do técnico Renato dos Santos, o time composto por dezesseis atletas de Sorocaba obteve cinco medalhas de ouro, nove de prata e oito de bronze. O torneio contou com a participação de 25 equipes paulistas, totalizando 309 atletas, o que torna as conquistas da equipe sorocabana ainda mais relevantes.


10 DIA DO SORVETE

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

Até o sorvete tem uma data para se comemorar

N

a próxima quarta-feira (23) é comemorado o Dia do Sorvete, considerada sobremesa ideal para dias de temperaturas mais quentes. Há muitas sobremesas que podem ser feitas à base de sorvete, como o tradicional petit gateau.

No Brasil, a Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes (Abis) instituiu o“Dia Nacional do Sorvete”. A data foi criada com o objetivo de celebrar o início das temperaturas mais altas do ano e o aumento do consumo de sorvete. De acordo com dados que constam no site da Abis (www.abis.com.br), a história do sorvete começa com os chineses, que misturavam neve com frutas fazendo uma espécie de sorvete. Esta técnica foi passada aos árabes, que começaram a fazer caldas geladas chamadas de sharbet e que mais tarde se transformaram nos famosos sorvetes franceses sem leite, os sorbets. Nos banquetes de Alexandre, o Grande, na Grécia, e nas famosas festas gastronômicas do imperador Nero, em Roma, os convidados já degustavam frutas e saladas geladas com neve. Marco Polo trouxe do Oriente para a Itália, em 1292, o segredo do preparo de sorvetes, usando técnicas especiais.

Em 1846, a norte-americana Nancy Johnson inventou uma espécie de congelador que funcionava com uma manivela e agitava uma mistura dos ingredientes. Na parte de baixo existia uma mistura de sal e gelo que ajudava ao congelamento. Foi esta a máquina percursora da produção industrial de sorvete. No Brasil, o sorvete ficou conhecido em

1934, quando dois comerciantes cariocas compraram 217 toneladas de gelo, vindas em um navio norte-americano, e começaram a fabricar sorvetes com frutas brasileiras. Na época, não havia como conservar o sorvete gelado e, por isso, tinha que ser tomado logo após o seu preparo e até um anúncio foi feito.


DIA DO SORVETE 1 11 1

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

Sorvete fác il

Sorvete de

milho verde Ingredientes m a água) •1 lata de milho (se ca va de •1 lata de leite sado en nd co te lei •1 lata de te lei de e m cre de a •1 lat sem soro ão • Raspas de 1/2 lim Modo de preparo uidificador 1. Bata tudo no liq por 12 minutos recipiente, 2. Coloque em um r por 8 horas leve ao congelado calda quente 3. Sirva com uma de chocolate

Ingredientes 1 lata de leite co ndensado 1 lata de creme de leite 1 gelatina (qualq uer sabor) Modo de prepar o

1. Faça a gelatin a e não leve à ge ladeira 2. Ainda quente , coloque no liqui dificador junto co condensado e o m o leite creme de leite 3. Bata bem 4. Depois leve ao congelador em um refratário tam formar blocos de pado para não gelo 5. Retire do cong elador e bata na batedeira para fic ar cremoso 6. Volte para o co ngelador 7. Está pronto, um

sorvete fácil, prát ico e gostoso


12 2

PAULINHO GODOI P

JJORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

paulinhogodoi@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

Romantismo e emoção

Charmoso, lindo, campestre, maravilhoso. Adjetivos não faltam para demonstrar o carinho e amor que tenho pela minha sobrinha do coração, Larissa Gallep. De quebra, agora ganhei um sobrinho, o Renato Dini Chagas. O casamento luxo foi na Villa Desti, muito bem decorada por Paulinho Franco e equipe. Jantar da sempre irretocável Estela Ayub e som dos talentosos Hugo Rapael e João Leopoldo. Convidados lindos e nunca vi tanta criança maravilhosa reunida. Parecia comercial de TV. Hahahahahah. Só posso parabenizar a equipe FolieA3 pela organização. Renato Lazarin e Helena Haddad se multiplicaram para que tudo desse certo. Felicidades ao casal e as fotos oficiais são de Vanessa Aprá.

“Viajar é cuidar da alma””

1

2 Acabo de chegar de uma viagem incrível. Mas qual viagem não é incrível? Considero as viagens o melhor meio de crescimento pessoal e profissional.

3

Viajar é conhecer pessoas, culturas, ampliar horizontes, aprender e evoluir. No campo das relações amorosas elas funcionam como coringa. Um amigo me ensinou a jamais assumir um compromisso antes de uma viagem a dois, afinal, é nesta oportunidade que se reconhece a sintonia necessária ao casal. Qual a primeira experiência após o casamento? A lua-de-mel, uma viagem que celebra a união, talvez a melhor de todas na vida de um casal. Após um longo tempo, muitos casais tentam reconstruir suas relações numa viagem. Há também as relações que acabam numa viagem, pois o casal percebe o desgaste total da relação quando sai do seu dia-a-dia e observa que não há mais reciprocidade alguma.

4

5

1>> Larissa Gallep e Renato Dini Chagas 2 >> Familiares e padrinhos do Renato 3>> Mairá Duarte Hayasaki e Carol Domingues 4>> Madrinhas da Larissa 5>> Hugo Rafael, Tânia Franco e João Leopoldo

Quantas pessoas já tentaram esquecer um grande amor viajando? Doce ilusão. O sentimento acompanha. Mas devemos considerar que é bem melhor sofrer de amor às margens do Rio Sena do que no sofá da própria casa, não é mesmo? Mas chega de falar de relacionamentos. Na vida pessoal o crescimento é inevitável após uma viagem. Conhecer novas pessoas amplia a sua capacidade de se relacionar. Conhecer novas culturas amplia seus horizontes mentais. A criatividade flui com mais facilidade, já que a cabeça está mais leve. A minha empresa foi concebida numa viagem à Holanda. Conheço pessoas que implantaram novidades em suas empresas devido ao que observaram viajando. Conheço ainda profissionais que chegaram cheios de ideias para seus superiores após uma viagem. Somos cidadãos do mundo, a globalização prova isso a todo momento. Se somos do mundo, devemos percorrer o mundo, afinal, não há melhor investimento, tenho certeza. E então, qual será a sua próxima viagem?

Bom dia! Levante e vá realizar seus sonhos! alessandro@batatop.com.br


PAULINHO GODOI

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

13

paulinhogodoi@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

Parmegiana do Boca Ziriguidum. Foi dado o pontapé para o Carnaval 2016 e por uma boa causa. A 1ª Parmegiana do Boca a Boca vai acontecer no dia 4 de outubro no Educandário Santo Agostinho das 13 às 18 horas, com show da banda Família Pereira. Além da parmegiana de mignon e frango, vai ter chopp Burgman, caipirinha, refrigerante e água, tudo à vontade. O happy hour para imprensa aconteceu na Mandala Choperia, que pode saber um pouco mais sobre o evento e é por uma causa nobre. Toda a venda dos convites será revertida para o Bloco Quilombinho. Os convites estão à venda na loja Opera Rock, no Iguatemi Esplanada e no Posto Abastece Brasil, que fica na avenida Afonso Vergueiro, 2373, Santa Terezinha.

Mari Tereza Farah

Gabriela Gabriel Cesar Henrique Palazzo

Angela Oliveira e João Gabriel

Rosangela Alves


14 I PROGRAME-SE

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015 Mais de Mil, às 16 horas, na área de convivência do Sesc Sorocaba. Conhecida personagem da mitologia grega, Penélope era uma heroína de muita beleza e forte caráter. ■ AULA DE BASQUETE

Recreação promovida pelo Sesc Sorocaba, a partir das 16h30, dirigida na modalidade basquete para garantir a participação de todos na prática esportiva, a partir de 16 anos.

■ PEDALA 24 HORAS

Na semana Move Brasil, o “Bicicletando”, em parceria com a Urbes, participa do desafio de pedalar durante 24 horas nas ciclovias da cidade. A atividade inicia às 9 horas, no Parque das Águas, e tem o objetivo de incentivar o uso da bicicleta como ferramenta de transporte e prática de atividade física.

■ SHOW

■ SAMBA E MPB

“Sambossa Trio Convida” é a atração da noite no Depois Bar e Arte (rua Cônego Januário Barbosa, 123 – Vergueiro). O grupo começa a se apresentar às 20h30, com participação da cantora Carol Nogueira e um repertório voltado para música brasileira, interpretando clássicos de artistas como Chico Buarque e Tom Jobim. ■ MÚSICA INSTRUMENTAL

SÁBADO (19) ■ PINTURA ÓLEO SOBRE TELA

A exposição de quadros do artista plástico Jonas Rodrigues está aberta para visitação no saguão da Biblioteca Municipal “Jorge Guilherme Senger” (rua Ministro Coqueijo Costa, 180 - Alto da Boa Vista). A Mostra conta com aproximadamente quinze quadros pintados na técnica óleo sobre tela e está aberta a partir das 13 horas. ■ ZOOLÓGICO MUNICIPAL

O espaço reúne cerca de 1.200 animais de 300 espécies, com 70% deles pertencentes à fauna brasileira. É um dos maiores acervos da América Latina. Endereço: rua Teodoro Kaisel, na Vila Hortência. Funciona de terça a domingo, das 9 às 17 horas. ■ ENCONTRANDO “FANTASMAS”

Experimentação tecnológica na qual o público é convidado a encontrar os fantasmas escondidos pela unidade do Sesc (rua Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade), a partir das 10 horas. Mais informações: (15) 3332-9933. ■ EXPO PAPILIOS

O artista Raphaël Blum retrata, em sua exposição fotográfica, anônimos pelas ruas das grandes cidades. Esses retratos são, ao mesmo tempo, recortes de uma vasta trama social, fragmentos de um tempo urbano e de coletividades. A Mostra está aberta para visitação das 10 às 15 horas, no espaço do MACS (unidade Chalé Francês, na avenida Afonso Vergueiro, em frente à Estação Ferroviária). ■ HISTÓRIA PARA CRIANÇAS

Uma tarde de sábado com uma clássica história para crianças. Assim será a narração da história “Penélope”, com Abigail Conta

A 9ª Temporada de Música Instrumental Brasileira acontece no Parque do Campolim. No palco se apresentam os músicos Raul de Souza no trombone. Raul teria inventado, aliás, um trombone, que leva o seu nome: o Souzabone. Também participam Glauco Solter (contrabaixo), Mário Conde (guitarra e cavaquinho), Sérginho Machado (Bateria) e Fábio Torres (piano). O show começa às 18 horas. ■ ROCK NO ALMOÇO

A banda Threerocks sobe ao palco do Hangar 51 (rua Victório Pegoretti, 51 - Jardim Faculdade), para interpretar renomadas bandas de rock, como Beatles, Rush, Iron Maiden, AC/DC, entre outros. O estabelecimento abre suas portas às 11 horas. ■ FESTIVAL DE HAMBURGUER

A partir das 19 horas acontece o Amélia Burger Festival, com quatro opções exclusivas do lanche. O evento será realizado no Amélia Tapas e Beliscos (rua Salvador Correa, 638 – Vergueiro). ■ MEGA BAZAR BENEFICENTE

A igreja “Assembleia de Deus Bom Retiro” (rua Atanásio Soares, 1.322 - Vila Carol) promove, a partir das 9 horas, um mega bazar beneficente. No local serão vendidas peças de roupas entre outros artigos. ■ OPEN DE TÊNIS

O 2º Decathlon – Artengo Open de Tênis (válido pela Liga Regional 2015 – 2ª etapa) acontece neste sábado na academia Tênis Clube de Sorocaba. Mais informações pelo telefone (15) 3233-3251. ■ FERNANDO E SOROCABA

A dupla sertaneja apresenta seus sucessos no Centro Hípico Pagliato (rua Antônio Aparecido Ferraz, 1111 - Jardim Itanguá). Na mesma noite, sobem ao palco Marcos e Belutti. Mais informações: (15) 3221-7764.

competidores podem se inscrever em duas modalidades, sendo: caminhada de 3 km e revezamento, de 22 km, com equipes de quatro integrantes. Mais informações: (15) 3219-2499. ■ JARDIM BOTÂNICO

Destinado ao lazer, pesquisas acadêmicas, educação ambiental e à preservação do meio ambiente, esse novo espaço ecológico tem como principal objetivo trabalhar com as espécies locais e regionais da flora. O principal edifício do Jardim Botânico de Sorocaba é o Palacete de Cristal. Endereço: rua Miguel Montoro Lozano, 340, no Jardim Dois Corações. Funciona de terça a domingo, das 9 às 17 horas. ■ DANÇAS POPULARES

O cantor Daniel se apresenta no Clube de Campo (avenida Carlos Reinaldo Mendes, 1761 - Além Ponte), a partir das 21 horas. Mais informações: (15) 3388-9000. ■ CURSO DE PRODUÇÃO DE ILUSTRAÇÕES

O curso, promovido pelo Sesc Sorocaba, a partir das 15 horas, estimula a espontaneidade formal e a criação de processos aleatórios na produção de ilustrações, além de trazer informações práticas sobre como divulgar os trabalhos na internet. ■ JOGOS AQUÁTICOS

O desafio é enfrentar 10 horas de práticas aquáticas. A atividade acontece no Sesc Sorocaba, a partir das 11 horas, e reúne modalidades como pólo aquático, surf e stand-up. ■ PROFISSÃO ESCRITOR

André Vianco fala, no Sesc Sorocaba, às 16 horas, sobre a sua trajetória e sobre a carreira de escritor. Suas obras têm como tema central os vampiros e misturam terror, suspense e fantasia. Entre seus trabalhos estão os livros: “Os sete”, “O senhor da chuva” e “O sétimo”.

DOMINGO (20)

Vivências de danças populares do Brasil serão apresentadas no Sesc Sorocaba, às 16 horas. Durante a apresentação os participantes têm a oportunidade de conhecer um pouco da história de cada ritmo trabalhado e de seu contexto cultural, aprendendo alguns passos, dançando ao som de músicos profissionais e ao lado de bailarinos experientes. ■ CASTELO DE BOLINHAS

As Alas Sul e Norte do Iguatemi Esplanada (avenida Gisele Constantino, 1850) recebem o Castelo de Bolinhas, ação que diverte a criançada até o dia 1º de novembro. Ambos os castelos são recheados com mais de 300 mil bolas coloridas em um espaço total de 420 m² cada um formado por torres, escorregadores e tobogãs. Mais informações: (15) 3219-9900. ■ PEÇA INFANTIL Uma história com uma mensagem profunda para crianças. Assim é a peça “Ana Luz”, da Cia. Casa Amarela, que será encenada no teatro do Sesc Sorocaba, às 16 horas. Na trama, Ana Luz descobre esperança e poesia de uma forma marcante e inusitada. ■ MC TATI ZAQUI

■ VIRA LATA SOROCABA

O Pátio Cianê Shopping (avenida Afonso Vergueiro, 823) recebe a campanha“Vira Lata Sorocaba”, uma iniciativa que mobiliza a população em favor de cães e gatos abandonados na cidade. A ação acontece às 11 horas. ■ CORRIDA SOLIDÁRIA

A Apae Sorocaba comemora o seu aniversário de 48 anos realizando uma corrida solidária no Parque das Águas, destacando a importância e os benefícios da prática de atividades físicas na vida das pessoas. Os

A cantora e MC Tati Zaqui faz show no Runa Club (avenida Carlos Reinaldo Mendes, 3026 - Alto da Boa Vista). A apresentação acontece a partir das 21 horas. Mais informações: (15) 3228-7171.


COMPORTAMENTO 15

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

“Meu marido merece um par de chifres”

D

esde 1988 venho estudando a infidelidade na cultura brasileira. Um dos dados mais interessantes que encontrei é que a infidelidade feminina parece ser motivada, em grande parte, pelo desejo de vingança. A vingança mais óbvia é quando o marido é infiel e a mulher quer “dar o troco”, como contou uma jornalista de 35 anos. “Descobri que meu marido estava me traindo com uma mulher que conheceu no Facebook. Fiquei com ódio dele, mas não quis me separar. Ele foi o meu primeiro namorado. Temos dois filhos pequenos, uma casa linda, muitos projetos em comum. Depois de descobrir a traição, tive um caso com um colega de trabalho. Nem gostava muito dele, mas precisava sentir o gostinho da vingança”. Existem outros tipos de vingança, como a de uma empresária de 49 anos que queria provar ao marido (e a si mesma) que ainda é atraente. “Meu marido faz um sexo burocrático, marca ponto todo sábado ou domingo. Não me sentia mais uma mulher atraente, desejável, sexy. Até que conheci um rapaz que me trata como uma deusa do amor e do sexo. Não consegui resis-

tir. Mas bem que meu marido merece um par de chifres”. Também existe outra justificativa feminina para a traição: quando elas dizem que não se sentem suficientemente reconhecidas pelos maridos e encontram nos amantes as provas do próprio valor. Nestes casos, a ideia de levantar a autoestima é muito presente, como mostrou uma professora de 41 anos: “Meu amante faz questão de me elogiar o tempo todo, diz que sou a mulher mais linda e gostosa do mundo. Está sempre disponível, ponível, me valoriza, faz tudo para me agradar. É o oposto do meu marido, que ue só me critica, implica com tudo e me bota para baixo. Se eu não tivesse um amante, minha autoestima estaria no buraco”. As mulheres es que pesquisei culpam seus maridos aridos pelas próprias traições, demonstrando que a falta de reconhecimeneconhecimento, de elogios e de valorização podem ser muito mais ameaçadoras oras para a fidelidade no o casamento do que a falta de sexo, de dinheinheiro e até mesmo mo de amor. Será rá que a vingançaa

é apenas uma desculpa utilizada por algumas mulheres para justificar (ou tornar mais aceitável) as próprias traições? Ou, como disse a empresária, “alguns maridos merecem mesmo um belo par de chifres”? (Folhapress)

Mirian Goldenberg é antropóloga, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro e autora de “A Bela Velhice” (Ed. Record) miriangoldenberg@uol.com.br

“Meu marido faz um sexo burocrático, marca ponto todo sábado ou domingo. Não me sentia mais uma mulher atraente, desejável, sexy. Até que conheci um rapaz que me trata como uma deusa do amor e do sexo. Não consegui resistir. Mas bem que meu marido merece um par de chifres”


16 CAPA

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

Uma adolescente de 15 anos, com

um milhão

Trecho do vídeo “Fui trollar meu namorado e olha no que deu!”

de seguidores

A sorocabana Vitória Moraes é o mais novo fenômeno da internet; onde posta vídeos em que compartilha momentos de sua vida Alana Damasceno

M

ais de 56 milhões de visualizações em vídeos, mais de um milhão de inscritos no Youtube e 196 mil curtidas no Facebook e muita história para contar. Esses numeros crescem minuto a minuto. Os dados aqui reportados são os registros até o fechamento desta edição. Vitória Moraes, conhecida na Internet como “Viih Tube”, com apenas 15 anos de idade, é no momento uma das mais conhecidas como “youtuber” (pessoa que produz vídeos para a rede Youtube). O Jornal Ipanema conversou, nesta semana, com Viih. Simpática e demonstrando paixão pelo que faz, recebeu a reportagem para uma série de perguntas que vão desde expectativa na carreira a curiosidades sobre a produção de seus vídeos. A garota possui fãs no mundo inteiro. Para ter uma noção de seu potencial, um dos vídeos de Vitória foi visualizado por mais de sete milhões de vezes. O clipe chama-se “Fui trollar* meu namorado e olha no que deu!”. Nele, a youtuber tenta fazer uma “pegadinha” com o namorado, em conversa pelo celular, fingindo que o traiu. Entretanto, já ciente da brincadeira, o garoto“ inverte o jogo” e acaba pregando uma peça na adolescente. Eu seus primeiros vídeos, a youtuber revela que buscava por temas sobre maquiagem. Com o passar do tempo, mais conteúdos foram surgindo, principalmente aqueles que fazem parte de sua rotina adolescente, como moda, namoros, amigos e escolas, além comentar sobre o que está em alta no mundo virtual. Outros temas de seus vídeos no canal são “História de Infância”, “Primeiro Beijo”, “Namoro na Adolescência” e “O que fazer e não fazer na maquiagem”. A youtuber conta que começou a produzir vídeos em 2013, quando tinha apenas 13 anos. “Nunca pensei fazer tanto sucesso, até por ser tão nova”, declarou. Para ela, o segredo da grande repercussão é motivado, principalmente, por ser autêntica em suas postagens. “O que faz sucesso na Internet não é o que você posta e, sim, como é. Se você for legal, carismática, ‘gente boa’ com todo mundo, é isso o que vai fazer sucesso”, opina. “Os temas do vídeo ajudam muito, também. Tem que ter criatividade”, completa. Em agosto deste ano, Viih foi destaque nacional no programa “Encontro” com Fátima

Bernardes, da Globo e também gravou para o “Altas Horas”, da mesma emissora. Ela também foi entrevistada por Kiko Pagliato na ITV (Canal 24 da NET). Questionada sobre o sonho de carreira, ela revela seu desejo: cursar artes cênicas. “Gostaria de ser atriz, quero fazer teatro”, destaca. Além do sonho de atuar profissionalmente, ela esclarece que deseja permanecer na vida de youtuber. Tudo é gravado em seu próprio apartamento, onde mora com os pais. O ambiente preferido para as gravações é seu quarto. Geralmente, são postados três vídeos por semana. Em algumas das postagens, a youtuber convida seu primo e amigos para interagir. Perguntada sobre ser inspiração para milhares de adolescentes, a Viih admite ser referência e sabe a responsabilidade que carrega sobre isso. “Sou responsável por tudo o que faço: com estudos, com minha vida. Sei que as meninas que me acompanham, às vezes têm 8 ou 15 anos de idade, então, tenho que tomar cuidado com o que falo”, afirma. Para alavancar ainda mais seu sucesso, Viih costuma realizar os chamados “encontrinhos”, em que fãs podem conhecê-la pessoalmente, receber um autógrafo e tirar uma foto ao seu lado. Aproveitando a onda, a garota também inaugurou uma loja virtual, onde são vendidas roupas com assinaturas e logotipo de seu canal no Youtube. Suas próximas ações, segundo ela, serão o lançamento de um livro, que já está sendo escrito, e a promoção de uma viagem com fã para a Disney World. No Facebook e Instagram, Viih já compartilha um evento em outubro, em que será comemorado, em São Paulo, o alcance de um milhão de seguidores no Youtube. Por fim, Viih dá dicas para os jovens que sonham fazer sucesso sendo youtubers: seja você mesmo. “Você tem que ter dedicação, se não, não vai para frente. É importante divulgar bastante seu trabalho, não pode ter vergonha. Você tem que ser você mesma, as pessoas gostarão de você do jeito que você é”, finaliza. Entrevista na Rádio Ipanema Viih Tube aproveitou sua participação, na Rádio Ipanema (91,1 MHz), no programa Breakfast, apresentado por Valter Calis, para fazer uma “live” no Youtube (transmissão de vídeo, em tempo real, na Internet). Até na quarta-feira (16), o conteúdo reunia mais de 50 mil visualizações. O programa completo está no canal de Vitória. *trollar é uma gíria da internet que significa zoar, chatear, tirar o sarro.

COMO ENCONTRAR VIIH TUBE NAS REDES SOCIAIS

Youtube.com/viihtubeoficial mais de 1milhão de inscritos Instagram.com/viih.tube 622 mil seguidores Facebook.com/ViihTube 196 mil curtidas Twitter.com/viihtube 81 mil seguidores Snapchat: viih.moraes Loja online: www.viihtube.com.br


NEGÓCIOS &

OPORTUNIDADES

19 de setembro de 2015 - edição 835 www.jornalipanema.com.br

Empresa lança empreendimento com seis opções de planta Erick Rodrigues

Erick Rodrigues

Com o intuito de abranger um público diversificado, a Bonelli Empreendimentos Imobiliários está lançando o Liberty Home Studio, conjunto de 110 apartamentos com seis opções de planta, de 31 a 34 metros quadrados, localizado no Jardim Faculdade, em Sorocaba. De acordo com Roberto Bonassoli, proprietário da Bonelli e Júlio Alexandre Casas, da Júlio Casas Imóveis, empresa responsável pela comercialização das unidades, o empreendimento apresenta-se como Roberto Bonassoli, da Bonelli Empreendimentos, um produto compacto diferenciado, e Júlio Alexandre Casas, da Júlio Casas Imóveis por conta das opções de plantas. “Outro diferencial é o acabamento, para ar-condicionado, tudo pronto e acabajá que os apartamentos são entregues do”, afirmam. A estrutura convencional do com piso, janelas com venezianas articulaempreendimento é outro ponto destacado das, sacada com fechamento e preparação

por Bonassoli e Casas. “O Liberty possui uma estrutura convencional, que possibilita uma mobilidade maior para o produto e permite que o proprietário possa unir mais de uma unidade”, informam. O objetivo do empreendimento, segundo eles, é atender um público diversificado. “É ideal para famílias, casais, solteiros, idosos, enfim, diversos perfis de público”, declaram. O Liberty Home Studio conta, também, com salão de festas na cobertura, academia, lavanderia, lounge e espaço café, este último doado pela construtora para que os proprietários possam locá-lo e utilizar os recursos como receita para o condomínio. Com lançamento programado para o mês que vem, o Liberty Home Studio já está com as unidades à venda. O empreendimento possui um showroom na rua Barão de Piratininga, 290, no Jardim Faculdade. O telefone do plantão de vendas é (15) 3442-7100 ou 3442-7101.

Empreendimento oferece apartamentos de 31 a 34 m²


IPANEMA

2 AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL

P

combina com o moderno

ara aqueles que, com certeza, já viram, mas não conhecem muito, esse estilo que, em geral, agrada aos mais românticos, vem da região de Provence, situada no sul da França. Bem, como muitas das coisas da vida que acontecem por acaso, ou seja, sem intenção, alguns artesões do século XVI e XVII, sem condições financeiras de usar madeiras nobres para fabricação de seus móveis, criaram uma mistura à base de gesso e cola chamada gessocré, que disfarçava os defeitos e veios da madeira de qualidade inferior. Com o tempo essa massa se desgastava e dava aos móveis aquela aparência da pátina, tão conhecida por nós hoje em dia. Aliado às estampas delicadas e floridas, geralmente em azul, verde e rosa, listras e cenas rurais chamadas de toile de jouy, o estilo provençal caiu nas graças de Maria Antonieta, que mandou construir nos jardins de Versalhes uma pequena vila toda decorada desse modo, fazendo o estilo ganhar status e se perpetuar sobre o tempo e vai na contramão da tendência minimalista e do design de linhas retas da decoração atual. Mas isso não impede que combinem entre si. A beleza também está na mistura. Uma sala moderna pode receber uma peça provençal, sem que isso comprometa a decoração. A palavra de ordem hoje é misturar os estilos sem perder a identidade.


IPANEMA

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

AMBIENTE 3

ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL

de utilidade na cozinha

A

cozinha com ilha central vem sendo muito procurada por pessoas que querem ter um elemento prático dentro desse ambiente, sem deixar de lado o estilo moderno e contemporâneo. A referência para esse tipo de cozinha vem do estilo americano, que possui uma arquitetura com ambientes amplos e com espaços práticos para o dia a dia. Mas para que a escolha da ilha da cozinha seja adequada a é preciso seguir algumas dicas importantes:

• Procure ver o tamanho da sua cozinha, pois é preciso pensar na circulação em volta dela e também na distância com o resto dos móveis. Por isso, para apartamentos com cozinha pequena não é aconselhável esse tipo de complemento. • O modelo vai depender do gosto dos moradores: com ou sem cooktop, com ou sem coifa, com espaço para preparo de alimentos, com pia ou apenas uma bancada para refeição e entre outros. • Aproveitar o espaço que ela ocupa com gavetas e armários embutidos é uma ótima forma para guardar itens de cozinha. Você pode fazer várias alterações, com armários de um lado e banquetas de outro para que fique funcional e bonito. A iluminação é outro ponto importante que deve seguir a essa lista de detalhes. Para qualquer função que exercer sobre essa bancada é preciso que tenha luz direta sobre ela. Os pendentes são os mais utilizados nessa parte de decoração e no mercado existem vários modelos e tamanhos. Os materiais são variados, mas devem seguir a mesma linha que o resto da cozinha. Para quem utilizar a ilha central para cozimento é preciso evitar o uso da madeira sobre a bancada, pois o material não é apropriado para esse tipo de uso. Procure revestir com pedra ou aço inoxidável que fica prático para limpeza e ideal para cozinhar.

3


IPANEMA

4 AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL

O

cimento queimado é uma das opções de acabamento mais utilizadas nas casas brasileiras. O custo é um dos principais fatores que o faz tão popular: visto que sua composição leva basicamente cimento e areia, está entre as alternativas mais baratas para pisos do mercado. Por sua flexibilidade e durabilidade, pelo aspecto final e pelas várias alternativas de cores e acabamentos, o cimento queimado pode ser visto nas mais simples casas rurais (onde muitas vezes é chamado de vermelhão), e nas mais refinadas residências das grandes metrópoles. O cimento queimado nada mais é do que um piso feito a partir de uma argamassa feita na obra com a mistura de cimento, areia e água. Essa argamassa deve ser aplicada com uma espessura

média de 30 mm sobre o contrapiso ou sobre um lastro de concreto áspero. Caso a base esteja muito lisa, sugere-se que seja feito um chapisco para aumentar a aderência do cimento queimado. Após a aplicação da argamassa, deve-se conseguir o máximo nivelamento do piso, preferencialmente com régua metálica.

A beleza do

O cimento queimado pode ser utilizado em quase todos os ambientes de uma casa. Ele é um piso com alta resistência, pode ficar exposto ao tempo porque lida bem com a água, além de ser fácil executar os desníveis necessários para seu escoamento – contudo, por ser muito liso, pode ficar escorregadio, especialmente quando molhado. A limpeza é simples e basta lavar com água e sabão neutro. Em ambientes como salas de estar, fica bom aplicar cera líquida ou em pasta para a manutenção.


JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

5


IPANEMA

6 AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL SZS Assessoria de Imprensa

Colaboradora se destaca em curso de Mestre de Obras A atenção aos detalhes e o cuidado feminino estão ganhando cada vez mais espaço na construção civil. O setor, antes dominado pelos homens, tem reconhecido o talento de mulheres que não se deixam intimidar e colocam a mão na massa quando o assunto é trabalho.

A auxiliar de engenharia da Construtora Alavanca, Márcia Zino, encerrou mais uma importante etapa em sua vida profissional. A colaboradora apresentou, no Ciesp Sorocaba, o trabalho de conclusão do curso de Mestre de Obras do Senai, tornando-se a primeira mulher da cidade a concluir a capacitação. Márcia foi a única representante feminina de uma turma composta por 19 homens. Com duração de um ano, o curso é voltado a profissionais diversos da construção civil e tem como um dos prérequisitos a experiência de, no mínimo, três anos no setor. As disciplinas, direcionadas às ações desenvolvidas pelo mestre de obras, são apresentadas por instrutores técnicos e de nível superior. “Durante o curso aprendi que competência técnica não é tudo no canteiro de obras. Liderança e cuidado no trato com as pessoas são habilidades igualmente

Turma do curso de Mestre de Obras

importantes para o sucesso do trabalho. Estou muito feliz e com a sensação de dever cumprido, pois o cansaço e as horas de estudo foram intensos”, comentou a colaboradora, que frequentava as aulas de segunda a sexta-feira, das 19 às 22 horas. “Saía do serviço direto para o curso, foi muito puxado”, contou. Marcos Fialho, gerente de obras da Alavanca, ressaltou o papel das mulheres num setor outrora dominado por homens. “A figura feminina foi uma grata surpresa em nosso segmento. Márcia, assim como as

demais colaboradoras, tem sensibilidade e senso crítico necessários para o sucesso dos projetos”, destacou. Para o encarregado Valdecir Dias, que também concluiu a capacitação do Senai, a colega de classe é um exemplo a ser seguido. “As mulheres vêm conquistando cada vez mais espaço no mercado de trabalho. Pelo tempo que convivi com a Márcia, tenho certeza de que tem total condição de exercer a função com competência e talento. A turma tem um respeito enorme por ela”, declarou.


JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

7


8

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

9


IPANEMA

10 AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL

para sua casa em 2016

O

Ipanema Ambiente sempre antecipa as tendências e observa os principais “humores” da decoração. Em 2016, as mais frequentes tendências, em todo o mundo, vão influenciar as casas e vendas no Brasil. Os estilos predominantes do movimento industrial e nórdico puxam um novo olhar para o modo de compor os móveis e compor as cores nas estações de 2016. Tons marítmos A cor de destaque é azul: todos os tons de azul, na verdade. Bem em estilo navi. Fica perfeito se usado com a madeira e preto/branco. Paredes de impacto Todo tipo de revestimento é a bola da vez quando se trata de repaginar a parede. Seja concreto, madeira, ripas,

papel de parede. A parede vai ser a grande protagonista e tem que aparecer. Paredes cinzentas Falando em protagonistas duas tendências se destacam até, mais no momento, o concreto é uma delas. Mas cinza é o que tem a preferência. Então seja com tinta ou cimentícios essa cor é uma das principais estrelas do movimento. Então pode investir que vai durar. As cores que compõem bem os cimentícios são os tons de amarelo. Black & white Depois de tanto tempo com o “Chevron” (estampa em zig-zag), as listras é que vão bombar. Completando o estilo navi e a tendência preto/branco da estação. Vale também a composição de toda a decoração nesse estilo. Abusar do preto e do branco é a chave para o bom gosto em 2016.


JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

11


IPANEMA

12 AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL

O

As eternas

tempo passa e as eternas pastilhas continuam no topo da lista dos decoradores. Indicadas para cozinhas, banheiros, piscinas e lavanderias, as pastilhas de vidro estão, cada vez mais, ganhando a preferência dos consumidores. Elas possuem um forte apelo decorativo e são fáceis de limpar. Há pastilhas de variadas cores e materiais como aço inox, vidro e porcelana. Deixe a sua criatividade falar mais alto quando escolher as pastilhas. Você pode optar por um ambiente com algumas paredes destacadas, apenas faixas ou até mesmo um detalhe que fará toda a diferença. Se você não quer quebradeiras para mudar o revestimento da sua casa saiba que existem as pastilhas adesivas. A instalação é simples, não faz sujeira e a aparência fica muito parecida com os modelos comuns.


JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

13


14

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015


CLASSIFICADOS 15

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

Empregos

Artigos para Festas

Disk Tudo

Advocacia

Diversos

Aulas e Cursos

EstĂŠtica e Beleza


16 CLASSIFICADOS

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

Medicina e Saúde

Serviços Profissionais

ESPAÇO

EMPRESARIAL

Rede de supermercados lança promoção com sorteio de 20 carros

Avisos e Editais

O Tauste Supermercados iniciou a promoção “O Tauste te dá 20 up!s”. Para essa campanha, o Tauste lança promoção com sorteio de 20 veículos Volkswagen UP! modelo 2016. Para participar, basta o cliente informar seu CPF no ato da compra, cadastrar-se no site www. tauste.com.br/campanha e responder a pergunta “Que Supermercado te dá 20 UP!s?” O saldo é acumulativo e a cada R$ 50 em compras será gerado automaticamente um cupom promocional. Nesse formato, o cliente não necessita mais preencher os cupons e se preocupar em depositá-los nas urnas. Os clientes poderão visualizar a impressão dos cupons nas urnas instaladas nas lojas ou acessar o site para conferir com quantos cupons estará concorrendo. O cliente que já tenha efetuado seu cadastro no banco de dados do Tauste, por meio de campanhas anteriores, já estará automaticamente concorrendo, bastando para isto informar seu CPF. “Esta promoção é uma forma de retribuir todo o carinho recebido de nossos clientes e de toda a população de Sorocaba, Votorantim e região ao longo destes 24 anos e temos certeza que será novamente um grande sucesso”, afirma o gerente de Marketing do Tauste Alexandre Camacho (foto). A expectativa da empresa é que sejam distribuídos mais de 3 milhões de cupons ao longo dos 121 dias da promoção. O término da campanha é às 23h59 do dia 09/01/2016. Essa edição terá dois sorteios, sendo o 1º no dia 20/12/2015, às 11 horas e o 2º sorteio e final no dia 10/01/2016, também às 11 horas,

simultaneamente nas lojas da rede Tauste, onde concorrerão os cupons cadastrados em cada loja. Serão distribuídos ao todo 20 carros, sendo cinco por loja. Camacho chama a atenção para a importância do cadastro dos clientes, pois em campanhas anteriores milhares de cupons não puderam participar dos sorteios por falta de identificação. “Para participar, o cliente tem que se cadastrar” ressalta o gerente. A modalidade é regulamentada pelo Ministério da Fazenda e sua autorização e fiscalização ficam a cargo da Caixa Econômica Federal. O regulamento poderá ser obtido no SAT Serviço de Atendimento Tauste ou ainda no site www.tauste.com.br


IMÓVEIS&VEÍCULOS

19 de setembro de 2015 - edição 835 www.jornalipanema.com.br


2 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015


JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

IMテ天EIS 3


4 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015


JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

IMテ天EIS 5


6 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015


JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

IMテ天EIS 7


8 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015


JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

IMテ天EIS 9


10 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015


JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

IMテ天EIS 11


12 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015


JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

IMテ天EIS 13


14 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015


JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

IMテ天EIS 15


16 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015


JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

IMテ天EIS 17


18 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015


JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

IMテ天EIS 19

Apartamentos Vendem-se

Comerciais Alugam-se Casas Vendem-se

Comerciais Vendem-se


20 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 19 de setembro de 2015

Jornal ipanema 835  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you