Page 1

Ano XIII - nº 766 - 10 de maio de 2014

Cidade

Secovi se posiciona sobre o novo Plano Diretor Pág. 18 www.jornalipanema.com.br

30 MIL EXEMPLARES - SOROCABA E REGIÃO

Neste domingo (11) é comemorado o Dia das Mães. A reportagem de capa destaca a luta de duas mães coragem: Patrícia Lacerda, mãe da pequena Sofia, que sofre da Síndrome de Berdon e precisa de uma cirurgia urgente e caríssima nos Estados Unidos e Luiza Pannunzio que encabeça um movimento depois que o filho nasceu com fissura labial – lábio Leporino.

Pág. 19 e 20


2

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


ARQUIVO ABERTO

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

Rota na rua

EDITORIAL Exemplo

de amor

À

s vésperas do Dia das Mães, uma das datas mais expressivas do calendário para simbolizar o amor à vida, o Jornal Ipanema traz nesta edição matéria especial sobre a história que vem tocando não apenas o coração dos sorocabanos, mas que cada vez mais comove um grande número de pessoas de diversos lugares: a luta enfrentada pela garotinha Sofia, portadora de uma síndrome rara e que precisa ser operada fora do Brasil. Com apenas quatro meses de idade, Sofia Lacerda sofre com a síndrome de Berdon, uma doença rara que provoca problemas no intestino, na bexiga e no estômago, alimentando-se por sonda e sem condições de fazer as necessidades fisiológicas. Desde que descobriu a doença, a família está pedindo ajuda para a cirurgia nos Estados Unidos, único país onde há a possibilidade da realização da cirurgia que pode reverter o quadro de saúde da menina. A campanha “Ajude a Sofia” ganha força nas redes sociais. A batalha jurídica, encabeçada pelo advogado Miguel Navarro, defensor público da família da garota, ganha novos contornos a cada dia – precioso – que passa à espera de uma autorização do governo federal para que o sistema público de saúde arque com as despesas do tratamento no exterior. E, assim, se faça justiça. Mas o desafio é enorme. E ultrapassa as fronteiras do mundo jurídico. Sofia nasceu um exemplo de luta e uma força ainda maior, especialmente na pessoa de sua mãe, Patrícia Lacerda, faz brotar, a cada dia, a cada etapa vencida, a cada mão estendida, a esperança de que ela terá acesso ao tratamento adequado e merecido. O amor de mãe em meio a tantos obstáculos para superar as barreiras do tratamento é o maior apelo à vida e nos faz refletir, neste dia tão especial, o quanto essa força representa. Neste Dia das Mães, na figura de Patrícia, a mãe de Sofia, cumprimentamos todas as mães que lutam, que acolhem, que com a força conquistam e com o imenso amor renovam o dom da vida.

O capitão da Polícia Militar (PM) de Sorocaba, Vanclei Franci, concedeu entrevista ao Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema, nesta semana, e afirmou que o apoio dos policiais da Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), requisitado pela corporação após uma série de homicídios que ocorreram na cidade, irá continuar “até quando a PM achar necessário”. Segundo Franci, a polícia investiga e não descarta nenhuma possibilidade sobre a motivação dos crimes. O capitão também destacou a participação da população nas investigações, através do Disque-Denúncia (181).

Longa discussão O parecer de inconstitucionalidade ao projeto de lei que obriga o Executivo a realizar a limpeza de terrenos particulares abandonados que ofereçam risco à saúde e à segurança da população, de autoria do vereador Carlos Leite (PT), gerou muita discussão entre os vereadores da Câmara Municipal, na terça-feira (6). O debate prolongado impediu que outras 32 propostas fossem apreciadas pelos parlamentares naquele dia. Nem mesmo a medida que provocou as falas dos vereadores chegou a ser votada. A derrubada do parecer, expedido pela Comissão de Justiça do Legislativo, que considerava que a iniciativa da proposta deveria partir da prefeitura, só aconteceu na quinta-feira (8).

Sorocaba Total (I) No decorrer da sessão realizada na terça-feira (6), na Câmara Municipal, o vereador Irineu Toledo (PRB) questionou o presidente da Casa, Cláudio do Sorocaba I (PR), sobre o envio do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou as obras realizadas do programa Sorocaba Total ao Ministério Público (MP). Alterado, Toledo quis saber se o documento ainda estava “na gaveta” do Legislativo e “até quando isso iria ocorrer”. Em fevereiro, o relatório, que responsabilizava o ex-prefeito Vitor Lippi (PSDB) por improbidade administrativa, foi arquivado por decisão da maioria dos vereadores. Posteriormente, os integrantes da CPI conseguiram uma liminar na justiça que validava o documento.

Sorocaba Total (II) Na resposta ao questionamento de Toledo, o presidente da Câmara afirmou que o vereador “procurou no lugar errado” a resposta sobre o envio do relatório da CPI do Sorocaba Total. “Se vossa excelência tivesse procurado a informação na sala da presidência, saberia que o documento já foi protocolado no Judiciário. O papel do Legislativo já foi feito, o resto é com a justiça”, disse Cláudio do Sorocaba I. Na quinta-feira (8), Toledo confirmou o recebimento do relatório pelo MP e aguarda a decisão do judiciário.

Plano Diretor O presidente da Câmara Municipal, Cláudio do Sorocaba I (PR), participou, na quinta-feira (8), do Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema, e declarou que o Plano Diretor de Sorocaba está

sendo apreciado pelos vereadores e deve ser votado antes do recesso, no fim do ano. Ele disse, ainda, que a quantidade de projetos esperando votação no Legislativo é grande e que há uma preocupação da Mesa Diretora com o tempo de tramitação das propostas.

Em Sorocaba O governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), esteve em Sorocaba, na quinta-feira (8), para sancionar o projeto de lei que institui a Região Metropolitana de Sorocaba (RMS). Composta por 26 cidades da região, a RMS originou-se a partir de uma proposta do deputado estadual Hamilton Pereira (PT). O evento de assinatura do documento foi realizado no Parque Tecnológico de Sorocaba.

Bate-boca A sessão de terça-feira (6), foi marcada por intensas discussões. No debate sobre o projeto que obriga o Executivo a limpar terrenos particulares abandonados, o vereador Saulo do Afro Art´s (PRP) pediu a palavra para falar sobre a medida, mas acabou desviando do tema e discorreu sobre os problemas de limpeza e saúde na cidade. O presidente Cláudio do Sorocaba I (PR), então, pediu que o parlamentar se ativesse ao debate sobre o parecer dado ao projeto pela Comissão de Justiça. “Nós temos que falar, pois essa tribuna foi feita para relatar os problemas do povo”, disse o vereador do PRP, levantando a voz. O presidente reagiu à declaração, cortou o microfone da tribuna e declarou que Saulo deveria “colocar uma melancia no pescoço para aparecer”.

Barrado O vereador Antonio Carlos Silvano (SDD) reclamou, na quinta-feira (8), da atitude de um funcionário responsável pela segurança da Arena Multiuso, que impediu a entrada de um dos assessores do parlamentar no local. Silvano, que é presidente da Comissão de Obras do Legislativo, disse estar “abismado” com o ocorrido, por acreditar que ninguém pode impedir um vereador e seus funcionários de entrar em uma obra pública. Marinho Marte (PPS) e Irineu Toledo (PRB), então, solicitaram que o presidente Cláudio do Sorocaba I (PR) contestasse a atitude junto à prefeitura. O presidente da Casa declarou que irá questionar o Executivo sobre o caso.

Trevo da Morte Por meio de resposta ao pedido do vereador Rodrigo Manga (PP), a Urbes – Trânsito e Transporte anunciou que irá melhorar a sinalização no trecho que dá acesso à rodovia Raposo Tavares e que liga as cidades de Sorocaba e Votorantim, conhecido como “Trevo da Morte”, em alusão aos acidentes que ocorrem no local. O órgão também afirmou que vai adotar outras soluções para o trecho, como mudar o retorno e o acesso na via para a entrada do bairro Jardim Santa Fé. A Urbes também declarou que tem mantido contato com a Prefeitura de Votorantim, para estudar novas medidas a serem adotadas na região.

3

ARTIGO

Olhar nem sempre é enxergar Há uma diferença enorme em olhar e querer enxergar os fatos e a vida como ela é. Muitas pessoas preferem viver na terra do nunca, fingir que não sabem, não percebem e assim vão vivendo na sublimação, engatam uma primeira marcha, segunda, terceira e assim vivem felizes para sempre. Havemos, obviamente, que respeitar a opção; difícil entender para quem observa os detalhes e olha, Deus está neles; para outros o diabo também. O exercício do pensar e refletir nos dá um “bocado” de trabalho, causa uma enormidade de conflitos, porém, feita a tarefa, o resultado poderá e será em minha conta libertador. O resultado para a sociedade é cidadãos mais críticos, gente que se posiciona com segurança, agentes da cidadania, pessoas que fazem a diferença, mesmo no anonimato para o meio em que vivem e, portanto, transformam, realizam e auxiliam a comunidade e mudam significativamente a vida das pessoas. Como você que, nesta manhã de sábado, talvez, ou a qualquer tempo ao ler o Jornal Ipanema, tem feito ao olhar? Como tem sido seu olhar, o observar aquilo que está no seu entorno? Você quer enxergar? Tudo, meus caros, é opção na vida e certamente devemos ser respeitados na individualidade e, consequentemente, em nossas escolhas. Pior será você dizer, enfaticamente, sempre aquele bordão: “Eu sei! Eu sei!” Será mesmo que sabe? Para quem tem o hábito de, além do olhar, querer enxergar, usaria outra expressão costumeira e diária para mim: “Vida, me surpreenda!” Certamente para quem está disposto, aberto, a vida surpreenderá. Pense em, além do olhar, querer enxergar. Boa semana, paz e bem.

Francisco Pagliato Neto é empresário e educador


4 ARQUIVO ABERTO / ARTIGOS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

Verba

ESPAÇO DO RUI

O boné do Senna

Com a destinação de R$ 600 mil da deputada federal Iara Bernardi (PT), somada à contribuição financeira do Fundo Nacional de Saúde, vai passar a funcionar, na Policlínica de Sorocaba, o Serviço de Referência para o Diagnóstico e Tratamento de Lesões Precursoras do Câncer de Colo de Útero e de Mama. O serviço atende a uma portaria do Ministério da Saúde, que indica aos hospitais oferecerem ações voltadas ao diagnóstico precoce da doença e o tratamento custeado pelo governo federal.

JUNIOR SORIANO

@chatosonline Bom senso é algo que não vemos em farmácias ou perfumarias. Nem restaurantes ou supermercados. Muito menos em lojas de animais. Sendo assim, ou você é agraciado por tal qualidade ou então esquece! Não é algo que se tome, coma ou crie. Muita gente o possui em doses homeopáticas e, pouco a pouco, depois de uma bola fora ou outra, consegue acertar. Outros nunca terão e um grande reflexo disso são as redes sociais que nada mais são do que o espelho de como alguém pensa sobre determinados assuntos ou fatos. Alguns usam as redes sociais para caça e busca do amor da sua vida sem dar importância ao conteúdo. Entre bicos e caras de pato é tanta foto e oferecimento que Instagram e Facebook parecem “selfie service” de pessoas: é só escolher, comentar e o prato completo está na mesa. Outros usam para divulgação de ideias e os sem noção, capricham nos comentários desnecessários. Há os que postam

fotos a cada cinco minutos e dá a impressão de que, a qualquer momento, aparecerão no vaso sanitário em plena função fisiológica. Sem falar naqueles milhões de clichês “made in Google”... Mas quem nunca xeretou em todos os cantos para saber da vida de alguém, onde a pessoa desejada estava e se possui amigos em comum? Não tem maldade se for pra saber se você é tão bonita quanto a ex ou se o anterior era mais forte que você. Entre um clique e outro, está tudo lá: aberto ao conhecimento de todos para que vire público, o que era ou não notório antes do avanço da Internet. Enfim, agora que todos os livros são abertos, o mais importante é ter páginas bem escritas e ilustradas para que o final seja feliz. Junior Soriano junior.sor@gmail.com

Diretoria Francisco Pagliato Neto Juliana Camargo Pagliato

Ipanema Sistema Gráfico e Editora Ltda CNPJ - 01.142.640/0001-07

Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 199 Lageado - CEP 18.110-008 - Votorantim - SP Fone (15) 2102-0300 - Fax (15) 2102-0302

PARA ANUNCIAR: comercial@jornalipanema.com.br 2102-0306 / 2102-0320 / 2102-0323 / 2102-0325 / 2102-0327 / 2102-0330

Editor Benedito Urbano Martins MTB 36504 Gerente Geral - Jornal Ipanema Wilson Rossi

Gerente de Produção Roberval Fernandes de Almeida Diagramação Jefferson Cascali de Lima Tiragem - 30.000 exemplares Distribuição - Sorocaba e Região

___________________________________________ diretoria@jornalipanema.com.br ________ 2102-0300 redacao@jornalipanema.com.br ________ 2102-0389 comercial@jornalipanema.com.br _______ 2102-0330 financeiro@jornalipanema.com.br ______ 2102-0308 circulacao@jornalipanema.com.br _______ 2102-0335 wilsonrossi@jornalipanema.com.br ______ 2102-0330 arte@jornalipanema.com.br - 2102-0340/ 2102-0342 ___________________________________________

PORTAL DO JORNAL IPANEMA: www.jornalipanema.com.br Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo da inteira responsabilidade dos seus autores.

Eu estava assistindo um documentário sobre o Ayrton Senna, o brasileiro que encantou o mundo. De repente, ele apareceu com um boné azul, contendo o logotipo do Banco Nacional na frente e sua assinatura impressa nas laterais. “Eu tenho um boné igualzinho” – pensei. Imediatamente, viajei no tempo. Lembrei-me do Ivan Robson da Costa, um amigo fiel. Apaixonado por Fórmula I e fã do piloto, Ivan gravava todas as corridas e, inclusive, me influenciou a acompanhar as competições. Para você entender esta história, lembro que Ivan Robson, filho da cozinheira do saudoso advogado Antonio Moreira (irmão do ex-prefeito Gualberto Moreira) morava no porão da antiga mansão da família, na rua da Penha, em Sorocaba. Menino curioso, sorridente e comunicativo, recebeu esmerada educação. Aos 11 anos, foi convidado por Salomão Pavlovsky para trabalhar como office-boy na Emissora Vanguarda. Pouco tempo depois, atuava como discotecário e foi o primeiro a tocar um disco dos Beatles em Sorocaba. Fez reportagens externas durante o golpe militar e coberturas de campo no Humberto Realle, onde o São Bento ganhou do “seu” Santos de Pelé por 3 a 2. Depois, trabalhou por longos anos em gráficas de Itu, São Paulo e Sorocaba. Teve fábrica de gravatas e, por 16 anos, atuou na Saf Veículos. Mereceu o prêmio “Expert em Alfa Romeo”, como o número 1 do Brasil. Há 24 anos ele se casou com Vanda Alice e o casal tem dois filhos, Alexandre Robson, casado com Júlia Castilho e Anderson Augusto, que namora Gisele Alamino. Sensível, apreciador de música, ele aprendeu a tocar violão, baixo, piano, gaita e bateria. Curiosamente, iniciou na música porque sua prima apareceu com um violão para consertar, da Dona Lulu, esposa do advogado Antonio Moreira. Ele dedilhou o instrumento e

não parou mais. Teve as bandas “Just Friends”, quando estudava no “Achilles de Almeida”; depois participou da “Thunder Boys”, da “Apples”, “Só Bitous”, “Old Friends” e, atualmente, toca na “The Doctors”. Quando trabalhou na Almat/Grafilinea (publicidade e gráfica que na época tinha como proprietários Flávio Chaves, Celso Vitório Toledo e eu), o Ivan foi convidado pela Cotec, empresa que projetou o kartódromo na fazenda 2 Lagos, do Ayrton Senna, em Tatuí, para fazer a comunicação visual do empreendimento. Depois de muitos sobrevoos na área e da maquete pronta, ele confeccionou um pôster que o campeão de Fórmula I pendurou na parede do seu escritório. Em 1990, no sábado do Grande Prêmio do Japão, Ivan Robson, esposa e filhos estiveram pela última vez na fazenda. Foram recepcionados pelo sr. Milton Senna. As crianças se divertiram nos karts e posaram para muitas fotos. Foi quando o pai de Ayrton ofereceu o boné e perguntou: “O que você acha que vai dar hoje?”. Ivan foi taxativo: “Seremos bicampeões, mesmo que batam”. Na época, ao me contar essa história, o meu amigo, visivelmente emocionado, me ofereceu o boné: “Faço questão de agraciar você com essa peça histórica”. Por isso, reflita: todo ser humano faz história, mas para que ela seja bela precisamos ter amigos verdadeiros.

Rui Batista de Albuquerque Martins é jornalista e publicitário

VANDERLEI TESTA

A colcha de crochê da mamãe Novelos de linha. Agulhas. Vontade. Mãos de mãe. Esses ingredientes misturados com o amor de realizar uma colcha para as netas deram à minha mãe uma habilidade especial. Fazer crochê. A vó Carmela como era carinhosamente chamada manipulava aquelas agulhas com os fios dando um toque mágico no entrelaçamento dos pontos. As cores misturavam num arco íris de beleza. Ela passava horas, dias e semanas sentada no seu cantinho predileto. Os novelos deslizavam de seu colo e caiam no tapete. Os fios subiam como lindos raios vermelhos, amarelos, azuis, verdes, brancos. Relembro desse cenário ao escrever sobre o Dia das Mães. Fecho os olhos por uns instantes e imagino quantas mães também fizeram esta história com seus filhos e netos. O dom materno da mulher é sem dúvida uma semelhança com Maria, mãe de Jesus. Quantas colchas de crochê aquela mocinha de Nazaré preparou para o seu enxoval. O bebê que nasceria numa manjedoura sabia pela sua natureza divina do calor humano que iria substituir as roupinhas do seu enxovalzinho deixado para trás. Viajo um pouco mais no pensamento e lembro-me da Joana uma senhora com seus 70 anos que um dia vi catan-

do latinhas no lixo de um restaurante ao lado de onde trabalho. Conversei com ela. Mãe de sete filhos, nunca parou de trabalhar para sustentar seu casebre, já que viúva depende apenas de sua renda das sucatas de alumínio Neste Dia das Mães muitos filhos levarão seus presentes nas casas de repouso onde internaram aquelas que lhe deram a vida. Outros filhos estarão nos presídios femininos abraçando suas mães. Muitos filhos presos também acolherão suas mães com lágrimas de saudade do tempo em que eles estavam sendo gerados em suas barrigas. Ser mãe é tudo isso. Uma fonte inesgotável de amor, que todos nós, filhos, jamais cansaremos de enaltecer como a estrela mais brilhante da constelação. A colcha da minha mãe continua há 22 anos aquecendo a cama da neta Camila que hoje é mamãe da Carolina. Meu abraço a todas as mães. Vanderlei Testa é jornalista e publicitário leia este e outros artigos diários de Vanderlei Testa no Portal www.jornalipanema.com.br


PAULINHO GODOI OI

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

5

paulinhogodoi@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

Jantar Solidário

Anésia Rosa

O Jantar Solidário, organizado pelo Fundo Social de Solidariedade, aconteceu no restaurante Outback Steakhouse no shopping Iguatemi Esplanada. Cerca de 200 pessoas estiveram presentes e a noite foi super animada. Muita gente também aproveitou para comemorar o aniversário, o que animou ainda mais o evento. A primeira-dama Maria Inês Moron Pannunzio fez questão de cumprimentar pessoalmente e agradecer as pessoas presentes. Foi uma noite solidária, alegre e com um cardápio especial

Deputada Maria Lúcia Amary e vereadora Neusa Maldonado

Sumie Hiranobe

Denise e Vitor Lippi Maria Inês Moron Pannunzio e prefeito Antônio Carlos Pannunzio

Leda Salum Silva

Secretário de Comunicação Rodrigo Maldonado e Fernanda Maldonado


6 PAULINHO GODOI

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

paulinhogodoi@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

E vai rolar a festa

Aniversário do Pequeno Príncipe

Vai sim e muita festa porque tem muita gente “trocando de data” esta semana. Hoje (10), aniversário do meu amigo Marcello Moretto, João Batista Almeida, Isabel Cristina Abud, Raquel Scotto Mariano e Cristina Delanhesi. Em pleno domingão (11), parabéns para Giovani Macino, Maria de Jesus Queiroz e Waneska Pereira.

E foi com um brinde que amigos se reuniram no restaurante La Doc para comemorar o aniversário de Renato Lazarin, o”pequeno príncipe”. A foto bem estilo “família”, lembra um pouco as séries Dallas e Dinastia, só vai lembrar quem tem mais de 40 anos, como sempre diz Valter Calis. Fernanda Pintor, Fábio Machado, Renato Lazarin, Jorge Afeich e Ana Claudia Minelli

Marcello e a diva Rosana Moretto

Mais parabéns

Susan Lima Gaburro

Heloá Arrais Muraro

Segunda-feira (12), é a vez de Fátima Corradini Golob e Giovanna Gabriel, a bonequinha da Doda Gabriel. Terçafeira (13), vamos brindar a belíssima e esperando o terceiro bebê Heloá Arrais Muraro, o DJ Mauro Dufort, Maran Verrone Gonzalez e a Marjorie Tello, a filha favorita da Fátima, hahahahah, mas tem o Mauricinho que é super querido também. Na quarta-feira (14), bolo e guaraná para Susan Oliveira Lima Gaburro, Regina Laham e Tomás André Santos. Quinta-feira (15), quem assopra velinhas são os queridos Edgar Gonçalves, Cibele Kosaka e bela Giovanna Morato. Já na sextafeira (16), vai ter festa sim para a querida Cristina Soeiro.

Já nasceu Semana passada coloquei umas fotos dos “grávidos” Giovanna Callegari e Lourenço Ligabó, feitas por Patícia Freire. Só que a princesinha Joana nasceu no dia 2 de maio, saudável e mega fofinha.


7

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

ROTEIRO GOURMET

7

LAGARTO na cerveja preta

•Um quilo e meio de lagarto •Uma lata de cerveja preta (350ml) •Um envelope de sopa de cebola (sopa, não o creme) •Uma lata de molho pronto MODO DE PREPARO Na panela de pressão coloque a cerveja (350ml),o envelope de sopa de cebola, e uma lata de molho pronto. Mexa bem. Coloque o lagarto. Feche a panela. O tempo de cozimento é de aproximadamente 60 minutos. Estará pronto quando a carne estiver bem macia e o molho denso.

MOQUECA de camarão rápida

INGREDIENTES Serve: 4 pessoas 3 colheres (sopa) de azeite 1 cebola sem casca picada 3 dentes de alho amassados e picados 1 pimentão verde sem sementes e picados 2 tomates sem sementes e picados 3 xícaras de leite de coco Sal e pimenta a gosto 2 colheres (chá) de colorau 500 g de camarões limpos, sem cabeças Coentro picado a gosto MODO DE PREPARO Em uma frigideira adicione o azeite e em seguida a cebola picada. Refogue bem até que a cebola esteja macia. Em seguida adicione o alho e refogue por mais dois minutos. Adicione o pimentão, o tomate e o leite de coco. Com uma colher continue mexendo até que o leite comece a ferver. Isso evitará que o leite de coco corte. Quando o leite começar a ferver adicione o sal e pimenta, o colorau e os camarões. Depois que os camarões estiverem rosados deixe cozinharem por apenas cinco minutos para que eles não fiquem borrachudos. Desligue o fogo e adicione o coentro.

7


8

8

JJAK A CATENA JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

jakcatena@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

É Pra Jak! por Jak Catena

Marina Maia e Zure Basso

News

Cintia de Almeida e Helena Aggio

Zi Cossermelli e Jussara Martinez

>> Convidados ficaram surpresos com a maquete 3D gigante que, de cara, mostra o tamanho e a força do Tangará Shopping que será inaugurado em 2015, na avenida General Carneiro, região privilegiada com o futuro complexo viário Mário Covas. Entre o coquetel realizado no espaço Moinho Velho e o comentado show do cantor-ator Daniel Boaventura, futuros lojistas aprovaram o empreendimento. “Shopping center não é um empreendimento imediatista, se consolida ao longo dos anos, é flexível às mudanças do mercado e precisa ter perspectivas do amanhã” disse Marta de Vitto, diretora de planejamento da Emplanta Engenharia. Lojas, academia, cinema, supermercado, restaurantes, serviços, escola, complexo empresarial e residencial tornam um bairro sustentável. Esse é o projeto do futuro shopping!


JAK CATENA

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

9

jakcatena@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

Entre

Simples Assim

linhas

>> Doce Veneno! É saboroso, mas pode engordar, é bonito, mas vicia (hehe) Mas, como todo fruto da terra tem mais sabor, a doceria agora tem outra unidade bem em frente ao Colégio Objetivo, no Centro. E se a gula tem endereço, é ali: café com direito a“wup”da moçada, doces e sorvetes no pedaço da calçada mais agitada da Arthur Gomes, tudo por causa de Meme, filho do saudoso Juca Paes, digo Guilherme Paes, o proprietário filho da bonitona e séria Sonia que há anos tem o Doce Veneno!!

Use com cuidado Maurinho Moura

Bia, Elias e Teresa Stefan

>> Inshalá! Numa legítima família libanesa não são necessários motivos para cozinhar. Mas como o empresário Elias Stefan, diretor da Regional Sorocaba da SindusCon-SP, é um homem muito ocupado, quando ele resolve entrar na cozinha, os amigos resolvem não sair mais dela (hehe). E foi assim final de semana desses com muito frutos do mar e até dança do ventre hahhahahahah.

Sua mamãe! Se já não sabe: “Engole esse choro, mandei você levar guarda-chuva. E o “não” realmente não é resposta! Tenha juízo. Vou contar até dez. Não sou sócia da Light! Você não é todo mundo, não faz mais que sua obrigação, afinal está pensando que está falando com quem? Aqui é uma filha da mãe !!!

REGINA REBELLES


10

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

11


12

RENATA MOECKEL R

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

renatamoeckel@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

No Podium

Lente da Re As alunas Edilaine Fama Ikeuchi, Michele Duarte e Mônica Torres Eiras

No projeto “Sonho de menina” a volta às aulas de dança

No podium, em destaque, a bailarina e professora de dança Doris Garcia e sua equipe, com o projeto “Sonho de Menina”, criado para quem nunca fez ou parou, por algum motivo, suas aulas de dança: “É fundamental entender que não há idade que limite os primeiros passos. É possível, sim, começar na idade adulta, seja qual for a modalidade de dança escolhida”, explicou a professora Doris. “A didática é simples e respeita os limites de cada uma. Oferecemos a dança clássica, que vai proporcionar, através dos exercícios, o alinhamento do

Novidade

do front A Chilli Beans apresentou seu exclusivo Projeto Passarela (durante a 37ª edição da SPFW), lançando peças assinadas por grandes nomes do mundo fashion

Denise Rodrigues Silva, Maria Cristina Muraro e Doris Garcia

corpo, fortalecendo seus músculos”, complementou. As aulas têm sido um sucesso e estão agradando as “meninas”, como Michele Duarte, que fazia aulas desde os três anos de idade e que, após 20 anos, volta a fazê-las,

como Alexandre Herchcovitch, Ronaldo Fraga, Vitorino Campos, Gloria Coelho e Amapô. Além desses nomes, estilistas como Amir Slama, Lorenzo Merlino e Thais Gusmão também participam do projeto, com criações cheias de estilo e personalidade, que estarão nos pontos de venda da marca a partir de Julho.

ou Mônica Torres Eiras que praticava dança desde 1974 e a retoma agora. Edilaine Fama Ikeuchi também retornou à dança há dois anos. A Escola Educativa de Dança “Isadora Duncan” conta, além da professora Doris, com Denise Garcia, Maria Cristina Muraro, Izilda Bernadete, Katia Seabra, Vitor Gil, Felipe Santos, Leticia Garcia, Ueslei Paganelli, Leticia Rosseto, Gabriel Nunes e Karina Nucci e tem classes para todos os interessados na dança, de crianças a adultos, nas modalidades clássico, jazz, contemporâneo, sapateado e estilo livre. A escola fica na rua Vrigilio de Mello Franco, 91 - Trujilo.

Nossa lente de hoje destaca o gentil e competente Osmir Antonio, membro da equipe da Secretaria da Cultura de Sorocaba, Osmir é daqueles profissionais sempre dispostos a colaborar, informar, fazer acontecer. Discreto e capaz, certamente é peça fundamental para que bons eventos culturais aconteçam em nossa cidade. Sou fã.


PAULINHO GODOI 13

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

paulinhogodoi@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

SOCIAL

Jojô e modelos

Carol e Nathalie Abelha

Tamara Racca

Para casar O shopping Iguatemi Esplanada recebeu a primeira Expo Noivas e Festas do Interior. O evento já é considerado um sucesso de público e os melhores fornecedores de festas e eventos já estão com expectativas para o próximo. Vários casais saíram de lá e vão marcar a data do casamento, porque os fornecedores eles já escolheram.

Andrea Rafael, Randal Oliveira e Fernando Castelhano

Paulo Xuxa


14 4

ALE SCAPOL A

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

alescapol@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

Amauri Japonesi

Viviane Marin, Alessandro Scapol e Vinicius Klarosk

Estela Festa

#3 anos

Fernanda Porto

A loja Mandi acaba de comemorar os seus três anos em festa simplesmente arrasadora. O evento carinhosamente preparado para os clientes contou com o show da cantora Fernanda Porto e com a presença vip do ator global Lucas Malvacini. Isso mesmo, o “anjinho” do personagem Félix. Para surpreender nos detalhes, o bar Xácombolaxa levou ao evento toda a sua estrutura e serviu drinks deliciosos. O buffet preparado por Estela Ayub é sempre sensacional e desta vez se superou. Para completar os DJs Aramar Rodrigues e Fabio Haddad animaram os convidados, que se divertiram até altas horas. Existe loja mais badalada nesta cidade?

Lucas Malvacini

Fabiana Ongarato

Bruna Scapol

Lillian Almeida


GABY CAMARGO PUSTIGLIONE E

15

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

gaby@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br Fotos: SZS Assessoria de Imprensa

A força do ouvinte da Ipanema FM Fotos: Alana Damasceno

Sueli Domingues e Domingues

Manuel e Ivani Soares

Família Bitencourt

Feijoada da Ressaca reúne familiares e amigos O Clube de Campo de Sorocaba realizou a Feijoada da Ressaca, reunindo, famílias, amigos, convidados e associados que aproveitaram a tarde para colocar o papo em dia. Os grupos Descendo a Serra e Família Pereira, garantiram a parte dançante da festa. Além disso, a garotada teve um espaço especial, com recreação e brinquedos.

O Jornal Ipanema, apresentado de segunda a sábado, das 6h30 às 9h30, pela Rádio Ipanema FM (91,1 MHz), além de muita informação e prestação de serviço, tem como um dos destaques a interação com o ouvinte, por meio dos telefones (15) 2102-0384 ou 2102-0385. Esses são os números do Portal de Voz do Jornal da Ipanema. Uma das ouvintes mais assíduas, na utilização do Portal de Voz, é Denise Moriyama. Na quinta-feira (8), ela compareceu aos estúdios da Rádio Ipanema para conhecer de perto e conversar com os apresentadores do Jornal da Ipanema. Denise, que participa constantemente do jornal da rádio por meio do Portal de Voz, que dá poder ao ouvinte de

Denise Moriyama

se expressar com sua opinião, fazer perguntas ao entrevistado ou transmitir sua crítica ou sugestão. Disse: “Agradeço à rádio, que abriu este espaço para nós que estamos na rua. Este caminho para a gente é maravilhoso”, comentou. Sempre fechando a sua participação no Portal de Voz com “diretamente do Pé de Borracha”, ela explica que a gíria é originária dos que fazem parte do grupo de rádio amadores “PX” e é utilizada por norte-americanos.


16

CORPO EM M FORMA & SAÚDE

Fiscais de rótulos Uma campanha encabeçada por 800 mães de crianças alérgicas tem pressionado a indústria de alimentos e os órgãos reguladores a descrever nos rótulos, de forma clara, os ingredientes que mais causam reações adversas. A ação “#põenorótulo” existe há apenas dois meses, mas já conquistou 34 mil simpatizantes no Facebook e conta com o apoio de entidades como a Asbai (Associação Brasileira de Alergia e Imunologia) e a Proteste (Associação de Consumidores). Representantes da campanha levaram

a questão à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e pediram que as embalagens ampliem o obrigatório aviso de “contém glúten” para incluir leite, soja, ovos, amendoim, oleaginosas, peixes, crustáceos e sulfito (aditivo usado para aumentar a vida útil dos alimentos) de for Segundo a Anvisa, a norma atual de rotulagem de alimentos já obriga a declaração de todos os ingredientes utilizados no produto, mas, segundo a campanha, esses ingredientes nem sempre aparecem de forma facilmente identificável. No verso do rótulo, em letras miúdas, são comuns nomes técnicos como caseína, lactoglobulina e lactoalbumina, em vez de leite, e albumina ou soroalbuminado, no lugar do ovo. No Brasil, segundo o Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da USP, cerca de 39,5% das reações alérgicas estão relacionadas a erros de leitura no rótulo. Outra demanda da campanha é a descrição obrigatória de possíveis traços dessas

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

Mães fazem campanha para que embalagens destaquem ingredientes que podem causar alergias; Anvisa vai avaliar mudanças substâncias em produtos passíveis de contaminação cruzada. Ela ocorre, por exemplo, quando uma mesma máquina processa diferentes alimentos, com e sem alérgenos. Segundo a coordenação da campanha, a Anvisa deverá fazer uma consulta pública neste mês para estudar a viabilidade de implantar as modificações. A agência confirma que o processo de revisão das normas já está em andamento e engloba o aperfeiçoamento das informações referentes à presença de ingredientes alergênicos na rotulagem de alimentos. Mas um dos obstáculos é o fato de que qualquer mudança nas regras de rotulagem deve ser harmonizada entre os países do Mercosul. “A campanha é importante, mas a implementação não é tão simples porque não há meios técnicos de medir traços mínimos de alergênicos nos alimentos”, acrescenta Carlos Eduardo Gouvêa, presidente da Abiad (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres).

Sem informações muito claras, mães e filhos passam por dificuldades. A administradora hospitalar Fernanda Delabio, 36, já teve que levar seu filho Lucas, 7, à emergência do hospital. Ele é alérgico a soja, trigo, ovo e leite. “Não basta ler o rótulo. A experiência me ensinou que é melhor ligar no serviço de atendimento ao consumidor e às vezes nem isso adianta, diz Cecília Cury, 34, advogada e mãe de Rafael, 2, alérgico a leite e a soja. Rafael também não come oleaginosas e crustáceos por precaução. Ela é uma das idealizadoras da campanha, e a experiência a levou a escrever sua tese de doutorado sobre o direito à rotulagem. Estima-se que um terço da população mundial tenha algum tipo de alergia, mas a população de alérgicos só cresce, segundo Fábio Morato Castro, professor de imunologia clínica e alergia da USP. Uma das possíveis explicações é a maior exposição a alimentos industrializados. Além de dor de cabeça, coceira, náusea e diarreia, essas reações podem deflagrar uma crise anafilática, que pode levar à morte. A adrenalina pode ser administrada em caso de emergência porque ajuda na dilatação dos brônquios. “A gente até anda com uma caneta de adrenalina na bolsa”, conta Mariana. É por tantas dificuldades e desconhecimento geral que mães brigam para levar a alergia alimentar à pauta de instituições e da indústria. ‘É difícil na escola e no restaurante’, diz Cecília. “Clareza nesse tema é fundamental”. (Monique Oliveira/Folhapress)


17 ARTESANATO Felger tem inúmeras opções de presentes para as mães

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014 Um grande número de produtos artesanais confeccionados em plástico, tecido, couro ou madeira, entre outros materiais. A Feira Local de Artesanato e Geração de Renda (Felger), que prossegue até este sábado (10) na Praça Frei Baraúna,

traz inúmeras opções para quem busca um presente original para o Dia das Mães. Aproximadamente 120 artesãos estão expondo seus mais diferentes tipos de trabalhos artesanais. O funcionamento da Felger é sempre

das 9 às 21 horas. Os visitantes encontram inúmeros produtos artesanais feitos de tricô, crochê, biscuit, pintura em tecido, madeira, bordados, doces e salgados, além de bijuterias entre outras opções.


18 CIDADE

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

Plano Diretor elitiza Sorocaba, afirma representante do Secovi

Sorocaba e região recebem

a Carreta Sebrae 2014 O público poderá conhecer ferramentas desenvolvidas para o mundial de futebol

A

s cidades de Sorocaba, Porto Feliz, Salto e Itu recebem, entre os dias 19 e 28 de maio, a Carreta Sebrae 2014. A unidade móvel, montada sobre estrutura de 16m de comprimento, com área de 105m2, atenderá interessados em aproveitar as oportunidades de negócios que surgem com a Copa do Mundo FIFA 2014. O intuito é levar orientações aos comerciantes para que possam fazer bons negócios, com dicas práticas sobre como preparar suas lojas, controlar estoques e, ainda, a respeito das regras para o uso da marca “Copa” e atendimento aos clientes. A primeira parada será em Sorocaba, onde ficará entre os dias 19 e 21 de maio, na Praça Coronel Fernando Prestes. Nos dias 22 e 23, a carreta ficará na Praça da Matriz, em Porto Feliz. Dia 24 de maio, será a vez de Salto receber a unidade móvel, na Praça do Carmo. Por fim, de 26 a 28, o veículo se instala em Itu, na FICAT (Feira da Indústria, Comércio, Agricultura e Turismo), que fica no CEUNSP (Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio). “Nosso objetivo é estimular não apenas o ganho momentâneo, potencializado durante os 30 dias dos jogos, mas melhorias de organização e de gestão, fundamentais para que as pequenas empresas conquistem competitividade e longevida-

de no mercado”, explica o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano. Carreta Sebrae A Carreta Sebrae 2014 é uma unidade itinerante do Sebrae-SP, com capacidade para receber até 150 pessoas por dia. Equipada com telões, climatização, computadores e acesso à internet, pode atender o público com todo conforto para encontros de negócios, palestras, consultorias individuais ou em grupo. Permite, ainda, fazer exibição de vídeos de orientação e apresentação de vitrines com ideias de produtos e serviços que podem ser desenvolvidos com foco no torneio, sem grandes investimentos, inspirados nos costumes, cultura brasileira e no futebol.

Serviço Atendimento Carreta Sebrae 2014 - Sorocaba Data: 19 a 21 de maio Local: Praça Coronel Fernando Prestes – Centro

O projeto do novo Plano Diretor de Sorocaba tem gerado discussões entre entidades representantes da área de Habitação. A prefeitura de Sorocaba entregou em 23 de abril à Câmara dos Vereadores, o projeto do novo Plano Diretor de Sorocaba. O vice-presidente do Interior do Sindicato da Habitação no Estado de São Paulo (Secovi-SP) Flávio Amary afirma que representantes do Sindicato discutem tópicos referentes às revisões do Plano Diretor desde 2012. De acordo com Amary, a Lei Federal nº 10.257 de 2.001, chamada de Estatuto das Cidades, obrigou os municípios a elaborar um plano diretor em cinco anos. Sorocaba cumpriu a determinação imposta e em 2004 já estava com sua legislação atualizada, em 2007 passou por uma revisão e hoje o Executivo municipal está com uma nova revisão enviada ao Legislativo. “O plano diretor tem impacto direto na vida de todos os cidadãos, além de ter suma importância na evolução das cidades, é a legislação que regula como a cidade vai se desenvolver e de que forma nosso território pode e deve ser ocupado”, comenta. Amary explica que a legislação atual tem três zonas residenciais: ZR1 (lote mínimo de 360 m2), ZR2 (lote mínimo de 250 m2), ZR3 (lote mínimo de 150 m2) e ZCH (lote mínimo de 1000 m2). Sendo a ZR1 mais próxima do Centro e a zona de chácaras mais afastada. A proposta enviada ao Legislativo deve propor o aumento do lote mínimo de 150 m2 para 200 m2 na ZR3 e de 250 m2 para 300 m2 na ZR2. “Acredito que o objetivo do Executivo é dar mais qualidade de vida aos cidadãos, buscando aumentar o espaço para a construção de sua casa própria, além de melhorar urbanisticamente a ocupação de nossa cidade. Entretanto precisamos analisar se esta é a melhor forma. O impacto direto do aumento do tamanho mínimo será o aumento do custo e, portanto, do preço de venda, limitando o acesso ao lote a uma camada significativa da sociedade, além de diminuir a oferta, pois alguns empreendimentos se tornaram inviáveis economicamente”, afirma. Segundo Amary, o desdobramento desta proposta pode levar às seguintes consequências em longo prazo: - aumento do prazo de financiamento: para a prestação continuar cabendo no orçamento do consumidor (menos danosa à cidade). - coabitação: não conseguindo comprar um terreno de 200 m2 individualmente, duas famílias se cotizam e compartilham a compra do terreno, o que trará uma diminuição na área, pois passará dos atuais 150 m2, para 100 m2 para cada famí-

lia, além de problemas futuros na divisão da propriedade, decorrentes de morte, divórcio etc. - expulsão do mercado local destas pessoas, que buscarão terrenos e casas em cidades limítrofes, como Salto de Pirapora e Votorantim. - ocupações irregulares, com imensos prejuízos ambientais. Leia entrevista na integra no Portal do Jornal Ipanema (www.jornalipanema.com.br)

“O impacto direto do aumento do tamanho mínimo será o aumento do custo e, portanto, do preço de venda, limitando o acesso ao lote a uma camada significativa da sociedade, além de diminuir a oferta, pois alguns empreendimentos se tornaram inviáveis economicamente”

Flávio Amary, vice-presidente do Interior do Sindicato da Habitação no Estado de São Paulo (Secovi-SP)


CAPA 19

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

A luta pela vida de um bebê que se tornou uma história de amor e percorre o mundo

Caso na justiça Cristiane Carvalho

N

este Dia das Mães, celebrado no domingo (11), Patrícia Lacerda não quer ganhar bolsa, nem sapato, nem celular. Ela quer apenas a cura da filha. Esta é a história de uma mãe que, logo nos primeiros meses de gestação, descobriu que teria uma grande batalha pela frente: conseguir uma cirurgia para o seu bebê. Sofia Gonçalves Lacerda, hoje com quatro meses, nasceu com Síndrome de Berdon, doença rara que prejudica o funcionamento, do aparelho digestivo e excretor e obriga o bebê ser alimentado por via endovenosa, ou seja, os nutrientes são injetados diretamente na corrente sanguínea. Ao saber

Os pais de Sofia, Patrícia e Gilson Gonçalves de Lacerda

A família entrou com um pedido na Justiça para que o SUS (Sistema Único de Saúde) arque com as despesas para o procedimento que deverá ser feito nos Estados do diagnóstico Patrícia também descobriu que, Unidos. A pequena Sofia Gonçalves quando se trata do amor de mãe não há limites, e Lacerda segue internada no Hospidecidiu lutar pelo tratamento da bebê, que pretal das Clínicas e aguarda o resultado cisa ser realizado nos Estados Unidos. dos exames que foram pedidos pelo Ousada, lançou uma campanha na internet: desembargador do Tribunal Regional “Ajude Sofia”. A campanha consiste em arrecaFederal, Márcio Moraes. De acordo dar o valor necessário para custear uma viagem com o advogado responsável pelo até Miami, nos Estados Unidos, onde é possível caso da pequena Sofia, Miguel Navarreverter o quadro de saúde de Sofia. “Nesses ro, um ofício emitido pelo médico do quatro meses, Sofia já passou por três cirurgias Hospital Sírio Libanês afirmou que neque foram feitas para amenizar o problema, mas nhum hospital brasileiro tem condições a cura só é possível com o transplante multivisde fazer o transplante multivisceral. A ceral realizado nos Estados Unidos. Para isso, documentação foi enviada pelo médico é necessário arrecadar o valor para custear a cirurgião Paulo Chapchap, que foi escocirurgia, que gira em torno de US$ 1 milhão lhido pela justiça para analisar o caso. O [equivalente a R$ 2,4 milhões]”. A campanha médico afirma ainda que nenhum dos “Ajude Sofia” se tornou uma história de amor pacientes submetidos aos transplantes que percorre o mundo. multiviscerais no Brasil sobreviveram mais do que alguns meses e que a experiência brasileira no procedimento é “considerada inicial”. A família aguarda agora o posicionamento da Justiça. O advogado lamenta toda essa demora. Ele tem receio que a criança não resista. Segundo ele, quanto antes a menina for tratada, mais chances terá de sobreviver. “Se ela for submetida a este transplante multivisceral a expectativa de vida é de 80%. Quanto mais demora, mais o fígado da menina pode ficar submetido”, avalia. Ele informou ainda que os exames devem ser encaminhados ao desembargador do Tribunal Regional Federal junto com a manifestação do hospital. “Caso for procedente, logicamente iremos mandá-la aos Estados Unidos. Caso seja improcedente e ele entenda que ela tem que ficar no Brasil, nós entraremos com mandado de segurança contra o Judiciário. Com essa negativa nós temos a instância do STJ [Superior

Miguel Navarro, advogado da família, luta na Justiça pela transferência da criança para os EUA

Tribunal de Justiça] que seria essa autoridade ditadora”, afirmou. Por outro lado, o médico brasileiro Rodrigo Vianna, 43 anos, que trabalha e mora em Miami, garantiu que a criança tem chance de viver por vários anos após a cirurgia. Vianna é diretor de transplantes na Jackson Memorial Medical Center. Ele falou que já realizou várias cirurgias em crianças da mesma idade de Sofia. “Já fiz mais de 200 transplantes deste tipo. A criança mais nova que operei não tinha a Síndrome de Berdon, mas uma doença similar e tinha três meses de idade”, informou o médico. Segundo Vianna, “Sofia terá que ficar nos Estados Unidos de um a dois anos. É um tratamento longo” e acrescenta que o valor da cirurgia, inclui também todos os cuidados que serão feitos por vários meses e múltiplas equipes de grandes profissionais, afirmou Vianna.


20 CAPA

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

Artistas abraçam a causa A iniciativa também teve apoio de artistas, cantores e esportistas, que compartilharam fotos do bebê com mensagem positivas incentivando a doação. Até o fechamento desta edição, a família arrecadou mais de R$ 452 mil. Entre os famosos que mostraram solidariedade Cláudia Leitte, Robinho, Giovanna Antonelli, entre outros. A corrente da solidariedade vai se formando aos poucos. O sonho ainda está distante de se realizar. Patrícia reconhece que a quantia necessária é muito alta. “Mas nem penso nisso. Tenho fé de que conseguiremos. Estou surpresa com tanta gente nos ajudando”, disse a mãe, entusiasmada.

C

ontra a doença, a Síndrome de Berdon, não existe remédio. Somente o transplante multivisceral. Ao saber do diagnóstico, Patrícia começou a pesquisar o assunto e descobriu que o procedimento poderia ser realizado nos Estados Unidos. A questão é que o valor da cirurgia, de aproximadamente

R$ 2,4 milhões de reais, foge das condições da família. A saída encontrada pela mãe foi pedir apoio às redes sociais, e lançar a campanha “Ajude Sofia”. A página no Facebook já teve 188 mil curtidas. Milhares de pessoas curtem e compartilham diariamente cada postagem feita pela própria mãe da pequena.

A história de outra

mãe coragem se tornou um exemplo de amor e solidariedade. Atualmente, Luiza administra uma página na internet que dá apoio às famílias com filhos com o mesmo problema do bebê, além de troca de informações entre as mães. Logo nos primeiros dias de vida, Bento passou por cirurgia - foram três no período de um ano e meio. “Surgiram muitas dúvidas, anseios, acertos e erros que foram superados durante o período dos procedimentos médicos” comenta Luiza. A estilista conta que a deformidade é pouca abordada. “A maior parte das famílias esconde os bebês fissurados”. “Não há aceitação. A sociedade tem muita dificuldade de encarar esta realidade, mas os casos estão

A união que transforma A fan page “As Fissuradas” é uma página no Facebook que reúne mães cujos filhos nasceram com fissuras e demais deformações faciais. A página foi criada exatamente 30 dias após a última cirurgia de Bento. “Depois que o bebê nasceu, houve muita correria. Então, logo após a terceira cirurgia, comentei com outras mães que também têm filhos com ‘defeitos’ na face que estava querendo fazer algo por nós. Algo aberto ao público, que outras pesso-

as pudessem acessar”. A intenção é mostrar a fissura e também outros problemas decorrentes sob um novo olhar. “Publicar histórias, medos, alegrias e conquistas. Espalhar informação e inibir o preconceito”, finaliza. Ela comenta também que, no início, o projeto era pequeno, tímido e foi ganhando força a partir da divulgação na imprensa. A partir do momento que as pessoas foram tomando conhecimento do projeto, as ideias e as propostas tomaram outros rumos.

aí, nascendo todos os dias”, explica. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que uma a cada 650 crianças nasce com fissura lábio palatina no Brasil.

“Surgiram muitas dúvidas, anseios, acertos e erros que foram superados durante o período dos procedimentos médicos” Luiza Pannunzio

Luiza Pannunzio/Colaboração

A vida da estilista e ilustradora Luiza Pannunzio também é motivo de exemplo e motivação para muitas outras mães. Faltando poucos dias para o nascimento do segundo filho, Bento, descobriu que ele nasceria com fissura labial - lábio leporino ou fenda palatina, que é uma abertura na região do lábio ou palato, ocasionada pelo não fechamento dessas estruturas durante a gestação. Leiga no assunto, Luiza recorreu à internet para saber como poderia ajudar o filho, que completa dois naos em julho, a enfrentar os problemas que surgiriam pela frente. Porém, o que seria uma tarefa difícil, hoje

Luiza Pannunzio demonstra no pequeno gesto o amor pelo filho Bento


NEGÓCIOS E

OPORTUNIDADES

10 de maio de 2014 - edição 766 www.jornalipanema.com.br

Residencial de R$ 30 milhões é lançado em Sorocaba Alana Damasceno

Érik Rodrigues Um empreendimento popular que prioriza a qualidade de vida do morador. Assim foi idealizado o Residencial Platinum, localizado na Vila Fiori, em Sorocaba. O investimento de R$ 30 milhões para a construção do condomínio irá resultar em seis torres, de sete pavimentos, que abrigarão 252 apartamentos de dois dormitórios. Assinado pela AG Velasco e CAS Construtora, o residencial, cujas obras já estão em andamento, também contará com elevadores, sacadas nos apartamentos, um bosque de 2,7 mil metros quadrados, estacionamento, playground, quadra poliesportiva e área de lazer com piscinas para adultos e crianças. “Um dos diferenciais do residencial é que ele será entregue com piso de cerâmica em todas as unidades, o que normalmente não ocorre em outros empreendimentos”, afirmam Ricardo e Júlio Reis, diretores da Reis Imóveis, empresa responsável por comercializar as unidades. A localização do residencial foi mais um aspecto apontado como vantajoso pelos direto-

Ricardo Reis, Júlio Reis e Cristiano de Moura

res da Reis Imóveis. “O Platinum está localizado próximo à avenida Itavuvu, região de intensa atividade comercial. O morador também pode contar com facilidades como acesso fácil a unidades de saúde, escolas e creches”, frisam. De acordo com Cristiano de Moura, da AG Velasco, a qualidade do empreendimento deve ser destacada. “A nossa mentalidade é a de respeitar o cliente e entregar a ele algo que gostaríamos para nós. Neste senti-

do, a qualidade do projeto é um diferencial e foi pensado para que os moradores sintam-se satisfeitos de viver no local. É um apartamento que eu moraria”, declara. Moura cita, ainda, a individualização dos medidores de água e gás natural como uma vantagem para aqueles que adquirirem uma das unidades. “Isso vai permitir que cada morador pague realmente pelo que consume, evitando, inclusive, conflitos no residencial”.

Imagem ilustrativa do empreendimento

Residencial Platinum

Comercializados por valores a partir de R$ 119 mil, as unidades do Residencial Platinum podem ser financiadas pelo programa “Minha Casa, Minha Vida”, através da Caixa Econômica Federal. As obras do residencial estão previstas para terminar em 30 meses. Os interessados em adquirir uma das unidades podem visitar o apartamento decorado, localizado no plantão de vendas na rua Ministro Salgado Filho, 808 - Vila Fiori.


IPANEMA

2 AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL / JULIANA MORAES Juliana Moraes

Marco Laíno, gerente do Vila Flora, falou sobre a estrutura do empreendimento

Empreendimento reúne conjuntos de casas e apartamentos Novidades sobre o Vila Flora foram apresentadas à imprensa na quarta-feira (7). O empreendimento da Splice Desenvolvimento Urbano, amplia as opções para o público que busca imóveis residenciais, mas com diferenciais únicos, que valorizam a convivência har-

mônica em comunidade. É um bairro planejado que reúne vários conjuntos de casas e apartamentos, pioneiro no conceito de resgate dos valores e da qualidade de vida típicos dos mais tradicionais e tranquilos vilarejos ao redor do mundo. O Villa Flora já entregou mais de 900 unidades e prepara-se para novos lançamentos em breve. O empreendimento fica na rodovia João Leme dos Santos, no KM 1,5, próximo à rodovia Raposo Tavares, possui fácil acesso à rodovia Castello Branco. Outra portaria, na avenida Gisele Constantino, facilita também o acesso.


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

3


IPANEMA

4 AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL / JULIANA MORAES

Casa lá fora afirma Menezes, que pagou U$S 200 mil pelo imóvel. Hoje, diz ela, o apartamento vale U$S 350 mil (cerca de R$ 780 mil). Menezes diz perceber que, mesmo com a valorização, os preços estão mais baixos do que apartamentos semelhantes no mercado brasileiro, que passaram por forte alta nos últimos anos. “No Leblon (zona sul do Rio), um igual ao meu sairia por R$ 1,2 milhão”, diz Isabela, que inspirou a mãe a também comprar um imóvel na Flórida no ano passado.

Euforia já passou, mas mercado norte-americano continua receptivo a estrangeiros; perfil de empreendimentos muda para atrair brasileiros Após o estouro da crise imobiliária nos Estados Unidos, em 2007, que no ano seguinte se alastrou para o restante da economia, muitos brasileiros aproveitaram para ir às compras. Hoje o cenário de preços de imóveis “no chão” já passou, mas o interesse estrangeiro pelo mercado imobiliário americano persiste. No caso dos brasileiros, o principal objetivo é ter um local para ir algumas vezes por ano e passar as férias. Quando a casa não

Preço leva brasileiro a investir nos EUA

Isabela Menezes comprou um imóvel nos EUA para passeio

está em uso, pode ser alugada, o que ajuda a pagar o imposto de propriedade e a taxa de condomínio. A relações-públicas Isabela Menezes, 45, comprou um apartamento em Miami em 2011, ano em que os valores começaram a se recuperar. “Vou muito a Miami e comprei numa fase muito boa, com o valor lá embaixo”,

Personalizado Alguns lançamentos em Miami trazem características ou permitem adaptações na planta para atender aos brasileiros, segundo Basilio Jafet, presidente da Fiabci Brasil (Federação Internacional das Profissões Imobiliárias). “Nos imóveis mais compactos, principalmente, a lavanderia fica nos fundos de um dos banheiros e o brasileiro odeia isso. Os americanos entenderam que para vender para nós têm de fazer adaptações”, diz Jafet. Renato Teixeira, presidente da rede de franquias imobiliárias, afirma que varanda gourmet e quadra de futsal são itens pensados sob medida para brasileiros em alguns empreendimentos recentes.

Apesar de o real ter se desvalorizado perante o dólar (comparando com o período da crise americana), o interesse dos brasileiros pelo mercado imobiliário dos EUA permanece alto. E, com preços em recuperação, torna-se mais frequente a presença de investidores. No Brasil, em vez disso, a tendência é de acomodação, o que afugenta quem busca rentabilidade. O médico Luiz Carlos, 59, comprou um imóvel na Flórida que estava sendo retomado de um cliente pelo banco. Um ano depois, vendeu-o com lucro de 30%. Já em Nova York, a liquidez é o que chama atenção de investidores. “O que se lança lá é logo vendido, por causa da percepção de que a cidade é um porto-seguro”, diz Basilio Jafet. No caso de quem financia o imóvel, a variação cambial deve ser levada em conta. Por isso, informar-se sobre as perspectivas para as moedas estrangeiras ajuda no planejamento financeiro. Com isso, na remessa de valores ao exterior, segundo ele, incidirá uma alíquota de 0,38%, não de 6,38%, como ocorreria sem a conta. Mesmo com a recuperação desde 2011, o índice de valores das residências nos EUA é 7,6% menor do que no pico de preços, em abril de 2007, segundo a FHFA (Agência Federal de Financiamento Imobiliário, na sigla em inglês). No Brasil, a realidade é bem diferente. O Índice de Valores de Garantia de Imóveis Residenciais Financiados, que mede o preço em 11 regiões metropolitanas e é calculado pelo Banco Central, acumula alta de 204% nesse período.


IPANEMA

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

AMBIENTE 5 ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL / JULIANA MORAES

Pufes para todas os gostos Eles funcionam como mesa lateral e descanso para pés, além de acomodar aquele convidado extra. Estes móveis também são certeiros para quem deseja mudar rapidamente a decoração. Fácil de transportar, lindos de decorar com modelos muito variados, trazem várias funções. Alguns se transformam em baús, outros em mesinha de apoio, se encaixam em diversos ambientes da casa e podem ser revestidos com tecidos de várias cores e estampas. O Ipanema Ambiente separou alguns modelos que vão fazer diferença na hora de decorar.


6 CLASSIFICADOS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

Aulas e Cursos

Advocacia

Artigos para Festas

Estética e Beleza

Informática


CLASSIFICADOS 7

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

Avisos e Editais

Medicina e Saúde

Serviços Profissionais


8 I PROGRAME-SE

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

Sábado (10)

CINEMA

■ ROBERTO LEAL EM SÃO ROQUE

O cantor Roberto Leal se apresentará na Vila Don Patto, em São Roque, durante um jantar-show em comemoração ao Dia das Mães. Os pratos serão servidos das 19h30 às 21h30, quando começará a apresentação. Os convites individuais custam R$ 150, e dão direito ao couvert, entrada, salada, prato principal e sobremesa. O serviço de mesa será no

estilo à francesa. As bebidas e porções, que poderão ser consumidas inclusive durante o show, não estão incluídas nesse valor. Ao todo, o espaço onde Roberto Leal irá se apresentar na Vila Don Patto comporta até 200 pessoas. As reservas devem ser feitas pelo telefone (11) 47113001, com Anne ou Cléber ■ AZUL RESPLENDOR Estrelada por Eva Wilma, a peça reúne uma comédia que promove uma rara combinação entre humor ácido e delicadeza. A história retrata os bastidores do universo teatral no espetáculo em que a atriz celebra os 60 anos de carreira, sendo 80 de vida. A partir das 21 horas. Ingresso R$ 80 (inteira) R$ 40 (meia). O espetáculo acontece no Teatro Municipal Teotônio Vilela, que fica na avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes – Alto da Boa Vista (ao lado da prefeitura). Informações: (15) 3238-2222.

■ PLANTA & RAIZ ■ MULHERES AO ATAQUE Sala: Cinespaço Villàggio 3 (legendado, 12 anos) – diariamente às 14h40, 17 horas, 19h20 e 21h40. Quando uma jovem descobre que seu namorado é casado com outra mulher, ela entra em contato com a esposa dele e propõe que as duas se vinguem juntas. Uma estranha amizade começa a nascer entre as duas, mas a situação fica pior quando elas descobrem que uma terceira mulher está envolvida. Logo, a terceira pretendente se une ao grupo, para dar uma lição no marido infiel. ■ GETÚLIO Sala: Cinespaço Villàggio 1 (nacional, 12 aos) – diariamente às 14, 16, 18, 20 e 22 horas. ■ O ESPETACULAR HOMEM ARANHA 2 – A AMEAÇA DE ELECTRO Salas: Cinespaço Villàggio 4 3D (dublado, 12 anos) – diariamente às 15 horas; (legendado, 12 anos) – diariamente às 18 e 21 horas. Cinespaço Villàggio 2 (dublado, 12 anos) – diariamente às 15h30, 18h30 e 21h20.

Domingo (11) ■ BANDA SABATELLA O Hangar 51 traz o melhor do rock and roll com uma super apresentação da Banda Sabatella, que sobe aos palcos a partir das 20 horas. O Hangar 51 fica na rua Victório Pegoretti, 51 - Jardim faculdade (próximo a avenida Barão de Tatuí). Informações: (15) 3329-8851.

Quarta-feira (14) ■ WORKSHOP E-SOCIAL O eSocial, sistema governamental obrigatório que prevê o início de sua implantação em 2014, será abordado em Sorocaba a partir das 8h30. O eSocial é um Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas. Seu objetivo é racionalizar e uniformizar as obrigações de contratação e utilização de mão de obra e vai fiscalizar o cumprimento da legislação envolvendo diversos órgãos da administração pública. Informações: (15) 4082-2355.

Sábado (17) ■ TÔ GRÁVIDA! Os atores Fernanda Rodrigues e Paulo Vilhena estarão em Sorocaba com a comédia “Tô Grávida”, em única apresentação no Teatro Municipal. O espetáculo fala de uma das épocas mais lindas, porém delicada, da vida de um casal: a gravidez e o nascimento do bebê. Numa espécie de “Você Decide”, a própria plateia fica responsável pelo desfecho da história, onde há uma enquete e eles escolhem o final. A partir das 21 horas. Ingressos R$ 60 inteira e R$ 30 meia. Informações: 0800-735 0550. O grupo de reggae homenageia o cantor Bob Marley e aproveita para tocar seus maiores hits. A partir das 23 horas. Entrada a partir de R$ 30. O show acontece na Toca do Leão (avenida São Paulo, 2981 – Além Ponte). Informações: (15) 3227-4279.

■ EL CABONG E CAIXA VEDADA As bandas fazem um tributo especial a dois grupos ícones do rock nacional. El Cabong se apresenta tocando os sucessos dos Paralamas do Sucesso, enquanto a Caixa Vedada mostra o repertório do grupo O Rappa. A partir das 22 horas. Entrada R$ 20 (sem lista) R$ 15 (com lista). A apresentação acontece no Pirilampus Bar (avenida Comendador Pereira Inácio, 1081 – Vila Assis). Informações: (15) 3211-8353. ■ ENCONTRO DE ESCRITORES Sorocaba realiza a primeira edição do Encontro de Escritores de Sorocaba. Para esta data, dez autores se reunirão para falar um pouco sobre sua trajetória e livros publicados. O evento ainda vai contar

com duas palestras. O encontro é gratuito e acontece na Biblioteca Municipal (rua Ministro Coqueijo Costa, 180 – Alto da Boa Vista). Informações: (15) 3228-1955. ■ PASSEATA PAULISTA DA SAÚDE Com o tema “Trabalhador valorizado é saúde para a população”, a 3ª Passeata Paulista da Saúde integra as ações em homenagem ao Dia Estadual do Trabalhador da Saúde, comemorado no dia 12 de maio. Os interessados em participar podem obter mais informações e se inscrever numa das sedes do Sindicato da Saúde da região e os que chegarem com uma hora de antecedência ganharão uma camiseta. Evento começa às 10 horas. Informações: (15) 3219-1520.

Domingo (25) ■ FEIJOADA BENEFICENTE No dia 25 de maio, a partir das 12 horas, acontece em Sorocaba a famosa Feijoada do Educandário Santo Agostinho, um evento beneficente com renda total revertida à entidade. A feijoada acontece no Salão de Festas do Educandário (rua Imperatriz Leopoldina, 217 - Sorocaba). Convites: (15) 3222-226.

Sábado (14/6) ■ ARRAIÁ PARÓQUIA N SRA APARECIDA A Paróquia Nossa Senhora Aparecida realiza nos dias 14 e 15 de junho um Arraiá beneficente. O evento terá comidas típicas, brincadeiras, quadrilha acontece na Vila Maria dos Prazeres, antiga Sociedade Amigos de Bairro (rua Brasil, 50). Entrada 1 kg de alimento não perecível. A partir das 15 horas. Informações: (15) 3325-3626.


IPROGRAME-SE 9

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

BACKSTAGE

Experiência Fashion chega à quarta edição trazendo tendências para o Inverno Érik Rodrigues O inverno e as principais tendências nacionais e internacionais de moda para a estação vão dominar as passarelas da 4ª edição do Backstage – Experiência Fashion, que acontece de 12 a 15 de maio, no Ipanema Clube. O evento, que reunirá 52 lojas e 30 desfiles, acontece sempre a partir das 19h30 e deve receber, aproximadamente, 900 convidados por noite. Organizado por Ana Maria Brum e Juliana Brancalhão, diretoras da Revista Arq&Design; pelo fotógrafo e proprietário da agência V-Model Agency, Vand Rodriguez; e pelo consultor de moda e stylist, Flávio Tenguan; o Backstage se consolidou como o maior evento de moda Alana Damasceno

Ana Maria Brum e Vand Rodriguez

de Sorocaba e tem a proposta de mostrar ao público a rotina dos bastidores dos grandes desfiles, da maquiagem à entrada nas passarelas, além de reforçar o papel da cidade como pólo lançador de moda e comportamento para a região. Além dos desfiles, o Backstage também terá um espaço reservado para venda de produtos. Ao todo, 15 lojistas irão expor suas peças aos convidados em stands instalados com o intuito de transformar o evento, também, em uma oportunidade de negócios e fidelização de clientes. Nesta edição, o evento contará com a presença da atriz e modelo Ellen Roche, que desfilará, com exclusividade, para a New Visual Hair, empresa especializada em sistemas capilares que apresentará modelos de apliques naturais, sintéticos, turbantes e lenços. Os modelos Juliano Oliveira, Malana e Lalesca Mattos também participarão de alguns dos desfiles. Solidariedade Além de apresentar as tendências para o Inverno, o Backstage também pensou em ajudar aqueles que precisam se proteger do frio da estação. Para isso, o evento trará a campanha “Roupa Boa a Gente Doa”, em que os convidados poderão doar peças em bom estado, que serão destinadas ao Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Sorocaba. “Com isso, as doações serão direcionadas para quem precisa e, assim, irão aquecer o inverno de muita gente”, frisam os organizadores Ana Maria Brum e Vand Rodriguez.

PROGRAMAÇÃO SEGUNDA-FEIRA (12) Boutique das Irmãs Colcci Donna Boutique Empório dos Tecidos New Visual Hair Vida Bela TERÇA-FEIRA (13)

QUARTA-FEIRA (14) Chicletaria Le Lis Blanc Nádia Store Pele de Pano Rockstter Villàggio Shopping Viva Linda Joias QUINTA-FEIRA (15)

Ateliê Alta Costura Definitti Miriam Modas Mabelle Sonia Modas Villaggio Shopping

Donna Boutique Kvinna Rose Duran Márcia Prestes Miriam Modas Pernambucanas


ESPAÇO

10 EMPRESARIAL

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

Tribunal de Justiça de São Paulo isenta incorporadora sorocabana de recolher ISS sobre obra Empresa que constrói em terreno próprio não precisa recolher aos cofres públicos do município o Imposto Sobre Serviços (ISS). A questão, já tida como juridicamente indiscutível pelo Superior Tribunal de Justiça, há cerca de três anos, finalmente começa a valer em Sorocaba. Pela primeira vez, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) deu ganho de causa a uma incorporadora local nesse sentido. A ação foi patrocinada pelo escritório Lopes, Moretti & Rosa Sociedade de Advogados. Com a decisão, divulgada em janeiro de 2014 a incorporadora, pertencente ao Grupo J. Cardoso, não precisará recolher cerca de R$ 250 mil ao município. Segundo o advogado Tiago Rosa, sócio do referido escritório, o ISS não incide na incorporação imobiliária desde que a construção seja executada pelo próprio incorporador. No caso da ação ganha pela empresa sorocabana, esta condição foi reconhecida pela 15ª Câmara de Direito Público do TJSP, no julgamento do recurso número 0045401-16.2010.8.26.0602, relatada pelo desembargador Rezende Silveira. Todo o processo começou em 2010 e envolvia uma edificação em Sorocaba,

SZS Assessoria de Imprensa

Os advogados Tiago Rosa e Ronaldo Lopes

composta por 81 unidades habitacionais que totalizavam 5.340 metros quadrados. “Na ocasião, questionamos a prefeitura a respeito da não incidência desse imposto em casos de incorporação direta, ou seja, quando o incorporador constrói em terreno próprio, por

sua conta e risco, e realiza a venda das unidades por preço global”, comenta o advogado Ronaldo Dias Lopes Filho, do mesmo escritório. Pelo regime de contratação direta, explicam os advogados Tiago e Ronaldo, existe um contrato de promessa de compra e venda

firmado entre o incorporador e o adquirente de cada unidade. “Há uma obrigação de se fazer, que consiste na entrega das unidades dentro de um prazo e um preço, certos e determinados”, reforça Tiago. Nos moldes do que o TJSP decidiu, “o incorporador não presta serviço de construção civil para o comprador, mas sim para si próprio. Essa situação descaracteriza a prestação de serviços”, observa Ronaldo. Além disso, tal decisão afasta os efeitos de uma alteração no método de tributação do ISS pelo município, desde o último ano, quando os cofres públicos passaram a exigir que a alíquota incidisse sobre o custo total e atualizado da obra, ou seja, sobre o valor gasto com a mão de obra e com os materiais. No caso desta construção, o imposto que, inicialmente havia sido estimado em R$ 60 mil, passou para cerca de R$ 250 mil, um aumento de, aproximadamente, 300%. O advogado Tiago Rosa acredita que o grande beneficiado dessa decisão será o consumidor final. “Tal situação, que culminou com a declaração de inexigibilidade do ISS no caso específico, poderá trazer benefícios em médio prazo não só para as incorporadoras, mas também para o comprador final, pois o custo do imposto nesse caso específico, exigido indevidamente pela municipalidade, acaba compondo o preço final do imóvel.” Sem esse custo, afirmam os advogados, a tendência é que haja uma readequação do valor dos imóveis novos em Sorocaba.


FUI

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

Na bela Camaçari fica a primeira fábrica de motores Ford do nordeste brasileiro

O

editor do Jornal Ipanema, Urbano Martins esteve na inauguração da fábrica de motores 1.0 3C Duplo Comando Flex, que irá produzir uma família totalmente nova de propulsores com três cilindros e tecnologia avançada para o segmento de veículos compactos. Construída no Complexo Industrial Ford Nordeste, em Camaçari, na Bahia, a nova fábrica está entre as mais modernas do mundo e é equipada para operar com padrão de qualidade global e alta produtividade. A sua operação é totalmente conectada, conta com equipamentos de última geração e empregados qualificados com milhares de horas de treinamento. Ela absorveu parte dos investimentos de 400 milhões de reais destinados ao projeto do novo motor e gerou 300 empregos diretos. O motor Ford 1.0 3C Duplo Comando Flex foi projetado para o mercado brasileiro com base em uma família de motores que inclui o 1.0 EcoBoost. Assim, compartilha muitas peças e a filosofia de design do modelo que foi premiado como Motor Internacional do Ano em 2012 e 2013, introduzindo várias soluções tecnológicas avançadas. O novo motor tem quatro válvulas por cilindro com duplo comando independente e variável, que contribui para aumentar o torque tanto em baixa rotação como em regime intermediário e na faixa de potência máxima. A taxa de compressão elevada, de 12:1, é outra característica que favorece a sua eficiência. Para partida a frio, conta com um sistema que aquece o combustível flex no injetor, conforme a necessidade, e dispensa o reservatório auxiliar de gasolina. Camaçari, fica a 41 quilômetros da capital da Bahia, Salvador. O município é conhecido por Cidade Industrial (já que também abriga muitas empresas do Pólo Industrial). A Ford realizou um congresso técnico em Guarajuba, que possui praias de águas cristalinas e mar calmo, devido à proteção das barreiras de arrecifes, que formam piscinas naturais na maré baixa, onde é possível ver peixes e corais coloridos. É ótimo para praticar a pesca e o mergulho com snorkel.

11


12

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


CADERNO

IMÓVEIS

&VEÍCULOS

10 de maio de 2014 - edição 766 www.jornalipanema.com.br


2 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 3


4 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 5


6 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 7


8 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 9


10 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 11


12 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 13


14 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 15


16 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 17


18 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 19


20 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 21


22 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 23


24 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 25


26 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 27


28 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 29


30 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 31


32 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 33


34 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 35


36 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 37


38 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 39

Apartamentos Vendem-se

Casas Vendem-se


40 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 41


42 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 43


44 IMテ天EIS

Comerciais Alugam-se

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

Comerciais Vendem-se

Terrenos


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

IMテ天EIS 45


46 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014


JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

VEÍCULOS 47


48 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 10 de maio de 2014

Jornal ipanema 766  

Um jornal a serviço da população de Sorocaba e região

Advertisement