Page 1

Especia

Ano XII - nº 727 - 27 de julho de 2013

www.jornalipanema.com.br

l

28 MIL EXEMPLARES - SOROCABA E REGIÃO

I-Programe-se

Cinema Cine

Banda

Wolverine

Fresno

é atração na AABB Caderno Negócios e Oportunidades

– Imortal é uma das estreias nos cinemas Caderno Negócios e Oportunidades

O bom e velho

churrasco Págs. 7 a 10

Juliana Moraes

Quando o

medo é o piloto

É preciso encontrar e entender a origem do receio de dirigir, um sofrimento que atinge principalmente as mulheres, mas que pode ser superado Págs. 15 e 16


2

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


ARQUIVO ABERTO

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

EDITORIAL

Juventude viva

O

s homicídios são hoje a principal causa de morte de jovens de 15 a 29 anos no Brasil e atingem especialmente jovens negros do sexo masculino, moradores das periferias e áreas metropolitanas dos centros urbanos. Dados do Ministério da Saúde mostram que mais da metade (53,3%) dos 49.932 mortos por homicídios em 2010 no Brasil eram jovens, dos quais 76,6% negros (pretos e pardos) e 91,3% do sexo masculino. Para tentar conter esta escalada exponencial, o governo federal lançou a primeira fase do Plano Juventude Viva, um projeto interministerial de prevenção à violência com ênfase na juventude negra. O evento fez parte da programação oficial da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) e ganhou mais visibilidade – aumentando com isso o grande desafio de sua eficácia – a partir do forte posicionamento do Papa Francisco em sua visita ao Brasil, conclamando para que o mundo olhe pelos jovens em meio ao avanço do uso e do tráfico de drogas. “Não é deixando livre o uso das drogas, como se discute em várias partes da América Latina, que se conseguirá reduzir a difusão e a influência da dependência química. É necessário enfrentar os problemas que estão na raiz do uso das drogas, promovendo uma maior justiça, educando os jovens para os valores que constroem a vida comum, acompanhando quem está em dificuldade e dando esperança no futuro”, disse o Papa. Em uma veemente condenação ao tráfico, Francisco condenou o egoísmo que prevalece no mundo de hoje e desafiou a sociedade a enfrentá-lo.“São tantos os mercadores de morte que seguem a lógica do poder e do dinheiro, como a chaga do tráfico de drogas, que favorece a violência, que semeia a dor e a morte e que exige da inteira sociedade um ato de coragem”. São mensagens fortes e incisivas deixadas em terras brasileiras por um homem de brilho e carisma especiais que arrastou multidões e encantou corações em sua primeira visita internacional desde que assumiu o pontificado da Igreja Católica. Um recado para o Brasil e o mundo que não pode se dispersar. Nosso país passa por um momento único para a juventude e o chamamento do papa Francisco obriga governo e governantes a adotarem programas sérios que, a tempo, possam mudar o destino desta grande maioria de jovens vulneráveis e sem oportunidades de inclusão social, de crescimento e de formação profissional.

De volta ao trabalho As sessões ordinárias da Câmara Municipal de Sorocaba retornam do recesso parlamentar na próxima quinta-feira (1º).

Sem folga Enquanto isso, em Votorantim, os vereadores não tiveram recesso. As sessões ordinárias aconteceram normalmente nos dias 15 e 22 de julho, assim como deve acontecer no próximo dia 29. Desde o ano passado a Câmara Municipal de Votorantim não tem mais o recesso de meio de ano.

Vacinação em domicílio Na última sessão ordinária de Votorantim, dois projetos de lei foram deliberados. O primeiro é o do vereador Eric Romero (PPS), que prioriza a vacinação em domicilio em tempos de campanha às pessoas com dificuldades de locomoção.

IPTU Outro projeto é do presidente da Câmara, Héber de Almeida Martins (PDT), que propõe uma nova redação ao Código Tributário do município. A ideia é facilitar a isenção do IPTU para idosos. Hoje é necessário apresentar uma certidão expedida em cartório comprovando que a pessoa possui apenas um imóvel. Caso a nova lei seja sancionada, será necessária apenas uma declaração por escrito do interessado, e duas testemunhas.

Comissões Os dois projetos foram lidos na segunda-feira (22) e passarão pela análise das comissões permanentes e departamento jurídico, para que, posteriormente sejam anunciados os dias das votações.

Apoio de um lado...

organizações que defendem os direitos das mulheres enviaram uma carta para a presidente pedindo a sanção do projeto.

ARTIGO

...Críticas do outro

Solidariedade

O projeto também gerou manifestações contrárias, principalmente da bancada evangélica, que tem entre seus expoentes o polêmico e radical deputado Marco Feliciano (PSC). O texto permite o uso de medicação para prevenir doenças sexualmente transmissíveis e uma possível gravidez resultante do estupro. Para a bancada religiosa, isso é sinônimo de aborto. Feliciano, é claro, pediu a Dilma que vete o projeto de Iara.

Nelson Mandela Está tramitando na Câmara dos Deputados o Projeto de Resolução, de autoria da deputada federal Iara Bernardi (PT) que institui o Prêmio Nelson Mandela de Ensino da História da África e das Relações Étnico Raciais, destinado a agraciar, anualmente, três pessoas físicas ou jurídicas, escolhidas entre as indicadas, cujos trabalhos ou ações mereceram especial destaque na promoção da igualdade racial. O projeto aguarda despacho na mesa da presidência da Casa.

Blogueiro O colunista da Rádio Ipanema Djalma Luiz Benette, o Deda, agora possui um blog. A coluna “O D Da Questão”nasceu dentro do Jornal da Ipanema, onde segue no ar, ao vivo, toda segunda, quarta e sexta-feira. Agora os leitores e ouvintes também podem ficar atentos aos bastidores da política sorocabana no www.oddaquestao.com.br.

Com o Papa Francisco O vereador Anselmo Neto (PP) no Rio de Janeiro para acompanhar a visita do papa Francisco ao Brasil. Ele viajou com a família à capital fluminense nesta sexta-feira (26). Um de seus filhos está participando da Jornada Mundial da Juventude.

Saúde na UTI Sessenta e cinco por cento dos internautas acham péssima a qualidade do atendimento na saúde pública de Sorocaba. É o que revela uma enquete realizada pelo vereador Fernando Dini (PMDB) em seu site. Outros 32,5% dos internautas que responderam a pergunta afirmaram que acham regular o atendimento. Acham bom o sistema público de saúde, 2,5%. Já a alternativa excelente não foi marcada nenhuma das vezes durante os 15 dias que a enquete ficou no ar.

A deputada federal Iara Bernardi (PT) tem recebido apoio ao seu projeto de lei que trata do atendimento médico-hospitalar às vítimas de violência sexual. Defensores do projeto estão, inclusive, criando campanhas nas redes sociais, republicadas no Facebook de Iara, para coletar assinaturas em prol do projeto que foi aprovado por unanimidade pelos deputados e senadores e, agora, está nas mãos da presidente Dilma Rousseff. O prazo para que isto aconteça termina na quarta-feira (31). Nesta semana, 86

Maioridade O deputado estadual Hamilton Pereira (PT) comemorou neste mês a passagem dos 18 anos de mandato. O número fez dele o representante de Sorocaba que há mais tempo se mantém na Assembleia Legislativa. Para marcar a data, um evento foi realizado no dia 15 no auditório do Centro Arquidiocesano de Sorocaba, reunindo lideranças partidárias e convidados. Hamilton também distribuiu uma revista com um balanço de suas atividades parlamentares desse período.

V

3

ejo uma cidade realmente solidária; Sorocaba tem em sua cultura uma grande rede de apoio aos mais variados setores, creches, escolas para portadores de necessidades especiais, asilos, enfim uma enorme rede de amparo, porém, também, podemos observar pessoas que fazem o maior alarde, mas inúmeras vezes nem observam pessoas muito próximas que necessitariam de seu apoio, de um ombro amigo. Se olharmos mais acuradamente, acharemos pessoas que têm um discurso fantástico em especial quando a plateia é boa. Há seguramente muitos filhos, pais, irmãos, familiares, amigos, necessitados da mínima atenção, do ombro amigo e o solidário de holofote nem aí, aliás nem percebe a presença daquele ser realmente próximo, carente, muitas vezes, de atenção, de um olhar, de um gesto afetivo, um simples toque, mostrando que é importante e percebido. Você tem praticado a solidariedade em casa, na sua família? Gostaria que você refletisse sobre esse tema, recorrente em nossa sociedade nos dias atuais, o abandono, a falta de atenção que observamos em inúmeras famílias, essas mesmas repletas de gente “solidária”. Sempre há tempo para mudarmos nosso comportamento, nossas ações. Pense nisso e boa semana.

Francisco Pagliato Neto é empresário e educador


4 ARQUIVO ABERTO / ARTIGOS também, entendam a importância do ato”, explicou José Carmelo de Freitas, técnico da Prefeitura de Sorocaba. Com o tema “Construindo Cidades na História da Humanidade”, o curso de férias “Naturando” reuniu 40 crianças, que também visitaram o Paço e a Biblioteca Municipal.

Crianças na Câmara

Aprovou Crianças de 7 a 12 anos inscritas no curso de férias “Naturando”, organizado pelo Parque Natural Chico Mendes, estiveram na terça-feira (23) na Câmara Municipal de Sorocaba para conhecerem a estrutura de trabalho da Casa de Leis. Recepcionadas pelo vereador Rodrigo Manga (PP), elas conversaram com o parlamentar sobre a importância da democracia e do direito ao voto.

Jogo da Democracia O bate-papo com o vereador fez parte do “Jogo da Democracia”, em que quatro equipes precisavam percorrer um trajeto, chegar até uma urna eletrônica e votar em candidatos fictícios. “O jogo permite que as crianças familiarizem-se com o processo de votação e,

O vereador Manga aprovou a conversa com as crianças. “É importante que, mesmo de forma descontraída, as crianças possam debater a democracia e o processo eleitoral. Assim, nós estamos contribuindo para que elas cresçam mais conscientes e tornem-se cidadãos atuantes”, afirmou o parlamentar.

Cônsul O prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) recebeu na quarta-feira (24), em seu gabinete no Paço Municipal, a visita do cônsul-geral dos Estados Unidos em São Paulo, Dennis Hankins. No encontro de pouco mais de uma hora, discutiram sobre diversos assuntos relacionados a Sorocaba e as possibilidades de parcerias que os EUA oferecem ao Brasil, por meio das missões diplomáticas. Após a visita ao prefeito, Hankins foi conhecer o Parque Tecnológico.

Serenatas de amor Se fossemos transcrever o tempo, as provas de amor do passado seriam mais criativas que outdoors ou banners com pedidos de casamento de hoje em dia. Maior do que o Programa Silvio Santos na tarde de domingo e com muito mais brilho que as joias da saudosa Hebe Camargo: antigamente, amor bom era amor provado. Das mil maneiras de demonstrar o sentimento, a serenata era algo bem comum no qual as moças debruçavam-se em seus balcões para escutar seus afinados namorados interpretarem lindas canções e declamarem belas poesias. A coisa está tão louca que no momento atual, poderíamos inverter e elas surgiriam na nossa janela cantando Show das Poderosas e eles dançando Leleke, leke, leke. Modernidade tem suas desvantagens. Uma vez, em conversa com um amigo, chegamos à conclusão que, apesar de não parecer, as serenatas de amor ainda vivem por aí. E não é só no bombom.

Ipanema Sistema Gráfico e Editora Ltda CNPJ - 01.142.640/0001-07 Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 199 Lageado - CEP 18.110-008 - Votorantim - SP Fone (15) 2102-0300 - Fax (15) 2102-0302

Filiação

A lei do silêncio não permitiria todas as notas musicais e a altura dos prédios exigiriam vozes potentes ou escadas de bombeiro. É quando os mais atenciosos e apaixonados resolvem se atualizar e enviam aos seus amores torpedos e whatsapps com trechos de músicas, e-mails com arquivos de áudio, posts e mensagens privadas no Facebook, links do Youtube, tweets e DMs ou até mesmo fotos no Instagram com um pedacinho da canção que representa a união do casal, mesmo que nas entrelinhas. Se as cartas de amor são ridículas, como disse o poeta, cafonas são as serenatas. E aí, está esperando o que para fazer uma cafonice para quem faz seu coração bater mais apressado? Junior Soriano junior.sor@gmail.com Diretoria Francisco Pagliato Neto Juliana Camargo Pagliato Editor Benedito Urbano Martins MTB 36504

Gerente Geral - Jornal Ipanema Wilson Rossi Gerente de Produção Roberval Fernandes de Almeida

diretoria@jornalipanema.com.br ________ 2102-0300 redacao@jornalipanema.com.br ________ 2102-0389 comercial@jornalipanema.com.br _______ 2102-0330 financeiro@jornalipanema.com.br ______ 2102-0308 circulacao@jornalipanema.com.br _______ 2102-0335 wilsonrossi@jornalipanema.com.br ______ 2102-0330 arte@jornalipanema.com.br - 2102-0340/ 2102-0342

Diagramação Jefferson Cascali de Lima

______________________________

Tiragem - 28.000 exemplares Distribuição - Sorocaba e Região PARA ANUNCIAR: comercial@jornalipanema.com.br 2102-0306 / 2102-0320 / 2102-0323 / 2102-0325 / 2102-0327 / 2102-0330

PORTAL DO JORNAL IPANEMA: www.jornalipanema.com.br Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo da inteira responsabilidade dos seus autores.

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

ESPAÇO DO RUI

Fim das filas para transplantes Sorocaba é mesmo uma cidade solidária. Agindo silenciosamente, dezenas de instituições filantrópicas contribuem para que o município minimize seus problemas com crianças órfãs ou abandonadas, doentes, idosos e portadores de deficiências a fim de que eles encontrem proteção e melhor qualidade de vida. O volume de festas beneficentes é enorme e, segundo o antropólogo, escritor e historiador Luís de Almeida Marins, “Sorocaba pode ser comparada com as cidades mais solidárias do mundo, pois de cada grupo de 10 pessoas, oito estão envolvidas com organizações beneficentes ou praticam caridade de forma anônima”. O bem contagia. E ganha dimensões cada vez maiores. Tibério Paula Santos fundou o Banco de Olhos de Sorocaba. Anos depois, Pascoal Martinez Munhoz assumiu a presidência dessa instituição filantrópica e a transformou na principal da América Latina em captação de córneas. Depois, criou o Hospital Oftalmológico de Sorocaba, que se tornou referência, merecendo prêmios como o primeiro em transplantes. Atualmente, presidido pelo empresário Sérgio Gabriel, o BOS está desenvolvendo um projeto ambicioso: acabar com as filas de transplante em todo país. Como se sabe, em Sorocaba a fila não existe há anos. Todo paciente, indicado pelo seu médico e

devidamente avaliado, em poucos dias é submetido ao transplante e recupera a visão. A capital São Paulo tinha fila de espera de cinco anos e, após convênio firmado com o BOS, através das secretarias de saúde, estadual e municipal, já atingiu o sucesso: não tem filas. Porém, em vários pontos do país o problema ainda acontece. Assim, o BOS está capacitando 12 pessoas para captarem córneas nos Estados do Acre e Sergipe, as quais foram indicadas pelo Ministério da Saúde e pelo Comitê Estratégico de Desenvolvimento Para Novos Centros de Captação e Transplantes. O Curso de Captação de Córneas está sendo realizado no auditório do BOS, em Sorocaba, desde o dia 26 e termina neste domingo. É a sexta edição desse importante movimento formador e tem como responsáveis o dr. Nicolas Cesário Pereira e Clayton Gonçalves de Almeida. “Preparando profissionais, contribuímos para que oftalmologistas tenham córneas processadas e possam realizar transplantes. Estamos garantindo vida útil e sobrevivência feliz para muita gente”– afirma com entusiasmo Clayton Almeida. Atitude, vontade e perseverança transformam o mundo para melhor. Pense sobre o que você pode fazer para aprimorar o mundo. E aja sem receio, porque o futuro que sonhamos está em nossas mãos.

Rui Batista de Albuquerque Martins é jornalista e publicitário

Bolo de serragem O que leite com café tem a ver com casamento? E uma engrenagem? Bolo de serragem, então nem se fale. Pois é! No dia 21 de julho completamos 40 anos de casamento. Conversando com a Clau sobre essas quatro décadas e refletindo sobre aquela tarde de 1973 na Catedral Metropolitana, pensamos no café com leite. O casal deve ser como o café e o leite, cada um com suas características de identidade. Juntos, porém, tornam-se um único liquido a ser saboreado. Essa decisão de misturar cabe a cada pessoa e casal assumir, seja em que tempo for do casamento. O resultado também pode ser como a engrenagem, que precisa estar em sintonia com seus dentes para que haja movimento das rodas. Em todas as famílias há casais que se separam. Inclusive na minha. Já vi muitos amigos e parentes viverem como café e como leite. Não davam chance de união pela autossuficiência e egoísmo, ciúmes e tantos outros sentimentos pessoais. Festa bonita, convidados elegantes, música alegre e viagem de núpcias maravilhosa. No entanto o sim do sacramento do matrimônio foi silencioso no coração de cada um. Dias ou meses depois acabou tudo pela falta de compreensão, paciência, respeito e principalmente amor. Os dentes das rodas da engrenagem não estavam integrados. A engrenagem da esposa seguia em rotação diferente do marido, ou vice-versa. Todos nós cometemos erros na trajetória matrimonial. Como seres humanos, somos passíveis de confrontos,

desajustes e indecisões no início ou meio do caminho. Afinal, ninguém é perfeito em nada neste mundo. A diferença, é que todos podem acreditar que há possibilidade de chegar à unidade do café com leite. Basta apenas ser persistente e abrir mão do individualismo. Mas, e o bolo de serragem? Na celebração que fomos agradecer os 40 anos de casados, um casal de amigos Fátima e Edelton Fernandes de Freitas, estavam na Igreja de Santa Rosália. Eles participaram conosco no dia do casamento, em recepção no antigo prédio da Ação Católica, onde hoje está o edifício da garagem automática, ao lado da Catedral. Lembrava Edelton do bolo de serragem que os amigos da Metalúrgica NS Aparecida tinham preparado para fazer “uma pegadinha” para nós. Eu e a Clau tentávamos cortar o bolo e nada de partir aquela massa branca enfeitada com glacê. Divertimo-nos muito e as fotos desse dia com os amigos e familiares relembram que na vida, precisamos renunciar sempre em prol do outro para que a felicidade aconteça, mesmo que comece com um bolo de serragem. Deus sempre nos prepara um bolo “amore mio” para o dia seguinte, macio e cheio de recheio com bênçãos ao casal e filhos. Vanderlei Testa é jornalista e publicitário leia este e outros artigos de Vanderlei Testa no Portal www.jornalipanema.com.br


EDUCAÇÃO 5

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

Faculdade recebe novas doações da Associação dos Docentes Desde a sua fundação, na década de 60, a Associação dos Docentes da Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde (FCMS) da PUC-SP atua de maneira voluntária e permanente em ações que favorecem a instituição de ensino. “A criação desta associação foi fruto da iniciativa de um grupo de professores da universidade com o objetivo de atender a algumas necessidades pontuais”, revela o atual presidente da associação, professor Enio Marcio Maia Guerra. Ao longo dessas cinco décadas de existência, os associados realizaram doações de computadores, datashows, microscópios, aparelhos de ar-condicionado, equipamentos de laboratório, televisões, bonecos de simulação, entre outros. Há algumas semanas, por exemplo, foram entregues conjuntos ópticos, que serão utilizados no Laboratório de Otorrinolaringologia. “Nosso objetivo é contribuir para aprimorar ainda mais as condições de trabalho e de ensino”, destaca o professor Guerra. A Associação dos Docentes é composta por, aproximadamente, 100 professores da FCMS que contribuem mensal-

mente com 1% do salário que recebem. “Essa é a receita que temos para trabalhar”, conta o presidente da entidade. “Utilizamos esse recurso para melhorar as condições de trabalho dos professores, seja na docência ou nas instalações físicas”, completa. Segundo a professora e associada Cibele Isaac Saad Rodrigues, os avanços do grupo são notáveis: “É importante a participação do maior número de docentes possível para que a associação consiga reverter estas contribuições em prol do ensino e das pesquisas. Todos os nossos cursos são atendidos, o que beneficia não apenas os professores, mas também os alunos deste câmpus”. O professor Enio Guerra afirma que a Associação dos Docentes e a Associação dos Professores da PUC-SP (APROPUC) são complementares. “Viemos para somar, além de contribuir positivamente com os alunos”, esclarece. “Achamos que a nossa atuação da nossa associação possa servir como estímulo a outras já existentes, ou seja, revertendo doações a favor da comunidade do câmpus que representam”, ressalta.

“Processos Tecnológicos e Ambientais” é o novo mestrado da Uniso A Universidade de Sorocaba (Uniso) acaba de obter a aprovação do MEC para a implantação de um novo programa de pós-graduação, que oferecerá o mestrado profissionalizante “Processos Tecnológicos e Ambientais”. O novo curso possui área de concentração em Inovação, Tecnologia e Ambiente e três linhas de pesquisa: Manejo Ambiental, Desenvolvimento e Controle de Processos e Processos e Caracterização de Materiais e Produtos. Com esse perfil, o mestrado atenderá principalmente profissionais com formação em Administração, Gestão, Engenha-

rias, Física, Química, Matemática, Biologia, dentre outras áreas afins. O primeiro processo seletivo está previsto para este semestre. Para o reitor da Uniso, professor Fernando de Sá Del Fiol, a conquista de mais um programa de pós-graduação é parte importante do processo de consolidação da universidade. “Nos últimos três anos, experimentamos um grande crescimento da graduação, mas para que a universidade continuasse crescendo de forma orgânica havia a necessidade de criar mais um programa”, pontua.

NOTAS

de workshops de testes vocacionais e consultoria de carreiras e salários.

FEIRA DE PROFISSÕES - A Universidade Anhanguera de Sorocaba, unidade Zona Norte, realizou a 1ª Feira de Profissões no Plaza Shopping Itavuvu. Durante o evento, os presentes assistiram a palestras e participaram

PROCESSO SELETIVO - Estão abertas as inscrições para o processo seletivo do segundo semestre da Faditu. O cadastro deve ser feito pelo site www.faditu.com.br. Mais informações: (11) 4024-9500.


6

ALE SCAPOL

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

alescapol@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.

3 Fotos: Flávio Angelin

2

1

Arraiá

O Educandário Santo Agostinho promoveu mais uma vez a sua tradicional Festa Junina em prol da entidade. Voluntários fizeram seu papel e transformaram a tarde em um delicioso encontro de gente bonita, solidária e eficiente. Como sempre, nota 10!

4

5

6

1

Danilo Cisotto, Carol Paiffer e João Pedro

4

Marize Peres Pereira

2

Camila Siqueira, Jéssica Flumignan, Fernanda Atalla e Larissa Pannunzio

5

Paulo Gonçalves, Claudia Gonçalves, Daniela Holtz, Rogério Holtz, Júlia Holtz e Isadora Mahuad

3

Aline Peres Pereira

6

Alexandre e Patricia Pessutti


7

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

Especia

l

Churrasco é boa opção para comemorações Cida Haddad

U

m dos jeitos mais usados para uma comemoração é um bom churrasco. Segundo Danilo Brizotti, proprietário da Casa de Carnes Brizotti, devido à rotina cada vez mais agitada das pessoas as datas estão se tornando mais variadas, mas ainda prevalecem os aniversários, casamentos e os feriados, e ele cita até o dia 15 de agosto, aniversário de Sorocaba, um motivo para comemoração. Entre as carnes mais procuradas, ele cita que, sem dúvida, os espetinhos são as opções mais procuradas pela praticidade, basta colocá-los na churrasqueira e cada pessoa retira no ponto desejado, já para o churrasco em peças ou medalhões ainda prevalecem a tradicional picanha, contra-filé, costela, fraldinha etc. Hudson Odecio de Arruda, proprietário da Casa de Carnes Real, afirma que a carne mais lembrada com certeza é a picanha em

se tratando de churrasco, mas hoje o espetinho pronto é o mais procurado para compra devido ao seu custo-beneficio, além do preço e por já vir pronto para assar.

Entre as carnes mais procuradas, ele afirma que, sem dúvida, os espetinhos são as opções mais procuradas pela praticidade, basta colocá-los na churrasqueira e cada pessoas retira no ponto desejado, já para o churrasco em peças ou medalhões ainda prevalecem a tradicional picanha, contra-filé, costela, fraldinha etc.


Especia

l

8

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

Acompanhamentos Danilo Brizotti lembra que quando o assunto é o acompanhamento, há os tradicionais e um deles é a farofa, porém como o mercado sempre pede mais, o leque de opções aumenta. Um exemplo são os pães de alho com mais opções de recheio, novos aperitivos para“beliscada”antes da carne ficar no ponto, como o palmito couvert, que são bolinhas de palmito de pupunha, entre outros. “Na parte de saladas há opções

como vinagrete, lagarto fatiado à vinagrete, salada mista, maionese de legumes, maionese de legumes com frango desfiado e salpicão, que sempre estão entre os pedidos para churrasco. Hudson Odecio de Arruda afirma que hoje os acompanhamentos mais comuns são o pão, o arroz e as saladas de maionese. “Em termos de novidade hoje se procura muito o pão de alho recheado com queijo”, comenta Arruda.

Cortes das carnes fazem a diferença Danilo Brizotti, proprietário da Casa de Carnes Brizotti, afirma que sempre gosta de frisar para os clientes que independente do tipo da carne, eles optem por cortes frescos, afinal não há nada que preserve mais o sabor e originalidade de um verdadeiro churrasco do que o tempo que se dá entre o abate e a preparação. Não só há cortes especiais

(baby beef, picanha uruguaia, costela do lombo etc) como opções para quem quer fugir do trivial, que tal uma costela bovina sem osso e recheada (calabresa, bacon, cenoura, azeitonas, queijo e molho). De acordo com Arruda, hoje o grande diferencial das carnes para churrasco são as carnes consideradas de primeira acompanhadas do osso, que promovem

um gosto mais suculento. “Hoje um corte especial promovido aqui por nós mesmo é o famoso “51 Real”. A grande atração desse corte é você poder contar com as cinco principais carnes de primeira mais procuradas para churrasco num único bife (maminha, alcatra, fraldinha, mignon e picanha) e ainda ter o gosto suculento e diferenciado que o osso oferece quando assado junto com as carnes e tudo a um preço extremamente mais acessível que se compradas essas carnes separadamente.


Especia

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

l

9

Novidades quanto a acessórios

O

churrasco é uma das expressões mais autênticas da culinária brasileira. Na opinião de Rodrigo Bertin, diretor geral da Maison Bertin, o churrasco é acima de tudo uma atividade desenvolvida em ambientes externos, para receber amigos. Segundo ele, os acessórios mais utilizados incluem um bom jogo de facas, uma tábua para cortar, espetos e grelhas. Esses acessórios de churrasco nunca se misturam com os acessórios normais de cozinha; geralmente eles são comprados especificamente para o churrasco, ai então surge a necessidade de um lugar para guardar tudo isso. E o que é mais procurado é o “carrinho para churrasco”, com opção de apoio para facas e tábua e espaço para guardar todos os acessórios do churrasqueiro. Bertin ex-

plica que ele é muito prático para todos os tipos de locais, inclusive para apartamentos e espaços pequenos. Ele diz que as novidades para esse mercado são as que deixam o churrasco mais fácil e prático ou acessórios para fazer algum tipo de comida em específico, seguem alguns exemplos: - Faca de cerâmica: Extremamente afiada, ela corta as carnes com muita facilidade e não precisa ser amolada.

plada que basta apenas despejar os pedaços de carne dentro, desencaixar e servir. - Carrinho triturador de alho: Um mini triturador que basta colocar o dente de alho dentro e deslizar a rodinha dele que já tritura o alho em pedacinhos. - Grelhas especiais de legumes: Grelhas já com o formato adequado para se fazer legumes na churrasqueira.

-Mini Led: Pequena luz de Led que pode ser fixada na churrasqueira para iluminar as carnes para controlar o ponto quando escuro. -Limpador de grelha com alça: Elimina o uso de lã de aço e bucha e facilita a limpeza. -Injetor de tempero: Seringa especializada para injetar tempero dentro da carne.

- Avental do churrasqueiro: Avental com bolsos para guardar acessórios que o churrasqueiro usa durante o churrasco, além de útil ele enfeita o churrasqueiro. - Tábua de carnes com bandeja para servir: Uma tábua de carnes com bandeja aco-

REGINA REBELLES


10

Especia

l

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

Saiba mais sobre as carnes usadas na

preparação de churrasco Picanha Uma das mais tradicionais quando o assunto é churrasco. No espeto, a dica é cortar a carne em fatias grossas e não retirar a capa de gordura para assar. Alcatra É considerada um dos cortes mais nobres para o churrasco, que deve ser preparada na grelha por mais ou menos 20 minutos. Contra-filé A dica é para ser servida mal passada, em bifes grossos. Costela Na churrasqueira, o lado do osso deve

ficar virado para baixo até que a carne esteja bem assada. Cupim O cupim é uma carne que deve ser cozida lentamente e a carne pode ser enrolada em camadas de celofane especial para culinária. Filé Mignom Carne macia com sabor adocicado e na grelha deve estar em pedaços grandes ou inteiros. Maminha Carne suculenta, que deve ser servida entre mal passada e ao ponto.


GABY CAMARGO PUSTIGLIONE

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

11

gaby@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

Inauguração da Galeria dos Seccionais de Polícia de Sorocaba

Mauricio Blazeck, delegado geral de Polícia

O delegado geral de Polícia, Luiz Maurício Souza Blazeck participou da inauguração da Galeria de Honra dos Delegados Seccionais de Sorocaba. O evento foi realizado na sede da Seccional de Sorocaba e homenageou os 14 delegados Seccionais de polícia que prestaram serviços na cidade.

José Maria Coutinho Florenzano e Julio Guebert

e eiva de Lima Maria Lúcia N zeck Gláucia Bla

Em prol do Gpaci

Julio Guebert, diretor do Deinter-7 e Marcelo Carriel, delegado Seccional

José Ailton Ribeiro e Vitor Lippi

O Gpaci lançou a 25ª edição do McDia Feliz, maior campanha em benefício de crianças e adolescentes com câncer no Brasil. Toda a renda arrecadada com a venda de sanduíches Big Mac dos restaurantes de Sorocaba, Itapetininga e Itu será destinada à aquisição de equipamentos e mobiliários hospitalares e o custeio do Espaço da Família. O Mc Dia Feliz 2013 acontece no dia 31 de agosto em todo o Brasil.


CORPO EM

12

RENATA MOECKEL

12 FORMA / SAÚDE

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

renatamoeckel@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

Cirurgia plástica: mitos e considerações

V Fabio Magalhães, Cristina Delanhesi e Marta Silva

Jantar com arte O Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba, o MACS, promoveu na segunda-feira (22), um jantar no restaurante La Pasta Gialla para divulgar a grade de programação para o segundo semestre de 2013. Conforme explicou sua presidente, Cristina Delanhesi, as atividades serão sequentes e deverão atrair um bom público ao Museu. Serão mais de 20 ações, entre elas exposições, palestras, cursos, sessões de cinema, entre outras. O MACS vem sendo cada dia mais prestigiado pelo público,

o que é uma tendência mundial, conforme comentou o museólogo Fabio Magalhães: “Os museus estão cheios, há filas. Tanto que atualmente já existem as visitas com hora marcada e isso vale para a Europa, Estados Unidos e também para o Brasil. Nosso intuito é trazer ao MACS um número cada vez maior de pessoas, especialmente os jovens”. As atividades vão acontecer na sede provisória do MACS, o Chalé Francês, que fica na Avenida Afonso Vergueiro.

Boas Novas... E a Dec Doc está chegando... A inauguração da loja, na rua Mascarenhas Camelo, acontece na próxima quinta-feira (1/8) e promete ! Uma boutique de louças e metais, especializada em acabamento de alto padrão. Estarei lá para conferir este presente que ganha a nossa cidade!

Abraço com carinho

Para Valmir Vieira Jr. e Erica Camargo Vieira com nossos agradecimentos pelas palavras gentis e de incentivo ao nosso trabalho!

E o nosso querido hair stylist Menudo está numa alegria só! A conquista, desta vez, foi a aquisição de uma casa em um condomínio muito legal. Parabéns, garoto! Você merece! E Maristela Honda anda sendo chamada de rainha! Sabem por quê? A loja Sierra Móveis será - num futuro muito breve - naquela casa estilo castelo da avenida São Francisco em Santa Rosália... me contou um “passarinho fotógrafo” muito querido...

ocê já pensou em fazer cirurgia e desistiu por medo de morrer? O risco de óbito em qualquer cirurgia é de 2 a 3 casos para cada 100 mil pessoas, menor do que sofrer desastre de avião! As maiores complicações em cirurgia podem ocorrer numa plástica ou em qualquer outro procedimento cirúrgico, até mesmo extração dentária. Para minimizar todas, cuidados preventivos são essenciais. Todo tratamento tem um índice de insucesso. Nos procedimentos de saúde, o resultado esperado poderá não se concretizar devido a fatores individuais, como resposta biológica, limitações da ciência, variações da ordem local e sistêmica (como anemia, tabagismo, anticoncepcional, alteração da imunidade, doenças etc). Daí a importância da consulta, dos exames pré-operatórios, e dos cuidados pós-operatórios. O comprometimento do paciente em seguir as orientações médicas, comunicando imediatamente alterações, e comparecendo aos retornos colabora para o bom resultado. Escolher os profissionais não é tarefa fácil. Verificar o registro no Conselho Regional de Medicina, e saber se o profissional escolhido fez treinamento na especialidade é primordial. O cirurgião plástico reparador, por exemplo, é aquele que tem treinamento para solucionar casos complexos, como: queimaduras e correção de defeitos grandes após acidentes ou remoção de câncer. Estes médicos dedicam muitas horas estudando anatomia, clínica geral e técnicas reparadoras. Precisam ter grande conhecimento, criatividade e habilidade manual. Pense que irão lidar com mais problemas no intra e no pós-operatório: pode ser necessário remover mais partes do que inicialmente programado num tumor mais aderido, queimados e pacientes em quimioterapia são mais propensos à alterações clínicas, por exemplo, e a primeira solução escolhida poderá não servir, com necessidade de ser conhecida mais de uma solu-

ção para cada problema. O cirurgião plástico estético trabalha com uma gama menor de variáveis. Geralmente não há surpresas durante o procedimento cirúrgico, e a técnica programada não precisa ser modificada. Critérios semelhantes valem para o anestesista: possuir treinamento para intensivista (UTI) dá maior intimidade para resolver quaisquer eventuais emergências. Os médicos estão proibidos perante a legislação nacional brasileira de realizar consultas sem cobrar, e de fornecer preços sem que tenham efetivamente examinado o paciente, mas nada impede que os valores sejam negociados ou parcelados. Alguns bancos oferecem linhas de crédito especiais para tratamentos de saúde. Muito cuidado com atravessadores e operadoras de cirurgia plástica: verificar antes a estrutura hospitalar e a qualidade dos materiais usados.

Evandra de Moura Rabello CREMESP 80034 - especialista em cirurgia plástica RQE 29.871


CORPO EM FORMA / SAÚDE 13

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

Xô celulite

A

celulite é uma inflamação que é a resposta do organismo frente a agressões físicas, químicas ou biológicas, quando o sistema de defesa aciona modificações hormonais, metabólicas e celulares. A região inflamada costuma apresentar aumento da vascularização e consequente dor, calor, rubor (vermelhidão) e edema (inchaço), podendo culminar na perda de função do tecido ou órgão, quando a ação passa de localizada e temporária a sistêmica e crônica - condição que pode favorecer o aparecimento da celulite entre outras inflamações dificultando o emagrecimento. Seu aparecimento nos mostra sinais claros de que o corpo está em desequilíbrio e pode servir de alerta para mudanças de hábito e estilo de vida. Sua principal causa é a alimentação industrializada, repleta de gorduras, açúcar, sal e aditivos químicos, embutidos, refrigerantes, alimentos refinados em geral, enlatados além dos hormônios das car-

nes e dos agrotóxicos presentes nas verduras, legumes e frutas. Temos que considerar também predisposição genética, alterações hormonais e circulatórias, má nutrição, fumo, sedentarismo, álcool, uso de pílulas anticoncepcionais, antidepressivos e estresse, que estão entre os fatores que também contribuem para seu surgimento. A celulite é caracterizada por gordura aprisionada nos tecidos, que dificulta a renovação celular. Ainda, a inflamação reduz as atividades funcionais das células dos tecidos dérmico e subcutâneo, comprimindo vasos sanguíneos e linfáticos e causando não apenas a celulite, como também a deposição de gordura em diversas células, a acne, a flacidez e o envelhecimento precoce. Frequentemente, alimentos pouco calóricos apresentam um teor tóxico tão elevado – por apresentarem corantes, conservantes, agrotóxicos, fertilizantes, metais pesados, hormônios - que acabam promovendo maior ganho de peso do que alimentos ricos em energia, mas dotados de propriedades funcionais anti-inflamatórias e antioxidantes; pensando assim o consumo de gelatina dietética, por exemplo, pode realmente engordar mais do que o abacate, até porque este tem muita qualidade nutricional nos ajudando muito a funcionar melhor. Temos que procurar alimentos com nutrientes com potencial poder anti-inflamatório, como: abacate, azeite extravirgem de oliva , sardinha, salmão, sementes de linhaça e de chia, frutas, hortaliças, leguminosas, cereais integrais, chá verde, gengibre, crucíferas,

como brócolos e couve-flor, na cúrcuma (curcumina), na pimenta-vermelha (capsaicina), enfim entre tantos outros alimentos funcionais. Não podemos esquecer que a água é fundamental. “A água otimiza os processos de desintoxicação e de limpeza. É muito importante entender que somos diferentes e a avaliação de um nutricionista funcional é de extrema importância para que seu caso seja avaliado individualmente, assim como sua orientação alimentar e se necessário que seja feita suplementação de nutrientes, respeitando sua individualidade bioquímica. Para prevenir o surgimento da celulite, além dessa mudança de hábitos alimentares, exercício físico, será necessário drenar antes que a celulite se instale. Desta forma evita-se chegar aos estágios mais avançados do problema, que torna sua eliminação mais trabalhosa. Existem tratamentos estéticos muito eficazes para ajudar nas celulites já instaladas como Manthus, as massagens, Hertix -Radiofrequência, Carboxiterapia. Os tratamentos serão definidos a partir de uma avaliação individual pois

cada um terá uma necessidade diferente. A celulite dói e incomoda. Em certo grau, chega até a limitar os movimentos, a perna pesa e não dá animo nem para caminhadas. Nos próximos meses as temperaturas altas começam a aparecer e a sua saúde vale muito! Então, mãos a obra. Que tal começar hoje o mutirão “xô celulite”?

Regina Rebelles é nutricionista funcional e técnica em estética


PAULINHO GODOI

14

14

paulinhogodoi@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

T TEYLOR SOARES S

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

teylor@jornalipanema.com.br / mais fotos: www.jornalipanema.com.br

Fernanda e Ricardo Mencacci Katia Delaroli

Brinde aos

comerciantes

Janaína Campos e Josi Camargo

Para comemorar o Dia do Comerciante, que foi em 16 de julho, a ACSO (Associação Comercial de Sorocaba) reuniu clientes e amigos para um happy hour super gostoso em parceria com o Empório 31 e o Shopping Plaza Itavuvu.

Gente bonita e diversão garantida Há um tempo, escrevi aqui sobre a ideia de se fazer uma festa entre amigos - e para amigos. Pois bem. O que era bom ficou ainda melhor e a Mondays se tornou uma festa. Certeza de gente bonita e diversão garantida. Confiram.

Erica Fernanda

Wilson Rossi e Nilton da Silva Cezar

Amanda e Aparecida Miaki

Juliana Coan, Marcella Moreno e Gui Moron

Márcio Preste s Sempre que posso, coloco aqueles que geralmente não são fotografados. Dessa vez a homenagem fica para meu amigo Márcio Prestes, que em parceria com Fernanda Pontes arrasam nos cliques pela cidade nos melhores eventos da cidade. Para quem não sabe, uma curiosidade. Márcio faz as fotos coloridas e Fernanda tem uma preferência por fotos em preto e branco. Aí está a diferença da dupla.

no desfile da Laura Ribeiro r marca Ted Bake Luciana Ferretti

A modelo sorocabana Laura Ribeiro anda causando na “terra da rainha”. Desfilou para a marca Ted Baker em Londres. Ela é a primeira da esquerda, adoro quando minhas “sobrinhas”se realizam. Raquel Plens


CAPA 15

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

Carona, táxi ou ônibus:

tudo, menos o próprio carro

Cada um tem o

seu tempo

As mulheres são maioria quando o assunto é medo de dirigir, o que revela um perfil de prudência e receio em errar e ser cobrado Fotos Sérgio Ratto

Larissa Pessoa

A

s mulheres são a maioria absoluta quando o assunto é medo de dirigir. Mas isso nem de longe significa que a mulherada é simplesmente medrosa. O instrutor de trânsito Andrés Moreno, 52 anos, especialista no assunto, explica que essa maioria feminina se deve ao fato de que as mulheres são mais prudentes no trânsito. “Elas preferem dirigir direito a causar um acidente,” afirma. Neste caso o medo beira a prudência, se é que se pode chamar assim o sentimen-

Andrés Moreno, instrutor

to que paralisa a ação de entrar no carro e conduzi-lo. Mas, em caso semelhante, acaba limitando algumas atividades. Segundo a psicóloga Osmeire Tobias, o medo é um sentimento que até determinado ponto é de grande valia no que diz respeito à sobrevivência. Porém, a partir de determinado nível e intensidade pode tornar impeditiva algumas ações, e inclusive dificultar as relações interpessoais, pois a pessoa torna-se limitada em discernir a capacidade que tem de agir e reagir. Moreno explica que na maioria das vezes o medo que os candidatos a motorista relatam nada mais é do que insegurança por não saberem o que fazer, ou como fazer, em uma situação de risco. “Eles sabem dirigir, mas o que ocorre é que não sabem aplicar os procedimentos de condução do veículo”, analisa. A psicóloga Osmeire aponta que é preciso analisar esse sentimento, muitas vezes um sofrimento, de forma detalhada buscando não só entender o medo de dirigir - que é uma ação específica -, mas interpretando a origem dos receios que são generalizados e estão agora evidenciado nesta atividade em especial. “A hipótese diagnóstica que tenho pela vivência de mais de 12 anos trabalhando com grupos terapêuticos para vencer o medo de dirigir, é que sem resolver questões que estão na base da estrutura de personalidade, muitas pessoas começam e param de fazer a famosa “readaptação” da direção com instrutores que atualmente veem se especializando em estimular e mobilizar o enfrentamento desse medo”. Ela explica que para algumas pessoas, conforme a estrutura de personalidade e amadurecimento psicológico

Nilcléa Rocha dos Santos: “Eu vou conseguir”,

e emocional, o resultado até vem. Porém, algumas vão retificar de certa forma uma frustração antiga e até cristalizar esse medo, que infelizmente pode ter reflexo em outras ações. Osmeire frisa o fato de que dirigir precisa se tornar algo natural para a pessoa e ela faz uma analogia com alguns atos do dia a dia: “A pessoa precisa aprender a ‘vestir o carro’, assim como vestimos um sapato e andamos naturalmente sem precisar pensar ‘vou mudar o pé direito, agora o pé esquerdo’. Em outras palavras o ‘vou mudar de marcha, pisar na embreagem, pisar no freio’, precisa ser algo rotineiro e natural”.

O tempo em que cada pessoa fará o enfrentamento do medo de dirigir, varia de personalidade para personalidade. Porém, com um trabalho psicoterápico aliado à readaptação ao trânsito, pode em média durar cerca de seis meses. “Com certeza poderá não ser o melhor motorista, porém um motorista consciente e educado no trânsito, mais cauteloso,” afirma a psicóloga. Moreno explica que depois que é constatada a real dificuldade do aluno, é iniciado o treinamento como se a pessoa estivesse aprendendo a dirigir. “Nós começamos as aulas em lugares bem tranquilos, sem veículos ao redor, para que ele passe a ter contato com o veículo. Daí aos poucos vamos levando para as ruas e avenidas mais movimentadas”. Ele completa que, durante as aulas, se houver uma situação em que o aluno não sabe como lidar, essa dificuldade é simulada várias vezes até que fique gravado na mente com evitar ou sair daquele problema. Outro ponto importante é o elo de amizade que se constrói. “Passamos a ser amigos, logo vem a confiança, aí o treinamento começa a dar resultado”. O programa contra o medo oferecido pelo instrutor é composto de 30 aulas, mas ele afirma que 95% dos alunos conseguem superar as dificuldades com cerca de 20 aulas. “Esse resultado obviamente depende de cada um, cada um tem o seu tempo de evolução”, diz. “O fundamental é que nós possamos aprender a respeitar os medos de forma geral. Quanto mais respeito e segurança a pessoa com essa dificuldade sentir, mais terá coragem de realizar o enfrentamento do medo”, completa Osmeire.


16 CAPA

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

Juliana Moraes

Motoristas

têm receio de bater ou enfrentar situações adversas Sérgio Ratto

Larissa Pessoa

A

estudante Thaís Oliveira, 19, é estudante de Publicidade e Propaganda e há um ano tem habilitação. Até agora, nada de enfrentar o volante sozinha. “Eu sou muito insegura no trânsito. Sempre acho que vou bater o carro, ou algo do tipo”, diz. Ela já cogita fazer aulas específicas para perder o medo de dirigir e recebe total apoio. “Meus pais sempre falam que se eu não pegar o carro eu nunca vou perder o medo”. Na casa de Thaís há dois veículos, mas como não dirige, a jovem acaba dependendo de carona. “Sempre quando quero ir para algum lugar, ou minha mãe leva, ou é carona dos amigos. Coisa que eu mesma poderia fazer se não tivesse medo de dirigir,” reconhece. Há 11 anos a funcionária pública Nilcléa Rocha dos Santos, 51, tentou a primeira habilitação. Foi reprovada no exame teórico por nervosismo e acabou

Thaís Oliveira: até agora nada de enfrentar o volante sozinha

desanimando. Somente em 2009 ela retomou, disposta a garantir a habilitação. E conseguiu, mas de nada lhe adianta pois ela não se arrisca e enfrentar as ruas da cidade.

“Acho que o que travou foi o estímulo de não ter o próprio carro, algo que eu poderia usar para treinar mais”, opina. Desde então, ela depende dos filhos para levá-la aos locais mais distantes ou recorre ao transporte público. Nilcléa sabe que poderia ir além cada dia que sente de perto a necessidade de ser independente neste quesito. Mesmo trabalhando perto de casa, em dias de chuva, por exemplo, ela vai a pé para a escola onde trabalha. “Eu me sinto ilhada”, resume, informando que muitas vezes fica limitada ao trajeto mais próximo de casa para adquirir qualquer produto ou serviço. O importante é que Nilcléia nem pensa em desistir de colocar a carteira de habilitação realmente em prática. “Ainda me vejo pegando estrada, indo viajar”, diz. Antes de ir mais longe ela já sabe o que vai fazer assim que superar o medo: quer colocar em dia as visitas aos amigos. E promete que vai checar buzinando, para todos perceberem que ela venceu suas limitações. “Eu vou conseguir”, confia.

Perfil do medroso O perfil do público que tem maior dificuldade de realizar o enfrentamento dos medos reúne algumas características: pessoas mais metódicas; perfeccionistas; tímidas; com baixa estima acentuada; pessoas com grande angústia em errar; medo de serem julgadas; pessoas com medo de cometer erros que irão “lesar” profundamente outros. Durante o treinamento, Moreno conta

que faz uso de um manual que já na primeira página traz um esclarecimento sobre o medo de dirigir: “A grande maioria da população imagina que não consegue aprender a dirigir quem vivenciou algum acidente grave de trânsito. Mas enganam-se, pois a prática clínica mostra que poucos destes indivíduos tiveram um trauma no trânsito. Geralmente são pessoas que apresentam um perfil de comportamento bastante semelhante.

A maioria está numa faixa etária entre 30 e 45 anos e são mulheres. Atinge pessoas extremamente responsáveis, comprometidas ao extremo em todas as atividades. São pessoas muito metódicas, que estabelecem padrões rígidos de aprendizado. Por este motivo denotam uma grande vulnerabilidade à frustração. Não se permitem falhar ou serem criticadas. Assim, não se expõem quando preveem um desempenho sem excelência.”

Quando a ajuda

faz a diferença A fonoaudióloga Damiane Stivanin, 28, é habilitada há 2 anos e meio mas só começou a dirigir agora. Ela procurou ajuda para superar o medo e diz que o resultado tem sido positivo. “Já sinto a diferença na hora de dirigir, tenho mais segurança e não evito mais pegar o carro,” conta. Ela já fez sete aulas, mas conta que pretende continuar, para cada vez mais obter mais independência na direção. A jovem também conta com o apoio da família. “Meu pai sempre me deu este conselho, de procurar umas aulas para adquirir experiência antes de tentar pegar o carro sozinha”. Ela lembra a cada etapa as instruções são passadas de uma maneira que não pressiona. “Durante as aulas somos colocados em situações que nos fazem manter a calma e não entrar em desespero”. Damiane lembra que até tentou dirigir logo após a aquisição da habilitação, mas ela não tinha carro e por insegurança, acabava não utilizando o veículo da família. Agora, em nova fase, ela lembra que no trânsito não se pode ser individualista e é preciso ficar atento. “Acredito que o ideal seria que todos tivessem a consciência de suas obrigações e cumprissem as regras corretamente para melhorar esta situação”.


NEGÓCIOS E

OPORTUNIDADES Terceira geração do

Hyundai Santa Fé chega a Sorocaba

A

concessionária Abrão Reze já recebeu um dos modelos mais esperados do ano. Chega em duas versões, para cinco ou sete pessoas, o Hyundai Santa Fé. O motor que impulsiona o SUV é o mesmo para ambas as versões: em bloco de alumínio, 3.3 litros V6, com 270 cv. Este propulsor é menos potente que o V6 3.5 que entregava 285 cv ao antigo Santa Fé. Segundo a Hyundai, o novo V6, além de proporcionar melhor desempenho que o anterior, consome menos combustível. O SUV tem um estilo completamente reformulado. Abandonou os contornos

arredondados e assumiu um perfil mais agressivo e esportivo, adotando a linguagem de estilo da Hyundai chamada “escultura fluída”. De série, o novo Santa Fé já vem com ar-condicionado digital, câmera de ré e navegação GPS, freios ABS, airbags frontais e laterais, sistema multimídia com som, Bluetooth, faróis de xenônio com lavador, controle de estabilidade, distribuidor de frenagem e controle de frenagem em declives, bancos revestidos em couro com regulagem elétrica e memória para o motorista, entre outros itens. O câmbio é automático de seis marchas.

27 de julho de 2013 - edição 726 www.jornalipanema.com.br


IPANEMA

2 AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL / JULIANA MORAES

Visitamos...

E Sandra Takara sócia-proprietária da Luminarea

Para diversos segmentos é proporcionado o que é necessário para dar personalidade e bem-estar a cada ambiente

sta semana visitamos a belíssima loja Luminarea e mais uma vez percebemos o quanto sua filosofia – a de proporcionar produtos e serviços para que um projeto seja uma verdadeira obra de arte – se aplica e se aprimora. Para os segmentos residencial, paisagístico e corporativo, a Luminarea proporciona o que é necessário para dar personalidade e bem-estar a cada ambiente (desde garagem, hall de entrada, home, living, escadas, banheiros, cozinha, área de serviço, sala de jantar, escritório, quartos, com iluminação direta, indireta ou de destaque, adequando a cada um, com muita técnica e sofisticação a iluminação adequada.


IPANEMA

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

AMBIENTE

3

ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL / JULIANA MORAES

Produtos de excelência são opções aos clientes Luminarea, como Led’s C4 Iluminación, Gamma Delta Group, Blumenox, Bellaluce Professional Lighting, Vetreria Vistosi, Altena Plus, entre outros. Soluções inovadoras e funcionais em parceria com a Luminarea têm sido criadas por renomados arquitetos e algumas podem ser vistas no site da empresa www.luminarea.com.br. As novidades em design e tecnologia se renovam constantemente na Luminarea e, por isso, é sempre bom dar uma passada por lá, como fizemos, para conhecer o que existe de melhor e mais belo em se tratando de iluminação. A Luminarea fica na rua Antônio Miguel Pereira, 244, no Jardim Faculdade. Mais informações: (15) 3222-8646.


4 CLASSIFICADOS Empregos

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

Artigos para Festas

Diversos

Advocacia

Aulas e Cursos


CLASSIFICADOS 5

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

Estética e Beleza

Orações

Avisos e Editais

Informática

Serviços Profissionais

Medicina e Saúde

ESPAÇO EMPRESARIAL

Possível volta da inflação faz ressurgir o cuidado com reajuste dos contratos

D

esde o início do Plano Real, em julho de 1994, os brasileiros se acostumaram a conviver com índices inflacionários comportados. Isso trouxe certa tranquilidade que se espelhou em um dos itens mais nevrálgicos das relações contratuais: a forma e periodicidade dos reajustes. “Foram vinte anos sem preocupação; mas, agora, estamos tendo um cuidado redobrado com essa particularidade”, revela o advogado Gustavo Campanati (foto), do escritório Almeida Neto e Campanati. Através do seu escritório, Campanati cuida dos negócios de diversos clientes. “Há alguns dias, em um contrato de locação de dez anos, a cláusula do reajuste foi escrita com mais cautela ainda”, explica. “Não podemos descartar uma mudança na lei

szs Assessoria Imprensa

atual, reduzindo o prazo de um ano para que o reajuste seja aplicado. Não é o que se espera ou o que se quer, mas em contratos, especialmente os de longo prazo, a questão da inflação começa se atrair mais preocupação”, sugere.


IPANEMA

6 AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL / JULIANA MORAES

Compra sem auxílio deve ser

evitada por“leigos” Análise da documentação requer conhecimento em direito imobiliário Gabo Moralles/Folhapress

C

omprar ou vender o imóvel sem contratar um advogado ou uma imobiliária que preste serviços jurídicos exige atenção extra, especialmente se a negociação for feita por quem não atua no ramo de direito imobiliário. A ressalva ocorre porque, se a negociação não for bem-feita, a compra poderá trazer prejuízo futuro a quem adquiriu a moradia. Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Proteste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor), sugere pedir o auxílio de um advogado de confiança que possa checar a documentação. “Se o comprador tiver um advogado bom, nem precisará de um corretor ou imobiliária para ajudar”. Uma das situações que requerem atenção redobrada é quando o vendedor é pessoa jurídica. Se ele está com pendências trabalhistas e colocou o imóvel como garantia de pagamento, por exemplo, o

Eliana dos Santos na sala do seu apartamento. Ela não pagou a taxa de corretagem, pois comprou o imóvel diretamente do proprietário

bem poderá ser penhorado, afirma a advogada Joanna Paes de Barros e Oliveira. A assistente financeira Eliana dos San-

tos, 42, conta que tentou vender o apartamento, no ano passado, sem contratar uma imobiliária, mas não achou interes-

sados. Assim, recorreu a um corretor, que conseguiu vendê-lo. De acordo com ela, a imobiliária em que ele trabalhava analisou a documentação, e a venda ocorreu de forma segura. Como ponto negativo, Eliana ressalta a comissão que precisou pagar, de 6% do valor do imóvel. Normalmente, esse gasto é acrescentado no preço do bem. Vencida essa etapa, era hora de comprar um apartamento. Nesse caso, não gastou dinheiro extra, pois o irmão do vendedor era advogado e fez o trabalho gratuitamente. Para não correr risco, ela só fechou o negócio após um colega de trabalho, familiarizado com transações imobiliárias, examinar se o processo estava correto. “O corretor vai verificar a parte comercial. Já a análise jurídica fica para o advogado”, diz o advogado Márcio Rachkorsky. As imobiliárias costumam ter um departamento jurídico que cuida da documentação e elabora os contratos. O pagamento varia de 6% a 8% do valor do imóvel, mais as despesas com documentação. Já corretores autô-nomos costumam oferecer o serviço de aproximação de compra e venda, sem a parte jurídica. “Há uma análise documental muito importante, em que se apura, entre outras coisas, se o imóvel tem ônus, débito e pendências com impostos e condomínios”, afirma Roseli Hernandes, diretora de imobiliária. (Daniel Vasques/Folhapress)


IPANEMA

AMBIENTE

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

7

Mostra Virtual de arquitetura e design

M

ais uma edição do evento da Mostra A+D, criado e organizado pela publicitária Evely Fazano, aconteceu. Desta vez na Hometravel, e contou com lançamento da publicação virtual sobre arquitetura e design no site www.amaisdvirtual.com.br e também dos roteiros Hometravel para as feiras Art Basel, em Miami e Feira Internacional de Milão/2014 com atendimento especial aos arquitetos.

Giuliana Fenocchi, Fernanda Pintor e Evely Fazano

Luciana Valsecchi e Gustavo Simoneti

Letícia Goes

Sustentabilidade. Conceito que deve estar presente em nossas ações no dia a dia e com as gerações futuras. Assim nasceu a Mostra Virtual em 2009, que devido ao sucesso dá continuidade a esse trabalho inovador que conta com projetos dos melhores profissionais da cidade e região. Itinerante, a Mostra Virtual está sempre nos melhores restaurantes e condomínios da região, oferecendo ao público a oportunidade de conhecer projetos de grandes nomes da arquitetura e do design.

Claudia Simoneti e Maria Lúcia Santos Cla


IPANEMA

8 AMBIENTE ARQUITETURA, CONSTRUÇÃO E DECORAÇÃO | POR RENATA MOECKEL / JULIANA MORAES

Design ecológico:

reaproveitar virou mania

N

a hora de optar por um produto que leva a assinatura de uma grande marca, ou a produção de uma comunidade de artesãos totalmente ecológica, muita gente acaba indo para a segunda opção. O reaproveitamento de uma mala, um cesto, a mesinha de cabeceira restaurada, uma gaveta que virou armário, tudo isso pode e deve ser um resgate. A reciclagem é um dos gestos capaz de contribuir com a preservação do meio ambiente, o resgate da memória e o baixo impacto ambiental. O Ipanema Ambiente separou algumas peças que fazem parte destas escolhas.

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

TURISMO 9

Rei Leão encanta

pela beleza da produção

U

m dos musicais mais procurados que está em cartaz em São Paulo é O Rei Leão, sucesso do cinema, que emociona públicos ao redor do mundo. Segundo Carlos Tomba e Matheus Botti Vidal, da Soney Tur, a agência está com sua sétima saída agendada para o musical no mês de setembro. O Rei Leão está em cartaz no Teatro Renault. De acordo com o site www.oreileaoomusical.com.br o musical já foi visto por quase 65 milhões de espectadores e é ganhador de 70 prêmios. O tradicional musical da Broadway, com canções de nomes como Elton John, de acordo com informações do site, faz o espectador repensar o peso de cada uma das ações e o efeito que elas têm sobre o ambiente. O musical, afirmam Tomba e Vidal, que teve toda a trilha sonora adaptada por Gil-

berto Gil, não encanta somente pela bela mensagem, mas também por todo o trabalho visual, que se mistura com as inesquecíveis canções. Como destaque há também Tiago Barbosa, de 28 anos, carioca do Morro do Vidigal, que foi escolhido entre dois mil candidatos, para viver Simba - o personagem principal do espetáculo. De acordo com explicações que constam no site, há a mistura de ritmos africanos com os considerados modernos e a dança é um dos principais elementos do show. O trabalho da produção do musical também é diferencial e a criação de máscaras e esculturas foi desenvolvido por especialista em figuras e esculturas de animação. Muitas máscaras africanas foram feitas para uso na cabeça ao invés do rosto, o que possibilitou muitos efeitos cênicos.

9


10 TURISMO

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

Nova York:

turistas buscam agitação e belos locais

Cida Haddad

N

ova York é o paraíso das compras, em termos de roupas e tecnologias, e para quem gosta de muita agitação. De acordo com Valber Fernandes, diretor da Bem Brasil Turismo, Nova York é dividida em cinco regiões: Bronx, Queens, Brooklyn, State Island e Manhattan. Segundo ele, entre os pontos que os sorocabanos mais têm

curiosidade em conhecer está o Central Park, que proporciona momentos encantadores no inverno americano, com muita neve. Nova York é cheia de símbolos e cartões postais, como a Estátua da Liberdade e Fernandes lembra que ela foi presente da França aos Estados Unidos; turistas têm acesso a ela por balsas até a Liberty Island. A arquitetura em Nova York chama a atenção com os belos arranha-céus, como o Empire

State Building, prédio de 102 andares, localizado na Quinta Avenida; há dois observatórios que estão distribuídos no 83° andar e no 102°. Fernandes recomenda também uma visita ao Rockfeller Center, com uma pista de patinação que chama a atenção. Fernandes comenta que outro ponto de destaque em Nova York é Times Square, na região central de Manhattan, conhecida de turistas do mundo todo pelas tradicionais festas de passagens de ano.


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

11


12

I-PROGRAME-SE

CINEMA

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

Sábado (27/7) ■ FESTA JULINA NO JARDIM SÃO JOÃO EM SALTO Das 17 às 22 horas, o Projeto Cultura Pura realiza a Festa Julina Comunitária no Jardim São João em Salto (nas dependências da área de lazer da rua Vesúvio esquina com a rua Antonio Andrietta). Entrada franca. O evento contará com a apresentação de vários artistas. ■ SHOW DO FRESNO

■ O PATINHO FEIO PARA CRIANÇAS Às 10h30 para crianças de até 2 anos de idade e às 11h30 de 3 a 6 anos, acontece a contação da história “O Patinho Feio” com Claúdia Galvão. A história tem como enredo uma família de patos que tem um filhote diferente. A entrada é franca, mas a inscrição deve ser feita antecipadamente. O evento acontece no Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, 555 Jardim Faculdade). Informações: (15) 3332-9933.

■ ESPETÁCULO DE DANÇA

A partir das 19h30, o espetáculo de dança “Feche os Olhos para o Olhar” da desCompanhia de Curitiba. O evento acontece no auditório Municipal Francisco Beranger em Votorantim. A entrada é franca. ■ PANELA DO SAMBA

WOLVERINE – IMORTAL Salas: Cinespaço Villàggio 3 (dublado, 12 anos) – diariamente às 14 horas, 16h30, 19h10 e 21h40. Cinespaço Villàggio 4 3D (legendado, 12 anos) – diariamente às 19 horas e 21h30. MEU MALVADO FAVORITO 2 Salas: Cinespaço Villàggio 1 (dublado, livre) – diriamente às 13h30 e 17h20. Cinespaço Villàggio 4 (dublado, livre) – diariamente às 15 e 17 horas. UNIVERSIDADE MONSTROS Sala: Cinespaço Villàggio 1 (dublado, livre) – diariamente às 15h20.

A partir das 16 horas, a banda Fresno realiza show no Salão AABB (rua Laura Maiello Kook, 907 - Ipanema das Pedras). O show contará com músicas do CD “Infinito” lançado no ano passado. Informações através do site automaticket.com.br.

■ NARRAÇÃO DE HISTÓRIAS

TRUQUE DE MESTRE Sala: Cinespaço Villàggio 1 (legendado, 12 anos) – diariamente às 19h10.

Às 20 horas, o projeto Panela do Samba que apresenta o samba feito em forma de roda em volta de uma panela de poesia terá uma apresentação com os seguintes convidados: Comunidade Pagode da 27, de São Paulo, e Zé Luiz, cantor e compositor carioca da Império Serrano. A apresentação acontece no Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade). Informações: (15) 3332-9933. ■ FESTA FANTASIA A partir das 22 horas, acontece a Festa Fantasia com muita música eletrônica na Anzu Club (avenida Tiradentes, 2555 Itu). Informações: (11) 4024-8810. ■ SERTANEJO AUGUSTO E RAFAEL Às 23 horas, a noite será agitada com muito sertanejo universitário com a dupla Augusto e Rafael, além de ser a Noche de la Tequila no Runa Club (avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, 3026 - Alto da Boa Vista). Informações: (15) 3228-7171.

HOMEM DE AÇO Sala: Cinespaço Villàggio 1 (dublado, 12 anos) – diariamente às 21h20.

■ UNITED - ROCK AND ROLL Às 23 horas , começa a noite rock and roll com Daniel S. e Andreza Acquaviva e os convidados Dani Hingst e Paschoal Breaco no Mavs Pub (rua Sarutaiá, 111). Informações: (15) 3318-0126.

MINHA MÃE É UMA PEÇA Sala: Cinespaço Villàggio 2 (nacional, 12 anos) – diariamente às 14h10, 16h10, 18h10, 20h10 e 22 horas. A partir das 16 horas, lendas e contos serão atrações para as crianças do Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade). As histórias que serão narradas são: “O coração do baobá”, “O bode e a onça”, “A princesa que virou rainha” e “O melhor presente do mundo”. A entrada é gratuita. Informações: (15) 3332-9933.

■ FESTA DO ALVARÁ A partir das 23 horas, a balada sertaneja será embalada pelo cantor Thiaguinho Noronha no Tribeca Café (rua Amélia Ribeiro, 33 - Parque Campolim). Informações: (15) 3224-2467.


I-PROGRAME-SE 13

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

■ GLOW PARTY Às 23 horas, a noite vai contar com muita cor na luz negra do Crocodillo Club (rua Julio Marcondes Guimarães, 75 - Parque Campolim). A música será comandada pelo DJ André Caproni e o traje deve ser branco. Informações: (15) 3234-1324. ■ INFINITY COUNTRY A partir das 23 horas, o sertanejo é o ritmo que irá embalar o público da Infinity Hall (rua Dr. Luiz Fernando Flôres Betti, 73). A noite contará com a dupla Jonatas e Maurício, e o cantor Fernando Mancha. Informações: (15) 7814-8195.

Domingo (28/7) ■ 4ª FEIJOADA SOLIDÁRIA A partir das 12 horas, acontece a 4ª Feijoada Solidária que tem como atração também um bingo. O convite custa R$ 40 e crianças com até 8 anos não pagam. O almoço acontece no Shopping M. Informações (15) 3236-7153.

■ MUSICAL SÃO JOÃO DO CARNEIRINHO

Quinta-feira (1/8) ■ BON BON CLUB A partir das 22 horas, a repertório da noite será Radiohead com o cover oficial do Brasil no Asteroid Bar (rua Aparecida, 737 - Vila Santana). Além disso, o DJ Emerson Punk comandará o som da pista. Informações: (15) 3329-2767.

Sexta-feira (2/8) A partir das 11 horas, uma apresentação musical nordestina para a criançada acontece no Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade). O evento terá um repertório repleto de coco, xote , baião e marchinhas para remeter a cultura nordestina. O show é relizado pela Cia. Cabelo de Maria. A entrada é franca. Informações: (15) 3332-9933.

■ SHOW DA BANDA O TERNO

■ DOMINGO DE ROCK A partir das 18 horas, a banda Super Jam traz um repertório com muito rock’n’roll para o público da Hangover Pub Bar (rua Rafael Dias da Silva, 205 - Parque do Campolim). A entrada é franca. Informações: (15) 3019-3653.

■ BANDA OS FIGURANTES A partir das 22 horas, acontece a gravação do vídeo-clipe da banda Os Figurantes no Pirilampus Sorocaba (avenida Comendador Pereira Inácio, 1801). Informações: (15) 3211-8353.

Sábado (3/8) ■ FEIRA ANUAL DE CUTELARIA ARTESANAL DE SOROCABA Até o dia 4 de agosto, das 10 às 20 horas, acontece a Feira Anual de Cutelaria Artesanal de Sorocaba que reunirá cerca de 98 cuteleiros de todo o país para expor objetos feitos pelos próprios artesãos como facas, espadas, machados, entre outros. O ingresso custa R$ 10, e o valor será doado para o Instituo Humberto de Campos. O evento acontece na entidade (rua Rosa Maria de Oliveira, 333 - Jardim Zulmira). Informações: (15) 9678-1588 com Luiz Antonio de Camargo.

■ MARCELO JENECI SE APRESENTA NO SESI

Às 17 e às 19 horas, Marcelo Jeneci apresenta um espetáculo com músicas de seu primeiro CD e canções de sua própria autoria. A entrada é franca. O evento acontece no Sesi Sorocaba (rua Duque de Caxias, 494 - Mangal). Informações: (15) 3388-0440/3388-0458.

■ HAPPY HOUR DE COSTELA Das 16 às 23 horas, acontece o tradicional “Happy Hour de Costela” no Berlin Costelaria (rua Cuiabá, 57 - Jardim Paulistano). Informações: (15) 3321-2940 / 3321-1752.

Às 19 horas, o trio “O Terno” formado por Tim Bernardes, Guilherme Peixe e Victor Chaves apresentam releituras rock n’roll de músicas como “Canto de Ossanha”, de Vinícius de Moraes e Baden Powell. O show acontece no Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade). Informações: (15) 3332-9933.

Terça-feira (30/7) ■ CINECAFÉ EXIBE O LIXO E A FÚRIA A partir das 19 horas, o projeto CineCafé exibe o documentário “O lixo e a fúria” que retrata a ascensão e a queda da banda de punk rock “Os Sexs Pistols”. Os ingressos são gratuitos e serão distribuidos com uma hora de antecedência no local. O evento

acontece no Sesc Sorocaba (rua Barão de Piratininga, 555 - Jardim Faculdade). Informações: (15) 3332-9933.

Quarta-feira (31/7) ■ BOTECO SERTANEJO Às 23 horas, a noite vai ferver com muito sertanejo universitário com várias duplas da região no Boteco Sertanejo do Beleléu Bar (avenida Armando Pannunzio, 1390). Informações: (15) 3034-1238.

Domingo (4/8) ■ ALMOÇO ITALIANO Das 12 às 15 horas, a Associação “Vamos Subir, Bento!” realiza almoço italiano no Berlin Costelaria (rua Cuiabá, 57 - Jardim Paulistano). Os convites estarão a venda no local do evento. Para sócios o convite custa R$ 30 e para os não-sócios R$ 35.

Sexta-feira (23/8) ■ SHOW QUEM CANTA, ENCANTA Até o dia 25 de agosto fica em cartaz o show “Quem Canta, Encanta” do grupo musical Nos Bares da Vida. A renda das apresentações será destinada ao GAMAH - Grupo de Amparo ao Melhor Amigo do Homem e FAS - Fundação Alexandra Schlumberger. O evento acontece no auditório Pedro Salomão José (Getúlio Vargas). Informações: (15) 7835-2289.


14

14 TURISMO

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

A atmosfera europeiade

Montevidéu Cida Haddad

O

Uruguai está entre os locais mais desejados para turismo na América do Sul. Igor Caldini, proprietário da Costa Turismo, afirma que entre os atrativos da capital está a chamada atmosfera europeia, com suas ruas amplas e belas paisagens. O Rio da Prata é a sugestão aproveitar os fins de tarde. Entre os pontos que merecem visitação, segundo Caldini, estão o Palácio Legislativo, tombado como Monumento Histórico Nacional após homenagem ao primeiro centenário da independência do país. A arquitetura é im-

perdível. A chamada Rambla montevideana é o local escolhido pelos turistas para as tradicionais fotos. O calçadão de 20 quilômetros de extensão fica às margens do Rio da Prata e liga a Ciudad Vieja ao bairro Carrasco. Outro cartão postal é a Plaza Matriz, que além da beleza chama a atenção pela sua feira de artesanato. O teatro Solis, localizada no bairro Ciudad Vieja, é outra atração que merece visitação. Quem vai a Montevidéu, pode aproveitar as noites nos cassinos. Depois de muitos passeios, a pedida é saborear a parrillada, famoso churrasco local, com doce de leite e vinho.


FUI 15

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

Luciano Fonseca ladeados por amigos

Londres O

designer de interiores Luciano Fonseca esteve recentemente em Londres para, além de conhecer os principais pontos turísticos, estudar as principais tendências mundiais em design de interiores. “Londres é fascinante com sua boa gastronomia, os londrinos saem para trabalhar e só voltam para dormir, eles aproveitam os bares, parques e museus na saída do trabalho”, comenta. Ele conta

que esteve em férias e aproveitou para ver as novidades em decoração. “Nós brasileiros estamos com as mesmas ideias em decoração, seguindo tendências vistas em Londres; é uma mistura de arquitetura moderna e a mistura de arquitetura antiga”, diz. Fonseca faz questão de destacar que os londrinos são chiques e educados. Entre os pontos que mais encantaram Fonseca estão o Big Ben e museus.


16

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


CADERNO

IMÓVEIS

&VEÍCULOS

27 de julho de 2013 - edição 727 www.jornalipanema.com.br


2 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 3


4 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 5


6 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 7


8 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 9


10 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 11


12 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 13


14 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 15


16 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 17


18 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 19


20 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 21


22 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 23


24 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 25


26 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 27


28 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 29


30 IMÓVEIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

ESPAÇO EMPRESARIAL

Empresa anuncia inovação

em reposição capilar Larissa Pessoa A clínica New Visual Hair inaugura sua primeira sede em Sorocaba no dia 26 de agosto e tráz para a cidade a inovação da reposição capilar, que consiste em uma técnica não cirúrgica de prótese capilar fixa. Willian Lopes, representante da clínica, participou do Jornal da Ipanema, da Rádio Ipanema de terça-feira (23) e explicou que as próteses são feitas de cabelo natural e que uma manutenção é feita regularmente. “A prótese não sai! O homem pode nadar, pode se exercitar, fazer o que quiser”. Segundo ele, a autoestima da pessoa aumenta. “O homem tem que investir nele, assim como a mulher coloca cabelo, cílios e silicone, o homem também tem que se amar e se preocupar com a imagem.” A clínica New Visual Hair será inaugurada na rua Avelino Aguinelo Rosa, 74, Campolim.

Sérgio Ratto

Willian Lopes, da clínica New Visual Hair

Zona Oeste recebe Associação Comercial Larissa Pessoa

A

Zona Oeste de Sorocaba está em constante crescimento e agora conta com a ACEZO (Associação Comercial Empresarial da Zona Oeste). O presidente da associação, Marcos Thadeu Stachewski explica que o principal objetivo é levar informação ao empreendedor. “O que eu mais percebo no comerciante é a falta de informação. Às vezes ele tem dinheiro para investir, mas a falta de conhecimento faz com ele feche as portas,” explica. Hudson Pessini, presidente da ACEESO (Associação do Centro Expandido de Sorocaba) explica que as associações estão em alta, pois oferecem orientação e assessoria aos comerciantes. Hudson lembra que atualmente os novos comerciantes buscam os bairros para montar suas lojas, já que na região central não há mais espaço. “A rotatividade na região central é grande, mas é muito caro, por isso a pessoa que quer começar com o seu negócio busca novas regiões, como a Oeste e a Norte”. Segundo Stachewski, cerca de cinco mil empresas já ocupam a Zona Oeste e a maio-

Marcos Thadeu Stachewski e Hudson Pessini

ria deles é de salões de beleza e lojas de roupas. “Muitos salões comerciais também estão em construção nesta região,” afirma. O presidente da ACEESO também lembra que grandes empresas e franquias estão buscando espaço no local. Já Pessini explica que esse crescimento de franquias é a prova do potencial comercial da região Oeste. “Uma franquia só abre se o local escolhido for fértil para o varejo,” explica. As duas associações já conta com a cooperação do banco Secoob Cred Iguaçu, que tem uma agência na região central e uma que será inaugurada na Zona Oeste.


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

Apartamentos Vendem-se

Casas Vendem-se

Terrenos

IMテ天EIS 31


32 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 33


34 IMテ天EIS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

IMテ天EIS 35


36 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

VEÍCULOS 37


38 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

ESPAÇO EMPRESARIAL

Empresa conquista mais um selo de Responsabilidade Social A Unimed Sorocaba manteve o Estágio 3 do Selo Nacional de Responsabilidade Social da Unimed do Brasil, com 86,18 pontos, resultado mais de seis pontos maior que o obtido em 2012. Agora, a meta é desenvolver ações para atingir o estágio 4. A avaliação que pontua as singulares é feita por profissionais especialistas no assunto. Segundo a Unimed do Brasil, as ações de responsabilidade social corporativa fazem parte do planejamento estratégico. A maioria dessas práticas são planejadas e monitoradas. O Selo Unimed de Responsabilidade Social é concedido pela Unimed do Brasil, subsidiado pelo Fundo Institucional Unimed (FIU) e tem o objetivo de certificar as cooperativas que desenvolvem programas voltados à construção de uma sociedade mais justa e ética.

Especialistas afirmam que Brasil deve avançar

muito na área de cogeração de energia “Nos próximos cinco anos, a demanda por carga de energia deve apresentar um crescimento médio de 4,4%, ao ano, enquanto o PIB deve cresce cerca de 4,5%. Devido a essa grande demanda, hoje, a cogeração de energia não é mais opcional, ela é necessária”, afirmou o vice-presidente executivo da Cogen (Associação da Indústria de Cogeração de Energia), Carlos Roberto Silvestrin, em encontro promovido pela concessionária distribuidora de gás natural canalizado Gas Natural Fenosa, em parceria com o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), regional Sorocaba, por meio do seu departamento de infraestrutura. Silvestrin, que é graduado em engenharia industrial pela Faculdade de Engenharia Industrial (FEI), destacou, em sua apresentação, as diversas opções de geração de energia: biomassa da cana, energia solar e gás natural. Este último, segundo o Plano Paulista de Energia para 2020, será o segmento de fornecimento de gás natural que mais crescerá nos próximos anos, sal-

tando de 890 mil m3 por dia, em 2011, para mais de cinco milhões de m3 diários, em 2020. “Grandes indústrias estão optando pela cogeração de energia, seja pela redução da emissão de CO2 (chamada economia verde), que pela eficiência energética e redução de custos. Esse sistema pode ser implantado em indústrias, condomínios residenciais ou comerciais e grande empreendimentos. Temos as soluções técnicas, estruturais e econômicas”, disse. O evento teve a abertura do diretor-geral da Gas Natural Fenosa em São Paulo, Armando Laudorio, que apresentou a estrutura do Grupo mundial, que é o maior distribuidor de gás natural canalizado do país e, também, a divisão de Serviços da companhia. Na região de Sorocaba, a Gas Natural Fenosa opera por volta de 1,3 mil km de redes, que distribuem gás natural canalizado para mais de 38 mil pontos de consumo em 16 cidades, sendo 200 indústrias. Na sequência, o gerente de Soluções Energéticas da Gas Natural Serviços, Hugo Aguiar, apresentou os formatos de parceria disponí-

veis para as indústrias. “A cogeração de energia permite uma melhor eficiência energética. A Gas Natural Serviços tem uma vasta experiência em gestão energética e baseia sua estratégia de crescimento na incorporação de novas tecnologias ao seu portfólio de produtos e serviços atuais. No Brasil, a empresa iniciou suas operações no segundo semestre de 2001 e já conta com 96 contratos em operação, nos estados do Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Bahia”, destacou o especialista em soluções energética, que veio do Rio de Janeiro, especialmente para a apresentação. De acordo com o primeiro vice-diretor do Ciesp Sorocaba, Erly Domingues de Syllos, além de trazer mais competitividade para as indústrias locais, o desenvolvimento de novas alternativas de energia também proporciona a atração de novas empresas para a região. “Esse sistema oferece qualidade de fornecimento de energia, com atrativa redução de custo. O evento lançou uma semente que deve ser cultivada, proponho a criação de um grupo de trabalho no Ciesp Sorocaba voltado para o tema”, concluiu Syllos.


JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

VEÍCULOS 39


40 VEÍCULOS

JORNAL IPANEMA / 27 de julho de 2013

Jornal ipanema 726  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you