Page 48

côvados e agora era uma torrente que eu já não podia atravessar, pois a água tinha subido tanto que formava um rio, que só se podia atravessar a nado. 6Disse-me então: "Viste, filho do homem?" E fez-me voltar para a margem da torrente. 7Quando voltei, eis que havia ali na margem da torrente árvores abundantes de um lado e de outro. 8 Disse-me: "Esta água que escorre para o lado oriental desce para a Arabá e entra no mar. Ao entrar no mar, a sua água se torna salubre. 9Resultará daí que em todo lugar por onde passar a torrente, os seres vivos que o povoam terão vida. Haverá abundância de peixe, já que onde quer que esta água chegue, ela levará salubridade, de modo que haverá vida em todo lugar que a torrente atingir. 10À sua margem existirão pescadores. Desde Engadi até En-Eglaim haverá lugares para estender as redes. Os peixes serão da mesma espécie que os do Grande mar e muito abundantes. 11Mas quanto aos seus brejos e pântanos, estes não serão salubrificados; antes, serão deixados como reservas de sal. 12 Junto à torrente, em sua margem, de um lado e do outro, encontrar-se-á toda sorte de árvores de frutos comestíveis, cujas folhas não murcharão e cujos frutos não se esgotarão: produzirão novos frutos de mês em mês, porque a sua água provém do santuário, pelo que os seus frutos servirão de alimento e as suas folhas de remédio. Limites da terra — 13Assim diz o Senhor Iahweh: Eis os limites da terra que haveis de repartir como herança entre as doze tribos de Israel, dando duas porções a José. 14 Reparti-la-eis dando a todos porção igual da terra que jurei solenemente dar aos vossos pais, de modo que ela coubesse a vós como herança. 15Eis os limites da terra: do lado do norte, desde o Grande mar: o caminho de Hetalon até a entrada de Emat, Sedada, 16Berota, Sabarim, que fica entre os limites de Damasco e os de Emat, HaserTicon, junto à fronteira de Aurã. 17Os limites irão desde o mar até Haser-Enã, tendo ao norte o território de Damasco e o território de Emat. Isto quanto ao limite setentrional. 18 Do lado leste, entre Aurã e Damasco, entre Galaad e a terra de Israel, o Jordão servirá de fronteira até o mar oriental e até Tamar. Tal será o limite oriental. 19Do lado sul, em direção do meio- dia, desde Tamar até as águas de Meriba de Cades, em direção à torrente até o Grande mar. Este será o limite meridional. 20Do lado oeste, até em frente à entrada de Emat, o Grande mar servirá de limite. Tal será o limite ocidental. 21Esta será a terra que repartireis entre vós, entre as tribos de Israel. 22Reparti-la-eis como herança entre vós e entre os estrangeiros resi- dentes no meio de vós e que geraram filhos no meio de vós. Haveis de tratá-los como os nativos da terra, os filhos de Israel. Convosco receberão por sorte a sua herança, no meio das tribos de Israel. 23Na tribo, no meio da qual o estrangeiro estiver residindo, aí lhe dareis a sua herança, oráculo do Senhor Iahweh. 48 A partilha da terra — 1Estes são os nomes das tribos. No extremo norte, em direção a Hetalon, junto à entrada de Emat e Haser-Enã, limitando com Damasco ao norte, bem junto de Emat, desde o extremo oriental até o extremo ocidental: Dã, uma porção. 2 Junto ao território de Dã, desde o extremo oriental até o extremo ocidental: Aser, uma porção. 3Junto ao território de Aser, desde o extremo oriental até o extremo ocidental: Neftali, uma porção. 4Junto ao território de Neftali, desde o limite oriental até o limite ocidental: Manassés, uma porção. 5Junto ao território de Manassés, desde o extremo oriental até o extremo ocidental: Efraim, uma porção. 6Junto ao território de Efraim, desde o extremo oriental até o extremo ocidental: Rúben, uma porção. 7Junto ao território de Rúben, desde o extremo oriental até o extremo ocidental: Judá, uma porção. 8 Junto ao território de Judá, desde o extremo oriental até o extremo ocidental, estará a porção que separareis como reserva, tendo vinte e cinco mil côvados de largura e de comprimento, o mesmo que qualquer uma das outras porções, desde o extremo oriental

31 ezequiel  
31 ezequiel  

documentos igreja

Advertisement