Issuu on Google+

LUNA AZULAY LARISSA HANAUER FABIANO LEAL DAVID RUBEM AZULAY AGUINALDO BONALUMI

Atlas de

DERMATOLOGIA da Semiologia ao Diagnóstico

2a Edição


LUNA AZULAY LARISSA HANAUER FABIANO LEAL DAVID RUBEM AZULAY AGUINALDO BONALUMI


© 2013, Elsevier Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei no 9.610, de 19/02/1998. Nenhuma parte deste livro, sem autorização prévia por escrito da editora, poderá ser reproduzida ou transmitida sejam quais forem os meios empregados: eletrônicos, mecânicos, fotográficos, gravação ou quaisquer outros. ISBN: 978-85-352-3937-9 ISBN (versão eletrônica): 978-85-352-6812-6 Capa Studio Creamcrackers Editoração Eletrônica Rosane Guedes Elsevier Editora Ltda. Conhecimento sem Fronteiras Rua Sete de Setembro, 111 – 16o andar 20050-006 – Centro – Rio de Janeiro – RJ Rua Quintana, 753 – 8o andar 04569-011 – Brooklin – São Paulo – SP Serviço de Atendimento ao Cliente 0800 026 53 40 sac@elsevier.com.br Consulte também nosso catálogo completo, os últimos lançamentos e os serviços exclusivos no site www.elsevier.com.br.

NOTA O conhecimento médico está em permanente mudança. Os cuidados normais de segurança devem ser seguidos, mas, como as novas pesquisas e a experiência clínica ampliam nosso conhecimento, alterações no tratamento e terapia à base de fármacos podem ser necessárias ou apropriadas. Os leitores são aconselhados a checar informações mais atuais dos produtos, fornecidas pelos fabricantes de cada fármaco a ser administrado, para verificar a dose recomendada, o método e a duração da administração e as contraindicações. É responsabilidade do médico, com base na experiência e contando com o conhecimento do paciente, determinar as dosagens e o melhor tratamento para cada um individualmente. Nem o editor nem o autor assumem qualquer responsabilidade por eventual dano ou perda a pessoas ou a propriedade originada por esta publicação. O Editor

CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO NA PUBLICAÇÃO SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ A891 Atlas de dermatologia : da semiologia ao diagnóstico / Luna Azulay-Abulafia ... [et al.]. - 1. ed. - Rio de Janeiro : Elsevier, 2013. 920 p. : il. ; 27 cm. Inclui índice ISBN 978-85-352-3937-9 1. Dermatologia - Atlas. 2. Pele - Doenças - Atlas. 3. Pele - Doenças - Diagnóstico. I. Azulay-Abulafia, Luna. 13-03634

05/08/2013 06/08/2013

CDD: 616.5 CDU: 616.5


Editores-chefes

Luna Azulay-Abulafia Doutora e Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Especialista em Hansenologia pela Sociedade Brasileira de Hansenologia Professora Adjunta da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) Professora Titular de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade Gama Filho Professora do Curso de Pós-graduação em Dermatologia do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Larissa Hanauer de Moura Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

David Rubem Azulay Professor Titular do Curso de Pós-graduação em Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) Chefe de Serviço do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Professor Adjunto da Fundação Técnico-Educacional Souza Marques, RJ Professor Assistente de Dermatologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Pós-graduação no Serviço de Dermatologia (Prof. Raul Fleischmajer) do Mount Sinai Hospital, New York, e no Serviço de Dermatologia (Prof. Jean Civatte) do Hospital Saint Louis, Paris

Fabiano Roberto Pereira de Carvalho Leal Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Preceptor do Curso de Pós-graduação em Dermatologia do Hospital Naval Marcílio Dias, RJ Preceptor do Curso de Pós-graduação do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Membro da Academia Americana de Dermatologia

Aguinaldo Bonalumi Filho Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Dermatologista do Ambulatório da Sociedade Evangélica Beneficente de Curitiba, PR Research Fellowship pela Harvard Medical School no Massachusetts General Hospital Preceptor do Curso de Pós-Graduação de Dermatologia do Hospital Naval Marcílio Dias, RJ Preceptor Correspondente do Curso de Pós-Graduação do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro


Editores Associados

Bernard Kawa Kac Patologista Associado - Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Ilustrador Médico

Marcelo Neira Avè Médico Graduado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Nelson Aguilar Chefe de Clínica do Serviço de Dermatologia do Hospital San Juan de Dios, Costa Rica. Professor do Posgrado em Dermatología e do Curso de Dermatología em Medicina da Universidad de Costa Rica

Orietta Mata Jiménez Professora do Curso de Dermatología em Medicina da Universidad de Costa Rica Dermatologista pelo Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro


Colaboradores

Ademilson Teixeira Caldas Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Preceptor da Residência Médica e do Serviço de Dermatologia do Hospital Federal de Bonsucesso

Aguinaldo Bonalumi Filho Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Dermatologista do Ambulatório da Sociedade Evangélica Beneficente de Curitiba, PR Research Fellowship pela Harvard Medical School no Massachusetts General Hospital Preceptor do Curso de Pós-Graduação de Dermatologia do Hospital Naval Marcílio Dias, RJ Preceptor Correspondente do Curso de Pós-Graduação do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Airton dos Santos Gon Título de Especialista em Dermatologia pela SBD/AMB e pela CNRM/MEC Mestre em Medicina Interna Doutor em Medicina e Ciências da Saúde Professor Adjunto de Dermatologia da Universidade Estadual de Londrina

Alexandre Carlos Gripp Professor Assistente da Disciplina de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro Chefe da Enfermaria de Dermatologia e do Ambulatório de Imunossupressor e Imunobiológico do Hospital Pedro Ernesto Mestrado em Medicina (Dermatologia) pela Universidade Federal Fluminense Dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira

Alice Mota Buçard Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Preceptora do Ambulatório de Dermatoscopia e Tumores Cutâneos do IDPA, Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Médica do Departamento de Dermatologia do Hospital Federal de Ipanema

Aline Perdiz de Jesus Bilemjian Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Aline Soares de Souza Residência de Clinica Médica na Santa Casa da Misericórdia de São Paulo Médica pela Faculdade de Medicina Gama filho

Amanda Braga Peixoto Pós-graduanda em Dermatologia pelo Hospital Naval Marcílio Dias

Amanda Hertz Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Ana Carolina Barbosa Leite Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia


VIII

Colaboradores

Ana Carolina de Souza Machado Igreja Médica Dermatologista Residência em Dermatologia pela Universidade de Brasília Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Ana Carolina Nascimento de Amaral Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Pós-graduanda do Curso de Dermatologia do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Ana Claudia Przytyk Kohn Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Ana Flavia Lemos da Cunha Pós-graduada pela Santa Casa do Rio de Janeiro, Serviço Prof. Rubem David Azulay Especialista em Dermatologia pela SBD

Ana Kaminsky Profesora Titular Consulta de Dermatología. Facultad de Medicina. Universidad de Buenos Aires, Argentina Miembro del Consejo Académico. Carrera de Medicina, Facultad de Ciencias de la Salud, UCES, Buenos Aires, Argentina Directora del Área de Graduados y Estudios de Posgrado de la Facultad de Ciencias de la Salud, UCES, Buenos Aires, Argentina

Ana Luisa Bittencourt Sampaio Jeunon Vargas Sócio Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre em Clínica Médica / Dermatologia pela UFRJ Dermatologista pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Ana Luiza Cotta de Alencar Araripe Dermatologista Especialista pela SBD Dermatologista do Instituto Fernandes Figueira- Fiocruz

Ana Maria Mósca de Cerqueira Sócia Titular pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Sociedade Brasileira de Pediatria Presidente da Sociedade Brasileira de Dematologia Regional Rio de Janeiro 2013/2014 Médica Dermatologista Pediátrica do Hospital Municipal Jesus Preceptora do Curso de Pós-graduação em Dermatologia do Hospital Federal de Bonsucesso; Policlínica Geral do Rio de Janeiro, Hospital Naval Marcílio Dias – RJ, Hospital Central do Exército do Rio de Janeiro

Ana Paula de Sá Earp Membro Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre em Dermatologia pela UFRJ Fellow em Dermatologia clínica e Cosmiatria no Mount Sinai Hospital Professora do Curso de Pós-Graduação em Dermatologia do Hospital Central do Exército

André Ricardo Adriano Médico Pós-graduando em Dermatologia no Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro (IDPRDA-SCMRJ)

Andréa de Carvalho Petrosemolo Dermatologista Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Preceptora do Ambulatório Geral/Psoríase do Instituto de Dermatologia Prof. Rubem David Azulay

Andrés Mauricio López Muñoz Médico Cirurgião Universidade de Caldas, Colômbia Pós–graduando do Serviço de Dermatologia Santa Casa da Misericórdia Professor Rubem David Azulay

Ângela Beatriz Schwengber Gasparini Preceptora do Curso de Pós-graduação do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Professora Assistente de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade Gama Filho


Colaboradores

IX

Anna Beatriz Celano Novellino Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Preceptora do Curso de Pós-graduação do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Antonio Carlos Francesconi do Valle Doutor em Dermatologia - Conceito CAPES - UFRJ Pesquisador Médico do Hospital Evandro Chagas, Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ

Antonio Macedo D’Acri Profesor Adjunto de Dermatologia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO Doutor em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal Fluminense Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Arles Martins Brotas Dermatologista pela Associação Médica Brasileira e Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre e Doutor em Dermatologia pela UFRJ Preceptor do Serviço de Dermatologia do Hospital Naval Marcilio Dias, RJ

Armando de Freitas Noguera Médico Infectologista da SMSDC da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro Médico Infectologista Lotado no Centro de Medicina Tropical de Rondônia - SESAU/RO Mestrando em Medicina Tropical pelo IOC/FIOCRUZ Preceptor do Internato Médico das Faculdades Integradas Aparício Carvalho – FIMCA, RO Preceptor do Internato Médico da Faculdade São Lucas – FSL, RO Preceptor do Internato Médico da Universidade Federal de Rondônia – UNIR, RO

Belinda P. Simões Professora Associada do Departamento de Clínica Médica e da Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - USP

Beatriz Moritz Trope Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Doutora em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Médica Dermatologista do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da Universidade Federal do Rio Janeiro

Bernard Kawa Kac Patologista Associado - Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Ilustrador Médico

Bernardo Gaia Médico Graduado pela Universidade Federal Do Rio De Janeiro - UFRJ Clinical Fellowship pela Columbia University, NY Pós-graduação em Dermatologia pelo Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Fundador do Centro Brasileiro de Medicina do Viajante - CBMeVi Médico Voluntário em Ações Humanitárias no Brasil, Nepal e Moçambique

Bruna Duque Estrada Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Preceptora do Curso de Pós-graduação do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Bruna Mara Ferreira Lessa Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia


X

Colaboradores

Bruna Souza Félix Bravo Especialista pela SBD Mestranda em Patologia pela UFRJ Chefe dos Ambulatórios de Cosmiatria do Instituto de Dermatologia Professor Azulay e do Hospital Federal da Lagoa

Brunno Zeni de Lima Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Preceptor do Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba (HUEC)

Caio César Silva de Castro Doutor em Ciências da Saúde pela PUC - PR Professor Auxiliar de Dermatologia da PUC-PR Chefe do Ambulatório de Vitiligo da Santa Casa de Curitiba

Carla Tamler Dermatologista pelo Instituto de Dermatologia Prof. Azulay – PUC, RJ Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia Preceptora do Instituto de Dermatologia Professor Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Carlos Baptista Barcaui Professor Adjunto de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas da UERJ Doutor em Dermatologia - USP Mestre em Dermatologia - UNIFESP/ EPM

Carlos Daniel Quiroz Médico pela Universidade de Cartagena, Colômbia Dermatologista pelo Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay, Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Carlos Echevarria Escribens Médico Dermatologista pela Universidad Mayor de San Marcos, Lima, Peru Chefe do Serviço de Dermatologia da Clinica San Gabriel - Complexo Hospitaleiro San Pablo

Carlos Gustavo Carneiro de Castro Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Carlos Roberto Antonio Sócio da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica Professor Responsável pela Cirurgia Dermatológica da Faculdade Estadual de Medicina de São José do Rio Preto, SP Autor do Ipele - Livro On-line de Dermatologia

Carmelia Matos Reis Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Doutora em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal Fluminense Supervisora do Programa de Residência Médica/Dermatologia do HRAN/SES, DF Chefe do Serviço de Dermatologia do Hospital de Ensino HRAN/SES, DF Chefe do Laboratório de Micologia Médica do Hospital Universitário de Brasília Docente da Escola de Medicina ESCS/FEPECS/SES Docente do Mestrado Profissional da FEPECS/SES,DF Presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica/Capítulo Brasília Biênio2013-2014 Coordenadora do Departamento de Micologia da SBD Biênio 2013-2014

Cássio Dib Residência em Dermatologia pela UERJ Membro Titular da SBD e Preceptor do Serviço de Dermatologia do Hospital Federal de Bonsucesso

Celina Wakisaka Maruta Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Doutora em Medicina Professora do Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo


Colaboradores

XI

Celso Tavares Sodré Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Professor Auxiliar de Dermatologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro Professor Auxiliar de Dermatologia da Universidade Souza Marques

Clarice de Oliveria Martins Sócia Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Doutora em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

Clarisse Zaitz Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Doutora em Dermatologia Professora Adjunta da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

Cláudia Soïdo Falcão do Amaral Mestre em Medicina pela UFRJ – Concentração Clínica Médica (Saúde da Criança e do Adolescente) Chefe do Setor de Alergia e Imunologia Dermatológica do Instituto de Dermatologia Prof. Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Professora Assistente do Curso de Pós-Graduação em Dermatologia da Escola Médica de Pós-Graduação da PUC – RJ Diretora da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia – Regional RJ – Biênio 2013-2014

Claudio Lerer Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Chefe do Curso de Pós-graduação em Dermatologia do Hospital Naval Marcilio Dias, RJ Professor Adjunto do Instituto de Pós-graduação Médica Carlos Chagas Preceptor da Pós-graduação do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro Responsável pelo ambulatório de Psoríase do Hospital Naval Marcílio Dias

Daniel Lago Obadia Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestrando em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

Daniella Rabelo Spinato Dermatologista com Título de Especialista da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) International Fellow da Universidade de Miami, Flórida, Estados Unidos

David Rubem Azulay Professor Titular do Curso de Pós-graduação em Dermatologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) Chefe de Serviço do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Professor Adjunto da Fundação Técnico-Educacional Souza Marques, RJ Professor Assistente de Dermatologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Pós-graduação no Serviço de Dermatologia (Prof. Raul Fleischmajer) do Mount Sinai Hospital, New York, e no Serviço de Dermatologia (Prof. Jean Civatte) do Hospital Saint Louis, Paris

Deborah Brazuna Soares Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Especialista em Clínica Médica pelo Ministério da Educação e Cultura Chefe da Enfermaria de Dermatologia do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Doris Maria Hexsel Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Professora Concursada de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Passo Fundo

Dulce Vieira Ferreira Monteiro Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Conselho Federal de Medicina Membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro


XII

Colaboradores

Eduardo Bornhausen-Demarch Médico pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) Pós-graduação em Dermatologia pelo Instituto de Dermatologia Prof. Rubem David Azulay - Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro e pela Escola Médica de Pós-graduação da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) Especialização em Cirurgia Dermatológica pelo Hospital Federal de Bonsucesso (HFB), Rio de Janeiro Observer Fellow pela Yale School of Medicine, Department of Dermatology, Yale University, New Haven, Estados Unidos Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD)

Egon Luiz Rodrigues Daxbacher Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia/AMB Preceptor dos Serviços de Dermatologia do Hospital Universitário Pedro Ernesto/UERJ e do Hospital Federal de Bonsucesso/MS Dermatologista do Instituto Estadual de Diabetes e Endocrinologia Luiz Capriglione (IEDE) /SES-RJ

Elisa Fontenelle de Oliveira Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Dermatologista pediátrica do Instituto Fernandes Figueira - FIOCRUZ

Elisabete Dobao Médica Ginecologista, Mestranda em Microbiologia e Parasitologia Aplicadas – foco em Virologia, na Universidade Federal Fluminense Auxiliar de ensino do Setor de Dermatologia Sanitária do Instituto de Dermatologia Prof. Dr. Rubem David Azulay

Ellen Panisset Monteiro Médica Assistente de Dermatologia do Hospital Naval Marcílio Dias, RJ

Emmanuel Rodrigues de França Doutor e Livre-docente em Dermatologia Professor Adjunto da Faculdade de Ciências Médicas de Pernambuco da Universidade de Pernambuco Chefe do Serviço de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas de Pernambuco da Universidade de Pernambuco

Enio Ribeiro Maynard Barreto Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Professor Titular de Dermatologia da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Evandro A. Rivitti Professor Titular do Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Chefe da Divisão de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

Fabiano Roberto Pereira de Carvalho Leal Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Preceptor do Curso de Pós-graduação em Dermatologia do Hospital Naval Marcílio Dias, RJ Preceptor do Curso de Pós-graduação do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Membro da Academia Americana de Dermatologia

Fábio Francesconi Mestre em Medicina Tropical pela Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD)/Universidade do Estado do Amazonas (UEA) Professor Assistente de Dermatologia e Preceptor da Residência Médica em Dermatologia da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) Preceptor da Residência Médica em Dermatologia da FMT-HVD

Fabiano Pieroni Médico Assistente da Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - USP

Felipe Ladeira de Oliveira Graduando em Medicina pela Universidade Gama Filho (RJ) Monitor Concursado de Dermatologia da Universidade Gama Filho no Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay.


Colaboradores

XIII

Fernanda Garcia Tassara Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Fernanda Paulla Freitas Aguirre Bottura Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Preceptora do serviço de Dermatologia do Hospital Universitário Júlio Muller, da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) em Cuiabá, Mato Grosso

Flávia Clarissa Bortonili Bolzani Mestre em Clínica Médica pela Universidade Federal do Paraná. Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Pós-Graduada em Dermatologia pelo Instituto de Dermatologia Prof Rubem David Azulay.

Flávia de Freire Cássia Lisboa Preceptora do Curso de Pós-graduação do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

Flávia Varella Franco Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica

Flávio Barbosa Luz Sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal Fluminense Doutor em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Professor Responsável pelas Disciplinas de Dermatologia Cirúrgica e Oncologia Cutânea da Policlínica Geral do Rio de Janeiro

Francisco Burnier Carlos Pereira Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Doutor de Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Fellow em Cirurgia Micrográfica do Royal Victoria Hospital - McGill University – Montreal, Canadá Research Fellow do Registro de Melanoma da McGill University, Montreal, Canadá Preceptor do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Professor Associado da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Fred Bernardes Filho Médico formado pela Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP – SP) Estagiário do Setor de Dermatologia Sanitária do Instituto de Dermatologia Prof. Dr. Rubem David Azulay

Gabriela Lowy Ex-Professora Titular Responsável pela Disciplina de Dermatologia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) Doutorado em Dermatologia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) Livre-Docente de Dermatologia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) Professora Adjunta de Dermatologia da UNIRIO Ex-Chefe do Serviço de Dermatologia do Hospital Universitario Gaffrée e Guinle (HUGG) Fundadora e ex-Chefe do Serviço de Dermatologia Pediátrica do Hospital Municipal Jesus – Rio de Janeiro, RJ

George M. N. Barros Médico Assistente da Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - USP.

Gerson Oliveira Penna Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Doutor em Medicina Tropical pelo Núcleo de Medicina Tropical da Universidade de Brasília


XIV

Colaboradores

Gilvan Ferreira Alves Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre em Dermatologia pela Universidade de Londres Professor de Dermatologia da Universidade do Planalto Central

Gisele Baião Fernando Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Gláucia Francesconi do Valle Mestrado em Pesquisa Clinica em Doenças Infecciosas pela Fundação Oswaldo Cruz

Giuliana Bottino Rangel Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Especialista em Clinica Medica pelo Ministerio da Educação e Cultura Preceptora do Curso de Pós-graguação do Instituto de Dermatologia Professor Azulay da Santa Casa do RJ

Gustavo Henrique Faria Perazolo Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Pós-graduando em Cirurgia Dermatológica do Hospital Geral de Bonsucesso, RJ

Gustavo Verardino Pós-graduado em Dermatologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia - Associação Médica Brasileira Médico Residente em Anatomia Patológica pela Universidade Federal Fluminense - UFF Mestrando em Patologia pela Universidade Federal Fluminense

Henry JC de Vries Public Health Laboratory, Cluster for Infectious Diseases, Public Health Service of Amsterdam (GGD Amsterdam), Amsterdam, The Netherlands Department of Dermatology, Academic Medical Centre, University of Amsterdam, the Netherlands STI Outpatient Clinic, Cluster for Infectious Diseases, Public Health Service of Amsterdam (GGD Amsterdam), Amsterdam, the Netherlands

Hernando Daniel Vega Eljaiek Especialista em Dermatologia do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericordia do Rio de Janeiro. Especialista em Anatomia Patológica do Instituto de Anatomia Patológica do Professor João Lobato da Santa Casa da Misericordia do Rio de Janeiro. Graduado do curso Internacional de Treinamento em Dermatologia na Escola de Medicina de Harvard, Boston-USA. Fellowship em Microscopia Confocal no Instituto de Dermatologia do Hospital San Gallicano de Roma, Italia.

Hugo Guimarães Scotelaro Alves Membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestrando pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Pós-Graduação em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Humberto Antônio Ponzio Professor Adjunto da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Doutor em Dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Mestre em Clínica Médica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Ida Alzira Gomes Duarte Professor Adjunto da Faculdade de Ciências Medicas da Santa Casa de São Paulo Responsável pelo setor de Alergia e Fototerapia da Clinica de Dermatologia da Santa Casa de São Paulo

Ignacio Obadia Livre-docente em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Ex-chefe do Setor de Dermatologia Pediátrica do Instituto de Pediatria e Puericultura Martagão Gesteira da Universidade Federal do Rio de Janeiro


Colaboradores

XV

Igor Brum Cursi Professor Auxiliar Substituto da Disciplina de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro Dermatologista Assistente do Ambulatório de Dermatologia do Hospital Universitário Pedro Ernesto Mestre em Ciências da Saúde pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro Dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira

Isabel Cristina Brasil Succi Professora Associada da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro Doutora em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

Isabella Brasil Succi Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Preceptora do Curso de Pós-graduação do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Ivo Pitanguy Professor Titular do Departamento de Cirurgia Plástica da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e do Instituto de Pósgraduação Médica Carlos Chagas Fundador e Chefe do Serviço de Cirurgia Plástica da 38ª Enfermaria da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Membro Titular da Academia Nacional de Medicina e do Colégio Brasileiro de Cirurgiões Membro Benemérito da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Membro Fundador da American Trauma Society e da Sociedade Brasileira de Mão Membro Honorário do Colégio Internacional de Cirurgiões, da Associação Brasileira de Medicina, da Association of Plastic and Reconstructive Surgeons of South Africa, da Sociedade Brasileira de Mastologia, da Associación Médica de Argentina e da Sociétá Medica di Bologna

Jacob Levites Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal de São Paulo Chefe do Serviço de Dermatologia do Hospital Heliópolis de São Paulo

Jayne Serruya El-Mann Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Preceptora do Curso de Pós-graduação do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

João Carlos Regazzi Avelleira Doutor em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Professor do Curso de Pós-graduação em Dermatologia do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

João Luiz Pereira Vaz Professor Adjunto de Reumatologia da UNIRIO Professor do Curso de Pós-graduação Lato Sensu e Residência em Reumatologia da UNIRIO

João Manoel Nascimento Cruz Residência em Doenças Infecciosas e Parasitárias pelo Instituto de Infectologia Emílio Ribas (São Paulo) Mestre em Doenças Infecciosas e Parasitárias pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) Diploma in Tropical Medicine and Hygiene (DTMH) pela London School of Hygiene and Tropical Medicine (Inglaterra) Sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Medicina de Viagem (SBMV) Médico do Serviço de HIV+/sida da Enfermaria de Clínica Medica do Hospital São Francisco de Assis (Rio de Janeiro)

João Roberto Antônio Professor Emérito da Faculdade Estadual de Medicina de São José do Rio Preto, SP Doutor em medicina e Chefe da Disciplina de Dermatologia da Faculdade Estadual de Medicina de São José do Rio Preto, SP Chefe do Serviço de Dermatologia do Hospital de Base de São José do Rio Preto, SP Sócio Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica Presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica 2005/2006 Presidente da Sociedade Brasileira de Dermatológica-São Paulo 2009 Membro Internacional da Academia Americana de Dermatologia Membro Internacional da Academia Européia de Dermatologia Membro da Sociedade Internacional de Cirurgia Dermatológica Membro do Colegio Ibero-Latino-Americano de Dermatologia


XVI

Colaboradores

Joaquim J. T. de Mesquita Filho Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Chefe da Cirurgia Dermatológica do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

José Alexandre de Souza Sittart Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre e Doutor em Clínica Médica Diretor do Serviço de Dermatologia do Hospital do Servidor Público do Estado de São Paulo

José Antonio Jabur da Cunha Médico Dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia Aperfeiçoando em Alergia e Fototerapia na Clínica de Dermatologia da Santa Casa de São Paulo

José Antônio Sanches Professor Titular da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Responsável pelo Setor de Linfomas Cutâneos do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

José Augusto da Costa Nery Chefe do Setor de Dermatologia Sanitária do Instituto de Dermatologia Prof. Dr. Rubem David Azulay

José Walter Vieira de Figueiredo Pós-graduado em Doenças Infecto-Parasitárias da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Juan Piñeiro Maceira Pós-Doutorado em Dermatopatologia Armed Forces Institute of Pathology - Washington, D.C. - USA Professor Colaborador - Ambulatório de Lesões Pigmentadas Hospital Universitário Pedro Ernesto - UERJ

Julia Ocampo Médica graduada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro Residência em Dermatologia pelo Hospital Federal de Bonsucesso Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Juliana Carlos Gonçalves Rego Médica pós-graduanda em Dermatologia no Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro (IDPRDA-SCMRJ)

Juliana Elmor Mainczyk Médica Endocrinologista e Endocrinopediatra

Júlio C. Voltarelli Coordenador da Divisão de Imunologia Clínica e da Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Karin Krause Boneti Especialista em pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Karina Lima Graff Pós-graduada em Dermatologia pela IDPRDA Membro Titular da SBD

Larissa Araújo Lobato Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Residência em Dermatologia pela Universidade de Brasília

Larissa Hanauer de Moura Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Larissa Mitraud Alves Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia


Colaboradores

XVII

Leninha Valério do Nascimento Professora Titular de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro Pós-doutorado na Faculté de Medècine Lariboisière Saint-Louis, Paris, França Assistente Estrangeiro da Universidade de Paris, França Professora titular de dermatologia da Fac. de Ciências Médicas - UERJ (Aposentada). Coordenadora do Curso de Pós-graduação do Serviço de Dermatologia Tropical do Hospital Central do Exército

Leonardo Quintella Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da UFRJ. Residência Médica no Serviço de Anatomia Patológica do HUCFF da UFRJ Mestre em Medicina (Anatomia Patológica) pelo Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da UFRJ. Doutor em Ciências pelo Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas (IPEC) da FIOCRUZ

Leonardo Spagnol Abraham Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre em Anatomia Patológica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Coordenador do Ambulatório de Alopecias do Hospital Universitário de Brasília da Universidade de Brasília

Letícia Spinelli Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Lia Cândida Miranda de Castro Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Professora Adjunta do Instituto de Patologia Tropical e Dermatologia da Universidade Federal de Goiás Mestrado e Doutorado em Dermatologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

Ligia Rangel Barboza Ruiz Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre em Dermatologia Professora Assistente de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de Sorocaba

Lincoln Fabricio Chefe de Serviço da Dermatologia do Hospital Universitario Evangelico de Curitiba (HUEC)

Loan Towersey Especialista em Dermatologia pela SBD Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal Fluminense (UFF) Doutora em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com coorientação pela Universidade de Londres (London University) Research Fellowship em Dermatologia pela UCSF (University of California at San Francisco) Médica Dermatologista do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde cedida ao serviço de SIDA do Hospital Municipal Carlos Tortelly (HMCT), Niterói

Lorivaldo Minelli Professor Associado-Doutor do Serviço de Dermatologia do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Londrina Paraná

Luana Souza de Aguiar Dermatologista especialista pela SBD e preceptora do Ambulatorio Geral do Instituto de Dermatologia Prof R.D. Azulay (Santa Casa da Misericórdia - RJ)

Lúcia Helena Fávaro de Arruda Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Chefe do Serviço de Dermatologia do Hospital e Maternidade Celso Pierro da Pontifícia Universidade Católica de Campinas

Lucia Martins Diniz Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre em Doenças Infecciosas pela Universidade Federal do Espírito Santo Doutora em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Professora Adjunta da Clínica Médica II (Dermatologia) da Universidade Federal do Espírito Santo


XVIII

Colaboradores

Luciana do Espírito Santo Saraiva Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Luis A. Diaz Professor and chair of Dematology of University of North Carolina (UNC) Co-director of immunofluorescence service of UNC

Luiz Guilherme Darrigo Junior Médico Assistente da Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo - USP

Luna Azulay-Abulafia Doutora e Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Especialista em Hansenologia pela Sociedade Brasileira de Hansenologia Professora Adjunta da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) Professora Titular de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade Gama Filho Professora do Curso de Pós-graduação em Dermatologia do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Lygia Maria Costa Soares Rego Professora Auxiliar de Cancerologia Clínica da UFRN Membro Titular da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica. Membro da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO) Residência em Cancerologia Clínica no INCA Residência em Clínica Médica no Hospital Servidores do Estado - RJ

Manoel Paes de Oliveira Neto Pesquisador Titular do IPEC-FIOCRUZ

Marcela Duarte Benez Miller Graduação pela Faculdade Técnico Educacional Souza Marques Residência em Clínica Médica pelo Hospital Central do Exército Pós-graduação em Dermatologia pelo Hospital Universitário Pedro Ernesto Especialização em Cirurgia Dermatológica pelo Hospital Central de Bonsucesso Título de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Marcelo Neira Avè Médico Graduado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Márcia Cristina Linhares da Silva Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica Membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia

Márcio Soares Serra Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Membro da Câmara Técnica de AIDS do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (CREMERJ) Professor Colaborador de Dermatologia da UNIRIO

Marcos José Sumrell Miranda Professor Assistente da Universidade Gama Filho Orientador do Ambulatório de Dermatologia do Instituto de Dermatologia da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio Janeiro

Maria Auxiliadora Jeunon Sousa Diretora médica do laboratório ID - Investigação em Dermatologia


Colaboradores

XIX

Maria Claudia Issa Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal Fluminense

Maria Elisa R. Lenzi Dermatologista Responsável pelo Setor de Dermatologia Pediátrica do Hospital Federal dos Servidores do Estado, RJ

Maria de Fátima Guimarães Scotelaro Alves Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre e Doutora em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Professora Adjunta de Dermatologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Maria de Fátima Santos Paim de Oliveira Médica do Serviço de Dermatologia do Complexo Hospitalar Universitário Prof. Edgard Santos (C-HUPES/UFBa). Doutora em Medicina e Saúde pela Faculdade de Medicina da Bahia (FAMEB/UFBa) – Salvador (BA), Brasil

Maria Fernanda Reis Gavazzoni Dias Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre e Doutora em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Preceptora do Curso de Pós-graduação do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Médica do Setor de Dermatologia Sanitária do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Maria Helena Lesqueves Sandoval Médica graduada pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD)/ Associação Médica Brasileira (AMB) Membro da Sociedade Brasileira de Cirurigia Dermatológica (SBCD) Membro da American Academy of Dermatology (AAD) Membro do Colégio Íberolatino Americano de Dermatologia (CILAD)

Maria Julieta Caiuby Médica Micologista do Laboratório de Micologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro

Maria Leide Wand-Del-Rey de Oliveira Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Doutora e Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Professora Adjunta do Curso de Pós-graduação em Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro e Membro do Comitê Assessor de Hanseníase - GLOBAL Leprosy Program/GLP/WHO

Maria Luiza Oliva Alonso Professora Assistente do Instituto de Dermatologia Prof. Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Professora Assistente do Curso de Pós-Graduação em Dermatologia da Escola Médica de Pós-Graduação da PUC – RJ Professora Assistente do Curso de Pós-Graduação em Alergia e Imunologia da Escola Médica de Pós-Graduação da PUC – RJ Diretora da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia – Regional RJ – Biênio 2013-2014

Maria Paula Tinoco Pós-graduação em Dermatologia pelo Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Maria Victória Pinto Quaresma Santos Pós-Graduanda em Dermatologia no Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay

Mariane Stefani Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia


XX

Colaboradores

Mário Geller Fellow em Alergia-Imunologia pela Universidade de Wisconsin, Madison-WI, EUA Diplomado pelos Boards Americanos de Alergia-Imunologia e de Medicina Interna Master of the American College of Physicians Membro Titular da Academia de Medicina do Rio de Janeiro Professor-Visitante do Departamento de Alergia e Imunologia da Universidade Northwestern, Chicago, EUA

Mauro Geller Professor Titular de Imunologia e Microbiologia da Faculdade de Medicina da UNIFESO Professor Titular de Imunologia do Curso de Pós-Graduação em Imunologia Clínica – Instituto de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas Coordenador do Setor de Genodermatoses do Serviço de Genética Clínica do Instituto de Pediatria e Puericultura Martagão Gesteira (IPPMG) da Universidade Federal do Rio de Janeiro Professor Colaborador da New York University Medical School Especialista em Imunologia e Clínica Médica Membro do Conselho, Diretor da International Neurofibromatosis Association Doutor em Clínica Médica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Pós-doutorando em Neurogenética na Harvard University - Massachusetts General Hospital

Mercedes Prates Pockstaller Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Preceptora do Curso de Pós-Graduação em Dermatologia do Instituto Professor Rubem David Azulay da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro.

Michel Cukier Professor de Clínica Médica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Milena Pimentel Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Milton Nahon Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Membro da International Society of Plastic Surgery

Mônica Manela Azulay Mestre e Doutora em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Professora Adjunta de Dermatologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro e da Faculdade de Medicina da Fundação Técnico-Educacional Souza Marques Membro da Academia Americana de Dermatologia

Monique Carolina Meira do Rosario de Souza Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Nanashara Diane Valgas da Silva Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Natalia Caballero Uribe Médica pós-graduanda em Dermatologia no Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro (IDPRDA-SCMRJ)

Neide Kalil Gaspar Professora Titular de Dermatologia da Universidade Federal Fluminense

Nelson Aguilar Chefe de Clínica do Serviço de Dermatologia do Hospital San Juan de Dios, Costa Rica. Professor do Posgrado em Dermatología e do Curso de Dermatología em Medicina da Universidad de Costa Rica Dermatologista pelo Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro.

Orietta Mata Jiménez Professora do Curso de Dermatología em Medicina da Universidad de Costa Rica Dermatologista pelo Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro


Colaboradores

XXI

Osvania Maris Nogueira Pessoa Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Professora Auxiliar de Dermatologia da UNIRIO Assistente do Serviço de Dermatologia Pediátrica do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle Professora do Curso de Pós-graduação em Dermatologia do Hospital Naval Marcílio Dias, RJ Biomédica e Bióloga pela UNIRIO

Paola Cristina Vieira da Rosa Passos Médica residente do serviço de dermatologia do Hospital Universitario Evangelico de Curitiba (HUEC)

Patrícia Mesquita Couto de Azevedo Oliveira Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Pediatra pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

Patricia Ormiga Galvão Barbosa Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Preceptora do curso de Pós-graduação em Dermatologia do Hospital Naval Marcilio Dias, RJ Mestranda em Clinica Medica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

Patricia Shu Kurizky Pós-graduanda do Curso de Dermatologia da Universidade Federal Fluminense

Paulo Luzio Marques Araújo Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Dermatologista e Cirurgião Dermatológico pelo Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Responsável pelo Setor de Vitiligo do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Paulo Ricardo Criado Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre em Medicina Dermatologista da Divisão de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

Paulo Ricardo Martins Souza Doutorando em Saúde e Comportamento pela Universidade Católica de Pelotas Preceptor do Serviço de Dermatologia da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre (ISCMPA) e da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Paulo Sérgio Emerich Nogueira Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Dermatologista Colaborador do Serviço de Residência em Dermatologia do Hospital Universitário Cassiano Antonio de Moraes - UFES Preceptor de Ensino de Dermatologia Pediátrica da Residência em Pediatria do Hospital Estadual Infantil Nossa Senhora da Glória, Vitória, ES Responsável pela Clínica Dermatológica do Hospital Estadual Infantil Nossa Senhora da Glória, Vitória, ES.

Priscilla Spilberg Kaufmann Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Raquel Bissacotti Steglich Pós-graduanda do Curso de Dermatologia da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre (ISCMPA) Especialista em Clínica Médica pelo Conselho Federal de Medicina

Raúl Charlín Fernández Pós-graduação em Dermatologia pelo Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro


XXII

Colaboradores

Regina Casz Schechtman Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Doutorado em Dermatologia/Micologia pela Universidade de Londres Professora Assistente da Universidade Gama Filho Chefe do Setor de Micologia Médica do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Coordenadora do Curso de Pós-graduação em Dermatologia do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

René Garrido Neves Ex-Professor Titular de Dermatologia da Universidade Federal Fluminense e da Universidade Federal do Rio do Janeiro

Roberta Fachini Jardim Criado Mestre em Medicina Alergologista da Disciplina de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Fundação do ABC

Roberta Vasconcelos e Silva Médica Assistente do Ambulatório de Linfomas Cutâneos do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP)

Robertha Carvalho Nakamura Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Preceptora do Curso de Pós-graduação do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Roberto Maués Professor Assistente de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Fundação Técnico-Educacional Souza Marques Professor do Curso de Pós-graduação do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro

Roger Abramino Levy Professor Adjunto da Disciplina de Reumatologia da Universidade do Estado do Rio Janeiro Fellow da Federico Foundation, Liechtenstein

Rosa Maria Rabello Fonseca Especialista em Dermatologia pela SBD Mestre em Dermatologia pela UFRJ

Rubem David Azulay Professor Titular das Faculdades de Medicina da Universidade Gama Filho e da Fundação Técnico-Educacional Souza Marques Professor Emérito da Universidade Federal do Rio de Janeiro e da Universidade Federal Fluminense Fundador do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Membro Honorário da American Association of Dermatology, da Deutsche Dermatoligische Gesellschaft, da Societé Française de Dermatologie et de Syphiligraphie e da British Society of Dermatology Membro da Academia Nacional de Medicina Ex-presidente da Academia Nacional de Medicina

Sabrina Kahler Residente de Dermatologia do Hospital Federal de Bonsucesso

Samara Silva Kouzak Médica Dermatologista Residência em Dermatologia pela Universidade de Brasília Título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Sarah Toyomi de Oliveira Médica Assistente do Ambulatório de Linfomas Cutâneos do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP)


Colaboradores

XXIII

Sebastião A. P. Sampaio Professor Emérito da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Professor de Pós-graduação em Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Membro Honorário da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Sergio Schrader Serpa Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica Sócio Efetivo da American Academy of Dermatology Mestre em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro Professor Assistente da Faculdade de Medicina da Universidade Estácio de Sá

Silvia de Mello Preceptora do Curso de Pós-graduação em Dermatologia do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro Dermatologista da Clínica Ivo Pitanguy

Simone de Abreu Neves Salles Professora Assistente de Dermatologia da Universidade Federal Fluminense Mestre em Dermatologia pela Universidade Federal Fluminense

Solange Cardoso Maciel Costa Silva Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Doutora em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro Professora Adjunta da Universidade do Estado do Rio de Janeiro Chefe da Cirurgia Dermatológica do Serviço de Dermatologia do Hospital Universitário Pedro Ernesto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Sueli Carneiro Professor Associado - Doutor de Dermatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ Professora do Programa de Pós-graduação em Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro e do Programa de Pós-graduação em Ciências Médicas da Faculdade de Ciências Médicas da UERJ Pós-doutorado e Livre-Docente pela Universidade de São Paulo Dermatologista e Reumatologista Membro Titular da Academia Brasileira de Reumatologia

Taciana de Oliveira Dal’Forno Dini Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Doutoranda em Ciências Médicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul Médica Internista e Dermatologista

Tainá Scalfoni Fracaroli Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Thaís Helena Proença de Freitas Especialista em Dermatologia Sociedade Brasileira de Dermatologia Médica Voluntária na Clínica de Dermatologia da Santa Casa de São Paulo Mestre em Dermatologia UNIFESP

Thiago Carlos Gonçalves Rego Membro Titular da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica. Membro da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO)

Thiago Jeunon de Souza Vargas Preceptor e chefe do Departamento de Dermatopatologia do Serviço de Dermatologia do Hospital Federal de Bonsucesso Médico associado do laboratório ID - Investigação em Dermatologia


XXIV

Colaboradores

Valéria Aoki Mestrado e Doutorado em Dermatologia pela Faculdade de Medicina USP-SP Post-doctoral Research Fellowship em Imunodermatologia (Medical College of Wisconsin, EUA Livre-Docência em Dermatologia pela FMUSP Professora Associada do Departamento de Dermatologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Brasil

Valéria Maria de Souza Framil Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia Mestre em Dermatologia Médica Assistente em Dermatologia da Santa Casa de São Paulo

Valeska Albuquerque Francesconi Mestre em medicina tropical pela Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), Universidade do Estado do Amazonas (UEA) Professora Assistente de Dermatologia da UEA Supervisora e Preceptora da Residência Médica em Dermatologia da FMT-HVD

Vanessa da Silva Lopes Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Vidal Haddad Junior Doutor em Dermatologia Professor Livre-Docente da Faculdade de Medicina de Botucatu - Universidade Estadual Paulista

Vitor Azulay Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Vivian Fichman Monteiro de Souza Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia

Vívian Flores da Cunha Pós-graduação em Dermatologia pelo Hospital Naval Marcílio Dias, RJ


Epígrafe

Da etiopatogenia ao diagnóstico e tratamento Se eu pudesse ver e compreender o que me dizem as tuas chagas, que bom seria; Se eu pudesse tão somente te diagnosticar, seria interessante, mas não bastaria; Mas se eu pudesse te tratar, medicar e diminuir a tua dor, certamente me aliviaria. Luna Azulay-Abulafia


Agradecimentos

Ao Professor Rubem David Azulay, de visão muito à frente do seu tempo, figura ética e admirável pelo compromisso com a Dermatologia, exemplo a ser seguido. Aos professores, alunos e funcionários dos serviços de Dermatologia centrais para a obra: Instituto de Dermatologia Prof. Rubem David Azulay, da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro, e Serviço de Dermatologia do Hospital Pedro Ernesto, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, pelo apoio e incentivo na elaboração da segunda edição desta obra. Aos professores colaboradores, de todas as regiões do Brasil, cujo trabalho foi imprescindível para realização deste Atlas. Às nossas famílias, por nos apoiarem nessa tarefa. Aos pacientes e seus familiares. Os Editores


Prefácio

Em 4 de fevereiro de 1912 foi fundada, por 18 médicos, a Sociedade Brasileira de Dermatologia e Sifilografia. O ato ocorreu no Pavilhão Miguel Couto, da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro. Mais tarde, com a eliminação quase total da sífilis pela penicilina, foi extinta a palavra “sifilografia”. Atualmente, a Sociedade Brasileira de Dermatologia tem 100 anos de existência. Vários dos seus membros fizeram importantes contribuições à Dermatologia caracterizando doenças e parasitas. Na realidade, vários livros de Dermatologia têm sido escritos no Brasil. No ano de 1980, na Folha Médica, foi publicada uma série de fascículos intitulados “Atlas Dermatológico”, escritos por Rubem David Azulay, Alexandre Carlos Gripp e Milton Nahon. Seguindo essa ideia, propusemos a publicação do Atlas de Dermatologia: da Semiologia ao Diagnóstico com a coordenação dos Editores-chefes Luna Azulay-Abulafia, Larissa Hanauer de Moura, Fabiano Roberto Pereira de Carvalho Leal, David Rubem Azulay e Aguinaldo Bonalumi Filho, com a colaboração dos Editores Associados Bernard Kawa Kac, Marcelo Avè, Nelson Aguilar e Orietta Mata. Nesta obra, apresentamos de forma estruturada e resumida numerosas dermatoses frequentes ou raras, cada uma delas apresentada sob a forma de texto e fotografias acompanhadas de uma breve legenda, visando ao seu reconhecimento. Várias das entidades nosológicas encontradas no Brasil também estão presentes na obra, divulgando doenças próprias da dermatologia brasileira. Essa metodologia levou o Atlas de Dermatologia a ser de grande interesse. Desejamos ressaltar, entretanto, que o diagnóstico morfológico nem sempre é suficiente. Muitas vezes é necessário lançar mão de outros recursos da Medicina, como a genética, imunologia, biologia molecular, anatomia patológica, micologia, bacteriologia e parasitologia, aplicados à Dermatologia. Esta segunda edição do Atlas de Dermatologia: da semiologia ao diagnóstico apresenta novos capítulos sobre doenças emergentes, recentemente diagnosticadas no nosso meio. Todos os colaboradores, das mais diversas regiões do Brasil, salientam o aspecto morfológico das dermatoses complementado pela referência às diferentes áreas do conhecimento médico, o que faz com que este livro seja, realmente, de muito valor para dermatologistas e para médicos em geral, prestando grande auxílio para melhor diagnosticarmos e tratarmos nossos pacientes. Luna Azulay-Abulafia


Introdução

A ideia desta obra surgiu quando nos deparamos com diapositivos maravilhosos, que mereciam ser preservados. Eram arquivos dos professores Rubem David Azulay, José Serruya, Antar Padilha Gonçalves, da Enfermaria de Dermatologia da Santa Casa do Rio de Janeiro, e alguns mais recentes do acervo da Prof. Luna Azulay. Aos domingos, ao redor da mesa do café da manhã, nos reuníamos para discutir nosso projeto. A obra foi enriquecida com fotografias digitais e não digitais do grupo de editores e colaboradores. As ideias foram amadurecendo, tomando forma, e o nosso sonho se tornou real, corporificando-se agora com a nossa segunda edição. Esta nova edição impressa do Atlas de Dermatologia: Da Semiologia ao Diagnóstico foi organizada em duas seções. A primeira, “Exame Dermatológico”, orienta o leitor a examinar o paciente e reconhecer as lesões elementares, morfologia, arranjos, fenômenos que ocorrem em algumas doenças. A intenção é auxiliar no raciocínio diagnóstico. Algumas das lesões elementares são acompanhadas de ilustrações esquemáticas, além das fotografias clínicas correspondentes. Na segunda seção, “Afecções Dermatológicas de A a Z”, as doenças estão organizadas em ordem alfabética. Em geral, cada afecção é detalhada com sinonímia, epidemiologia, etiologia, clínica, diagnóstico, diagnóstico diferencial e tratamento, com várias fotografias ilustrativas. Nesta nova edição houve uma renovação de imagens e textos, bem como o acréscimo de novos capítulos. Nossa intenção é reunir as doenças, raras ou não, diagnosticadas por colegas de todo o Brasil. Novos colaboradores, sejam muito bem-vindos! Luna Azulay-Abulafia Larissa Hanauer de Moura Fabiano Roberto Pereira de Carvalho Leal David Rubem Azulay Aguinaldo Bonalumi Filho


Sumário

Prefácio, xxix Introdução, xxxi SEÇÃO 1 – EXAME DERMATOLÓGICO, 1 A Consulta Dermatológica, 3 Semiologia Dermatológica, 3 Lesões Elementares e Outras Alterações Observadas na Pele e Mucosas, 3 Classificação das Lesões Elementares, 3 1) Lesões por Alteração da Cor, 3 v Mácula ou Mancha, 3 2) Lesões de Conteúdo Sólido, 4 v Pápula, 4 • Tubérculo, 8 • Nódulo, 8 • Placa, 8 • Nodosidade/Tumoração, 9 • Goma, 9 v Vegetação, 15 v Liquenificação, 15 v Esclerose, 15 v Urtica, 16 3) Lesões Circunscritas de Conteúdo Líquido, 19 v Vesícula, 19 v Bolha, 19 v Pústula, 19 4) Lesões por Solução de Continuidade, 19 v Erosão, 19 v Exulceração, 19 v Ulceração/Úlcera, 19 v Fissura ou Rágade, 19 v Fístula, 23 5) Lesões Caducas, 23 v Escama, 23 v Crosta, 23 v Escara, 24 6) Sequelas, 24 v Atrofia, 25 v Cicatriz, 25 Outras Alterações cutâneas, 26 Morfologia, Arranjo e Fenômenos na Dermatologia, 27 A) Morfologia, 28 • Arredondada/Ovalada, 28 • Linear, 28 • Poligonal, 28 B) Arranjo, 29 • Arredondado, 29


Sumário

XXXIV

• Linear, 29 • Linhas de Blaschko, 31 • Reticulado, 31 C) Fenômenos: Manifestações Peculiares de Algumas Dermatoses, 31

Da Semiologia ao Diagnóstico, 33 SEÇÃO 2 – AFECÇÕES DERMATOLÓGICAS DE A A Z, 35 Acantoma de Células Claras, 37 Aguinaldo Bonalumi Filho Brunno Zeni de Lima

Acantose Nigricante, 38 Paola Cristina Vieira da Rosa Passos Jayne Serruya El-Mann

Acne, 40 Rosa Maria Rabello Fonseca Carla Tamler Maria Paula Tinoco Luna Azulay-Abulafia Larissa Hanauer de Moura

Acne Agminata, 45 André Ricardo Adriano Carlos Daniel Queiroz

Acroceratoelastoidose, 46 Loan Towersey Leonardo Spagnol Abraham Bruna Mara Ferreira Lessa

Acroceratose Verruciforme, 48 Loan Towersey Nelson Aguilar

Acrodermatite Enteropática, 49 Cássio Dib Patrícia Mesquita Couto de Azevedo Oliveira Aline Soares de Souza

Actinossenescência, 51 Monica Manela Azulay Karina Lima Graff

Afecções Vasculares: Malformações e Tumores, 55 Elisa Fontenelle de Oliveira Luna Azulay-Abulafia Cláudio Lerer Ellen Panisset Monteiro Nelson Aguilar Orietta Mata Jiménez Bruna Souza Félix Bravo v Malformações Vasculares, 55 • Alto Fluxo, 55 – Fístula Arteriovenosa, 55 – Malformação Arterial, 56


Sumário – Malformação Arteriovenosa (MAV), 56 • Baixo Fluxo, 57 – Malformação Capilar, 57 Angioceratomas, 57 Mancha Salmão, 59 Mancha Vinho do Porto, 60 Telangiectasias, 62 – Malformação Linfática, 65 Linfangioma Adquirido Progressivo, 65 Linfedema, 65 Malformação Linfática Macrocística, 68 Malformação Linfática Microcística, 68 – Malformação Venosa, 70 • Combinadas, 71 – Alto Fluxo, 71 Síndrome de Parkes-Weber, 71 – Baixo Fluxo, 71 Síndrome de Klippel-Trenaunay, 71

Tumores Vasculares, 73 v v v v v v v v

Angioma em Tufos, 73 Angioma Rubi, 74 Angiossarcoma Cutâneo, 75 Granuloma Piogênico, 77 Hamartoma Angiomatoso Écrino, 79 Hemangioendotelioma Kaposiforme, 79 Hemangioma da Infância, 79 Hemangiomas Congênitos, 81

Ainhum, 82 Enio Ribeiro Maynard Barreto Roberto Maués Gustavo Henrique Faria Pezarolo

Albinismo, 84 Loan Towersey Luna Azulay-Abulafia Larissa Hanauer de Moura

Alopecias, 86 Leonardo Spagnol Abraham Celso Tavares Sodré v Alopecias Cicatriciais, 86 • Linfocíticas, 86 – Alopecia Central Cicatricial Centrífuga, 86 Bruna Duque Estrada Larissa Araújo Lobato – Alopecia Fibrosante Frontal, 87 Bruna Duque Estrada Larissa Araújo Lobato – Alopecia Mucinosa, 88 Bruna Duque Estrada Samara Silva Kouzak – Alopecia por Tração, 90 Samara Silva Kouzak Leonardo Spagnol Abraham

XXXV


XXXVI

Sumário – Líquen Plano Pilar, 91 Bruna Duque Estrada Larissa Araújo Lobato – Lúpus Eritematoso Discoide, 92 Fernanda Torres Larissa Araújo Lobato – Pseudopelada de Brocq, 93 Marcelo Avè Samara Silva Kouzak • Mistas, 94 – Dermatose Pustular Erosiva, 94 Fernanda Torres – Foliculite Necrótica, 94 Fernanda Torres – Foliculite Queloidiana da Nuca, 95 Marcelo Avè Ana Carolina de Souza Machado Igreja • Neutrofílicas, 96 – Foliculite Decalvante, 96 Ana Carolina de Souza Machado Igreja Leonardo Spagnol Abraham – Foliculite Dissecante, 97 Ana Carolina de Souza Machado Igreja Leonardo Spagnol Abraham

v Alopecias não Cicatriciais, 98 • Alopecia Androgenética, 98 Larissa Araújo Lobato Leonardo Spagnol Abraham • Alopecia Areata, 100 Fernanda Torres Leonardo Spagnol Abraham • Eflúvio Anágeno, 103 Marcelo Avè Ana Carolina de Souza Machado Igreja • Eflúvio Telógeno, 104 Marcelo Avè Ana Carolina de Souza Machado Igreja • Síndrome dos Anágenos Curtos, 105 Samara Silva Kouzak Leonardo Spagnol Abraham • Síndrome dos Anágenos Frouxos, 106 Leonardo Spagnol Abraham Marcela Benez • Tricotilomania, 107 Leonardo Spagnol Abraham Luna Azulay-Abulafia


Sumário

Alterações Cutâneas Associadas ao HTLV-1, 108 Maria de Fátima Santos Paim de Oliveira Maria Elisa R. Lenzi Beatriz Moritz Trope

Alterações Cutâneas Causadas Pelos Agentes Antineoplásicos, 111 Lygia Maria Costa Soares Rego Thiago Carlos Gonçalves Rego

Alterações Cutâneas da Doença Hepática Crônica, 118 Leonardo Spagnol Abraham Aguinaldo Bonalumi Filho

Alterações Cutâneas da Gravidez, 121 Gilvan Alves Luna Azulay-Abulafia Larissa Hanauer de Moura v Alterações Fisiológicas da Gravidez, 121 v Dermatoses Próprias da Gravidez, 123 • Erupção Polimorfa da Gravidez, 123 • Prurido Colestático Intra-hepático da Gravidez, 124 v Outras Dermatoses da Gravidez, 125 • Foliculite Pruriginosa da Gestação, 125 • Penfigóide Gestacional, 126 • Prurido da Gestação, 127 • Psoríase Pustulosa da Gestação, 128

Alterações Cutâneas do Neonato, 129 Anna Beatriz Celano Novellino Elisa Fontenelle de Oliveira Luiz Guilherme Darrigo Junior Armando Noguera Ana Maria Mósca de Cerqueira v v v v v v v v v v v v v v v v v v v v v v v v v v

Acne Neonatal, 129 Acropustulose da Infância, 130 Anomalias do Desenvolvimento, 131 Aplasia Cutânea Congênita, 132 Candidíase Perineal no Recém-nascido, 133 Cefaloematoma, 134 Cutis Marmorata, 135 Dedos Supranumerários Rudimentares, 136 Dermatite das Fraldas, 137 Dermatite Seborreica do Recém-nascido, 138 Descamação Fisiológica do Recém-nascido, 140 Disrafismo, 141 Eritema Tóxico Neonatal, 143 Escabiose no Neonato, 144 Granuloma Umbilical, 145 Hiperpigmentação da Linha Alba e Genitália Externa, 146 Hiperplasia das Glândulas Sebáceas, 147 Hipertricose Lanuginosa, 148 Hipertrofia das Glândulas Mamárias, 149 Icterícia do Recém-nascido, 150 Mancha Mongólica, 152 Melanose Pustulosa Transitória Neonatal, 153 Miliária, 154 Milium, 155 Necrose Gordurosa Subcutânea do Recém-nascido, 156 Pérolas de Epstein e Nódulos de Bohn, 157

XXXVII


XXXVIII

Sumário

v Sífilis Congênita, 158 v Síndrome da Banda Amniótica, 160 v Vernix Caseosa, 161

Alterações Cutâneas dos Pacientes Renais Crônicos e nos Pacientes Transplantados Renais, 162 Gisele Baião Fernando

Alterações Cutâneas no HIV, 164 Márcio Soares Serra Bernardo Gaia

Alterações Cutâneas nos Acidentes por Animais Peçonhentos, 170 Vidal Haddad Junior

Alterações Ungueais, 175 Robertha Carvalho Nakamura Luna Azulay-Abulafia Larissa Hanauer de Moura v Sinais Físicos da Unha, 175 • Configuração da Unha, 175 • Superfície da Unha, 178 • Lâmina e Leito Ungueal, 180 – Tecidos Moles Periungueais, 180 • Consistência da Unha, 182 • Cor (cromoníquia), 182 • Tecido Periugueal, 186 – Paroniquia, 186 v Doenças do Aparelho Ungueal, 188 • Líquen Plano, 188 • Psoríase Ungueal, 190 • Verruga Subungueal e Periungueal, 192

Amiloidoses, 194 David Rubem Azulay Cássio Dib

Anetodermia, 197 Vitor Azulay Rubem David Azulay David Rubem Azulay

Angiofibroma, 199 Cláudio Lerer Ellen Panisset Monteiro

Arsenicismo, 200 Isabella Brasil Succi Francisco Burnier

Artrite Reumatoide e Artrite Idiopática Juvenil, 202 Sueli Coelho da Silva Carneiro

Atrofodermia de Pasini e Pierini, 204 Loan Towersey


Sumário

Atrofodermia Vermiculata, 205 Aguinaldo Bonalumi Filho Brunno Zeni de Lima

Balanite Plasmocitária de Zoon, 207 Raúl Charlín Fernández Bernard Kawa Kac

Bebê Colódio, 208 Paulo Sérgio Emerich Nogueira Deborah Brazuna Soares

Borreliose de Lyme, 209 Leandro Ourives Neves Mônica Nunes de Souza Santos

Bullosis Diabeticorum, 211 Raúl Charlín Fernández Bernard Kawa Kac Luna Azulay-Abulafia

Calcifilaxia, 213 Daniella Rabelo Spinato Larissa Hanauer de Moura Luna Azulay-Abulafia

Calcinosis Cutis, 214 Karina Lima Graff Cássio Dib

Calosidades e Clavus, 216 Letícia Spinelli Luna Azulay-Abulafia Larissa Hanauer de Moura

Carcinoma Basocelular, 218 Marcela Benez Joaquim J. T. de Mesquita Filho Maria Auxiliadora Jeunon Sousa

Carcinoma de Células de Merkel, 222 Julia Ocampo Thiago Jeunon de Souza Vargas René Garrido Neves Simone de Abreu Neves Salles

Carcinoma Espinocelular, 224 Joaquim J. T. de Mesquita Filho Marcela Benez Eduardo Bornhauser

Ceratoacantoma, 229 Carlos Gustavo Carneiro de Castro Milton Nahon Ademilson Teixeira Caldas

XXXIX


XL

Sumário

Ceratodermias Palmoplantares, 231 Ignacio Obadia Daniel Lago Obadia

Ceratose Actínica, 237 Raúl Charlín Fernández Maria Claudia Issa Luna Azulay-Abulafia

Ceratose Folicular, 238 Luciana do Espírito Santo Saraiva David Rubem Azulay

Ceratose Liquenóide, 239 Flávia Varella Franco

Ceratose Seborréica, 240 Lorivaldo Minelli Nelson Aguilar

Ceratose Sulcada, 241 Marcelo Neira Avè

Cilindroma e Cilindromatose, 242 Bruna Duque Estrada Carla Tamler Aguinaldo Bonalumi Filho

Cimidíase, 243 Fred Bernardes Filho Maria Victória Pinto Quaresma Santos Luna Azulay Abulafia

Cisto Mucoso, 245 Hugo Guimarães Scotelaro Alves Maria de Fátima Guimarães Scotelaro Alves

Cistos Foliculares, 246 Bernard Kawa Kac Larissa Hanauer de Moura Leonardo Spagnol Abraham Luna Azulay-Abulafia

Corno Cutâneo, 248 Carlos Roberto Antônio Nelson Aguilar

Criptococose, 249 Marcos José Sumrell Miranda Maria Julieta Caiuby

Cromomicose, 251 Carmélia Reis Jacob Levites

Cutis Laxa, 253 Tainá Scalfoni Fracaroli Luna Azulay-Abulafia


Sumário

Cutis Verticis Gyrata, 255 Mercedes Prates Pockstaller

Deficiência de Vitamina B12, 257 Cássio Dib

Deficiência de Vitamina C (Ácido Ascórbico), 258 Cássio Dib Luna Azulay-Abulafia

Demodecidose, 259 Carlos Echevarria Escribens

Dermatite Atópica, 261 Cláudia Soïdo Falcão do Amaral Maria Luiza Oliva Alonso Evandro A. Rivitti

Dermatite de Contato, 265 Ida Alzira Gomes Duarte José Antonio Jabur da Cunha

Dermatite de Estase, 267 Orietta Mata Jiménez Nelson Aguilar

Dermatite Herpetiforme, 268 Luna Azulay-Abulafia Marcelo Neira Avè

Dermatite Seborreica, 270 Raúl Charlín Fernández Nelson Aguilar

Dermatofibrossarcoma Protuberans, 273 Marcela Benez Solange Cardoso Maciel Costa Silva Aguinaldo Bonalumi Filho

Dermatomiosite, 274 Sueli Coelho da Silva Carneiro

Dermatose Papulosa Nigra, 278 Ângela Beatriz Schwengber Gasparini Nelson Aguilar

Dermatose por IgA Linear, 279 Alexandre Carlos Gripp Ígor Brum Cursi

Dermatoses Paraneoplásicas e Outros Sinais Cutâneos Indicadores de Malignidade, 282 Lorivaldo Minelli Luna Azulay-Abulafia Larissa Hanauer de Moura v Erythema Gyratum Repens, 283 v Palmas em Tripa, 284 v Sinal de Leser-Trélat, 285

XLI


XLII

Sumário

v Síndrome de Bazex, 286 v Tromboflebite Migratória Superficial, 288

Discromatose Universal Hereditária, 289 Amanda Braga Peixoto Fabiano Roberto P. C. Leal

Displasias Ectodérmicas, 290 Vivian Fichman Monteiro de Souza

Doença da Arranhadura do Gato, 294 Cássio Dib Karina Lima Graff

Doença de Bowen, 295 Sergio Serpa Gustavo Henrique Faria Pezarolo

Doença de Cowden, 297 Karen Krause Boneti Aguinaldo Bonalumi Filho

Doença de Darier, 299 Paola Cristina Vieira da Rosa Passos Aguinaldo Bonalumi Filho Luna Azulay-Abulafia

Doença de Degos, 302 João Carlos Regazzi Avelleira Luna Azulay-Abulafia

Doença de Dowling Degos, 304 Larissa Hanauer de Moura Luna Azulay-Abulafia

Doença de Fox-Fordyce, 306 Fabiano Roberto P. C. Leal Aguinaldo Bonalumi Filho

Doença de Grover, 307 Fernanda Paula Aguirre

Doença de Hailey-Hailey, 308 Rubem David Azulay Aguinaldo Bonalumi Filho

Doença de Kyrle, 310 Lincoln Fabricio Brunno Zeni de Lima

Doença de Paget Extramamária, 311 Maria Auxiliadora Jeunon Sousa Mariane Stefani

Doença de Paget Mamária, 312 Mariane Stefani Bernard Kawa Kac


Sumário

Doença Enxerto-versus-hospedeiro, 313 Luiz Guilherme Darrigo Junior Fabiano Pieroni George M. N. Barros Belinda P. Simões Juli C. Voltarelli

Doença Mista do Tecido Conjuntivo, 317 Sueli Coelho da Silva Carneiro Clarice de Oliveira Martins

Doenças Exantemáticas, 319 Ana Maria Mósca de Cerqueira v v v v v v v

Dengue, 319 Doença de Kawasaki, 321 Doença Mão-pé-boca, 323 Eritema Infeccioso, 324 Escarlatina, 326 Exantema Súbito, 327 Mononucleose Infecciosa, 328 Larissa Araújo Lobato Leonardo Spagnol Abraham v Rubéola, 329 v Sarampo, 331 v Varicela, 332

DRESS (Erupção por Droga com Eosinofilia e Sintomas Sistêmicos), 335 Paulo Sérgio Emerich Nogueira

Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), 338 José Augusto da Costa Nery Felipe Ladeira de Oliveira José Walter Vieira de Figueiredo

Doenças Sexualmente Transmissíveis em Pacientes HIV Soropositivos, 343 Andrés Mauricio López Muñoz Fred Bernardes Filho Henry JC de Vries Elisabete Dobao José Augusto da Costa Nery

Eczema Disidrótico, 347 Natalia Caballero Uribe Fabiano Roberto P. C. Leal Gustavo Henrique Faria Pezarolo

Eczema Numular, 348 Karina Lima Graff Cássio Dib

Elaioconiose, 350 Nanashara Diane Valgas da Silva Larissa Hanauer de Moura

Elastólise da Derme Papilar, 352 Gustavo Verardino Luna Azulay-Abulafia

XLIII


XLIV

Sumário

Endometriose, 353 Hernando Daniel Vega Eljaiek David Rubem Azulay

Epidermodisplasia Verruciforme (EV), 354 Larissa Mitraud Alves Luna Azulay-Abulafia

Epidermólise Bolhosa Adquirida, 355 Deborah Brazuna Soares Paola Cristina Vieira da Rosa Passos Aguinaldo Bonalumi

Epidermólise Bolhosa Hereditária, 357 Amanda Hertz Osvania Maris Nogueira Pessoa Gabriela Lowy

Eritema AB Igne, 361 Bruna Félix Bravo Luna Azulay-Abulafia

Eritema Anular Centrífugo, 362 David Rubem Azulay Fabiano Roberto P. C. Leal

Eritema Multiforme (EM), 363 Emmanuel Rodrigues de França Aguinaldo Bonalumi Filho

Eritema Pigmentar Fixo, 365 Emmanuel Rodrigues de França

Eritrasma, 367 Marcelo Neira Avè Aguinaldo Bonalumi Filho

Eritroceratodermias, 368 Ignacio Obadia Daniel Lago Obadia

Eritrodermia Esfoliativa, 370 Nelson Aguilar David Rubem Azulay

Eritromelalgia, 372 Luna Azulay-Abulafia Fabiano Roberto P. C. Leal

Eritroplasia de Queyrat, 373 Luna Azulay-Abulafia Gustavo Henrique Faria Pezarolo

Erupção Liquenoide, 374 Fabiano Roberto P. C. Leal Priscila Spielberg


Sumário

Erupção Polimórfica Lumínica, 375 Ângela Beatriz Schwengber Gasparini

Erythema Elevatum Diutinum, 376 Egon Daxbacher Luna Azulay-Abulafia

Escabiose, 377 Valeska Albuquerque Francesconi Fábio Francesconi Gláucia Francesconi do Valle

Esclerodermia Cutânea Localizada, 380 Sueli Coelho da Silva Carneiro Ana Paula de Sá Earp

Esclerose Sistêmica, 383 Sueli Coelho da Silva Carneiro Ana Paula de Sá Earp

Esclerose Tuberosa, 386 Rubem David Azulay Aguinaldo Bonalumi Filho

Esporotricose, 389 Antonio Carlos Francesconi do Valle Valeska Albuquerque Francesconi Gláucia Francesconi do Valle

Esteatocistoma, 392 Carla Tamler Fabiano Roberto P. C. Leal Bruna Duque Estrada

Estrias, 393 Doris Maria Hexsel Taciana Dal’Forno

Estucoceratose, 396 Nelson Aguilar Orietta Mata Jiménez

Fasciite Eosinofílica, 397 Sueli Coelho da Silva Carneiro Arles Martins Brotas

Febre Maculosa, 399 João Manoel Cruz Nascimento

Feoifomicose, 402 Clarisse Zaitz Valéria Maria de Souza Framil Ligia Rangel Ruiz

Fibroceratoma Digital Adquirido, 404 Gustavo Henrique Faria Pezarolo Bernard Kawa Kac

XLV


XLVI

Sumário

Fitofotodermatite, 405 Fabiano Roberto P. C. Leal Aguinaldo Bonalumi Filho

Foliculites Eosinofílicas, 406 Aline Perdiz de Jesus Bilemjian Fabiano Roberto P. C. Leal

Fotossensibilidade, 408 Ângela Beatriz Schwengber Gasparini Aguinaldo Bonalumi Filho v Fotoalergia, 408 v Fototoxicidade, 409

Gnatostomíase, 411 Sabrina Kahler Maria Auxiliadora Jeunon Souza Thiago Jeunon de Souza Vargas

Granuloma Anular, 413 Maria Helena Lesqueves Sandoval

Granuloma Facial, 415 David Rubem Azulay

Granuloma Fissuratum, 416 Fabiano Roberto P. C. Leal Gustavo Henrique Faria Pezarolo

Hanseníase, 417 Gerson Oliveira Penna Maria Leide Wand-Del-Rey de Oliveira

Hemoglobinúria Paroxística Noturna, 424 Michel Cukier

Herpes Simples, 425 Brunno Zeni de Lima Aguinaldo Bonalumi Filho

Herpes-Zóster, 428 Brunno Zeni de Lima Aguinaldo Bonalumi Filho

Hialo-hifomicose, 431 Valéria Maria de Souza Framil Clarisse Zaitz Ligia Rangel Ruiz

Hidroa Vaciniforme, 433 Lincoln Fabricio Brunno Zeni de Lima

Hidrocistoma, 434 Bruna Duque Estrada Carla Tamler Luna Azulay-Abulafia


Sumário

Hiper-hidrose, 435 Lincoln Fabricio Brunno Zeni de Lima

Hiperplasia Angiolinfoide com Eosinofilia (HALE), 437 Andréa de Carvalho Petrosemolo Bernard Kawa Kac João Carlos Regazzi Avelleira

Hiperplasia Sebácea, 439 Loan Towersey

Hipodermites (Paniculites), 441 Hernando Daniel Vega Eljaiek Luna Azulay-Abulafia Larissa Hanauer de Moura v Hipodermite Lobular com Vasculite, 441 • Vasculite Nodular/Erythema Induratum de Bazin, 441 v Hipodermites Lobulares sem Vasculite, 442 • Adiponecrose Subcutânea Neonatal, 442 • Esclerema Neonatal, 443 • Hipodermite Citofágica Histiocítica, 443 • Hipodermite Factícia, 444 • Hipodermite Lobular Idiopática, 445 • Hipodermite Lúpica, 445 • Hipodermite Pancreática, 447 • Hipodermite pelo Frio, 447 • Hipodermite Pós-corticoterapia, 448 • Hipodermite Química, 448 • Necrose Gordurosa Traumática, 449 v Hipodermite Septal e Lobular, 450 • Hipodermite por Deficiência de α1 Antitripsina, 450 • Lipodermatoesclerose, 450 v Hipodermite Septal sem Vasculite, 451 • Eritema Nodoso, 451 • Hipodermite da Esclerodermia, 453

Hipomelanose de Ito, 454 Cláudio Lerer Aguinaldo Bonalumi Filho Vivian Flores da Cunha

Hipomelanose Macular Progressiva, 455 Robertha Carvalho Nakamura

Hipoplasia Dérmica Focal, 456 Gabriela Lowy Osvania Maris Nogueira Pessoa

Histiocitoses, 458 Flávio Barbosa Luz Patricia Shu Kurizky v Histiocitose de Células de Langerhans, 458 v Histiocitose de Células não Langerhans, 459 • Dermatofibroma, 459 • Histiocitose de Células Dendríticas Interdigitantes, 459 • Histiocitose de Células Indeterminadas, 460 • Histiocitose de Dendrócitos Dérmicos, 460

XLVII


XLVIII

Sumário

• Retículo-histiocitoses, 461 v Histiocitoses Malignas, 461 • Histiocitose Maligna (verdadeira), 461 • Leucemia Histiocítica, 462 • Linfoma Histiocítico, 462

Histoplasmose, 466 João Manoel Cruz Nascimento Marcos José Sumrell Miranda Maria Julieta Caiuby

Ictiose, 469 Paulo Sérgio Emerich Nogueira v Ictioses não Sindrômicas, 469 • Ictiose Arlequim, 469 • Ictiose Bolhosa, 470 • Ictiose Lamelar, 471 • Ictiose Recessiva Ligada ao X, 473 • Ictiose Vulgar, 474 v Ictiose Sindrômica, 475 • Ictiose Linear Circunflexa, 475 Cássio Dib Karina Lima Graff

Incontinência Pigmentar, 477 Osvania Maris Nogueira Passos Gabriela Lowy Aguinaldo Bonalumi

Infiltrado Linfocítico de Jessner, 479 Flávia Clarissa Bortolini Bolzani Luna Azulay-Abulafia

Lago Venoso, 481 Fabiano R. P. C. Leal Leonardo Spagnol Abraham

Larva Migrans Cutânea, 483 Fábio Francesconi Valeska Albuquerque Francesconi

Leiomioma, 486 Rosa Maria Rabello Fonseca

Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA), 488 Manoel Paes de Oliveira Neto

Lentigo Simples, 491 Giuliana Bottino Rangel

Leucodermia Guttata, 493 Fernanda Garcia Tassara

Linfomas Cutâneos Primários, 494 Sarah Toyomi de Oliveira Roberta Vasconcelos e Silva José Antônio Sanches Flávia de Freire Cássia Lisboa


Sumário v Linfomas Cutâneos de Células B, 494 • Linfoma Cutâneo Primário Centro Folicular, 494 • Linfoma Cutâneo Primários de Grandes B, Tipo Perna, 495 • Linfoma Cutâneo Primário de Zona Marginal, 495 v Linfomas Cutâneos de Células T, 496 • Micose Fungoide, 496 • Papulose Linfomatoide, 497 • Síndrome de Sézary, 498

Lipodistrofia, 505 Isabel Cristina Brasil Succi

Lipodistrofia Ginoide, 508 Doris Maria Hexsel Taciana Dal’Forno

Lipoidoproteinose, 510 Cássio Dib Aguinaldo Bonalumi Filho

Lipomas e Lipomatoses, 512 Marcelo Neira Avè Gustavo Henrique Faria Pezarolo

Lipomatose Simétrica Benigna, 513 Karen Krause Boneti Luna Azulay-Abulafia

Líquen Escleroso, 515 Aguinaldo Bonalumi Filho

Líquen Espinuloso, 518 David Rubem Azulay Larissa Hanauer de Moura

Líquen Estriado, 519 Lorivaldo Minelli Airton dos Santos Gon

Líquen Nítido, 520 Lorivaldo Minelli Airton dos Santos Gon

Líquen Plano, 521 Lorivaldo Minelli Airton dos Santos Gon

Líquen Simples Crônico, 524 Maria Auxiliadora Jeunon Sousa Larissa Hanauer de Moura

Livedo Reticular, 525 Orietta Mata Jiménez Nelson Aguilar

Lobomicose, 527 Fábio Francesconi Valeska Albuquerque Francesconi

XLIX


L

Sumário

Lúpus Eritematoso, 530 Ana Luisa Sobral Bittencourt Sampaio Jeunon Vargas Thais Helena Proença de Freitas

Mal Perfurante Plantar, 539 Vanessa da Silva Lopes Bernard Kawa Kac

Mastocitose, 540 Gabriela Lowy Osvania Maris Nogueira Pessoa

Melanoma, 543 Carlos Barcaui Alice Mota Buçard

Melasma, 548 Humberto Antônio Ponzio

Metástase Cutânea, 549 Marcela Benez Solange Cardoso Maciel Costa Silva

Micetoma, 553 Jacob Levites

Micobacterioses não Tuberculosas, 557 Leninha Valério do Nascimento Larissa Hanauer de Moura

Micoses Superficiais, 560 Regina Casz Schechtman Marcelo Neira Avè v Candidíases, 560 • Candidíase Mucosa, Cutânea e Ungueal, 560 v Ceratofitoses, 562 • Piedra, 562 • Pitiríase Versicolor, 564 • Tinha Negra, 566 v Dermatofitoses, 567 • Tinha da Barba, 567 • Tinha do Corpo e da Face, 568 • Tinha do Couro Cabeludo, 570 • Tinha do Pé, 572 • Tinha Inguinocrural, 574 v Onicomicoses, 575 • Onicomicose por Fungos Dermatófitos e Candida, 575 • Onicomicose por Fungos não Dermatófitos, 577

Miíase, 580 Fábio Francesconi Valeska Albuquerque Francesconi

Molusco Contagioso, 582 Ana Carolina Barbosa Leite Mariane Stefani

Mucinoses Cutâneas Primárias, 584 Maria de Fátima Guimarães Scotelaro Alves Hugo Guimarães Scotelaro Alves


Sumário v Mucionoses Dérmicas, 584 • Mucinoses Associadas à Disfunção Tireoidiana, 584 – Mixedema Generalizado, 584 – Mixedema Pré-tibial, 585 • Mucinoses Não Associadas à Disfunção Tireoideana, 586 – Escleredema, 586 – Líquen Mixedematoso, 587 – Mucinose Cutânea Focal, 588 – Mucinose Cutânea Juvenil Autolimitada, 588 – Mucinose Eritematosa Reticulada, 588 – Mucinose Papulonodular Associada ao Lúpus Eritematoso, 590

Necrobiose Lipoídica, 591 Neide Kalil Gaspar Larissa Hanauer de Moura

Neurofibromatose, 593 Mauro Geller Aguinaldo Bonalumi Filho João Roberto Antônio

Nevo Azul, 598 Larissa Mitraud Alves Bernard Kawa Kac

Nevo Comedônico, 600 Ângela Beatriz Schwengber Gasparini

Nevo de Ito, 601 Rubem David Azulay Fabiano Roberto P. C. Leal

Nevo de Ota, 602 Leonardo Spagnol Abraham Fabiano Roberto P. C. Leal Rubem David Azulay

Nevo Epidérmico Verrucoso, 604 Orietta Mata Jiménez Larissa Hanauer de Moura

Nevo Intradérmico Cerebriforme, 606 Aguinaldo Bonalumi Filho Larissa Hanauer de Moura

Nevo Lipomatoso Superficial, 607 Larissa Mitraud Alves Ângela Beatriz Schwengber Gasparini

Nevo Melanocítico Adquirido, 608 Giuliana Bottino Rangel Francisco Burnier Carlos Pereira

Nevo Melanocítico Atípico, 610 Juan Piñeiro Maceira Marcela Benez Larissa Hanauer de Moura

LI


LII

Sumário

Nevo Melanocítico Congênito, 615 Ivo Pitanguy Silvia de Mello

Nevo Sebáceo, 618 Ângela Beatriz Schwengber Gasparini

Nevo Spilus, 620 Francisco Burnier Carlos Pereira Giuliana Bottino Rangel

Nódulo dos Ordenhadores, 622 André Ricardo Adriano Patrícia Ormiga Galvão Barbosa Cláudio Lerer

Ocronose Exógena, 623 Raúl Charlín Fernández Luna Azulay-Abulafia

Papilomatose Confluente e Reticulada, 625 Nelson Aguilar

Pápulas Piezogênicas, 627 Vanessa da Silva Lopes Karina Lima Graff

Paquidermoperiostose, 628 Brunno Zeni de Lima Lincoln Fabrício

Paracoccidioidomicose, 629 Fábio Francesconi Gláucia Francesconi do Valle Antonio Carlos Francesconi do Valle

Pediculose de Couro Cabeludo, 632 Fábio Francesconi Valeska Albuquerque Francesconi

Pelagra, 634 Cássio Dib

Penfigoide Bolhoso, 636 José Alexandre de Souza Sittart

Penfigoide de Membranas Mucosas, 638 Luna Azulay-Abulafia

Pênfigos, 641 Valéria Aoki Evandro A. Rivitti Luis A. Diaz Sebastião A.P. Sampaio v Pênfigo Foliáceo (PF), 641 • Pênfigo Foliáceo Clássico, 641 • Pênfigo Foliáceo Endêmico (Fogo Selvagem), 642


Sumário • Pênfigo Foliáceo Eritematoso, 642 v Pênfigo Vulgar (PV), 643 • Pênfigo Vulgar Mucoso ou Mucocutâneo, 643 • Pênfigo Vulgar Vegetante, 643 v Outras Variantes de Pênfigo, 644 • Pênfigo Herpetiforme, 644 • Pênfigo Paraneoplásico, 644 • Pênfigo por Drogas, 645 • Pênfigo por IgA, 645

Piebaldismo, 649 David Rubem Azulay

Pilomatricoma, 651 Loan Towersey

Pioderma Gangrenoso, 653 Marcelo Neira Avè

Piodermites (Infecções Bacterianas da Pele), 655 Felipe Ladeira de Oliveira Luna Azulay-Abulafia Marcelo Neira Avè v v v v v v v v

Carbúnculo, 655 Celulite, 656 Dactilite Bolhosa Distal, 657 Ectima, 658 Erisipela, 659 Foliculite Bacteriana, 661 Furúnculo, 664 Impetigo, 665

Pioestomatite Vegetante, 667 Luna Azulay-Abulafia David Rubem Azulay Milena Pimentel

Pitiríase Alba, 668 Robertha Carvalho Nakamura

Pitiríase Amiantácea, 670 Gustavo Verardino Luna Azulay-Abulafia

Pitiríase Liquenoide, 671 Orietta Mata Jiménez Aguinaldo Bonalumi Filho

Pitiríase Rósea, 673 Nelson Aguilar Orietta Mata Jiménez

Pitiríase Rotunda, 675 Lúcia Helena Fávaro de Arruda

Pitiríase Rubra Pilar, 676 Fabiano Roberto P. C. Leal Raúl Charlín Fernández

LIII


LIV

Sumário

Policondrite Recorrente, 678 Sueli Coelho da Silva Carneiro

Porfirias, 680 Thiago Jeunon de Sousa Vargas Flávia Clarissa Bortolini Bolzani

Poroceratoses, 685 Aguinaldo Bonalumi Filho Deborah Brazuna Soares

Poroma, 687 Bruna Duque Estrada Carla Tamler Fabiano Roberto P. C. Leal

Prototecose, 689 Angela Fantin Ribeiro Thiago Jeunon de Souza Vargas

Prurigo Nodular, Prurigo Crônico do Adulto, Condrodermatite Nodular da Hélice, 691 Maria Auxiliadora Jeunon Sousa

Pseudofoliculite da Barba, Região Pubiana e Inguinal, 693 Luna Azulay-Abulafia Fabiano Roberto P. C. Leal

Pseudoxantoma Elástico, 694 Letícia Spinelli

Psicodermatoses, 696 Paulo Ricardo Martins Souza Raquel Bissacotti Steglich

Psoríase, 702 Igor Brum Cursi Luna Azulay-Abulafia Lúcia Helena Fávaro de Arruda

Púrpura Pigmentosa Crônica, 707 Larissa Mitraud Alves Luna Azulay-Abulafia

Púrpura Senil, 709 Aguinaldo Bonalumi Filho Gustavo Henrique Faria Pezarolo

Pustulose Exantemática Aguda Generalizada (AGEP), 710 Aline Perdiz de Jesus Bilemjian Luna Azulay-Abulafia

Queimaduras, 713 Silvia de Mello Ivo Pitanguy

Quelóide, 715 Aguinaldo Bonalumi Filho Letícia Spinelli


Sumário

Radiodermites, 717 Lia Cândida Miranda de Castro

Reação a Corpo Estranho, 719 Carla Tamler David Rubem Azulay Bruna Duque Estrada

Rosácea, 722 Ana Kaminsky Luna Azulay-Abulafia Flávia Clarissa Bortolini Bolzani Larissa Hanauer de Moura

Sarcoidose, 725 Isabella Brasil Succi Isabel Cristina Brasil Succi

Sarcoma de Kaposi, 728 João Carlos Regazzi Avelleira

Sarcoma Epitelioide, 731 Ana Flavia Lemos da Cunha Luna Azulay-Abulafia

Sífilis, 732 Maria Fernanda Reis Gavazzoni Dias José Augusto da Costa Nery

Síndrome da Pele Escaldada Estafilocócica, 737 Paulo Sérgio Emerich Nogueira Lucia Martins Diniz

Síndrome de Bart, 739 Leonardo Spagnol Abraham Bernard Kawa Kac

Síndrome de Behçet, 740 Cássio Dib Aline Perdiz de Jesus Bilemjian Raúl Charlín Fernández

Síndrome de Birt-Hogg-Dubé, 743 Monique Carolina Meira do Rosário de Souza Aguinaldo Bonalumi Filho

Síndrome de Brooke-Spiegler, 745 Luana Souza de Aguiar Leonardo Quintella

Síndrome de Cushing, 747 Juliana Elmor Mainczyk Leonardo Spagnol Abraham

Síndrome de Ehlers-Danlos (SED), 749 Letícia Spinelli Luna Azulay-Abulafia

LV


LVI

Sumário

Síndrome de Gardner-Diamond, 751 Alexandre Carlos Gripp Ana Luisa Sobral Bittencourt Sampaio Jeunon Vargas

Síndrome de Graham-Little, 752 Milena Pimentel Luna Azulay-Abulafia

Síndrome de Louis-Bar, 754 Ana Luiza Cotta de Alencar Araripe Mário Geller

Síndrome de Marfan, 756 Lygia Maria Costa Soares Rego

Síndrome de Melkersson-Rosenthal, 758 Ana Carolina Nascimento de Amaral Ana Claudia Przytyk Kohn

Síndrome de Papillon-Léfevre, 760 Karina Lima Graff Cássio Dib

Síndrome de Peutz-Jeghers, 762 Bruna Mara Ferreira Lessa Aguinaldo Bonalumi Filho Leonardo Spagnol Abraham

Síndrome de Reiter, 764 Roberto Maués Aguinaldo Bonalumi Filho

Síndrome de Sjögren, 766 Sueli Coelho da Silva Carneiro

Síndrome de Stevens-Johnson e Necrólise Epidérmica Tóxica, 768 Paulo Ricardo Criado Roberta Fachini Jardim Criado Celina Wakisaka Maruta

Síndrome de Sweet, 775 Bernard Kawa Kac Aline Perdiz de Jesus Bilemjian

Síndrome de Waardenburg, 777 André Ricardo Adriano David Rubem Azulay

Síndrome de Wiskott-Aldrich, 778 Lygia Maria Costa Soares Rego

Síndrome do Anticorpo Antifosfolipídio, 780 João Luiz Pereira Vaz Roger Abramino Levy Luna Azulay-Abulafia


Sumário

Síndrome do Nevo Basocelular, 784 Aguinaldo Bonalumi Filho Fabiano Roberto P. C. Leal

Síndrome Hipereosinofílica, 786 Alexandre Carlos Gripp Ana Luisa Sobral Bittencourt Sampaio Jeunon Vargas

Siringocistoadenoma Papilífero, 788 Joaquim J. T. de Mesquita Filho Maria Auxiliadora Jeunon Sousa Carla Tamler Bruna Duque Estrada

Siringoma, 789 Bruna Duque Estrada Carla Tamler

Tatuagem, 791 Marcia Cristina Linhares da Silva Bruna Duque Estrada Carla Tamler

Tétrade de Oclusão Folicular, 795 Carla Tamler Maria Paula Tinoco Luna Azulay-Abulafia v Hidradenite Supurativa, 795 v Foliculite Dissecante, 796 v Cisto Pilonidal, 796

Tricoepitelioma, 798 Carlos Roberto Antonio Carla Tamler Bruna Duque Estrada

Tricomicose Axilar, 800 Regina Casz Schetchman

Tuberculose Cutânea, 801 Egon Daxbacher Leninha Valério do Nascimento

Tumor de Abrikossof, 805 Nanashara Diane Valgas da Silva Hernando Daniel Vega Eljaiek

Tumor de Pinkus, 806 Bernard Kawa Kac Leonardo Spagnol Abraham

Tumor Glômico, 807 Antonio Macedo D’Acri Robertha Carvalho Nakamura

LVII


LVIII

Sumário

Tungíase, 809 Valeska Albuquerque Francesconi Fábio Francesconi

Úlcera Angiodérmica, 811 Nelson Aguilar Orietta Mata Jiménez

Urticária e Angioedema, 813 Paulo Ricardo Criado Roberta Fachini Jardim Criado Celina Wakisaka Maruta

Vasculites, 817 Ana Luisa Sobral Bittencourt Sampaio Jeunon Vargas Alexandre Carlos Gripp

Vasculopatia Livedoide (VL), 827 Neide Kalil Gaspar Patrícia Mesquita Couto de Azevedo Oliveira

Verruga, 828 Aguinaldo Bonalumi Filho Brunno Zeni de Lima

Vitiligo, 834 Caio César Silva de Castro Paulo Luzio Marques Araújo Luna Azulay-Abulafia

Xantogranuloma Juvenil, 839 Cássio Dib Karina Lima Graff

Xantomas, 840 Karina Lima Graff Cássio Dib

Xeroderma Pigmentoso, 843 Brunno Zeni de Lima Aguinaldo Bonalumi Filho

Zigomicose, 845 Ligia Rangel Ruiz Clarisse Zaitz Valéria Maria de Souza Framil


SEÇÃO

1 Exame Dermatológico


Exame Dermatológico n SEÇÃO 1

A CONSULTA DERMATOLÓGICA O exame dermatológico parece simples, pois as lesões são facilmente identificadas. Entretanto, uma inspeção apressada pode levar a erros de diagnóstico; portanto, deve-se seguir um método sistemático. Iniciamos com a anamnese dirigida, interrogando o paciente sobre a evolução da doença (quando e por onde começou) e sintomas relacionados. Idade, sexo e raça são elementos importantes nessa história inicial; eventualmente, a procedência também auxilia no esclarecimento do caso. A importância da doença, o quanto ela afeta a vida da pessoa, deve ser valorizada (impacto sobre a qualidade de vida). A história familial e social (ocupação, hábitos) deve ser investigada. Outras doenças e o uso de medicamentos, mesmo os considerados naturais ou alternativos, devem ser relacionados. Depois dessa abordagem inicial, o paciente deve ser colocado em local bem iluminado, de frente para a luz, e ser examinado da cabeça aos pés, inspecionando-se cabelos, mucosas, unhas e gânglios, com a delicadeza e o respeito exigidos pela nossa atividade. Em geral, a inspeção é direta, entretanto, a lupa, a luz de Wood e o dermatoscópio a cada dia são mais usados. Este último é especialmente empregado para a avaliação de lesões melanocíticas e das alterações tanto do couro cabeludo como das hastes dos cabelos. A palpação de nervos e a avaliação do comprometimento articular fazem parte da nossa investigação em determinadas situações. Muitas vezes necessitamos da interconsulta com outros profissionais da saúde, bem como de exames complementares, que devem ser criteriosamente escolhidos. Não se deve invadir a privacidade da pessoa desnecessariamente. Dados da história pessoal podem ser colhidos em futuras consultas, depois de estabelecido um bom vínculo entre o médico e o paciente. É nesse momento que devemos ser cuidadosos para não nos colocarmos em oposição a crenças e tabus do paciente, deixando esclarecimentos para o futuro. A comunicação que o doente estabelece conosco não reside apenas na fala; o corpo tem a sua linguagem, que nos traz informações tanto da subjetividade quanto do estado patológico físico. A consulta inicia-se no momento em que o paciente entra na sua sala, sozinho ou acompanhado. Familiares ou acompanhantes podem relatar situações relevantes e esclarecedoras para o caso. A iatrogenia com as palavras deve ser evitada no ato médico, desde o pedido intempestivo de exames à comunicação de resultados ou comentários sobre a doença em curso. Eventualmente, até o odor pode nos informar sobre a doença (pênfigo, bromidrose, infecções por anaeróbios, distúrbios olfativos, sensações subjetivas, dentre outros). Tocar o paciente em muitas circunstâncias é importante, para que ele perceba que não desperta nojo e que não tememos o contato. Esclareça o caráter da doença, informando sobre a sua transmissibilidade.

3

Às vezes, somente o acompanhamento ao longo do tempo poderá elucidar o diagnóstico. A consulta em si pode ser extremamente terapêutica, por oferecer o conforto e a segurança que o paciente procura.

SEMIOLOGIA DERMATOLÓGICA v Lesões Elementares e Outras Alterações Observadas na Pele e Mucosas São padrões de alteração cujo reconhecimento permite a construção de hipóteses diagnósticas. Em algumas situações, deve ser considerado não apenas o aspecto morfológico clínico, mas também o processo patológico subjacente.

Classificação das Lesões Elementares 1) Lesões por Alteração da Cor (Quadro 1.1) Mácula ou Mancha Lesões por alteração da cor da pele, geralmente circunscritas, são denominadas máculas ou manchas. As variações de cor na superfície cutânea dependem do tipo e da profundidade do pigmento envolvido (Ilustração esquemática 1.1). Esse pigmento pode ser endógeno ou exógeno. Os pigmentos endógenos podem ser da pele propriamente ou não; no primeiro caso, por exemplo, a melanina, e, no segundo caso, a bilirrubina. Dentre os pigmentos exógenos, temos: o caroteno, a alcaptona, corantes e medicamentos orais (clofazimina, amiodarona) ou tópicos (nitrato de prata). Considerando-se a melanina, a tonalidade da lesão pode variar de castanho a cinza-azulado, isso dependerá da localização do pigmento (Ilustrações esquemáticas 2 e 3; Figs. 1.1 a 1.9). Quando a alteração da cor depende de hemoglobina, existem duas situações distintas: por alteração vascular (hemoglobina dentro do vaso) ou por extravasamento. Dentro de vasos, se o mecanismo ocorre por dilatação transitória de capilares ou vênulas, a representação clínica será de eritema (Ilustração esquemática 1.4; Fig. 1.10). As lesões purpúricas são as por extravasamento de hemácias (Figs. 1.12 e 1.13). Quando, além de alteração da cor, existe proliferação vascular propriamente, como nos hemangiomas, já não se trata de lesão maculosa. As telangiectasias e hemangiomas estão detalhados na Seção 2, capítulo “Afecções Vasculares”. Em algumas circunstâncias, a cor da pele e das mucosas fica alterada, sem limites precisos; é o que ocorre, por exemplo, na icterícia, na hipercarotenemia ou na alcaptonúria.


4

SEÇÃO 1 n

Exame Dermatológico

Quadro 1.1 Lesões por alteração da cor Alteração

Aspecto da Lesão

Exemplo

Aumento

Hipercrômica (castanho-clara, escura, cinza, preta)

Mancha café com leite, melasma, nevo melanocítico juncional

Diminuição

Hipocrômica

Pitiríase alba, hanseníase indeterminada

Ausência

Acrômica

Vitiligo, nevo acrômico

Bilirrubina

Aumento

Amarela

Icterícia

Caroteno

Aumento

Alaranjada

Palmas alaranjadas por hipercarotenemia

Alcaptona

Aumento

Acinzentada

Alcaptonúria

Corantes/medicamentos

Depósito

Cores variadas

Tatuagem, depósito de ferro (injeção)

Hemoglobina e produtos da sua degradação

Extravasamento (púrpura)

Vermelha, violácea, amarelo-esverdeada

Petéquias, equimose, víbice

Acastanhada

Púrpura pigmentosa crônica

Por alteração vascular

Vasodilatação (temporária)

Vermelha

Eritema (pele), exantema (mucosa)

Melanina

Proliferação vascular (permanente)

Telangiectasia, angioma plano

ILUSTRAÇÃO ESQUEMÁTICA 1.1 Diferentes cores na superfície cutânea representam diferentes pigmentos em diferentes profundidades.

A alteração de cor pode estar acompanhada de alteração da textura; nesse caso, a lesão maculosa passa a receber um adjetivo complementar. Por exemplo, a micose fungoide pode se apresentar como mácula acastanhada com superfície apergaminhada, e a pitiríase versicolor pode ser vista como mácula hipocrômica com descamação furfurácea.

2) Lesões de Conteúdo Sólido Pápula Lesão elevada medindo até 1 cm de altura e diâmetro. Pode variar em número, cor e arranjo. O processo patológico pode estar na epiderme, mostrando-se clinicamente com limites precisos; quando na derme, mostra limites menos definidos (Quadro 1.2 , Ilustração Esquemática 1.5 e Figs. 1.14 a 1.20).


Exame Dermatológico n SEÇÃO 1

ILUSTRAÇÃO ESQUEMÁTICA 1.2

ILUSTRAÇÃO ESQUEMÁTICA 1.3

Mácula hipercrômica. Aumento da pigmentação melânica na camada basal da epiderme.

Mancha hipercrômica de tonalidade cinza-azulada. A pigmentação melânica dérmica pode ser devida à proliferação de melanócitos ou à presença de melanina, livre ou dentro de melanófagos.

FIGURA 1.1

FIGURA 1.2

Mancha. Nevo juncional. Lesão plana hipercrômica, de natureza melanocítica.

Mancha. Nevo de Ota. Lesão de cor negro-azulada com limites imprecisos, seguindo o trajeto do nervo trigêmeo.

5


6

SEÇÃO 1 n

Exame Dermatológico

FIGURA 1.5 Mancha. Nevo acrômico (nevus despigmentosus). Lesão arredondada, existente desde o nascimento, com limites bem definidos.

FIGURA 1.3 Mancha. Neurofibromatose. Lesões acastanhadas ovaladas de tamanhos variados; quando em número maior do que seis, deve-se pesquisar neurofibromatose (manchas café com leite).

FIGURA 1.6 Icterícia. Alteração de cor da pele e mucosa pela impregnação de pigmento amarelado endógeno.

FIGURA 1.4 Mancha. Pitiríase alba. Lesão hipocrômica, caracterizada pela diminuição da pigmentação, podendo exibir discreta descamação na superfície, centralizada ao redor dos folículos pilossebáceos (ceratose folicular), sem alteração da sensibilidade.

FIGURA 1.7 Hipercarotenemia. Mãos de duas diferentes pessoas, para comparação. A tonalidade amarelada da mão à esquerda ocorre por alimentação rica em betacaroteno (p. ex., cenoura).


SEÇÃO

2 Afecções Dermatológicas de A a Z


A ACANTOMA DE CÉLULAS CLARAS Aguinaldo Bonalumi Filho Brunno Zeni de Lima Sinonímia

Acantoma de células pálidas, acantoma de Degos, acantoma de células claras de Degos e Civatte.

Epidemiologia

Afeta indivíduos a partir da quarta década de vida, sem predileção de sexo e raça. Tumor benigno pouco frequente, de processo crônico e crescimento lento, em geral em um período de 2 a 10 anos.

Etiologia

Tumor benigno de origem epidérmica. Porém, causa, patogenia e posição nosológica ainda não estão bem esclarecidas. Estudos demonstram imuno-histoquímica apresentando imunorreatividade para AE1 (citoqueratinas 10, 14-16 e 19) e antígeno carcinoembrionário negativo. Isso sugere uma condição de dermatose inflamatória, e não um verdadeiro tumor.

Clínica

Pápula ou nódulo em domo, ou ainda pequena placa rósea a salmão (Fig. 1), com superfície descamativa ou colarete periférico. Já foi descrito o seu surgimento em placa de psoríase (Fig. 2). Pode também apresentar-se de forma exsudativa ou eczematoide. Em geral é solitário, com tamanho entre 0,3 e 2 cm, assintomático, preferencialmente nos membros inferiores, podendo acometer glúteos e escroto. Há variantes clínicas: múltiplas lesões, polipoide, cística, pigmentada, gigante, associada a nevo epidérmico. Há relatos do aparecimento de CEC originado do acantoma de células claras.

Diagnóstico

Clínico e histopatológico. Na histologia encontramos proliferação psoriasiforme de ceratinócitos pálidos (“claros”) com demarcação nítida da epiderme normal. Abundante glicogênio nas células pálidas com PAS-positivo. Escamocrostas e paraceratose na superfície epidérmica. Espongiose e exocitose de neutrófilos, por vezes formando microabscessos intraepidérmicos. Derme com edema, proliferação capilar sanguínea e infiltrado inflamatório misto.

Diagnóstico diferencial

Ceratose seborreica, granuloma piogênico, dermatofibroma, verruga viral, CBC, CEC, melanoma amelanótico, psoríase, hemangioma traumatizado, poroma écrino, hidroadenoma de células claras.

Tratamento

Exérese cirúrgica. Também podem ser utilizados como opções terapêuticas: excisão por saucerização, curetagem combinada com eletrofulguração, laser ablativo e criocirurgia. A maioria das lesões não recidiva.

FIGURA 2 FIGURA 1 Lesão rósea, única, cujo laudo histopatológico foi de acantoma de células claras.

Lesão na perna de paciente do sexo masculino, papulosa, encimada por crosta, no centro da placa de psoríase. A biópsia revelou acantoma de células claras.


38

A

SEÇÃO 2 n Afecções Dermatológicas de A a Z

ACANTOSE NIGRICANTE Paola Cristina Vieira da Rosa Passos Jayne Serruya El-Mann Sinonímia

Acanthosis nigricans.

Epidemiologia

Comum na população em geral, com maior incidência em obesos, diabéticos e afrodescendentes. A acantose nigricante acompanhada de malignidade é bastante rara.

Etiologia

Existem vários fatores causais relacionados à acantose nigricante (AN). Pode ser de natureza hereditária (autossômica recessiva), idiopática, ou estar associada a síndromes e doenças (Quadro 1), além de relacionada ao uso de algumas medicações, como corticosteroides, testosterona, estrógenos, ácido nicotínico e ácido fusídico. A patogênese da AN ainda não está completamente esclarecida, porém alguns mecanismos estão relacionados e explicam a hiperplasia epidérmica. Em alguns casos, a possível causa da acantose é uma estimulação à proliferação de queratinócitos e fibroblastos pela hiperinsulinemia secundária à resistência periférica dos tecidos à insulina, o que leva a insulina a ligar-se não somente aos seus receptores clássicos, mas também a receptores para o fator de crescimento insulina-símile, com consequente aparecimento das lesões características. A AN pode ser paraneoplásica, estando mais frequentemente relacionada a adenocarcinomas, principalmente abdominais, em particular adenocarcinoma gástrico (60%) e, em menor porcentagem (30%), aos abdominais não gástricos (pâncreas, vesícula biliar, cólon, reto, ovários, bexiga, próstata). Menos frequentemente (10%), a NA está vinculada às neoplasias extra-abdominais: pulmonares, esofágicas ou mamárias. A produção de fatores de crescimento tecidual pelas células tumorais estaria implicada nesses casos.

Clínica

Caracteriza-se por placas de aspecto aveludado, castanho-escuras, ceratósicas, vegetantes ou liquenificadas, inicialmente com aparência de “sujeira”, localizadas simetricamente nas flexuras: região cervical (Figs. 1 a 3), axilas (Fig. 4), regiões inguinocrural, antecubital e poplítea, além de regiões umbilical, genital e perianal. Nos casos de AN paraneoplásica, as manifestações clínicas são de instalação súbita e muito mais exuberantes, chegando a atingir inclusive as mucosas. Pode-se observar lesões associadas de acrocórdons, hiperceratose palmoplantar, papilomatose reticulada e confluente de Gougerot-Carteaud e exagero das impressões digitais palmoplantares (paquidermatoglifia ou tripe palm). Nesses casos, a AN pode aparecer antes, concomitantemente ou depois do diagnóstico da neoplasia primária.

Diagnóstico

O diagnóstico é clínico, devendo ser confirmado histologicamente, já que os achados são característicos. Hiperceratose, acantose discreta, papilomatose e aumento de pigmento na camada basal, devendose a cor castanha mais à hiperceratose do que ao aumento de melanina. Exames complementares devem ser orientados na busca das causas endócrinas: dosagem da glicemia, curva de tolerância à glicose, insulinemia e perfil hormonal de acordo com manifestações clínicas de alguma endocrinopatia. Outros exames específicos para a procura de neoplasia interna (ultrassonografia, exames radiológicos, tomografia e endoscopia), orientados pela história clínica e pelo exame físico, devem ser solicitados.

Diagnóstico diferencial

Papilomatose confluente e reticulada de Gougerot-Carteaud, doença de Dowling-Degos, doença de Darier, pênfigo vegetante. Para as lesões orais: lipoidoproteinose, doença de Cowden e disceratose congênita.

Tratamento

O tratamento deve enfocar a causa subjacente, assim, o controle glicêmico, hormonal e a perda de peso são importantíssimos. No caso de malignidade, a acantose pode diminuir com a cura da neoplasia. Tratamentos tópicos com ureia, ácido salicílico, ácido retinoico e calcipotriol são válidos. O laser de alexandrita pode ser empregado.


Afecções Dermatológicas de A a Z

n

SEÇÃO 2

39

A

Quadro 1. Afecções associadas à acantose nigricante Síndromes Hereditárias

Endocrinopatias Adquiridas

Síndrome de Berardinelli-Seip

Diabetes melito

Síndrome de Bloom

Doenças tireoidianas

Síndrome de Miescher

Síndrome de Cushing

Síndrome de Crouzon

Síndrome dos ovários policísticos

Síndrome de Prade-Willi

Adenoma de hipófise, ovário, suprarrenal

Síndrome de Donahue

Estados de insulino-resistência

Síndrome de Hiran

Hiperandrogenismo Doença de Addison Acromegalia

FIGURA 3 FIGURA 1 Acantose nigricante. Aspecto aveludado acompanhado de hipercromia na região cervical.

Acantose nigricante. Lesões castanho-escuras com aparência de sujeira (acantose nigricante incipiente), localizadas na dobra do pescoço de paciente obeso. Observe acrocórdon, frequentemente associado à acantose nigricante.

FIGURA 4 FIGURA 2 Acantose nigricante. Detalhe da lesão da região cervical.

Acantose nigricante. Lesões de aspecto aveludado e hipercrômico na axila de paciente com síndrome do ovário policístico.


40

A

SEÇÃO 2 n Afecções Dermatológicas de A a Z

ACNE Rosa Maria Rabello Fonseca Carla Tamler Maria Paula Tinoco Luna Azulay-Abulafia Larissa Hanauer de Moura Sinonímia

Acne vulgar.

Epidemiologia

É a doença dermatológica mais comum entre os adolescentes, afetando aproximadamente 80% dos jovens entre 12 e 18 anos. Predomina no sexo feminino, tendo início em torno dos 14 anos, enquanto, no sexo masculino, aparece em torno dos 16 anos. Portadores de distúrbios endócrinos, como a síndrome dos ovários policísticos, hiperandrogenismo, hipercortisolismo e puberdade precoce, têm quadros mais graves, que não respondem à terapia padrão.

Etiologia

A etiologia da acne vulgar é multifatorial. O papel dos fatores genéticos não está totalmente definido, porém a ocorrência familial, incluindo a alta prevalência em gêmeos monozigóticos, confirma sua importância. Um dos primeiros eventos para a ocorrência da acne é a formação do microcomedão, pela retenção de corneócitos que normalmente deveriam se desprender no óstio folicular. Devido a essa alteração na queratinização ocorre a hiperceratose, que funciona como um “tampão”. O aumento da coesão dessas células é responsável por esse fenômeno. O microcomedão evolui até a formação do comedão maduro. Nesse processo ocorre a expansão do comedão, ruptura e extrusão de queratina e sebo para a derme, com consequente reação inflamatória. A inflamação está presente desde a lesão inicial, comprovada pela detecção de células CD4+ e interleucina 1 (IL-1). O Propionibacterium acnes é uma bactéria Gram-positiva, anaeróbica, que habita o folículo pilossebáceo e tem importante participação na acne. Essa bactéria, que está aumentada em número, produz lipases que hidrolisam os triglicerídios do sebo em ácidos graxos livres, promotores da inflamação, com a participação de mediadores pró-inflamatórios. O P. acnes também é reconhecido pelos receptores Toll-like 2 (TLR2), levando à liberação de mais citocinas pró-inflamatórias. As glândulas sebáceas são estimuladas pelo aumento da produção dos andrógenos gonadais, com o consequente incremento da produção do sebo. A testosterona e a diidrotestosterona figuram entre os mais potentes andrógenos com ação sobre essas glândulas. O aumento nos níveis de deidroepiandrosterona (DHEAS) em pré-adolescentes está associado ao aumento na produção de sebo e ao desenvolvimento de acne comedoniana.

Clínica

Existem inúmeras classificações para a acne. O Grupo Brasileiro de Acne (GBA) a classifica segundo a lesão clínica predominante: 1. Comedoniana: leve, moderada e intensa/grave (Fig. 1). 2. Papulopustulosa: leve, moderada e intensa/grave (Fig. 2). 3. Nodulocística: leve, moderada e intensa/grave (Fig. 3). Essa classificação é válida particularmente para a acne vulgar do adolescente, com localização preferencial na face e no tronco. Entretanto, dois tipos graves de acne merecem destaque: um, a acne conglobata, que é uma forma grave nodulocística, em que as lesões se intercomunicam, formando fístulas (Fig. 4); o outro é a denominada acne fulminans (Fig. 5), em que ocorre necrose de extensas áreas, acompanhada de comprometimento sistêmico. Conhecida como a forma mais grave da acne cística, a acne conglobata é caracterizada pelo início abrupto de acne nodular e supurativa associada a quadro sistêmico variável. Afeta principalmente homens entre 13 e 16 anos. A acne fulminans pode ser a forma de apresentação da acne ou pode ocorrer logo após o início do tratamento com isotretinoína oral. Outra forma especial de acne, denominada hormonal, ocorre por excesso de hormônios andrógenos ou hipersensibilidade da unidade pilossebácea a níveis normais de andrógenos. Nessas pacientes, a acne é geralmente grave ou de difícil tratamento e de aparecimento abrupto. A acne da mulher adulta é o exemplo mais frequente, geralmente associada à síndrome de ovários policísticos. As lesões situam-se caracteristicamente abaixo da mandíbula (Fig. 6). Outros sintomas relacionados são: ciclos menstruais irregulares, hirsutismo, alopecia androgenética, obesidade, resistência à insulina, acantose nigricante e redução da fertilidade. As erupções acneiformes apresentam quadro clínico semelhante ao da acne vulgar, porém sua etiopatogenia é distinta. São em geral monomórficas, podendo faltar o comedão, que, no entanto, se presente, não afasta o diagnóstico. Sua localização pode fugir das áreas típicas. Tais erupções acneiformes recebem denominações especiais, conservando ainda o termo acne: · Acne exógena devida ao uso de cosméticos (Fig. 7). · Acne exógena ocupacional (antes denominada elaioconiose) por contato com óleos minerais, graxas e coaltar, observada em mecânicos (Fig. 8). (Ver capítulo Elaioconiose.)


Afecções Dermatológicas de A a Z ·

· · ·

n

SEÇÃO 2

41

Acne medicamentosa/erupção acneiforme pode ocorrer pelo uso de corticoterapia sistêmica, isoniazida, anticonvulsivantes, vitaminas do complexo B, suplementos alimentares para ganho de massa muscular associados a exercício físico (Fig. 9), lítio, anabolizantes (p. ex., danazol e testosterona), brometos, iodetos, PUVA, azatioprina, ciclosporina, fenitoína, propiltiouracil, quinidina e dissulfiram. Acne mecânica: atritos repetidos e obstrução da saída pilossebácea. Há formação de comedão. Exemplos: fricção pelo capacete e o pescoço do violinista. Acne Excoriée des jeunes filles: ocorre em mulheres jovens. Comedões e pápulas inflamatórias são escoriadas neuroticamente, deixando erosões crostosas. Acne neonatal: ocorre em mais de 20% dos recém-nascidos saudáveis. As lesões aparecem duas semanas após o nascimento e podem permanecer por até três meses. São pápulas inflamatórias nas regiões malares e dorsonasal. Sua patogênese ainda não está clara.

Diagnóstico

Exame clínico com avaliação da lesão predominante e sua localização. Investigar a ocorrência familial; uso de produtos cosméticos; irregularidade do ciclo menstrual (indicando hiperandrogenismo); distúrbios metabólicos e endócrinos; uso de medicamentos.

Diagnóstico diferencial

Erupção acneiforme, rosácea, foliculite por Gram-negativo (efeito adverso pelo uso de antibioticoterapia prolongada (Fig. 10).

Tratamento

A acne vulgar, além de interferir no relacionamento interpessoal, pode ser, em alguns casos, desfigurante. Seu impacto psicossocial não está necessariamente relacionado à gravidade da doença. Objetivo Terapêutico: reduzir a atividade da glândula sebácea, diminuir a população bacteriana, normalizar a queratinização do folículo e reduzir a inflamação. Tratamento Tópico · Retinoides: tretinoína, isotretinoína, adapaleno. A tretinoína atua por meio da normalização da queratinização folicular e da propriedade antiinflamatória. O adapaleno tem propriedades comedolíticas e irritação mais leves do que a tretinoína. O adapaleno é estável à luz e resistente à oxidação por peróxido de benzoíla. · Peróxido de benzoíla: atividade bactericida. Em contraste com antibióticos, a resistência microbiana não foi relatada. · Antibióticos: clindamicina, eritromicina (atenção à possibilidade de perda de eficácia pela resistência bacteriana induzida pelo seu uso prolongado). · Ácido azelaico: especialmente indicado nos melanodérmicos, pois, além do efeito antibacteriano contra o P. acnes, funciona como anti-inflamatório e tem ação despigmentante, reduzindo a hipercromia pós-inflamatória comum nesses pacientes. · Formulações magistrais contendo ácido salicílico, resorcina. · Terapia fotodinâmica com o uso do ácido aminolevulínico-ALA ou com MAL (ácido metilaminolevulínico). · Fototerapia (luz azul, luz azul associada à luz vermelha). Tratamento Sistêmico · Antibióticos: as tetraciclinas, como a limeciclina, a minociclina ou a doxiciclina, são os antibióticos de escolha, seguidos pelo uso do macrolídeo azitromicina em pulso; na gravidez, o estearato de eritromicina pode ser empregado; sulfametoxazol-trimetoprim e outras sulfonamidas, como dapsona, também. · Isotretinoína oral: é a única medicação que atua em todos os fatores etiopatogênicos da acne. Age nos queratinócitos, normalizando sua maturação e diminuindo a coesão entre eles, o que resulta na redução da formação de comedões. Promove a redução do tamanho da glândula sebácea, o que diminui a produção e excreção do sebo. Além disso, reduz a população de Propionibacterium acnes e bacilos Gram-negativos na superfície cutânea; inibe diretamente a quimiotaxia de neutrófilos. · Terapia hormonal: espironolactona (receptor de androgênio, inibidor da 5α redutase), acetato de ciproterona (ação supressiva com recidiva após suspensão da medicação). As indicações são: acne extensa, resistente, com evidências de hiperandrogenismo e ausência de outras doenças endócrinas. · Corticoide sistêmico ou anti-inflamatórios não esteroidais, em casos graves de acne nodulocística, conglobata e fulminans. A infiltração intralesional com corticosteroide (acetonido de triancinolona ou hexacetonido de triancinolona) é empregada nas lesões nodulares inflamatórias para acelerar a sua resolução e evitar a formação de cicatrizes. As cicatrizes de acne necessitam de tratamento individualizado, de acordo com o seu tipo (Figs. 11 a 13). Tratamento Cirúrgico: algumas modalidades são a dermoabrasão, lasers (fracionados ablativos ou não), peelings químicos, ácido tricloroacético (como peeling ou nas cicatrizes de forma individualizada), preenchimento e subcision das cicatrizes. As indicações são variáveis, de acordo com o tipo de cicatriz e o fototipo do paciente.

A


42

SEÇÃO 2 n Afecções Dermatológicas de A a Z

A

FIGURA 1 Acne. Numerosos comedões abertos (pápulas com ponto negro central) e comedões fechados (pápulas milimétricas da cor da pele). (Cortesia do Dr. Roberto Maués.)

FIGURA 4 Acne conglobata. Lesões nodulares coalescentes, com intercomunicação entre si.

FIGURA 2 Acne. Comedões fechados, pápulas inflamatórias e cicatrizes.

FIGURA 5 Acne fulminans. Lesões necróticas, crostosas e pustulosas, de surgimento súbito, em paciente com acne grave, em tratamento com a isotretinoína oral.

FIGURA 3 Acne. Lesões papulopustulosas e lesão nodular na região temporal direita.


Afecções Dermatológicas de A a Z

n

SEÇÃO 2

43

A

FIGURA 6 Acne hormonal. Numerosas lesões papulopustulosas na face e abaixo da linha da mandíbula.

FIGURA 8 Acne exógena ocupacional. Trabalhador que lidava com graxas e óleos. (Cortesia do Dr. João Carlos Macedo Fonseca, Arquivo HUPE-UERJ.)

FIGURA 7 Acne cosmética. Na região frontal, quadro comum entre adolescentes negras, por uso de produtos oleosos nos cabelos.

FIGURA 9 Acne medicamentosa/erupção acneiforme. Provocada pelo uso de suplemento alimentar e creatina, para ganho de massa muscular.


268

D

SEÇÃO 2 n Afecções Dermatológicas de A a Z

DERMATITE HERPETIFORME Luna Azulay-Abulafia Marcelo Neira Avè Sinonímia

Doença de Duhring-Brocq.

Epidemiologia

Pode acometer pessoas de qualquer idade, especialmente indivíduos na quarta década de vida, sendo mais comum entre caucasianos e incomum entre negros e asiáticos. Acomete duas vezes mais homens que mulheres. A doença está associada ao HLA DQ2 (90% dos casos), DR3 e B8.

Etiologia

Trata-se de uma manifestação cutânea da sensibilidade ao glúten. Mais de 90% dos pacientes com dermatite herpetiforme (DH) possuem algum grau de enteropatia por sensibilidade ao glúten, geralmente assintomática. Acredita-se que a deposição de complexos imunes IgA-transglutaminase tecidual na papila dérmica seja um importante mecanismo desencadeante. Esses depósitos seriam quimiotáticos para neutrófilos, atraindo-os para a papila dérmica, onde causariam a liberação de substâncias inflamatórias e enzimas que agrediriam a junção dermoepidérmica.

Clínica

As lesões podem ter aspecto polimórfico, incluindo placas urticariformes, que precedem o surgimento das lesões características (Fig. 1). Lesões papulovesiculosas com arranjo herpetiforme, simétricas, altamente pruriginosas nas superfícies extensoras dos membros (Fig. 2), nádegas e dorso (Fig. 3). Tardiamente, as vesículas se apresentarão como crostas hemáticas de arranjo herpetiforme, podendo atingir grandes dimensões (Fig. 4). Raramente, podem se apresentar isoladamente no couro cabeludo. A doença flutua em termos de atividade e costuma recidivar. Remissão espontânea é rara e ocorre em vigência de dieta livre de glúten. A DH está relacionada à síndrome de má absorção em 20 a 30% dos casos, a tireoidopatias (doença de Hashimoto) e a linfoma intestinal de células T.

Diagnóstico

Exame Histopatológico: presença de infiltrado neutrofílico na papila dérmica (microabscesso de Piérard) com formação de bolha na junção dermoepidérmica. Imunofluorescência Direta: depósito granular de IgA na ZMB e na papila dérmica. Imunocomplexos Circulantes: ocorrem em 25 a 35% dos casos e não se relacionam com a gravidade clínica da doença. São eles: IgA antigliadina, IgA antirretículo e IgA antiendomísio. Este último se correlaciona com a extensão da doença intestinal. A síndrome de má absorção pode ser diagnosticada por meio do teste da D-xilose, pela presença de esteatorreia ou pela deficiência de folato.

Diagnóstico Diferencial

Escabiose, penfigoide bolhoso, eritema multiforme, dermatose por IgA linear, doença de Grover.

Tratamento

Dieta Restritiva Livre de Glúten: além de ajudar na remissão da doença, pode reduzir o risco de linfoma intestinal. Dapsona: 100 a 150 mg por dia via oral em tomada única, reduzindo-se à dose mínima que mantenha a doença sob controle. A resposta à dapsona é tão rápida e marcante, que é considerada elemento diagnóstico. Pacientes com deficiência de G6PD não devem receber dapsona pelo elevado risco de anemia hemolítica. Em alguns casos, doses baixas de dapsona são suficientes para controlar a doença sem hemólise significativa. Sulfapiridina: 1 a 1,5 g/dia via oral em duas tomadas. Estará indicada quando o paciente não puder receber dapsona. A função renal e EAS devem ser monitorados.


Afecções Dermatológicas de A a Z

n

SEÇÃO 2

269

D

FIGURA 1 Dermatite herpetiforme. Vesículas tensas sobre lesão urticariforme, pruriginosa, localizadas no tronco.

FIGURA 3 Dermatite herpetiforme. Numerosas lesões eritematosas policíclicas com vesículas na periferia em arranjo herpetiforme, do dorso até o glúteo.

FIGURA 2 Dermatite herpetiforme. Múltiplas lesões milimétricas, vesiculosas, tensas e simétricas, algumas sobre base eritematosa na face extensora dos membros inferiores.

FIGURA 4 Dermatite herpetiforme. Extensas lesões vesicobolhosas tensas sobre base eritematosa com algumas crostas hemáticas nos membros inferiores.


Atlas de Dermatologia Da Semiologia ao Diagnóstico 2ª edição O MAIOR E MAIS ABRANGENTE ATLAS DAS DOENÇAS DA PELE, ESCRITO PELOS GRANDES NOMES DA DERMATOLOGIA NACIONAL. Após o grande sucesso da primeira edição, a nova edição do Atlas de Dermatologia: da semiologia ao diagnóstico coordenada pelos renomados Editores-chefes Luna Azulay$EXODÀD/DULVVD+DQDXHUGH0RXUD)DELDQR5REHUWR3HUHLUDGH&DUYDOKR/HDO'DYLG 5XEHP$]XOD\H$JXLQDOGR%RQDOXPL)LOKRFRQWDDJRUDFRPFRODERUDGRUHVGDVPDLV GLYHUVDVUHJL}HVGR%UDVLOHDSUHVHQWDFDStWXORVFRPGRHQoDVHPHUJHQWHVHUHFHQWHPHQte diagnosticadas na dermatologia. &RPPDLVGHLPDJHQVRWH[WRpGLYLGLGRHPGXDVVHo}HV([DPH'HUPDWROyJLFR H$IHFo}HV'HUPDWROyJLFDVGH$D=1DSDUWH([DPH'HUPDWROyJLFRKiRULHQWDo}HVGH FRPRH[DPLQDURSDFLHQWHHUHFRQKHFHUDVOHV}HVHOHPHQWDUHVPRUIROyJLFDVDUUDQMRVH IHQ{PHQRVTXHRFRUUHPHPDOJXPDVGRHQoDVFRPRREMHWLYRGHDX[LOLDURGLDJQyVWLFR $VOHV}HVVmRDFRPSDQKDGDVGHLOXVWUDo}HVHVTXHPiWLFDVDOpPGDVIRWRJUDÀDVFOtQLFDV FRUUHVSRQGHQWHV$VHJXQGDVHomRGROLYURPRVWUDDV$IHFo}HV'HUPDWROyJLFDVRUJDQL]DGDVHPRUGHPDOIDEpWLFD&DGDDIHFomRpGHWDOKDGDFRPVLQRQtPLDHSLGHPLRORJLDHWLRORJLDFOtQLFDGLDJQyVWLFRGLDJQyVWLFRGLIHUHQFLDOHWUDWDPHQWRLQFOXLQGRYiULDVIRWRJUDÀDV Todos os autores abordam o aspecto morfológico das dermatoses com referência às GLIHUHQWHV iUHDV GR FRQKHFLPHQWR PpGLFR R TXH WRUQD HVWH OLYUR IXQGDPHQWDO SDUD GHUPDWRORJLVWDV H SDUD FOtQLFRV HP JHUDO 3RUWDQWR VHQGR GH JUDQGH YDORU SDUD XP diagnóstico mais preciso e consequentemente um melhor tratamento dos pacientes.

&ODVVLÀFDomRGH$UTXLYR 5HFRPHQGDGD Dermatologia www.elsevier.com.br/medicina


LUNA - Atlas de Dermatologia - Da Semiologia Ao Diagnóstico