Page 1

Ano XVI - N° 164 - Maio/2011

Elo Comunitário: 15 Anos de História! Juliano Paz Foi em 1996 que os Freis Franciscanos Armando Mariani e João Osmar D’Ávila convidaram um pequeno grupo da recém formada “Rede de Comunidades do Vale”, com o objetivo de criar um boletim que fosse o órgão de “formação e informação” da nossa Igreja local. Éramos, quase todos, bastante jovens e todos envolvidos pelo espírito libertador e evangelizador que chegava renovado em nossos bairros. Com toda a certeza, nenhum de nós que estávamos lá na primeira reunião poderia imaginar que lançávamos uma semente em terra tão fértil, cujos frutos seriam motivo de orgulho com o passar dos anos. O Elo Comunitário, quando surgiu, carregava sonhos e expectativas. E eles foram alcançados! Hoje, ao celebrarmos 15 anos de existência, nosso Elo carrega uma bela história, a união de muitas forças, a dedicação de muitas pessoas, o partilhar da vida de muitos irmãos e irmãs na fé. Muita gente já faz parte desta bela história. E nos enche de alegria a esperança e a certeza de que muitos mais ainda virão. O Elo Comunitário mantém-se fiel ao seu objetivo inicial: informar e formar. Informa porque é um instrumento valiosíssimo diante do crescimento da

Equipe do Elo Comunitário

nossa Paróquia, que passou de quatro para sete comunidades. São serviços e pastorais que lançam o olhar e a ação cristã sobre os mais diversos aspectos da região em que vivemos. É o Elo que divulga e noticia tantos acontecimentos na vida destas comunidades. E forma nossos fiéis porque a equipe organizadora, que se renova e acumula as riquezas de toda a caminhada, está sempre em busca de conteúdos importantes para o povo cristão, sempre atenta à realidade local e global e sempre pronta a partilhar o conhecimento das nossas lideranças. O Elo está a serviço das comunidades e é construído, mês a mês, com a participação de cada um e cada uma que se dispõe e escrever seu nome em suas páginas. Para quem pensava que em tempos de globalização e de relações virtuais não sobraria espaço para iniciativas voluntárias como o nosso jornal, esta edição, graças ao esforço da equipe e dos patrocinadores, celebra os 15 anos do Elo Comunitário com muito mais vigor e com sonhos renovados. E a força com que chega a este aniversário permite-nos acreditar que o Informativo da nossa Paróquia manterá sua importância ao longo da história! Deus dê vida longa ao Elo, à sua equipe, seus patrocinadores, colaboradores e leitores!

Ademir

Aldomiro Berenice

Imgart Frei João Carlos

Joeci Juliano

Lilian Margarida

Renato

Celebrando a Vida Frei João Carlos Karling, OFM Estamos celebrando os 15 anos do nosso Elo, graças à ajuda de nossos Patrocinadores, Equipes de trabalho e Leitores! Maria, que em Caná da Galiléia dizia suas últimas palavras no Evangelho: “Fazei tudo o que Ele vos disser”, continue forta-

lecendo todos os nossos Patrocinadores em seus empreendimentos! Graças ao patrocínio do Elo conseguimos fazer um pouco do “Fazei tudo o que Ele vos disser”: divulgar o amor, a esperança, a solidariedade e a vida de nossa Paróquia Rede de Comunidades São José! Graças também aos nossos Patrocinadores, como Maria em Caná,

não nos resignamos diante das crises: descobrimos a passagem da água ao vinho. É a lei da esperança! Que as pipas de nossos patrocinadores e leitores sempre sejam preenchidas do bom vinho, o vinho da vida e da alegria! Na gratidão continuemos fazendo o que Ele nos diz! E não nos faltará o Vinho!


2

Elo Comunitário - Maio/2011

Fique ligado

Missas e Celebrações

32ª Festa em louvor à Padroeira Santa Rita de Cássia Tríduo 18/05 - 20h - Frei Flávio Guerra 19/05 - 20h - Pe. Edson Stein 20/05 - 20h - Frei Orestes Serra Carreata 21/05 - 18h - saída em frente à igreja Procissão e Missa Solene 22/05 - 10h - saída em frente à igreja

Almoço Festivo 22/05 - 12h Tarde Fetiva/Baile 22/05 - 14h30min - Animação Musical Força e Raça Obs.: Levar talheres Convites à venda por R$ 15,00 com as coordenações das comunidades e na secretaria da Rede

C onhecendo Francisco de Assis São Francisco e o cuidado da Criação - III Fr. Blásio Kummer, OFM Precisamos resignificar nosso modo de estar, de habitar o Planeta. Tomar consciência da nossa interdependência em relação à natureza. Aqui somos convidados a revisitar Francisco de Assis (1181-1226) que se revelou grande mestre no resgate do Plano Original da Criação. Ele, ao perceber essa ruptura da harmonia original do ser humano com toda a criação, iniciou profundo processo de conversão. Desnudou-se da mentalidade egocêntrica e abraçou nova forma de estar no mundo. Na sua experiência religiosa cultivou nova sensibilidade em relação à natureza acolhendo a Terra como Mãe. Nela transbordava de alegria e encantamento não por sentimento romântico apenas, mas porque esta revelava a Bondade e a Beleza de Deus (Trindade). Seu mais antigo biógrafo, Tomás de Celano dá o testemunho: Seria demasidamen-

-te longo e impossível enumerar e lembrar-se de tudo que o glorioso pai Francisco fez e ensinou enquanto viveu na carne (cf. Fl 1,22). Quem, pois, poderia algum dia exprimir o supremo afeto que ele sentia entre todas as coisas de Deus (Cf. Mt 22,21)? Quem seria capaz de narrar (Cf. Sir 18,2) a doçura que fruía ao contemplar nas criaturas a sabedoria, o poder e a bondade do Criador? Na verdade, a partir desta consideração, enchia-se muitas vezes de admirável e inefável alegria, quando olhava o sol, quando via a lua, quando contemplava as estrelas e o firmamento.

Santa Rita de Cássia 01/05 - 10h Missa/Batizado 07/05 - 19h Missa 08/05 - 10h Missa/Dízimo 14/05 - 19h Celebração/ Dízimo 15/05 - 10h Missa/Batizado 22/05 - 10h FESTA DE SANTA RITA 28/05 - 19h Celebração 29/05 - 10h Celebração Todas as quartas-feiras missa às 20h.

São Miguel

Programação do mês de maio 01 – Chá/Bingo do Coral Vozes do Vale 07 – Chá das Mães – Santa Clara 07 – Baile do ECC 12 – 20h – Conselho Pastoral da Rede – CPS 14 – Chá das Mães – Perpétuo Socorro 14 – Chá das Mães – Imaculada Conceição

Maio/2011

14 – 1º Encontro Vocacional com a Juventude da Rede – SAV 22 – 10h – FESTA DE SANTA RITA 27 – 20h30 – Pós-encontro do ECC 28 – 14h – Formação permanente dos Catequistas – CPS

Especial

07/05 - 19h Missa/Bênção 14/05 - 19h Missa/Dízimo 21/05 - 19h Celebração 28/05 - 19h Missa/Batizado

Santa Clara

Comunidade Santa Rita: metas e prioridades 2011

01/05 - 19h Missa/Bênção 08/05 - 19h Missa/Dízimo 15/05 - 19h Missa/Batizado 22/05 - 19h Celebração 29/05 - 19h Celebração

Coordenação Santa Rita

Perpétuo Socorro

Todos os anos, entre a segunda quinzena de novembro e primeira de dezembro, as Comunidades avaliam se as metas estabelecidas foram atingidas e projetam os objetivos para o ano seguinte. Para 2011 as prioridades estabelecidas pela Comunidade Santa Rita de Cássia são: Pastoral da Perseverança, Pastoral do Dízimo e Pastoral da Criança. PorqueestasPastorais? Pastoral da Perseverança: preocupação em manter a fé naqueles que fizeram a primeira Eucaristia, motivando-os ao engajamento nas atividades paroquiais de acordo com o perfil de cada um, tornando a

participação em Comunidade motivo de avivamento permanente da fé. Pastoral do Dízimo: motivar os colaboradores desta Pastoral, procurando transmitir a estes e aos fiéis dizimistas a função catequética e solidária deste serviço. Pastoral da Criança: motivar e convidar pessoas interessadas em formação para implantação desta Pastoral na Comunidade Santa Rita. Já estamos no mês de maio e muito trabalho ainda nos desafia na complementação/implementação das metas estabelecidas. Posto isto, contamos com a colaboração de nossos paroquianos para o pleno realização destes objetivos. A todos Paz e Bem!

ATENÇÃO! A data de fechamento da próxima edição do Elo Comunitário será dia 22 de maio. Mande suas fotos e informações até esta data para a edição de junho. E-mail: elocomunitario@bol.com.br ou na Secretaria da Rede.

01/05 - 8h30min Missa

06/05 - 20h Missa 08/05 - 8h30min Missa/ Dízimo 15/05 - 8h30min Missa/ Batizado 20/05 - 20h Missa/Bênção 22/05 - 8h30min Celebração 29/05 - 8h30min Celebração

São Francisco 01/05 - 10h Celebração 08/05 - 10h Celebração 15/05 - 10h Celebração 22/05 - 10h Missa/Batizado/Dízimo 29/05 - 10h Celebração

São João Batista 07/05 - 18h Celebração 14/05 - 18h Celebração 21/05 - 18h Missa/Batizado/Dízimo 28/05 - 18h Celebração Vocacional

Imaculada Conceição 01/05 - 9h Celebração 08/05 - 9h Celebração 15/05 - 9h Celebração 22/05 - 9h Missa/Batizado/Dízimo 29/05 - 9h Celebração

Juventude reunida Frei Cristian Jardim, OFM

No dia 12/03/2011 reuniram-se, no Centro de Pastoral e Solidariedade da Rede, os Jovens dos grupos JADE, S.K.A, JUNP, JUFAC e JAC. O encontro teve como tema: “Buscamos ser jovens santos”. Convidamos todos os jovens que desejam viver uma experiência com Deus, na realidade em que vivem. Queremos ser santos no nosso tempo, santos de

calça jeans, doando-se e consagrando nossa juventude a Deus e aos irmãos que mais precisam. E, no dia seguinte, reuniu-se a Pastoral da Juventude do Vicariato de Gravataí. Foi um domingo de reflexões sobre nossos grupos de jovens de nossas comunidades, também um dia de convivência e confraternização. Após os jovens participaram da posse de nosso Bispo Dom Jaime Spengler.


Elo Comunitário - Maio de 2011

A vida na Igreja

Prestação de contas Patrocinadores

Ainda a Campanha da Fraternidade Gastos do mês de Março/2011 Dom Jaime Spengler Rede de Comunidades São José Mais uma vez, durante a quaresma deste ano de 2011 – mas não só durante a quaresma! - a Igreja nos convida a meditar, refletir e rezar a partir da questão da ecologia; e mais especificamente sobre o tema “Fraternidade e Vida no Planeta”! De fato, há algum tempo não poucos homens e mulheres mundo afora tem chamado a atenção das pessoas a respeito da problemática do aquecimento global. Pode-se colher e perceber muitos dados que apontam para a o fato de que as condições climáticas do planeta estão mudando de forma muito rápida. E a causa de tais mudanças seria o aquecimento global. Como lema dessa Campanha da Fraternidade foi escolhida a expressão de São Paulo: “A criação geme em dores de parto”. E este gemido se faz sentir um pouco por toda parte! Chuvas torrenciais fora dos parâmetros ‘normais’; ventanias e tufões; secas extensas, etc. São fenômenos naturais, sim; no entanto, a frequência e intensidade dos mesmos, estaria apontando para uma realidade para a qual todos somos convidados a dar atenção: a ‘mãe-terra’ está sofrendo, e está sofrendo dores de parto! A dor da ‘mãe-terra’ repercute em todos e tudo que participam do mistério e da festa da vida. Quando o sofrimento da ‘mãe’ se torna perceptível, visível, compreensível todo bom filho e/ou filha se preocupa! A Igreja deseja com esta Campanha da Fraternidade despertar mentes e corações para o sofrimento da ‘mãe’ de todos e todas. Com esta realidade somos convidados a nos ocupar! Diante dos sinais de dor e cansaço do Planeta Terra é preciso atitudes e decisões. Afinal, certamente todos desejam um mundo melhor para nossos filhos e nossos netos! Um ambiente bem cuidado, ar puro, água doce suficiente para todos, beleza e harmonia no conjunto dos elementos que compõem a vida, alimentos suficientes e saudáveis para que todos possam viver dignamente. Para que isso se torne realidade urge uma mudança de mentalidade, de cultura, de relações. Até um passado não muito distante a preocupação era com o meio-ambiente; hoje a preocupação se dirige a todo o ambiente! O Planeta Terra não é certamente um baú sem fundo! Para tudo existe um limite! A cultura dominante que usa e abusa dos recursos naturais tende a chegar num ‘beco sem saída’. As relações das pessoas com o ambiente estão exigindo conversão. O ambiente não pode ser considerado como algo que se pode explorar infinitamente, ou como uma enorme lixeira na qual pode-se lançar seja o que for! Daí a necessidade de orientação, de educação, de formação. Somente pessoas orientadas e educadas serão capazes de entender as dores de parto da mãe-terra. É por isso que não basta perguntar que mundo queremos deixar para nossos filhos e netos; é necessário também nos perguntar: que filhos e netos queremos entregar para o mundo. Certamente a questão do aquecimento global é uma questão complexa. Mas se todos se dispuserem a dialogar sobre a questão, tomar consciência das dores sofridas pelo planeta, e juntos buscar respostas e soluções para as questões que se fazem pertinentes, então poder-se-á seguramente resgatar um pouco daquela bondade e beleza que Deus mesmo constatou no início da criação: E Deus viu que tudo era muito bom!

No dia em que todos prevenirem e tratarem a verminose, as doenças, hospitalizações e óbitos prematuros reduzirão em 20%. Dr. Moisés Eli Magrisso

Especificações ECAD Taxa contabilidade da Cúria Rateio assessoria jurídica/Cúria Encargos sociais Côngrua dos Freis Salário Secretária Combustível Prestação casa paroquial Telefone Luz Fotocópias Carvão Festa de São José Oficina mecânica Seguro Pálio (2/4) Suporte técnico Sistema Pastoral Água, luz e telefone - casa paroquial TOTAL

Saídas R$ 111,77 R$ 103,00 R$ 60,00 R$ 141,00 R$ 1.349,27 R$ 678,23 R$ 107,10 R$ 545,00 R$ 120,00 R$ 478,68 R$ 92,25 R$ 143,00 R$ 19,00 R$ 128,61 R$ 58,16 R$ 285,73 R$ 4.420,80

Contribuição das comunidades para as despesas Santa Rita de Cássia R$ 1.854,36 São Miguel R$ 741,74 Santa Clara R$ 412,08 N. Senhora do Perpétuo Socorro R$ 1.030,20 N. Sra. da Imaculada Conceição R$ 41,20 São Francisco de Assis R$ 20,60 São João Batista R$ 20,60 Sede R$ 300,00

Resultados da Festa de São José A receita da festa do padroeiro da Rede de Comunidades, realizada no dia 20/03/11, alcançou R$ 6.207,79, que somada à venda da rifa (R$ 5.104,00) totalizou R$ 11.311,79. As despesas, por sua vez, totalizaram R$ 4.599,78. Assim, o resultado fi-

nal da festa ficou em R$ 6.712,01 Parte deste valor (R$ 6.490,01) está destinado ao pagamento da casa paroquial e juros sobre o saldo devedor referente a empréstimo feito junto à Província dos Freis Franciscanos do RS, em 2007, para a construção da mesma.

SUPERMERCADO BONALUME LTDA Av. Alexandrino de Alencar, 949 Morada do Vale 1 - Gravataí - RS CEP: 94080-430 Fone/Fax: (51) 3490-6100

3


4

Elo Comunitário - Maio de 2011

Realidade

Espiritualidade

Maria-Mulher-Mãe

A maternidade ferida e multiplicada (Jo 19,25-27)

Isabel

Neste mês de maio celebramos o dia de todas as mulheres-mães! Voltamos nosso olhar para todas aquelas que hoje no Brasil, muitas vezes, batalham para manter a família unida e com dignidade. Seguem intensa jornada de trabalho todos os todos os dias em busca do salário, do sustento, e depois chegam em casa e continuam sua jornada de trabalho cuidando da casa e dos filhos. Como Maria, nossa Mãe, em seu tempo se preocupou com tudo e todos, as nossas mães também estão em todas as frentes. Mulheres valentes nas maiores lutas travadas no Brasil por mais educação, saúde e direitos para serem conquistados para uma vida mais digna para todos.

Hoje percebemos que o testemunho de Maria nos leva muito longe e nos motiva para conquistar mais vida, e vida em abundância para todos. Muitas mulheres estão presentes ajudando a família e a comunidade a lutar pelo acesso aos direitos sociais básicos como educação, saúde, trabalho e lazer. Aqui na Rede de Comunidades não é diferente quando vamos participando da caminhada de nos-

sas comunidades, onde moramos. Muitas mulheres, mães engajadas, compartilham seus conhecimentos e suas experiências! São mulheres que demonstram seu amor e gratidão a Deus. Que nossas mulheres possam cuidar, zelar pelas vidas que as cercam! Que Maria sempre seja um exemplo na vida de cada Mulher-Mãe e que todas sintam a proteção do manto materno de Maria-Mãe.

Frei João Carlos Karling, OFM

Acabamos de celebrar a Páscoa. Estamos no mês de Maio, dedicado à Maria. Ela, a Mulher que estava aos pés da Cruz de seu Filho. Ela que recebeu, ali, de Jesus, a João como seu Filho e foi dada a João, como Mãe. Eis o fundamento da nossa relação direta com a Mãe de Jesus! Ser Mãe é a eterna vocação de Maria! O testamento de Jesus é universal, não somente doméstico: uma mãe é dada a todos os discípulos e discípulas, de todos os tempos. Que presente! Tomar Maria, como mãe, é um princípio que o próprio Jesus estabeleceu. Não é, pois, invenção de alguns cristãos devotos. João, não é somente o discípulo. Ele é também o protótipo de toda a humanidade, de todas as pessoas no seu caminho de vida. Maria é a humanidade sofredora que se cumpre nas mortes e nas suas maternidades. O sentido profundo deste texto é: Jesus, como Filho, é arrancado da mãe. Mas eis que, como novo filho, Maria recebe João. João é, então, como Jesus. Cada discípulo, irmão de João, é filho como o filho único. Jesus é o filho que veio como irmão, para que todos nos descobríssemos como filhos e filhas e vivêssemos como irmãos e irmãs. Maria é a mulher forte e corajosa, que não quis regalias nos sofrimentos. Ela as-

Notícias

Cantinho da Saúde O inverno e a saúde Rafinha A estação fria está chegando! Conforme os antigos, ela pode trazer problemas para a saúde. Mas a gente pode se preparar para essa estação, evitando muitos desses problemas. Primeiro passo: lembrar que é nosso Sistema Respiratório que deve ser cuidado especialmente. Como se trata de grande mudança de temperatura, podemos superar seus efeitos, lembrando: A gripe chega se permito que aconteça o choque térmico, ou seja, se me lanço no ar frio após um banho quente ou depois de ficar perto de um fogão, por exemplo. Esse banho quente não deve acontecer de manhã cedo, se preciso sair logo. Menos ainda lavar a cabeça pela manhã. Segundo passo: Será mais difícil enfermidades, se estiver com a imunidade alta. Ou seja, se meu organismo estiver preparado. O corpo,

para se defender, deve estar forte e bem alimentado. Não se trata de aumentar a quantidade de alimento, mas de escolher comida forte e que dê caloria. O que pode engordar e nos deixar mal nesse sentido é a quantidade... Terceiro passo: essa imunidade não é só física. Também o emocional precisa estar equilibrado para evitar doenças. Sobre isso um exemplo: como o inverno convida a uma aproximação maior entre as pessoas, é essencial cultivar um convívio tranquilo entre as pessoas da família. Se a gente não se quer bem ,torna-se difícil uma saúde equilibrada... Um convívio de alegria, de aconchego, ajuda muito a imunizar o organismo e também a alma. Que o irmão frio nos encontre preparados para desfrutar da melhor maneira seus efeitos. Esse irmão também tem suas qualidades importantes para a nossa vida.

sume, na Cruz, a vida que sangra. Ela nos ajuda a conduzir nossa vida nos tempos de cruzes; a estar de pé diante de tantas cruzes nos dias de hoje. Maria nos ajuda a entender que as feridas da vida não querem explicações, que muitas vezes não existem, mas estar junto, partilhar, ter olhos abertos para os que sofrem, como mães... A dor não pede explicações, mas companhia e participação. Maria, permanece conosco, juntos às nossas cruzes!

Procissão do Encontro

Novos ministros na Rede

Frei Cristian Jardim, OFM

No último dia 10 de abril, na Paróquia Nossa Senhora dos Anjos, no Centro de Gravataí, em celebração eucarística, receberam o mandato os seguintes novos ministros: Mara e Jocélia, da Comunidade Santa Rita; Vicente, da Comuidade São Miguel; Lúcia, da Comunidade Perpétuo Socorro e Paulo César (PC), da Comunidade São Francisco. Parabéns e votos de perseverança!

Os Jovens da Rede de Comunidades estão de parabéns pela bela encenação feita no dia 20/04. Agradecemos às

famílias dos jovens que nos ajudam com suas orações. Que a Paz e o Bem de Jesus Cristo invada vossos lares! Obrigado JUNP, JADE, JUFAC, S.K.A e JAC!

Doação para Banco de Alimentos A Escola Municipal João Paulo II, na campanha de Páscoa, arrecadou 90 kg de alimentos, os quais foram doados para o Banco

de Alimentos da Rede de Comunidades. As famílias carentes agradecem e a Rede de Comunidades parabeniza pela iniciativa!

EXPEDIENTE - ELO COMUNITÁRIO

Retiro e formação Aldomiro e Jô

No dia 27 de março de 2011, no Seminario São José (Gravataí), aconteceu um encontro

de formação com a participação dos ministros e das lideranças de toda a Rede de Comunidades São José, sob a coordenação do Frei João Carlos.

Órgão Formativo e Informativo da Rede de Comunidades São José Local: Secretaria - Rua Antônio Ficagna, 451 - Morada do Vale I - Gravataí/RS - Fone: 3497-7741 - E-mail: elocomunitario@bol.com.br Serviço de Comunicação da Rede - Equipe Responsável: Ademir Schneider, Aldomiro Schirmann Filho, Berenice Zucchetto, Frei João Carlos Karling, Imgart Schmidt, Joeci Schirmann, Juliano Paz, Maria Margarida Maciel, Renato Noguez. Jornalista Responsável: Lilian Martins - Reg. Prof. 12566 Impressão: Editora Treze de Maio Ltda. Fone: 3490-3148 Tiragem: 2.000 exemplares.

Edição nº 164 - Maio/2011  

Órgão formativo e informativo da Paróquia Rede de Comunidades São José - Gravataí/RS