Issuu on Google+

Natal: Festa da Solidariedade e da Esperança! Ao findarmos mais um ano. Sempre é bom recordarmos o que vivemos e como vivemos durante o ano que se despede. O tempo litúrgico do Advento é um período propício para esta reflexão. Que bom, quando em nossa Rede de Comunidades podemos constatar tantas coisas bonitas e tantos gestos de solidariedade, de esperança e de fé acontecidos entre nós e por meio de nossas ações na comunidade. Por tudo isso, vale a pena reafirmar que durante todo o ano de 2010 fomos preparando um lugar especial para que o MENINO-JESUS pudesse neste Natal fazer morada no meio de nós. São Francisco de Assis celebrava o Natal com grande alegria e devoção, inclusive não cansava de dizer que o Natal era a Festa das Festas, pois “Deus feito um menino pobrezinho, dependeu de peitos humanos”. Para Francisco a Festa de Natal deveria ser partilhada e celebrada por todos os seres criados por Deus. Queria que, neste dia, os pobres e os que passam fome fossem saciados pelos ricos, e que se concedesse uma ração maior e mais feno para os bois e burros. Dizia o Santo de Assis “Se eu pudesse falar com o imperador, pediria que promulgasse esta lei geral: que todos que puderem joguem pelas ruas trigos e outros grãos, para que nesse dia tão solene tenham abundância até os passarinhos, e principalmente as irmãs cotovias”. Podemos afirmar que nossa Rede de Comunidades vem ao longo dos anos tentando fazer valer este sonho de São Francisco, e só recordarmos: o banco de alimentos, o trabalho das pastorais da Criança e Saúde, o Projeto Pintando Cidadania, a nossa Festa de Natal para as crianças e tantas outras iniciativas de solidariedade. Também após nove anos convivendo e partilhando sonhos e esperanças com cada uma e cada um de vocês na Rede de Comunidade São José, quero dizer que ao partir para outra frente missionária. Levo a todos em meu coração. De modo muito especial gostaria de agradecer do fundo do meu coração, a cada liderança de nossa Rede, que nos últimos anos junto com nós freis, ajudaram a levar em frente a Obra de Deus. Obrigado a vocês pela solidariedade nos momentos difíceis, pelas orações, a persistência na hora do desânimo e a comunhão na caminha-

da. E peço que o Menino-Jesus que veio fazer morada no meio de nós abençoe a todas e a todos. E que o Ano de 2011 seja um ano santo, repleto de bençãos de Deus para todas as famílias de nossa Rede de Comunidades São José, assim como para os Freis João Carlos, Olávio Dotto e Cristian que estarão assumindo a grata

missão de coordenar a nossa querida Rede de Comunidades São José a partir de 2011. Feliz Natal! Frei Orestes Alexandre Serra, OFM


2

Elo Comunitário - Janeiro e Fevereiro / 2011

Fique ligado

Missas e Celebrações

Secretaria com horário reduzido

Janeiro e Fevereiro/2011 Santa Rita de Cássia

De 27/12/2010 a 27/01/2011 2ª, 4ª, 5ª e 6ª feira das 9h às 11h30min e das 14h às 17h30min Sábados das 14h às 17h30min Obs.: Não haverá atendimento nas terças-feiras.

Posse do novo pároco Frei João Carlos Karling Data: 29/01/2011 Hora: 19h Local: Comunidade São Miguel - Morada do Vale II

Programação dos meses de Janeiro e Fevereiro 13/01 - 20h - Conselho Pastoral da Rede - CPS 10/02 - 20h - Conselho Pastoral da Rede - CPS 26/02 - Formação de Liturgia

Conhecendo Francisco de Assis... São Francisco e o Natal Para São Francisco, o Natal é a festa das festas, porque o Filho de Deus se revestiu da verdadeira carne da nossa frágil humanidade, para a nossa salvação; e por isso quer que seja celebrado com alegria e generosidade para com os pobres e mesmo para com todos os animais. Numa singular intuição une e funde o mistério da encarnação, na pobreza e humildade, com a eucaristia. Por isso quer “ver”, com os próprios olhos do corpo, o Natal da celebração eucarística, e criar um ambiente sugestivo para um encontro real com Jesus eucarístico, acolhido na humildade de uma gruta. Assim é o presépio de Greccio, no Natal de 1223. Aquilo que Francisco quer ver e fazer entender é a pobreza-humilhação do Filho de Deus na sua vinda ao mundo, tal qual acontece diariamente na eucaristia. O binômio Belém-eucaristia é de tradição bem mais antiga, que vê o altar como presépio. Francisco tem a originalidade de atualizá-lo em formas plásticas e simples, ao vivo. Seu desejo era o de fazer nascer Jesus menino e as suas virtudes nos corações de todos e o de fazer “ver” o momento da salvação no Natal-eucaristia. O mérito de São Francisco não foi o de ter inventado uma cena que todos poderiam reproduzir, mas o de ter mostrado com que sentimentos de coração devemos nos acercar do Menino Jesus. Cesarius Van Hulst

Atenção! O Cantinho Solidário reabre no dia 07/02/2011. O horário de atendimento continua o mesmo. De segunda a sexta-feira, das 14h30 às 18h.

Dica do Mês

01/01 – 19h Celebração 02/01 – 10h Celebração 08/01 – 19h Celebração/ Dízimo 09/01 – 10h Missa/Dízimo 15/01 – 19h Missa 16/01 – 10h Missa/Batizado 22/01 – 19h Celebração 23/01 – 10h Celebração 30/01 – 10h Celebração 05/02 – 19h Missa 06/02 – 10h Missa 12/02 – 19h Celebração/ Dízimo 13/02 – 10h Missa/Dízimo 19/02 – 19h Missa 20/02 – 10h Missa/Batizado 26/02 – 19h Celebração 27/02 – 10h Celebração Todas as quartas-feiras missas às 20h.

São Miguel

Receita de um ano novo feliz Todo final de ano é assim. Vasculhamos nossas gavetas em busca de algo perdido que não conseguimos realizar e, quem sabe, ainda dá tempo, já que restam alguns dias para o ano novo surgir. Uma última tentativa para emagrecer aqueles três quilos que insistem em ficar ou quem sabe parar de fumar. Bem, a lista é grande, e a cada ano ela se renova. Mas e a receita de um ano novo feliz? A receita é simples, todos nós conhecemos: é levarmos a vida com leveza! Leveza para encarar os problemas (sabendo que eles existirão independentemente da nossa insanidade mental momentânea), leveza para amar ou leveza para mudar de rota (quando o caminho escolhido não nos levar a nada). Para sermos felizes não precisamos de muito. Precisamos apenas de um sorriso quando a vida estiver pesada ou um abraço quando o cansaço bater depois de um dia exaustivo. Para se ter um ano novo feliz é preciso não ter medo. Não ter medo de amar, não ter medo de arriscar, de mudar, de tentar. Como disse muito bem nosso querido Carlos Drumond de Andrade: “ Para você ganhar um belíssimo Ano Novo... Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta. Não precisa chorar de arrependimento pelas besteiras consumadas... Para ganhar um ano novo que mereça este nome,você, meu caro, tem que merecê-lo, tem de fazê-lo novo.” Então, renove-se! Vale a pena recomeçar, refazer, reformar...nem que sejam nossas ideias, nossos amores. É assim que a vida merece ser vivida!! Insista em ser feliz!! Cris Miranda

01/01 – 19h Celebração 08/01 – 19h Missa/Dízimo 15/01 – 19h Celebração 22/01 – 19h Missa/Batizado 29/01 – 19h Missa/Posse Fr. João Carlos 05/02 – 19h Missa/Bênção 12/02 – 19h Missa/Dízimo 19/02 – 19h Celebração 26/02 – 19h Missa/Batizado

Santa Clara 02/01 – 20h Celebração 09/01 – 20h Missa/Dízimo 16/01 – 20h Missa/Batizado 23/01 – 20h Celebração 30/01 – 20h Celebração 06/02 – 20h Missa/Bênção 13/02 – 20h Missa/Dízimo

20/02 – 20h Missa/Batizado 27/02 – 20h Celebração

Perpétuo Socorro 02/01 – 8h30min Celebração 09/01 – 8h30min Missa/ Dízimo 16/01 – 8h30min Missa/ Batizado 23/01 – 8h30min Celebração 30/01 – 8h30min Celebração 06/02 – 8h30min Missa 13/02 – 8h30min Missa/ Dízimo 20/02 – 8h30min Missa/ Batizado 27/02 – 8h30min Celebração

São Francisco 02/01 – 10h Celebração 09/01 – 10h Celebração 16/01 – 10h Celebração 23/01 – 10h Missa/Batizado/Dízimo 30/01 – 10h Celebração 06/02 – 10h Celebração 13/02 – 10h Celebração 20/02 – 10h Celebração 27/02 – 10h Missa/Batizado/Dízimo

São João Batista 15/01 – 20h Missa/Batizado/Dízimo 19/02 – 20h Missa/Batizado/Dízimo

Imaculada Conceição 06/02 – 9h Celebração 13/02 – 9h Celebração 20/02 – 9h Celebração 27/02 – 9h Missa/Batizado/Dízimo

ATENÇÃO! A data de fechamento da próxima edição do Elo Comunitário será dia 20 de fevereiro. Mande suas fotos e informações até esta data para a edição de março. E-mail: elocomunitario@bol.com.br ou na Secretaria da Rede.

Casamento Coletivo No dia 04 de dezembro ocorreu o 2º casamento coletivo da Rede de Comunidades e contou com a participação de 04 casais: Edgar (Índio) e Vera, Emilson e Sílvia, Rafael e Franciele, Nilo e Heloisa. A cerimônia estava lindíssima, abrilhantada pelo Coral Vozes do Vale, coordenada pela pastoral dos noivos e presidida pelo Frei Luis Méndez, que disse estar surpreso com a organização, beleza das noivas e a elegância dos noivos. Agradecemos a todos que de alguma maneira colaboraram e aos que prestigiaram o evento. Eli e Arli


3

Elo Comunitário - Janeiro e Fevereiro / 2011

A Vida na Igreja

Patrocinadores

Assembleia da Rede Na tarde do dia 04 de dezembro, aconteceu no Centro de Pastoral e Solidariedade a Assembleia anual da Rede de Comunidades São José. Marcaram presença as lideranças das comunidades e agentes das diversas pastorais, além de Frei Orestes Serra (atual coordenador – pároco) e Frei João Carlos Karling (próximo coordenador – pároco da Rede). Além das prioridades da Rede para 2011, foram tam-

bém apresentadas as prioridades das comunidades e das pastorais. Foi aprovado durante a assembleia também o calendário de atividades da Rede para o próximo ano e aproveitou-se o momento para fazer a prestação de contas do exercício 2010. O Elo Comunitário traz abaixo a síntese das prioridades da Rede, das comunidades e das pastorais. Confira:

SUPERMERCADO BONALUME LTDA Frei Orestes e Frei João Carlos na Assembleia Geral da Rede

Lideranças reunidas na Assembleia Geral da Rede

Av. Alexandrino de Alencar, 949 Morada do Vale 1 - Gravataí - RS CEP: 94080-430 Fone/Fax: (51) 3490-6100

Novo pároco com a nova coordenação geral da Rede

Prioridades da Rede de Comunidades para 2011 *Pastoral da Liturgia; *Pastoral da Juventude *Dízimo.

Prioridades das comunidades para 2011 Santa Clara *Liturgia; *Dízimo; *Infraestrutura. Imaculada Conceição *Finalização do projeto; *Estudo bíblico; *Formação. Nossa Senhora do Perpétuo Socorro *Formação; *Infraestrutura. Santa Rita *Dízimo; *Perseverança; *Pastoral da Criança. São João Batista * Visitas às famílias; * Forro;

* Ventiladores. São Francisco * Jovens; * Infraestrutura; *Divulgação da Comunidade. São Miguel *Integração das Pastorais; *Infraestrutura do salão; *Reunião mensal da Equipe de Liturgia.

Prioridades das Pastorais para 2011 Pastoral da Criança *Formação de novas Líderes; *Participar das formações oferecidas pelo Setor e pela Rede; *Retomar a Pastoral da Criança na Santa Rita. Serviço de Animação Vocacional *Celebração nas Comunidades; *Encontro com jovens da Rede; *Estudo dos Documentos; *Ampliar a Equipe.

Pastoral da Terceira Idade *Buscar assessorias, palestras e promover debates; *Retiro; *Criar atividades de confraternização. Pastoral da Saúde *Formação para novos agentes; *Continuidade da formação na Unisinos; *Palestra sobre fitoterápicos. Ministros da Eucaristia *Organizar fichários dos doentes visitados; *Fazer um roteiro de celebração; *Formação no segundo semestre. Pastoral da Liturgia *Fortalecer as Equipes; *Retomar ensaio de cantos; *Formação. Pastoral do Batismo *Integração das Comunidades na preparação; *Encontro de formação e partilha na metade do ano.

Pastoral do Dízimo *Continuar a mensagem de aniversário no Elo Comunitário; *Plantão nas missas; *Confeccionar folder; *Continuar a formação nas pastorais. Pastoral da Catequese *Formações; *Entrosamento entre as comunidades; *Troca de ideias para os encontros. Pastoral da Juventude *Integração dos grupos; *Formação nos grupos; *Liturgia. Elo Comunitário *Dar destaque às pastorais (capa); *Inovar/ampliar as formas de patrocínio; *Distribuir o Elo também por meios eletrônicos; *Celebração dos 15 anos do Elo.

Espírito Jovem No dia 29 de setembro de 1999 teve início, na comunidade Santa Rita de Cássia, a pastoral da 3ª idade, Espírito Jovem, com o objetivo de integrar os idosos à comunidade, valorizando-os pelo o que eles são, foram e serão, valorizar a espiritualidade, proporcionando formas de convivência fraterna, construir uma auto-estima a partir de uma autoimagem positiva. Objetivos estes que estão sendo alcançados nos encontros semanais, com palestras, brincadeiras, jogos, confra-ter-

nizações, celebrações, terço da fartura, troca de ideias e visitas a doentes. Este ano as atividades foram encerradas com um passeio, dia 10 de novembro, à ECO-LAND, na cidade de Igrejinha, e no dia 24 de novembro com amigo secreto, o tradicional galeto, a troca da faixa da rainha, princesas e a coroa do rei, baile e confraternização com os aniversariantes dos meses de novembro e dezembro. Feliz Natal e próspero Ano Novo! Grupo Espírito Jovem


Elo Comunitário - Janeiro e Fevereiro/2011

4

Espiritualidade

Realidade Ordenação do Frei Luis Méndez Com o lema de ordenação “Vão e façam com que todos os povos se tornem meus discípulos” (Mt 28,19), no dia 11 de dezembro na Rede de Comunidade São José, na Comunidade Santa Rita, na Morada do Vale I, em Gravataí, Frei Luis foi ordenado Padre. Os preparativos para este dia já começaram na sexta-feira, com a organização dos espaços para a ordenação. Muitas pessoas se envolveram neste serviço, o que é louvável e demonstra o espírito de pertença à comunidade que o povo da Rede possui. Sábado de manhã começaram a chegar os familiares do Frei Luis, vindos do Uruguai; seu irmão Marcelo com a esposa e as duas filhas; as irmãs, Jaqueline, Maribel e Daniela; seu primo Rafael com a esposa. Além de outras pessoas de outros lugares do Rio Grande do Sul, que Frei Luis foi cativando ao logo dos anos nos diferentes lugares onde morou ou passou. Também se fizeram presentes colegas de faculdade de teologia (ESTEF).

A celebração foi solene, bem animada e dinâmica, com a presença de vários padres e Freis, o comentário foi feito em português e espanhol. A animação ficou sob a responsabilidade das lideranças da Rede de Comunidade, que contribuíram para que o momento ficasse mais agradável e com clima de oração. O Bispo ordenante foi Dom Alessandro Ruffinoni, que presidiu a celebração e dirigiu de maneira elaborada e pausada algumas palavra para o ordenado e para o povo presente. Como base para sua fala usou o ultimo escrito de Papa Bento XVI sobre o sacerdócio. O momento forte da celebração, sem dúvida, foi quando o Frei Luis se deitou no chão, e a comunidade reunida acompanhou participando da ladainha que invocava todos os Santos e Santas para auxiliar o frei na sua missão. O gesto de deitarse tem a significação do renascimento para uma nova vida. Após este momento, seguiu a imposição das mãos pelo Bispo e Padres

Natal do Senhor: Deus visita a humanidade - Deus se abrevia!

ali presentes, relembrando a imposição das mãos feitas pelos Apóstolos. A unção das mãos com óleo consagrou as mãos do neosacerdote para a missão de ser no mundo “Profeta Sacerdote e Rei”. Após o memento sagrado da ordenação, teve o sagrado momento da partilha de alguns quitutes no salão ao lado da igreja. No domingo de manhã, aconteceu a primeira missa de Frei Luis como padre, com um número menor de pessoas, mas nem por isso menos fervorosos. O Frei dinamizou a celebração de maneira tranquila e segura. Frei João Inácio (Provincial) o auxiliou nos momentos específicos da celebração. A homilia da primeira missa, foi realizada por Frei João Carlos (futuro pároco da Rede de Comunidades) Após a celebração os presentes foram convidados se almoçarem no salão da comunidade Santa Clara, onde houve um saboroso bife e a tarde um divertido baile com música ao vivo. Frei Patrício Ceretta

Aproxima-se a festa da maior visita que a humanidade recebeu: a visita do Filho de Deus. Segundo S. Francisco de Assis, é a “festa das festas“ porque Deus se irmanou com a humanidade através de nossa Senhora, que “tornou nosso irmão o Senhor da Majestade”. Isto aconteceu porque Deus é amor e ama profundamente a humanidade. A humanidade é a paixão de Deus. Ao fazer-se gente, pessoa humana, nascendo como criança, escolhendo ter um pai e uma mãe, Deus revelou que é apaixonado pela humanidade: ‘Pois Deus amou de tal forma o mundo, que entregou o seu Filho único, para que todo o que nele acredita não morra, mas tenha a vida eterna’ Jo 3,16. Nós somos queridos por Deus! Esta visita de Deus revelou a grandeza e a dignidade de cada pessoa humana, criada à imagem e semelhança do Criador. Se Deus se fez humanidade é porque a gente, a humanidade tem um valor muito grande. Na humanidade de Jesus revela-se o mistério de nossa humanidade. Ele veio anunciar quem somos nós e revelar nossa identidade de filhos e filhas de Deus. Segundo Santa Clara Ele é o espelho onde podemos nos enxergar.

Rede de Comunidades São José

existir. Nessa casa tem lugar para todos e tarefa para todos que querem se tornar irmãos e irmãs de Jesus. “Onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, eu estarei no meio deles”, disse Jesus. Não estamos sós. Quando nos reunimos em seu nome, Ele nasce no nosso meio; nasce sempre de novo na Eucaristia; nasce quando a sua Palavra se faz carne em nossa vida; nasce nas relações de solidariedade, fraternidade, compaixão, misericórdia, perdão. O Natal do Senhor pode acontecer todo dia e nossa vida pode se tornar uma festa! Então, a alegria de Deus é nossa alegria. E isso, quando a paixão de Deus é nossa paixão. “O Verbo abreviou-se. O próprio Filho é a Palavra, é o Logos: a Palavra eterna fezSe pequena; tão pequena que cabe numa manjedoura. FezSe criança, para que a Palavra possa ser compreendida por nós. Desde então a Palavra já não é apenas audível, não possui somente uma voz; agora a Palavra tem um rosto, que por isso mesmo podemos ver: Jesus de Nazaré” (Verbum Domini 12). Feliz Natal. Frei João Inácio Müller e Frei Inácio Dellazari

Notícias

Prestação de contas Gastos do mês de Novembro/2010

A visita de Deus em Jesus de Nazaré aproximou o céu e a terra. Deus fez morada entre nós. Por isso Jesus disse: O Reino de Deus está entre vós. Não porque nós fomos até Deus, mas porque Ele veio até onde nós moramos. É Deus-conosco, Emanuel. Ele saiu de casa para chegar até nós e transformar a alegria de Deus em nossa alegria e nossa vida se transformar numa festa. Por isso o Natal é festa de alegria, de luzes, de ceia, de confraternização. Nossa casa transformou-se em casa de Deus porque Deus veio habitar entre nós. Nossa casa é agora o lar de Jesus e de seus irmãos e irmãs. Nosso chão é sagrado porque é casa de Deus. É preciso “tirar as sandálias“ porque pisamos na casa de Deus, numa atitude de profunda reverência e humildade. Deus veio e abriu caminho com sua visita. Agora é nossa vez de responder, de visitar, de anunciar a alegria de Deus, de incluir, criar comunidades, visitar quem quer o batismo, catequizar quem quer ser discípulo(a) de Jesus, cuidar da humanidade através da pastoral da saúde, organizar nossa vida em economia de vida, e assim por diante. Isso significa que o lar de Jesus é missão ali onde recebemos a graça do

Agradecimento Durante pouco mais de dois meses, a coordenação da comunidade Imaculada Conceição se reuniu periodicamente para planejar e promover os festejos em louvor à padroeira: procissão e festa. Por isso com muito carinho agradecemos às pessoas que colaboraram com nossa comunidade. Aos patrocinadores e a toda Rede que compareceu e ajudou na procissão e festa o nosso muito

obrigado! Aos familiares do Frei Luis, amigos e confrades de Rio Grande, Lomba do Pinheiro e outros lugares, a nossa satisfação e alegria em têlos conosco. E de forma especial à comunidade Santa Clara que nos emprestou o espaço. Que Maria derrame sobre todos nós as graças de nosso Senhor Jesus Cristo! Márcia Porto

Elo Comunitário de cara nova! O Elo Comunitário entra de cara nova no ano novo! Além de trazer o logotipo da Rede estampado na capa, traz também um selo comemorativo dos seus 15 anos. Nossa

gratidão a Jerri Costa e Taise Teixeira, cartunistas e autores da revista em quadrinhos Família Falcote, idealizadores deste selo que nos acompanhará nas edições deste ano.

Elo Comunitário no seu e-mail Receba o Elo Comunitário também por e-mail! Estamos ampliando e diversificando a distribuição do nosso informativo. Para recebê-lo por meio

eletrônico basta enviar uma mensagem para elocomunitario@bol.com.br requisitando o envio.

EXPEDIENTE - ELO COMUNITÁRIO Órgão Formativo e Informativo da Rede de Comunidades São José Local: Secretaria - Rua Antônio Ficagna, 451 - Morada do Vale I - Gravataí/RS - Fone: 3497-7741 - E-mail: elocomunitario@bol.com.br Serviço de Comunicação da Rede - Equipe Responsável: Ademir Schneider, Aldomiro Schirmann Filho, Berenice Zucchetto, Frei Luis Méndez, Imgart Schmidt, Joeci Schirmann, Juliano Paz, Renato Noguez. Jornalista Responsável: Lilian Martins - Reg. Prof. 12566 Impressão: Editora Treze de Maio Ltda. Fone: 3490-3148 Tiragem: 2.000 exemplares.


Edição nº 161 - Janeiro e Fevereiro/2011