Page 1

ALUNA: Elizabeth Betinardi Strapasson

2ADAN

FICHA DE LEITURA AUTOR: Raquel Recuero LIVRO: Redes Sociais na Internet EDITORA: Sulina EDIÇÃO: 1º P.: 191 ANO: 2010 ESTADO: RS PÁGINA 26 “Mas, já em seus resultados, há a sugestão de que os websites pessoais eram apropriação individuais do ciberespaço, como forma permanente de construção de si, dentro do foco da pós modernidade.” 27 “É preciso, assim, colocar rostos, informações que gerem individualidade e empatia, na informação geralmente anônima do ciberespaço.” 30 “(...) as conexões em uma rede social são constituídas dos laços sociais, que, por sua vez, são formados através da interação social entre os atores. De um certo modo, são as conexões o principal foco do estudo das redes sociais, pois é sua variação que altera as estruturas desses grupos.” 32 “Uma comunicação síncrona é aquela que simula uma interação em tempo real. Deste modo, os agentes envolvidos têm uma expectativa de resposta imediata ou quase imediata, estão ambos presentes (online, através da medição do computador) no mesmo modo temporal.” 32 “Já o e-mail, ou o fórum, por exemplo, têm características mais assíncronas, pois a expectativa de resposta não é imediata. Espera-se que o agente leve algum tempo para responder ao que foi escrito, não que ele o faça (embora possa fazer, é claro), de modo imediato.” 36 “(...) a interação mediada pelo computador é geradora de relações sociais que, por sua vez, vão gerar laços sociais.” 42 “Os lações sociais podem ainda ser denominados multiplexos quando são constituídos de diversos tipos de relações sociais como, por exemplo, um grupo de colegas que interage não apenas no ambiente de trabalho, mas também em eventos de lazer.” 43 e 44 “(...) a internet contribui para o aumento do suporte social entre os residentes na localidade e pessoas que moravam longe, bem como facilitou também a manutenção dessas relações. Além disso, a Internet facilitou o contato off-line, aumentando o conhecimento entre vizinhos e aumentando a frequência de contato com outros vizinhos.” 50 “(...)consideraremos o capital social como um conjunto de recursos de um determinado grupo (recursos variados e dependentes de sua função, como afirma Coleman) que pode ser usufruído por todos os membros do grupo, ainda que apropriados individualmente, e que está baseados na reciprocidade (de acordo com Putnam).” 57 “A rede centralizada é, portanto, aquela onde um nó centralizada a maior parte das conexões. (...) essa rede tem formato de “estrela”. Já a rede descentralizada é aquela que possui vários centros, ou seja, a rede não é mantida conectada por um único nó, mas por um grupo pequeno de nós, conecta vários outros grupos. Finalmente, a rede distribuída é aquela onde todos os nós possuem mais ou menos a mesma quantidade de conexões, (...) aplica essa perspectiva para as redes sociais, discutindo como essas diferentes estruturas são capazes de alterar os fluxos de comunicação nas redes.” 71 “O grau de conexão é simplesmente a quantidade de conexões que um determinado nó


2

79 89

102 111

116

123

146

166

167 168

171

172

173

174

possui. Dois nós que são conectados entre si são ditos adjacentes e os nós aos quais um determinado nó é adjacente são denominados vizinhança.” “Redes são dinâmicas e estão sempre em transformação. Essas transformações, em uma rede social, são largamente influenciadas pelas interações.” “As pessoas adaptaram-se aos novos tempos, utilizando a rede para formar novos padrões de interação e criando novas formas de sociabilidade e novas organizações sociais.” “Os sites de redes sociais seriam uma categoria do grupo de softwares sociais, que seriam softwares com aplicação direta para a comunicação mediada por computador.” “A popularidade é um valor relacionado à audiência, que é também facilitada nas redes sociais na Internet. Como a audiência é mais facilmente medida na rede, é possível visualizar as conexões e as referencias a um individuo, a popularidade é mais facilmente percebida.” “O surgimento da Internet prpoporcionou que as pessoas pudessem difundir as informações de forma mais rápida e mais interativa. Tal mudança criou novos canais e, ao mesmo tempo, uma pluralidade de novas informações circulando nos grupos sociais.” “Um ‘meme de ideia’ pode ser definido como uma entidade capaz de ser transmitida de um cérebro para o outro. O meme da Teoria de Darwin, portanto, é o fundamento essencial da ideia de que é compartilhado por todos os cérebros que a compreendem.” “Pode-se dizer, assim, que conceito de comunidade virtual é uma tentativa de explicar os agrupamentos sociais surgidos no ciberespaço. Trata-se de uma forma de tentar entender a mudança da sociabilidade, caracterizada pela existência de um grupo social que interage, através da comunicação mediada pelo computador.” “No início, o Orkut era um sistema que apenas permitia o cadastro através de um convite feito por outro ator que já estivesse cadastrado. Essa característica do convite acabou valorizando a entrada de atores, inclusive com a venda de convites via E-bay (pasick, 2004).” “Atualmente, o cadastro de novos atores é feito de maneira livre, não mais sendo necessário o convite por outro usuário que já esteja no sistema.” “O Fotolog é um sistema de fotologs. Os fotologs são sistemas de publicação que possibilitam ao usuário publicar fotografias acompanhadas de pequenos textos e receber comentários.” “O Flickr é um site que permitia, originalmente, apenas a publicação de fotografias, textos acompanhando-as e comentários, mas que recentemente, acrescentou também a possibilidade de publicação de vídeos.” “O foco inicial do Facebook era criar uma rede de contatos em um momento crucial da vida de um jovem universitário: o momento em que este sai da escola e vai para a universidade, o que, nos Estados Unidos, quase sempre representa uma mudança de cidade e um espectro novo de relações sociais.” “O MySpace foi um sistema lançado em 2003, que permitia a mostra de redes sociais e a interação com outros usuários através da construção de perfis, blogs, grupos e fotos, musicas, e vídeos.” “O Twitter é estruturado com seguidores e pessoas a seguir, onde cada twitter pode escolher quem deseja seguir e ser seguido por outros.”

Ficha de Leitura  

Ficha de Leitura do livro Redes Sociais na Internet

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you