Page 1

EDIÇÃO

223 ANO 18 AGOSTO 2017 R$ 14,00

JORGE

VIEIRA

CAPITANEANDO O RESTAURANTE ARWEG, O ADMINISTRADOR ELEVOU O PADRÃO GASTRONÔMICO, ELIMINOU AS CRÍTICAS E FEZ O LOCAL SER RECONHECIDO COMO UM DOS MELHORES DA REGIÃO, ATRAINDO PELA CULINÁRIA CONTEMPORÂNEA E PELO CUIDADO NO ATENDIMENTO E NA MANEIRA DE SERVIR.

nossa.com.br

1


2

nossa.com.br


nossa.com.br

3


EDITORIAL

Na capa da edição de agosto da Revista Nossa está um exemplo de empreendedor. No comando do Restaurante Arweg há 14 anos, Jorge Vieira chegou para mudar o conceito gastronômico e transformar o espaço, que patinava em meio às críticas e problemas de gerenciamento, em um dos restaurantes mais conceituados da região. A entrevista conta a história do administrador, mostra a importância da família em todo esse processo e adianta as novidades, que não param de chegar. Agende também sua participação na próxima Noite da Ilha. Todos os detalhes você confere em matéria exclusiva. A revista destaca ainda o Dia dos Pais. Entrevistamos heróis do dia a dia e contamos para você como eles lidam com a responsabilidade de educar os filhos. São homens com idades e profissões variadas que dividem suas experiências com bebês, crianças e até adolescentes já encaminhados para a vida adulta e comprovam que ser pai é mesmo para a vida inteira. O aniversário de Guaramirim também foi lembrado e adiantamos as surpresas que a prefeitura preparou para marcar a data. E como sabemos que nossos leitores a-do-ram curtir o que há de melhor na região, adiantamos as atrações de mais uma edição da Feira do Livro de Jaraguá do Sul e damos todos os detalhes da 1ª Feijoada dos Bombeiros Voluntários da cidade. Agosto promete, viu! Não deixe de ler ainda matérias com temas de saúde e qualidade de vida, e de prestigiar nossos colunistas, que prepararam material especialmente para tornar a sua leitura ainda mais agradável. Aproveitem!

4

nossa.com.br

NOSSA

REVISTA

Empreendedorismo nato

Santa Catarina

DIRETOR GERAL: Moacir Gonçalves moa@moagoncalves.com.br FOTOGRAFIA: revistanossasc@gmail.com ASSINATURAS: assinatura@revistanossa.com.br Tel: 47 3370-2900 CORRESPONDÊNCIA: Rua Profª Marina Frutuoso, 810 - 89251-500 Jaraguá do Sul - SC - Tel: 47 3370-2900 EDIÇÕES ANTERIORES: Mediante disponibilidade de estoque CIRCULAÇÃO: Vale do Itapocu, Vale do Itajaí, Litoral e Norte catarinense REVISTA NOSSA: É uma publicação mensal da editora Ana Carolina Ltda. M.E. Não nos responsabilizamos por opiniões expressas nos artigos assinados. Proibida a reprodução sem autorização.

revistanossa.com.br facebook.com/nossasc revistanossasc


nossa.com.br

5


ÍNDICE

ESTE MÊS NA NOSSA

20 14 08 LITERATURA 10 CULTURA 12 PERFIL 30 HOLOFOTE 32 ESPORTE 34 COLUNA DO MOA 38 FESTA JULINA DO MARISTA

6

nossa.com.br

40 MODA 43 ESPECIAL GUARAMIRIM 48 ESPECIAL SAÚDE 52 SAÚDE ANIMAL 56 ESPECIAL STAMM 62 ARQUITETURA E URBANISMO 70 CULINÁRIA

23


nossa.com.br

7


NOSSALITERATURA

Feira do Livro chega à 11ª edição Fernanda Young, Fabrício Carpinejar, Ricardo Aleixo e Eduardo Spohr são as atrações principais do evento, que ocorre de 10 a 20 de agosto no Centro Cultural da SCAR. Programação inclui lançamentos de livros, contação de histórias e espetáculos teatrais. Por: Priscilla Milnitz Pereira Fotos: Maria Gonçalves

D

e 10 a 20 de agosto Jaraguá do Sul sedia mais uma

importância para a feira do livro.

edição da Feira do Livro com convidados de peso.

A feira, porém, é mais que isso e reúne 15 exposi-

Entre as atrações principais estão Fernanda You-

tores do Sul do país, traz uma série de apresenta-

ng, Fabrício Carpinejar, Ricardo Aleixo e Eduardo

ções teatrais, promove contações de histórias dia-

Spohr. Ricardo Aleixo e Fernanda Young traduzem

riamente e neste ano presenteia os jaraguaenses

um pouco do que é a filosofia da feira do livro, que

com um show musical. Sobre o desafio de promo-

preza em apresentar todos os gêneros que se uti-

ver mais uma edição do evento, João desabafa:

lizam da palavra, como é o caso da poesia de alto

“Neste ano e em 2016 foi um pouco mais compli-

nível artístico de Ricardo Aleixo e também ampliar

cado por conta da crise. As cotas de patrocínio são

vozes que, muitas vezes são abafadas. Como é o

fechadas em cima da hora, mas não podemos es-

caso da boa literatura feita por mulheres.

morecer e deixar de proporcionar a arte como for-

“No histórico da Feira do Livro sempre olhamos e

ma de entretenimento para a população”, reforça.

trouxemos a boa literatura. E, grande parte desses

A situação econômica pouco favorável, no en-

nomes foram mulheres. Na atual fase social bra-

tanto, ajudou o público da feira a crescer no ano

sileira, vemos que não basta trazer uma mulher

passado. O fato de oferecer uma programação ex-

forte, que escreve bem. Mas também temos que

tensa gratuitamente casou bem com a política de

trazer alguém que faça tudo isso e seja uma voz

contenção de gastos das famílias jaraguaenses e o

firme e latente para falar pelo movimento femi-

evento se tornou uma ótima opção de lazer, para

nista”, ressalta João Chiodini, presidente da Co-

não dizer a única. Com tudo isso, a estimativa é

missão Organizadora do evento.

receber neste ano em torno de 65 mil visitantes.

Segundo ele, enquanto toda a sociedade não cessar com as diferenciações de gênero, classe, raça e orientação sexual, essas vozes precisam ser enfatizadas, sim. Enquanto a grande maioria das pessoas pensarem que feminismo, movimento LGBT, literatura negra e indígena é um segmento, ou questão de ponto de vista, a presença de ícones como Fernanda Young sempre será de suma

8

nossa.com.br

Mais informações você confere no www.facebook.com/ feiradolivrojaraguadosul.


Confira parte da programação: 10 de agosto 9 horas - Início das atividades no Galpão da Leitura e Teatros. 19 horas - Abertura oficial do evento no Grande Teatro da SCAR. 19h30 - Musical “Sou Lenda, Sou Maria” da Cia Trip de Teatro - Grande Teatro da SCAR. 11 de agosto 19h30 - Anjos e demônios, com Eduardo Spohr (RJ) - Grande Teatro da SCAR. 12 de agosto 18 horas - Sexo, estragos e videotape, com Fernanda Young (RJ) - Grande Teatro da SCAR. 13 de agosto 17 horas - Espetáculo teatral “O Patinho Feio” Grupo Gats - Pequeno Teatro da SCAR. 14 de agosto 19h30 - Amizade também é amor, com Fabrício Carpinejar (RS) - Grande Teatro da SCAR. 15 de agosto 17 horas - Mesa redonda Perspectivas e tramas da literatura local, como João Borges (SC), Júnior Franco (BA) e Nara Nalú (SC). 16 de agosto 20 horas - Lançamento da Coletânea do I Prêmio IFSC de literatura – Rodrigo Domit (org.). 17 de agosto 8h30, 13h30 e 19h30 - Concurso de Declamação Pequeno Teatro da SCAR. 18 de agosto 8h30 e 13h30 - Concurso de Declamação Pequeno Teatro da SCAR. 19h30 - Espetáculo Teatral “Só Fridas” Cia Trip de Teatro - Pequeno Teatro da SCAR. 19 de agosto 18 horas - Performance “Antiboi”, com Ricardo Aleixo (MG). 20 de agosto 18 horas - Espetáculo teatral “O Flautista de Hamelin” - Cia Trip Teatro - Pequeno Teatro.

Serviço O quê: 11ª Feira do Livro de Jaraguá do Sul. Quando: De 10 a 20 de agosto. Horário de funcionamento: De segunda a sexta, das 9 às 21 horas; aos sábados, das 9 às 19 horas e aos domingos, das 10 às 18 horas. Onde: Centro Cultural de Jaraguá do Sul - SCAR (Rua Jorge Czerniewicz, 160 - Czerniewicz). Quanto: Entrada gratuita.

nossa.com.br

9


NOSSACULTURA

2.º E 3.º ANOS - INDIVIDUAL 1.º LUGAR: BIANCA DOS SANTOS MARCON – 3.º ANO 01 POESIA: O DIREITO DAS CRIANÇAS AUTORA: RUTH ROCHA 2.º LUGAR: LAURA ZANDONÁ – 3.º ANO 01 POESIA: PALAVRAS MÁGICAS AUTOR: PEDRO BANDEIRA 4.º E 5.º ANOS – INDIVIDUAL 1.º LUGAR: MARIA FERNANDA PRADI GUENTHER – 5.º ANO 01 POESIA: QUEM TEM MEDO DE DIZER NÃO? AUTORA: RUTH ROCHA 2.º LUGAR: NOAH MIGUEL STAUBACH – 5.º ANO 01 POESIA: A VISITA DA TIA AUTOR: CLÁUDIO THEBAS 4.º e 5.º ANOS – DUPLA

Declama Bom Jesus Colégio promoveu evento que buscou fomentar o gosto pela poesia. Da redação | Fotografia: Divulgação

C

om o intuito de desenvolver o gosto pela poesia, valorizar a expressão verbal e divulgar poetas nacionais, o Colégio Bom Jesus Divina Providência realiza todos os anos o “Declama Bom Jesus”. A iniciativa consiste em um concurso de declamação de poesias. O evento, que ocorreu no dia sete de julho, convi-

1º LUGAR: ISABELA CIDADE E AMANDA SPOLADORE – 4.º ANO 01 POESIA: BRINCADEIRAS AUTOR: RICARDO AZEVEDO 2.º LUGAR: MARINA BENKENDORF E GIULIA ZANGHELINI – 5.º ANO 01 POESIA: VEM DE TUDO AUTOR: RICARDO AZEVEDO 6.º E 7.º ANOS – INDIVIDUAL 1.º LUGAR: GABRIELA SAVI RUBINI – 6.º ANO 01 POESIA: A BORBOLETA AUTOR: OLAVO BILAC 2.º LUGAR: LÍVIA VERONEZI – 6.º ANO 02 POESIA: NÃO HAVERÁ MÁGOA AUTORA: LÍVIA VERONEZI

dou alunos do segundo ao nono ano que manifes-

6.º E 7.º ANOS – DUPLAS

taram interesse e gosto pela poesia a se inscrever

1.º LUGAR: JULIANA FRANZNER RIZZATTI E

e participar. Após pré-seletivas internas, realizadas

LIVIA VILELA BOAVA – 7.º ANO 01

em sala de aula, cada turma selecionou seus repre-

POESIA: ERA UMA VEZ UM MENINO

sentantes, que foram convidados a se apresentar

AUTOR: RICARDO AZEVEDO

no ginásio da escola com a presença de jurados

2.º LUGAR: EDUARDA MEDEIROS LISSI E

da imprensa local e da matriz da rede Bom Jesus,

JULIA LENNERT SILVA – 6.º ANO 01

de Curitiba. Além dos convidados, prestigiaram a

POESIA: OS TRÊS DESEJOS

iniciativa alunos, pais e professores.

AUTOR: PEDRO BANDEIRA

Este é o terceiro ano que a unidade promove, além do concurso, o “Declaminha”, para que os alunos

8.º E 9.º ANOS – DUPLAS

da Educação Infantil ao primeiro ano do Ensino

1.º LUGAR: ANA BEATRIZ DOS SANTOS MARCON E

Fundamental participem e também despertem o

LUCIANA C. R. A. DAS NEVES – 8.º ANO 02

gosto pela poesia. Nesta categoria, todos os pe-

POESIA: EU ACREDITO EM HERÓIS

quenos declamadores receberam medalhas pela participação no evento. Em cada uma das categorias, dois representantes foram premiados. Confira os vencedores:

AUTOR: BRÁULIO BESSA 2.º LUGAR: EDUARDA SOUZA MANKE E MARIA EDUARDA SIEGEL BARBOSA – 9.º ANO 02 POESIA: DA CHEGADA DO AMOR AUTORA: ELISA LUCINDA

10

nossa.com.br


nossa.com.br

11


NOSSAPERFIL

A

pós 18 anos de muita dedicação, amor pelas crianças e, acima de tudo, conquistas que contribuíram para o crescimento do Centro Educacional Constância Piazera, Sonia Mahfud Marcatto afirma que se sente realizada por seus anos no comando da instituição. “Desde o início da minha presidência eu tinha por objetivo dar continuidade ao trabalho dos fundadores do local de ensino, dando o melhor de mim para as crianças se sentirem em casa e para terem sempre um atendimento de qualidade. Meu desejo era que o espaço fizesse com que elas se sentissem bem para aprender. Sempre contei com o trabalho de uma equipe sensacional e também das voluntárias da comunidade. Sou muito grata por toda minha história e por cada um que fez parte dela”, comenta. Relembrando um pouco do seu pontapé inicial, a ex-presidente conta que sempre esteve presente na instituição, mesmo começando em outra função. “Eu comecei no centro educacional a convite da falecida empresária Carmen Breithaupt, a qual dou muito grata pela oportunidade. Eu era bem jovem e, como as mães faziam cursos no local, a senhora Breithaupt me convidou para ajudar a cuidar das crianças enquanto as mães faziam cursos de culinária, corte e costura, entre outros. Em seguida, fundaram a primeira creche Constancia Piazera e foi aí que comecei a trabalhar voluntariamente cuidando das crianças e, logo após, um período de tempo, como professora. Foi meu único emprego durante toda a vida. Afastei-me após me casar, ficando alguns anos fora da instituição, mas ainda ia visitá-los regularmente, pois era um local pelo qual eu tinha muito afeto. Quando eles viram que eu continuava a visitá-los tantas vezes,

Passando o legado

acabaram me convidando para voltar para a

Sonia Mahfud Marcatto compartilha as melhores lembranças dos seus momentos como presidente da Creche Constância Piazera

Sonia conta que a melhor parte de ter traba-

Eduardo Klemtz

de hoje. “Uma cena marcante em minha vida

12

nossa.com.br

| Fotografia: Maria Gonçalves

instituição, mas como presidente, o que me deixou muito feliz. Meu primeiro mandato foi em 1989”, declara. lhado como professora e presidente na instituição é ver seus alunos sucedendo nos dias


educacional foi quando encontrei uma das minhas alunas em um café recentemente, me perguntando se eu era a sua professora. Ela era simplesmente uma mulher, completamente adulta e desenvolvida, isso me surpreendeu, pois ela se lembrava de mim e isso foi emocionante. Essa moça realmente valorizou o meu trabalho como professora e aquilo foi honestamente gracioso. É algo que me deixou muito feliz. Encontrar alunos após adultos, se dando bem na vida, não há dinheiro que pague por isso”, afirma. A ex-presidente conta que, apesar de não ter sido uma decisão fácil deixar a creche, ela se sente bem com a nova direção do centro educacional. “Deixar a direção da Constância Piazera não foi algo leve para mim, mas eu já vinha pensando e estava procurando por alguém quando apareceu uma candidata extremamente competente e profissional. Estou tranquila agora por ver a nova presidente, Rita Grubba assumir a instituição. Tenho certeza que ela fará um trabalho maravilhoso e faço questão de ajudá-la a desenvolver suas atividades, foi uma decisão bem pensada e que me deixou feliz, pois agora quero focar em outros objetivos e fico contente em passar o meu legado para outra pessoa”, assegura. Com o sentimento de dever cumprido, Sonia afirma que, apesar de deixar a sua função na instituição, ela ainda fará questão de estar sempre presente para assegurar que o centro educacional esteja caminhando para frente. “Apesar de ter sido um desafio de muitos anos, eu sempre dei o meu melhor, com muita força de vontade e coragem para superar os obstáculos e pontuar novas conquistas. Todo o trabalho duro foi recompensado e o reconhecimento que recebo é gratificante. Isso deixa a pessoa muito feliz. Para mulheres como eu, quero que todas saibam que temos que focar em um objetivo e não ter medo. Contando com amigos, respeito, humildade e muita dedicação, você conseguirá o que quer. Foi um aprendizado que sempre levarei comigo, junto com todas as histórias que, agora, são boas memórias”, encerra. nossa.com.br

13


Capa

14

nossa.com.br


Universo de sabores e empreendedorismo Jorge Vieira revisita sua história e conta passo a passo como transformou o Restaurante Arweg em um dos espaços gastronômicos mais conceituados da região. Priscilla Milnitz Pereira | Fotografias: Marcelo Luis

J

orge Vieira gosta de comparar cada dia de

compras e a organização da geladeira, po-

trabalho ao voo de uma aeronave. “Todos os

tencializou o aproveitamento dos ingredien-

dias essa aeronava decola às 11 horas e pou-

tes e gerou economia. “Vi naquilo um grande

sa às 14h30 sujeita a algumas turbulências,

negócio. Transportando para o dia a dia no

então é necessário que o piloto tenha tudo

restaurante significa poder trabalhar sobre o

sob controle e que a tripulação esteja bem

que sai mais, descobrir os pratos prediletos e

organizada para manter a ordem”, equipa-

atender melhor o cliente”, diz.

ra. No comando do Restaurante Arweg, ele

Jorge ainda trabalhou no Moinho do Vale e

investe em planejamento e carrega na ba-

na Churrascaria Ataliba antes de se mudar

gagem anos de experiência na gerência de

definitivamente para Jaraguá. Na época o

estabelecimentos gastronômicos, o que ga-

Ataliba era quem administrava o Restauran-

rantiu em 14 anos de atividades o reconhe-

te Arweg e ele trouxe sua experiência para

cimento como um dos melhores da região.

colocar ordem na casa, eliminando as recla-

Natural de Florianópolis, ele iniciou na área

mações e recuperando a imagem do restau-

gerenciando uma cozinha industrial. A ativi-

rante na cidade. A essa altura a gastronomia

dade despertou sua paixão pela gastronomia

já tinha entrado de vez para a rotina familiar.

e, aos poucos, esse sentimento foi irradian-

Angela, a esposa, fazia bolos e tortas para

do até conquistar a família inteira, que hoje

vender e, no verão de 2003, surgiu a ideia de

toca o Restaurante Arweg ao seu lado. Jorge

montar uma pizzaria no litoral somente para

conta que foi a primeira experiência que lhe

a temporada.

deu toda a ideia de planejamento, adotada inicialmente na própria casa. Os cardápios passaram a ser organizados semanalmente, como em um restaurante, e isso facilitou as

nossa.com.br

15


A grande jogada de marketing Não dá para negar o talento de Jorge para a administração e gerência, mas naquele verão ele mostrou ser exímio também na divulgação do novo estabelecimento. A família costumava passar as férias em Itajuba e o empreendimento foi montado lá para trabalhar somente com tele-entrega. Angela desenvolveu uma massa exclusiva e Jorge já esperava o sucesso, prevendo a venda de 25 mil pizzas. Para garantir que as pessoas veriam o folheto propagando a inauguração, teve a ideia de fazê-lo num tom de amarelo semelhante ao da conta de luz

Capa

e, assim, garantir que ninguém o jogaria fora sem dispensar um mínimo de atenção. O panfleto ainda continha um vale desconto para a inauguração e, chegado o grande dia, o resultado não poderia ser diferente de sucesso. “Coloquei a Angela trajada de chefe na rua oferecendo pizza para degustação e superamos nossa meta vendendo 30 mil pizzas”, lembra. A ideia de trabalhar só com entregas precisou ser revista e ele comprou mesas para que as pessoas comessem ali mesmo, na rua, e Itajuba viu surgir um novo point naquele ano. O empreendimento só não prosperou nas outras temporadas porque assim que retornou ao trabalho em Jaraguá do Sul foi convidado pela diretoria da WEG para assumir de vez o comando do restaurante e da lanchonete da recreativa. Angela foi junto e assumiu a cozinha, e os filhos, João e Andreza, ajudavam desde cedo no que dava. Jorge conta com orgulho que ambos fizeram de tudo, desde o serviço de limpeza de banheiros à lavação de copos. A nora, Janaína, também abraçou o trabalho e ajuda nos afazeres do restaurante desde que entrou para a família. “Sem eles ao meu lado nada disso seria possível. Hoje minha filha é formada em gastronomia e minha mulher é uma verdadeira ‘bruxa’ na cozinha, interpretando receitas e criando sabores como ninguém”, derrete-se.

16

nossa.com.br

Jorge Vieira trouxe sua experiência para Jaraguá do Sul e transformou o restaurante em um dos mais conceituados da região.


nossa.com.br

17


Restaurante Arweg conheceu uma nova era Assumindo o controle de tudo, a família Vieira não perdeu tempo. Hoje promove even-

Agende: 13ª Noite da Ilha ocorre dia 18 de agosto e ingressos já estão à venda.

tos esporádicos, aluga o espaço para eventos corporativos, casamentos e aniversários, oferece todo o serviço de buffet, bar e garçons e ainda leva o seu evento para qualquer lugar. “Temos espaço aqui para até 800 pessoas, mas nossa estrutura permite atender onde o cliente preferir, seja na sua casa ou outro espaço”, garante. O restaurante também é o único a investir em uma cozinha contemporânea, onde os clientes têm a oportunidade de experimentar pra-

Capa

tos do mundo inteiro por um preço acessível

Em 14 anos foram servidos 1,4 milhão de re-

e com um toque de requinte capitaneado por

feições e mais de dois mil eventos tiveram

Angela e seguido à risca por toda a equipe.

lugar no imenso salão. O Restaurante Arweg

Jorge admite que eventualmente pode pare-

também já participou de uma série de even-

cer chato, mas o rigor é justificado pela cer-

tos na região levando sua gastronomia, como

tificação no Programa Alimento Seguro (PAS),

a Schützenfest, Bananalama e Feijoada do

que impõe normas para o manuseamento

Moa, e aos domingos oferece ainda a opção

dos ingredientes e demais rotinas que envol-

de espeto corrido para os amantes de carne.

vem um estabelecimento voltado para a gas-

“Estamos preocupados em oferecer o melhor

tronomia.

na mesa de nossos clientes e adquirimos um

O resulta desse cuidado está refletido nos

novo grill para apresentar novos tipos de sa-

números do restaurante. Diariamente uma

bores, servindo mignon, entrecot e carnes

média de 300 pessoas almoçam no local.

argentinas com mais suculência”, destaca Jorge. Mas se a gastronomia é um ponto funda-

Em 14 anos, Restaurante Arweg serviu 1,4 milhão de refeições e realizou mais de dois mil eventos.

mental, Jorge não descuida também do atendimento. Segundo ele, o garçom é um “servo do cliente” e é preciso cuidado e atenção com as pessoas da equipe, garantindo uma energia boa dentro da cozinha e no salão. “Um café todos os dias, um bom papo e deixar claro o planejamento do dia são estratégias primordiais nesse sentido. Somos como uma família e precisamos perceber as pessoas, deixá-las se sentindo bem para que cresçam junto”, ensina.

18

nossa.com.br


Noite da Ilha tem nova edição Dia 18 de agosto o Restaurante Arweg abre

de camarões, ostras, mariscos e peixes. Neste

suas portas para a 13ª Noite da Ilha, evento

ano o ingresso dá direito também a chope

que começou despretensiosamente após

Stannis liberado e a partir das 22h30 começa

uma conversa entre amigos. Jorge conta que

o baile com a banda In Natura. Os ingressos

quando assumiu o comando do restaurante

já estão à venda no restaurante e custam R$

recebeu a incumbência da diretoria de criar

130. Não dá para perder!

um evento que fizesse parte do calendário da

Quem não gosta ou não pode comer frutos

cidade. A temática era livre e foi durante bate

do mar também pode prestigiar os costumes

papo que surgiu a ideia de celebrar a cultura

ilhéus enquanto degusta opções variadas de

açoriana em uma noite que reunisse o me-

carnes em um ambiente democrático. “Fica o

lhor da gastronomia a espetáculos folclóricos

convite para todos prestigiarem e adianto que

e musicais.

temos planos de promover mais encontros

No cardápio, grande atração da noite, o me-

nesse sentido. O jaraguaense precisa e merece

lhor dos frutos do mar, com um buffet repleto

mais eventos”, conclui.

nossa.com.br

19


NOSSATURISMO

Um roteiro pelas ilhas mais belas A Polinésia Francesa é um território formado por muitas ilhas. Centro e dezoito, para ser mais exata, agrupadas em cinco arquipélagos. E não pense que são todas muito parecidas não… Cada uma tem sua particularidade! Da redação

A

|

Fotografia: Divulgação

o total são 118 ilhas que formam a paradisíaca Polinésia Francesa, porém apenas duas delas levam toda a fama. Bora Bora e Taiti são as mais conhecidas deste santuário natural localizado no Pacífico Sul, porém existem outras ilhas de beleza igual ou até mais belas que ambas. Formada por um conjunto de cinco arquipélagos, a Polinésia possui uma população de cerca de 400 mil habitantes e sua capital é a cidade de Papeete, que está localizada na Ilha do Taiti. O arquipélago é um

MOOREA

território ultramar da França, daí seu nome.

Com apenas 18 quilômetros de distância, é a ilha

As ilhas de Bora Bora e Taiti são as mais badaladas

mais próxima do Taiti e consequentemente da

da região. O Taiti é conhecido pelo fato da capital

capital Papeete. Além de suas belezas naturais - é

da Polinésia estar localizada por lá e devido a isso

cercada por uma barreira de coral - a ilha é co-

possui a melhor infraestrutura entre todas as ilhas.

nhecida por ser o ‘point’ dos jovens moradores do

Quem gosta de viajar para o paraíso, mas não abre

Taiti. Com isso, suas noites são bem agitadas e in-

mão de ficar numa região com fácil acesso a tudo,

dicadas aos solteiros ou casais “baladeiros”.

o Taiti é o local ideal.

TAHA´A

Já Bora Bora é famosa entre os noivos. De cada

Por ser considerada a ilha menos desenvolvida do Ar-

nove noivos, 10 querem passar a Lua de Mel em

quipélago, é o local ideal para quem gosta de sossego

Bora Bora. A ilha ficou famosa mundialmente por

e tranquilidade. Porém, ela entrou na lista por um de-

ter sido uma base militar americana durante a II

talhe peculiar. Taha’a também é conhecida como “Ilha

Guerra Mundial. Após a guerra, sua fama de paraíso

da Baunilha” por abrigar vastas plantações desta flor

natural foi levada aos quatro cantos do mundo pe-

que deixa toda a região com um aroma adocicado.

los americanos. O local é tão belo e convidativo que

RANGIROA

após a Guerra acabar vários militares americanos se

É formada por 240 pequenas ilhotas rodeadas de co-

negaram a sair da base e abandonar o local.

rais e um mar tão transparente que as pessoas pare-

Agora, conheça outras três ilhas paradisíacas da Poli-

cem flutuar sobre ele. Com uma água azul turquesa

nésia Francesa. As ilhas de Moorea, Taha´a, Rangiroa,

assim, só podia ser considerada a melhor ilha de toda

Manihi e Hiva Oa não são tão conhecidas quanto

a região para se mergulhar. Durante os mergulhos é

Bora Bora e o Taiti, porém são tão belas e convidati-

comum encontrar pequenos tubarões, tartarugas,

vas aos turistas quanto suas irmãs mais famosas.

golfinhos e milhares de peixes multicoloridos.

Serviço: Rua Maximiliano Hiendlmayer, 11 esquina com a Max Wilhelm – Baependi, Jaraguá do Sul. Telefones: (47) 3370-9115 / Plantão: (47) 99655-7443 / Fax: (47) 3370-3385. Skype: joao.markus.frank. Site: www.viajare.com.br. Facebook: www.facebook.com/viajareturismo.jgua. A Viajare aguarda sua visita para mais informações.

20

nossa.com.br


nossa.com.br

21


NOSSAVITRINEMODA

22

nossa.com.br


NOSSAESPECIALDIADOSPAIS

Os heróis do dia a dia Priscilla Milnitz Pereira Fotografias: Maria Gonçalves e Chroma Fotografia

D

ia 13 de agosto é comemorado mais um Dia dos Pais e não poderíamos deixar passar em branco uma data tão especial. Afinal eles são uma de nossas primeiras referências. Os pais são para os filhos como super heróis, um porto seguro, a garantia daquele abraço apertado e palavras de conforto sempre que for preciso, independente de ser adulto ou criança. Para homenagear uma figura tão importante, convidamos três pais jaraguaenses para definir o que é gerar uma vida e formar um cidadão. São homens com diferentes perfis e idades e que viveram experiências diversas reunidos para falar um pouco sobre esse amor tão genuíno. Convidamos vocês para a leitura!

nossa.com.br

23


NOSSAESPECIALDIADOSPAIS

Emoção em dose dupla Pai coruja do pequeno Enzo, de apenas dois anos de idade, Diego Rausisse aguarda a vinda do segundo filho. Luca deve nascer em outubro e trará, além de felicidade em dobro, novos desafios, como lidar com o ciúme do primôgenito. Priscilla Milnitz Pereira Fotografia Chroma Fotografia

O

s olhos de Diego Rausisse ganham um brilho especial e o sorriso um toque de ternura ao falar do papel de pai, que desempenha há pouco mais de dois anos com Enzo. Sem dúvida é um pai coruja e nem sequer a vinda do segundo bebê, prevista para o mês de outubro, é capaz de tirar a sua tranquilidade. “Tenho certeza de que as coisas serão muito mais fáceis e não iremos nos desesperar diante de qualquer situação. A maturidade e a experiência nos trouxeram essa segurança”, salienta. Porém, os desafios serão no sentido de lidar com o ciúme do primogênito. Diego se esforça para acreditar em uma adaptação tranquila, mas reconhece que o garotinho dá alguns sinais de que talvez a vida fosse mais agradável enquanto eram apenas os três. “Quando paramos para ver o bebê chutar ele tampa a barriga da Amanda e, nos últimos meses, têm andado muito grudado nela, talvez por conta da gravidez”, analisa o paizão, demonstrando também uma pontinha de ciúmes por conta dessa recente aproximação. Em contrapartida, conta orgulhoso que algumas brincadeiras precisam ser exclusivamente com eles.

24

nossa.com.br

Diego vive a expectativa de ser pai pela segunda vez.


Hoje nossos filhos estão acima de qualquer coisa e estamos preparados para a vinda do segundo.

É o caso de jogar bola e brincar com os carrinhos. Apesar de trabalhar fora o dia todo, Diego sempre se esforçou para ser um pai presente, daqueles que troca fralda, faz mamadeira e dá banho. Também não abre mão de uma espécie de “ritual” noturno. Todos os dias reza ao lado do filho antes dele dormir e dá um beijo de boa noite. Não importa quão corrido e estressante tenha sido o dia. “Ver a felicidade dele compensa todo o cansaço. Às vezes chego em casa a mil e só o sorriso dele já me desarma completamente”, derrete-se. Para garantir mais tempo ao lado do filho, ele reconhece que precisou fazer algumas adaptações em sua rotina, mas a chegada dele não o impediu, de maneira nenhuma, de manter seus hobbies. O horário da academia

“Hoje nossos filhos estão acima de qualquer

precisou ser alterado e agora ele levanta às

coisa e estamos preparados para a vinda do

seis horas da manhã para fazer exercícios. O

segundo”, faz questão de frisar. Diego conta

futebol com os amigos passou a ser somen-

que a afinidade com crianças vem de lon-

te duas vezes por semana e não inclui mais

ga data, já que tem um irmão 13 anos mais

aquela cervejinha depois do jogo. “Volto para

novo, de quem já cuidava na adolescência.

casa correndo. Essa fase passa muito rápido e

Ele revela ainda que sempre sonhou ser pai

quero aproveitá-la o máximo que puder”, diz.

de três crianças, mas que está reavaliando a

Nesse Dia dos Pais Diego viverá a expectativa

ideia. “Quem sabe daqui há 10 anos”, brinca.

pela chega de Luca e é provável que presente

A preocupação não é tanto financeira, mas

nenhum seja maior que este que está por vir.

quanto à educação dos pequenos. Segundo

Mas ele conta que na segunda gravidez am-

ele, o grande desafio de ser pai é passar va-

bos estão mais tranquilos. A ansiedade dimi-

lores e formar um cidadão de bem no futu-

nuiu e eles não querem que o tempo passe

ro. O dinheiro fica em segundo plano. “Hoje

tão depressa. A ideia é curtir o momento. Ele

vejo muitos pais deixando os filhos largados,

conta que os dois bebês foram planejados,

então penso que ninguém precisa ser rico

mas enquanto Enzo demorou cerca de um

para formar bons filhos, mas estar presente,

ano e meio para ser encomendado, Luca aca-

falar olhando no olho e dar a eles felicidade

bou vindo até um pouquinho antes da hora.

e apoio. É fazer do seu abraço o local mais

Por isso o casal prefere viver sem pressão.

seguro”, conclui.

nossa.com.br

25


NOSSAESPECIALDIADOSPAIS

O desafio de se fazer presente Com filhos de dois casamentos, Amarildo Batista se manteve firme após uma separação no intuito de manter a família unida. Hoje, mais de uma década depois, ele se mostra satisfeito com a proximidade e o bom relacionamento entre os irmãos. Priscilla Milnitz Pereira | Fotografia Maria Gonçalves

Q 26

uando se separou da primeira esposa, Amarildo

e João com 17. Há uma década, porém, eles ga-

Batista tinha uma única convicção: não seria o

nharam a companhia de Gabriela, fruto do se-

tipo de pai que apenas paga a pensão. Na época

gundo casamento de Amarildo. E aí vieram de-

os filhos tinham quatro e seis anos de idade e seu

safios ainda mais complicados. “Eu sempre quis

grande medo era de não conseguir particiar da

que eles convivessem o máximo de tempo pos-

educação das crianças. Felizmente as coisas não

sível e que se tratassem como irmãos de sangue.

tomaram esse caminho. De qualquer forma era

Nossa relação sempre teve muita abertura para

um desafio se manter presente e acompanhar as

o diálogo e acredito que isso facilitou as coisas”,

decisões do dia a dia. O telefone foi um grande

ressalta ele, afimando que, apesar da diferença

aliado. “Eu falava com eles todos os dias até com-

de idade e das famílias diferentes, os três têm um

pletarem 15 anos. Depois entendi que precisavam

relacionamento, o que inclui certas briguinhas e

de espaço e que às vezes estavam em compro-

ciúmes, típicos de bons irmaõs.

missos com os amigos, então diminui a frequên-

A preocupação exarcebada nesse sentido tem ex-

cia”, admite.

plicação. Todos os esforços de Amarildo são no

Hoje Camila, a filha mais velha, está com 19 anos

sentido de ser exatamente o oposto do que o seu

nossa.com.br


em busca de seus sonhos. A primogênita cursa duas

Proximidade e liberdade são dois conceitos nos quais Amarildo se apoia para evitar problemas na educação dos filhos.

faculdades e o rapaz faz cursinho com o objetivo de passar no vestibular para medicina. Os olhares mais cuidadosos, agora, recaem invariavelmente sobre a caçula, que acabou ficando com o posto de “filha única” no lar. “Ela testa constantemente até onde pode ir e está na fase de querer tudo o que os amiguinhos têm, então a lição agora é ensinar a valorizar o dinheiro e os presentes”, ensina. Para ele, ser pai é exercer os papéis de psicólogo e amigo, é estar presente a todo instante na vida dos filhos. Uma responsabilidade de gestor, de criar, de dar boa educação. “Hoje não imagino minha vida sem eles e os coloco como prioridade em todos os momentos. É o respeito a essa condição que faz com que os relacionamentos dêem certo e tenhamos essa harmonia há

pai foi para ele. O representante comercial conta

tanto tempo.

que o viu somente duas vezes na vida e que a figura paterna fez falta em muitos momentos da vida, como em datas especiais na escola, quando ele deveria estar presente. “Eu criei um conceito de paternidade totalmente diferente e sempre cuidei para que sofressem o mínimo possível”, comenta. Isso incluiu, por exemplo, acompanhamento psicológico para os filhos mais velhos para

Goreti

minimizar o trauma da separação. No presente o foco mesmo está na compreensão. Segundo o paizão, os filhos têm personali-

DESENVOLVIMENTO HUMANO

dades muito diferentes e cabe a ele reconhecer as necessidades e limitações de cada um. “Temos que entrar no mundo deles, falar abertamente sobre todos os assuntos. Sou da opinião que não devemos esperar pelas suas dúvidas, mas orientar antes que alguém o faça fora de casa, de uma maneira que não seja a correta”, argumenta. Para ele, a maior dificuldade na paternidade está em identificar limites. A fronteira entre o excesso de regras que trava o crescimento e o liberalismo em excesso. Os filhos mais velhos, segundo ele, felizmente não dão muito trabalho. Ambos são mais caseiros e tranquilos e Amarildo admite que contou um pouco com a sorte nesse sentido e também coma ótima educação dada a eles por sua mãe.

- Soluções Sistêmicas Organizacionais e Familiar Coaching Sistêmico - Workshop com as novas Constelações e as Quânticas - Treinamento de Liderança e Gestão Emocional

Está contente com o resultado e conta com orgulho que hoje os dois saíram de casa e estão

(47) 3275-6559

9902-8430

Goreti Desenvolvimento Humano

Rua Barão do Rio Branco, 818 (térreo) - Centro - Jaraguá do Sul - SC

nossa.com.br

27


NOSSAESPECIALDIADOSPAIS

Papai babão

Jeferson Malgarin é só amor ao falar de Nicole e Eduarda. Paciente, carinhoso e cuidadoso, o paizão conta um pouco da rotina familiar e não descarta a possibilidade de aumentar a família através de uma adoção. Priscilla Milnitz Pereira | Fotografia Maria Gonçalves

O

28

nossa.com.br

biomédico, Jeferson Malgarin não tem vergo-

no ar. A disposição para cuidar de mais uma

nha nenhuma de afirmar que é um pai babão.

criança é explicada, em parte, pelo bom com-

Nesses termos mesmo. Pai das pequenas Ni-

portamento das garotas. “Elas são amáveis,

cole, de três anos, e de Eduarda, de cinco, ele

carinhosas e afetivas”, descreve. Cada uma do

admite temer o risco de exagerar no zelo e

seu jeito, é bom ressaltar.

impedir que as meninas aprendam um pou-

Enquanto a mais velha é tranquila e atenta, a

co com a vida. “Sei que não posso pecar pelo

caçula, também atenta, está numa fase en-

excesso, mas admito ser muito cuidadoso e

graçada e bagunceira. Ele admite que passar

presente na rotina delas. Sempre sonhei ser

a mesma mensagem para as duas às vezes

pai, adoro crianças há muito tempo e hoje me

exige estratégias diferentes, mas Jeferson tem

sinto realizado”, conta, com ar de babão.

paciência de sobra para lidar com isso. “É pre-

Em seus sonhos mais antigos, inclusive, a

ciso saber respeita-las e reconhecer que, ao

ideia era ter muitos filhos. Hoje ele não tem

mesmo tempo em que ensinamos, também

mais essa certeza, mas também não descar-

somos capazes de aprender muito com as

ta a ideia falando em adoção. “Outra gravidez

crianças”, filosofa.

não faz parte dos nossos planos, mas quem

Ele salienta ainda que as duas gravidez foram

sabe ainda não venha uma adoção”, deixa

planejadas e não tem dúvidas de que acontece-


“Quero que elas tenham um futuro repleto de realizações e que mantenham a humildade e laços fortes com a família”.

ram no momento certo. “Pensamos em dar um

o quebra cabeças e para “construir a casinha”

espaço de tempo curto entre as duas para que

onde irão brincar com suas bonecas. A roti-

fossem amigas e companheiras. E também por-

na se repete todos os dias e não só na hora

que daria preguiça de começar com tudo isso de

da brincadeira. Jeferson é aquele pai que dá

novo se esperássemos muito”, diverte-se. Como

banho, cuida da alimentação da meninas e já

ele e a esposa trabalham em clínica, as duas fre-

deu até de mamar – e não foi na mamadeira!

quentam a escola desde os primeiros meses de

Ele conta emocionado a ocasião em que

idade e ele acredita que isso ajude na socializa-

alimentou Nicole pela primeira vez: “minha

ção e na melhora do rendimento escolar no futu-

filha mais nova precisou ficar um tempo na

ro. Desde muito cedo, além de terem uma a outra

Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) e

como companhia, viram-se rodeadas de crianças

não podia amamentar. As enfermeiras, en-

e engana-se quem pensa que elas chegam can-

tão, colocavam o leite na seringa e eu dava

sadas após uma tarde inteira de diversão com os

a ela usando o dedo, para estimular a sucção

coleguinhas.

do peito da mãe quando ela estivesse pronta

Ao final do dia é quando Jeferson encarna os

para isso”. Segundo ele, a experiência, ainda

personagens para elas brincarem. Atualmente

que breve, serviu para ilustrar a forte ligação

o jogo do mico é o predileto. E o pai está ali

das crianças com os pais. “Foi algo muito in-

para isso. Para fazer rir, para ajudar a montar

tenso e bonito”, descreve.

nossa.com.br

29


NOSSAHOLOFOTE

Bombeiros de Jaraguá do Sul promovem feijoada beneficente Evento ocorre no dia 12 de agosto no Rancho do Tonin e renda arrecadada será revertida em prol da manutenção mensal das atividades da corporação. Por: Priscilla Milnitz Pereira Fotos: Maria Gonçalves

E

sse friozinho pede uma boa feijoada e, se ela vier

O comandante tranquiliza afirmando que a falta

acompanhada de solidariedade, então, melhor

de recursos interfere mais nas rotinas internas da

ainda! O endereço certo no dia 12 de agosto é o

corporação, mas pode levar ao aumento no tempo

Rancho do Tonin, onde ocorre a 1ª Feijoada dos

resposta em caso de necessidade da população, por

Bombeiros Voluntários de Jaraguá do Sul. O evento

isso a importância de contribuir.

é aberto ao público e mais de duas mil pessoas são

Os ingressos custam R$ 25 e haverá atrações musi-

esperadas para saborear o prato preferido de nove

cais durante todo o dia para animar a festa. O chefe

entre dez brasileiros.

Tato Branco é quem comanda a cozinha e, quem

Neilor

Vincenzi,

comandante

dos

Bombeiros

preferir, pode levar a feijoada para comer em casa.

Voluntários de Jaraguá do Sul, conta que todo

Neilor também faz um apelo e pede aos jaragua-

o valor arrecadado servirá para a manutenção

enses para que contribuam mensalmente através

mensal da corporação. “O dinheiro será investido

da conta de água ou luz. Para isso, basta procurar

em combústivel, pneus, equipamentos e nas contas

a unidade central com uma fatura em mãos para o

cotidianas, como luz e telefone”, diz.

cadastro. A contribuição é espontânea.

Segundo ele, o convênio mantido com o Estado não cobre esses pequenos gastos, fundamentais para a continuidade do trabalho. “Essa receita vem da prefeitura e de doações da comunidade, no entanto estamos lidando com um déficit em torno de R$ 30 mil todos os meses e são esses eventos que nos ajudam a manter as contas em dia”, desabafa, citando também o pedágio dos Bombeiros Voluntários, já realizado neste ano.

30

nossa.com.br

Serviço O quê: 1ª Feijoada dos Bombeiros Voluntários de Jaraguá do Sul. Quando: Dia 12 de agosto, a partir das 11 horas. Onde: Rancho do Tonin (Rua Werner Stange, s/nº – Rau). Quanto: R$ 25 por pessoa. Informações: (47) 2106-1010 ou 2106-1016.


nossa.com.br

31


NOSSAESPORTE

A paixão pelo esporte Sergio Luiz Meldola conta um pouco de sua trajetória como presidente do Juventus e fala dos objetivos do clube para o futuro. Por Eduardo Klemtz | Fotografia: Divulgação

N

32

atural de Jaraguá do Sul, Sergio Luiz Meldola, atual

novo modelo de campeonato, um deles com joga-

presidente do Grêmio Esportivo Juventus, conta que

dores de base e sub 23, além de mudar a fórmula do

sua admiração pelo popular time da região sempre

campeonato, onde os clubes decidiram por formar

existiu. “Sou torcedor apaixonado por este clube das

um time com apenas cinco jogadores em campo

cores grená, preto e branco desde 1976. Vou aos jo-

maiores de 23 anos. O que nos motivou a fazer isso

gos, mas sempre no meu cantinho, torcendo muito e

é poder utilizar nossa base do futebol e colocá-los na

dando as melhores energias positivas. Sou muito feliz

vitrine das competições estaduais e nacionais, para

em ver o povo jaraguaense torcendo pelo Juventus”,

que os clubes pequenos possam criar oportunidades

conta.

a estes jogadores e tornar o clube, tanto o Juventus

Foi há três anos que Sergio recebeu o ilustre convite

como outros, auto-sustentável, com rendas em par-

para comandar o time, fazendo parte da gestão atu-

cerias com outros times. Portanto, decidimos em 2017

al do mesmo. “Fui convidado a assumir uma cadei-

trabalhar com os pés no chão, montar um time que

ra na diretoria do Conselho Fiscal do clube, até que

nos represente bem, mas não aumentar o passivo do

em 2016 assumi de forma interina e depois fui eleito

clube. Criamos uma comissão técnica onde todos de-

de forma democrática e participativa para a presi-

cidem o que é melhor para o time, como vamos mon-

dência do clube. Hoje podemos dizer que estamos

ta-lo e até agora estamos bem representados. Nosso

caminhando em direção a recuperação do Juven-

objetivo sempre vai ser subir”, declara.

tus. Cometemos erros, mas os acertos são maiores

Quanto à presença do time na concorrida Série B,

e somente posso agradecer à diretoria que divide o

Sergio se mostra confiante e diz que apesar das di-

fardo pesado que estamos carregando. A equipe está

ficuldades o time torce para que o melhor aconteça

fazendo um trabalho gratificante em cima da missão

e eles tenham a oportunidade de competir. “Este ano

de recuperar a credibilidade e a grandeza do nosso

temos vários fatores que não estão ao nosso favor. A

clube”, revela.

crise política do país, o desgaste de vários aconteci-

Para 2017, o presidente do clube conta que muitas

mentos do passado com a marca Juventus, o tempo

conquistas estão por vir e que todos da equipe vão

de maturação e da credibilidade da diretoria. É inten-

dar o seu máximo para isso acontecer. “Tivemos a

so. Estamos também trabalhando com a redução de

preocupação de levar à associação dos clubes um

gastos, como água, energia, mão de obra, um quadro

nossa.com.br


enxuto. Estamos passando sufoco? Sim! Desistir? Nunca.

sua função. Nosso segundo passo foi levantar as dívidas

Pois acreditamos na participação da sociedade Jaragua-

do clube, trabalhistas e federais (INSS, FGTS). Hoje pode-

ense para nos ajudar a representar bem a cidade. Pedi-

mos dizer que estamos bem melhor do que estávamos

mos em nome da diretoria do Juventus um esforço em

há um ano. Temos como objetivo principal o projeto

acreditar em nós e no trabalho que está sendo feito, com

da base, que envolve toda a cidade de Jaraguá do Sul,

a prestação de contas, pessoas dedicadas ao clube e pela

com a criação de escolinhas nos bairros contando com a

grandeza da Instituição. Estamos confiantes em lutar pela

adesão dos clubes de futebol amador e tirando das ruas

vaga da série B e num segundo passo, se nos classificar-

meninos carentes que hoje não tem como jogar,. Esse

mos também para série A do Catarinense, queremos parti-

projeto visa o acompanhamento escolar, orientações aos

cipar da Copa Santa Catarina e sonhar com uma vaga para

pais e mostrar que é possível através do futebol tirar esses

a Copa do Brasil. Focamos também no Juventus represen-

jovens do mundo das maldades e transformar a criança e

tando Jaraguá do Sul no campeonato Brasileiro de FUT7,

o adolescente em um cidadão de bem”, certifica.

transmitido pela TV em rede nacional aberta e fechada,

Sergio encerra convidando todos os admiradores do

uma ótima oportunidade aos futuros patrocinadores”, ar-

time a ajudá-lo a mantê-lo mais forte. “Gostaríamos de

gumenta.

solicitar a ajuda de toda a comunidade de Jaraguá do

Sérgio Meldola também revela que recentemente o clu-

Sul para a família Juventus. Fazer desse clube uma insti-

be conseguiu fechar uma parceria mais que especial.

tuição gigante do futebol catarinense. Estamos abertos a

“Nós ficamos felizes com o patrocínio que a empresa Or-

todos os jaraguenses, massarandubenses, schroedenses,

benk ofereceu ao nosso time graças à intermediação do

guaramirenses, corupaenses, pomeranos, quem quiser

deputado Carlos Chiodini. Todos os patrocinadores que

ajudar. Precisamos que a família seja grandiosa e um

estão chegando nesse ano para fazer parte do Juventus

pouco de cada qual se torna gigante a ponto de levar

são importantes e fazem a família crescer. Nossa institui-

este clube amado para a elite do futebol catarinense e

ção precisa da ajuda de todos os políticos, empresários e

brasileiro”, encerra.

torcedores e agradecemos muito a todos que venham fazer parte dessa família como colaboradores e somar pelo crescimento do clube”, garante. Com um futuro promissor pela frente, o presidente declara que muitos projetos estão sendo desenvolvidos e, apesar de alguns ainda serem apenas sonhos, a luta para que se tornem realidade sem dúvidas acontecerá. “Iniciamos melhorando a parte da organização administrativa do clube, a

Sergio Meldola quer levar o Juventus à elite do futebol brasileiro.

contabilidade, as compras centralizadas, cada diretor com

nossa.com.br

33


Coluna do Moa TODO MUNDO JÁ SABE Aviso aos “chatonildos”, incluindo eu: não é necessário postar fotos de termômetros, pois as pessoas já estão sentindo o frio danado, diz

Foto: Vinicius Guedes

moagoncalves@netuno.com.br

meteorologista.

Pra agendar! Dia 16 de setembro vai rolar a Noite do Pastel. O evento beneficente será realizado na Escola Holando Marcellino Gonçalves e toda a renda será revertida em prol da família de Lucas Hidan da Costa, que sofreu um acidente e precisa de ajuda. Volto ao assunto.

A linda Jéssica Ribeiro curtindo o badalado Warung.

FABIO RABIN Dia oito de outubro estará em Jaraguá do Sul para mega show o comediante Fabio Rabin, considerado atualmente o melhor stand-up do Brasil. O evento será no grande Teatro da scar. Save the date.


Te contei Dizem por aí que um prefeito da região estaria armando uma tocaia. O chefe do paço quer pegar no pulo um pupilo que estaria “garfando” uma poderosa pasta. Não posso falar mais nada. Cala-te boca. Dia 21 de outubro vai rolar a 17º Feijoada do Moa. O evento terá desfile de moda, shows, diversão e, o que é melhor, será open bar. Agende essa data. Quem acompanha a construção civil pode observar que nas alturas de algumas reformas e prédios em construção, há trabalhadores com seus apetrechos de segurança amarrados na cintura, mas a maioria não faz uso do material. Por isso os acidentes de trabalho já começam a serem frequentes em Jaraguá. Alguém precisa fiscalizar. Com essa, fui

NAS RODAS PENSE NISSO “Rir muito e com frequência; ganhar o respeito de pessoas inteli-

Os preparativos para a tradicional Feijoada dos Bombeiros estão a mil. A festa será dia 12 de agosto, no Rancho do Tomin e terá Tato Branco na cozinha.

gentes e o afeto das crianças; merecer a consideração de críticos honestos e suportar a traição de falsos amigos; apreciar a beleza;

No dia 16 de agosto quem completa mais uma volta ao sol

encontrar o melhor nos outros; deixar o mundo um pouco melhor,

é o amigo de sempre, Walter Krueger. Querido por todos,

seja por uma saudável criança, um canteiro de jardim ou uma

Krueger vai comemorar a data ao lado da família e de sua

redimida condição social; saber que ao menos uma vida respirou

constelação de amigos do coração. Parabéns! Que Deus lhe

mais fácil porque você viveu. Isso é ter tido sucesso”.

reserve tudo de bom.

NOITE DA ILHA No próximo dia 18 de agosto ocorre a tradicional Noite da Ilha, encontro tradicional de Jaraguá do Sul que reune, gastronomia de primeira, folclore e música de baile. A festa será no salão nobre do Restaurante Arweg.


SOCIAL JOINVILLE

Fabíola Bernardes Colunista social e apresentadora de TV fabiolabernardes@terra.com.br | www.fabiolabernardes.com.br twiter: @fabiolabernardes | facebook: fabiola Bernardes Fotografia: Valeria Grams e André Kopsch

Inauguração do Studio Bucal

O Studio Bucal inaugurou para imprensa e familiares com um coquetel. A nova estrutura foi inspirada em grandes clínicas de diversos lugares do mundo, equipada com tecnologia de ponta agregando diversos serviços e com mais especialidades. Larissa Schuetzler Hardt estava muito feliz em ver o sonho realizado. Parabéns e muitas felicidades neste novo empreendimento! Fotos por: Valéria Grams

1

Jantar de posse e premiação da ACIJ

3

A urgência e a importância das reformas e a necessidade de estancamento das crises política e econômica foram os pontos principais ressaltados pelo presidente da ACIJ Moacir Thomazi, no jantar de posse de sua diretoria, núcleos, gestão compartilhada e Consep. O evento também abriu espaço para o reconhecimento ao trabalho dos núcleos. Fotos por: Max Schwoelk.

4

36

nossa.com.br

2

Festival de Ópera na Harmonia Lyra

Festival de Ópera na Harmonia Lyra foi organizado pela diretoria, juntamente com o barítono Douglas Hahn. Já era um projeto antigo e agora foi lindamente realizado. Diversos cantores estiveram na cidade nos quatro dias de apresentações com sucesso absoluto, pois a Harmonia Lyra ficou lotada. Alimentos também foram arrecadados para doação, uma vez que o evento foi gratuito. Parabéns a todos. Fotos por: Pablo Teixeira.

5


Chantilly inaugura loja

Vanessa Welter inaugurou a Loja Chantilly com um coquetel super prestigiado pela presença de amigos, clientes e familiares. A loja ficou linda, como sempre, e o segmento agora é decoração. Muitas meseiras irão se encontrar nesta loja para criar “mesa posta” com qualidade e criatividade. A loja fica na galeria nove de Março, em Joinville. Parabéns a todos e desejamos sucesso! Fotos: Anny Schultz

6

7

75 anos Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem

8

No dia 13 de junho o Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem marcou sua trajetória comemorando com sua equipe médica e colaboradores os 75 anos de atuação e contribuição para a oftalmologia brasileira. Hoje o hospital que é referência no país, conta com uma estrutura moderna de 10 mil metros quadrados especialmente construída para cuidar da saúde dos olhos, 32 oftalmologistas especializados nas mais diversas subespecialidades e mais de 240 colaboradores que mantêm o mais qualificado atendimento oftalmológico, prevenindo a cegueira e melhorando a saúde ocular da população.

1. Romes Ayub, Fernanda Conte Ayub, Larissa Schuetzler Hardt e Maurício Hardt 2. Emanoela Volles de Souza, Helen Nagano e Larissa Schuetzler Hardt 3. Fabiola Bernardes e Moacir Thomazi 4. Angela Amin, Andréa Grossenbacher, Tina Marcato e Silvia Thomazi 5. Bianca Freitas, Fabiola Bernardes e Alvaro Cauduro 6. Vanessa Welter, Gabriela Beilfuss, Mariza da Silva e Vera Beilfuss 7. Alan Welter e Vanessa Welter 8. Dra. Cleusa Coral-Ghanem e Dr. Emir Amin Ghanem nossa.com.br

37


NOSSASOCIALFESTAJULINADOMARISTA

Arraiá no Marista Fotografia Maria Gonçalves

Dia oito de julho a criançada se reuniu no pátio do Colégio Marista de Jaraguá do Sul para celebrar mais uma festa julina com direito à quadrilha, apresentações artísticas, muita música, diversão e guloseimas típicas de uma das épocas mais gostosas do ano. A galerinha caprichou no traje e curtiu muito. Confira nos cliques.

38

nossa.com.br


CONHEÇA AS PRINCIPAIS RAZÕES QUE DEIXAM A VIDA COMPLETA COM O HOSPITAL AMIZADE:

Dermatologia

Oftalmologia

Ortopedia

Laboratório completo

Oncologia

Raio-X digital

Nefrologia

Anestesia

Plantão 24h

doenças de vias urinárias

controle da dor

Cirurgia geral

Dr.ª Daniela Brecht - Dermatologista

COMPLETO Roberto Ziemann, 2181 | Amizade | Jaraguá do Sul | SC

47 3371 2340

99274 6781 39

nossa.com.br


NOSSAMODA

Das quadras para o mundo da moda Babi Kozonoe, ex-jogadora da Seleção Brasileira de Vôlei, relembra sua história, compartilha sua paixão pela indústria fashion e seus projetos para o futuro. Por: Eduardo Klemtz

a

|

Fotografia: Divulgação

pós uma caminhada cheia de desafios e conquistas dentro das quadras, Bárbara Bruch Kozonoe, conhecida como Babi Kozonoe, demonstra paixão ao contar um pouco da sua história, que até hoje serve de inspiração para os atletas da região de Santa Catarina. Aos 30 anos, Babi se orgulha muito do seu passado como atleta. “Comecei no vôlei aos 12 anos em Jaraguá do Sul. Estudei no colégio Rodolpho Dornbusch meu professor na época me convidou para participar do time da escola e logo em seguida no time da cidade. Eu já era muito alta, mais ou menos 1,80. No time da cidade treinei com ótimas profissionais e muitos outros técnicos que fazem parte da minha história e a quem sou muito grata”, conta. A ex-jogadora de vôlei conta que nem tudo foram flores no começo, mas foi preciso ter perseverança e fé em si mesma, nunca duvidando do seu potencial como esportista. “Aos 14 anos me mudei para Joinville, onde já jogava e ganhava minha bolsa de estudo. Chegando o final do ano pensei em desistir e voltar pra casa, sentia muita saudade de minha família. Meu pai não admitiu que isso acontecesse então minha mãe e minha irmã foram ficar na república comigo até acabar o ano. Tudo foi acontecendo muito rápido.

40

nossa.com.br


inspirar outras mulheres como eu”, confessa. Babi já começou os seus estudos e quer se especializar na área de moda. “Já entrei em um curso de consultoria de imagem na Faculdade Belas Artes, aqui de São Paulo. Adoro ajudar minhas amigas a se vestirem e penso em tornar isso a minha futura profissão. Quem sabe no futuro criar uma marca para nós, mulheres altas. É esse o meu foco no momento”, encerra.

Participei de uma seletiva da Seleção Brasileira e fui passando de fase até ficar entre as 12 melhores do Brasil. Fui jogar o sul-americano na Venezuela

Acompanhe Babi nas redes sociais: Instagram pessoal: @babi13 Instagram sobre lifestyle: @alta_ajuda

e estava vivendo o meu sonho”, declara. Com uma carreira exemplar, Babi surpreendeu a todos quando afirmou que estaria se retirando das quadras para se dedicar aos estudos, o que deu o que falar. “Joguei em muitos times e já estava bastante conhecida no mundo dos esportes. Junto com a Seleção Brasileira eu joguei o Panamericano de Toronto em 2015. Joguei também o Grand Prix e outros campeonatos. Nessa última temporada fui uma das maiores pontuadoras da Superliga Brasileira de Voleibol. Todos estavam surpresos com a minha evolução, mas ficaram ainda mais surpresos quando me pronunciei nas redes sociais falando que tinha decidido parar de jogar e retomar os estudos. Uma atleta profissional com um desempenho como o meu? Parar de jogar para estudar? Muitos não entenderam, mas acabei de fazer 30 anos e tenho muitos planos. Quero começar uma nova carreira”, revela. Com muita coragem e determinação, Babi afirma que sempre se encantou pelo universo da moda e que sonha em ter uma carreira na área. “Amo a moda e tenho um Instagram dedicado às mulheres altas, o “Alta Ajuda”, onde dou dicas para encontrarem sapatos, calças e como combiná-los apesar de sua altura, mantendose linda e elegante. Parece fácil, mas encontrar uma calça para uma mulher de 1,88 metro pode ser tarefa quase impossível. Quero me dedicar e nossa.com.br

41


42

nossa.com.br


68 anos coroam com trabalho e progresso a bela cidade pela qual o povo Guaramirense tem eterna gratidão. Guaramirim cresce junto com o coração do seu povo. nossa.com.br

43


NOSSAESPECIALGUARAMIRIM

A

Guaramirim

completa 68 anos Da Redação | Fotos Divulgação

Perfil: Guaramirim integra uma das mais exuberantes paisagens da região Norte Catarinense. Repleta de belezas naturais em meio a vales e montanhas e desponta atualmente entre as cidades que mais crescem em Santa Catarina. Os índices econômicos e sociais comprovam isso. De acordo com dados do IBGE Guaramirim conta atualmente com 35.918 habitantes com renda per capita anual de R$ 41.575,11.O município também ocupa lugar de destaque na arrecadação de ICMS, sendo o 14º entre os 295 municípios do estado. A Prefeitura investe mais de 50% do orçamento municipal em Educação e Saúde, valor superior ao previsto pela legislação. Guaramirim também possui uma localização economicamente estratégica, encontrando-se ao centro dos principais polos industriais do estado (Joinville, Blumenau e Jaraguá do Sul) próximo ao Porto de São Francisco do Sul, BR 101 e as praias do litoral norte catarinense. A economia de Guaramirim na última década teve forte expansão nas áreas industrial, comercial e de serviços, além da expressiva atividade agrícola na produção de arroz, banana, milho e hortifrutigranjeiros. Desde 2004 Guaramirim ostenta o título de capital catarinense da Palmeira Real. O município desperta atualmente o interesse de dezenas de empresas que desejam expandir suas atividades.

44

nossa.com.br


Um pouco da história da cidade: Seria difícil precisar quem foram os primeiros habitantes da localidade que hoje é o município de Guaramirim. Certamente foram os indígenas, pois aqui viviam indígenas dos dois grandes grupos linguísticos existentes no Brasil, o Macro-Tupi e o Macro-Jê. Percorriam longos caminhos a pé, pois mantinham relações com outras tribos, realizavam um comércio rudimentar e travavam guerras, com motivações reais e outras rituais. Estes longos caminhos, os quais os indígenas percorriam, foram largamente aproveitados pelos portugueses e espanhóis quando aqui chegaram. O nome Peabiru era dado a todos estes caminhos e vem da língua tupi; pe – caminho e abiru – grama amassada ou chão batido. Mas o que ganhou mais notoriedade acabou ficando conhecido como o único, trata-se do Caminho do Peabiru que ligava a Capitania de São Vicente (litoral do Estado de São Paulo) à cidade de Cuzco (no Peru). Além desse caminho principal, o Peabiru possuía uma infinidade de ramais, o que fazia do Peabiru um caminho que ligava o Oceano Atlântico ao Oceano Pacífico. Uma destas ramificações passava pelo norte de Santa Catarina, mais especificamente por onde hoje é Guaramirim. É impossível apontar o caminho exato por onde estes indígenas, e depois espanhóis e portugueses passavam, pois estas rotas foram sendo pouco utilizadas com o passar do tempo. Certo é que muitos passaram por Guaramirim até que se consolidasse a imigração europeia. Deduz-se que já na metade do século XIX havia moradores na região, pois consta que havia nessa localidade uma capelinha católica com o nome de Bananal e que era frequentemente visitada pelos padres de São Francisco do Sul. Ainda antes do estabelecimento colonial definitivo o engenheiro Emilio Carlos Jourdan atravessou parte de Guaramirim até alcançar Joinville. Fonte: Prefeitura Municipal de Guaramirim

nossa.com.br

45


NOSSAESPECIALGUARAMIRIM

Desfile festivo

O evento deve reunir milhares de pessoas no dia 28 de agosto para homenagear a cidade pela passagem de mais um aniversário. Desfile é a única programação especial da prefeitura, que no momento está priorizando o investimento em obras de pavimentação, ajustes na saúde, entre outras atividades, que foram destacadas como prioridade e urgência para o município.

Por Priscilla Milnitz Pereira | Fotos Maria Gonçalves

A

té o dia 10 de agosto estão abertas as inscrições para o desfile em comemoração aos 68 anos de Guaramirim. O evento será o único da programação oficial da prefeitura e deve reunir mais de cinco mil pessoas representando escolas municipais e estaduais; entidades sociais, recreativas, culturais e esportivas; clubes; grupos folclóricos e demais instituições. Marja Prusse Rebelato, secretária de educação e cultura, está à frente da organização, juntamente com uma equipe que envolve membros das outras secretarias, e destaca que o objetivo do desfile é “Valorizar as tradições do município com espírito festivo. “O desfile já faz parte do calendário oficial da cidade e esperamos reunir milhares de pessoas nas ruas para conferir o resultado desse trabalho”, convida. A concentração e o desfile será na Rua 28 de agosto, com partida em frente ao prédio da Mannes Material de Construção, o desfile segue até a disperção que será no pátio da Macol Tecidos. A expectativa é reunir um bom público e algumas atrações já estão confirmadas, como a participação do Corpo de Bombeiros Voluntários de Guaramirim e da Banda do 62º Batalhão de Infantaria de Joinville. Os esforços agora são no sentido de cada uma das secretarias mobilizar o seu setor, para que todos sejam representados. Desse modo, podemos esperar destaque para a indústria, agricultura e turismo, por exemplo, com enfoque especial na palmeira real, produto genuíno da região e cujo potencial deve ser mais explorado pelo poder executivo. Marja explica ainda que neste ano não haverá shows e demais atrações para marcar o aniversário do município por conta de uma determinação do prefeito Luis Chiodini, que preferiu investir recursos em obras de revitalização e em um pacote de infraestrutura que prevê a pavimentação de diversas vias na região central e no interior.

46

nossa.com.br


nossa.com.br

47


NOSSAESPECIALSAÚDE

Cuidados com o bebê antes mesmo da barriga da mamãe

U

ma boa gestação tem início antes mesmo da concepção do bebê e um cuidado muitas vezes negligenciado pelos pais é com a alimentação. Karina Gascho, Nutricionista da Clínica Le Vie, afirma: aquilo que os pais comem é capaz de exercer influência sobre a produção hormonal do casal, podendo dificultar a sonhada gravidez. De certa forma, o trabalho pré-gestacional serve para “arrumar a casa”, equilibrar o organismo e prepará-lo para a chegada desta nova vida. A profissional salienta que o recomendado é iniciar o trabalho cerca de seis meses antes de engravidar. “Não é dieta, mas um processo de reeducação alimentar baseado na nutrição funcional, que busca alimentos em sua forma natural, retomando hábitos de gerações mais antigas”, explica. O plano visa desintoxicar o organismo das agressões ambientais, como agrotóxicos e aditivos alimentares, e corrigir carências nutricionais, muitas vezes fazendo o uso de suplementação, para modular o organismo para a chegada do bebê. Tal cuidado, segundo Karina, facilita a concepção, previne o diabetes pré-gestacional e protege o bebê de doenças metabólicas e da obesidade no futuro. Karina frisa que hoje somos bombardeados por toxi-

Karina Gascho, nutricionista materno infantil da Clínica Le Vie, oferece acompanhamento pré-gestacional com o objetivo de preparar o organismo dos futuros papais e mamães para a vinda de um novo integrante na família. Alimentação adequada contribui no processo de concepção e evolução da gestação e previne doenças futuras para a mamãe e para o bebê.

nas o tempo todo e não colocamos nossa alimentação como prioridade, seja por falta de tempo ou qualquer outro motivo. “Agindo desta forma agredimos nosso organismo e ficamos mais suscetível às doenças. A nossa principal barreira imunológica é o intestino. Se nos alimentamos bem, ele permanece integro e nos protege das agressões ambientais”. Outro fator que é diretamente influenciado pela alimentação da gestante é o paladar do bebê. O padrão de ali-

Por Priscilla Milnitz Pereira

mentação adotado durante a gestação e amamentação

Fotografia: Maria Gonçalves

influencia nas preferências alimentares no momento da introdução alimentar. Se os pais tiverem hábitos saudáveis, a probabilidade de o bebê aceitar diversos alimen-

Dica da nutricionista é optar por alimentação o mais natural possível.

tos e sabores quando completar seis meses de vida será muito maior. “A dica é sempre consumir o alimento em sua forma natural, sem adição de açúcar, conservantes ou corantes”, ensina.

48

nossa.com.br


MARIA MARTA

nossa.com.br

49


NOSSASAÚDE

LIFTING DE COXA N

os dias atuais em que a preocupação com o contorno corporal está cada dia maior, uma das queixas que vem aumentando nos consultórios de cirurgia plástica é a flacidez da face interna da coxa, seja porque a calça não cai bem ou porque durante a caminhada surgem assaduras os pacientes estão dando mais importância a essa área. Com o advento da cirurgia bariátrica e as grandes perdas de peso, o lifting de coxa, também conhecido como dermolipectomia de coxa ou crural, se tornou uma cirurgia mais popular

Dr. Rodrigo Agacy Cirurgião Plástico CRM-SC 15.458

50

nossa.com.br

e se desenvolveu ainda mais. Essa é uma cirurgia indicada aos pacientes


que apresentam flacidez coxa, principalmente na sua face interna. Ela consiste na retirada do excesso de pele e suspensão dos tecidos dessa região, reduzindo desta forma o atrito entre as pernas. Como toda a cirurgia essa também gera cicatrizes e a extensão delas vai depender do grau de flacidez de cada paciente; a cicatriz fica posicionada na face interna da coxa e é facilmente encoberta pelo uso de bermudas ou saias. Por ser um procedimento de médio a grande porte, deve ser realizado em ambiente hospitalar com anestesia geral ou regional (peridural ou raqui). O período de internação é de um dia e o paciente pode se movimentar à partir do momento em que estiver bem acordado, porém deve evitar caminhadas e forçar muito as pernas nas primeiras três semanas. O tempo de recuperação e retorno às atividades diárias gira em torno de 30 dias e o uso de modeladores cirúrgicos é necessário nesse período. O resultado final poderá ser avaliado em torno de seis meses após a cirurgia, período em que os tecidos já acomodaram e as cicatrizes ficam menos ativas e começam a clarear.

O período de internação é de um dia e o paciente pode se movimentar à partir do momento em que estiver bem acordado, porém deve evitar caminhadas e forçar muito as pernas nas primeiras três semanas.

nossa.com.br

51


NOSSASAÚDEANIMAL

Pulgas e carrapatos: prevenir é o melhor remédio

Cuidados com a limpeza do animal e do ambiente onde ele vive são fundamentais e evitam uma séria de transtornos e doenças para o seu pet. Da redação

T

|

Fotografia: Divulgação

odo animal já sofreu com as indesejadas pulgas e

com o tipo de produto. Além disso, sempre será pre-

os perigosos carrapatos. Porém, há muitas formas de

ciso tratar também o espaço onde o cão vive, não

evitar esse contato e a especialista, Laís Alarça expli-

somente o animal, para que o controle seja comple-

ca os riscos de não proteger o seu pet. “As pulgas são

tamente eficaz”, diz.

responsáveis por coceiras, alergias, perda de peso e

Tanto as pulgas quanto os carrapatos encontram no

até verminose. Os carrapatos podem ser vetores que

verão as melhores condições para se desenvolver,

desencadeiam sérias doenças, como erliquiose e ba-

mas isso não diminui a importância dos cuidados no

besiose, que podem levar o animal a óbito se não

período mais frio do ano. Vale lembrar que o rejunte

forem tratadas adequadamente” revela.

de piso, as frestas, os tapetes e os sofás são perfei-

Segundo ela, é preciso seguir a orientação do veteri-

tos para pulgas se reproduzirem rapidamente e de-

nário para adotar medidas que afastem a possibilida-

detizar o local com um especialista é fundamental.

de de picadas. “Algumas medidas básicas devem ser

“Esses produtos são venenosos e fazer isso sozinho

tomadas no próprio ambiente, pois em muitos casos

representa um alto risco para a família toda. Hoje em

ele já é foco para esses parasitas”, revela. A especia-

dia são muitas as ofertas de dedetização no mercado

lista também indica produtos específicos para pulgas

a preços acessíveis”, indica.

e carrapatos. “Alguns devem ser usados mensalmen-

Se o tutor perceber um carrapato no cão, Laís sugere

te e outros periodicamente, isso vai variar de acordo

que não tente retirar sem a ajuda de um veterinário, pois dependendo do carrapato pode transmitir do-

Cuidado redobrado: carrapatos podem levar o pet à morte e transmitir doenças para seres humanos.

52

nossa.com.br

enças aos seres humanos. “Prevenir ainda é o melhor remédio, mas se o problema já está instalado não há motivo para pânico. O tratamento pode ser demorado, mas costuma ser efetivo na maioria dos casos”, conclui.


NOSSAVARIEDADES

Lorde está de volta e com tudo Por: Elias de Souza | Fotos: Divulgação

O

aguardadíssimo novo trabalho da cantora Lorde já está entre nós e surpreendeu a todos. A cantora acabou se tornando a nova queridinha da crítica internacional com o CD “Melodrama”, no momento com média 91 no Metacritic, site que faz uma média de todas as reviews da crítica especializada. Com essa nota, “Melodrama” está entre os 50 álbuns mais bem avaliados de todos os tempos. Vale a pena ouvir!

Madonna está de volta O registro da última turnê de Madonna, a “Rebel Heart Tour” será lançado no dia 15 de setembro. A capa escolhida foi a foto icônica do brasileiro Josh Brandão e o show conta com 22 músicas e extras. Agora é só aguardar!

Luto no mundo da música No dia 20 de julho o mundo da música se despediu do vocalista da banda Linkin Park, Chester Bennington. A suspeita é de que o cantor de 41 anos tenha cometido suicídio. A banda formada em 1996 conta com músicas como “Numb” e “In The End” entre seus maiores sucessos. A notícia chocou o mundo. O músico deixou sua mulher e seis filhos. Momentos antes da morte, a banda havia lançado seu novo vídeo clipe “Talking To Myself”. nossa.com.br

53


NOSSAQUALIDADEDEVIDA

Tecnologia, sua linda!

Jonathan Mandalho | Fotografia: Divulgação

A

qualidade de vida do ser humano é ditada hoje

A técnica é fantástica, já que oferece um pós-ope-

pelos avanços tecnológicos, que caminham

ratório com mínimo desconforto, resultado de uma

constantemente no sentido de facilitar os inú-

abordagem rápida e precisa, executada com plane-

meros desafios pelos quais passamos diaria-

jamento virtual minucioso. Indivíduos diabéticos,

mente.

com problemas sistêmicos e/ou tabagistas são tam-

Dentre esses avanços, não poderia deixar de

bém aqueles que obtém maior vantagem quando

destacar um deles, que curiosamente vem da

optam por essa modalidade de terapia.

minha área de atuação e praticamente revolu-

E pensar que antigamente tínhamos a única opção

cionou as reabilitações orais com o uso de im-

de enfrentar o boticão do dentista, pois as alter-

plantes dentários: as cirurgias guiadas.

nativas disponíveis eram somente as extrações e a

Este procedimento foi desenvolvido anos atrás,

dentadura, que em certos casos até era considerada

mas atualmente, com a melhora na qualidade

como um presente do pai ou da mãe.

dos exames tomográficos e da prototipagem dos modelos, associados ao escaneamento em cad-cam, as intervenções ficaram muito mais precisas e confiáveis, tanto que seu emprego tem aumentado significativamente nos últimos tempos nos consultórios odontológicos. Sua indicação é ampla, pois vai desde aqueles pacientes que possuem temor por técnicas invasivas convencionais, com descolamento de gengiva, incisões, pontos e suturas, até aqueles desenganados, convencidos a enfrentar enxertos ósseos e orçamentos mais dispendiosos. Jonathan Mandalho Dentista

Nesse quesito, o profissional consegue eleger, em grande parte dos casos, áreas propícias para a fixação de implantes, evitando, desta forma, as reconstruções maxilares.

54

nossa.com.br


nossa.com.br

55


NOSSAESPECIALSTAMM

Histórias de amor na Stammtisch Jaraguá A festa mais badalada da região reúne corações Por: Eduardo Klemtz | Fotografia: Divulgação

A

lém de ser um palco para a confraternização, movido a alegria, música, diversão, chopp e gastronomia e festejos de centenas de pessoas durante o mês de julho, a Stammtisch é inspiração para o início de muitos contos de amor. O clima leve e de muitos sorrisos da festa inspirou a história de alguns casais, que começaram as sua vidas juntos dentro da celebração. Confira a história mais que especial de alguns dos visitantes do evento, que não poupam palavras quando o assunto é amor, carinho, fidelidade e paixão pelo seu companheiro.

“Stammtisch no ano de 2010, manhã de sábado, bastante sol, clima propício para mais um dia de festa, só não sabíamos que seria a melhor de nossas vidas. Entre um chopp e outro, o bate papo com os amigos iniciava, a festa tomava forma e tudo corria dentro do esperado para aquele dia, menos a parte em que passou por mim (Luiz) uma mulher (Morgana) e que chamou muita atenção. Aquele cabelo vermelho cheiroso, aquele jeito meigo e um olhar maravilhoso que me fez suar as palmas das mãos, naquele instante não ouvia o que meus amigos falavam, nem lembro o que falavam, só conseguia observar aquela mulher. Lembro que senti um gelo na barriga, olhei para o copo que estava segurando e pensei: – Que chopp é esse? Mas quando levantei a cabeça e a vi novamente percebi que aquele frio na barriga não se tratava da bebida que estava consumindo, mas sim dela. Lembro de ver um cara tocando violão na barraca onde estávamos e não pensei duas vezes (sou músico e vou “apavorar” agora), pedi o violão emprestado e mandei algumas canções, acreditava estar no caminho certo mas a bebida já fazia efeito, e as desafinadas na minha voz nos fizeram MORGANA STINGHEN E LUIZ CLAUDIO PETERS

rir da situação. Foi quando ela pediu uma música e eu sem perder tempo falei que só iria tocar se ganhasse um beijo! Aquele frio na barriga se transformava em alegria e o sabor daquele beijo, misturado com chopp (huumm), fez com que sentíssemos algo muito maior e a troca de olhares após foi a certeza de que florescia, ali naquele momento, uma paixão em nossas vidas. Continuamos a bebedeira, cantamos mais algumas músicas, rimos muito e ainda nos lambuzamos com o glacê do bolo que comemos depois, afinal estávamos na Stammtisch por diversão e foi exatamente o que fizemos. Desde então estamos unidos e construindo nosso futuro. Ainda não estamos casados, mas moramos juntos, temos nossos animais de estimação, viajamos regularmente e o mais importante, nunca mais perdemos uma edição da Stammtisch que a cada ano traz uma energia positiva e nos recorda um passado que trouxe o maior bem de nossas vidas, o amor.”

56

nossa.com.br


ANNE LUISE E SÉRGIO RADUENZ “A nossa história nasceu na Stammtisch de 2014. Fui com a minha prima (que foi a nossa cupido) com o objetivo de apenas nos divertirmos. Chegando lá, eu não conhecia praticamente ninguém, mas minha prima já conhecia o “Serginho” e resolvemos ficar na turma de amigos dele e como o bom alemão teimoso que foi, ficamos pela primeira vez e “STAMos” juntos até hoje, fazendo planos para casar em breve. Obrigada Stammtisch!”.

YARA BERTOLI SOPRANO E ALISON WEISS JACOB “Eu estava solteira na época da Stammtisch de agosto de 2015! Mandei mensagem para meu futuro namorado semanas antes do evento, sem pensar no futuro! Dentro da Stammtisch, com tanta gente no local, eu fui dar de cara com ele, bebemos, nos divertimos e tivemos uma conexão incrível! No dia 01 de agosto deste ano, iremos fazer 2 anos juntos. Obrigada Stammtisch Jaraguá do Sul por fazer meu encontro com o amor da minha vida!”.

“Eu e o Jaison (namorado), antes da 14ª Stammtisch havíamos nos visto uma vez em uma balada da cidade, pois temos muitos amigos em comum. Já havíamos nos adicionado no Facebook um tempo atrás e começamos a conversar. Me lembro que ele havia me enviado uma mensagem com uma foto de dois alfajores e eu disse que eu queria um. Ele afirmou que levaria eles para a Stammtisch, mas não coloquei muita fé né, porque achei que ele iria esquecer. No dia da festa, nos encontramos e estávamos em barracas separadas. Como temos amigos em comum, fomos nos cumprimentar, confesso que eu estava com vergonha, então ele tirou do bolso dois alfajores e me deu, achei muito fofo dei um abraço de agradecimento e fui pra minha barraca… Depois de uns copos de chopp, nos encontramos e fomos nos dar um abraço, e foi aí, que rolou o nosso primeiro beijo. Quando terminamos de nos beijar nossos amigos agitaram um monte e ele começou a dizer que iria se casar comigo… Então nessa 15ª Stammtisch posso dizer que fará um ano do nosso beijo e um ano em que eu encontrei o amor da minha vida. A Stammtisch não é só uma festa pra beber, é uma festa pra fazer novos amigos, conhecer melhor outras pessoas, para se divertir e até mesmo pra encontrar o amor da sua vida, como foi no nosso caso, obrigada Stammtisch por FRANCIELE WILL DE OLIVEIRA E JAISON ROSNIAK

fazer parte da nossa história, esse ano, em comemoração ao nosso primeiro beijo estamos com a nossa própria barraca, para comemorar esse dia especial com os nossos amigos”.

nossa.com.br

57


58

nossa.com.br


nossa.com.br

59


NOSSAESPECIALCONSTRUÇÃO

Tire suas dúvidas sobre pisos intertravados

execução é considerada bem simples. Quanto à velocidade de execução, é preciso ficar atento quanto ao tamanho da obra. Se a área não for muito extensa, é possível fazer a aplicação rápida. Para áreas maiores, devido a pouca mecanização do processo, opções como concreto e asfalto podem ser mais vantajosas quando o assunto é tempo. Durabilidade e resistência A vida útil dos pisos intertravados, segundo os fabricantes, é de 20 anos, tempo muito superior às demais opções presentes no mercado. Claro que é preciso relevar – antes mesmo de decidir so-

Explicamos para você as vantagens e desvantagens

bre o piso – qual será o tráfego na área desejada. Isso pode influenciar na durabilidade do material.

desse tipo de piso, bem como a relação de custo X

Todavia, é importante saber que o piso inter-

benefícios e dicas para a melhor execução.

travado consegue resistir ao tráfego tão bem

Da redação

|

Fotografia: Divulgação

quanto outros pisos. Isso vale até mesmo em relação ao peso de veículos e equipamentos que circularão na área.

O

Você também pode se perguntar quanto ao dess pisos intertravados de concreto podem surgir

locamento dos pequenos “blocos”. Quanto a isso

com diversas nomenclaturas: bloquetes, pavi-

não há segredos. Se houver um bom assentamen-

mentos drenantes, pavers. Qualquer um desses

to, não haverá desníveis. Mas cá entre nós que esse

nomes está na boca do povo, ou melhor, dos ar-

tipo de piso fica muito melhor para áreas de lazer

quitetos e engenheiros.

e tráfego de pedestres do que outros usos. Afinal,

Cada vez mais popular entre os projetos urbanos

sabemos que o asfalto oferece um conforto imba-

do Brasil, esse estilo de piso ainda é cercado de

tível quando falamos em ruas e rodovias.

dúvidas. Afinal, como utilizá-lo? Quanto custa? Há necessidade de mão de obra especializada?

Conforto térmico

Qual o tempo de execução? São muitas questões

Você sabia que o piso intertravado consegue

que envolvem o tema e hoje vamos respondê-las!

suportar bem altas temperaturas sem dissipar o calor para o ambiente? Pois é. Diferentemente

Custos

do asfalto, que absorve o calor rapidamente. Por

Esse item envolve um termo que agrada muito:

conta disso, o intertravado é mais vantajoso para

custo x benefício. É isso que os pisos intertrava-

área de circulação de pessoas, sobretudo para

dos oferecem. Isso por que, na maioria dos casos,

áreas de piscina.

mesmo sendo as soluções com obras mais caras que as demais opções (asfalto e concreto), eles

Segurança

possuem uma vida útil bem maior. Portanto, ao

Outra notícia boa é que esse tipo de piso é per-

final, você verá que o projeto valeu mais a pena.

meável, ou seja, permite absorção de água, evitando acumulo ou escoamento muito rápido da

60

nossa.com.br

Execução

mesma. Isso acontece em função da sua base e

Outro ponto forte dos pisos intervalados: não é

o rejunte de areia. Portanto, escorregões quando

preciso de uma mão de obra muito especializa-

molhado nunca serão problemas em superfícies

da, muito menos de equipamentos específicos. A

de pisos intertravados.


anuncie aqui!

nossa.com.br

61


NOSSAARQUITETURAEURBANISMO

Vegetação: Um toque a mais no seu ambiente Que tal alegrar o seu ambiente com um pouco de verde? As plantas são as melhores soluções

A

s plantas cultivadas dentro de casa vão muito além da sua função decorativa, pois elas auxiliam na absorção de poluentes reduzem os níveis de tensão e estresse, e ajudam até mesmo a ter uma boa noite de sono. Veja algumas plantas para o seu ambiente: Babosa de Pau: Deve ser cultivada sem luz direta do sol e não é resistente ao frio por ser uma planta tropical. As regas devem ser feitas sempre que o solo estiver secando. Nome cientifico: Philodendron Martianum. Bromélia: O sol direto queima suas folhas, por isso deve receber apenas claridade indireta. É plantada em substrato para epífitas. Deve ser regada a cada dois dias, limpando-se o seu centro para evitar proliferação de mosquitos. Nome cientifico: Guzmania Ligulata. Filodendro Cascata: O Filodendro Cascata em vasos costuma ficar bem em qualquer ambiente. Deve ser

internos. Deve ser regada a cada 15 dias, sem molhar

mantido longe na luz direta do sol, mas o ambiente

as folhas e mantida à meia-sombra. Nome cientifico:

deve ser iluminado. Deve ser regado quando a cama-

Sansevieria Cylindrica.

da superficial da terra estiver seca. Nome cientifico:

Minicactos: Ao contrário dos cactos grandes, eles não

Philodendron Cascata.

devem ser expostos à luz direta do sol e ficam melhor em

Jade: A Jade demora para florescer, mas vale a pena es-

ambientes internos bem iluminados. Para saber quando

perar. É muito fácil de cuidar: se dá bem em qualquer

regar, verifique se a terra está seca - em geral as regas são

solo que não fique muito úmido e deve receber luz direta

semanais. Nome cientifico: Mamillaria SP.

do sol pelo menos durante uma parte do dia. Nome cien-

Palmeira Camaedórea: Gosta de ambientes úmidos e

tifico: Crassula Ovata.

longe da luz direta do sol. A rega tem que ser frequente,

Jiboia: Uma das poucas trepadeiras para ambientes in-

para manter a terra sempre úmida. Nome cientifico: Cha-

ternos, a Jiboia cresce apoiada a substratos, como xaxins

maedorea Elegans.

ou outras plantas. Esta planta tem as folhas coloridas, mas

Palmeira Ráfis: Fica bem em todo tipo de iluminação. É

se ficar somente na sombra suas folhas serão pequenas e

importante regá-la com frequência sem encharcar seu

verdes. A rega deve ser feita com frequência, para manter

substrato. Nome cientifico: Rhapis Excelsa.

o substrato úmido. Nome cientifico: Remnum Pinnatum.

Pau d’água: É resistente ao ar condicionado e não pre-

Lança de São Jorge: Por ser uma planta muito re-

cisa ficar diretamente exposto ao sol. Deve ser regado

sistente, pode ser usada nas mais variadas composi-

quando a superfície da terra estiver seca. Nome cientifi-

ções, desde jardins de pedras a vasos para ambientes

co: Dracaena Fragrans.

Rua 28 de Agosto, 200 - sala 01 - Nova Esperança - Guaramirim - SC

62

nossa.com.br

Jeanita Bonato, Arquiteta e Urbanista.

Rua João Wiest Júnior, 1655 - Água Verde - Jaraguá do Sul - SC 47 3370 0070 | 47 99942 6030 eixo11arquitetura@gmail.com Eixo 11 arquitetura


nossa.com.br

63


NOSSAESTADUAL

Os anjos do negócio Por: Carlos Chiodini

Secretário de Desenvolvimento Sustentável

U

64

nossa.com.br

ma ideia boa, inovadora e, sobretudo, útil

uma forma de estímulo à atividade e não mais

pode revolucionar o mercado. Contudo, colo-

tributação.

cá-la em prática não é uma tarefa fácil. Muitos

A Constituição Federal é bem clara que este

projetos acabam nem saindo do papel porque

tipo de tributação para as micro e pequenas

falta alguém que acredite neles. Esse é o pa-

empresas só pode ser feita por meio de lei

pel do investidor-anjo, profissionais experien-

complementar. O entendimento dos legisla-

tes que agregam valor para o empreendedor

dores é que os tributos aos investidores-anjos

com seus conhecimentos, experiência e rede

já estão contemplados nos anexos da lei nº

de relacionamentos, além, claro, dos recursos

123 de 2006. Se for para aplicar novos tributos

financeiros.

aos anjos, estes devem ser feitos nos referi-

Hoje o Brasil conta com pouco mais de sete mil

dos anexos e somente depois de amplamen-

investidores-anjos, que investiram R$ 120 mil

te discutidos no Congresso Nacional e com

cada em 2016, totalizando R$ 851 milhões. Ainda

a sociedade civil organizada, e não por uma

é um número baixo se comparado a outros pa-

instrução normativa.

íses. Nos Estados Unidos, por exemplo, o aporte

Entendemos que, além dos motivos já expos-

foi superior a US$ 25 bilhões no último ano.

tos, esta ação irá afugentar novos investimentos

Entretanto, na última semana a Secretaria da

e os jovens empreendedores. Precisamos esti-

Receita Federal do Brasil publicou uma instru-

mular a inovação, as boas ideias, as startups, o

ção normativa que tributa a retirada do capital

empreendedorismo. Precisamos nos unir e re-

do investidor-anjo, criando, inclusive, alíquo-

verter esta situação. O Brasil precisa aprender a

tas que vão até 22,5%. Esta medida traz frus-

dizer sim aos investimentos e, especificamente,

tração ao setor, que esperava isenções como

aos anjos que querem investir.


nossa.com.br

65


NOSSADANÇA

Diálogo URGENTE nas danças a dois

A

Omar Forte Professor de Educação Física Omar Forte CREF 9651-SC Especialista em Gerontologia / Mestrando Ciência do Movimento Humano, Professor de Dança e Dançarino da Escola Dançar A2, Personal Trainer Grupos Especiais

66

nossa.com.br

inda nos dias de hoje é muito forte a ideia

Maria Antonietta Guaycurus sem dúvida foi

nas danças de salão de que o homem con-

uma das maiores referências de todos os

duz e a mulher executa o que lhe foi pedido.

tempos tanto para os homens quanto para

Isso precisa mudar, pois vivemos em uma

as mulheres. No Rio de Janeiro, certa vez em

sociedade onde a cada dia as mulheres vem

entrevista a uma TV, mencionava sobre o ma-

ganhando espaço, quer seja em cargos polí-

chismo na dança, mas que ela muitas vezes

ticos, posições de chefia ou empresárias de

assumia sua “independência, pois realizava

vários setores assumindo sua independência

movimentos por sua vontade, fora da con-

financeira e hoje também donas de escolas

dução de seus parceiros, mas somente com

de dança.

profissionais.

Não estou aqui propondo que a mulher as-

Acredito que este processo é muito novo para

suma toda a responsabilidade da condução

todos, para quem conduz ou para quem é

ou o papel do homem, mais sim que se tenha

conduzido. Penso que os homens podem e

um diálogo aberto com muito mais liberdade

devem criar mais espaço para a criatividade

e respeito a quem se propõem dançar a dois.

da sua parceira, assim estimulando cada vez

Há muitas damas profissionais de dança de

mais a liberdade na vida e nas danças a dois.

salão que vem desenvolvendo este maravi-

Do autor: esse é um assunto muito amplo e

lhoso trabalho com as mulheres e seus res-

complexo que requer muita pesquisa, leitu-

pectivos parceiros. Nossa dança ficará cada

ra e reflexão. Deixo aqui alguns dos maiores

vez mais interessante quando tivermos par-

nomes das danças de salão para futuras pes-

ceiras que tenham a liberdade de propor ca-

quisas: Sheila Santos, Katiusca Marusa Cunha

minhos e dinâmicas que estimulem a trocar

Dickow, Sheila Aquino, Erica Ikuno, Rachel

informações, sensações, ideias e sentimentos.

Mesquita, entre outras.

Renove-se e reinvente “Todo dia é dia de Dançar A2”. Abraços de dança a todos.

WWW.DANCAJARAGUADOSUL.COM.BR E NO SITE DA REVISTA NOSSA.


Madero Container NOVO: R. Presidente Epitácio Pessoa, 175 - Jaraguá do Sul Parada Havan - Barra Velha Madero Steak House Shopping Mueller - Joinville Garten Shopping - Joinville Shopping Neumarkt - Blumenau Balneário Shopping - Balneário Camboriú Av. Atlântica, 3180 - Balneário Camboriú nossa.com.br

67


NOSSAMERCADOVINÍCOLA

Brasil, um país de novas fronteiras vinícolas Da redação

R Guilherme Sulsbach Grando Diretor Comercial da Vilaggio Grando

68

nossa.com.br

|

Fotografia: Divulgação

Recentemente tem se falado muito em SC,

podemos acreditar que as regiões já consagra-

MG, novas regiões do RS e SP como os novos

das, Borgonha, por exemplo, tenham já desde

produtores dos bons vinhos nacionais. Como

o início descoberto o local, a uva e o meio de

continuidade destes comentários, muitas ve-

produção adequado. Foram centenas de anos

zes repete-se a pergunta de por que o Brasil

para se chegar ao ponto correto. Vivemos uma

somente recentemente despertou para vi-

experiência nova em um ramo milenar.

nhos e apenas nas últimas décadas fala-se em

Por outro lado, de forma vantajosa, não es-

alta qualidade?

tamos precisando definir novas fronteiras ba-

A resposta mais rápida e fácil seria simples-

seadas em tentativas e erros. Conseguimos

mente comentarmos que não era de nossa

através de pesquisa e tecnologia nacional e

cultura. A resposta, porém, é muito mais com-

estrangeira implantar nossos vinhedos e viní-

plexa e histórica. Quando as terras que viriam

colas com os mais novos meios produtivos.

a ser o Brasil foram descobertas, na Europa e

Este talvez seja o maior incentivo à aqueles

noutras tantas partes do mundo já produziam,

que não acreditavam no vinho nacional. Ain-

bebiam e catalogavam seus vinhos enquanto

da não tínhamos chegado ao local certo com

nossa agricultura indígena era baseada ape-

a uva e método correto. Quanto mais che-

nas em amendoim e mandioca sem nenhu-

gamos perto mais nos consagramos mundo

ma tecnologia.

afora com a qualidade. A quem não acredita,

É natural, portanto, que tenhamos tido um cer-

degustem às cegas e perceberão o que lá fora

to atraso em descobrir os locais corretos. Não

todos vêm percebendo.


Neobrick AC 10x20 cm

DECORTILES EXCLUSIVO EM JARAGUÁ DO SUL, NA RUA PROCÓPIO GOMES DE OLIVEIRA, 430, SALA 01. (47) 3054 5200 HÍFEN - DESIGN & ACABAMENTOS

/ELIANEREVESTIMENTOS

/DECORTILES

nossa.com.br

69


NOSSACULINÁRIA

PANQUECAS

COLORIDAS

Tato Branco 47 99902-0459

www.tatobranco.com.br tatobranco@tatobranco.com.br Tato Branco tatobranco

Panquecas coloridas: uma receita de fácil preparo, muito deliciosa e de baixo custo, quando apresentada em uma travessa Oxford... É para surpreender em alto estilo!

INGREDIENTES:

DICA: A panqueca tradicional é muito co-

2 xícaras (chá) de farinha de trigo

nhecida, com certeza a mais consumida, po-

com fermento;

rém, eu sempre falo que inovar e elaborar car-

2 xícaras (chá) de leite; 2 ovos; Para deixar a massa salgada sal a gosto;

dápios é uma oportunidade maravilhosa para aprimorarmos nosso talento e gerar o prazer e a motivação para desenvolver esta magnífica arte de cozinhar. Nesta receita de hoje apre-

Para deixar a massa doce: 2 colheres

sento três diferentes preparos para a massa.

(sopa) de açúcar;

Sabor beterraba, salsinha verde e cenoura.

Óleo o suficiente para untar a frigideira.

Faça o preparo da massa utilizando uma pe-

MODO DE PREPARO: Bata em um liquidificador a farinha de trigo, o leite, os ovos e o sal (salgada) ou o açúcar (doce). Em uma frigideira,

quena quantidade dos ingredientes que escolheu para dar o sabor desejado da massa. Quanto ao recheio, use sua imaginação. Esta de hoje preparei de forma tradicional, com carne moída. Porém, você pode surpreender do seu jeito, elaborando um recheio de ca-

aqueça o óleo, despeje parte da massa

marão, carne seca desfiada, bacalhau desfia-

e deixe dourar. Retire e reserve em um

do ou até com legumes. Use sua imaginação

prato.

ao seu gosto preferido!

Bom apetite!

70

nossa.com.br


Teto solar elétrico panorâmico

Câmera de ré com linhas auxiliares dinâmicas

Integração Apple CarPlay™ e Android Auto

Agora é a sua vez de conquistar um Mercedes-Benz. A 200 ff 17/18. De: R$ Por:

149.900,00

R$

129.900,00

The best or nothing.

Rua Blumenau, 2363, América - Joinville/ SC | (47) 3434-0200 | www.grupodva.com.br Mercedes-Benz A 200 ff 0 km, ano/modelo 2017/2018. Preço à vista de R$ 129.900,00 para consumidores do Estado de SC, válido até 31/08/2017 ou enquanto durar o estoque de 01 unidade. Pintura metálica e frete inclusos para retirada na concessionária onde foi realizada a compra. Consumo na cidade: 7,2 km/l (etanol) e 10,5 km/l (gasolina); na estrada: 8,8 km/l (etanol) e 12,6 km/l (gasolina), em simulação feita em laboratório. O consumo percebido pelo motorista poderá variar para mais ou para menos dependendo das condições de uso. CO2 fóssil não renovável: 119 g/km. Classificação PBE “D” na categoria Médio. Central de Relacionamento com o Cliente: 0800 970 9090.

Pela vida. Escolha o trânsito seguro.

Mundodva

MercedesBenzBrasil nossa.com.br 71


72

nossa.com.br

Revista Nossa Agosto 2017  
Advertisement