Issuu on Google+

EDUCAÇÃO PREVIDENCIÁRIA E FINANCEIRA NO CINEMA Por Eliane Miraglia • OUTUBRO DE 2011

Ah, quase ia esquecendo… O Cerbasi me contou também que o livro “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos”, Editora Gente, vai virar um filme e será lançado no primeiro semestre do ano que vem. Estou ansiosa para assistir! Chrystiane Silva1

Cuidar bem do próprio dinheiro não é mais assunto restrito aos economistas. Nas novelas2, em programas de variedades como Mais Você e Todo Seu – neste terceiro trimestre do ano – o tema foi apresentado de diferentes maneiras, por jornalistas, professores e também como mershandising. Agora, a expectativa é que as telonas também passem a veicular – que maravilha! – lições de Gustavo Cerbasi. Entretenimento? Eu chamo de naturalização. Se esses conceitos não estiverem integrados ao cotidiano, tudo fica parecendo teórico demais, sabe? Invenção de economista inalcançável para as pessoas comuns. Ou então papo de vendedor, quando o tema é tratado como publicidade. Verdade é que tem muita instituição séria tratando desse assunto. Tem assinatura da OCDE o documento que afirma sobre o diferencial competitivo para atrair investidores dos países cujas populações tiverem maiores índices de educação financeira e previdenciária. Já instituições como a OMS e a WHO, que analisam padrões globais de qualidade de vida do trabalhador, associam o equilíbrio financeiro a fatores de produtividade. Ou seja: educação financeira e previdenciária na mídia é reflexo de políticas globais. Não se trata, definitivamente, de acaso. O poder mágico das escolhas Tudo junto e misturado! Claro! Quando você assiste à televisão, é bombardeado por uma série de apelos ao consumo e também ao crédito pessoal fácil. Ora, mas é SEU o poder mágico das escolhas. Para fazer as mais inteligentes não é preciso ficar sem consumir. Mas é preciso saber priorizar demandas, calcular juros, amortizações, descontos, parcelamentos. E, no final das contas, fazer sobrar um “dinheirinho”. Ah! No seu planejamento de vida – que é muito mais amplo do que sua planilha de orçamento pessoal - esse “dinheirinho” guardado todo mês vai crescer muito, desde 1

2

jornalista econômica http://vocesa.abril.com.br/blog/seu-bolso/planejamento-financeiro/sabe-o-que-o-cerbasi-me-contou/

http://vocesa.abril.com.br/blog/seu-bolso/


devidamente investido num plano previdenciário responsável, que possa enfrentar as instabilidades do mercado financeiro. Veja! Não se trata de enriquecer, mas de manter seu poder de compra durante todo o seu ciclo de vida. Porque, é pura estatística: você VAI viver muito mais do que seus pais e seus avós. E, a menos que pretenda continuar trabalhando para sempre, terá que pensar em todas essas variáveis. E planejar, considerando instabilidades e flutuações de um cenário econômico e pessoal em permanente mudança. Vida real é mais emocionante do que qualquer videogame! A vida ficou mais complexa? Sim! Mas nada que o bom senso e um pouco de informação qualificada não possam ajudar a entender. E será cada vez mais fácil o acesso a esses temas tão importantes para manter o cotidiano sob controle. Além das revistas e sites especializados, em breve, todo esse conteúdo estará sempre à disposição nas telinhas, no rádio3, nas redes sociais, nos blogs, nos cinemas.

Eliane

Miraglia - mestre em Ciências da Comunicação, especialista em Gestão de Processos Comunicacionais e consultora de comunicação. Com Marisa Santoro Bravi, escreveu A importância dos valores para a construção de novos paradigmas sociais, disponível para leitura em http://biblioteca.abrapp.org.br/default.html

3

http://www.radioprevidencia.com.br/


Educação previdenciária e financeira no cinema