Issuu on Google+

Acentuação 

É o modo de proferir um som ou grupo de sons com mais relevo do que outros.

O acento é de intensidade (força, acento dinâmico, expiratório ou icto ). Quando o relevo consiste no maior esforço expiratório . Diz-se q o acento é musical. O português e as demais línguas românticas , o inglês, alemão são línguas de acento de intensidade; o latim e o grego possuem acento musical. Em Português, geralmente a sílaba tônica coincide com a sílaba tônica da palavra latina de que se origina. Acento de intensidade e sentido do vocábulo: Este acento desempenha importante papel lingüístico, para a significação do vocábulo. Acento principal e acento secundário: Geralmente ocorre o acento secundário na sílaba radical dos vocábulos polissilábicos derivados, cujos primitivos possuam acento principal: rápido - rapidamente. Acento de insistência e emocional. Entra em jogo a quantidade da vogal e da consoante, pois, quando se quer enfatizar uma palavra insiste-se mais demoradamente na sílaba tônica. Ex.: "Os dois garotos, porém esperneiam com a mudança da mãe: - Mentira!!... Mentiiiiiiiiiira!! Mentiiiiiiiiiiiiira!! - berra cada um para seu lado" ( Humberto de Campos, Sombras que sofrem) 1. ( Moderna Gramática Portuguesa ) 2. ( autor: Evanildo Bechara. ) 3. (pag.52) acentuação gráfica. 1. Vocábulos Oxítonos. Devem ser acentuados os vocábulos oxítonos e os monossílabos tônicos terminados em a, e, o, seguidos ou não de s. Exs.: Em a (s): aliás, atrás, chá, dará, quiçá, satanás, etc. Em es (s): através, café, cortês, você, vê, pés, etc. Em o (s): após, avó, dominó, vovô, pôs, sós, etc.


Não devem ser acentuados os vocábulos oxítonos e os monossílabos tônicos terminados em i, u, seguidos ou não de s. Exs.: Em i (s): ali, aqui, cambuci, gibi, guarani, guri etc. Em u(s): bambu, chuchu, indu, obus, perus, jus, etc. Obs. Devem ser acentuadas as formas verbais terminadas em a, e, o, tônicas, seguidas de pronomes complementos lo, la, los, las. Exs.: Em a: amá-lo, louva-lo, dá-los, acompanhá-las, ouvi-la-ás, etc. Em e: conhecê-lo, vê-la, movê-los, percebê-las, resolvê-la-íeis etc. Em o: compô-lo, dispô-lo, indispô-lo-emos, predispô-lo-ão etc. 2. Vocábulos oxítonos Devem ser acentuados os vocábulos oxítonos terminados por em ou ens, colocando-se sobre o e o acento agudo. Exs.: Além, alguém, desdém, ninguém, também, vintém, convéns, etc. Não devem ser acentuados os monossílabos nem os paroxítonos terminados por em ou ens Exs.: Monossílabos: bem, cem, trem, tem, ( 3ª pess. Sing.), tens, vem (3ª pess. Sing.), vens, etc. Paroxítonos: jovem, item, nuvens, etc. Obs.: a. Devemos colocar acento circunflexo na sílaba tônica das formas verbais de terceira pessoa do plural do presente do ind. dos verbos ter e vir, e de seus derivados Exs.: TER: VIR DERIVADOS DERIVADOS ele tem ele vem ele contém ele intervém eles têm eles vêm eles contêm eles intervêm ele retém ele sobrevém eles retêm eles sobrevêm b. Devemos colocar acento circunflexo sobre o primeiro e da terminação eem (3ª pess.Pl.) dos verbos crer, dar, ler e ver, bem como de seus derivados. Exs.: CRER: DAR: LER: VER:


Crêem Dêem lêem vêem DERIVADOS: Descrêem desdêem relêem revêem Nota: As formas acima são paroxítonas. 3. Vocábulos Paroxítonos. Devem ser acentuados os vocábulos paroxítonos terminados em r, x, n, i (palavra mnemônica: rouxinol). Exs.: Em r: aljôfar, açúcar, néctar, etc. Em x: bórax, códex, fênix, etc. Em n: abdômen, cânon, pólen, etc. Em i: afável, ágil, cônsul, etc. Devem ser acentuados os vocábulos paroxítonos terminados em i(s), us, um, uns, ão(s), ã(s), ei(s), os. Exs.: Em i(s): beribéri, tênis, grátis, etc. Em us: bônus, vírus, múnus, etc. Em um: álbum, médium, etc. Em uns: álbuns, médiuns, etc. Em ão(s): órfão, sótãos, etc. Em ã(s): órfã, irmã, etc. Em ei(s): afáveis, louváveis, etc. Em ps: fórceps, bíceps, etc. 4. Vocábulos Paroxítonos: Devem ser acentuados os vocábulos paroxítonos terminados em encontros vocálicos átonos seguidos ou ñ de s tais encontros vocálicos são ditongos crescentes: ea(s), eo(s), ia(s), ie(s), io(o), ao(s), ua(s), ue(s), uo(s). Exs.: Em ea(s): álea, côdeas, etc. Em io(s): colégio, pátios, etc. Em Em eo(s): argênteo, terráqueos, etc. Em ia(s): ânsia, vitórias, etc. Em ie(s): calvície, espécie, etc. Em oa(s): amêndoa, mágoas, etc. Em ua(s): água, espáduas, etc. Em ue(s): tênue, bilíngue, etc.


Em uo(s): árduo, ingênuos, etc. 5. Vocábulos proparoxítonos: Devem ser acentuados todos os vocábulos proparoxítonos. Exs.: Álcool, ângulo, aeróstato, ágape, bígamo, bárbaro, cálice, chácara, cândido, chávena, cônjuge, cúpula, diácono, déspota, lépido, ônibus, plêiade, trânsfuga, úbere vermífugo, zéfiro, etc. 6. Hiatos: Devem ser acentuados o i ou o u, tônicos, q formam silabas sozinhos ou com s, e se apresentam em hiato com uma vogal anterior. Exs.: Com i(s): ateísmo, baía, Avaí, faísca, jacareí, pirajuí, etc. Com u(s): ataúde, baú, balaústre, viúvo, etc. Obs.: a. Se, no caso acima, ocorrer nh depois do i tônico, este ñ se acentua. Exs.: rainha ( ra-i-nha ) , tainha (ta-i-nha), etc.: b. Não se acentuam também o i ou o u tônicos da base dos ditongos iu ou ui, quando antes deles vem uma vogal. Exs.: Atraiu (a-tra-iu), pauis (pa-uis), etc. 7. hiatos: Recebe acento circunflexo o penúltimo o fechado do hiato oo(s), nas palavras paroxítonas . Exs.: Abençôo, atraiçôo, vôos, etc. Não deve ser acentuado o penúltimo o fechado dos hiatos ao(s), nas palavras paroxítonas. Exs.: Boa, garoa, garoas, abençoe, voe, etc. 8. Ditongos: Devem ser acentuadas as vogais e ou o tônicas abertas, dos ditongos ei, eu, oi. Exs.: Éi: anéis, atéia, idéia, etc. Éu: céu, mausoléu, troféu, etc.


Ói: alcalóide, apóio, jóia, etc. 9. Trema: Deve ser colocado o trema sobre o u dos grupos gue, gui, que, qui, quando esse u é pronunciado e átono. Exs.: Gue: agüentar, ungüento, etc. Gui: lingüiça, lingüística, etc. Que: freqüente, eloqüente, etc. Qui: tranqüilo, ubiqüidade, etc. Obs.: a. O uso do trema é facultativo quando é facultativa a pronuncia do (u). Ex.: sangüíneo ou sangüíneo. b. Se o (u) dos grupos gue, gui, que, qui, ñ somente for pronunciado, mas tbm tônico, deve receber o cento agudo. Ex.: argúi, argúis. 10. acento diferencial: Recebem acento agudo diferencial os seguintes vocábulos tônicos que tem a mesma escrita que outros átonos Tônicos: Átonos: Ás (subst.masc.).....................................................às (contração) Pára (verbo)...........................................................para (preposição) Péla(s) (s.m.), péla(s) (verbo)................................pela (s)(per + la(s)) Pélo (verbo)............................................................pelo (per + lo) Pólo(s) subst.)..........................................................polo(s) (por + (s)) Recebem acento circunflexo diferencial os seguintes vocábulos tônicos que têm a mesma escrita que outro átonos Tônicos: Átonos: Pêlo(s) (subst.).............................................................pelo(s) (contração) Pôr (verbo)..................................................................por (preposição) Porquê (subst.)............................................................porque (conjunção) Recebem acento circunflexo a forma verbal "pôde, 3ª pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo, para diferenciar de "pode", 3ª pessoa do singular do presente do indicativo. 11. Emprego do hífen a. ligar pronomes átonos enclíticos e mesocliticos às formas verbais, e unir os pronomes enclíticos lo, la, los, las, aos pronomes nos e vos e à palavra eis. Ama-la, vende-os.


b. Separar os sufixos açu, guaçu, mirim, quando o primeiro elemento termina por vogal acentuada graficamente ou por tônica nasal: andá-açu, cajá-mirim. c. Separar , nas palavras compostas, elementos justapostos , e, nas derivadas por prefixação, o prefixo do radical. Ø Hífen separando elementos compostos por justaposição. Ø Regra geral: (a) Substantivo + substantivo: banho-maria. (b) Substantivo + preposição + substantivo: copo-de-leite. (c) Subst. + adjt.: amor-perfeito (d) adjt. + subst.: baixo-relevo (e) verbo + subst.: arranha-céu (f) adjt + adjt.: côncavo-convexo (g) verbo + verbo.: ganha-perde. (h) Advérbio + adjt.: abaixo-assinado. Obs.: Pode ocorrer, às vezes, q um dos elementos do nome composto perca seu acento próprio. Em tal caso desaparece a consciência da composição, e ñ se usa o hífen. Exs.: aguarrás, alçapão, bancarrota, girassol, madrepérola, passatempo, rodapé, etc. 12. Hífen separando prefixos: 1. Os prefixos q seguem devem ser separados por hífen, independentemente da letra com q se inicia o segundo elemento.: Ø PREFIXOS: EXEMPLOS.: Ø Além-, aquém-, recém-, Além-túmulo, além mar, Ø Pós-, pré-, pró-. Pós-datar, pré-carnavalesco. Ø Bem-. Sem-. Bem-aventurado, sem-vergonha. Ø Sota-, soto-, vice-. Sota-vento, soto-mestre, vice-rei. Ø Nuper-. Nuper-falecido, nuper-publicado. Ø Ex-, (no sentido de "que já foi", estado anterior) ex-aluno, ex-presidente. Ø Co-, (no sentido de "a par, "juntamente",) co-produção, co-autor, co-seno. (Ficam, excluídas as formas tradicionais: coabitar, coadjutor, coirmão, cologaritmo) 2. se o segundo elemento principiar por h, r, s ou qualquer vogal, os prefixos q seguem devem ser separados. Ø Prefixos: Exemplos (de acordo com a regra) Exemplos (fora da regra) Ø Auto-, neo-, proto-, auto-hemoterapia, neo-realista, autobiografia,


Pseudo-, proto-histórico, pseudo-heroi. Neoclássico. Ø Intra-, extra-, infra-, intra-regulamentar, extra-humano intramedular, extralegal, Supra-, ultra, contra-, infra-hepático, supra-renal, infravermelho, contrafé Semi-. Ultra-som, contra-atacar, semivogal. Semi-reta. 3. Se o segundo elemento principiar por h, r ou s, devem ser separados. Ø Prefixos: Exemplos( com regra) Ex.: (fora da regra) Ante-, anti-, arqui-, ante-histórico, anti-rábico, antecâmara, anticristo Sobre-. Arqui-rabino, sobre-saia arquiduque, sobrecapa. 4. Se o segundo elemento principiar por h, ou r devem ser separados. Ø Prefixos: Exemplos( com regra) Ex.: (fora da regra) Ø Inter-, super-. Inter-residente, super-homem. Interação, superagudo. 5. Se o segundo elemento principiar por h, ou por vogal devem ser separados. Ø Prefixos: Exemplos( com regra) Ex.: (fora da regra) Ø Circum-, com-, circum-hospitalar, com-aluno, circumpolar, compasso Mal-, pan-, mal-educado, pan-americano. Malcriado, pandemônio 6. Se o segundo elemento principiar por r (múltiplo), devem ser separados. Ø Prefixos: Exemplos( com regra) Ex.: (fora da regra) Ø Ab-, ob-, sob-, ab-rogar, ob-recepção, abdução, oblongo, Sob-roda. Sobpor.


Acentuação