Page 435

— Isso apenas se você me pegar, Christian. E nesse momento, eu não tenho nenhuma intenção de deixá-lo me pegar. — Anastásia, você pode cair e se machucar. O que a colocará em violação direta a regra número sete. — Desde que te conheci Senhor Grey, estou em perigo permanente, com regras ou sem. — Sim você esta. — Ele pausa, e sua testa enruga ligeiramente. De repente, ele dá o bote em mim, me fazendo gritar e correr para a mesa de jantar. Eu consigo escapar, colocando a mesa entre nós. Meu coração está martelando e a adrenalina disparou pelo meu corpo... cara... isso é tão excitante. Eu sou uma criança de novo, embora isso não esteja certo. Eu o observo cuidadosamente, enquanto ele caminha deliberadamente em minha direção. Eu dou uns centímetros de distância. — Você certamente sabe como distrair um homem, Anastásia. — Nosso objetivo é agradar, Senhor Grey. Distraí-lo do que? — Vida. O universo. — Ele balança a mão vagamente. — Você realmente parecia muito preocupado enquanto estava tocando. Ele para e cruza os braços, sua expressão divertida. — Nós podemos fazer isso durante o dia todo, querida, mas eu vou pegá-la, e só será pior para você quando eu fizer. — Não, você não vai. — Eu não devo ser excessivamente confiante. Eu repito isso como um mantra. Meu subconsciente vestiu seu Nike, e ele está sobre os tacos de partida. — Qualquer um poderia pensar que você não quer que eu te pegue. — Eu não quero. Esse é o ponto. Para mim o castigo é como o toque para ti. Toda a sua atitude muda em um segundo. Foi-se o Christian brincalhão, e ele fica me olhando como se eu tivesse lhe dado um tapa. Ele está pálido. — É assim que você se sente? — ele sussurra. Aquelas cinco palavras, e a forma como ele as pronuncia, me falam muito. Ah não. Elas me dizem muito mais sobre ele e como ele sente. Elas me dizem sobre seu medo e ódio. Eu franzo a testa. Não, eu não me sinto assim tão mal. De jeito nenhum. Eu sinto? — Não, não me afeta tanto quanto isso, mas isso te dá uma ideia, — eu murmuro, olhando ansiosamente para ele. — Ah, — ele diz. Merda. Ele parece completa e totalmente perdido, como se eu tivesse puxado o tapete debaixo dos seus pés. Tomando uma respiração profunda, eu me movo ao redor da mesa até que estou em pé na frente dele, olhando para seus olhos apreensivos.

439

50 tons de cinza  
Advertisement