Page 343

De: Christian Grey Assunto: Finalmente! Data: 31 de maio 2011 07:30 Para: Anastásia Steele

Anastásia Aborrece-me que, quando coloca distância entre nós, você se comunica abertamente e honestamente comigo. Por que você não pode fazer isso quando nós estamos juntos? Sim, eu sou rico. Se acostume a isto. Por que eu não devia gastar dinheiro com você? Nós dissemos a seu pai que eu sou seu namorado, pelo amor de Deus. Isso não é o que os namorados fazem? Como seu Amo, eu esperaria que você aceitasse o que seja que eu gaste com você sem argumento. Por certo, diga a sua mãe também. Eu não sei como responder seu comentário sobre sentir como uma prostituta. Eu sei que isso não foi o que você escreveu, mas é o que você implicou. Eu não sei o que eu posso dizer ou fazer para erradicar isto. Eu gostaria que você tivesse o melhor de tudo. Eu trabalho excepcionalmente duro, então eu posso gastar meu dinheiro como eu quero. Eu podia comprar para você, tudo o que deseja Anastásia, e eu quero fazê-lo. Chame isto redistribuição de riqueza se você quiser. Ou simplesmente saiba que eu não iria, não poderia pensar em você no modo que você descreveu, e eu estou bravo se é isso como você se vê. Para tal mulher brilhante, engenhosa, bonita e jovem você tem alguns problemas reais de auto-estima, e estou pensando em marcar uma consulta para você com Dr. Flynn. Eu me desculpo por tê-la assustado. Eu acho o pensamento de incitar medo em você detestável. Você realmente pensa que eu deixaria você viajar desse modo? Eu ofereci a você meu jato privado, pelo amor de Deus. Sim foi uma piada, uma ruim obviamente. Porém, o fato é – o pensamento de você atada e amordaçada me excita (isto não é uma brincar – é verdade). Eu posso renunciar os engradados - os engradados não me atraem. Eu sei que você tem problemas com amordaçar, nós conversamos sobre isso e se/quando eu amordaçar você, nós discutiremos isto. O que você não percebeu é que em relações de Dominador/submisso é o submisso é que tem todo o poder. Isto é você. Eu repetirei isto – você tem o poder. Não eu. Na casa dos barcos você disse não. Eu não posso tocar em você se você disser não – é por isso que nós temos um acordo – o que você fará ou não. Se nós tentarmos coisas e você não gostar delas, nós podemos revisar o acordo. Depende de você – não de mim. E se você não quiser ser e amordaçada em um engradado, então não acontecerá. 347

50 tons de cinza  
Advertisement