Page 316

— Boa dia, Srta. Steele. Você gostaria de um café da manhã? — O tom dela é cálido, mas sério, e eu estou atordoada. Quem é essa atraente loira na cozinha de Christian? Eu estou apenas usando a camisa de Christian. Eu me sinto autoconsciente e envergonhada pela minha falta de roupas. — Eu sinto que nós nos conhecemos em desvantagem. — Minha voz está baixa, incapaz de esconder a ansiedade na minha voz. — Ah, eu sinto muitíssimo, eu sou a Sra. Jones, sou a empregada do Sr. Grey. Ah. — Como você está? — eu consigo falar. — Você gostaria de um café da manhã, senhora? Senhora! — Só um pouco de chá está ótimo, obrigada. Você sabe onde o Sr. Grey está? — Em seu escritório. — Obrigada. Eu fugi para o escritório, mortificada. Por que o Christian só tem loiras atraentes trabalhando para ele? E um pensamento desagradável veio involuntariamente em minha mente – Todas elas são ex-subs? Eu me recuso a entreter essa ideia horrível. Eu enfio minha cabeça timidamente pela porta. Ele está no telefone, de frente para a janela, com calça preta e uma camisa branca. Seu cabelo ainda está molhado do banho, e eu estou completamente distraída dos meus pensamentos negativos. — A menos que a companhia P&L melhore, eu não estou interessado, Ros. Nós não vamos carregar peso morto... eu não preciso de mais desculpas esfarrapadas... Fale para Marco me ligar, ou ele caga ou saía da moita... sim, diga para Barney que o protótipo parece bom, apesar de que eu não estou certo sobre a interface... não, está apenas faltando algo... eu quero encontrar com ele esta tarde para discutir... na verdade, ele e a equipe dele nós podemos trocar uma avalanche de ideias... ok. Transfira-me de volta para Andrea... — ele espera, encarando para fora da janela, mestre do universo, encarando as pequenas pessoas abaixo de seu castelo no céu. — Andrea... Olhando para cima, ele me nota na porta. Um sorriso lento e sexy se espalha em seu lindo rosto, e eu estou sem palavras enquanto minhas entranhas se derretem. Ele é sem dúvidas o homem mais lindo do planeta, muito lindo para as pequenas pessoas lá em abaixo, muito lindo para mim. Não, minha deusa faz uma careta para mim, não é muito lindo para mim. Ele é meio que meu, por enquanto. A ideia cria uma excitação pelo meu sangue e dispersa a minha insegurança irracional. Ele continua sua conversa, seus olhos nunca deixando os meus.

320

50 tons de cinza