Page 205

— Nós não temos, se você não quiser.... — Por favor diga não… — Annie, eu me acabei de sentar por umas duas horas e meia, escutando todo o tipo de tagarelar. Eu preciso de uma bebida. Eu ponho meu braço no seu e nós saímos do recinto com a multidão, no calor do início da tarde. Nós passamos pela fila para o fotógrafo oficial. — Oh, antes que esqueça. — Ray tirou uma máquina fotográfica digital de seu bolso. — Uma para o álbum, Annie. — Eu rolei meus olhos, enquanto ele clica uma foto minha. — Eu posso tirar o capelo e a beca, agora? Eu me sinto um tipo de idiota. Você parece meio que idiota… meu subconsciente está em seu melhor sarcasmo. Então, você vai apresentar Ray para o homem que você fode? Ele Ficará muito orgulho... Meu subconsciente está me olhando por cima com olhar superior. Deus, eu a odeio às vezes. A marquise é imensa e cheia de alunos, pais, professores e amigos, todos tagarelando alegremente. Ray me dá uma taça de champanhe ou vinho efervescente barato, eu suspeito. Não está gelado e tem gosto doce. Meus pensamentos viram para Christian… ele não gostará disto. — Ana! — Eu giro e Ethan Kavanagh agarra-me em seus braços. Ele me gira ao redor, sem derramar meu vinho, o que é uma façanha. — Parabéns! — Ele sorri para mim, piscando seus olhos verdes. Que surpresa. Seu cabelo é louro escuro, desgrenhado e sensual. Ele é tão bonito quanto Kate. A semelhança de família é impressionante. — Ethan! Que adorável ver você. Papai, este é Ethan, Irmão de Kate. Ethan, este é meu pai, Ray Steele. — Eles apertam as mãos, meu pai friamente avaliando Sr. Kavanagh. — Quando chegou da Europa? — Eu pergunto. — Faz uma semana, mas eu quis surpreender minha irmãzinha, — ele diz conspirativamente. — Isto é tão doce. — Eu sorrio para ele. — Ela é Valedictorian, não podia faltar com ela. — Ele parece imensamente orgulhoso de sua irmã. — Ela fez um grande discurso. — Sim, ela fez,— Ray concorda. Ethan tinha seu braço ao redor minha cintura quando eu olhei para cima, para os olhos cinza gelados de Christian Grey. Kate estava ao lado dele. — Oi, Ray, — Kate beijou Ray em ambas as bochechas, fazendo-o ruborizar. —Você conhece o namorado da Ana? Christian Grey. Carmba… Kate! Mas que Porra! Todo o sangue do meu rosto foi drenado. — Sr. Steele, é um prazer conhecer você. — Christian suavemente disse, calorosamente, completamente imperturbável com a apresentação de 209

50 tons de cinza