Page 12

12

[currículo resumido]

Elisa Arruda <Belém, PA – 1987> <Reside em São Paulo> Mestranda em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP). Possui graduação em design de produto pelo IESAM, Belém-PA (2009), tendo desenvolvido diversos trabalhos de design gráfico, cenário e figurino para artistas, a citar: Felipe Cordeiro, Arthur Nogueira e Banda Strobo. Realizou mestrado profissionalizante no COSMOB-Itália (2010), com foco em projetos sustentáveis e design de mobiliário. Ao retornar ao Brasil inicia a vida acadêmica no curso de design de produto do IESAM, Belém-PA, lecionando as disciplinas, cores & formas, criatividade e design de móveis. Assume a coordenação do curso de design de produto(2011–2013). Foi finalista no concurso ‘Movimento Hotspot’ (2013), na categoria Ideia, apresentando o projeto Tetraking. Em 2014 ingressa no mestrado em design e arquitetura da Faculdade de Arquitetura da Universidade São Paulo – FAUUSP, onde pesquisa a “Relação de subjetivação entre a paisagem, cultura material e sujeitos que habitam o Porto do Sal, Belém – PA”. Seu espectro de pesquisa aborda a paisagem arquitetônica insular amazônica e seus modos de construir e relacionar com o espaço. Transita entre o campo da arte e do design, passeando pelas relações que estes possuem. Em 2014 inicia a série “essa é você” (essaevoce.tumblr.com), onde explora o nanquim na criação de desenhos figurativos. Em 2015 participa do projeto de arte nacional SESC CONFLUÊNCIAS, pelo qual circula com sua produção em desenho. Recebeu o título de menção honrosa no Salão de Arte “Primeiros Passos” do CCBEU (2015) e participou da exposição coletiva ‘Salão Primeiros Passos’, na galeria MABEU, em Belém. Produz exposição individual com a série “essa é você” na Galeria Jazz nos Fundos, Vila Madalena, São Paulo (2015). Dialoga com o universo urbano através da aplicação de ampliações dos seus desenhos na arquitetura da Cidade, interessando-se por integrar ações de ocupação artística como a “Ocupação do Solar da Beira”, “Inauguração do Centro cultural Oficina Sta.Terezinha” e “Ocupação do Coletivo Aparelho no Porto do Sal”, todas em Belém, PA, utilizando lambe-lambe e videomapping em suas ações. Em São Paulo atua na apropriação arquitetônica por meio da aplicação de lambe-lambe em espaços públicos, como o “Minhocão” e túnel “Noite estrelada” (2015). participa da ocupação da Casa da Luz durante a festa VengaVenga! (2015), fazendo aplicação de desenhos ampliados no local. Atualmente é membro integrante do “Coletivo Aparelho”, onde atua como artista visual e designer gráfica.

Aparelho - Projeto de Arte e Cidadania  
Aparelho - Projeto de Arte e Cidadania  
Advertisement