Page 1

Nº84 | jun. - julh. 2012

o perto!

infomail

i tã O Concelho aqu

Mundiais de Pesca em Mora - pág.6/7 -

Destaque Cartão do idoso completa onze anos ■ O Centro Cívico de Malarranha recebeu no dia cinco de maio centenas de reformados, pensionistas e idosos, para se festejar e assinalar mais um ano de vida do Cartão Municipal do Idoso. - pág. 4 -

Torneio Nadador Completo ■ No fim-de-semana de 12 e 13 de maio, no complexo de piscinas do AMINATA, em Évora, realizou-se o Torneio Regional Nadador Completo, época 2011-2012 da Associação de Natação do Alentejo. Os desportistas da Escola de Natação da Câmara Municipal de Mora trouxeram, mais uma vez, titulos - pág. 8 para o Concelho.

Concelho comemora o 25 de Abril ■ A Câmara Municipal de Mora não deixou passar ao lado esta importante data e reuniu uma série de atividades desportivas, culturais e recreativas, em todas as freguesias, direcionadas à população. - pág. 10 -

"Cores e Saberes" em exposição ■ As exposições anuais que marcam o encerramento das atividades dos cursos "Cores e Saberes" da Câmara Municipal de Mora já têm data marcada e acontecem em Mora, Cabeção, Pavia e Malarranha - pág. 10 - Programa pág.12 -

Câmara Municipal de Mora . Rua do Município 7490 - 234 Mora . E-mail: gi-cmmora@mail.telepac.pt


Tome nota... Câmara Municipal de Mora 266 439 070 Bombeiros Voluntários de Mora 266 409 100 Centro de Dia de Pavia 266 457 279 Centro de Saúde de Mora 266 439 000 Internamento 266 439 040 Extensão de Brotas 266 487 167 Extensão de Cabeção 266 447 137 Extensão de Pavia 266 457 124 Centro Reg. Segurança Social de Évora (Delegação de Mora) 266 403 743 Centro Social P. N. Sra. P. Cabeção 266 447 136 Conservatória do Registo Civil Predial e Cartório Notarial 266 439 050 CTT Brotas 266 487 111 CTT Cabeção 266 447 111 CTT Mora 266 403 581 CTT Pavia 266 457 294 EDP 266 005 200 Escola EB 2,3 S de Mora 266 403 245 Farmácia Canelas Paes (Cabeção) 266 447 119 Farmácia Central (Pavia) 266 450 001 Farmácia Falcão (Mora) 266 409 021 GNR Mora 266 439 080 Junta de Freguesia de Brotas 266 487 136 Junta de Freguesia de Cabeção 266 447 180 Junta de Freguesia de Mora 266 403 295 Junta de Freguesia de Pavia 266 450 110 Lar de Idosos de Brotas 266 487 194 Lar de Idosos de Cabeção 266 448 100 Lar de Idosos de Mora 266 439 032 Posto de Turismo 266 439 079 Repartição de Finanças Mora 266 403 165 266 439 225 Rodovária do Alentejo, SA (Mora) 266 403 689 S.C. da Misericórdia de Mora 266 439 030 Sopragol 266 403 193 Tesouraria da Fazenda Pública 266 403 241 TÁXIS: José Miguel Guerra 934 401 294 José Esteves Guerra 917 265 795 Casa 266 403 732

Ficha Técnica Propriedade e Edição Câmara Municipal de Mora Redacção Fotografia Concepção Gráfica Gabinete de Informação Colaboradores Centro de Saúde de Mora Junta de Freguesia de Brotas Junta de Freguesia de Cabeção Junta de Freguesia de Mora Junta de Freguesia de Pavia Associações e Colectividades do Concelho de Mora Periodicidade Mensal Impressão Regiset N.º de Exemplares 3200 2 Boletim Municipal

Reuniões da Câmara Municipal e Juntas de Freguesia

Resumo das Deliberações das Reuniões de Câmara

Em Reunião de Câmara realizada a 18 de abril foi deliberado: por unanimidade, abrir concurso tipo ajuste direto para contratação de pessoal de apoio à época balnear para as Piscinas Municipais, em regime de prestação de serviços para os lugares de limpeza (3 pessoas), bilheteira (1 pessoa), roupeiro (1 pessoa) e vigilantes (2 pessoas), no período de um de Junho a 30 de Setembro de 2012. O júri do presente concurso é composto pelos Senhores António Luís Carlos, Rui Manuel Ventura Fortio e Luís Miguel Caramujo Martins, sendo Presidente do mesmo o Senhor António Luís Carlos como membros efetivos e Pedro Duarte Ventura Fortio e Dário Joaquim Prates Carreiras, como membros suplentes. Mais foi deliberado por unanimidade aprovar o caderno de encargos e programa de concurso. Deliberado ainda por unanimidade, manter o horário de funcionamento das Piscinas Municipais que tem vindo a ser praticado: quartas, quintas e sextas das 14h às 20h, aos sábados e domingos das 10h às 20h, e que o encerramento seja no dia sete de Setembro. por unanimidade, abrir concurso tipo ajuste direto com consulta à empresa “GProduções Culturais, LDA” para contratação dos seguintes artistas e serviços para a realização do III Festival Música no Rio “Os Outros Sons do Fluviário”: Sinfonieta de Lisboa com Pedro Jóia, Couple Coffee, António Zambujo, Aduf; som e luz; aluguer de estrados, torres de PA e restantes equipamentos para palco e camarins; produção; aluguer de palco. Mais foi deliberado por unanimidade aprovar o respetivo caderno de encargos e convite. por unanimidade, aprovar a prestação de contas respeitante ao período de um de Janeiro a 30 de Dezembro de 2011. por unanimidade, aprovar a consolidação de contas Município/ Fluviário de Mora EEM respeitante ao período de um de Janeiro a 30 de Dezembro de 2011. por unanimidade, elaborar a primeira revisão ao orçamento da despesa e da receita do ano 2011. por unanimidade, aprovar o inventário de todos os bens de imobilizado, direitos e obrigações patrimoniais da Câmara Municipal e respetiva avaliação. Mais deliberou por unanimidade enviar o referido inventário à Assembleia Municipal para apreciação e votação. por unanimidade, adjudicar à firma EnviEstudos, S.A. a Avaliação da Satisfação dos Munícipes – Sistema de Gestão da Qualidade, por apresentar uma proposta considerada vantajosa. por unanimidade, atribuir as seguintes condecorações do município de Mora: I. Medalha de Mérito Municipal – Económi-

ca – Restaurante “O Poço”, Benemerência – Jovito Francisco da Silva Pereira; II. “Mora Reconhecido” – Cultura – Grupo “Cantar Alentejo”, Associativismo – Associação de Cabeção de Solidariedade aos Trabalhadores Idosos, Empresa – Sociedade Construções Cabeçanense, Lda. Em Reunião de Câmara realizada a 2 de maio foi deliberado: por unanimidade, conceder o subsídio no valor de 500€ ao Grupo de Cantares de Cabeção, destinado a custear parte das despesas com o plano de atividades para 2012. por unanimidade, aceitar a atualização do contrato de manutenção dos programas Medidata com a firma Medidata.Net – Sistemas de Informação para Autarquias, S.A. Em Reunião de Câmara realizada a 16 de maio foi deliberado: (ata aprovada em minuta) por unanimidade, contratar pelo procedimento de ajuste direto simplificado os seguintes artistas e serviços à empresa Reflexos Festivos, Lda. para a realização da Feira de Pavia: dia um de Junho - baile com o Duo “FS”; dia dois de Junho - espetáculo com “Zé do Pipo” e baile com o Duo “Angar 7”; dia três de Junho - baile com o Duo “Borges e Nelson”; palco coberto. por unanimidade, manifestar o seu acordo com a proposta de abertura de um procedimento tipo ajuste direto para a contratação dos espetáculos e de dois palcos e respetivos sistemas de luz, som e acompanhamento técnico para a ExpoMora, dando assim cumprimento ao previsto nas suas Opções do Plano. Espetáculos: sete de Setembro - UHF; oito de Setembro – Emanuel; nove de Setembro – GNR. Mais deliberou por unanimidade que o júri do referido concurso tenha a seguinte composição: Senhores Presidente da Câmara, Luís Simão Duarte de Matos,Vereador Marco Filipe Barreiros Pires e António Luís Carlos, sendo Presidente do mesmo o Senhor Presidente da Câmara, Luís Simão Duarte de Matos, como membros efetivos e Senhores Vereadores, José Manuel da Silva Matos e António José Catarro Simões como membros suplentes. Deliberou ainda por unanimidade que o prazo para apresentação de propostas seja de dez dias. Também foi deliberado por unanimidade aprovar o respetivo caderno de encargos e programa de concurso. por unanimidade, prestar o apoio solicitado pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mora no programa ALENT-07-0365-FEDER-001718, dando assim cumprimento ao previsto nas suas Opções do Plano.


N

o decorrer do mês de junho, a Câmara Municipal prepara-se para avançar com mais uma série de atividades direcionadas para os mais jovens. Esta intervenção sócio-desportiva tem como principal objetivo animar, estimular e ocupar os tempos livres dos jovens que se encontram nesta altura em férias. 

EDITORIAL

Férias com desporto

FAVAS À HORA DAS NOTÍCIAS

Concelho assinala Dia Mundial da Criança

S

exta-feira, dia 1 de Junho comemora-se o Dia Mundial de Criança, e mais uma vez a Câmara Municipal de Mora vai proporcionar um dia diferente a todas as crianças do Concelho de Mora. Este ano, a equipa de animação da Casa da Cultura de Mora leva ao palco a animação “Alegria” e espera contagiar os espetadores. 

Dia do Ambiente

O

Dia Mundial do Ambiente comemora-se a cinco de Junho e foi criado em 1972 pela Organização das Nações Unidas. A Câmara Municipal de Mora assinala esta data com uma exposição que integra o trabalho desenvolvido pelos alunos do 1º ciclo e pré-escolar do Concelho de Mora no Dia Mundial da Árvore e alguns resultados do projeto da Oficina da Criança “4 palmos de terra”. A inauguração desta mostra de trabalhos é no dia um de junho e ficará patente ao público durante um mês, no hall de entrada do cinema, na Casa da Cultura de Mora. 

Terça-feira, 22 de maio, 13 horas. Como habitualmente, à hora de almoço, sento-me no topo da mesa na CP (Casa dos Pais) para estar bem de frente com a televisão. São horas do Jornal da Uma. À minha frente umas favas guisadas com chouriço. É bom, é excelente, ainda mais porque são frescas e saíram da horta do chefe lá de casa. Entretanto começaram as notícias e à medida que o tempo vai avançando e aparecem mais notícias as favas vão perdendo o seu encanto. Notícia de Abertura: Segundo a previsão da OCDE, contrariamente às previsões do Governo, o desemprego irá continuar a subir e, em 2013 poderá chegar perto dos 17%. A cabeça começou a trabalhar e levou-me a pensar nos jovens que não conseguem satisfazer as suas legítimas ambições; nos casais com filhos, ambos desempregados e que deixam de ter dinheiro para fazer face à alimentação, habitação….; nos homens e mulheres de meia idade aos quais ninguém dá trabalho por serem “demasiado velhos”. Segunda Notícia: O País irá continuar em recessão em 2013. O crescimento em 2012 será muito baixo e inferior às previsões do Governo. É preciso pedir mais sacrifícios aos portugueses. Aí as favas já sabem mais a amendoins. E lá começo a pensar: mais sacrifícios? Então os salários vão continuar a reduzir; os impostos vão aumentar; a saúde vai ficar ainda mais cara; os subsídios de férias e de Natal nunca mais voltam; os reformados vão continuar com reformas de miséria; os cortes na educação vão continuar; as autarquias vão receber ainda menos; o Governo vai continuar a “desviar” receitas das autarquias como está a fazer com o IMI; o desemprego é capaz de crescer ainda mais que as previsões da OCDE; a TROIKA irá continuar a mandar em Portugal; O Relvas vai querer acabar com mais Juntas de Freguesias;… Terceira Notícia: Há suspeitas que o Dr.º Miguel Relvas terá tentado manipular notícias num órgão de informação. Aí a cabeça entra em ebulição e penso: Isto faz lembrar tempos do Salazarismo. Está na hora de desligar a televisão. As favas já perderam algum do seu encanto, mas não o perderam todo! São da horta do pai! São boas! Produção Nacional!!! LSM Boletim Municipal 3


Cartão do idoso completa onze anos

O

recinto exterior do Centro Cívico de Malarranha recebeu no dia cinco de maio centenas de reformados, pensionistas, idosos e demais convidados para, em conjunto, assinalarem uma data importante - a comemoração de mais um aniversário do Cartão Municipal do Idoso. Um cartão que surgiu para auxiliar os mais necessitados do Concelho de Mora, idosos e pensionistas, em aceder a bens e serviços, nomeadamente, e em grande percentagem, à medicação. Agora com 11 anos completos, este cartão auxilia 1.497 idosos e pensionistas do Concelho de Mora. Entre o desconto na medicação, os idosos podem também usufruir de descontos no acesso a infraestruturas e atividades municipais, bem como de prestação de pequenos serviços gratuitamente, pela Oficina Domiciliária. Acrescenta-se também os protocolos que a Autarquia estabeleceu com algumas coletividades, e pequenos comerciantes do Concelho, as quais permitem também descontos. Em tempo de festa, Luís Simão, Presidente da Câmara Municipal de Mora, relembrou que os tempos que correm são muito penosos para o povo, mas em particular para os mais debilitados economicamente, os idosos e pensionistas. “Esta ajuda da Câmara Municipal faz agora muito mais sentido, porque os bens au-

mentam e as pensões diminuem. São muitos os idosos que se privam de tratamentos por falta de recursos económicos”, justificou Luís Simão, Presidente da Autarquia. “Estamos todos a sentir na pele as consequências das más políticas que têm vindo a ser aplicadas pelos governos PS, PSD e CDS”, afirmou o Presidente da Câmara, alertando ainda para a injusta distribuição de dinheiros públicos “este último mandato tem sido o mais difícil em termos orçamentais, os cortes nas transferências do Estado implicam alterações nas nossas ações, vimo-nos obrigados a cortar em alguns setores”, no entanto salientou e garantiu que enquanto este executivo estiver na gestão da Câmara Municipal de Mora, as ver-

bas do Cartão Municipal do Idoso não serão jamais penalizadas, segundo justificou Luís Simão, Presidente da Autarquia “o executivo da CDU tem consciência das necessidades dos mais carenciados e penalizados que perdem o acesso a bens de primeira necessidade, vêem os medicamentos ser aumentados, vêm as suas pensões serem congeladas e reduzidas…e acima de tudo vêm a sua qualidade de vida ser degradada dia após dia”. O Cartão Municipal do Idoso tem como principal objetivo devolver alguma dignidade na qualidade de vida dos beneficiários, desta forma, segundo assegurou Luís Simão, Presidente da Câmara Municipal de Mora, “ninguém vai perder o direito a este benefício”. 

Sarau encerra época da Escola Municipal de Desporto

A

Escola Municipal de Desporto pretende apostar no aumento do número de crianças que pratiquam regularmente atividade física e desportiva. A escola promove o prazer e o hábito da prática desportiva em crianças entre os três e os dez anos, contribuindo para o adequado desenvolvimento das suas capacidades física e psicomotoras. A desenvolver atividade nas freguesias de Cabeção, Mora e Pavia, esta escola encerra o ano com um sarau, 4 Boletim Municipal > Município

onde as crianças participantes apresentam uma série de práticas e conhecimentos que adquiriram ao longo do ano letivo. 

Os espetáculos vão acontecer nas três freguesias pelas 20h30: Em Mora, 23 de junho, no Pavilhão Municipal de Desportos Em Cabeção, 25 de junho no Pavilhão Gimnodesportivo Em Pavia, 27 de junho no Polides-


Ação Social

"

Umbelina Henriques Ferreira tem 68 anos de idade e reside em Mora. Foi auxiliar de ação educativa durante 38 anos e está agora reformada. É portadora do Cartão Municipal do Idoso desde 2009. Recorreu a este apoio da autarquia com o objetivo de usufruir dos benefícios que o mesmo apresenta, essencialmente no que toca à aquisição de medicamentos, uma necessidade premente na vida de muitos dos reformados do Concelho de Mora. Sendo uma pessoa consciente dessa realidade Umbelina Ferreira admite que “sem o Cartão Municipal do Idoso muitas pessoas não podiam comprar os medicamentos”. É claro o desejo de Umbelina de que este apoio social se mantenha, concluindo que espera que “a autarquia consiga continuar a ajudar, mesmo enfrentando as dificuldades que os municípios atravessam atualmente.”

uma das prioridades da Autarquia

T

endo em conta a crescente importância do papel das autarquias no âmbito do apoio social às populações, a Câmara Municipal de Mora decidiu instituir em 2001 o Cartão Municipal do Idoso. A criação deste cartão veio assim contribuir para a dignificação e melhoria das condições de vida de reformados, pensionistas e idosos do Concelho de Mora. Os portadores do Cartão Municipal do Idoso podem beneficiar de uma comparticipação de 50% na aquisição de medicamentos mediante

"

Vitória Joaquina Nunes tem 68 anos e requisitou o Cartão Municipal do Idoso há cerca de três. Nos últimos anos antes de se reformar dividiu o seu tempo entre a ocupação como auxiliar no Lar da Associação de Cabeção de Solidariedade aos Trabalhadores Idosos e a vida doméstica, daí a reduzida pensão. Logo que atingiu a idade de reforma, fê-lo e desde essa altura que tem usufruído dos benefícios que o cartão lhe proporciona. Refere que “é uma excelente ajuda, principalmente quando chega a hora de pagar os medicamentos”, acrescenta “é muito bom poder trazer todos os medicamentos que precisa e só pagar metade do valor”. Sabendo que o cartão tem outros benefícios, é sem dúvida na farmácia que o utiliza com maior frequência.

"

apresentação de receita médica, em qualquer farmácia do Concelho. Beneficiam ainda de descontos em taxas e licenças camarárias e em atividades promovidas pela autarquia. De um total de 1911 cartões emitidos desde 2001, onze correspondem ao ano de 2011. Dirigidas à população sénior existem também as atividades diárias inseridas no projeto “Envelhecimento Ativo” e as que acontecem anualmente, como é o caso das comemorações do Mês do Idoso ou do próprio Cartão Municipal do Idoso. 

"

Joaquina Inácia Vidigal é natural de Pavia e tem 62 anos. Auxiliar de limpeza de profissão, é agora reformada e portadora do Cartão Municipal do Idoso desde 2010. À semelhança do que acontece com outros beneficiários dos apoios sociais da autarquia, Joaquina Vidigal adquire frequentemente medicamentos. Com a comparticipação de 50% na aquisição de medicamentos mediante apresentação do Cartão Municipal do Idoso, Joaquina admite economizar mensalmente cerca de 30€, o que é uma boa ajuda no orçamento de uma pessoa em situação de reforma. Joaquina Inácia Vidigal considera este apoio “muito bom” e confessa que “ficaria sentida se acabasse”. Para além do benefício económico que o cartão lhe traz, tira também partido de atividades desportivas e de entretenimento que acontecem no contexto do mesmo, participando ativamente em algumas delas.

"

"

"

Inácia Maria Caeiro Relvas é ex emigrante na Alemanha e reside atualmente em Brotas. Tem 70 anos e sempre foi doméstica, por isso mesmo não tem direito a reforma. O Cartão Municipal do Idoso surgiu na sua vida como uma mais-valia, no ano de 2008. Como doente crónica que é, tornou-se obrigatoriamente cliente assídua da farmácia e por isso considera que este apoio da Câmara “é uma boa ajuda no que toca à aquisição de medicamentos”. Para além de usufruir deste benefício específico, Inácia Relvas já participou em tempos nas iniciativas diversas inseridas no contexto do Cartão Municipal do Idoso. De uma forma geral avalia os apoios que a autarquia dirige à sua faixa etária como “pequenas grandes ajudas”.

"

Município > Boletim Municipal 5


Mora

no centro das grandes compet

A Pista Internacional de Pesca Desportiva de Cabeção foi o local escolhido para receber, entre 2 e 3 de junho, o 32º Campeonato do Mundo de Pesca de Clubes.

E

ste 32º campeonato contará com a participação de aproximadamente 150 atletas, de prestígio nacional e internacional, provenientes de 20 países. Entre treinadores, delegados, árbitros e secretariado, a comitiva da organização mobilizará mais de 500 pessoas. A autarquia espera receber, nos dois dias do campeonato, cerca de 10.000 visitantes. Factos que não tardaram a surtir efeito, uma vez que a oferta hoteleira do Concelho de Mora se encontra neste momento já esgotada, estendendo-se assim a procura a outros concelhos dos distritos de Évora e Santarém. A escolha do local para a realização do campeonato deve-se às excelentes condições naturais da Ribeira de Raia, que atravessa o Concelho de Mora, cujo espelho de água também banha as margens da Pista Internacional

6 Boletim Municipal > Desporto

de Pesca Desportiva de Cabeção, considerada pela Federação Internacional de Pesca Desportiva como “a melhor pista de pesca natural da Europa”. Não descurando os aspetos desportivos da pista, indispensáveis para a realização de uma prova deste calibre, os aspetos económicos destacam-se e é nesta área que a autarquia tem desempenhado um papel fundamental e sem a qual não seria possível alcançar o nível qualitativo elevado que se pretendia em termos de organização do evento. A Pista Internacional de Pesca Desportiva de Cabeção retoma assim, aos poucos, os seus velhos tempos. Em 2011 realizaram-se nesta pista 33 provas de pesca federadas. Entre as que se encontram agendadas e as já realizadas este ano, encontram-se oito provas para o Campeonato Nacional, seis para o Concurso Nacional, 12 para o Regional, duas da Taça de Portugal (FEDER) e cinco provas de clubes. Mensalmente realizam-se na Pista de Cabeção, em média, cerca de quatro provas. Os pontos de interesse cultural, a gastronomia, o alojamento, as paisagens, a existência de um espaço como é o Fluviário de Mora, aliados ao facto de o Concelho de Mora ser um dos principais do País no setor da pesca desportiva de rio, são fatores que se têm revelado essenciais para o desenvolvimento económico do município. 


tições mundiais de pesca

U

m campeonato que conta com a organização de uma série de entidades, Federação Portuguesa de Pesca Desportiva, Confederação Internacional de Pesca Desportiva, Federação Internacional de Pesca Desportiva de Água Doce, 1ª Associação Regional de Pesca Desportiva de Rio e Câmara Municipal de Mora, como anfitriã. Procurámos conhecer o ponto de vista de uma das mais importantes entidades organizadoras deste campeonato, a Federação Portuguesa de Pesca Desportiva, através da voz do seu Presidente, Jorge Almeirim.

"Em termos económicos, temos forçosamente que ponderar o apoio do poder local ao campeonato" Boletim Municipal: Quais os critérios utilizados para a escolha do local da realização do campeonato? Jorge Almerim: A escolha dos locais de pesca para os diversos campeonatos internacionais cuja organização frequentemente conseguimos conquistar para Portugal, baseia-se sempre em dois grandes critérios, o desportivo e o económico. Em termos desportivos, o principal fator limitativo é a relação extensão da pista/número de equipas que se prevê virem a estar presentes. Por muito boa que seja uma pista, se não for possível marcar um número suficiente de pesqueiros, obviamente terá que ser preterida. Em termos desportivos, naturalmente que a qualidade da pista, nomeadamente condições de pesca, quantidade e qualidade das espécies presentes, etc não é descurado. Feita esta primeira triagem, tentamos sempre que possível, optar pela opção que melhor defenda os interesses desportivos da nossa seleção/clube. Em termos económicos, temos forçosamente que ponderar o apoio do poder local ao campeonato, pois sem este apoio fundamental, seria impossível apresentarmos o nível organizativo a que já habituámos as delegações estrangeiras. Boletim Municipal: Qual o número de equipas confirmados até à data e por quantos membros é composta cada equipa? Jorge Almerim: Até ao presente momento temos 19 equipas confirmadas. Cada equipa é composta por seis pescadores, um ou dois capitães e um manager, pelo que teremos um total aproximado de 150 pessoas entre pescadores e respetivos staffs. Boletim Municipal: Qual o perfil dos atletas participantes?

Jorge Almerim: Por ser um campeonato de clubes, é um campeonato muito especial. Enquanto nas seleções, mesmo com algumas pequenas alterações, os pescadores vão sendo sempre os mesmos, neste caso temos a presença de muitos pescadores, para quem é o seu primeiro campeonato internacional, e que nunca se esquecerão do mesmo. Por outro lado, por muito que numa seleção se cultive o espírito de equipa, num clube este espírito é muito mais forte e especial. Boletim Municipal: Seis anos após a realização do último Campeonato do Mundo de Pesca Desportiva realizado nas pistas de pesca do Concelho de Mora, quais as perspetivas para o campeonato de 2012? Jorge Almerim: O último Campeonato Internacional realizado no Concelho de Mora, disputou-se num ano de extrema seca, ao qual se juntou um data muito pouco favorável para o local, o que acabou por resultar numa pesca muito difícil com muito poucas capturas resultando numa má imagem internacional da pista a qual não é de todo merecida. Este ano por azar o tempo também não nos tem ajudado. A chuva veio muito tardia e em pequena quantidade, o que não permitiu a entrada de “águas novas” na pista, situação fruto da qual se tem ressentido o número de capturas de peixe de maior porte. Sabemos que de momento há muitos na pista, pois em treino têm sido capturados em grande número, no entanto em prova estes têm-se revelado muito pouco colaborantes. Diz-nos a experiência, que ao fim de uma semana contínua de engodagem, estes costumam ganhar confiança e que se tornam mais colaborantes com os pescadores, mas o seu comportamento por vezes reserva-nos algumas surpresas. Contudo a presença de um elevado número de alburnos, espécie recentemente aparecida no local, dá-nos alguma ga-

rantia de que as capturas irão ser em número elevado. Em face disto, parece-nos que o excelente trabalho que a Câmara Municipal fez na preparação da pista e toda a nossa preparação irão ser devidamente recompensadas, e que o bom nome da Pista Internacional de Pesca de Cabeção regressará ao seu devido lugar. Em termos desportivos, naturalmente que não posso deixar de “torcer” pelo nosso representante nacional, o Clube de Pesca de Competição Amorim Dias. A “luta” vai ser forte, pois seremos visitados por clubes fortíssimos, como são entre outros o caso dos clubes Inglês e Italiano, mas espero que a mestria e conhecimento do local por parte dos pescadores lusos, capitaneados pelo Dr. José Amorim, nos venham a dar uma grande alegria. 

"(...) parece-nos que o excelente trabalho que a Câmara Municipal fez na preparação da pista e toda a nossa preparação irão ser devidamente recompensadas (...) o bom nome da Pista Internacional de Pesca de Cabeção regressará ao seu devido lugar" Desporto > Boletim Municipal 7


Núcleo Futsal SIMM vence Taça do Distrito de Évora

Torneio Nadador Completo

N

o fim-de-semana de 12 e 13 de maio, no complexo de piscinas do AMINATA, em Évora, realizou-se o Torneio Regional Nadador Completo, época 2011-2012 da Associação de Natação do Alentejo. Esta prova contou com a presença de oito clubes, num total de 116 atletas. A Escola de Natação da Câmara Municipal de Mora participou com 16 atletas, nove masculinos (Duarte Pires, Miguel Calhau, João Canelas, Bruno Nunes, Gonçalo Dias, Diogo Mestre, Pedro Carregado, Pedro Clemente e Diogo Barroso) e sete femininos (Sofia Clemente, Mariana Caldeira,

Tatiana Rato, Ana Coelho, Catarina Prates, Sara Rosado e Ana Mestre). A nível individual há a salientar o atleta Duarte Pires, que se classificou em terceiro lugar no escalão juvenis A masculinos. Realça-se ainda os dois recordes da escola alcançados na prova: Miguel Alexandre Calhau que bateu o seu anterior recorde 38.59 dos 50 metros bruços, escalão Infantis A masculinos, com a marca de 38.16 e Ana Catarina Coelho, que com a marca de 2:06.46, bateu o anterior recorde do escalão Cadetes B femininos, que era de 2:08.39, pertencente a Beatriz Dedeiras. 

Encerramento de atividades com Encontro Concelhio

N

o dia 14 de junho, os grupos que integram o programa do Envelhecimento Activo no Concelho de Mora reúnemse para assinalar o encerramento de mais um ano de atividade física. Este encontro, organizado pela Câmara Municipal de Mora, espera contar com a participação de cerca de duas centenas de pessoas, que depois de uma longa caminhada desde as freguesias de Cabeção, Pavia e Mora se concentrarão no Parque Ecológico do Gameiro para disfrutar de um almoço convívio.  8 Boletim Municipal > Desporto

A

época 2011/2012 foi histórica para o Núcleo, que no último jogo venceu a final da Taça do Distrito de Évora em Seniores, trazendo pela primeira vez este troféu para Mora. No geral, apresentando três equipas nos campeonatos em diversos escalões (Séniores, Juniores e Juvenis) e com cerca de 60 atletas inscritos, segundo a direção do clube, os resultados foram muito positivos, criando uma base de consolidação bastante boa para a próxima época. Nos juvenis, onde o objetivo passava por conseguir ter o maior número de atletas a usufruir da prática desportiva, e onde os resultados era o menos importante, conseguiu ser o escalão com mais jovens inscritos, alcançando bons alicerces para a formação do clube. Nos Juniores, pela primeira vez com uma equipa neste escalão, o campeonato foi tranquilo, conseguindo a equipa chegar pela primeira vez às meias-finais da taça do distrito. Alguns atletas foram inclusive chamados várias vezes à equipa sénior e fizeram parte da primeira lista de convocados da seleção sub20 do distrito. Nos Seniores realizou-se a melhor época da história do clube, 3º lugar no campeonato com 12 vitórias, dois empates e quatro derrotas, a apenas quatro pontos do campeão, alcançaram a já referida Taça de Évora. Fora do campo, o clube procurou ser uma referência para agentes desportivos, não só no concelho mas também no distrito, com a realização das 1ªs Jornadas técnicas de futebol e futsal que contaram com grandes referências do desporto a nível nacional e internacional. Segundo a direção do Clube, “esta foi uma época em que dignificámos não só o nome do clube mas também das gentes do concelho de Mora”. O objetivo passa por “continuar cada vez com mais força e garra a levar o bom nome da terra e dos jovens que ali praticam desporto a diversos pontos do nosso distrito e do nosso país”, consideram. 


Equipa de Atletismo do G. D. Pavia recupera posição

T

erminou no dia 15 de abril a 6º edição do Duatlo Técnico Jovem, prova realizada em seis jornadas, com duas provas em cada uma delas. Cada jornada era composta por uma prova de velocidade e outra, alternadamente um lançamento, um salto, uma prova de barreiras ou uma prova de resistência (km). A equipa do Grupo Desportivo de Pavia conseguiu, nesta competição, recuperar o título coletivo, classificação que tinha perdido na edição da época anterior. Os resultados coletivos no final do Duatlo foram os que se apresentam na tabela 1. Individualmente contámos com a presença de 32 atletas, em representação do clube, na disputa das seis jornadas e também foram alcançados excelentes resultados, como se comprova na tabela 2. A direção do Grupo Desportivo de Pavia (G.D. Pavia) dá os parabéns a todos os atletas e ao treinador que conseguiram mais um grande resultado para as nossas cores. De salientar ainda o fato de o nosso atleta Ricardo Ribeiro ter conseguido obter o terceiro lugar da classificação individual nos campeonatos nacionais de MegaSprint, em representação do Agrupamento de Escolas de Mora, prova que se realizou nos dias 14 e 15 de Abril, em Vagos. Ao atleta, a direção do G.D. de Pavia deixa os parabéns. 

 tabela 1

 tabela 2

Torneio de Natação em Mora

N

o dia 9 de junho, as Piscinas Municipais recebem o primeiro torneio de Natação Vila de Mora. Um torneio que visa promover a atividade desportiva e a competição juntos dos atletas federados. Uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Mora e que conta com a presença de cerca de uma centena de desportistas, entre cadetes e séniores. Espera-se que seja mais uma ação que conquiste adeptos e que seja a primeira de muitas.  Desporto> Boletim Municipal 9


 Espetáculo Musical com Samuel

 Assembleia Municipal Comemorativa do 25 de Abril

 Arraiais Populares nas Freguesias

Concelho comemora o 25 de Abril

A

 Hastear da Bandeira

pesar de atualmente assistirmos a consecutivos atentados aos direitos democráticos conquistados pelo 25 de Abril, a autarquia de Mora não deixou passar ao lado esta importante data e reuniu uma série de atividades desportivas, culturais e recreativas direcionadas à população. Iniciativas que aconteceram durante a última quinzena de Abril em todas as Freguesias. A Assembleia Municipal de Mora reuniu em sessão extraordinária, e atribuiu uma vez mais as habituais condecorações de “Mé-

rito Municipal” e “Mora Reconhecida” a entidades, coletividades e munícipes. Este ano as medalhas de “Mérito Municipal” foram atribuídas ao Restaurante O Poço, na área económica, a Jovito Francisco da Silva Pereira, na área benemerência. As medalhas de “Mora Reconhecido” foram atribuídas na área do Associativismo à Associação de Cabeção de Solidariedade aos Trabalhadores Idosos, na área da Cultura ao Grupo de Cantares "Cantar Alentejo" da ARPIM, na área empresarial à Sociedade Construções Cabeçanense, Lda.. 

"Cores e Saberes" em exposição

O

curso de pintura e artes decorativas “Cores e Saberes” surgiu em 2000, resultado de um projeto da autoria de João André, inicialmente aprovado pela Direção Regional de Educação e mais tarde adotado pela Câmara Municipal de Mora. Trata-se de aulas gratuitas, cuja participação é facultativa, que acontecem semanalmente em Cabeção, Malarranha, Mora e Pavia. Entre homens e mulheres, são cerca de uma centena as pessoas que frequentam estas aulas, numa faixa etária que vai dos 11 aos 75 anos de idade, provenientes não só do Concelho de Mora como também de localidades vizinhas, como é o caso de Avis e Couço. A frequência deste curso dá certificação anual aos seus participantes, com o objetivo dos mesmos adicionarem a formação ao seu currículo. “Cores e Saberes” apresenta o triplo objetivo de formar os seus participantes nas várias áreas da pintura e artes decorativas, descobrir novos talentos e proporcionar espaços de convívio e vivência em grupo. De destacar a importância que um projeto desta dimensão tem na vida de populações menos numerosas e do interior do país, como é o caso, em que em muitas situações se tem tendência para o isolamento e perda de autoestima. A autar10 Boletim Municipal > Cultura

quia desempenha assim um papel fundamental na criação de espaços lúdico-pedagógicos que promovam a sociabilização e a ocupação dos tempos livres. Não se tratando de um ensino exaustivo, estas aulas servem para transmissão mútua de conhecimentos, através da aprendizagem de determinadas técnicas relativas à área em questão. Despertam-se sensibilidades, descobrem-se gostos, desenvolvem-se aprendizagens, criam-se novos hábitos, estabelecem-se novas relações, combate-se o stress do dia-adia. Segundo João André, monitor do curso de pintura e artes decorativas “Cores e Saberes”, as aulas funcionam também como uma “terapia psicológica através de trabalhos manuais que ocupam a mente de forma relaxante”. De relevar o papel do monitor, que trabalha com

os quatro grupos distintos, que para além de técnico tem o papel importante de amigo que foi desenvolvendo com o passar dos anos, vendo dessa forma o seu trabalho recompensado diariamente. Um trabalho não só de cariz cultural mas também social. No seguimento do curso existe, anualmente, uma exposição de encerramento do ano letivo onde podem ser encontrados os trabalhos realizados pelos alunos. Junho e Julho são os meses escolhidos para expor as obras de arte dos alunos do “Cores e Saberes”. De 9 a 17 de Junho na Galeria de Exposições da Casa da Cultura de Mora; de 16 a 24 de Junho na Cantina Escolar de Cabeção; de 18 a 30 de Junho no Centro Cívico de Malarranha; de 1 a 8 de Julho na Antiga Pré-Primária de Pavia. 


Construção da Árvore Fotovoltaica no Fluviário de Mora

Conclusão da requalificação do Bairro João Lopes Aleixo, em Cabeção

Limpeza e requalificação da Pista de Pesca de Mora

Requalificação da Rua do MFA, em Brotas

Limpeza e requalificação da Pista de Pesca de Cabeção

Passadiço em fase de conclusão

Concelho em obra > Boletim Municipal 11


Boletim Municipal 84  

Boletim Municipal 84

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you